Você está na página 1de 90

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E


COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

EDITAL DE LICITAÇÃO

PLANEJAMENTO Nº. 305/2016


MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº. 305/2016
Tipo: MENOR PREÇO

Objeto: contratação de empresa especializada na prestação de serviços de transporte de água potável, na


REGIÃO DE MONTES CLAROS, conforme demanda e necessidades do Gabinete Militar do
Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, conforme especificação técnica e condições
comerciais descritas no Anexo I deste instrumento convocatório.

RECIBO

A Empresa__________________________________________________ CNPJ n°.

__________________________, retirou este Edital de licitação e deseja ser informada de qualquer

alteração pelo e-mail: _______________________ou pelo fax: ___________________________

________________________ , aos _______ /_______ / _______

_________________________________________________
(Assinatura)

OBS.: ESTE RECIBO DEVERÁ SER REMETIDO À CPL - GMG/CEDEC PELO FAX: 055 31 3916-
7598 OU PELO E-MAIL: dlc@gabinetemilitar.mg.gov.br PARA EVENTUAIS COMUNICAÇÕES AOS
INTERESSADOS, QUANDO NECESSÁRIO.

Diretoria de Licitações e Contratos 1

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ÍNDICE

1 –
PREÂMBULO........................................................................................................................................03

2 – OBJETO.............................. .... ............................................................................................................03

3 - DOS ÓRGÃOS PARTICIPANTES E NÃO


PARTICIPANTES................................................................03

4 - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO ..............................................................................................05

5 - DA ENTREGA DOS ENVELOPES .......................................................................................................06

6 - DO CREDENCIAMENTO .................................................................................................................. 07

7 - DAS PROPOSTAS COMERCIAIS .................................................................................................... 09

8 - DA SESSÃO DO PREGÃO E DO JULGAMENTO ............................................................................. 09

9 - DA HABILITAÇÃO ............................................................................................................................ 13

10 - DOS RECURSOS ........................................................................................................................... 16

11 - DO REGISTRO DO PREÇO E DA HOMOLOGAÇÃO ..................................................................... 16

12 – FORMALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO ................................................................. 17

13 - DA VIGENCIA DA ATA ................................................................................................................... 17

14 - DAS ALTERAÇÕES DOS PREÇOS DA ATA .................................................................................. 17

15 - DO CANCELAMENTO DO REGISTRO DE
PREÇOS..........................................................................18

16 - DA
CONTRATAÇÃO............................................................................................................................20

17 - DO
PAGAMENTO................................................................................................................................20

18 - DAS SANÇÕES
ADMINISTRATIVAS..................................................................................................20

19 - DISPOSIÇÕES GERAIS ................................................................................................................. 20

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ................................................................................................... 23

ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA


MENSAL.......................................................................................36

ANEXO III - MODELO DE


CREDENCIAMENTO........................................................................................49

ANEXO IV - MODELO DA PROPOSTA COMERCIAL ............................................................................ 50

ANEXO V - MODELO DO LAUDO DE


VISTORIA.......................................................................................51

Diretoria de Licitações e Contratos 2

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ANEXO VI - MODELO DOS


ADESIVOS.....................................................................................................53

ANEXO VII - MODELO DO


CODE..............................................................................................................54

ANEXO VIII - MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE


PREÇOS..................................................................55

ANEXO IX – MINUTA DE TERMO DE ADESÃO PARA


CARONA..............................................................64

ANEXO X – MINUTA DO CONTRATO........................................................................................................


NORMAS DA LICITAÇÃO

1 – PREÂMBULO

O GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS, por intermédio do Gabinete Militar do Governador,


