Você está na página 1de 15

LANÇAMENTO HORIZONTAL

Quando um corpo é lançado horizontalmente, ele descreve em relação ao solo uma trajetória parabólica. É
o caso de lançamento de um objeto de a partir de uma mesa horizontal e até mesmo o lançamento de uma
bomba por um avião em movimento horizontal.

O movimento é a composição de dois outros movimentos mais simples e que já foram estudados
anteriormente: o movimento retilíneo uniforme (na direção horizontal), e a queda livre (na vertical)
Pode-se imaginar dois movimentos simultâneos: um no eixo x (horizontal) e outro no eixo y (vertical).
Podemos aplicar as equações de cada um dos movimentos, com apenas uma variável em comum: o
tempo. O tempo decorrido para que o corpo alcance o solo na vertical é o mesmo com que ele descreve o
movimento na horizontal.
É importante observar que um corpo lançado horizontalmente e outro abandonado em queda livre, da
mesma altura e ao mesmo tempo atingem o solo no mesmo instante.

No movimento horizontal podemos usar a equação do M.R.U:

No movimento vertical podemos usar as equações da Queda livre:


LANÇAMENTO OBLÍQUO
O Lançamento oblíquo de projéteis acontece, quando a partir do solo, um corpo é lançado com uma
velocidade inicial (vo), inclinada de um determinado ângulo () com a horizontal.

Assim como o lançamento horizontal, este movimento também pode ser decomposto em dois outros
movimentos mais simples e que já foram estudados: o movimento retilíneo uniforme (na direção
horizontal), e o lançamento vertical. Um detalhe no entanto deve ser observado antes de ser usar as
fórmulas destes movimentos. Como a velocidade inicial é inclinada em relação à horizontal, só se pode
utilizar nas fórmulas do movimento horizontal a componente horizontal da velocidade e na vertical o
raciocínio é o mesmo. Então para utilizar-se as velocidades iniciais na horizontal (vox) e na vertical (voy),
deve-se efetuar o seu calculo, com base nos conhecimentos de vetores:

Com este cálculo efetuado, pode-se utilizar a equações dos movimentos mencionados:
No eixo x, movimento horizontal: movimento retilíneo uniforme:

No eixo y, movimento vertical: lançamento vertical:

Agora podemos observar algumas características do lançamento obliquo.


I-Tempo de movimento: O tempo de subida tS é o tempo que demora para o componente vertical de
velocidade se anular:

O tempo tS que a bola leva para subir é o mesmo que ela leva para descer (td), considerando que parte do
gramado e volta para ele. Logo, o tempo total T de movimento da bola será:

II-Altura máxima : A altura máxima que a bola atinge é o valor de ymáx, ou seja, é o valor de y para o
instante tS:

III-O alcance do lançamento : O alcance do lançamento também pode ser calculado e corresponde ao
valor de xmáx, ou seja, ao valor de x para o tempo total T de movimento da bola:

Relembrando uma relação trigonométrica bastante conhecida para sen (a+b) temos:

Assim, o alcance pode finalmente ser escrito como:


OBSERVAÇÕES:
 tempo t que aparece nas equações acima se refere somente a um dois dos movimentos do lançamento
horizontal: a subida ou a descida.
 Para se determinar a distância alcançada pelo objeto (ou alcance), deve-se utilizar a equação do
M.R.U., com um tempo igual a 2t.
 No ponto de altura máxima, apenas a componente vertical da velocidade é nula, não o sendo a
velocidade do corpo.
 Para ângulos complementares, o alcance é o mesmo.
 O alcance máximo é atingido quando o ângulo de lançamento é 45º.

Exercícios
1. (Ufpr 1995) Um jogador de futebol chutou uma bola no solo com velocidade inicial de módulo 15,0
m/s e fazendo um ângulo á com a horizontal. O goleiro, situado a 18,0 m da posição inicial da bola,
interceptou-a no ar. Calcule a altura em que estava a bola quando foi interceptada. Despreze a resistência
do ar e considere g = 10,0 m/s2, sen á = 0,600 e cos á = 0,800.

