Você está na página 1de 16

O PEDAGOGO DENTRO DA EMPRESA: A PEDAGOGIA

EMPRESARIAL NA ZONA OESTE DE SÃO PAULO

Rosemeire Marques Barbosa Ferreira (Faceq)

Resumo:

Este trabalho de pesquisa tem por propósito analisar a atuação do pedagogo dentro das empresas
da Zona Oeste de São Paulo, especificamente nas cidades de Jandira, Itapevi e Cotia, onde a
pesquisa de campo aconteceu na empresa Weber Quartzolit localizada em Jandira e demais
informações via telefone, e-mail e sites sendo as empresas: CIESP, CATHO e MANAGER.
Este profissional pode atuar como formadores, animadores, instrutores, organizadores, técnicos,
consultores, orientadores que desenvolvem atividades pedagógicas (não escolares), em órgãos
públicos e privados ligados às empresas, à cultura, aos serviços de saúde, alimentação, promoção
social, etc., e mais precisamente veio para inovar o setor de Recursos Humanos, através dos
conhecimentos teóricos adquiridos e a prática docente, desenvolvida dentro dela o
aperfeiçoamento de treinamentos de seus colaboradores, uma vez que a empresa está aberta para
este profissional tomar medidas para que os seguimentos das ações tomem o rumo do
desenvolvimento e a transformação da parte que merece este novo saber. O Pedagogo é um
profissional que enriquece o setor e Recursos Humanos com seu conhecimento voltados para a
área da aprendizagem.
Apesar desse potencial a Pedagogia Empresarial é um curso hoje quase não visto, são poucas as
Universidades e Faculdades dispondo-o em sua grade curricular.
No entanto existe a dificuldade em encontrar o curso específico em Pedagogia Empresarial
próximo da região, consequentemente este problema ocasiona pouca demanda de Pedagogos na
área Empresarial da Zona Oeste de São Paulo.

Palavras-Chave: Pedagogia Empresarial, Zona Oeste de São Paulo.

Abstract:
This article has the purpose to analyze the role of the teacher within the companies of This
research has the aim of analyzing the work of teachers within the companies of the West Zone of
São Paulo, specifically in the cities of Jandira, Itapevi and Cotia where the fieldwork took place
in the company located in Weber Quartzolit Jandira and other information via telephone , email
and websites and companies: CIESP, and CATHO MANAGER.
This professional can act as trainers, leaders, instructors, organizers, technicians, consultants,
advisers who develop educational activities (not school) in public and private business-related,
culture, health services, nutrition, social promotion, etc. ., and more specifically came to innovate
the Human Resources department, through the theoretical knowledge and teaching practice,
developed within it the improvement of training of its employees since the company is open for
1
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
this professional act to ensure that the segments actions take the course of development and
transformation of the party deserves this new knowledge. The Educator is a professional who
enriches the Human Resources sector and their expertise toward the area of learning.
Despite this potential Pedagogy Business is a course hardly seen today, there are few
Universities and Colleges providing it in their curriculum.
However it is difficult to find the specific course in Education Business near the region,
therefore this problem causes little demand for Business Educators in the area of the West
Zone of São Paulo.

