Você está na página 1de 17

Empresa de Pesquisa Agropecuária e

Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

Concurso Público (edital no 001/2006)

Caderno
de Provas
Prova: 14
Códigos de vaga: 122 e 123
.
prova 14
Códigos de vaga: 122 e 123
Dia: 28 de maio de 2006 • Horário: das 14 h às 17 h
Duração: 3 (três) horas, incluído o tempo para o preenchimento do cartão-resposta.

Instruções
Para fazer a prova você usará:

 este caderno de prova; Confira o número que você obteve


 um cartão-resposta que contém o seu no ato da inscrição com o que está
nome, número de inscrição e espaço para indicado no cartão-resposta.
assinatura.
Verifique, no caderno de prova:

a) se faltam folhas, se a seqüência de questões, no total de 40 (quarenta), está correta;


b) se há imperfeições gráficas que possam causar dúvidas.
Comunique imediatamente ao fiscal qualquer irregularidade.

 Não é permitido qualquer tipo de consulta  A interpretação das questões é parte


durante a realização da prova. integrante da prova, não sendo permitidas
 Para cada questão são apresentadas 5 perguntas aos fiscais.
(cinco) alternativas diferentes de respostas  Não destaque folhas da prova.
(a, b, c, d, e). Apenas uma delas constitui a
resposta correta em relação ao enunciado
da questão.

Ao terminar a prova, entregue ao fiscal o caderno de prova completo e o cartão-resposta devida-


mente preenchido e assinado.
O gabarito da prova será divulgado, até 4 (quatro) horas após a constatação do efetivo encerra-
mento da sua realização, no site:
 http://epagri.fepese.ufsc.br
Conhecimentos Gerais • Português

Português (10 questões)

Texto 1 1. Observe o que segue:

(Rachel de Queiroz, Herois do nosso tempo. apud Melo Mesquita, Sr. Agricultor, senta-te, por favor e expõe os teus pro-
Roberto. Para Aprender Português. Saraiva) blemas.
A gente costuma falar mal da televisão e, na verdade, No período acima, a linguagem foi usada na função:
temos muito para isso. Ao mesmo tempo há que reco-
nhecer os méritos óbvios desse insuperável veículo de a. ( ) fática.
comunicação, há o milagre eletrônico que ele representa.
b. ( ) poética.
Mas há outros méritos de que se fala pouco e, no en- c. ( ) emotiva.
tanto, estão sempre visíveis e diários. Por exemplo, o d. (X) conativa.
acesso à informação e à comunicação, aberto a qual- e. ( ) referencial.
quer tipo de pessoa, por mais humilde que seja, por
mais distante que viva. Note-se, especialmente depois
que se inauguraram esses programas de consulta 2. De acordo com o pensamento da autora do texto 1,
popular, em que o repórter sai pela rua, interpelando com base no segundo parágrafo, qual a importância
o transeunte a respeito de qualquer problema da co- da televisão?
munidade. Chega a haver muita gente que, não ape-
nas se esquiva, mas até sai ansiosa à procura da moça a. ( ) É dar o microfone a qualquer um.
do microfone, para dar o seu recado a respeito do que
ela quer ou teme, do que sofre, do que precisa, do que b. ( ) É procurar uma moça para ser repórter.
a atormenta ou revolta. O liberador desabafo. Isso só a c. ( ) É ser humilde e dar somente informações.
TV pode fazer. d. ( ) É concordar com o pensamento da emissora.
e. (X) É dar acesso à comunicação a qualquer tipo
É a comunicação direta e imediata – ao vivo – entre de pessoa.
a pessoa da rua ou da favela, ou da enchente, ou da
seca, ou selva amazônica e o resto da população.
Gente até então sepultada num anonimato, que se
3. Segundo o texto 1, de Rachel de Queiroz, aponte,
diria inviolável, e de repente aparece à luz do sol , para
nos períodos que seguem, a ocorrência da linguagem
dezenas de milhões de brasileiros seus irmãos, e mos-
conotativa:
tra a sua face, diz que está viva, que tem um coração
no peito batendo igual ao teu, que da sua boca ( a
a. ( ) “A gente costuma falar mal da televisão...”
que muitas vezes faltam dentes) podem sair palavras
de sabedoria, importantes pedidos de socorro e – por b. ( ) “... há o milagre eletrônico que ele representa.”
que não? – até brados de revolta. c. ( X ) “Gente até então sepultada num anonimato...
e de repente aparece à luz do sol...”
d. ( ) “Por exemplo, o acesso à informação e à comu-
nicação, aberto a qualquer tipo de pessoa...”
e. ( ) É a comunicação direta e imediata – ao vivo - ...”