2. (Fei 1995) Uma esfera de aço de massa 200 g desliza sobre uma mesa plana com velocidade igual a 2
m/s. A mesa está a 1,8 m do solo. A que distância da mesa a esfera irá tocar o solo? Obs.: despreze o
atrito.
Considere g = 10 m/s2

a) 1,25 m
b) 0,5 m
c) 0,75 m
d) 1,0 m
e) 1,2 m

3. (Puccamp 1996) Um projétil é lançado numa direção que forma um ângulo de 45 ° com a horizontal.
No ponto de altura máxima, o módulo da velocidade desse projétil é 10 m/s. Considerando-se que a
resistência do ar é desprezível, pode-se concluir que o módulo da velocidade de lançamento é, em m/s,
igual a
a) 2,5 2
b) 5 2
c) 10
d) 10 2

e) 20

4. (Puccamp 1997) Um projétil é lançado segundo um ângulo de 30° com a horizontal, com uma
velocidade de 200 m/s. Supondo a aceleração da gravidade igual e 10 m/s2 e desprezando a resistência do
ar, o intervalo de tempo entre as passagens do projétil pelos pontos de altura 480 m acima do ponto de
lançamento, em segundos, é
DADOS:
sen 30° = 0,50
cos 30° = 0,87
a) 2,0
b) 4,0
c) 6,0
d) 8.0
e) 12

5. (Fei 1999) Um bombeiro deseja apagar um incêndio em um edifício. O fogo está a 10m do chão. A
velocidade da água é v=30m/s e o bombeiro segura a mangueira com um ângulo de 30° em relação ao
solo.
Obs. desprezar a altura da mangueira ao solo.
Qual é a distância máxima entre o bombeiro e o edifício?

a) x = 10 3m
b) x = 30 3 m
c) x = 10 2m
d) x = 30 2 m
e) x = 300 m

6. (Ufpi 2000) Uma bala de canhão é lançada com velocidade inicial, v0, fazendo um ângulo de 60° com
a direção horizontal, e descreve uma trajetória parabólica. O módulo da velocidade da bala no ponto mais
alto de sua trajetória é:
a) v0/2
b) 0
c) v0
d) 3v0/2
e) 2v0

7. (Pucsp 2000) Suponha que em uma partida de futebol, o goleiro, ao bater o tiro de meta, chuta a bola,
imprimindo-lhe uma velocidade v 0 cujo vetor forma, com a horizontal, um ângulo á. Desprezando a
resistência do ar, são feitas as afirmações a seguir.
I - No ponto mais alto da trajetória, a velocidade vetorial da bola é nula.
II - A velocidade inicial v 0 pode ser decomposta segundo as direções horizontal e vertical.
III - No ponto mais alto da trajetória é nulo o valor da aceleração da gravidade.
IV - No ponto mais alto da trajetória é nulo o valor v y da componente vertical da velocidade.
a) I, II e III
b) I, III e IV
c) II e IV
d) III e IV
e) I e II

8. (Ufpi 2001) Um projétil é lançado com velocidade inicial v0, fazendo um ângulo de 60° com a
superfície horizontal. No instante em que sua velocidade atinge v0/2, o ângulo entre o vetor velocidade e a
superfície horizontal é
a) 60°
b) 45°
c) 30°
d) 0,0°
e) -30°

9. (Ufpi 2003) Um projétil é lançado de uma altura de 2,2 metros acima do solo, com uma velocidade
inicial que faz um ângulo de 60° com a horizontal. O valor da aceleração da gravidade no local é igual a
10 m/s2 e o projétil atinge o solo com uma velocidade de 12 m/s. Podemos afirmar corretamente que sua
velocidade no ponto mais alto de sua trajetória tem módulo igual a:
a) 6,0 m/s.
b) 5,0 m/s.
c) 4,0 m/s.
d) 3,0 m/s.
e) 2,0 m/s.

10. (Ufrj 2003) Duas mesas de 0,80 m de altura estão apoiadas sobre um piso horizontal, como mostra a
figura a seguir. Duas pequenas esferas iniciam o seu movimento simultaneamente do topo da mesa: 1) a
primeira, da mesa esquerda, é lançada com velocidade V 0 na direção horizontal, apontando para a outra
esfera, com módulo igual a 4m/s; 2) a segunda, da mesa da direita, cai em queda livre.

