Você está na página 1de 19

Ciências da Natureza e Matemática

Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios

. Reflexão
. Refração
. Difração
. Polarização
. Interferência
. Ressonância

Tópico Abordado Data Observação

1 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios

2 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios

3 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios

4 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios

5 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


Exercícios Fundamentais

1. (F. Carlos Chagas-SP) Ao chegar ao extremo de uma corda,


um pulso transversal, que nela se propaga, sofre:

a) reflexão com inversão de fase se o extremo for livre


b) refração com inversão de fase s e o extremo for livre
c) refração sem inversão de fase se o extremo for fixo
d) reflexão sem inversão de fase se o extremo for livre
e) reflexão sem inversão de fase se o extremo for fixo

2. Uma onda plana de frequência f = 20Hz, propagando-se com


velocidade v1 = 340 m/s no meio 1, refrata-se ao incidir na
superfície de separação entre o meio 1 e o meio 2, como
indicado na figura.

Sabendo-se que as frentes de onda plana incidente e refratada


formam, com a superfície de separação, ângulos de 30° e 45°
respectivamente, determine, utilizando a tabela acima:
a) a velocidade v‚ da onda refratada no meio 2.
b) o comprimento de onda λ‚ da onda refratada no meio 2.

3. A velocidade de uma onda sonora no ar é 340m/s, e seu


comprimento de onda é 0,340m. Passando para outro meio,
onde a velocidade do som é o dobro (680m/s), os valores da
frequência e do comprimento de onda no novo meio serão,
respectivamente,

a) 400Hz e 0,340m b) 500Hz e 0,340m


c) 1000Hz e 0,680m d) 1200Hz e 0,680m
e) 1360Hz e 1,360m

6 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


4. Rafael e Joana observam que, após atravessar um aquário
cheio de água, um feixe de luz do Sol se decompõe em várias
cores, que são vistas num anteparo que intercepta o feixe.
Tentando explicar esse fenômeno, cada um deles faz uma
afirmativa:

- Rafael: "Isso acontece porque, ao atravessar o aquário, a


frequência da luz é alterada."
- Joana: "Isso acontece porque, na água, a velocidade da luz
depende da frequência."
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que

a) ambas as afirmativas estão certas.


b) apenas a afirmativa de Rafael está certa.
c) ambas as afirmativas estão erradas.
d) apenas a afirmativa de Joana está certa.

5. Uma onda na forma de um pulso senoidal tem altura máxima


de 2,0 cm e se propaga para a direita com velocidade de
1,0 × 104 cm/s, num fio esticado e preso a uma parede fixa,
(figura 1). No instante considerado inicial, a frente de onda está
a 50 cm da parede. Determine o instante em que a superposição
da onda incidente com a refletida tem a forma mostrada na
figura 2, com altura máxima de 4,0 cm.

6. Uma onda plana de frequência f = 20Hz, propagando-se com


velocidade v1 = 340 m/s no meio 1, refrata-se ao incidir na
superfície de separação entre o meio 1 e o meio 2, como
indicado na figura.

Sabendo-se que as frentes de onda plana incidente e refratada


formam, com a superfície de separação, ângulos de 30° e 45°
respectivamente, determine, utilizando a tabela acima:
a) a velocidade v‚ da onda refratada no meio 2.
b) o comprimento de onda λ‚ da onda refratada no meio 2.

7 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


7.(Omec-SP) Quando uma radiação passa de um
meio para o outro:

I – sua freqüência varia e seu comprimento de onda


permanece constante.
II – sua velocidade varia e sua freqüência permanece
constante.
III – a velocidade varia e o comprimento de onda permanece
constante
IV – a freqüência, a velocidade e o comprimento de
onda permanecem constantes
V – a freqüência, a velocidade e o comprimento de
onda variam

É verdadeira a afirmação de número:

a) I b) II c) III
d) IV e) V

8.(ESPM-SP) Uma onda, propagando-se numa corda


com velociade de 18 m/s e freqüência de 15 Hz, encontra
seu ponto de união com outra corda, passando a se propagar
nela com velocidade de 12 m/s. A razão entre os comprimentos
de onda na primeira e segunda corda é, respectivamente:

a) ½ b) 2/5 c) 3/5
d) 3/2 e) 2/3

9.(FCC) Na figura abaixo estão representadas as


frentes de onda de uma onda que passa do meio (1)
para o meio (2). Qual é o índice de refração do meio (2)
em relação ao meio (1)?