Página 4
Epagri • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

4. Leia o texto abaixo: 5. A idéia principal do texto 2 é:

Temos conhecimento de que alguns dos problemas a. ( ) a miragem de uma vida mais livre.
da falta de comida na mesa dos brasileiros dá-se de- b. (X) o êxodo rural e suas causas.
vido ao não incentivo à agricultura e ao pequeno in-
c. ( ) a falta de incentivo ao setor agrícola.
vestidor que , por falta de apoio institucional, vê-se na
condição precária de abandono e, conseqüentemente, d. ( ) a esperança de enriquecimento rápido.
de pouca estrutura para incrementar o progresso fi- e. ( ) a vontade de fugir de um ambiente estreito e
nanceiro e social do país. sem futuro.

Após a leitura do texto acima, conclui-se que se fez


uso de língua: 6. Leia o texto abaixo:

a. (X) culta. Na noite do dia 24 para 25 do mês de abril, do ano


b. ( ) vulgar em curso, ocorreu uma revolta dos habitantes de uma
c. ( ) coloquial favela às margens do Rio Tietê, tendo como causa uma
sentença judicial que os obrigava a desocupar suas
d. ( ) regional
casas de imediato.O fato gerou conflitos entre a popu-
e. ( ) técnica lação e a polícia , provocando graves tumultos e sérias
conseqüências.

Texto 2 Tendo por base os elementos de uma narração, con-


clui-se que, no texto acima, há:
O problema do êxodo rural
a. ( ) somente fato e lugar.
(D. Aranzadi, Uma Escola Social, p. 368) b. ( ) somente tempo.
c. ( ) somente personagens e causa.
O sinal do subdesenvolvimento agrário é o êxodo
rural. É o fato que se verifica em quase todos os países d. ( ) somente causa e conseqüência.
e algumas vezes atinge proporções enormes e cria e. (X) todos os elementos da narrativa.
problemas humanos complexos, difíceis de resolver.

O êxodo devido amiúde às seguintes razões:vontade 7. Leia o texto abaixo:


de fugir dum ambiente considerado estreito e sem
futuro; a sede de novidades e aventuras, que domina O empresário, em reunião com seus empregados, dis-
a geração presente; a esperança de enriquecimento se-lhes que gostaria de que todos atendessem muito
rápido; a miragem duma vida mais livre, com meios e bem sua clientela.
facilidades que oferecem os aglomerados urbanos.
O texto acima apresenta:
Há ainda razões mais fortes. O êxodo é também provo-
cado pelo fato de ser o setor agrícola, quase em toda a. ( ) discurso direto.
a parte, um setor deprimido, tanto no que se refere ao b. (X) discurso indireto.
índice de produtividade da mão-de-obra, como pelo
que se refere ao nível das populações rurais. c. ( ) discurso direto e indireto.
d. ( ) discurso indireto livre e direto.
e. ( ) discurso semi-indireto e direto.

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos Página 5


Conhecimentos Gerais • Português

8. De acordo com a norma culta da língua, assinale a 10. Assinale a alternativa correta, de acordo com a
alternativa correta: norma culta da língua portuguesa, do texto que foi
elaborado com base em uma notícia divulgada no
a. ( ) Muitos representantes brasileiros chegará Diário Catarinense em 27/04/06.
com antecedência a este evento.
b. ( ) Nossos jogadores estão apto, sob todos os a. ( X ) No dia 16 de abril do corrente ano, técnicos
aspectos, para enfrentar qualquer seleção. da Companhia Integrada de Desenvolvimento
Agrícola de SC presenciaram a incineração de
c. ( X ) Durante a Copa Mundial de Futebol, que se
quinze cabeças de gado em um frigorífico na
realizará na Alemanha, um grande público de
cidade de Criciúma. Os gados estavam sendo
diversos países far-se-á presente.
abatidos clandestinamente, e o procedimento
d. ( ) Bastante hotéis na Alemanha já estão lotados foi tomado para proteger a população.
em virtude do acontecimento tão importante.
b. ( ) No dia 16 de abril do corrente ano técnicos,
e. ( ) Os alemãos estão convictos que a tassa ficará da Companhia Integrada de Desenvolvimento
em seu país. Agrícola de SC, presenciaram a incineração de
quinze cabeças de gado em um frigorífico na
cidade de Criciúma. Os gados, estavam sendo
9. O problema da gripe aviária chegou ao ponto, em abatidos clandestinamente e o procedimento
nosso país, de causar grandes problemas como o de- foi tomado para proteger a população.
semprego nesse setor , devido a um grande prejuízo c. ( ) No dia 16 de abril do corrente ano, técnicos, da
para as indústrias, tendo em vista a baixa na exporta- Companhia Integrada de Desenvolvimento,
ção do produto. Agrícola de SC, presenciaram a incineração de
quinze cabeças de gado em um frigorífico na
Dentro do texto acima, a palavra destacada significa:
cidade de Criciúma. Os gados estavam sendo
abatidos clandestinamente e o procedimento
a. ( ) parada de ônibus.
foi tomado para, proteger a população.
b. ( ) livro.
d. ( ) No dia 16 de abril do, corrente ano, técnicos
c. ( ) sinal gráfico. da Companhia Integrada de Desenvolvimento
d. (X) extremo. Agrícola de SC, presenciaram ,a incineração
e. ( ) matéria de disciplina. de quinze cabeças, de gado em um frigorífico
na cidade de Criciúma. Os gados estavam sen-
do abatidos clandestinamente, e o prossedi-
mento foi tomado para proteger a população.
e. ( ) No dia 16 de abril, do corrente ano, técnicos
da Compania Integrada de Desenvolvimento
Agrícola de SC, presenciaram a insineração de
quinze cabeças de gado em um frigorifico na
cidade, de Criciúma. Os gados estavam sendo
abatidos clandestinamente, e o procedimento
foi tomado para proteger a população.

