Você está na página 1de 15

CONCURSO

PÚBLICO
Assistente Social
ASSRJ05
INSTRUÇÕES GERAIS
• Você recebeu do fiscal:
- Um caderno de questões contendo 60 (sessenta) questões objetivas de múltipla escolha;
- Um cartão de respostas personalizado.
• É responsabilidade do candidato certificar-se de que o nome do cargo informado nesta capa de prova corresponde ao
nome do cargo informado em seu cartão de respostas.
• Ao ser autorizado o início da prova, verifique, no caderno de questões se a numeração das questões e a paginação estão
corretas.
• Você dispõe de 4 (quatro) horas para fazer a Prova Objetiva. Faça-a com tranqüilidade, mas controle o seu tempo. Este
tempo inclui a marcação do cartão de respostas.
• Após o início da prova, será efetuada a coleta da impressão digital de cada candidato (Edital 01/2006 – Subitem 9.9 alínea a).
• Não será permitido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no cartão de respostas. (Edital 01/2006 – subitem
9.9 alínea e).
• Somente após decorrida uma hora do início da prova, o candidato poderá entregar seu cartão de respostas da Prova
Objetiva e retirar-se da sala de prova (Edital 01/2006 – Subitem 9.9 alínea c).
• Somente será permitido levar seu caderno de questões ao final da prova, desde que permaneça em sala até este
momento (Edital 01/2006 – Subitem 9.9 alínea d).
• Após o término de sua prova, entregue obrigatoriamente ao fiscal o cartão de respostas devidamente assinado.
• Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala só poderão ser liberados juntos.
• Se você precisar de algum esclarecimento, solicite a presença do responsável pelo local.

INSTRUÇÕES - PROVA OBJETIVA


• Verifique se os seus dados estão corretos no cartão de respostas. Solicite ao fiscal para efetuar as correções na Ata de
Aplicação de Prova.
• Leia atentamente cada questão e assinale no cartão de respostas a alternativa que mais adequadamente a responde.
• O cartão de respostas NÃO pode ser dobrado, amassado, rasurado, manchado ou conter qualquer registro fora dos
locais destinados às respostas.
• A maneira correta de assinalar a alternativa no cartão de respostas é cobrindo, fortemente, com caneta esferográfica azul
ou preta, o espaço a ela correspondente, conforme o exemplo a seguir:

A B C E

CRONOGRAMA PREVISTO
ATIVIDADE DATA LOCAL

Divulgação do gabarito - Prova Objetiva (PO) 15/05/2006 www.nce.ufrj.br/concursos

www.nce.ufrj.br/concursos
Interposição de recursos contra o gabarito (RG) da PO 16 e 17/05/2006
NCE/UFRJ

Divulgação do resultado do julgamento dos recursos contra os RG da PO e o


30/05/2006 www.nce.ufrj.br/concursos
resultado final das PO

Demais atividades consultar Manual do Candidato ou pelo endereço eletrônico www.nce.ufrj.br/concursos

Núcleo de Computação Eletrônica


Organização:
Universidade Federal do Rio de Janeiro
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

LÍNGUA PORTUGUESA 01 - O texto apresenta uma idéia principal que é:

O que é cidadania (A) a cidadania é uma conquista diária de todos nós;


