Você está na página 1de 2

TEMA: A PRÁTICA EDUCATIVA NO CONTEXTO ESCOLAR.

O ato de planejar faz parte das atividades do ser humano que tem o
planejamento um instrumento que orienta as ações. No âmbito escolar esse
instrumento se evidencia, pelo fato de que é relevante a articulação do trabalho
pedagógico.

A escola é o espaço que visa transmitir valores culturais, morais, civis e


políticos. Ela tem como uma de suas funções sociais, desempenhar a ação de
socialização dos educandos, pois é ela um dos primeiros locais que as pessoas
passam a ter contato com outros grupos, e assim, proporcionando a
socialização entre eles. Essas diversidades de grupos de pessoas vão passar a
interagir entre si, e vão conhecer realidades de vidas diferentes das suas e
esse processo de interação resulta em socialização. E é na escola que eles
vão receber uma orientação educacional padrão que seja favorável para a
convivência de todos (subjetividades e interesses específicos), onde cada um
vai saber respeitar o direto e o dever do próximo, tornando-os cidadãos
conscientes de uma sociedade.

Para que o professor consiga transmitir/ensinar a matéria de estudo ou valor


formativo, da melhor forma possível ao aluno, é importante que existam meios
propícios ao processo de ensino-aprendizagem, pois possibilitará a absorção
positiva do processo. Atualmente a escola vem sofrendo muitas
transformações, que vai desde seu aspecto físico até sua transformação de
valores, visto que a escola tem como função mediar conhecimentos.

Não podemos esquecer que quando os alunos chegam ao âmbito escolar, eles
já possuem uma história de vida, que recebem fora da escola, apresentando
um comportamento individual, social e uma vivência sociocultural específica ao
ambiente de origem de cada um deles. Todas essas características individuais
dos alunos podem auxiliar na formação do currículo escolar.

Nesse contexto as relações sociais, as trocas de experiência, o cotidiano,


formam um conjunto de fatores que garantem a construção de uma instituição
de ensino que busca integrar a vida escolar à vida social. Construir valores na
sala de aula requer profissionalismo e competência por parte dos professores
quanto à utilização de uma importante ferramenta pedagógica: a vivência
sociocultural dessas crianças.

É necessário que o professor busque a interação de diferentes tipos de


pessoas e que dentro da sala de aula esses indivíduos discordam entre si,
mudem de opinião, e possuam tempo próprio de aprendizagem. É preciso levar
o professor a entender que se faz necessário se equipar de um ensino
individualizado dentro da sala de aula. O professor precisa entender o ensino
como um desafio que ele precisa superar. Sua prática educacional molda-se
dentro do que exige a educação. A busca pelo aperfeiçoamento da prática
educativa é essencial para a conquista do aprimoramento do docente.

As relevantes modificações sofridas por nossa sociedade no decorrer do


tempo, dentre elas o desenvolvimento tecnológico e o aprimoramento de novas
maneiras de pensamento sobre o saber e sobre o processo pedagógico, têm
refletido principalmente nas ações dos alunos no contexto escolar, o que tem
se tornado ponto de dificuldade e insegurança entre professores e agentes
escolares resultando em forma de comprometimento do processo ensino-
aprendizagem. Dessa forma, faz-se necessário à busca de uma nova reflexão
no processo educativo, onde o agente escolar passe a vivenciar essas
transformações de forma a beneficiar suas ações podendo buscar novas
formas didáticas e metodológicas de promoção do processo ensino-
aprendizagem com seu aluno, sem com isso ser colocado como mero
expectador dos avanços estruturais de nossa sociedade, mas um instrumento
de enfoque motivador desse processo. A sociedade atual se vê confrontada
com o desenvolvimento acelerado que ocorre a sua volta, onde o
desenvolvimento e as descobertas ocorrem em frações de segundos,
ocasionando um certo desgaste e comprometimento das ações voltadas para o
aprimoramento do ensino, colocando a sala de aula como um ambiente de
pouca relevância para a consolidação do conhecimento, enfatizando a vivência
social o requisito primordial para a busca de aprendizado. Diante do exposto, é
facilmente observado que a busca pelo conhecimento não tem sido o foco de
interesse principal da sociedade, pois a atualização das informações tem
ocorrido de forma acessível a todos os segmentos satisfazendo de uma forma
geral aos interesses daqueles que as buscam. Dessa forma, a escola nesse
contexto tem alternativa rever suas ações e o seu papel no aprimoramento da
sua prática educativa, sendo que, uma análise sobre seus conceitos didático-
metodológicos precisa ser feita, de forma a adequar sua postura pedagógica ao
momento atual e principalmente colocar-se na posição de organização principal
e mais importante na evolução dos princípios fundamentais de uma sociedade,
cumprindo assim sua função transformadora e idealizadora de conhecimentos,
pautando o resultado de suas ações em saber concreto.