Você está na página 1de 6

PORTFÓLIO DA 7° SEMANA DA DISCIPLINA de Anatomia Humana

Reynaldo Francisco de Sena, 8032070

Educação Física

Campo Grande
2017

Coordenadoria de Educação a Distância – CEAD/CEUCLAR


1) Definir anatomia, anatomia sistemática ou sistêmica,
anatomia segmentar, anatomia de superfície, anatomia
funcional, anatomia aplicada, anatomia radiológica e
anatomia comparada.

Anatomia é o estudo microscópico ou macroscópico da estrutura física dos


seres orgânicos;

2) Conceituar nomenclatura anatômica.


É o termo usado para a linguagem própria na Anatomia, É o conjunto de termos
empregados para nomear e descrever o indivíduo ou suas partes, para
que possamos utilizar de termos corretos como por exemplo patela e axila,
ao invés de “SOVACO e RÓTULA”

3) Definir a posição anatômica de estudo


Convencionalmente, ser humano em pé, com a face voltada pra
frente, os membros superiores acompanham o tronco com as
palmas das maos voltadas pra frente, os membros inferiores
parelelos, proximos uns aos outros com os dedos dos pés
também voltados pra frente.
4) Explicar os planos de delimitação e os planos de
secção do corpo humano.
Na posição anatômica o corpo humano pode ser delimitado por planos
imaginários tangentes à sua superfície, formando um sólido geométrico do
tipo paralelepípedo. Dois verticais, sendo, um tangente ao ventre,
nomeado de plano ventral ou anterior e outro ao dorso, nomeado de plano
dorsal ou posterior, também por dois planos horizontais, um tangente à
cabeça, nomeado de plano cranial ou superior e outro à planta dos pés,
chamado de podálico ou inferior.
E os planos de corte que estão presentes na anatomia sao o sagital,
transversal e o coronal
5) Explicar os eixos anatômicos.
Existem três eixos de referência para descrever o movimento humano e
cada um deles é orientado perpendicularmente a um dos três planos de
movimento.
Eixo Frontal = Eixo Transversal: Perpendicular ao plano sagital. Ex: flexo-
extensão do tronco, ombros e quadris;
Eixo Sagital = Eixo Ântero – Posterior: Perpendicular ao plano frontal. Ex:
abdução dos ombros e quadris, inclinação lateral do tronco;
Eixo Longitudinal = Eixo Vertical: Perpendicular ao plano transversal. Ex:
rotação do tronco para direita e esquerda;
6) Estabelecer as relações entre os eixos e os planos de
secção.
Os eixos anatomicos são linhas imaginarias de movimento que
“atravessam” perpendicularmente os planos de secção do corpo humano,
isso é, que que formam um angulo de 90° com os planos e tem função de
facilitar o estudo dos movimentos em relação àqueles planos.
7) Definir os termos de posição e direção: superior ou
cranial, inferior, caudal ou podátilo, anterior ou ventral,
posterior ou dorsal, lateral, medial, intermédio,
mediano,médio, proximal, distal, palmar ou volar,
plantar, interno, externo, superficial, profundo, radial,
ulnar, tibial, fibular, ântero-posterior ou dorsoventral,
látero-lateral e longitudinal ou crânio-caudal ou súpero-
inferior.
Superior: mais próximo do cerebro, cranio.
Inferior: mais afastado do cérebro
Anterior: porção frontal do corpo, mais proxima do plano ventral
Posterior: mais proximo ao plano dorsal, parte de tras ou posterior do
corpo
Lateral: porção mais afastada lateralmente do plano sagital
Proximal: porção mais proxima do cérebro assim como Distal é a porção
mais afastada em relação ao cérebro
Palmar: localizada na palma da mao e plantar no que diz respeito a Planta
do pé
Radial: em referencia ao osso RADIO
Ulnar: presente na Ulna, parte da ulna
Tibial: aquilo que está presente na Tibia
Fibular: como os anteriores, diz-se do que faz parte da fíbula
Antero-posterior: Eixo anatomico perpendicular ao plano coronal,
atravesando as vistar anterior e posterior
Latero-lateral: similar ao anterior, é o eixo anatomico perpendicular ao
plano medial ou sagital
Longitudinal: eixo anatomico perpendicular ao plano transverso
8)Conceituar: esqueleto, esqueleto axial e esqueleto
apendicular.
O esqueleto é o conjunto de ossos que dá forma, apoio e proteção ao
corpo
O esqueleto axial é composto por três partes: a cabeça, a caixa torácica e
a coluna vertebral.
O esqueleto apendicular reúne os ossos dos membros superiores,
inferiores e os elementos de apoio, denominados cíngulos, que os
conectam ao troncoÉ dividido em 2 partes. O esqueleto apendicular
superior e o esqueleto apendicular inferior
9) Conceituar o tecido ósseo compacto e esponjoso.
Tecido ósseo esponjoso é assim denominado por apresentar um conjunto
de pequenas e finas traves ósseas, formando um emaranhado que em
muitos lembram uma esponja.
Tecido ósseo compacto consiste em toda estrutura que visualizamos ao
observarmos um osso, sua “ casca “ ou parede. aparentemente ele não
apresenta poros ou canais.

