Você está na página 1de 6

Classificação dos animais vertebrados

Texto de Márcia Ferreira Martins

Justificativa
A classificação dos seres vivos é um assunto no qual os alunos
apresentam muita dificuldade, tanto no entendimento das
características quanto na classificação propriamente dita.
Há dificuldade em separar os seres vivos nos reinos; distinguir
plantas e animais; animais vertebrados de invertebrados e,
principalmente, separar os animais vertebrados de maneira correta
nas suas cinco classes: mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes,
mesmo depois de estudar as principais características de cada grupo.
Isso talvez aconteça porque o aluno até a 6ª série não havia tido
contato com a grande diversidade de seres vivos existente, o que
causa confusão no momento de fazer uma classificação.
O aluno reconhece as características de determinada classe/ordem,
mas, muitas vezes por não conhecer o animal que irá classificar, não
consegue associá-lo com essas características.
Nesse relato tratarei apenas da classificação dos animais vertebrados.
A experiência aqui descrita pode ser usada para qualquer conteúdo
no qual haja classificação de qualquer grupo de seres vivos.
Se já há dificuldade em separar os animais vertebrados em classes,
ela é ainda maior na hora de separar os animais dentro de suas
respectivas ordens.
A classe dos mamíferos, por exemplo, tem doze ordens, e
descrevendo apenas as características de cada uma fica difícil para o
aluno fazer a associação entre o animal e sua respectiva
classe/ordem. Como facilitar a compreensão da classificação dos
vertebrados?
Foi pensando nessa dificuldade que propus a elaboração de álbuns de
classificação dos animais vertebrados.
Percebi que ao final da elaboração desses álbuns, o aluno, além de
ter uma visão completa da classificação dos animais vertebrados,
também tinha mais segurança na hora de afirmar que um animal
pertence a uma determinada classe/ordem.

Público-alvo
A classificação dos seres vivos é estudada nas escolas públicas
normalmente na 6ª série do ensino fundamental. Porém, por ser um
trabalho de fácil entendimento e realização, a montagem dos álbuns
de classificação pode ocorrer em qualquer outra série onde se queira
trabalhar a classificação dos seres vivos.

Objetivos
Fornecer ao aluno uma visão da diversidade dos animais vertebrados
e invertebrados; Fazer com que o aluno reconheça as características
de cada classe/ordem dos animais vertebrados; Fazer com que o
aluno possa classificar os animais vertebrados corretamente dentro
das suas respectivas classes e ordens.

Metodologia
Para montagem dos álbuns de classificação dos vertebrados, os
alunos precisam ser organizados em grupos. É interessante organizar
esses grupos logo no início das aulas, para que haja tempo suficiente
para os alunos juntarem os recortes dos animais até o início das
aulas de classificação.
A cada grupo formado é solicitado que recolham o máximo de
recortes de animais possíveis: animais vertebrados e invertebrados.
Esses recortes podem ser conseguidos em revistas, jornais, gibis,
embalagens de balas, chicletes, adesivos etc.
Cada grupo guardará seus recortes em um envelope grande ou pasta,
que deverá ser identificado com o nome dos elementos do grupo.
Quando os grupos já tiverem com os envelopes/pastas prontos,
combina-se com eles a primeira aula de classificação.

Primeira aula de classificação


Para essa aula os alunos precisarão trazer mais um envelope vazio,
além daquele com os recortes.
Os alunos se organizarão em grupos e, logo em seguida, o professor
fará uma exposição sobre as diferenças entre animais vertebrados e
invertebrados.
Os alunos, então, começarão a separar os seus recortes de animais
vertebrados e invertebrados. Dos dois envelopes trazidos pelos
alunos, um será denominado de animais vertebrados e o outro de
animais invertebrados, onde serão colocados os respectivos recortes
dos animais.
Ao final da primeira aula de classificação, os alunos terão feito uma
classificação dos animais em vertebrados e invertebrados, de modo
que depois poderemos dar seqüência na classificação com os animais
vertebrados.
Os dois envelopes ficarão guardados com os grupos. Na aula
seguinte, o professor fará uma exposição sobre a classificação dos
animais vertebrados nas suas classes: mamíferos, aves, répteis,
anfíbios e peixes, frisando as características de cada classe, inclusive
com a citação de exemplos. Quando os alunos estiverem com essas
informações bem fixadas, marca-se a segunda aula de classificação,
para a qual os grupos devem trazer o envelope dos animais
vertebrados e mais quatro envelopes vazios.

