Você está na página 1de 27

EXERCÍCIOS SOBRE MOVIMENTO UNIFORME

EXERCÍCIOS DE FÍSICA
Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre Movimento Uniforme e
veja a resolução comentada.Publicado por: Frederico Borges de Almeida
 COMPARTILHE



http:/ / brasilesco.l

 CURTIDAS
79

QUESTÃO 1
Um móvel com velocidade constante percorre uma trajetória retilínea à qual
se fixou um eixo de coordenadas. Sabe-se que no instante t0 = 0, a posição
do móvel é x0 = 500m e, no instante t = 20s, a posição é x = 200m.
Determine:

a. A velocidade do móvel.
b. A função da posição.
c. A posição nos instantes t = 1s e t = 15s.
d. O instante em que ele passa pela origem.

Ver Resposta

QUESTÃO 2
Dois carros A e B encontram-se sobre uma mesma pista retilínea com
velocidades constantes no qual a função horária das posições de ambos
para um mesmo instante são dadas a seguir: xA = 200 + 20.t e xB = 100 +
40.t. Com base nessas informações, responda as questões abaixo.

a. É possível que o móvel B ultrapasse o móvel A? Justifique.


b. Determine o instante em que o móvel B alcançará o móvel A, caso este
alcance aconteça.
Ver Resposta

QUESTÃO 3
A função horária do espaço de um carro em movimento retilíneo uniforme é
dada pela seguinte expressão: x = 100 + 8.t. Determine em que instante
esse móvel passará pela posição 260m.

Ver Resposta

QUESTÃO 4
O gráfico a seguir representa a função horária do espaço de um móvel em
trajetória retilínea e em movimento uniforme.

Com base nele, determine a velocidade e a função horária do espaço deste


móvel.

Ver Resposta

QUESTÃO 5
Um móvel em M.R.U gasta 10h para percorrer 1100 km com velocidade
constante. Qual a distância percorrida após 3 horas da partida?

Ver Resposta

RESPOSTAS
Questão 1
A velocidade do móvel
v = Δs/Δt
v = (200-500)/(20-0)
v = -300/20
v = -15m/s (velocidade negativa implica em movimento retrógrado)

A função da posição
x = x0 + v.t
x = 500 - 15t

A posição nos instantes t = 1s e t = 15s

Para t = 1s temos:
x = 500 - 15.1
x = 500 – 15
x = 485m

Para t = 15s temos:


x = 500 – 15.15
x = 500 – 225
x = 275m

O instante em que ele passa pela origem

para x = 0 temos que:


0 = 500 – 15.t
15.t = 500
t = 500/15
t = 33,3 s em valor aproximado.

Voltar a questão

Questão 2
a) Sim, pois a posição do móvel B é anterior a de A, e B possui uma
velocidade constante maior que a de A; estando eles em uma mesma
trajetória retilínea dentro de um intervalo de tempo Δt, B irá passar A.

b) xA = xB
200 + 20.t = 100 + 40.t
40.t - 20.t = 200 - 100
20.t = 100
t = 100/20
t = 5s

Voltar a questão

Questão 3
x = 100 + 8.t
260 = 100 + 8.t
8.t = 160
t = 160/8
t = 20s

Voltar a questão

Questão 4
v = Δs/Δt
v = (250 – 50)/(10 - 0)
v = 200/10
v = 20m/s – velocidade

x = xo+ v.t
x = 50 + 20.t

Voltar a questão

Questão 5
V = S/t
V = 1100/10
V = 110km/h

 110 = S/3
S = 330 km.
Questão 1
(FMTM MG/2005) Partículas ejetadas de núcleos são observadas no
laboratório pela impressão que deixam nas chapas fotográficas de
seus detectores. Uma partícula, movendo-se à velocidade de 0,995 c,
produz um rastro de 1,25 mm. O tempo correspondente ao rastro
deixado é, em segundos, aproximadamente igual a:
Dado: c = 3 × 105 km/s = 3 x 108 m/s
a) 5 × 10-11.
b) 2 × 10-11.
c) 6 × 10-12.
d) 4 × 10-12.
e) 3 × 10-12.
ver resposta

 Questão 2
(Fatec SP/2003) Um carro faz uma viagem de São Paulo ao Rio. Os
primeiros 250 km são percorridos com uma velocidade média de 100
km/h. Após uma parada de 30 minutos para um lanche, a viagem é
retomada, e os 150 km restantes são percorridos com velocidade
média de 75 km/h.

A velocidade média da viagem completa foi, em km/h:

a) 60

b) 70

c) 80

d) 90

e) 100
ver resposta

 Questão 3

Ao passar pelo km 115 de uma rodovia, o motorista lê este anúncio: “


Posto de abastecimento e restaurante a 12 minutos”. Se esse posto
de serviços está localizado no km 130, qual é a velocidade média
prevista para que se faça esse percurso?
ver resposta

 Questão 4

Deduza a função horária do movimento uniforme.


ver resposta

Respostas

 Resposta Questão 1
Letra d)
Como a velocidade (v) da partícula é de 0,995c, temos que v = 0,995 x
3 . 108= 2,99 x 108 m/s. Podemos considerar a velocidade da partícula
constante. Logo,
v = d/t
2,99 x 108 = 1,25 x 10-3 / t. Logo t = 1,25 x 10-3 / 2,99 x 108
t = 0,4 x 10-11s = 4 x 10-12s
voltar a questão

