Você está na página 1de 45

Benefício de Prestação Continuada Para Concursos de

Serviço Social

 Trajetória Histórica do BPC:

Concurseiro de Serviço Social a trajetória histórica do BPC vem sendo cobrada

de forma recorrente nos concursos de serviço social, então é importante que você

aprenda quais os períodos que são considerados marcos importantes. A trajetória

histórica do BPC tem quatro marcos importantes, que serão citados a seguir:

1) Constituição Federal de 1988

A primeira menção ao BPC ocorreu na Constituição Federal de 1988, onde entre os

objetivos da Assistência Social citados no Art.203 está o de “a garantia de um salário

mínimo de benefício mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que

comprovem não possuir meios de prover à própria manutenção ou de tê-la provida por

sua família, conforme dispuser a lei”. Portanto concurseiro de serviço social NUNCA

esqueça que é na CF/88 que o BPC foi previsto pela primeira vez.

2) Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS)

O segundo marco do BPC é a Lei 8.742, onde o benefício foi previsto nos artigo n° 20 a

21-A se afirma as características gerais desse benefício.

3) Ano de 1996:

Apesar do BPC ter sido previsto pela primeira vez no ano de 1988 ele apenas em

janeiro começa a ser pago no de 1996.


Questão Comentada

Manhumirim-MG-2008 -Assistente Social-Consulplan

Sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC) é correto afirmar que:

A) Começou a ser emitido em janeiro de 1993, após a regulamentação da Lei

Orgânica de Assistência Social (LOAS).

B) Começou a ser emitido em janeiro de 1996, após a regulamentação da Lei

Orgânica de Assistência Social (LOAS) em 1993 e posteriormente a criação, em

1995, do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS).

C) Este benefício, chamado na estatística do INSS de “amparo assistencial”,

substituiu, na verdade a RMV, criada em 1964.

D) Começou a ser emitido em janeiro de 1988, após a regulamentação da Lei

Orgânica de Assistência Social (LOAS) e a criação em 1992, do Conselho

Nacional de Assistência Social (CNAS).

E) Este benefício, chamado na estatística do INSS de “amparo assistencial”,

substituiu na verdade, a RMV criada em 1988

Comentário da Questão

A alternativa correta é a B. Como mencionada na explicação anterior o BPC

começou a ser emitido em janeiro de 1996, após a regulamentação da Lei

Orgânica de Assistência Social (LOAS) em 1993 e posteriormente a criação, em

1995, do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS).

4) Decreto n° 6.214

Apenas em 26 de Setembro de 2007 o BPC para a ser regulamentado


Benefício de Prestação Continuada -BPC de Acordo com o

Decreto n° 6.214

➢ Definição de Acordo Com o Decreto

Questão Comentada

OBJETIVA-2008-Assistente Social- Prefeitura de Chapecó

1-De acordo com a Lei Orgânica da Assistência Social, assinalar a alternativa

que preenche CORRETAMENTE a lacuna abaixo:

“O benefício de prestação continuada é a garantia de

_____________________________ mensal(is) à pessoa portadora de


deficiência e ao idoso com setenta anos ou mais e que comprovem não possuir

meios de prover a própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família.”

A) 10% de um salário mínimo

B) 50% de um salário mínimo

C) um salário mínimo

D) dois salários mínimos

Comentário da Questão 01!!

A alternativa correta é a “C”. Concurseiro de serviço social essa breve definição

é sempre cobrada nas provas desse tema, assim atente-se ao fato de que de

acordo com o Art.1 do Decreto 6.214 “o Benefício de Prestação Continuada

previsto no art. 20 da Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, é a garantia de

um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso, com idade de

sessenta e cinco anos ou mais, que comprovem não possuir meios para prover a

própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família”.

➢ Quem tem direito ao BPC?


Questão Comentada

VUNESP-2015-Assistente Social-HCFMUSP

2-Ainda segundo a LOAS, art. 20, o Benefício de Prestação Continuada é a

garantia de

A) 1 (um) salário mínimo mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso

com 60 (sessenta) anos ou mais e que comprovem não possuir meios de prover a

própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família.

B) 1 (um) salário mínimo mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso com

65 (sessenta e cinco) anos ou mais e que comprovem não possuir meios de prover

a própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família.

C)1 (um) salário mínimo mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso a

partir dos 70 (setenta) anos e que comprovem não possuir meios de prover a

própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família.

D) 1 (um) salário mínimo mensal a todos os que comprovem estar abaixo da linha

de pobreza.

E) 1/2 (meio) salário mínimo mensal a todos os que comprovem estar abaixo da

linha de pobreza.

Comentário da Questão 02!!

A alternativa correta é a “B”. Concurseiros de serviço social tenha muito

atenção para esse tópico pois ele é muito cobrado nos concursos de serviço

social, de acordo com o Decreto 6.274 “ o Benefício de Prestação Continuada

previsto no art. 20 da Lei nº 8.742, de 7 de dezembro de 1993, é a garantia de

um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso, com idade de

sessenta e cinco anos ou mais, que comprovem não possuir meios para prover a

própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família”.


Atenção!!!
As bancas têm cobrado muito quais deficientes têm direito ao BPC e para o Decreto

nº 6.214/2007 os mesmos devem ter:

➔ Impedimento de longo prazo, que é aquele com duração no mínimo de 2 anos, ou

seja uma pessoa que ficou deficiente por algum motivo e tentar requer o benefício

logo em seguida, não o conseguirá, pois essa deficiência tem que ter no mínimo 2

ANOS. Fique bastante atento a isso nas provas de concursos. É importante

ressaltar que o impedimento a longo prazo é citado tanto no Decreto 6.214 quanto

na Lei 12.435.

Questão Comentada!!

COTEC-2013-Assistente Social- Prefeitura de Janvopar-MG

Segundo a Lei Orgânica da Assistência Social, em sua alteração através da Lei

12.435, no que versa sobre o Benefício de Prestação Continuada, é CORRETO

afirmar:

A) Impedimentos de longo prazo são aqueles que incapacitam a pessoa com

deficiência para a vida independente e para o trabalho, pelo prazo mínimo de 2

(dois) anos.

B) Pessoa com deficiência é aquela que tem impedimentos de curto prazo de

natureza física, intelectual ou sensorial.