a) 0,50 b) 1,0 c) 1,5


d) 2,0 e) 2,5

8 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


10.(Unicamp-SP) Ondas planas propagam-se de um
meio 1 para um meio 2. No meio 1 as ondas têm velocidade
v1 = 8,0 cm/s e comprimento de onda λ1 = 4,0 cm. Após
atingirem a superfície de separação com o meio 2, passam a ter
comprimento λ2 = 3,0 cm.

a) Qual é a velocidade de propagação das ondas no meio 2?


b) Qual é o índice de refração do meio 2 em relação ao meio 1?

11. Em um tanque, as frentes de ondas planas na superfície da


água, ao passarem de uma parte rasa a outra profunda, o fazem
sob ângulo de 30º e 45º, conforme a figura. Sendo a velocidade
de propagação em 1 v1 = 30 cm/s, determine:

a) a velocidade v2 de propagação no meio 2


b) a razão entre os comprimentos de onda em 1 e 2

12. Observe na tabela a velocidade do som ao se propagar por


diferentes meios. Suponha uma onda sonora propagando-se no
ar com freqüência de 300 Hz que, na seqüência, penetre em um
desses meios.

Com base nisso, analise as seguintes afirmações:

I - Ao passar do ar para a água, o período da onda sonora


diminuirá.
II - Ao passar do ar para a água, a freqüência da onda
aumentará na mesma proporção do aumento de sua velocidade.
III - O comprimento da onda sonora propagando-se no ar será
menor do que quando ela se propagar por qualquer um dos
outros meios apresentados na tabela.

Somente está correto o que se lê em

a) I b) II c) III d) I e II e) II e III

9 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


13. A perturbação senoidal, representada na figura no instante
t = 0, propaga-se da esquerda para a direita em uma corda
presa rigidamente uma sua extremidade direita. A velocidade
de propagação da perturbação é de 3m/s e não há dissipação de
energia nesse processo. Assinale a alternativa contendo a
figura que melhor representa a perturbação após 1s.

14. Dois pulsos, A e B, são produzidos em uma corda esticada,


que tem uma extremidade fixada numa parede, conforme
mostra a figura.

Quando os dois pulsos se superpuserem, após o pulso A ter


sofrido reflexão na parede, ocorrerá interferência
a) construtiva e, em seguida, os dois pulsos seguirão juntos no
sentido do pulso de maior energia.
b) construtiva e, em seguida, cada pulso seguirá seu caminho,
mantendo suas características originais.
c) destrutiva e, em seguida, os pulsos deixarão de existir,
devido à absorção da energia durante a interação.
d) destrutiva e, em seguida, os dois pulsos seguirão juntos no
sentido do pulso de maior energia.
e) destrutiva e, em seguida, cada pulso seguirá seu caminho,
mantendo suas características originais.

10 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


15. A figura representa um pulso se propagando em uma corda.
Pode-se afirmar que, ao atingir a extremidade dessa corda, o
pulso se reflete:

a) se a extremidade for fixa e se extingue se a extremidade for


livre.
b) se a extremidade for livre e se extingue se a extremidade for
fixa.
c) com inversão de fase se a extremidade for livre e com a
mesma fase se a extremidade for fixa.
d) com inversão de fase se a extremidade for fixa e com a
mesma fase se a extremidade for livre.
e) com mesma fase, seja a extremidade livre ou fixa.

16. O gráfico da figura mostra uma onda luminosa em dois


meios com índices de refração diferentes.

A interface que separa os meios encontra-se na coordenada


x = 0. O meio com índice de refração n1 = 1,0 ocupa a região x
< 0 e o meio com índice de refração n2 ocupa a região x > 0.
Analisando o gráfico, é possível afirmar que o índice de
refração n2 é

a) 2,0. b) 1,8. c) 1,5. d) 1,3. e) 1,2.