 Resposta Questão 2
Letra c)
Sabemos, pelos dados do exercício, que a distância total entre São
Paulo e Rio é: d = 250 + 150
d = 400 km.
Para os primeiros 250 km temos: 100 = 250/t1. Logo t1 = 250/100
t = 2,5h
Para os 150 km restantes temos: 75 = 150/t2
t2 = 150/75. Logo t2 = 2 h.
Chamando o tempo em que o carro ficou parado para o lanche de tp,
temos: tp = 30 min = 0,5 h. O tempo total (T) de viagem será: T = t1 +
t2 + tp. Então:
T = 2,5 + 2 + 0,5 = 5 h.
A velocidade média em toda a viagem então será:
Vm = 400/5
Vm = 80 km/h
voltar a questão

 Resposta Questão 3
A variação de tempo será : Δt = 12 min = 12/60 = 1/5h = 0,2h
ΔS= 130 – 115 = 15 km
temos que:
Vm = ΔS/Δt, logo podemos ver que: Vm = 15/0,2, logo Vm = 75km/h
voltar a questão

 Resposta Questão 4
Inicialmente vamos considerar a fórmula da velocidade média: v =
ΔS/Δt = S – Si / t – ti
Considerando ti = 0. Logo: v = S – Si / t .
Multiplicando ambos os lados por t, obtemos: vt = S- Si, logo temos:
S = Si + vt
Que é a função horária dos espaços do movimento uniforme.
voltar a questão

Voltar a questão
Faça os exercícios sobre movimento uniforme e prepare-se para as provas de Física
do Vestibular e do Enem. \ A respostas você encontra ao final.

1 – (UFPE) A escadarolante de uma galeria comercial liga os pontos A e B em


pavimentosconsecutivos a uma velocidade ascendente constante de 0,5 m/s,
conformemostrado na figura. Se uma pessoa consegue descer contra o sentido
demovimento da escada e leva 10 segundos para ir de B até A, pode-seafirmar que
sua velocidade, em relação à escada, foi em m/s igual a:

a) 0,0

Quer entrar na Faculdade com ENEM? Clique aqui e conheça o Descomplica

b) 0,5

c) 1,0

d) 1,5

e) 2,0

2 – (PUC-MG) Umhomem, caminhando na praia, deseja calcular sua velocidade. Para


isso,ele conta o número de passadas que dá em um minuto, contando umaunidade a
cada vez que o pé direito toca o solo, e conclui que são 50passadas por minuto. A
seguir, ele mede a distância entre duas posiçõessucessivas do seu pé direito e
encontra o equivalente a seis pés.Sabendo que três pés correspondem a um metro,
sua velocidade, supostaconstante, é:

a) 3 km/h

b) 4,5 km/h

c) 6 km/h

d) 9 km/h
e) 10 km/h

3 – (PUC-MG)Quando navega a favor da correnteza, um barco desenvolve 40


km/h;navegando contra, faz 30 km/h. Para ir de A até B, pontos situados namesma
margem, gasta três horas menos que na volta. A distância entre Ae B é de:

a) 360 km

b) 420 km

c) 240 km

d) 300 km

e) 180 km

4 – (FMU) Você vaipara a faculdade com a velocidade média de 30 km/h e volta com
avelocidade média de 20 km/h. Para ir e voltar gastando o mesmo tempo,sua
velocidade média deveria ser

a) 25 km/h

b) 50 km/h

c) 24 km/h

d) 10 km/h

e) 48 km/h

5 – (PUC-PR) Umautomóvel percorre um certo trecho com velocidade escalar média


de 40km/h e depois volta pelo mesmo trecho com velocidade escalar média de60
km/h. Sua velocidade escalar média no trajeto de ida e volta foi, emkm/h, igual a:

a) 48

b) zero

c) 40

d) 50

e) 60

6 – (PUC-PR) Umautomóvel parte de Curitiba com destino a Cascavel com velocidade


de 60km/h. 20 minutos depois parte outro automóvel de Curitiba com o mesmodestino
à velocidade 80 km/h.
Depois de quanto tempo o 2 automóvel alcançará o 1?

a) 60 min

b) 70 min

c) 80 min

d) 90 min

e) 56 min

7 – (UFPE) umatleta caminha com uma velocidade de 150 passos por minuto. Se
elepercorrer 7,20 km em uma hora, com passos de mesmo tamanho, qual
ocomprimento de cada passo?

Aceleração da gravidade: 10 m/s^2

Densidade da água: 1,0 x 10^3 kg/m^3

Constante universal dos gases: R = 8,31 J/mol.K

Pressão atmosférica: 1,0 x 10^5 Pa

a) 40,0 cm

b) 60,0 cm

c) 80,0 cm

d) 100 cm

e) 120 cm

8 – (UFCE) Doisveículos, A e B, se movem ao longo de uma estrada horizontal e reta


esuas posições variam com o tempo conforme o gráfico mostrado abaixo.

Sobre o movimento de A e B podemos afirmar:

a) no instante de tempo t = t_o as velocidades dos dois veículos são iguais;


b) A e B percorrem uma mesma distância entre os instantes t = 0 e t =t_o ;

c) no instante de tempo t = t_o A e B encontram-se igualmente afastados da posição x


= 0;

d) no instante de tempo t = t_o a aceleração de A é maior do que a aceleração de B;

e) em qualquer instante de tempo a velocidade de B é maior do que a velocidade de A.

