Você está na página 1de 1

Relato de experiência.

Em fevereiro de 2017, iniciei as atividades de ensino e aprendizagem numa turma de


alfabetização no primeiro ano do ensino fundamental 1, onde a mesma é composta por 21
alunos com idades entre 6 e 7 anos.

O trabalho com letramento e alfabetização é parte essencial no ensino da nossa língua nas
séries iniciais do ensino fundamental. Pensar em desenvolver um trabalho voltado para esse
fim justifica-se pela necessidade de proporcionar aos educandos condições para que se
usufruam dos benefícios em saber lês e compreender os diferentes gêneros.

Os aspectos de letramento abordados nesta experiência procuram levar aos alunos a fazer
associações que apenas ler histórias não permitiria fazer, mas que devem ir além.

Ao dar início ao processo de ensino e aprendizagem foi aplicada a avaliação diagnóstica para
que assim pudesse descobrir o nível em que os alunos se encontravam. A avaliação diagnóstica
tem como objetivo principal obter informações necessárias para a formulação das práticas
pedagógicas e a coleta de dados relevantes que mostrem o estado de aprendizagem do aluno.

As sondagens do nível da leitura e escrita revelaram que eles tiinham muito que avançar na
aquisição do sistema alfabético. De acordo com os dados obtidos pude perceber que os
alunos se encontravam nos níveis alfabético, pré- silábico e silábico alfabético.

Dentre as estratégias desenvolvidas em aula foram trabalhadas a leitura deleite, projeto de


leitura, seqüencias didáticas, acervos e os jogos educativos de alfabetização e matemática.

No trabalho com seqüencia didática e história de varal, o foco principal foram os eixos de
leitura e escrita, porém, pude perceber o quanto houve interação, maior desempenho e o
desenvolvimento das habilidades e o raciocínio lógico, assim como as dificuldades na
aprendizagem foram sanadas com sucesso.

Na sequencia didática é solicitado aos alunos que sempre façam a leitura em grupo e
individual explorando a oralidade dos mesmos. As atividades de leitura feitas individualmente
ou em duplas colocam em jogo os conhecimentos adquiridos na análise de palavras e textos.
Houve a leitura em diferentes estratégias, buscando sempre o significado no que lêem, assim
como associarem informações e diálogos a personagens.

Os jogos educativos, além de divertidos e trabalhar o lúdico, se usados pedagogicamente,


auxiliam aos educandos na criação e familiarização de conhecimentos, na interação entre
ambos e também no trabalho em equipe.

Através dos trabalhos desenvolvidos durante o ano letivo houve um grande avanço na
aprendizagem da turma, em geral.

Você também pode gostar