C) Considera-se incapaz de prover a manutenção da pessoa com deficiência ou

idosa a família cuja renda mensal per capita seja inferior a 1/2 do salário-

mínimo.

D) O benefício de que trata esse artigo deve ser acumulado pelo beneficiário

com qualquer outro, no âmbito da seguridade social ou de outro regime.

Comentário

A alternativa correta é a “A”. De acordo com o Decreto 6.214 no Art.4 a pessoa

com deficiência é aquela que tem impedimentos de longo prazo de natureza


física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas

barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em

igualdade de condições com as demais pessoas. E são considerados impedimento

de longo prazo aquele que produza efeitos pelo prazo mínimo de dois anos.

➢ Em qual nível de Proteção Social se enquadra o BPC?


O BPC faz parte da Proteção Social Básica (PSB).

IBFC-2016-Assistente Social-SES-PR

Assinale a alternativa correta. O Decreto n° 6.214 de 26 de setembro de 2007

oferece parâmetros acerca do Benefício de Prestação Continuada. Partindo do

artigo 10, de tal decreto, vemos que tal benefício é considerado como integrante

das ações de proteção social:

A) Básica.

B) Especial.

C) Especial de Alta complexidade.

D) Especial de Média complexidade.

Comentário da Questão!!

A alternativa correta é a “A”. De acordo com o Decreto n° 6.214 o BPC faz parte

da Proteção Social Básica.

➢ Quem instituiu o BPC e quem o operacionaliza?


ATENÇÃO!!!

As bancas costumam trocar os termos para confundir os candidatos, afirmando que o

INSS que instituiu o BPC e que o MDS o operacionaliza, então fique atento!!!

➢ Qual o objetivo do BPC?


O BPC visa ao enfrentamento da pobreza, à garantia da proteção social, ao provimento

de condições para atender contingências sociais e à universalização dos direitos

sociais.

➢ Como saber se o idoso ou o deficiente tem direito?


O critério comum a eles é a renda per capita que deve ser baixa, repare que não basta

que o idoso ou o deficiente não tenha condições financeiras, mas a condição de sua

família importa também, ou seja, ele não pode se manter e nem ser mantido por sua

família. De acordo com a LOAS e com o decreto que regulamente o BPC a renda do

idoso ou do deficiente com a da sua família DEVE SER inferior a ¼ de salário-mínimo

per capita, ou seja, por pessoa. Como mostra o esquema a seguir:


Questão Comentada

CESPE/UNB-2016-DPU- Assistente Social

O benefício de prestação continuada constitui-se em benefício individual que

exige comprovação de não possuir meios de garantia do próprio sustento nem

tê-lo provido por sua família, e que dispensa a contribuição com a Previdência

Social para acessá-lo.

Comentário da Questão

A questão está Correta. Tal afirmação baseia-se no que está posto até no título

da ordem social da Constituição Federal de 1988, na LOAS e no Decreto n°

6.214 em ambos se afirma que o benefício de prestação continuada constitui-se

em benefício individual que exige comprovação de não possuir meios de garantia

do próprio sustento nem tê-lo provido por sua família, e que dispensa a

contribuição com a Previdência Social para acessá-lo.

➢ Como Calcular a renda per capita:


Para calcular a renda per capita você deve somar a renda dos membros citados no

Decreto que residam na mesma residência e após isso deve dividir pelo tanto de

membros, dessa forma você obterá a per capita.

➢ Quais membros da família contam para o cálculo da

renda per capita?


O Decreto nº 6.214/2007 é taxativo, ou seja, ela traz exatamente quem deve ser

considerado para o cálculo da renda per capita, tendo a família um membro que não

esteja inserido no que ele traz esse não será considerado. Os membros que entram na

composição familiar são:


Questão Comentada

Consulplan-Avape-2013-Assistente Social

A família contemporânea é atravessada por várias questões que alteram

profundamente sua configuração. Para concessão do Benefício de Prestação

Continuada (BPC), considera-se família exclusivamente requerente,

A) o cônjuge ou companheiro, os filhos menores e maiores independente de

viverem sob o mesmo teto.

B) pai ou mãe biológico, cônjuge ou companheiro e filhos menores, independente

de viverem sob o mesmo teto.

C) os filhos maiores ou menores, casados ou solteiros, e o cônjuge ou

companheiro, desde que vivam sob o mesmo teto.

D) os filhos maiores ou menores, casados ou solteiros, e o cônjuge ou


companheiro, independente de viverem sob o mesmo teto.

E) o cônjuge ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a madrasta ou o

padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros e os menores

tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto.

Comentário da Questão

A alternativa correta é a “E”. De acordo com o Decreto n° 6.214 a família é

composta pela cônjuge ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a

madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros e os

menores tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto.

Atenção!!
De acordo com o Decreto n° 6.214 para entrarem no cálculo da renda per capita
todos esses membros devem viver sob o mesmo teto.
➢ Quais rendimentos entram no cálculo da per capita????
De acordo com o Decreto n° 7. 617, alguns rendimentos entram no cálculo da per

capita e outros não entram, então, concurseiro, fique bem atento, pois as bancas nos

exemplos que dão costumam citar vários tipos de proventos para tentar confundir

vocês e os induzirem ao erro. Os proventos que entram no cálculo da per capita estão

esquematizados a seguir:
Em síntese esses e outros rendimentos do trabalho não assalariado, rendimentos do

mercado informal ou autônomo, rendimentos auferidos do patrimônio, Renda Mensal

Vitalícia e Benefício de Prestação Continuada entram no cálculo da per capita.

➢ Quais rendimentos NÃO entram no cálculo da per capita???


Benefícios e auxílios
assistenciais de natureza
eventual e temporária

ATENÇÃO!!!!
✔ As bancas costumam trazer umas exceções que o Decreto nº 6.214/2007

menciona e a mais cobrada acredito ser a relação entre o BPC com o contrato de

aprendizagem pela pessoa com deficiência, pois segundo o decreto uma pessoa

deficiente que tenha contrato de aprendizagem e receba o BPC não tem o benefício

suspenso, entretanto ESSE CONTRATO DE APRENDIZAGEM DEVE TER NO

MÁXIMO DOIS ANOS se passar desse período o benefício será suspenso.


