Você está na página 1de 3

Agrupamento GIL VICENTE

Ano Letivo de 2012/2013


Ficha de Currículo da disciplina de Português – 8.º ano Manual: Diálogos, Porto Editora

Artigo 14.º, ponto 8, do Despacho n.º 5328/2011, de 28 de Março.


Unidades Competências /Conteúdos Aulas
Períodos Temáticas (Apresentados por ordem alfabética) previstas
Leitura
Categorias da narrativa. (Estrutura da narrativa. Organização das sequências narrativas.)
8.º A/B
Contexto.
Unidade 0 Facto e opinião.
64x45 min.
Informação: localização; organização; tratamento
Diagnose Intenção comunicativa. 8.ºC/D
Intertexto/intertextualidade – paródia, paráfrase 63x45 min.
Paratexto.
Texto argumentativo (crítica, cartoon, publicidade).
Unidade 1 Texto conversacional (entrevista).
Texto descritivo (retrato).
Textos não Texto expositivo (de divulgação científica).
Texto literário
literários «O Texto não literário.
mundo aqui Texto narrativo literário: (Conto tradicional. Mito. Fábula. Lenda. Romance tradicional. Romance juvenil. Diário).
tão perto» Texto narrativo não literário (notícia, reportagem, banda desenhada).
Compreensão e Expressão oral
Características da fala espontânea.
Diálogo.
Entoação.
Unidade 2 Estratégias discursivas.
Formas de tratamento.
Texto literário Informação: registo e retenção; tomar notas.
(modo Princípios reguladores da interação discursiva.
Recursos linguísticos e extralinguísticos (leitura dialogada).
narrativo) Texto oral.
«Literatura Tipologias textuais: texto conversacional (entrevista), expositivo (exposição oral), argumentativo (exposição de
popular e opiniões, debate).
Escrita
tradicional» Carta de reclamação.
Coerência textual.
Convenções e regras para a configuração gráfica.
Guiões de Leitura
Unidade 3 Plano do texto.
Pontuação e sinais auxiliares de escrita.
1.º Texto literário Registo formal/informal.
Reprodução do discurso no discurso (discurso direto e indireto).
Período (modo Sequência argumentativa (texto de opinião, comentário crítico).
narrativo) Sequência descritiva
Sequência narrativa
«Narrativas
juvenis» Oficinas de escrita:
Notícia
Comentário (120 palavras)
Texto narrativo
Obra extensa: Texto descritivo
Resumo
Os Conhecimento explícito da língua
Adjetivo (subclasses).
sonhadores, Advérbio (subclasses). - de frase e advérbio conectivo
António Mota Classe aberta de palavras.
Classe fechada de palavras.
Coerência; coesão.
Conectores discursivos.
Dicionário.
Discurso direto e indireto.
Figuras de retórica e tropos (ironia, eufemismo, perífrase personificação e metáfora).
Flexão.
Formas de destaque.
Homonímia, homofonia, homografia e paronímia.
Nome (subclasses).
Onomatopeia.
Pronome. (pessoal reflexo e recíproco e a sua posição ma frase. / Identificação do antecedente de pronome)
Relações semânticas entre palavras.
Sentidos explícitos e implícitos.
Sílaba métrica e sílaba gramatical.
Sinais auxiliares da escrita.
Sinais de pontuação.
Tipos de frase.
Valor temporal
Verbo auxiliar (dos tempos compostos, da passiva e temporais)
Verbo principal.
Verbo: tempos e modos (simples e compostos)

1
Artigo 14.º, ponto 8, do Despacho n.º 5328/2011, de 28 de Março.
Unidades Competências /Conteúdos Aulas
Períodos Temáticas (Apresentados por ordem alfabética) previstas
Leitura
Categorias da narrativa. (Estrutura da narrativa. Organização das sequências narrativas.)
8.º A/B
Contexto.
Unidade 3 Estilo.
47x45 min.
Informação: localização; organização; tratamento.
Texto literário Intenção comunicativa. 8.ºC
(modo 45x45 min.
Intertexto/intertextualidade.
narrativo) Paratexto.
Tema. 8.ºD
«Narrativas Texto argumentativo (crónica). 49x45 min.
juvenis» Texto conversacional (verbos introdutores do relato no discurso; marcas gráficas).
Texto descritivo (espaço e personagem).
(Continuação) Texto literário – modo narrativo.
Texto narrativo (Romance juvenil. Crónica. Conto. Biografia ficcionada).