Keywords: Business Education, the West Zone of São Paulo

Introdução

A Pedagogia Empresarial tem por objetivo, oferecer mão de obra qualificada a


empresa e consequentemente atuação no setor de Recursos Humanos, com a intencionalidade
do processo de planejamento dos treinamentos e posterior desenvolvimento dos
colaboradores inseridos naquela organização, têm como finalidade o desenvolvimento
profissional que proporciona a requalificação do colaborador dentro do ambiente de trabalho,
estimulando-os, contribuindo para uma melhor produtividade.
Com a globalização e a tecnologia posta as mãos e voltadas para a construção do ser
pensante, o condutor e mediador para essa era do conhecimento é o Pedagogo Empresarial,
que utiliza de suas habilidades com a intencionalidade para desenvolver competências
daqueles que ali necessitam.
A empresa busca a mudança constante no comportamento de seus colaboradores, por
diversas formas, melhor mão de obra, para que o processo de funcionamento não perca seu
real objetivo, quais sejam: uma boa produtividade, em função de maior faturamento. Para que
isso ocorra, a procura por profissionais com foco em provocar a mudança, seja ela por meio
de cursos ou até mesmo através de dinâmicas onde o aprendizado possa ser atingido.
É necessário treinar para se obter o mais eficiente desempenho profissional dos
colaboradores, buscar maior engajamento para alcançar os objetivos da empresa, com o
desenvolvimento profissional.
Nos dias atuais a empresa está contratando mais Pedagogos no setor de Recursos
Humanos, pela praticidade e desenvoltura quanto aos procedimentos das rotinas de trabalho,
visto que é um profissional que colabora hierarquicamente neste setor por ter noção de
projetos, planejamento, onde o trabalho é gerir pessoas como educador.
Visto que o mercado de trabalho está mais amplo nesta área, onde se evidencia cada
vez mais as outras possibilidades de atuação, este educador aplicará seus conhecimentos
2
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
docentes em programas de ação em relação ao aperfeiçoamento no desenvolvimento das
competências e habilidades, favorecendo o surgimento de mudanças de comportamento dos
colaboradores dentro das empresas.
O instrumental de coleta de dados utilizado foi à pesquisa de campo na empresa
Weber Quartzolit na cidade de Jandira-SP, onde o pedagogo desenvolve seu enfoque no setor
de Recursos Humanos, nas áreas de Treinamento, Seleção e desenvolvimento, e demais
pesquisas de empregos via telefone, e-mail e sites, sendo eles CIESP, CATHO e
MANAGER, onde os filtros de busca foram às cidades de Jandira, Cotia e Itapevi - SP.

Pedagogia empresarial: O pedagogo dentro das empresas


Podemos definir pedagogia como campo de conhecimento que investiga a natureza e
as finalidades da educação em uma determinada sociedade bem como os meios apropriados
de formação humana dos indivíduos.
Libâneo faz uma interessante observação sobre o significado do termo Pedagogo:

Pedagogo é o profissional que atua em várias instancias da prática


educativa, direta ou indiretamente ligadas à organização e aos processos de
transmissão e assimilação ativa de saberes e modo de ação, tendo em vista
objetivos de formação humana definidos em sua contextualização histórica,
Em outras palavras, pedagogo é um profissional que lida com os fatos,
estruturas, contextos, situações, referentes à prática educativa em suas
várias modalidades e manifestações (LIBÂNEO, 2010, p. 33).

As pessoas têm uma forma inigualável de adaptação, então porque não propiciar um
ambiente mais agradável, ensinando-as a serem felizes no que sabem fazer, estimulando a
desenvolver o hábito de ser feliz, incentivar, motivar, e verificar como é bom trabalhar num
local onde lhe traga satisfação e prazer.
Sobre este assunto Holtz (2006), diz que as responsabilidades do Pedagogo
Empresarial é promover as condições e atividades práticas necessárias, treinamentos,
eventos, reuniões, festas, feiras, exposições, excursões, etc..., ao desenvolvimento integral
das pessoas, influenciando-as positivamente no processo educativo, com o objetivo de
otimizar a produtividade pessoal. Menciona ainda sobre o melhor chefe, que o líder educador
provoca o entusiasmo, estimula a imitação e o treino, através do seu modo de ser e do seu
prestígio, que são os principais meios que emprega.

