Você está na página 1de 12

JORNAL DO GRANDE ORIENTE DO ESTADO DE MATO GROSSO - FILIADO À ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IMPRENSA MAÇÔNICA - ANO XVIII-Nº 74 - JAN-FEV/2015

GOEMT MAÇONARIA E GOVERNO


disponibiliza Juntos pela Educação
e Segurança Pública
salão de festa
para LOCAÇÃO

Grão-Mestres
ordenados no
Tabernáculo
de Brasília

Além da prancheta: o alfabeto maçônico


Palestra na sessão conjunta das Lojas
nº 01, 07, 08 e 33 reúne 110 irmãos
Palavra do JAN-FEV/2015 - 2
Grão-Mestrado

A Maçonaria e o maçom

“A verdadeira Maçonaria se faz todos os dias, com o uso das


melhores ferramentas já criadas: Pessoas, Sabedoria, Estudo e
Trabalho” (autor desconhecido).
surjam, fortaleçam e sejam superados.
Somente atingiremos os mais altos graus de inteligência
ou evolução, ao aprendermos que é necessário sermos membros
de uma ou mais escolas e sabemos conviver em grupo, porque

A
Maçonaria tem sua origem desde o início da humanidade. são as instituições escolares ou os diversos grupos existentes,
Sendo que desde os povos Mesopotâmicos, existe uma que preservam e transmitem a essência e os mais diversos
corporação especial de maçons construtores, engenheiros conhecimentos.
e arquitetos, que inicialmente começou a atuar entre os Sumérios, A Maçonaria é também uma escola filosófica. E em filosofia
Assírios e Caldeus, e posteriormente entre Fenícios e Egípcios. faz-se necessário existir diferenças e atritos filosóficos para que as
A Ordem Maçônica se manifestou em vários momentos na ideias evoluam ou para que exista de fato mudanças para melhor na
antiguidade, como na construção de diversos prédios, palácios e própria filosofia e prática da Maçonaria em seus diversos sentidos.
templos de diferentes religiões teológicas. Sendo que este grupo
especial de maçons, também desde o início da civilização humana, “A Maçonaria é também uma escola filosófica. E em filosofia
sempre se manifestou em trabalhar para a melhoria de vida, faz-se necessário existir diferenças e atritos filosóficos para que
desenvolvimento filosófico, evolução, progresso e harmonia da as ideias evoluam ou para que existam de fato mudanças para
humanidade e de todas as famílias. melhor na própria filosofia e prática da Maçonaria em seus diversos
O maçom é um estudioso e digno, que procura aprender com sentidos. Mas, a construção do ser humano, em suas qualidades
amor o que está dentro da Maçonaria, visando pertencer a ordem espirituais, é uma obra mais grandiosa que qualquer templo
maçônica, evoluir e proporcionar vida melhor a todos, Sendo assim, material, algo bem mais imperecível, pois que jamais pode ser
ele conseguirá entender e sentir plenamente a Maçonaria. destruída”.
O maçom deve se pautar pela correção ilibada e uma regularidade “Apenas aqueles que enxergam na Maçonaria um estudo
moral, que trabalhar dentro da legalidade e dos padrões maçônicos cósmico, um trabalho de vida, uma inspiração divina de pensar
universais ligados a franco maçonaria milenar, universal, regular, melhor, sentir melhor e viver melhor com a intenção espiritual de
tradicional, reconhecida, independente e oficial. iluminação como fim, e com a vida diária do verdadeiro maçom
Como a Maçonaria é também uma instituição educacional, como meio, conseguiram um vislumbre dos verdadeiros mistérios
filosófica, é necessário e normal existir diferentes filosofias e atritos dos ritos ancestrais” (pensamentos do filósofo e maçom Manly Palmer
no âmbito maçônico, para que novos pensamentos filosóficos Hall).

