Você está na página 1de 39

Superintendência de Manutenção – DOMN

Gerência de Suporte e Avaliação – MNSA

Introdução ao SCOM MAXIMO


Objetivo

Capacitar os profissionais da Infraero para


atuarem como Usuários do SCOM MAXIMO,
padronizando a metodologia dos treinamentos a
serem ministrados.
Roteiro
• Manual do SCOM; • Mudança de Senha de Login;
• Portal da Manutenção; • Tela de Início do SCOM;
• SCOM MAXIMO – Definição; • Aplicações do SCOM MAXIMO;
• Porque utilizar o SCOM; • Módulo Ordens de Serviço;
• Situação Atual; • Módulo Planejamento /
• Aonde Queremos Chegar; Programação;
• Planejamento para utilização do • Módulo Recursos;
SCOM; • Módulo Equipamento;
• Solicitação de Acesso ao SCOM; • Módulo Planos;
• Grupo de Acesso; • Módulo Inventário;
• Centro de Início; • Módulo Relatórios;
• Login de Usuário; • Tipos de Treinamentos;
Manual do SCOM

Aonde encontrar o manual e as orientações sobre o Sistema de Controle da


Manutenção - SCOM
Portal da Manutenção

No portal da manutenção, que é uma ferramenta destinada a ser um


canal comunicação/integração entre a Superintendência de Manutenção
e as dependências da Empresa.

http://opnet.infraero.gov.br/portal/

Destacamos a seguir os principais links do Portal, dentre eles, o link onde se


encontram todas as informações sobre o SCOM:
• Plano de Trabalho Anual;
• Orientações da DOMN;
• REMEM;
• Planos de Contingência;
• Atas de Registros de Preço;
• Informações sobre subsistemas;
• Sistema de Controle da Manutenção – SCOM;
• Normas e manuais de procedimentos da Manutenção;
• Projetos Idéia em Ação;
• Termos de Referência;
• Relatório Gerencial – DOMN.
Portal da Manutenção
SCOM MAXIMO - Definição

Afinal, o que é o SCOM MAXIMO

Definição:

Sistema utilizado pela INFRAERO para o gerenciamento e controle das


atividades de manutenção por meio do cadastramento dos ativos
aeroportuários e da navegação aérea, utilizando as ordens de serviços onde
são registradas as atividades executadas.

MAXIMO
SCOM – Marca do
Sistema de software
Controle da utilizado
Manutenção atualmente
pela Infraero
Porque utilizar o SCOM

 Cadastro e controle dos Ativos;


 Histórico de ocorrências;
 Registro de transferência de custos de manutenção para as áreas
beneficiárias;
 Dimensionamento de recursos humanos;
 Planejamento e controle de recursos materiais;
 Comprovação da necessidade de recursos financeiros e humanos;
 Análise do desempenho dos ativos para definição sobre substituição /
modernização;
 Comprovação sobre a necessidade de substituição de ativos;
 Controle do andamento dos serviços solicitados;
 Controle do desempenho das empresas contratadas;
 Controle da Indisponibilidade dos Ativos.
Porque utilizar o SCOM

O preenchimento da
Ordem de Serviço é tão
importante quanto a
execução da
manutenção do mesmo.

A atividade de preencher a
Ordem de Serviço é parte
integrante do tempo de
manutenção no ativo e deve
ser executada
imediatamente após o
encerramento do serviço
executado.
Situação Atual

Versão implantada do SCOM


MAXIMO na Infraero 5.1

Nos 63
Aonde está implantado o SCOM
Aeroportos da
MAXIMO
rede

Quantidade de ativos cadastrados


> 127.000
no SCOM MAXIMO

Quantidade de Usuários do SCOM


2.532
MAXIMO
Aonde queremos chegar

Acompanhamento da
SCOM Implantado em
Disponibilidade dos Ativos
todas as EPTAs
em Tempo Real

