Você está na página 1de 41

Filtros Digitais FIR (Finite Impulse Response)

Prof. Juan Mauricio Villanueva jmauricio@cear.ufpb.br www.cear.ufpb.br/juan

Filtros FIR (Finite Impulse Response)

Para um sistema FIR de ordem M

Impulse Response) • Para um sistema FIR de ordem M • Com função de transferência •

Com função de transferência

Impulse Response) • Para um sistema FIR de ordem M • Com função de transferência •

E resposta ao impulso

Impulse Response) • Para um sistema FIR de ordem M • Com função de transferência •

Estrutura FIR: Forma Direta I

Estrutura FIR: Forma Direta I 3
Estrutura FIR: Forma Direta I 3

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier

Para uma resposta ideal de um filtro passa-baixo

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier • Para uma resposta ideal de um filtro
Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier • Para uma resposta ideal de um filtro
Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier • Para uma resposta ideal de um filtro
Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier • Para uma resposta ideal de um filtro

5

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier Função de Transferência: Simetria 6

Função de Transferência:

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier Função de Transferência: Simetria 6

Simetria

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier

Função de Transferência (simetria):

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier Função de Transferência (simetria): 7
Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier Função de Transferência (simetria): 7
Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier Função de Transferência (simetria): 7

Projeto de Filtros FIR por Transformada de Fourier

8
8

Exemplo 1

Calcular os coeficientes do Filtro Passa-Baixo FIR com 3- tap, com frequência de corte 800 Hz e frequência de amostragem 8000 amostras/s

  

c

2

f

c

f

s

2

1

M  

3

2

 

tap

Para

n

0

 

Para

n

0

 

800

8000

h

(0)

h n

(

)

5

rad

c

sin

c

n

n

sin 0.2

n

n

Exemplo 1

Exemplo 1 10
Exemplo 1 10
Exemplo 1 10

Exemplo 1

Resposta em Frequência

Exemplo 1 • Resposta em Frequência 11
Exemplo 1 • Resposta em Frequência 11
Exemplo 1 • Resposta em Frequência 11
Exemplo 1 • Resposta em Frequência 11

Exemplo 1

Em genal, o filtro FIR com coeficientes simétricos têm uma resposta de Fase Linear, dado por

Exemplo 1 • Em genal, o filtro FIR com coeficientes simétricos têm uma resposta de Fase
Exemplo 1 • Em genal, o filtro FIR com coeficientes simétricos têm uma resposta de Fase

Magnitude e Fase

Exemplo 1

• Magnitude e Fase Exemplo 1 13
• Magnitude e Fase Exemplo 1 13

Exemplo 1

Exemplo 1 14
Exemplo 1 14

14

Exemplo 1

fc = 800; fs = 8000; M = 1; tap = 2*M+1; omega = 0:0.001:pi; hertz = omega*fs/(2*pi) moduloH = 20*log10(abs(0.2+0.3742*cos(omega))); for i = 1:length(omega) if (0.2+0.3742*cos(omega(i)))>0 faseH(i) = -M*omega(i); elseif (0.2+0.3742*cos(omega(i)))<0 faseH(i) = -M*omega(i)+pi;

end

end figure plot(hertz,moduloH) axis([0 4000 -80 0]),grid figure plot(hertz,faseH*180/pi), grid

Exemplo 1

Magnitude e Fase

0 -10 -20 -30 -40 -50 -60 -70 -80 0 500 1000 1500 2000 2500
0
-10
-20
-30
-40
-50
-60
-70
-80
0
500
1000
1500
2000
2500
3000
3500
4000
Hz
|H| dB
60 40 20 0 -20 -40 -60 -80 -100 -120 -140 0 500 1000 1500
60
40
20
0
-20
-40
-60
-80
-100
-120
-140
0
500
1000
1500
2000
2500
3000
3500
4000
Hz
grados

Para M = 1

Para M = 8

Exemplo 1

tap)

(2M + 1 = 17 tap)

(2M + 1 = 3

• Para M = 1 • Para M = 8 Exemplo 1 tap) (2 M +

17

Exemplo 2

Calcular os coeficientes do Filtro Passa-Faixa FIR com 5-

2000 Hz, frequência

de corte superior 2400, e frequência de amostragem 8000

tap, com frequência de corte inferior

amostras/s

2

1

M  

  

L

2

H

2

 

5

f

tap

L

2

 

f

s

2000

8000

f

H

f

s

2

 

2400

8000

2

3

rad

rad

5

h n

(

)

 

H

L

sin

 

H

n

 

sin



L

n

n 0

n

0

 

2

n

2

18

Exemplo 2

Calculo dos coeficientes:

