Você está na página 1de 27

MANUAL DE OPERACI ONALI ZAÇÃO

PROPOSTA DE I NVESTI MENTO


RURAL

PROCEDI MENTO SI MPLI FI CADO

1
Público-alvo:
A planilha para propostas de Investimento Rural de valor até R$ 200 mil (responsabilidades
totais do cliente no Banco) destina-se ao uso pelos escritórios de projetos, elaboradores autônomos
e todos aqueles parceiros do BNB que atuam na elaboração dos respectivos projetos para os
clientes.

Ferramenta:

Para utilização da Planilha faz-se necessário que o usuário disponha de computador com o
aplicativo Microsoft Excel instalado.

Recursos:

A planilha coloca à disposição diversos recursos, dentre os quais destacamos:

· Avaliação de bens;
· Opção para uso de custo padrão, que possibilita ao usuário decidir-se a utilizar parâmetros
constantes da planilha, os quais relacionam o percentual de custos em relação às receitas;
. Usos & Fontes com a demonstração do existente , projetado e o investimento total ;
· Relatórios (propostas, avaliação, receitas, custos, evolução de rebanho, suporte forrageiro,
capacidade de pagamento);

Acesso às Planilhas:

O aplicativo da Planilha encontra-se disponível na INTERNET, site do Banco do Nordeste


(www.bnb.gov.br) através de link na página inicial: Elabore sua Proposta de Crédito. No item II
Proposta para Projetos de Valor até R$ 200 mil, acessar Planilha de Investimento Rural

Encontra-se disponível também, para usuários com este tipo de acesso, na Caixa Postal Pública do
programa de comunicação via INTERNET, denominado de PROJNET.

Para o público interno, está disponível na INTRANET, página do Ambiente de Análise e


Acompanhamento de Operações de Crédito (http://d001wwv06/ambAcompanhamentoNegocios/)
Opção PRODUTOS / Planilha de Investimento até R$ 200 mil / Planilha de Investimento Rural

Como instalar as Planilhas?

Para instalação das Planilhas, o usuário deverá proceder da seguinte maneira:

Salvar ou copiar o arquivo de instalação em uma pasta qualquer de seu micro;


Executar o arquivo e seguir as orientações constantes das telas de instalação, clicando no botão
Próximo sucessivamente e por último em Terminar

Ao final da instalação, para que as macros do Excel sejam ativadas, configurar a segurança de
macros do Excel para o nível intermediário. Para tanto, utilize o menu Ferramentas / Macro /
Segurança / Nível de Segurança (Médio) do aplicativo Excel;

2
PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS RURAIS:

A tela inicial da planilha tem a seguinte apresentação:

É recomendável que o elaborador de projeto siga a numeração constante nessa tela, que se apresenta
com a seqüência lógica que deve ser seguida das etapas requeridas para a informação dos dados.
Algumas informações são exigidas como de preenchimento obrigatório nas telas iniciais, pois são
utilizados automaticamente pela planilha no preenchimento de outras telas subseqüentes, como
recurso de facilitação, objetivando se evitar retrabalhos e proporcionar rapidez nas etapas
subseqüentes.

Conforme se pode observar pela tela acima, o usuário deve iniciar a elaboração do projeto clicando
no botão 1. Informações do Cliente e em seguida preencher todos os campos e telas constantes
dessa etapa (observar os comentários antes de preencher os campos).

Depois de preenchidas todos as informações requeridas na etapa anterior, que será posteriormente
detalhada, é que se recomenda clicar o botão 2. Avaliação de Bens . Ressalte-se que a planilha
exige obrigatoriamente o preenchimento de alguns dados da etapa primeira 1. Informações do
Cliente como requisito para permitir o acesso ao preenchimento dos dados dos botões seguintes.

O próximo passo é a elaboração da proposta em si, o botão 3. Proposta de Investimento . Trata-se


da transcrição das inversões projetadas, seleção e caracterização das garantias oferecidas (com
exceção da hipotecária, que já foi realizada no item Avaliação) e descrição das Justificativas e
Objetivos do plano. Conseqüentemente, o acesso às informações da etapa 4. Cronograma de
Desembolso, 5. Ativ.Agrícola, 6. Ativ.Pecuária, 7. Outras Atividades/Despesas, 8. Usos & Fontes,

3
9. Suporte Forrageiro, 10. Bases do Financiamento , bem como ao relatório Capacidade de
Pagamento , somente estarão disponíveis após o preenchimento das etapas anteriores.

