Você está na página 1de 12

Uma casa celestial na Terra

Mensagem dada no casamento de

Sanjay (meu filho mais velho) e Kathy.É uma grande alegria para mim falar no casamento do
meu filho mais velho. Estamos ansiosos para este dia por muitos anos.Quero compartilhar uma
frase com Sanjay e Kathy que se encontra em Deuteronômio 11: 18-21 (na versão King James).
Deus diz: "Impressione as minhas palavras sobre o seu coração para que os seus dias sejam
como os dias do céu na terra".

Que expressão que é: "Que os teus dias sejam como os dias do céu na terra".

Pense em como são os dias do céu. Não há conflitos ou conflitos no céu, mas apenas paz e
alegria. E acima de tudo, amor - em todos os lugares. Você pode ter um lar assim - onde todos
os dias é como um dia de céu na terra. É assim que Deus quis que todas as casas sejam.

A Bíblia começa com o casamento de Adão e Eva e termina com o casamento de Cristo com o
Seu povo, a Igreja.

Quando Deus conduziu esse primeiro casamento - de Adão e Eva - Ele queria que seus dias
fossem dias do céu na terra. Sua primeira casa era um paraíso - Eden. Mas Satanás veio e fez
sua casa em um inferno. E agora temos casas como o inferno em todo o mundo, hoje.

Mas louve Deus que não foi o fim da história. A Bíblia diz-nos que, exatamente ali, no Éden,
assim que Adão pecou, Deus prometeu enviar Seu Filho para resolver o problema que Satanás
criou. É aí que vemos esta grande verdade: que Deus está sempre do nosso lado contra o
Diabo. Antes de Deus ter amaldiçoado a terra pelo pecado de Adão, Ele disse a Adão e Eva que
uma semente passaria pela mulher que feriria a cabeça do Diabo. Foi só depois disso que Deus
declarou sua punição.

Mesmo que o Diabo tivesse vindo e desordenado, Deus queria que Adão e Eva soubessem que
Ele estava do seu lado contra o Diabo. Não importa o que o Diabo possa fazer em qualquer
casa, Deus está no negócio de resgatar casas. Ele quer levar nossas casas de volta ao Seu plano
original, onde nossos dias serão como os dias do céu na terra. E agora que Cristo veio e a obra
da redenção foi realizada, esta é uma possibilidade real para cada um de nós.

As instruções do fabricante

Algum tempo atrás, comprei uma câmera digital. Antes disso, usei as câmeras simples "ponto e
clique" que usavam um rolo de filme. Mas com esta cara câmera digital, descobri que as fotos
não eram melhores, mas pior. Eles estavam confusos e fora de foco. Depois de gastar todo
esse dinheiro, eu consegui fotos que estavam aptas apenas para serem jogadas no lixo como
muitos casamentos.
E por que isso foi assim? Porque eu não tinha lido as instruções do fabricante. Sabemos que
cada equipamento caro sempre vem com um manual de instruções que o fabricante fornece. É
possível que Deus que ordenou o casamento poderia nos ter deixado sem instruções? Claro
que não. Ele nos deu instruções. É porque não seguimos essas instruções (como fiz com a
minha câmara digital) que nossos casamentos se tornam difusos, fora de foco e aptos para o
lixo.

E então eu li o folheto do fabricante e segui suas instruções exatamente sobre como usar
minha câmara digital. Não me atrevi a imaginar que eu sabia melhor do que o fabricante
daquela câmara. Seria tímido ter pensado assim. Mas essa é a loucura encontrada em muitos
que ignoram suas "Instruções do Criador" quando se trata de casamento e que imaginam que
podem produzir um casamento melhor ao ouvir psicólogos e tradições humanas do que a Deus
mesmo.

Deus nos deu instruções muito claras sobre o casamento. Quando eu finalmente segui as
instruções do fabricante de câmera digital, minhas fotos saíram perfeitas. E isso é exatamente
o que acontecerá em um casamento, quando o marido e a esposa seguem as instruções dos
fabricantes.

Há apenas um livro no mundo que contém as Instruções do Criador sobre o casamento da


Bíblia. Comecei a estudá-lo muitos anos antes de me casar. E minha esposa e eu estudamos
juntos depois de nos casarmos. E nos 37 anos do nosso casamento, provamos um pouco do
que significa ter "dias do céu na terra".

