Você está na página 1de 224

Manual original do software

Software de parametrização para efector octavis

VES004
V1.20.11

Português
2017-09-21
706399_03_PT

1
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conteúdo

Conteúdo

1 Sobre esse manual 6


1.1 Nota prévia ...........................................................................................................................6
1.2 Copyright ..............................................................................................................................6
1.3 O que significam os símbolos e formatações? ....................................................................7
1.4 Como está estruturada essa documentação? .....................................................................8
1.5 Histórico das instruções .......................................................................................................8

2 Notas de segurança 9
2.1 Utilização adequada ............................................................................................................9

3 Instalação 10
3.1 Requisitos do sistema ........................................................................................................10
3.2 Instalar o software VES004 ...............................................................................................10
3.3 Instalar o driver USB ..........................................................................................................10
3.4 Iniciar o software de parametrização .................................................................................11

4 Interface de usuário 12
4.1 Barra de menus..................................................................................................................12
4.2 Barra de ferramentas .........................................................................................................13
4.3 visualização em árvore ......................................................................................................14
4.4 Vista detalhada ..................................................................................................................15
4.5 Menu de contexto ..............................................................................................................16

5 Conexão (sistema eletrônico de diagnóstico) 17


5.1 Configuração de rede na área de endereço IP ..................................................................17
5.2 Configuração de fábrica dos parâmetros ...........................................................................17
5.3 Verificar e configurar endereço IP do PC ..........................................................................18
5.4 Estabelecer a conexão ......................................................................................................19
5.4.1 Criar novo projeto ....................................................................................................................... 19
5.4.2 Abrir projeto existente ................................................................................................................ 19
5.4.3 Criar novo dispositivo (VSE)....................................................................................................... 20

6 Conexão (sensor de vibração) 21


6.1 Instalar o driver USB ..........................................................................................................21
6.2 Estabelecer a conexão ......................................................................................................22
6.2.1 Criar novo projeto ....................................................................................................................... 22
6.2.2 Abrir projeto existente ................................................................................................................ 22
6.2.3 Criar novo dispositivo (VNB) ...................................................................................................... 22

7 Menus 24
7.1 Menu [Projeto] ....................................................................................................................24
7.1.1 selecionar menu [Projeto] > [Novo...] ......................................................................................... 26
7.1.2 Menu [Projeto] > [Abrir...] ........................................................................................................... 27
7.1.3 Menu [Projeto] > [Últimos projetos abertos] ............................................................................... 28
7.1.4 Menu [Projeto] > [Fechar] ........................................................................................................... 28
7.1.5 Menu [Projeto] > [Salvar] ............................................................................................................ 28
7.1.6 Menu [Projeto] > [Salvar como...] ............................................................................................... 29
7.1.7 Menu [Projeto] > [Excluir] ........................................................................................................... 29
7.1.8 Menu [Projeto] > [Parar monitoramento] .................................................................................... 29
7.1.9 Menu [Projeto] > [Iniciar monitoramento].................................................................................... 30

2
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conteúdo

7.1.10 Menu [Projeto] > [Cópia de segurança...] ................................................................................... 30


7.1.11 Menu [Projeto] > [Restaurar...] ................................................................................................... 30
7.1.12 Menu [Projeto] > [Sair]................................................................................................................ 31
7.2 Menu [Dispositivo] ..............................................................................................................32
7.2.1 Menu [Dispositivo] > [Novo] ........................................................................................................ 33
7.2.2 Menu [Dispositivo] > [Conectar].................................................................................................. 34
7.2.3 Menu [Dispositivo] > [Separar] ................................................................................................... 34
7.2.4 Menu [Dispositivo] > [Iniciar sessão...] (apenas VSE) ................................................................ 34
7.2.5 Menu [Dispositivo] > [Encerrar sessão] (apenas VSE) ............................................................... 35
7.2.6 Menu [Dispositivo] > [Escrever no dispositivo] ........................................................................... 35
7.2.7 Menu [Dispositivo] > [Ler do dispositivo] .................................................................................... 35
7.2.8 Menu [Dispositivo] > [Comparar com o dispositivo...] ................................................................. 35
7.2.9 Menu [Dispositivo] > [Varrer a rede...] ........................................................................................ 36
7.2.10 Menu [Dispositivo] > [Parâmetros].............................................................................................. 37
7.2.11 Menu [Dispositivo] > [Configurações] ......................................................................................... 39
7.2.12 Menu [Dispositivo] > [Ações] ...................................................................................................... 41
7.2.13 Menu [Dispositivo] > [Resetar] (apenas VSE) ............................................................................ 43
7.2.14 Menu [Dispositivo] > [Dados online] ........................................................................................... 45
7.3 Menu [Parâmetros] ............................................................................................................46
7.3.1 Menu [Parâmetros] > [Novo] ...................................................................................................... 46
7.3.2 Menu [Parâmetros] > [Dispositivo].............................................................................................. 46
7.3.3 Menu [Parâmetros] > [Escrever no dispositivo] .......................................................................... 47
7.3.4 Menu [Parâmetros] > [Ler do dispositivo] ................................................................................... 47
7.4 Menu [Objeto].....................................................................................................................48
7.4.1 O que são objetos? .................................................................................................................... 48
7.4.2 Menu [Objeto] > [Novo] .............................................................................................................. 49
7.4.3 Menu [Objeto] > [Abrir] ............................................................................................................... 49
7.4.4 Menu [Objeto] > [Importar] ......................................................................................................... 49
7.4.5 Menu [Objeto] > [Exportar] ......................................................................................................... 49
7.4.6 Menu [Objeto] > [Renomear] ...................................................................................................... 50
7.4.7 Menu [Objeto] > [Excluir] ............................................................................................................ 50
7.5 Menu [Exibição]..................................................................................................................51
7.5.1 Menu [Exibição] > [Language] (Idioma) ...................................................................................... 51
7.5.2 Menu [Exibição] > [Configurações] ............................................................................................. 52
7.6 Menu [Janela].....................................................................................................................56
7.6.1 Menu [Janela] > [Lado a lado] .................................................................................................... 56
7.6.2 Menu [Janela] > [Empilhadas] .................................................................................................... 56
7.6.3 Menu [Janela] > [Exibição] ......................................................................................................... 56
7.6.4 Menu [Janela] > [Fechar] ............................................................................................................ 57
7.6.5 Menu [Janela] > [Fechar todas] .................................................................................................. 57
7.6.6 Menu [Janela] > [Janela] ............................................................................................................ 57
7.7 Menu [Ajuda] ......................................................................................................................58
7.7.1 Menu [Ajuda] > [ifm Online] ........................................................................................................ 58
7.7.2 Menu [Ajuda] > [efector octavis Online] ...................................................................................... 58
7.7.3 Menu [Ajuda] > [Sobre VES004] ................................................................................................ 58

8 Configurar VSEnnn 59
8.1 VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações].............................................................59
8.1.1 VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] .................................................... 60
8.2 VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#] .............................................................72
8.2.1 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] .............................................................. 73
8.2.2 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] .............................................................................. 79
8.2.3 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Trigger] ................................................................................. 94
8.2.4 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ................................................................................ 98
8.2.5 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes] ........................................................................... 115
8.2.6 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Contador]............................................................................ 122
8.2.7 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] ............................................................................ 126
8.2.8 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ............................................................................. 130
8.2.9 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] ................................................................... 140

3
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conteúdo

9 Configurar VNB001 146


9.1 Estabelecer a conexão ao sensor VNB ...........................................................................146
9.2 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] ......................147
9.2.1 VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Dispositivo] ..................................... 147
9.2.2 VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Endereço] ....................................... 149
9.2.3 VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Ações] ............................................ 150
9.3 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]............................................................152
9.3.1 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] ............................................... 153
9.3.2 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] ............................................................... 158
9.3.3 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ................................................................. 160
9.3.4 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] ............................................................... 163
9.3.5 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ................................................................ 165

10 Configurar VNB211 167


10.1 Estabelecer a conexão ao sensor VNB ...........................................................................167
10.2 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] ......................168
10.2.1 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Dispositivo] ..................................... 168
10.2.2 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Endereço] ....................................... 170
10.2.3 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Ações] ............................................ 171
10.3 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]............................................................173
10.3.1 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] ............................................... 173
10.3.2 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] ............................................................... 178
10.3.3 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ................................................................. 180
10.3.4 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] ............................................................... 185
10.3.5 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ................................................................ 187

11 Monitoramento 189
11.1 Tipos de monitoramento ..................................................................................................189
11.1.1 Dados de medição (visão geral) ............................................................................................... 190
11.1.2 Monitoramento dos dados ........................................................................................................ 191
11.1.3 Monitoramento dos contadores ................................................................................................ 191
11.1.4 I/O-Monitoring........................................................................................................................... 191
11.1.5 Monitoramento do espectro ...................................................................................................... 192
11.1.6 Monitoramento de dados brutos ............................................................................................... 193
11.1.7 Monitoramento do histórico ...................................................................................................... 194
11.2 Registrar e exibir dados de medição ...............................................................................195
11.2.1 Funções de comutação (monitoramento) ................................................................................. 195
11.2.2 Registrar e salvar dados de medição ....................................................................................... 198
11.2.3 Renomear registros dos dados de medição ............................................................................. 199
11.2.4 Exportar dados de medição...................................................................................................... 200
11.2.5 Importar dados de medição ...................................................................................................... 200
11.2.6 Avaliar dados de medição ........................................................................................................ 201
11.3 Funções do menu de contexto.........................................................................................206
11.3.1 Menu de contexto das fontes de dados .................................................................................... 206
11.3.2 Menu de contexto da área do diagrama ................................................................................... 206
11.3.3 Menu de contexto dos eixos do diagrama ................................................................................ 207
11.3.4 Menu de contexto da linha de dados do diagrama ................................................................... 207
11.4 Características .................................................................................................................208
11.4.1 Características da área do diagrama ....................................................................................... 208
11.4.2 Características dos eixos ......................................................................................................... 208
11.4.3 Características da linha de dados ............................................................................................ 209

4
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conteúdo

12 Termos e abreviaturas 210

13 Index 215

14 Notas • Notes • Notes 220

15 ifm a nível mundial • ifm worldwide • ifm à l’échelle internationale 224

5
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Sobre esse manual Nota prévia

1 Sobre esse manual


202
>

1.1 Nota prévia


21948

O manual de programação descreve o software para o sistema eletrônico de diagnóstico efector


octavis.
Ao longo do manual são abordados os temas da instalação, interface de usuário, configuração e
representação dos dados.
>

1.2 Copyright
6088

© Todos os direitos reservados pela ifm electronic gmbh. O presente manual pode ser apenas
reproduzido e aproveitado total ou parcialmente com a aprovação da ifm electronic gmbh.
Todos os nomes e imagens de produtos e empresas ou outras marcas, utilizados em nossas páginas, são propriedade dos
respectivos detentores dos direitos:
• AS-i é propriedade da AS-International Association, (→ www.as-interface.net)
• CAN é propriedade da CiA (CAN in Automation e.V.), Alemanha (→ www.can-cia.org)
• CODESYS™ é propriedade da 3S – Smart Software Solutions GmbH, Alemanha (→ www.codesys.com)
• DeviceNet™ é propriedade da ODVA™ (Open DeviceNet Vendor Association), EUA (→ www.odva.org)
• EtherNet/IP® é propriedade da →ODVA™
• IO-Link® (→ www.io-link.com) é propriedade da →PROFIBUS Nutzerorganisation e.V., Alemanha
• ISOBUS é propriedade da AEF – Agricultural Industry Electronics Foundation e.V., Alemanha (→ www.aef-online.org)
• Microsoft® é propriedade da Microsoft Corporation, EUA (→ www.microsoft.com)
• PROFIBUS® é propriedade da PROFIBUS Nutzerorganisation e.V., Alemanha (→ www.profibus.com)
• PROFINET® é propriedade da →PROFIBUS Nutzerorganisation e.V., Alemanha
• Windows® é propriedade da →Microsoft Corporation, EUA

6
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Sobre esse manual O que significam os símbolos e formatações?

1.3 O que significam os símbolos e formatações?


203

Os símbolos ou pictogramas que se seguem clarificam nossas notas em nossos manuais:

ADVERTÊNCIA
Existe o risco de morte ou lesões graves e irreversíveis.

CUIDADO
Leves lesões reversíveis são possíveis.

ATENÇÃO
Os danos materiais são expectáveis ou possíveis.

Nota importante
Falhas de funcionamento ou interferências possíveis em caso de inobservância
Informação
Nota complementar
► ... Indicação de atuação
> ... Reação, resultado
→ ... "ver"
abc Referência cruzada
123 Número decimal
0x123 Número hexadecimal
0b010 Número binário
[...] Designação de teclas, botões ou displays

7
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Sobre esse manual Como está estruturada essa documentação?

1.4 Como está estruturada essa documentação?


204
1508

Esta documentação é uma combinação de diversos tipos de instruções. Ela é um manual de


aprendizagem para iniciantes, mas também um manual de referência para usuários experientes. Este
documento é dirigido aos programadores das aplicações.
E assim você fica sabendo o seguinte:
 Para chegar especificamente até um determinado tema, use o índice.
 Com o índice de palavras-chave "Índice", você também chega rapidamente até o termo que está
procurando.
 No início de cada capítulo fazemos para você um breve resumo do respectivo conteúdo.
 Abreviações e termos técnicos → Anexo.
Em caso de falhas de funcionamento ou dúvidas, entre em contato com o fabricante:
Contato → ifm a nível mundial • ifm worldwide • ifm à l’échelle internationale (→ página 224)
Queremos melhorar sempre! Cada seção independente contém um número de identificação no canto
superior direito. Caso nos queira informar a respeito de inconsistências, indique-nos esse número
junto como o título e o idioma dessa documentação. Obrigado por sua ajuda!
Além disso, nos reservamos o direito de fazer alterações, de modo que poderão surgir inconsistências
em relação ao conteúdo da presente documentação. A versão atual se encontra na homepage da
ifm:
→ ifm a nível mundial • ifm worldwide • ifm à l’échelle internationale (→ página 224)
>

1.5 Histórico das instruções


21947

O que mudou nestas instruções e em que data? Uma visão geral:


Data Tema Alteração

2016-05-26 Versão V1.10 • Sensor VNB001 completado


• Sensor VNB211 completado
2016-12-28 Versão V1.20 • Transferência para o sistema de edição
• Unidade de avaliação VES150 completada
>

8
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Notas de segurança Utilização adequada

2 Notas de segurança
Utilização adequada .............................................................................................................................. 9
21950

Leia os manuais de operação do software do sistema eletrônico de diagnóstico e do sensor de


vibrações antes de sua utilização. A montagem e conexão do sistema eletrônico de diagnóstico e do
sensor de vibração devem ser realizadas de acordo com as normas nacionais e internacionais em
vigor.
Certifique-se de que o software VES004 é totalmente adequado para a aplicação.
A não observância das notas ou das informações técnicas pode levar a danos pessoais e/ou
materiais.
A utilização do software de modo inadequado, a instalação incompleta ou o manuseio incorreto
podem afetar a segurança de pessoas e instalações.
A responsabilidade é da pessoa que instalar o software.
>

2.1 Utilização adequada


21951

O software efector octavis serve para a configuração e representação de dados do sistema eletrônico
de diagnóstico VSE. Os mancais de rolamentos e objetos a serem monitorados são definidos com o
software e depois registrados no sistema eletrônico de diagnóstico VSE como conjunto de
parâmetros.
>

9
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Instalação Requisitos do sistema

3 Instalação
Requisitos do sistema ......................................................................................................................... 10
Instalar o software VES004 ................................................................................................................. 10
Instalar o driver USB ........................................................................................................................... 10
Iniciar o software de parametrização .................................................................................................. 11
21953
>

3.1 Requisitos do sistema


21955

O PC precisa cumprir os seguintes requisitos para a instalação.


 Hardware
 Mín. processador Dual Core ou superior, frequência mín. 2 GHz
 Mín. 2 GB de memória de trabalho
 Mín. 5 GB de espaço disponível no disco rígido
 Placa de rede Ethernet para 10Base-T/100Base-TX, protocolo TCP/IP
 Software
 Sistema operacional Microsoft Windows XP SP3, Vista SP2, Windows 7 SP1 ou Windows 8
 Windows Server 2008 SP2, Windows Server 2008 R2 SP1, Windows Server 2012
A versão atual do software está disponível na área de download em
→ www.ifm.com> [Download] > [Serviço]
>

3.2 Instalar o software VES004


21957

Instale o software VES004:

Para instalar o software VES004 não são necessários direitos de administrador.

► Descompacte o arquivo Zip baixado em um suporte de dados local


>

3.3 Instalar o driver USB


21959

 Para a conexão de sensores do tipo VNB ao software de parametrização é necessário um cabo


adaptador USB (p. ex. E30136).
 Para sensores VNB na interface USB do PC é necessário um driver próprio.

Para instalar o driver USB são necessários direitos de administrador.

O driver USB faz parte do pacote de software VES004:


Diretório = Driver\VNBxxx\ifm\
> Após ligar o sensor a uma conexão USB do PC, a instalação do driver Windows é iniciada.
► Inserir o diretório indicado em cima para o programa de instalação.
> O driver é instalado.

10
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Instalação Iniciar o software de parametrização

3.4 Iniciar o software de parametrização


21963

O software VES004 pode ser executado diretamente na pasta de instalação descompactada.


Para iniciar o software VES004:
1. Abrir a pasta de instalação
2. Fazer duplo clique em "VES004.exe"
>

11
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Interface de usuário Barra de menus

4 Interface de usuário
Barra de menus ................................................................................................................................... 12
Barra de ferramentas........................................................................................................................... 13
visualização em árvore ........................................................................................................................ 14
Vista detalhada .................................................................................................................................... 15
Menu de contexto ................................................................................................................................ 16
21965

O capítulo Interface de usuário descreve a estrutura da interface gráfica de usuário do software. A


interface de usuário está dividida em várias áreas:

Legenda:
(1) Barra de menus; → Capítulo Barra de menus (→ página 12)
(2) Barra de ferramentas; → Capítulo Barra de ferramentas (→ página 13)
(3) Visualização em árvore; → Capítulo visualização em árvore (→ página 14)
(4) Vista detalhada; → Capítulo Vista detalhada (→ página 15)

Dentro da interface de usuário pode ser adicionalmente utilizado um menu de contexto. O menu de
contexto facilita a operação.
→ Capítulo Menu de contexto (→ página 16)
→ Capítulo Funções do menu de contexto (→ página 206)
>

4.1 Barra de menus


21968

A barra de menus contém as funções importantes do software, divididas em menus. As funções


aparecem a cinza se não estiverem disponíveis para o objeto selecionado.
Exemplo:

Os menus são descritos nos capítulos seguintes, começando pelo menu [Projeto]
→ Capítulo Menu [Projeto] (→ página 24)

12
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Interface de usuário Barra de ferramentas

4.2 Barra de ferramentas


21972

A barra de ferramentas contém funções utilizadas frequentemente em forma de símbolo.


Os símbolos aparecem a cinza nos seguintes casos:
• se não estiverem disponíveis para o elemento selecionado
• se não estiverem disponíveis na situação atual.
Exemplo:

13
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Interface de usuário visualização em árvore

4.3 visualização em árvore


21976

A visualização em árvore contém os dispositivos, parâmetros, configurações, etc. pertencentes a um


projeto (→ captura de tela abaixo). Os elementos são apresentados em grupos. Os elementos podem
ser selecionados com um duplo clique e abertos na vista detalhada (→ capítulo Vista detalhada
(→ página 15)).

A visualização em árvore começa na linha superior com o nome do projeto (na captura de tela em
cima [Projeto 1]).
Os dispositivos utilizados foram designados na captura de tela em cima com seus números de artigo
mais o número de ordem anexados (atribuídos pelo programa), p. ex. [VNB001_04]. Através da
apresentação em grupos é possível detectar imediatamente que configurações e parâmetros
pertencem a que dispositivo.
Os [Parâmetros] podem ser utilizados várias vezes: Vários dispositivos podem usar um conjunto de
parâmetros. Os parâmetros são listados repetidamente na área inferior da visualização em árvore.

Os elementos incluídos na visualização em árvore podem ser acessados de várias formas:


 Seleção na visualização em árvore
 Menu de contexto
→ Capítulo Menu de contexto (→ página 16)
→ Capítulo Funções do menu de contexto (→ página 206)
 Menu [Objeto]
→ Capítulo Menu [Objeto] (→ página 48)

Os dispositivos, dados, grupos e grupos de dados podem ser deslocados na árvore do projeto por
"Drag & Drop".

14
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Interface de usuário Vista detalhada

4.4 Vista detalhada


21980

A vista detalhada exige a área maior na interface de usuário. Na vista detalhada são apresentadas as
configurações e informações do elemento selecionado. As configurações podem ser editadas na vista
detalhada.
22123

Para que as configurações e os parâmetros alterados no software de programação fiquem


ativos:
► Carregar as configurações e os parâmetros através de Menu [Dispositivo] > [Escrever no
dispositivo] (→ página 35)para o dispositivo.

Assim que um elemento for selecionado na visualização em árvore (ou seja, foi marcado com um
clique do mouse), é indicada a vista detalhada correspondente (no exemplo em cima: para o
elemento [Endereço]).
A interface de usuário pode apresentar várias vistas detalhadas em simultâneo. Cada vista detalhada
pode ser acessada através de uma aba própria. As abas são indicadas em cima da vista detalhada
(no exemplo em cima: [Motor A]).
► Fechar uma aba na vista detalhada:
opcionalmente
• Clique na cruz (na margem direita da aba)
• [CTRL]+[F4]
► Abrir outra aba na vista detalhada:
na visualização em árvore opcionalmente:
• Duplo clique nas configurações pretendidas
• Clique com o botão direito do mouse nas configurações pretendidas > [Abrir]

15
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Interface de usuário Menu de contexto

4.5 Menu de contexto


21984

Quase todos os elementos têm um menu de contexto (1), através do qual podem ser acessadas
funções

O menu de contexto contém funções que são úteis em combinação com o elemento selecionado. Por
exemplo, através do menu de contexto de um parâmetro (1) pode ser criado um novo parâmetro.
O menu de contexto é aberto por meio de um clique com o 2º botão do mouse (botão direito do
mouse) no elemento correspondente.
→ Capítulo Funções do menu de contexto (→ página 206)
>

16
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conexão (sistema eletrônico de diagnóstico) Configuração de rede na área de endereço IP

5 Conexão (sistema eletrônico de diagnóstico)


Configuração de rede na área de endereço IP ................................................................................... 17
Configuração de fábrica dos parâmetros ............................................................................................ 17
Verificar e configurar endereço IP do PC ............................................................................................ 18
Estabelecer a conexão ........................................................................................................................ 19
21988

O capítulo [Conexão] descreve o estabelecimento de uma conexão entre VES004 e um sistema


eletrônico de diagnóstico através da Ethernet.
>

5.1 Configuração de rede na área de endereço IP


21990

A área de endereço IP do dispositivo e do PC têm de coincidir conforme a máscara da subrede.


Endereço, do qual endereço Endereço, do qual
Estação de rede Endereço
de rede endereço de estação
Máscara da subrede 255.255.255.0 255.255.255. 0
Daí resultante para o endereço
tem de ser igual tem de se distinguir
IP
Sistema eletrônico de
p. ex. 192.168.0.1 192.168.0 p. ex. 1
diagnóstico VSE
PC p. ex. 192.168.0.10 192.168.0 p. ex. 10
>

5.2 Configuração de fábrica dos parâmetros


21992

Sistema eletrônico de diagnóstico VSE - Parâmetros Configuração de fábrica


Dynamic Host Configuration Protocol (DHCP) off (DESLIGADO)
Endereço IP/porta 192.168.0.1 : 3321
Máscara da subrede 255.255.255.0

17
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conexão (sistema eletrônico de diagnóstico) Verificar e configurar endereço IP do PC

5.3 Verificar e configurar endereço IP do PC


21994

As alterações nas configurações de rede do PC requerem direitos de usuário avançados.


Se necessário, entre em contato com seu administrador.

► Acessar o menu Windows [características do protocolo de Internet Versão 4 (TCP/IPv4)]:


p. ex. através de [Iniciar] > [Painel de controle] > [Centro de rede e compartilhamento] > [Alterar
as configurações do adaptador] > [Conexão de rede local] > (clique com o botão direito) >
[Propriedades]
(→ Figura abaixo à esquerda)
► Botão [Propriedades]
► Selecionar o item de menu [Usar o seguinte endereço IP]
► Verificar o endereço IP e, se necessário, configurar (aqui p. ex. 192.168.0.10)
► Introduzir a máscara da subrede (255.255.255.0)
► Deixar o gateway padrão vazio
(→ Figura abaixo à direita)
► Confirmar as configurações com [OK]

18
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conexão (sistema eletrônico de diagnóstico) Estabelecer a conexão

5.4 Estabelecer a conexão

Criar novo projeto ................................................................................................................................ 19


Abrir projeto existente ......................................................................................................................... 19
Criar novo dispositivo (VSE) ............................................................................................................... 20
21998

► Iniciar o software VES004 no PC


Para estabelecer a conexão a um sistema eletrônico de diagnóstico, é necessário criar primeiro um
novo projeto ou abrir um já existente (→ seguinte). No estado de fornecimento não está configurado
nenhum projeto.
>

5.4.1 Criar novo projeto


22000

► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Novo...] wählen
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Criar novo projeto)
ou:
[Ctrl]+[N]
► Introduzir um nome para o projeto
► Confirmar com [Ok]
> O novo projeto é criado e aberto
alternativa:
>

5.4.2 Abrir projeto existente


22003

► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Abrir...] wählen
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Abrir projeto)
ou:
[Ctrl]+[O]
► Selecionar o projeto pretendido da lista
► Confirmar com [Ok]
> O projeto selecionado é aberto

19
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conexão (sistema eletrônico de diagnóstico) Estabelecer a conexão

5.4.3 Criar novo dispositivo (VSE)


22006

No projeto aberto:
► Opcionalmente:
Selecionar menu [Dispositivo] > [Novo] > [Monitor de vibração]
ou:
Na visualização em árvore: Clique com o botão direito do mouse na área vazia
Selecionar [Novo] > [Monitor de vibração]
► Selecionar o sistema eletrônico de diagnóstico VSE utilizado
> O dispositivo selecionado surge na visualização em árvore como [VSEnnn_#]
► Após clicar por baixo de [VSEnnn_#] em [Configurações]:
> Se abre na vista detalhada a aba [VSEnnn_#]
> Sob o título [Endereço] surge a aba [Configuração] com as informações de conexão do
dispositivo:

► Introduzir na seção [Endereço TCP/IP] as informações de conexão do sistema eletrônico de


diagnóstico. Configuração de fábrica:
Endereço IP: 192.168.0.1
Porta: 3321
► Opcionalmente:
Selecionar menu [Dispositivo] > [Conectar]
ou:
na visualização em árvore fazer clique com o botão direito em [VSEnnn_#] > clique com o botão
esquerdo em [Conectar]
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Criar conexão ao dispositivo)
> O software está conectado ao sistema eletrônico de diagnóstico

O elemento [Endereço] contém as seguintes funções de comutação:


Símbolo Descrição Sequência de menu (alternativa)

Buscar a rede quanto a dispositivos conectados [Dispositivo] > [Varrer a rede]

Conectar o PC ao sistema eletrônico de diagnóstico [Dispositivo] > [Conectar]

Desconectar o PC do sistema eletrônico de diagnóstico [Dispositivo] > [Interromper a conexão]


>

20
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conexão (sensor de vibração) Instalar o driver USB

6 Conexão (sensor de vibração)


Instalar o driver USB ........................................................................................................................... 21
Estabelecer a conexão ........................................................................................................................ 22
22012

O capítulo [Conexão] descreve o estabelecimento de uma conexão entre VES004 e um sensor de


vibração VNB através de USB.
>

6.1 Instalar o driver USB


22014
21959

 Para a conexão de sensores do tipo VNB ao software de parametrização é necessário um cabo


adaptador USB (p. ex. E30136).
 Para sensores VNB na interface USB do PC é necessário um driver próprio.

Para instalar o driver USB são necessários direitos de administrador.

O driver USB faz parte do pacote de software VES004:


Diretório = Driver\VNBxxx\ifm\
> Após ligar o sensor a uma conexão USB do PC, a instalação do driver Windows é iniciada.
► Inserir o diretório indicado em cima para o programa de instalação.
> O driver é instalado.

21
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conexão (sensor de vibração) Estabelecer a conexão

6.2 Estabelecer a conexão

Criar novo projeto ................................................................................................................................ 22


Abrir projeto existente ......................................................................................................................... 22
Criar novo dispositivo (VNB) ............................................................................................................... 22
22019

► Iniciar o software VES004 no PC


Para estabelecer uma conexão a um sensor, é necessário criar primeiro um novo projeto ou abrir um
projeto já existente (→ seguinte). No estado de fornecimento não está configurado nenhum projeto.
>

6.2.1 Criar novo projeto


22021

► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Novo...] wählen
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Criar novo projeto)
ou:
[Ctrl]+[N]
► Introduzir um nome para o projeto
► Confirmar com [Ok]
> O novo projeto é criado e aberto
alternativa:
>

6.2.2 Abrir projeto existente


22023

► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Abrir...] wählen
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Abrir projeto)
ou:
[Ctrl]+[O]
► Selecionar o projeto pretendido da lista
► Confirmar com [Ok]
> O projeto selecionado é aberto
>

6.2.3 Criar novo dispositivo (VNB)


22031

No projeto aberto:
► Opcionalmente:
Selecionar menu [Dispositivo] > [Novo] > [Monitor de vibração]
ou:
Na visualização em árvore: Clique com o botão direito do mouse na área vazia
Selecionar [Novo] > [Monitor de vibração]
► Selecionar o monitor de vibração VNB utilizado
> O dispositivo selecionado surge na visualização em árvore como [VNBnnn_#]
► Após clicar por baixo de [VNBnnn_#] em [Configurações]:
> Se abre na vista detalhada a aba [VNBnnn_#]

22
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Conexão (sensor de vibração) Estabelecer a conexão

> Sob o título [Endereço] surge a aba [Configuração] com as informações de conexão do
dispositivo:

> Na seção [Conexão] surge o número de série do último dispositivo detectado.


Em um monitor de vibração novo este campo ainda está vazio.
Neste caso:

► Com um clique com o botão esquerdo no símbolo [ ] (buscar os dispositivos conectados nas
conexões USB) buscar e identificar o monitor de vibração.
► Opcionalmente:
Na janela [Dispositivos encontrados] adotar o dispositivo pretendido no projeto com um duplo
clique.
ou:
Marcar na janela [Dispositivos encontrados] o dispositivo pretendido com um clique no botão
esquerdo.
Com um clique com o botão esquerdo no símbolo [ ] (atualiza o projeto com o dispositivo
selecionado) adotar o dispositivo marcado no projeto
> No campo [Número de série] surge o número de série lido do dispositivo

► Opcionalmente:
Selecionar menu [Dispositivo] > [Conectar]
ou:
na visualização em árvore, clicar com o botão direito em [Dispositivo] > clicar com o botão
esquerdo em [Conectar]
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Criar conexão ao dispositivo)
> O software está conectado ao monitor de vibração
> Agora o campo [Número de série] já não pode alterado, logo também não pode ser
indisponibilizado.
O elemento [Endereço] contém as seguintes funções de comutação:
Símbolo Descrição Sequência de menu (alternativa)

Buscar os dispositivos conectados nas interfaces USB [Dispositivo] > [Varrer a rede]

Conectar o PC ao sensor de vibração [Dispositivo] > [Conectar]

Desconectar o PC do sensor de vibração [Dispositivo] > [Interromper a conexão]


>

23
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

7 Menus
Menu [Projeto] ..................................................................................................................................... 24
Menu [Dispositivo] ............................................................................................................................... 32
Menu [Parâmetros] .............................................................................................................................. 46
Menu [Objeto] ...................................................................................................................................... 48
Menu [Exibição] ................................................................................................................................... 51
Menu [Janela] ...................................................................................................................................... 56
Menu [Ajuda] ....................................................................................................................................... 58
22036

Nesse capítulo são descritos os menus. Os menus são acessados através da Barra de menus
(→ página 12).

Os itens de menu dentro dos menus são sensíveis ao contexto. Dependendo do elemento que
é selecionado, é possível desativar e indisponibilizar itens de menu individuais.

>

7.1 Menu [Projeto]

selecionar menu [Projeto] > [Novo...] .................................................................................................. 26


Menu [Projeto] > [Abrir...] .................................................................................................................... 27
Menu [Projeto] > [Últimos projetos abertos] ........................................................................................ 28
Menu [Projeto] > [Fechar] .................................................................................................................... 28
Menu [Projeto] > [Salvar] ..................................................................................................................... 28
Menu [Projeto] > [Salvar como...] ........................................................................................................ 29
Menu [Projeto] > [Excluir] .................................................................................................................... 29
Menu [Projeto] > [Parar monitoramento] ............................................................................................. 29
Menu [Projeto] > [Iniciar monitoramento] ............................................................................................ 30
Menu [Projeto] > [Cópia de segurança...] ............................................................................................ 30
Menu [Projeto] > [Restaurar...] ............................................................................................................ 30
Menu [Projeto] > [Sair] ......................................................................................................................... 31
22038

Nesse capítulo são descritas as funções contidas


no menu [Projeto].
Um projeto contém todos os dispositivos
conectados, os parâmetros correspondentes e
as configurações.
O menu [Projeto] é acessado através da Barra de
menus (→ página 12).

24
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

25
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

Apenas pode ser aberto um projeto de cada vez. Salve o projeto aberto antes de criar ou abrir
um projeto.

>

7.1.1 selecionar menu [Projeto] > [Novo...]


22040

Criar um novo projeto ou:


sobrescrever um projeto existente.
► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Novo...] wählen
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Criar novo projeto)
ou:
[Ctrl]+[N]

(a) Criar um novo projeto:


► Introduzir um novo nome do projeto
Confirmar com [Ok]
> O novo projeto vazio é criado e aberto

(b) Sobrescrever um projeto existente:


► Selecionar o nome do projeto da lista
► Confirmar a consulta de segurança com [Ok]
> É criado e aberto um novo projeto vazio com o nome selecionado

26
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

7.1.2 Menu [Projeto] > [Abrir...]


22042

Abrir um projeto já criado.

Abrir um projeto:
► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Abrir...] wählen
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Abrir projeto)
ou:
[Ctrl]+[O]
► Selecionar o nome do projeto da lista
► Confirmar com [Ok]
> O projeto selecionado é aberto
23570

O programa salva os projetos, bem como os parâmetros e dados correspondentes no


diretório seguinte:
C:\Benutzer\Öffentlich\Öffentliche Dokumente\VES004
C:\Users\Public\Documents\VES004

27
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

7.1.3 Menu [Projeto] > [Últimos projetos abertos]


22045

Lista os últimos projetos abertos por ordem cronológica crescente


Abrir o último projeto aberto:
► Selecionar menu [Projeto] > [Últimos projetos abertos] > [Nome do projeto]
► Confirmar com [Ok]
> O projeto selecionado é aberto
>

7.1.4 Menu [Projeto] > [Fechar]


22047

Fechar o projeto aberto.


