Você está na página 1de 1

Radiestesia no Brasil

A primeira referência histórica da radiestesia em solo brasileiro se devem aos franciscanos no


Estado do Mato Grosso.

A missão ficava em Poconé, perto do Rio Gomes e nas cercanias de Cuiabá por volta de 1900,
que usavam o pêndulo para o diagnóstico e tratamento da população local, tratamento este
feito essencialmente através de ervas medicinais e homeopatia.

Entre eles se destaca a figura do padre Jean Louis Bourdoux. O padre Jean-Louis Bourdoux
passou 16 anos em uma missão franciscana do Mato Grosso (1905-1921).

Este grande radiestesista foi aluno do próprio Abade Mermet (França), foi o autor do livro:
"Noções Práticas de Radiestesia" e foi o responsável pelo desenvolvimento de novos
compostos homeopáticos, os Poconeóls.