Gilberto Dimenstein (B) ser cidadão é ter direitos;
(C) a América Latina é um local de cidadania plena;
Cidadania é o direito de ter uma idéia e poder expressá-la. É (D) a cidadania deve compreender as mulheres;
poder votar em quem quiser sem constrangimento. É processar (E) ser cidadão é cuidar do público em detrimento do privado.
um médico que cometa um erro. É devolver um produto
estragado e receber o dinheiro de volta. É o direito de ser negro
sem ser discriminado, de praticar uma religião sem ser 02 - Podemos dividir o texto em cinco partes, que estão
perseguido. indicadas abaixo com a síntese de seu conteúdo; a alternativa em
Há detalhes que parecem insignificantes, mas revelam estágios
que a indicação do conteúdo NÃO está correta é:
de cidadania: respeitar-se o sinal vermelho no trânsito, não jogar
papel na rua, não destruir telefones públicos. Por trás desse
comportamento, está o respeito à coisa pública. (A) do início do texto até “sem ser perseguido” – a definição de
O direito de ter direitos é uma conquista da humanidade. Da cidadania;
mesma forma que a anestesia, as vacinas, o computador, a (B) de “Há detalhes” até “a coisa pública” – exemplos de
máquina de lavar, a pasta de dente, o transplante do coração. cidadania;
Foi uma conquista dura. Muita gente lutou e morreu para que (C) de “O direito a ter direitos” “até diante da lei” – a conquista
tivéssemos o direito de votar. E outros batalharam para você difícil da cidadania;
votar aos dezesseis anos. Lutou-se pela idéia de que todos os (D) de “Pessoas deram a vida” até “de matá-la” – fatos
homens merecem a liberdade e de que todos são iguais diante da históricos na luta pelos direitos humanos;
lei. (E) de “Em 1948 surgiu” até o fim do texto – os direitos
Pessoas deram a vida combatendo a concepção de que o rei humanos antes da guerra.
tudo podia porque tinha poderes divinos e aos outros cabia
obedecer. No século XVIII, a rebeldia a essa situação detonou a
Revolução Francesa, um marco na história da liberdade do 03 - Para defender seus pontos de vista o autor só NÃO
homem.
emprega:
No mesmo século surgiu um país fundado na idéia da liberdade
individual: os Estados Unidos. Foi com esse projeto
revolucionário que eles se tornaram independentes da Inglaterra. (A) exemplificação;
Desde então, os direitos foram se alargando, se aprimorando, e (B) citação de fatos históricos;
a escravidão foi abolida. Alguém consegue hoje imaginar um (C) interação com o leitor, questionando-o;
país defendendo a importância dos escravos para a economia? (D) apelo a opiniões pessoais;
Mas esse argumento foi usado durante muito tempo no Brasil. (E) utilização do humor e da ironia.
Os donos da terra alegavam que, sem escravos, o país sofreria
uma catástrofe. Eles se achavam no direito de bater e até matar
os escravos que fugissem. Nessa época, o voto era um 04 - Assinale a alternativa em que o fato histórico referido
privilégio: só podia votar quem tivesse dinheiro. E para se também está ligado ao Brasil:
candidatar a deputado, só com muita riqueza em terras.
No mundo, trabalhadores ganharam direitos. Imagine que no (A) “Assistimos a derrocada dos regimes comunistas, com a
século passado, na Europa, crianças chegavam a trabalhar até extinção da União Soviética”;
quinze horas por dia. E não tinham férias. (B) “Os países do Leste europeu converteram-se em
As mulheres, relegadas a segundo plano, passaram a poder
democracia”;
votar, símbolo máximo da cidadania. Até há pouco tempo,
(C) “Na África do Sul desfez-se o regime de segregação racial”;
justificava-se abertamente o direito do marido de bater na
mulher e até de matá-la. (D) “A América Latina, tão viciada em ditadores, viu surgir na
Em 1948, surgiu a Declaração Universal dos Direitos do década de 80 uma geração de presidentes eleitos
Homem, aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU), democraticamente”;
ainda na emoção da vitória contra as forças totalitárias lideradas (E) “No século XVIII, a rebeldia a essa situação detonou a
pelo nazismo, na Europa. Revolução Francesa”.
Com essa declaração, solidificou-se a visão de que, além da
liberdade de votar, de não ser perseguido por suas convicções, o
homem tinha direito a uma vida digna. É o direito ao bem estar. 05 - O autor defende o respeito à coisa pública. A alternativa
A onda dos direitos mudou a cara e o mapa do mundo neste que exemplifica esse respeito é:
final de milênio. Assistimos à derrocada dos regimes
comunistas, com a extinção da União Soviética. Os países do (A) “poder votar em quem quiser sem constrangimento”;
Leste europeu converteram-se à democracia. (B) “processar um médico que cometa um erro”;
Na África do Sul, desfez-se o regime de segregação racial. A (C) “não jogar papel na rua”;
América Latina, tão viciada em ditadores, viu surgir na década
(D) “direito de ser negro sem ser discriminado”;
de 80 uma geração de presidentes eleitos democraticamente.
(E) “direito de ter direitos”.

3
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

06 - O segmento do texto que apresenta uma linguagem menos 11 - “Muita gente lutou e morreu para que tivéssemos o direito
formal é: de votar. E outros batalharam para você votar aos dezesseis
anos”; infere-se desse segmento do texto que:
(A) “E outros batalharam para você votar aos dezesseis anos”;
(B) “Na África do Sul, desfez-se o regime de segregação (A) todos os leitores do texto são adolescentes;
racial”; (B) o pronome “nós” (tivéssemos) se liga aos autores dos
(C) “As mulheres, relegadas a um segundo plano”; textos;
(D) “É o direito ao bem-estar”; (C) “muita gente” e “outros” se referem às mesmas pessoas;
(E) “não jogar papel na rua, não destruir telefones públicos”. (D) o autor do texto não possui mais dezesseis anos;
(E) “você” se liga a qualquer leitor do texto.