(a) Fechar o projeto e salvar as alterações:
► Selecionar menu [Projeto] > [Fechar]
> Se houver alterações no projeto que ainda não estejam salvas, surge uma consulta de
segurança.
► Clicar no botão [Sim].

(b) Fechar o projeto sem salvar as alterações:


► Selecionar menu [Projeto] > [Fechar]
> Se houver alterações no projeto que ainda não estejam salvas, surge uma consulta de
segurança.
► Clicar no botão [Não].
>

7.1.5 Menu [Projeto] > [Salvar]


22048

Salvar o projeto aberto.


► Opcionalmente:
Selecionar menu [Projeto] > [Salvar]
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Salvar o projeto)
ou:
[Ctrl]+[S]
> O projeto é salvo com o nome atual.
23570

O programa salva os projetos, bem como os parâmetros e dados correspondentes no


diretório seguinte:
C:\Benutzer\Öffentlich\Öffentliche Dokumente\VES004
C:\Users\Public\Documents\VES004

28
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

7.1.6 Menu [Projeto] > [Salvar como...]


22050

Salvar o projeto aberto com um novo nome.


O local de armazenamento não pode ser alterado.
► Selecionar menu [Projeto] > [Salvar como...] wählen
► Introduzir um novo nome do projeto
► Confirmar com [Ok]
> O projeto é salvo com o novo nome.
> O projeto com o nome anterior mantém a última configuração salva.
>

7.1.7 Menu [Projeto] > [Excluir]


22051

Excluir o projeto aberto

A função [ ] "Excluir projeto" exclui também todos os conjuntos de parâmetros, dados e


documentos contidos no projeto.

► Selecionar menu [Projeto] > [Excluir]

(a) Excluir o projeto aberto:


► Confirmar consulta de segurança com [Sim]
> O projeto atual é excluído com todos os parâmetros, dados e documentos correspondentes

(b) Não excluir o projeto aberto:


► Responder à consulta de segurança com [Não]
> O projeto atual é mantido com todos os parâmetros, dados e documentos correspondentes.
>

7.1.8 Menu [Projeto] > [Parar monitoramento]


22886

Predefinido: Os dados de processo devem ser visualizados no programa.


Condições prévias:
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
 A configuração foi transmitida ao dispositivo através de [ ]
 Os dados são recebidos
Parada da medição atual no monitoramento, não serão exibidos mais valores de medição novos.
→ Capítulo Monitoramento (→ página 189)
Condição prévia:
 Monitoramento em curso
► Opcionalmente:
Selecionar menu [Projeto] > [Parar monitoramento]
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Parar monitoramento dos dados do projeto)

29
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

7.1.9 Menu [Projeto] > [Iniciar monitoramento]


22865

Condições prévias:
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
 A configuração foi transmitida ao dispositivo através de [ ]
 Os dados são recebidos
Reiniciar monitoramento atual. Os novos valores de medição são novamente exibidos no diagrama
selecionado.
→ Capítulo Monitoramento (→ página 189)
Condição prévia:
 O monitoramento está parado
► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Iniciar monitoramento]
ou:
clicar com o botão esquerdo no símbolo [ ] (Iniciar monitoramento dos dados do projeto)
>

7.1.10 Menu [Projeto] > [Cópia de segurança...]


22054

Criar uma cópia de segurança do projeto aberto. O nome e o local de armazenamento podem ser
selecionados livremente.
► Selecionar menu [Projeto] > [Cópia de segurança...] wählen
► Na janela de diálogo, inserir o nome e a localização para a cópia de segurança
► Confirmar com [Salvar]
>

7.1.11 Menu [Projeto] > [Restaurar...]


22055

Restaurar a cópia de segurança de um projeto.


► Selecionar menu [Projeto] > [Restaurar...] wählen
► Na janela de diálogo, selecionar o nome e a localização da cópia de segurança
► Confirmar com [Abrir]
► Selecionar o nome do projeto para a lista de projetos
(Está especificado o nome do projeto atual no momento de salvar)

30
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Projeto]

7.1.12 Menu [Projeto] > [Sair]


22056

Fechar o projeto e encerrar o programa

Antes de encerrar o programa: salvar as alterações efetuadas no projeto!

► Opcionalmente:
selecionar menu [Projeto] > [Sair]
ou:
[Alt]+[F4]
> Se houver alterações no projeto que ainda não estejam salvas, surge uma consulta de
segurança.
► Confirmar salvar.
> O projeto atual é salvo, fechado e o programa é encerrado.

31
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2 Menu [Dispositivo]

Menu [Dispositivo] > [Novo]................................................................................................................. 33


Menu [Dispositivo] > [Conectar] .......................................................................................................... 34
Menu [Dispositivo] > [Separar] ............................................................................................................ 34
Menu [Dispositivo] > [Iniciar sessão...] (apenas VSE) ........................................................................ 34
Menu [Dispositivo] > [Encerrar sessão] (apenas VSE) ....................................................................... 35
Menu [Dispositivo] > [Escrever no dispositivo] .................................................................................... 35
Menu [Dispositivo] > [Ler do dispositivo] ............................................................................................. 35
Menu [Dispositivo] > [Comparar com o dispositivo...] ......................................................................... 35
Menu [Dispositivo] > [Varrer a rede...] ................................................................................................. 36
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] ...................................................................................................... 37
Menu [Dispositivo] > [Configurações] .................................................................................................. 39
Menu [Dispositivo] > [Ações] ............................................................................................................... 41
Menu [Dispositivo] > [Resetar] (apenas VSE) ..................................................................................... 43
Menu [Dispositivo] > [Dados online] .................................................................................................... 45
22057

Neste capítulo são descritas as funções incluídas


no menu [Dispositivo].
No menu [Dispositivo] é possível conectar
sistemas de diagnóstico e sensores de vibração
ao PC e definir todas as funções específicas do
dispositivo.
O menu [Dispositivo] está ativo se for
selecionado um dispositivo na visualização em
árvore (→ página 14).
O menu [Dispositivo] é acessado através da
Barra de menus (→ página 12).

32
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.1 Menu [Dispositivo] > [Novo]


22059

A função [ ] "Dispositivo Novo" cria um dispositivo novo ou adicional no projeto aberto.


Os dispositivos criados surgem na visualização em árvore. Na visualização em árvore são agrupadas
as configurações, os parâmetros e os dados do dispositivo (→ figura).

>

Menu [Dispositivo] > [Novo] > [Monitor de vibração]


22870

O programa suporta os seguintes dispositivos:


• Monitor de vibração
e subsequentemente:
• Sistema eletrônico de diagnóstico VSE002...
• Sistema eletrônico de diagnóstico VSE100...
• Sistema eletrônico de diagnóstico VSE150 (PROFINET IO)
• Sensor de vibração VNB001...
• Sensor de vibração VNB211...

O tipo de dispositivo selecionado não pode ser alterado posteriormente.

>

Menu [Dispositivo] > [Novo] > [Grupo]


22871

Em um grupo podem ser resumidos convenientemente diferentes dispositivos.


Exemplo:

>

Menu [Dispositivo] > [Novo] > [Grupo de dados]


22872

Em um grupo de dados podem ser resumidos convenientemente diferentes dados.

33
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.2 Menu [Dispositivo] > [Conectar]


22063

Condição prévia:
• na visualização em árvore, o dispositivo (ou o grupo de dispositivos) está marcado
• o dispositivo (ou pelo menos um dispositivo do grupo) está eletricamente conectado
• as configurações de conexão do PC e do dispositivo estão corretas de acordo com as
especificações
> Depois de estabelecida com sucesso a conexão, o programa e o dispositivo passam a trocar
dados entre si.
>

7.2.3 Menu [Dispositivo] > [Separar]


22064

Condição prévia:
• na visualização em árvore, o dispositivo (ou o grupo de dispositivos) está marcado
• o dispositivo (ou pelo menos um dispositivo do grupo) está conectado ao programa
A função [ ] "Separar" desconecta a conexão ao dispositivo marcado (ou todos os dispositivos no
grupo marcado).
> Depois de concluída com sucesso a desconexão, deixa de haver troca de dados entre o
programa e o dispositivo.
>

7.2.4 Menu [Dispositivo] > [Iniciar sessão...] (apenas VSE)


22065

Se aplica apenas a VSEnnn:


Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Iniciar sessão..." muda o nível de segurança. Através do nível de segurança podem ser
limitados os direitos de acesso do usuário.
→ Capítulo VSE > ... > [Segurança] > Aba [Direitos de acesso] (→ página 69)
Os direitos de acesso podem ser adaptados no respectivo nível de segurança
→ Capítulo VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Segurança] (→ página 67)

Para mudar o nível de segurança, é necessária uma senha consoante a configuração.


Predefinido = nenhuma senha.
As senhas dos níveis de segurança podem ser adaptadas
→ Capítulo VSE > ... > [Segurança] > Aba [Senhas] (→ página 67)

34
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.5 Menu [Dispositivo] > [Encerrar sessão] (apenas VSE)


22066

Se aplica apenas a VSEnnn:


Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]

> A função [ ] "Encerrar sessão" muda para o nível de segurança 0. A função só está disponível
se estiver ativo um nível de segurança de 1...4.
→ Capítulo VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Segurança] (→ página 67)
>

7.2.6 Menu [Dispositivo] > [Escrever no dispositivo]


22067

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Escrever no dispositivo" carrega configurações e parâmetros para o dispositivo.
22123

Para que as configurações e os parâmetros alterados no software de programação fiquem


ativos:
► Carregar as configurações e os parâmetros através de Menu [Dispositivo] > [Escrever no
dispositivo] (→ página 35)para o dispositivo.
>

7.2.7 Menu [Dispositivo] > [Ler do dispositivo]


22069

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Ler do dispositivo" baixa configurações e parâmetros do dispositivo.
>

7.2.8 Menu [Dispositivo] > [Comparar com o dispositivo...]


22070

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Comparar com o dispositivo..." compara o conjunto de parâmetros armazenado
localmente com o do dispositivo. As diferenças entre os conjuntos de parâmetros são exibidas.

35
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.9 Menu [Dispositivo] > [Varrer a rede...]


22071

Condição prévia:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo

A função [ ] "Varrer a rede..." escaneia a rede local para procurar dispositivos conectados que
estejam conectados nela. Os dispositivos encontrados são listados em uma janela de diálogo sob a
aba [Dispositivos encontrados] e, através do símbolo [ ], poderão ser adicionados ao projeto.
Se aplica apenas a VSEnnn:
Na aba [Buscando a rede] é possível procurar outras redes através do endereço IP e adaptar o
endereço IP da rede atual.

36
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.10 Menu [Dispositivo] > [Parâmetros]

Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Abrir] ........................................................................................ 37


Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Novo] ........................................................................................ 37
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Atribuir] ..................................................................................... 38
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Escrever no dispositivo] ........................................................... 38
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Ler do dispositivo] .................................................................... 38
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Comparar com o dispositivo...] ................................................ 38
22115

Condição prévia:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
O submenu [Parâmetros] reúne todas as funções que são necessárias para o gerenciamento de
parâmetros.

>

Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Abrir]


22119

Condição prévia:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
A função [ ] "Abrir parâmetro" abre os parâmetros do dispositivo selecionado.
Os parâmetros surgem na vista detalhada em uma aba.
>

Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Novo]


22120

Condição prévia:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
A função [ ] "Parâmetros Novo" cria um novo conjunto de parâmetros.
O programa atribui esse conjunto de parâmetros ao dispositivo selecionado.

37
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Atribuir]


22121

Condição prévia:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
A função [ ] "Parâmetros Atribuir" atribui o conjunto de parâmetros selecionado a um dispositivo.
>

Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Escrever no dispositivo]


22122

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Escrever no dispositivo" carrega configurações e parâmetros para o dispositivo.
22123

Para que as configurações e os parâmetros alterados no software de programação fiquem


ativos:
► Carregar as configurações e os parâmetros através de Menu [Dispositivo] > [Escrever no
dispositivo] (→ página 35)para o dispositivo.
>

Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Ler do dispositivo]


22124

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Ler do dispositivo" baixa configurações e parâmetros do dispositivo.
>

Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Comparar com o dispositivo...]


22125

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Comparar parâmetros com o dispositivo..." compara o conjunto de parâmetros
armazenado localmente com o do dispositivo. As diferenças entre os conjuntos de parâmetros são
exibidas.

38
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.11 Menu [Dispositivo] > [Configurações]

Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Abrir] .................................................................................... 39


Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Escrevendo configurações IP no dispositivo] (apenas
VSE) .................................................................................................................................................... 40
Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Escrever direitos de acesso no dispositivo] ........................ 40
Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Ler direitos de acesso do dispositivo] ................................. 40
22126

O submenu [Configurações] reúne todas as funções que são necessárias para o gerenciamento de
configurações.

>

Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Abrir]


22128

Condição prévia:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
A função [ ] "Abrir configurações" abre as configurações do dispositivo selecionado. As
configurações são exibidas na vista detalhada em uma aba.

39
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Escrevendo configurações IP no dispositivo] (apenas


VSE)
22129

Se aplica apenas a VSEnnn:


Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Escrevendo configurações IP no dispositivo" carrega as configurações de rede atuais
para o dispositivo.
>

Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Escrever direitos de acesso no dispositivo]


22130

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
 O usuário tem sessão iniciada através de [ ] no dispositivo com um nível de segurança superior
ao que deve ser alterado
A função [ ] "Escrever direitos de acesso no dispositivo" carrega os direitos de acesso definidos para
o dispositivo.
>

Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Ler direitos de acesso do dispositivo]


22131

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
 O usuário tem sessão iniciada através de [ ] no dispositivo com um nível de segurança superior
ao que deve ser alterado
A função [ ] "Ler direitos de acesso do dispositivo" baixa os direitos de acesso do dispositivo.

40
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.12 Menu [Dispositivo] > [Ações]

Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Escrever firmware no dispositivo...] (apenas VSE) .......................... 41
Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Reinicialização] (apenas VSE) ......................................................... 42
Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Autoteste...] ...................................................................................... 42
Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Teach-in...] ........................................................................................ 42
22132

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
O submenu [Ações] reúne funções administrativas do dispositivo.

>

Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Escrever firmware no dispositivo...] (apenas VSE)
22134

Se aplica apenas a VSEnnn:

► Proteger previamente os parâmetros, as configurações e o histórico!


Caso contrário, se perdem os dados na atualização do firmware.

A função [ ] "Escrever firmware no dispositivo..." registra um novo firmware no sistema eletrônico de


diagnóstico. O arquivo de firmware é selecionado através de uma janela do arquivo.

► Segure a alimentação de tensão e os cabos de conexão entre o PC e o sistema eletrônico


de diagnóstico, enquanto o firmware é escrito.
> Caso contrário, o sistema eletrônico de diagnóstico pode ficar danificado e tem de ser
enviado para o fabricante.

41
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Reinicialização] (apenas VSE)


22135

Se aplica apenas a VSEnnn:


A função [ ] "Reinicialização" reinicia o sistema eletrônico de diagnóstico.
>

Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Autoteste...]


22136

Se aplica apenas a sensores do tipo MEMS (VSA)!


Em sensores IEPE apenas teste de ruptura do cabo!
A função [ ] "Autoteste..." realiza um autoteste dos sensores conectados nas entradas dinâmicas.
>

Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Teach-in...]


22137

A função [ ] "Teach-in..." mede os valores característicos dos sensores conectados e determina os


valores Teach dos objetos configurados.

42
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.13 Menu [Dispositivo] > [Resetar] (apenas VSE)

Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Contador] ....................................................................................... 43


Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Histórico] ........................................................................................ 44
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Parâmetros] ................................................................................... 44
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Segurança] ..................................................................................... 44
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Configurações de fábrica] .............................................................. 44
22138

Se aplica apenas a VSEnnn:


Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
O submenu [ ] "Resetar" oferece diversas funções, com as quais podem ser resetadas diferentes
configurações do dispositivo.

>

Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Contador]


22140

A função [ ] "Resetar Contador" repõe o contador definido no dispositivo a "0".

43
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Histórico]


22141

A função [ ] "Resetar Histórico" repõe o histórico interno do dispositivo. Adicionalmente, é redefinida


a hora do dispositivo de acordo com a hora do sistema do PC.
>

Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Parâmetros]


22142

A função [ ] "Resetar Parâmetros" elimina o conjunto de parâmetros armazenado no dispositivo.


>

Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Segurança]


22143

A função [ ] "Resetar Segurança" repõe os direitos de acesso internos do dispositivo.

Para resetar os direitos de acesso internos é necessário, no mínimo, o nível de segurança 1.

>

Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Configurações de fábrica]


22144

A função [ ] "Resetar para configurações de fábrica" repõe o dispositivo ao estado de fornecimento.

Para resetar para as configurações de fábrica é necessário o nível de segurança 4.


As configurações IP não são repostas pela função [Configurações de fábrica].

44
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Dispositivo]

7.2.14 Menu [Dispositivo] > [Dados online]


22145

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
O submenu [Dados online] contém o monitoramento de todos os dados de medição do dispositivo.
Dependendo do tipo do dispositivo, é possível acessar diversos dados de monitoramento (→ Capítulo
Tipos de monitoramento (→ página 189)):

Se aplica apenas a VSEnnn:


p. ex. sinal bruto (sinal horário), dados preparados (p. ex. espectros de frequência ou valores de
objetos)
→ Imagem em cima.
Se aplica apenas a VNBnnn:
Dados, I/O, Histórico.

45
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Parâmetros]

7.3 Menu [Parâmetros]

Menu [Parâmetros] > [Novo] ............................................................................................................... 46


Menu [Parâmetros] > [Dispositivo] ...................................................................................................... 46
Menu [Parâmetros] > [Escrever no dispositivo] ................................................................................... 47
Menu [Parâmetros] > [Ler do dispositivo] ............................................................................................ 47
22147

Neste capítulo são descritas as funções incluídas no menu [Parâmetros].


No menu [Parâmetros] é possível criar parâmetros e carrega ou baixar parâmetros para/do
dispositivo.
O menu [Parâmetros] é acessado através da Barra de menus (→ página 12).

>

7.3.1 Menu [Parâmetros] > [Novo]


22149

Condição prévia:
• na visualização em árvore é marcado opcionalmente o seguinte:
[Dispositivo_#],
[Parâmetros_#]
A função [ ] "Parâmetros Novo" cria um novo conjunto de parâmetros.
>

7.3.2 Menu [Parâmetros] > [Dispositivo]


22150

Condição prévia:
 na visualização em árvore é marcado o conjunto de parâmetros [Parâmetros_#]
O submenu [Dispositivo] > [Atribuir] atribui o conjunto de parâmetros selecionado a um dispositivo.
Exemplo:

46
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Parâmetros]

7.3.3 Menu [Parâmetros] > [Escrever no dispositivo]


22153

Condições prévias:
 na visualização em árvore é marcado o conjunto de parâmetros [Parâmetros_#]
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Escrever parâmetros no dispositivo" carrega configurações e parâmetros para o
dispositivo.
22123

Para que as configurações e os parâmetros alterados no software de programação fiquem


ativos:
► Carregar as configurações e os parâmetros através de Menu [Dispositivo] > [Escrever no
dispositivo] (→ página 35) para o dispositivo.
>

7.3.4 Menu [Parâmetros] > [Ler do dispositivo]


22154

Condições prévias:
 na visualização em árvore está marcado o dispositivo
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
A função [ ] "Parâmetros Ler do dispositivo" baixa configurações e parâmetros do dispositivo para o
software de parametrização.

47
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Objeto]

7.4 Menu [Objeto]

O que são objetos? ............................................................................................................................. 48


Menu [Objeto] > [Novo] ....................................................................................................................... 49
Menu [Objeto] > [Abrir] ........................................................................................................................ 49
Menu [Objeto] > [Importar] .................................................................................................................. 49
Menu [Objeto] > [Exportar] .................................................................................................................. 49
Menu [Objeto] > [Renomear] ............................................................................................................... 50
Menu [Objeto] > [Excluir] ..................................................................................................................... 50
22155

Neste capítulo são descritas as funções incluídas no menu [Objeto].


No menu [Objeto] é possível criar e gerenciar objetos.
O menu [Objeto] é acessado através da Barra de menus (→ página 12).

>

7.4.1 O que são objetos?


22157

Objetos são os dados e parâmetros que devem ser exibidos na vista detalhada.
Na visualização em árvore está
... então de que objeto se trata?
marcado:
(nada)
Grupo ou grupo de dados
Grupo
VNBnnn_#
Configurações do dispositivo + Parâmetros
VSEnnn_#
Configurações Configurações do dispositivo
Parâmetros_# Configuração geral
Dados Grupo de dados (na visualização em árvore)

48
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Objeto]

7.4.2 Menu [Objeto] > [Novo]


22158

Condição prévia:
• na visualização em árvore estão marcados os [Dados] do dispositivo
A função [ ] "Objeto Novo" cria um novo grupo de dados na visualização em árvore.

Condição prévia:
• na visualização em árvore é marcado um grupo
A função [ ] "Objeto Novo" cria opcionalmente na visualização em árvore
• um novo grupo
• um novo grupo de dados
>

7.4.3 Menu [Objeto] > [Abrir]


22159

Condição prévia:
• na visualização em árvore é marcado opcionalmente o seguinte:
[Configurações],
[Parâmetros_#]
A função [ ] "Objeto Abrir" abre um objeto existente na vista detalhada.
>

7.4.4 Menu [Objeto] > [Importar]


22160

Condição prévia:
• na visualização em árvore é marcado opcionalmente o seguinte:
[VNBnnn_#],
[VSEnnn_#],
[Parâmetros_#],
[Dados]
A função [ ] "Objeto Importar" importa objetos de um arquivo para o projeto ativo na visualização em
árvore:
Arquivo de dispositivos: *.idev
Arquivo de parâmetros: *.ipar
Arquivo de dados: *.idat
>

7.4.5 Menu [Objeto] > [Exportar]


22161

Condição prévia:
• na visualização em árvore é marcado opcionalmente o seguinte:
[VNBnnn_#],
[VSEnnn_#],
[Parâmetros_#],
[Dados]
A função [ ] "Objeto Exportar" exporta objetos da visualização em árvore para um arquivo:
Arquivo de dispositivos: *.idev
Arquivo de configurações: *.iset
Arquivo de parâmetros: *.ipar

49
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Objeto]

7.4.6 Menu [Objeto] > [Renomear]


22162

Condição prévia:
• na visualização em árvore é marcado opcionalmente o seguinte:
[VNBnnn_#],
[VSEnnn_#],
[Parâmetros_#]
► Para renomear um objeto:
opcionalmente:
Função [ ] "Objeto Renomear"
ou:
Tecla [F2]
> O nome do objeto é marcado para edição
► Alterar nomes dos objetos
► Confirmar alteração com [ENTER]
ou:
Cancelar alteração com [ESC]
>

7.4.7 Menu [Objeto] > [Excluir]


22163

Condição prévia:
• na visualização em árvore é marcado opcionalmente o seguinte:
[VNBnnn_#],
[VSEnnn_#],
[Parâmetros_#]

Não é possível excluir objetos atribuídos.

► Para excluir o objeto marcado:


opcionalmente:
Função [ ] "Objeto Excluir"
ou:
Tecla [DEL]
> Aparece uma consulta de segurança
► Com [Sim]: o objeto marcado é excluído da estrutura em árvore
Com [Não] ou a tecla [ESC]: o objeto permanece inalterado

50
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Exibição]

7.5 Menu [Exibição]

Menu [Exibição] > [Language] (Idioma) .............................................................................................. 51


Menu [Exibição] > [Configurações] ..................................................................................................... 52
22164

Neste capítulo são descritas as funções incluídas no menu [Exibição].


No menu [Exibição] são gerenciadas as configurações de idioma e unidades.
O menu [Exibição] é acessado através da Barra de menus (→ página 12).

>

7.5.1 Menu [Exibição] > [Language] (Idioma)


22166

O submenu [Language] (Idioma) permite mudar o idioma da interface de usuário.


> Após a mudança, todos os itens de menu surgem no idioma selecionado.
> Surge uma consulta perguntando se os nomes predefinidos dos objetos também devem aparecer
no idioma selecionado.
> Com [Sim]: todos os nomes dos objetos predefinidos surgem no idioma selecionado.
Os nomes dos objetos previamente alterados manualmente permanecem inalterados.

51
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Exibição]

7.5.2 Menu [Exibição] > [Configurações]

Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Configurações gerais] ...................................................... 52


Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Unidades exibidas] .......................................................... 52
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Sistema eletrônico de diagnóstico VSExxx] .................... 53
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Exibição dos dados do projeto] ....................................... 53
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Diagnóstico] ..................................................................... 54
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Exportação de dados] ...................................................... 55
22167

A função [ ] "Configurações" contém as seguintes possibilidades de configuração:


>

Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Configurações gerais]


22881

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Configurações gerais Abrir
automaticamente o Campo de controle ativar/desativar
último projeto aberto
Esquema de cores Esquema de cores selecionado: selecionável na lista
Esquema de cores • Claro Após a alteração, reiniciar
• Escuro o software!
Configurações da exibição de Ativar salvar as
dados configurações da Campo de controle ativar/desativar
exibição de dados
Resetar todas as
Configuração selecionada:
configurações de
• Todas as configurações de
exibição de dados
exibição selecionável na lista
para os valores
• Somente monitoramento on-line
padrão
• Somente registros de dados
correspondentes

Funções de comutação:
Resetar exibição de dados para as configurações padrão
>

Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Unidades exibidas]


22882

Unidades físicas exibidas para...


• Deslocamento | Velocidade | Aceleração
• Frequência | Velocidade de rotação
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Unidades de engenharia Métrico 1 mm | mm/s | mg Campo de opções
Métrico 2 mm | mm/s | m/s² Campo de opções
Imperial 1 mil | in/s | mg Campo de opções
Imperial 2 mil | in/s | m/s² Campo de opções
Frequência e velocidade de
Hertz Hz | rpm Campo de opções
rotação
Rotações por minuto cpm | cpm Campo de opções

52
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Exibição]

Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Sistema eletrônico de diagnóstico VSExxx]
22883

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Ponderação de sinal Ativar ponderação de
Campo de controle ativar/desativar
sinal
Protocolo Ethernet para
• TCP (padrão) Selecionar opção
monitoramento de dados Configuração selecionada
• UDP Selecionar opção

A comunicação via UDP geralmente é mais rápida do que via TCP.


Para redes lentas deverá ser dada preferência ao UDP.
É típico que o UDP seja automaticamente bloqueado por firewalls.
Nesse caso, solicitar ao administrador de redes a configuração da rede!
Após mudar o protocolo Ethernet:
desconectar manualmente a conexão ao dispositivo (via ) e restabelecer (via ).
>

Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Exibição dos dados do projeto]
22884

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Comportamento padrão Configuração selecionada:
Padrão • Ligado selecionável na lista
• Desligado
Dados a serem exibidos • Objetos
• Contador
Campo de controle ativar/desativar
• Alarmes
• Entradas

53
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Exibição]

Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Diagnóstico]


22885

Parâmetros para gravação do autodiagnóstico do software.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Nível das informações do
Mensagens de erro Campo de controle ativar/desativar
diagnóstico
Mensagens de
Campo de controle ativar/desativar
atenção
Mensagens de
Campo de controle ativar/desativar
informação
Informações de
Campo de controle ativar/desativar
depuração
Saída em arquivo Tamanho máx. de
Valor projetado aumentar/reduzir valor
arquivo
Número máx. de
Valor projetado aumentar/reduzir valor
arquivos de backup
Local de
Caminho projetado ---
armazenamento

ir para [Informações de depuração]:


Em PCs lentos, esta função pode causar uma comunicação não confiável entre os
dispositivos.

54
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Exibição]

Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Exportação de dados]


22886

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Número de casas decimais Número de casas
Valor projetado aumentar/reduzir valor
(todos os formatos) decimais
Formato de números de ponto Configuração selecionada:
flutuante Ponto decimal • ponto selecionável na lista
• vírgula
Configuração selecionada:
• nenhuma
Agrupamento selecionável na lista
• vírgula
• apóstrofo
Marcadores e registro da hora Identificador de
(CSV, XML) dados (legível por Campo de controle ativar/desativar
pessoas)
Registro da hora
Campo de controle ativar/desativar
(legível por pessoas)
Formato de data e
Configuração selecionada selecionável na lista
hora
Separador de colunas Configuração selecionada:
(para arquivos CSV) • ponto e vírgula
Separador selecionável na lista
• vírgula
• tabulador

NOTAS
Elemento Valor Significado
Marcadores e registro da hora: desativado O valor surge otimizado para avaliação suportada por computador

ativado O valor surge em formato legível por pessoas


(várias variantes para escolha)

55
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Janela]

7.6 Menu [Janela]

Menu [Janela] > [Lado a lado] ............................................................................................................. 56


Menu [Janela] > [Empilhadas] ............................................................................................................. 56
Menu [Janela] > [Exibição] .................................................................................................................. 56
Menu [Janela] > [Fechar] ..................................................................................................................... 57
Menu [Janela] > [Fechar todas] ........................................................................................................... 57
Menu [Janela] > [Janela] ..................................................................................................................... 57
22168

Neste capítulo são descritas as funções incluídas no menu [Janela].


No menu [Janela] pode ser definida a representação e ordem das janelas e abas para a vista
detalhada.
O menu [Janela] é acessado Barra de menus (→ página 12) erreichbar

>

7.6.1 Menu [Janela] > [Lado a lado]


22170

Condição prévia:
• A configuração é [Janela] > [Exibição] > [Várias janelas]
A função [ ] "Janela lado a lado" apresenta as janelas abertas lado a lado na vista detalhada.
>

7.6.2 Menu [Janela] > [Empilhadas]


22171

Condição prévia:
• A configuração é [Janela] > [Exibição] > [Várias janelas]
A função [ ] "Janelas empilhadas" apresenta as janelas abertas empilhadas na vista detalhada.
>

7.6.3 Menu [Janela] > [Exibição]


22172

O submenu [Exibição] permite o ajuste da vista detalhada. Opcionalmente:


 [Várias janelas]
= uma janela própria para cada objeto selecionado
• todas as janelas selecionadas são visíveis em simultâneo na vista detalhada
• com várias janelas: opcionalmente lado a lado ou empilhadas
 [Abas]
= Abas para todos os objetos selecionados
• apenas é visível o conteúdo da aba ativa

56
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Janela]

7.6.4 Menu [Janela] > [Fechar]


22173

Fechar a janela ativa ou a aba ativa na vista detalhada:


► Opcionalmente:
Função [ ] "Fechar a janela"
ou:
Tecla [CTRL]+[F4]
>

7.6.5 Menu [Janela] > [Fechar todas]


22174

Fechar todas as janelas e abas na vista detalhada:


► Opcionalmente:
Função [ ] "Fechar todas as janelas"
ou:
Tecla [CTRL]+[ALT]+[F4]
>

7.6.6 Menu [Janela] > [Janela]


22175

O submenu [Janela] lista todos os objetos da vista detalhada.


► Ativar o objeto pretendido.
> O objeto ativo surge na janela ou aba em primeiro plano.

57
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Menus Menu [Ajuda]

7.7 Menu [Ajuda]

Menu [Ajuda] > [ifm Online] ................................................................................................................. 58


Menu [Ajuda] > [efector octavis Online] .............................................................................................. 58
Menu [Ajuda] > [Sobre VES004] ......................................................................................................... 58
22176

Neste capítulo são descritas as funções incluídas no menu [Ajuda].

>

7.7.1 Menu [Ajuda] > [ifm Online]


22178

Abre a página inicial na homepage da ifm → www.ifm.com


>

7.7.2 Menu [Ajuda] > [efector octavis Online]


22179

Abre na homepage da ifm a página para [Sistemas para monitoramento e diagnóstico de vibração].
A página começa com o conjunto de idiomas para o qual o PC está ajustado.
O idioma definido no software VES004 não tem qualquer influência sobre isso.
>

7.7.3 Menu [Ajuda] > [Sobre VES004]


22180

Mostra numa janela em separado os seguintes dados:


 VES004
• Versão do software, p. ex. V1.10.04.6209
• Endereço de Internet da ifm
• Endereço postal para o serviço de assistência técnica da ifm
 Qt
O programa trabalha com a biblioteca de software QT.
Aqui se encontram notas e informações de licença para Qt.
 OpenSSL
O programa funciona com o programa OpenSSL.
Aqui se encontram notas e informações de licença para OpenSSL.
>

58
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

8 Configurar VSEnnn
VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações] .............................................................................. 59
VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#] ............................................................................... 72
22181

Para o sistema eletrônico de diagnóstico do tipo VSE estão disponíveis os seguintes elementos.
Adicionar um novo dispositivo a um projeto: → Capítulo Menu [Dispositivo] > [Novo] (→ página 33)
>

8.1 VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] ............................................................ 60


22183

Nesse capítulo são descritas as funções contidas no dispositivo [VSEnnn_#].


O dispositivo [VSEnnn_#] é acessado através da visualização em árvore (→ página 14).