PODER JUDICIÁRIO PODER LEGISLATIVO


Gelson Menegatti Filho Wladimir Fransosi
Presidente Presidente
PODER EXECUTIVO CONSELHO EDITORIAL
Osvaldo Roberto Sobrinho Ademir Lúcio de Amorim Osvaldo Roberto Sobrinho Ademir Lúcio de Amorim
Grão-Mestre Grão-Mestre Adjunto Carlos Eduardo Dorilêo Josué Paulo Fernandes
Ranniery W. Queiróz Jeferson Kleves
MINISTÉRIO PÚBLICO Publicidade: Cachoeira - editoracsportugal@gmail.com
Ademir Joel Cardoso Jornalista Responsável: Moises Graciano Alves Portugal
Telefone (65) 3684-7777 e-mail: goemt@goemt.org,br Telefone: 65 9914-3026 (Portugal) 65 3646-6669 (Moises)
Assessoria de Eventos JAN-FEV/2015 - 3

Salão de Festa: conforto


e segurança para o seu evento

A
Assessoria de Eventos do Grande Oriente do Estado de
Mato Grosso (GOEMT) disponibiliza para LOCAÇÃO um
confortável, seguro e bem localizado Salão de Festa, com
capacidade para 300 pessoas, no 2º piso do Palácio da Paz, sede
do GOEMT, na Avenida do CPA, em Cuiabá. O preço é bastante
acessível!
O Salão é ideal para festas de aniversário, formatura,
casamento, batizado, seminário, congresso e outros eventos sociais
da Maçonaria e também da sociedade civil em geral. Irmãos,
cunhadas, dependentes e lojas maçônicas tem preço diferenciado.
Sem fins lucrativos, a renda é destinada à manutenção do Complexo
do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso.
O salão está equipado com estrutura de ar condicionado,
palco e camarotes, amplos banheiros masculino e feminino,
cozinha completa e bar. Dispõe também de espaço ao ar livre
nas laterais externas. O acesso é feito por entrada e saída única.
O estacionamento pavimentado é demarcado e arborizado, com
capacidade para 200 veículos.

ADMINISTRAÇÃO: Irmão Odair Aparecido


Busíquia (Assessor de Eventos do GOEMT).

CONTATO: Irmão Claudiomar Furriel Dias.


Telefones:: (65) 9229-1083 / 8464-3895
e-mail: furrieldias@hotmail.com
Altos Graus York JAN-FEV/2015 - 4

Grão-Mestres do GOEMT ordenados


no “Tabernáculo de Brasília”

O Soberano Grão-Mestre do Grande Oriente do Estado de 18h00, com a presença de todos os seus membros. No dia seguinte,
Mato Grosso (GOEMT), irmão Osvaldo Roberto Sobrinho e o a delegação segue para outros estados e à capital federal, onde fará a
Sereníssimo Grão-Mestre Adjunto, irmão Ademir Lúcio de Amorim, regularização de outros Tabernáculos.
foram ordenados no Tabernáculo de Brasília, 236, em sessão A programação prevê para o dia 13 de abril, em Brasília, a
realizada no dia 27 fevereiro de 2015, presidida pelo Kt.Pt. Jorge Assembleia do Distrito 47, o Distrito do Brasil, com a presença de
Barnsley Pessoa Filho, Grand Superintendent do Distrito 47 do todos os dirigentes de Tabernáculos brasileiros.
Brasil. O Sacerdote Cavaleiro do Tabernáculo São Gonçalo, irmão
Acompanharam o Soberano e o Sereníssimo os irmãos Kt. Gelson Menegatti Filho, agradeceu a confiança dos Grão-Mestres,
Pt. Antônio Horácio da Silva Neto, Gelson Menegatti Filho, José irmãos Osvaldo Sobrinho e Ademir Amorim, bem como o apoio
Carlos Menegatti, Diogo Douglas Carmona, José Salomão de para o fortalecimento dos Graus Filosóficos do Rito de York em
Moraes e Euler Ribeiro, que participaram e trabalharam na Sessão Mato Grosso.
de Ordenação. Na oportunidade foi confirmada toda a programação A Sessão de Ordenação dos irmãos Osvaldo Sobrinho e
da visita do presidente do Grand College a vários Tabernáculos da Ademir Amorim foi realizada no Templo do Grande Oriente do
América do Sul, dentre eles o Distrito 47, no Brasil. Brasil, em Brasília, onde a delegação do Grande Oriente do Estado
No próximo dia 10 de abril de 2015, o Tabernáculo São de Mato Grosso foi “muito bem recebida”, disse o Sacerdote
Gonçalo, em Cuiabá, vai receber uma delegação de irmãos do Cavaleiro do Tabernáculo São Gonçalo, irmão Gelson Menegatti
Grand College da Inglaterra para sua regularização. A Sessão de Filho. “Agradecemos a todos os irmãos do GOB de Brasília pela
Regularização será realizada no Templo da Razão Lealdade, às receptitividade e apoio para que realizássemos a Ordenação”.
Confederação JAN-FEV/2015 - 5

