Você está na página 1de 3

CURSO: LABORATÓRIO DE PERÍCIAS JUDICIAIS

Promoção e realização:

IBAPE/SC

Instituto Catarinense de Engenharia


de Avaliações e Perícias

DATA: 18 e 19 de maio de 2009


HORÁRIO: Dia 18 de maio das 14:00 as 18:30 horas;
Dia 19 de maio das 8:30 as 12:30 horas e das 14:00 as 18:00 horas
Carga horária: 12:00 horas.
LOCAL: Auditório do CREA/SC

OBJETIVO DO CURSO:

O objetivo da presente disciplina é a preparação dos participantes sobre as técnicas de


elaboração de laudos periciais, em especial, nos diversos tipos de ação, formulação de quesitos e para a sistemática
das Perícias Judiciais.
O enfoque didático do curso será à orientação teórica sobre os diferentes assuntos abordados,
acompanhados de exercícios práticos, possibilitando aos participantes uma visão geral do assunto e o treinamento
específico.
Dada a exigüidade do tempo disponível, será fornecida uma vasta bibliografia, que auxiliará
àqueles que desejarem um maior detalhamento nos temas abordados.

PÚBLICO ALVO:

Profissionais de nível superior registrados no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia,


Advogados e estudantes dos cursos de Engenharia e Direito, além de outros profissionais interessados no assunto.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1) A perícia judicial
a) Campo de trabalho
b) Atribuições legais dos peritos
c) Aspectos gerais da perícia judicial
d) Requisitos essenciais ao perito
e) Responsabilidade civil e criminal do perito
f) A perícia como meio de prova
g) O perito como auxiliar da justiça
h) Direitos e obrigações do perito
i) Funções do assistente técnico

2) Sistemática da perícia no processo civil

a) Fase inicial da perícia


b) Realização da perícia
c) Entrega do laudo
d) Esclarecimentos, segunda perícia e inspeção judicial
e) A prova pericial no Código de Processo Civil
CURSO: LABORATÓRIO DE PERÍCIAS JUDICIAIS

3) Quesitos
a) Quesitos necessários
b) Formulação de quesitos
c) Quesitos impertinentes
d) Respostas aos quesitos

4) Elaboração do laudo pericial

a) Roteiro para resolução das questões


b) Considerações preliminares
c) Apresentação de relatórios e critérios adotados
d) Seqüência do trabalho pericial
e) Componentes finais e anexos
f) Utilização de recursos fotográficos

5) Redação técnico-jurídica
a) Características essenciais
b) Estrutura redacional
c) Aspectos estéticos
d) Apresentação do trabalho
e) Recomendações quanto à redação
f) Pareceres dos assistentes técnicos

6) Honorários profissionais
a) Honorários do perito oficial
b) Honorários do assistente técnico
c) Contratos de prestação de serviço
d) Tabelas de honorários (Perícias)
e) Exemplos práticos