59
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

8.1.1 VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Dispositivo] .................................... 61
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Endereço] ...................................... 62
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Barramento de campo] .................. 63
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Ações] ............................................ 65
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Segurança] .................................... 67
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Teste] ............................................. 71
22191

O detalhe [Configurações do dispositivo] contém informações e configurações do sistema eletrônico


de diagnóstico.
► Visualizar as configurações do dispositivo:
na visualização em árvore [VSEnnn_#] > [Configurações] (duplo clique)
Na vista detalhada são exibidas as seguintes informações:
• Tipo (número de artigo)
• Versão do hardware
• Número de série
• Endereço MAC
• Versão do firmware
• Conjunto de parâmetros utilizado
Na vista detalhada é possível atribuir um nome ao dispositivo. O nome é exibido na visualização em
árvore.
Na vista detalhada, o detalhe [Configurações do dispositivo] contém os seguintes elementos:
• Dispositivo
• Endereço
• Se aplica apenas a VSE15n:Barramento de campo (nome do barramento de campo concreto)
• Ações
• Segurança
• Teste

60
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Dispositivo]


22192

O elemento [Dispositivo] contém as seguintes seções:


>

VSE > ... > [Dispositivo] > Aba [Configuração]


22193

Nesta área são indicadas informações para o sistema eletrônico de diagnóstico e o estado atual de
conexão. Adicionalmente pode ser atualizado o firmware e ser atribuído outro conjunto de
parâmetros.
Para evitar erros de representação no nome do conjunto de parâmetros, pode ser alterada a tabela
de conjunto de caracteres (se aplica apenas a VES002, VSE100 na importação do projeto de
VES003).
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Sistema eletrônico de Tipo Número de artigo
diagnóstico
Versão Versão de hardware
Conexão Estado: ocupado/conectado/não
conectado
Número de série Número de série de hardware ---

Endereço MAC Endereço IP de hardware


Modo do sistema Estado:
Monitoramento/Configuração/não
conectado
Escrevendo firmware no Versão firmware
Versão de firmware atual
dispositivo
Idioma/tabela de conjunto de Tabela de conjunto se aplica apenas a VES002,
caracteres VES003 de caracteres VSE100 na importação do projeto selecionar do campo de lista
de VES003

Funções de comutação:
Escrever firmware no dispositivo

61
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Endereço]


22196

O elemento [Endereço] contém as seguintes seções:


>

VSE > ... > [Endereço] > Aba [Configuração]


22197

Nesta área são indicadas informações para o sistema eletrônico de diagnóstico e o estado atual de
conexão. O endereço TCP/IP contém as informações da conexão atual do software para o dispositivo.
As configurações TCP/IP são as configurações de rede guardadas atualmente no VSE.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Endereço TCP/IP Endereço endereço IP atual
predefinido = 192.168.0.1

Porta , ,
porta atual
predefinido= 3321

Configurações TCP/IP Campo de opções opcionalmente:


• endereço IP estático
• endereço IP obtido através de
DHCP
Endereço TCP/IP endereço IP atual
predefinido = 192.168.0.1
Nome do Host Identificador do host
Porta TCP/IP porta atual
predefinido= 3321
Máscara da subrede máscara da subrede atual
predefinido = 255.255.255.0
Gateway Endereço IP atual do gateway
Endereço MAC endereço de hardware

Funções de comutação:
Buscar a rede quanto a dispositivos conectados
Criar conexão ao dispositivo
Desconectar conexão ao dispositivo
Transferir configurações TCP/IP para o dispositivo
Notas:
 Endereço IP estático:
O endereço TCP/IP e os outros parâmetros específicos da rede (porta, máscara de subrede e
gateway) são guardados de modo permanente no dispositivo.
O endereço TCP/IP junto com a porta precisam estar completamente dentro da rede! Caso
contrário, os participantes na rede não conseguem comunicar entre eles.
 DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol, endereço IP dinâmico):
Caso o endereço IP deva ser gerenciado dinamicamente por um servidor DHCP, é necessário
indicar no sistema eletrônico de diagnóstico somente um nome (nome do host) e uma porta
TCP/IP. O servidor DHCP também precisa ser configurado! Com esta configuração não é
possível uma comunicação direta (ponto a ponto) com um PC/Notebook.

62
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Barramento de campo]

VSE > ... > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [PROFINET IO] ............................................... 63
22874

[Barramento de campo] surge aqui em representação do tipo de barramento de campo concreto do


dispositivo selecionado.
O elemento [Barramento de campo] contém as seguintes seções:
>

VSE > ... > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [PROFINET IO]
22874

Se aplica apenas a VSE150:


>

VSE > ... > [PROFINET IO] > Aba [Configuração]


22876

Nessa área são indicadas informações PROFINET para o sistema eletrônico de diagnóstico (válidas
na rede PROFINET).
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Configuração PROFINET IO Nome do aparelho opcionalmente: Texto livre
• valor configurado (vem normalmente do CLP do
• valor lido pelo dispositivo host)
Endereço IP opcionalmente:
(vem normalmente do CLP do
• valor configurado
host)
• valor lido pelo dispositivo
Máscara da subrede opcionalmente:
(vem normalmente do CLP do
• valor configurado
host)
• valor lido pelo dispositivo
Gateway opcionalmente:
(vem normalmente do CLP do
• valor configurado
host)
• valor lido pelo dispositivo
Endereço MAC valor lido pelo dispositivo ---

Funções de comutação:
Escrever configuração PROFINET IO no dispositivo
Ler configuração PROFINET IO do dispositivo

63
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > ... > [PROFINET IO] > Aba [Informação]


22877

Nesta área são indicadas informações sobre o estado atual de conexão (válidas na rede PROFINET).
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Informação Status conectado/inicializado|pronto (não
conectado) ---
valor lido pelo dispositivo
Endereço MAC valor lido pelo dispositivo ---
Endereço MAC IE1 valor lido pelo dispositivo ---
Endereço MAC IE2 valor lido pelo dispositivo ---
Diagnóstico de comunicação Nível de Capacidade de utilização do
preenchimento atual barramento (0...32) ---
da fila valor lido pelo dispositivo
Contador de overflow
valor lido pelo dispositivo ---
da fila
Checksum Error
valor lido pelo dispositivo ---
Count

64
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Ações]

VSE > ... > [Ações] > Aba [Manipular o dispositivo] ............................................................................ 65
VSE > ... > [Ações] > Aba [Mudança de variante] ............................................................................... 65
VSE > ... > [Ações] > Aba [Reiniciar o dispositivo] ............................................................................. 66
22201

Condição prévia:
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
O elemento [Ações] contém as seguintes áreas:
>

VSE > ... > [Ações] > Aba [Manipular o dispositivo]


22202

Elemento de
Área Função de comutação
diálogo
Reinicie o dispositivo.
Nesse caso, a conexão é terminada.
Reinicialização ---
Após a reinicialização, o software tenta restabelecer a
conexão.
Tipo VSA: Realizar o autoteste das entradas dinâmicas
Realizar autoteste ---
Tipo IEPE: Detecção de ruptura do cabo
Iniciar teach-in para os objetos selecionados do conjunto de
parâmetros
Realizar teach-in ---
(apenas possível para objetos com opção "Auto Teach"
ativada)
>

VSE > ... > [Ações] > Aba [Mudança de variante]


22206

As variantes são utilizadas quando deve ser feito o monitoramento de determinados objetos em
estados definidos da máquina e isso não pode ser acionado através do trigger.
(→ Capítulo VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes] (→ página 115))
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Ativação manual Variante ativa variante ativa Escolha da variante ativa
Objetos ativados ID ---
Nome ---
Tipo ---
Entrada ---

65
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > ... > [Ações] > Aba [Reiniciar o dispositivo]


22207

Aqui diversos parâmetros podem ser eliminados ou repostos aos valores padrão.
Elemento de
Área Função de comutação
diálogo
Resetar contador --- Repor todos os valores de contador a "0"

Resetar histórico --- Resetar histórico do dispositivo


Sincronizar o relógio em tempo real do dispositivo com a hora
do sistema operacional
Resetar parâmetros --- Excluir conjunto de parâmetros

Resetar as definições de --- Para tal, é necessário um nível de segurança mais elevado
segurança do que o que deve ser alterado!
Resetar todas as definições de segurança para os valores
padrão
Restaurar as configurações de --- Para tal, é necessário o nível de segurança 4!
fábrica Restaurar todas as configurações de fábrica
Ficam excluídas as configurações de conexão (endereço
TCP/IP, porta, máscara da subrede, gateway).

66
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Segurança]

VSE > ... > [Segurança] > Aba [Senhas] ............................................................................................. 67


VSE > ... > [Segurança] > Aba [Direitos de acesso] ........................................................................... 69
22213

Condições prévias para alterar os parâmetros de segurança:


 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
 O usuário tem sessão iniciada através de [ ] no dispositivo

► Alterar senha:
iniciar sessão com, pelo menos, o nível de segurança que deve ser alterado.
► Alterar os direitos de acesso:
iniciar sessão com um nível de segurança superior ao que deve ser alterado.
O elemento [Segurança] contém as seguintes áreas:
>

VSE > ... > [Segurança] > Aba [Senhas]


22216

Na aba [Senhas] pode ser realizado um conceito de senha de 5 níveis:


Os níveis 1...4 podem ser protegidos por uma senha.
O nível 0 não pode ser protegido e pode sempre se conectar ao dispositivo.
A limitação dos direitos de usuário (funções disponíveis) para os níveis 0...3 é feita na aba [Direitos de
acesso]. O nível 4 tem sempre todas as permissões.
Caso seja utilizada uma proteção por senha:
1. Atribuir primeiro uma senha para o nível 4 e salvar com [ ].
2. Só depois atribuir sucessivamente uma senha a cada um dos níveis inferiores e salvar com [ ].
Caso não se deseje limitar mais os direitos de usuário nos níveis inferiores, não é necessário
atribuir uma senha aos níveis inferiores.
► Alterar senha:
iniciar sessão com, pelo menos, o nível de segurança que deve ser alterado.
Para poder escrever as definições de segurança no dispositivo, o usuário tem de ter sessão iniciada
com o nível de segurança 4.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Senhas Novo:
Senha: Nível de introduzir nova senha
segurança 4 Confirmação:
repetir nova senha
... ... ...
Novo:
Senha: Nível de introduzir nova senha
segurança 1 Confirmação:
repetir nova senha
Conectar / iniciar sessão não conectado
Nível de segurança # , ,
Atual:
(sem sessão iniciada)
,
Nível de segurança #

67
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

Funções de comutação:
salvar nova senha
Criar conexão ao dispositivo
Desconectar conexão ao dispositivo
iniciar sessão no dispositivo, para tal selecionar o nível de segurança
encerrar sessão no dispositivo
> O nível de segurança 0 fica ativo

68
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > ... > [Segurança] > Aba [Direitos de acesso]


22218

Para o servidor OPC apenas se podem alterar os seguintes direitos:


• Escrevendo parâmetros
• Realizar teach-in
• Alterar configurações IP
• Reinicie o dispositivo
• Resetar contador
Por princípio, não podem ser alterados nenhuns direitos de acesso para o nível 4.
► Alterar os direitos de acesso:
iniciar sessão com um nível de segurança superior ao que deve ser alterado.
Para os níveis 3...0 se aplica:
 se um direito de acesso for alterado de [permitido] para [não permitido] (= ), se altera o direito
de acesso para todos os níveis inferiores para [não permitido] e aí já não é possível alterar (= )
 se um direito de acesso for alterado de [não permitido] para [permitido] (= ), se altera o direito
de acesso no nível inferior seguinte para [não permitido], mas pode ainda ser alterado (= )
para todos os níveis inferiores, o direito de acesso permanece em [não permitido] e não pode ser
alterado (= )
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Direitos de acesso Ler parâmetro:
Escrevendo
parâmetros:
Realizar teach-in:
Ler dados: (cinza) = permitido,
não pode
Ler espectro:
ser alterado
Ler histórico:
(verde) = permitido,
Excluir histórico: direitos de acesso atuais para pode ser
• Servidor OPC alterado
Adaptar entradas • Nível 4
dinâmicas: Eingänge • Nível 3
anpassen: • Nível 2 (vermelho) = não
• Nível 1 permitido,
Ler entradas pode ser
• Nível 0
externas: alterado
Teste (OUT/LED):
(cinza) = não permitido,
Mudar variantes: não pode
ser alterado
Alterar configurações
IP:
Reinicie o
dispositivo:
Resetar contador
Conectar / iniciar sessão não conectado , ,
Nível de segurança # (sem sessão
Atual: , ,
iniciada)
Nível de segurança # ,

69
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

Funções de comutação:
Escrever direitos de acesso no dispositivo
Ler direitos de acesso do dispositivo
Criar conexão ao dispositivo
Desconectar conexão ao dispositivo
iniciar sessão no dispositivo, para tal selecionar o nível de segurança
encerrar sessão no dispositivo

70
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações]

VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] > [Teste]


22225

Condição prévia:
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
Serve para testar as saídas e LEDs do sistema eletrônico de diagnóstico.
> Ao selecionar [Teste Saídas] ou [Teste LEDs] surge a consulta de segurança questionando se o
dispositivo deve ser comutado para o modo de teste.
> Com [Sim] o modo de teste fica ativo para saídas e para LEDs.

Para sair do modo de teste:


► Desativar [Teste Saídas] E
► Desativar [Teste LEDs]
> A seguir surge uma mensagem de confirmação
> Com [OK] o modo de teste é terminado e o dispositivo volta ao modo de monitoramento.
O elemento [ ] "Dispositivo Teste" contém as seguintes áreas:
>

VSE > ... > [Teste] > Aba [Saídas]


22226

Para testar são disponibilizadas apenas as funções que podem ser realizadas pelo dispositivo
conectado. As medições ativas durante os testes são ignoradas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Saídas OUT 1 Digital: 0 / 1 atribuir opcionalmente o estado
Analógico: 0...22 mA digital ou o valor de saída
analógico manualmente
OUT 2 0/1 atribuir manualmente o estado
digital
E/S digitais E/S # 0/1 atribuir manualmente o estado
(apenas em VES100) digital
>

VSE > ... > [Teste] > Aba [LEDs]


22227

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
LEDs Verde
Amarelo atribuir manualmente o estado
Sensor #
Vermelho digital
DESLIGADO
Verde
Amarelo atribuir manualmente o estado
Sistema
Vermelho digital
DESLIGADO

71
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2 VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] ...................................................................... 73


VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] ...................................................................................... 79
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Trigger] ......................................................................................... 94
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ........................................................................................ 98
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes] .................................................................................... 115
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Contador] .................................................................................... 122
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] ..................................................................................... 126
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ...................................................................................... 130
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] ............................................................................ 140
22228

Neste capítulo são descritos os parâmetros contidos no objeto [Parâmetros_#].


O objeto [Parâmetros_#] foi atribuído ao objeto [VSEnnn_#].
O objeto [Parâmetros_#] é acessado através da visualização em árvore (→ página 14).
Na vista detalhada surgem na aba [Parâmetros_#] informações e configurações do sistema eletrônico
de diagnóstico.
► Visualizar o conjunto de parâmetros:
duplo clique na visualização em árvore no conjunto de parâmetros pretendido: [Parâmetros_#]
Na vista detalhada surgem na aba [Parâmetros_#] as seguintes informações:
• Configuração geral
• Entradas
• Trigger
• Objetos
• Variantes
• Contador
• Histórico
• Alarmes

72
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.1 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral]

VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Dispositivos suportados] ................................................ 73
VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Documentação] .............................................................. 74
VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Informações do dispositivo] ........................................... 75
VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Dispositivos atribuídos] .................................................. 78
22230

O detalhe [Configuração geral] contém informações e documentação do dispositivo e do conjunto de


parâmetros:
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Informação Criado: Data da criação ---
Alterado: Data da última alteração ---
Conjunto de parâmetros Nome: Nome atual, p. ex.: Sobrescrever o nome
"Parâmetros_01" predefinido

Na vista detalhada é possível atribuir um outro nome ao conjunto de parâmetros. O nome é exibido na
visualização em árvore.
Na vista detalhada, o detalhe [Configuração geral] contém os seguintes elementos:
• Dispositivos suportados
• Documentação
• Informações do dispositivo
• Dispositivos atribuídos
>

VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Dispositivos suportados]
22231

Com base nos parâmetros e funções utilizados no conjunto de parâmetros são determinadas as
condições prévias no dispositivo (versão de firmware). Para a criação do conjunto de parâmetros já foi
selecionado o tipo de dispositivo do sistema eletrônico de diagnóstico octavis.
O elemento [Dispositivos suportados] contém as seguintes áreas:
>

VSE > ... > [Dispositivos suportados] > Aba [Configuração]


22232

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Tipos de dispositivo suportados Tipo do dispositivo: p. ex. "Sistema eletrônico de ---
diagnóstico efector octavis
VSE002"
Versões de firmware mínimo requerido: Número de versão ---
suportadas
máximo suportado: Número de versão ---

O [tipo de dispositivo suportado] indica para que tipo de sistema eletrônico de diagnóstico (VSE002
ou VSE100) foi criado o conjunto de parâmetros.
As entradas para as versões de firmware suportadas se definem automaticamente com base no
conjunto de parâmetros. Com base nos objetos criados e nas funções utilizadas são determinadas e
indicadas a versão de firmware mínima necessária e máxima suportada.

73
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Documentação]


22233

A documentação é utilizada para descrever a aplicação. As entradas também são memorizadas no


sistema eletrônico de diagnóstico.
Se vários dispositivos partilharem um conjunto de parâmetros, será melhor não utilizar informações
específicas das aplicações.
O elemento [Documentação] contém as seguintes áreas:
>

VSE > ... > [Documentação] > Aba [Aplicação]


22234

Nesta área pode ser descrita a aplicação. As indicações se referem à empresa e à


máquina/instalação onde o sistema eletrônico de diagnóstico está instalado. São campos de texto
livre.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Aplicação Empresa: Texto livre ---
Endereço: Texto livre ---
Cidade: Texto livre ---
Local: Texto livre ---
Máquina: Texto livre ---
>

VSE > ... > [Documentação] > Aba [Descrição]


22235

A descrição contém uma data de criação e a data da última alteração dos parâmetros. Além disso,
pode ser registrado um criador do conjunto de parâmetros e uma descrição de texto livre.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Descrição Criado por: Texto livre máx. 100 caracteres
Data de criação: Data da criação Data posterior/anterior
Última alteração: Data da última alteração automático
Descrição Texto livre máx. 100 caracteres

74
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Informações do dispositivo]

VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Saídas] .................................................................... 75
VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [E/S digitais] .............................................................. 76
VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências de trigger] ........................................ 76
VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências de objeto] ......................................... 77
22236

O elemento [Informações do dispositivo] contém um resumo ou uma visão geral da configuração das
entradas e saídas do sistema eletrônico de diagnóstico. Além disso, existe aqui uma visão geral das
dependências entre os triggers e os objetos definidos no conjunto de parâmetros.
O elemento [Dispositivos Informações] contém as seguintes áreas:
>

VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Saídas]


22237

Mostra as saídas do sistema eletrônico de diagnóstico com uma visão geral dos parâmetros
configurados mais importantes.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Saídas OUT 1 Utilização, informação
OUT 2 Utilização, informação

Funções de comutação:
configurar objeto selecionado

75
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [E/S digitais]
22239

Se aplica apenas a VSE100:


Mostra as E/S digitais do sistema eletrônico de diagnóstico VSE100 com uma visão geral dos
parâmetros configurados mais importantes.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
E/S digitais E/S 1 Utilização, informação
E/S 2 Utilização, informação
E/S 3 Utilização, informação
E/S 4 Utilização, informação
E/S 5 Utilização, informação
E/S 6 Utilização, informação
E/S 7 Utilização, informação
E/S 8 Utilização, informação

Funções de comutação:
configurar objeto selecionado
>

VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências de trigger]
22240

Mostra as dependências do trigger existente e sua dependência do objeto configurado.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Dependências de trigger Nome Nome do trigger
Tipo Tipo de parâmetro
Utilização Utilização do parâmetro
Fonte Nome do objeto

Funções de comutação:
configurar objeto selecionado

76
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências de objeto]
22242

Mostra as dependências dos objetos existentes e sua dependência dos triggers configurados.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Dependências de objeto Nome Nome do objeto
Tipo Tipo de parâmetro
Utilização Utilização do parâmetro
Fonte Nome do trigger

Funções de comutação:
configurar objeto selecionado

77
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Dispositivos atribuídos]
22244

Dispositivos diferentes podem partilhar um conjunto de parâmetros. Dessa forma, é possível gerir
apenas um conjunto de parâmetros para as mesmas máquinas e instalações. Em caso de alterações,
o conjunto de parâmetros pode ser registrado em vários dispositivos ao mesmo tempo.
O elemento [Dispositivos atribuídos] contém as seguintes áreas:
>

VSE > ... > [Dispositivos atribuídos] > Aba [Dispositivos]


22245

Mostra todos os dispositivos que estão atribuídos ao conjunto de parâmetros.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Dispositivos atribuídos Nº número de ordem na lista
Nome nome projetado do dispositivo
Tipo número de artigo do dispositivo
Firmware versão de firmware lida ---
Endereço TCP/IP endereço TCP/IP projetado e porta
Endereço MAC endereço MAC lido do dispositivo
Nº de série número de série lido do dispositivo

78
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.2 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas]

VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas dinâmicas (AC)] .............................................................. 81
VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas analógicas (DC)] ............................................................. 87
VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas externas] ......................................................................... 92
22246

O elemento [Entradas] contém, para além das entradas analógicas e do sensor, entradas virtuais
(entradas externas), cuja fonte do sinal é a interface Ethernet. As entradas do sensor são designadas
como [Entradas dinâmicas], pois nestas entradas é possível analisar a componente dinâmica (AC) do
sinal nas faixas de tempo e de frequência.

79
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Na vista detalhada são exibidas as seguintes informações do conjunto de parâmetros:


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Entradas dinâmicas (AC) ID Número de ordem do sensor no
sistema eletrônico de diagnóstico
Nome nome projetado do sensor
Tipo tipo de sensor ---
Escalonamento escalonamento projetado do sensor
Filtro configuração de filtro projetada do
sensor
Entradas analógicas (DC) ID Número de ordem da entrada
analógica no sistema eletrônico de
diagnóstico
Nome nome projetado da entrada
---
Tipo Tipo de sinal do sensor
Referência Faixa de valores de sinal
Valor Faixa de valores do sinal
Entradas externas ID Número de ordem da entrada
externa no sistema eletrônico de
diagnóstico
Nome nome projetado da entrada ---

Valor inicial Valor de inicialização


Unidade Unidade projetada

► Esta exibição apresenta apenas uma visão geral.


Para configurar os parâmetros: fazer duplo clique na linha desejada!
(→ Páginas seguintes)

80
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas dinâmicas (AC)]
22248

As entradas dinâmicas do sistema eletrônico de diagnóstico servem para monitorar sinais conectados
no que diz respeito a suas componentes dinâmicas na faixa de tempo e de frequência. O caso de
aplicação clássico para a avaliação de um sinal dinâmico no sistema eletrônico de diagnóstico é o
monitoramento da vibração.
A partir da versão de hardware "AI" (versão "V0.6.0") juntamente com a versão de firmware 0.10.x
também é possível monitorar o sinal apenas quanto à componente contínua (DC) nas entradas
dinâmicas.
Os diferentes tipos de sensor se distinguem nos seguintes aspetos:
• o monitoramento dos sinais dinâmicos (AC)
• o monitoramento dos sinais estáticos (DC)
• o princípio de medição.
A visão geral mostra as seguintes informações e funções:
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
--- ID Número de ordem do sensor no
sistema eletrônico de diagnóstico
Nome nome projetado do sensor
, ,
Tipo tipo de sensor
Escalonamento escalonamento projetado do sensor
Filtro configuração de filtro projetada do
sensor

Funções de comutação:
Ativar entrada dinâmica selecionada
Desativar entrada dinâmica selecionada
configurar objeto selecionado

81
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas dinâmicas (AC)] > [Sensor #]

VSE > ... > [Entradas dinâmicas (AC)] > [Sensor #] > Aba [Configuração] ........................................ 83
VSE > ... > [Entradas dinâmicas (AC)] > [Sensor #] > Aba [Autoteste] .............................................. 86
22251

Podem ser definidas até 4 entradas dinâmicas. Cada entrada dinâmica definida tem um elemento
próprio na visualização em árvore com o nome predefinido [sensor #].

Antes de uma entrada dinâmica poder ser utilizada, tem de ser ativada.
► Ativar entrada dinâmica com interruptor [ ].

O elemento [sensor #] contém as seguintes áreas:

82
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > [Entradas dinâmicas (AC)] > [Sensor #] > Aba [Configuração]
22255

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome nome projetado para o sensor ---
Tipo tipo de sensor selecionado na lista Lista de seleção

A indicação na área de configuração depende do tipo de sensor definido.


O escalonamento e a unidade podem ser consultados na ficha técnica do sensor.
Tipo Nota Escalonamento/sensibilidade Unidade
VSA001/2/4/5/6 Especificação fixa 25 g
VSA003 Especificação fixa 17,5 g
VSA101 Especificação fixa 3,3 g
VSA201 Especificação fixa 250 g
VSP01A/VSP02A/VSP001 --- 100 mV/g
até a versão de hardware "AI" do sistema mV/g
IEPE eletrônico de diagnóstico apenas permitido livre V/g
como "Sensor 1" mV/(m/s²)
já não é suportado a partir da versão de mV/g
IEPEx10 hardware "AI" do sistema eletrônico de livre V/g
diagnóstico mV/(m/s²)
• é suportado a partir da versão de
hardware "AI" do sistema eletrônico de
Sinal de corrente DC diagnóstico e firmware a partir da livre livre
versão 0.10.0
• Especificação: Filtro = não filtrado
livre
Sinal de corrente AC --- livre
Fórmula correspondente

O filtro é alvo de uma atenção especial no monitoramento segundo a ISO 10816 na faixa de tempo
(= tipo de objeto "v-RMS(faixa de tempo)").
Para estes objetos, o filtro tem de ser ajustado com base na velocidade de rotação:
Velocidade de rotação Filtro Nota
-1
120...600 min Passa-alto em 2 Hz ---
-1
> 600 min Passa-alto em 10 Hz é suportado a partir da versão de hardware "AI" do sistema
eletrônico de diagnóstico e do firmware a partir da versão 0.6.0

83
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Se tipo de sensor = sinal de corrente DC


22584

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Configuração Filtro não filtrado ---
Unidade rpm Texto livre
Escalonamento segundo a ficha técnica/fórmula aumentar/reduzir valor
Offset segundo a ficha técnica/fórmula aumentar/reduzir valor
Ponto de referência inferior Corrente 4,00 mA ---
Valor 0,00 rpm aumentar/reduzir valor
Ponto de referência superior Corrente 20,00 mA ---
Valor 10000,00 rpm aumentar/reduzir valor

Fórmula para escalonamento:


Legenda:
vmin Valor de medição mínimo
vmáx Valor de medição máximo
imin Sinal de corrente mínimo
imáx Sinal de corrente máximo

Fórmula para offset:


Legenda:
vmin Valor de medição mínimo
vmáx Valor de medição máximo
imin Sinal de corrente mínimo
imáx Sinal de corrente máximo
>

Exemplo escalonamento + offset


23819

Sensor de temperatura externo com os seguintes valores:


• Sinal de corrente de 4…20 mA
• Faixa de medição de -20…100 C
O escalonamento e o offset a serem introduzidos são calculados da seguinte forma:

Escalonamento
=

Offset =

84
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Se o tipo de sensor = outro sensor (sinal de corrente AC)


22585

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Configuração Filtro • não filtrado Lista de seleção
• passa-alto de 2 Hz
• passa-alto de 10 Hz
Unidade Texto livre
Escalonamento Fórmula correspondente aumentar/reduzir valor
→ tipo de sensor sinal de corrente
DC
>

Exemplo de escalonamento
22586

Sensor externo com os seguintes valores:


• Sinal de corrente de 4…20 mA
• faixa de medição de 0…2,5 bar
Com a ajuda de uma resistência conectada paralelamente (250 ) se obtém uma corrente de entrada
para a entrada dinâmica do sistema eletrônico de diagnóstico de 2…10 mA.
O escalonamento a ser introduzido é calculado da seguinte forma:

Escalonamento
=

85
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > [Entradas dinâmicas (AC)] > [Sensor #] > Aba [Autoteste]
22258

Para sensores do tipo VSAnnn pode ser ativado um autoteste periódico. Nesse caso, é verificado
ativamente o funcionamento da célula de medição pelo sistema eletrônico de diagnóstico. Pode ser
definido um intervalo (mínimo 1 minuto), em que o sistema eletrônico de diagnóstico deve realizar
automaticamente o teste.

O intervalo é sempre válido para todos os sensores.


O intervalo não pode ser ajustado para cada sensor em separado.

Definir o autoteste para sensores VSP e IEPE: possível a partir da versão de firmware 0.11.0.
Esses sensores não permitem a verificação ativa das células de medição. Apenas é verificado se o
cabeamento está intacto (detectar ruptura do cabo).
Um autoteste negativo para um sensor é indicado pelo piscar do LED correspondente do sensor na
carcaça do sistema eletrônico de diagnóstico. Além disso, o resultado pode ser avaliado em um
alarme e sinalizado em uma saída.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Autoteste periódico Intervalo de tempo 0 h 0 min aumentar/reduzir valor

86
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas analógicas (DC)]
22259

As entradas analógicas do sistema eletrônico de diagnóstico são utilizadas para ler e monitorar
valores do processo. As duas entradas analógicas podem ser monitoradas como trigger para um
monitoramento, como fonte para contador ou no que diz respeito ao valor analógico. O sinal existente
na entrada analógica pode ser um sinal de corrente ou de pulso. Apenas no sistema eletrônico de
diagnóstico tipo VSE100 pode também existir um sinal de tensão.
As entradas analógicas se distinguem por seu sinal (analógico ou pulso) e por sua utilização (trigger,
contador ou objeto).
Podem ser definidas até 2 entradas analógicas. Cada entrada analógica definida tem um elemento
próprio na visualização em árvore com o nome predefinido [IN #]:
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
--- ID Número de ordem da entrada no
sistema eletrônico de diagnóstico
Nome nome projetado da entrada
Tipo tipo de sinal da entrada , ,

Referência Faixa de valores de sinal de acordo


com o tipo de entrada
Valor Faixa de valores do sinal de acordo
com o tipo de entrada

Funções de comutação:
ativar entrada analógica selecionada
desativar entrada analógica selecionada
configurar objeto selecionado

87
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas analógicas (DC)] > [IN #]
22260

Antes de uma entrada analógica poder ser utilizada, tem de ser ativada.
► Ativar entrada analógica com interruptor [ ].

O elemento [IN #] contém as seguintes áreas:

88
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > [Entradas analógicas (DC)] > [IN #] > Área [Identificação]
22587

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome nome projetado para a entrada ---
Tipo tipo de entrada da lista (→ abaixo) Lista de seleção

A área [Identificação] serve para descrever o sensor conectado no sistema eletrônico de diagnóstico
nas entradas analógicas. O nome do sensor deve ser inequívoco e descritivo. Em um caso normal, é
um nome para descrever o sinal (p. ex. Velocidade de rotação do motor). Com o tipo, é selecionado o
tipo de sinal (→ tipo de entrada analógica) do sensor conectado.
De acordo com o tipo selecionado, têm de ser dadas outras indicações na área [Configuração]. A
indicação na área [Configuração] depende do tipo de entrada selecionado.
Configurações prévias:
Tipo de entrada Referência Valor
Analógica - Corrente 4...20 mA 0...10000 rpm
Analógica - Tensão 0...10 V 0...10000 rpm
(apenas visível em VSE100)
Contador - Totalizador 1 min, 0 s ---
Digital - Pulso 1 pulso/rotação rpm
Digital - PWM 10...90 % 0...10000 rpm
Digital - VE113A 10...90 % 0...100 % vermelho
Digital - Lógico --- 0 rpm / 10000 rpm

89
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > [Entradas analógicas (DC)] > [IN #] > Área [Configuração]
22262

A área [Configuração] descreve o escalonamento do sinal e sua unidade física.


Para a unidade física se aplica:
► consultar a ficha técnica do sensor conectado
ou:
identificar o sinal, p. ex. "min-1" ou "rpm" para uma velocidade de rotação.
Os outros parâmetros escalonam o sinal.
Os parâmetros e dados exibidos dependem ...
• do tipo de entrada projetado
• da unidade projetada
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Unidade Unidade unidade projetada, p. ex. rpm Texto livre
Ponto de referência inferior Corrente 4,00 mA aumentar/reduzir valor
Tensão 0,00 V aumentar/reduzir valor
PWM 10 % aumentar/reduzir valor
Valor 0,00 rpm aumentar/reduzir valor
Ponto de referência superior Corrente 20,00 mA aumentar/reduzir valor
Tensão 10,00 V aumentar/reduzir valor
PWM 90 % aumentar/reduzir valor
Valor 10000,00 rpm aumentar/reduzir valor
Intervalo Intervalo de 1 min 0 s 0 ms aumentar/reduzir valores
contagem
Pulsos Pulsos por rotação 1 aumentar/reduzir valor
Lógico Baixo Lógico Baixo 0,00 rpm aumentar/reduzir valor
Lógico Alto Lógico Alto 10000,00 rpm aumentar/reduzir valor

90
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Tipos de entrada projetáveis


22588

 Analógica - Corrente
Analógica - Tensão
Digital - PWM
Digital - VE113A:
Nesses tipos é definido o sinal através de 2 pontos de referência. Em caso de necessidade, a reta
que assim se forma é extrapolada para a faixa de medição máxima da entrada analógica.

Valor (x2)
ico
alóg
Unidade

n
aa
ad
e ntr
de
inal
S
Valor (x1)

x1 Entrada analógica x2
 Contador - Totalizador:
O intervalo só tem de ser indicado aqui para monitoramento de pulsos por intervalo de tempo.
Para a utilização para contagem de pulsos, o intervalo não é relevante.
 Digital - Pulso:
Nesse tipo tem de ser indicado quantos pulsos o sinal fornece por rotação.

Se for fornecido um sinal de velocidade de rotação ao longo de mais de um pulso por rotação:
Os pulsos têm de estar equidistantes entre si, para se poder determinar a velocidade de
rotação correta!

 Digital - Lógico:
Nesse tipo são atribuídos valores aos 2 estados digitais (low/DESLIGADO e high/LIGADO). O
valor correspondente ao estado da entrada é processado no trigger ou no objeto (monitor de
limite inferior/monitor de limite superior).

91
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas externas]


22264

A entrada é transferida digitalmente através da interface TCP/IP do sistema eletrônico de diagnóstico.


Isso pode p. ex. ocorrer através da interface OPC (→ servidor OPC ifm, → Capítulo Mudança de
variante através de OPC (→ página 120)).
Desta forma, os valores do processo podem ser transferidos, se forem monitorados e memorizados
como objetos. Além disso, podem ser utilizadas entradas externas também como fonte para um
trigger, para p. ex. fornecer rotações para um monitoramento com seletividade de frequências para
uma operação com rotação variável.
Cada entrada externa criada tem um elemento próprio na vista detalhada e visualização em árvore
com o nome predefinido [Externo_#].

► Criar entrada externa:


marcar na árvore da vista detalhada [entradas externas]
clique com o botão direito do mouse na área branca, vazia da vista detalhada
Clique em [Nova entrada externa ...]
> Na vista detalhada surge uma nova linha com os valores predefinidos.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Entradas externas pode ser atribuída qualquer ID
ID 01
livre (01...24)
# se altera de acordo com a ID
Nome Extern_#
atribuída
Valor inicial 0 rpm
Unidade rpm

Funções de comutação:
configurar objeto selecionado
Excluir objeto selecionado

92
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > [Entradas externas] > [Externo_#] > [Configuração]
22267

O objeto [Externo_#] contém as seguintes áreas:


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome Extern_# ---

Alterar nome:
► marcar a entrada na árvore da vista detalhada (por duplo clique ou com [F2])
► sobrescrever o nome
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Configuração Unidade rpm Texto livre
Valor inicial 0,00 rpm aumentar/reduzir valor

A unidade da entrada externa corresponde à unidade da grandeza enviada através da interface, p.


ex. "min-1" ou "rpm", se a entrada externa for utilizada como fonte para a velocidade de rotação.
O valor inicial é utilizado enquanto não se alterar através da interface após uma inicialização
(reinicialização/reboot) do sistema eletrônico de diagnóstico.