10) Citar as funções do esqueleto.

o esqueleto é corresponsável por suportar todo o corpo humano, por nos


possibilitar o movimento bípede, atraves da utilizaçãode tendoes e
ligamentos pra gerar movimento.Também desempenha papel fundamental
na proteção de orgãos vitais.

11) Classificar e definir os ossos segundo suas


dimensões: longo, curto e laminar (ou chato ou plano).
Ossos longos Tem o comprimento maior que a largura e são constituídos
por um corpo e duas extremidades.
Ossos curtos São parecidos com um cubo, tendo seus comprimentos
praticamente iguais às suas larguras.
Ossos Laminares: São ossos finos e compostos por duas lâminas paralelas
de tecido ósseo compacto

12)Definir no osso longo: diáfise (ou corpo), epífise (ou


extremidade) e canal medular.

Diáfise: é a haste longa do osso. Ele é constituída principalmente de tecido


ósseo compacto, proporcionando, considerável resistência ao osso longo.

Epífise: as extremidades alargadas de um osso longo. A epífise de um osso


o articula, ou une, a um segundo osso, em uma articulação. Cada epífise
consiste de uma fina camada de osso compacto que reveste o osso
esponjoso e recobertas por cartilagem

O canal medular. Se localiza nos ossos na parte da Diáfase e é onde se


encontra a medula óssea.

13) Classificar e definir: osso irregular, osso pneumático,


osso sesamóide e osso supranumerário (acessório ou
extranumerário).
Ossos Irregulares: Apresentam formas complexas e não podem ser agrupados em nenhuma das
outras categorias
Ossos Pneumáticos: São osso ocos, com cavidades cheias de ar e revestidas por mucosa
Ossos sesamoides são pequenos nódulos ossificados inseridos nos tendões, que lhes fornecem apoio
extra e reduzem a pressão sobre os restantes tecidos. Estão presentes no
interior de alguns tendões em que há considerável fricção, tensão e estresse físico,
14)Descreva o que é uma juntura sinovial e cite os
elementos básicos desta juntura.
São articulações do tipo mais comum, apresentam cavidades e o elemento
que se interpõem entre os ossos, é o liquido sinovial. As características
comuns dessa juntura são cápsula articular, cavidade articular, líquido
sinovial e membrana sinovial.
15) Dê a classificação morfológica das articulações do
ombro, punho e joelho. Qual é a importância para sua
atuação profissional?
Ombro: Articulação móvel, do tipo sinovial. Na articulação
esternoclavicular: anatomicamente sela / funcionalmente esferóide
(enartrose). Na articulação acromioclavicular: plana.Na articulação
glenoumeral: esferoide.
Punho: Articulação móvel, do tipo sinovial trocoide (na articulação rádio-
ulnar distal) e sinovial condilar (na articulação rádio-cárpica)
Joelho: Articulação gínglimo, ou juntura sinovial gínglima ocorre devido
ao encaixe de uma extremidade óssea convexa com outra côncava.
Essa articulação permite movimentos em um único plano articular, com
movimentos angulares de abertura e fechamento similares aos de uma
dobradiça.
A importancia de conhecer é saber quais movimentos a articulaçao é capaz de executar a fim de
evitar lesoes ou desconfortos em movimentos que não sao anatomicamente confortaveis de serem
executados
16) Descreva o que é uma articulação fibroso e
cartilaginosa. Dê os seus tipos.
articulações fibrosas incluem todas as articulações onde as superfícies dos
ossos estão quase em contato direto e são 3 tipos
Suturas,Sindesmoses e Gonfoses já nas articulações
cartilaginosas, os ossos são unidos por cartilagem pelo fato de
pequenos movimentos serem possíveis nestas articulações e são
dois tipos Sincondroses Cranianas e Sincondroses Pós-
cranianas

17) Quais são os tipos de tecido muscular que formam o


corpo humano? Qual é a importância destes tecidos?
tecido muscular liso, tecido muscular estriado esquelético e tecido
muscular estriado cardíaco

18) Quais são os componentes anatômicos do músculo


esquelético? Classifique estes músculos quanto à forma,
sua origem, sua inserção e quanto ao ventre muscular.
Quanto à Forma:a) Longos: são encontrados especialmente nos membros.
Os mais superficiais são os mais longos, podendo passar duas ou mais
articulações (uni ou bi-articulares). Exemplo: bíceps braquial.b) Curtos:
encontram-se nas articulações cujos movimentos têm pouca amplitude, o
que não exclui força nem especialização.
Exemplo: músculos da mão.c) Largos: caracterizam-se por serem
laminares. São encontrados nas paredes das grandes cavidades (tórax e
abdome). Exemplo: diafragma.
19) Explicar a localização do coração na caixa torácica.
Explicar os aspectos anátomo funcionais do miocárdio e
endocárdio. Explicar a posição anatômica e o tamanho
do coração.

20) Descreva a grande e pequena circulação do corpo


humano.

21)Explicar a anatomia interna do coração e suas


estruturas. Descreva o automatismo cardíaco.

22) Quais são as artérias do membro superior e inferior


e qual é a sua importância para as estruturas que
formam o membro superior e inferior?

23) Quais seriam as veias superficiais e profundas do


membro superior e inferior e qual é a sua importância
para as estruturas que formam este membro?