Você está na página 1de 9

10 softwares que todo arquiteto precisa

dominar
Escrito por: Bernardo Frizero em 08/02/2017
AddThis Sharing Buttons
Share to Facebook9Share to TwitterShare to Google+Share to PinterestShare to E-mail

Os softwares de modelagem computacional são cada vez mais utilizados pelos profissionais
que trabalham nas áreas da arquitetura e da construção. Sem dúvidas, os programas chegaram
pra ficar e estes profissionais utilizam os programas de computação para desenvolver seus
projetos e auxiliar todo processo de criação. Pensando nisso, o Blog da Arquitetura fez uma
lista com 10 softwares. Confira aí!

+AutoCad

O AutoCad é um programa da empresa AutoDesk que foi desenvolvido para área de


engenharia industrial, principalmente no projeto de peças mecânicas, mas sempre foi utilizado
por profissionais da construção pela facilidade de representação de desenhos arquitetônicos.

Por ser um dos programas mais antigos e difundidos, pode ser considerado um dos softwares
mais conhecidos e utilizados nos escritórios de engenharia e arquitetura.

+Revit

Também da empresa AutoDesk, o software Revit vem ganhando cada vez mais espaço nos
escritórios relacionados a construção civil. Ele já é considerado substituto do AutoCad por
diversos profissionais, por ser mais inteligente e permitir que todo o projeto seja desenvolvido
nele mesmo, gerando um protótipo do projeto, não somente uma representação.

O Revit gera o protótipo com todas as informações necessárias, como cálculos, relação de
matérias, além de ser mais fácil prever todas as etapas e um possível erro de projeto.
Credito: Autodesk

+V-Ray

Na realidade, o V-Ray é um plugin. É um programa para gerar renders que deve ser instalado
dentro de outro programa de modelagem. Ele possui diversos recursos que permitem
transformar as imagens geradas em outros softwares de modelagem computacional em
imagens fotorrealistas. Ele pode ser instalado em programas como SketcUp e 3DSMAX, por
exemplo.

+SketchUp

O SketchUp é um programa utilizado para modelagem 3D, assim como o AutoCad. É


bastante utilizado pelos estudantes e escritórios de arquitetura. Atualmente, é da empresa
Google e possui duas versões – a versão profissional (PRO) e a versão gratuita (MAKE).

É considerado de fácil manipulação. Através se seus comandos é possível criar volumes


tridimensionais e aplicar medidas, cores, texturas, luzes e sombras, por exemplo. A
modelagem realizada pelo SketchUp se torna ainda mais realista quando passa por uma
renderização, que são imagens fotorrealistas. Para isso, é necessário instalar um puglin V-
Ray. Veja aqui dicas par melhorar sua modelagem no SketchUp.

Veja também: 9 cursos imperdíveis com 40% de desconto

+Lumion 3D
O Lumion 3D não é um software de modelagem, você traz sua modelagem em formato .fbx
de outros programas. Com uma vasta biblioteca, ele é utilizado para texturizar, iluminar,
inserir objetos, mobiliário, vegetação, carros, pessoas e gerar imagens e vídeos.

A geração de vídeos é sua principal vantagem em relação aos outros programas, porque ele
cria esses vídeos em menor tempo. Uma de suas desvantagens é que fica difícil importar
blocos de fora, além de não gerar um render tão realista como em outros softwares.

+3DSMAX

É um modelador 3D utilizado para arquitetura e design de produto. É considerado por muitos


o melhor programa de criações de imagens fotorrealistas. O V-Ray iniciou seu sistema nele.
Também permite plugins que auxiliam e melhoram a qualidade da modelagem e da imagem.

Credito: Digital Tutors

+Promob

Promob é mais utilizado para criação de móveis e planejados e permite observar em imagem
3D como ficará o mobiliário no ambiente. Também auxilia com informações precisas da
quantidade e tamanho das placas do material que serão utilizados no projeto.

Sua desvantagem é não gerar uma imagem fotorrealista, mas permite ser exportado para outro
programa que realize uma imagem com maior qualidade.

+Armedia

Já imaginou modelar seu projeto, colocar texturas, aplicar materiais, cores, só que ao invés
dele ser transformado em uma imagem, se tornar uma maquete física? É isso que o Armedia
faz. É um puglin de realidade aumentada para 3DSMAX, SketchUp e cinema 4D.

+Photoshop
Você deve estar se perguntando por que o photoshop está nesta lista? Apesar de ser um
famoso programa para edição de imagens, ele pode auxiliar muito a vida de um arquiteto.
Programas como o Photoshop são utilizados para pós-produção da imagem. Ele permite
realizar correções de luzes, cores, saturação, inserir filtros, auxiliando na qualidade final.

