Você está na página 1de 2

3576-(2) Diário da República, 1.ª série — N.

º 107 — 3 de junho de 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA mento de estudos no ensino superior (CFCEPE) é o valor


resultante do cálculo da expressão (7CFC + 3M)/10,
Portaria n.º 165-A/2015 arredondado às unidades, em que:
CFC é a classificação final de curso, calculada até
de 3 de junho
às décimas, sem arredondamento, subsequentemente
A Portaria n.º 243-A/2012, de 13 de agosto, alterada convertida para a escala de 0 a 200 pontos;
pela Portaria n.º 419-A/2012, de 20 de dezembro, e pela M é a média aritmética simples, arredondada às uni-
Portaria n.º 59-A/2014, de 7 de março, define o regime dades, das classificações, na escala de 0 a 200 pon-
de organização e funcionamento, avaliação e certificação tos, obtidas no exame a que se refere a alínea a) e no
do curso de Design de Comunicação, do curso de Design exame a que se refere a alínea b) do n.º 5 do artigo 29.º
de Produto e do curso de Produção Artística, na área das do Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na sua
Artes Visuais, e do curso de Comunicação Audiovisual, na redação atual, ou noutro exame escolhido de entre
área dos Audiovisuais, ministrados em estabelecimentos aqueles que são oferecidos para os cursos científico-
de ensino público, particular e cooperativo. -humanísticos.
A Portaria n.º 243-B/2012, de 13 de agosto, alterada
pela Portaria n.º 419-B/2012, de 20 de dezembro, e pela 2 — Excetuam-se do disposto no número anterior os
Portaria n.º 59-B/2014, de 7 de março, define o regime de alunos que tenham concluído curso de ensino artístico
organização e funcionamento, avaliação e certificação dos especializado, nos domínios das Artes Visuais e Au-
cursos secundários artísticos especializados de Dança, de diovisuais, em ano letivo anterior a 2012/2013, caso
Música, de Canto e de Canto Gregoriano e aprova os res- em que apenas necessitam de realizar os exames finais
petivos planos de estudos ministrados em estabelecimentos nacionais nas disciplinas que elegeram como provas
de ensino público, particular e cooperativo. de ingresso.
A Portaria n.º 276/2013, de 23 de agosto, regulamenta 3 — Só podem ser certificados para efeitos de pros-
as normas de organização, funcionamento, avaliação e seguimento de estudos no ensino superior os alunos em
certificação dos cursos vocacionais de nível secundário. que o valor de CFCEPE seja igual ou superior a 95.
Reconhece-se nestes diplomas a especificidade curricu- 4 — [Revogado.]
lar e da avaliação, quer do ensino artístico especializado, 5 — [Revogado.]»
quer do ensino vocacional de nível secundário, a qual
está refletida no que é estabelecido para efeitos de pros- Artigo 2.º
seguimento de estudos no ensino superior e, também, a
necessidade de garantir nestes processos a equidade na Alteração da Portaria n.º 243-B/2012, de 13 de agosto
sua aplicação face a outras ofertas educativas. É alterado o artigo 36.º da Portaria n.º 243-B/2012, de
Desta forma, face à adequação das escolhas que os 13 de agosto, alterada pela Portaria n.º 419-B/2012, de 20
alunos concretizaram no seu plano de estudos e, tendo em de dezembro, e pela Portaria n.º 59-B/2014, de 7 de março,
conta as expectativas criadas quanto ao prosseguimento que passa a ter a seguinte redação:
de estudos, prossegue-se a transição estabelecendo-se uma
medida que determina a classificação final de curso para «Artigo 36.º
efeitos de prosseguimento de estudos no ensino superior,
dependente da realização de exames nacionais obrigató- [...]
rios. 1 — Para os alunos abrangidos pelo disposto
Paralelamente, a criação legal e a introdução dos cursos na alínea c) do n.º 2 do artigo 29.º do Decreto-Lei
técnicos superiores profissionais (TeSP) permitem novas n.º 139/2012, de 5 de julho, na sua redação atual, a
formas de prosseguimento de estudos pós-secundários. classificação final de curso para efeitos de prossegui-
Assim, ao abrigo do disposto no n.º 3 do artigo 6.º, mento de estudos no ensino superior (CFCEPE) é o valor
no n.º 6 do artigo 23.º e no artigo 33.º, todos do Decreto- resultante do cálculo da expressão (7CFC + 3M)/10,
-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, alterado pelo Decreto- arredondado às unidades, em que:
-Lei n.º 91/2013, de 10 de julho, e pelo Decreto-Lei
n.º 176/2014, de 12 de dezembro, manda o Governo, pelo CFC é a classificação final de curso, calculada até
Ministro da Educação e Ciência, o seguinte: às décimas, sem arredondamento, subsequentemente
convertida para a escala de 0 a 200 pontos;
Artigo 1.º M é a média aritmética simples, arredondada às uni-
dades, das classificações, na escala de 0 a 200 pon-
Alteração da Portaria n.º 243-A/2012, de 13 de agosto
tos, obtidas no exame a que se refere a alínea a) e no
É alterado o artigo 25.º da Portaria n.º 243-A/2012, de exame a que se refere a alínea b) do n.º 5 do artigo 29.º
13 de agosto, alterada pela Portaria n.º 419-A/2012, de 20 do Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na sua
de dezembro, e pela Portaria n.º 59-A/2014, de 7 de março, redação atual, ou noutro exame escolhido de entre
que passa a ter a seguinte redação: aqueles que são oferecidos para os cursos científico-
-humanísticos.
«Artigo 25.º
2 — Excetuam-se do disposto no número anterior os
[...]
alunos que tenham concluído curso de ensino artístico
1 — Para os alunos abrangidos pelo disposto especializado, nas áreas da Dança e da Música, em
na alínea c) do n.º 2 do artigo 29.º do Decreto-Lei ano letivo anterior a 2012/2013, caso em que apenas
n.º 139/2012, de 5 de julho, na sua redação atual, a necessitam de realizar os exames finais nacionais nas
classificação final de curso para efeitos de prossegui- disciplinas que elegeram como provas de ingresso.
Diário da República, 1.ª série — N.º 107 — 3 de junho de 2015 3576-(3)

