Você está na página 1de 2

MERCANTILISMO 1

5 -MERCANTILISMO
1. HISTÓRICO

Após o fim da Idade Média um novo sistema


econômico tem seu início. Durante o
feudalismo, as riquezas de um indivíduo eram
medidas pelo tamanho de suas terras, com o .
advento do mercantilismo, a produção
artesanal e o comércio passaram a movimentar
a economia, visava alcançar o máximo possível Colbertismo ou Balança Comercial Favorável –
de desenvolvimento econômico, por meio do
A balança comercial favorável é também
acúmulo de riquezas. A economia com base na
chamada de colbertismo. Recebeu este nome
troca de produtos agrícolas foi substituída aos
por causa do ministro de finanças franças de
poucos pela economia com base na troca de
nome Jean-Baptiste Colbert, o qual foi o
mercadorias por dinheiro, o que tornou
principal impulsionador das ideias
necessário aumentar a quantidade de moedas
mercantilistas em seu país e permaneceu 22
em circulação na Europa.
anos à frente das práticas econômicas na
A origem de tal prática econômica reside no França. A medida caracteriza-se por fazer com
momento em que a Europa passava por grande que o Estado exportasse mais do que
escassez de metais preciosos, ou seja, ouro e importasse, mantendo, assim, a chamada
prata. Faltava dinheiro para atender às balança comercial favorável, que consistia no
demandas do comércio. Naquela época, havia a esforço do país para exportar mais do que
crença de que a riqueza das nações estava na importar, assim mais moedas entrariam do que
quantidade de ouro e prata que tinha sairiam, favorecendo a situação financeira
acumulado. Por sinal, o principal objetivo de daquele país.
portugueses e espanhóis no continente
O governo incentivava o desenvolvimento das
americano no século XVI era descobrir fontes
indústrias em seus territórios, pois exportar
de ouro e prata. Mas, como aconteceu na
manufaturas rendia bons lucros.
América, nem sempre era possível achar fontes
diretas de metal precioso para abastecimento
dos cofres dos Estados europeus. Então, a saída
era acumular ouro e prata através do comércio,
que recebeu uma série de características para
atender essa necessidade.

2. CARACTERÍSTICAS
Metalismo ou Bulionismo –consistia no
acúmulo de metais preciosos (ouro e prata). A
base maior do Mercantilismo, correspondia a
esse acúmulo de metais preciosos

www.cursounipre.com.br Preparatório para Concursos Militares


(21) 4101-1013 ESPCEx
MERCANTILISMO 2

Protecionismo Alfandegário Mercantilismo Comercial e Marítimo


Para estimular a indústria nacional e evitar a O advento das grandes navegações foi
saída de moedas para outros países, o governo fundamental para modificar as noções de
criava vários impostos e taxas, tentando evitar mundo dos povos europeus, que passaram a
a entrada de produtos vindos do exterior. Isso usufruir ao máximo de seus recursos. Assim, a
era chamado de Protecionismo Alfandegário. economia recebeu novas características com o
objetivo de enriquecimento dos Estados
Nacionais Modernos. No acúmulo de riquezas
O Pacto Colonial provenientes do comércio marítimo, as grandes
Estipulava que as colônias europeias deveriam navegações impulsionaram grandes
fazer comércio apenas com suas metrópoles. capacidades comerciais, permitindo comprar,
Eles abusavam da tática de “vender caro e vender e negociar produtos em diferentes
comprar barato”, inclusive no ciclo econômico lugares, proporcionando o aumento de escalas
do açúcar, que ocorreu no Brasil Colonial. na economia.

As colônias de exploração desempenhavam um


grande papel nesta época, pois a riqueza de um 3. CONCLUINDO
país na Europa estava diretamente ligada à
quantidade de colônias que ela possuía para a
exploração. O Mercantilismo é a prática econômica típica da
Idade Moderna e é marcado, sobretudo, pela
intervenção do Estado na economia. Durante
Intervenção do Estado na Economia aproximadamente três séculos foi a prática
econômica principal adotada pelos países
O rei absolutista determinava a quantidade de
europeus, o que só seria quebrado com o
impostos e controlava o mercado. Os Estados
questionamento sobre a interferência do
ricos e com economias mais solidificadas
Estado na economia e o consequente advento
impunham rígidas normas para defender seus
das ideias liberais. Em resumo, o Mercantilismo
interesses. O consumo interno era controlado
era o conjunto de ideias econômicas que
por práticas protecionistas que também se
considerava a riqueza do Estado baseada na
empenhavam em desenvolver indústrias locais.
quantidade de capital que teriam guardado em
Enquanto isso, a colonização se encarregava de
seus cofres.
explorar novos territórios para garantir o
acesso a matérias-primas e um canal para o
escoamento dos produtos gerados nas
metrópoles.

www.cursounipre.com.br Preparatório para Concursos Militares


(21) 4101-1013 ESPCEx