UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado

E D I T A L 002/2010 – PPGE/UEPG Edital de Inscrição, Seleção e Matrícula para o Mestrado Acadêmico em Educação para o ingresso em 2011 I - DA INSCRIÇÃO A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Ponta Grossa comunica a abertura de inscrições para a seleção ao Programa de Pós-Graduação em Educação para ingresso no primeiro semestre de 2011. As inscrições se destinam ao preenchimento de vagas para as Linhas de Pesquisa: Ensino – Aprendizagem e História e Política Educacionais, sendo: até 12 (doze) vagas para cada Linha de Pesquisa. A linha de Pesquisa Ensino-Aprendizagem investiga as interfaces entre o ensino e a aprendizagem considerando o ensino como processo multidimensional, as estratégias curriculares, metodológico-didáticas e as interações dos sujeitos das práticas pedagógicas na construção do conhecimento. A Linha de Pesquisa História e Política Educacionais analisa a história e a política na práxis pedagógica, nos sistemas, nas instituições educacionais e na formação dos educadores e as políticas públicas nos processos de formulação, implementação e avaliação das ações educacionais. São habilitados à inscrição os portadores de títulos de graduação plena nas seguintes situações: egressos dos cursos de Pedagogia e Licenciaturas; Profissionais da Educação Básica, nas suas diferentes etapas e modalidades; alunos concluintes de Cursos de Licenciaturas; e Professores no exercício da docência no Ensino Superior. Observação: Para o deferimento das inscrições dos graduados em outras Áreas exige-se um texto escrito pelo candidato justificando o seu interesse pela pesquisa em educação e comprovando a sua atuação na área educacional. As inscrições serão feitas na Secretaria Acadêmica de Pós-Graduação “Stricto Sensu”, Sala LP 112, do Centro Interdisciplinar de Pesquisa e Pós-Graduação - CIPP, Campus Universitário de Uvaranas, de 06/09/2010 a 30/09/2010, em dias úteis das 13:30 às 17:00h, ou também pelo correio, neste mesmo período. O candidato poderá fazer sua inscrição pessoalmente, por procuração ou por correspondência. A inscrição por correspondência deverá ter o carimbo da Empresa de Correios brasileira ou estrangeira, com data até o dia 1º/10/2010. O pagamento da taxa será feito mediante depósito bancário e o candidato anexará à correspondência a cópia do comprovante - Caixa Econômica Federal, Agência 3186, Operação 006, Conta nº 00003-5. A homologação da inscrição dependerá do atendimento às exigências quanto à formação acadêmica e da apresentação integral dos documentos necessários. Em nenhum caso haverá devolução da taxa de inscrição. Endereço para o envio via sedex: Universidade Estadual de Ponta Grossa Secretaria Acadêmica – Stricto Sensu Av. Carlos Cavalcanti, 4748 Campus Uvaranas - CIPP - Sala LP112 CEP 84030-900 - Ponta Grossa - PR

DA SELEÇÃO Primeira etapa: Prova Escrita de caráter eliminatório. . com caráter eliminatório. A posição na classificação final será o principal critério para a concessão das Bolsas de Estudo.0) para passar para a etapa seguinte.: O tempo máximo previsto para a realização da Prova Escrita é de três horas e meia. O candidato deverá apresentar o protocolo da ficha de inscrição e documento de identidade no ato da Prova Escrita e da Entrevista. II. A data e o horário da entrevista serão divulgados via Edital e na Internet. a ser realizada no dia 16/10/2010 das 8:00 às 11:30 h em salas de aula do CIPP . espaço 1. Serão questões de caráter geral. Operação 006. O candidato graduado em outra Área. Participam da etapa final os aprovados na segunda etapa. CIC/CPF.Observações: a) Os documentos podem ser autenticados na Secretaria Acadêmica. .cnpq. margens de 2. bem como será avaliada a experiência de pesquisa e/ou profissional do candidato exposta no Curriculum Vitae. o candidato deverá obter nota mínima 6. Quitação com o Serviço Militar. Obs: Não é necessário identificar o depositante. documento de revalidação correspondente. Será elaborado conforme