A argumentação acima se aplica também aos demais botões de Exportar Projeto , Importar
Projeto , Relatório de Críticas , Imprimir Relatórios e Gerar Arquivo SEAP (Uso da
Agência) , sendo este último de uso exclusivo das agências do BNB.

INICIANDO A ELABORAÇÃO DE UM PROJETO

Após o usuário clicar sobre o botão 1. Informações do Cliente surge a seguinte tela:

Acima da tela surgem botões de Acesso Rápido que permitirá o acesso a outras abas da planilha,
bem como, calcular novos parâmetros (quando for o caso), atualizar tela e limpar campos. (Ver
figura baixo)

Cabe informar que, nas demais abas, os botões detalhados anteriormente apresentam a mesma
função relacionada à tela que o usuário estiver localizado.

OBS.: A navegação poderá ser realizada pelo Menu Principal ou pela barra de tarefas exibida
abaixo da tela, conforme figura:

4
CADASTRANDO AS INFORMAÇÕES DO CLIENTE

Na tela Cliente são informados os dados para identificação do cliente, inclusive do cônjuge, se for
o caso. Vários dados solicitados apresentam títulos autoexplicativos que dispensam orientações
mais detalhadas.

Vale destacar a forma de preenchimento de alguns campos abaixo descritos, que serve de orientação
para toda a planilha, independentemente da aba em que se localizem, quais sejam:
. Só serão preenchidos os campos de cor branca . Os campos de cor cinza já vêm na planilha ou
são de preenchimento automático pela própria planilha.
. Os campos em que se deve fazer seleção de opções, como na figura abaixo, deverão ser
preenchidos com as opções constantes da tabela. Para facilitar o acesso as opções disponíveis, o
usuário poderá digitar os primeiros caracteres da palavra desejada e clicar enter . Logo em seguida
aparecerá uma janela de pesquisa com os dados já filtrados.

. Nos campos de Data e CNPJ, aparecerá uma caixa de texto com explicação sobre a forma de
preenchimento: Data dd/mm/aaaa; C.N.P.J digitar só números. Não digitar pontos, nem barras.

. O campo Porte será preenchido automaticamente pela planilha, após inseridas mais adiante as
informações pertinentes sobre as Receitas da Atividade.

AVALIAÇÃO DE BENS

Após o usuário clicar sobre o botão 2. Avaliação de Bens surge a seguinte tela:

5
6
As informações requeridas nesta aba estão relacionadas com o imóvel que está sendo ofertado em
garantia, sendo também, em sua maioria, campos autoexplicativos.

Alguns campos merecem comentário:

Área legal (ha) deve ser preenchido com a quantidade total de hectares do imóvel, objeto do
financiamento e/ou ofertado em garantia.
OBS: embora a planilha esteja mais adaptada para o registro de imóveis rurais, no caso de imóveis
urbanos, onde geralmente as unidades das áreas são em m2, deve-se fazer a conversão. Quando a
área em m2 for inferior a 0,01 há, digitar 0,01 e na caixa de texto, logo abaixo, fazer comentário
sobre a área correta em m2.

Realiza Inversão? SIM, para os casos em que o imóvel ofertado em garantia seja também objeto
do financiamento.

Caixa de Texto esta caixa serve para que sejam registradas informações complementares sobre o
imóvel, tais como: itinerário, confrontações, método de cálculo da avaliação, infraestrutura da
região, entre outras que se julguem necessárias, inclusive esclarecimentos como o citado acima
relativo a área de imóvel urbano.

Terras e Coberturas deve ser descrito o uso atual das terras, separando-o em exploração agrícola e
pecuária, reserva legal, ocupada com benfeitorias etc. A soma destas áreas deverá ser igual a área
legal (há) do respectivo imóvel informado anteriormente no campo Imóveis Vinculados ao Plano .
O campo Terra Nua , informar o valor da terra nua. Este será multiplicado automaticamente pela
área legal (há) do imóvel
OBS: no caso de imóvel urbano, preencher apenas o campo Área (há) igualmente como a do
campo Área Legal (há) ..
7
Edificações/Instalações informar os bens que compõem o imóvel. Ex: casa sede, casa de colono,
cercas, poços, armazém, galpão, cocheira etc
OBS: no caso de imóvel urbano, informar neste campo o valor do terreno somado as
edificações/instalações existentes, se for o caso.