93
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.3 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Trigger]

Tipos de trigger.................................................................................................................................... 95
Criar trigger .......................................................................................................................................... 96
VSE > ... > Detalhe [Trigger] > [Configuração].................................................................................... 96
22269

Os triggers servem para o controle, ou seja, para iniciar e parar cálculos de objetos e contadores. A
cada objeto podem ser atribuídos até 2 triggers diferentes. A condição definida em um trigger controla
o cálculo ou o contador.

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Trigger pode ser atribuída qualquer ID
ID 01
livre (01...24)
Nome Tipo de trigger selecionado *)
Fonte Conforme o tipo de trigger
Tipo Tipo de trigger
Faixa ou valor de trigger
Faixa/valor
configurada(o)

*) O nome deve ser significativo e, preferencialmente, indicar a fonte e a faixa de operação.


Exemplos: "CON_1480 rpm" ou "Velocidade_rotação_motor_600...1500 rpm"

Funções de comutação:
configurar objeto selecionado
Excluir objeto selecionado

94
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Tipos de trigger
22589

Os diferentes tipos de trigger se distinguem por sua fonte. Estão disponíveis para seleção os
seguintes tipos de trigger:
>

Trigger de entrada analógica


22590

 Condição prévia:
tem de estar definida, pelo menos, uma entrada analógica
 Fonte:
uma das duas entradas analógicas do sistema eletrônico de diagnóstico
 Utilização da condição de trigger:
• monitoramento com seletividade de frequências em operação com rotação variável (como sinal
de rotação)
• contador do tempo de funcionamento analógico
• como valor de referência
>

Trigger de entrada dinâmica


22592

 Condição prévia:
tem de estar definida, pelo menos, uma entrada dinâmica como tipo "corrente contínua" ( )
 Fonte:
uma das entradas dinâmicas configurada como entrada analógica (DC)
 Utilização da condição de trigger:
• monitoramento com seletividade de frequências em operação com rotação variável (como sinal
de rotação)
• contador do tempo de funcionamento analógico
• como valor de referência
>

Trigger de entrada externa


22593

 Condição prévia:
tem de estar definida, pelo menos, uma entrada externa
 Fonte:
uma das entradas externas configuradas
 Utilização da condição de trigger:
• monitoramento com seletividade de frequências em operação com rotação variável (como sinal
de rotação)
• contador do tempo de funcionamento analógico
• como valor de referência
>

Trigger de velocidade de rotação constante


22594

 Valor do trigger:
corresponde à velocidade de rotação constante da máquina/instalação
 Utilização da condição de trigger:
• monitoramento com seletividade de frequências

95
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Criar trigger
22591

► Marcar na árvore da vista detalhada [trigger]


clique com o botão direito do mouse na área branca, vazia da vista detalhada
Clique no trigger desejado
> Na vista detalhada surge uma nova linha com os valores predefinidos.
>

VSE > ... > Detalhe [Trigger] > [Configuração]


22271

Descrição no exemplo "Trigger de entrada analógica"

O elemento de configuração para [Trigger de entrada analógica] contém as seguintes áreas:


>

VSE > ... > Detalhe [Trigger] > [Configuração] > Área [Identificação]
22273

A área "Identificação" contém o nome e o tipo de trigger.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome: Analógico Texto livre
Tipo: tipo de trigger selecionado ---

O nome pode ser alterado. Idealmente, o trigger pode ser inequivocamente identificado pelo nome (p.
ex. "Velocidade de rotação do motor_600...1500 rpm").

96
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Trigger] > [Configuração] > Área [Configuração]
22274

A área "Configuração" contém a fonte, a utilização e a condição do trigger.


O campo de controle [Utilizar como sinal de velocidade de rotação] define o funcionamento do trigger:
• ativado = trigger como sinal de velocidade de rotação para um objeto para monitoramento com
seletividade de frequências
• desativado = como trigger do valor de referência
Para a utilização para o comando de um contador "Tempo de funcionamento - analógico" o campo de
controle não desempenha qualquer papel.
Um trigger da velocidade de rotação constante não pode ser utilizado como valor de referência, mas
sim apenas para o monitoramento com seletividade de frequências.
Em triggers de uma entrada externa ou analógica é definida uma "faixa de operação" na condição de
trigger. Se o valor de medição da fonte selecionada se encontrar dentro da faixa de operação, a
condição está preenchida. Para uma boa reprodutibilidade das medições é recomendável que se
definam faixas de operação pequenas. Com um trigger da velocidade de rotação constante, tem de
ser introduzida a velocidade de rotação constante da máquina.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Sinal Fonte: selecionada selecionável na lista
Utilizar como sinal de Campo de controle ativar/desativar
velocidade de
rotação
Faixa de operação De: valor inferior configurado aumentar/reduzir valor
(p. ex. velocidade de rotação)
Até: valor superior configurado aumentar/reduzir valor
(p. ex. velocidade de rotação)
Velocidade de rotação Velocidade de velocidade de rotação configurada aumentar/reduzir valor
constante rotação:

97
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.4 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos]

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos.............................................................................. 100
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos> Abas .................................................................. 105
22279

Em Objetos é possível calcular e monitorar valores característicos. Os valores característicos podem


ser calculados para os sinais das entradas (entradas dinâmicas, analógicas ou/e externas). Em
Objetos são fornecidos tipos de objetos predefinidos que facilitam uma configuração das tarefas de
monitoramento para a respectiva máquina.
► Criar objeto: clique com o botão direito do mouse na área branca, vazia da vista detalhada
e depois avance no menu de contexto:

ou
► Criar objeto através de um dos botões.

98
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Funções de comutação:
Editar o objeto selecionado através do assistente
Criar um novo objeto através do assistente (tipo de objeto = qualquer, mas não pode ser um
mancal de rolamentos)
Criar um novo objeto através do assistente (tipo de objeto = mancal de rolamentos)
configurar objeto selecionado
Excluir objeto selecionado

99
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos

VSE > ... > Tipos de objetos > [Desbalanceamento] ........................................................................ 100
VSE > ... > Tipos de objetos > [Mancal de rolamentos] .................................................................... 101
VSE > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS], [d-RMS] (faixa de frequência) ............................ 101
VSE > ... > Tipos de objetos > [Outros] ............................................................................................. 102
VSE > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS] (faixa de tempo) .................................................. 103
VSE > ... > Tipos de objetos > [a-Peak (faixa de tempo)] ................................................................. 104
VSE > ... > Tipos de objetos > [Monitor de limite superior], [Monitor de limite inferior] .................... 104
22285

Para as tarefas de monitoramento mais frequentes existem tipos de objetos pré-configurados que
podem ser parametrizados através de um assistente:
• Desbalanceamento
• Mancal de rolamentos
• a-RMS (faixa de frequência)
• v-RMS (faixa de frequência)
• d-RMS (faixa de frequência)
• Outros
• a-RMS (faixa de tempo)
• v-RMS (faixa de tempo)
• a-Peak (faixa de tempo)
• Monitor de limite superior
• Monitor de limite inferior
RMS = root mean square = valor efetivo
>

VSE > ... > Tipos de objetos > [Desbalanceamento]


22286

Em todos os eixos em rotação ocorre um desbalanceamento. Ele resulta de uma distribuição


irregular da massa ao redor do eixo. Um desbalanceamento acentuado sobrecarrega os apoios
do eixo e provoca o seu desgaste.

[Desbalanceamento] monitora a frequência de rotação da máquina


Graças ao monitoramento com seletividade de frequências é possível filtrar sinais interferentes que
ocorrem, p. ex. devido a agregados auxiliares, movimentos de suporte ou alimentação. Para o cálculo
do desbalanceamento, a velocidade de rotação do eixo precisa ser configurada como trigger.
Aplicação:
• Ventiladores
• Motores
• Fusos (especialmente durante o arranque), etc.

100
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Tipos de objetos > [Mancal de rolamentos]


22287

Os mancais de rolamentos são um elemento central nas máquinas de qualquer tipo. Em caso
de desgaste progressivo ocorrem frequências de danos individuais para cada mancal de
rolamentos. As frequências de danos de um mancal de rolamentos estão dependentes da
geometria do mancal (definida pelo tipo de mancal e pelo fabricante) e, mesmo assim, são
exclusivas para cada mancal.

[Mancal de rolamentos] monitora as frequências de danos de um mancal de rolamentos

Legenda:
1 = Anel interno
2 = Gaiola
3 = Anel de vedação
4 = Elementos rolantes
5 = Anel externo
D = Diâmetro do círculo primitivo
d = Diâmetro dos elementos rolantes

► Selecionar frequências de danos de um banco de dados de mancais integrado


ou:
► Introduzir manualmente frequências de danos solicitadas ao fabricante
ou:
► Introduzir manualmente frequências de danos calculadas através da calculadora do rolamento
com base na geometria
As frequências de danos sempre devem ser calculadas e introduzidas como número ordinal para uma
velocidade de rotação dos eixos de 1 Hz ou 60 rpm. A determinação efetiva da frequência de danos
resulta da multiplicação do número ordinal pela frequência de rotação especificada pelo trigger
(= velocidade de rotação / 60) do eixo.
>

VSE > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS], [d-RMS] (faixa de frequência)
22289
RMS = root mean square = valor efetivo
• a-RMS (faixa de frequência) calcula o valor efetivo da aceleração,
• v-RMS (faixa de frequência) calcula o valor efetivo da velocidade de vibração,
• d-RMS (faixa de frequência) calcula o valor efetivo do deslocamento vibratório
...em uma banda de frequência livremente definível.
Aplicação:
• Medições conforme ISO10816 e outras normas aplicáveis
• Peças de máquinas soltas
• Erros de alinhamento
• Erros do motor (problemas nas barras do rotor e chapas do estator, excentricidade, etc.)

Estes tipos de objetos são calculados na faixa de frequência e, portanto, sequencialmente no


processo Multiplex. Dessa forma, se necessário, ocorre no monitoramento um "tempo morto".
Para um monitoramento permanente, selecionar o tipo de objeto "v-RMS (faixa de tempo)"!

101
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Tipos de objetos > [Outros]


22290

Existe uma grande variedade de componentes de máquinas que foram analisados quanto a sua
vibração específica em caso de danos. As frequências de danos resultantes das análises
podem ser parametrizadas em um objeto otimizado para essa tarefa.

Monitoramento com seletividade de frequências


O objeto é livremente parametrizável
No objeto são indicadas as frequências de danos como número ordinal. A determinação efetiva da
frequência de danos resulta da multiplicação do número ordinal pela frequência de rotação
especificada pelo trigger (= velocidade de rotação / 60) do eixo.
Aplicação:

Base de inclinação
FFT: 1,0 • fn, 2,0 • fn, 3,0 • fn
Aparafusamento afrouxado

Engrenamento, erro discreto nos dentes


FFT und H-FFT: 1,0 • fn
Engrenamento, forças transversais
FFT: Número de dentes • fn
excessivas

Mancal de deslizamento, película de


FFT: 0,42...0,48 • fn
deslizamento instável
FFT: 1,0 • fn, 2,0 • fn, 3,0 • fn
Mancal de deslizamento, desgaste

Bomba, roda da bomba excêntrica FFT: Número de pás • fn


Bomba, cavitação FFT: 1,0 • fn, 2,0...n • fn

Acoplamento, falha de alinhamento FFT: 2,0 • fn

Legenda: fn = Frequência de rotação (= velocidade de rotação / 60) do eixo

102
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS] (faixa de tempo)
22296
RMS = root mean square = valor efetivo
• a-RMS (faixa de tempo) monitora o valor efetivo da aceleração,
• v-RMS (faixa de tempo) monitora o valor efetivo da velocidade de vibração
...em uma faixa de frequência ajustável através de filtros.
A faixa de frequência é definida através do filtro da entrada dinâmica (→ Aba [Configuração]) e do
filtro do objeto.

dt

Legenda: dt = tempo de medição, período de medição


Aplicação:
• Medições segundo ISO 10816 e outras normas relevantes (v-RMS)
• Peças soltas da máquina (v-RMS)
• Erro de alinhamento (v-RMS)
• Vibrações chatter, ressonâncias (a-RMS)

103
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Tipos de objetos > [a-Peak (faixa de tempo)]
22298

A filtragem do sinal horário é feita com base no filtro para a entrada dinâmica (→ Aba
[Configuração]) e o objeto:. Porém, para a maioria das aplicações, só o filtro do objeto é
decisivo.

[a-Peak (Faixa de tempo)] mede o desvio máximo em uma entrada dinâmica dentro do tempo de
medição definido
Através de uma filtragem do sinal é possível realizar diferentes aplicações. Devido a um tempo de
medição extremamente breve (ajustável entre 0,64 ms e 1,3 s), este tipo de objeto é especialmente
adequado para a proteção da máquina (p. ex. em situações de falha).

dt

Legenda: dt = tempo de medição, período de medição


Aplicação:
• Falha do fuso em máquinas-ferramentas (passa-baixo)
• Cavitação de uma bomba (passa-alto)
• Fricção de metal em metal, p. ex. danos em mancais (passa-alto)
>

VSE > ... > Tipos de objetos > [Monitor de limite superior], [Monitor de limite inferior]
22300

[Monitor de limite superior], [Monitor de limite inferior] monitora os sinais analógicos (sinais DC)
A fonte do sinal pode ser uma entrada analógica ou externa.

A partir da versão do hardware "AI" (versão V0.6.0), juntamente com a versão de firmware 10.x,
também é possível monitorar um valor analógico em uma das entradas dinâmicas.

104
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos> Abas

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Configuração] .................................................................. 105
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Subobjetos] ..................................................................... 106
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Faixa de frequência] ........................................................ 107
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] (faixa de frequência) ............................ 107
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] (Faixa de tempo) .................................. 109
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Trigger] ............................................................................ 110
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Valores limite] .................................................................. 111
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Número de médias] ......................................................... 112
22301

Um objeto criado tem as seguintes abas e áreas:

Consoante o tipo de objeto, algumas das áreas não estão visíveis ou aparecem a cinza.
Exibir as áreas que aparecem a cinza com [ ] (Configurações ampliadas).

>

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Configuração]
22303

► Na área [Configuração], selecionar a entrada para o cálculo do valor característico a monitorar no


objeto.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome predefinido
Nome Texto livre
conforme entrada e tipo de objeto
Tipo Tipo de objeto selecionado ---
Configuração Entrada Entrada projetada selecionável na lista
Objeto atribuído Objeto atribuído Objeto de faixa de tempo atribuído selecionável na lista

Funções de comutação:
exibir/editar configurações ampliadas na própria janela

105
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Subobjetos]
22304

Pertence aos seguintes objetos:


• Desbalanceamento
• Mancal de rolamentos
• Outros
Os subobjetos descrevem a(s) frequência(s) de danos para o monitoramento com seletividade de
frequências. A frequência de danos é calculada através do número ordinal indicado no subobjeto e da
frequência de rotação definida através do trigger da velocidade de rotação:
Frequência de danos [Hz] = número ordinal • (velocidade de rotação [rpm]) / 60)
As amplitudes medidas de todos os subobjetos são adicionadas a um valor de objeto para o
monitoramento.
A faixa de frequência descreve a faixa de tolerância para a frequência de danos calculada para
compensar eventuais imprecisões na velocidade de rotação ou na determinação do tipo de mancal.
Indicação da faixa de frequência: opcionalmente em porcentagem da frequência de danos ou
absoluta em Hertz.
Para a melhor qualidade do diagnóstico possível: selecionar a menor faixa de frequência possível!
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Subobjetos Anel interno, anel externo,
Nome
elementos rolantes
, ,
Número ordinal Valor projetado
,
Faixa de frequência Valor projetado
Avaliação Peak Monitora o peak máximo ativar/desativar
Calcula o valor efetivo dentro da
RMS ativar/desativar
faixa de frequência indicada

Funções de comutação:

Buscar no banco de dados de rolamentos

Exibir/editar configurações ampliadas na própria janela


Editar subobjeto selecionado
Adicionar novo subobjeto
Excluir subobjeto selecionado

106
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Faixa de frequência]
22309

Pertence aos seguintes objetos:


• v-RMS (frequência)
A aba [Faixa de frequência] surge na posição da aba [Subobjetos].
A faixa de frequência descreve uma faixa de monitoramento da frequência.
Indicação da faixa de frequência: absoluta em Hertz
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Faixa de monitoramento De Valor projetado [Hz] aumentar/reduzir valor
Até Valor projetado [Hz] aumentar/reduzir valor

Funções de comutação:
exibir/editar configurações ampliadas na própria janela
>

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] (faixa de frequência)
22310

Pertence aos seguintes objetos:


• Desbalanceamento
• Mancal de rolamentos
• Outros
• a-RMS (faixa de frequência)
• v-RMS (faixa de frequência)
• d-RMS (faixa de frequência)
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Processo de análise Método para a análise da
FFT / HFFT ativar/desativar
frequência
Unidade Aceleração Valor em [mg] ativar/desativar
Velocidade de
Valor em [mm/s] ativar/desativar
vibração
Deslocamento
Valor em [mm] ativar/desativar
vibratório
Filtro Filtro Valor projetado selecionável na lista
Resolução Resolução Valor projetado selecionável na lista

Funções de comutação:
exibir/editar configurações ampliadas na própria janela

107
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Área [Processo de análise]


22595

O processo de análise indica em que espectro de frequência deve ser realizado o monitoramento. É
possível selecionar entre...
• Espectro FFT (Fast Fourier Transformation)
• Espectro de curva envoltória (H-FFT)
Para sinais harmônicos (p. ex. desbalanceamento) deve ser selecionado preferencialmente o FFT e
para sinais periódicos (p. ex. mancal de rolamentos) o H-FFT.
Os tipos de objetos Desbalanceamento, a-RMS, v-RMS, d-RMS (faixa de frequência) monitoram
sempre o espectro FFT e o tipo de objeto Mancal de rolamentos o espectro H-FFT. Nesses casos, o
processo de análise também não pode ser alterado.
>

Área [Unidade]
22596

A unidade decide como o sinal deve ser avaliado:


• Como Aceleração (a) em [mg],
• Velocidade de vibração (v) em [mm/s] ou
• Deslocamento vibratório (d) em [mm].
A velocidade de vibração e especialmente o deslocamento vibratório são unidades pertinentes
somente em caso de frequências baixas.
Para o processo de análise H-FFT (tal como no tipo de objeto Mancal de rolamentos), o sinal só pode
ser avaliado como Aceleração.
Nos tipos a-RMS, v-RMS e d-RMS (faixa de frequência), a unidade é especificada de acordo com o
tipo.
>

Área [Filtro]
22597

Para o cálculo do espectro H-FFT pode ser selecionado um filtro. A configuração básica do passa-
banda de 450…5950 Hz pode ser usada para a maioria das aplicações.
Para o monitoramento de mancais de rolamentos de rotação lenta (< 120 rpm) seria melhor usar um
passa-alto de 5000 Hz.

Durante o diagnóstico da embreagem, assegurar que a frequência de engrenamento (número


de dentes • frequência de rotação) não é filtrada.

108
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Área [Resolução]
22598

A resolução é a distância entre 2 frequências calculadas no espectro. Ela é indiretamente


proporcional ao tempo de medição (tempo de medição = 1/resolução). Além disso, a resolução da
frequência serve para a limitação da frequência de danos de eventuais frequências interferentes.
>

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] (Faixa de tempo)
22311

Pertence aos seguintes objetos:


• a-RMS (faixa de tempo)
• v-RMS (faixa de tempo)
• a-Peak (faixa de tempo)
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Filtro Filtro Valor projetado selecionável na lista
Input Valor projetado ---
Tempo de medição Entrada: Valor projetado selecionável na lista

Funções de comutação:
exibir/editar configurações ampliadas na própria janela
>

Área [Filtro]
22599

Na faixa de tempo, a filtragem do sinal desempenha um papel importante. Além do filtro selecionado
no objeto, também é exibido o filtro igualmente eficaz da entrada dinâmica (→ Aba [Configuração]).
Para objetos do tipo [v-RMS (faixa de tempo)] são usuais 2 combinações de filtros conforme
ISO10816:
 Entrada dinâmica de 2 Hz, passa-baixo de 975 Hz no objeto:
Máquinas/instalações com uma velocidade de rotação entre 120…600 rpm
 Entrada dinâmica de 10 Hz, passa-baixo de 975 Hz no objeto:
Máquinas/instalações com uma velocidade de rotação superior a 600 rpm
Para objetos do tipo [a-Peak (faixa de tempo)] normalmente somente o filtro do objeto é decisivo:
 Nenhum filtro: monitoramento geral
 Passa-baixo de 975 Hz: monitoramento de falhas
 Passa-alto de 3750 Hz (ou superior):
fricção de metal em metal, mancal de rolamentos, cavitação em bombas, …
>

Área [Tempo de medição]


22600

Selecionar o tempo de medição de acordo com o tempo de reação. Em um monitoramento sem


número de médias e atraso de resposta, o tempo de medição corresponde, em uma situação
extrema, à duração do alarme em caso de danos.
Com tempos de medição muito curtos (< 40,96 ms), assegurar que os tempos de reação da saída de
alarme e da entrada para a avaliação de alarmes (p. ex. em um CLP) são suficientemente rápidos.

109
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Trigger]
22312

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Valor de referência Valor de referência Campo de controle ativar/desativar
Trigger Trigger de referência projetado selecionável na lista
Monitoramento independente do status do trigger ativar/desativar
Velocidade de rotação Trigger Trigger projetado selecionável na lista
Desligar teste de estabilidade da velocidade de rotação ativar/desativar
Relação de transmissão Velocidade de
Valor projetado aumentar/reduzir valor
rotação do objeto
Velocidade de
Valor medido ---
rotações medida

Funções de comutação:
exibir/editar configurações ampliadas na própria janela
>

Área [Velocidade de rotação]


22601

Nos objetos para monitoramento com seletividade de frequências é utilizado o trigger da velocidade
de rotação para o cálculo da frequência de danos.
Somente os seguintes triggers podem ser utilizados como fonte de velocidade de rotação:
• Trigger constante
• Trigger em que o campo de controle [Utilizar como velocidade de rotação] está ativo (→ Aba
[Configuração]).
Se a velocidade de rotação for superior a 5% durante a medição de um objeto, o valor de medição é
rejeitado. Em caso de fortes oscilações da velocidade de rotação não é possível um monitoramento
com seletividade de frequências exato. Porém, se for necessário usar utilizar o valor de medição, é
possível evitar a rejeição do valor de medição através do campo de controle [Desativar teste de
estabilidade da velocidade de rotação]. Se houver uma relação de transmissão entre a velocidade de
rotação do trigger e a velocidade de rotação do objeto a monitorar, é necessário indicar essa
informação.
Nos objetos para o monitoramento de uma faixa de frequência (a-RMS, v-RMS, d-RMS (faixa de
frequência)) e nos objetos na faixa de tempo só é possível utilizar o trigger da velocidade de rotação
para o comando do monitoramento. O monitoramento só fica ativo quando o valor do trigger estiver
dentro da faixa de operação. Nesses objetos só podem ser utilizados como trigger da velocidade de
rotação os triggers em que esteja ativo o campo de controle [Utilizar como velocidade de rotação]
(→ Aba [Configuração]).
>

Área [Valor de referência]


22602

O trigger do valor de referência serve para o comando do monitoramento e precisa ser ativado
através do campo de controle [Valor de referência]. O monitoramento só fica ativo quando o valor do
trigger estiver dentro da faixa de operação.
Somente os seguintes triggers podem ser utilizados como fonte de velocidade de rotação:
• Trigger em que o campo de controle [Utilizar como velocidade de rotação] não está ativo (→ Aba
[Configuração]).
O comando do monitoramento é desativado através do campo de controle [Monitoramento
independente do status do trigger]. Assim, o valor de referência é puramente informativo e será
registrado no histórico ou utilizado para uma ponderação de sinal.

110
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Valores limite]
22313

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Exibição • Absoluto
Campo de opções Selecionar opção
• Relativo
Valor Teach Valor Teach Valor projetado aumentar/reduzir valor
Auto Teach Campo de controle ativar/desativar
Velocidade de
Valor projetado aumentar/reduzir valor
rotação
Valor de referência Valor projetado aumentar/reduzir valor
Valores limite Alarme principal Valor projetado aumentar/reduzir valor
Alarme prévio Valor projetado aumentar/reduzir valor

Funções de comutação:
exibir/editar configurações ampliadas na própria janela
>

Área [Exibição]
22603

Pertence aos seguintes objetos:


• Outros
• Todos os objetos > [Configurações ampliadas].
Os valores limite são decisivos para a ativação do alarme:
 Para a exibição = Absoluto:
o valor Teach é definido como "1"
os valores para os 2 valores limiares de alarme (Alarme prévio, Alarme principal) são válidos em
absoluto na unidade física selecionada para o objeto
 Para a exibição = Relativo:
os valores limite/limiares de alarme são um múltiplo do valor Teach
Para todos os outros tipos de objeto se aplica: Exibição = Absoluto
>

Área [Valor Teach]


22604

Pertence aos seguintes objetos:


• Outros
• Todos os objetos > [Configurações ampliadas].
O valor Teach descreve, de um ponto de vista relativo, o valor do objeto em bom estado. O valor
Teach é a base para a emissão posterior de um alarme prévio ou principal.
Ativar o campo de controle [Auto-Teach] caso o valor Teach deva ser determinado através de uma
medição iniciada manualmente a partir do sistema eletrônico de diagnóstico. Recomendamos que o
valor Teach seja configurado somente aprox. 3 semanas após a colocação em funcionamento do
sistema eletrônico de diagnóstico com base nos dados reunidos na memória de histórico.
Os valores Velocidade de rotação e Valor de referência apenas são significativos em caso de uma
ponderação de sinal. A utilização de ponderações de sinal por pequenas faixas de operação do
trigger (→ Aba [Configuração]) deve ser evitada tanto quanto possível.

111
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Área [Valores limite]


22605

Os valores limite são decisivos para a ativação do alarme.


Em um caso normal (Exibição = Absoluto) se aplica: os valores para os 2 valores limiares de alarme
(Alarme prévio, Alarme principal) são válidos em absoluto na unidade física selecionada para o
objeto.
>

VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Número de médias]
22134

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Números de médias Número de médias Valor projetado selecionável na lista
Trigger fica ativo Campo de controle ativar/desativar
Mudança de variante Campo de controle ativar/desativar
Atraso de resposta Atraso de resposta Valor projetado aumentar/reduzir valor

Funções de comutação:
exibir/editar configurações ampliadas na própria janela

112
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Área [Número de médias]


22606

Para suprimir eventos breves no sinal de medição (pequenos choques), é possível fazer uma média
do sinal. O número de médias é indicado como fator de ponderação do valor de medição.
Para objetos na faixa de tempo ou para o monitoramento de faixas de frequência (a-RMS, v-RMS, d-
RMS (faixa de frequência)), recomendamos que o valor do número de médias seja definido como 1/1
para monitorar o valor efetivo da medição.
Os campos de controle [Trigger fica ativo] e [Mudança de variante] determinam como se deve
prosseguir com o número de médias nesses casos. Se for ativado um dos campos de controle, o
último valor de objeto para o cálculo do novo valor é definido como "0" para reiniciar o cálculo. A
opção Mudança de variante abrange todas as mudanças do modo do sistema eletrônico de
diagnóstico (Escrever parâmetros, Monitoramento do espectro, Autoteste).
>

Exemplo de número de médias


22607

Último valor de objeto = 3,8 mm/s, valor de medição = 7,1 mm/s, número de médias = 1/8
Assim, o novo valor de objeto é:
Valor de objeto = último valor de objeto • (1-número de médias) + valor de medição • número de
médias
Valor de objeto = 3,8 mm/s • (1-1/8) + 7,1 mm/s • 1/8
Valor de objeto = 4,2 mm/s
O gráfico seguinte mostra como o valor de objeto se aproxima de um valor de medição constante. O
valor do número de médias decide a rapidez com que os 2 valores se aproximam.
Valor medido
Valor de objeto
Aceleração [mg]

Medição cíclica

113
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Área [Atraso de resposta]


22608

O atraso de resposta serve para conferir validade às informações de um diagnóstico. O atraso de


resposta funciona quase como um contador. O valor de objeto deve ser x-vezes (x = valor do atraso
de resposta) consecutivamente superior ou inferior ao valor limite do objeto antes que o estado do
alarme se altere. O valor do atraso de resposta é indicado em ciclos de medição do objeto. Dessa
forma, o atraso de resposta também tem um impacto profundo sobre a velocidade de reação da
ativação do alarme.
O gráfico seguinte mostra o estado do alarme do alarme prévio com um atraso de resposta de 2:
Alarme prévio; Retardo de ativação = 2
Valor de objeto
Alarme prévio, normalmente aberto

Aceleração [mg]

Medição cíclica

Caso a máquina precise ser protegida em um monitoramento de falhas em um fuso, o atraso de


resposta deverá estar definido como "1" para conseguir uma ativação do alarme de falhas tão rápida
quanto possível.

114
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.5 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes] > Funcionamento....................................................... 115


VSE > ... > Detalhe [Variantes] > Aba [Configuração] ...................................................................... 116
VSE > ... > Detalhe [Variantes] > Aba [Ativação] (apenas VSE100) ................................................ 117
22317

As variantes são utilizadas quando deve ser feito o monitoramento de determinados objetos em
estados definidos da máquina/instalação e isso não pode ser acionado através do trigger. Dessa
forma, em determinadas circunstâncias é possível melhorar substancialmente a qualidade do
diagnóstico.
Um exemplo de uma aplicação desse tipo é o monitoramento de mancais de rolamentos em uma
máquina-ferramenta. Durante o processamento das peças podem ocorrer as mais diversas vibrações
na máquina, que poderiam ser a causa de um diagnóstico incorreto para um mancal de rolamentos.
Por isso, para o monitoramento dos mancais de rolamentos deveria ser definido um estado especial
(posição do fuso, velocidade de rotação do fuso, ferramenta) na máquina, um chamado ponto de
referência. Através do ponto de referência definido é possível monitorar os mancais de rolamentos em
intervalos regulares.
O monitoramento dos mancais seria, nesse caso, uma variante própria que se distingue do
monitoramento normal em operação normal.
>

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes] > Funcionamento


22318

Os objetos definidos no conjunto de parâmetros podem ser atribuídos a quaisquer variantes


diferentes. A comutação da variante ativa no sistema eletrônico de diagnóstico é feita opcionalmente
da seguinte forma:
• manual,
• através do servidor OPC ifm (→ Capítulo Mudança de variante através de OPC (→ página 120)) ou
• no VSE100 através das E/S digitais.
Apenas são calculados e avaliados os objetos ativos na variante atual.

115
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Variantes] > Aba [Configuração]


22319

Os objetos são atribuídos às variantes. Os objetos podem ser ativados/desativados de qualquer forma
nas diferentes variantes.
► Ativar/desativar todos os objetos para a variante #: Clique do mouse na variante #
► Ativar/desativar um objeto para todas as variantes: Clique do mouse no objeto correspondente
A quantidade de variantes possíveis pode ser limitada pelo tipo de ativação utilizado (→ Aba
[Ativação] ou a mudança de variante sem as E/S digitais do VSE100).

116
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Variantes] > Aba [Ativação] (apenas VSE100)

Variante ativa determinada pelo estado de uma E/S ........................................................................ 118


Variante ativa determinada pelo estado de várias E/S (valor calculado de forma binária) .............. 120
Mudança de variante manual através do software VES004 ............................................................. 120
Mudança de variante através de OPC .............................................................................................. 120
22320

Se aplica apenas a VSE100:


Aqui somente configurar a ativação de uma variante caso a ativação deva ser realizada diretamente
no sistema eletrônico de diagnóstico através de saídas digitais.
Se a ativação de uma variante for realizada manualmente ou através do servidor OPC ifm
(→ Capítulo Mudança de variante através de OPC (→ página 120)), então não é necessária nenhuma
outra configuração aqui.
Em caso de ativação de variantes através das E/S digitais do sistema eletrônico de diagnóstico, são
possíveis dois tipos diferentes:
• Variante ativa determinada pelo estado de uma E/S
• Variante ativa determinada pelo estado de várias E/S (valor calculado de forma binária)
Área Elemento de diálogo Função de comutação
Modo de ativação • Variante ativa determinada pelo estado de uma E/S
• Variante ativa determinada pelo estado de várias E/S Selecionar opção
(valor calculado de forma binária)
Ativação ES # (não utilizada) Campo de controle
E/S digital
ES # entrada de variantes ativar/desativar
High Variante # selecionável na lista
Low Variante # selecionável na lista
Campo de controle
ST Autoteste
ativar/desativar

117
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Variante ativa determinada pelo estado de uma E/S


22321

Neste método para a ativação de variantes é atribuída uma determinada variante a um estado de
uma E/Ss do sistema eletrônico de diagnóstico. Se a E/S estiver no estado definido, então esta
variante está ativa.
Para alternar entre mais do que 2 variantes, são necessárias várias E/Ss. Neste caso vale o seguinte:
 O estado "1 (High)" da E/S com o número mais alto determina a variante ativa
 Se todas as E/Ss forem "0 (Low)", então também está ativa a variante em que a E/S estiver
definida com o número mais alto para este estado.
Assim, com esse método com as 8 E/Ss do VSE100 é possível ativar no máximo 9 variantes
diferentes.
>

Exemplo 1:
22322

Configuração seguinte para a ativação das variantes.


E/S digital High Low ST
E/S 1 Variante 1 Variante 0
E/S 2 Variante 2 ---
E/S 3 --- ---
E/S 4 --- ---
E/S 5 Variante 3 ---
E/S 6 (não utilizada) --- ---
E/S 7 (não utilizada) --- ---
E/S 8 (não utilizada) --- ---

Neste exemplo é possível alternar entre todas as 4 variantes selecionadas. A tabela seguinte mostra
que estados das E/Ss ativam que variantes.
Variante ativa E/S 1 E/S 2 E/S 5
Variante 0 0 (Low) 0 (Low) 0 (Low)
Variante 1 1 (High) 0 (Low) 0 (Low)
Variante 2 irrelevante 1 (High) 0 (Low)
Variante 3 irrelevante irrelevante 1 (High)

 Se todas as E/Ss forem "0 (Low)", então está ativa a variante 0. Se não houver nenhuma E/S com
um número mais alto, é selecionada uma outra variante para o estado "0 (Low)".
 Se pelo menos uma E/S for "1 (High)", então a variante ativa é determinada pela E/S com o
número mais alto. O estado das E/Ss com um número mais baixo não é importante.