A mensagem do evangelho é esta, que podemos ter dois céus um agora, como nossos dias na
terra se tornam como os dias do céu. E, finalmente, um céu físico, quando Cristo retorna.

A outra alternativa é ter dois infernos um agora, e o outro na eternidade. O Senhor Jesus Cristo
veio nos salvar de tudo isso.

A Fundação

Sanjay e Kathy vão morar em uma casa de dois andares. E podemos ver isso como uma foto de
casamento. Essa casa tem uma fundação antes de tudo, em que o primeiro e segundo andar
são construídos.

A parte mais importante de qualquer casa é a sua base. O que cada casamento precisa antes
de tudo, também é uma boa base. E o fundamento para um bom casamento é o amor-perfeito
e incondicional de Deus para nós. A verdade do amor incondicional de Deus é a maior verdade
encontrada em toda a Bíblia. Mesmo quando vacilamos, tentamos e falhamos e fazemos uma
bagunça de nossas vidas, o amor de Deus por nós nunca muda.

Quando Deus queria ilustrar o Seu amor por nós, Ele usou o exemplo do amor de uma mãe por
seu recém nascido. Sabemos que uma mãe não espera nada em troca de seu bebê.
Por outro lado, o amor que é retratado na televisão e nos filmes é um amor egoísta. Um jovem
pode dizer que ele "ama" uma menina. Mas ele quer algo dela para seu próprio prazer. E ela
também quer algo para ele.

O amor de Deus, no entanto, é diferente. É como o amor de uma mãe por um bebê recém
nascido. A mãe não quer uma coisa de seu filho. Na verdade, seu pequeno bebê não pode lhe
dar nada. O amor de uma mãe é o amor mais altruísta na face da terra. Esse é o exemplo que
Deus usa em Isaías 49:15, quando Ele explica o Seu amor por nós - é um amor totalmente
altruísta e não espera nada em troca. Como uma mãe, Deus serve e sofre pelo bem de Seus
filhos. Você já viu como uma mãe cuida de uma criança doente? É assim que Deus nos ama
também.

Estar ciente deste amor perfeito de Deus para vocês dois é o que você precisa como base para
o seu novo lar. Nessa base, você pode construir os dois andares. Se cada um de vocês não for
individualmente seguro no amor de Deus, então você terá muitos problemas entre vocês.

Estou convencido de que muitos dos nossos problemas são causados por nossa insegurança.
Não encontramos segurança no amor incondicional de um Pai celestial. E quando não estamos
seguros no amor de nosso Pai celestial, não seremos capazes de amar os outros como
deveríamos. Teremos ciúmes, um espírito competitivo e muitos outros problemas em nossos
relacionamentos. Mas uma vez que estamos seguros no amor de Deus, nos tornamos livres - e
então podemos começar a construir.

O primeiro andar

Quando alguém perguntou a Jesus qual era o maior mandamento, ele respondeu que havia
dois mandamentos que eram os maiores - e não apenas um. O primeiro foi amar a Deus com
todo o coração, alma e força; e o segundo era amar os outros, como Ele nos amava.

E esses são os dois andares da casa. Você não pode construir o segundo andar antes de
construir o primeiro. Muitas pessoas cometem esse erro - eles tentam amar os outros sem
antes amarem a Deus com todo o coração. Eles não leram as instruções do Criador - e assim
seu amor pelos outros desaparece depois de um tempo. Antes de podermos amar os outros,
devemos adorar a Deus do jeito que devemos amar.

Quando Deus criou Adão e Eva, Ele não os uniu, ao mesmo tempo. Ele poderia ter feito isso
facilmente se quisesse. Ele poderia ter tomado dois pedaços de argila em vez de um, e fez o
homem e a mulher ao mesmo tempo, e respirou em ambos. Mas por que ele fez Adam
sozinho? Então, quando Adão abriu os olhos, a primeira pessoa que ele veria seria Deus - e não
Eva! Então Deus colocou Adão para dormir. Por quê? Não apenas para tirar uma costela do seu
lado. Mas, então, quando Deus fez Eva separadamente em algum outro canto do jardim, e ela
abriu os olhos, a primeira pessoa que ela veria também seria Deus e não Adão. Ela nem sabia
da existência de Adão. Ela só viu Deus primeiro.

