Você está na página 1de 15

Universidade Metodista de Angola

Faculdade de Engenharia
Curso de Engenharia Civil

Materiais de construção II
Betão

Professor: Deodato Mariata

Luanda, Agosto de 2016


Betão/Concreto de cimento portland

O concreto é um material bastante estável


quando bem executado e sua resistência
mecânica cresce lentamente com o tempo. Os
concretos, de emprego usual nas estruturas,
são constituídos de quatro materiais: cimento
portland, água, agregado miúdo e agregado
graúdo.
Os agregados são considerados materiais
inertes, enquanto a pasta (cimento + água)
constitui o material ligante que junta as
partículas dos agregados em uma massa
sólida.

02
As propriedades ligantes da pasta são produzidas por reações
químicas entre o cimento e a água. A quantidade de água necessária
para a reação é pequena, porém se usa uma quantidade superior
para obter a trabalhabilidade, permitindo também a inclusão de
maior quantidade de agregado.

Pasta cimento + água


A figura abaixo mostra de modo ilustrativo, os materiais
constituintes da pasta de cimento.

03
Entretanto, a adição de água diminui a resistência da pasta, sendo
necessário empregar uma proporção adequada entre as quantidades
de água e cimento para se obter um concreto satisfatório.
Os agregados constituem cerca de 60% a 80% do concreto, o que
tem sentido econômico, pois o agregado é mais barato que o
cimento.
Argamassa pasta + agregado miúdo
A figura abaixo mostra, de modo ilustrativo, os materiais
constituintes da argamassa.

04
Concreto argamassa + agregado graúdo
A figura abaixo mostra, de modo ilustrativo, os materiais
constituintes do concreto simples.

05
Freqüentemente, na confecção de concretos, utilizam-se aditivos que
permitem reduzir a quantidade de água ou controlar o tempo de
pega. A água utilizada na confecção do concreto deve ser de
preferência, potável, não devendo conter resíduos industriais ou
substâncias orgânicas.

O cimento e a água formam a pasta, que enche a maior parte dos


espaços vazios entre os agregados. Algum tempo depois de
misturado o concreto, a pasta endurece, formando um material
sólido.

06
Consistência do concreto fresco

A consistência do concreto fresco é uma propriedade relacionada


com o estado de fluidez da mistura. A consistência adequada é
fundamental para garantir a trabalhabilidade do concreto, ou seja, a
facilidade com que o concreto pode ser colocado num certo tipo de
fôrma, sem segregação.
A consistência do concreto é geralmente medida no ensaio de
abatimento (slump test). O concreto fresco é compactado no interior
de uma fôrma tronco-cônica, com altura de 30 cm. Retirando-se a
fôrma, por cima do concreto, este sofre um abatimento, cuja medida
em centímetros é usada como valor comparativo da consistência.
A consistência e a trabalhabilidade dependem da composição do
concreto, e, em particular, da quantidade de água, da granulometria
dos agregados, da presença de aditivos, etc.

07
A dosagem (entendido como traço – proporção entre os
componente) do concreto deve levar em conta a consistência
necessária para as condições da obra. Peças finas e fortemente
armadas necessitam misturas mais fluidas que peças de grande
largura e com pouca armação. A Tabela 1 apresenta a classificação
do concreto segundo o valor em centímetros do abatimento no
slump test.

08
09
Para evitar misturas com consistência seca ou muito fluida,
recomendam-se as faixas de abatimento apresentadas na Tabela 2,
para as obras mais correntes.

10
Características Mecânicas do concreto

RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO - fc
A resistência à compressão simples é a característica mecânica mais
importante de um concreto. Geralmente sua determinação se efetua
mediante o ensaio de corpos de prova (ver figura abaixo), executado
segundo procedimentos operatórios normalizados, em laboratório.

11
A tabela abaixo mostra a classificação do concreto para fins
estruturais por grupo de resistência.

12
Propriedades do Concreto

Os concretos de boa qualidade devem assegurar as condições


adequadas de utilização e durabilidade, assim como o desempenho
das peças estruturais. Portanto, devem garantir algumas propriedades:

Plasticidade: é a característica de poder ser moldado nas mais


variadas formas;
Trabalhabilidade: é a propriedade de poder ser manuseado e
aplicado sem perder a sua integridade, independe do tipo de
utilização;
Resistência: é a propriedade de suportar esforços mecânicos, sejam
eles de compressão, tração ou de abrasão;

13
Impermeabilidade: é a capacidade de evitar a penetração de líquidos
ou agentes agressivos, que possam causar a retirada de seus materiais
constituintes e a corrosão das armaduras das peças de concreto
armado e ou protendido;
Durabilidade: é entendida como a capacidade de preservação das
características mínimas de desempenho, ao longo da vida útil das
peças, mesmo quando sujeitas as condições adversas de utilização;

14
Obrigado.