9 – (UERJ) Uma estrada recém-asfaltada entre duas cidades é percorrida de carro,


durante uma hora e meia, sem parada.

A extensão do percurso entre as cidades é de, aproximadamente:

a) 10^3 m

b) 10^4 m

c) 10^5 m

d) 10^6 m

10 – (UFRRJ) “Maurice Greene, o homem mais rápido do Planeta”.

Ex-vendedor de hambúrguer bate o recorde mundial dos 100 metros em Atenas.

Não faz muito tempo, Maurice Greene eraum dos muitos adolescentes americanos
que reforçavam o orçamentofamiliar vendendo hambúrgueres em Kansas City, sua
cidade. Mas ele jácorria desde os 8 anos e não demorou a descobrir sua
verdadeiravocação. Trocou a lanchonete pela pista de atletismo e ontem se tornouo
homem mais rápido do planeta ao vencer os 100 metros do meeting deAtenas, na
Grécia, estabelecendo um novo recorde mundial para a prova.Greene, de 24 anos,
correu a distância em 9s 79, superando em cincocentésimos de segundo a marca
anterior (9s 84), que pertencia aocanadense Dono Van Bailey desde a final olímpica
de Atlanta, em julhode 1996. Jamais um recordista conseguira tal diferença desde a
adoçãoda cronometragem eletrônica, em 1978.

GLOBO: 17 de junho de 1999.

Com base no texto acima, pode-se afirmar que a velocidade média do homem mais
rápido do planeta é de aproximadamente

a) 10,21 m/s.

b) 10,58 m/s.

c) 10,62 m/s.
d) 10,40 m/s.

e) 10,96 m/s.

Gabarito

1-d

2-c

3-a

4-c

5-a

6-c

7-c

8-c

9-c

10-a

Está se preparando para o Enem ou Vestibular e precisa de uma forcinha? Conheça o


site Descomplica, que tem aulas, conteúdos e exercícios sobre matérias de todo o
ensino médio!

Física – Movimento Uniforme


01. (PUC-RS) A velocidade escalar no movimento uniforme é:
a) constante
b) variável
c) constante em módulo, mas de sinal variável
d) sempre positiva
e) sempre negativa
02. (F.Bras Cubas-SP) Um móvel tem por equação horária s = 40 + 20t, com s em
metros e t em segundos. O movimento é:
a) retilíneo e uniforme
b) uniforme
c) uniformemente acelerado
d) uniformemente retardado
e) retrógrado

03. Dada a função horária do espaço de um corpo em movimento uniforme:


s = 8 – 2t (SI)
Determine:
a) o espaço inicial e a velocidade escalar do movimento
b) o espaço do móvel no instante t = 2 s
c) o instante em que o móvel passa pela origem dos espaços

04. Um móvel que descreve uma trajetória retilínea com movimento uniforme e o seu espaço
no instante t = 0 vale 15 m. Qual a função horária dos espaços se o movimento é:
a) progressivo com o módulo da velocidade de 5 m/s
b) retrógrado com o módulo da velocidade de 10 m/s

05. (FEI-SP) A posição de um ponto varia no tempo conforme a tabela:


s(m) 25 21 17 13 9

t(s) 0 1 2 3 4
A equação horária desse movimento é:

a) s = 4 – 25 t
b) s = 25 – 4t
c) s = 21 – 4t
d) s = – 4 + 25t
e) s = – 25 – 4t

06. Dada a função horária do espaço de um corpo em movimento uniforme:


s = 20 + 5t (SI)
Determine:
a) o espaço inicial e a velocidade escalar do movimento
b) o espaço do móvel no instante t = 2 s
07. Um móvel descreve uma trajetória em movimento uniforme de acordo com a função horária
do espaço:

s = 20 – 5t (SI)
Determine:
a) o instante em que o móvel passa pela origem dos espaços
b) o instante em que o móvel passa pelo espaço s = 10 m
08. (ESPM-SP) Um ponto material possui velocidade escalar constante de valor absoluto
70 km/h e se movimenta em sentido oposto ao da orientação positiva da trajetória. No instante
inicial, esse ponto passa pelo marco 560 km na trajetória. Determine o instante em que o móvel
passa pela origem dos espaços.

09. (PUC-SP) A distância da Terra ao Sol é de, aproximadamente 144∗106 km, e a


velocidade de propagação da luz no vácuo, 300.000 km/s. Um astrônomo observa com o seu
telescópio uma explosão solar. No momento em que a observação é feita, o fenômeno no Sol:
a) está ocorrendo no mesmo instante
b) já ocorreu há 16 segundos
c) já ocorreu há 8 segundos
d) já ocorreu há 16 minutos
e) já ocorreu há 8 minutos

10. (F.E. Edson Queiroz-CE) Sendo a distância entre Fortaleza e Maranguape igual a
24 km e considerando a velocidade máxima permitida de 80 km/h, o tempo mínimo que se deve
gastar na viagem, em trânsito completamente livre, é:
a) 15 min
b) 18 min
c) 24 min
d) 12 min

Gabarito do simulado de Física – Movimento Uniforme


1 2 5 9 10

A B C E B
Questão 01:
– No movimento uniforme o móvel percorre distâncias iguais em tempos iguais, ou seja,
velocidade constante.

Questão 02:
– No movimento uniforme a função horária do espaço é sempre do 1º grau.

