Você está na página 1de 2

Os amigos e os pastéis

Três amigos entraram na pousada, pediram ao proprietário que fritasse alguns pastéis e foram tirar um cochilo. O
proprietário levou a travessa de pastéis até o quarto e saiu sem acordar os rapazes. Passado algum tempo, um dos
amigos despertou e, sem acordar os outros, contou quantos pastéis havia, comeu um terço e dormiu de novo. Logo
depois, o segundo amigo acordou. Sem saber que o primeiro já havia comido sua parte, contou os pastéis da travessa,
comeu um terço e foi dormir. Finalmente, o terceiro despertou. Contou os pastéis e comeu um terço.
Nesse momento, os primeiros dois amigos acordaram e o mal entendido foi resolvido. Sabendo-se que na travessa
ainda restavam 8 pastéis, descubra:
Quantos pastéis o proprietário da pousada fritou?
Quantos pastéis cada um comeu?
Quantos pastéis a mais cada um deveria comer para que os três se servissem da mesma quantidade?
Resposta:
O proprietário da pousada fritou 27 pastéis
(9 para cada amigo). O primeiro já comeu sua parte (9 pastéis). O segundo comeu 6 pastéis e o terceiro, 4. Dos pastéis
restantes, o segundo amigo deve comer 3 e o terceiro, 5.
Resolução:
O último a comer deixou 8 pastéis na travessa: 4 para cada amigo. Portanto, ele comeu também comeu 4 pastéis, pois
encontrou 12 pastéis na travessa quando acordou.
Com isso, descobrimos que o segundo amigo deixou 12 pastéis na travessa: 6 para cada amigo. Então, ele também
comeu 6 pastéis, do total de 18 que encontrou na travessa ao acordar.
Por fim, concluímos que o primeiro amigo, ao acordar, encontrou 27 pastéis: os 9 que comeu e os 18 que deixou para os
outros.

A Cena
Esta é uma vista de cidadezinha do interior. Observando atentamente pode-se saber qual a hora, o dia e o
mês da cena. Como?
A, B, C, D, E, F, G e H são os fios de apoio que uma aranha usa para construir sua teia, conforme mostra a figura.
A aranha continua seu trabalho. Sobre qual fio de apoio estará o número 118 ?

A) B
B) D
C) E
D) G
E) H

Desafio 04 - Qual é a hora certa?


Certo dia, em sua fazenda, Ana percebeu que o único relógio da casa – um enorme relógio de carrilhão – havia parado.
Deu-lhe corda e, achando que eram aproximadamente 10 h, colocou os ponteiro marcando 10h. Foi então até a fazenda
vizinha descobrir a hora certa. Lá chegou às 11h 20 min e de lá partiu às 11 h e 30 min. Se Ana foi e voltou com a
mesma velocidade, fazendo o mesmo percurso, e retornou à casa com o carrilhão marcando 10h 30 min, qual a hora
certa do retorno a sua casa?

Interesses relacionados