✔ Outro detalhe muito cobrado nas provas de concurso, é a relação do BPC com o

idoso e do deficiente que vive em abrigo, dessa forma é importante que você saiba que

segundo o Decreto nº 6.214/2007, mesmo que o idoso ou deficiente vivam em condição

de acolhimento em instituições de longa permanência, como abrigo, hospital ou

instituição congênere NÃO PREJUDICA o direito do idoso ou da pessoa com

deficiência ao Benefício de Prestação Continuada- BPC.

✔ Quando se trata de crianças e adolescentes menores de dezesseis anos de

idade, deve ser avaliada a existência da deficiência e o seu impacto na limitação do

desempenho de atividade e restrição da participação social, compatível com a idade,

para o reconhecimento do direito ao BPC.

Questão Comentada

FCC-Assistente Social

O Benefício de Prestação Continuada − BPC é a garantia de um salário-mínimo

mensal à pessoa com deficiência que comprove não possuir meios de prover a

própria manutenção, nem de tê-la provida por sua família. A partir das

prerrogativas do Decreto no 7.617/2011, é correto afirmar, no que se refere

a esse benefício, a

A) impossibilidade de acumulação do benefício com a remuneração advinda do

contrato de aprendizagem pela pessoa com deficiência.

B) possibilidade de acumulação do benefício com a atividade remunerada,

inclusive na condição de microempreendedor individual.

C) pessoa com deficiência, beneficiária do BPC, ao exercer atividade

remunerada, na condição de microempreendedor individual, terá seu

benefício cessado, impossibilitando-o de ser reativado depois de extinta a

atividade empreendedora.

D) possibilidade de acumular com o pagamento do seguro-desemprego.

E) pessoa com deficiência, contratada por empresas na condição de aprendiz,


poderá acumular o benefício com a remuneração da aprendizagem

profissional, pelo prazo máximo de dois anos

Comentário da Questão

A alternativa correta é a “E”. De acordo com o Decreto 6.214 e com o

Decreto 7.617 a pessoa com deficiência, contratada por empresas na

condição de aprendiz, poderá acumular o benefício com a remuneração da

aprendizagem profissional, pelo prazo máximo de dois anos

➢ O que o solicitante não pode ter para ter o BPC


deferido?
O solicitante não pode possuir outro benefício no âmbito da Seguridade Social ou de

outro regime, inclusive o seguro-desemprego, salvo o de assistência médica e a pensão

especial de natureza indenizatória.

Questão Comentada

Consulplan-2011-Prefeitura de Monvelade- Assistente Social

Sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC), assinale a afirmativa correta.

A) O Benefício de Prestação Continuada é a garantia de um salário-mínimo


mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 60 (sessenta) anos ou mais que

comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção nem de tê- la

provida por sua família.

B) Para os efeitos de concessão do BPC, a família é composta pelo requerente, o

cônjuge ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a madrasta ou o

padrasto, os irmãos solteiros menores de 18 anos, os filhos e enteados solteiros

menores de 18 anos e os menores tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto.

C) O BPC não pode ser acumulado pelo beneficiário com qualquer outro no âmbito

da seguridade social ou de outro regime, salvo os da assistência médica e da

pensão especial de natureza indenizatória.

D) O Benefício de Prestação Continuada uma vez concedido não precisa ser

revisto para avaliação.

E) A cessação do Benefício de Prestação Continuada concedida à pessoa com

deficiência, em razão do seu ingresso no mercado de trabalho, impede nova

concessão do benefício, mesmo se forem atendidos os requisitos definidos em

regulamento.

Comentário da Questão

A alternativa correta é C. De acordo com a lei 8.742 e com o Decreto n°6.214 o

BPC “não pode ser acumulado pelo beneficiário com qualquer outro no âmbito da

seguridade social ou de outro regime, salvo os da assistência médica e da pensão

especial de natureza indenizatória”

Erro das demais alternativas:

A) A idade para receber o BPC é 65 anos e não 60 como menciona a questão;

B) A família de acordo com a lei 8.742 é composta pelo: requerente, o cônjuge

ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a madrasta ou o padrasto, os

irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros e os menores tutelados, desde

que vivam sob o mesmo teto. Assim os irmãos não estão inclusos nessa lista,
como cita a questão.

D) O BPC de acordo com a lei 8.742 é reavaliado a cada 02 anos;

E) De acordo com a lei n° 8.742 “A cessação do benefício de prestação

continuada concedido à pessoa com deficiência não impede nova concessão do

benefício, desde que atendidos os requisitos definidos em regulamento”.

Em síntese para fazer jus ao BPC o requerente deve comprovar:

✔ A existência de impedimentos de longo prazo de natureza física, mental,

intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras,

obstruam sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de

condições com as demais pessoas;

✔ Renda mensal bruta familiar do requerente, dividida pelo número de seus

integrantes, inferior a um quarto do salário mínimo;

✔ Por meio de declaração, que não recebe outro benefício no âmbito da

Seguridade Social ou de outro regime, inclusive o seguro-desemprego, exceto o

de assistência médica e a pensão especial de natureza indenizatória.

➢ Quais documentos o idoso e o deficiente devem

apresentar?
Quais documentos são usados para comprovar a renda

familiar?
1) Carteira de trabalho e previdência social com as devidas atualizações;

2) Contracheque de pagamento ou documento expedido pelo empregador;

3) Guia da Previdência Social - GPS, no caso de Contribuinte Individual; ou;

4) extrato de pagamento de benefício ou declaração fornecida por outro regime de

previdência social público ou previdência social privada.

ATENÇÃO!!!!!!
As bancas costumam trazer a situação do membro familiar que não tem nenhuma

dessas documentações quais os procedimentos ele deve fazer e segundo o Decreto nº

6.214/2007 o membro da família sem atividade remunerada ou que esteja

impossibilitado de comprovar sua renda terá sua situação de rendimento informada na

Declaração da Composição e Renda Familiar.

➢ Requisitos para a concessão, a manutenção e a revisão

do BPC:
✔ Inscrições no Cadastro de Pessoas Físicas - CPF

✔ Inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal –

CadÚnico. Não se esqueça que o beneficiário que não realizar a inscrição ou a

atualização no CadÚnico, no prazo estabelecido em convocação a ser realizada pelo

Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, terá o seu beneficio suspenso e que o

benefício só será concedido ou mantido para inscrições no CadÚnico que tenham sido

realizadas ou atualizadas nos últimos dois anos. Quando as informações CadÚnico são

insuficientes, o INSS comunicará o interessado, o qual deverá atualizar seu cadastro

junto ao órgão local responsável pelo CadÚnico no prazo de TRINTAS DIAS, caso o
requerente não atualize as informações do cadastro o INSS indeferirá a solicitação

para receber o benefício.