Página 6
Epagri • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

Conhecimentos Específicos (30 questões)

11. A respeito do surgimento do Serviço Social na 13. Sobre o Movimento de Reconceituação, é correto
América Latina, é correto afirmar que a primeira esco- afirmar:
la de Serviço Social fundada no continente foi:
a. ( ) Foi um movimento edificado nos princípios
a. ( ) Escola de Serviço Social Mary Richmond, em da fenomenologia crítica.
São Paulo. b. ( X ) Foi um movimento que questionou as ba-
b. ( ) Escola de Serviço Social Luísa de Marillac, em ses teóricas, filosóficas e metodológicas do
São Paulo. Serviço Social.
c. ( ) Escola de Serviço Social Elvira Matte de c. ( ) Foi um movimento inspirado na política nor-
Cruchaga, no Rio Grande do Sul. te-americana de inclusão social.
d. ( X ) Escola de Serviço Social Dr. Alejandro Del Rio, d. ( ) Foi um movimento que propôs uma nova
em Santiago do Chile. concepção de intervenção para o caso, grupo
e. ( ) Escola de Serviço Social São Tomás de Aquino, e comunidade.
no Rio de Janeiro. e. ( ) Foi um movimento baseado nos ideais eman-
cipatórios da Europa pós-revolução industrial.

12. Assinale a alternativa correta:


14. O Movimento de Reconceituação foi um processo
A história do Serviço Social no Brasil pode ser conhe- importante na história da profissão de Serviço Social.
cida por meio de documentos que retratam o debate Em relação ao exposto, identifique a alternativa correta:
profissional em determinado contexto histórico. Entre
esses, podem ser destacados os documentos de: a. ( ) Foi um processo iniciado nos Estados Unidos
e irradiado para toda a América Latina.
a. ( ) Chile, Boa Vista e Porto Alegre b. ( ) Foi um processo de inspiração européia e
b. ( ) Recife, São Luís e Macaé americana, liderado na América Latina por
c. (X) Araxá, Teresópolis e Sumaré assistentes sociais brasileiros.
d. ( ) Londrina, Ponta Grossa e Belo Horizonte c. ( ) Foi um movimento que procurou dar um per-
fil unívoco ao Serviço Social latinoamericano.
e. ( ) Salvador, Pelotas e Petrópolis
d. ( ) Foi um processo de revisão curricular que se
propôs à formação de profissionais críticos
para a realidade sul americana.
e. ( X ) Foi um movimento dos anos 1960, que mo-
vimentou os assistentes sociais da América
Latina, no sentido da transformação.