Manutenção
Classe Mundial

Preenchimento da OS por Automação da Parada de


meio de Dispositivo Móvel Equipamentos
Planejamento para utilização do
SCOM
A seguir está apresentado o Planejamento Básico para utilização do Sistema de
Controle da Manutenção – SCOM.
Quando
Seq. Módulo O que Como Quem
DD SS MM AA SqN
Treinamento coorporativo, ou; Treinamento de utilização - 1 vez
Receber o treinamento para utilização do
1 Geral Treinamento em Serviço – TS ou; Todos os usuários Treinamento de Reciclagem - 1 vez
SCOM
Treinamento via EAD (Em construção). ao ano
Cadastrar os usuários como mão de obra no Pessoal do suporte e
2 Recursos Conforme Manual SCOM X
SCOM avaliação
Solicitar o cadastro do usuários para acesso
Enviando e-mail para Suporte SCOM Sede Pessoal do suporte e
3 Geral ao SCOM (Só é possível depois de X
com o Grupo de Acesso e Centro de Início avaliação
cadastrado como mão de obra)
Realizar o levantamento dos ativos para Fisicamente; Áreas Técnicas da
4 Geral X
cadastro no SCOM Relatório da área de Patrimônio. Manutenção
Pessoal do suporte e
5 Equipamento Cadastrar os ativos no SCOM Conforme Manual SCOM X
avaliação/Contratada
Pessoal do suporte e
6 Recursos Cadastrar as Ferramentas no SCOM Conforme Manual SCOM X
avaliação/Contratada
Pessoal do suporte e
7 Recursos Cadastrar empresas e contratos no SCOM Conforme Manual SCOM X
avaliação
Cadastrar os empregados executantes da Pessoal do suporte e
8 Recursos Conforme Manual SCOM X
Manutenção como mão de obra avaliação
Pessoal do suporte e
9 Recursos Cadastrar as categorias de mão de obra Conforme Manual SCOM X
avaliação
Cadastrar as Instruções de Trabalho no Pessoal do suporte e
10 Planos Conforme Manual SCOM X
SCOM avaliação/Contratada
Planejamento para utilização do
SCOM
Quando
Seq. Módulo O que Como Quem
DD SS MM AA SqN
Pessoal do suporte e
11 Planos Cadastrar as Instruções de Segurança Conforme Manual SCOM X
avaliação/Contratada
Pessoal do suporte e
12 Planos Cadastrar as Rotas de Equipamentos Conforme Manual SCOM X
avaliação/Contratada
Cadastrar os custos de serviços contratados
Gestor Pessoal do Suporte e
13 nas Instruções de Trabalho no Gestor Conforme Manual SCOM X
MAXIMO avaliação
MAXIMO
Cadastrar os Planos de Manutenção e
Pessoal do suporte e
14 Plan/Prog associar as Instruções de Trabalho, as Rotas Conforme Manual SCOM X
avaliação/Contratada
e Instruções de Segurança
Realizar o planejamento e cadastramento de Área Técnica /
15 Plan/Prog suprimentos a serem utilizados nas Ordens Conforme Manual SCOM Contratadas / Pessoal do X
de serviços preventivas suporte e avaliação
Realizar o planejamento e cadastramento de Área Técnica /
16 Plan/Prog mão de obra a serem utilizadas nas Ordens Conforme Manual SCOM Contratadas / Pessoal do X
de serviços preventivas suporte e avaliação
Realizar o planejamento e cadastramento de Área Técnica /
17 Plan/Prog ferramentas a serem utilizadas nas Ordens de Conforme Manual SCOM Contratadas / Pessoal do X
serviços preventivas suporte e avaliação
Gerar as Ordens de Serviços preventivas Pessoal do suporte e
18 Plan/Prog Conforme Manual SCOM X
programadas avaliação
Gerar o “Mapa de 52 Semanas” a fim de
Relatórios Pessoal do suporte e
19 programar todos os serviços de manutenção Conforme Manual SCOM X
SCOM avaliação
junto as equipes
Pessoal do suporte e
Ordens de
20 Abrir as Ordens de Serviços no SCOM Conforme Manual SCOM avaliação/ Contratada/ X
Serviços
COMN
Planejamento para utilização do
SCOM
Quando
Seq. Módulo O que Como Quem
DD SS MM AA SqN
Ordens de
21 Aprovar as Ordens de Serviços no SCOM Conforme Manual SCOM Fiscais e gestores X
Serviços
Ordens de Executantes orgânicos e
22 Preencher as Ordens de Serviços no SCOM Conforme Manual SCOM X
Serviços contratados
Ordens de Lançar os custos de serviços eventuais nas Executantes orgânicos e
23 Conforme Manual SCOM X
Serviços Ordens de Serviços contratados
Ordens de Lançar os custos de materiais avulsos nas Executantes orgânicos e
24 Conforme Manual SCOM X
Serviços Ordens de Serviços contratados
Realizar a solicitação de suprimentos por
meio da interface entre o SCOM e o
Ordens de Executantes orgânicos /
25 SISMAT, para materiais estocáveis (quando Conforme Manual SCOM X
Serviços fiscais / gestores
houver) e depois da entrega, realizar a baixa
na Ordem de Serviço