➢ Qual o período de reavaliação do benefício?


Esse, sem dúvidas, é o ponto mais cobrado em concursos assim como o requisito da

idade e da renda, segundo o Decreto nº 6.214/2007 o benefício é reavaliado A CADA

2 ANOS, tanto para o idoso quanto para o deficiente, isso tudo com o intuito de saber

se as condições que deram origem ao benefício ainda se mantêm.

Questão Comentada

CESPE/UNB-2015-MPOG- Assistente Social

O benefício de prestação continuada (BPC) garante um salário mínimo mensal à

pessoa com deficiência permanente ou ao idoso a partir dos sessenta anos de

idade que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção, nem de

tê-la provida por sua família; esse benefício é revisto a cada quatro anos, para

que se possa reavaliar a continuidade das condições que lhe deram origem.

Comentário da Questão

A questão está Errada. Os erros que a questão possuí são:

1- A lei não diz que a deficiência deve PERMANENTE, apenas que ela deve ser

longa duração ou seja ela deve ter mais de 2 anos.

2- A idade para receber o BPC é de no mínimo 65 anos e não 60 como diz a

questão;

3- O benefício é revisto a cada 2 ANOS e não em 4 anos como menciona a

questão.

➢ BPC Para Moradores de Rua:


Dentre os pontos mais cobrados, uma questão é campeã em cair nas provas e ela

diz respeito ao idoso ou deficiente que é morador de rua e a forma como ele irá
declara a renda. O decreto estabelece que quando o requerente for pessoa em

situação de rua deve ser adotado, como referência, o endereço do serviço da rede

sócioassistencial pelo qual esteja sendo acompanhado, ou, na falta deste, de pessoas

com as quais mantém relação de proximidade. Será considerado família do requerente

em situação de rua o cônjuge, o companheiro, a companheira, os pais e, na ausência de

um deles, a madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros

e os menores tutelados desses desde que convivam com o requerente na mesma

situação, devendo, neste caso, ser relacionadas na Declaração da Composição e Renda

Familiar.

Onde se faz o requerimento do BPC?


Junto às agências da Previdência Social ou aos órgãos autorizados para este

fim. O requerente encontra através dos sites do Ministério de Desenvolvimento

Social e Agrário-MDSA, INSS e órgãos autorizados pelo MDSA e pelo INSS os


formulários utilizados para o requerimento do benefício. A apresentação de

documentação incompleta não constitui motivo de recusa liminar do requerimento do

benefício.

Quais são as deficiências que são abrangidas pelo BPC?

A concessão do benefício à pessoa com deficiência ficará sujeita à avaliação da

deficiência e do grau de impedimento, com base nos princípios da Classificação

Internacional de Funcionalidades, Incapacidade e Saúde- CIF, estabelecida pela

Resolução da Organização Mundial da Saúde n° 54.21, aprovada pela 54a Assembleia

Mundial da Saúde, em 22 de maio de 2001.

➢ As pessoas com deficiência passarão por dois tipos de


avaliação, e são elas:

1) Social: A avaliação social considerará os fatores ambientais, sociais e pessoais; e

2) Médica: A avaliação médica considerará as deficiências nas funções e nas

estruturas do corpo, e ambas considerarão a limitação do desempenho de atividades e

a restrição da participação social, segundo suas especificidades.

➢ Quais os profissionais desempenham essas funções?


Pelos profissionais da área do Serviço Social e pela perícia médica do INSS;

➢ Como a pessoa com deficiência deve passar por


periódica avaliação médica para analisar se continuam as
condições que deram origem a essa deficiência, ela fica
assegurada de:

1- Poder fazer avaliação médica em seu município;

2- Caso não tenha em seu município ele será encaminhada ao município mais próximo
que contar com tal estrutura, devendo o INSS realizar o pagamento das despesas de

transporte e diárias com recursos oriundos do Fundo Nacional de Assistência Social;

3- Caso o beneficiário necessite de acompanhante, a viagem deste deverá ser

autorizada pelo INSS.

Atenção!!!
Segundo o Decreto, o Benefício de Prestação Continuada será devido a mais de

um membro da mesma família enquanto atendidos os requisitos exigidos neste

Regulamento, pois o BPC não será computado no cálculo da renda mensal bruta

familiar. Caso esteja tudo correto com a documentação entregue pelo idoso ou

deficiente e que eles já tenham passado pela perícia médica e pela análise social e se

sua documentação e analise estiver tudo de acordo com o Decreto dentro de 45 DIAS

ele deverá receber o seu benefício. Caso não esteja tudo bem na análise do INSS o

idoso ou deficiente deve ser comunicado do motivo pelo qual seu processo foi

INDEFERIDO.

Atenção!!
Nunca esqueça que:

• O BPC não está sujeito a desconto de qualquer contribuição e não gera direito

ao pagamento de abono anual;

• O BPC é intransferível, não gerando direito à pensão por morte aos

herdeiros ou sucessores. (AS BANCAS ADORAM DIZER QUE O BPC PODE

FICAR PARA OS DEPENDENTES COMO UMA PENSÃO POR MORTE);

• Caso a pessoa que recebia o BPC em vida, deixar de receber alguma

parcela as parcelas que ficaram faltando poderão se pagas a algum de seus

descendentes.

• Uma pessoa que tem deficiência e recebe o BPC, caso ela comece a

trabalhar, o benefício será SUSPENSO, entretanto se em algum momento ela

perder o emprego e passar por situação de vulnerabilidade social semelhante o


benefício poderá ser novamente a ela concedido;

• Para receber o BPC os beneficiários e suas famílias deverão ser

cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal –

CadÚnico; e

• Uma pessoa que é deficiente, caso passe a ser menor aprendiz e receba

remuneração para isso o seu benefício não será automaticamente suspenso,

apenas se ela receber a remuneração por mais de 2 ANOS. Após acabar seu

estágio ou atividade que exercia, caso as condições que deram origem ao

benefício se mantiverem ela terá direito ao benefício novamente;

Simulado de Serviço Social


IBFC-2016-SES/PR-ASSISTENTE SOCIAL

1-Assinale a alternativa correta. O Decreto n° 6.214 de 26 de setembro de 2007

oferece parâmetros acerca do Benefício de Prestação Continuada. Partindo do artigo

10, de tal decreto, vemos que tal benefício é considerado como integrante das ações

de proteção social:

A) Básica.

