Você está na página 1de 3

Prisioneiros de Lembranças do Passado

Existe pessoas que nunca se livram de lembranças do passado,


estão martirizadas por pensamentos negativos e estão escravizadas por
uma eterna nostalgia e melancolia profunda, pelo que ficou para atrás.
Tem uma palavra relacionada com os africanos quando foram
trazidos como escravos para colonizar o Brasil. Essa palavra é “Banzo”
(Que significa: desesperados, tristes, pensativos ou apavorado com
saudades da pátria ou amigos que foi obrigado e deixar). Sendo comum a
depressão, insônia e até o suicídio.
Todavia, temos que tocar a vida olhando para frente, especialmente
no que se refere ao mundo espiritual. Porque é comum as pessoas ficarem
reféns de algo ruim que foi praticado no passado, e não darem credito ao
sacrifício único de Jesus em favor da humanidade pecadora.
A Bíblia apresenta inúmeros textos que mostra o perdão através da
graça salvadora de Deus; o qual podemos tomar posse e esquecer uma
existência de erros. Sabendo que quando aceitamos a Jesus como único
salvador, todas os pecados são perdoados e passamos a ser uma nova
criatura.
Isaias 43:18-19
18 – Não vos lembreis das coisas passadas, nem considerais as antigas.
19 – Eis que faço uma coisa nova, agora sairá a luz, porventura não a
recebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rio no ermo.
Se as pessoas deixassem de seguir as lembranças contrárias e
tivessem apenas recordações boas, certamente os psicólogos e psiquiatras
teriam mais tempo para se dedicarem a outros eventos na área da saúde
mental. Mas, a tendência humana é lembrar o sentimento de vingança,
mágoa e coisas vazias.
Conta-se que o General Robert Lee, logo após a segunda guerra civil
da América no estado do Kentucky; foi visitar uma amiga, e ela lhe
mostrou com grande dor, uma árvore da sua casa que fora partida em um
bombardeio no meio da noite, ficando pela metade. Então ele respondeu:
Corta-a e deixa no passado.
Temos que aprender essa lição, devemos cortar as cicatrizes e
traumas do passado que nos traz recordações ruins. Especialmente
quando tem referencia com a nossa fé, e pode interferir com o
relacionamento pessoal com Deus.
II Aos Coríntios 5:17
Assim, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas se
passaram, eis que tudo se fez novo.
O passado não deve nos amarrar, se por acaso cometemos algo
desprazível, devemos pedir perdão a Deus, porque através do sacrifício de
Jesus obteremos o verdadeiro perdão.
João 10:10-11
10 - O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para
que tenham vida, e a tenham com abundância.
11 - Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
O diabo traz essa trilogia maligna que é: “Roubar, matar e destruir”.
Mas, Jesus Cristo veio para que tivéssemos vida, e com abundância.
Tem pessoas que foram escravas do pecado através da prostituição,
espiritismo, idolatria, roubo, assassinato e contendas. Contudo, não temos
que levar esse fardo sujo de satanás, porque o perdão de Cristo é suficiente
para nos direcionar para a eternidade com Deus.
Isaias 53:4-5
04 – Verdadeiramente Le tomou sobre si as nossas enfermidades, e as
nossas dores levou sobre si, e nós e reputamos por aflito, ferido de Deus, e
oprimido.
05 – Mas Ele foi ferido por causas das nossas transgressões, e moído por
causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele,
e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Não necessitamos ser algemados a um passado hediondo. Mas
construir o presente em Cristo.
Tem uma mensagem asquerosa no mundo artístico da televisão que
cita: “O teu passado te condena”. Isso é uma filosofia barata do diabo para
inserir medo nas pessoas.
A Bíblia cita no Livro do Profeta Isaias.
Isaias 43:18
Não vos lembrais das coisas passadas, nem considereis as antigas.
Jesus é quem absorve os nossos pecados, e para que isso acontecesse
Ele pagou um preço algo com a sua vida para sermos resgatados do pecado;
por essa e infinitas razões, somo renovados diante de Deus para ter o livre
acesso ao céu.
I João 1:7
Mas, se andarmos na luz, como na luz, com Ele na luz está, temos
comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus nos purifica de todo
pecado.
Então, precisamos honrar e amar a grande dádiva que veio do Trono
de Deus, que é o seu filho amado Jesus Cristo, e entendermos que Ele está
acima de toda culpa e limitação humana. Que o Senhor vos abençoe rica e
abundantemente.

Robson Colaço de Lucena


OTPB – Ordem dos Teólogos e Pastores do Brasil
Ministério Missão América