07 - O autor se refere à cidadania como uma conquista; a palavra


do texto que NÃO está relacionada a essa idéia de conquista é: 12 - Anestesia é uma palavra grifada com S (e não com Z) e
privilégio é grafada com I (e não com E); a alternativa em que
(A) “lutou e morreu”; ambas as palavras estão corretas quanto à grafia é:
(B) “batalharam” ;
(C) “revolucionário” (A) atravez / arrepio;
(D) “respeito”; (B) atraz / Pirineus;
(E) “lutou-se”. (C) frisa / irrequieto;
(D) análise / crâneo;
(E) baroneza / campeão.
08 - “Há detalhes que parecem insignificantes, mas revelam
estágios de cidadania: respeitar-se o sinal vermelho no trânsito,
não jogar papel na rua, não destruir telefones públicos. Por trás 13 - A alternativa em que o adjetivo tem seu significado
desse comportamento está o respeito à coisa pública”; nesse corretamente indicado é:
parágrafo, a expressão “desse comportamento”:
(A) conquista dura = rígida;
(A) refere-se à última das ações citadas; (B) poderes divinos = atemporais;
(B) retoma o conjunto de ações anteriores; (C) projeto revolucionário = modificador;
(C) alude somente a aspectos negativos; (D) vida digna = humilde;
(D) corresponde a um procedimento condenável; (E) símbolo máximo = conhecidíssimo.
(E) traz em si mesma um conteúdo positivo.

14 - “A América Latina, tão viciada em ditadores, viu surgir na


09 - A alternativa em que a reescritura da frase inicial altera o década de 80...”; nesse segmento do texto aparece um exemplo
seu sentido original é: de linguagem figurada denominada:

(A) “Cidadania é o direito de ter uma idéia e poder expressá-la” (A) metonímia;
= o direito de ter uma idéia e poder expressá-la é cidadania; (B) sinestesia;
(B) “É poder votar em quem quiser sem constrangimento” = é (C) metáfora;
poder, sem constrangimento, votar em quem quiser; (D) comparação;
(C) “É processar um médico que cometa um erro” = é processar (E) pleonasmo.
um médico que erre;
(D) “É devolver um produto estragado” = é fazer a devolução
de um produto estragado; 15 - A alternativa em que a construção com o pronome SE é
(E) “É o direito de ser negro sem ser discriminado” = é, sendo diferente das demais é:
negro por direito, não ser discriminado.
(A) “desfez-se o regime de segregação racial”;
(B) “solidificou-se a visão de que (....) o homem tinha direito a
10 - “É processar um médico que cometa um erro”; a forma uma vida digna”;
verbal abaixo que NÃO está correta, se colocada no mesmo (C) “justificava-se abertamente o direito do marido de bater na
tempo verbal do verbo sublinhado é: mulher”;
(D) “Lutou-se pela idéia de que todos os homens merecem a
(A) volte (voltar); liberdade”;
(B) reaveja (reaver); (E) “respeitar-se o sinal vermelho”.
(C) se precavenha (precaver-se);
(D) proveja (prover);
(E) provenha (provir).

4
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

RACIOCÍNIO LÓGICO 17 – Quatro objetos: apontador, borracha, caneta e lápis vão ser
guardados em quatro caixas numeradas de um a quatro, um
objeto em cada caixa, de tal forma que satisfaçam
16 - A figura abaixo mostra uma folha com alguns símbolos: simultaneamente a todas as condições abaixo:

– o lápis deverá ser colocado numa caixa de número par;


– se a caneta estiver na caixa 2, então a borracha deverá estar
na caixa 1;
– O número da caixa onde ficará o apontador não pode ser
maior do que o número da caixa da caneta.

Convencionado que o primeiro número representa a caixa onde


ficará o apontador; o segundo, a caixa da borracha; o terceiro, a
A alternativa que corresponde à mesma folha após ter sido caixa da caneta e o quarto a caixa do lápis, a única opção que
girada é: satisfaz todas as condições é:

(A) 1, 3, 4, 2;
(A) (B) 1, 3, 2, 4;
(C) 4, 1, 3, 2;
(D) 3, 2, 1, 4;
(E) 3, 4, 2, 1.

(B) 18 - Observe a seqüência de figuras que obedece a um certo


padrão:

(C)

(1) (2) (3) (4)

(D) O número de bolas na 10a figura desta seqüência é:

(A) 10;
(B) 20;
(C) 22;
(D) 40;
(E) 55.
(E)

5
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

19 - Em um grupo de amigos (Joana, Victor, Maria e Breno) 22 - Sete funcionários de uma empresa (Arnaldo, Beatriz,
sabe-se que: Carlos, Douglas, Edna, Flávio e Geraldo) foram divididos em 3
– existem homens que não gostam de dançar; grupos para realizar uma tarefa. Esta divisão foi feita de modo
– toda mulher tem computador. que:

