Você está na página 1de 3

PLANO DE AULA

Instituição: Escola Municipal Paulo Freire


Nível de Ensino: Ensino Fundamental
Série: 9º Ano Turma: B Turno: Matutino
Disciplina: História
Professor:
Data:
Número de Aulas: 04 Carga Horária: 200 min
16/10/2017 e 18/10/2017
1. OBJETIVOS

 Discutir os conceitos de Democracia e Populismo e relacioná-los com o conteúdo a ser


ministrado;
 Identificar quais foram os políticos que assumiram a presidência do Brasil no período de
1945 a 1964;
 Abordar e discutir sobre suas ações governamentais;
 Apontar as conquistas da redemocratização no campo político e social;
 Compreender o dinamismo econômico do período;
 Identificar os motivos que levaram Vargas ao suicídio, a renúncia de Jânio Quadros e a
retirada de Jango do poder.
2. CONTEÚDO

UNIDADE 4 – Brasil: da democracia à ditadura


Capítulo 12: Democracia e populismo
 Novos rumos: Guerra Fria e modelo econômico; Vida econômica;
 A volta de Vargas (1951-1954): O suicídio de Vargas;
 Governo Juscelino (1956-1961): Desenvolvimento econômico e democracia;
“Anos Dourados”;
 Governo Jânio Quadros (1961): A posse de Goulart;
 Governo Goulart (1961-1964): Reformas de base
3. ESTRATÉGIA

 Iniciando a aula falando do conteúdo a ser ministrado e induzir os alunos a responderem


sobre os seguintes questionamentos: “O que é democracia?” e “O que é populismo?”;
 Tratar sobre a influência da Guerra Fria no governo Dutra e discutir sobre as conquistas
democráticas garantidas pela nova Constituição de 1946;
 Comentar a respeito da atuação da UDN como partido de oposição ao governo Vargas e
analisando, junto com os alunos, as possíveis hipóteses do suicídio de Vargas;
 Discutir com os alunos a atuação do governo JK para o desenvolvimento do país e
entendendo as razões que levaram Jânio Quadros renunciar em tão pouco tempo de
mandato e as turbulências do governo Jango.
4. RECURSOS

 Quadro branco;
 Pincel;
 Notebook.
5. AVALIAÇÃO

Estabelecer um mapa conceitual no quadro branco com a participação dos alunos afim de que
possam apreender o conteúdo e organizar as ideias no intuito de facilitar a aprendizagem.
6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BONAVIDES, Paulo. Ciência Política. 10. ed. rev. atual. 9. tiragem. São Paulo: Malheiros
Editores, 2000. p.248-249; 343-354;.

BRASIL. Constituição dos Estados Unidos do Brasil, de 18 de setembro de 1946.


Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao46.htm>.
Acesso em: 16 de out. 2017.

CALICCHIO, Vera. Plano Salte. Disponível em:


<http://www.fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-tematico/plano-salte>. Acesso em 16
de out. 2017.

COTRIM, Gilberto; RODRIGUES, Jaime. Historiar: 9. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2015, p.
190-205.

FERREIRA, Marieta de Moraes. As reformas de base. Disponível em:


<http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/Jango/artigos/NaPresidenciaRepublica/
As_reformas_de_base>. Acesso em: 16 de out. 2017.
GOMES, Angela de Castro. O populismo e as ciências sociais no Brasil: notas sobre a
trajetória de um conceito. Tempo, Rio de Janeiro, vol. 1, nº. 2, 1996, p. 31-58.

INSTITUTO JOÃO GOULART. Mensagem ao Congresso Nacional. Disponível em:


<http://www.institutojoaogoulart.org.br/upload/conteudos/120128180216_joao_goulart_
mensagem_ao_co.pdf>. Acesso em: 16 de out. 2017.

SILVA, Suely Braga da. 50 anos em 5: o Plano Metas. Disponível em:


< http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/JK/artigos/Economia/PlanodeMetas>. Acesso em:
16 de out. 2017

VARGAS, Getúlio. Carta Testamento. Disponível em:


<http://www.culturatura.com.br/dochist/Carta%20Testamento%20-
%20Getlio%20Vargas.pdf>. Acesso em: 16 de out. 2017.