Os demais campos dizem respeito às máquinas e equipamentos, veículos, móveis e utensílios que
compõem o patrimônio do proponente.

No final da planilha de avaliação constam os valores do sub-total da avaliação (que será


transportado para compor a garantia hipotecária pré-existente, se for o caso) e o total da avaliação
do patrimônio.

Para incluir novo imóvel, selecionar o campo Denominação , da tela Imóveis Vinculados ao
Plano , e clicar no botão Inserir Item situado na barra de ferramentas (parte superior) e realizar a
digitação dos dados referentes a este (Terras e Coberturas, Edificações/Instalações).

PROPOSTA / PLANO DE NEGÓCIO

Após o usuário clicar sobre o botão 3. Proposta de Investimento surge a seguinte tela:

Proposta / Plano de Negócio - preencher os campos solicitados, estando atento à seleção correta do
programa de crédito e da região onde o projeto está situado.

Imóveis onde serão realizadas as inversões quando no campo Realiza Inversão? na aba
Avaliação de Bens foi selecionado SIM , o(s) imóvel(s) será(ão) resgatado(s) da avaliação.

8
Programa de Investimentos - serão relacionados todos os itens do quadro de inversões do plano,
atentando para não digitar palavras nos campos: Quant. , Unid e Uso , deve-se buscar as
opções na barra de rolagem. Perceba que o valor a ser registrado no campo Valor Unitário se
refere ao valor unitário do orçamento, enquanto que o campo Recursos Próprios é o valor do
recurso próprio TOTAL investido naquele item de inversão. Tem-se também a alimentação do
campo com o percentual do Custo de Assessoria Empresarial e Técnica , quando for o caso.

Financiamentos Existentes - deve ser alimentado com o tipo de operação, o agente financeiro (se
BNB ou outros), o saldo devedor, os encargos, carência e prazo restante. Após estes procedimentos
clicar no botão Parcelas , momento em que será aberta a janela abaixo. O botão Parcelas serve
para o caso em que se deseje alterar os valores das amortizações:

Para retornar a aba Proposta de Investimento clicar no botão no canto superior esquerdo
Retornar Proposta :

Garantias Fidejussórias - as informações solicitadas neste quadro destinam-se à caracterização dos


avalistas ou fiadores, inclusive seus cônjuges, da proposta de financiamento.

9
Outras Garantias registram-se neste quadro as garantias do tipo alienação, penhor e fundo de aval.
Logo abaixo em Total das Garantias , a planilha já informa o valor total de todas as garantias do
plano e o percentual em relação ao financiamento.

Objetivos, Justificativas e Comentários estas caixas de texto referem-se a parte descritiva do


projeto que inclui a fundamentação teórica do plano, suas memórias de cálculos, quando for o caso
e demais comentários que se julguem pertinentes.

CRONOGRAMA

Após o usuário clicar sobre o botão 4. Cronograma de Desembolsos surge a seguinte tela:

Nesta aba define-se a forma de desembolsos das inversões, ou seja, percentual e época prevista para
liberação das parcelas de cada inversão. Ao informar o percentual de cada parcela em relação ao
valor financiado, o sistema calcula automaticamente o valor da parcela a ser desembolsada.
Destaque-se que a data do desembolso a ser informada deverá ter o seguinte formato: mmaaaa (ex:
072006).

OBS.: Caso não apareçam as inversões cadastradas no plano, clicar no botão Atualizar Tela , na
parte superior da tela.

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DOS INVESTIMENTOS trata-se de tabela do Banco


Central para enquadramento das inversões financiadas. Preencher o campo Empreendimento
procurando na tabela o item que corresponde a respectiva inversão. Caso não encontre a mesma
inversão, selecionar uma outra que mais se assemelhe.

10
ATIVIDADE AGRÍCOLA

Após o usuário clicar sobre o botão 5. Atividade Agrícola surge a seguinte tela:

A tela mostrada acima objetiva a mensuração das receitas e custos inerentes a atividade agrícola,
bem como obter-se o Uso Atual e Projetado das Terras, de sorte que permita ao usuário a
visualização da distribuição das terras que compõem o(s) imóvel(is) vinculado(s) ao plano ao longo
dos anos.

Uso Atual e Projetado das Terras - como se pode verificar a planilha já resgata automaticamente as
denominações das explorações constantes das avaliações de bens (campo cinza) que forma o uso
atual das terras, cabendo apenas ao usuário inserir o nome das explorações agrícolas (culturas) e
pecuárias (pastagens) constantes do programa de inversões da proposta de investimento para que
seja formado o uso projetado das terras.