COMAB elege nova


Diretoria 2015-2016

O
Grão-Mestre do Grande Oriente do Estado de Mato Grosso,
irmão Osvaldo Sobrinho, e Grão-Mestre Adjunto, irmão
Ademir Lúcio de Amorim, participaram da Assembleia
Geral Ordinária da Confederação Maçônica do Brasil, realizada
em São Paulo (SP), no dia 20 de fevereiro de 2015, que elegeu, por
unanimidade, o Soberano Irmão, Amílcar Silva Junior, para presidir
a instituição na gestão administrativa 2015-2016.
Compõe a nova Diretoria, o Vice-Presidente, o Soberano
Irmão, João Krainski Neto, Grão-Mestre do Grande Oriente do
Paraná; o Orador, o Soberano Irmão, Antonio de Brito Dantas,
Grão-Mestre do Grande Oriente Independente do Estado do Rio
Grande do Norte e como Tesoureiro o Soberano Irmão, José
Wanderley Costa, Grão-Mestre do Grande Oriente do Ceará.
O Grão-Mestre Osvaldo Sobrinho destacou a escolha do Grão-
Mestre Amilcar Silva Júnior para presidir a instituição, afirmando
que “ele tem relavantes serviços prestados para a Maçonaria
brasileira e sem dúvida fará uma grande administração”. Disse ainda
que “o irmão Amilcar Júnior pode ser considerado filho de Cuiabá,
porque viveu e cresceu aqui por um bom tempo”.
Sereníssimo Grão-Mestre Adjunto, irmão Ademir Amorim,
disse que a eleição do Grão-Mestre Amilcar é um reconhecimento
da Maçonaria brasileira aos serviços prestados por ele durante a sua
trajetória maçônica.
Maçonaria Unida JAN-FEV/2015 - 6

Visita ao Legislativo e Judiciário


O
s três Grão-Mestres da Maçonaria Unida Mato-grossense, Irmãos Osvaldo Roberto Sobrinho (Grande Oriente do Estado de Mato
Grosso), Geraldo de Souza Macedo (Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso) e Júlio Tardin (Grande Oriente do Brasil
Mato Grosso) visitaram, no dia 9 de fevereiro de 2015, a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso.
Eles estavam acompanhados dos Grão-Mestres Adjuntos, irmãos Ademir Lúcio de Amorim (GOEMT) a Afonso Henrique de Oliveira
(GLEMT).

PODER LEGISLATIVO PODER JUDICIÁRIO


“Fiquei satisfeito com a vista ao presidente da Assembleia “Expressamos ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado de
Legislativa, deputado Guilherme Maluf, que conheci quando Mato Grosso, desembargador Paulo Cunha, o desejo da Maçonaria
começou a construir o complexo hospitalar Santa Rosa, em Cuiabá. de contribuir com a instituição judiciária com sugestões dentro
É um político dinâmico, jovem, conhecedor dos problemas do daquilo que se fizerem necessárias. A Maçonaria tem muito a
Estado e com relacionamento empresarial muito forte, além da somar com os poderes constituídos” (Osvaldo Sobrinho/Ademir
experiência parlamentar” (Júlio Tardin, Grão-Mestre do GOBMT) Amorim, Grão-Mestre e Grão-Mestre Adjunto do GOEMT)

“Nesse momento em que se vislumbram grandes transformações “Nossa visita foi oportuna, principalmente, pelas transformações
para o Estado, a participação da Assembleia Legislativa é de que estamos esperando para o Estado. A proposta do desembargador
importância fundamental para essa nova fase esperada pela Paulo Cunha vem ao encontro daquilo que a Maçonaria prega.
população, diante do trabalho que os três poderes começam a Portanto, tem as ferramentas necessárias para realizar um trabalho
desenvolver. O presidente Guilherme Maluf demonstra habilidade que venha ao encontro da sociedade” (Geraldo Macedo/Afonso
para comandar o Legislativo” (Geraldo Macedo e Afonso Oliveira, Oliveira, Grão-Mestre e Grão-Mestre Adjunto da GLEMT).
Grão-Mestre e Grão-Mestre Adjunto da GLEMT).