realizará a licitação na modalidade Pregão Presencial, em sessão pública, para contratação de empresa
especializada na prestação de serviços de transporte de água potável, na REGIÃO DE MONTES
CLAROS, de acordo com demanda e necessidades do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria
Estadual de Defesa Civil, conforme especificações descritas no Termo de Referência no ANEXO I deste
instrumento convocatório.
Este pregão será regido pela Lei Federal nº. 10.520, de 17 de julho de 2002, Lei Estadual nº. 14.167, de
10 de janeiro de 2002, Lei Complementar nº. 123, de 14 de dezembro de 2006 e suas alterações
posteriores, pelos Decretos nº. 44.786 de 18 de abril de 2008, nº. 44.630, de 03 de outubro de 2007, nº.
45.902, de 27 de janeiro de 2012, nº. 46.373, de 16 de dezembro de 2013, nº. 46.311, de 16 de
setembro de 2013 e suas alterações posteriores, pela Resolução Conjunta SEPLAG/SEF nº. 8.727, de
21 de setembro de 2012, pela Resolução SEPLAG nº 058, de 30 de novembro de 2007, Resolução
SEPLAG nº. 09 de 16 de fevereiro de 2009, Resolução Conjunta SEPLAG/SEF Nº 4.264 de 21 de
outubro de 2010, aplicando-se, subsidiariamente a Lei Federal nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, com
suas alterações posteriores.
O pregão será realizado pelo Pregoeiro Tenente PM Marcelo Batista de Oliveira e, na sua ausência, pelo
Tenente PM Antônio Pedro de Faria, e equipe de apoio, constituída pelos seguintes servidores: Sargento
PM Marcos Vinícius Barbosa, Sargento PM Emerson Gonçalves Ribeiro, Sargento PM Herlon de Oliveira
Gomes, designados por Ato do Chefe do GMG, publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais
em 02/03/2016. O Pregoeiro terá a assessoria de membros técnicos e da Assessoria Jurídica do GMG.

2 – OBJETO

2.1 - Constitui objeto da presente licitação a contratação de empresa especializada na prestação de


serviços de transporte de água potável, na REGIÃO DE MONTES CLAROS, de acordo com demanda e

Diretoria de Licitações e Contratos 3

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

necessidades do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, conforme


especificação técnica e condições comerciais, descritas nos Anexos deste instrumento convocatório.

3 - DOS ÓRGÃOS PARTICIPANTES E NÃO PARTICIPANTES


3.1. Órgão Gerenciador
3.1.1. O órgão gerenciador será o Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa
Civil.
3.2. Órgãos Não Participantes
3.2.1. A Ata de Registro de Preços, durante sua vigência, poderá ser utilizada por qualquer órgão da
Administração Pública Estadual, que não tenha participado do certame licitatório, mediante consulta
prévia para manifestação sobre a possibilidade de adesão e autorização do Órgão Gerenciador, inclusive
quanto ao quantitativo, e submeter à anuência do fornecedor beneficiário, o qual deve optar pela
aceitação ou não do fornecimento decorrente da adesão, desde que não prejudique as obrigações
presentes e futuras decorrentes da Ata, assumidas com o Órgão Gerenciador.
3.2.2. Outros entes da Administração Pública e entidades privadas poderão igualmente utilizar-se da
ARP, como órgão ou entidade não participante, mediante prévia anuência do órgão gerenciador, desde
que observadas as condições estabelecidas no item 3.2.1 e no Decreto 46.311/13.
3.2.3. A adesão deverá ser devidamente justificada no processo administrativo do órgão ou entidade não
participante, pertinente à licitação, demonstrando a vantagem econômica na adesão à Ata, mencionando
ainda a similitude de condições, tempestividade do prazo, suficiência das quantidades e qualidades dos
bens a serem adquiridos, respeitando, no que couber, as condições e as regras estabelecidas no
Decreto Estadual n.º 46.311/13, e na Lei nº 8.666/93.
3.2.4. As aquisições ou contratações adicionais a que se refere esta cláusula observarão as seguintes
regras:
3.2.4.1. Não poderão exceder, por órgão ou entidade, a cem por cento dos quantitativos dos itens do
instrumento convocatório e registrados na ARP para o órgão gerenciador e órgãos participantes;
3.2.4.2. O quantitativo decorrente das adesões à ARP não poderá exceder, na totalidade, ao quíntuplo
do quantitativo de cada item registrado na ARP para o órgão gerenciador e órgãos participantes,
independentemente do número de órgãos não participantes que aderirem.
3.2.5. Ao órgão ou entidade não participante que aderir à presente ata e ao órgão ou entidade partícipe
competem, nos respectivos procedimentos instaurados, os atos relativos à cobrança do cumprimento
pelo fornecedor das obrigações contratualmente assumidas e a aplicação, observada a ampla defesa e o
contraditório, de eventuais penalidades decorrentes do descumprimento de cláusulas contratuais, em
relação às suas próprias contratações, informando todas as ocorrências ao órgão gerenciador, em
especial informar ao órgão gerenciador a eventual recusa do fornecedor em atender às condições
estabelecidas no edital, firmadas na ARP, as divergências relativas à entrega, características e origem
dos bens licitados, bem como a recusa em assinar o contrato para fornecimento;
Diretoria de Licitações e Contratos 4