Essa foi a primeira lição que Deus queria ensinar a Adão e Eva: "Eu, seu Deus, deve ser o
primeiro em suas vidas sempre". Essa é a lição que todos nós devemos aprender também.
Você já ouviu falar da conhecida cola industrial, Fevicol, que é usada para encaixar madeiras
juntas. Eu vi um anúncio para isso uma vez, que mostrou dois pedaços de madeira presos junto
com Fevicol, e dois elefantes tentando separá-los. E esses elefantes são incapazes de separar
esses dois pedaços de madeira. É assim que um casamento verdadeiramente cristão se torna
também, quando Cristo está no centro, entre marido e mulher, mantendo-os juntos. Nenhuma
força na terra ou no céu será capaz de separar esse marido e esposa um do outro. Se, no
entanto, Cristo não é o primeiro e o fator obrigatório entre marido e mulher, então esse
casamento será como dois pedaços de madeira que se juntarão sem cola. Eles se
desmoronarão, mesmo sem que ninguém os separe. Não admira que vejamos muito divórcio
no mundo hoje. Esses casais realmente imaginaram que se amavam profundamente, no dia
em que se casaram. Mas o que eles não perceberam foi que o deles era um amor egoísta,
porque Cristo não era o Senhor de suas vidas. Assim, alguns meses depois, eles se
encontraram se encaixando.

"Amai-vos" é uma expressão agradável, super-utilizados. Mas você não pode realmente fazê-
lo, se você não ama primeiro Deus. Você não será capaz de perseverar até o fim no amor para
o seu cônjuge, se Cristo não é o Senhor de sua vida pessoal.

Mas uma vez que você construiu o primeiro andar adorando Deus, então você pode construir
o segundo amor um ao outro.

O segundo andar

Quero dizer três coisas sobre amar uns aos outros.

Antes de tudo, o amor expressa apreciação. Há um livro inteiro sobre o amor conjugal que
Deus incluiu na Bíblia Cantares de Salomão. Todos os casais devem ler esse livro um para o
outro! É incrível ver como o Deus Todo-Poderoso espera que um marido e uma esposa
conversem um com o outro! E esse livro é inspirado nas Escrituras tanto quanto os outros
livros da Bíblia!

Deixe-me ler alguns extractos deste livro, para que todos possamos aprender a apreciar-se
mutuamente como maridos e esposas. Todos somos avaros quando se trata de expressar
apreciação. Somos rápidos em criticar, mas muito lento para apreciar. Nós olhamos as pessoas
e encontramos tantas falhas nelas. Isso é a natureza humana. E é assim que o acusador, o
diabo se posiciona dentro de nós. Por outro lado, Deus se posiciona dentro de nós, quando
olhamos para os outros e achamos algo para apreciar neles. Cada um de nós pode examinar
nossa própria conduta aqui.

Veja o que o marido diz a sua esposa aqui na Canção de Salomão (da Bíblia da Mensagem):

Você é linda, meu querido amor, da cabeça aos pés, muito além da comparação e
absolutamente impecável. Você é tão adorável quanto as visões fascinantes do meu êxtase.
Sua voz é calmante e seu rosto é arrebatador. Sua beleza, dentro e fora, é absoluta, meu
querido amigo. Você é um paraíso.
(Não estou inventando tudo isso. Tudo está lá nas Escrituras.)

Você capturou meu coração. Você me olhou, e eu me apaixonei. Um olhar para o meu
caminho e eu estava desesperadamente apaixonado! Meu coração está arrebatado. Ah, os
sentimentos que recebo quando vejo vocês e os movimentos de desejo que tenho. Eu sou
mimado por mais alguém!

(Como eu queria que fosse verdade de todo marido).

Não há ninguém como você na terra, nunca houve, e nunca haverá. Você é uma mulher além
de comparar.

(Deus permite uma pequena licença poética lá. Não é uma questão de precisão científica aqui,
mas de como o marido sente.)

E agora ouça o que a esposa diz. Esta é a resposta dela:

E você, meu querido amante é tão bonito! Você é um em um milhão. Não há ninguém como
você! Você é ouro você é um montanha rochosa de um homem. Suas palavras são calorosas e
tranquilizadoras. Suas palavras são como beijos e seus beijos são todas palavras. Tudo sobre
você me deleita. Você me emociona através e através! Aguardo por você e eu quero você
desesperadamente. Sua ausência é dolorosa para mim. Quando eu vejo você, eu vou jogar
meus braços ao seu redor e mantê-lo apertado. E não vou deixar você ir. Eu sou seu sozinho e
você é meu único amante e você é meu único homem.