Leia com atenção as sentenças abaixo: – cada grupo possui no máximo 3 pessoas;
– Edna deve estar no mesmo grupo que Arnaldo;
1. Joana gosta de dançar e tem computador. – Beatriz e Carlos não podem ficar no mesmo grupo que
2. Victor gosta de dançar e tem computador. Geraldo;
3. Maria não gosta de dançar e não tem computador. – Beatriz e Flávio devem estar no mesmo grupo;
4. Breno não gosta de dançar e não tem computador. – Geraldo e Arnaldo devem ficar em grupos distintos;
– nem Edna nem Flávio podem fazer parte do grupo de
A(s) única(s) afirmativa(s) que garantimos que seja(m) Douglas.
FALSA(S) é (são) :
Estarão necessariamente no mesmo grupo:
(A) 2;
(B) 2 e 3; (A) Arnaldo e Carlos;
(C) 3; (B) Arnaldo e Douglas;
(D) 1 e 4; (C) Carlos e Flávio;
(E) 4. (D) Douglas e Geraldo;
(E) Flávio e Geraldo.

20 - Sabendo-se que um número real x é negativo ou maior que 23 - Entre Alberto, Carlos e Eduardo temos um estatístico, um
1, pode-se afirmar que: geógrafo e um matemático, cada um com exatamente uma
dessas três profissões. Considere as afirmativas a seguir:
(A) se x é maior que –2 então x é maior que 1;
(B) se x é menor que 2 então x é maior que 1; I – Alberto é geógrafo.
(C) se x é menor que 2 então x é negativo; II – Carlos não é estatístico.
(D) se x é negativo então x é menor que –1; III – Eduardo não é geógrafo.
(E) se x é positivo então x é maior que 1.
Sabendo que APENAS uma das três afirmativas acima é
verdadeira, assinale a alternativa correta:
21 - Numa biblioteca que funciona de segunda-feira a sexta-
feira, durante uma certa semana foram consultados 3 dicionários (A) Alberto é matemático, Carlos é geógrafo e Eduardo é
(inglês, francês e alemão) na seção de referência. Sabe-se que: estatístico;
(B) Alberto é matemático, Carlos é estatístico e Eduardo é
– todo dia pelo menos um destes 3 dicionários foi consultado; geógrafo;
– o dicionário de francês foi consultado em no máximo dois (C) Alberto é estatístico, Carlos é matemático e Eduardo é
dias distintos; geógrafo;
– na sexta-feira o dicionário de alemão não foi consultado. (D) Alberto é estatístico, Carlos é geógrafo e Eduardo é
matemático;
Com base nesses dados, pode-se concluir que: (E) Alberto é geógrafo, Carlos é estatístico e Eduardo é
matemático.
(A) o dicionário de alemão foi consultado pelo menos uma vez;
(B) pelo menos um dos dicionários, o de inglês ou o de alemão,
foi consultado no mínimo duas vezes;
(C) o dicionário de inglês foi consultado pelo menos uma vez;
(D) o dicionário de inglês foi consultado em um número maior
de dias do que o de alemão;
(E) o dicionário de alemão foi consultado em um número maior
de dias do que o de francês.

6
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

24 - Sabe-se que 65% dos funcionários de uma empresa são


homens. Nessa mesma empresa 40% dos funcionários recebem NOÇÕES DE INFORMÁTICA
salários maiores que R$ 1000,00. Entre as opções abaixo, a
única IMPOSSÍVEL é: Nas questões de número 26 até 35, considere a configuração
padrão de software e hardware nas versões em português, a
(A) no máximo 40% dos funcionários são homens e, menos quando especificado em contrário.
simultaneamente, ganham mais que R$ 1000,00;
(B) no máximo 60% dos funcionários são homens e,
simultaneamente, recebem R$ 1000,00 ou menos; 26 - Observe a figura a seguir extraída no MS-Word 2000. Note
(C) pode não haver na empresa funcionário mulher ganhando a posição do cursor.
menos de R$ 1000,00;
(D) pode não haver na empresa funcionário homem ganhando
mais de R$ 1000,00;
(E) no mínimo 65% dos funcionários são homens ou recebem
mais de R$ 1000,00.

25 - De uma estação de trem partem duas linhas (I e II). As


partidas na linha I começam às 6h e acontecem de 30 em 30 Para apagar apenas a letra w da palavra hardware; deve-se:
minutos, até às 19h. Na linha II, as partidas começam às 7h15 e
acontecem de 25 em 25 minutos, até às 19h45. Portanto, no (A) pressionar a tecla Å (Back Space);
intervalo de tempo entre 7h28min e 9h28min: (B) pressionar a tecla Delete;
(C) pressionar a tecla Enter;
(A) partiram 5 trens pela linha II; (D) utilizar as teclas Ctrl em conjunto com Å (Back Space);
(B) partiram 5 trens pela linha I; (E) utilizar as teclas Shift em conjunto com Delete.
(C) partiram mais trens pela linha I do que pela linha II;
(D) não houve horário coincidente de partida entre as linhas I e
II;
(E) partiram ao todo 8 trens pelas linhas I e II. 27 - Observe a figura a seguir extraída do MS-Word 2000.

