Você está na página 1de 4

Estruturas de Aço

Prof. Alberto Leal, MSc. 1


Grupo HCT

Conectores submetidos ao corte – Exercício 01

Seja um elemento de chapa, conectado através de parafusos


comuns ASTM A307 com diâmetro de 16 mm. Sabendo que existe uma
força de 85 kN, verifique se os parafusos são adequados em termos de
capacidade resistente para o estudo de caso em questão.

1º Passo: Determinação dos esforços cortantes associados apenas


à ação da força concentrada.

Quantidade de parafusos: =3
Força atuante em cada parafusos: = 85,0⁄3 = 28,33

2º Passo: Determinação dos esforços cortantes associados à


excentricidade do carregamento.

Momento solicitante de cálculo: = 0,12 × 85,0 = 10,2 .

− O parafuso localizado no centroide dos três conectores não está


submetido ao efeito de esforços devidos à excentricidade do
carregamento.

− Os demais parafusos, por outro lado, estão submetidos, no exemplo em


questão, ao efeito de forças horizontais.
Estruturas de Aço
Prof. Alberto Leal, MSc. 2
Grupo HCT

∑ = 2 × 10,5 = 220,5
= ⁄∑ ∙ =0

= =0
= ⁄∑ ∙ = 1.020⁄220,5 ∙ 10,5

= = 10,5
= 48,57

− Observando os resultados anteriores, pode-se afirmar que a força


resultante atuante nos parafusos 1 e 3 tem intensidade equivalente a:

$48,57 + 28,33 = 56,23

0,4 ∙ () ∙ *+ 0,4 ∙ (/ ∙ 1,6 ⁄4) ∙ 40 ' = 23,83 kN


' = =
,- 1,35

− Os parafusos não são adequados para os esforços solicitantes em


questão, tendo em vista que a força resistente associada a um conector
é inferior aos esforços solicitantes.
Estruturas de Aço
Prof. Alberto Leal, MSc. 1
Grupo HCT

Conectores submetidos ao corte – Exercício 02

Seja um elemento de chapa, conectado através de parafusos


comuns ASTM A307 com diâmetro de 16 mm. Sabendo que existe uma
força de 70 kN, verifique se os parafusos são adequados em termos de
capacidade resistente para o estudo de caso em questão.

1º Passo: Determinação dos esforços cortantes associados apenas


à ação da força concentrada.

Quantidade de parafusos: =6
Força atuante em cada parafusos: = 70,0⁄6 = 11,67

2º Passo: Determinação dos esforços cortantes associados à


excentricidade do carregamento.

Momento solicitante de cálculo: = 0,16 × 70,0 = 11,2 .

∑ = 6 × 5,0 + 4 × 10,5 = 591


#! = ⁄∑ ∙ = 9,48

á! =5
# = ⁄∑ ∙ " = 19,90

" á! = 10,5
Estruturas de Aço
Prof. Alberto Leal, MSc. 2
Grupo HCT

− Observando os resultados anteriores, pode-se afirmar que a força


resultante máxima atuante nos parafusos tem intensidade equivalente a:

&(19,90 + 11,67) + 9,48 = 32,96

0,4 ∙ +, ∙ -. 0,4 ∙ (1 ∙ 1,6 ⁄4) ∙ 40 * = 23,83 kN


* = =
/0 1,35

− Os parafusos não são adequados para os esforços solicitantes em


questão, tendo em vista que a força resistente associada a um conector
é inferior aos esforços solicitantes.