Sabendo que elas se chocam no momento em que tocam o chão, determine:


a) o tempo de queda das esferas;
b) a distância x horizontal entre os pontos iniciais do movimento.

11. (Pucrs 2004) Uma bola rolou para fora de uma mesa de 80cm de altura e avançou horizontalmente,
desde o instante em que abandonou a mesa até o instante em que atingiu o chão, 80cm. Considerando g =
10m/s2, a velocidade da bola, ao abandonar a mesa, era de
a) 8,0m/s
b) 5,0m/s
c) 4,0m/s
d) 2,0m/s
e) 1,0m/s

12. (Unesp 2006) Uma esfera maciça A encontra-se em repouso na borda de uma mesa horizontal, a uma
altura h de 0,45m do solo. Uma esfera B, também maciça, desliza com uma velocidade de 4,0 m/s sobre a
mesa e colide frontalmente com a esfera A, lançando-a ao solo, conforme ilustra a figura.

Sendo uma colisão inelástica, a esfera B retorna na mesma direção de incidência com velocidade de 2,0
m/s em módulo e a esfera A toca o solo a uma distância 2h da borda da mesa.
Considerando g = 10 m/s2, calcule
a) a velocidade com que A foi lançada ao solo.
b) a razão mA/mB.

13. (Ufpr 2007) A figura a seguir ilustra um jogador de basquete no momento em que ele faz um
arremesso bem sucedido. A bola, ao ser arremessada, está a uma distância horizontal de 6,0 m da cesta e a
uma altura de 2,0 m em relação ao piso. Ela sai das mãos do jogador com uma velocidade de módulo 6
2 m/s fazendo um ângulo de 45° com a horizontal. A cesta está fixada a uma altura de 3,0 m em relação
ao piso. Desprezando a resistência do ar, determine:

a) a altura máxima atingida pela bola em relação ao piso.


b) o intervalo de tempo entre o instante em que a bola sai da mão do jogador e o instante em que ela
atinge a cesta.

14. (G1 - cftce 2007) Duas pedras são lançadas do mesmo ponto no solo no mesmo sentido. A primeira
tem velocidade inicial de módulo 20 m/s e forma um ângulo de 60° com a horizontal, enquanto, para a
outra pedra, este ângulo é de 30°. O módulo da velocidade inicial da segunda pedra, de modo que ambas
tenham o mesmo alcance, é:
DESPREZE A RESISTÊNCIA DO AR.
a) 10 m/s
b) 10 3 m/s
c) 15 m/s
d) 20 m/s
e) 20 3 m/s

15. (Ufal 2007) Uma pedra é atirada obliquamente com velocidade de 20 m/s, formando ângulo de 53 °
com a horizontal. Adote g = 10 m/s2, sen 53° = 0,80 e cos 53° = 0,60. O alcance horizontal, desde o
lançamento da pedra até retornar à altura do ponto de lançamento é, em metros,
a) 38
b) 44
c) 50
d) 58
e) 64

Gabarito:

Resposta da questão 1:
4,0 m.

Resposta da questão 2:
[E]

Resposta da questão 3:
[D]

Resposta da questão 4:
[B]

Resposta da questão 5:
[B]

Resposta da questão 6:
[A]

Resposta da questão 7:
[C]

Resposta da questão 8:
[D]

Resposta da questão 9:
[B]

Resposta da questão 10:


1
a) S  gt 2  0,8  5t 2  t  0,4s
2
b) S  V.t  S  4  0,4  1,6m

Resposta da questão 11:


[D]

Resposta da questão 12:


a) 3,0m/s
b) mA/mB = 2

Resposta da questão 13:


a) A figura mostra as componentes horizontal e vertical da velocidade inicial

Hmax  2  1,8  3,8m

b) O movimento na horizontal é UM, portanto:


S  V.t  6  6t  t  1,0s

Resposta da questão 14:


[D]

Resposta da questão 15:


[A]

Exercícios de aprofundamento

1 -Um aluno do CEFET em uma partida de futebol lança uma bola para cima, numa direção que forma
um ângulo de 60° com a horizontal. Sabendo que a velocidade na altura máxima é 20 m/s, podemos
afirmar que a velocidade de lançamento da bola, em m/s, será:
a) 10 b) 17 c) 20 d) 30 e) 40

2) Um caminhão se desloca em movimento retilíneo e horizontal, com velocidade constante de 20m/s.