Para eliminar as marcas de espaço e de parágrafo, deve-se


pressionar o seguinte botão da barra de ferramentas:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

7
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

28 - As duas figuras a seguir foram extraídas do MS-Excel 2000 30 - Considere as seguintes afirmativas sobre a barra de
em português: inicialização rápida do MS-Windows 2000:

i. Esta barra é utilizada para incluir atalhos para os


programas e/ou aplicativos.
ii. O usuário não deve incluir e/ou remover itens
manualmente desta barra sobre o risco de criar
instabilidade no Windows.
iii. Os ícones que estão presentes nela representam
programas que estão sendo executados.
iv. Sua posição padrão é ao lado do menu Iniciar.
v. Se oculta, os programas ficam mais lentos.

O número de afirmativas corretas é:

(A) 1
(B) 2
(C) 3
(D) 4
A expressão “=soma(Abacate; Abacaxi)” (sem as aspas) terá (E) 5
como resultado:

(A) 17 31 - Observe o trecho de uma planilha MS Excel 2000 na figura


(B) 34 a seguir.
(C) 46
(D) 73
(E) 136

29 - Ao se informar que a interface de rede de um


microcomputador trabalha à velocidade de 100 M, isso significa
que a taxa de transferência é de: Suponha que as células E2, F2 e G2 foram preenchidas com as
fórmulas apropriadas para calcular a menor nota, a maior nota e
(A) 100.000 bits por segundo; a média das notas do estudante chamado Bernardo (não foram
(B) 100.000 bytes por segundo; usadas referências absolutas nas fórmulas). Em seguida, estas
(C) 100.000.000 bits por segundo; mesmas células (E2:G2) foram selecionadas e a alça de
(D) 100.000.000 bytes por segundo; preenchimento foi arrastada até a linha 6. Após essas operações,
(E) 1048576 bytes por segundo. o valor da célula G6 é:

(A) 6,0
(B) 6,7
(C) 7,0
(D) 8,7
(E) 9,0

8
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

32 - Observe o trecho de uma planilha MS Excel 2000 na figura 34 - Um recurso importante do sistema operacional MS
a seguir. Windows é a memória virtual. A correta definição de memória
virtual é:

(A) memória RAM usada pelas placas de vídeo on board;


(B) utilização da memória de vídeo ociosa para executar
programas que precisam de mais memória do que a máquina
Suponha que: tem disponível;
(C) memória muita rápida usada para a leitura em avanço de
i. A célula A1 foi formatada para mostrar datas no trechos da memória RAM que, provavelmente, serão logo
formato mês-ano. em seguida utilizados pelo processador;
ii. A célula B1 foi formatada para mostrar números com (D) recurso de hardware usado para virtualmente duplicar a
uma casa decimal e usar pontos como separadores de memória física existente. O truque consiste em, num mesmo
milhares. ciclo, efetuar duas leituras simultâneas na memória;
iii. A célula C1 foi formatada para mostrar números como (E) armazenamento temporário em memória secundária usado
percentagens sem casas decimais. pelo computador para executar programas que precisam de
mais memória RAM do que a máquina tem disponível.
Em seguida, a seguinte seqüência de passos é aplicada:

• seleção do intervalo de células A1:C1; 35 - Você recebe um e-mail de seu amigo Pedro comunicando
que ele finalmente tem um computador e uma conta de e-mail
• clique no pincel na barra de ferramentas padrão; (pedro@gmail.com). Você resolve felicitá-lo, mas, ao responder
• clicar e arrastar o cursor do mouse sobre o intervalo ao e-mail, percebe no campo “Para:” o endereço
A2:C2 pedro@gmeil.com
A diferença entre os dois endereços de e-mail se deve,
Após essas operações, os valores visualizados nas células A2, provavelmente, a:
B2 e C2 são, respectivamente:
(A) a primeira forma do endereço serve para enviar mensagens e
(A) 13/4/2006; 1001,111; 0,5734 a segunda para recebê-las;
(B) 4/2006; 1,001.1; 57,34% (B) seu amigo digitou o endereço errado ao configurar as
(C) 2006-04-13; 1.001,11; 0% propriedades da conta no programa cliente de correio
(D) abr-06; 1.001,1; 57% eletrônico;
(E) abr-2006; 1.001,111; 57 (C) o servidor de correio eletrônico de seu amigo deve ter as
duas formas registradas e as usa para balancear a carga nos
servidores;
33 - No MS Word 2000, a opção Versões... do menu Arquivo (D) o corretor ortográfico de seu programa cliente de correio
permite: eletrônico deve estar ligado e efetuou automaticamente a
“correção”;
(A) abrir documentos gerados em versões anteriores do MS (E) um erro no servidor DNS de seu provedor que traduziu
Word; erradamente o endereço IP do servidor de correio eletrônico
(B) baixar automaticamente versões mais atuais do MS Word; de seu amigo.
(C) criar e usar novas versões de dicionários personalizados;
(D) gerenciar as versões existentes do documento corrente;
(E) promover revisões no documento, mantendo lado a lado o
texto original e as alterações feitas.