Credito: A Arquiteta

+Corel Draw

O Corel Draw cria e edita imagens. Ele pode auxiliar arquitetos na construção de plantas
humanizadas, layouts e folders, por exemplo. É importante que um arquiteto conheça pelo
menos um software de criação e edição de imagens.

Esses são alguns dos principais softwares utilizados pelos cursos e escritórios de arquitetura.
É essencial que hoje em dia um profissional da área tenha familiaridade com o mundo
computacional, diante de um mercado que se torna cada vez mais competitivo e tecnológico.

Fonte: A Arquiteta
Entenda as principais diferenças dos
softwares CAD
Publicado por totalCAD em 29/05/2017 Postado em Engenharia, SOFTWARES, ZWCAD

Quem trabalha com projetos arquitetônicos, de design, de engenharia, de concepção de


produtos, dentre outras atividades que exigem modelagem, desenho e estruturação de plantas,
sabe que é importante contar com softwares CAD. Graças a eles é possível simplificar as
tarefas e aumentar os níveis de precisão e qualidade dos itens desenvolvidos.

Contudo, é preciso saber que existem tipos distintos dessas ferramentas, as quais possuem
especificidades que as tornam melhores para determinadas tarefas em detrimento de outras.
Para entender melhor sobre isso, a seguir você verá os principais conceitos e diferenças entre
os softwares CAD, bem como as vantagens e facilidades que eles podem trazer. Confira!

O que significa o conceito CAD?

CAD é a abreviação de Computer-Aided Design, ou Design assistido por computador (DAC).


Faz referência a um tipo de software desenvolvido para auxiliar o usuário a alcançar o seu
propósito do modo mais rápido e simples possível, utilizando o poder dos computadores e
sistemas tecnológicos para processamento.

Um sistema assim possui foco no desenho de um produto, construção, obra, entre outros, bem
como na documentação da fase de projeto, no processo de engenharia. Um CAD pode facilitar
o fluxo de manufatura, transferindo diagramas detalhados dos itens usados em processos,
produtos, dimensionamentos e tolerâncias.

Em que softwares CAD são empregados?

Um software CAD pode ser empregado tanto para criação de itens em 2D quanto em 3D,
permitindo a rotação em vários ângulos para todas as vistas, seja de fora para dentro, seja de
dentro para fora.

Um CAD pode ser usado para gerar, alterar ou melhorar um projeto de modo digital,
entregando vantagens como elevação da produtividade, da qualidade do que é projetado e dos
níveis de comunicação. Além disso, ele permite a criação de banco de dados para áreas como
Manufatura.

Grande parte dos programas CAD para desenhos mecânicos, por exemplo, utiliza gráficos
vetoriais para objetos, além de poder gerar gráficos de varredura, demonstrando o aspecto
geral dos objetos desenhados. Alguns podem transmitir informações importantes, como
materiais, dimensões, processos e tolerâncias, conforme convenções determinadas para cada
aplicação. Isso facilita o desenho técnico e a modelagem de protótipos antes de suas
construções físicas.
O CAD também é um pedaço de toda a ação Digital de Desenvolvimento de Produto (DPD),
dentro do processo de Product Lifecycle Management (PLM). Muitas ferramentas assim
podem ser usadas de modo integrado com outros sistemas, sejam eles módulos integrados,
sejam produtos autônomos e independentes. Alguns exemplos são softwares de Renderização,
de Engenharia Assistida por Computador (CAE) e de Manufatura Assistida por Computador
(CAM).

Um sistema CAD voltado para projetistas e engenheiros pode ajudar por meio da construção
de históricos de um projeto ou construção, de parametrização, do estabelecimento de
restrições e também de especificações.

As ferramentas CAD costumam ser usadas por arquitetos, designers, engenheiros civis,
engenheiros de produção, engenheiros aeroespaciais, engenheiros eletricistas, engenheiros
mecânicos, engenheiros estruturais, entre outros profissionais. Pode ser empregado em
indústrias automobilísticas, têxteis, de eletrônicos etc.

Quais os principais softwares CAD?

Existem muitos softwares CAD no mercado direcionados para diferentes atividades e


propósitos, embora todos sirvam para a construção de projetos. Veja alguns dos principais e
suas vantagens a seguir:

SketchUp Pro

O SketchUp é um software CAD de fácil uso, que atua num ambiente em 3D. Ele permite aos
usuários desenvolverem desde esboços, rascunhos e desenhos simples até projetos mais
profissionais, com alta precisão e técnica.
Ele é composto por um conjunto de ferramentas e recursos voltados para a criação de modelos
tridimensionais, tendo como objetivo a facilidade de uso, maior flexibilidade e potência. É
extremamente intuitivo, ajudando na confecção de projetos arquitetônicos, modelagem de
protótipos, produtos, designs, entre outros.