“Mato Grosso começa uma nova história, um momento ímpar, com “O desembargador Paulo Cunha, presidente do Tribunal de Justiça
os três poderes dirigídos por pessoas sérias e que demonstram boas do Estado de Mato Grosso, é uma pessoa humanista, sempre
intenções para fazerem as mudanças necessárias que a sociedade pensando na sociedade, que certamente fará um trabalho voltado
deseja. E a Maçonaria tem a obrigação de participar. Os três Grão- para a evolução do Poder Judiciário. Tenho certeza de que o
Mestres e os seus respectivos Adjuntos manifestam o desejo da presidente foi escolhido no momento certo, em que a sociedade quer
Ordem em dar a sua contribuição para as autoridades que ora se fortalecer através de exemplo positivo” ((Júlio Tardin, Grão-
comandam o Estado” (Osvaldo Sobrinho e Ademir Amorim, Grão- Mestre do GOBMT).
Mestre e Grão-Mestre Adjunto do GOEMT)
Três Potências JAN-FEV/2015 - 7

Maçonaria ratifica apoio ao governo


A
Maçonaria Unida Mato-grossense vai ajudar o Governo do
Estado de Mato Grosso a desenvolver programas de grande
alcance social, principalmente, nas áreas de educação e
segurança pública. O convite foi feito pelo governador Pedro Taques,
no dia 11 de fevereiro de 2015, durante a visita dos Grão-Mestres
Osvaldo Roberto Sobrinho (GOEMT), Geraldo de Souza Macedo
(GLEMT) e Júlio Tardin (GOBMT), em seu gabinete.
O governador Pedro Taques antecipou que a Maçonaria pode
colaborar com o programa de alfabetização de jovens e adultos, dado
os altos índices de analfabetismo entre esse público. Há também um
programa da Secretaria de Segurança Pública que visa pregar uma
cultura da paz, e isso não é obrigação só do Estado, uma vez que a
segurança pública é um dever de todos.
O Grão-Mestre do GOEMT, irmão Osvaldo Sobrinho, disse
que a Maçonaria tem todos os requisitos para ajudar o governo na
execução de projetos na área da educação e ainda trabalhar pela paz
Visita ao Governador do Estado de Mato Grosso, Pedro Taques
e tranquilidade da sociedade no setor de segurança, além de outras
áreas. “O momento é de união para fazer as mudanças que o estado
precisa. Queremos que o governo se reencontre com o cidadão e que Unida Mato-grossense.” Vejo com muito carinho o convite para a
o cidadão se sinta realmente servido pelo poder público”. Maçonaria ajudar na implementação de alguns projetos na área da
Segundo o Grão Mestre do GOB Mato Grosso, irmão Júlio educação e segurança pública ligados às ações sociais que vem ao
Tardin, as propostas do Governo do Estado de transformação para encontro de nossa instituição”.
atender, realmente, os anseios da sociedade, vem ao encontro dos A Maçonaria é uma sociedade discreta, na qual homens
princípios da Maçonaria. “Podemos contribuir para resolver vários livres e de bons costumes, denominando-se mutuamente de irmãos,
problemas passiveis de solução, tanto na capital como também no cultuam a Liberdade, a Fraternidade e a Igualdade entre os seres
interior, porque entendemos que o governo Pedro Taques tem os humanos. Seus princípios são a Tolerância, a Filantropia e a Justiça.
requisitos para fazer uma boa administração”. Seu caráter secreto deveu-se à perseguição, intolerância e carência de
O Grão-Mestre da GLEMT, irmão Geraldo de Souza Macedo, liberdade demonstrada pelos regimes reinantes da época. Hoje, com
observou que o governador Pedro Taques já começa a implementar os ventos democráticos, os maçons preferem manter-se dentro de
algumas medidas propostas e que têm apoio da Maçonaria uma discreta situação, espalhando-se por todos os países do mundo.
Sessão Conjunta JAN-FEV/2015- 8

