Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO
CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS
DEPARTAMENTO DE SOLOS E ENGENHARIA AGRÍCOLA

PROGRAMA DE DISCIPLINA
CÓDIGO DISCIPLINA
AGR 059 MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA

CARGA HORÁRIA (CRÉDITOS) PRÉ-REQUISITO


TOTAL TEÓRICA PRÁTICA AGR 019 – Gênese, Morfologia e
60 (3) 30 (2) 30 (1) Física dos Solos

EMENTA
O Solo e a água como recursos naturais renováveis. Erosão e conservação do solo e da
água. Mecanismos e fatores que afetam a erosão. Impactos ambientais da erosão do solo.
Predição de erosão do solo. Práticas de controle da erosão. Manejo conservacionista do
solo e da água. Papel da matéria orgânica na conservação do solo. Manejo de
microbacias hidrográficas. Planejamento de uso da terra. Aptidão agrícola das terras.

PROGRAMA
1. TEMÁRIO DAS AULAS TEÓRICAS
Tema 01 – Recursos naturais renováveis. Conceitos e definições: Solo e água.
Abundância e distribuição de água doce no planeta, demanda de água, impactos
das atividades antrópicas nos recursos hídricos, recursos hídricos subterrâneos,
contaminação subterrânea e proteção das águas subterrâneas.

Tema 02 – Conceitos e objetivos da conservação do solo. Erosão geológica e erosão


acelerada. Agentes da erosão hídrica e eólica. Fases e processos da erosão.
Tipos de erosão. Fatores que afetam a erosão hídrica. Conseqüências da erosão
em relação à produção de alimentos e matérias primas. Controle da erosão.
Equação de predição do controle de erosão. Fatores que afetam a erosão eólica.

Tema 03 – Práticas de manejo conservacionista. Práticas edáficas de controle da erosão.


Práticas mecânicas de conservação do solo: Curvas de nível, terraço em nível e
em gradiente, patamares, banquetes individuais, canais de escoadouros e
divergentes, dimensionamento de terraços e canais. Práticas vegetativas.
Sistemas de manejo do solo: rotação de culturas, preparo do solo, subsolagem e
plantio direto.

Tema 04 – Matéria orgânica: componentes da matéria orgânica, ciclo da matéria orgânica


em agroecossistemas, matéria orgânica em sistemas de produção e matéria e a
sustentabilidade dos sistemas agrícolas.

Tema 05 – Classificação das terras no sistema de capacidade de uso. Categorias do


sistema. Grupo de manejo e Critérios para determinação da capacidade de uso.
Aptidão Agrícola.

Tema 06 – Manejo de microbacias hidrográficas: sistemas integrados de microbacias.


Causas e conseqüências da ineficiência dos sistemas integrados de manejo de
microbacias.
2. TEMÁRIO DAS AULAS PRÁTICAS
Tema 01 – Reconhecimento da paisagem de Roraima com discussão sobre os aspectos
ambientais.

Tema 02 – Identificação de processos e tipos de erosão no campo.

Tema 03 – Aplicação de práticas de controle da erosão.

Tema 04 – Visita a propriedades rurais.

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

A avaliação será feita mediante provas escritas; trabalhos e seminários.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Resolução Nº 015/2006 – CEPE, de 19 de dezembro de 2006.
75% de PRESENÇA NAS AULAS;
P1 + P 2 + ... + Pn
MAP = ≥ 7,0 ⇒ APROVADO (P1, P2, ... e Pn, são Avaliações
4
Parciais);
Exame de Recuperação: se MAP for igual a 6,0 e menor que 6,9

MAS + ER
(ER) ⇒ MF = ≥ 6,0 ⇒ APROVADO
2

BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA
1. BÁSICA
AMARAL, N.D. Noções de conservação do solo. São Paulo, Nobel, 1990. 120p.
BERTONI, J.; LOMBARDI NETO, F. Conservação do solo. Piracicaba. Livroceres, 1985,
392p.
LEPSCH, I. F. Formação e conservação dos solos. São Paulo. Oficina de Textos. 2002.
178p.
PEREIRA, V. P.; FERREIRA, M.E.; PESSÔA DA CRUZ, M.C. Solos altamente
suscetível à erosão. Jaboticabal, FCAV-UNESP/SBCS, 1994. 253p.
PRADO, H. Manejo dos solos: Descrições pedológicas e suas implicações. São
Paulo. Nobel. 1991. 116p.
RAMALHO FILHO, A.; BEEK, K.J. Sistemas de avaliação da aptidão agrícola das
terras. Rio de Janeiro, EMBRAPA-CNPS, 1994, 65p.
SANTOS, G.A.; CAMARGO, F.A.O. Fundamentos da matéria orgânica do solo:
ecossistemas tropicais e subtropicais. Porto Alegre, Gênesis, 1999. 508p.
SATURNINO, H.M.; LANDERS, J.N. O meio ambiente e plantio direto. Brasília,
Embrapa, 1997. 116p.

TEIXEIRA, W.; TOLEDO, M.C.M.; FAIRCHILD, T.R., TAIOLI, F. Decifrando a terra. São
Paulo. Oficina de texto/USP, 2001. 557p.
SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO. Tópicos Especiais de Ciência do
Solo. Volumes I, II, III E IV.

2. COMPLEMENTAR
LEPSCH, I. F. Manual para levantamento utilitário do meio físico e classificação de
terras no sistema de capacidade de uso. Campinas. Sociedade Brasileira de Ciência do
Solo, 1983. 175p.
CASTRO FILHO, C.; MUZILLI, O. Manejo integrado de solos em microbacias
hidrográficas. 7º Congresso Brasileiro e Encontro Nacional de Pesquisa sobre
Conservação do Solo. Londrina. Anais... IAPAR/SBCS, 1996. 312p.
EPAMING. Conservação do solo. Belo Horizonte, Informe Agropecuário, n:128, 1985.
84p.
EPAMING. Conservação do solo. Belo Horizonte, Informe Agropecuário, n.191, 1998.
92p.
EPAMING. Plantio Direto. Belo Horizonte, Informe Agropecuário, n:208, 2001. 116p.
EPAMING. Conservação do solo e meio ambiente. Belo Horizonte, Informe
Agropecuário, n:176, 1992. 72p.