B) Especial.

C) Especial de Alta complexidade.

D) Especial de Média complexidade.

Cespe/UNB-2016-INSS- Técnico do Seguro Social

2-Um dos critérios para o idoso habilitar-se à concessão do BPC é não possuir outro

benefício da seguridade social, excetuados o de assistência médica e pensão especial

de natureza indenizatória.

Cespe/UNB-2016-INSS- Técnico do Seguro Social


3-O valor a ser pago ao beneficiário do BPC é de um salário mínimo mensal.

Cespe/UNB-2016-INSS- Técnico do Seguro Social

4-É permitido ao beneficiário do BPC acumular o recebimento desse benefício com o

do seguro-desemprego.

Cespe/UNB-2016-INSS- Técnico do Seguro Social

5-O BPC do idoso que se encontre na condição de acolhimento de longa permanência

em hospital será suspenso até a data da sua alta.

Cespe/UNB-2016-INSS- Técnico do Seguro Social

6-A idade mínima para que um indivíduo passe a ter direito ao BPC do idoso é de

sessenta anos.

Cespe/UNB-2016-INSS- Técnico do Seguro Social

7-No caso de morte do beneficiário do BPC, seus familiares são obrigados a informar

tal fato ao INSS, situação em que o pagamento do benefício cessará.

Cespe/UNB-2013-SESA/ES-Assistente Social

8-A respeito do benefício de prestação continuada (BPC), assinale a opção correta.

A) O BPC de uma pessoa idosa não entra no cálculo da renda mensal familiar para

concessão do benefício a outro idoso da mesma família.

B) São considerados como família para o cálculo da renda per capita o requerente, o

cônjuge e os filhos, mesmo que não residam no mesmo domicílio.

C) São exemplos de rendimentos incluídos para o cálculo da renda mensal familiar per

capita: a remuneração da pessoa com deficiência na condição de aprendiz ou de

estagiário e os recursos provenientes de programas de transferências de renda, como

o programa bolsa família – PBF.

D)A pessoa em situação de rua está impossibilitada de requerer o BPC até a


regularização da sua situação de moradia, haja vista que a comprovação de residência

é um dos requisitos.

E) O BPC é um benefício da Previdência Social de caráter vitalício, familiar e

transferível.

Cespe/UNB-2013-TJ/RO- Assistente Social

9-A respeito do Beneficio de Prestação Continuada (BPC), assinale a opção correta.

A) O BPC, na escola, é um programa que destina-se a estimular a permanência daqueles

que já recebem o benefício, de forma que a frequência escolar constitui critério

essencial para a manutenção da condição de beneficiário.

B) O BPC integra a Proteção Social Básica no âmbito do Sistema Único de Assistência

Social (SUAS) e, para acessá-lo, não é necessário ter contribuído para a previdência

social.

C) O BPC adota a perspectiva de direito social e o seu beneficiário tem a garantia de

recebimento do 13.º pagamento.

D) O BPC é pago a todo brasileiro que vive no meio rural, com mais de 60 anos de

idade, exceto ao que recebe benefício de pensão especial de natureza indenizatória.

E) O BPC submete-se ao orçamento da previdência social e caracteriza-se como um

benefício transferível.

FCC-2016-DPE/ES- Defensor Público

10-A respeito do Benefício de Prestação Continuada − BPC, que tem natureza

assistencial, é correto afirmar:

A) A condição de acolhimento em instituições de longa permanência prejudica o direito

do idoso ou da pessoa com deficiência ao benefício de prestação continuada.

B) A família é composta pelo requerente, o cônjuge ou companheiro, os pais e, na

ausência de um deles, a madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e

enteados solteiros e os menores tutelados, ainda que residam e sejam domiciliados em


locais diversos.

C) Considera-se incapaz de prover a manutenção da pessoa com deficiência ou idosa

com 65 anos ou mais a família cuja renda mensal per capita seja inferior a um terço do

salário-mínimo.

D) O benefício não pode ser acumulado, pelo beneficiário, com qualquer outro no

âmbito da seguridade social ou de outro regime.

E) É devido à pessoa com deficiência ou idosa com 65 anos ou mais que comprove não

possuir meios de prover a própria manutenção nem de tê-la provida por sua família.

ESAF-2012-MI- Assistente Social

11-A respeito do Benefício de Prestação Continuada (BPC), à luz da Lei Orgânica da

Assistência Social (LOAS), julgue os itens abaixo e assinale a opção correta.

A) A idade mínima para as pessoas idosas terem direito ao BPC é de 60 anos.

B) A concessão do BPC ficará sujeita a exame médico pericial e laudo realizados pelos

serviços de perícia médica do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

C) O direito ao BPC estabelece que a renda mensal per capita da família considerada

incapaz de prover a manutenção da pessoa portadora de deficiência ou idosa tem que

ser inferior a 1 (um) salário mínimo.

D) O BPC pode ser acumulado pelo beneficiário com qualquer outro benefício no

âmbito da seguridade social ou de outro regime, à exceção da assistência médica.

E) A situação de internado impede que a pessoa idosa ou portadora de deficiência

tenha direito ao BPC.

FUNCAB-2015-FUNASG- Assistente Social

12-A Lei Orgânica da Assistência Social, garante aos idosos, a partir dos sessenta e

cinco anos, que não possuam meios para prover sua subsistência, nem tê-la provida por

sua família, o benefício mensal de um salário mínimo: o Benefício de Prestação

Continuada (BPC). De acordo com a legislação vigente, a acumulação do BPC com outro
benefício:

A) não pode ocorrer em hipótese alguma.

B) é amplamente permitida.

C) pode ocorrer desde que o idoso tenha mais de 70 anos.

D) é permitido entre benefícios cujos recursos são provenientes estritamente do

Fundo da Assistência Social.