9
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

ASSISTENTE SOCIAL 40 – NÃO está em acordo com o que prevê a Lei Orgânica da
Assistência Social (LOAS) para a implementação da política de
36 – Segundo a concepção clássica desenvolvida por T. H. assistência social:
Marshall, a cidadania moderna prevê a garantia e o usufruto
pleno de três categorias de direitos: direitos civis, direitos (A) a integração intersetorial entre a assistência e as demais
políticos e direitos sociais. Pertence à categoria dos direitos civis políticas sócio-econômicas setoriais;
o direito: (B) o comando único em cada esfera de governo;
(C) a desconcentração político-administrativa;
(A) de votar e ser votado; (D) a efetiva instituição e funcionamento dos fundos de
(B) de ir e vir e a liberdade de pensamento; assistência social;
(C) de participar da herança social; (E) a realização de Conferências Nacionais de Assistência
(D) ao bem-estar econômico; Social de 2 em 2 anos.
(E) à educação.

41 – A reforma promovida na Previdência Social brasileira


37 – O conceito de seguridade social, que passa a reger as durante o governo Fernando Henrique Cardoso teve como uma
políticas sociais brasileiras a partir da Constituição de 1988, tem de suas principais medidas:
como princípio fundante:
(A) o aumento da idade mínima para a aposentadoria;
(A) a não vinculação entre benefício e contribuição; (B) a diminuição do tempo de contribuição;
(B) a harmonia entre necessidades individuais e necessidades (C) a instituição do auxílio-doença;
sociais; (D) a regulamentação do trabalho autônomo;
(C) o direito balizado pelo mérito; (E) a entrada dos trabalhadores informais no sistema
(D) o critério da vulnerabilidade social; previdenciário.
(E) a universalização do emprego.

42 – A metodologia da avaliação de políticas e programas


38 – No pós – Segunda Guerra Mundial ocorre nos países sociais tem por objetivo identificar, obter e proporcionar de
capitalistas da Europa Ocidental uma formidável expansão das maneira válida e confiável informações suficientes para apoiar
políticas de proteção social em diferentes áreas e que provêem um juízo sobre o mérito e o valor de um programa ou de
amplo espectro de benefícios e serviços sociais. A partir dos componentes dele. Não é possível medir através de uma
anos 80, ao lado de uma crise econômica profunda, tais políticas pesquisa de avaliação:
de proteção social passam a ter seus custos e graus de eficácia
profundamente questionados, debate que influencia fortemente (A) o impacto do programa;
as definições sobre política social no Brasil e na América Latina. (B) a relação custo/benefício alcançada pelo programa;
Este conjunto de debates e tentativas de desmonte das estruturas (C) o grau de satisfação dos usuários do programa;
de proteção social é um fenômeno conhecido como: (D) o cumprimento das metas programadas;
(E) os objetivos do programa.
(A) crise do Welfare State;
(B) transnacionalização;
(C) Keynesianismo; 43 – A Constituição de 1988 estabelece a saúde como um direito
(D) reforma socialdemocrata; de cidadania. Uma das principais diretrizes a serem
(E) modelo residual. implementadas para garantir tal direito prevê a conjugação de
ações preventivas e ações assistenciais, constituindo o (a)
chamado (a):
39 – A literatura dedicada a elucidar a trajetória da assistência
social no país mostra que só recentemente ocorreu uma mudança (A) paradigma epidemiológico;
de status formal da assistência no sentido de sua transformação (B) atendimento integral;
em uma política pública. Tal mudança acontece quando ela (C) modelo comunitário;
passa a diferenciar-se da/do: (D) padrão regionalizado;
(E) atenção básica.
(A) ideologia;
(B) cidadania;
(C) Estado;
(D) filantropia;
(E) liberalismo.