Questão 03:
a) O espaço inicial é o termo que está sozinho: s0 = 8 m; e a velocidade escalar é o valor que
acompanha o t: v = – 2 m/s.
b) Para o tempo t = 2 s, temos:
s = 8 – 2t
s = 8 – 2∗2
s=8–4
s=4m
c) A origem dos espaços é s = 0, portanto, temos:
s = 8 – 2t
0 = 8 – 2t
2t = 8
t = 8/2
t=4s

Questão 04:
– No tempo t = 0 s o espaço é o espaço inicial s0 = 15 m.
a) No movimento progressivo a velocidade é positiva:
s = s0 + vt
s = 15 + 5t
b) No movimento retrógrado a velocidade é negativa:
s = s0 + vt
s = 15 – 10t

Física – Movimento Uniforme: Questão 05:


– O espaço inicial no tempo t = 0 é s0 = 25 m e sua velocidade é o quanto o espaço está
mudando com o passar do tempo(de 25 para 21, de 21 para 17, e assim por diante) v = – 4
m/s:
s = s0 + vt
s = 25 – 4t

Questão 06:
a) O espaço inicial é o termo que está sozinho: s0 = 20 m; e a velocidade escalar é o valor
que acompanha o t: v = 5 m/s.
b) Para o tempo t = 2 s, temos:
s = 20 + 5t
s = 20 + 5∙2
s = 20 + 10
s = 30 m

Questão 07:
a) A origem dos espaços é s = 0:
s = 20 – 5t
0 = 20 – 5t
5t = 20
t = 20/5
t=4s
b) Pelo espaço s = 10 m, temos:
s = 20 – 5t
10 = 20 – 5t
5t = 20 – 10
5t = 10
t = 10/5
t=2s

Questão 08:
– O espaço inicial é s0 = 560 km e sua velocidade, por estar no sentido contrário ao positivo, é v
= − 70 km/h. Construindo a função horária do espaço temos:
s = s0 + vt
s = 560 − 70t
– Na origem dos espaços temos s = 0:
0 = 560 − 70t
70t = 560
t = 560/70
t=8h

Questão 09:
– Calculando quanto tempo demora para a luz do Sol chegar à Terra temos:
v = ∆s/∆t
300.000 = 144∗106/∆t
∆t = 144∗106/300.000
∆t = 480 s ou ∆t = 8 min

Questão 10:
– A variação do espaço é ∆s = 24 km e a velocidade máxima permitida é 80 km/h. Mantendo
sempre constante esta velocidade e calculando a variação do tempo, temos
v = ∆s/∆t
80 = 24/∆t
80∆t = 24
∆t = 24/80 (Dividindo por 8)
∆t = (3/10) h
∆t = (3/10)∗60 min
∆t = 180/10
∆t = 18 min
Física – Movimento Uniforme

Revisão (Movimento Uniforme – M.U)

1. (Mário-Estácio) Sobre o movimento retilíneo uniforme (MRU), analise as


afirmativas
abaixo, marcando V se forem verdadeiras e F se forem falsas:
a) ( ) O móvel percorre espaços iguais em intervalos de tempo iguais.
b) ( ) A trajetória do móvel é uma parábola.
c) ( ) A velocidade escalar média é exatamente igual à velocidade escalar
instantânea.
d) ( ) A aceleração escalar é nula.
e) ( ) A função horária dos espaços é um polinômio do segundo grau.

2. (Mário-Estácio) As funções horárias abaixo representam partículas em


MRU, com
unidades expressas no Sistema Internacional de Unidades (SI). Complete a
tabela, com
o espaço inicial, a velocidade escalar e com a classificação de cada
movimento:
Função Horária Espaço inicial Velocidade escalar
Classificação
S = 4 + 2t
S = – 5 + 3t
S = – 10 – 4t
3. (Mack-SP) Uma partícula descreve um movimento uniforme cuja função
horária é S =
– 2 + 5t, para S em metros e t em segundos. Neste caso, podemos afirmar
que a
velocidade escalar da partícula é:
a) – 2 m/s e o movimento é retrógrado.
b) – 2 m/s e o movimento é progressivo.
c) 5 m/s e o movimento é progressivo.
d) 5 m/s e o movimento é retrógrado.
e) – 2,5 m/s e o movimento é retrógrado.

4. (Mário-Estácio) Uma partícula em MRU move-se segundo a função


horária dos
espaços: S = 5 + 2t
com unidades no Sistema Internacional de Unidades (SI). Para essa
partícula,
determine:
a) O espaço inicial.
b) A velocidade escalar instantânea.
c) O espaço após 10 s.
d) O deslocamento escalar após 10 s.
e) O instante em que a partícula passa pela posição S = 45 m.

5. (Mário-Estácio) Um ponto material em MRU obedece à função horária


dos espaços S =
30 – 3t, com unidades expressas no Sistema Internacional de Unidades (SI).
Determine
para o ponto material:
a) O espaço inicial.
b) A velocidade escalar instantânea.
c) O espaço após 5 s.
d) O deslocamento escalar após 7 s.
e) O instante em que passa pela origem dos espaços.

6. (Mário-Estácio) Um ponto material descreve um movimento retilíneo


uniforme,
partindo, no instante inicial, de uma posição cujo espaço é igual a 10 m,
com
velocidade constante de 5 m/s. Para esse ponto material, determine:
a) A função horária dos espaços. c) O deslocamento
escalar após
10 s.
b) O instante em que atingirá a posição dada pelo espaço igual a 60 m.