118
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Exemplo 2:
22323

Configuração seguinte para a ativação das variantes:


E/S digital High Low ST
E/S 1 Variante 1 Variante 0
E/S 2 Variante 3 Variante 2
E/S 3 (não utilizada) --- ---
E/S 4 (não utilizada) --- ---
E/S 5 (não utilizada) --- ---
E/S 6 (não utilizada) --- ---
E/S 7 (não utilizada) --- ---
E/S 8 (não utilizada) --- ---

Neste exemplo é possível alternar somente entre 3 das variantes selecionadas. A tabela seguinte
mostra que estados das E/Ss ativam que variantes.
Variante ativa E/S 1 E/S 2
Variante 0 não ativável
Variante 1 1 (High) 0 (Low)
Variante 2 0 (Low) 0 (Low)
Variante 3 irrelevante 1 (High)

 Se ambas as E/Ss forem "0 (Low)", então está ativa a variante em que está configurada a entrada
com o número mais alto (neste caso E/S 2).
 Se a E/S 2 for "1 (High)", então para este caso está ativa a variante configurada 3,
independentemente do estado que a E/S 1 tenha.

119
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Variante ativa determinada pelo estado de várias E/S (valor calculado de forma binária)
22324

Neste método para a ativação de variantes é atribuído um determinado valor a uma E/Ss do sistema
eletrônico de diagnóstico VSE100. Os valores selecionáveis são especificados de acordo com uma
codificação binária. Se o estado da E/S for "0 (OFF)", então ela tem sempre o valor "0". Se o estado
da E/S for "1 (ON)", então ela tem o valor que corresponde a sua atribuição. A soma de todos os
valores determina a variante ativa.
>

Exemplo:
22325

Nº bits 2 1 0 Variante ativa


2 1 0
Valor de bits 4 (=2 ) 2 (=2 ) 1 (=2 )
Entrada utilizada E/S 4 E/S 3 E/S 1
Estado da entrada 0 0 0 Variante 0
Estado da entrada 0 0 1 Variante 1
Estado da entrada 0 1 0 Variante 2
Estado da entrada 0 1 1 Variante 3

Estado da entrada 1 1 0 Variante 6
Estado da entrada 1 1 1 Variante 7
>

Mudança de variante manual através do software VES004


22326

Condição prévia:
• É necessário estabelecer a conexão ao sistema eletrônico de diagnóstico.
• As E/Ss do VSE100 não podem ser utilizadas para a mudança de variante.
A variante atual pode ser alterada nas configurações do dispositivo do sistema eletrônico de
diagnóstico em [Ações] na aba [Mudança de variante].
Se necessário, a atribuição de objetos a variantes pode ser alterada → página de parâmetros
[Variantes] > aba [Configuração]. Por padrão, todos os objetos sempre estão ativos em todas as
variantes.

>

Mudança de variante através de OPC


22327

120
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Condição prévia:
• As E/S da VSE100 não podem ser utilizadas para a escolha de variantes
A variante atual é um item OPC com direitos de escrita e leitura no servidor OPC ifm.
O caminho (ID do item) para a variante atual é:
ifm.VSE.<NomeDoDispositivo>.DeviceInformation.ActualVariant
"NomeDoDispositivo" corresponde ao nome da conexão no configurador do servidor OPC ifm.

121
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.6 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Contador]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Contador]> Visão geral ............................................................... 122
VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Configuração] ....................................................................... 123
VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Ativação do alarme] ............................................................. 124
VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Resetar] (apenas VSE100) .................................................. 124
VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Estado do objeto] ........................................................................ 124
VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Tempo de funcionamento] ........................................................... 125
VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Soma] .......................................................................................... 125
22328

O sistema eletrônico de diagnóstico octavis VSE dispõe de 32 contadores internos (a partir do


firmware 0.6.x). De acordo com o evento para iniciar o contador, fazemos distinção entre os seguintes
tipos de contadores:
• Estado do objeto
• Tempo de funcionamento analógico
• Tempo de funcionamento digital (apenas visível em VSE100)
• Tempo de funcionamento VSE
• Soma
>

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Contador]> Visão geral


22329

A página de visão geral dos contadores mostra os contadores configurados no conjunto de


parâmetros junto com os respectivos parâmetros essenciais.

► Criar contador clicando com o botão direito do mouse na área branca da vista detalhada.
Funções de comutação:
Ir à página de configuração do contador selecionado
Excluir contador selecionado

122
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Configuração]


22335

Área [Identificação]:
• O nome do objeto Contador não pode ser alterado.
• O tipo de contador resulta da criação do contador; ele não pode ser alterado.
Área [Configuração]:
• Inserir fonte ou evento para a ativação do contador.
• Consoante o tipo de contador selecionado, apenas são permitidas determinadas fontes:
Tipo de contador Objeto Evento
Estado do objeto Qualquer Estado que deve iniciar o contador
Tempo de funcionamento O trigger remete para uma entrada analógica
---
analógico ou externa
Tempo de funcionamento
digital Uma E/S ainda livre Estado que deve iniciar o contador
(apenas visível em VSE100)
Tempo de funcionamento VSE O contador inicia automaticamente assim que o dispositivo de diagnóstico é ligado.
Soma Uma entrada analógica que é definida como
---
[Contador – Totalizador]

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome Nome do objeto Contador ---
Tipo Tipo de contador ---
Configuração Objeto Objeto atribuído selecionável na lista
Estado Estado do objeto ou da entrada selecionável na lista
E/S Entrada digital configurada selecionável na lista
Trigger Trigger do objeto atribuído selecionável na lista
Fonte Entrada configurada selecionável na lista

123
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Ativação do alarme]
22338

• Definir valor limite para o contador.


• Os contadores não podem ser utilizados diretamente na criação de um alarme.
• Os alarmes são reunidos nos chamados "grupos de alarme".
• Na posterior configuração de um alarme é possível selecionar um grupo de alarme como fonte.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Ativação do alarme opcionalmente:
Valor limite • Número de pulsos aumentar/reduzir valor
• Duração em segundos
Grupo de alarme Grupo de alarme configurado selecionável na lista
>

VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Resetar] (apenas VSE100)
22339

Se aplica apenas a VSE100:


Indicar a entrada digital E/S #, com a qual o contador deve ser resetado para o valor "0".
As E/Ss, que já estão sendo utilizadas para outras finalidades (comutação de variantes, entrada de
contador) não estão disponíveis para isso (aparecem a cinza na lista).
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Resetar contador E/S 1 Utilização da entrada ativar/desativar
... ... ...
E/S 8 Utilização da entrada ativar/desativar
>

VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Estado do objeto]


22340

Nos contadores de estados é contabilizado o tempo durante o qual um objeto se encontra em um


estado definido. É possível selecionar qualquer objeto como fonte. Nos estados é possível selecionar
entre:
 Ativo:
Um objeto só pode ser desativado através da utilização de variantes
 Válido:
O resultado de medição de um objeto é inválido nos seguintes casos:
• se o objeto estiver inativo,
• se a velocidade de rotação variar em demasia,
• se a velocidade de rotação ou o valor de referência ficarem fora da faixa de operação
• se o valor Teach for inválido.
 Alarme prévio:
Um objeto se encontra no estado de alarme prévio se o valor de medição se situar acima do valor
limite correspondente, considerando o atraso de resposta.
 Alarme principal:
Um objeto se encontra no estado de alarme principal se o valor de medição se situar acima do
valor limite correspondente, considerando o atraso de resposta.

124
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Tempo de funcionamento]


22341

Nos contadores de tempo de funcionamento (também: contadores de horas de serviço) é


contabilizado o tempo em que uma entrada analógica ou digital (apenas VSE100) se encontra em um
determinado estado ou área. Com base na fonte, é feita a distinção entre os seguintes contadores de
tempo de funcionamento:
 Contador de tempo de funcionamento analógico: o contador é ativado por um trigger que remete
para uma entrada analógica ou externa. Se o valor para a entrada correspondente se encontrar
dentro da faixa de operação definida no trigger, o tempo é contabilizado.

A partir da versão do hardware "AI" (versão V0.6.0), juntamente com a versão de firmware 10.x,
também é possível monitorar um valor analógico em uma das entradas dinâmicas.

 Contador de tempo de funcionamento VSE: o contador é ativado pela alimentação de tensão do


sistema eletrônico de diagnóstico. Se o sistema eletrônico de diagnóstico estiver sendo
alimentado com tensão, o tempo é contabilizado.
 Contador de tempo de funcionamento digital (apenas visível em VSE100): O contador é ativado
por uma entrada digital do VSE100. Se a entrada se encontrar no estado correspondente, o
tempo é contabilizado.
>

VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Soma]


22342

Nos totalizadores são contados pulsos para uma entrada analógica do sistema eletrônico de
diagnóstico.
Condição prévia:
• uma entrada analógica está definida como [Contador – Totalizador]

125
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.7 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico]


22344

O sistema eletrônico de diagnóstico octavis VSE dispõe de uma memória de histórico interna com
relógio em tempo real. Na memória de histórico, o dispositivo salva os seguintes dados:
• Valores de objetos juntamente com os respectivos triggers e valores limite
• Os estados atuais do contador
• Registro da hora dos resultados
O relógio em tempo real é alimentado por uma bateria.
Memória de histórico:
Versão de hardware do Número de valores na
Versão Firmware
dispositivo memória
até < AI 1.5 até 0.7.x 30 000
a partir de AI 1.6 a partir de 0.9.0 600 000
>

VSE > ... > Detalhe [Histórico] > Relógio em tempo real
22345

Com o sistema eletrônico de diagnóstico isento de tensão, o relógio em tempo real é alimentado
através de uma bateria.
A hora tem de ser definida uma vez na colocação em funcionamento, o que faz com que o histórico
do dispositivo seja resetado. Nessa situação, a hora do sistema eletrônico de diagnóstico é
comparada com "Universal Time Coordinated" (UTC, anterior "Greenwich Mean Time" GMT) do
computador. A "Universal Time Coordinated" é determinada com base na hora definida no sistema
operacional e no fuso horário.

126
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Histórico] > Armazenamento dos valores de medição
22346

A memória de histórico é uma memória cíclica (FIFO, "first in first out"). Se a memória de histórico
estiver cheia, uma pequena parte dos valores mais antigos é eliminada para voltar a ganhar espaço
de armazenamento.
Fundamental para o armazenamento dos valores de medição é, em casos normais, um intervalo
definido nos parâmetros.
 No fim do intervalo, o valor de medição máximo ocorrido no intervalo é registrado na memória de
histórico juntamente com o respectivo registro da hora.
 Dependendo de certas opções eventualmente selecionadas (ver capítulo "Parâmetros") são
também registrados na memória de histórico os valores de medição do trigger e o valor médio
dos valores de medição determinado no intervalo.
 As opções selecionáveis dependem do firmware do sistema eletrônico de diagnóstico (ver
capítulo "Parâmetros"). Os "valores adicionais" são igualmente registrados com o registro da hora
do valor máximo. Para cada objeto é possível selecionar um intervalo diferente para a memória
de histórico.
Além disso, outras opções tornam possível o armazenamento dos valores de medição
independentemente do intervalo do objeto definido. Nos parâmetros do histórico está disponível uma
descrição dessas opções.
12000

Valor de medição
10000 Histórico máximo
Histórico do valor médio
Valor de medição [mg]

8000

6000

4000

2000

0
8:00 8:05 8:10 8:15 8:20 8:25 8:30 8:35 8:40
Tempo

Diagrama: Histórico dos valores de medição (exemplo)

127
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Histórico] > Parâmetros


22347

Detalhe [Histórico]:
Através do símbolo em cima à direita na janela de detalhe pode ser ativada/desativada toda a
memória de histórico. Se a memória de histórico estiver ativa, podem ser feitas configurações para a
memória de histórico para os objetos configurados no conjunto de parâmetros.
Funções de comutação:
Interruptor: A memória de histórico está desativada
Os parâmetros não podem ser configurados
Interruptor: A memória de histórico está ativada
Os parâmetros podem ser configurados

Para além da memória de histórico completa, também é possível ativar/desativar cada objeto
individualmente. Se um objeto estiver ativo, é salvo o valor de medição máximo medido dentro do
intervalo indicado.
Os outros campos de controle que podem ser individualmente selecionados para cada objeto são
opções para salvar valores adicionais. Se for feita uma configuração para o sistema eletrônico de
diagnóstico ou um sensor, é adotado automaticamente o valor definido para todos os objetos
inferiores.

128
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Indicação/função de
Área Elemento de diálogo Descrição
comutação
Objeto VSE... Dispositivo de diagnóstico
Sensor Sensor projetado
SE01_... Objeto projetado
Intervalo Duração de medição:
-- 0 h : 01 min ... 1092 h : 15 min é salvo o valor mais alto medido durante
o intervalo
n. Opção não ativada Velocidade de rotação:
Opção parcialmente salva o valor do trigger para a
--
ativada velocidade de rotação no momento do
Opção totalmente ativada valor máximo medido

Ref. Opção não ativada Valor de referência/Referência:


Opção parcialmente salva o valor do trigger para o valor de
--
ativada referência no momento do valor máximo
Opção totalmente ativada medido

Vm. Valor médio (a partir de firmware


Opção não ativada 0.5.19):
salva os valores de medição do objeto
-- Opção parcialmente (incl. as outras opções selecionadas) ao
ativada mudar o valor médio sem considerar o
Opção totalmente ativada intervalo. O intervalo é reiniciado após a
mudança do valor médio
Var. Mudança de variante (a partir do
Opção não ativada firmware 0.5.19):
salva os valores de medição do objeto
-- Opção parcialmente (incl. as outras opções selecionadas) ao
ativada mudar a variante sem considerar o
Opção totalmente ativada intervalo. O intervalo é reiniciado após a
mudança da variante.
Danos Alarme principal [Vermelho] (a partir do
firmware 0.7.11):
Opção não ativada salva os valores de medição do objeto
(incl. as outras opções selecionadas) se
-- Opção parcialmente o objeto se encontrar no estado "Alarme
ativada principal" (valor de medição acima do
Opção totalmente ativada valor limite superior considerando o
atraso de resposta). O intervalo é
novamente reiniciado em seguida.
Opções de gravação Proteção do chip de memória do
histórico
Nas opções [Mudança de variante] e
[Alarme principal], poderiam ser criadas
No máximo um registro Opção não ativada
entradas no histórico em distâncias
por segundo Opção ativada muito curtas (claramente inferiores a 1
segundo), o que levaria à destruição da
memória se ocorresse por um período
de tempo prolongado.
Tempo de gravação Indicação do tempo de gravação
estimado possível para as versões de firmware
anterior e atual
Período de tempo máximo que
-- Caso as opções [Mudança de variante]
pode ser salvo no histórico
ou/e [Alarme principal] estiverem
ativadas em um objeto, continua
aparecendo somente o tempo máximo.

129
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.8 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes]> Visão geral ................................................................ 130
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme ............................................................................. 131
22353

Para sinalizar valores limite excedidos (alarme prévio ou/e alarme principal) no monitoramento dos
objetos ou contadores, é possível parametrizar alarmes. Para a sinalização de um valor de medição
como sinal analógico é igualmente utilizada a função dos alarmes.
>

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes]> Visão geral


22354

A página de visão geral dos alarmes mostra os alarmes configurados no conjunto de parâmetros junto
com os respectivos parâmetros essenciais.

► Criar alarme clicando com o botão direito do mouse na área branca da vista detalhada.
Funções de comutação:
Ir à página de configuração do alarme selecionado
Excluir o alarme selecionado

130
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme


22356

Os alarmes se distinguem com base na fonte e no sinal. Existe um alarme analógico e diversos
alarmes digitais.
Na fonte é possível combinar objetos, contadores e o autoteste entre si conforme desejado.
Para cada alarme é necessária uma saída própria do sistema eletrônico de diagnóstico. Se todas as
saídas estiverem parametrizadas/ocupadas, então não é possível parametrizar nenhum outro alarme.

131
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme>[Analógico]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Configuração] .................................................. 133
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Fonte]............................................................... 134
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Autoteste] ........................................................ 134
22357

O "alarme analógico" é utilizado para converter um valor de medição em um sinal analógico.


Como fonte são usados os valores de medição dos objetos.
Se forem selecionados vários objetos como fonte para o alarme, então...
• as unidades dos valores de medição têm de coincidir
• somente o maior valor de medição será transformado no valor analógico correspondente.
Como canal de saída para o alarme analógico é usada exclusivamente a saída analógica OUT1.
O sinal de saída pode ser como se segue:
• 4...20 mA_(todos os dispositivos de diagnóstico)
• 0...10 V_(apenas VES100)
► Na seleção dos valores entre as diversas unidades dos objetos, distinguir:
• Aceleração,
• Velocidade de vibração,
• Deslocamento vibratório,
• Unidade(s) do monitor de limite inferior/superior
e o nível de danos sem unidade (relativo ao valor Teach ou valor limite).
A seleção dos valores tem uma influência direta sobre os possíveis objetos que podem ser
selecionados como fonte para esse alarme (→ Aba [Fonte]).
Os parâmetros que precisam ser definidos no escalonamento também estão dependentes da seleção
do valor:
 Nos valores com uma unidade, o sinal é definido através de dois pontos:
4 mA = x e 20 mA = y (ou: 0 V = x und 10 V = y)
Aqui os valores x e y estão na unidade selecionada.
 Se o nível de danos referente ao valor Teach precisar ser sinalizado, então o sinal é igualmente
escalonado através dos pontos já mencionados.
Diferença: os valores x e y não têm unidade.
 Na sinalização do nível de danos referente aos valores limite, o sinal precisa ser escalonado
através de três pontos:
• Valor analógico inicial,
• Valor analógico com alarme prévio,
• Valor analógico com alarme principal

Alarme principal
Alarme prévio
Corrente
elétrica

Valor inicial

0 Nível de danos Alarme Alarme


prévio principal
Procedimentos do sistema eletrônico de diagnóstico no cálculo do valor analógico:

132
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

> Para cada objeto selecionado como fonte é calculada a corrente a ser emitida teoricamente de
acordo com o diagrama em cima.
> A corrente de todos os objetos é emitida
> Na seleção da representação como sinal de corrente analógico é possível limitar a corrente para
4 mA. Sem essa opção, o escalonamento do sinal é linearmente alargado para 0…20 mA.
► Opcionalmente também é possível ativar a avaliação do resultado do autoteste para o alarme.
>

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Configuração]
22359

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome --
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo --
selecionada
Saída Saída analógica selecionada Somente OUT1 é admissível
Configuração Sinal parametrizado:
• Corrente 4...20 mA
Sinal selecionável na lista
• Tensão 0...10 V
(apenas visível em VSE100)
Valores Tipo de valores parametrizado selecionável na lista
Escalonamento Valor inicial parametrizado com o
Valor inicial aumentar/reduzir valor
nível de danos = 0
Valor parametrizado excedido =
Alarme prévio aumentar/reduzir valor
Alarme prévio (amarelo)
Valor parametrizado excedido =
Alarme principal aumentar/reduzir valor
Alarme principal (vermelho)
• Mínimo = 4 mA Campo de controle (dependente de
ativar/desativar
• Mínimo = 2 V [Configuração] > [Sinal])

133
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Fonte]
22360

► Selecione os objetos para a visualização neste alarme.


Dependendo do tipo de valores selecionado para a sinalização não podem ser selecionados todos os
objetos. As unidades têm de coincidir.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Fonte de alarme Avaliar objeto
Tabela Objetos parametrizados
Não avaliar objeto
>

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Autoteste]
22361

Para o caso de um autoteste falhado nas entradas dinâmicas, é possível emitir uma corrente definida
(opcionalmente 2 mA ou 22 mA) na saída analógica. Um valor de 2 mA só é pertinente se tiver sido
definido na configuração uma corrente mínima de 4 mA.
A fonte do alarme de autoteste não é definida no próprio alarme.
As configurações para o autoteste são feitas nas entradas dinâmicas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Autoteste • Transmitindo corrente de 2 mA
-- Campo de opções
• Transmitindo corrente de 22 mA

134
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Alarme prévio]
22362

O tipo de alarme "Alarme prévio" avalia todos os objetos de acordo com o valor limite inferior (alarme
prévio) considerando o atraso de resposta.
A avaliação é realizada com um OU lógico, ou seja, se o valor medido de um qualquer objeto for
maior do que o valor limite inferior e a condição do atraso de resposta estiver cumprida, então o
alarme também está ativo.
► Opcionalmente também é possível ativar a avaliação do resultado do autoteste para o alarme.
>

VSE > ... > [Alarme prévio] > Aba [Configuração]


22363

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome --
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo --
selecionada
Saída Saída digital selecionada selecionável na lista
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Manter o sinal no
mínimo durante 150 Campo de controle ativar/desativar
ms *)
*) para versões de firmware anteriores a V0.11.6: no mínimo 50 ms
>

VSE > ... > [Alarme prévio] > Aba [Fonte]


22364

Os objetos para a visualização nesse alarme são especificados de forma fixa:


os alarmes prévios de todos os objetos parametrizados estão relacionados com OU.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Fonte de alarme - objetos Avaliar objeto
Tabela Objetos parametrizados
Não avaliar objeto
>

VSE > ... > [Alarme prévio] > Aba [Autoteste]


22365

Para o caso de um autoteste falhado nas entradas dinâmicas, é possível ativar como opção o piscar
do sinal de saída com uma frequência de 1 Hz.
A fonte do alarme de autoteste não é definida no próprio alarme.
As configurações para o autoteste são feitas nas entradas dinâmicas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Autoteste Saída comuta com
uma frequência de Campo de controle ativar/desativar
1 Hz

135
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Alarme principal]
22366

O tipo de alarme "Alarme principal" avalia todos os objetos de acordo com o valor limite superior
(alarme principal) considerando o atraso de resposta.
A avaliação é realizada com um OU lógico, ou seja, se o valor medido de um qualquer objeto for
maior do que o valor limite superior e a condição do atraso de resposta estiver cumprida, então o
alarme também está ativo.
► Opcionalmente também é possível ativar a avaliação do resultado do autoteste para o alarme.
>

VSE > ... > [Alarme principal] > Aba [Configuração]


22370

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome --
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo --
selecionada
Saída Saída digital selecionada selecionável na lista
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Manter o sinal no
mínimo durante 150 Campo de controle ativar/desativar
ms *)
*) para versões de firmware anteriores a V0.11.6: no mínimo 50 ms
>

VSE > ... > [Alarme principal] > Aba [Fonte]


22371

Os objetos para a visualização nesse alarme são especificados de forma fixa:


os alarmes principais de todos os objetos parametrizados estão relacionados com OU.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Fonte de alarme - objetos Avaliar objeto
Tabela Objetos parametrizados
Não avaliar objeto
>

VSE > ... > [Alarme principal] > Aba [Autoteste]


22372

Para o caso de um autoteste falhado nas entradas dinâmicas, é possível ativar como opção o piscar
do sinal de saída com uma frequência de 1 Hz.
A fonte do alarme de autoteste não é definida no próprio alarme.
As configurações para o autoteste são feitas nas entradas dinâmicas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Autoteste Saída comuta com
uma frequência de Campo de controle ativar/desativar
1 Hz

136
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Definido pelo usuário]
22373

No tipo de alarme "Definido pelo usuário" é possível combinar os estados de alarme (alarme prévio,
alarme principal) de diversas fontes (objetos, contadores, autoteste) conforme desejado (através de
lógicas E e OU.
>

VSE > ... > [Definido pelo usuário] > Aba [Configuração]
22374

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome --
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo --
selecionada
Saída Saída digital selecionada selecionável na lista
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Manter o sinal no
mínimo durante 150 Campo de controle ativar/desativar
ms *)
*) para versões de firmware anteriores a V0.11.6: no mínimo 50 ms
>

VSE > ... > [Definido pelo usuário] > Aba [Fonte]
22375

Selecione os objetos e grupos de alarme para a visualização neste alarme.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Fonte de alarme - objetos Avaliar objeto
Tabela Objetos parametrizados
Não avaliar objeto
>

VSE > ... > [Definido pelo usuário] > Aba [Autoteste]
22376

Para o caso de um autoteste falhado nas entradas dinâmicas, é possível ativar como opção o piscar
do sinal de saída com uma frequência de 1 Hz.
A fonte do alarme de autoteste não é definida no próprio alarme.
As configurações para o autoteste são feitas nas entradas dinâmicas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Autoteste Saída comuta com
uma frequência de Campo de controle ativar/desativar
1 Hz

137
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Contador]
22377

Em um alarme de contador é possível selecionar os seguintes grupos de alarme diferentes


(→ Capítulo VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Ativação do alarme] (→ página 124)) dos contadores como
fonte. A avaliação dos grupos selecionados é realizada com um OU lógico, ou seja, se for excedido
um valor limite em um dos grupos selecionados, então o alarme está ativo.
Opcionalmente também é possível ativar a avaliação do resultado do autoteste para o alarme.
>

VSE > ... > [Contador] > Aba [Configuração]


22378

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome --
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo --
selecionada
Saída Saída digital selecionada selecionável na lista
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Manter o sinal no
mínimo durante 150 Campo de controle ativar/desativar
ms *)
*) para versões de firmware anteriores a V0.11.6: no mínimo 50 ms
>

VSE > ... > [Contador] > Aba [Fonte]


22379

A fonte de um contador de alarme é uma combinação de diversos grupos de alarme dos contadores
→ Capítulo VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Ativação do alarme] (→ página 124)
O alarme é ativado quando, em pelo menos um dos grupos de alarme selecionados, um contador
atribuído a esse grupo exceder o seu valor limite.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Fonte de alarme Grupo de alarme # Campo de controle ativar/desativar
>

VSE > ... > [Contador] > Aba [Autoteste]


22380

Para o caso de um autoteste falhado nas entradas dinâmicas, é possível ativar como opção o piscar
do sinal de saída com uma frequência de 1 Hz.
A fonte do alarme de autoteste não é definida no próprio alarme.
As configurações para o autoteste são feitas nas entradas dinâmicas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Autoteste Saída comuta com
uma frequência de Campo de controle ativar/desativar
1 Hz

138
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Autoteste]
22381

O alarme de autoteste sinaliza resultados do autoteste. O autoteste só é possível para sensores do


tipo VSAxxx e pode ser executado automaticamente em um intervalo fixo. Se um sensor ou o cabo
tiverem um defeito, o autoteste falha e o alarme fica ativo.
A fonte do alarme de autoteste não é definida no próprio alarme.
As configurações para o autoteste são feitas nas entradas dinâmicas.
A partir da versão de firmware 0.11.x é possível definir um teste de ruptura do cabo para sensores
VSP e IEPE (→ Capítulo Menu [Dispositivo] > [Ações] (→ página 41)).
>

VSE > ... > [Autoteste] > Aba [Configuração]


22383

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome --
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo --
selecionada
Saída Saída digital selecionada selecionável na lista
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Manter o sinal no
mínimo durante 150 Campo de controle ativar/desativar
ms *)
Opção Saída comuta com
uma frequência de Campo de controle ativar/desativar
1 Hz
*) para versões de firmware anteriores a V0.11.6: no mínimo 50 ms

139
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

8.2.9 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Configuração] ......................................... 140
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Entrada] ................................................. 141
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Saída] ..................................................... 143
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Resumo] ................................................. 145
22887

Se aplica apenas a VSE150:


>

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Configuração]
22890

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Modo • Modo Padrão Campo de opções
Selecionar opção
• Modo Especialista Campo de opções
Imagem do processo Valor atual:
Entrada ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Saída ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Total ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Dados admin. ---
… Bytes
Valor atual:
livre ---
… Bytes
Exportar detalhes para a
--- ---
imagem do processo
Exportar arquivo GSD (General
--- ---
Station Description)

Funções de comutação:
Exportar uma descrição detalhada do conteúdo (pontos de dados) da imagem do processo
PROFINET IO configurada como arquivo PDF
Exportar o arquivo General Station Dscription (GSD) PROFINET IO certificado para o sistema
eletrônico de diagnóstico VSE150 para um diretório a especificar
No modo Especialista:
Gerar um arquivo GSD (não certificado) definido pelo usuário

140
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Entrada]
22891

As designações "Entrada" e "Saída" são referidas do ponto de vista do mestre de barramento de


campo.

► Na janela à esquerda, selecionar "Fonte" (ativar o campo de controle).


Usar o botão [ ] para adicionar o elemento marcado à imagem do processo.
> Os elementos selecionados dessa forma aparecem à direita na janela "Índice".
Na coluna anterior aparece o endereço Offset, dependendo do comprimento dos dados (número
de bytes) dos elementos selecionados.
► Caso necessário:
Na imagem do processo, usar o botão [ ] para remover o elemento marcado da imagem do
processo.

141
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Imagem do processo Valor atual:
Entrada ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Saída ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Total ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Dados admin. ---
… Bytes
Valor atual:
livre ---
… Bytes

Funções de comutação:
Na imagem do processo, usar o botão [ ] para remover o elemento marcado da imagem do
processo
Na [Fonte], usar o botão [ ] para adicionar o elemento marcado à imagem do processo
Otimiza a imagem do processo
O programa procura agrupar os pacotes de dados a transmitir, se possível, como unidades de
4 bytes
Trocar o modo de exibição:
• Offset (0, 4, 5, 7, ...) | Índice
• Offset (0..3, 4, 5..6, 7..10, ...) | Índice
• Índice
Trocar a exibição de detalhes:
• para cada byte uma linha própria
• para cada parâmetro uma linha própria
Remove o elemento selecionado da imagem do processo

142
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Saída]
22892

As designações "Entrada" e "Saída" são referidas do ponto de vista do mestre de barramento de


campo.

► Na janela à esquerda, selecionar "Fonte" (ativar o campo de controle).


Usar o botão [ ] para adicionar o elemento marcado à imagem do processo.
> Os elementos selecionados dessa forma aparecem à direita na janela "Índice".
Na coluna anterior aparece o endereço Offset, dependendo do comprimento dos dados (número
de bytes) dos elementos selecionados.
► Caso necessário:
Na imagem do processo, usar o botão [ ] para remover o elemento marcado da imagem do
processo.

143
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Imagem do processo Valor atual:
Entrada ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Saída ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Total ---
… elementos (… bytes)
Valor atual:
Dados admin. ---
… Bytes
Valor atual:
Livre ---
… Bytes

Funções de comutação:
Na imagem do processo, usar o botão [ ] para remover o elemento marcado da imagem do
processo
Na [Fonte], usar o botão [ ] para adicionar o elemento marcado à imagem do processo
Otimiza a imagem do processo
O programa procura agrupar os pacotes de dados a transmitir, se possível, como unidades de
4 bytes
Trocar o modo de exibição:
• Offset (0, 4, 5, 7, ...) | Índice
• Offset (0..3, 4, 5..6, 7..10, ...) | Índice
• Índice
Trocar a exibição de detalhes:
• para cada byte uma linha própria
• para cada parâmetro uma linha própria
Remove o elemento selecionado da imagem do processo

144
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VSEnnn VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#]

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba [Resumo]
22893

As designações "Entrada" e "Saída" são referidas do ponto de vista do mestre de barramento de


campo.
Exibição dos parâmetros selecionados para a comunicação com o mestre de barramento de campo:
• Grupo "Slot Nº"
• Nome, ID, tamanho do módulo
• Offset (absoluto)
• Offset (relativo)
• Tipo de fonte
• Nome da fonte
• Ponto de dados
• Unidade dos valores
• Tipo de dados
• Tamanho dos dados (número de bytes)
• Sentido dos dados
Funções de comutação:
Trocar a exibição de detalhes:
• agrupado por slots, dentro deles por ordem crescente de offset
• o mesmo com outros detalhes sobre grupo e módulo
• agrupado por entradas e saídas, dentro delas por ordem crescente de offset
Exportar uma descrição detalhada do conteúdo (pontos de dados) da imagem do processo
PROFINET IO configurada como arquivo PDF
>

145
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 Estabelecer a conexão ao sensor VNB

9 Configurar VNB001
Estabelecer a conexão ao sensor VNB ............................................................................................ 146
VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] ........................................ 147
VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#] ............................................................................. 152
22184

Antes da montagem, leia o manual de operação do sensor de vibrações.

Este capítulo descreve a configuração e o monitoramento do sensor de vibração VNB001 com a


ajuda do software VES004.
Adicionar um novo dispositivo a um projeto: → Capítulo Menu [Dispositivo] > [Novo] (→ página 33)
>

9.1 Estabelecer a conexão ao sensor VNB


22390

► Ligar o dispositivo à interface USB do PC/laptop


► Caso ainda não tenha sido efetuado: Instalar o driver USB VNB (→ Capítulo Instalar o driver USB
(→ página 10)).
Opcionalmente:
► Na visualização em árvore, clicar com o botão direito em [VNB001_#]
► No menu de contexto: [Varrer a rede]
► Na janela [Dispositivos encontrados], marcar os dispositivos encontrados com um clique com o
botão esquerdo
► Com o símbolo [Atualizar o projeto com o dispositivo selecionado] adotar o dispositivo
marcado no projeto
► Na visualização em árvore, clicar com o botão direito em [VNB001_#]
► No menu de contexto: [Conectar]
Ou:
► Duplo clique em [VNB001_#] > [Configurações] na visualização em árvore

► Na vista detalhada [Endereço] > [Configuração] com símbolo [Varrer a rede]


► Na janela [Dispositivos encontrados], marcar os dispositivos encontrados com um clique com o
botão esquerdo
► Com o símbolo [Atualizar o projeto com o dispositivo selecionado] adotar o dispositivo
marcado no projeto
► Na vista detalhada [Endereço] > [Configuração] com símbolo [Criar conexão ao dispositivo]

146
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

9.2 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do


dispositivo]

VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Dispositivo] ............................................ 147
VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Endereço] .............................................. 149
VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Ações] .................................................... 150
22393

Neste capítulo são descritas as funções contidas no objeto [VNB001_#].


O objeto [VNB001_#] é acessado através da visualização em árvore (→ página 14).
Para abrir o menu [Configurações]:
► Marcar o dispositivo na visualização em árvore.
► opcionalmente:
Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Abrir]
ou:
Duplo clique em [VNB001_#] > [Configurações]
> A vista detalhada mostra as seguintes informações e possibilidades de configuração:
• Dispositivo
• Endereço
• Ações
>

9.2.1 VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Dispositivo]
22394

As informações e funções do elemento [Dispositivo] apenas estão disponíveis, se for


estabelecida uma conexão entre o sensor VNB e o software de parametrização VES004.

► Estabelecer a conexão entre o sensor VNB e o PC/laptop.


(→ Capítulo Menu [Dispositivo] > [Conectar] (→ página 34))

147
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

VNB001 > ... > Detalhe [Dispositivo] > Aba [Configuração]


22397

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Sensor de vibrações Tipo Dispositivo projetado
Versão de hardware lida no
Versão
dispositivo
--
Estado da conexão entre software e
Conexão
dispositivo
Número de série Número de série lido no dispositivo
Escrevendo firmware no Versão de firmware lida no
Versão firmware
dispositivo dispositivo
Atribuir conjunto de parâmetros Conjunto de
Conjunto de parâmetros projetado
parâmetros

Funções de comutação:
Condição prévia:
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]

Escrever firmware no dispositivo ► Ativar o botão.