Exemplo 2 • Calculo dos coeficientes: 19

Exemplo 2

Função de Transferência:

Exemplo 2 • Função de Transferência: • Resposta em Frequência: H H e H H jx

Resposta em Frequência:

Função de Transferência: • Resposta em Frequência: H H e H H jx   

H

H

e

H

H

jx

 

e

e

j

j

0.09355

 

j

2

0.01558

e

e

j

2



j

 

j

2

e

j



e

e

0.01558

0.1

0.09355

0.01558

0.1

 

j

3

e

0.01558

0.09355

e

 

j

4



j

e

0.09355

e

e

jx

2cos( )

x

 

e

j

e

 

e

j

e

j 2

j

2

0.09355(

e

j

2

e

 

j

2

)

 

e

0.1871cos(2) 0.10.03116cos()

0.1

0.01558(

j

e



j

)

 

j

2

Exemplo 2

Magnitude e Fase

H

e

j

e

j 2

0.1871cos(2

)

 

0.1

0.03116cos(

)

H

e

j

H e

j

0.1871cos(2

2



 

2

si

si

 

0.1

)

0.03116cos(

)

)

 

0.1871cos(2

0.1871cos(2

 

 

)

0.1

0.1

 

0.03116cos(

0.03116cos(

)

 

)



0

0

Não é possível exibir esta imagem no momento.

Não é possível exibir esta imagem no momento.

21

Projeto de Filtros FIR pelo Método de Janelas

Se realiza o truncamiento da resposta ao impulso ideal h[n] por uma janela w[n]:

Multiplicação em tempo discreto

resposta ao impulso ideal h [ n ] por uma janela w [n]: Multiplicação em tempo

Convolução na Frequência

resposta ao impulso ideal h [ n ] por uma janela w [n]: Multiplicação em tempo
resposta ao impulso ideal h [ n ] por uma janela w [n]: Multiplicação em tempo
resposta ao impulso ideal h [ n ] por uma janela w [n]: Multiplicação em tempo

Projeto de Filtros FIR pelo Método de Janelas

Características das Funções que caracterizam Janelas

JANELAS

 

M n M

 

Boxcar

 

w[n] 1

 

Blackman

[

w n

]

0.42

0.5 cos

n

 



 

M

0.08 cos

2

 

n 

M

   

n

Barlett

 

[

w n

]

1

 

M

 

Hanning

 

[

w n

]

0.5

0.5 cos

n 

M

 

 

Hamming

[

w n

]

0.54

0.46 cos

n 

M

 

 

Projeto de Filtros FIR pelo Método de Janelas

Processo de Projeto:

1. Obter os coeficientes do Filtro FIR utilizando o Método da Transformada de Fourier

2. Multiplicar os Coeficientes do Filtro FIR pela sequência da janela selecionada

h

w

(

n

)

h n w n

(

)

(

)

3. Aplicar o atraso à resposta truncada

b

n

h

w

n M

( )

Para

n

n M

,

,0,1,

,

M

h

w

(

0,1,

n

)

de M amostras

,2

M

Exemplo 3

Projetar um filtro FIR passa-baixo de 3-tap, com frequência de corte de 800 Hz e frequência de amostragem 8000 amostras/s, utilizando a janela de Hamming.

  

c

2

f

c

f

s

2

1

M  

3

2

 

tap

Para

n

0

 

Para

n

0

 

800

8000

h

(0)

h n

(

)

5

rad

c

sin

c

n

n

sin 0.2

n

n

Exemplo 3

Calculo dos coeficientes do filtro FIR

Exemplo 3 • Calculo dos coeficientes do filtro FIR 26

Exemplo 3

Calculo dos coeficientes da Janela de Hamming

Exemplo 3 • Calculo dos coeficientes da Janela de Hamming 27

Exemplo 3

Multiplicando os coeficientes do filtro FIR com os coeficientes da Janela de Hamming

• Exemplo 3 Multiplicando os coeficientes do filtro FIR com os coeficientes da Janela de Hamming
• Exemplo 3 Multiplicando os coeficientes do filtro FIR com os coeficientes da Janela de Hamming
• Exemplo 3 Multiplicando os coeficientes do filtro FIR com os coeficientes da Janela de Hamming

Exemplo 3

Atrasando a resposta truncada

Exemplo 3 • Atrasando a resposta truncada por M = 1 • Função de Transferência H

por M = 1

Exemplo 3 • Atrasando a resposta truncada por M = 1 • Função de Transferência H
Exemplo 3 • Atrasando a resposta truncada por M = 1 • Função de Transferência H
Exemplo 3 • Atrasando a resposta truncada por M = 1 • Função de Transferência H
Exemplo 3 • Atrasando a resposta truncada por M = 1 • Função de Transferência H