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos Página 7


Conhecimentos Específicos • Códigos de Vaga 122 e 123

15. Assinale o que for correto: 17. Com relação ao atual Código de Ética do assisten-
te social, é correto afirmar:
O debate sobre os fundamentos teórico-metodológi-
cos do Serviço Social contemporâneo pressupõe que a. ( ) Centra-se preponderantemente na dimensão
se tome como parâmetro: da prática do assistente social com segmentos
sociais vulneráveis.
a. ( ) O viés teoricista e epistemológico que enfatiza b. ( ) Privilegia a intervenção, com destaque para
os conteúdos de duas grandes matrizes do co- a metodologia reconceitualizada do Serviço
nhecimento: o positivismo e o funcionalismo. Social.
b. ( ) O entendimento da necessidade de retomar c. ( ) Substituiu o Código de 1985, dando ên-
os conteúdos de abordagem tradicional como fase à garantia dos direitos conquistados
Serviço Social de Caso, Grupo e Comunidade. com a Constituição de 1988, denominada
c. ( X ) O conhecimento do ser social como totalida- “Constituição Cidadã”.
de histórica e a compreensão da sociedade d. ( X ) Apresenta importantes mudanças em relação
em seu movimento contraditório. ao Código que o precedeu, sobretudo em
d. ( ) A ênfase na dimensão técnico-operativa, relação às questões de ordem normativa e
acentuando a separação entre teoria e prática. punitiva.
e. ( ) A abordagem cronológica e linear da questão e. ( ) É um Código que se volta para os oprimidos
social deslocada da história da sociedade de do sistema capitalista de produção.
classes.

18. O Código de Ética do Assistente Social pauta-se


16. Assinale a alternativa correta: em princípios, dentre os quais se destacam:

Algumas das principais categorias trazidas da teoria a. ( X ) Reconhecimento da liberdade, defesa da de-
social de Marx para pensar o Serviço Social entre a mocracia, posicionamento em favor da eqüi-
década de 1970 e o início dos anos 1980 são: dade, garantia do pluralismo.
b. ( ) Igualdade de sexo e de gênero, resgatando
a. ( ) A coesão social e o individualismo das massas. séculos de opressão.
b. ( ) A integração e o desenvolvimentismo nacio- c. ( ) Qualidade de vida dos usuários, Estado de
nalista. direitos, luta pela inclusão social.
c. ( ) A sociedade de classes e a solidariedade orgâ- d. ( ) Justiça social, universalidade das políticas
nica. sociais públicas.
d. ( ) O historicismo e a privatização da economia e. ( ) Consolidação da cidadania, estabelecimento
globalizada. do estado de bem estar social, emancipação
e. ( X ) O trabalho e sua particularidade na constitui- das camadas populares.
ção do ser social.

Página 8
Epagri • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

19. A Resolução CFESS nº 273/93, que institui o Códi- 21. Assinale a alternativa que indica as competências
go de Ética Profissional dos Assistentes Sociais, é clara do Assistente Social.
ao dizer em seu art. 4º que é vedado ao profissional
transgredir qualquer preceito do referido Código, bem a. ( ) Atuar nas expressões da questão social com
como da Lei de Regulamentação da profissão. vistas à acomodação das demandas da classe
trabalhadora aos ditames de uma sociedade
Em relação ao enunciado, é correto afirmar: globalizada.
b. ( ) Atuar nas expressões da questão social, des-
a. ( ) Constituem penalidades aplicáveis ao assis- velando as possibilidades contidas na realida-
tente social: advertência verbal, advertência de e sugerindo alternativas capazes de privi-
reservada, advertência pública, suspensão do legiar as políticas de iniciativa da rede privada
exercício profissional, cassação do registro no atendimento aos necessitados.
profissional.
c. ( ) Atuar nas expressões da questão social com
b. ( X ) Constitui direito do assistente social manter vistas a garantir os valores e princípios da eco-
sigilo profissional. nomia de mercado e as demandas das classes
c. ( ) A punibilidade do assistente social, por falta trabalhadoras em suas lutas por melhores
sujeita a processo ético e disciplinar, prescreve condições de trabalho e de renda.
em 3 (três) anos, contados da data da verifica- d. ( ) Atuar nas expressões da questão social de
ção do fato respectivo. forma articulada às demais políticas públicas,
d. ( ) Cumpre ao Conselho Federal de Serviço selecionando, classificando e sistematizando
Social-CFESS a execução das decisões proferi- as situações sociais problemáticas dos traba-
das nos processos disciplinares. lhadores.
e. ( ) O assistente social pode deixar de pagar, re- e. ( X ) Atuar nas expressões da questão social, for-
gularmente, as anuidades e contribuições de- mulando e implementando propostas para
vidas ao Conselho Regional de Serviço Social, o seu enfrentamento, por meio de políticas
desde que comprove, em juízo, os motivos sociais públicas, empresariais, de organiza-
alegados. ções da sociedade civil e movimentos sociais.