> Aparece a janela de seleção.
► Selecionar o arquivo com o novo firmware e
confirmar com [OK].
> O software atualiza o firmware do dispositivo.
Atribuir conjunto de parâmetros ► Ativar o botão.
(apenas ativo se estiverem > Aparece a janela de seleção.
disponíveis vários conjuntos de ► Selecionar o conjunto de parâmetros pretendido e
parâmetros) confirmar com [OK]
> O software atribui o conjunto de parâmetros
selecionado ao dispositivo.
Opcional:
► Selecionar [Dispositivo] > [Escrever no
dispositivo], para escrever o conjunto de
parâmetros atribuído no dispositivo.

148
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

9.2.2 VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Endereço]
22399

As informações e funções do elemento [Endereço] apenas são disponíveis se for estabelecida


uma conexão entre o sensor VNB e o software de parametrização VES004.

► Estabelecer a conexão entre o sensor VNB e o PC/laptop.


(→ Capítulo Menu [Dispositivo] > [Conectar] (→ página 34))

>

VNB001 > ... > Detalhe [Endereço] > Aba [Configuração]


22401

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo

Conexão Número de série Número de série lido no dispositivo

Funções de comutação:
Buscar os dispositivos conectados ► Ativar o botão.
nas conexões USB > Surge a janela de seleção com os dispositivos
disponíveis.
► Marcar dispositivo pretendido.
► Com o símbolo [Atualizar o projeto com o
dispositivo selecionado] adotar o dispositivo
marcado no projeto
> O dispositivo é atribuído ao projeto aberto.
> A área [Conexão] mostra informações sobre o
dispositivo atribuído.
Criar conexão ao dispositivo ► Ativar o botão.
> O software estabelece a conexão ao dispositivo
atribuído.
> A visualização em árvore mostra o estado de
conexão.
Desconectar conexão ao dispositivo ► Ativar o botão.
> O software desconecta a conexão ao dispositivo
> A visualização em árvore mostra o estado de
conexão.

149
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

9.2.3 VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Ações]
22407

As informações e funções do elemento [Endereço] apenas são disponíveis se for estabelecida


uma conexão entre o sensor VNB e o software de parametrização VES004.

► Estabelecer a conexão entre o sensor VNB e o PC/laptop.


(→ Capítulo Menu [Dispositivo] > [Conectar] (→ página 34))
>

VNB001 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Manipular o dispositivo]
22412

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo

Reinicialização --- ---

Realizar autoteste --- ---

Funções de comutação:
Reinicie o dispositivo Ativar o botão.
Aparece a mensagem de confirmação.
Iniciar o processo com [Sim]
OU
Cancelar o processo com [Não].
Com [Sim]: O dispositivo é reiniciado.
Efetuar um autoteste no dispositivo Ativar o botão.
O dispositivo efetua um autoteste.
Surge uma janela de mensagens com o resultado do
autoteste.
Fechar a janela de mensagens com [OK].

150
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

VNB001 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Reiniciar o dispositivo]
22413

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo

Resetar histórico --- ---

Resetar parâmetros --- ---

Restaurar as configurações de
--- ---
fábrica

Funções de comutação:
Resetar histórico ► Ativar o botão.
> Aparece a mensagem de confirmação.
► Iniciar o processo com [Sim]
OU:
Cancelar o processo com [Não].
> Com [Sim]: O software exclui o histórico do
dispositivo.
Resetar os parâmetros ► Ativar o botão.
> Aparece a mensagem de confirmação.
► Iniciar o processo com [Sim]
OU:
Cancelar o processo com [Não].
> Com [Sim]: O software define todos os parâmetros
para o valor predefinido.
Restaurar as configurações de ► Ativar o botão.
fábrica > As configurações de fábrica do dispositivo são
restauradas.

151
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

9.3 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] ....................................................... 153
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] ....................................................................... 158
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ......................................................................... 160
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] ....................................................................... 163
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ........................................................................ 165
22415

A aba [Parâmetros_#] contém todas as informações, possibilidades de configuração e opções de


monitoramento do conjunto de parâmetros, que está atribuído ao sensor de vibrações.
Para abrir a aba [Parâmetros_#]:
► Marcar o sensor pretendido na visualização em árvore.
► opcionalmente:
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Abrir]
ou:
Duplo clique em [VNB001_#] > [Parâmetros_#]
> A vista detalhada mostra a aba [Parâmetros_#]

É sempre aberto o conjunto de parâmetros que está atualmente atribuído ao dispositivo


(→ Capítulo Menu [Parâmetros] > [Dispositivo] (→ página 46))
Para abrir um qualquer conjunto de parâmetros:
► Fazer duplo clique em [Parâmetros] > [VNB001] > [Parâmetros_#] na visualização em
árvore
> A vista detalhada mostra a aba do conjunto de parâmetros selecionado.

152
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

9.3.1 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral]

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos suportados] ........................................ 153
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Documentação] ...................................................... 154
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] ................................... 155
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos] .......................................... 157
22417

O elemento [Configuração geral] contém informações e documentações do conjunto de parâmetros


atual através das configurações do dispositivo.
► Abrir aba [Parâmetros_#]
► Selecionar [Configuração geral] na vista detalhada
> A vista detalhada mostra as seguintes informações:
Elemento de
Área Indicação Valores possíveis
diálogo
Informação Gerado Data em que o registro de dados foi
--
gerado
Alterado Data da última alteração do registro
--
de dados
Designação do conjunto de
Conjunto de parâmetros Nome livremente selecionável
parâmetros
Display do dispositivo Unidade de exibição Unidade em que os valores são Métrico [mm/s]
indicados no display Imperial [in/s]
Valores de Valores de aceleração RMS = Valor efetivo
velocidade Peak = Valor de pico
>

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos suportados]
22418

O elemento [Dispositivos suportados] fornece informações sobre os dispositivos utilizáveis aqui.


>

VNB001 > ... > Detalhe [Dispositivos suportados] > Aba [Configuração]
22419

Elemento de
Área Indicação Descrição
diálogo
Tipos de dispositivo suportados corresponde à seleção do
Tipo do dispositivo Sensor projetado
dispositivo
Versões de firmware Mínimo requerido Versão firmware Indicação segundo VES004
suportadas
Máximo suportado Versão firmware Indicação segundo VES004

153
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Documentação]
22420

O elemento [Documentação] fornece informações sobre o local e a data de parametrização do


sensor.
>

VNB001 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Aplicação]


22421

Elemento de
Área Indicação Descrição
diálogo
Aplicação Firma
Endereço
Cidade Texto livre máx. 100 caracteres
Local
Máquina
>

VNB001 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Descrição]


22422

A descrição contém uma data de criação e a data da última alteração dos parâmetros. Além disso,
pode ser registrado um criador do conjunto de parâmetros e uma descrição de texto livre.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Descrição Criado por: Texto livre máx. 100 caracteres
Data de criação: Data da criação Data posterior/anterior
Última alteração: Data da última alteração automático
Descrição Texto livre máx. 100 caracteres

154
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Informações do dispositivo]
22423

O elemento [Informações do dispositivo] fornece informações sobre a configuração dos alarmes e


objetos bem como o caminho de navegação do display do dispositivo.
>

VNB001 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba [Saídas]
22424

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Saídas OUT 1 Utilização e informações sobre a
configuração do alarme
OUT 2 Utilização e informações sobre a
configuração do alarme

Funções de comutação:
Ir à página de configuração do alarme selecionado
(apenas ativo se for utilizado, pelo menos, uma saída para alarmes)
>

VNB001 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências de objeto]
22426

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Dependências de objeto Nome Nome do objeto
Tipo Tipo de parâmetro
Utilização Utilização do parâmetro
Fonte Nome do trigger

Funções de comutação:
Configurar o objeto selecionado ou a entrada selecionada
(apenas ativo se estiver definido, pelo menos, um objeto)

155
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba [Menu do dispositivo]
22428

Mostra graficamente o menu do dispositivo de destino (aqui: seção)

156
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos]
22431

Dispositivos diferentes podem partilhar um conjunto de parâmetros. Dessa forma, é possível gerir
apenas um conjunto de parâmetros para as mesmas máquinas e instalações. Em caso de alterações,
o conjunto de parâmetros pode ser registrado em vários dispositivos ao mesmo tempo.
O elemento [Dispositivos atribuídos] contém as seguintes áreas:
>

VNB001 > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos] > Aba [Dispositivos]
22432

Mostra todos os dispositivos que estão atribuídos ao conjunto de parâmetros.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Dispositivos atribuídos Nº número de ordem na lista
Nome nome projetado do dispositivo
Tipo número de artigo do dispositivo ---
Firmware versão de firmware lida
Nº de série número de série lido do dispositivo

157
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

9.3.2 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas]


22434

O programa distingue entre as seguintes entradas:


• Entradas dinâmicas (AC)
• Entradas analógicas (DC)

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Entradas dinâmicas (AC) Nome Interno (fixado)
Tipo Sensor interno (fixado) (após clique com o botão
direito)
Filtro Filtro projetado
Entradas analógicas (DC) Nome IN 1 (fixado)
Tipo Analógica - Corrente (fixado)
(após clique com o botão
Referência 4...20 mA (fixado) direito)
Valor Valor projetado

Funções de comutação:
Ir à página de configuração da entrada selecionada

158
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas dinâmicas (AC)] > [Interno]
22436

O filtro configurado é aplicado antes da avaliação efetiva do sinal. O escalonamento e a unidade


definem a altura das amplitudes medidas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome Interno fixado
Tipo Sensor interno fixado
Configuração Filtro Passa-alto 2 Hz/10 Hz selecionável na lista
Unidade g fixado
Escalonamento 25,00 g fixado
>

VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas analógicas (DC)] > [IN 1]
22437

O sinal é definido como função linear entre 0 mA e 20 mA, usando os dois pontos de referência.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome IN 1 fixado
Tipo Analógica - Corrente fixado
Configuração Unidade Unidade projetada Texto livre
Ponto de referência
Atribuição projetada para 4 mA aumentar/reduzir valor
inferior
Ponto de referência
Atribuição projetada para 20 mA aumentar/reduzir valor
superior

159
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

9.3.3 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos]

VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [INT_v_RMS_tempo_U1] > Aba [Configuração] ...................... 161
VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [INT_v_RMS_tempo_U1] > Aba [Processamento] ................... 161
VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [IN1_Valor excedido_EP1] > Aba [Configuração] .................... 161
VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [IN1_Valor excedido_EP1] > Aba [Processamento] ................. 162
22438

Mostra os objetos existentes

Para o VNB001 estão fixados os seguintes objetos:


Tipo de objeto Descrição
v-RMS (faixa de tempo) monitora a velocidade de vibração em uma faixa de frequência configurável. A faixa de
frequência é definida através do filtro da entrada dinâmica e do filtro do objeto.
RMS = root mean square = valor efetivo
Aplicação:
 Medições segundo ISO 10816 e outras normas relevantes (v-RMS)
 Peças soltas da máquina (v-RMS)
 Erro de alinhamento (v-RMS)
Monitor de limite superior Monitora sinais analógicos (sinais DC)
A fonte do sinal pode ser uma entrada analógica.

Elemento de
Área/coluna Indicação Função de comutação
diálogo
Nome  INT_v_RMS_tempo_U1
--
 IN1_Valor excedido_EP1
Tipo  v-RMS (faixa de tempo)
--
 Monitor de limite superior
Entrada  Interno (sensor interno)
--  IN 1 (Analógico - Corrente,
4...20 mA)

Funções de comutação:
Ir à página de configuração do objeto selecionado

160
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [INT_v_RMS_tempo_U1] > Aba [Configuração]
22439

O objeto configurado monitora o indicador, baseado no sinal atual da entrada selecionada.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome INT_v_RMS_tempo_U1 fixado
Tipo v-RMS (faixa de tempo) fixado
Configuração Entrada Interno (sensor interno) fixado
>

VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [INT_v_RMS_tempo_U1] > Aba [Processamento]
22440

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Filtro Tipo de filtro projetado
Tipo → [Entradas] > [Entradas fixado
dinâmicas] > [Interno]
de 0 Hz fixado
até 1000 Hz fixado
Valores limite Alarme prévio Valor projetado aumentar/reduzir valor
Alarme principal Valor projetado aumentar/reduzir valor
Processamento Número de médias Valor projetado aumentar/reduzir valor
Tempo de medição 0,250 s fixado
>

VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [IN1_Valor excedido_EP1] > Aba [Configuração]
22441

O objeto configurado monitora o indicador, baseado no sinal atual da entrada selecionada.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome IN1_Valor excedido_EP1 fixado
Tipo Monitor de limite superior fixado
Configuração IN 1 (Analógico - Corrente,
Entrada fixado
4...20mA)

161
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [IN1_Valor excedido_EP1] > Aba [Processamento]
22442

A histerese é a diferença entre o ponto de comutação e o ponto de desligamento do alarme.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Valores limite Alarme prévio Valor projetado aumentar/reduzir valor
Histerese Valor projetado aumentar/reduzir valor
Alarme principal Valor projetado aumentar/reduzir valor
Histerese Valor projetado aumentar/reduzir valor
Processamento Tempo de medição 0,500 s fixado

162
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

9.3.4 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico]


22443

Aqui nada pode ser projetado.


Elemento de
Área Indicação/função de comutação Descrição
diálogo
Objeto VNB001 Sensor/tipo de entrada/entrada fixado
Intervalo Duração de medição:
-- 0 h : 05 min : 00 s é salvo o valor mais alto
medido durante o intervalo
Vm. Valor médio (a partir de
Opção não ativada firmware 0.5.19):
-- Opção parcialmente ativada salva os valores de medição
Opção totalmente ativada do objeto (incl. as outras
opções selecionadas)
Tempo de gravação estimado Período de tempo máximo que Indicação do tempo de
--
pode ser salvo no histórico gravação possível

O sensor de vibrações dispõe de uma memória de histórico interna com relógio em tempo real com
apoio da bateria. Na memória de histórico, o dispositivo salva os seguintes dados:
• Valores de objetos e valores limite
• Registro da hora dos resultados
A memória de histórico abrange aprox. 300 000 valores.
>

VNB001 > ... > Detalhe [Histórico] > Relógio em tempo real
22445

Com o sensor isento de tensão, o relógio em tempo real é armazenado através de uma bateria.
A hora tem de ser definida uma vez na colocação em funcionamento, o que faz com que o histórico
do dispositivo seja resetado. Nessa situação, a hora do sistema eletrônico de diagnóstico é
comparada com "Universal Time Coordinated" (UTC, anterior "Greenwich Mean Time" GMT) do
computador. A "Universal Time Coordinated" é determinada com base na hora definida no sistema
operacional e no fuso horário.

163
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > Detalhe [Histórico] > Armazenamento dos valores de medição
22446

A memória de histórico é uma memória cíclica (FIFO, "first in first out"). Se a memória de histórico
estiver cheia, uma pequena parte dos valores mais antigos é eliminada para voltar a ganhar espaço
de armazenamento.
Fundamental para o armazenamento dos valores de medição é, em casos normais, um intervalo
definido nos parâmetros.
 No fim do intervalo, o valor de medição máximo ocorrido no intervalo é registrado na memória de
histórico juntamente com o respectivo registro da hora.
 Dependendo de certas opções eventualmente selecionadas (ver capítulo "Parâmetros") é também
registrado na memória de histórico o valor médio dos valores de medição determinado no
intervalo.
12000

Valor de medição
10000 Histórico máximo
Histórico do valor médio
Valor de medição [mg]

8000

6000

4000

2000

0
8:00 8:05 8:10 8:15 8:20 8:25 8:30 8:35 8:40
Tempo
Diagrama: Histórico dos valores de medição (exemplo)

164
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

9.3.5 VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes]


22447

Mostra os alarmes existentes

Funções de comutação:
Ir à página de configuração do alarme selecionado
>

VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT1_Alarme prévio] > Aba [Configuração]
22449

Projetar opcionalmente o alarme prévio (através do menu de contexto):

• de forma analógica como


alarme analógico

• de forma digital como alarme


prévio

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome fixado
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo fixado
selecionada
Saída Saída digital atribuída fixado
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Retardo de
Tempo projetado aumentar/reduzir valor
acionamento
Retardo de
Tempo projetado aumentar/reduzir valor
desligamento

165
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB001 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#]

VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT1_Alarme prévio] > Aba [Fonte]
22450

Os objetos para a visualização nesse alarme são especificados de forma fixa:


os alarmes prévios de todos os objetos parametrizados estão relacionados com OU.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Fonte de alarme - objetos Avaliar objeto
Tabela Objetos parametrizados
Não avaliar objeto
>

VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT2_Alarme principal] > Aba [Configuração]
22453

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome fixado
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo fixado
selecionada
Saída Saída digital atribuída fixado
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Retardo de
Tempo projetado aumentar/reduzir valor
acionamento
Retardo de
Tempo projetado aumentar/reduzir valor
desligamento
>

VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT2_Alarme principal] > Aba [Fonte]
22454

Os objetos para a visualização nesse alarme são especificados de forma fixa:


os alarmes prévios de todos os objetos parametrizados estão relacionados com OU.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Fonte de alarme - objetos Avaliar objeto
Tabela Objetos parametrizados
Não avaliar objeto
>

166
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 Estabelecer a conexão ao sensor VNB

10 Configurar VNB211
Estabelecer a conexão ao sensor VNB ............................................................................................ 167
VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] ........................................ 168
VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#] ............................................................................. 173
22185

Antes da montagem, leia o manual de operação do sensor de vibrações.

Os parâmetros do sensor de vibrações VNB211 podem ser lidos e escritos com o software
VES004.

No VNB211 existe um estado de fornecimento:


• v-RMS 10...1000 Hz conforme ISO10816
• a-Peak 10....6000 Hz.
Através do software pode ser definido um conjunto de parâmetros, que nada tem a ver com o estado
de fornecimento.
Este capítulo descreve a configuração e o monitoramento do sensor de vibração VNB211 com a
ajuda do software VES004.
Adicionar um novo dispositivo a um projeto: → Capítulo Criar novo dispositivo (VNB) (→ página 22)
>

10.1 Estabelecer a conexão ao sensor VNB


22456

► Ligar o dispositivo à interface USB do PC/laptop


► Caso ainda não tenha sido efetuado: Instalar o driver USB VNB (→ Capítulo Instalar o driver USB
(→ página 10))
Opcionalmente:
► Clique com o botão direito na visualização em árvore em [VNB211_#]
► No menu de contexto: [Varrer a rede]
► Na janela [Dispositivos encontrados], marcar os dispositivos encontrados com um clique com o
botão esquerdo
► Com o símbolo [Atualizar o projeto com o dispositivo selecionado] adotar o dispositivo marcado
no projeto
► Clique com o botão direito na visualização em árvore em [VNB211_#]
► No menu de contexto: [Conectar]
Ou:
► Duplo clique na visualização em árvore em [VNB211_#] > [Configurações]

► Na vista detalhada [Endereço] > [Configuração] com símbolo [Varrer a rede]


► Na janela [Dispositivos encontrados], marcar os dispositivos encontrados com um clique com o
botão esquerdo
► Com o símbolo [Atualizar o projeto com o dispositivo selecionado] adotar o dispositivo
marcado no projeto
► Na vista detalhada [Endereço] > [Configuração] com símbolo [Criar conexão ao dispositivo]

167
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

10.2 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do


dispositivo]

VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Dispositivo] ............................................ 168
VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Endereço] .............................................. 170
VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Ações] .................................................... 171
22457

Nesse capítulo são descritas as funções contidas no objeto [VNB211_#].


O objeto [VNB211_#] é acessado através da visualização em árvore (→ página 14).
Para abrir o menu [Configurações]:
► Marcar o dispositivo na visualização em árvore.
► opcionalmente:
Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Abrir]
ou:
Duplo clique em [VNB211_#] > [Configurações]
> A vista detalhada mostra as seguintes informações e possibilidades de configuração:
• Dispositivo
• Endereço
• Ações
>

10.2.1 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Dispositivo]
22458

As informações e funções do elemento [Dispositivo] apenas estão disponíveis, se for


estabelecida uma conexão entre o sensor VNB e o software de parametrização VES004.
► Estabelecer a conexão entre o sensor VNB e o PC/laptop
(→ Capítulo Estabelecer a conexão ao sensor VNB (→ página 167)).

168
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

VNB211 > ... > Detalhe [Dispositivo] > Aba [Configuração]


22460

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Sensor de vibrações Tipo Dispositivo projetado
Versão de hardware lida no
Versão
dispositivo
--
Estado da conexão entre software e
Conexão
dispositivo
Número de série Número de série lido no dispositivo
Escrevendo firmware no Versão de firmware lida no
Versão firmware
dispositivo dispositivo
Atribuir conjunto de parâmetros Conjunto de
Conjunto de parâmetros projetado
parâmetros

Funções de comutação:
Condição prévia:
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]

Escrever firmware no dispositivo ► Ativar o botão.


> Aparece a janela de seleção.
► Selecionar o arquivo com o novo firmware e
confirmar com [OK].
> O software atualiza o firmware do dispositivo.
Atribuir conjunto de parâmetros ► Ativar o botão.
(apenas ativo se estiverem > Aparece a janela de seleção.
disponíveis vários conjuntos de ► Selecionar o conjunto de parâmetros pretendido e
parâmetros) confirmar com [OK]
> O software atribui o conjunto de parâmetros
selecionado ao dispositivo.
Opcional:
► Selecionar [Dispositivo] > [Escrever no
dispositivo], para escrever o conjunto de
parâmetros atribuído no dispositivo.

169
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

10.2.2 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Endereço]
22461

As informações e funções do elemento [Endereço] apenas são disponíveis se for estabelecida


uma conexão entre o sensor VNB e o software de parametrização VES004.
► Estabelecer a conexão entre o sensor VNB e o PC/laptop
(→ Capítulo Estabelecer a conexão ao sensor VNB (→ página 167)).

>

VNB211 > ... > Detalhe [Endereço] > Aba [Configuração]


22462

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo

Conexão Número de série Número de série lido no dispositivo , ,

Funções de comutação:
Buscar os dispositivos conectados ► Ativar o botão.
nas conexões USB > Surge a janela de seleção com os dispositivos
disponíveis.
► Marcar dispositivo pretendido.
► Com o símbolo [Atualizar o projeto com o
dispositivo selecionado] adotar o dispositivo
marcado no projeto
> O dispositivo é atribuído ao projeto aberto.
> A área [Conexão] mostra informações sobre o
dispositivo atribuído.
Criar conexão ao dispositivo ► Ativar o botão.
> O software estabelece a conexão ao dispositivo
atribuído.
> A visualização em árvore mostra o estado de
conexão.
Desconectar conexão ao dispositivo ► Ativar o botão.
> O software desconecta a conexão ao dispositivo
> A visualização em árvore mostra o estado de
conexão.

170
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

10.2.3 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Ações]
22463

As informações e funções do elemento [Ações] apenas estão disponíveis se for estabelecida


uma conexão entre o sensor VNB e o software de parametrização VES004.
► Estabelecer a conexão entre o sensor VNB e o PC/laptop
(→ Capítulo Estabelecer a conexão ao sensor VNB (→ página 167)).

>

VNB211 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Manipular o dispositivo]
22465

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo

Reinicialização --- ---

Realizar autoteste --- ---

Funções de comutação:
Reinicie o dispositivo ► Ativar o botão.
> Aparece a mensagem de confirmação.
► Iniciar o processo com [Sim]
OU
Cancelar o processo com [Não].
> Com [Sim]: O dispositivo é reiniciado.
Efetuar um autoteste no dispositivo ► Ativar o botão.
> O dispositivo efetua um autoteste.
> Surge uma janela de mensagens com o resultado
do autoteste.
► Fechar a janela de mensagens com [OK].

171
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]

VNB211 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Reiniciar o dispositivo]
22467

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo

Resetar histórico --- ---

Resetar parâmetros --- ---

Restaurar as configurações de
--- ---
fábrica

Funções de comutação:
Resetar histórico ► Ativar o botão.
> Aparece a mensagem de confirmação.
► Iniciar o processo com [Sim]
OU:
Cancelar o processo com [Não].
> Com [Sim]: O software exclui o histórico do
dispositivo.
Resetar os parâmetros ► Ativar o botão.
> Aparece a mensagem de confirmação.
► Iniciar o processo com [Sim]
OU:
Cancelar o processo com [Não].
> Com [Sim]: O software define todos os parâmetros
para o valor padrão.
Restaurar as configurações de ► Ativar o botão.
fábrica > As configurações de fábrica do dispositivo são
restauradas.

172
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

10.3 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] ....................................................... 173
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] ....................................................................... 178
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ......................................................................... 180
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] ....................................................................... 185
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ........................................................................ 187
22468

A aba [Parâmetros_#] contém todas as informações, possibilidades de configuração e opções de


monitoramento do conjunto de parâmetros, que está atribuído ao sensor de vibrações.
Para abrir a aba [Parâmetros_#]:
► Marcar o sensor pretendido na visualização em árvore.
► opcionalmente:
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Abrir]
ou:
Duplo clique em [VNB211_#] > [Parâmetros_#]
> A vista detalhada mostra a aba [Parâmetros_#]

É sempre aberto o conjunto de parâmetros que está atualmente atribuído ao dispositivo


(→ Capítulo Menu [Parâmetros] > [Dispositivo] (→ página 46))
Para abrir um qualquer conjunto de parâmetros:
► Fazer duplo clique em [Parâmetros] > [VNB211] > [Parâmetros_#] na visualização em
árvore
> A vista detalhada mostra a aba do conjunto de parâmetros selecionado.

>

10.3.1 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral]

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos suportados] ........................................ 174
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Documentação] ...................................................... 174
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] ................................... 175
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos] .......................................... 177
22469

O elemento [Configuração geral] contém informações e documentações do conjunto de parâmetros


atual através das configurações do dispositivo.
► Abrir aba [Parâmetros_#]
► Selecionar [Configuração geral] na vista detalhada
> A vista detalhada mostra as seguintes informações:
Elemento de
Área Indicação Valores possíveis
diálogo
Informação Gerado Data em que o registro de dados foi
--
gerado
Alterado Data da última alteração do registro
--
de dados
Designação do conjunto de
Conjunto de parâmetros Nome livremente selecionável
parâmetros
Display do dispositivo Indicação da unidade Unidade em que os valores são  Métrico [mm/s]
indicados no display
 Imperial [in/s]

173
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos suportados]
22470
22418

O elemento [Dispositivos suportados] fornece informações sobre os dispositivos utilizáveis aqui.


>

VNB211 > ... > Detalhe [Dispositivos suportados] > Aba [Configuração]
22471
22419

Elemento de
Área Indicação Descrição
diálogo
Tipos de dispositivo suportados corresponde à seleção do
Tipo do dispositivo Sensor projetado
dispositivo
Versões de firmware Mínimo requerido Versão firmware Indicação segundo VES004
suportadas
Máximo suportado Versão firmware Indicação segundo VES004
>

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Documentação]
22472
22420

O elemento [Documentação] fornece informações sobre o local e a data de parametrização do


sensor.
>

VNB211 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Aplicação]


22473
22421

Elemento de
Área Indicação Descrição
diálogo
Aplicação Firma
Endereço
Cidade Texto livre máx. 100 caracteres
Local
Máquina
>

VNB211 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Descrição]


22474
22422

A descrição contém uma data de criação e a data da última alteração dos parâmetros. Além disso,
pode ser registrado um criador do conjunto de parâmetros e uma descrição de texto livre.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Descrição Criado por: Texto livre máx. 100 caracteres
Data de criação: Data da criação Data posterior/anterior
Última alteração: Data da última alteração automático
Descrição Texto livre máx. 100 caracteres

174
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Informações do dispositivo]
22475
22423

O elemento [Informações do dispositivo] fornece informações sobre a configuração dos alarmes e


objetos bem como o caminho de navegação do display do dispositivo.
>

VNB211 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba [Saídas]
22476
22424

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Saídas OUT 1 Utilização e informações sobre a
configuração do alarme
OUT 2 Utilização e informações sobre a
configuração do alarme

Funções de comutação:
Ir à página de configuração do alarme selecionado
(apenas ativo se for utilizado, pelo menos, uma saída para alarmes)
>

VNB211 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências de objeto]
22477
22426

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Dependências de objeto Nome Nome do objeto
Tipo Tipo de parâmetro
Utilização Utilização do parâmetro
Fonte Nome do trigger

Funções de comutação:
Configurar o objeto selecionado ou a entrada selecionada
(apenas ativo se estiver definido, pelo menos, um objeto)

175
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba [Menu do dispositivo]
22478

Mostra graficamente o menu do dispositivo de destino (aqui: Exemplo (na configuração de fábrica))

A apresentação do menu do dispositivo depende...


• das entradas definidas
• dos objetos definidos
• dos alarmes definidos

176
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos]
22479
22431

Dispositivos diferentes podem partilhar um conjunto de parâmetros. Dessa forma, é possível gerir
apenas um conjunto de parâmetros para as mesmas máquinas e instalações. Em caso de alterações,
o conjunto de parâmetros pode ser registrado em vários dispositivos ao mesmo tempo.
O elemento [Dispositivos atribuídos] contém as seguintes áreas:
>

VNB211 > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos] > Aba [Dispositivos]
22480
22432

Mostra todos os dispositivos que estão atribuídos ao conjunto de parâmetros.


Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Dispositivos atribuídos Nº número de ordem na lista
Nome nome projetado do dispositivo
Tipo número de artigo do dispositivo ---
Firmware versão de firmware lida
Nº de série número de série lido do dispositivo

177
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

10.3.2 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas]


22481

Em um conjunto de parâmetros vazio (configuração de fábrica) do VNB211 não está definida


nenhuma entrada.
O próprio usuário tem de ativar/adicionar adequadamente essas entradas no projeto.
O programa distingue entre as seguintes entradas:
• Entradas dinâmicas (AC)
• Entradas analógicas (DC)

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Entradas dinâmicas (AC) Nome Nome projetado
Tipo Sensor interno (fixado) (após clique com o botão
direito)
Filtro Filtro projetado
Entradas analógicas (DC) Nome Nome projetado
Tipo Analógica - Corrente (fixado)
(após clique com o botão
Referência 4...20 mA (fixado) direito)
Valor Faixa de valores projetada

Funções de comutação:
Adicionar nova entrada dinâmica
Adicionar nova entrada analógica
Ir à página de configuração da entrada selecionada

178
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas dinâmicas (AC)] > [Interno]
22484
22436

O filtro configurado é aplicado antes da avaliação efetiva do sinal. O escalonamento e a unidade


definem a altura das amplitudes medidas.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome Interno fixado
Tipo Sensor interno fixado
Configuração Filtro Passa-alto 2 Hz/10 Hz selecionável na lista
Unidade g fixado
Escalonamento 25,00 g fixado
>

VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas analógicas (DC)] > [IN 1]
22485

O sinal é definido como função linear entre 0 mA e 20 mA, usando os dois pontos de referência.
Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome Texto livre --
Tipo Analógica - Corrente fixado
Configuração Unidade Unidade projetada Texto livre
Ponto de referência
Atribuição projetada para 4 mA aumentar/reduzir valor
inferior
Ponto de referência
Atribuição projetada para 20 mA aumentar/reduzir valor
superior

179
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

10.3.3 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos]

VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos ....................................................................... 181
22486

Mostra os objetos projetados

Funções de comutação:
Adicionar novo objeto do tipo "a-RMS (faixa de tempo)"
Adicionar novo objeto do tipo "v-RMS (faixa de tempo)"
Adicionar novo objeto do tipo "a-Peak (faixa de tempo)"
Adicionar novo objeto do tipo "Monitor de limite superior"
Adicionar novo objeto do tipo "Monitor de limite inferior"
Ir à página de configuração do objeto selecionado

Excluir objeto selecionado da lista

180
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos

VNB211 > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS] (faixa de tempo) ............................................ 182
VNB211 > ... > Tipos de objetos > [a-Peak (faixa de tempo)]........................................................... 183
VNB211 > ... > Tipos de objetos > [Monitor de limite superior], [Monitor de limite inferior] .............. 183
VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Configuração] ............................................................ 184
VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] ........................................................ 184
22493

Para as seguintes tarefas de monitoramento existem tipos de objetos pré-configurados, que podem
ser parametrizados:
Nome do tipo de objeto Item do menu no dispositivo Nota
a-RMS (faixa de tempo) U1 / U2
máx. de 2 entradas
v-RMS (faixa de tempo) U1 / U2
possíveis
a-Peak (faixa de tempo) U1 / U2
Monitor de limite superior EP1 / EP2 máx. de 2 entradas
Monitor de limite inferior EP1 / EP2 possíveis

RMS = root mean square = valor efetivo

181
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS] (faixa de tempo)
22494

• a-RMS (faixa de tempo) monitora a aceleração,


• v-RMS (faixa de tempo) monitora a velocidade de vibração
...em uma faixa de frequência configurável.
A faixa de frequência é definida através do filtro da entrada dinâmica (→ Aba [Configuração]) e do
filtro do objeto.

dt

Legenda: dt = tempo de medição, período de medição


Aplicação:
• Medições segundo ISO 10816 e outras normas relevantes (v-RMS)
• Peças soltas da máquina (v-RMS)
• Erro de alinhamento (v-RMS)
• Vibrações chatter, ressonâncias (a-RMS)

182
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > Tipos de objetos > [a-Peak (faixa de tempo)]
22495

A filtragem do sinal horário é feita com base no filtro para a entrada dinâmica (→ Aba
[Configuração]) e o objeto:.

[a-Peak (faixa de tempo)] mede a amplitude máxima em uma entrada dinâmica dentro do tempo de
medição definido.
Através de uma filtragem do sinal é possível realizar diferentes aplicações. Devido a um tempo de
medição muito curto (ajustável entre 1 ms e 1,3 s), este tipo de objeto é indicado também para a
proteção da máquina (p. ex. em situações de falha).

dt

Legenda: dt = tempo de medição, período de medição


Aplicação:
• Falha (passa-baixo)
• Cavitação de uma bomba (passa-alto)
• Fricção de metal em metal, p. ex. danos em mancais (passa-alto)
>

VNB211 > ... > Tipos de objetos > [Monitor de limite superior], [Monitor de limite inferior]
22496

[Monitor de limite superior], [Monitor de limite inferior] monitora os sinais analógicos (sinais DC)
A fonte do sinal apenas pode ser a entrada analógica IN 1.

183
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Configuração]
22497

Na aba [Configuração] apenas pode ser alterado o [Nome] predefinido. Todos os outros
campos estão fixados.

