Você está na página 1de 3

Termos de carpintaria

BAGUETE OU MOLDURA
Peça desmontável de madeira, metal, plástico ou outro material adequado, fixada ao fundo do
rebaixo e destinada a fixar a chapa de vidro em sua posição substituindo ou podendo substituir a
massa de vidro.

BANDEIRA
Peça fixa ou móvel basculante situada na parte superior de portas ou janelas.

CAIXILHARIA
Designação genérica de marcos, alizares, aduelas ou de conjunto destes elementos, os quais
constituem quadros para a fixação ou para simples guarnecimento de vãos dotados ou não de
folhas de portas e janelas.

CAIXILHO
Elemento construtivo constituído de uma ou mais folhas nas quais se fixam as chapas de vidro.

CONJUNTO DE VEDAÇÃO
Esquadria composta resultante da conjugação de elementos fixos ou móveis, sejam eles portas,
janelas, grades, caixilhos.

CONTRA-MARCO
Caixilharia fixada na alvenaria, destinada a receber o marco. A função do contra-marco é resguardar
o marco para a fase final da obra,

ESQUADRIAS DE BASTIDOR
Portas e janelas com estrutura constituída por quadro, cujo vazio pode ser guarnecido por almofada,
chapa lisa, tela, vidro. Designação destinada a distinguir esta construção de esquadrias de calha
das lisas, quadriculadas e outras.

FOLHA (PORTA)
Esquadria móvel destinada a abertura e a fechamento de vãos de acesso ou passagem.

FOLHA (JANELA)
Esquadria móvel ou fixa de vãos de iluminação ou ventilação, não destinada a passagem ou acesso.

GAXETA
Junta de vedação pré-moldada com propriedades plásticas, destinada a fixar a chapa de vidro ou
rebaixo, promovendo concomitante estanqueidade.

GUARNIÇÃO (ALIZAR, MATA-JUNTA, CERCADURA OU MOLDURA)


Régua ou sarrafo que se usa para cobrir a junta formada no encontro do marco de uma porta ou
janela com a parede.

JABRE
Rebaixo feito no marco ou caixão com profundidade igual à espessura da folha da porta que irá
receber e articular.

MARCO, CAIXÃO, BATENTE, ADUELA OU FORRA


Caixilharia, com ou sem rebaixos, destinada à fixação de esquadrias. Usa se o marco para paredes
com espessuras maiores de 15 cm 5 caixão para paredes mais delgadas inferiores a 15 cm. Sua
colocação deve ser feita antes de ser executado o revestimento.

OMBREIRA
Elemento vertical do marco (onde se apoia o ombro)

PADIEIRA
Elemento horizontal superior do marco (onde antes se apoiava a cabeça na altura das sobrancelhas,
pois as portas primitivas eram baixas o bastante para isso).

PEITORIL
Elemento horizontal inferior do marco de janela. (primitivamente à altura do peito)

PINÁSIO
Cada uma das peças do caixilho, verticais ou horizontais, que separam e sustentam os vidros

REBAIXO
Lugar existente nos quadros e pinásios na qual se fixa a chapa de vidro.

ROSETA
Peça quadrada com desenho circular ou piramidal colocada na junção do esquadro das guarnições.

SÓCLO OU SOCO
Peça base da guarnição, mais larga e encorpada que essa.
SOLEIRA
Elemento horizontal inferior de marco de porta geralmente não é de madeira (podendo ser se a
porta for de-correr e deriva do costume de apoiar a sola do pé para adentrar ou descançar sobre ela
nesse lugar).

TACO
Peça de madeira, que embutida na alvenaria, serve de elemento de fixação entre a parede e o
marco ou caixão. Tem forma trapezoidal para dificultar arrancamento quando forçado o marco.

TRELIÇA (GRADE DE PROTEÇÃO)


Esquadria de vedação, vazada, fixa ou móvel, constituída de elementos solidarizados ou articulados,
formando malhas simétricas.

VÃO
Abertura em parede para passagem, iluminação ou ventilação.

VENEZIANA
Janela ou porta de lâminas que, fechada, deixa penetrar o ar, mas obscurece o ambiente.

CLASSIFICAÇÃO DE ESQUADRIAS CONFORME O MOVIMENTO

CHARNEIRA
Porta ou janela com movimento de rotação sobre o eixo vertical na borda da folha.
ALÇAPÃO
Porta ou janela com movimento de rotação sobre o eixo horizontal na borda da folha.
PIVOTANTE
Porta, janela, quebra-sol, com movimento de rotação sobre o eixo vertical, através de pivôs
passando por um ponto entre as bordas da folha.
BASCULANTE
Porta ou janela, com movimento de rotação sobre o eixo horizontal passando pelo meio da folha,
GUILHOTINA
Porta ou janela, com movimento de translação, correndo em direção vertical, com uma das folhas
fixas ou ambas correndo e se auto-equilibrando.
CORREDIÇA OU DE CORRER
Porta ou janela, com movimento de translação, correndo em direção horizontal.
PROJETANTE
Janela que pode ser movimentada através da rotação da folha em torno de um eixo horizontal fixo
na borda superior da folha.
TOMBAR
Janela que pode ser movimentada através da rotação da folha em torno de um eixo horizontal fixo
na borda inferior da folha.
CORTINA DE ENROLAR
Esquadria constituída de réguas orientáveis, com movimento misto de rotação e translação.

Leia mais: http://correacolocadordeportas.webnode.com.br/termos-de-carpintaria/