formulário disponível no Anexo II. b) O portador de título de graduação no exterior deverá entregar. no ato da inscrição. O candidato que não comparecer para a prova escrita será eliminado do Processo Seletivo. Na entrevista serão aprofundados os aspectos teóricos das leituras indicadas e os relativos ao domínio consignado no Anteprojeto de Pesquisa.uepg.Campus de Uvaranas. uma foto 3 x 4 recente. RG. Para o preenchimento de currículo acesse: www. também. nas temáticas de pesquisa dos orientadores ou na trajetória de formação e pesquisa do candidato (Anexo IV).5.br. Segunda etapa: Análise do Curriculum Vitae e Anteprojeto de Pesquisa. interpretativo e argumentativo elaboradas a partir da bibliografia indicada. Conta nº 00003-5). Nesta etapa. Agência 3186. disponível no site: http://www. fotocópia autenticada dos seguintes documentos: Certidão de Nascimento ou de Casamento. A Prova Escrita conterá questões dissertativas formuladas a partir dos textos indicados na bibliografia indicada para o Processo Seletivo (Anexo III).5 cm. média igual ou superior a seis (6. deverá comprovar experiência na área da educação e elaborar um texto que justifique a intenção de atuar na pesquisa em educação. Deverá ter no máximo 10 páginas (excluindo-se as referências bibliográficas e anexos – se houver) Formatação: papel A4. OBS: A comissão de avaliação não aprovará candidatos com projetos de pesquisa que não se enquadrem na Linha de Pesquisa. que não Pedagogia ou Licenciatura. mediante a apresentação de originais e fotocópias no ato de inscrição. A divulgação do resultado será no dia 19/11/2010. fonte Arial 12.br/mestrados/mestreedu/ (ver Arquivos).Documentos para a inscrição: Ficha de inscrição preenchida (Anexo I). Curriculum Vitae (Plataforma Lattes) preenchido correta e adequamente. Para ser aprovado nesta etapa. Obs. Além desses documentos. 7 e 8/12/2010. Terceira etapa: A Entrevista Coletiva para os candidatos aprovados na primeira e segunda etapas será realizada nos dias 6. Título Eleitoral.00 (Caixa Econômica Federal. Para a classificação dos candidatos será considerado seu desempenho nas três Etapas da Seleção.0 (seis vírgula zero). Comprovante de pagamento da taxa de inscrição/depósito bancário de R$ 100. O Currículo Lattes deve ser comprovado com fotocópias simples (não autenticadas). Diploma de Graduação e Histórico Escolar (ou declaração de ser aluno concluinte de Curso de Licenciatura). Os resultados dessa etapa serão divulgados no dia 30/10/2010. o candidato deverá obter. o candidato deverá entregar no ato da inscrição: Anteprojeto de Pesquisa: Deverá vincular-se a uma das Linhas de Pesquisa do Programa.

entregues no ato da inscrição. respeitando-se as temáticas de orientação dos docentes. A partir desta data a Secretaria não se responsabilizará pela sua guarda. III. Observações: O candidato selecionado e aprovado que não efetivar sua matrícula na data e horário previstos perderá a vaga obtida. de acordo com a disponibilidade de orientação. ou via telefax: (42) 3220-3150.DA MATRÍCULA A matrícula será realizada em reunião com os candidatos selecionados no dia 21 de fevereiro de 2011. Coordenação do Programa de Mestrado em Educação .Divulgação do resultado final: até o dia 10/12/2010 em Edital na Secretaria Acadêmica de PósGraduação “Stricto Sensu”.br/mestrados/mestreedu/ ) Não serão divulgadas as razões da não classificação de candidatos e nem caberá recurso em qualquer das etapas do processo de seleção. O candidato não selecionado deverá retirar seus documentos. Ponta Grossa. JEFFERSON MAINARDES COORDENADOR . Sala LP 112 e via internet (http://www. Sala LP 112. em 6 de julho de 2010. Maiores informações poderão ser obtidas junto à Secretaria Acadêmica de Pós – Graduação “Stricto Sensu”. autorizando a Coordenação do Programa para o preenchimento da vaga. A Prova de Proficiência em língua estrangeira será realizada no decorrer do Curso. PROF. entre os dias 01 a 31/03/2011.UEPG. às 9:00 horas. DR.uepg. em sala a ser anunciada pela coordenação do Programa.