E) é possível desde que o segundo benefício seja oriundo da assistência médica ou da

pensão especial indenizatória.

MPE/RS-2017-Promotor de Justiça

13-Com base nas Leis n. 8.742/93 (Loas) e n. 10.741/2003 (Estatuto do Idoso), sobre

o benefício de prestação continuada (BPC) em favor de pessoa idosa, assinale a

alternativa correta.

A) Para fins de acesso ao BPC, considera-se incapaz de prover a manutenção da pessoa

idosa a família cuja renda mensal per capita seja inferior a meio salário-mínimo.

B) O BPC já recebido por outra pessoa idosa da família e que vive sob o mesmo teto

deve ser computado para os fins do cálculo da renda familiar mensal per capita a que

se refere a Loas.

C) É vedada a acumulação, pelo idoso, do BPC com pensão especial de natureza

indenizatória.

D) O BPC deve ser revisto a cada 6 (seis) meses, para avaliação da continuidade das

condições que lhe deram origem.

E) Para efeitos de concessão do BPC, a legislação determina a aplicação do conceito de

família assistencial, abrangendo o requerente, o cônjuge ou companheiro, os pais e, na

ausência de um deles, a madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e

enteados solteiros e os menores tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto.

FCC-2011-TRT-23° REGIÃO- Assistente Social


14-O Benefício de Prestação Continuada - BPC, previsto na Lei Orgânica de

Assistência Social, garante ao idoso o valor mensal de 01 salário mínimo. Para ter

direito ao benefício, o idoso deve contar

A) 60 anos ou mais, renda per capita até 1/2 do salário mínimo.

B) 65 anos ou mais, renda per capita até 1/4 do salário mínimo.

C) 67 anos ou mais, renda per capita até 1/4 do salário mínimo.

D) 60 anos ou mais, renda per capita até 1/4 do salário mínimo.

E) 65 anos ou mais, renda per capita até 1/2 do salário mínimo.

FEPESE-2014-MPE/SC- Assistente Social

15-O Benefício de Prestação Continuada (BPC), previsto na Constituição Federal

vigente e regulamentado pela Lei nº 8742/93 (Lei Orgânica da Assistência Social -

LOAS), consiste no repasse pelo governo federal de um salário mínimo mensal para:

A) Crianças e adolescentes, desde que comprovada a situação de pobreza absoluta.

B) Famílias não incluídas em outros programas de proteção social.

C) Pessoas acima de 70 anos, desde que tenham contribuído com a Previdência Social.

D) Idosos com 65 anos ou mais e pessoas portadoras de deficiência, de qualquer

idade, que comprovem não possuir meios para garantir o seu próprio sustento.

E) Idosos e pessoas portadoras de deficiência com renda mensal familiar per capita

inferior a um salário mínimo.

Cespe/UNB-2014-Suframa-Assistente Social

GABARITO DO SIMULADO
1-A 2-Correto 3-Correto 4-Errado 5-Errado
6-Errado 7-Correto 8-A 9-B 10-E
11-B 12-E 13-E 14-B 15-D
Referência

BRASIL-Decreto n° 6.214
Concurseiros de Serviço conheça todas as Apostilas
para concurso que o blog concurseiros de serviço
social tem. Temos certeza que elas te ajudarão em
seus estudos.
Entre em contato conosco via:

Caro cliente caso queira alguns desses materiais entre em contato conosco .
Todas as nossas Apostilas são em PDF e o pagamento desses materiais é via
Depósito ou Transferência. Temos certeza que nessa lista você encontrará
um material para auxiliar em seus estudos.
Número do Valor: Conteúdo
Material
Material 1 R$10,00 BASICÃO PARA CONCURSOS DE SERVIÇO SOCIAL
Com esse material você receberá mais de 800 questões, sendo elas
de: Direito Constitucional (100 questões), Administrativo (200
questões), Previdenciário (200 questões) e Serviço Social (200
questões). Recebera também nossa apostila de português para
concursos com conteúdo e mais 200 questões e nossa apostila com
as sínteses dos conteúdos de serviço social mais cobrado em
concursos.
Material 2 R$30,00 SERVIÇO SOCIAL PARA OS TRIBUNAIS

1- 400 Questões de Serviço Social Comentada;


2- 400 Questões de Direito Administrativo todo comentado;
3- 350 de direito Constitucional Comentado;
4- 100 questões de Português gabaritadas;
5- Indicação de leitura dos textos mais cobrados em concursos.
Material 3 R$15,00 Apostila de Fundamentos Históricos, Teóricos e Metodológico
do Serviço Social
• Introdução da História do Serviço Social no Mundo
• O Surgimento Serviço Social na América Latina
• Movimento de Reconceituação na América Latina
• Trajetória histórica do Serviço Social no Brasil
• As Encíclicas Papais- Rerum Novarum e Quadragéssimo
Anno
• O Processo de Institucionalização do Serviço Social no
Brasil: Primeiras Escolas de Serviço Social no Brasil;
• Motivos Para o Serviço Social Brasileiro Buscar Influência
no Serviço Social Norte-Americano;
• A Década de 1940 para o Serviço Social brasileiro;
• A Evolução do Serviço Social Brasileiro e seus ganhos;
• A década de 1960: A crise do Serviço Social Tradicional;
• Pontos Importantes do Movimento de Reconceituação no
Brasil
• Renovação do Serviço Social e Perspectiva Modernizadora,
Reatualização do Conservadorismo e Intenção de Ruptura;
• Documentos Importantes do Movimento de Reconceituação:
1-Araxá;
2-Teresópolis;
3-Sumaré;
4- Alto da Boa Vista;
• A Influência das Correntes Teóricas e Filosóficas na
Construção Téórica-Metodológica do Serviço Social:
1-Positivismo
2-Fenomenologia;
3-Neotomismo;
4-Materialismo Histórico-Dialético;
• Fundamentos do Serviço Social na Contemporaneidade
• Teses Importantes:
1- Tese do Sincretismo da Prática Indiferenciada;
2-Tese da Identidade Alienada;
3-Tese da Correlação de Forças;
4-Tese da Assistência Social;
5-Tese da Proteção Social;
6- Tese da Função Pedagógica do assistente social;
• Quadro de Revisão: Datas que São Sempre Cobradas nos
Concursos de Serviço Social
• 53 Questões DETALHADAMENTE comentadas;
• 150 Questões gabaritadas.
Material 4 R$10,00 220 QUESTÕES DE SERVIÇO SOCIAL DA BANCA
CESPE/UNB
COMENTADAS
Com esse material você terá: 220 QUESTÕES DE SERVIÇO
SOCIAL DA CESPE/UNB comentadas. As questões estão
detalhadamente comentadas.
Material 5 R$10,00 RESUMÃO DA QUESTÃO SOCIAL PARA CONCURSOS DE
SERVIÇO SOCIAL