Gabarito

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.
8. 9. 10. 11. 12. 13. 14.
15. 16.

11 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


Exercícios de Reforço

1.(Ciman) Duas cordas, de densidades lineares diferentes, são


unidas conforme indica a figura. As extremidades A e C estão
fixas e a corda I é mais densa que a corda II. Admitindo-se que
as cordas não absorvam energia, em relação à onda que se
propaga no sentido indicado, pode-se firmar que:

a) o comprimento de onda é o mesmo nas duas cordas.


b) a freqüência é a mesma nas duas cordas.
c) a freqüência é maior na corda II.
d) a velocidade é maior na corda I.
e) a velocidade é a mesma nas duas cordas.

2.(Ciman) Duas pessoas esticam um corda, puxando por suas


extremidades, e cada uma envia um pulso na direção da outra.
Os pulsos têm o mesmo formato, mas estão invertidos como
mostra a figura.

Pode-se afirmar que os pulsos:

a) se destruirão, de modo que nenhum deles chegará às


extremidades.
b) serão refletidos, ao se encontrarem, cada um mantendo-se
no mesmo lado em que estava com relação à horizontal.
c) serão refletidos, ao se encontrarem, porém invertendo seus
lados com relação à horizontal.
d) passarão um pelo outro, cada qual chegando à outra
extremidade.

12 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


3.(Ciman) A figura mostra pulsos produzidos por dois garotos,
Breno e Tomás, nas extremidades de uma corda. Cada; pulso
vai de encontro ao outro. O pulso produzido por Breno tem
maior amplitude que o pulso produzido por Tomás. As setas
indicam os sentidos de movimento dos pulsos.
Assinale a alternativa que contém a melhor representação dos
pulsos, logo depois de se encontrarem..

4.(Galois) As curvas A e B representam duas fotografias


sucessivas de uma corda, na qual se propaga um pulso. O
intervalo de tempo entre as fotografias é menor que o período
da onda e vale 0,1 s.

Podemos afirmar que a velocidade de propagação da onda na


corda e a velocidade média do ponto P da corda nesse intervalo
de tempo valem, respectivamente:

a) 0 m/s e 4 m/s b) 0,2 m/s e 4 m/s


c) 4m/s e 4m/s d) 4 rn/s e 0,2 m/s
e) 0,2m/s e 0,8 m/s

5.(Galois) Um trem de ondas senoidais de frequência 440 Hz


propaga-se ao longo de uma corda tensa. Verifica-se que a
menor distância horizontal que separa dois pontos em oposição
de fase é 40 em, Nestas condições, a velocidade de propagação
das ondas na corda tem valor:

a) 550 m/s b) 532 m/s c) 480 m/s


d) 402 m/s e) 352 m/s

13 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


6.(Galois) A figura mostra uma onda propagando-se para a
direita em uma corda, com velocidade de 12 m/s.
O ponto P, ao ser atingido pela onda, demora 3 x l0 -2 s para
retomar pela primeira vez à posição inicial. O comprimento de
onda é:

a) 2,5x l0-3 m b) 2,0 x l00 m


c) 3,6 x l0-1 m d) 7,2 x 10-1 m
e) 4,0 x 102 m

7.(Ciman) A figura mostra uma onda que, ao se propagar no


sentido da seta superior, atinge o anteparo A onde há um
orifício a, prosseguindo conforme indicam as setas inferiores.
O meio de propagação é o mesmo, antes do anteparo (Região I)
e depois do anteparo (Região II). Sobre tal situação, julgue os
itens:

(1) o comprimento de onda na Região I é maior que o


comprimento de onda na Região II.
(2) o fenômeno que ocorre na passagem da Região I para a
Região II é a difração.
(3) o módulo da velocidade de propagação na Região I é igual
ao módulo da velocidade de propagação da onda na Região II.
(4) o período da onda na Região I é igual ao período da onda
na Região II.

8.(Ciman) Um muro muito espesso separa duas pessoas em


uma região plana, sem outros obstáculos, como mostra a
figura. As pessoas não se vêem, mas, apesar do muro, se
ouvem claramente. Qual é o fenômeno representado nessa
situação ?

