Você está na página 1de 1

Asiático de hóquei em patins arranca amanhã em Haining

Hóquei inline perde com o Irão

A selecção de hóquei em linha do território foi esta terça-feira derrotada por dez bolas a duas pela
congénere do Irão, no terceiro encontro que disputou no âmbito do Campeonato Asiático da
modalidade, prova que hoje conhece o seu desfecho na cidade continental de Haining. Depois de ter
sido copiosamente derrotada pela República Popular da China no desafio inaugural da competição,
o cinco da Região Administrativa Especial de Macau levou a melhor sobre a Índia por 6-2 e o
triunfo no frente-a-frente com a selecção indiana deixou o colectivo orientado por Hélder Ricardo
moralizado para o desafio com o Irão.
Apesar da boa vontade, o cinco do território não teve argumentos para contrariar o melhor hóquei e
a maior eficácia da selecção persa. Mais experiente e melhor orquestrada, a formação iraniana
goleou Macau por dez bolas a duas, ainda que a réplica dos atletas do conjunto do Lótus tenha
agradado aos responsáveis pelo hóquei patinado do território. Os golos da selecção orientada por
Hélder Ricardo foram por Hermínio Cheng e por Adam Sou Weng Hong, atletas que marcaram
frente à China e à Índia e dispõe hoje de uma derradeira oportunidade para voltar a fazer o gosto ao
“stick”.
Macau despede-se esta manhã da edição de 2014 do Campeonato Asiático de Hóquei em Linha
frente à selecção da vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong, depois de ter garantido
um dos objectivos – conquistar um triunfo na competição – a que se propunha. Para a selecção de
hóquei em patins do território, os objectivos são outros e bem mais substanciais: a formação
orientada por Alberto Lisboa quer garantir na província de Zhejiang o seu nono troféu continental.
Os campeões asiáticos empreendem amanhã a defesa do título, num certame em que terão de
esgrimir argumentos com a Taiwan, o Japão, a Índia e o Paquistão.