UA/há este campo será preenchido de acordo com os parâmetros técnicos adotados para cada
exploração e desde que esta venha a formar o suporte forrageiro do empreendimento. São exemplos
dessas explorações: as pastagens e também os restolhos culturais obtidos das diversas culturas
agrícolas.

Área informar a área de cada cultura, pastagem, ano a ano, fazendo os devidos
redimensionamentos das explorações, não podendo haver diferença na área total entre os anos. Em
caso de divergência, aparecerá uma mensagem de erro.

Receitas Agrícolas neste quadro o campo Exploração Agrícola será alimentado


automaticamente com os nomes das culturas informadas no quadro Uso Atual e Projetado das
Terras. Deverá ser informado se a cultura é ou não irrigada, a unidade de venda do produto (ton. Kg
11
etc.), o valor unitário para a unidade de venda considerada e a produtividade ano a ano. Com base
nestes dados, a Planilha gerará automaticamente as receitas agrícolas do projeto.

Custos Agrícolas neste quadro, o usuário poderá optar por utilizar o custo padrão parametrizado
na planilha, que expressa a relação percentual do custo em relação à receita (ex:. agricultura de
sequeiro = 40%).

Utiliza Custo Padrão o usuário, caso deseje o custo padrão parametrizado, deverá selecionar a
opção sim neste campo, para que a Planilha calcule automaticamente os custos da atividade
agrícola.

Caso contrário, o usuário deverá digitar manualmente os valores culturais no campo Atual , e, se
forem iguais para os demais anos, clicar no botão Copiar Dados .

A função Copiar Dados , localizada na barra de menu superior permite ao usuário copiar o campo
selecionado para os demais anos.
Destaque-se que a função copiar dados poderá ser utilizada também em qualquer ano, sabendo
que a partir deste momento esta informação será replicada para os anos subseqüentes.

ATIVIDADE PECUÁRIA

12
As telas anteriores objetivam o dimensionamento das receitas e custos inerentes à atividade
pecuária, bem como a mensuração de indicadores técnicos que serão utilizados na evolução dos
rebanhos (bovinos leite e corte, ovinos, caprinos).

Atividades neste quadro deverá o projetista assinalar quais atividades pecuárias são desenvolvidas
no imóvel rural e, para tanto, basta clicar e selecionar a opção desejada. Ao lado, o usuário tem a
alternativa de utilização do custo padrão, que é parametrizado e equivale a um percentual da receita
que é considerado como custo.

13
Utiliza Custo Padrão o usuário, caso deseje o custo padrão parametrizado, deverá selecionar a
opção sim neste campo, para que a Planilha calcule automaticamente os custos da atividade
agrícola. Em Caso negativo, aparecerá o quadro Custos da Pecuária para que os custos sejam
preenchidos manualmente.

Ao escolher a atividade desenvolvida, aparecerá o quadro respectivo da atividade, seja ela,


Bovinocultura de Leite, Bovinocultura de Corte, Ovinocultura e/ou Caprinocultura nestes quadros
o usuário deverá especificar o rebanho a adquirir já que o atual será resgatado da aba avaliação de
bens.

A Adquirir - o usuário deverá informar neste campo, de acordo com a categoria, os animais que
estão sendo adquiridos com o financiamento, como também o percentual de descarte / vendas no
ano 1 e nos demais anos, e o preço de venda dos animais. Esta orientação é válida para qualquer
que seja o tipo de rebanho (ex. ovino, caprino etc).

Equivalência UA dos animais os valores são fornecidos pela planilha e não podem ser alterados.

Indicadores Técnicos nos campos componentes deste quadro a Planilha já sugere os seus valores,
que são frutos de estudos realizados na região Nordeste e se constituem em parâmetros médios. Se o
projetista, em função da tecnologia a ser utilizada, entender que os indicadores de seu projeto são
maiores ou menores, poderá alterá-los. Ressalte-se que qualquer alteração nos valores propostos
pela Planilha deverá ser plenamente justificada no corpo do projeto.

Indicadores de Venda - serão também alimentados pelo usuário, tais como relação leite / queijo, %
venda de queijo, preços diversos, matrizes na estabilização do projeto, relação matriz / reprodutor,
período de lactação, dentre outros.