Além da Prancheta: Alfabeto Maçônico

E
m sessão conjunta, realizada no dia
23 de fevereiro de 2015, as Lojas
Simbólicas Acácia Cuiabana, nº 1,
Acácia do Ocidente, nº 8, Acácia de Várzea
Grande, nº 33 e Conquista e Integração, nº
7, brindaram os irmãos das quatro oficinas e
visitantes com palestra intitulada “Além da
Prancheta: Alfabeto Maçônico”, ministrada
pelo Irmão Osvaldo Xavier Câmera,
membro da ARLS Acácia de Várzea
Grande.
O sistema de codificação mono
alfabética, utilizado há muito tempo pela
Maçonaria, mais conhecido como Alfabeto
Maçônico, foi atribuído ao místico e
alquimista alemão, Heinrich Cornelius
Agrippa Von Nettesheim. A codificação
foi descrita em seu livro “De Occulta
O Grão-Mestre de Honra, irmão Diogo Douglas Carmona, representante do Grão-Mestre, Philosophia”, publicado em 1.533, em
irmão Osvaldo Sobrinho, o Grão-Mestre de Honra, irmão Ananias Vieira da Silva, o presiden-
te da PALM, irmão Wladimir Fransosi, os quatro Veneráveis Mestres das Lojas Simbólicas Colônia. Esse Alfabeto foi muito utilizado
promotoras da Sessão Conjunta, irmãos Juvenal, da Acácia do Ocidente, Marcio Guariente, da nos séculos XVII e XVIII, sendo que até
Conquista e Integração, Paulo Serante, da Acácia de Várzea Grande e João Pedro, da Beneméri- hoje alguns Maçons ainda o utilizam, mas
ta Augusta Respeitável Centenária Loja Simbólica Acácia Cuiabana como uma forma de manter a sua tradição

A Palestra sobre o Alfabeto Maçônico, proferida pelo Irmão Osvaldo Xavier Câmera, prendeu bastante a atenção dos irmãos
Sessão Conjunta NOV-DEZ/2014 - 9

Os deputados da Poderosa Assembleia Legislativa Maçônica, irmãos Donizete Aguillera e Milton Alves Damasceno, o Grande Secretário de Admi-
nistração do GOEMT, irmão Josué Paulo Fernandes, o Grande Secretário Adjunto de Previdência e Assistência Maçônica, irmão Enéas Rosa de
Moraes, Mestres Instalados das quatro Lojas Simbólicas e de Oficinas visitatantes prestigiaram a Sessão de Palestra na BARCLS Acácia Cuiabana

do que mesmo assegurar a confidencialidade de um conteúdo ou Grão-Mestre de Honra do Goemt, no ato representando o Soberano
mensagem, visto que a sua chave foi “quebrada”, ou melhor, tornou- Grão-Mestre, irmão Osvaldo Roberto Sobrinho.
se de conhecimento público há muito tempo. Os quatro Veneráveis Mestres das Lojas promotoras da Sessão
Os presentes não pouparam elogios ao palestrante pela Conjunta, irmãos Juvenal, da ARLS Acácia do Ocidente, Marcio
“bela pesquisa e domínio na apresentação”, Vários irmãos se Guariente, da ARLS Conquista e Integração, Paulo Serante, da
manifestaram, dentre eles Hudson Marcelo, ex Venerável da Acácia ARLS Acácia de Várzea Grande e João Pedro, da BARCLS Acácia
Cuiabana, Enéas Rosa de Moraes, Grande Secretário Adjunto de Cuiabana agradeceram a presença de todos e teceram elogios ao
Assistência e Previdência Maçônica e Diogo Douglas Carmona, trabalho do irmão Palestrante, Osvaldo Xavier Câmera.
Sicoob Integração
PAG. 10 - JORNAL ALAVANCA 74ª EDIÇÃO - JAN-FEV/2015

Aqui não tem crise!


Vem crescer com a gente
N o momento em que as instituições
financeiras da rede bancária
convencional estão aumentando as taxas
relacionamento diferenciado, ou seja,
possuam fidelização perceptível pela
quantidade de negócios agregados (cartão
de juros, devido a correção da Selic (taxa de credito, domicilio bancário, seguros,
de referencia para o mercado), que segue consorcio, capital social, aplicações
a política econômica do Governo Federal financeiras).
(Bacen), justificada pela “necessidade de O desafio é ampliar e ofertar a este
correção de rota da economia nacional”, o seleto grupo a possibilidade de redução
Sicoob Integração garante que a cooperativa de custo financeiro, com taxas inferiores
é a opção mais segura contra as hostilidades as praticadas pelo Sistema Financeiro em
do mercado financeiro, com política de geral, cuja possibilidade de descontos nas
crescimento mais agressiva. taxas normais poderão chegar a 30% da taxa
Em qualquer tempo a cooperativa normal praticada.
prioriza as necessidades humanas e não REUNIÃO MENSAL DA DIRETOR
propriamente o lucro. O foco é oferecer
alternativas de segurança econômica e
financeira com ganho compartilhado entre
os associados (sobras). Com proposta
coletiva de sustentabilidade, a cooperativa
busca otimizar resultados para os
cooperados e não maximizar benefícios para
uma parte.
Com relação ao crescimento, a
cooperativa parte para uma busca seletiva
de novos associados, prospects com amparo
cadastral que possam agregar mais negócios
(foco na prestação de serviços, aplicações e
operações de crédito) e consequentemente
tornar a cooperativa mais competitiva,
diante deste cenário econômico.
O segundo ponto é valorizar ainda
mais os associados que centralizam seus
negócios na cooperativa, que apresentam