Sobre sua carroceria, está um canhão, postado para tiros verticais, conforme indica a figura. A origem do
sistema de coordenadas coincide com a boca do canhão e, no instante t = 0, ele dispara um projétil, com
velocidade de 80m/s. Despreze a resistência do ar e considere g = 10m/s2. Determine o deslocamento
horizontal do projétil, até ele retornar à altura de lançamento, em relação ao solo.

a) 305m
b) 320m
c) 345m
d) 365m
e) 395m

3) Os quatro blocos, representados na figura com suas respectivas massas, são abandonados em um plano
inclinado que não apresenta atrito e termina voltado para a direção horizontal. Os blocos, ao deixarem a
plataforma, descrevem trajetórias parabólicas em queda livre e alcançam o solo, formando,
da esquerda para a direita, a sequência:
a) m; 5m; 2m; 3m
b) m; 2m; 3m; 5m
c) 3m; 2m; 5m; m
d) 3m; 5m; m; 2m
e) 5m; 3m; 2m; m
4) O famoso salto duplo twistcarpado de Daiane dos Santos foi analisado durante um dia de treinamento
no Centro Olímpico em Curitiba, através de sensores e filmagens que permitiram reproduzir a trajetória
do centro de gravidade de Daiane na direção vertical (em metros), assim como o tempo de duração do
salto. De acordo com o gráfico, determine:
a) A altura máxima atingida pelo centro de gravidade de Daiane.
b) A velocidade média horizontal do salto, sabendo-se que a distância percorrida nessa direção é de1,3m.
c) A velocidade vertical de saída do solo.

5- (Ufpe)Uma brincadeira de tiro ao alvo consiste em acertar, a partir do ponto O, uma pequena esfera de
ferro presa por um ímã, em P, como mostra a figura. No instante em que é feito um disparo, a esfera se
desprende, sendo eventualmente atingida durante a queda. Se um projétil é disparado a 100 m/s e acerta o
alvo, qual é a distância percorrida pelo alvo, em cm, antes que ele seja atingido? Despreze a resistência do
ar.
1.  
PQ H 6m P
OQ  D  8 m

Vo H

D
O Q

6-(Ufpe)Um projétil é lançado do solo, segundo um ângulo de 15° com a horizontal. Ele atinge um alvo
no solo, que se encontra a uma distância igual ao alcance máximo que o projétil teria se fosse lançado com
uma velocidade inicial de 15 m/s e ângulo de lançamento de 45°. Qual foi a velocidade de lançamento do
projétil, em m/s? Despreze a resistência do ar.

7 -(Ufpe) Numa partida de futebol, uma falta é cobrada de modo que a bola é lançada segundo um ângulo
de 30° com o gramado. A bola alcança uma altura máxima de 5,0 m. Qual é o módulo da velocidade inicial
da bola em km/h? Despreze a resistência do ar.

8-(Ufpe)Um projétil é lançado obliquamente no ar, com velocidade inicial v0 = 20 m/s, a partir do solo. No
ponto mais alto de sua trajetória, verifica-se que ele tem velocidade igual à metade de sua velocidade inicial.
Qual a altura máxima, em metros, atingida pelo projétil? (Despreze a resistência do ar.)

9-(Ufpe)Um pequeno bloco é arremessado do alto de uma escada que tem 99 degraus, com uma velocidade
v = 6,0m/s, conforme a figura. Cada degrau da escada possui 25cm de altura e 25cm de largura. Determine
o número do primeiro degrau a ser atingido pelo bloco.
33

10 –(Ufpe) O salto (parabólico) de um gafanhoto tem um alcance de 0,9 m. Considere que o ângulo de
inclinação do vetor velocidade inicial do gafanhoto seja de 45o em relação ao solo. Qual o módulo dessa
velocidade inicial em m/s?