*Surgimento da Expressão “Questão Social”


*Conceito de Questão Social
*Velha Questão Social x Nova Questão Social
Abordagem dos diferentes autores

1-José Paulo Netto

2-Marilda Iamamoto

3-Esquema da Questão Social baseado em Iamamoto

4-Maria Carmelita Yazbeck

5-Ana Elizabete Mota

6-Robert Castel

7-Pierre Rosavallon

*Questão Social: objeto de trabalho do Serviço Social

*Questões comentadas

*Simulado com Questões

Material 6 R$10,00 RESUMÃO DO PROJETO ÉTICO POLÍTICO DO SERVIÇO


SOCIAL PARA CONCURSOS
1-Ontologia do Ser Social de Marx (BARROCO)
2-Ethos Profissional (BARROCO)
3-Natureza da ética profissional (BARROCO)
4-Projetos Coletivos: Projetos profissionais, Projetos societários
5-Histórico do Projeto Ético-político
• Congresso da Virada em 1979
• Revisão Curricular de 1982
• Código de Ética de 1986
• Código de Ética de 1993
6-Questões Comentadas das bancas:
• Cespe UNB
• FGV
7- Estrutura Básica do projeto ético-político
• Núcleo
• Dimensão Política
• Usuários
8- Questões Comentadas das bancas:
• Cespe/UNB
• COPESE
9-Projeto ético-político
10-Componentes que materializam o projeto ético-político (BRAZ)
11-Dimensão da produção de conhecimentos no interior do Serviço
Social
12-Dimensão político-organizativa da profissão:
13-Dimensão jurídico-política da profissão;
14- Questões comentadas das bancas:
• NUCEPE
• CESPE/UNB
• CESGRANRIO
15- Simulado com questões de concurso sobre o Projeto Ético
Político
(Mais de 40 questões gabaritadas)

Material 7 R$10,00 LOAS (Lei n° 8.742) COMENTADA + QUESTÕES


COMENTADAS PARA CONCURSOS DE SERVIÇO SOCIAL

*Marcação nas partes mais importante da lei para que você tenha
Atenção!
*Comentário da Lei (ela possuí 42 artigos)
*Dicar de Concurso
*Questões comentadas
Material 8 R$15,00 530 Questões de Serviço Social da Banca VUNESP.
*A apostila possuí analise da dança Vunesp
*A apostila possuí 84 questões de serviço social comentadas
*A apostila possuí 450 questões de serviço social gabaritadas
Material 9 R$15,00 550 QUESTÕES PARA OS CONCURSOS DE SERVIÇO
SOCIAL PARA SAÚDE
• 300 questões de SERVIÇO SOCIAL;
• 106 questões de LÍNGUA PORTUGUESA;
• 50 questões de RACIOCÍNIO LÓGICO;
• 54 questões de LEGISLAÇÃO DO SUS
• 55 questões de LEGISLAÇÃO APLICADA A EBSERH
Material 10 R$15,00 500 DE SERVIÇO SOCIAL PARA A
FUNDAÇÃ0 CARLOS CHAGAS
Com esse material você terá acesso a questões de serviço social de
diversos temas como: História do Serviço Social, Espaços Socio-
Ocupacionais do Serviço Social, Planejamento Social, Políticas
Relacionadas a Criança, ao Adolescente e ao Idoso etc. Gente com
esse material praticamente todos os assuntos de Serviço Social,
dessa forma vocês ficará bem treinada(o) para se sair bem nas
provas da banca FCC que é a banca que mais elabora concurso no
Brasil.
Material 11 R$10,00 INSTRUMENTALIDADE NO SERVIÇO SOCIAL
E INSTRUMENTAL TÉCNICO DO SERVIÇO SOCIAL

1. Instrumentalidade No Serviço Social segundo Yolanda


Guerra;
2. Dimensões de Serviço Social;
3. Diferença entre Instrumentalidade, Instrumental e
Instrumentos
4. Instrumental Técnicos Operativo do Serviço Social
5. Instrumentos Diretos e Indiretos
6. Instrumentos de Trabalho do Assistente Social
• Estudo Social;
• Perícia Social;
• Laudo Social;
• Parecer Social;
• Relatório Social;
• Entrevista Individual e Coletiva;
• Visita Domiciliar;
• Visita Institucional;
• Dinâmica de Grupo
• Reunião;
• Ata de Reunião;
• Observação Participante;
• Mobilização de Comunidade;
• Diário de Campo;
• Livro de Registro;
• Questões sobre Instrumentalidade, Instrumental e
Instrumentos;
Material 12 R$10,00 Apostila do Código de Ética
1. Trajetória Histórica do Código de Ética do Assistente
Socia
*Código de Ética de 1947
*Código de Ética de 1965
*Código de Ética de 1975
*Código de Ética de 1986
*Código de Ética de 1993
*Mudanças inseridas no código de ética pela resolução n°
594 do CFESS;
2. Princípios Fundamentais do Código de Ética Comentado
3.Competências do CFESS e do CRESS
4.Direitos, Deveres e Vedações Gerais dos Assistentes Sociais
5-Relações dos Assistentes Sociais com os Usuários
*Deveres
*Vedações;

6-Relações dos Assistentes Sociais as Instituições Empregadora


*Direitos
*Deveres
*Vedações

7-Relações dos Assistentes Sociais com outros profissionais:


*Deveres;
*Vedações

8- Relação dos Assistentes Sociais com as Entidades da


Categoria e demais organizações da Sociedade Civil
*:Direitos;
*Deveres
*Vedações;
9-Sigilo Profissional;
10-Relação do Assistente Social com a Justiça:
*Deveres
*Vedações;
11-Penalidades impostas pelo Código de ética;

*Suspensão da penalidade;
*Antecedentes Profissionais;
*Advertência Reservada;
*Advertência Pública;
*Multa;
*Prazo Prescricional
12-Questões de Concursos de várias bancas: COPESE;
CESPE/UNB/ FUNRIO/ FUCAB e muito mais.

