Você está na página 1de 4

OS RAIOS COMO PORTAIS DA LUZ

Refere-se às Quatro Iniciações que Ele está realizando em paralelo com as Aberturas dos Portais
de Luz nestes últimos dias...

Foi Dele a escolha da região – e isto será revelado em outro artigo – e também o início dos processos
de Iniciações em massa dos Trabalhadores da Luz envolvidos nesta Missão estabelecida por Ele.

Essas Quatro Iniciações são do conhecimento ocultista que somente Ele, o Cristo é o único Iniciador.
É Ele que dirige a Cerimônia de Iniciação quando um peregrino conclui uma etapa de Iniciação.
Assim ocorreu comigo também.

Estas Quatro Iniciações refletem o Quarternário Inferior e está ligada à nossa descida aos 4 mundos
inferiores... (este tema será explanado em um artigo especial) e, para este mergulho na densidade
física, deixamos a Triada – os 3 Raios de Aspecto – e fazemos a nossa viagem pelos 4 Raios de
Manifestação – o 4º Raio, o 5º Raio, o 6º e o 7º Raio – para em seguida, no processo ascensional
atravessarmos o que é conhecido como o 8º Raio.

Sobre o Oitavo Raio, isto será mencionado após a conclusão da abertura do 3º Portal do 7º Raio...
e será uma surpresa o significado da transmutação que vai ocorrer após este evento.

Segundo o querido Mestre, este é o Primeiro Trabalho Dele neste plano terreno após o seu retorno.
Logo após esta fase inicial será desencadeada uma mudança na Grade Energética da Terra onde o
Manto Crístico será acionado em escala mundial.

A Iniciação dos Trabalhadores da Luz que são os Seus Servidores encarnados estão sendo
desenvolvidos nos planos etéricos em conjunto com a atuação das Consciências Superiores de cada
um.

4º Portal de Luz – 4º Raio Branco/8º Raio Turqueza

Missão Paz - 22/05/2013

Amados Trabalhadores da Luz,

Devido aos últimos acontecimentos ocorridos neste dias resolvi publicar as informações e instruções
que seriam postadas ao longo da semana, durante os trabalhos que serão feitos no 4º Portal de
Luz e na última etapa da Missão Paz com a ativação da Grande Pirâmide de Cristal de Luz, na
Cidade Santa de Jerusalém...

“As Trevas jamais prevalecerão onde a Luz estiver presente, pois o mal só se mantém na escuridão
e quando os raios de Luz aparecem, fazem aflorar e tornam claras as mazelas que foram plantadas
na ignorância...”

“A Luz da Verdade é sempre o oposto da Escuridão promovida pela Ignorância!”

Então Amados Corações,

“Que seus olhos vejam com o Coração e a voz que ouvirão seja a da Alma!”

Quando o chamado para a Missão Paz veio, não fazia a menor idéia do Propósito que o querido
Mestre havia estabelecido para estas tarefas...

Ele e somente Ele sabe o que faz!


Ao perceber a magnitude do Trabalho Dele, não vacilei em começar imediatamente os preparativos
para as tarefas que seriam executadas em pouco tempo, para um mesmo processo que eu mesmo
levei vários anos para alcançar esses resultados...

Um ponto que mencionei à Céliah referia-se a ninguém ter-se dado conta do porquê as aberturas
dos Portais começaram pelo Portal do 5º Raio e não do 4º Raio...

E ninguém questionou isso...

Na véspera da abertura do 1º Portal fiquei intrigado com isso, pois Ele não dizia nada, apenas...
sorria!

E foi fazendo observações na geometria dos 4 Portais que identifiquei algo relacionado ao Portal do
4º Raio... o porque este tinha ficado reservado para a última tarefa...

Seria impensável prosseguir uma sequência com o salto de um ponto de suma importância... mas
ao analisar o meu processo de despertar da consciência, encontrei a coerência nesta simetria e
propósito...

Analisando a nossa descida à matéria... saindo da Tríade ou Triângulo (1º Raio – Azul, 2º Raio –
Dourado e o 3º Raio – Rosa), entramos no Quaternário ou Quadrilátero (4º Raio – Branco, 5º Raio
– Verde, 6º Raio – Rubi e 7º Raio – Violeta)...

A jornada humana pelo Quaternário Inferior envolve a passagem pelos 4 Raios de Manifestação ou
Mundos Inferiores. “Um ponto importante a considerar é que existe uma ligação entre o Quaternário
Inferior e a Tríade Superior, que é Antahkarana. O objetivo de todo aquele que percorre o Caminho
Espiritual é ir ‘construindo’, ao longo de várias vidas, uma ponte cada vez maior entre os níveis
mortais e os níveis espirituais e imperecíveis.”

Seguindo esta linha de raciocínio, o caminho da descida começou pelo 4º Raio Branco, onde a alma
peregrina inicia a sua jornada humana. Neste ponto, há o registro das condições originais do ser,
o seu propósito e sua missão (a rotina no plano terreno).