Como Deus colocou algo assim nas Escrituras? Porque o próprio Deus é um amante.

Sanjay e Kathy, sejam amantes assim. Deus quer que você se ame uns aos outros assim. Seus
dias podem ser como os dias do céu na terra se você aprender a apreciar uns aos outros assim.

Jesus é o ótimo exemplo para todos nós nesta área. Quão ricamente ele expressou Sua
apreciação pelas pessoas. A segunda coisa sobre o amor verdadeiro é: o amor é rápido para
perdoar. O amor é lento para culpar, mas rápido para perdoar. Haverá problemas entre
marido e mulher em todos os casamentos. Mas se você colocar esses problemas em segundo
plano, têm a certeza de transbordar. Então seja rápido para perdoar e seja rápido para pedir
perdão. Não espere até a noite para fazer isso. Se você receber um espinho no seu pé pela
manhã, você irá retirá-lo imediatamente. Você não vai esperar até a noite. Se você machucou
seu cônjuge, você o cutucou com um espinho. Retire-o imediatamente. Peça perdão
imediatamente e seja rápido para perdoar.

E, finalmente, o amor está ansioso para fazer coisas junto com o parceiro e não sozinho. Quão
diferente seria a história do homem, se, quando o Diabo viesse a tentar Eve no jardim, acabara
de dizer "Deixe-me consultar o meu marido antes de tomar uma decisão". Oh, que história
diferente seria então.
Lembre-se de que todos os problemas no mundo surgiram porque uma mulher tomou uma
decisão por conta própria, quando Deus lhe deu uma companheira a quem ela poderia ter
consultado, antes de tomar essa decisão.

O verdadeiro amor faz as coisas juntas. Dois são sempre melhores que um.

Em conclusão, deixe-me ler novamente da palavra de Deus no Cântico dos Cânticos capítulo 8,
versículos 6 e 7 (a partir da Bíblia Mensagem):

O fogo do amor varre tudo antes. As águas da inundação não pode afogá-lo. O verdadeiro
amor não pode ser comprado. Ele não pode ser encontrado no mercado.

Só o amor de Deus é assim. É por isso que esse amor é chamado de "a chama do Senhor" no
versículo 6.

Somente Deus pode nos dar esse amor.

Sanjay e Kathy, peça a Deus que lhe dê tanto amor um pelo outro.

Que Deus os abençoe a ambos. Amém.

2-Faça três escolhas em seu casamento

Mensagem dada no casamento de

Santosh (meu segundo filho) e Meghan

Deus nos deu um único livro. Se realmente acreditamos nisso, iremos olhar nesse livro para
instrução para tudo na vida. Lemos na Bíblia que foi Deus quem ordenou o casamento para o
homem. Ele era aquele que primeiro pensou nisso e foi o único que criou homem e mulher
com vontade de unir-se. E Ele nos deu avisos e instruções em Seu Livro sobre como um casal
deveria viver.

Em Gênesis 3, lemos sobre o casamento de Adão e Eva. Assim que Deus uniu-os em
casamento, ele os enviou para um belo jardim. Em três coisas que aconteceram nesse jardim,
vemos três escolhas que você, Santosh e Meghan, devem fazer e que todos os casais devem
fazer se você quiser ter o feliz casamento que Deus planejou para o homem.
Tais casamentos felizes raramente são vistos nesta terra, porque a maioria das pessoas não lê
as Escrituras, e muitos que fazem, não meditam nelas, para descobrir exatamente como Deus
quer que elas vivam como pessoas casadas.

Quando Deus enviou Adão e Eva a este jardim, embora Ele lhes ofereceu ampla liberdade, Ele
fez uma restrição. Ele proibiu-os de comer uma árvore. Havia uma razão para isso. Sem
escolha, ninguém pode ser um filho de Deus. Ninguém pode ser santo sem escolha pessoal.
Então, quando Deus enviou Adão a esse jardim, se Ele não tivesse dado a Adão a oportunidade
de escolher, Adão nunca poderia ter se tornado o filho que Deus queria que ele se tornasse.
Não percebemos quão importantes são as escolhas que fazemos - para a nossa vida na Terra e
ainda mais para a eternidade.

Um dos maiores dons que Deus nos deu é o poder de escolher. E Ele nunca tirará esse poder
de ninguém. Você pode escolher ser um filho de Deus ou pode escolher viver para si mesmo.
Mas o que você escolher, no final de sua vida, você colherá as conseqüências de sua escolha.