3
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
Nos dias de hoje vemos muitos colaboradores que precisam de um auxilio, um
direcionamento, porque às vezes são pessoas que não tiveram um lar onde a harmonia
pudesse refletir em seu comportamento, ou seja, muito pelo contrário, tudo aquilo que
presenciou foram brigas do pai com a mãe, desentendimentos, o levaram a acreditar que a
vida do lado de fora também fosse da mesma maneira, desta forma reproduziam a mesma
intolerância a que foram submetidos quando criança, tendo um comportamento desagradável
junto aos colegas de trabalho e até mesmo hierarquicamente. A ausência deste convívio
social fez com que este adulto perdesse um pouco do relacionamento com outras pessoas,
uma maior interação com os demais.
O Pedagogo tem que ter uma visão geral, quanto às necessidades de cada colaborador,
ao passo que este profissional desenvolverá melhor suas habilidades quando se está em
estado de alegria, para que isso aconteça, tem que conhecê-lo melhor, buscar mais
informações sobre sua família, uma vez que ao estar bem em casa, tudo flui plenamente na
vida social.
Quando a insatisfação acontece por algum motivo, deve-se estar atento para que não
se propague aos demais, tentar cortar pela raiz, ou seja, trabalhar o porquê da insatisfação
para que a pessoa possa desenvolver uma relação mais favorável com os demais
colaboradores. Destacamos uma necessidade de maior complexidade, é a auto-estima, ela não
é tão fácil de lidar, algumas vezes não terá como ajudá-lo, sendo necessário que seja feito a
troca, porque algumas vezes por razões diversas este profissional quer mudar de ares, local
de trabalho, independe da ajuda que ele possa receber, saber a causa poderá ter um retorno
não tão favorável, porém saber que trabalhar com este colaborador despenderá de esforço,
dedicação, e, no entanto ele só quer mudar de emprego.
O pedagogo precisa ter a sensibilidade, para não cair nas “artimanhas” de alguns
colaboradores, sem generalizar, onde ele conta uma história triste que se passa na vida
familiar, como doença (é a mais utilizada) entre outras, induzindo seu chefe ou responsável
pelo setor de Recursos Humanos ao sentimento de pena, tristeza, fazendo com que consiga
êxito em sua dispensa sem justa causa, do contrário teria que pedir demissão, o que lhe
renderia um valor menor em sua rescisão contratual.
Agora se de fato é constatado que este profissional está com problemas familiares,
quais os procedimentos a serem tomados, para que a vida desta pessoa fique melhor? É algo
que será visto caso a caso, sem partir para o lado de serviço social, que não faz parte do
contexto que estamos falando o da Pedagogia.
4
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
Nas empresas o trabalho deverá ter formas de diálogos para que o indivíduo faça uma
reflexão e que aprenda a expor seus próprios pensamentos, e consequentemente a aceitar o
retorno (feedback) dos outros.
É preciso estudo e observações cuidadosas do que está acontecendo dentro da
empresa e entender o seu sistema de funcionalidade e se existe um desequilibro. Tal
diagnóstico requer do Pedagogo Empresarial perspicácia, observação, envolvimento,
criatividade e desejo efetivo pela descoberta dos pontos de melhoria dentro da organização.
Aprender, portanto, pode significar romper com modelo internalizado, ou retirar um
determinado personagem, uma determinada cena, e inserir outra. Segundo Cadinha:

Ao investir no capital intelectual de seus funcionários, a empresa estará


assegurando a manutenção e a retenção de seu quadro, contribuindo para a
obtenção de elevados padrões de qualidade de vida no trabalho e na
excelência de desempenho empresarial. (LOPES, TRINDADE, CADINHA,
2009, p. 26).

A educação como sabemos esta sempre em processo de modificação, bem sucedidas


ou mal sucedidas, então podemos dizer que ela é algo que aprendemos de dentro para fora
(família) e de fora para dentro (escola), é quando se interioriza o saber a que se dedica em
aprender, a aprendizagem é um processo de reflexão onde se recebe uma informação, após
uma autocrítica adquire-se um conhecimento ou não, dependerá muito da vida social que a
pessoa se encontra.
Sendo em sua maioria, as empresas buscam a mudança constante no comportamento
de seus colaboradores, por diversas razões, para uma melhor mão de obra, para que o
processo de funcionamento não perca seu real objetivo, quais sejam: uma boa produtividade,
em função de maior faturamento. Para que isso ocorra, a procura por profissionais com foco
em provocar a mudança, seja ela por meio de cursos ou até mesmo através de dinâmicas onde
o aprendizado possa ser atingido.
O investimento da empresa é na qualificação profissional, ou seja, curso de
aperfeiçoamento, não pensar que realizar o curso já esta resolvido o problema quando
termina o curso, é aí que inicia o processo de acompanhamento, será que ele (a) conseguiu
atingir o objetivo esperado? Se não, como resolver o problema? Saber distinguir que cada
colaborador é único e o aprendizado também, a assimilação dependerá muito do que cada um

5
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
já sabe sobre o assunto, uns respondem mais rapidamente, outros nem tanto, é necessário que
ao evidenciar o que ocorreu verificar se será refeito ou não.
Fazendo uma analogia ao corpo humano e uma organização, existe a estrutura em
ambos os casos, uma é o esqueleto que dá sustentação ao corpo e a outra são os
departamentos que dão suporte a empresa, a parte que está ruim interfere nas demais, ou seja,
um caindo, todos sofrem as consequências, então a visão do Pedagogo Empresarial é fazer
com que haja a colaboração por parte de todos os envolvidos, um exemplo é ao verificar que
o companheiro do lado está com sérios problemas na execução de seu trabalho, nada o
impede em ajudá-lo na medida do possível, o resultado positivo é de comum a todos.