20. Leia o texto abaixo com atenção. 22. Sobre Exclusão Social, é correto afirmar:

A questão social, segundo Castel (1998), “pode ser ca- a. ( ) Excluídos são tão somente aqueles que estão
racterizada por uma inquietação quanto à capacidade na pior situação de pobreza.
de manter a coesão de uma sociedade”. b. ( X ) A exclusão comporta valores culturais e discri-
minações.
Em relação ao tema “questão social”, é correto afirmar:
c. ( ) Exclusão é um processo individual, embora
a. ( X ) Nas sociedades pré-industriais, a pobreza atinja pessoas em conjunto.
sempre foi considerada um “problema”, sendo d. ( ) Todo excluído é pobre, mas nem todo pobre é
entendida como um fenômeno natural. excluído.
b. ( ) A “questão social” é relacionada diretamente e. ( ) Um prato de comida e um cobertor podem
ao modo de produção socialista, do surgi- tirar, momentaneamente, o pobre da exclusão
mento do operariado e da burguesia. social.
c. ( ) A base da determinação da “questão social” é
o pleno emprego.
d. ( ) O núcleo da denominada nova “questão so-
cial” é produto da estabilidade das condições
de trabalho no final do século XX.
e. ( ) A denominada nova “questão social” é pro-
duto da substituição do Estado Mínimo pelo
Estado de Bem-Estar Social.

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos Página 9


Conhecimentos Específicos • Códigos de Vaga 122 e 123

23. É correto afirmar que os filósofos que mais se 26. É correto afirmar que as ações governamentais
destacaram por meio de suas obras para a reorganiza- na área de Assistência Social serão organizadas com
ção da Assistência Social, em meados dos séculos XVI base nas seguintes diretrizes:
e XVII, foram:
a. ( ) Descentralização administrativa, cabendo à
a. ( ) Mary Richmond e Gisela Konopka. esfera federal a execução de programas de
b. ( ) Thomas Malthus e Max Weber. âmbito local.
c. ( ) Stuart Mill e Sidney Webb. b. ( ) Descentralização das ações e projetos sociais
da esfera municipal para a esfera estadual.
d. (X) Juan Luiz Vives e Vicente de Paula.
c. ( X ) Descentralização político-administrativa, ca-
e. ( ) Augusto Comte e Emile Durkheim.
bendo a coordenação e o estabelecimento de
normas gerais à esfera federal.
24. Assinale a alternativa correta, quanto ao momen- d. ( ) Centralização da execução de benefícios,
to histórico em que o Estado iniciou sua intervenção serviços, programas e projetos na esfera esta-
no campo assistencial: dual.
e. ( ) Centralização das ações de coordenação de
a. ( ) Idade Média benefícios assistenciais continuados na esfera
b. (X) Idade Moderna municipal.
c. ( ) Primórdios do cristianismo
d. ( ) Surgimento da propriedade privada 27. Leia com atenção a afirmação que segue:
e. ( ) Criação das grandes companhias religiosas
A IV Conferência Nacional de Assistência Social, reali-
zada em dezembro de 2003, aprovou uma nova agen-
25. Assinale a alternativa correta. da política para o reordenamento da gestão das ações
descentralizadas e participativas de Assistência Social
A Assistência Social pode ser definida como: no Brasil.

a. ( X ) Política de Seguridade Social, destinada a Com base no exposto, é correto afirmar que:
prover os mínimos sociais.
b. ( ) Política Pública de Seguro Social, destinada a a. ( ) A Conferência deliberou pela implantação do
atender necessidades sociais. Programa Bolsa Família em todos os municí-
pios da federação.
c. ( ) Conjunto de ações destinado a prover neces-
sidades dos segurados da Previdência Social. b. ( ) A Conferência deliberou pela gestão descen-
tralizada dos programas sociais de educação e
d. ( ) Conjunto de benefícios voltados ao atendi-
saúde em todo o país.
mento das crianças e adolescentes de zero a
seis anos de idade. c. ( ) A Conferência teve como preocupação central
propor alternativas para a gestão dos progra-
e. ( ) Sistema de garantias de direitos a todos os
mas de transferência de renda vinculados às
cidadãos excluídos do mercado de trabalho.
ações das organizações filantrópicas.
d. ( X ) A Conferência deliberou pela implantação do
Sistema Único de Assistência Social – SUAS,
modelo de gestão para todo o território na-
cional.
e. ( ) A Conferência propôs um novo modelo de
gestão e financiamento para a Assistência
Social pautado na precedência do caráter
privado das ações sócio-assistenciais.