O presidente do Supremo Conselho do


Rito Escocês Antigo e Aceito para o
Estado de Mato Grosso (REAA), irmão O irmão Gelson Menegatti Filho,
um dos associados mais antigos,
Wanderley Busnardo, faz questão de aponta o Sicoob Integração como uma
recomendar a cooperativa como uma das das instituições do sistema de crédito
melhores opções de investimentos. “Com a cooperativo que mais crescem em Mato
Instabilidade na economia e os indicadores Grosso. Ele lembra que a cooperativa é
de que vem mais aperto por aí, além dos fruto do projeto de um grupo de irmãos
juros altos e do dólar atingindo a sua maior de criar uma instituição financeira. Ela
cotação, temos que buscar alternativas cresceu e se profissionalizou, sendo
econômicas e financeiras que nos deem hoje de livre admissão, ou seja, pessoas
segurança. E o Sicoob Integração, como físicas e jurídicas de todos os segmentos
uma cooperativa de livre admissão, podem ser associadas. “Temos contas
apresenta-se como uma das melhores física e jurídica no Sicoob Integração e
opções, pela performance econômica e estamos satisfeitos com atendimento e o
financeira e confiança dos associados. O excelente serviço que a cooperativa presta
Supremo Conselho do REAA tem conta como uma instituição financeira. Eu
exclusiva no Sicoob Integração. Vamos cooperativo bem organizado sobressai, recomendo! Devemos participar mais de
fortalecer ainda mais a nossa cooperativa. porque seu sistema é diferenciado, onde o nossa cooperativa, porque ela é a nossa
A história tem registrado que também lucro (sobras) é dividido anualmente entre instituição!. Fortalecer a cooperativa é
nos tempos de crise o sistema de crédito os associados”. sinônimo de bons investimentos”.
Sicoob Integração
JORNAL ALAVANCA 74ª EDIÇÃO - JAN-FEV/2015 - PÁG. 11

O presidente do Sicoob Integração, irmão Sadi Luiz Brustolin, o presidente do Conselho


de Administração, irmão Maurício Lúcio Nantes e o secretário do Conselho de
Administração, irmão João Gilberto Calvoso Teixeira, em uma das visitas de rotina que a
cooperativa faz às agências dos bairros Pedra 90 e CPA-III, em Cuiabá. O objetivo é ouvir
gerentes e funcionários sobre os anseios dos associados, além de colher sugestões que possam
contribuir para a excelência dos serviços pelo Sicoob Integração aos seus cooperados.

M TODOS OS FUNCIONÁRIOS Visita da Diretoria à Agência do Pedra 90 Visita da Diretoria à Agência do CPA-III

Conselho de Administração: Aifa Naomi Uehara (Presidente), Roberto de Jesus Cesar (Vice Pres./
Dir. Financeiro), Mauricio Lúcio Nantes (Diretor Administrativo e Secretário do Cons. de Adm.)
Conselheiros Efetivos: Antônio Independente de Oliveira, Antônio Silva Oliveira, Dirceu Aurélio
Milanesi, Hélio Francisco da Silva, Luiz Carlos Ferreira Coelho, Nelson Soares Junior, Sidnei Pitteri
Camacho, Sirley Eneas de Morais Rinaldi e Weringthonn Cardoso de Souza.