Segunda aula de classificação


Os alunos serão instruídos a separar os recortes dos animais em
cinco grupos (classes): mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes,
de acordo com as características estudadas nas aulas anteriores.
O envelope “animais vertebrados” será aproveitado e receberá uma
nova denominação. Ao final da separação (classificação), o aluno terá
cinco envelopes que representam as cinco classes dos animais
vertebrados.
Logo em seguida o professor passará a estudar com os alunos as
características dos mamíferos e sua classificação. Logo que o aluno
tenha domínio desse conteúdo, marca-se a terceira aula de
classificação, na qual será montado o primeiro álbum de classificação,
o dos mamíferos.

Terceira aula de classificação


Com os alunos reunidos com seus grupos faremos a montagem do
álbum de classificação dos mamíferos. Explica-se a montagem do
álbum: doze folhas serão usadas para a colagem das ordens dos
mamíferos. Em cada uma delas será colocado o título (nome da
ordem) em letras grandes e coloridas. Colam-se então os recortes
dos animais correspondentes a essa ordem. As outras duas folhas
que sobrarem serão usadas para fazer a capa e a contra capa. Os
recortes que ficarem sobrando poderão ser usados para ilustrar a
capa. Na capa deverá ser colocado o nome do trabalho: Álbum de
Classificação dos Mamíferos. Na contracapa serão colocados desenhos
de mamíferos e recortes repetidos.
Ao final desta aula, os alunos terão separado (classificado) os
mamíferos em suas respectivas ordens.
O mesmo trabalho é desenvolvido para as ordens das demais classes:
aves, répteis, anfíbios e peixes.

Aplicação em sala de aula


O sucesso desse trabalho deve-se a uma boa exposição das
características de cada classe/ordem. Os alunos precisam ter
entendido as características das classes e das ordens. Não há
necessidade de decorar as características e sim entendê-las, mesmo
porque durante as aulas de qualificação o aluno poderá consultar
suas anotações no caderno e outras bibliografias que estiverem
disponíveis.
Outro ponto importante é a organização com antecedência dos
materiais que serão utilizados durante as aulas de classificação. A
falta de material pode causar tumulto na aula, visto que os alunos
sem material ficam sem ter o que fazer e poderão atrapalhar o
trabalho dos outros grupos.
Em cada aula de classificação os alunos montam os grupos, espalham
os recortes dos animais sobre a mesa e vão separando esses recortes
de acordo com as características das classe/ordens.
Ao final da montagem de cada álbum, é interessante fazer uma
exposição, para os alunos apreciarem o trabalho dos outros colegas;
e ao término da montagem de todos os álbuns (cinco classe de
vertebrados) faz-se uma exposição geral para as demais turmas da
escola. Essa exposição é importante para que o aluno sinta seu
trabalho valorizado.

Avaliação
A avaliação deve ser contínua, observando-se o aluno desde a
montagem do grupo, quando normalmente eles combinam a
quantidade de recortes de animais que cada um vai trazer para a
aula.
Outros materiais também são divididos entre os elementos do grupo
para uso durante as aulas, como cola, tesoura, folhas de sulfite,
canetinhas coloridas, lápis de cor etc. é interessante observar a
participação de cada aluno trazendo o material combinado pelo
grupo, o que pode ser avaliado como participação e interesse.
Durante as aulas em que os recortes dos animais vão sendo
separados para montar a classificação, o grupo deve ser observado
quanto a organização, participação dos alunos e entrosamento do
grupo.
Por último, a avaliação será feita levando-se em consideração o
produto final, que é o álbum de classificação, onde deve-se observar
se os recortes foram colocados nas ordens de forma correta. Na
correção, o ideal é não colocar certo ou errado nas folhas, mas
devolver o álbum para que o grupo retire a folha, onde estão os
recortes colados errados, e efetue as correções.

Você também pode gostar