Página 10
Epagri • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

28. É correto afirmar que a Política Pública de Assis- 30. O uso correto da metodologia da pesquisa social
tência Social pressupõe: é um procedimento indispensável para a investigação
competente do assistente social.
a. ( ) Uma visão social capaz de entender que a
população tem capacidades que devem ser Em relação ao exposto, é correto afirmar:
aproveitadas de modo a dispensar a proteção
social pública em situações de risco ou de a. ( X ) Toda pesquisa inicia com um problema.
necessidades. b. ( ) Para uma amostra ser representativa é funda-
b. ( ) Uma visão social que privilegie as ações pon- mental que inclua, no mínimo, 50% do univer-
tuais e descontínuas no enfrentamento dos so.
riscos e necessidades sociais. c. ( ) A hipótese é uma indagação que deve ser
c. ( ) Uma visão social que privilegie o dever moral formulada com objetividade
e humanitário de prestar socorro aos pobres. d. ( ) As variáveis dependentes e independentes
d. ( ) Uma visão social que evidencie o caráter são, respectivamente, a causa e a conseqüên-
individualizado das necessidades sociais e a cia de um fenômeno.
importância de se identificar as fragilidades e. ( ) A neutralidade científica é um requisito indis-
que as situações de vida impõem a todos os pensável para um pesquisador que investiga a
brasileiros. complexidade do social.
e. ( X ) Uma visão social de proteção capaz de captar
as diferenças sociais, entendendo que as cir-
cunstâncias e os requisitos sociais circundan- 31. Leia o texto abaixo com atenção:
tes dos indivíduos e dele em sua família são
determinantes para sua proteção e autonomia. “A pesquisa social é um processo de investigação que
procura, por aproximações sucessivas, uma compreen-
são do real para a produção de conhecimento novo”.
29. A respeito das políticas que compõem a Seguri-
dade Social, é correto afirmar que: Com base no texto, assinale a resposta correta:

a. ( X ) A Assistência Social será prestada a quem dela a. ( ) A pesquisa consiste numa minuciosa coleta
necessitar, independentemente de contribui- de dados para que as hipóteses do pesquisa-
ção à Seguridade Social. dor possam ser comprovadas.
b. ( ) A Educação é direito de todos e dever do b. ( ) Hipóteses são perguntas fundamentais a se-
Estado e seu acesso é vinculado à contribui- rem feitas antes da coleta de dados.
ção financeira de seus usuários. c. ( X ) O assistente social, ao pesquisar cientifica-
c. ( ) A Previdência Social é gratuita e será prestada mente, levanta uma questão a ser respondida
a todos os que dela necessitarem, indepen- e recorta um objeto a ser conhecido.
dentemente de contribuição financeira de d. ( ) O questionário é o instrumento mais adequa-
seus usuários. do a ser usado com populações analfabetas.
d. ( ) A Assistência Social exige contrapartida finan- e. ( ) A pesquisa é instrumento fundamental para
ceira para acesso aos benefícios e serviços da transformar situações de pobreza
Seguridade Social.
e. ( ) A Saúde é política que depende da contrapar-
tida financeira dos usuários para acesso uni-
versal e igualitário ao Sistema Único de Saúde.