A etapa seguinte prossegue pelo 5º Raio Verde, no qual as lições de vida no plano terreno são
manifestadas. O conhecimento é adquirido a partir deste ponto e começa o aprendizado e o domínio
das sensações dos corpos inferiores. A conscientização destes aspectos é alcançada após várias
encarnações no mundo físico.

Em sua viagem a alma peregrina avança pelo 6º Raio Rubi em sua descida à matéria e atinge o
ponto máximo na sua densidade física e simbolicamente está “mais longe de casa”. A consciência
humana começa a sentir saudade da sua origem. É neste momento que o anseio da alma é ouvido
e seu coração começa a busca pelo caminho do retorno. Seus olhos se voltam para cima no desejo
de encontrar a sua fonte.

Seus passos agora são guiados pela memória inconsciente onde estão guardadas as “lembranças”
de um lugar sagrado, a casa onde nasceu. A sua peregrinação pelo 7º Raio Violeta é focada em
encontrar o caminho da volta e, mesmo perdido na escuridão, a fé e a esperança dão a coragem
necessária para ir adiante. Inicia-se um processo de “reciclagem” – a reforma íntima – para se
“limpar” das impurezas que adquiriu ao longo desta aventura.

A jornada final da alma peregrina é concluída quando encontra a “porta” por onde começou a sua
jornada humana – a do 4º Raio – mas, para ultrapassá-la tem que ocorrer a transmutação interior
e neste caso, o que foi a “porta de saída” é agora a “porta de reentrada”. E nesta transformação,
a disciplina e a maturidade são moldadas em sabedoria através do conhecimento acumulado na
longa viagem.

O que foi o Portal do 4º Raio Branco é agora um Portal do 8º Raio Turqueza.

No próximo artigo vou narrar como foi a minha experiência nestes Quatro Raios até o despertar da
minha consciência e a conexão com meu Eu Superior após a reconstrução da Ponte do 8º Raio.
Será explicado o processo das Quatro Iniciações, que é a meta da nossa Humanidade atual.

E nesta conclusão falarei sobre o 8º Raio e sua Chama Turqueza, que é o objetivo a ser alcançado
no acionamento da Grande Pirâmide de Cristal de Luz em Jerusalém.

A Chama Turqueza é o ponto de União e do reencontro com a nossa Divindade. É o reconhecimento


de nós mesmos como uma grande Família, onde a Fraternidade Humana será compreendida e neste
reconhecimento, a Paz será estabelecida entre todos os irmãos... como Filhos de Deus!

É este o Propósito do Primeiro Trabalho do Querido Mestre...

Paz na Terra,
Em Amor,
Shima.

O Portal do 4º Raio

Este Portal de Luz, como os outros que foram abertos estão localizados sobre quatro cidades
sagradas em quatro nações que ancoram as energias destes grandes Portais de Luz ao longo da
sua existência... São Pontos Focais de Luz das Estrelas!

No momento em que o Vórtice de Luz começou a girar no céu, uma cascata de Chama Branca
iniciou a sua descida majestosa sobre a região onde iluminou uma colossal Torre, em cujo topo se
encontrava um dos Arcanjos. Assim tem sido em todos os Portais abertos...

Nesta madrugada de sábado, quando o Grande Cristal de Luz for acionado no centro destes 4
Portais, as quatro Trombetas soarão!

Sobre a Grande Pirâmide de Cristal de Luz, o Grande Ser fará descer sobre toda a Humanidade a
Bênção da Paz. Em Sua Compaixão, fez derramar todos os Cálices de Luz da Chama Branca, para
inundar os Corações Sagrados com o sopro da Paz... a Paz de Cristo!

Assim que a chuva de Luz Branca tocou o solo onde foi aberto o 4º Portal, uma poderosa parede
de Luz – muralha energética viva – percorreu toda a extensão entre um Portal e outro... de um
extremo ao outro até que suas Torres se unissem nessa malha de Luz...
Ao término, uma colossal muralha se fez.

A partir daqui e ao longo dos próximos meses serão sentidos os efeitos desta magnífica Pirâmide
de Luz que integra uma rede de Pontos Focais por todo o planeta. A atenção especial sobre esta
região está ligada ao nosso passado relacionado às civilizações que existiram dentro da faixa de
vibração desta nova Muralha...

E foi também a região onde o Grande Ser se manifestou em sua última aparição entre nós há dois
milênios... e de onde teve que nos “deixar” até que as sementes pudesse florescer e amadurecer...
Então Ele reapareceria p

Os Portais de Luz – 5º Raio Verde, 6º Raio Rubi/Rosa, 7º Raio Violeta e o 4º Raio Branco –
formam um Quadrilátero geométrico e são ancorados sobre as 4 Torres, sobre os quais
permanecem os 4 Grandes Arcanjos – Rafael, Uriel, Zadkiel e Gabriel.

https://comando-ashtar.blogspot.com/2013/05/