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome predefinido
Nome Texto livre
conforme entrada e tipo de objeto
Tipo Tipo de objeto selecionado fixado
Forma abreviada do tipo
Item do menu no
(Dígito # resulta da tabela [Tipos de fixado
dispositivo
objetos])
Configuração Entrada predefinida:
Para a-RMS, v-RMS, a-Peak:
Interno (sensor interno)
Entrada Para valor excedido, valor não fixado
alcançado:
IN 1 (Analógico, corrente,
4...20 mA)
>

VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento]
22498

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Filtro • Passa-baixo
apenas para a-RMS, v-RMS, Tipo • Passa-alto selecionável na lista
a-Peak • Passa-banda
Dependente do tipo de filtro:
de Frequência limite inferior projetada aumentar/reduzir valor
ou: fixado
Dependente do tipo de filtro:
Frequência limite superior
até aumentar/reduzir valor
projetada
ou: fixado
Valores limite Alarme prévio Valor projetado aumentar/reduzir valor
Histerese
Apenas para valor Valor projetado aumentar/reduzir valor
excedido/valor não
alcançado
Alarme principal Valor projetado aumentar/reduzir valor
Histerese
Apenas para valor Valor projetado aumentar/reduzir valor
excedido/valor não
alcançado
Processamento
apenas para a-RMS, v-RMS, Número de médias Valor projetado aumentar/reduzir valor
a-Peak
Processamento Tempo de medição Valor projetado aumentar/reduzir valor

184
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

10.3.4 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico]

VNB211 > ... > Detalhe [Histórico] > Relógio em tempo real ............................................................ 186
VNB211 > ... > Detalhe [Histórico] > Armazenamento dos valores de medição .............................. 186
22499

O sensor de vibrações octavis VNB211 dispõe de uma memória de histórico interna com relógio em
tempo real com apoio da bateria. Na memória de histórico, o dispositivo salva os seguintes dados:
• Valores de objetos e valores limite
• Registro da hora dos resultados
A memória de histórico abrange aprox. 300 000 valores.

Detalhe [Histórico]:
Através do símbolo em cima à direita na janela de detalhe pode ser ativada/desativada toda a
memória de histórico. Se a memória de histórico estiver ativa, podem ser feitas configurações para a
memória de histórico para os objetos configurados no conjunto de parâmetros.
Funções de comutação:
Interruptor: A memória de histórico está desativada
Os parâmetros não podem ser configurados
Interruptor: A memória de histórico está ativada
Os parâmetros podem ser configurados

Para além da memória de histórico completa, também é possível ativar/desativar cada objeto
individualmente. Se um objeto estiver ativo, é salvo o valor de medição máximo medido dentro do
intervalo indicado.
Com o outro campo de controle [Vm.], que pode ser selecionado individualmente para cada objeto,
podem opcionalmente ser salvos valores adicionais. Se for feita uma configuração para o sistema
eletrônico de diagnóstico ou um sensor, é adotado automaticamente o valor definido para todos os
objetos inferiores.
Elemento de
Área Indicação/função de comutação Descrição
diálogo
Objeto VNB211 Sensor/tipo de entrada/entrada fixado
Intervalo Duração de medição:
-- 0 h : 05 min : 00 s é salvo o valor mais alto
medido durante o intervalo
Vm. Opção não ativada Valor médio:
-- Opção parcialmente ativada salva o valor médio do
Opção totalmente ativada intervalo

Tempo de gravação estimado Período de tempo máximo que Indicação do tempo de


--
pode ser salvo no histórico gravação possível

185
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > Detalhe [Histórico] > Relógio em tempo real
22500
22445

Com o sensor isento de tensão, o relógio em tempo real é armazenado através de uma bateria.
A hora tem de ser definida uma vez na colocação em funcionamento, o que faz com que o histórico
do dispositivo seja resetado. Nessa situação, a hora do sistema eletrônico de diagnóstico é
comparada com "Universal Time Coordinated" (UTC, anterior "Greenwich Mean Time" GMT) do
computador. A "Universal Time Coordinated" é determinada com base na hora definida no sistema
operacional e no fuso horário.
>

VNB211 > ... > Detalhe [Histórico] > Armazenamento dos valores de medição
22502
22446

A memória de histórico é uma memória cíclica (FIFO, "first in first out"). Se a memória de histórico
estiver cheia, uma pequena parte dos valores mais antigos é eliminada para voltar a ganhar espaço
de armazenamento.
Fundamental para o armazenamento dos valores de medição é, em casos normais, um intervalo
definido nos parâmetros.
 No fim do intervalo, o valor de medição máximo ocorrido no intervalo é registrado na memória de
histórico juntamente com o respectivo registro da hora.
 Dependendo de certas opções eventualmente selecionadas (ver capítulo "Parâmetros") é também
registrado na memória de histórico o valor médio dos valores de medição determinado no
intervalo.
12000

Valor de medição
10000 Histórico máximo
Histórico do valor médio
Valor de medição [mg]

8000

6000

4000

2000

0
8:00 8:05 8:10 8:15 8:20 8:25 8:30 8:35 8:40
Tempo
Diagrama: Histórico dos valores de medição (exemplo)

186
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

10.3.5 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes]


22503

Mostra os alarmes existentes

Podem ser definidos no máximo dois dos seguintes tipos de alarme:


• Alarme analógico
• Alarme prévio
• Alarme principal
• Alarme definido pelo usuário
Funções de comutação:
Adicionar um novo alarme do tipo "Alarme analógico"
Adicionar um novo alarme do tipo "Alarme prévio"
Adicionar um novo alarme do tipo "Alarme principal"
Adicionar um novo alarme do tipo "Alarme definido pelo usuário"
Ir à página de configuração do alarme selecionado
Excluir objeto selecionado da lista

187
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Configurar VNB211 VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#]

VNB211 > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipo de alarme > Aba [Configuração]
22509

Elemento de
Área Indicação Função de comutação
diálogo
Identificação Nome projetado da saída
Nome fixado
selecionada
Tipo projetado da saída
Tipo fixado
selecionada
Saída Saída digital atribuída selecionável na lista
Configuração Sinal parametrizado:
Interruptor • normalmente fechado selecionável na lista
• normalmente aberto
Retardo de
Tempo projetado aumentar/reduzir valor
acionamento
Retardo de
Tempo projetado aumentar/reduzir valor
desligamento
Sinalização Sinal parametrizado:
Sinal selecionável na lista
(apenas no alarme analógico) • Corrente 4...20 mA
Valores Tipo de valores parametrizado selecionável na lista
Escalonamento Valor a 4 mA Valor parametrizado aumentar/reduzir valor
(apenas no alarme analógico)
Valor a 20 mA Valor parametrizado aumentar/reduzir valor
>

VNB211 > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipo de alarme > Aba [Fonte]
22510

Selecione os objetos para a visualização neste alarme.


No alarme analógico as unidades têm de coincidir.
Área Elemento de diálogo Indicação Função de comutação
Fonte de alarme Avaliar objeto
Tabela Objetos parametrizados
Não avaliar objeto
>

188
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Tipos de monitoramento

11 Monitoramento
Tipos de monitoramento .................................................................................................................... 189
Registrar e exibir dados de medição ................................................................................................. 195
Funções do menu de contexto .......................................................................................................... 206
Características ................................................................................................................................... 208
22186

Por "monitoramento" se entende o registro de dados de medição.


>

11.1 Tipos de monitoramento

Dados de medição (visão geral)........................................................................................................ 190


Monitoramento dos dados ................................................................................................................. 191
Monitoramento dos contadores ......................................................................................................... 191
I/O-Monitoring .................................................................................................................................... 191
Monitoramento do espectro ............................................................................................................... 192
Monitoramento de dados brutos ........................................................................................................ 193
Monitoramento do histórico ............................................................................................................... 194
22542

189
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Tipos de monitoramento

11.1.1 Dados de medição (visão geral)


22511

O sistema eletrônico de diagnóstico e os sensores oferecem uma série de dados de medição:


• o sinal bruto (sinal horário)
• dados preparados (p. ex. espectros de frequência ou valores de objetos)
Estão disponíveis para seleção os seguintes tipos de dados de medição:
Símbolo Tipo de monitoramento Resultante destes dados de medição
Exibir valores de objetos através de diversos tipos de
diagramas
Monitoramento dos dados (→ Capítulo Monitoramento dos dados (→ página 191))
Todos os objetos ou subobjetos podem ser selecionados como fonte e
adicionados ao diagrama.

Monitoramento dos Exibir os estados atuais dos contadores configurados


contadores (→ Capítulo Monitoramento dos contadores (→ página 191))
Todos os contadores parametrizados no sistema eletrônico de diagnóstico
(apenas VSE)
podem ser selecionados como fonte e adicionados ao diagrama.

Exibir os estados atuais das entradas e saídas


(→ Capítulo I/O-Monitoring (→ página 191))
I/O-Monitoring Todas as entradas e saídas do dispositivo podem ser selecionadas como
fonte e adicionadas ao diagrama. Aqui também funciona um sinal de corrente
contínua na entrada dinâmica.

Exibir espectros de frequência (FFT/H-FFT)


Monitoramento do espectro (→ Capítulo Monitoramento do espectro (→ página 192))
(apenas VSE) Somente entradas dinâmicas do sistema eletrônico de diagnóstico podem ser
selecionadas como fonte e adicionadas ao diagrama. Só é possível selecionar
uma entrada dinâmica por cada sistema eletrônico de diagnóstico.

Exibir dados brutos de uma entrada dinâmica (sinal horário)


Monitoramento de dados (→ Capítulo Monitoramento de dados brutos (→ página 193))
brutos Somente entradas dinâmicas do sistema eletrônico de diagnóstico podem ser
(apenas VSE) selecionadas como fonte e adicionadas ao diagrama. Só é possível selecionar
uma entrada dinâmica por cada sistema eletrônico de diagnóstico.

Ler e exibir a memória de histórico


(→ Capítulo Monitoramento do histórico (→ página 194))
Monitoramento do histórico Todos os objetos parametrizados no dispositivo podem ser selecionados
como fonte e adicionados ao diagrama. A condição prévia é a ativação do
objeto no histórico e a existência de, pelo menos, 2 valores de medição na
memória de histórico.

190
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Tipos de monitoramento

11.1.2 Monitoramento dos dados


22543

No monitoramento dos dados são exibidos os valores de medição atuais dos objetos ou subobjetos.
Os valores de objetos, junto com os limites de alarme, oferecem uma visão geral simples do estado
atual da instalação. Os fundamentos da técnica de controle das vibrações estão guardados no
conjunto de parâmetros (os objetos) do sistema eletrônico de diagnóstico e somente é exibido o
resultado de medição atual deste monitoramento.
Exemplo:

Funções de comutação:
Estão disponíveis as seguintes funções de comutação especiais:
Mudar para a exibição de nível do objeto
Mudar para a exibição de subobjeto
>

11.1.3 Monitoramento dos contadores


22547

No monitoramento dos contadores é exibido o estado atual dos contadores parametrizados no


sistema eletrônico de diagnóstico. Além disso, também é emitido o registro da hora e, se tiver sido
definido um valor limite, o estado de alarme.
Funções de comutação:
Não estão disponíveis nenhumas funções de comutação especiais.
>

11.1.4 I/O-Monitoring
22548

No monitoramento das entradas e saídas é exibido o estado atual das entradas e saídas analógicas e
digitais.
Parâmetros Indicação
Entradas e saídas digitais Estado atual (ligado/desligado)

Entradas analógicas Valor calculado de acordo com o escalonamento configurado

Saídas analógicas Valor de medição analógico


Funções de comutação:
Não estão disponíveis nenhumas funções de comutação especiais.

191
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Tipos de monitoramento

11.1.5 Monitoramento do espectro


22549

No monitoramento do espectro são exibidos os dados após a análise da frequência. Aqui é feita a
distinção entre os dados conforme um FFT padrão ou conforme um H-FFT. Na exibição espectral é
possível criar uma análise aprofundada com base nas frequências que ocorrem. Para tanto, o
software oferece meios auxiliares para a análise de ordem, harmônicas e banda lateral.

O monitoramento de objetos está inativo durante o monitoramento do espectro.


Os estados de alarme conservam o último valor enquanto o monitoramento estiver ativo.

Exemplo:

Funções de comutação:
Estão disponíveis as seguintes funções de comutação especiais:
24,414 Hz
Campo de Resolução:
1. ...
seleção Resolução da frequência para o cálculo do espectro
0,191 Hz
Banda de frequência, que faixa de frequência se
Campo de pretende ver
2.
seleção 850 valores por espectro
(850 • Resolução = Faixa de frequência)
Campo de FFT
3. Tipo de análise
seleção H-FFT
Campo de
4. Tipo de filtragem com H-FFT
seleção

192
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Tipos de monitoramento

mm
Campo de
5. Unidade do eixo Y na análise FFT mm/s
seleção
mg
>

11.1.6 Monitoramento de dados brutos


22551

No monitoramento do sinal horário são exibidos os dados brutos da entrada dinâmica. Trata-se aqui
dos dados não filtrados diretamente após a conversão analógico-digital.

O monitoramento de objetos está inativo durante o monitoramento do sinal horário.


Os estados de alarme conservam o último valor enquanto o monitoramento estiver ativo.

Exemplo:

Funções de comutação:
Estão disponíveis as seguintes funções de comutação especiais:
20 kS/s
Taxa de amostragem em 1000
1. Campo de seleção ...
amostras por segundo
100 kS/s

193
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Tipos de monitoramento

11.1.7 Monitoramento do histórico


22553

No histórico é lida e exibida a memória interna do sistema eletrônico de diagnóstico. Aqui somente
são representados os objetos nos quais se encontra um valor de medição na memória de histórico. O
histórico ajuda na detecção de como os valores de medição se desenvolveram antes de uma
mensagem de danos (aumento abrupto ou gradual).
Exemplo:

Funções de comutação:
Estão disponíveis as seguintes funções de comutação especiais:
Salvar histórico
Local de armazenamento = Visualização em árvore do projeto > [Dispositivo_#] > [Dados] >
[Histórico dd.mm.aaaa hh:mm:ss]

194
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

11.2 Registrar e exibir dados de medição

Funções de comutação (monitoramento) ......................................................................................... 195


Registrar e salvar dados de medição ................................................................................................ 198
Renomear registros dos dados de medição ..................................................................................... 199
Exportar dados de medição .............................................................................................................. 200
Importar dados de medição ............................................................................................................... 200
Avaliar dados de medição ................................................................................................................. 201
22519

Condição prévia:
 O software VES está conectado ao dispositivo através de [ ]
Os tipos de monitoramento podem ser selecionados de várias formas:
 Barra de ferramentas (→ página 13)

 Barra de menus (→ página 12)


 Menu de contexto (→ página 16) com um clique com o botão direito no dispositivo na visualização
em árvore
(→ também capítulo Funções do menu de contexto (→ página 206))
► Selecionar o tipo de monitoramento.
> O monitoramento surge na Vista detalhada (→ página 15).
> O programa inicia a transferência de dados.
>

11.2.1 Funções de comutação (monitoramento)

Monitoramento dos dados do projeto ................................................................................................ 195


Barra de ferramentas sobre a exibição de dados ............................................................................. 196
Funções de comutação dentro da exibição de dados ....................................................................... 197
22521

As seguintes funções de comutação estão disponíveis em quase todos os tipos de monitoramento.


>

Monitoramento dos dados do projeto


22889

Símbolo Significado Condição prévia


Iniciar monitoramento dos dados do projeto Monitoramento parado

Parar monitoramento dos dados do projeto Monitoramento em curso

195
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

Barra de ferramentas sobre a exibição de dados


22522

Mudar para a exibição do diagrama de barras


O diagrama de barras é composto por uma barra de progresso, um eixo e, se necessário, os valores limite visíveis. O
eixo pode ser escalonado e formatado conforme desejado. Os valores com a mesma unidade física podem ser
representados em um eixo comum.

Mudar para a exibição de tabela


A tabela pode ser composta por várias linhas. Em cada linha é exibido o nome correspondente do valor
representado, o valor atual junto com o registro da hora e, se necessário, o estado de alarme atual.

Mudar para a exibição de dados móvel (diagrama y-t (contínuo))


O diagrama y-t é composto por um eixo temporal (eixo x) e um ou vários eixos y. Os eixos possuem várias
características que podem ser alteradas na janela de diálogo correspondente (p. ex. escalonamento, cor, …). Os
valores com uma unidade física comum podem partilhar um eixo.
O eixo de tempo tem um intervalo de tempo fixo. Por isso, os valores de medição mais antigos saem da janela e não
são mais exibidos.

Mudar para a exibição de dados ilimitada (diagrama y-t (dados ilimitados))


O diagrama y-t é composto por um eixo temporal (eixo x) e um ou vários eixos y. Os eixos possuem várias
características que podem ser alteradas na janela de diálogo correspondente (p. ex. escalonamento, cor, …). Os
valores com uma unidade física comum podem partilhar um eixo.
O ponto de partida do eixo de tempo e fixado como "ponto 0". Isso implica que os dados se vão aproximando
(compactando) cada vez mais à medida que vão sendo recebidos novos valores de medição, para que continue
sendo possível apresentar o conjunto dos dados no diagrama.

Iniciar registro de dados


Início de um registro do monitoramento atual

Interromper registro de dados


Pausa no registro do monitoramento atual

Parar a gravação de dados


Terminar o registro do monitoramento atual

Iniciar monitoramento dos dados


Reiniciar monitoramento atual. Os novos valores de medição são novamente exibidos no diagrama selecionado

Parar monitoramento dos dados


Parada da medição atual no monitoramento, não serão exibidos mais valores de medição novos

Exibir histórico junto como contador


Recarregar histórico
Atualização dos dados do histórico sem ter que fechar e reabrir a janela do histórico

Salvar histórico
Mudar para modo de tela inteira [F11]
Mudança para o modo de tela inteira (ou: [F11]) ou retorno ao modo de tela normal

196
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

Funções de comutação dentro da exibição de dados


22533

Seleção das fontes de dados

Exibição das características

Ativar o modo de zoom para eixos X e Y


O modo de zoom permite selecionar que eixo deverá ser utilizado para o zoom.

Ativar o modo de zoom para eixo X


O modo de zoom permite selecionar que eixo deverá ser utilizado para o zoom.

Ativar o modo de zoom para eixo Y


O modo de zoom permite selecionar que eixo deverá ser utilizado para o zoom.

Adicionar eixo de coordenadas vertical do lado esquerdo

Adicionar eixo de coordenadas vertical do lado direito

Excluir eixo de coordenadas selecionado

Remover o zoom:
► Clique com o botão direito na exibição de dados
► No menu de contexto: clicar em [Resetar zoom]

197
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

11.2.2 Registrar e salvar dados de medição


23592

► Na barra de ferramentas, selecionar o tipo de monitoramento desejado, p. ex. monitoramento de


dados brutos.
> Surge uma nova janela [Monitoramento].
> O programa inicia a transferência de dados.
► Se a transferência de dados não iniciar automaticamente:
Na janela [Monitoramento] à direita com [ ], iniciar o monitoramento dos dados.
► Se necessário, adaptar a representação com as funções de comutação do monitoramento.
→ Capítulo Funções de comutação (monitoramento) (→ página 195)
► Com [ ] iniciar o registro de dados.
> Com cada ciclo, o registro aumenta as "amostras registradas" em 1.
► Esperar pelo registro dos sinais desejados.
► Com [ ] parar a gravação de dados.
► Confirmar a consulta "Você deseja armazenar este registro de dados" com [Sim].
> Na visualização em árvore de [Dados] surgem os registros de dados de monitoramento salvos.

O nome do registro de dados resulta de...


• Tipo de monitoramento
• Data do registro
• Hora do registro
> O programa salva o registro de dados de monitoramento como arquivo *.idat próprio.
23570

O programa salva os projetos, bem como os parâmetros e dados correspondentes no


diretório seguinte:
C:\Benutzer\Öffentlich\Öffentliche Dokumente\VES004
C:\Users\Public\Documents\VES004

► Com [ ] parar a exibição do monitoramento de dados.


Se o registro de dados ainda não estiver parado, ele continuará sendo executado em plano de
fundo.

198
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

11.2.3 Renomear registros dos dados de medição


23593

> Na visualização em árvore do projeto, em [Dados], se encontram os nomes dos registros de


dados.
► Se desejado: alterar o nome do registro de dados:
► Clique com o botão direito no nome a alterar.
► No menu de contexto, clicar em [Renomear].

► Alterar o nome.
► Aplicar a alteração com [ENTER].

Em caso algum deverá alterar o nome do arquivo *.idat!


Caso contrário, o programa não conseguirá mais localizar ou chamar o registro de dados.

199
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

11.2.4 Exportar dados de medição


22895

Os dados de medição registrados no projeto se encontram na visualização em árvore em formato de


lista em [Dados].
► Clique com o botão direito no nome do registro dos dados de medição a exportar.
► Clicar em [Exportar...] no menu de contexto.

> A janela [Salvar como...] surge.


► Se necessário, adaptar o nome de arquivo e o local do diretório.
Tipos de arquivos permitidos:
*.idat (predefinido)
*.xml
*.xlsx
► Exportar o registro com o formato de arquivo especificado com [Salvar].
>

11.2.5 Importar dados de medição


23594

Os dados de medição exportados de um projeto podem ser importados para um outro projeto como
se segue:
► Na visualização em árvore, clique com o botão direito em [Dados] ou no nome do [Grupo de
dados].
► Clicar em [Importar...] no menu de contexto.

> Surge a janela [Abrir].


► Selecionar o local do diretório e o arquivo.
Tipos de arquivos permitidos:
*.idat (Dados VES004) (predefinido)
*.ohs (Histórico VES003)
*.orc (Dados VES003)
► Com [Abrir], importar os dados de medição para o projeto.
> O programa salva o registro de dados com o nome original do registro de dados.
O nome de arquivo atribuído no momento da exportação do registro de dados não é relevante.

> Se o arquivo *.idat exportado for novamente importado para o mesmo projeto, o
programa reconhece que se trata do mesmo registro de dados.
Aqui não é relevante o nome de arquivo exportado.
> O programa oferece as seguintes alternativas:
 sobrescrever o registro de dados atual
o nome do registro de dados original será mantido
 importar o registro de dados importado adicionalmente ao registro de dados original
o nome do registro de dados original será mantido
a cópia do registro de dados será complementada com um número sequencial "(1)"

200
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

11.2.6 Avaliar dados de medição

Exemplo: danos em mancais ............................................................................................................ 201


Exemplo: Desbalanceamento ........................................................................................................... 203
22894
>

Exemplo: danos em mancais


23571

Condição prévia:
• Sensor (p. ex. VSA001) definido como [Entrada dinâmica]
• Trigger definido para a faixa de velocidade de rotação a verificar
• Objeto definido para o monitoramento de mancais; e também...
• Subobjetos parametrizados de acordo com os dados dos mancais
• Valores limite adequados parametrizados
Uma exibição precisa fornece o espectro:

Exibição: dados de medição dos danos em mancais (tela inteira)

► Com [X] marcar o zoom do eixo x.


► Clique com o botão direito na legenda do gráfico (aqui: BearingUnit).
► No menu de contexto ativar o seguinte (caso não esteja já efetuado):
• [Subobjetos] > [Todos]
• [Faixa de frequência]
► Estender uma janela tão pequena quanto possível com o botão esquerdo do mouse
aqui: aprox. 45 Hz ao redor do primeiro peak após a marca de 0 Hz

201
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

> Surge o recorte dos dados de medição:

> A exibição reporta claramente um dano começando no anel externo do mancal.


O anel interno e os elementos rolantes não apresentam danos.
A barra gráfica fornece uma visão geral mais rápida:

> A barra inferior mostra: o mancal está quase chegando ao alarme prévio.

202
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

Exemplo: Desbalanceamento
23572

Condição prévia:
• Sensor (p. ex. VSA001) definido como [Entrada dinâmica]
• Trigger definido para a faixa de velocidade de rotação a verificar
• Objeto definido para o monitoramento de mancais; e também...
• Subobjetos parametrizados de acordo com os dados dos mancais
• Valores limite adequados parametrizados
O peak no espectro mostra, na pior das hipóteses, a existência de um dano:

203
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

Da aplicação do zoom sobre o eixo x resulta a seguinte imagem:

O diagrama de barras mostra que o desbalanceamento está claramente na faixa do alarme prévio:

204
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Registrar e exibir dados de medição

Na exibição dos dados brutos, após aplicar zoom sobre o eixo x, é possível ver muito bem a curva
senoidal do desbalanceamento:

205
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Funções do menu de contexto

11.3 Funções do menu de contexto

Menu de contexto das fontes de dados ............................................................................................ 206


Menu de contexto da área do diagrama............................................................................................ 206
Menu de contexto dos eixos do diagrama ........................................................................................ 207
Menu de contexto da linha de dados do diagrama ........................................................................... 207
22555
>

11.3.1 Menu de contexto das fontes de dados


22556

Função Descrição
Excluir barra Exclui do diagrama a barra do objeto selecionado.
Excluir linha Exclui do diagrama a linha do objeto selecionado.
Excluir linha (de Exclui do diagrama a linha (de tabela) do objeto selecionado.
tabela)
Adicionar a eixo novo Adiciona o objeto selecionado ao diagrama. Com isso é criado um novo eixo y com a unidade do
objeto.
Adicionar a eixo Adiciona o objeto selecionado ao diagrama. Com isso o objeto é atribuído a um eixo y existente com
existente a unidade adequada.
Adicionar à tabela Adiciona o objeto selecionado à tabela.
>

11.3.2 Menu de contexto da área do diagrama


22557

Função Descrição
Adicionar eixo Adiciona um eixo de valores (eixo y) no diagrama atual.
Filtro de exibição Filtra os dados para a exibição no diagrama. Em especial no monitoramento do sinal horário não é
possível exibir todos os valores de medição. Os dados para a exibição podem ser um valor médio de
x valores de medição ou serão sempre rejeitados x valores. O valor x está dependente da utilização
da CPU.
Imprimir O diagrama exibido atualmente pode ser impresso diretamente. Aqui é possível selecionar entre
Original (todas as cores), Versão para impressão (fundo branco) e Preto branco.
Características Abre a janela das características.
Ir para Salta para o início ou para o fim dos valores de medição no diagrama.
Copiar O diagrama exibido atualmente pode ser copiado diretamente para a área de transferência. Aqui é
possível selecionar entre Original (todas as cores), Versão para impressão (fundo branco) e Preto
branco
Adicionar etiqueta Adiciona uma etiqueta.
Exibir legenda Para mostrar ou ocultar a legenda.
Resetar zoom Reseta o zoom, voltam a ser exibidos todos os valores de medição.
Excluir linha (de Exclui do diagrama a linha (de tabela) do objeto selecionado.
tabela)
Modo de zoom O modo de zoom permite selecionar que eixo deverá ser utilizado para o zoom. É possível fazer
zoom somente do eixo x, somente do eixo y ou de ambos os eixos.

206
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Funções do menu de contexto

11.3.3 Menu de contexto dos eixos do diagrama


22558

Função Descrição
Escalonamento Determina se o eixo deve ser escalonado como absoluto (na unidade física do objeto) ou relativo
absoluto (relativamente ao valor Teach).
Excluir eixo Exclui o eixo selecionado do diagrama.
Características Abre a janela das características.
>

11.3.4 Menu de contexto da linha de dados do diagrama


22559

Função Descrição

Características Abre a janela das características.


Ir para Salta para o início ou para o fim dos valores de medição no diagrama.
Harmônicas Depois de ativada a função Harmônicas, é possível selecionar uma frequência no espectro que será
utilizada como frequência de base para a exibição das harmônicas. A frequência selecionada é
determinada com base na amplitude máxima no raio detector de peaks mencionado. O raio detector
de peaks pode ser ajustado nas características do diagrama.
Excluir linha Exclui do diagrama a linha do objeto selecionado.
Retícula de medição Mostra uma retícula que permite ler melhor os valores de medição. A retícula se desloca com o
movimento do mouse sempre ao longo da linha selecionada. A posição da retícula é exibida em cima
no diagrama.
Linhas de medição Mostra duas linhas de medição que permitem ler melhor os valores de medição ou as distâncias. As
linhas de medição podem ser livremente deslocadas na extremidade superior através de drag&drop
usando o mouse. As posições das linhas de medição e a respectiva distância na linha selecionada
são exibidas em cima no diagrama.
Detector de peaks Mostra uma linha de medição que permite ler melhor os valores de medição. A linha de medição
pode ser livremente deslocada na extremidade superior através de drag&drop usando o mouse. A
posição da linha de medição é determinada pelo valor máximo dentro do raio detector de peaks
mencionado. O raio detector de peaks pode ser ajustado nas características do diagrama.
Bandas laterais Após a ativação das bandas laterais, é necessário determinar 2 frequências. Primeiro a frequência
de base e depois uma (à direita ou à esquerda da frequência de base ) das primeiras bandas
laterais. A respectiva posição é determinada pelo valor máximo dentro do raio detector de peaks
mencionado. O raio detector de peaks pode ser ajustado nas características do diagrama.
Subobjetos Mostra as marcações para os subobjetos no espectro de frequência. A posição corresponde à
frequência de danos determinada com base na velocidade de rotação atual.
Faixa de frequência Mostra a faixa de frequência dos subobjetos quando o mouse se encontra sobre um subobjeto.
Cascata É possível representar consecutivamente vários espectros (diagrama tridimensional)

207
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Características

11.4 Características

Características da área do diagrama ................................................................................................ 208


Características dos eixos .................................................................................................................. 208
Características da linha de dados ..................................................................................................... 209
22560
>

11.4.1 Características da área do diagrama


22561

Característica Descrição
Faixa de exibição [s] Determina a faixa de exibição no eixo de tempo (eixo x) em segundos.
Filtro de exibição Filtra os dados para a exibição no diagrama. Em especial no monitoramento do sinal horário não é
possível exibir todos os valores de medição. Os dados para a exibição podem ser um valor médio de
x valores de medição ou serão sempre rejeitados x valores. O valor x está dependente da utilização
da CPU.
Tamanho do cache [s] Descreve o buffer para a visualização em segundos.
Raio detector de A largura da área de busca (raio) na qual se buscará o valor máximo. O raio detector de peaks é
peaks em [Hz] ou utilizado em Harmônicas, Bandas laterais e Detector de peaks.
[CPM]
Amplitude eixo Y Indica se os valores de medição representados no espectro são representados como peak ou valor
efetivo (RMS).
O fator para a conversão em uma frequência individual é raiz quadrada(2),
Peak = RMS * raiz quadrada(2).
>

11.4.2 Características dos eixos


22562

Característica Descrição
Escalonamento Determina se o eixo deve ser escalonado como absoluto (na unidade física do objeto) ou relativo
absoluto (relativamente ao valor Teach).
Autoescalonamento O eixo de valores (eixo y) é automaticamente escalonado com base nos valores de medição.
Formato de data/hora Decide em que formato deverá ser exibida a indicação de data e hora no eixo de tempo (eixo x).
Cor A cor do eixo pode ser alterada.
Exibir linhas auxiliares As linhas auxiliares são representadas como grelha no diagrama.
Exibir intervalo A subdivisão do eixo é mostrada ou ocultada.
Etiqueta É possível especificar uma etiqueta para o eixo.
Escalonamento Fim da escala se esta não for escalonada automaticamente.
superior
Escalonamento Início da escala se esta não for escalonada automaticamente.
inferior
Escalonamento do É possível converter o eixo de frequência (eixo x) no monitoramento para uma análise. Além da
eixo x unidade de frequência normal, o eixo x também pode ser representado como proporção relativa a
uma velocidade de rotação. Para tal, a velocidade de rotação pode ser retirada de uma entrada
analógica ou inserida manualmente.
Através dessa conversão fica muito fácil ver se os peaks no espectro são múltiplos de uma
determinada velocidade de rotação. A exibição do espectro referente à velocidade de rotação
também é designada como análise de ordem.

208
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Monitoramento Características

11.4.3 Características da linha de dados


22563

Característica Descrição
Cor A cor da linha de dados pode ser alterada.
Número de médias É possível fazer uma média dos valores de medição no monitoramento do espectro, de modo a
compensar oscilações.
Nome O nome do objeto selecionado que é exibido na legenda.
Símbolo É possível exibir símbolos para os pontos de dados.
Tamanho dos O tamanho dos símbolos para os pontos de dados pode ser alterado.
símbolos
Tipo O tipo da linha pode ser alterado (reta, tracejada, grossa, fina, …)

209
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Termos e abreviaturas

12 Termos e abreviaturas
A
Arquitetura
Configuração específica de elementos de hardware e/ou software em um sistema.
>

Arquivo CSV
CSV = Comma Separated Values (também: Character Separated Values)
Um arquivo CSV é um arquivo de texto para armazenamento ou troca de dados de estrutura simples.
A extensão do nome de arquivo é .csv.
Exemplo: Tabela fonte com valores numéricos:
Valor 1.0 Valor 1.1 Valor 1.2 Valor 1.3
Valor 2.0 Valor 2.1 Valor 2.2 Valor 2.3
Valor 3.0 Valor 3.1 Valor 3.2 Valor 3.3

A partir dessa tabela é gerado o arquivo CSV:


Valor 1.0;valor 1.1;valor 1.2;valor 1.3
Valor 2.0;valor 2.1;valor 2.2;valor 2.3
Valor 3.0;valor 3.1;valor 3.2;valor 3.3
.

>

B
Barramento
Transmissão de dados serial de vários participantes no mesmo cabo.
>

Barramento de campo
Um →barramento para utilizações industriais: especialmente robusto em termos mecânicos e de
dados.
>

D
DC
Direct Current = Corrente contínua
>

DHCP
DHCP = Dynamic Host Configuration Protocol = Protocolo para configuração dinâmica através do
→Host.
DHCP é um protocolo que permite a configuração dinâmica de endereços IP e, dessa forma, fornece
a informação relacionada. O protocolo apoia a utilização continuada de endereços IP disponíveis de
forma limitada por um gerenciamento centralizado da atribuição de endereços.
Na primeira ligação de um participante em uma rede, o participante se registra em um servidor com
esse serviço. O servidor atribui aos participantes um →endereço IP local livre.
>

E
EDS
EDS = Electronic Data Sheet
Um EDS é um arquivo de descrição do dispositivo no formato ASCII, comparável com o arquivo GSD
ou GSDML com Profibus ou Profinet.