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos Página 11


Conhecimentos Específicos • Códigos de Vaga 122 e 123

32. A intervenção do assistente social junto à família 34. Leia o texto abaixo com atenção.
tem se revelado como uma das prioridades da sua
ação profissional. “Vivemos numa época como nenhuma outra, em que
a mais naturalizada de todas as esferas sociais, a fa-
Em relação à afirmação é correto dizer: mília, além de sofrer importantes abalos internos tem
sido alvo de marcantes interferências externas. Estas
a. ( ) A solidariedade contemporânea e a solidarie- dificultam sustentar a ideologia que associa a família
dade missionária são alternativas de sobrevi- à idéia de natureza, ao evidenciarem que os aconteci-
vência das famílias empobrecidas. mentos a ela ligados vão além de respostas biológicas
b. ( ) Em Santa Catarina, as políticas de saúde e as universais às necessidades humanas, mas configuram
de educação voltadas para a família têm cará- diferentes respostas sociais e culturais, disponíveis a
ter emancipatório desde a década de 1960. homens e mulheres em contextos históricos específi-
cos” (SARTI, 2005).
c. ( ) A priorização da família na agenda da política
social envolve, necessariamente, a construção
Em relação às preocupações do assistente social no
de moradias populares, creches e programas
trabalho com famílias, é correto afirmar:
de lazer para a família como um todo.
d. ( ) A família só pode ser atendida de forma digna a. ( ) Família é uma construção social, cultural e
pelo assistente social se cada um dos seus histórica, um núcleo formado por membros
segmentos (criança, adolescentes, adultos e que têm laços consangüíneos, que mantêm
idosos) for considerado na sua individualidade. relações de afetividade e de convivência e é
e. ( X ) Apesar de em 1994 ter se comemorado o Ano locus onde se constroem subjetividades.
Internacional da Família, no Brasil ainda não b. ( ) As políticas sociais do Estado de Bem-Estar
são oferecidas macro-políticas de erradicação Social brasileiro, após a Constituição de 1988,
da miséria que coloquem a família efetiva- têm possibilitado uma proteção social às fa-
mente na agenda da política social. mílias, similar à dos Estados Unidos, na déca-
da de 1960.
c. ( ) As políticas compensatórias para famílias bra-
33. É correto afirmar: sileiras pobres, instauradas desde a década de
1990, têm possibilitado uma ascensão social
Como espaços possíveis de exercício de participação e emancipatória da população em geral.
gestão das políticas públicas, os Conselhos de Direitos
contribuem para a democracia e a cidadania quando: d. ( X ) Atualmente percebe-se uma perda das re-
ferências rígidas em relação ao conceito de
a. ( ) Estimulam o controle dos governantes sobre família, ao mesmo tempo em que se observa
os governados. uma flexibilidade de suas fronteiras, o que
leva à dificuldade de romper com o modelo
b. ( ) Criam mecanismos de controle das iniciativas
idealizado e naturalizado desta instituição.
da sociedade civil organizada.
e. ( ) A privatização das políticas sociais, tal como
c. ( X ) Favorecerem o exercício do controle social.
ocorre nos países desenvolvidos (Canadá e
d. ( ) Constroem alternativas para privilegiar a par- Suécia, por exemplo) é o caminho mais segu-
ticipação do segmento governamental. ro e rápido para tirar da pobreza grande con-
e. ( ) Favorecem a construção de pautas individuais tingente da população brasileira.
e específicas.

Página 12
Epagri • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

35. Em relação às tendências atuais das políticas so- 37. A partir da leitura do texto que segue, selecione a
ciais, é correto afirmar: alternativa correta quanto às políticas sociais:

a. ( ) O padrão de bem-estar, iniciado nos fins o “[...] O trabalho do assistente social pode produzir
século XIX e consolidado nos anos 1940 do resultados concretos nas condições materiais, sociais,
século XX, entrou em ascensão a partir de e culturais da vida de seus usuários, [...] em seus com-
meados dos anos 1970, na trilha do surgimen- portamentos, valores, seu modo de viver e pensar,
to da questão social. suas formas de luta e organização, suas práticas de
b. ( X ) As políticas sociais são mecanismos de regula- resistência (YASBEK, 2004).”
ção da questão social na tentativa de respon-
der aos desafios impostos pelas metamorfo- a. ( ) As políticas sociais representam espaços de
ses desta questão social. dominação e priorização de interesses parti-
culares, não sendo capazes de alterar as con-
c. ( ) No Brasil, atualmente, há predominância de
dições de vida dos usuários.
políticas sociais universais que são seletivas e
focalizadas, com as quais se propõe a concre- b. ( ) As políticas sociais representam o reconhe-
tização dos direitos de cidadania. cimento das lutas e da prática cotidiana do
Assistente Social junto às necessidades de
d. ( ) Houve, a partir das décadas de 1930 e 1940,
seus usuários.
a passagem da distribuição de benefícios e
serviços de patamares mínimos para outros c. ( ) As políticas sociais não se constituem como
mais elevados. campo de trabalho específico do Assistente
Social.
e. ( ) As atuais políticas sociais brasileiras espe-
lham-se nas políticas sociais norte-americanas d. ( X ) As políticas sociais são a mediação para o
voltadas para a justiça, a eqüidade e a defesa exercício da intervenção profissional.
de direitos. e. ( ) As políticas sociais se estruturam vinculadas
às iniciativas filantrópicas e o Assistente Social
precisa adequar-se a essas práticas, sob pena
36. Quanto ao trabalho do Assistente Social em em- de não atender a seus usuários.
presas, é correto afirmar que:

a. ( X ) O Assistente Social atua em questões rela-


cionadas às demandas sócio-assistenciais e à
qualidade de vida do trabalhador.
b. ( ) O Assistente Social é o agente privilegiado
para desenvolver ações sócio-educativas e dis-
ciplinadoras do cotidiano dos trabalhadores.
c. ( ) O Assistente Social atua nas questões que
dizem respeito ao incremento de novas tecno-
logias de trabalho e à produção de mais valia.
d. ( ) O Assistente Social desenvolve mediações e
práticas voltadas ao fortalecimento da ativida-
de sindical e organizativa dos trabalhadores
individualmente considerados.
e. ( ) O Assistente Social desenvolve ações destina-
das a controlar os índices de alcoolismo dos
trabalhadores para o que se vale das suges-
tões das Conferências Nacionais de Trabalho,
Emprego e Renda.