10
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

44 – A política de saúde atual tem como grande desafio oferecer 47 – A partir da década de 1990, passam a ser implementadas no
respostas eficazes diante de um quadro sanitário extremamente Brasil as chamadas reformas descentralizadoras em torno das
complexo que caracteriza o Brasil hoje. Um dos grandes quais se produziu um grande consenso sobre seus efeitos
desafios atualmente postos ao sistema de saúde está relacionado positivos. Fazem parte deste consenso a crença de que a gestão
ao (à): descentralizada das políticas públicas permitiria:

(A) perfil de mortalidade típico de países pobres e pouco (A) a modernização da máquina estatal e o incremento dos
industrializados; recursos humanos na área pública;
(B) manutenção dos índices da mortalidade infantil nas últimas (B) o incremento da justiça social e a redução dos repasses
décadas; federais para financiar serviços sociais;
(C) alta incidência de doenças crônico-degenerativas e de (C) a redução do clientelismo e a flexibilização das normas
mortalidade por causas violentas; burocráticas;
(D) profunda desigualdade social que gera distorções entre os (D) o alcance de maior eqüidade das ações e a redução dos
investimentos em atenção básica e em serviços de alta impostos;
complexidade; (E) maior eficácia da gestão pública e aumento do controle
(E) envelhecimento da população conjugado à baixa social sobre o Estado.
incorporação de tecnologia médica .

48 – Um dos principais temas do debate atual sobre as políticas


45 – A superação do modelo assistencial centrado no hospital sociais brasileiras centra-se nas contradições engendradas pela
psiquiátrico constitui o eixo central da política preconizada pelo conjuntura de tendência neoliberal frente aos princípios
Ministério da Saúde para a área de saúde mental. Constituem consagrados pela Constituição de 1988 para a área social. A
dispositivos assistenciais substitutivos aos leitos psiquiátricos alternativa que sintetiza, em termos de princípios, tais
previstos pelo Ministério: contradições, é:

(A) os centros de assistência psicossocial; (A) empowerment x intersetorialidade;


(B) a assistência domiciliar; (B) terceirização x flexibilização;
(C) as residências terapêuticas; (C) focalização x universalização;
(D) os núcleos de saúde mental; (D) regressividade x seletividade;
(E) os grupos de trabalho locais. (E) fundos públicos x solidariedade.

46 – Tendo-se por referência a perspectiva dialética, é correto


afirmar sobre a relação sujeito/objeto na pesquisa social:

(A) há uma relação de neutralidade entre estes dois pólos


visando a garantia da cientificidade;
(B) é uma relação dotada de objetividade à medida em que o
sujeito que investiga deve se desprover de seus valores e
juízos de valor;
(C) o sujeito do conhecimento busca através da construção dos
“tipos ideais” uma aproximação com o objeto da
investigação;
(D) o objeto do conhecimento nas ciências sociais é também
sujeito e interage permanentemente com o investigador;
(E) o conhecimento e a interpretação dos fenômenos humanos
exige que o sujeito da investigação utilize-se dos métodos
qualitativos para aproximar-se de seu objeto.

11
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

49 – As mudanças no mundo do trabalho e as feições assumidas 53 – Observe as afirmativas, a seguir, em relação à construção
pelo Estado no trato das políticas sociais têm incidido, de uma experiência articuladora de diferentes campos de atuação
sobremaneira, nos novos contornos do mercado de trabalho dos profissional numa perspectiva multi-profissional:
assistentes sociais, sem, contudo, alterar de forma significativa
sua condição de profissional: I- Todo trabalho institucional organizado de forma multi-
profissional implica abdicação das fronteiras e saberes
(A) autônomo; profissionais.
(B) especialista; II- A noção de multi-profissionalidade está apoiada numa
(C) assalariado; perspectiva de organização epistemológica dos saberes
(D) polivalente; profissionais.
(E) multifuncional. III- A organização de práticas interdisciplinares tende a
superar a fragmentação dos saberes e das práticas
profissionais.
50 – As demandas apresentadas aos assistentes sociais a partir
das novas configurações da pobreza, da exclusão social e dos A(s) afirmativa(s) correta(s) é/são somente:
altos níveis de desemprego têm sido compreendidas na literatura
profissional como expressões da: (A) I;
(B) II;
(A) nova problemática social; (C) III;
(B) crise de sociabilidade do capital; (D) I e III;
(C) nova situação existencial problema; (E) I, II e III.
(D) contra-reforma do Estado;
(E) nova questão social.
54 – A definição e formulação de estratégias de ação
profissional constituem para o assistente social um procedimento
51 – A atuação profissional dos assistentes sociais na articulação de natureza:
de redes de serviços sociais tem se dado de forma contraditória,
assumindo dimensões que ora reforçam e ora negam a (A) técnica e instrumental;
perspectiva de enfrentamento do acesso aos mesmos como (B) teórico-metodológica e política;
direito social. Contribuem, respectivamente, para o (C) política apenas;
fortalecimento e o enfraquecimento dessa perspectiva as noções (D) teórica apenas;
de: (E) metodológica apenas.