11 - (UPE) Um projétil é disparado com velocidade escalar inicial Vo = 20,0 m/s, num terreno plano, em
um alvo que está no chão, a uma distância R = 20,0 m, conforme mostrado na figura. Considere g = 10,0
m/s2. O menor e o maior ângulo de lançamento que permitirão ao projétil atingir o alvo são,
respectivamente,
A) 15°, 45°.
B) 30°, 60°.
C) 40°, 80°.
D) 15°, 75°.
E) 75°, 30°

12 -Um atleta de tênis rebate uma bola, imprimindo uma velocidade inicial na mesma de 20 m/s e fazendo
um ângulo de 4° com a horizontal. De acordo com o posicionamento da bola na quadra (5 m de
afastamento horizontal da rede, 1 m de altura de lançamento), como mostra a figura, é correto afirmar que
(Dados: sen 4° = 0,07 e cos 4° = 1,0; altura da rede = 0,9 m).

A) a bola não consegue chegar à rede antes de quicar no saibro.


B) a bola bate diretamente na rede, não a ultrapassando.
C) a bola ultrapassa a rede, mas quica no saibro antes da rede.
D) a bola quica duas vezes no saibro antes de bater na rede.
E) a bola ultrapassa a rede de primeira.

13 - (UPE) Determinada jogada tem sido observada com frequência nos jogos recentes de futebol: o
arremesso lateral funcionando como um lançamento na grande área. Na copa do mundo, foi um lance
muito usado para criar chances de gol. Consideremos que os jogadores são de mesma altura de modo que
os pontos de lançamento e recepção estão no mesmo nível. As considerações seguintes referem-se à física
envolvida nessa jogada. Identifique a correta.
Identifique a correta:
a) A velocidade da bola, quando esta toca na cabeça do atacante, é menor do que a velocidade de
lançamento.
b) O ângulo de lançamento não influi no alcance. Tudo depende da força do arremessador.
c) Se o ângulo de lançamento for de 45º, a bola chegará ao atacante com velocidade maior que a do
lançamento.
d) O arremessador afasta-se da linha lateral e corre antes do lançamento com o objetivo exclusivo de
conseguir maior componente vertical da velocidade.
e) A corrida antes do lançamento não tem qualquer influência, pois o jogador tem de estar parado na hora
do arremesso.
14 - (Unicap) Um goleiro, ao bater um tiro de meta, chuta a bola com uma velocidade de módulo 90
km/h, formando um ângulo de 30o com a horizontal. Despreze a resistência do ar.
I – II
0 – 0 A componente vertical da velocidade inicial tem módulo igual a 45 km/h.
1 – 1 Quando a bola atinge a altura máxima, sua velocidade é horizontal e de módulo igual a 45 km/h.
2 – 2 A altura máxima que a bola atinge é 9,0 m.
3 – 3 O tempo que a bola gasta para atingir a altura máxima é de 2,5 s.
4 – 4 O alcance da bola é de 125 m.

15- Uma esfera de aço de massa 200g desliza sobre uma mesa plana com velocidade igual a 2m/s. A mesa
está a 1,8m do solo. A que distância da mesa a esfera irá tocar o solo? Obs.: despreze o atrito. Considere g
= 10 m/s2.

a) 1,25m b) 0,5m c) 0,75m d) 1,0m e) 1,2m

16 - Um jogador de futebol chutou uma bola no solo com velocidade inicial de módulo 15,0m/s e
fazendo um ângulo  com a horizontal. O goleiro, situado a 18,0m da posição inicial da bola, interceptou-
a no ar. Calcule a altura em que estava a bola quando foi interceptada. Despreze a resistência do ar e
considere g=10m/s2,sen=0,6 e cos=0,8.

17 - Um projétil é atirado com velocidade de 40m/s, fazendo ângulo de 37° com a horizontal. A 64m do
ponto de disparo, há um obstáculo de altura 20m. Adotando g=10m/s 2, cos37° = 0,80 e sen37° = 0,60,
pode-se concluir que o projétil
a) passa à distância de 2,0 m acima do obstáculo.
b) passa à distância de 8,0 m acima do obstáculo.
c) choca-se com o obstáculo a 12 m de altura.
d) choca-se com o obstáculo a 18 m de altura.
e) cai no solo antes de chegar até o obstáculo.