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

3.3. As comunicações, informações e os termos de adesão realizados entre o órgão gerenciador e não
participantes serão formalizados, preferencialmente, em sistema informatizado, dispensando-se o
encaminhamento de documento impresso ao órgão gerenciador.
3.3.1. Excepcionalmente, por motivos de inviabilidade tecnológica, o órgão gerenciador poderá dispensar
a utilização de sistema informatizado no procedimento de registro de preços, mediante justificativa
anotada nos autos do procedimento de compra.
3.3.2. Na hipótese do item 3.3, as comunicações, informações e termos de adesão entre os órgãos
gerenciador e não participante poderão ser formalizados mediante correspondência eletrônica ou
qualquer outro meio eficaz, que deverão ser autuados.
3.4. As quantidades previstas para os itens com preços registrados poderão ser remanejadas ou
redistribuídas pelo órgão gerenciador entre os não participantes do procedimento licitatório para registro
de preços, observada como limite máximo a quantidade total registrada para cada item.
3.4.1. Caso o órgão gerenciador autorize o remanejamento de quantidades para órgãos não
participantes estes deverão obter a anuência do beneficiário da ARP, nos termos do § 2º do art. 19 do
Decreto Estadual 46.311/2013.
3.4.2. O órgão gerenciador somente poderá reduzir o quantitativo inicialmente informado pelo órgão
participante, com a sua anuência.

4 - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

4.1 - Poderão participar da presente licitação pessoas jurídicas legalmente autorizadas a atuarem no
ramo pertinente ao objeto desta licitação, que atendam a todas as exigências contidas neste Edital.
4.2 - No caso da participação de empresas reunidas em consórcio, deverá acompanhar os documentos
de habilitação, a comprovação de compromisso público ou particular do consórcio, subscrito pelas
empresas consorciadas, com apresentação da proporção de participação de cada uma das consorciadas
e indicação da empresa líder, que deverá representar as consorciadas perante o Estado de Minas
Gerais, observadas as normas do art. 33 da Lei 8.666/93 e, ainda, as normas do art. 15 do Decreto
Estadual nº 44.786/08.
4.2.1 - Na apresentação dos documentos exigidos nos arts. 28 a 31 da Lei 8.666/1993, por parte de cada
consorciado, admite-se, para efeito de qualificação técnica, o somatório dos quantitativos de cada
consorciado, e, para efeito de qualificação econômico-financeira, o somatório dos valores de cada
consorciado, na proporção de sua respectiva participação.
4.2.2 - As empresas consorciadas não poderão participar, na mesma licitação, de mais de um consórcio
ou de forma isolada.
4.2.3 - As empresas consorciadas serão solidariamente responsáveis pelas obrigações do consórcio na
fase de licitação e durante a execução do contrato.