Compreensão e Expressão oral


Obra extensa: Características da fala espontânea.
Diálogo.
O conto da Entoação.
ilha Estratégias discursivas.
Formas de tratamento.
desconhecida, Informação: registo e retenção; tomar notas.
José Saramago Princípios reguladores da interação discursiva.
Recursos linguísticos e extralinguísticos (leitura dialogada).
Texto oral.
Tipologias textuais: texto conversacional (entrevista), expositivo (exposição oral), argumentativo (exposição de
opiniões, debate).
Unidade 4 Escrita
Coerência textual.
Texto literário Convenções e regras para a configuração gráfica.
2.º (modo Guiões de leitura
Plano do texto.
Período narrativo) Pontuação e sinais auxiliares de escrita.
«Narrativas Reprodução do discurso no discurso (discurso direto e indireto).
portuguesas Resumo.
Sequência descritiva.
do século XX» Sequência narrativa

Oficinas de escrita:
Texto biográfico
Obra extensa: Crónica
Resumo
Obra a decidir Texto argumentativo
Conhecimento explícito da língua
pelos alunos Advérbio conectivo e uso da vírgula.
da lista Afixação: derivação não afixal.
Complemento agente da passiva.
apresentada Derivação. Composição.
nas Metas Determinante indefinido e relativo.
Curriculares Elipse.
Formação de palavras.
para a Frase ativa e frase passiva.
disciplina Grupo nominal, grupo verbal, grupo adverbial, grupo preposicional, grupo adjetival.
Modificador de frase e modificador do GV.
Modificador do nome.
Predicado: funções sintáticas internas ao GV
Quantificador.
Sujeito (simples, composto, nulo).
Tipos de frase.
Verbo: tempos e modos (simples e compostos)
Verbos defetivos impessoais, unipessoais.
Verbos regulares e irregulares.

2
Unidades Competências /Conteúdos Aulas
Períodos Temáticas (Apresentados por ordem alfabética) previstas
Leitura
Categorias da narrativa.
Contexto
Unidade 5 Elementos constitutivos da poesia lírica (convenções versificatórias). 8.º A
Elementos constitutivos do drama e espetáculo teatral. 47x45 min.
Texto Informação: localização; organização; tratamento.
literário Intertexto/intertextualidade 8.º B
(modo Modo dramático. 45x45 min.
Modo lírico.
narrativo) Modo narrativo. 8.ºC
«Narrativas Paratexto. 49x45 min.
Sequência textual.
dos países de Texto descritivo.
língua oficial Texto literário – modo dramático 8.ºD
Texto literário – modo lírico. 51x45 min.
portuguesa» Texto literário – modo narrativo,

Compreensão e Expressão oral


Características da fala espontânea.
Diálogo.
Entoação.
Unidade 6 Estratégias discursivas.
Formas de tratamento.
Texto literário Informação: registo e retenção; tomar notas.
Princípios reguladores da interação discursiva.
(modo Recursos linguísticos e extralinguísticos (leitura dialogada).
narrativo) Texto oral.
«Narrativas da Tipologias textuais: texto conversacional (entrevista), expositivo (exposição oral), argumentativo (exposição de
opiniões, debate).
literatura Escrita
estrangeira» Carta informal.
Coerência textual.
Unidade 7 Convenções e regras para a configuração gráfica.
3.º Escrita criativa
Período Guiões de leitura
Texto literário Plano do texto.
(modo Poema «à maneira de»
dramático) Poema visual
Pontuação e sinais auxiliares de escrita.
Recursos expressivos.
Sequência argumentativa.
Sequência descritiva.
Obra extensa:
Oficinas de escrita:
Os Doze de Texto argumentativo
Inglaterra, Carta
Diário
António
Torrado Conhecimento explícito da língua
Amálgama, empréstimo.
Campo lexical
Campo semântico.
Unidade 8 Co o dâ ia do ve o o o sujeito o stituído pelo p o o e elativo ue
Conjunção coordenativa e subordinativa.
Coordenação assindética.
Texto literário Coordenação.
(modo lírico) Dicionário
Frase complexa: subordinação
Frase simples e complexa.
Locução conjuncional.
Neologismo.
Relação semântica entre palavras
Subordinação.
Sujeito frásico
Valor de tempos verbais
Variedades do português. Posição do pronome pessoal átono.
Verbo: tempos e modos (simples e compostos)

Urgezes, setembro de 2012

A professora de português,
Cristina Fontes

Powered by TCPDF (www.tcpdf.org)