Visto Secretaria:_____ ATENÇÃO: Não será aceita a inscrição do candidato que não entregar.P.Área de Concentração: Educação Linha de pesquisa:________________________________________________________________________________________ Temática da pesquisa:_____________________________________________________________________________________ Título da investigação proposta: __________________________________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________________________________ Exame de proficiência em Língua Estrangeira: Inglês ( ) DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: Nome Completo: Filiação Pai: Mãe: Data de Nascimento / / Espanhol ( ) Francês ( ) Sexo: FOTO 3X4 Naturalidade/Estado Nacionalidade Estado Civil (recente) C. VIDA PROFISSIONAL (cargos atuais) Cargo /Função que exerce: Instituição: Local: Cargo /Função que exerce: Instituição: Local: Carga horária semanal: Setor/Departamento: Tempo de Serviço: Início/Exercício: Carga horária semanal: Setor/Departamento: Tempo de Serviço: Início/Exercício: Declaro serem verdadeiros os dados acima fornecidos e que estou ciente das informações contidas no Edital de Inscrição. Não haverá devolução da taxa de inscrição. ____________________________________________ Ponta Grossa. H.----------------------------------Nome: __________________________________________ Programa de Mestrado em Educação A DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DAS ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO SE DARÁ VIA INTERNET E EDITAL. n°: Bairro: Telefones / contato: FORMAÇÃO ACADÊMICA Curso GRADUAÇÃO Documento Número Número Título de Eleitor Zona Categoria Seção Órgão Expedidor N.º CEP: Cidade: Estado: e-mail: Instituição Concluído em: PÓSGRADUAÇÃO (mínimo 360 horas) Nível: Curso: Instituição (SIGLA) Local C.------------------------------------PROTOCOLO DE INSCRIÇÃO----------------------. toda a documentação requerida. (ASSINATURA DO CANDIDATO) -----------------------------------------. Número Data Carteira de Identidade Número Órgão Expedidor Situação Militar: Endereço Residencial: Ap. Ponta Grossa: ____/____/____. . Seleção e Matrícula do Programa ao qual estou me candidatando. no dia da inscrição.ANEXO I (Ficha de Inscrição) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO . ____ de _______________ de 201__.F.

10 páginas (excluindo-se as referências e anexos – se houver) . espaço 1. 2 – APRESENTAÇÃO DO PROBLEMA DE PESQUISA Indicar o que se pretende pesquisar. O candidato deverá demonstrar familiaridade com consulta de bases bibliográficas. 9 – REFERÊNCIAS Indicar as referências citadas no Anteprojeto de Pesquisa (segundo as normas da ABNT) Formatação: papel A4. com início em março de 2011. 8 – CRONOGRAMA Indicar as principais ações relativas ao desenvolvimento do projeto de pesquisa. 6 – FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICO-METODOLÓGICA Indicar a fundamentação teórica ou pressupostos teóricos iniciais da pesquisa a ser realizada durante o Mestrado. 7 – OBJETIVOS Explicitar com clareza e objetividade os objetivos da pesquisa. Indicar aspectos metodológicos da pesquisa. capacidade de sintetizar pesquisas e publicações. O Anteprojeto deverá ter. 3 – JUSTIFICATIVA Destacar os motivos do interesse pelo tema a relevância da pesquisa. Acrescentar ao final três a cinco palavras chaves. não ultrapassando 10 linhas. margens de 2. bem como de indicar possíveis lacunas no seu campo de investigação. 4 – REVISÃO DE LITERATURA Indicar trabalhos relevantes sobre a temática de investigação e a relação entre a literatura existente e o seu anteprojeto de pesquisa.5. formulando-o com clareza e explicitando a sua relação com uma das Linhas de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Educação. Obs: O Mestrado deve ser completado em 24 meses. especificando o problema a ser investigado.5 cm.ANEXO II (Modelo para o Anteprojeto de Pesquisa) UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2010-2011 ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DO ANTEPROJETO DE PESQUISA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO (FOLHA DE ROSTO) Autor: Temática da Investigação: Título do Anteprojeto: Área de concentração: Educação Linha de Pesquisa: ( ) Ensino-Aprendizagem ( ) História e Política Educacionais 1 – RESUMO Escrever as principais idéias (essência e natureza problema de pesquisa. objetivo principal e uma síntese da metodologia e resultados esperados). no máximo. fonte Arial 12.

Disponível em www. 28. jan/jul. M. M. Aprendizagens significativas na formação inicial de professores: um estudo no espaço dos Cursos de Licenciatura. 11. B.DOC SAVIANI. p. In: FAZENDA. A pesquisa no ensino.br/reunioes/24/T1722216449491. 99. (Org. 24. Aversão à teoria e indigência da prática: crítica a partir da filosofia de Adorno. p.br FRIGOTTO.org. 2008. Perspectiva. S.scielo. São Paulo. 39-50. História e Política Educacionais) ALVES-MAZOTTI. S. v. C. de. Disponível em: www. São Paulo. n.br CUNHA. A pesquisa e a formação de intelectuais críticos na Pós-Graduação. 2008. 1.scielo. Implicações e perspectivas da pesquisa educacional no Brasil contemporâneo. 37. p. M. A. N. políticas e práticas: especificidades e desafios de uma área de saber. D. Disponível em www. LOUREIRO. I.2. p. Rio de Janeiro.90. São Paulo: Paz e Terra. (Capítulos: Os métodos na pesquisa em educação: uma análise epistemológica. Botucatu. 2008. O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional. n. 2001. Educação e Pesquisa. 113. Curitiba. n. 32. jul. 9. Disponível em www. A. A. 2001. v. Tendências da pesquisa em educação: um enfoque epistemológico. mai/ago. sobre o ensino e sobre a reflexão dos professores sobre seus ensinos. 31.ANEXO III Bibliografia indicada Para a Prova Escrita e fundamentação teórica do Anteprojeto de Pesquisa.scielo. .br FREIRE. 2001. Disponível em www. 65 – 81. n. M. 103 – 116. p. G. v. MORAES. Disponível em: http://www. R. Metodologia da Pesquisa Educacional.anped. Disponível em www. 2004. A pesquisa educacional entre conhecimentos. A. A construção do objeto na pesquisa educacional. v.scielo. 5.perspectiva. São Paulo. Capítulos XII a XIV e Conclusão). Educar em revista. Educação e sociedade: Campinas. v.28. são indicadas as seguintes referências: 1 . Disponível em www. 199 – 213.br. I. GAMBOA./dez. S. p.scielo. 113. Interface. 7-18.scielo. 9. Campinas: Autores Associados.ed. 69 . P. 2006. da. 2002. Historicidade do objeto na pesquisa educacional). São Paulo: Cortez. 1.br DUARTE. Pesquisa educacional: métodos e epistemologias. Cadernos de Pesquisa. p.br CHARLOT. B.br. A motivação como prevenção da indisciplina. n. p. Revista Brasileira de Educação. 2007.). n. 57-67. (Introdução.Bibliografia básica indicada para as duas Linhas de Pesquisa (Ensino-Aprendizagem. ed. 522-541.1 – Bibliografia indicada para a Linha de Pesquisa Ensino-Aprendizagem: CARVALHO. 2006. História das idéias pedagógicas no Brasil.br ECCHELI. GATTI.scielo. Disponível em www. P. D.ufsc. Blumenau: Argos. Cadernos de Pesquisa. ago. J. Recuo da teoria: dilemas na pesquisa em educação. Relevância e aplicabilidade da pesquisa em educação. Pedagogia da autonomia: saberes necessários a pratica educativa. n. n. 2008. Florianópolis.

R. Disponível em www. C. Campinas.scielo.35-50. vol. Campinas. 4.br. 2006. 277-290.– Bibliografia indicada para a Linha de História e Política Educacionais: Bibliográfica básica ARELARO. 11. Educação & Sociedade. G. 173-196. 15. P. 63-80. v. 15-38.36. 2003. Disponível em www.scielo. Disponível em www. Disponível em www. 13. p. Educação & Sociedade. Formulação e implementação das políticas públicas em educação e as parcerias públicoprivadas: impasse democrático ou mistificação política? Educação & Sociedade. Rio de Janeiro. diferença cultural e diálogo. v. MENDES. n. Avaliar aprendizagem: uma questão de formação docente. Piaget. 2007.br. p.scielo. KNUPPE. pp. v. Disponível em www.33. A. 406-423.scielo. M. L. 2006.scielo. n. M. 27. Revista Brasileira de Educação. p. GURGEL. Violência escolar e auto-estima de adolescentes. v. Sobre o processo de construção do conhecimento: o papel do ensino e da pesquisa. L. 35. V. MOREIRA. 61-76. Pesquisa dos educadores e formação docente voltada para a transformação social. Porto Alegre: Artmed. p. 145-168. J. A. Teoria da ação comunicativa de Habermas: Possibilidades de uma ação educativa de cunho interdisciplinar na escola. Disponível em www. MICHELS.br. L..scielo. ZEICHNER. da C.br. n.. G./dez. F. GONÇALVES. 387-405. . A. Educar em Revista. 2002. 2006.127. P. Disponível em www. formação docente e inclusão: eixos da reforma educacional brasileira que atribuem contornos à organização escolar. BARBOSA-LIMA.scielo. A "escola dos que passam sem saber": a prática da não-retenção escolar na narrativa de alunos e familiares. 100. K. 51. Disponível em www. OLIVEIRA. LEITE. Motivação e desmotivação: desafio para as professoras do Ensino Fundamental. H.br . n. 2006. P. Porto Alegre: Artmed. n. Bauru. 14. v. Conhecimento científico. 23. out.scielo. pp.br. R./dez. et al. I. Cadernos de Pesquisa. Campinas. vol. maio/ago. R. G. Ciência e Educação. H.br. K. set. 1998. 3. p. seu ensino e aprendizagem: atualidade do construtivismo.scielo. 1999. LA TAILLE. Rio de Janeiro. 33. 28. MCLAREN. QUEIROZ. Revista Brasileira de Educação.H. 79. A. de. n. 273-291.br. Ensaio: Avaliação de Políticas Públicas em Educação./abr. 20. Disponível em www. n. Disponível em www. 2006. C. L. DANTAS. p. set. SACRISTÁN. 2006. 1992. B. 2005. M. E. p.br.66. jan. Cadernos de Pesquisa. A radicalização do debate sobre inclusão escolar no Brasil. jan. São Paulo: Summus. 1. vol. R. Y. no. D. Disponível em: www./dez.. n. Gestão. p. no. M. Wallon: teorias psicogenéticas em discussão.GLÓRIA.. 899-919. 125. Vygotsky. no. A.2 . 11. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro.scielo. C. p. ed. WERNECK. R. M. 54. Ensaio: Avaliação de Políticas Públicas em Educação.br. M. Currículo. n. Curitiba. S. v. G. 22.scielo.br. A vida nas escolas: uma introdução à pedagogia crítica nos fundamentos da educação. 2002. v. MARRIEL. Compreender e transformar o ensino./abr. GÓMEZ. 2007.

I.).br FREITAS. A teoria do valor em Marx e a educação. M. M. São Paulo: Cortez. de.. (Parte I e Parte II). 2005. E. (Org. MARX. A educação para além do capital. D. C. Bibliografia Complementar ARELARO. Educação & Sociedade. Uma perspectiva não escolar no estudo sociológico da escola. F. p. Belo Horizonte: Autêntica. C. Contribuição à crítica da economia política. 3. L. (Org.scielo. R. São Paulo: Boitempo. D.br. FREITAS. & ZAGO. G. v. Disponível em www. MENDES. São Paulo: Martins Fontes. MÉSZÁROS. B. out. . R. V. v. M. V. 9. V. Estado e terceiro setor: as novas regulações entre o público e o privado na gestão da educação básica brasileira. Políticas públicas e Educação Básica. 1993. In: PAIXÃO. 29 – 47. P. de. OLIVEIRA. ed. (Orgs... História e História da Educação: o debate teórico-metodológico atual. 2009.ESPINOZA. L. H. PERONI. SAVIANI.. D.edu/epaa/ FERREIRA. In: DOURADO. K. M. A. Disponível em: http://epaa. de. PARO. V. 108. Avaliação educacional: caminhando pela contramão. Reflexões sobre os conceitos de homem. S. OLIVEIRA. 100. A ideologia alemã. O. p. ed. 2003. 19-43. L. Formulação e implementação das políticas públicas em educação e as parcerias públicoprivadas: impasse democrático ou mistificação política? Educação & Sociedade. 17. de. 8. Sociologia da Educação: pesquisa e realidade brasileira. H. São Paulo: HUCITEC. E. Reflexiones sobre los conceptos de “política”. 2007. N. K. p. Disponível em: www. 2001.C. T. 1998. Campinas. p. V. F. FERNANDES. L.asu. 2009. liberdade e Estado em Marx e as políticas educacionais. P. PARO. R. n. L. MALAVASI. políticas públicas y política educacional. 2006. Campinas: Autores Associados/HISTEDBR. 899-919. 157-178. São Paulo: Xamã..scielo. V. H. v.). Archivos Analíticos de Políticas Educativas. Crise da escola e políticas educativas.). In: PARO. SPOSITO. Petrópolis: Vozes. H. 2009. R. L. ENGELS. MARX. 30. M. SORDI. Petrópolis: Vozes. 2007. M. n. 2009. Políticas educacionais: considerações sobre o discurso genérico e a abstração da realidade. n. 28.