Função de Transferência

H(z)

b

 

0

bz

1

1

2

b z

2

a resposta truncada por M = 1 • Função de Transferência H ( z ) b

Exemplo 3

Resposta em Frequência

Exemplo 3 • Resposta em Frequência 30
Exemplo 3 • Resposta em Frequência 30

Comparação da Resposta em Frequência

Comparação da Resposta em Frequência 31

Especificações de Projeto de Filtros FIR Passa- Baixo Usando a Janela de Hamming

Especificaciones de la Respuesta en Frecuencia

Hamming • Especificaciones de la Respuesta en Frecuencia • Banda de Transición Normalizada f  

Banda de Transición Normalizada

f

 

f

f

stop

pass

 

f

s

Especificações de Projeto de Filtros FIR Passa- Baixo Usando a Janela de Hamming

O comprimento do Filtro é dada por

a Janela de Hamming • O comprimento do Filtro é dada por • Ripple na banda

Ripple na banda passante

do Filtro é dada por • Ripple na banda passante • Ripple na banda de parada

Ripple na banda de parada

por • Ripple na banda passante • Ripple na banda de parada • Frequência de Corte

Frequência de Corte

f

c

f

pass

f

stop

2

por • Ripple na banda passante • Ripple na banda de parada • Frequência de Corte

Especificações de Projeto de Filtros FIR Passa- Baixo

Especificações de Projeto de Filtros FIR Passa- Baixo 34

Exemplo 4

Projetar um filtro FIR passa-baixo, utilizando a janela rectangular, com as seguintes especificações:

a janela rectangular, com as seguintes especificações: f s  8000 amostras / seg • Banda

f

s

8000

amostras

/

seg

Banda de transição normalizada

rectangular, com as seguintes especificações: f s  8000 amostras / seg • Banda de transição

Exemplo 4

Usando uma janela rectangular, o Ripple na banda passante é de 0.74 dB e a atenuação na banda de parada é de 21 dB

é de 0.74 dB e a atenuação na banda de parada é de 21 dB •

A seleção de esta janela satisfaz os requerimentos de ripple na banda passante de 1 dB e atenuação na banda de parada de 20 dB.

Exemplo 4

O comprimento do Filtro é:

Exemplo 4 • O comprimento do Filtro é: • É escolhido um valor maior N =25

É escolhido um valor maior N=25 para garantir as especificações do projeto.

Frequência de Corte

f

c

1850

2150

2

2000

Hz

Exemplo 4

O comprimento do Filtro 25-tap

Frequência de Corte fc = 2000 Hz

Frequência de amostragem fs = 8000 amostras/s

Janela Rectangular

Projetar o Filtro FIR passa-baixo usando o método de janelas

Exemplo 4

Frequência de corte normalizada

  

c

2

f

c

f

s

2

 

2

M 12

1

M  

25

12

12

n

tap

Para

n

0

 

Para

n

0

 

2000

8000

h

(0)

h n

(

)

2

rad

c

sin

c

n

n

sin 0.5

n

n

Exemplo 4

Calculo dos coeficientes (M=12)

h

(0)

0.5

h

(1)

0.3183

h

(

1)

h

(2)

0

h

(

2)

h

(3)



0.106

h

(

3)

h

(4)

0

h

(

4)

h

(5)

0.0636

h

(

5)

h

(6)

0

h

(

6)

h

(7)



0.0454

h

(

7)

h

(8)

0

h

(

8)

h

(9)

0.0353

h

(

9)

h

(10)

0

h

(

10)

h

(11)



0.0289

h

(

11)

h

(12)

0

h

(

12)

10) h (11)  0.0289  h (  11) h (12)  0  h
10) h (11)  0.0289  h (  11) h (12)  0  h
10) h (11)  0.0289  h (  11) h (12)  0  h

Exemplo 4

fc = 2000; fs = 8000; M= 12; tap = 2*M+1;

i=1;

for n=-12:12 if n==0

h(i)=(pi/2)/pi;

else

20 0 -20 -40 -60 0 500 1000 1500 2000 2500 3000 3500 4000 Frequency
20
0
-20
-40
-60
0
500
1000
1500
2000
2500
3000
3500
4000
Frequency (Hz)
0
-500
-1000
-1500
0
500
1000
1500
2000
2500
3000
3500
4000
Phase (degrees)
Magnitude (dB)

h(i)=sin(0.5*pi*n)/(n*pi);

Frequency (Hz)

end

i= i+1;

end

freqz(h,1,tap,fs)