Você está na página 1de 2

 CUSTO POR ORDEM DE PRODUÇÃO (OP)

O custeamento por Ordem de Produção (OP) é usado em


empresas, cuja produção é intermitente e cujos produtos ou lotes
de produtos podem ser perfeitamente identificados no processo
de fabricação. Isso ocorre, principalmente, em relação à produção
não padronizada ou não repetitiva.

 O custeamento por OP trabalha com a conta "Produtos em


Processo".

Exemplos de aplicação :

Indústrias pesadas, fabricantes de equipamentos especiais,


empresas de construção civil, escritórios de consultoria, oficinas
mecânicas, etc...
 CUSTO POR PROCESSO

O custeamento por processos é usado em empresas que se


caracterizam por produtos padronizados, produção contínua e
demanda constante. Neste tipo de processo, os produtos não
podem ser individualmente identificados no processo produtivo.
Como o custo é levantado por período, é necessário avaliar os
estoques em elaboração (estoques em processo).

 O custeamento por processo trabalha com os conceitos de


"Produção Equivalente" e "Centro de Custos".
Produção Equivalente : Quanto a produção em processo
equivale da produção acabada.
Centro de Custos : Seção, departamento, processo ou etapa de
um processo, que acumula os custos em um determinado
período.

Exemplos de aplicação :
Petroquímicas, moinhos, indústrias farmacêuticas, indústrias de
cimento, indústrias químicas em geral, etc...