Material 13 R$10,00 Planejamento e Avaliação de Políticas Públicas


1. Planejamento e Avaliação nas competências e atribuições
Profissionais
2. Planejamento: Definição (Autores Myriam Veras Baptista ,
Matus)
3. Dimensões do Planejament
* Dimensão Racional;
*Dimensão Valorativa;
*Dimensão Política
*Dimensão Técnico-Administrativa

4. Planejamento: Fases metodológicas


*Reflexão
*Decisão
*Ação
*Retomada de Reflexão

5. Planificação
*Plano
*Programa
*Projeto
6-O Planejamento como processo político
*Equacionamento
*Decisão
*Operacionalização
*Ação

7-Aprendendo o que Implementar e Implantar

8. Noções de Eficiência, Eficácia e Efetividade


9-Planejamento Estratégico;
*Momento Explicativo
*Momento Normativo
*Momento Estratégico
*Momento Tático Operacional

10-Planejamento Estratégico Situacional


11-Avaliação de Políticas Sociais
8. Histórico da Avaliação de Políticas Sociais
9. Definição a Avaliação de Políticas Sociais
10. Metodologia a Avaliação de Políticas Sociais
11. Critérios de Avaliação

*eficiência
*impacto
*sustentabilidade
*eficácia
*analise de custo-efetividade
*satisfação dos beneficiários
*equidade
12. Modalidades de Avaliação

*Avaliação de Políticas
*Analise de Políticas
*Avaliação de Políticas Públicas

13. Avaliação X Pesquisa


*Dimensões da Avaliação Para Farias
1-Metodológico
2-Finalidade
3-Papel

14. Tipos de Avaliação

*Avaliação de Processo
*Avaliação de Metas e Resultados
*Avaliação de meios (metodologia de implantação);
*Avaliação de relação custo/benefício e/ou custo/resultado.
* Avaliação de Meta
*Avaliação de Impacto
*Avaliação de Processos
*Avaliação de Eficiência
*Avaliação de Eficácia
*Avaliação de Efetividade
*Avaliação de Ex-Ant
*Avaliação Ex-post

15. Avaliação Participativa


16. Indicadores Sociais
17. Monitoramento
18- (60 Questões Comentadas )
150-(150 Questões Gabaritadas )

Material 14 R$ 15,00 Apostila de Política Social


1. Concepção de Estado
*Estado Liberal;
*Contribuição de Behring e Boschetti sobre o Estado Liberal;
*Elementos do Liberalismo
*Estado Social;
*Diferença do Estado Social para o Estado Liberal;
*Estado Neoliberal;
*Oposição Estado Social X Estado Neoliberal;

2. Política Social e Serviço Social


*Relação do Serviço Social com a Política Social
*Diretrizes Curriculares do Serviço Social e Política Social
*Política Social como Mediação;

3. Política Pública x Política Social


*Definição de Política Social
*Definição de Política Pública
*Política Distributiva
* Políticas Redistributivas
*Políticas Compensatórias;
*Políticas Emancipatórias;
*Políticas Universais;
*Políticas Focalizadas

4. Contexto Mundial das Políticas Sociais


*Contribuições de Castel sobre o contexto das politicas sociais;
*Contribuição de Behring e Boschetti sobre o contexto das políticas
sociais;
*Trajetória histórica das legislações;
*Leis inglesas desenvolvidas no período anterior a Revolução
Industrial;
*Elementos que segundo Pierson (1991) ajudam a demarcar a
emergência das políticas sociais;
*Motivos para crise do pensamento liberal;
*Keynesianismo;
*Welfare State;
*Princípios que estruturam o Welfare State;
*Condicionantes estruturais do Welfare State;
*Tipos de Welfare State para Esping-Andersen;
*Tipos de Welfare State Titmus;
*Crise do Welfare State;

5.Contexto Nacional

*política social no Brasil para Behring e Boschetti;


*Contexto histórico das legislações no Brasil;
*Welfare State no Brasil;
*Modelo Bismarckiano e Beveridgiano;

6. Políticas Setoriais e Políticas Transversais


*Política Social;
*Políticas de Proteção Social
*Políticas de Promoção Social;
*Política da Pessoal com Deficiência;
*Política Para Criança e Adolescente;
*Política Para Juventude;
*Política Para Idoso
*Políticas Para Mulheres;
*Política de Seguridade Social;
*Política de Educação;
*Política de Habitação;

7-Questões Comentadas (55 QUESTÕES COMENTADAS)


8-QUESTÕES GABARITADAS (145 QUESTÕES
GABARITADAS)

Material 15 R$15,00 Apostila de Serviço Social da Banca Consulplan


A apostila contém:

•Análise da banca
•122 questões comentadas;
•Simulados com um total de 257 questões;
•Esquemas que facilitam o aprendizado

Material 16 R$10,00 Apostila da Lei n° 8.662


• A apostila é toda esquematizada e comentada. O material
tem CONTEÚDO+ QUESTÕES COMENTADAS.
Material 17 R$20,00 Apostila de Serviço Social da Banca IBFC
• A apostila possuí 250 questões de serviço social da banca
IBFC comentadas;
• A apostila possuí 220 questões de serviço social da banca
IBFC gabaritadas;
• A apostila possuí esquemas que facilitam o aprendizado;
• A apostila possuí a analise da banca IBFC
Como comprar esse material???
Todo material mencionado acima é em formato PDF e é enviado ao e-mail do comprador após
ele efetuar o pagamento e nos enviar o comprovante via WhatsApp ou via e-mail. Então para
comprar siga os seguintes procedimentos:

1- Fale conosco e informe qual material você quer, se tiver alguma dúvida poderemos
esclarecer ela para você.
2- Peça para um de nossos vendedores os dados para pagamento ( o pagamento é feito via
DEPOSITO ou TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA);
3- Faça o pagamento;
4- Nos envie uma foto do comprovante de pagamento e também nos informe seu e-mail para
que possamos enviar o seu material e no mesmo dia do pagamento enviaremos ao seu e-mail
o material.

Compre via: