Você está na página 1de 4

Memoria e Linguagem

Aquisição Seleção armazenar Evocação

1. As primeiras tentativas de explicação

-1920 Lashley: memória está em todo SNC, devido ao experimento com retirada de córtex
nos ratinhos. Mas ERROU, pois determinadas áreas prejudicavam o desempenho nos testes
(somestesicas, visuais, auditivas).

- 1940 Heb : Quando há a aquisição, certos circuitos do neocortex se ativam, quando há a


evocação eles se reativas, mas quando há a repetição apenas alguns circuitos se ativas
(visão, ou habilidade motora aprendida. Conexão ativa é estabilizada, conexões que são
inativas ocorre o contrário  base da plasticidade

- 1970: Lobo frontal e temporal são como a memória RAM (processador separado que depois
manda para o córtex). Foi a partir dele que surgiu a ideia de redes neurais.

2. A memória possível

 Sequência de processos ou processos em sequência

I.Aquisição: qualquer evento memorizável (objeto, rosto, nome)


II.Seleção:+ relevante para cognição, + marcante para emoção, + focalizado para a atenção,
ou é desconhecido.
III.Armazenamento ou retenção: depende do esquecimento
- Esquecimento = é uma propriedade normal de memória, depende de elementos
distratores, ordem de apresentação.
- Consolidação = Eventos que ficam na memória de forma prolongada
- Amnésia: esquecimentos “demais”
- Hipermnésia: Exacerbada capacidade de memorização
IV. Evocação = É a lembrança
 Tipos e subtipos de memória

Dura frações de segundo -


alguns segundos. Está
Ultrarápida
relacionado com a
memória sensorial

Quanto ao tempo de Minutos ou horas -


Curta duração
retençaõ Continuidade do presente

Longa duração Horas, dias ou anos


Explicita ou EPISÓDICA = Referência temporal- EX lembrar o dia do
declarativa - casamento, o dia do anivesário
descritas por
palavras e SEMÂNTICA = envolve conceitos atemporais - lembrar
outros simbolos que Dona Benta é um personagem do Sítio do Pica
Pau Amarelo, escrito por monteiro lobato

DE REPRESENTAÇÃO PERCENTUAL - memoriza imagens


sem significado conhecido.

Quanto à Implicita - Não DE PROCEDIMENTOS - hábitos, habilidades e regras por


natureza precisa ser exemplo saber como escovar os dentes, como abrir a
descrita por porta.
símbolos
ASSOCIATIVA = Condicionamento clássico ( associa dois
ou mais estimulos,) e condicionamento operante
(estimulo a uma certa resposta)

NÃO ASSOCIATIVA = habituação ou sensibilização

Operacional ou
Permite o raciocionio e o planejamento, como lembrar
memória de
do local que estacionou o carro .
trabalho

3. Aprendizagem: aquisição de dados para pensar e agir

Aprendizagem = processo de aquisição de memórias que ficam retidas, de modo que


somos capazes de orientar o comportamento e pensamento.
È um conjunto de comportamentos que viabilizam os processos da memórias

Se relaciona muito com a memória:

Não associativa:

Habituação: o inseto batento várias vezes na porta e eu nem ligando


Sensibilização: Um barulho batento e de repente entra um morcego horripilante

Associativa:

Condicionante clássico: Vi um cachorro grande na rua, mas é um golden. Fico de boa


Condicionante operante:Fui mordida por um cachorro, vi um na rua e corri.

4. Os defeitos da memória
Memória de menos:

Alzheimei, alcolátras
Caso de HM que removeu o setor medial do lobo temporal bilateral (memória explicita)

Memória de mais

Hipermnesia e alguns autistas (savants), os mecanismos ainda são desconhecidos

Memória provocada

Estimulos em determinadas áreas:

Giro temporal superior: Uma memória de muitos anos atrás


Cortex inferotemporal: memórias visuais claras

5. A construção da autobiografia

A memória alimenta a nossa autobiografia

 A memória ultrarápida

 Memória operacional: O arquivo dinâmico de informações


 Memória explicita: O arquivo duradouro
6. Lembrar sem saber
7. Modulação da memória
8. Os modelos neurobiológicos da memória
9. Mecanismos celulares e moleculares