Receitas/Despesas do Ano Atual informar nestes campos o valor total anual em real alusivo as
receitas e despesas com a atividade pecuária do ano atual. Esta informação se faz importante para
que se tenha uma base para cálculo do lucro incremental do projeto.
A partir do Ano 1 a planilha fará os cálculos automáticos de receita com base nos parâmetros
técnicos e preços adotados e de custos com base na parametrização (custo padrão) ou das
informações fornecidas dos custos da pecuária (ração, vacina/medicamentos, conservação de
pastagens).

14
OUTRAS ATIVIDADES

A tela acima tem como objetivo permitir a mensuração das receitas e custos de OUTRAS
ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS exploradas pelo proponente ao financiamento. Cabe destacar
que o princípio básico é que as atividades financiadas sejam viáveis economicamente, ou seja, as
suas receitas sejam suficientes para cobrir os custos, remunerar o produtor e pagar ao banco.

Atividades - o usuário deverá informar o tipo de atividade, para tanto, a planilha põe à disposição
uma tabela para que seja selecionada a opção desejada. Além disso, é necessário que seja informada
a quantidade produzida, a unidade e o valor unitário, para efeito de mensuração das receitas. A
mesma regra é válida também para o dimensionamento dos custos.

Receitas Extra-Rurais a informação deste campo será resgatada da aba cliente, campo Renda
Extra Rural Mensal que se refere ao valor auferido com atividades não agrícolas.Cabe destacar que
estas receitas não são utilizadas para efeito de dimensionamento da real capacidade de pagamento
do empreendimento financiado.

Despesas Diversas/Ano informar, se for o caso, os valores anuais em reais das despesas
especificadas ou outras a especificar.

15
USOS & FONTES

Após o usuário clicar sobre o botão 8. Usos e Fontes surge a seguinte tela:

Demonstração de Usos e Fontes esta tela revela o investimento total da empresa, com a separação
entre o Existente e o Projetado , indicando a aplicação e composição das inversões fixas, semi-
fixas e as suas fontes de financiamento.

Existente informar as fontes que podem ser próprias ou de terceiros que financiaram as inversões
fixas e semi-fixas (as inversões são resgatadas automaticamente da aba Avaliação de Bens ).

SUPORTE FORRAGEIRO

Após o usuário clicar sobre o botão 9. Suporte Forrageiro surge a seguinte tela:

16
A tela acima possibilita ao usuário visualizar a capacidade de suporte forrageiro do(s) imóvel(is)
relacionados ao financiamento.

Análise da Capacidade de Suporte Forrageiro os valores constantes deste quadro são calculados
automaticamente e advém das telas Atividade Agrícola e Atividade Pecuária . A quantidade em
U.A. necessária para a reserva estratégica é também calculada automaticamente. Abaixo do campo
Resultado , a planilha indica se o suporte é Suficiente ou Insuficiente .

Destaque-se que o BNB exige que em qualquer projeto pecuário seja constituída uma reserva
estratégica alimentar, formada em parte por forragens na forma armazenada (silagem, fenação,
amoniação e outras formas: ex: Capim de Corte), de sorte que a quantidade total seja suficiente para
apascentar o rebanho por um período mínimo de 120 dias no semi-árido e 90 dias na região fora do
semi-árido do Nordeste.

Forragem para Armazenar deverá o projetista, para atender o princípio mencionado no parágrafo
anterior, informar o percentual que pretende armazenar na forma de silagem, fenação ou amoniação.

17
CÁLCULO FINANCEIRO BASES DO FINANCIAMENTO

Após o usuário clicar sobre o botão 10. Bases do Financiamento surge a seguinte tela:

A função desta tela é detalhar as condições propostas para financiamento, como prazo, carência,
juros, periodicidade de desembolso e também a real capacidade de pagamento do empreendimento,
a luz das condições normativas disciplinadas para cada programa de crédito.

Amortizações iguais? ao clicar em Sim , a planilha divide igualmente as amortizações de


principal em função do prazo do financiamento. Havendo necessidade de alteração das
amortizações de principal para parcelas não iguais, em função do percentual do comprometimento
total da capacidade de pagamento não estar compatível com o parâmetro do Banco (se situar entre
30 e 50%), deve-se clicar em Não , alterar os valores das amortizações e utilizar o botão
Calcular localizado na barra de ferramentas superior.