210
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Termos e abreviaturas

Endereço
Esse é o "Nome" do participante no barramento. Todos os participantes necessitam de um endereço
inconfundível e inequívoco, para que a troca de sinais decorra sem erros.
>

Endereço IP
IP = Internet Protocol = Protocolo de Internet.
O endereço IP é um número que é necessário para a identificação inequívoca de um participante de
Internet. Para uma melhor visão geral, o número é escrito em 4 valores decimais, p. ex.
127.215.205.156.
>

Ethernet
A Ethernet é uma tecnologia de rede amplamente difundida e independente, com a qual podem ser
transferidos dados com uma velocidade de 10 a 10 000 milhões de bits por segundo (Mbps). A
Ethernet pertence à família da chamada "a melhor transmissão de dados" em um meio de
transmissão não exclusivo. Desenvolvido em 1972, o conceito foi especificado em 1985 como
IEEE 802.3.
>

F
Firmware
Software de sistema, programa base no dispositivo, na prática, o →sistema de tempo de execução.
O firmware faz a conexão entre o hardware do dispositivo e o programa de aplicação. O firmware é
fornecido pelo fabricante do sistema de comando como parte do sistema e não pode ser alterado pelo
usuário.
>

G
Gateway
Gateway = Acesso, acoplador.
Os gateways permitem a conexão de sistemas totalmente diferentes. Os gateways são utilizados
quando são conectados dois tipos de rede incompatíveis, sendo que o protocolo de um sistema é
convertido no protocolo do outro sistema.
Exemplo: Conexão de AS-i a sistemas de barramento de campo superiores como p. ex. →Ethernet-
DP, →DeviceNet, Interbus-S ou outras interfaces, p. ex. RS-485. No dispositivo existe um master AS-i
que é acoplado à interface →host (p. ex. slave Ethernet DP).
>

GSD
Generic Station Description = dados-mestre do dispositivo.
Descreve a interface para o dispositivo que deve ser conectada ao barramento de campo.
Pode encontrar a versão atual do arquivo GSD na homepage da ifm:
→ ifm a nível mundial • ifm worldwide • ifm à l’échelle internationale (→ página 224)
p. ex. para AC1375:
→ Arquivo GSD para SmartLink AC1375
Baixar → Arquivo ifm...07E5.gsd (... = versão).
>

GSDML
GSDML = Generic Station Description Markup Language (dados-mestre do dispositivo).
Idioma da descrição, que pode descrever as características de uma família de dispositivos em vários
níveis. Nesse esquema XML foi adotado o máximo possível da semântica do →GSD.

211
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Termos e abreviaturas

I
Instruções
Palavra superior para um dos seguintes conceitos:
Manual de montagem, ficha técnica, informações do usuário, manual de operação, manual do
dispositivo, manual de instalação, ajuda online, manual do sistema, manual de programação, etc.
>

L
LED
LED = Light Emitting Diode = Diodo emissor de luz.
Diodo emissor de luz, também diodo de luminescência, um elemento eletrônico com maior
luminosidade colorida em um pequeno volume com uma dissipação insignificante.
>

Link
Um link é uma referência cruzada para outro ponto do documento ou para um documento externo.
>

M
MAC-ID
MAC = Manufacturer‘s Address Code
= número de série do fabricante.
→ID = Identifier = Identificação
Cada placa de rede dispõe de um chamado endereço MAC, um código numérico inconfundível único
em todo o mundo – quase um tipo de número de série. Assim, um endereço MAC é um
encadeamento de 6 números hexadecimais, algo como "00-0C-6E-D0-02-3F".
>

O
OPC
OPC = OLE for Process Control = Ligação e integração de objeto para controle de processos
Interface de software padronizada para comunicação independente na tecnologia de automação
O OPC Client (p. ex. dispositivo para parametrização ou programação) se registra automaticamente
no servidor OPC (p. ex. dispositivo de automação) após a ligação a ele e comunica com o mesmo.
>

P
Pictograma
Os pictogramas são símbolos gráficos que transmitem uma informação através de uma
representação gráfica simplificada (→ capítulo O que significam os símbolos e formatações?
(→ página 7)).

212
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Termos e abreviaturas

Profinet
PROFINET (Process Field Network) é o padrão Industrial Ethernet aberto da Profibus & Profinet
International (PI) para a automação. A Profinet usa padrões TCP/IP e TI, é compatível com Ethernet
em tempo real e permite a integração de sistemas de barramento de campo.
O conceito de Profinet tem uma estrutura modular, de forma a permitir que o usuário escolha
autonomamente a funcionalidade. Esse se distingue essencialmente pelo tipo de troca de dados, para
fazer face aos requisitos de velocidade.
Na Profinet existem as duas perspectivas Profinet-CBA e Profinet-IO:
 A Profinet-CBA (Component Based Automation) foi pensada para uma comunicação baseada nos
componentes através de TCP/IP e para a comunicação Real Time para requisitos em tempo real
na estrutura de instalação modular. Ambas as vias de comunicação podem ser usadas em
paralelo.
 A Profinet-IO foi criada para a comunicação Real Time (RT) e sincronizada por impulsos IRT
(IRT= Isochronous Real-Time) com os periféricos descentralizados. As designações RT e IRT
descrevem apenas as características de tempo real na comunicação dentro da Profinet-IO.

→ www.profibus.com (organização central)

>

R
RTC
RTC = Real Time Clock = Relógio em tempo real
Fornece (com apoio da bateria) a data e hora atual. Utilização mais frequente ao salvar protocolos de
mensagens de erro.
>

S
Símbolos
Os pictogramas são símbolos gráficos que transmitem uma informação através de uma
representação gráfica simplificada (→ capítulo O que significam os símbolos e formatações?
(→ página 7)).
>

T
TCP
O Transmission Control Protocol faz parte da família de protocolos TCP/IP. Cada conexão de dados
TCP/IP tem um transmissor e um receptor. Este princípio é uma transmissão de dados orientada para
a conexão. Na família de protocolos TCP/IP, o TCP, enquanto protocolo orientado para a conexão,
assume a tarefa da proteção de dados, do controle do fluxo de dados e adota medidas em caso de
perda de dados. (comp.: →UDP)

213
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Termos e abreviaturas

Tipo de dados
Dependendo do tipo de dados podem ser armazenados valores diferentes.
Tipo de dados Valor mín. Valor máx. Tamanho na memória
BOOL FALSE TRUE 8 Bit = 1 Byte
BYTE 0 255 8 Bit = 1 Byte
WORD 0 65 535 16 Bit = 2 Bytes
DWORD 0 4 294 967 295 32 Bit = 4 Bytes
SINT -128 127 8 Bit = 1 Byte
USINT 0 255 8 Bit = 1 Byte
INT -32 768 32 767 16 Bit = 2 Bytes
UINT 0 65 535 16 Bit = 2 Bytes
DINT -2 147 483 648 2 147 483 647 32 Bit = 4 Bytes
UDINT 0 4 294 967 295 32 Bit = 4 Bytes
REAL -3,402823466 • 1038 3,402823466 • 1038 32 Bit = 4 Bytes
ULINT 0 18 446 744 073 709 551 615 64 Bit = 8 Bytes
STRING número de car. + 1
>

U
UDP
UDP (User Datagram Protocol) é um protocolo de rede mínimo sem conexão, que pertence à família
de protocolos de Internet para a camada de transporte. É tarefa do UDP dar aos dados que são
transmitidos pela Internet a aplicação certa.
Atualmente são implementadas variáveis de rede com base em →CAN e UDP. Os valores de variável
são automaticamente substituídos com base nas mensagens de Broadcast. No UDP essas são
geradas como telegramas de Broadcast, no CAN como →PDOs.
De acordo com o protocolo, esses serviços não são serviços confirmados: não existe controle da
chegada da mensagem também ao receptor. A troca de variáveis de rede corresponde a uma
"conexão 1 para n" (1 transmissor para n receptores).

214
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Index

Exemplo
13 Index danos em mancais ...................................................................................... 200
Desbalanceamento ..................................................................................... 202
A Exemplo 1: ...........................................................................................117
Exemplo 2: ...........................................................................................118
Abrir projeto existente......................................................................19, 22
Exemplo de escalonamento ..................................................................84
Área [Atraso de resposta] ....................................................................113
Exemplo de número de médias ...........................................................112
Área [Exibição].....................................................................................110
Exemplo escalonamento + offset ..........................................................83
Área [Filtro] ................................................................................. 107, 108
Exemplo: ..............................................................................................119
Área [Número de médias]....................................................................112
Exportar dados de medição.................................................................199
Área [Processo de análise]..................................................................107
Área [Resolução] .................................................................................108 F
Área [Tempo de medição] ...................................................................108
Firmware ..............................................................................................210
Área [Unidade] .....................................................................................107
Funções de comutação (monitoramento) ...........................................194
Área [Valor de referência]....................................................................109
Funções de comutação dentro da exibição de dados ........................196
Área [Valor Teach] ...............................................................................110
Funções do menu de contexto ............................................................205
Área [Valores limite].............................................................................111
Área [Velocidade de rotação] ..............................................................109 G
Arquitetura ...........................................................................................209
Gateway ...............................................................................................210
Arquivo CSV ........................................................................................209
GSD .....................................................................................................210
Avaliar dados de medição ...................................................................200
GSDML ................................................................................................210
B
H
Barra de ferramentas.............................................................................13
Histórico das instruções ..........................................................................8
Barra de ferramentas sobre a exibição de dados ...............................195
Barra de menus .....................................................................................12 I
Barramento ..........................................................................................209
Barramento de campo .........................................................................209 I/O-Monitoring ......................................................................................190
ifm a nível mundial • ifm worldwide • ifm à l’échelle
C internationale......................................................................................221
Importar dados de medição .................................................................199
Características .....................................................................................207
Iniciar o software de parametrização ....................................................11
Características da área do diagrama ..................................................207
Instalação...............................................................................................10
Características da linha de dados .......................................................208
Instalar o driver USB........................................................................10, 21
Características dos eixos ....................................................................207
Instalar o software VES004 ...................................................................10
Como está estruturada essa documentação? ........................................8
Instruções ............................................................................................211
Conexão (sensor de vibração) ..............................................................21
Interface de usuário ...............................................................................12
Conexão (sistema eletrônico de diagnóstico) .......................................17
Configuração de fábrica dos parâmetros ..............................................17 L
Configuração de rede na área de endereço IP .....................................17
LED ......................................................................................................211
Configurar VNB001..............................................................................145
Link ......................................................................................................211
Configurar VNB211..............................................................................166
Configurar VSEnnn ................................................................................58 M
Copyright..................................................................................................6
Criar novo dispositivo (VNB) .................................................................22 MAC-ID ................................................................................................211
Criar novo dispositivo (VSE)..................................................................20 Menu [Ajuda]..........................................................................................57
Criar novo projeto ............................................................................19, 22 Menu [Ajuda] > [efector octavis Online] ................................................57
Criar trigger ............................................................................................95 Menu [Ajuda] > [ifm Online] ...................................................................57
Menu [Ajuda] > [Sobre VES004] ...........................................................57
D Menu [Dispositivo] .................................................................................31
Menu [Dispositivo] > [Ações] .................................................................40
Dados de medição (visão geral)..........................................................189
Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Autoteste...] ........................................41
DC ........................................................................................................209
Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Escrever firmware no dispositivo...]
DHCP ...................................................................................................209
(apenas VSE) ........................................................................................40
E Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Reinicialização] (apenas VSE) ...........41
Menu [Dispositivo] > [Ações] > [Teach-in...]..........................................41
EDS......................................................................................................209 Menu [Dispositivo] > [Comparar com o dispositivo...] ...........................34
Endereço..............................................................................................210 Menu [Dispositivo] > [Conectar] ............................................................33
Endereço IP .........................................................................................210 Menu [Dispositivo] > [Configurações] ....................................................38
Estabelecer a conexão ....................................................................19, 22 Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Abrir] ......................................38
Estabelecer a conexão ao sensor VNB...................................... 145, 166 Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Escrevendo configurações
Ethernet ...............................................................................................210 IP no dispositivo] (apenas VSE) ..........................................................39

215
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Index

Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Escrever direitos de Menu [Projeto] > [Excluir] ......................................................................28
acesso no dispositivo] ..........................................................................39 Menu [Projeto] > [Fechar] ......................................................................27
Menu [Dispositivo] > [Configurações] > [Ler direitos de acesso Menu [Projeto] > [Iniciar monitoramento] ..............................................29
do dispositivo] ......................................................................................39 Menu [Projeto] > [Parar monitoramento] ...............................................28
Menu [Dispositivo] > [Dados online] ......................................................44 Menu [Projeto] > [Restaurar...] ..............................................................29
Menu [Dispositivo] > [Encerrar sessão] (apenas VSE) .........................34 Menu [Projeto] > [Sair] ...........................................................................30
Menu [Dispositivo] > [Escrever no dispositivo] ......................................34
Menu [Projeto] > [Salvar como...] ..........................................................28
Menu [Dispositivo] > [Iniciar sessão...] (apenas VSE) ..........................33
Menu [Projeto] > [Salvar] .......................................................................27
Menu [Dispositivo] > [Ler do dispositivo] ...............................................34 Menu [Projeto] > [Últimos projetos abertos] ..........................................27
Menu [Dispositivo] > [Novo]...................................................................32 Menu de contexto ..................................................................................16
Menu [Dispositivo] > [Novo] > [Grupo de dados] ..................................32 Menu de contexto da área do diagrama..............................................205
Menu [Dispositivo] > [Novo] > [Grupo] ..................................................32 Menu de contexto da linha de dados do diagrama .............................206
Menu [Dispositivo] > [Novo] > [Monitor de vibração] ............................32
Menu de contexto das fontes de dados ..............................................205
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] ........................................................36
Menu de contexto dos eixos do diagrama ..........................................206
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Abrir] ..........................................36 Menus ....................................................................................................24
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Atribuir].......................................37 Monitoramento .....................................................................................188
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Comparar com o Monitoramento de dados brutos..........................................................192
dispositivo...] ........................................................................................37
Monitoramento do espectro .................................................................191
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Escrever no dispositivo].............37
Monitoramento do histórico .................................................................193
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Ler do dispositivo] ......................37
Monitoramento dos contadores ...........................................................190
Menu [Dispositivo] > [Parâmetros] > [Novo]..........................................36
Monitoramento dos dados ...................................................................190
Menu [Dispositivo] > [Resetar] (apenas VSE) .......................................42
Monitoramento dos dados do projeto ..................................................194
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Configurações de fábrica] ................43
Mudança de variante através de OPC ................................................119
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Contador] .........................................42
Mudança de variante manual através do software VES004 ...............119
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Histórico] ..........................................43
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Parâmetros] .....................................43 N
Menu [Dispositivo] > [Resetar] > [Segurança].......................................43
Menu [Dispositivo] > [Separar] ..............................................................33 Nota prévia ..............................................................................................6
Menu [Dispositivo] > [Varrer a rede...] ...................................................35 Notas • Notes • Notes ..........................................................................220
Menu [Exibição] .....................................................................................50 Notas de segurança.................................................................................9
Menu [Exibição] > [Configurações]........................................................51 O
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Configurações gerais] .......51
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Diagnóstico] .......................53 O que são objetos?................................................................................47
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Exibição dos dados O que significam os símbolos e formatações? .......................................7
do projeto] ............................................................................................52 OPC .....................................................................................................211
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Exportação de dados] .......54
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Sistema eletrônico P
de diagnóstico VSExxx] .......................................................................52 Pictograma...........................................................................................211
Menu [Exibição] > [Configurações] > Aba [Unidades exibidas] ............51 Pictogramas .............................................................................................7
Menu [Exibição] > [Language] (Idioma) ................................................50 Profinet.................................................................................................212
Menu [Janela] ........................................................................................55
Menu [Janela] > [Empilhadas] ...............................................................55 R
Menu [Janela] > [Exibição] ....................................................................55
Registrar e exibir dados de medição ...................................................194
Menu [Janela] > [Fechar todas] .............................................................56
Registrar e salvar dados de medição ..................................................197
Menu [Janela] > [Fechar] .......................................................................56
Renomear registros dos dados de medição .......................................198
Menu [Janela] > [Janela] .......................................................................56
Requisitos do sistema ...........................................................................10
Menu [Janela] > [Lado a lado] ...............................................................55
RTC......................................................................................................212
Menu [Objeto] ........................................................................................47
Menu [Objeto] > [Abrir] ..........................................................................48 S
Menu [Objeto] > [Excluir] .......................................................................49
Se o tipo de sensor = outro sensor (sinal de corrente AC) ...................84
Menu [Objeto] > [Exportar] ....................................................................48
Se tipo de sensor = sinal de corrente DC .............................................83
Menu [Objeto] > [Importar] ....................................................................48
selecionar menu [Projeto] > [Novo...] ....................................................25
Menu [Objeto] > [Novo]..........................................................................48
Símbolos ..............................................................................................212
Menu [Objeto] > [Renomear] .................................................................49
Sobre esse manual ..................................................................................6
Menu [Parâmetros] ................................................................................45
Menu [Parâmetros] > [Dispositivo] ........................................................45 T
Menu [Parâmetros] > [Escrever no dispositivo] ....................................46
Menu [Parâmetros] > [Ler do dispositivo]..............................................46 TCP ......................................................................................................212
Menu [Parâmetros] > [Novo] .................................................................45 Tipo de dados ......................................................................................213
Menu [Projeto] .......................................................................................24 Tipos de entrada projetáveis .................................................................90
Menu [Projeto] > [Abrir...].......................................................................26 Tipos de monitoramento ......................................................................188
Menu [Projeto] > [Cópia de segurança...]..............................................29 Tipos de trigger ......................................................................................94

216
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Index

Trigger de entrada analógica.................................................................94 VNB001 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba
Trigger de entrada dinâmica..................................................................94 [Saídas] ..............................................................................................154
Trigger de entrada externa ....................................................................94 VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [IN1_Valor excedido_EP1] >
Trigger de velocidade de rotação constante .........................................94 Aba [Configuração] ............................................................................160
VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [IN1_Valor excedido_EP1] >
U Aba [Processamento].........................................................................161
VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [INT_v_RMS_tempo_U1] >
UDP .....................................................................................................213 Aba [Configuração] ............................................................................160
Utilização adequada ................................................................................9 VNB001 > ... > Detalhe [Objetos] > [INT_v_RMS_tempo_U1] >
Aba [Processamento].........................................................................160
V VNB001 > Objeto [VNB001_#] > [Parâmetros_#] ...............................151
Variante ativa determinada pelo estado de uma E/S ..........................117 VNB001 > Objeto [VNB001_#] > Detalhe [Configurações do
Variante ativa determinada pelo estado de várias E/S (valor dispositivo] .........................................................................................146
calculado de forma binária)................................................................119 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe
Verificar e configurar endereço IP do PC ..............................................18 [Ações] ...............................................................................................170
Vista detalhada ......................................................................................15 VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe
[Dispositivo] ........................................................................................167
visualização em árvore ..........................................................................14
VNB211 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe
VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe [Endereço] ..........................................................................................169
[Ações] .................................................................................................149
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos
VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe atribuídos]...........................................................................................176
[Dispositivo] .........................................................................................146
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos
VNB001 > ... > [Configurações do dispositivo] > Detalhe suportados] ........................................................................................173
[Endereço]............................................................................................148
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Documentação] ........173
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos
atribuídos]...........................................................................................156 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas
analógicas (DC)] > [IN 1]....................................................................178
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Dispositivos
suportados] ........................................................................................152 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas
dinâmicas (AC)] > [Interno] ................................................................178
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Documentação] ........153
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Informações do
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas dispositivo] .........................................................................................174
analógicas (DC)] > [IN 1]....................................................................158
VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ..........................186
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Entradas
dinâmicas (AC)] > [Interno] ................................................................158 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] .........172
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > ... > Detalhe [Informações VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] .........................177
do dispositivo] ....................................................................................154 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] .........................184
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ..........................164 VNB211 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ...........................179
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] .........152 VNB211 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Manipular o dispositivo] ........170
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] .........................157 VNB211 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Reiniciar o dispositivo]..........171
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] .........................162 VNB211 > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipo de alarme > Aba
VNB001 > ... > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ...........................159 [Configuração] .....................................................................................187
VNB001 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Manipular o dispositivo] ........149 VNB211 > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipo de alarme > Aba
[Fonte] ................................................................................................187
VNB001 > ... > Detalhe [Ações] > Aba [Reiniciar o dispositivo]..........150
VNB211 > ... > Detalhe [Dispositivo] > Aba [Configuração]................168
VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT1_Alarme prévio] >
Aba [Configuração] ............................................................................164 VNB211 > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos] > Aba
[Dispositivos] ......................................................................................176
VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT1_Alarme prévio] >
Aba [Fonte].........................................................................................165 VNB211 > ... > Detalhe [Dispositivos suportados] > Aba
[Configuração] ....................................................................................173
VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT2_Alarme principal] >
Aba [Configuração] ............................................................................165 VNB211 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Aplicação]...............173
VNB001 > ... > Detalhe [Alarmes] > [OUT2_Alarme principal] > VNB211 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Descrição] ..............173
Aba [Fonte].........................................................................................165 VNB211 > ... > Detalhe [Endereço] > Aba [Configuração]..................169
VNB001 > ... > Detalhe [Dispositivo] > Aba [Configuração]................147 VNB211 > ... > Detalhe [Histórico] > Armazenamento dos
VNB001 > ... > Detalhe [Dispositivos atribuídos] > Aba valores de medição ............................................................................185
[Dispositivos] ......................................................................................156 VNB211 > ... > Detalhe [Histórico] > Relógio em tempo real..............185
VNB001 > ... > Detalhe [Dispositivos suportados] > Aba VNB211 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba
[Configuração] ....................................................................................152 [Dependências de objeto] ..................................................................174
VNB001 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Aplicação]...............153 VNB211 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba
VNB001 > ... > Detalhe [Documentação] > Aba [Descrição] ..............153 [Menu do dispositivo] .........................................................................175
VNB001 > ... > Detalhe [Endereço] > Aba [Configuração]..................148 VNB211 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba
[Saídas] ..............................................................................................174
VNB001 > ... > Detalhe [Histórico] > Armazenamento dos
valores de medição ............................................................................163 VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Configuração] .............183
VNB001 > ... > Detalhe [Histórico] > Relógio em tempo real..............162 VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] ..........183
VNB001 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba VNB211 > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos .........................180
[Dependências de objeto] ..................................................................154 VNB211 > ... > Tipos de objetos > [a-Peak (faixa de tempo)] ............182
VNB001 > ... > Detalhe [Informações do dispositivo] > Aba VNB211 > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS] (faixa de
[Menu do dispositivo] .........................................................................155 tempo) ................................................................................................181

217
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Index

VNB211 > ... > Tipos de objetos > [Monitor de limite superior], VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Dispositivos
[Monitor de limite inferior] ....................................................................182 atribuídos].............................................................................................77
VNB211 > Objeto [VNB211_#] > [Parâmetros_#] ...............................172 VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Dispositivos
VNB211 > Objeto [VNB211_#] > Detalhe [Configurações do suportados] ..........................................................................................72
dispositivo] .........................................................................................167 VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Documentação] ...............73
VSE > ... > [Ações] > Aba [Manipular o dispositivo]..............................64 VSE > ... > Detalhe [Configuração geral] > [Informações do
VSE > ... > [Ações] > Aba [Mudança de variante].................................64 dispositivo] ...........................................................................................74
VSE > ... > [Ações] > Aba [Reiniciar o dispositivo] ...............................65 VSE > ... > Detalhe [Configurações do dispositivo] >
[PROFINET IO] ....................................................................................62
VSE > ... > [Alarme prévio] > Aba [Autoteste] .....................................134
VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Estado do objeto] ..........................123
VSE > ... > [Alarme prévio] > Aba [Configuração]...............................134
VSE > ... > [Alarme prévio] > Aba [Fonte] ...........................................134 VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Soma] ............................................124
VSE > ... > [Alarme principal] > Aba [Autoteste] .................................135 VSE > ... > Detalhe [Contador] > [Tempo de funcionamento] ............124
VSE > ... > [Alarme principal] > Aba [Configuração] ...........................135 VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Ativação do alarme] ...............123
VSE > ... > [Alarme principal] > Aba [Fonte] .......................................135 VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Configuração].........................122
VSE > ... > Detalhe [Contador] > Aba [Resetar] (apenas VSE100) ....123
VSE > ... > [Autoteste] > Aba [Configuração]......................................138
VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas analógicas (DC)] ..............86
VSE > ... > [Contador] > Aba [Autoteste] ............................................137
VSE > ... > [Contador] > Aba [Configuração] ......................................137 VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas analógicas (DC)] >
[IN #] .....................................................................................................87
VSE > ... > [Contador] > Aba [Fonte] ..................................................137
VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas dinâmicas (AC)]................80
VSE > ... > [Definido pelo usuário] > Aba [Autoteste] .........................136
VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas dinâmicas (AC)] >
VSE > ... > [Definido pelo usuário] > Aba [Configuração] ...................136 [Sensor #] .............................................................................................81
VSE > ... > [Definido pelo usuário] > Aba [Fonte] ...............................136 VSE > ... > Detalhe [Entradas] > [Entradas externas]...........................91
VSE > ... > [Dispositivo] > Aba [Configuração]......................................60 VSE > ... > Detalhe [Histórico] > Armazenamento dos valores
VSE > ... > [Dispositivos atribuídos] > Aba [Dispositivos] .....................77 de medição.........................................................................................126
VSE > ... > [Dispositivos suportados] > Aba [Configuração].................72 VSE > ... > Detalhe [Histórico] > Parâmetros ......................................127
VSE > ... > [Documentação] > Aba [Aplicação] ....................................73 VSE > ... > Detalhe [Histórico] > Relógio em tempo real ....................125
VSE > ... > [Documentação] > Aba [Descrição] ....................................73 VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Configuração] ....................104
VSE > ... > [Endereço] > Aba [Configuração] .......................................61 VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Faixa de frequência] .........106
VSE > ... > [Entradas analógicas (DC)] > [IN #] > Área VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Número de médias]...........111
[Configuração] ......................................................................................89 VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] (faixa
VSE > ... > [Entradas analógicas (DC)] > [IN #] > Área de frequência) ....................................................................................106
[Identificação] .......................................................................................88 VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Processamento] (Faixa
VSE > ... > [Entradas dinâmicas (AC)] > [Sensor #] > Aba de tempo) ...........................................................................................108
[Autoteste] ............................................................................................85 VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Subobjetos] .......................105
VSE > ... > [Entradas dinâmicas (AC)] > [Sensor #] > Aba VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Trigger] ..............................109
[Configuração] ......................................................................................82
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > ... > Aba [Valores limite]....................110
VSE > ... > [Entradas externas] > [Externo_#] > [Configuração] ..........92
VSE > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos .................................99
VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências
de objeto]..............................................................................................76 VSE > ... > Detalhe [Objetos] > Tipos de objetos> Abas ....................104
VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Dependências VSE > ... > Detalhe [Trigger] > [Configuração]......................................95
de trigger] .............................................................................................75 VSE > ... > Detalhe [Trigger] > [Configuração] > Área
[Configuração] ......................................................................................96
VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [E/S digitais] ...............75
VSE > ... > [Informações do dispositivo] > Aba [Saídas] ......................74 VSE > ... > Detalhe [Trigger] > [Configuração] > Área
[Identificação] .......................................................................................95
VSE > ... > [PROFINET IO] > Aba [Configuração] ................................62
VSE > ... > Detalhe [Variantes] > Aba [Ativação] (apenas
VSE > ... > [PROFINET IO] > Aba [Informação] ...................................63 VSE100) .............................................................................................116
VSE > ... > [Segurança] > Aba [Direitos de acesso] .............................68 VSE > ... > Detalhe [Variantes] > Aba [Configuração] ........................115
VSE > ... > [Segurança] > Aba [Senhas] ...............................................66 VSE > ... > Tipos de objetos > [a-Peak (faixa de tempo)]...................103
VSE > ... > [Teste] > Aba [LEDs] ...........................................................70 VSE > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS] (faixa de
VSE > ... > [Teste] > Aba [Saídas] ........................................................70 tempo) ................................................................................................102
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Autoteste] ..........133 VSE > ... > Tipos de objetos > [a-RMS], [v-RMS], [d-RMS]
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba (faixa de frequência) ..........................................................................100
[Configuração] ....................................................................................132 VSE > ... > Tipos de objetos > [Desbalanceamento] ............................99
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > [Analógico] > Aba [Fonte] ................133 VSE > ... > Tipos de objetos > [Mancal de rolamentos] ......................100
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme ...............................130 VSE > ... > Tipos de objetos > [Monitor de limite superior],
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Alarme [Monitor de limite inferior]...................................................................103
prévio].................................................................................................134 VSE > ... > Tipos de objetos > [Outros]...............................................101
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Alarme VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes] ........................................129
principal] .............................................................................................135 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Alarmes]> Visão geral ..................129
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Autoteste] ..........138 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Configuração geral] ........................72
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Contador] ..........137 VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Contador] ......................................121
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme > [Definido pelo VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Contador]> Visão geral.................121
usuário] ................................................................................................136
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Entradas] ........................................78
VSE > ... > Detalhe [Alarmes] > Tipos de alarme>[Analógico] ...........131
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Histórico] .......................................125
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Objetos] ..........................................97

218
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Index

VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] ..............................139


VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba
[Configuração] ....................................................................................139
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba
[Entrada].............................................................................................140
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba
[Resumo] ............................................................................................144
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [PROFINET IO] > Aba
[Saída] ................................................................................................142
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Trigger] ...........................................93
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes]......................................114
VSE > [Parâmetros_#] > Detalhe [Variantes] > Funcionamento ........114
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo] ..............59
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]
> [Ações] ..............................................................................................64
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]
> [Barramento de campo] ....................................................................62
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]
> [Dispositivo] .......................................................................................60
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]
> [Endereço].........................................................................................61
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]
> [Segurança].......................................................................................66
VSE > [VSEnnn_#] > Detalhe [Configurações do dispositivo]
> [Teste] ...............................................................................................70
VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Configurações] ................................58
VSE > Dispositivo [VSEnnn_#] > [Parâmetros_#].................................71

219
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Notas • Notes • Notes

14 Notas • Notes • Notes

220
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Notas • Notes • Notes

221
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Notas • Notes • Notes

222
ifm Manual original do software Software de parametrização para efector octavis v1.20.11 2017-09-21
Notas • Notes • Notes

223
15 ifm a nível mundial • ifm worldwide
• ifm à l’échelle internationale
Versão: 2015-03-06 8310

www.ifm.com • E-mail: info@ifm.com


Hotline de serviço: 0800 16 16 16 4 (apenas Alemanha, seg...sex, 07.00...18.00 h)
Filiais da ifm • Sales offices • Agences
D ifm electronic gmbh Vertrieb Deutschland
Niederlassung Nord • 31135 Hildesheim • Tel. 0 51 21 / 76 67-0
Niederlassung West • 45128 Essen • Tel. 02 01 / 3 64 75 -0
Niederlassung Mitte-West • 58511 Lüdenscheid • Tel. 0 23 51 / 43 01-0
Niederlassung Süd-West • 64646 Heppenheim • Tel. 0 62 52 / 79 05-0
Niederlassung Baden-Württemberg • 73230 Kirchheim • Tel. 0 70 21 / 80 86-0
Niederlassung Bayern • 82178 Puchheim • Tel. 0 89 / 8 00 91-0
Niederlassung Ost • 07639 Tautenhain • Tel. 0 36 601 / 771-0
ifm electronic gmbh • Friedrichstraße 1 • 45128 Essen

A ifm electronic gmbh • 1120 Wien • Tel. +43 16 17 45 00


AUS ifm efector pty ltd. • Mulgrave Vic 3170 • Tel. +61 3 00 365 088
B, L ifm electronic N.V. • 1731 Zellik • Tel. +32 2 / 4 81 02 20
BR ifm electronic Ltda. • 03337-000, Sao Paulo SP • Tel. +55 11 / 2672-1730
CH ifm electronic ag • 4 624 Härkingen • Tel. +41 62 / 388 80 30
CN ifm electronic (Shanghai) Co. Ltd. • 201203 Shanghai • Tel. +86 21 / 3813 4800
CND ifm efector Canada inc. • Oakville, Ontario L6K 3V3 • Tel. +1 800-441-8246
CZ ifm electronic spol. s.r.o. • 25243 Průhonice • Tel. +420 267 990 211
DK ifm electronic a/s • 2605 BROENDBY • Tel. +45 70 20 11 08
E ifm electronic s.a. • 08820 El Prat de Llobregat • Tel. +34 93 479 30 80
F ifm electronic s.a. • 93192 Noisy-le-Grand Cedex • Tél. +33 0820 22 30 01
FIN ifm electronic oy • 00440 Helsinki • Tel . +358 75 329 5000
GB, IRL ifm electronic Ltd. • Hampton, Middlesex TW12 2HD • Tel. +44 208 / 213-0000
GR ifm electronic Monoprosopi E.P.E. • 15125 Amaroussio • Tel. +30 210 / 6180090
H ifm electronic kft. • 9028 Györ • Tel. +36 96 / 518-397
I ifm electronic s.a. • 20041 Agrate-Brianza (MI) • Tel. +39 039 / 68.99.982
IL Astragal Ltd. • Azur 58001 • Tel. +972 3 -559 1660
IND ifm electronic India Branch Office • Kolhapur, 416234 • Tel. +91 231-267 27 70
J efector co., ltd. • Chiba-shi, Chiba 261-7118 • Tel. +81 043-299-2070
MAL ifm electronic Pte. Ltd • 47100 Puchong Selangor • Tel. +603 8063 9522
MEX ifm efector S. de R. L. de C. V. • Monterrey, N. L. 64630 • Tel. +52 81 8040-3535
N Sivilingeniør J. F. Knudtzen A/S • 1396 Billingstad • Tel. +47 66 / 98 33 50
NL ifm electronic b.v. • 3843 GA Harderwijk • Tel. +31 341 / 438 438
P ifm electronic s.a. • 4410-136 São Félix da Marinha • Tel. +351 223 / 71 71 08
PL ifm electronic Sp. z o.o. • 40-106 Katowice • Tel. +48 32-608 74 54
RA, ROU ifm electronic s.r.l. • 1107 Buenos Aires • Tel. +54 11 / 5353 3436
ROK ifm electronic Ltd. • 140-884 Seoul • Tel. +82 2 / 790 5610
RP Gram Industrial, Inc. • 1770 Mantilupa City • Tel. +63 2 / 850 22 18
RUS ifm electronic • 105318 Moscow • Tel. +7 495 921-44-14
S ifm electronic a b • 41250 Göteborg • Tel. +46 31 / 750 23 00
SGP ifm electronic Pte. Ltd. • Singapore 609 916 • Tel. +65 6562 8661/2/3
SK ifm electronic s.r.o. • 835 54 Bratislava • Tel. +421 2 / 44 87 23 29
THA SCM Allianze Co., Ltd. • Bangkok 10 400 • Tel. +66 02 615 4888
TR ifm electronic Ltd. Sti. • 34381 Sisli/Istanbul • Tel. +90 212 / 210 50 80
UA TOV ifm electronic • 02660 Kiev • Tel. +380 44 501 8543
USA ifm efector inc. • Exton, PA 19341 • Tel. +1 610 / 5 24-2000
ZA ifm electronic (Pty) Ltd. • 0157 Pretoria • Tel. +27 12 345 44 49
Reservamo-nos o direito a alterações técnicas sem aviso prévio.
We reserve the right to make technical alterations without prior notice.
Nous nous réservons le droit de modifier les données techniques sans préavis.

224