14 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


9.(Ciman) Ondas eletromagnéticas estão presentes no dia-a-
dia, Por exemplo, ondas de TV, ondas de rádio, ondas de radar,
etc. Essas ondas são constituídas por campos elétricos (E) e
magnéticos(B) mutuamente perpendiculares, como mostra o
diagrama a seguir. A onda eletromagnética representada no
diagrama, que está se propagando em um meio homogêneo e
linear, com velocidade igual a 3,0 x 108 m/s,

(1) possui frequência de 5,0 x 107 Hz.


(2) ao passar para um outro meio homogêneo e linear, a
frequência e a velocidade mudam, enquanto que o
comprimento de onda não muda.
(3) Pode ser gerada em um forno de micro-ondas.
(4) A velocidade com que uma dada onda se propaga num
meio material é propriedade exclusiva do meio.

10.(Sigma) A figura representa uma onda que, ao se propagar


na região I, no sentido indicado pela seta, atinge o anteparo A,
onde há um orifício a, prosseguindo conforme indicam as setas
na região II. O meio de propagação dessa onda é o mesmo,
antes do anteparo (região I) e depois do anteparo (região II).
Sobre essa situação, é incorreto afirmar que:

(A) o comprimento de onda na região I é maior que o


comprimento de onda na região II.
(B) O fenômeno que ocorre na passagem da região I para a
região II é a difração.
(C) O módulo da velocidade de propagação da onda na região I
é igual ao módulo da velocidade de propagação da onda na
região II.
(D) O período da onda na região I é igual ao período da onda
na região II.
(E) o fenômeno da passagem da onda pelo orifício a,
produzindo ondas circulares na região II, é notável porque o
comprimento de onda da onda na região I é maior do que o
orifício a.

15 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


11.(Sigma) A tabela apresenta a velocidade do som ao se A tabela a seguir representa os intervalos aproximados de
propagar em diferentes meios, frequências de seis faixas de cores do espectro visível.

Suponha uma onda sonora que se propaga inicialmente no ar,


com 300 Hz. Com auxílio dos dados da tabela, julgue as
seguintes informações:
(A) violeta (B) vermelha (C) azul
I. Se essa onda passar do ar para a água, seu período diminuirá (D) verde (E) amarela
e, consequentemente, a sua frequência aumentará
II. Se essa onda passar do ar para a água, sua frequência
aumentará na mesma proporção do aumento de sua velocidade.
III. O comprimento dessa onda sonora enquanto se propaga no
ar é menor do que o comprimento de onda que ela apresentará
quando se propagar em qualquer um dos outros meios
apresentados na tabela.
IV. Se essa onda passar do ar para alumínio, seu comprimento
de onda aumentará em mais de 20 m.
Então, pode-se afirmar que somente:

(A) a afirmação I é correta.


(B) as afirmações I, III e IV são corretas.
(C) a afirmação III é correta
(D) as afirmações III e IV são corretas.
(E) a afirmação IV é correta

12.(Sigma) Quando adaptado à claridade, o olho humano é


mais sensível a certas cores de luz do que a outras. Na figura, é
apresentado um gráfico da sensibilidade relativa do olho em
função dos comprimentos de onda do espectro visível, dados
em nanômetros (1,0 nm = 10-9 m).

16 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


13.(Sigma) A figura a seguir mostra frentes de onda passando
de um meio 1 para um meio 2, separados por uma fronteira
plana. O módulo da velocidade de propagação da onda no meio
1 é v, = 200,0 m/s e a distância entre duas frentes de ondas
consecutivas no meio 1 é de 4,0 m.

Marque a afirmação errada..

(A) A frequência da onda é igual a 50 Hz, em ambos os meios.


(B) A velocidade de propagação da onda no meio 2 vale
125,0 m/s.
(C) A distância d entre duas frentes de ondas consecutivas no
meio 2 é igual a 2,5 m.
(D) O índice de refração do meio 2 em relação ao meio 1 vale
n2,1 = 0,625.
(E) O ângulo 1 que a frente de onda forma com a fronteira
entre os meios 1 e 2, é congruente ao ângulo que o raio de
onda, no meio 1, forma com uma normal à fronteira.