7) Estudo de caso simulado


a) Modelo de um laudo pericial genérico
b) Simulação dos pareceres dos assistentes técnicos
c) Apresentação do laudo pericial - “Deslizamento de terras em Vila Barraginha”, agraciado com a Medalha
Eurico Ribeiro, mais importante premiação da especialidade no país, concedida, durante o VII Congresso Brasileiro
(Natal-RN/1993).
CURSO: LABORATÓRIO DE PERÍCIAS JUDICIAIS
MINISTRANTES DO CURSO:
o
Prof. Eng Civil Francisco Maia Neto, Dr.
Graduação em Engenharia Civil e Direito na UFMG;
Pós-graduação em Engenharia Econômica na Fundação Dom Cabral e Engenharia de Avaliações e Perícias na PUC-MG;
Sócio da PRECISÃO CONSULTORIA (Avaliações, Perícias, Arbitragens e Negociações);
Árbitro indicado em procedimentos na CAMARB, CAMINAS, SP Arbitral e Centro de Arbitragem da Câmara de Comércio Brasil-
Canadá;
Professor de disciplinas relacionadas à avaliações, perícias, arbitragem e mercado imobiliário em cursos universitários;
Autor dos livros “Introdução à Engenharia de Avaliações e Perícias Judiciais” (1992), “Perícias Judiciais de Engenharia - Doutrina,
Prática e Jurisprudência” (2003 – 4ª edição), “Roteiro Prático de Avaliações e Perícias Judiciais” (2000 – 5ª edição), “Da Prova
Pericial” (1997), “Dicionário do Mercado Imobiliário” (1998), “Guia de Negócios Imobiliários – Como comprar, vender ou alugar seu
imóvel” (1999 – 1ª edição, 2ª tiragem), “Arbitragem” (2008-2ª edição) e “A Prova Pericial no Processo Civil” (2005) e co-autor do
livro “Perícias de Engenharia – PINI/IBAPE-SP” (2008);
Premiado com a Medalha Eurico Ribeiro, prêmio nacional concedido ao melhor trabalho na área de Perícias de Engenharia, nos
anos de 1993 e 2001, além de 6 menções honrosas em 1990, 1995 e 2005, com trabalhos apresentados nos COBREAP’s
(Congresso Brasileiro de Engenharia de Avaliações e Perícias;
Presidente do IBAPE-MG (1989/1992) e IBAPE Nacional – Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (2003/2004);
Vice-Presidente do CREA-MG - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Minas Gerais (1992/1993);
Presidente das Comissões de Estudo da Associação Brasileira de Normas Técnicas para revisão e elaboração das seguintes
Normas Brasileiras (1992/1994):
♦ Avaliação de Unidades Imobiliárias Padronizadas.
♦ Perícias de Engenharia na Construção Civil.

Vice - Presidente da UPAV – Unión Panamericana de Asociaciones de Valuación (2006/2008).


Vice-Presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB-MG (2008/2009).
INVESTIMENTO:
— Sócios IBAPE/SC e Estudantes de graduação (apresentar comprovante de matrícula de 2009): R$200,00 à vista.
— Estudantes de pós graduação (apresentar comprovante de matrícula de 2009): R$320,00 à vista.
— Demais profissionais: R$400,00 à vista.
FORMA DE PAGAMENTO
Depósito bancário em nome do IBAPE/SC Instituto Catarinense de Engenharia de Avaliações e Perícias
o o
Banco do Brasil: Conta: n 9374-2, Agência n : 1808-2
o o
CEF: Conta: n 1770-6, Agência n : 1873-003
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
• Vagas limitadas ( máximo 40 alunos em sala)
• Carga Horária: 12:00 horas/aula
• O valor inclui todo o material, certificado e coffee-break.
• Na hipótese de desistência do aluno, o cancelamento de sua inscrição deverá ser solicitado mediante comunicação por escrito e endereçada
ao IBAPE/SC e ficará sujeito às seguintes condições:
1) Até 15 (quinze dias) dias úteis antes do inicio do curso, será devolvido o valor integral;
2) Do 14º. (décimo quarto) ao 1º. (primeiro dia que antecedem o início do curso, será descontada a taxa administrativa de 5% (cinco por
cento) do valor total do curso. O aluno deverá devolver a 1ª via do recibo e, após três dias, poderá ser retirada a devolução na sede do
IBAPE/SC ou, se o aluno preferir, poderá solicitar por escrito, através de fax ou e-mail, que seja feito deposito em conta bancária.
3) Para cancelamentos no dia do curso ou após o inicio das aulas não haverá devolução de valores.
• O IBAPE/SC se reserva o direito de cancelar ou marcar novas datas para inicio do curso. Na hipótese de cancelamento, haverá reembolso
integral do valor pago. No caso de remanejamento de data do inicio do curso o IBAPE/SC poderá, mediante solicitação do aluno, cancelar a
inscrição e fazer o reembolso integral do valor pago.

PATROCÍNIO
CREA/SC - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Santa Catarina

APOIO
IBAPE - Instituto Catarinense de Engenharia de Avaliações e Perícias
UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina
CREA/SC - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Santa Catarina
CONFEA - Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia
MÚTUA - Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA
CEF - Caixa Econômica Federa

Você também pode gostar