A Pedagogia Empresarial na Zona oeste de São Paulo: Um olhar sobre os cursos de


pedagogia e sobre as empresas (Jandira, Itapevi e Cotia - SP)
A região em estudo concentra boa parte de empresas do estado de São Paulo, é uma
região em franco crescimento.
Seguem alguns nomes das empresas que estão operando nos municípios em questão:

JANDIRA-SP ITAPEVI-SP COTIA-SP


AÇOTÉCNICA ALCLEAN ASTRAZENECA
AMONEX BRASALPLA AVON
BUDAI CACAU SHOW BLAUSIEGEL
DAY BRASIL CASA SUIÇA DRAGÃO QUIMICA
EIRICH CECIL LANGONE DURATHERM
EMBRAPOL EUROFARMA EDUMAX DO BRASIL
FAMC HENKEL LTDA FIBER LIGHT
FRIOZEM ITAFUNGE GERBEAUD
FUCHS JARAGUA IDEATEX
FUNDANAC KRAUCHER LATINOFARMA
IDUSQUIMICA NOVA AMBIENTAL MABPLAST
JAVAFLAVOR OMICRON IND. E COM. MUNCK
RESINAC SIEGLIN BRASIL OLEAK
WACKER QUÍMICA WALL MART LOGISTICA ORNARE
WEBER QUARTZOLIT WIETH PONS INDÚSTRIA

Apesar desse potencial a Pedagogia Empresarial é um curso hoje quase não visto, são
poucas as Universidades e Faculdades dispondo-o em sua grade curricular. Em sua maioria o
aprendizado para a atuação do Pedagogo está totalmente voltado para a área escolar, ficando

6
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
a cargo de cada um buscar maior conhecimento de como desenvolver o que foi adquirido
nesta área específica. Digo que não é fácil, uma vez que sem direção, o que ocorre é a
incerteza de como aplicar e desenvolver o aprendizado dentro de uma empresa.
A Pedagogia Empresarial tem como propósito oferecer às empresas mão de obra
qualificada para melhor atender e consequentemente suprir a gestão na área de Recursos
Humanos, visando os processos de planejamento, capacitação, treinamento, atualização e
desenvolvimento do corpo funcional.
O Pedagogo é a melhor opção de profissional para aplicar o conhecimento dentro de
uma empresa porque ele dissemina o conhecimento, exercendo o papel de educador, onde
possa aplicar técnicas e práticas que, somadas às experiências dos profissionais de outras
áreas, constituem instrumentos importantes para atuação na gestão de pessoas.
Fazendo uma breve pesquisa pela Internet, o modo de busca foi a procura por
Universidades ou Faculdades que tenham o curso de Pós Graduação em Pedagogia
Empresarial, sendo este presencial no Estado de São Paulo, foram encontradas as
relacionadas logo abaixo:

 Faculdade Metropolitanas Unidas – FMU em Vergueiro.


 Escola Superior Aberta do Brasil – ESAB na Liberdade.
 Universidade Camilo Castelo Branco – UNICASTELO em Itaquera.
 Unianhanguera – ANHANGUERA em Sorocaba.

Mais abaixo foram elencadas as Faculdades dos municípios de Jandira, Itapevi e


Cotia - SP, onde o foco principal é mostrar onde encontrar no Curso Superior de Pedagogia
quais oferecem em sua grade curricular matéria voltada para a área não escolar, conforme
segue:

No município de Jandira tem 03 (três) Faculdades sendo elas:

1. UAB - Universidade Aberta do Brasil – (UFSCAR) Universidade Federal de


São Carlos - A Distância – Pólo Escola Municipal Moises
2. FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS – FACEQ
3. UNIARARAS – Polo Escola Edson Alves dos Santos

7
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
A Faculdade Faceq possui curso de Pedagogia, em sua grade curricular e há uma
disciplina no modelo “Gestão de Pessoas e Desenvolvimento de Liderança”.

1. Proposta de Melhoria nesta Instituição

Como ponto de melhoria que a Faculdade possa rever e inserir disciplinas para quem
não irá atuar em espaço escolar.
Dar ao estudante, ao efetuar sua matrícula a opção de no último semestre optar entre a
atuação na escola ou a atuação dentro de uma empresa ou outros afins, de que maneira isto
seria possível? É necessária a inclusão não somente de uma disciplina, mas duas, quais são:
Recursos Humanos e Pedagogia Empresarial (ou outra voltada ao contexto não escolar), ou
seja, quem optou em continuar com as disciplinas totalmente voltadas para o âmbito escolar
permanecem da forma ao qual se encontra nos moldes já existentes, e para aqueles que
fizeram a opção de ter a disciplina com conteúdo focado às empresas ou outros contextos,
que possam atuar como formadores, animadores, instrutores, organizadores, técnicos,
consultores, orientadores que desenvolvem atividades pedagógicas (não escolares), em
órgãos públicos e privados ligados às empresas, à cultura, aos serviços de saúde,
alimentação, promoção social, etc.. Para que não haja custos à instituição têm-se as seguintes
possibilidades:
Na Faculdade já existe o curso de Recursos Humanos, sendo este com um total de
quatro semestres para sua conclusão e o de Administração de Empresas que se finaliza com
oito semestres de conclusão, o aluno deverá acompanhar as aulas de algumas destas matérias
nas salas onde são ministradas, para quem ficaram com a segunda opção, verificar matérias
existentes que mais se assemelham ao Pedagogo Empresarial ou que insira uma nova,
fazendo com que a construção deste novo conhecimento das rotinas pertinentes á área onde
irão atuar tenha maior consistência, e consequentemente dar-lhe a oportunidade de maior
capacitação para entrar no mercado de trabalho.
A proposta é que se tenha um professor com formação vivenciada na área de
empresas, que tenha a visão e a experiência da qual se esta falando em sala de aula, e assim
poder ministrá-lo, porque um professor que tenha tão somente a teoria (Mestrado,
Doutorado) em sua bagagem curricular como é comum de se ver, não suprirá as necessidades
em questão.

8
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
Outro ponto a ser enfatizado é a respeito das opções e das propostas metodológicas
quanto ao estágio, ficou evidenciado a necessidade de inserir aos alunos não somente em
espaços escolares como também dentro de empresas, para que possam experimentar como é a
rotina no setor administrativo de uma organização, onde é direcionado outro enfoque na
prática do trabalho. Sabe-se que o MEC autoriza somente o estágio e a gestão na área escolar,
mas o outro é tão importante quanto, e tem que haver uma estratégia na faculdade, que
envolva através de parcerias com a prefeitura e a associação de empresas do município que
se chama Assija, onde o aluno em fase de formação torna-se visível, e possa concorrer a
vagas em um processo seletivo igualmente com outros que não estão estudando nesta
instituição.

2. Proposta de Melhoria nesta Instituição


Na Faculdade Uniararas tem em sua grade o modelo “O Trabalho do Pedagogo em
Contextos Não Escolares”.
O curso hoje ministrado por esta instituição está focado para a conclusão de
Pedagogia de professores que já atuam na região, sendo este aplicado suas aulas numa escola
municipal do bairro.
O ponto negativo é que o curso perfaz oito semestres, o que o torna inviável, a contar
que pegar mais um semestre é possível contemplar mais uma Pós Graduação sobre o tema
em questão, visto que na Faculdade Faceq o diferencial do curso é que tem a duração de seis
semestres.
No município de Itapevi tem 02 (duas) sendo elas:
1. UAB - Universidade Aberta do Brasil – (UFSCAR) Universidade Federal de
São Carlos - A Distância.
2. UNINTER – Desenvolvimento Avançado à Distância

Elas possuem o curso de Pedagogia, e em sua grade curricular, porém não consta a
disciplina sobre a Pedagogia em áreas não escolares.

No município de Cotia tem 04 sendo elas:


1. UNINTER – Desenvolvimento Avançado a Distância
2. FACULDADE MARIO SCHENBERG
3. FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO
9
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
4. FACULDADE ESTÁCIO EUROPAN

1. Proposta de Melhoria nesta Instituição


Todas possuem curso de Pedagogia, porém a única que tem em sua grade curricular é
a Europan onde há duas disciplinas nos modelos de “Pedagogia nas Instituições não
Escolares” e “Prática e Est. Super. Em Gestão das Organizações não Escolares”, a visão
desta instituição é a de que está preocupada em profissionalizar seus alunos, dar maior
capacitação, porque o foco não é somente formar professor para atuar em escolas, como
também em outros espaços fora do contexto escolar, podendo ser em empresas, entre outros.
Hoje quanto maior a qualificação profissional para o mercado de trabalho melhor, e é
o que fará a diferença na busca por um novo emprego.
O ponto negativo que ficou claro, foi quanto à duração do curso, realizado em oito
semestres ao invés de seis semestres como acontece em outras instituições.

3.1 Demanda por Pedagogos na Zona Oeste (Jandira, Itapevi e Cotia)


Para analisar a demanda por pedagogos a primeira possibilidade foi realizar um
levantamento e pesquisa nas Indústrias da região de Itapevi, onde se presumia ter o Pedagogo
no setor de Recursos Humanos, por se tratar de empresas de grande porte, o que não foi
evidenciado, seguindo para a segunda possibilidade a busca foi através de e-mails, uma
forma de troca de informações que o grupo de RH – CIESP (empresas associadas) faz para
aqueles profissionais que tem dúvidas em diversos assuntos, ou queiram informações através
da colaboração de pessoas que trabalham neste setor, ou seja, que vivenciam os mesmos
problemas e necessidades, que também não se conseguiu êxito.
Chegando à terceira possibilidade, foi feito a busca por currículos através no banco de
dados da Catho Online, onde foram filtradas as cidades de Jandira, Itapevi e Cotia, pela vaga
de Pedagogo, ao qual vieram 22 resultados desta pesquisa, foi verificado que 09 eram para a
área da educação, 03 para a área de empresas e 10 em funções diversificadas, pessoas que
estão iniciando o curso sem experiência alguma.
A demanda por profissionais na área da Pedagogia Empresarial nesta região ainda é
muito pequena, quase não se percebe, para quem já está atuando ao procurar por uma vaga de
emprego, vai se deparar com este déficit e na busca por uma solução é ir até as cidades
vizinhas.

10
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
Para que haja sucesso nesta pesquisa, é preciso abrir o leque nas cidades próximas,
uma vez que até mesmo algumas faculdades já tem em sua grade curricular a formação para
este profissional, então porque não foi visto pelo publico alvo? Por falta de conhecimento ou
divulgação, e um pouco pela modificação que irá acontecer em sua estrutura interna, uma vez
que este profissional focará outras necessidades dos clientes internos (colaboradores) que
serão atendidos ou não, muitos empresários ainda resistem a mudanças, o que envolve custo,
sendo em sua maioria visto como despesa e não como benefício, e o que se vê nos dias atuais
são profissionais da área do Departamento Pessoal executando não só os serviços de sua
rotina, como também as do setor de Recursos Humanos, que abrange o treinamento, seleção,
benefícios entre outros.

Manager - www.empregos.com.br
Foram encontrados 19 anúncios de vagas para Pedagogo que atuam dentro de
empresas no Estado de São Paulo em 17/10/2011, sendo aberto o nome das empresas
somente para quem é assinante. Quais são as exigências que as empresas buscam para
contratar este profissional, seguem algumas:

Qual tipo de trabalho: Todas as rotinas do setor de Recursos Humanos.


Qual remuneração: Entre R$ 1.000,00 a R$ 2.000,00, depende da função, se auxiliar ou
analista.
Qual exigência: Ter experiência nas rotinas do setor de Recursos Humanos.

3.2 A Pedagogia Empresarial dentro das empresas: O caso da Weber Quartzolit


A Weber Quartzolit, localizada em Jandira na Via de Acesso João de Góes, 2.127 –
no Bairro do Jardim Alvorada, foi fundada em 1937, hoje com aproximadamente 600
(seiscentos) colaboradores, é reconhecida pela qualidade dos seus produtos entre todos os
que atuam no segmento da construção civil brasileira, dos aplicadores aos técnicos
responsáveis, empreendedores, institutos de pesquisas, e toda a cadeia de distribuição de
materiais de construção.
Em 1972, lançou uma de suas linhas de maior sucesso, o Cimentcola Quartzolit,
argamassa colante para assentamento de placas cerâmicas, que representou uma inovação
para o mercado da época.

11
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
A Weber Quartzolit foi incorporada ao Grupo Saint-Gobain em 1997, por meio da
Saint-Gobain Weber, uma das maiores fabricantes de argamassa da Europa. A partir da
aquisição, a Weber Quartzolit entrou em uma nova fase, buscando a ampliação de sua linha
de produtos e de sua cobertura geográfica no território brasileiro, mantendo seus
compromissos com o mercado, ética e qualidade.

Para fazer uma analise sobre essa questão foi elaborado um questionário conforme segue:

1) Quais as atividades desenvolvidas?


R: A rotina na Weber é como de qualquer outro profissional de T&D (Treinamento e
Desenvolvimento): realizar LNTD (Levantamento e Necessidades de Treinamento e
Desenvolvimento), validar solicitações de treinamento, cotações, validação de fornecedores,
conteúdos, avaliação de desempenho, atuação em sala de aula, controle do budget de
treinamento, atendimento a solicitações dos colaboradores, etc...
Significao da palavra Budget é um Orçamento Empresarial.
Ex.: Antes de iniciar o ano a empresa analisará fatores econômicos, mercado, capacidade de
produção etc.., e definirá qual o volume de vendas é previsível que se atingirá. Com base
neste volume de vendas a empresa orçará todos os custos e demais despesas. A cada mês a
empresa fará a comparação Budget x Actual (orçado x real) para encontrar divergências e
buscar revisões. Tais revisões serão chamadas Forecast. O Forecast nada mais é do que o
Budget ajustado. Toda esta parte de analisar, controlar e sugerir revisões e planos ao budget é
o Forecast. Budget e Forecast são em geral planilhas de Excel ou Sistemas Integrados. E são
apresentados por períodos (meses, semanas, trimestres, etc...).

Comentário: A rotina de serviços de que ela fala é o comum e executado em todas as


empresas que tenham setor de Recursos Humanos atuante.

2) Quais as dificuldades encontradas?


R: Felizmente não tive dificuldade para me colocar no mercado, visto que atuava em RH
quando me decidi por realizar o curso de Pedagogia. Ao sair da empresa em que eu estava
quando cursava pedagogia, em menos de um mês já estava recolocada no mercado e pude
escolher em que empresa atuar, visto que havia sido chamada por duas empresas.
Recentemente mudei de emprego novamente e passei por diversas entrevistas de emprego,
12
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
tendo também podido escolher a que mais me agradava por ter sido aprovada em processos
seletivos distintos.
Minha opinião é de que muito mais relevante do que a formação acadêmica é a experiência
profissional e o perfil comportamental do profissional, que vai determinar o quanto ele vai
saber e vai usar de sua formação.
Quando iniciei na área de RH a maioria dos profissionais eram psicólogos, hoje, as empresas
pedem cada vez mais empresas multidisciplinares e no RH em que atuo hoje, por exemplo,
temos administradores, pedagogos e psicólogos.

Comentário: A diversidade na atuação do Pedagogo esta atingindo empresas pelo fato de


obterem o conhecimento de planejamento, didática, a função sozinha não diz que o
profissional já pode atuar em outros espaços, a pessoa tem que buscar a qualificação que é
essencial tanto para essa como para qualquer outra função.

3) Qual a importância da função?


R: Atualmente atuo especificamente na célula de T&D, sendo responsável por pensar em
conteúdo e metodologias de treinamentos, avaliação de competências, carreira... já atuei
como coordenadora de RH nos mais diversos subsistemas da área e como pedagoga
normalmente se espera que eu tenha segurança para falar sobre desenvolvimento humano,
educação, etc., mas entendo que a faculdade me preparou muito mais para ser mais crítica e
questionadora, me fez amadurecer, ver o mundo com outros olhos, entender como os valores
das pessoas se formam, porque agem assim (aulas de filosofia, sociologia, antropologia,
psicologia) e essas matérias não estão ligadas diretamente ou apenas ao pedagogo, e elas sim,
te preparam para atuar nessa ou em outra atividade, ao meu ver.

Comentário: Quando o profissional atua em uma empresa de grande porte a distribuição dos
serviços é inevitável, é impossível que uma pessoa consiga fazer todo o trabalho que existe
neste setor. Prova disso é quando ela menciona ser a responsável por treinamento e
desenvolvimento, obviamente os outros colegas estão com outros processos, como: seleção,
entrevista, admissão, entre outros afazeres que existe neste setor. Onde ela menciona ter tido
o conhecimento também na faculdade, foi um dos motivos pelo qual fiz a proposta de
melhoria para esta instituição de ensino, porque não adianta ter a formação em pedagogia

13
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
sem que haja o conhecimento do que se tem dentro de uma empresa, é a soma da teoria e da
experiência (vivência), elas caminham juntas.

Seguem algumas das rotinas de Gestão de Pessoas, mais conhecido como Recursos Humanos
em geral:

 Modelo de Macro Fluxo de Gestão de Pessoas


 Estrutura Organizacional
 Orçamento
 Requisição de Pessoal
 Descrição de Cargos
 Recrutamento e Seleção
 Programa de Trainees / Estagiário
 Contratação
 Integração Organizacional
 Remuneração
 Benefícios
 Movimentação de Pessoal
 Reajuste Salarial Legal
 Remuneração por Desempenho
 Gestão por Competência
 Saúde Ocupacional
 Avaliação de Desempenho
 Planos de Carreira e Sucessão
 Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal
 Pesquisa de Clima Organizacional
 Desenvolvimento Organizacional
 Registros Disciplinares (Punições)
 Afastamento
 Desligamento
 Auditoria de Gestão de Pessoas
 Consultor Interno
 Sistemas de Informações de Gestão de Pessoas

Considerações Finais

Apesar desse potencial a Pedagogia Empresarial é um curso hoje quase não visto, são
poucas as Universidades e Faculdades dispondo-o em sua grade curricular.
Pelo fato da pesquisa ter focado apenas a Zona Oeste, foi possível identificar que não
apenas as cidades de Jandira, Itapevi e Cotia existe este déficit com relação à demanda de
profissionais nesta área, como também a cidade de São Paulo. Isso pode ser evidenciado
pelas buscas feitas através do CIESP, CATHO e MANAGER, onde o filtro resultou em 22
14
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
currículos e apenas 03 eram profissionais que atuam nesta área e para São Paulo 19 vagas
incluído as 03 em questão.
Através do trabalho foi possível concluir que as áreas de atuação o Pedagogo
ultrapassam o âmbito escolar formal, abrangendo várias instancias das práticas educativas na
sociedade.
No entanto existe a dificuldade em encontrar o curso específico em Pedagogia
Empresarial próximo da nossa região, conseqüentemente este problema ocasiona pouca
demanda de Pedagogos na área Empresarial na Zona Oeste de São Paulo.
Isso poderia ser melhorado se houvesse maior divulgação tanto das empresas quanto
das faculdades.

Referências Bibliográficas

ABRANTES, José, A Pedagogia Empresarial: nas organizações que aprendem. Rio de


Janeiro: Wak, 2009.

BELINI, Cristiane Santos. O Pedagogo Empresarial. Disponível em:


http://www.artigonal.com/educacao-artigos/o-pedagogo-empresarial-a-importancia-da-
formacao-continuada-na-qualidade-dos-servicos-prestados-1367996.html Acesso em:
09/08/2011.

CARVALHO, Frank Viana. Pedagogia da Cooperação. 3ª ed. São Paulo: Unaspress, 2003.

COSTA, Marília Maia. Psicopedagogia Empresarial. Rio de Janeiro: Wak, 2009.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. 42ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

HOLTZ, Maria Luiza Marins. Lições de Pedagogia Empresarial. Sorocaba: MH Assessoria


Empresarial, 2006.

LIBANEO, José Carlos. Pedagogia e Pedagogos, para que? 12ª ed. São Paulo: Cortez, 2002.

LOPES, Izolda, TRINDADE, Ana Beatriz, CADINHA, Marcia. Pedagogia Empresarial:


Formas e Contexto de Atuação. 3ª ed. Rio de Janeiro: Wak, 2009.

PIAGET, Jean. Psicologia e Pedagogia. 10ª ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

RIBEIRO, Amelia Escotto do Amaral. Pedagogia Empresarial: Atuação do Pedagogo na


Empresa. 6ª ed. Rio de Janeiro: Wak, 2010.

RIBEIRO, Amelia. Escotto do Amaral. Temas Atuais em Pedagogia Empresarial. 3ª ed.


Rio de Janeiro: Wak, 2010.

15
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs
ROGERS, Carl Ransom, SANTOS, Antonio Monteiro dos, BOWEN, Maria Constança
Villas-Boas. Quando fala o coração: A essência da Psicoterapia centrada na pessoa, São
Paulo: Vetor, 2004.

16
Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 4,
dezembro de 2011. www.faceq.edu.br/regs