Você está na página 1de 3

Sistema Tegumentar

De acordo com ‘’DUNCAN, 2000’’ Estrutura tissular (tecidual) complexa que forma a cobertura
mais externa do corpo. É uma barreira de proteção contra agentes externos e traumatismos.

A pele e seus anexos têm origem dupla: epiderme, pelos, unhas, glândulas sebáceas e
sudoríparas, também tem origem ectodérmica e a derme tem origem mesodérmica.

Funções da Pele

 Proteção: barreira física, perda excessiva de líquidos;


 Sensibilidade: terminações nervosas, dor, pressão, calor e frio;
 Termorregulação: temperatura corporal, vasoconstrição, vasodilatação e temperatura
corporal e sudorese;
 Excreção: ajuda na termoregulação mediante a excreção de resíduos, eletrólitos e O22;
 Metabolismo: síntese vitamina D, ativa metabolismo de cálcio e fosfato, minerais, formação
de cálcio e fosfato, minerais, formação óssea;
 Imagem Corporal: detalha a aparência, identidade única do indivíduo, comunicação e
sexualidade.

Estrutura

É formada por um revestimento de camadas de células sobrepostas, sendo que as células


superficiais são achatadas sobrepostas, sendo que as células superficiais são achatadas e
compõem uma camada córnea rica em queratina.

(Epitélio estratificado pavimentoso queratinizado)

Epiderme: Inicialmente é um epitélio simples cúbico porem com o passar do tempo passa a ter
duas camadas, sendo a mais externa constituída por células achatadas. Gradualmente à
proliferação e diferenciação da camada mais profunda, ela se torna estratificada pavimentosa
córnea, com suas camadas características: basal, espinhosa, granulosa e córnea.
Derme

A derme, localizada imediatamente sob a epiderme, é um tecido conjuntivo que contém fibras
proteicas, vasos sanguíneos, terminações nervosas, órgãos sensoriais e glândulas. As principais
células da derme são os fibroblastos, responsáveis pela produção de fibras e de uma substância
gelatinosa, a substância amorfa, na qual os elementos dérmicos estão mergulhados.

A epiderme penetra na derme e origina os folículos pilosos, glândulas sebáceas e glândulas


sudoríparas. Na derme encontramos ainda: músculo eretor de pelo, fibras elásticas (elasticidade),
fibras colágenas (resistência), vasos sanguíneos e nervos.

Tecido Subcutâneo sobre a pele, há uma camada de tecido conjuntivo frouxo, o tecido
subcutâneo, rico em fibras e em células que armazenam gordura (células adiposas ou
adipócitos). A camada subcutânea, denominada hipoderme, atua como reserva energética,
proteção contrachoques mecânicos e isolante térmico.
Unhas e Pelos

Unhas e pelos sãos constituídos por células epidérmicas queratinizadas, mortas e compactadas.
Na base da unha ou do pelo há células que se multiplicam constantemente, empurrando as
células mais velhas para cima. Estas, ao acumular queratina, morrem e se compactam,
originando a unha ou o pelo. Cada pelo está ligado a um pequeno músculo eretor, que permite
sua movimentação, e a uma ou mais glândulas sebáceas, que se encarregam de sua lubrificação.

Glândulas sebáceas: são glândulas que secretam matéria oleosa, chamado sebo, serve para
lubrificar e impermeabilizar a pele e os pelos.

Glândulas sudoríparas: são glândulas que produzem o suor, função importante para regularizar
a temperatura do corpo e eliminar substâncias tóxicas.

Referências Bibliográfica

WILTON KEITI INABA Mestre em Ciências da Saúde – Universidade de Brasília

@BLOGDRABIOBELLA

WIKIPEDIA. ORG

WWW.BIOMANIA.COM.BR

Você também pode gostar