A Bíblia diz: "O que o homem semear, isso também ceifará". A Bíblia também diz que "aos
homens está ordenado morrerem uma só vez e depois disso o juízo". Mas Deus não julgará
arbitrariamente os homens nesse último dia. Seus julgamentos serão baseados nas escolhas
que cada homem fez.

Este princípio aplica-se também ao casamento. Você pode escolher se deseja ter um
casamento feliz ou um miserável. Essa escolha é sua, não a de Deus. Adão poderia escolher se
deve render sua vida ao diabo ou a Deus.

Então eu quero falar com você, Santosh e Meghan, sobre três escolhas que você deve fazer em
seu casamento:

1. Concentre-se em Deus e não em você

Em primeiro lugar, escolha ser centrado em Deus em todas as áreas da sua vida.

Havia duas árvores no jardim do Éden e representavam duas formas de vida. A árvore da vida
simbolizava uma vida centrada em Deus, onde Deus seria o centro de cada decisão tomada
pelo homem. A árvore do conhecimento do bem e do mal, por outro lado, simbolizava uma
vida em que o Ser seria o centro, e onde o homem viveria sem consultar Deus e determinaria-
se o que era bom eo que era malvado. Deus enviou Adão e Eva a esse jardim e disse-lhes, por
assim dizer, "Você pode escolher agora qual dessas duas maneiras que você deseja viver". E
todos sabemos o que Adão escolheu. Ele escolheu viver uma vida centrada em si mesmo.

Toda a miséria, tristeza e assassinatos e todas as outras coisas miseráveis que vemos no
mundo que nos rodeia, é devido ao homem ter decidido escolher para si o que é bom eo que é
mal. Ele não quer que Deus conte com ele. E essa é a razão para todo casado infeliz também
entre os cristãos. Multidões de cristãos vivem com o Eu como o centro de sua vida e colhem o
que semeiam.

Quando Deus criou Adão, ele queria que ele dominasse a terra. Adão foi criado para ser um
rei, não um escravo. E Deus queria que Eva fosse uma rainha ao lado de Adão. Mas o que
vemos hoje? Homens e mulheres são escravos em todos os lugares escravos de suas paixões e
das coisas corruptíveis da terra.

Quando Deus criou essa terra, ele fez tudo lindo. A árvore proibida também era bonita.
Quando Adão e Eva ficaram na frente dessa árvore, eles tiveram que escolher: escolheriam as
belas coisas que Deus criara, ou escolheriam o próprio Deus?

Essa é a escolha que todos nós temos que fazer todos os dias. Se a nossa vida estiver centrada
em nós mesmos, buscaremos os dons de Deus (as coisas que Ele criou) e não depois do próprio
Deus. A maioria das brigas que ocorrem em casas é sobre coisas terrenas. Tais discussões
surgem porque o marido e a esposa escolhem as coisas criadas em vez do próprio Deus e
colhem as consequências de sua escolha. Eles semeiam a carne e assim colhem a corrupção. O
homem se torna um escravo quando escolhe as coisas criadas sobre o Criador.

Jesus veio nos livrar dessa escravidão. O homem hoje é escravo do poder do dinheiro, do
prazer sexual ilegítimo, das opiniões dos outros e de muitas outras coisas. Ele não é livre. Deus
o criou para ser como a águia que voa no alto do céu. Mas, em todos os lugares, encontramos
o homem encadeado, incapaz de conquistar seu temperamento, incapaz de controlar a língua,
incapaz de controlar seus olhos lubrificantes. Jesus veio, não apenas para morrer pelos nossos
pecados, mas também para livrar-nos dessa escravidão.

Quero dizer-lhe, Santosh e Meghan, você pode ter um casamento extremamente feliz se você
se recusar a fazer a escolha que Adão fez, e se você disser a Deus: "O eu nunca mais será o
centro das nossas vidas, Senhor. Você sozinho será o Centro. Tudo em nossas vidas será
centrado em Você ".

A Bíblia diz que Deus é Luz e Deus é Amor. O amor de Deus é a Sua Luz. Em um quarto escuro,
o poder da luz afasta a escuridão. O poder de Deus é assim. A vida sem o poder de Deus, sem o
Seu amor, só será a escuridão.

Toda a nossa vida na Terra é um período de testes e estágio, para nos preparar para um reino
na eternidade, onde tudo será governado pela lei do amor. Toda situação e circunstância que
Deus nos leva até agora é, portanto, projetada por Ele para testar-nos em uma área - se
viveremos pela lei do amor. E é por isso que Deus permite tantas provações e dificuldades em
nossas vidas. Deus é Todo-Poderoso e Ele poderia ter feito a vida na Terra, de modo que nunca
tivemos nenhuma tentativa. Mas Deus em Sua grande sabedoria ordenou provas como um
meio pelo qual aprendemos a amar. Se superarmos nosso egoísmo e determinarmos que o
amor sozinho guie nossa vida, Deus poderá nos preparar para sermos governantes em seu
reino vindouro. Temos que pensar nisso agora, ou então vamos encontrar na eternidade que
perdemos as oportunidades que Deus nos deu na Terra - e nunca aprenderam o que
deveríamos aprender.

Então, a escolha que você precisa fazer em seu casamento é esta: você viverá pela lei do amor
ou pela lei do egoísmo? Se Deus é o centro de sua vida, seu amor guiará todas as coisas que
você diz e faz.

2. Aceitar um ao outro e não vestem máscaras


A segunda coisa que quero dizer é esta: Aceite um ao outro e não use máscaras. Antes do
pecado, "Adão e Eva estavam nuas e não tinham vergonha". Eles estavam abertos e honestos
uns com os outros e não tinham nada a esconder. Mas assim que pecaram, as coisas mudaram.
Eles se cobriram com folhas de figueira imediatamente. Por que eles fizeram isso? Não havia
"voyeurs - Voyeur é o substantivo masculino com origem no francês que descreve uma pessoa
que obtém prazer ao observar atos sexuais ou práticas íntimas de outras pessoas." Nesse jardim.
E certamente não se cobriam com os animais. Por que eles precisavam se cobrir com folhas de
figueira? Eles estavam se cobrindo um do outro.
Um dos resultados do pecado é que nos escondemos um do outro. Todas as pessoas escondem
as partes de sua personalidade que sentem feias. Eles ficariam envergonhados se outros
soubessem esses detalhes sobre eles. E então eles usam máscaras. Eles colocam uma frente,
parecendo relaxado, legal e feliz, quando o tempo todo, são miseráveis e derrotados sob a
superfície. Você deve determinar em seu casamento para ser você mesmo um com o outro
nunca usando máscaras. Não haja pretensões nem folhas de figueira. Dentro de todos é um
desejo de encontrar alguém que o amará mesmo quando a outra pessoa o conheça plenamente.
Nós usamos máscaras porque tivemos experiências ruins com outras pessoas. Sabemos que as
pessoas não nos aceitarão se soubessem de tudo sobre nós. E então colocamos uma frente
diante das pessoas, para que elas nos aceitam. Isso também é verdade entre os cristãos. Quando
Jesus estava na terra, Ele encontrou muitas pessoas religiosas usando máscaras - e foi por isso
que Ele não pôde ajudá-las. Quero exortar vocês dois a tomarem uma decisão hoje para nunca
usar uma máscara, mas aceitarem-se sempre assim como você é. Santosh, você vai aceitar
Meghan quando você vê falhas nela? Meghan, você vai aceitar Santosh quando você vir falhas
nele? A coisa maravilhosa sobre Deus é que Ele nos aceita como nós. Uma religião que ensina
que você deve melhorar, antes que Deus o aceite, é uma falsa religião. Jesus não veio com tal
religião. Ele veio com a mensagem de que Deus nos ama tal como somos. Deus sabe que não
podemos nos mudar. E assim Ele nos recebe exatamente como somos - e ele nos muda. A Bíblia
pede que vocês dois, Santosh e Meghan, "se recebam mutuamente, assim como Cristo o
recebeu". Eu li num artigo há algum tempo que abordou esta questão. Não me lembro do nome
do autor. O artigo dizia:
Todos nós passamos a vida nos escondendo. Porque estamos envergonhados do que somos,
escondemos um do outro. Nós usamos máscaras para que outros não possam ver a pessoa real
que vive dentro de nós. Nós olhamos um para o outro através de nossas máscaras e chamar isso
de 'comunhão'. Damos às pessoas a impressão de que estamos seguros e sem perturbações,
mas isso é apenas uma máscara. Sob essa máscara, estamos confusos, com medo e solitários.
Tememos que outros não vejam através de nós. Temos medo de que, se visse a pessoa real
dentro, eles nos rejeitariam e talvez rir de nós e suas risadas nos matariam. Então, nós
interpretamos o "jogo de fingimento" que parece ser confiante e seguro, mas todo o tempo
tremendo como uma criança dentro. Toda a nossa vida se torna uma frente. Conversamos e
brincamos com os outros, contando-lhes todas as coisas não importantes sobre nós mesmos e
nada sobre o que está realmente chorando dentro de nós. Desejamos ser aceito, compreendido
e amado por outros. Mas nós encontramos na experiência, que sempre que expormos o nosso
ser real aos outros, eles nos rejeitam. Continuamos a procurar alguém que nos aceite, mesmo
quando eles sabem de tudo sobre nós. Mas nunca encontramos essa pessoa. Nós ouvimos falar
de cristãos nascidos que falam sobre o amor, e a esperança sobe dentro de nossos corações
para que talvez eles possam nos aceitar. Mas quando nos juntamos a eles, descobrimos muito
cedo que eles também estão usando máscaras. E eles só acham falha com a gente.