ANEXO IV – Docentes e temáticas de orientação LINHAS DE PESQUISA. Esméria de Lourdes Saveli Políticas Educacionais. Maria Isabel Moura História Regional da Educação. Formação de Professores. metodológico-didáticas e as interações dos sujeitos das práticas pedagógicas na construção do conhecimento. Arte e educação. Ensino de Ciências/Biologia Ademir José Rosso Ensino de Ciências/Biologia e Educação Ambiental. Ensino Fundamental. Organização da escola em ciclos. Educação na Oliveira Terceira Idade. Gilmar de Carvalho Cruz Educação Física. Mary Ângela T. PROFESSORES DO PROGRAMA E TEMÁTICAS DE ORIENTAÇÃO Ensino-Aprendizagem: Investiga as interfaces entre o Ensino e a Aprendizagem considerando: o ensino como processo multidimensional. nos sistemas. M. nas instituições educacionais e na formação dos educadores e as políticas públicas nos processos de formulação. Modelagem Matemática. História das Instituições Nascimento Escolares no Brasil Névio de Campos História da Educação. Intelectuais e Educação. Angélica de G. Morales Educação Ambiental. Formação de Professores. implementação e avaliação das ações educacionais. Brandalise Avaliação educacional e currículo. Políticas de Leitura. Número de vagas: até 12 (doze) História e Política Educacionais: Analisa a história e a política na práxis pedagógica. Dionísio Burak Ensino de Matemática. Tecnologia e mídia. Silvia Christina Madrid Finck Educação Física. Rita de Cássia da Silva Educação Permanente de Jovens e Adultos. Educação Matemática. Maria José Subtil Políticas educacionais. Ideologia e Identidades Sociais. Luis Fernando Cerri Ensino de História e usos do Conhecimento Histórico. Célia Brandt Finck Processos Formativos e Identidade do Professor de Matemática. Jefferson Mainardes Políticas Educacionais. Número de vagas: até 12 (doze) . Educação Inclusiva. as estratégias curriculares.

4. . Pesos da Avaliação: Para cada um dos critérios 2. 2. c) Entrevista. consistência teórica.0 Terceira Etapa . Clareza e consistência do objeto de investigação e sua articulação com a Linha de Pesquisa e as Temáticas de Orientação.Entrevistas Critérios para a Avaliação da Entrevista: 1.Prova Escrita Critérios para a avaliação das provas escritas: análise e interpretação de texto. trajetória formativa e de atuação profissional. coerência e coesão textual. Segunda Etapa – Anteprojeto de Pesquisa e Curriculum Vitae Avaliação do Anteprojeto: objeto de estudo: 2 pontos. b) Análise de Curriculum Vitae e anteprojeto de pesquisa. Avaliação Final e Cálculo do desempenho dos candidatos: Média Geral do Candidato = P3 (Prova X 3) + PC1 (Projeto. Currículo X1) + E1(Entrevista X1) = Total ÷ 5. capacidade de síntese. 3. Primeira Etapa . Perfil do candidato como educador e seu compromisso com a educação.ANEXO V Critérios de Avaliação em cada etapa do Processo Seletivo O Exame de Seleção constará de três etapas sequencialmente eliminatórias: a) Prova escrita dissertativa. inserção do projeto de pesquisa no contexto educacional. Curriculum Vitae: Histórico e Prática de Pesquisa + Produção Acadêmica de Pesquisa Pesos da Avaliação: Currículum: 3 pontos.5 pontos. Capacidade de superação das inconsistências do anteprojeto. posicionamento crítico. A divulgação dos resultados é feita em ordem alfabética. Os resultados com os desempenhos dos candidatos serão de uso restrito da Comissão de Bolsas. Nota mínima para aprovação: 6. Ante-Projeto: 7 pontos. na linha de pesquisa: 1 ponto e a possibilidade deste ser orientado dentro das temáticas dos docentes pesquisadores: 1 ponto. Articulação entre o Anteprojeto de Pesquisa.0 não podendo zerar na questão de conteúdos específicos da Linha de Pesquisa. referenciais teórico-metodológicos: 2 pontos. Nota mínima para a aprovação: 6.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful