Você está na página 1de 5

BIOLOGIA 3 - SEMANA 25: Biomas brasileiros babaçu, carnaúba, oiticica e buriti; estabelece-se entre a Amazônia e a caatinga,

Próxima semana: Ciclo do nitrogênio abrangendo os estados do Maranhão, Piauí e norte do Tocantins. A Carnaúba é uma
árvore endêmica que dela pode ser extraída cera para lubrificantes e confecção de
ROTEIRO DA AULA plásticos.
1. Mata amazônica e mata atlântica.
2. Cerrado. 4. Pampas e Mata dos pinhais. Resumo: A palavra pampa vem da palavra plana.
3. Caatinga e Mata dos cocais. Ocorre na região Sul do país e por lá pode ser chamada também de Campanha
4. Pampas e Mata dos pinhais Gaúcha ou Campos Sulinos. No pampa predominam as herbáceas, gramíneas, alguns
4. Manguezal e Pantanal. arbustos, poucas árvores e plantas rasteiras. Ao ser observado ao longe, o pampa tem
a aparência de um tapete verde por possuir paisagem plana e homogênea. Observe
RESUMO CONCEITUAL pinturas que representam batalhas da Guerra do Paraguai! Isso é ENEM! Apresenta
1. Mata Amazônica e Mata Atlântica. Resumo: São nossas florestas tropicais pluviais significativa diversidade com centenas de espécies de aves (araras, tucanos,
estratificadas. Apresentam temperaturas altas, elevada umidade relativa do ar, periquitos, anus-pretos e pica-paus), dezenas de mamíferos (tatu, veado, tamanduá,
precipitações abundantes, e intensa luminosidade. Suas composição florística é preguiça, micos e guaxinim). Com temperatura amena e chuvas que não variam muito
extremamente variada – BIOMAS MEGADIVERSOS. Com distribuição próxima ao durante o ano, o clima do pampa é considerado subtropical. Com solo fértil, é uma área
Oceano Atlântico, a Mata Atlântica se distribui por fragmentos da região litorânea aos importante para a agropecuária. Mata dos pinhais é também chamada de Mata das
planaltos e serras do interior, do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Araucárias, é uma floresta subtropical e pode ser encontrada na região Sul do Brasil
Sul. Atualmente sua área encontra-se reduzida a menos de 5% da cobertura original. (estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Esta formação florestal é
Sem perder certa homogeneidade, apresenta um conjunto de formações florestais típica de uma região de clima subtropical. Os pinheiros predominam nesta área,
bastante diversificadas, perceba que ela se distribui por uma grande amplitude principalmente as coníferas. O pinheiro típico e mais presente na Mata dos Pinhais é a
latitudinal e altitudinal. Isso explica! Também por este motivo alguns Araucária augustifolia. As árvores são altas, possuindo, com folhas com formato de
ecossistemas estão nela inseridos: manguezal, restinga e brejos interioranos. Os tipos agulha. A polinização é feita pelo vento (anemofilia).
climáticos da Mata Atlântica variam de quentes e úmidos a moderadamente frios. São
alguns de seus representantes: ipês, jabuticabeiras, palmito-juçara, begônias, ervas, 5. Manguezal e Pantanal. Resumo: O manguezal é um ecossistema costeiro que
gramíneas, musgos, lianas, bromélias. Dentro da riquíssima fauna desse bioma, ocorre na transição entre a terra e o mar em regiões tropicais e subtropicais do mundo,
algumas espécies como a onça pintada, parda, papagaios, corujas, antas, capivaras, ocupando ambientes inundados por marés, tais como: estuários, lagoas costeiras,
jiboia, mico-leão-dourado. A Floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo. baías e deltas. Esses ambientes são caracterizados, pela mistura entre as águas doce
E está presente ao todo em nove países, sendo mais da metade no território brasileiro e salgada. Os mangues apresentam adaptações (ouça Chico Science) que lhes
(nossa Amazônia Legal). Encontra-se nas baixas latitudes, recebendo uma forte permitem sobreviver num ambiente com características estressante: as raízes podem
entrada de energia solar e um abastecimento quase constante de massa de ar úmido. ser escoras e aéreas, pois o solo é inundado e pobre em oxigênio. Essas raízes são
O clima é equatorial com temperaturas médias muito altas e chuvas abundantes que chamadas pneumatóforos e suas aberturas para realizar as trocas os pneumatódios.
caem o ano inteiro. Nela encontramos a maior bacia hidrográfica do mundo Além disso os caules apresentam lenticelas também para a realização de trocas
(diversidade alta da fauna de água doce), seu principal rio – o Amazonas – é o maior gasosas. Para eliminar o excesso de sal as árvores do manguezal apresentam
do mundo. Os solos apresentam baixa retenção de nutrientes, pois a grande glândulas em suas folhas, por isso são chamadas plantas halófitas. Para a germinação
quantidade de chuvas lixiviam, retirando-os. Porém, uma fina camada de nutrientes se em ambiente aquático os mangues apresentam uma importante característica: a
forma a partir da decomposição de folhas, galhos, frutos e animais mortos, sendo muito viviparidade! As sementes germinam ainda presas à planta mãe e são liberadas em um
importante para as plantas da região. estágio de desenvolvimento chamado propágulo. O manguezal possui uma variedade
A vegetação da Floresta Amazônica é exuberante, densa e perene, pois os poucos de nichos ecológicos (É considerado um ECÓTONE), por isso abriga uma fauna
nutrientes do solo são absorvidos rapidamente pelas raízes das árvores, que os diversificada: anelídeos, moluscos, crustáceos, aracnídeos, insetos, anfíbios, repteis,
liberam novamente para o solo, realizando uma constante e rápida ciclagem de aves e mamíferos. As plantas que compõem o manguezal e dominam a paisagem
nutrientes. As inundações são comuns, por isso podemos subdividi-la em: Mata de desse ecossistema são o mangue vermelho (Rhizophora mangle), mangue preto
terra firme, mais elevadas, não atingidas por inundações periódicas. Mata de várzea, (Avicennia schaueriana) e mangue branco (Laguncularia racemosa). Essa baixa
localizada em terras mais baixas sujeitas a inundações. E Mata de igapó, localizada diversidade se deve às condições desse ecossistema, pois poucas espécies
em terrenos baixos próximos aos rios, onde os solos estão quase sempre alagados. conseguem sobreviver em ambientes com pouco oxigênio, alta concentração de sal e
São plantas comuns da região: palmeiras, vitória-régia, seringueira, jatobá, castanheira, solo instável. Além disso, esse ecossistema funciona como o “berçário da natureza”,
mogno, angelim, andiroba, e cedros. Existe também elevada quantidade de cipós, pois apresenta condições ideais para reprodução e desenvolvimento de formas juvenis
plantas herbáceas e epífitas, palmeiras, liquens e musgos. A fauna da Floresta de várias espécies, principalmente crustáceos e peixes. O Pantanal é a maior planície
Amazônica, tanto de vertebrados quanto de invertebrados é também riquíssima inundável do mundo. Estende-se pela Bolívia, Paraguai e Brasil (MT e MS). O Pantanal
com: onças, macacos, ariranhas, jacarés, tucanos, cobras, uma infinidade de aves, é caracterizado pela alternância entre períodos de muita chuva e períodos de seca. É
aracnídeos, formigas besouros... considerada uma grande planície. Por isso inundável, quando o nível dos rios e lagoas
O destaque triste fica por conta do desmatamento que reduz sua cobertura e, aumenta provocando enchentes. Pantanal se torna um enorme alagado. A fauna do
consequentemente, sua biodiversidade, tendo como principais inimigos as atividades Pantanal é bastante diversificada: jacarés, capivaras, onças, arara-azul, tuiuiú. A flora
agropecuárias, madeireiras e de mineração. Além destas, as queimadas e o também é bastante diversificada, formando um mosaico de plantas do Cerrado,
contrabando de animais são importantes ameaças. Estima-se que a floresta já perdeu Floresta Amazônica, Mata Atlântica e Chaco (paraguaio e boliviano).
quase 25% do seu tamanho original.
QUESTÕES TRADICIONAIS
2. Cerrado. Resumo: O Cerrado é o segundo maior bioma da América do Sul - 22% do QUESTÃO 01
território nacional e localiza-se na região central do Brasil. Neste espaço territorial (Unesp 2015) As figuras apresentam a vegetação de cinco biomas brasileiros.
encontram-se as nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul
(Amazônica/Tocantins, São Francisco e Prata), o que resulta em um elevado potencial
aquífero e favorece a sua biodiversidade. Considerado como um hotspot mundial de
biodiversidade, o Cerrado apresenta extrema abundância de espécies endêmicas e
sofre uma excepcional perda de habitat. Do ponto de vista da diversidade biológica, o
Cerrado brasileiro é reconhecido como a savana mais rica do mundo. Depois da Mata
Atlântica, o Cerrado é o bioma brasileiro que mais sofreu alterações com a ocupação
humana. Seu principal inimigo é a agropecuária. Apresenta queimadas naturais e
periódicas, importante para a ciclagem da matéria. As adaptações dos seres vivos para
a vida no Cerrado são plantas com pseudo-xeromorfismo, com raízes profundas para
atingir o lençol freático, folhas coriáceas, galhos e caules tortuosos (por conta do solo
pobre em nutrientes e com altos teores de alumínio). A correção do solo é feita com
calcário. Os principais representantes são: pitangueira, angico, pequi, mangaba, buriti,
tamanduá, paca, buriti, cotia, tatu, jararaca.

3. Caatinga e Mata dos cocais. Resumo: A caatinga que significa “mata branca”, é o
único bioma exclusivamente brasileiro e ocupa cerca de 10% do território nacional.
Ocorre em todos os estados do NE e no norte de Minas. Tem como principais
características: temperaturas altas, solo raso, pedregoso, com baixa pluviosidade (os
períodos de seca são cíclicos e prolongados) e clima semiárido. O homem já detonou
mais 80% de sua cobertura original, sofre impacto sobretudo da agropecuária. A
vegetação é xeromórfica, com folhas reduzidas, muitas vezes perdidas (espinhos),
caules suculentos e fotossintetizantes, do tipo cladódio (cacto, mandacaru xique-xique),
com estômatos, rápidos, noturnos e protegidos (diminuir a perda d'água). Apresentam
ainda raízes hipertônicas e cutina espessa. A fauna é rica e também apresenta
adaptações específicas para a vida sob stress hídrico. Os animais perdem pouca água
na urina e nas fezes e tem grande aproveitamento da água metabólica. A ação de
decompositores (fungos e bactérias) é dificultada pela baixa umidade. A Mata dos
cocais é um tipo de vegetação brasileira que ocorre entre a região Norte e Nordeste do
Brasil, região denominada de meio-norte. Corresponde a uma área de transição
envolvendo vários estados e vegetações distintas. A mata dos cocais é composta por
(C) Essa região apresenta chuvas regularmente distribuídas ao longo do ano e duas
Plantas xeromórficas e com folhas modificadas que diminuem a evapotranspiração; estações bem definidas: o inverno frio e o verão com temperaturas moderadas.
plantas com rizóforos e pneumatóforos (eficientes na sustentação da planta e na Apresenta três estratos vegetais: o arbóreo (pinheirais), o arbustivo (samambaias
captação do oxigênio); e plantas epífitas (que vivem sobre outras plantas, aumentando arborescentes) e o herbáceo (gramíneas). É o habitat da gralha-azul.
a eficiência na captação de luz) são típicas dos biomas identificados, respectivamente, (D) Ocupa cerca de 11% do território brasileiro. Nessa região as chuvas são
pelos números irregulares, as secas são prolongadas e as temperaturas elevadas. Sua
a) 1, 2 e 4. vegetação apresenta adaptações ao acúmulo de água bem como mecanismos de
b) 4, 5 e 2. proteção contra a sua perda. É o habitat do gavião-carcará, tatupeba e ararinha-
c) 3, 1 e 5. azul, dentre outros.
d) 2, 5 e 3. (E) Desenvolvem-se em estuários desde o Amapá até Santa Catarina. As plantas
e) 4, 1 e 3. desse ecossistema apresentam rizóforos e pneumatóforos. Esses ecossistemas
contribuem para a produtividade das regiões costeiras, além de permitir a
QUESTÃO 02 reprodução e a criação de espécies, como peixes, camarões e ostras.
(Udesc 2015) Segundo o IBGE, existem seis biomas continentais brasileiros, os quais
são mostrados na figura. Assinale a alternativa que apresenta a relação correta entre o ecossistema e suas
características.
a) 3A, 8B, 4C, 6D, 2E.
b) 6A, 3B, 5C, 2D, 8E.
c) 4A, 1B, 7C, 3D, 6E.
d) 3A, 4B, 2C, 1D, 5E.
e) 7A, 6B, 8C, 4D, 1E.

QUESTÃO 04
O mapa abaixo representa os principais biomas brasileiros.

a) O bioma 1 caracteriza-se por apresentar uma floresta com vários estratos ou


andares, formados pelas copas das árvores.
b) O bioma 2 caracteriza-se por ser uma floresta pouco diversificada, porém com
espécimes vegetais de copas altas e com grande quantidade de primatas.
c) No bioma 6, encontramos uma mata constituída principalmente por representantes
de Gimnospermas e fauna tipicamente arborícola.
d) Dentre todos os biomas apresentados, o indicado pelo número 5 é o que se encontra
mais preservado, em termos de flora e fauna.
e) No bioma 3, encontra-se uma vegetação tipicamente constituída por gramíneas e
árvores de pequeno porte, com casca espessa e limbo foliar amplo.
Assinale a alternativa correta com relação aos biomas representados.
QUESTÃO 03 a) O 2 é pobre em recursos hídricos.
(Uepb 2011) Observe o mapa fitogeográfico do Brasil, buscando identificar as b) O 3 caracteriza-se pela presença de vegetação caducifólia.
principais formações vegetais de nosso país. c) O 4 caracteriza-se pela presença de vegetais com pneumatóforos.
d) O 5 é o que perdeu a maior parte de sua área original.
e) O 6 caracteriza-se pela inundação de grandes áreas, nos meses de cheia.

QUESTÃO 05
O Brasil divide-se em seis grandes biomas, que, em conjunto, abrigam uma das
maiores biodiversidades do mundo. Analise as descrições abaixo a respeito de cinco
biomas brasileiros.

I. Bioma caracterizado pela presença de uma grande diversidade de gramíneas.


Estende-se por áreas de planície, apresentando um clima subtropical, com verões
quentes e invernos frios. Devido à intensa exploração para a agricultura e a pecuária,
apresenta apenas 36% de sua cobertura original.
II. Segundo bioma em extensão do Brasil. Caracteriza-se pelo clima tropical-sazonal,
com chuvas concentradas em um período do ano. O solo é ácido e pouco fértil, com
plantas adaptadas a estas condições, como árvores de cascas grossas e troncos
retorcidos. Dados atuais mostram que o bioma já perdeu quase 50% de sua cobertura
original.
III. Maior Floresta Pluvial Tropical do mundo. Caracteriza-se pela presença de um
dossel fechado formado por árvores altas e um subdossel onde pode ser identificada
uma grande quantidade de lianas e epífitas. Encontra-se ameaçada, tendo perdido
aproximadamente 20% de sua cobertura original.
IV. Bioma único no Planeta, tombado como patrimônio natural da humanidade pela
Relacione a numeração presente no mapa com as informações a seguir, observando a
Unesco. Considerado a maior planície inundável do mundo, apresenta uma elevada
correspondência correta entre as duas colunas.
biodiversidade, onde se destaca a fauna aquática. Dados atuais revelam que o bioma
já perdeu aproximadamente 15% de sua cobertura original.
( ) Floresta Amazônica
V. Bioma que se estendia, originalmente, do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do
( ) Mata Atlântica
Sul, pela linha costeira do país. Apresenta clima que vai do tropical ao subtropical e
( ) Mata de araucárias
uma grande diversidade de ecossistemas, como as Florestas Ombrófilas Densas, as
( ) Campos cerrados
Florestas Ombrófilas Mistas e as formações pioneiras. Apresenta apenas 7% de sua
( ) Caatinga
cobertura original.
( ) Campos limpos ou pampas
( ) Pantanal
Assinale a alternativa que relaciona corretamente a descrição do bioma com o seu
( ) Dunas ou manguezais
nome.
a) I. Pampa / II. Caatinga / III. Floresta Amazônica / IV. Pantanal / V. Floresta Atlântica
(A) Tipo de floresta tropical localizada na região costeira, em planícies e montanhas.
b) I. Pampa / II. Floresta Atlântica / III. Pantanal / IV. Floresta Amazônica / V. Cerrado
Apresenta grande biodiversidade, representada dentre outros pelo pau-brasil,
c) I. Cerrado / II. Pampa / III. Pantanal / IV. Floresta Amazônica / V. Floresta Atlântica
paineira, onça-pintada, mono-carvoeiro, mutum e araponga.
d) I. Pantanal / II. Caatinga / III. Floresta Amazônica / IV. Pampa / V. Floresta Atlântica
(B) Cobre cerca de 40% do território brasileiro. Seu solo é pobre em nutrientes graças à
e) I. Pampa / II. Cerrado / III. Floresta Amazônica / IV. Pantanal / V. Floresta Atlântica
rápida degradação e reaproveitamento da matéria orgânica que nele se deposita.
QUESTÕES CONTEXTUALIZADAS nutrientes é alterado e a terra se torna rapidamente infértil.
(CORSON, Walter H, Manual Global de Ecologia, 1993)
Notícia de algum jornal do futuro...
No texto anterior, pode parecer uma contradição a existência de florestas tropicais
INICIA A CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA SARAMPO E
exuberantes sobre solos pobres. No entanto, este fato é explicado pela
TUBERCULOSE.
a) profundidade do solo, pois, embora pobre, sua espessura garante a disponibilidade
O destaque da campanha de vacinação, neste ano, é a utilização de cerejas coloridas, de nutrientes para a sustentação dos vegetais da região.
sem sementes. Segundo a bióloga Josefa da Silva, responsável pela equipe que b) boa iluminação das regiões tropicais, uma vez que a duração regular do dia e da
desenvolveu os novos frutos, técnicas especiais de cruzamento foram aplicadas em noite garante os ciclos dos nutrientes nas folhas dos vegetais da região.
dois tipos de cerejeiras transgênicas, resultando na obtenção de plantas triploides (3n = c) existência de grande diversidade animal, com número expressivo de populações
72), incapazes de produzir sementes. Apesar de passar por todas as etapas do ciclo que, com seus dejetos, fertilizam o solo.
reprodutivo, não há a formação de endosperma, e o processo cessa nas primeiras d) capacidade de produção abundante de oxigênio pelas plantas das florestas tropicais,
divisões celulares do zigoto. As novas cores (amarela, verde, roxa e branca) haviam considerado os "pulmões do mundo".
sido obtidas, anteriormente, por mutação no gene responsável pela produção de e) rápida reciclagem dos nutrientes potencializada pelo calor e umidade das florestas
pigmento na casca do fruto. As formas mutantes para esse loco, diz a pesquisadora, tropicais, o que favorece a vida dos decompositores.
não interferem na eficiência das plantas transgênicas como produtoras de vacinas. Elas
continuam apresentando, nos frutos, as substâncias que, depois de liberadas pela QUESTÃO 05
digestão, ligam-se á membrana plasmática dos linfócitos e sofrem endocitose, O mapa, a seguir, apresenta a localização dos principais biomas brasileiros.
determinando o desenvolvimento da resposta imunológica.
Outra inovação dessas cerejas é a resistência às moscas Anastrepha fraterculus que,
nos últimos anos, estabeleceram-se como pragas importantes do cultivo de cerejas-
vacina. Da mesma forma, as plantas apresentam resistência aos nematoides que
atacavam a raiz principal do sistema axial desses vegetais. Com o cultivo das novas
variedades de cerejas resistentes, espera-se que essas pragas mantenham-se
afastadas dos pomares de vacinas, por algum tempo.

QUESTÃO 01
As plantações das cerejas-vacina foram feitas em uma região do sul do Brasil, cuja
vegetação original foi destruída para dar lugar à agricultura. Essa vegetação se
caracterizava pela predominância de plantas herbáceas da família das gramíneas, com
a presença eventual de pequenos bosques de arbustos. O índice de chuvas fica entre
500 e 1000 mm por ano e a temperatura, normalmente, varia de 10 a 14°C no inverno e
de 20 a 23°C no verão.
Essa descrição corresponde a qual dos biomas a seguir?
a) Caatinga.
b) Campos sulinos. Uma competição de rali foi realizada e teve um percurso que passou, sequencialmente,
c) Campos cerrados. pelos biomas indicados por 3, 8, 2, 6 e 5.
d) Matas de araucárias.
e) Pantanal. De acordo com essas informações, a sequência correta dos biomas percorridos
durante o rali foi:
QUESTÃO 02 a) Pampa, mata de araucárias, cerrado, mata atlântica e caatinga.
(Enem) Muitas espécies de plantas lenhosas são encontradas no cerrado brasileiro. b) Pampa, pantanal, cerrado, mata atlântica e zona dos cocais.
Para a sobrevivência nas condições de longos períodos de seca e queimadas c) Mata de araucárias, pantanal, cerrado, mata atlântica e caatinga.
periódicas, próprias desse ecossistema, essas plantas desenvolveram estruturas muito d) Mata de araucárias, cerrado, caatinga, mata atlântica e manguezal.
peculiares. e) Manguezal, pampa, cerrado, mata atlântica e caatinga.
As estruturas adaptativas mais apropriadas para a sobrevivência desse grupo de
plantas nas condições ambientais de referido ecossistema são: QUESTÕES ESPECÍFICAS
a) Cascas finas e sem sulcos ou fendas. QUESTÃO 01
b) Caules estreitos e retilíneos. (Ufsj 2012) “Os grandes ecossistemas terrestres com fisionomias vegetais
c) Folhas estreitas e membranosas. características, determinadas principalmente pela influência de fatores macroclimáticos,
d) Gemas apicais com densa pilosidade. são chamados BIOMAS” (LOPES; ROSSO, 2010).
e) Raízes superficiais, em geral, aéreas.
O Brasil, por sua extensão territorial, compreende vários biomas. Analise as
QUESTÃO 03 informações sobre os biomas brasileiros.
(Enem) A análise de esporos de samambaias e de pólen fossilizados contidos em
sedimentos pode fornecer pistas sobre as formações vegetais de outras épocas. No I. A Caatinga e o Pantanal são biomas exclusivamente brasileiros.
esquema a seguir, que ilustra a análise de uma amostra de camadas contínuas de II. No estado de Minas Gerais, podem ser encontradas áreas de Mata Atlântica,
sedimentos, as camadas mais antigas encontram-se mais distantes da superfície. Cerrado e Caatinga.
III. No Cerrado, a vegetação é caracterizada, principalmente, por árvores e arbustos de
pequeno porte adaptadas às condições secas, como caules tortuosos com casca
grossa, folhas pequenas e espessas e raízes mais superficiais para captar de imediato
a água da chuva.
IV. Plantas com folhas largas são comuns abaixo do dossel das florestas úmidas como
a Mata Atlântica e a Floresta Amazônica.
V. Dentre os biomas brasileiros, a Caatinga, por ser o mais seco, está mais vulnerável
ao processo de desertificação.
VI. Os campos sulinos ocorrem na região sul do Brasil, estendendo-se do sul do
Paraná até o sul do Rio Grande do Sul.
Com base nessa análise, estão CORRETAS apenas as afirmativas
a) l, III e lV
b) II, lV e V
c) l, lI e VI
d) III, V e VI

Essa análise permite supor-se que o local em que foi colhida a amostra deve ter sido QUESTÃO 02
ocupado, sucessivamente, por (Ufpa 2008) O Brasil apresenta diversos tipos de bioma, cada um com suas
a) floresta úmida, campos cerrados e caatinga. características marcantes relacionadas ao tipo de vegetação, ou seja, à sua
b) floresta úmida, floresta temperada e campos cerrados. composição florística. Considerando os dados a seguir, estabeleça a associação
c) campos cerrados, caatinga e floresta úmida. correta entre cada bioma e sua composição florística.
d) caatinga, floresta úmida e campos cerrados. I - Pampas
e) campos cerrados, caatinga e floresta temperada.
II - Cerrado
QUESTÃO 04 III - Caatinga
(Enem) Apesar da riqueza das florestas tropicais, elas estão geralmente baseadas em IV - Floresta Amazônica
solos inférteis e improdutivos. Grande parte dos nutrientes é armazenada nas folhas ( ) Grandes árvores de folhas largas e perenes; diversos estratos ou patamares
que caem sobre o solo, não no solo propriamente dito. Quando esse ambiente é formados pelas copas das árvores.
intensamente modificado pelo ser humano, a vegetação desaparece, o ciclo dos
( ) Vegetação arbórea esparsa, com pequenas árvores, com casca grossa e troncos
retorcidos, e muitos arbustos. QUESTÃO 02
( ) Árvores baixas e arbustos com folhas, no geral, caducifólias, além de muitas Basta lembrar que todas as grandes nascentes do Brasil, como as dos rios São
cactáceas. Francisco e Amazonas e da Bacia do Paraná, estão em áreas de Cerrado. Elas
existem porque o Cerrado, pelas características da própria vegetação (…) e solo (…),
( ) Campos bastante homogêneos quanto à vegetação, que é sobretudo herbácea. retém grande quantidade de água. Por isso, por exemplo, a substituição artificial do
A associação correta está apresentada na alternativa Cerrado do Brasil Central por algum tipo de agricultura, principalmente uma
a) IV, III, I e II monocultura, pode comprometer – e muito – a reposição da água subterrânea que
b) IV, II, III e I mantém essas nascentes.
c) II, III, IV e I (Osmar Cavassan. Jornal UNESP, novembro de 2010. Adaptado.)
d) II, III, I e IV
e) III, II, I e IV Cite uma característica das árvores e arbustos do cerrado que permita a essa
vegetação acesso à água, e explique por que algumas monoculturas poderiam
QUESTÃO 03 comprometer a reposição da água subterrânea nesse bioma.
(Uern 2015) Sobre a caatinga, analise as afirmativas.
I. Bioma que apresenta chuvas irregulares, secas prolongadas e temperaturas QUESTÃO 03
elevadas. No Ano Internacional da Biodiversidade, realizou-se em Fortaleza, Brasil, a II
II. Bioma que apresenta plantas denominadas xeromórficas. Conferência Internacional sobre o Clima, Sustentabilidade e Desenvolvimento em
III. Segundo maior bioma brasileiro. Regiões Áridas e Semiáridas (ICID 2010), cuja programação incluiu o debate sobre a
IV. Apresenta plantas adaptadas ao fogo, com gemas subterrâneas, troncos com conservação da caatinga. Bioma exclusivamente brasileiro, a caatinga já teve quase
grossas epidermes e sementes com germinação induzidas pelo calor. metade de sua cobertura vegetal desmatada e corresponde a 95% de áreas
Estão corretas apenas as afirmativas suscetíveis à desertificação no país. (CONSERVAÇÃO..., 2010).
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) III e IV.

QUESTÃO 04
(Mackenzie 2014) A Floresta Amazônica é uma floresta do tipo pluvial tropical. As
precipitações são bem distribuídas durante todo o ano e as temperaturas são mais ou
menos constantes. A respeito dela, são feitas as seguintes afirmações:

I. Ela apresenta inúmeros nichos ecológicos.


II. Ela é a responsável pela maior parte do gás oxigênio da atmosfera devido à
atividade da fotossíntese da vegetação.
III. Seu solo é muito rico em nutrientes permitindo a reconstituição rápida da
comunidade clímax em caso de desmatamento.
IV. Ela representa um ecossistema de grande complexidade no estágio clímax.
Estão corretas
a) I e II, apenas.
b) I e III, apenas. A partir da leitura do texto, da ilustração e dos conhecimentos sobre o meio ambiente,
c) I e IV, apenas. • explique, considerando as condições ambientais características da caatinga, uma
d) II e III, apenas. estratégia morfofisiológica em plantas, desenvolvida no curso da evolução, frente a
e) II e IV, apenas. essas condições.

QUESTÃO 05 QUESTÃO 04
(Udesc 2012) As florestas cobrem 31% de toda a área terrestre do planeta e têm Um botânico estudou intensivamente a vegetação nativa do nordeste brasileiro e
responsabilidade direta na garantia da sobrevivência de 1,6 bilhões de pessoas e de descobriu duas espécies novas (W e Z). A espécie W é uma árvore perenifólia, com
80% da biodiversidade terrestre. Pela importância que têm para o planeta, elas pouco mais de 25 m de altura, tronco com casca lisa e folhas com ápice longo e agudo.
merecem ser mais preservadas e valorizadas, por isso a ONU declarou 2011 o Ano A espécie Z tem caule achatado e verde (clorofilado), folhas reduzidas a espinhos e
Internacional das Florestas. altura máxima de 3 m.
Analise as proposições abaixo, em relação às florestas: a) Com base nessas informações, indique em que tipo de formação vegetal o botânico
I. A Floresta Atlântica é uma floresta tropical de clima quente e úmido, distribuída ao encontrou cada uma das espécies novas.
longo do litoral brasileiro. b) Indique uma característica ambiental específica de cada uma das formações
II. A Floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo e está situada no norte da vegetais onde ocorrem as espécies W e Z.
América do Sul.
III. A Mata de Araucárias é um tipo de floresta subtropical onde predomina o pinheiro-
do-paraná. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
IV. Na Floresta Atlântica há o predomínio de cactáceas e gramíneas de pequeno porte, "O agronegócio responde por um terço do PIB, 42% das exportações e 37%
e poucas árvores e arbustos. dos empregos. Com clima privilegiado, solo fértil, disponibilidade de água, rica
Assinale a alternativa correta. biodiversidade e mão de obra qualificada, o Brasil é capaz de colher até duas safras
a) Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras. anuais de grãos. As palavras são do Ministério da Agricultura e correspondem aos
b) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. fatos. Essa é, no entanto, apenas metade da história. Há uma série de questões pouco
c) Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras. debatidas: Como se distribui a riqueza gerada no campo? Que impactos o agronegócio
d) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras. causa na sociedade, na forma de desemprego, concentração de renda e poder, êxodo
e) Todas as afirmativas são verdadeiras. rural, contaminação da água e do solo e destruição de biomas? Quanto tempo essa
bonança vai durar, tendo em vista a exaustão dos recursos naturais? O descuido
QUESTÕES APROFUNDADAS socioambiental vai servir de argumento para a criação de barreiras não-tarifárias, como
QUESTÃO 01 a que vivemos com a China na questão da soja contaminada por agrotóxicos?"
Leia o texto.
QUESTÃO 05
É uma floresta em pedaços. Segundo estimativas recentes, restam de 11% a 16% de O texto apresentado faz referência à destruição de biomas. Sabe-se que a destruição
sua cobertura original, a maior parte na forma de fragmentos com menos de 50
de biomas tem causado grande polêmica entre os ambientalistas e os defensores do
hectares de vegetação contínua, cercados de plantações, pastagens e cidades. Há
agronegócio. Entre 1950 e 1980, com o aumento da cultura da soja, ocorreu a
tempos se sabe que essa arquitetura desarticulada dificulta a recuperação da floresta,
uma das 10 mais ameaçadas do mundo. destruição de grandes áreas da Mata Atlântica. Durante as décadas de 1980 e 1990, a
Pesquisadores coletaram informações sobre a abundância e a diversidade de anfíbios, produção de soja se expandiu para a Região Centro-Oeste e ocupou grande área do
aves e pequenos mamíferos em dezenas de trechos no Planalto Ocidental Paulista, as Cerrado, e atualmente se observa uma crescente pressão de desmatamento sobre as
terras em declive que se estendem da Serra do Mar rumo a oeste e ocupam quase a áreas florestais tropicais no Pará para o seu cultivo. O processo de regeneração natural
metade do estado. Ao comparar os dados, os pesquisadores observaram quedas das áreas desflorestadas é lento e difícil. Um estudo desenvolvido por quatro anos em
dramáticas na biodiversidade dos fragmentos. uma clareira no estado do Pará mostrou que, nesse período, o número de plantas
herbáceas, especialmente gramíneas, foi dominante.
Responda: a) Explique essa dominância, considerando que está havendo um processo de
a) Qual o nome do bioma brasileiro a que se refere o texto? Cite uma característica sucessão.
deste bioma quanto ao regime hídrico e uma característica relativa aos aspectos da b) Áreas não degradadas dos biomas apresentam vegetação com características
flora.
típicas. Indique duas diferenças entre as formações vegetais do Cerrado e as da
b) O texto faz referência às terras em declive que se estendem da Serra do Mar rumo a
Floresta Amazônica.
oeste. Rumo a leste, quais são os outros dois ecossistemas terrestres que estão
presentes? c) Indique uma semelhança entre a vegetação da Mata Atlântica e a da Floresta
Amazônica.
Gabarito:

TRADICIONAIS
1) E
2) A
3) D
4) E
5) E

CONTEXTUALIZADAS
1) B
2) D
3) A
4) E
5) A

ESPECÍFICAS
1) B
2) B
3) A
4) C
5) C

Resposta da questão 1:
a) O bioma brasileiro caracterizado pelo texto é a Mata Atlântica. Essa formação
florestal apresenta alta pluviosidade (aproximadamente 4000 mm/ano) e possui
vegetação arbórea e estratificada com muitas variedades de plantas epífitas
(bromélias, samambaias, orquídeas), além de lianas e cipós. Por ser uma
vegetação de encosta, a Mata Atlântica recebe luz próxima ao solo, fato que
permite o desenvolvimento de vegetação arbustiva e herbácea.
b) Manguezais e vegetação de restinga.

Resposta da questão 2:
As árvores e arbustos do cerrado possuem raízes profundas que conseguem alcançar
as proximidades dos depósitos subterrâneos de água. As monoculturas podem alterar
a estrutura do solo, dificultando a percolação da água e, consequentemente, a
formação dos lençóis freáticos.

Resposta da questão 3:
A caatinga define-se como um bioma caracteristicamente brasileiro, cuja sobrevivência
é um desafio a condições ambientais adversas, entre as quais temperaturas mais
elevadas, baixa pluviosidade, períodos de estiagem de duração variável, umidade
relativa do ar baixa e solo seco. Nessas condições, as plantas sobrevivem
dependentes de adaptações que devem reduzir a perda de água e aproveitar, ao
máximo, a sua disponibilidade no meio. Assim, a formação de cutículas mais espessas
e de baixa permeabilidade, a redução de estômatos e controle de sua abertura, a perda
de folhas em períodos de seca, a conversão de folhas em espinhos, o desenvolvimento
de caules clorofilados e suculentos, a presença de um sistema extenso de raízes
profundas, a possibilidade de armazenamento de água nas raízes figuram entre as
estratégias desenvolvidas no curso da evolução, que definiram a paisagem da
caatinga.

Resposta da questão 4:
a) Espécie W: Mata Atlântica; espécie Z: Caatinga.

b) Mata Atlântica: pluviosidade e temperatura média elevadas.


Caatinga: baixa pluviosidade e temperatura média elevada.

Resposta da questão 5:
a) Gramíneas são plantas resistentes, conseguem se desenvolver em ambientes
inóspitos, por exemplo, locais muito ensolarados ou com pouca água.

b) Cerrado: apresenta árvores de pequeno porte e súber bem desenvolvido.


Floresta Amazônica: rica em epífitas, árvores de pequeno porte e elevado, troncos
retos, pluriestratificada, etc.

c) Dentre as semelhanças, podem ser citadas:


- muitos estratos na vegetação;
- folhas com cutícula delgada;
- elevada biodiversidade;
- riqueza em epífitas.