Ordens de Lançar as ferramentas utilizadas na ordem se Executantes orgânicos e
26 Conforme Manual SCOM X
Serviços serviços no SCOM contratados
Lançar o tempo de Indisponibilidade do
Ordens de Executantes orgânicos e
27 equipamento na ordem de serviço, quando Conforme Manual SCOM X
Serviços contratados
houver
Lançar o tempo de mão de obra utilizado na
Ordens de Executantes orgânicos e
28 manutenção do equipamento na ordem de Conforme Manual SCOM X
Serviços contratados
serviço
Ordens de Lançar os custos de diárias e passagens nas
29 Conforme Manual SCOM Executantes orgânicos X
Serviços ordens de serviços
Cadastrar os códigos para monitoramento de Área Técnica /
30 Equipamento condições de equipamentos para inserção Conforme Manual SCOM Contratadas / Pessoal do X
nas Ordens de Serviços no SCOM suporte e avaliação
Planejamento para utilização do
SCOM
Quando
Seq. Módulo O que Como Quem
DD SS MM AA SqN
Área Técnica /
Identificar os códigos de falhas para inserção
31 Equipamento Conforme Manual SCOM Contratadas / Pessoal do X
nas Ordens de Serviços no SCOM
suporte e avaliação
Ordens de Fiscalizar as Ordens de Serviços antes do
32 Conforme Manual SCOM Fiscais e gestores X
Serviços fechamento
Ordens de Fechar / Cancelar as Ordens de Serviços no
33 Conforme Manual SCOM Fiscais e gestores X
Serviços SCOM
Ordens de Inserir o Motivo do cancelamento de Ordens
34 Conforme Manual SCOM Fiscais e gestores X
Serviços de Serviços no campo MEMORANDO
Relatórios Realizar o acompanhamento do Status das Emitindo o relatório de Informações Gerais Pessoal do suporte e
35 X
SCOM Ordens de Serviço de OS avaliação/Área Técnica
Emitir relatório para Medição das Ordens de
Relatórios Emitindo o "Relatório Financeiro Por Custo
36 Serviços para pagamento de empresas com Fiscais e gestores X
SCOM Fixo".
contrato contínuo por desempenho
Gerando o Relatório de Equipamentos da
Relatórios Realizar o Inventário de Equipamentos do Dependência no SCOM; Áreas Técnicas da
37 X
SCOM SCOM Fisicamente; Manutenção
Relatório da área de Patrimônio.
Realizar a atualização dos equipamentos nas Pessoal do suporte e Sempre que houver atualização de
38 Planos Conforme Manual SCOM
Rotas avaliação/Contratada cadastro de equipamentos no SCOM
Atualizar o cadastro de mão de obra no Pessoal do Suporte e
39 Recursos Conforme Manual SCOM X
SCOM Avaliação / Fiscal
Atualizar o cadastro de usuários do SCOM Pessoal do suporte e
40 Geral Conforme Manual SCOM X
na dependência avaliação
Planejamento para utilização do
SCOM
Quando
Seq. Módulo O que Como Quem
DD SS MM AA SqN
Pessoal do suporte e
41 Recursos Atualizar o cadastro de empresas e contratos Conforme Manual SCOM X
avaliação
Atualizar o cadastro das Instruções de Área Técnica /
Sempre que for publicada uma MP
42 Planos Trabalho conforme Manuais de Conforme Manual SCOM Contratadas / Pessoal do
nova ou MP revisada
Procedimentos suporte e avaliação
Área Técnica /
43 Plan/Prog Atualizar os Planos de Manutenção Conforme Manual SCOM Contratadas / Pessoal do X
suporte e avaliação
Gestor Atualizar o cadastro dos custos de serviços Pessoal do suporte e Sempre que for realizado um aditivo
44 Conforme Manual SCOM
MAXIMO contratados nas Instruções de Trabalho avaliação no contrato
Atualizar o cadastro de Ferramentas no Área Técnica / Pessoal do
45 Recursos Inventário físico na Ferramentaria X
SCOM suporte e avaliação
Relatórios Realizar o acompanhamento do Indicador de Emitindo o relatório de Disponibilidade de Pessoal do Suporte e
46 X
SCOM Disponibilidade de Equipamentos Subsistemas Críticos - Novo Avaliação / Gestores
Emitindo o relatório:
Realizar o acompanhamento do Indicador de http://smartweb.infranet.gov.br/geacrpt/ Pessoal do Suporte e
47 Smartweb X
Transferência de Custos por OS Custos / Relatórios / custo da Avaliação / Gestores
Manutenção Execução
Enviar as necessidades de customização / Enviando por e-mail para Suporte SCOM Pessoal do Suporte e
48 Geral X
melhoria do SCOM para a Sede Sede Avaliação / Gestores
Ordens de Cancelar as Ordens de Serviços emitidas até Pessoal do Suporte e
49 Conforme Manual SCOM 31/12 de cada ano
Serviços o dia 31/12 que não serão mais realizadas Avaliação
* Onde não houver Pessoal de suporte e avaliação, a atividade deverá ser executada pelo gestor da Manutenção ou indicado por este.
** SqN - Sempre que Necessário
Solicitação de Acesso ao SCOM

Para solicitação de acesso ao SCOM MAXIMO, seguir os passos:

1. Cadastrar o empregado no SCOM MAXIMO na guia “Recursos”:


a) sub guia Mão de Obra para orgânicos;
b) sub guia MO Contratada para Contratados.

2. Depois de cadastrar o empregado como mão de obra, enviar solicitação


de acesso ao sistema, por e-mail, para SUPORTE SCOM SEDE
suportescomsede@infraero.gov.br , com a identificação do “Grupo de
Acesso” e “Centro de Início” ao qual o empregado ficará ligado.

IMPORTANTE
A responsabilidade sobre a escolha do
“Grupo de Acesso” e “Centro de Início” é
do responsável pela área da Manutenção
da Dependência
Grupos de Acesso
GRUPO DE
PERMISSÕES PERFIL
ACESSO
• Acesso a todas as telas;
01 Usuário de pesquisa
• Acesso a todos os registros (somente leitura).
• Acesso à tela requisição de serviço, com permissão para solicitar Ordem
de Serviço, sem alterar status (não pode aprovar Ordem de Serviço);
02 Solicitantes de serviço
• Acesso à tela de acompanhamento de Ordem de Serviço (somente
leitura).
• Acesso a todas as telas, com restrição de acessar somente os dados da
sua Dependência (acesso completo);
03 Técnicos
• Na OS, pode alterar apenas os status: iniciar, completar, aguardando
material ou serviço de terceiros.
Gestores da Manutenção e
• Acesso a todas as telas, com restrição de acessar somente os dados da
04 profissionais da Área de
sua Dependência (acesso completo).
Suporte e Avaliação
05 • Excluído
• Acesso somente a os subsistemas e equipamentos definidos em
06 Contratadas
contrato.
Centro de Início

CENTRO DE
PERMISSÕES PERFIL
INÍCIO

Usuários orgânicos da
00 • Acesso a todos os relatórios.
manutenção
Usuários de
01 • Acesso aos relatórios operacionais e avulsos.
acompanhamento
Usuários das
02 • Acesso restrito a relatórios do objeto contratual.
contratadas
Usuário de pesquisa e
03 • Não acessa os relatórios.
solicitantes de serviço
04 • Não acessa os relatórios. Solicitantes de serviços
Login de Usuários

 Empregados Orgânicos:
 Letra “I” + matrícula
 Empregados Contratados:
 Letra “C” + n° CPF
 Estagiários:
 Letra “E” + matrícula na
Infraero

A senha do primeiro acesso é


sempre infraero, devendo ser
alterada imediatamente.
Mudança de Senha de login

Em seguida, clicar
Para alterar a na caixa de
senha, basta marcação ao lado
preencher o “Nome de “Alterar Senha”
do Usuário” e a e clicar em “Entrar”
“Senha” (com a
senha atual)
Mudança de Senha de login

Digitar novamente a nova


senha

Digitar a senha atual Digitar a nova senha Clicar em OK.


Tela de Início do SCOM

Ao logar no
sistema, aparecerá
o nome do usuário
no alto da tela.
Aplicações do SCOM MAXIMO

O SCOM MAXIMO é composto por diversos programas, denominados


“Aplicações” que são agrupados em “Módulos”, pela familiaridade dos
recursos ou sua utilização.
Módulo Ordens de Serviço

Este módulo apresenta as principais ferramentas do Sistema, uma vez que a


maior interação SISTEMA-Usuário ocorrerá através das Ordens de Serviço
disponibilizadas pelas Aplicações Requisição de Serviços,
Acompanhamento de Ordens de Serviço (utilizada para consulta e
preenchimento das informações associadas à execução do objeto da OS) e
Relatório Rápido (que é a ferramenta indicada para registro de pequenos
serviços, em substituição aos tradicionais “Cadernos dos Plantonistas”.
Consta ainda neste módulo a aplicação Relatório de Mão-de-Obra, que
permite a consulta/identificação rápida das Horas Trabalhadas apontadas em
Ordens de Serviço.
Módulo Planejamento /
Programação

Apresenta apenas a aplicação Plano de Manutenção, utilizada para o


cadastramento e emissão de Ordens de Serviço de Manutenções
Programadas (em geral OS’s Preventivas).
Nesta aplicação é realizado o primeiro “grande” cruzamento de dados do
Sistema, onde serão associadas as informações oriundas das aplicações:
Equipamento, Instrução de Trabalho, Plano de Segurança, Recurso Mão de
Obra Orgânica/Terceirizada.
Módulo Recursos

Através das Aplicações contidas neste módulo são cadastrados os registros


dos Colaboradores Orgânicos que atuam na Manutenção, Ferramentas e os
Grupos de Mão-de-Obra (que são agrupamentos livres de funcionários do
quadro orgânico e terceirizado que atuam na Infraero).
Também constam neste módulo as aplicações Cadastro de Fornecedores,
Contrato de Serviço e MO Contratada, que são requisitos para o
registro/cadastramento dos colaboradores terceirizados que atuam na Área
de Manutenção da Infraero.
Módulo Equipamento

As aplicações deste módulo constituem a base do Sistema, pois através das


Aplicações Sistemas/Subsistemas e Equipamentos, são realizados os
cadastramentos da Estrutura/Hierarquia dos Sistemas instalados nos
Aeroportos, bem como o cadastramento dos Equipamentos e Locais onde
serão desenvolvidas as atividades de Manutenção.
Também constam neste módulo as Aplicações Monitoramento de Condições,
utilizada para registro de Pontos de Medição associados aos
Equipamentos/Sistemas (uso em Manutenções Preditivas), e a aplicação
Códigos de Falha, que permite a criação da base de dados de “Falha – Causa
– Solução” para desenvolvimento de estudos detalhados de Manutenção de
Equipamentos.
Módulo Planos

Neste módulo estão reunidas as aplicações Instruções de Trabalho, que são


os procedimentos técnicos a serem a serem desenvolvidos durante a
execução de uma Ordem de Serviço, bem como o Plano de Segurança que
reúne os Riscos e as Precauções a serem seguidas pela Equipe Técnica de
Manutenção.
A Aplicação Bloqueio/Identificar, é um dispositivo do sistema que impede a
execução/registro de OS’s para Sistemas/Equipamentos que não estão com o
Plano de Segurança atendido.
As aplicações Plano de Segurança, Riscos, Precauções e
Bloqueio/Identificador, consistem nas atividades desempenhadas pela equipe
de SESMT (Técnicos e Engenheiros de Segurança) da Infraero, executadas
hoje nas atividades de campo, mas que não são registradas em nenhum outro
Sistema da Infraero.
Módulo Inventário

A aplicação Inventário é responsável por gerenciar a carga de informações


relacionadas aos Materiais Requisitados através da Interface com os
Sistemas SISMAT e SS Suprimentos, bem como registrar a movimentação
dos materiais (entrada/saída/saldo disponível).
Módulo Relatórios

No Módulo Relatórios constam duas aplicações distintas, a primeira


“Relatório Operacional/Avulso” e a segunda “Criar/Modificar Relatórios”.
Os Relatórios nativos do Sistema são classificados como Relatórios
Operacionais quando são desenvolvidos/implementados pela DOMN/SEDE,
ou como Relatórios Avulsos quando criados pelos Aeroportos Usuários do
Sistema SCOM MAXIMO.
Mais recente temos a inclusão de mais uma aplicação: Relatórios Maximo,
nesta base é possível consultar diversos relatórios de forma mais dinâmica e
rápida.
Tipos de Treinamentos

1 - Completo

2 - Operação / Fiscalização Orgânicos

3 - Contratados

4 - Reciclagem
Tipos de Treinamentos

1 - Completo

Abrangência – Todos os Módulos:


1. Introdução;
2. Recursos;
3. Equipamentos;
4. Pontos de Monitoramento e Ponto de Medição;
5. Plan/Prog;
6. Inventário;
7. Acompanhamento de Orem de Serviço;
8. Relatórios SCOM;
9. Relatório Rápido / Pesquisas;
10. Gestor MAXIMO;
11. Medição de Ordens de Serviços para pagamento de Contratos
Contínuos por Desempenho;
12. Indicadores de Disponibilidade de Equipamentos.
Tipos de Treinamentos

2 - Operação / Fiscalização Orgânicos

Abrangência – Módulos:
1. Introdução;
2. Recursos;
3. Equipamentos;
4. Pontos de Monitoramento e Ponto de Medição;
5. Acompanhamento de Orem de Serviço;
6. Relatórios SCOM;
7. Relatório Rápido / Pesquisas;
8. Gestor MAXIMO – Funcionalidades para os Fiscais;
9. Medição de Ordens de Serviços para pagamento de
Contratos Contínuos por Desempenho;
10. Indicadores de Disponibilidade de Equipamentos.
Tipos de Treinamentos

3 - Contratados

Abrangência – Módulos:
1. Introdução;
2. Recursos;
3. Equipamentos;
4. Pontos de Monitoramento e Ponto de Medição;
5. Plan/Prog;
6. Acompanhamento de Orem de Serviço;
7. Relatórios SCOM;
8. Relatório Rápido / Pesquisas;
9. Indicadores de Disponibilidade de Equipamentos.
Tipos de Treinamentos

4 - Reciclagem

O treinamento de reciclagem deve ser focados nas maiores


dificuldades e erros da localidade, no âmbito de atuação de
cada usuário.
O treinamento de reciclagem deve ser realizado anualmente,
de forma a abranger todos os usuários do sistema, orgânicos e
contratados.
Roteiro
• Manual do SCOM; • Mudança de Senha de Login;
• Portal da Manutenção; • Tela de Início do SCOM;
• SCOM MAXIMO – Definição; • Aplicações do SCOM MAXIMO;
• Porque utilizar o SCOM; • Módulo Ordens de Serviço;
• Situação Atual; • Módulo Planejamento /
• Aonde Queremos Chegar; Programação;
• Planejamento para utilização do • Módulo Recursos;
SCOM; • Módulo Equipamento;
• Solicitação de Acesso ao SCOM; • Módulo Planos;
• Grupo de Acesso; • Módulo Inventário;
• Centro de Início; • Módulo Relatórios;
• Login de Usuário; • Tipos de Treinamentos;
Conclusão

A disponibilidade dos ativos depende


fundamentalmente da gestão eficaz dos recursos
disponíveis.
Nossa equipe está à disposição para qualquer
esclarecimento e/ou sugestões.

Equipe SCOM MAXIMO


suportescomsede@infraero.gov.br