Na área rural tem-se a divisão entre inversões fixas e semi-fixas. Por isso, o quadro Cálculo do
Financiamento exibe separadamente as amortizações destas inversões. Uma que representa as
Aplicações Fixas ou seja os investimentos fixos e a outra das Aplicações Semi-Fixas ou
investimentos semi-fixos. Para alternar entre os quadros basta ir na parte superior direita da barra de
menu, clicar no botão Financiamentos e escolher a opção desejada.

18
CAPACIDADE DE PAGAMENTO

O relatório Capacidade de Pagamento pode ser visualizado diretamente do menu principal e


propicia verificar detalhadamente, ano a ano, as receitas do empreendimento, seus custos, inclusive
despesas financeiras, o lucro operacional, aqui definido como Capacidade de Pagamento, as
amortizações de principal dos financiamentos existente e proposto e o percentual de utilização
destas amortizações em relação à capacidade de pagamento.

IMPRIMIR RELATÓRIOS

Após o preenchimento das diversas etapas até aqui comentadas, tem-se através da tela abaixo uma
das alternativas para impressão de relatórios que irão compor o projeto.

Vale destacar que os relatórios também poderão ser acessados através do Menu Inicial, botão
Imprimir Relatório ou em qualquer outra aba no botão Relatórios situado na barra de
ferramenta superior.

19
EXPORTANDO / SALVANDO DADOS DO PROJETO

EXPORTAR PROJETO

A qualquer momento, o usuário poderá salvar os dados do projeto. Para tanto, deverá clicar no
botão Exportar Projeto do Menu Inicial, escolhendo o nome do arquivo e local onde o arquivo
será salvo. O arquivo terá a extensão INVRUR.

IMPORTANDO / RESTAURANDO DADOS DO PROJETO

IMPORTAR PROJETO

A qualquer momento em seu computador ou em outro computador, os dados de um projeto


exportado poderão ser restaurados para a planilha. Para tanto, se faz necessário que a planilha esteja
instalada no computador, onde o usuário deverá clicar no botão Importar Projeto do Menu Inicial,
localizar o arquivo, de extensão INVRUR e clicar em Abrir .

RELATÓRIO DE CRÍTICAS

A planilha possui uma rotina que detecta algumas inconsistências do projeto. Ao concluir o projeto,
deverá ser realizada esta crítica. Para tanto, deve-se clicar no botão Relatório de Críticas no Menu
Inicial, onde se abrirá uma janela com indicação de Projeto OK para aqueles em que as críticas
realizadas não retornaram erros ou uma janela em que foram detectadas inconsistências no projeto
com a possibilidade de visualização e/ou impressão do relatório.
20
AJUDA

Trata-se de botão localizado no Menu Inicial. Ao clicar nele, estará disponível para o usuário este
Manual de Operacionalização, bem como um Estudo de Caso para prática de utilização desta
ferramenta.

21
ESTUDO DE CASO

DADOS HIPOTÉTICOS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO RURAL


- PLANILHA DE INVESTIMENTO ATÉ 200 MIL -

INFORMAÇÕES DO CLIENTE
DADOS CADASTRAIS DO CLIENTE

Tipo Cliente: Pessoa Física


Nome: Geraldo Alves do Carmo
Apelido:
C.P.F.: 299.915.013-04
Categoria Produtor: Miniprodutor
Data de Nascimento: 12/12/1970
Tipo de Documento: Cédula de Identidade (RG)
Data de Emissão: 11/10/1990
Nº do Documento: 1458936
Órgão Emissor: SSP
UF Órgão Emissor: CE
Naturalidade: Fortaleza-CE
Título Eleitoral: 123456789
Sexo: Masculino
Estado Civil: Casado(a) com separação de bens
Grau de Instrução: 2º Grau Completo
Profissão: Agricultor
Atividade: Bovinocultura / Semi-intensiva / Leite
Renda Extra Rural Mensal: 200,00
Endereço: Av Jose Valdemar
Nº: 520
Complemento:
Bairro: Centro
CEP: 53660-000
Município: TAUA-CE
DDD Telefone: 88
Nº Telefone: 6234580
Nome do Pai: Jose da Silva de Sousa
Nome da Mãe: Maria da Silva Pereira

Dados Cadastrais Cônjuge / Companheira(o) do(a) Cliente

Nome: Francisca Maria da Conceição


C.P.F. Cônjuge/Comp.: 169.263.153-53
Data de Nascimento: 04/07/1975
Tipo de Documento: Cédula de Identidade (RG)
Nº do Documento: 1985458
Órgão Emissor: SSP