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos Página 13


Conhecimentos Específicos • Códigos de Vaga 122 e 123

38. Leia o texto abaixo com atenção: 39. Leia o texto abaixo com atenção:

“O conceito de “qualidade de vida” surge relacionado “É essencial, [...] estudar fórmulas alternativas de se
ao desenvolvimento da sociedade de bem-estar, co- lidar com [a questão das drogas]. Vários países vêm
meçando a conformar parte dos discursos políticos e buscando soluções, mas até o momento nenhum
sociais dos anos 1970, na Europa e nos Estados Uni- parece ter atingido plenamente a meta pretendida”
dos” (FERREYRA, 2003). (GUEDES, 2002).

Com base no texto, assinale a resposta correta: Com base no texto, assinale o que for correto:

a. ( ) “Qualidade de vida” é a possibilidade de a. ( ) Segundo o CEBRID, as pesquisas revelam que


obtenção de bens a que tem acesso a classe na Região Sul há um consumo menor de dro-
média e a classe alta da população. gas lícitas e ilícitas do que na média brasileira.
b. ( ) “Qualidade de vida” é um estado de completo b. ( X ) Droga é toda substância que ingerida, inje-
bem-estar, o que implica saúde física e mental. tada, inalada, ou em contato com a pele e
c. ( ) “Qualidade de vida” é sinônimo de ausência mucosas provoca modificações no funciona-
de stress, de problemas financeiros e emocio- mento do organismo.
nais. c. ( ) De acordo com a Secretaria Nacional
d. ( ) “Qualidade de vida” é o resultado de um com- Antidrogas – SENAD, a heroína e a cocaína são
plexo processo que tem como pano de fundo as drogas com maior poder de criar depen-
a satisfação das necessidades básicas. dência.
e. ( X ) “Qualidade de vida” é o grau de satisfação d. ( ) É considerado “uso” de drogas o consumo
subjetiva de um indivíduo em um contexto, intenso que expõe o indivíduo ou o grupo a
como também o nível de recursos de que de situações de risco para a sua saúde física ou
fato um indivíduo dispõe para poder contro- psicológica e do qual advém problema social.
lar e dirigir conscientemente sua própria vida. e. ( ) A Organização Mundial da Saúde classifica o
padrão de uso de drogas como: contato, uso,
abuso, dependência.

Página 14
Epagri • Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.

40. Leia o texto abaixo com atenção.

Pesquisa realizada em 2001 pela Organização das


Nações Unidas para a Educação – UNESCO, com 50
mil estudantes brasileiros do ensino fundamental e
médio, constatou que 34,8% deles tomavam bebidas
alcoólicas, representando um contingente de 17,4
milhões de jovens.

Com base no texto, assinale o que for correto:

a. ( ) Ninguém gasta mais com uma política anti-


drogas do que os Estados Unidos: US$ 35 a 40
bilhões anuais. O maciço investimento tem
revelado resultados animadores, pois tem
havido redução progressiva de jovens que
entram em contato com os diversos tipos de
drogas.
b. ( ) Estudos internacionais têm revelado que uma
família bem constituída, com valores e princí-
pios contrários ao uso de drogas é uma defesa
para o contato de jovens com drogas, sejam
lícitas, sejam ilícitas.
c. ( X ) Todas as abordagens tradicionais, no sentido
de fornecer informações aos adolescentes so-
bre os perigos do fumo, da bebida e do uso de
drogas ilegais, de modo geral, falharam. Os es-
tudos que avaliam esses tipos de abordagens
baseadas na disseminação de informação – ou
até mesmo as que usam táticas de terror para
enfatizar os perigos do uso de drogas – mos-
tram suas a ineficácias.
d. ( ) A repressão tem sido a única ação realmente
eficaz para o combate do uso e abuso de dro-
gas ilícitas para jovens entre 12 e 21 anos de
idade.
e. ( ) Na complexa realidade do mundo das dro-
gas, as políticas de redução de danos têm se
mostrado as únicas com eficácia para conter a
expansão do contato de jovens com as drogas.

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos Página 15


EPAGRI
Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.
Rodovia Admar Gonzaga, 1.347 - Bairro Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88034-901 - Caixa Postal 502
Fone: (48) 3239-5500, Fax: 3239-5597

FEPESE • Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos


Campus Universitário • 88040-900 • UFSC • Florianópolis • SC
Fone/Fax: (48) 3233-0737
http://www.fepese.ufsc.br

Você também pode gostar