(A) solidariedade e territorialidade;


(B) territorialidade e sociomatricialidade; 55 – A compreensão da relação entre as expressões da questão
(C) sociomatricialidade e intersetorialidade; social e as condições de vida e trabalho da população, ressalta
(D) intersetorialidade e parceria; uma dada perspectiva metodológica de condução da ação
(E) parceria e solidariedade. profissional pelo assistente social. NÃO diz respeito a essa
perspectiva metodológica a compreensão da realidade:

52 – A intervenção dos assistentes sociais nas condições e (A) enquanto uma totalidade;
relações de trabalho produzem um efeito que é tanto material (B) em suas múltiplas determinações;
quanto espiritual. Esse efeito determina ao seu trabalho uma: (C) a partir de suas mediações com diferentes esferas da vida
social;
(A) imediaticidade material; (D) a partir da relação de subordinação dos micro-sistemas ao
(B) objetividade social; macro-sistema social;
(C) casualidade formal; (E) como contraditória.
(D) objetividade material;
(E) imediaticidade abstrata.

12
ASSISTENTE SOCIAL - ASSRJ

56 – Uma recente e crescente preocupação dos assistentes 59 – A sistematização da prática em relação à sua contribuição
sociais diz respeito às transformações que vêm se dando em para o processo de reorientação dos rumos da atividade
relação aos novos contornos de seu mercado de trabalho, em profissional constitui-se, essencialmente, em uma atividade de
especial, com relação às funções que lhes são privativas. Essas cunho:
funções são definidas no:
(A) técnico e burocrático;
(A) Artigo 5º da Lei de Regulamentação da Profissão; (B) teórico e reflexivo;
(B) Artigo 5º do Código de Ética Profissional; (C) administrativo e operativo;
(C) Artigo 4º da Lei de Regulamentação da Profissão; (D) assistemático e instrumental;
(D) Artigo 4º do Código de Ética Profissional; (E) sistemático e técnico.
(E) Artigo 6º da Lei de Regulamentação da Profissão.

60 – NÃO constitui um dos pilares de sustentação do projeto


57 – Observe as afirmativas, a seguir, em relação aos Códigos ético-político do Serviço Social:
de Ética do Assistente Social:
(A) o Código de Ética dos Assistentes Sociais;
I- A denúncia é um valor que aparece pela primeira vez (B) as diretrizes para a Formação dos Assistentes Sociais;
no Código de Ética de 1986. (C) o Projeto Societário Hegemônico;
II- O primeiro Código de Ética do Assistente Social foi (D) a Lei de Regulamentação da Profissão;
elaborado em 1947, mas só foi aprovado em 1948. (E) a democracia e liberdade como valores fundamentais.
III- O primeiro Código de Ética do Assistente Social foi
revisado duas vezes, uma em 1965 e outra dez anos
depois, e sofre uma clara influência da encíclica papal
Rerum Novarum.

A(s) afirmativa(s) correta(s) é/são somente:

(A) I;
(B) II;
(C) I e II;
(D) II e III;
(E) I, II e III.

58 – NÃO constitui um dos princípios da Política Nacional do


Idoso:

(A) a família tem o dever de assegurar ao idoso todas as


condições de participação e cidadania, defendendo sua
dignidade e bem-estar podendo ter suas funções
complementadas, apenas ocasional e excepcionalmente, por
outras organizações da sociedade civil;
(B) as diferenças econômicas, sociais, regionais e,
particularmente, as contradições entre o meio rural e o
urbano do Brasil deverão ser observadas pelos poderes
públicos e pela sociedade em geral, na aplicação desta lei;
(C) o idoso deve ser o principal agente e o destinatário das
transformações a serem efetivadas através dessa política;
(D) o idoso não deve sofrer discriminação de qualquer
natureza;
(E) o processo de envelhecimento diz respeito à sociedade em
geral, devendo ser objeto de conhecimento e informação
para todos.

13
Prédio do CCMN - Bloco C
Cidade Universitária - Ilha do Fundão - RJ
Central de Antendimento - (21) 2598-3333
Internet: http://www.nce.ufrj.br
ARQUIVO NACIONAL
CONCURSO PÚBLICO – ASSISTENTE SOCIAL – ASSRJ
Gabarito da Prova de Objetiva após recurso

Questão 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Gabarito B E E D C A D B E * D C C A D B A E C E

Questão 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
Gabarito * D C D A A B A C B C D D E B B A A D *

Questão 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
Gabarito A E B C C D E C C E D B C B D A E A B C

Questão 10: ANULADA


Questão 21: ANULADA
Questão 40: ANULADA

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