22
UF Órgão Emissor: CE
Data de Emissão: 21/07/1995
Sexo: Feminino
Estado Civil: Casado(a) com separação de bens
Grau de Instrução: 2º Grau Completo
Profissão: Prendas Do Lar
Renda Mensal:
Naturalidade: Tauá
Nome do Pai: Manoel Barbosa Conceição
Nome da Mãe: Juvina Maria da Conceição

AVALIAÇÃO DE BENS

Denominação Fazenda Conceição


Município Tauá-CE
Área Legal/Área Real (há) 260,00
Realiza Inversão SIM
Compõe Garantia SIM
Comentário
TERRAS E COBERTURAS
Exploração Agrícola Área (há) Idade(meses) Vr.Unit(R$)
Milho 10 2 150
Cajueiro Gigante (castanha) 10 120 500
Exploração Pecuária
Capim buffel 44 12 300
Capim braquiária 30 6 450
Sorgo forrageiro 50 5 200
Área preparada para cultivos 32
Pasto nativo 31
Reserva florestal 52
Ocupada com benfeitorias 1
Terra Nua Vr. Unit. R$ 100,00

Edificações/Instalações - Fazenda Conceição


Idade do Valor de Estado Deprec. Valor
Descrição (Quantificada) Bem
(Anos) Reposição Conserv. (%) Avaliado
01 Curral de madeira 3 1.500,00 Regular 50,00 750,00
11 Km de Cerca de madeira Regular
c/ 3 fios 5 16.500,00 50,00 8.250,00
01 Açude c/ 300 mil m3 10 30.000,00 Bom 20,00 24.000,00
04 açudes c/ 80 mil m3 10 15.000,00 Bom 20,00 12.000,00
01 silo trincheira 2 2.000,00 Bom 10,00 1.800,00
01 casa sede em alvenaria Bom
c/ 102 m2 25 5.000,00 20,00 4.000,00
01 estábulo em alvenaria c/ Bom
60 m2 10 4.000,00 20,00 3.200,00

23
Máquinas / Equipamentos
Idade do Valor de Estado Deprec. Valor
Descrição (Quantificada) Bem
(Anos) Reposição Conserv. (%) Avaliado
01 trator de pneus MF-285 10 40.000,00 Regular 70,00 12.000,00

SEMOVENTES BOVINOCULTURA DE LEITE E OVINOCULTURA

Quant. Raça/ Valor


Categorias dos Animais
Cabeças Mestiçagem Unit.
Bovinos de Leite
Touro 2 Gir Leiteiro 1.000,00
Vacas 30 Gir Leiteiro 800,00
Novilhas 6 Gir Leiteiro 500,00
Novilhos
Garrotas 8 Gir Leiteiro 300,00
Garrotes 7 Gir Leiteiro 250,00
Bezerras 8 Gir Leiteiro 180,00
Bezerros 7 Gir Leiteiro 180,00
Ovinos
Reprodutor 2 Santa Inês 350,00
Matrizes 50 Santa Inês 90,00
Fêmeas 1 a 2 anos
Machos 1 a 2 anos
Fêmeas 0 a 1 ano 20 Santa Inês 50,00
Machos 0 a 1 ano 18 Santa Inês 50,00

PROPOSTA DE INVESTIMENTO

Data da Proposta 01/09/2006


Objetivo do Crédito Ampliação
Programa FNE-RURAL
Agência Tauá-CE / Semi-Árido
Atividade Principal Bovinocultura / Semi-Intensiva/ Leite
Avaliador João Emanuel de Freitas
CPF 263111863-49 CREA 5841
Empresa Elaboradora EMATERCE
CNPJ 05.371.711/0001-96

Programa de Investimentos
Discriminação Qte Unid Valor R.Próprios Total
Unitário
Implantação de 15 Há 490,00 735,00
Capim Buffel
Implantação de 03 Há 700,00 210,00
Capim Elefante
Aq.matrizes ovinas 50 Cab 250,00 1.250,00
Aq. Reprodutor 1 Cab 700,00 70,00
ovino Santa Inês
Aq. De matrizes 25 Cab 1.000,00 2.500,00
bovinas mestiças
leiteiras