14.(Leonardo Da Vinci) Observando as ondas do mar que


chegam até a praia, verifica-se que se “quebram” paralelamente
à linha do litoral em virtude da variação da profundidade da
água, ocorrendo assim a refração das ondas ao passarem da
região de maior profundidade para a de menor profundidade.
Observa-se que a velocidade da onda é
constantemente reduzida à medida que ela se aproxima da
praia. A figura abaixo, mostra uma onda reta que se propaga na
superfície da água, da região profunda (A) para a região rasa
(B) de um reservatório. Sabendo-se que a velocidade de
propagação da onda na região A é de 40 cm/s.

a) Calcule à velocidade de propagação da onda na região B.


b) Calcule a frequência da onda que se propaga na superfície
da água.

17 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


15.(Leonardo Da Vinci) Na superfície da água de uma piscina,
são produzidas frentes de ondas retas. Essas ondas se
propagam, passando de uma região rasa, onde deslocavam-se
com velocidade de 30 cm/s, para outra mais profunda. Sabendo
que as frentes de onda atingem a superfície de separação dos
meios com um ângulo de incidência de 30° e que refratam num
ângulo de refração de 60°, determine, em cm/s, o módulo da
velocidade de propagação das ondas na região de maior
profundidade. Adote as seguintes aproximações: sen 30° = cos
60° = 0,5 e sen 60°= cos 30° = 0,87.

16.(Leonardo Da Vinci) A figura mostra uma onda periódica,


que se propaga com velocidade v1 = 8,0 m/s em uma corda AB,
cuja densidade linear μ1 = 2,0.10-1 kg/m. Essa corda está ligada
a uma outra BC, cuja densidade linear é μ2 = 1,0.10-1 kg/m,
sendo que a velocidade de propagação da onda neste segunda
corda é v2 = 10 m/s.

A partir das informações acima responda os itens seguintes:

a) Determine o comprimento de onda da onda que se propaga


na corda BC.
b) Explique, brevemente, por que a onda é transversal.

17.(Sigma) Assinale a opção correta.

A Ao passar de um meio para o outro, um feixe


monocromático de luz muda de cor.
B O comprimento de onda para uma determinada cor
permanece inalterado, independentemente do meio de
propagação.
C A frequência da luz é diretamente proporcional à sua
velocidade de propagação.
D A luz branca é composta por apenas um comprimento de
onda.
E A velocidade da luz independe do meio por onde ela se
propaga.

18 CEDAE – Acompanhamento Escolar |


Ciências da Natureza e Matemática
Física

Ondulatória – Fenômenos Ondulatórios


18.(Sigma) Thomas Young (1773-1829) fez a luz de uma fonte
passar por duas fendas paralelas antes de atingir um obstáculo
e observou, no anteparo, o surgimento de regiões claras e
escuras. Marque a opção correta a respeito desse fenômeno:

A Trata-se do fenômeno da refração, em que a luz tem


condição de passar por obstáculos.
B Trata-se do fenômeno da difração, que ocorre somente com
ondas mecânicas.
C Trata-se do fenômeno da difração, em que, após a passagem
por pequenos obstáculos, as ondas mecânicas tendem a
contorná-lo.
D Trata-se do fenômeno da polarização, em que, após a
passagem por pequenos obstáculos, as ondas tendem a
contorná-lo.
E Trata-se do fenômeno da difração e da interferência, em que,
após a passagem por pequenos obstáculos, as ondas tendem a
contorná-lo, formando, no anteparo um padrão de interferência
destrutiva e construtiva.

19.(Sigma) A figura mostra 3 pulsos deslocando-se para a


direita numa corda com a extremidade móvel na barra vertical.

Até a reflexão de todos os pulsos ocorrerão, sequencialmente, Gabarito


A duas interferências construtivas. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.
B duas interferências construtivas e uma destrutiva. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14.
C uma interferência destrutiva, uma construtiva e outra 15. 16. 17. 18. 19.
destrutiva.
D duas interferências destrutivas.
E duas interferências destrutivas e uma construtiva.

19 CEDAE – Acompanhamento Escolar |

Você também pode gostar