7. (Mário-Estácio) A tabela a seguir ilustra os espaços ocupados por um


móvel em função
do tempo e movimento retilíneo e uniforme.
t (s) 0 1 2 3 4 5 6
S( m) – 30 – 20 – 10 0 10 20 30
Neste caso, determine:
a) A função horária dos espaços do móvel.
b) O espaço ocupado pelo móvel 100 s após iniciado o movimento.
c) O instante em que sua posição é dada pelo espaço igual a 300 m.

8. (Mário-Estácio) Um carro, em uma estrada retilínea, viaja em movi


mento uniforme,
passando pelo Km 200 no instante inicial da contagem dos tempos com
velocidade
escalar de 50 Km/h e sentido contrário ao do adotado para a trajetória
(Movimento
Retrógrado). Determine para o carro:
a) A função horária dos espaços.
b) O espaço em que estará após 90 min.

9. (Fatec-SP) A tabela fornece, em vários instantes, a posição S de um


automóvel em
relação a Km zero da estrada em que se movimenta.
t(h) 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0
s(K m) 200 170 14 0 110 80 50
A função horária que nos fornece a posição do automóvel, com as
unidades
fornecidas, é:
2
a) S = 200 + 30t b) S= 200 + 15t c) S = 200 – 15t d) S = 200 – 30t
e) S = 200 – 15t
10. (UFRGS) A tabela registra dados do deslocamento (x) em função do
tempo (t),
referentes ao movimento retilíneo uniforme de um móvel. Qual é a
velocidade desse
móvel?
t(s) x(m) a) 1/9 m/s b) 1/3 m/s c) 3 m/s d) 9 ms
e) 27 m/s
0 0
2 6
5 15
9 27
11. (Mário-Estácio) Os movi mentos uniformes de duas partículas, A e B,
obedecem às
seguintes funções horárias dos espaços : partícula A → S = 3 + 2t, partícula
B→S=8
– 3t. Sabendo que as funções estão expressas em unidades do SI e tomando
como
origem dos tempos o instante
t = 0, determine para cada partícula:
a) O espaço inicial.
b) A velocidade escalar.
c) O tipo de movimento (progressivo ou retrógrado).
d) O diagrama horário dos espaços .
e) O diagrama horário da velocidade escalar.
f) O diagrama horário da aceleração escalar.

12. (Mário-Estácio) É dada a função horária do movimento de um móvel S


= 100 + 80t,
onde s é medido em metros e t em segundos. Determine:
a) O espaço inicial e a velocidade escalar;
b) O espaço quando t = 2 s;
c) O instante em que o móvel se encontra a 500 m da origem dos espaços;
d) Se o movimento é progressivo ou retrógrado.

13. (Mário-Estácio) É dada a função horária do movimento de um móvel S


= 60 – 12t, na
qual s é medido em quilômetros e t em horas. Determine:
a) O espaço inicial e a velocidade escalar;
b) O espaço quando t = 3 h;
c) O instante em que o móvel passa pela origem dos espaços;
d) Se o movimento é progressivo e retrógrado.

14. (Mário-Estácio) Se a velocidade escalar de um móvel é positiva:


a) O movimento é progressivo;
b) O movimento é retrógrado;
c) O movimento é necessariamente variado;
d) O movimento é necessariamente uniforme;
e) N.d.a.

15. (Mário-Estácio) Num movi mento retrógrado:


a) Os espaços crescem com o decorrer do tempo;
b) Os espaços decrescem como decorrer do tempo;
c) A velocidade escalar média é nula;
d) A velocidade escalar é positiva;
e) N.d.a.

16. (Uesb-BA) Dois móveis, A e B, percorrem uma mesma trajetória e suas


posições são
dadas, a partir da mesma origem dos espaços, por S
A
= – 30 + 10t e S
A
= – 10 – 10t (s
em m e t em s). O instante e a posição de encontro são iguais,
respectivamente , a:
a) 1 s e – 20 m b) 2 s e – 10 m c) 3 s e – 40 m d) 4 s e 20
e) 5 s e – 60 m

17. (FEI-SP. Adaptado) Dois móveis, ambos com movimento uniforme e


progressivo,
partem dos pontos 50 m e 150 m, respectivamente. As velocidades
escalares são
respectivamente 50 m/s e 30 m/s. Em qual ponto da trajetória oco rrerá o
encontro dos
móveis?
a) 200 m b) 225 m c) 250 m d) 300 m
e) 350 m

18. (UFMG) Duas esferas se movem em linha reta e com velocidades


constantes ao longo
de uma régua centimetrada. Partindo dos pontos 10 cm e 14 cm,
respectivamente.
Sabendo que suas velocidades são 5 cm/s e 3 cm/s respectivamente. Em
que posição ela
irão colidir?
a) 15 cm b) 17 cm c) 18 cm d) 20 cm
e) 22 cm

19. (UFPA) Um rapaz e uma moça saem de suas casas em ao encontro do


outro,
caminhando sempre com velocidades respectivamente de 3,5 Km/h e 2,5
Km/h.
Estando a 100 m da moça, em linha reta, o rapaz, ao avistá-la, aciona o seu
cronômetro,
travando-o apenas no instante em que os dois se encontram. O intervalo de
tempo, em
minutos, registrado pelo cronômetro vale:
a) 1,0 b) 6,0 c ) 9,0 d) 10
e) 12

20. (UEL-PR) Duas cidades A e B distam entre si 400 Km. Da cidade A parte
um móvel P
dirigindo-se à cidade B e, no mesmo instante, parte de B outro móvel Q
dirigido-se a A.
Os móveis P e Q executam movi mentos uniformes e suas velocidades
escalares são, em
módulo, 30 Km/h e 50 Km/h, respectivamente. A distância da cidade A ao
ponto de
encontro dos móveis P e Q, em Km, vale:
a) 120 b) 150 c) 200 d) 240
e) 250

21. (ITE-SP) Dois móveis partem simultaneamente de dois pontos, A e B, e


deslocam-se
em movimento uniforme sobre a mesma reta, de A para B, com velocidades
escalares
de 20 m/s
e 15 m/s. Se o encontro ocorre 50 s após a partida, podemos afirmar que a
distância
inicial entre os mesmos era de:
a) 250 m b) 500 m c) 75 0 m d) 900 m
e) N.d.a.

22. (UnB) Qual o tempo gasto para que um trem de metrô de 200 m de

comprimento com
movimento uniforme e velo cidade escalar de 180 Km/h atravesse um túnel
de 150 m de
comprimento? R. 7 s.
23. (Esal-MG) Um trem viaja por estrada retilínea com velocidade constante
de 36 Km/h.
Calcule o comprimento do trem, sabendo -se que ele leva 15 s para
atravessar uma ponte
de 60 m de comprimento. R. 90 m.

24. (UMC-SP) Um tiro é disparado contra um alvo preso a uma grande


parede refletora de
som. O atirador ouve o eco do disparo 2,5 s depois de disparar o tiro.
Supondo-se que o
som viaje no ar com velocidade de 340 m/s, calcule a distância que separa o
atirador da
parede refletora, em metros. R. 425 m.

25. (UFCE) Na época de chuvas é comum o aparecimento de nuvens


carregadas
eletricamente. As descargas elétricas entre nuvens produzem, geralmente,
ondas de luz
(os relâmpagos) acompanhadas de ondas sonoras, que chamamos de
trovão.
Considerando que avistamos o relâmpago no mesmo instante da descarga
elétrica e
ouvimos o trovão 20 s após, determine a distância entre nós e o local da
descarga
elétrica entre as nuvens. Considere que a velocidade do som seja igual a
340 m/s.
R. 6800 m.

26. (UFMG) Uma pessoa vê um relâmpago e, três segundos depois, escuta


o trovão.
Sabendo que a velocidade da luz no ar é de aproximadamente 300.000
Km/s e a do
som, no ar, é de 330 m/s, ela estima a distância a que o raio caiu. A melhor
estimativa
para esse caso é:
a) 110 m b) 330 m c) 660 m d) 990 m e)
1090 m

27. (Mário-Estácio) Durante uma tempestade um indivíduo vê um


relâmpago e ouve o som
do trovão 4 s depois. Determine a distância que separa o indivíduo do local
do
relâmpago, dada a velocidade do som no ar constante e igual a 340 m/s.

28. (Fuvest-SP) Um filme comum é formado por uma série de fotografias


individuais que
são projetadas à razão de 24 imagens (ou quadros) por segundo, o que nos
dá a
sensação de movimento contínuo. Este fenômeno é devido ao fato de que
nossos olhos
retêm a imagem por um intervalo de tempo um pouco superior a 1/20 de
segundo. Esta
retenção é chamada persistência da retina.
a) Numa projeção de filme com duração de 30 s, quantos quadros são
projetados?
R. 720.
b) Uma pessoa, desejando filmar o desabrochar de uma flor cuja duração é
de
aproximadamente 6,0 h, pretende apresentar este fenômeno num filme de
10
min de duração. Quantas fotografias individuais do desabrochar da flor
devem
ser tiradas?

R.
14400.
29. (Mário-Estácio) Um indivíduo filma o movimento de uma borboleta à
razão de 64
fotografias por segundo, durante 5 s. Depois de revelado, o filme é
projetado á razão de
16 fotografias por segundo. Quanto tempo leva a projeção? O movimento
da borboleta
será visto, na projeção, mais lento ou mais rápido do que ocorre na
realidade?
R. 20 s, mais lento.

30. (F.M. ABC-SP) A cena de marcação de um gol foi filmada durante 30 s


com máquina
que tira 48 fotografias por segundo. Essa cena foi mostrada com uma
máquina que
projeta 24 imagens por segundo. O tempo de projeção da cena foi de:
a) 15 s b) 24 s c) 30 s d) 48 s
xe) 60 s

31. (Cesgranrio) Uma cena, filmada originalmente a uma velocidade de 40


quadros por
segundo, é projetada em câmera lenta a uma velocidade reduzida de 24
quadros por
segundo. A projeção dura 1,0 minuto. A duração real da cena filmada é de:
a) 16 s xb) 36 s c) 100 s d) 24 s
e) 40 s

32. (Fuvest-SP) Numa estrada, um caminhão com velocidade constante


leva 4 s para
ultrapassar outro, cuja velocidade é também constante. Sendo 10 m o
comprimento de
cada caminhão, a diferença entre as velocidades dos caminhões é igual a:
a) 0,20 m/s b) 0,40 m/ c) 2,5 m/ xd) 5,0 m/s
e) 10 m/s

33. (U. Uberaba-MG) Um caminhão, de comprimento igual a 20 m, e um


homem
percorrem, em movimento uniforme, um trecho de uma estrada retilínea no
mesmo
sentido. Se a velocidade do caminhão é 5 vezes maior que a do homem, a
distância
percorrida pelo caminhão desde o instante em que alcança o homem até o
momento em
que o ultrapassa é, em metros, igual a:
a) 20 xb) 25 c) 30 d) 32
e) 35
34. (Unip-SP) Um trem, de comprimento ℓ = 200 m, em trajetória retilínea,
tem
velocidade escalar constante V = 20 m/s. Um automóvel, de comprimento
t
ℓ’ = 2 m,
está em trajetória paralela à do trem, com velocidade escalar constante V ,
a
dirigindo-se
no mesmo sentido de movi mento do trem e vai ultrapassá -lo. O intervalo
de tempo
decorrido desde o início até o fim da ultrapassagem completa do trem é de
10,1 s. Qual
o valor, em quilômetros/ hora, de V ? R.144 Km/h.
a

35. (UFRJ) A coruja é um animal de hábitos noturnos que precisa comer


vários ratos por
noite. Um dos dados utilizados pelo cérebro da coruja para localizar um rato
com
precisão é o intervalo de tempo entre a chegada de um som emitido pelo
rato a um dos
ouvidos e a chegada desse mesmo som ao outro ouvido. Imagine uma
coruja e um rato,
ambos em repouso; num dado inst ante, o rato emite um chiado. As
distâncias da boca
do rato aos ouvidos da coruja valem d = 12, 780 m e d = 12, 746 m.
1 2
Sabendo que a
velocidade do som no ar é de 340 m/s, calcule o intervalo de tempo entre a
chegada do
–4
chiado aos dois ouvidos. R. 10 s.

36. (UFSC) Um trem A, de 150 m de comprimento, deslocando-se do sul

para o norte,
começa a atravessar uma ponte férrea de pista dupla, no mesmo instante
em que outro
trem B, de 500 m de comprimento, que se desloca do norte para o sul, inicia
a travessia
da ponte. O maquinista do trem A observa que o seu trem se desloca com
velocidade
constante de 36 Km/h, enquanto o maquinista do trem B verifica que o seu
trem está a
uma velocidade constante de 72 Km/h, ambas as velocidades medidas em
relação ao
solo. Um observador, situado em uma das extremidades da ponte, observa
que os trens
completam travessia da ponte ao mesmo tempo.
Assinale a(s) proposição(ões) correta(s).
(01) Os trens atravessam a ponte em 35 s.
(02) A velocidade do trem A, em relação ao trem B, é 108 Km/h.
(04) Não podemos calcular o comprimento da ponte, pois não foi fornecido o
tempo gasto
pelos trens para atravessá-la. R. 1 + 2 + 8
+ 32 = 43.
(08) O comprimento da ponte é 200 m.
(16) Como o trem B tem o dobro da velocidade do trem A, ele leva a metade
do tempo
para atravessar a ponte independente do tamanho dela.
(32) A velocidade do trem B, em relação ao trem A, é 108 Km/h.
(64) O comprimento da ponte é de 125 m e os trens atravessam em 15 s.

Revisão

Matemática (Intervalos)

37. (PUC-SP) Sejam a, b e c números reais, com a < b < c. O conjunto ]a, c[
– ]b, c[ é igual
ao conjunto:
a) {x Є R│a < x < b}
b) {x Є R│a < x ≤ b}
c) {x Є R│a < x ≤ c}
d) {x Є R│b ≤ x < c}
e) {x Є R│b < x ≤ c}

38. (Fatec-SP) Se A = {x│x Є R e 0 < x < 2} e B = {x│x Є R e – 3 ≤ x ≤ 1},


então o
conjunto
(A U B) – (A ∩ B) é:
a) [– 3, 0] U ]1, 2[
b) [– 3, 0[ U [1, 2[
c) ]– ∞, – 3[ U [2 +∞[
d) ]0, 1]
e) [– 3, 2[
39. (Cesgranrio) Se A = {x Є R│x < 1}, B = {x Є R│ – 1 < x ≤ 3} e C = {x
Є R│x ≥ 0},
então o conjunto que representa (A ∩ B) – C é:
a) {x Є R│ – 1 < x < 0}
b) {x Є R│ – 1 < x ≤ 0}
c) {x Є R│ – 1 < x < 1}
d) {x Є R│x ≤ 3}
e) {x Є R│x > – 1}
40. (UEBA) Se A = {x Є R│ – 1 < x < 2} e B = {x Є R│0 ≤ x < 3}, o
conjunto A ∩ B é o
intervalo:
a) [0, 2[ b) ]0, 2[ c) [ – 1, 3] d) ] – 1, 3[
e) ] –
1, 3]

41. (PUC-MG) A diferença A – B, sendo A = {x Є R│ – 4 ≤ x ≤ 3} e B = {x Є


R│– 2 ≤ x
< 5} é igual a:
a) {x Є R│– 4 ≤ x < – 2}
b) {x Є R│– 4 ≤ x ≤ – 2}
c) {x Є R│3 < x < 5}
d) {x Є R│– 2≤ x < 5}
e) {x Є R│ – 1 < x < 0}
42. (PUC-MG) Considere os conjuntos A = {x Є R│x < 0 ou x > 4} e B = {x
Є R│0 < x <
12}. O número de elementos do conjunto A ∩ B é:
a) 7 b) 8 c) 9 d) 11
e) 13
43. (FUCMT) Sejam os intervalos reais A = {x Є R│3 ≤ x ≤ 7}, B = {x Є R│
– 1 < x < 5}
e
C = {x Є R│0 ≤ x ≤ 7}. É correto afirmar que:
a) (A ∩ C) – B = A ∩ B.
b) (A ∩ C) – B = C – B.
c) (A U B) ∩ C = B
d) (A ∩ B) ∩ C = A.
e) A U B U C = A ∩ C.
44. (Cefet-MG) Sendo A = ] – ∞; 3], B = [ – 2; 0[ e C = { x Є R│x ≥ 0}, a
alternativa
correta é:
a) (A U C) ∩ (B ∩ C) = ø.
b) (A U B) ∩ C = R.
c) (A U B) U (B ∩ C) = {x Є R│x ≥ 3}.
d) (A ∩ B) U C = {x Є R│– 2 ≤ x < 3}.
e) (A U B) ∩ C = ø.

45. (PUC-MG) Se A = ] – 2; 3] e B = [0; 5], então os números inteiros que


estão em B – A
são:
a) – 1 e 0. b) 1 e 0. c) 4 e 5. d) 3, 4 e 5.
e) 0, 1, 2 e 3.

46. (Unifor-CE) Na notação científica, os números são escritos como produto


de um
número x, com 1 ≤ x < 10, por uma potência de 10. Por exemplo, 1000 = 1
3
∙ 10 e 0,02
–2
= 2 ∙ 10 . O valor de 0,00015 x 24000 x 0,0003, expresso na notação
científica, é:
–3
a) 1,08 ∙ 10 .
–2
b) 3,6 ∙ 10 .
–7
c) 4,5 ∙ 10 .
–4
d) 9,08 ∙ 10 .
–4
e) 10,8 ∙ 10 .
0 3/4 – 1/2
47. (Mack-SP) O valor de 2X + X + 18 X , quando X = 81, é:
a) 30
b) 31
c) 35
d) 36
e) 38

01. A luz solar gasta 5,0 . 102 s para chegar à Terra. O diâmetro do Sol é da
ordem de 1,4 . 106 km. Seja 10n a ordem de grandeza do número de corpos
idênticos ao Sol que cabem no espaço entre o Sol e a Terra, com centros na
reta que una o centro do Sol ao centro da Terra. O valor de n é:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 10
02. Abaixo estão representados, exatamente como foram obtidos, 5 pedaços
de fita, marcados por uma “campainha” que os fere periodicamente e com uma
freqüência constante. Estas fitas foram puxadas pela mão, no sentido
assinalado, representando, portanto, a velocidade da mão do observador.

Qual das fitas representa, no intervalo de tempo considerado (10 tiques), o


movimento que tem velocidade escalar média maior?

a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V
03. (FUND. CARLOS CHAGAS) Um trem de 200m de comprimento, com
velocidade escalar constante de 60 km/h, gasta 36s para atravessar
completamente uma ponte. A extensão da ponte, em metros, é de:
a) 200
b) 400
c) 500
d) 600
e) 800
Para as questões 04 e 05
Dois pontos materiais A e B caminham sobre uma mesma reta e no mesmo
sentido. na origem dos tempos a distância entre os pontos é de 5,0 km. A
velocidade escalar de A é de 80 km/h e a velocidade escalar de B é de 60
km/h, mantidas constantes.
04. A velocidade escalar de A relativa a B é igual a:
a) zero;
b) 80 km/h;
c) -20 km/h
d) 20 km/h
e) -80 km/h
05. A encontra B:
a) no instante t = 15 h;
b) no instante t = 15 min;
c) no instante t = 1/4 min;
d) nunca
e) n.d.a
Para as questões 06 e 07
Dois pontos materiais A e B caminham sobre uma mesma reta e no mesmo
sentido. na origem dos tempos a distância entre os pontos é de 5,0 km. A
velocidade escalar de A é de 80 km/h e a velocidade escalar de B é de 60
km/h, mantidas constantes.

06. A função horária que descreve o movimento de B, relativo a A para s em km


e t em h, é representada por:
a) s = 5,0 – 20t
b) s = 5,0 + 20 t
c) s = 20t
d) s = -20t
e) n.d.a.
07. A função horária que descreve o movimento de A, relativo a B para s em km
e t em h, é representada por:
a) s = -5,0 – 20t
b) s = 5,0 + 20 t
c) s = 20t – 5,0
d) s = -20t
e) n.d.a.
08. Considere dois trens T1 e T2 caminhando em linhas férreas retilíneas e
paralelas com velocidades de intensidade V1 = 36 km/h e V2 = 72 km/h, em
sentidos opostos. Um observador O1 está no trem T1 e nota que a passagem de
T2, diante de sua janela, durou um intervalo de tempo de 10s. O tempo gasto
por T2, para passar por um túnel de comprimento 200m, é de:
a) 25s
b) 20s
c) 30s
d) 50s
e) 60s
Para as questões 09 e 10
Considere um movimento cuja posição s, em função do tempo t, está
representado no gráfico.

09. A distância percorrida pelo móvel entre os instantes t = 0 e t = 20s, em


metros, vale:
a) -40
b) zero
c) 20
d) 40
e) 80
10. O móvel passa pela origem no instante:
a) zero
b) 5,0s
c) 10s
d) 15s
e) 20s
Leia o artigo: Cinemática

Respostas:
01 – B 02 – A 03 – B 04 – D 05 – B

06 – A 07 – C 08 – A 09 – E 10 – C