Qual é a solução para isso? Precisamos nos ver aceitos e amados por Deus, tal como somos.
Deus é amor. Experimentar o amor de Deus nos tornará ousados. E não precisamos mais fingir.
Seremos então nós mesmos - tanto com Deus quanto com o homem. O amor de Deus nunca
nos obrigará a fazer nada. Deus reconhece todas as nossas imperfeições e Ele ainda nos aceita
sem nos condenar. Por outro lado, Ele quer nos aperfeiçoar. Saber que fomos aceitos por Deus,
apesar de tudo o que Ele vê em nós e nos conhece, é a raiz de uma vida cristã feliz. Esta é a vida
abundante que Jesus veio dar. Conhecer o amor de Deus também trará um fim permanente à
nossa busca pela aceitação do homem. Seremos preenchidos com confiança. Nossa culpa
desaparecerá e nossos medos serão expulsos. Podemos estar sozinhos às vezes, mas nunca
solitários, pois Deus prometeu nunca nos deixar ou nos abandonar. Há algo que chora dentro
de seu parceiro de casamento um desejo de ser aceito. E, por isso, é importante que você ore
ouvindo, não apenas as palavras que o seu parceiro fala, mas também as palavras que não são
ditas às palavras silenciosas no coração que nunca são faladas.

A grande tragédia é que não acreditamos que mesmo Deus nos aceite como nós somos. E
também nos escondemos dele. Foi isso que Adão e Eva fizeram. Eles correram atrás de uma
árvore para tentar esconder de Deus. Muitos maridos e esposas não podem se amar porque não
encontraram a alegria de serem aceitos por Deus. Eles têm religião, mas não Cristo. Uma das
obras-primas do diabo foi dar às pessoas uma concha vazia de uma religião cristã sem Cristo - e
isso tornou as pessoas miseráveis. As multidões se afastam de uma religião, que não é o
verdadeiro cristianismo. O verdadeiro cristianismo é o próprio Cristo. Toda casa em que Jesus
Cristo é o Centro será uma casa pacífica. Será um lar em que marido e mulher se entendam,
onde eles se aceitam porque estão seguros e confiantes no fato de Deus ter aceitado os dois.
Esse é o tipo de casa que você deve construir. Jesus te amou quando você era feio e não se
arruinava quando lhe agradou, mas quando você era doente, não quando lhe deu prazer, mas
quando você lhe deu dor. Deus agora está chamando você para amar seu parceiro da mesma
maneira livremente, sem procurar nenhum motivo em seu parceiro por seu amor. À medida que
você mora um com o outro, em breve você descobrirá falhas entre si que você não vê agora. E
o que o ajudará a amar uns aos outros, será a certeza de que Deus o aceitou apesar de tudo o
que Ele viu em você. Deus vê coisas em você hoje que você ainda não pode ver em você mesmo
e Ele ainda aceita você.