O SketchUp Pro consegue suportar modelos 3D complexos, grandes, mas ainda sim
entregando excelente precisão de cores, medidas, formas etc. em monitores que possuam alta
definição. Entre suas funcionalidades principais, estão a integração otimizada com o CAD e
grande fidelidade nas exportações de arquivos extensos e pesados. Também suporta planilhas.

V-RAY

O V-Ray é um programa de renderização que usa técnicas e recursos avançados para a criação
de projetos tridimensionais. Esse software é dedicado a programas proprietários de
modelagem, como o 3D Studio Max, o SketchUp e o Cinema 4D, sendo acoplado como um
plugin neles.

Ele é muito usado para processamento e obtenção de perspectivas em fotorrealismo, pois


possui técnicas avançadas de mapeamento e iluminação global. O V-Ray é empregado no
desenvolvimento de jogos de grandes companhias e produções cinematográficas.

Cinema 4D

O Cinema 4D (C4D) possui ferramentas necessárias para o desenvolvimento de imagens e


animações em 3D de modo rápido, simples e fácil. Esse programa processa arquivos para
sistemas populares de composição e edição, como Final Cut, After Effects, Shake, entre
outros. Também é totalmente multiplataforma para Macintosh e Windows.

Ele é empregado muito em cinema, pós-produção e instalações de transmissão de grandes


empresas, tais como BBC News, Sony Pictures Imageworks, Disney, Fox Television e ESPN.
Sua tecnologia já foi empregada em grandes filmes do cinema, como Piratas do Caribe,
Homem-Aranha e Star Wars. Também já foi usado por agências, como F/Nazca, Ogilvy, entre
outras.

ZWCAD

O ZWCAD é a principal solução CAD do mercado, oferecendo aos usuários a experiência


mais exclusiva e imersiva com melhores efeitos de renderização, Advanced Grips e
compatibilidade 64 bits. Tudo isso com bom custo-benefício, gerando economia.

Nele, é possível montar projetos arquitetônicos, de engenharia e outros mais complexos com
precisão e qualidade.

No ZWCAD dá para se criar uma representação 2D de modelos 3D, bem como retirar
coordenadas acidentais Z dos desenhos e esboços.

Ele entrega interfaces Ribbon, além da interface clássica, permitindo que o usuário escolha
facilmente o ambiente que desejar para trabalhar. Ele possui comandos familiares e populares,
bem como atalhos conhecidos por quem usa sistemas CADs, o que possibilita o seu manuseio
sem qualquer custo de reaprendizado, principalmente tempo.
Outras funcionalidades que ele possui são o SmartMouse, um recurso de gestos do mouse do
ZWCAD, que possibilita acionar comandos frequentemente usados somente movendo o
mouse em uma específica faixa, tais como Nova, Move e Círculo. É possível personalizar
facilmente comandos para outras ações do seu mouse, acelerando o seu processo de
concepção do projeto.

Nesse programa dá para se conseguir uma renderização realista de um modelo 3D visando


auxiliá-lo na obtenção de uma perspectiva mais clara de um projeto conceitual.

Além de tudo isso, o ZWCAD possui compatibilidade perfeita com outros softwares CAD do
mercado, tendo passado por mais de 50 mil testes de desenho com projetos DWG.

Quais as principais diferenças entre os softwares CAD?

Há uma divisão básica entre os softwares CAD que é realizada com base na capacidade do
programa em desenhar somente em 2 dimensões ou desenvolver modelos 3D também. Estes
últimos são subdivididos ainda em relação a que tecnologia usam como modelador
tridimensional.

Existem praticamente dois tipos de modelagem 3D: por polígonos e por NURBS. Nas
soluções pode ocorrer intercâmbio entre o desenho 2D e o modelo tridimensional. Por
exemplo, o desenho 2D pode ser obtido de forma automática a partir do modelo 3D. O
Sketchup é um representante do CAD 3D Poligonal, enquanto que o Cinema 4D atua com o
CAD 3D Poligonal e com o NURBS

É importante ressaltar que atualmente o mercado conhece o termo CAD como Autocad, ou
seja, um software CAD 2D, embora existam alternativas para ele como o ZWCAD. Já o
SketchUp e o C4D são mais conhecidos como programas de Modelagem 3D (embora também
sejam CAD), ou softwares 3D.

Sabendo essas diferenças entre os principais softwares CAD do mercado, ficará mais fácil
escolher a opção que mais é adequada para os seus projetos, obtendo, assim, maior qualidade
e precisão.
Agora que você já sabe sobre os principais conceitos, vantagens e diferenças entre os
softwares CAD, que tal aproveitar para testar um deles? Nossa dica é o ZWCAD, uma das
principais soluções CAD do mercado. Para começar a usá-lo, acesse a página do software e
faça o download!

http://blog.totalcad.com.br/principais-diferencas-dos-softwares-cad/