P ara o presidente da Organização


das Cooperativas Brasileiras
(OCB/Sescoop), Onofre Cezário de
Sicoob Central empossa Diretoria
Souza Filho, o Sicoob Integração vem
perseguindo dois objetivos básicos: o
aumento de cooperados e resultados
O Sicoob Central MT/MS elegeu
e empossou o novo Conselho de
Administração, que tem como presidente
O diretor Financeiro da Central, Roberto de
Jesus Cesar, está bastante confiante e espera
melhores resultados das cooperativas, pelo
financeiros. Agora, como cooperativa Aifa Naomi. Segundo ela, uma das metas da histórico de crescimento que o sistema tem
de livre admissão, abre as portas para nova Diretoria é dar o suporte necessário para mostrado nos períodos de crise. !No geral, a
pessoas físicas e jurídicas de todos fomentar o crescimento das doze cooperativas Diretoria tem um plano de trabalho que com
os segmentos da economia. “É um filiadas à Central. certeza ajudar muito no fortalecimento das
caminhar dentro de um padrão de O diretor Administrativo da Central, nossas cooperativas”, pontuou.
crescimento e vai ter cada vez mais Maurício Lúcio Nantes, está otimista com as Com dezesseis anos de experiência em
sustentabilidade. Isso é o ponto manifestações de apoio que a nova Diretoria cooperativismo, a presidente Aifa Naomi
principal que eu vejo no Sicoob tem recebido dos órgãos superiores do sistema coloca em prática um modelo de administração
Integração, por isso eu recomendo, de crédito cooperativo e do Banco Central que “vai estreitar, sensivelmente, a relação com
principalmente, nesse momento do Brasil. “Vamos trabalhar alinhados com as cooperativas, por meio de treinamentos,
delicado porque passa a economia as orientações superiores e passa-las para cursos e work-shop visando preparar o pessoal
do país, onde o sistema cooperativo é as cooperativas. A ideia é trabalhar para que trabalha na ponta para a fidelização de
uma opção para garantir a segurança o crescimento das filiadas. E o clima está nossos produtos nas cooperativas, porque sem
econômica e financeira”. favorável, porque aqui não há crise!”, disse. elas a central não existiria”.
Supremo Conselho JAN-FEV/2015 - 12

Grande evento vai comemorar 10 anos


O Supremo Conselho do Rito Escocês
Antigo e Aceito para o Estado de
Mato Grosso (REAA) comemora, em
setembro próximo, 10 anos de fundação
em Mato Grosso. Um grande evento já está
sendo programado, entre eles a criação de
duas Lojas de Perfeição nos municípios de
Tangará da Serra e Alto Araguaia.
Com 18 Corpos Filosóficos, o Supremo
Conselho conta hoje com mais de 500
obreiros nas Lojas de Perfeição, Capitulares,
Conselhos Kadosh e Consistórios instalados
em cinco regiões.

INSPETORIAS LITÚRGICAS
1ª Região (Cuiabá)
- Loja de Perfeição: Graus 4-14
- Cavaleiro Rosa Cruz: Graus 15-18
- Cavaleiro Kadosh: Graus 19-30
- Consistório: Graus 31-32. 3ª Região (Cáceres) - Cavaleiro Kadosh: Graus 19-30
2ª Região (Rondonópolis) - Cavaleiro Rosa Cruz: Graus 15-18 - Consistório: Graus 31-32.
- Loja de Perfeição: Graus 4-14 - Cavaleiro Kadosh: Graus 19-30
- Cavaleiro Rosa Cruz: Graus 15-18 - Consistório: Graus 31-32. 5ª Região (Alta Floresta)
- Cavaleiro Kadosh: Graus 19-30 4ª Região (Barra do Garças) - Cavaleiro Rosa Cruz: Graus 15-18
- Consistório: Graus 31-32. - Cavaleiro Rosa Cruz: Graus 15-18 - Cavaleiro Kadosh: Graus 19-30.

Sublime Capítulo
Rosa-Cruz
“Pelicanos do
Araguaia”
A foto ilustrada mostra recente iniciação de
novos Cavaleiros Rosa-Cruz (Grau 18) no
Sublime Capítulo “Pelicanos do Araguaia” da 4ª
Região, no Oriente de Barra do Garças, presidido
pelo Irmão Davi de Oliveira, Grau 31, que
também comanda o Cavaleiro Kadosh na região.
O Pelicano derramando sangue pelos seus
filhotes é um símbolo maçônico adotado
pela Maçonaria, que na antiga arte cristã era
considerado emblema do salvador. Por isso na
Joia dos Cavaleiros “Rosa-Cruzes”, o Pelicano é
visto embaixo da rosa-cruz e do compasso, que Entre os antigos Egípcios, o Pelicano era tido que faziam com que os nativos de então se
apoia as suas pontas sobre o quarto círculo que como ave sagrada, era um emissário do Espírito surpreendessem pelos esplendores da ave.
sustenta o seu ninho. Santo, porque apresentava certas qualidades Pelicano é o emblema característico da caridade.