Se você se ama como este, você quebrará todas as paredes da prisão para que cada um de vocês
se esconda por trás. O amor de Deus em você é mais forte do que aquelas paredes, e isso o
quebrará suavemente. E então, vocês dois se tornarão verdadeiramente um. E agora deixe-me
ler as palavras finais desse artigo: Sua gentileza e gentileza e o fato de que você se preocupa o
suficiente para tentar entender os sentimentos do seu parceiro, fará seu parceiro crescer asas
pequenas asas e asas fracas inicialmente, mas asas. E se você não desistir, essas asas crescerão,
de modo que um dia vocês dois voam para o céu como agasalho do jeito que Deus pretendia
que você fizesse.
3. Faça as coisas juntas e você superará Satanás. A terceira escolha que você deve fazer é fazer
as coisas juntas.
Quando Adão e Eva entraram no jardim, Deus os enviou lá juntos. Mas Satanás veio e separou
Eva e falou com ela sozinha. Adam ficou ali e permitiu que sua esposa fizesse uma escolha fatal
sozinha. Ele deveria ter dito: "Espere, querido. Você se lembra do que Deus nos disse. Nós não
devemos comer daquela árvore". Que história diferente seria, se ele tivesse dito isso. É quando
marido e mulher começam a agir independentemente uns dos outros que surgem muitos
problemas. Você não pode enfrentar Satanás sozinho. Satanás está procurando oportunidades
para estragar sua vida e sua casa. A casa é o lugar onde ele atacou primeiro e é aí que ele ataca
até hoje. Como Jesus disse, Satanás vem roubar, matar e destruir. Mas se vocês dois estão
juntos, você pode vencer Satanás. Eclesiastes 4: 9-12 diz:

Melhor é serem dois do que um, porque se um cair, o outro pode puxá-lo para cima. Quem está
sozinho pode ser atacado e derrotado, mas dois podem ficar de costas e conquistar. Três é ainda
melhor, pois um cordão trançado triplo não é facilmente quebrado. Esses versos estão
intimamente conectados a uma incrível promessa em Mateus 18: 18-20. A maioria dos maridos
e esposas é incapaz de reivindicar essa promessa, porque exige que elas estejam unidas umas
com as outras. Quero transmitir essa promessa a ambos porque trouxe respostas maravilhosas
para a oração para Annie e eu nos 38 anos em que nos casamos. Diz aqui que, se vocês dois
estiverem unidos e acordados em seu espírito, você pode pedir qualquer coisa, e seu Pai
Celestial concederá seu pedido (versículo 19), porque o próprio Jesus está no seu meio (versículo
20). Os dois de vocês (juntamente com Jesus como terceira pessoa no seu meio) também podem
vincular as atividades de Satanás e serão vinculados (versículo 18). Os três serão então como um
cordão trançado triplo que não pode ser quebrado. Deus pode resolver todos os problemas em
sua vida. Você pode encontrar vários problemas que o homem não consegue resolver. Mas não
há nenhum problema que Deus não possa resolver. Mas vocês dois devem estar unidos se Deus
quiser resolver seus problemas. Então faça tudo juntos.

Perdoe-se mutuamente, logo que perceba que feriu o seu parceiro. Não espere. Peça
imediatamente o perdão. Preserve sua unidade a qualquer custo, não importa o que mais você
possa ter que perder nesta terra. Mantenha sua unidade, e então, quando você orar, você
receberá respostas de Deus rapidamente. E Satanás nunca poderá entrar em sua casa. Essa é a
promessa de Deus. Deixe-me dizer mais uma coisa em conclusão: Cada pensamento, palavra e
ação em seu casamento que não foi feito em amor será destruído um dia. O amor de Deus em
você permitirá que você vença todas as dificuldades. Abrirá portas fechadas e quebrará as
paredes. Se você perseguir este amor, o seu será o casamento mais feliz em todo o mundo. Não
é suficiente escolher a pessoa certa que você já fez. Agora você tem que fazer as escolhas certas,
através de sua vida conjugal. Se você adotar esse princípio de amor hoje, esse será o melhor
começo que você pode fazer para o seu casamento. E se você continuar desse jeito a cada dia,
você provará a uma geração impiedade que o amor de Deus pode superar todas as coisas e
nunca falhará. E Deus será glorificado em sua vida. Oro para que sua casa seja um grande
testemunho para o Senhor. Rezo para que essas palavras não sejam meras palavras que você
ouviu, mas palavras que se tornam carne em sua vida, para que sua casa possa ser uma luz para
os outros. O mundo está cheio de pessoas carentes. Se Deus pode descobrir alguma coisa em
sua vida e manifestar o Seu amor através de você, Ele usará você para marcar minhas palavras
Ele usará você para ajudar muitas casas carentes do mundo ao seu redor.

Que Deus os abençoe a ambos. Amém.

Interesses relacionados