18 -Um jogador de tênis quer sacar a bola de tal forma que ela caia na parte adversária da quadra, a 6
metros da rede. Qual o inteiro mais próximo que representa a menor velocidade, em m/s, para que isto
aconteça? Considere que a bola é lançada horizontalmente do início da quadra, a 2,5m do chão, e que o
comprimento total da quadra é 28m, sendo dividida ao meio por uma rede. Despreze a resistência do ar e
as dimensões da bola. A altura da rede é 1m.

19 - Uma bola é lançada verticalmente para cima, com velocidade de 18 m/s, por um rapaz situado em
carrinho que avança segundo uma reta horizontal, a 5,0 m/s. Depois de atravessar um pequeno túnel, o
rapaz volta a recolher a bola, a qual acaba de descrever uma parábola, conforme a figura. Despreza-se a
resistência do ar e g=10m/s2. A altura máxima h alcançada pela bola e o deslocamento horizontal x do
carrinho, valem, respectivamente:
a) h = 16,2 m; x = 18,0 m
b) h = 16,2 m; x = 9,0 m
c) h = 8,1 m; x = 9,0 m
d) h = 10,0 m; x = 18,0 m
20 - Um corpo de massa 1,0 kg é lançado obliquamente, a partir do solo, sem girar. O valor da
componente vertical da velocidade, no instante do lançamento, é 4,0 m/s e o valor da componente
horizontal é 5,0m/s. Supondo que o corpo esteja sujeito exclusivamente à ação da gravidade, determine:
a) a altura máxima atingida;
b) o alcance.

21 -Um projétil é lançado segundo um ângulo de 30° com a horizontal, com uma velocidade de 200m/s.
Supondo a aceleração da gravidade igual e 10m/s2 e desprezando a resistência do ar, o intervalo de tempo
entre as passagens do projétil pelos pontos de altura 480 m acima do ponto de lançamento, em segundos,
é DADOS: sen 30° = 0,50; cos 30° = 0,87

a) 2,0 b) 4,0 c) 6,0 d) 8.0 e) 12

22 -Um projétil é lançado numa direção que forma um ângulo de 45° com a horizontal. No ponto de
altura máxima, o módulo da velocidade desse projétil é 10 m/s. Considerando-se que a resistência do ar é
desprezível, pode-se concluir que o alcance será de quantos metros?

23 - Um corpo é lançado horizontalmente do alto de uma torre e atinge o solo horizontal com velocidade
de 37,5m/s formando 53° com a horizontal. A altura da torre é de: Obs.: Despreze as resistências ao
movimento. Dados: g=10m/s2, cos 53°=0,6 e
sen 53°=0,8.
a) 20 m b) 30 m c) 40 m d) 45 m e) 50 m

24 - -Um motociclista de motocross move-se com velocidade v =10m/s, sobre uma superfície plana, até
atingir uma rampa (em A), inclinada de 45° com a horizontal, como indicado na figura. A trajetória do
motociclista deverá atingir novamente a rampa a uma distância horizontal D (D=H), do ponto A,
aproximadamente igual a
a) 20 m b) 15 m c) 10 m d) 7,5 m e) 5 m

25 - Um avião solta uma bomba quando voa com velocidade constante e horizontal de 200 m/s, à altura
de 500 m do solo plano e também horizontal. Se g = 10 m·s −2 e sendo desprezível a resistência do ar, a
distância em metros entre a vertical, que contém o ponto de lançamento, e o ponto de impacto da bomba
no solo será:
a) 5,0 · 102
b) 1,0 · 103
c) 2,0 · 103
d) 1,0 · 104
e) 2,0 · 104

Gabarito

1. E
2. B
3. C
4. a) 1,52m, b) 1,2m/s, c) 5,5m/s;
5. 05
6. 21
7. 72
8. 05
9. 33
10. 03
11. D
12. A
13. A
14. VFFFF
15. E
16. 2,25
17. B
18. 28m/s
19. A
20. A)0,8m , b) 4m
21. B
22. 20m
23. D
24. A
25. C
26.