3 — Só podem ser certificados para efeitos de pros- Artigo 6.º


seguimento de estudos no ensino superior os alunos em Entrada em vigor
que o valor de CFCEPE seja igual ou superior a 95.
4 — [Revogado.] A presente portaria entra em vigor no dia seguinte ao
5 — [Revogado.]» da sua publicação.
Pelo Ministro da Educação e Ciência, Fernando José
Artigo 3.º Egídio Reis, Secretário de Estado do Ensino Básico e Se-
Alteração da Portaria n.º 276/2013, de 23 de agosto
cundário, em 3 de junho de 2015.

É alterado o artigo 20.º da Portaria n.º 276/2013, de 23


de agosto, que passa a ter a seguinte redação:
MINISTÉRIOS DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA
«Artigo 20.º E DA SOLIDARIEDADE,
EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL
[...]

1 — Para os alunos abrangidos pelo disposto Portaria n.º 165-B/2015


na alínea c) do n.º 2 do artigo 29.º do Decreto-Lei
de 3 de junho
n.º 139/2012, de 5 de julho, na sua redação atual, a
classificação final de curso para efeitos de prossegui- A Portaria n.º 74-A/2013, de 15 de fevereiro, alterada
mento de estudos no ensino superior (CFCEPE) é o pela Portaria n.º 59-C/2014, de 7 de março, estabelece
valor resultante do cálculo da expressão (7CF + 3M)/10, as normas de organização, funcionamento, avaliação e
arredondado às unidades, em que: certificação dos cursos profissionais ministrados em esta-
belecimentos de ensino público, particular e cooperativo
CF é a classificação final de curso, calculada até e em escolas profissionais.
às décimas, sem arredondamento, subsequentemente Reconhece-se neste diploma a especificidade curricular
convertida para a escala de 0 a 200 pontos; e da avaliação do ensino profissional, a qual está refletida
M é a média aritmética simples, arredondada às uni- no que é estabelecido para efeitos de prosseguimento de
dades, das classificações, na escala de 0 a 200 pontos, estudos no ensino superior, e, também, a necessidade de
obtidas no exame a que se refere a alínea a) e num garantir neste processo a equidade na sua aplicação face
dos exames referidos nas alíneas b) ou c) do n.º 4 do a outras ofertas educativas.
artigo 29.º do Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, Desta forma, face à adequação das escolhas que os
na sua redação atual. alunos concretizaram no seu plano de estudos e, tendo em
conta as expectativas criadas quanto ao prosseguimento
2 — Só podem ser certificados para efeitos de pros- de estudos, prossegue-se a transição estabelecendo-se uma
seguimento de estudos no ensino superior os alunos em medida que determina a classificação final de curso para
que o valor de CFCEPE seja igual ou superior a 95. efeitos de prosseguimento de estudos no ensino superior,
3 — (Anterior n.º 4.) dependente da realização de exames nacionais obrigató-
4 — [Revogado.]» rios.
Paralelamente, a criação legal e a introdução dos cursos
técnicos superiores profissionais (TeSP) permitem novas
Artigo 4.º
formas de prosseguimento de estudos pós-secundários.
Acesso aos cursos técnicos superiores profissionais Assim, nos termos do n.º 3 do artigo 6.º do Decreto-
-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, alterado pelo Decreto-
O acesso aos cursos técnicos superiores profissionais -Lei n.º 91/2013, de 10 de julho, e pelo Decreto-Lei
(TeSP) depende apenas das condições estabelecidas em n.º 176/2014, de 12 de dezembro, conjugado com o n.º 3 do
cada curso pela instituição superior politécnica em causa, artigo 9.º do Decreto-Lei n.º 396/2007, de 31 de dezembro,
de acordo com o estabelecido no Decreto-Lei n.º 43/2014, manda o Governo, pelos Secretários de Estado do Ensino
de 18 de março. Básico e Secundário e do Emprego, o seguinte:
Artigo 5.º Artigo 1.º
Norma revogatória Alteração da Portaria n.º 74-A/2013, de 15 de fevereiro
São revogados: O artigo 29.º da Portaria n.º 74-A/2013, de 15 de feve-
reiro, alterado pela Portaria n.º 59-C/2014, de 7 de março,
a) Os números 4 e 5 do artigo 25.º da Portaria
passa a ter a seguinte redação:
n.º 243-A/2012, de 13 de agosto, alterada pela Porta-
ria n.º 419-A/2012, de 20 de dezembro, e pela Portaria «Artigo 29.º
n.º 59-A/2014, de 7 de março;
b) Os números 4 e 5 do artigo 36.º da Portaria [...]
n.º 243-B/2012, de 13 de agosto, alterada pela Porta- 1 — Para os alunos abrangidos pelo disposto
ria n.º 419-B/2012, de 20 de dezembro, e pela Portaria na alínea c) do n.º 2 do artigo 29.º do Decreto-Lei
n.º 59-B/2014, de 7 de março; n.º 139/2012, de 5 de julho, na sua redação atual, a
c) O n.º 4 do artigo 20.º da Portaria n.º 276/2013, de classificação final de curso para efeitos de prosse-
23 de agosto. guimento de estudos no ensino superior (CFCEPE)