24
Aq.reprodutor 1 Cab 2.500,00 250,00
bonino Holandês
Custo de 2% 1.003,00 100,30
Assess.Empres.Téc
nica

As implantações das capineiras compõem a garantia


As inversões serão realizadas no imóvel nr. 1

Financiamentos Existentes
Denominação Investimento Pecuário
Agent.Financ. BNB
Saldo Devodor 3.525,00
Juros % .a.a 6,00
Carência (meses) -
Prazo Restante (meses) 36

Indicadores Econômicos-Sociais
Empregos Atual: 3
Empregados Ano Estabilização: 5

Objetivos, Justificativas e Comentários: Comentar

CRONOGRAMA

Capineiras: 50% em 02/2007 e 50% em 03/2007


Matrizes e Reprodutor Ovino: 100% em 10/2006
Matrizes e Reprodutor Bovino: 100% em 05/2007
Custo da Ass.Emp.Técnica: 25% em 10/2006, 37,5% em 11/2006 e 12/2006

EMPREENDIMENTO

Preencher, procurando a opção que corresponde a respectiva inversão. Caso não encontre a mesma
inversão, selecionar uma outra que mais se assemelhe.

ATIVIDADE/RECEITA AGRÍCOLA

MILHO: 0,4 UA/ha; 1.000 kg/ha; Preço: R$ 0,23 /kg;


CAJU ANÃO PRECOCE EM SEQUEIRO: 0,2 UA/HÁ; 300 kg/há; Preço: R$ 1,00/kg

ATIVIDADE/RECEITA PECUÁRIA

Capim Buffel: 0,8 UA/ha;


Capim Braquiária: 0,8 UA/ha;
Pasto Nativo: 0,2 UA/ha;
Sorgo Forrageiro: 2,0 UA/há;
Capim Elefante de Sequeiro: 5 UA/ha;

BOVINOCULTURA DE LEITE:
Descartes/Vendas Preço Venda
ANO I DEMAIS (cab)
Matrizes 20,00 20,0 720,00
25
Garrotes 100,00 100,00 300,00

Indicadores Técnicos e de Vendas


Parição (%) 75,00
Mortalid. < 1 ano 6,00
Mortalid. 1- 2 anos 3,00
Mortalid. Adulto 2,00
Matrizes/Rep.(Cab) 30
Per. Lactação 210
Leite/cab/dia 8
Leite/Queijo 10
Preço leite 0,60
Matrizes Estabilização 55

Receitas no ano atual: R$ 18.000,00


Despesas no ano atual: R$ 9.000,00

OVINOCULTURA:

Descartes/Vendas Preço Venda


ANO I DEMAIS (cab)
Matrizes 20,00 20,0 75,00
Machos 0 a 1 ano 100,00 100,00 60,00

Indicadores Técnicos e de Vendas


Parição (%) 100,00
Prolificidade (%) 30,00
Mortalid. < 1 ano 10,00
Mortalid. 1- 2 anos 6,00
Mortalid. Adulto 3,00
Matrizes/Rep.(Cab) 25
Matrizes Estabilização 100

Receitas no ano atual: R$ 2.500,00


Despesas no ano atual: R$ 1.000,00

OUTRAS ATIVIDADES:

APICULTURA:

Receita: 250 litros/ano; Preço: R$ 4,50/l


Despesa: R$ 750,00 anuais

Energia Elétrica: R$ 2.000,00 /ano;


Combustíveis e Lubrificantes: R$ 700,00 / ano;
Administrador: R$ 3.000,00 / ano

USOS & FONTES

EXISTENTE
Recursos Próprios R$ 174.625,00

SUPORTE FORRAGEIRO
26
Silagem: 20%
Fenação: 80%

BASE DO FINANCIAMENTO

INVESTIMENTOS FIXOS

Prazo em Meses: 84
Carência em Meses: 24
Juros % a.a.: 6,00
Per.Reembolso: Semestral
Parcelas Iguais: SIM

INVESTIMENTOS SEMI-FIXOS

Prazo em Meses: 84
Carência em Meses: 24
Juros % a.a.: 6,00
Per.Reembolso: Semestral
Parcelas Iguais: SIM

OBS: Verificar se os percentuais de utilização total da capacidade de pagamento estão dentro dos
parâmetros definidos pelo Banco (entre 30 e 50%). Em caso negativo, alterar a opção Parcelas
Iguais: NÃO e modificar os percentuais de modo que a utilização total, ano a ano, se comporte
entre 30% e 50%.

VISUALIZAR RELATÓRIOS, VERIFICAR O RELATÓRIO DE CRÍTICAS NO MENU,


EXPORTAR PROJETO

27