Diretoria de Licitações e Contratos 5

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

4.2.4 - Antes da celebração do contrato, deverá ser promovida a constituição e o registro do consórcio,
nos termos do compromisso referido no item 4.2.
4.2.5 - Apenas os consórcios compostos exclusivamente por empresas de pequeno porte e
microempresas poderão usufruir dos benefícios legais da Lei Complementar nº 123/06, desde que a
soma do faturamento anual das empresas consorciadas não ultrapasse o limite previsto no inciso II,
artigo 3º da LC n.º 123/06 (R$3.600.000,00).
4.3 - Não poderão participar as empresas que:
4.3.1 - Encontrarem-se em situação de falência, concurso de credores, dissolução, liquidação ou
sociedade estrangeira não autorizada a funcionar no País.
4.3.2 - Estiverem suspensas temporariamente de participar de licitações ou impedidas de contratar com
a Administração Pública.
4.3.3 - Forem declaradas inidôneas para licitar e contratar com a Administração Pública Federal,
Estadual ou Municipal.
4.3.4 - Possuam como diretores, responsáveis técnicos ou sócios, servidor, empregado ou ocupante de
cargo comissionado do Governo do Estado de Minas Gerais ou que tenham tido vínculo há menos de
180 (cento e oitenta) dias anteriores à data da publicação deste Edital.
4.3.5 - Sociedades integrantes de um mesmo grupo econômico, assim entendidas aquelas que tenham
diretores, sócios ou representantes legais comuns, ou que utilizem recursos materiais, tecnológicos ou
humanos em comum, exceto se demonstrado que não agem representando interesse econômico
comum.
4.3.6 - Estiverem inclusas em uma das situações previstas no art.9° da Lei Federal n° 8.666/93.
4.3.7 - As empresas consorciadas não poderão participar de mais de um consórcio ou de forma isolada.
4.4 - É vedado a qualquer pessoa, física ou jurídica, representar mais de um licitante na presente
licitação.
4.5 - Cada licitante apresentará uma só proposta de acordo com as exigências deste Edital.
4.6 - O licitante arcará integralmente com todos os custos de preparação e apresentação de sua
proposta, independente do resultado do procedimento licitatório.

5 - DA ENTREGA DOS ENVELOPES

5.1 - Dos envelopes “PROPOSTA COMERCIAL” e “DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO”.


5.1.1 - Os envelopes “Proposta Comercial” e “Documentação de Habilitação” deverão ser indevassáveis,
hermeticamente fechados e entregues ao Pregoeiro, na sessão pública de abertura deste certame,
conforme endereço, dia e horário especificados abaixo.
5.1.1.1 - Local da sessão pública do pregão presencial: Sede do 10º Batalhão da Policia Militar de Minas

Gerais, localizado na Avenida Deputado Plínio Ribeiro nº. 2.810, Bairro Cintra, Montes Claros, Minas
Gerais – CEP: 39.402-900.
Diretoria de Licitações e Contratos 6

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

5.1.1.2 - Data da sessão pública do pregão presencial: 22/08/2016;


5.1.1.3 - Horário da sessão pública do pregão presencial: 09h00min;
5.1.2 - Os envelopes deverão ainda indicar em sua parte externa e frontal os seguintes dizeres:

GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR


PROCESSO Nº. _____ PREGÃO PRESENCIAL Nº. __________
ENVELOPE Nº 01 – PROPOSTA COMERCIAL
PROPONENTE: ____________________________________

GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR


PROCESSO Nº. _______ PREGÃO PRESENCIAL Nº. ________
ENVELOPE Nº. 02 – DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO
PROPONENTE:
_____________________________________________________________________

5.2 – O Gabinete Militar do Governador não se responsabilizará por envelopes de “Proposta Comercial”
e “Documentação de Habilitação” que não sejam entregues ao Pregoeiro designado, no local, data e
horário definido neste edital.

6 - DO CREDENCIAMENTO

6.1 - Na sessão pública de realização do pregão, o representante do licitante deverá se apresentar para
credenciamento, junto ao Pregoeiro, devidamente munido de documento que o credencie a participar
deste certame e a responder pela representada, devendo, ainda, identificar-se, exibindo a Cédula de
Identidade ou outro documento equivalente;
6.2 - No caso de sócio, proprietário, dirigente ou assemelhado da empresa licitante, deverá ser
apresentado cópia autenticada do Estatuto ou Contrato Social juntamente com as alterações que
comprovem sua capacidade de representação legal, com expressa previsão dos poderes para exercício
de direitos e assunção de obrigações. Em caso de administrador eleito em ato apartado, deverá ser
apresentada cópia da ata de reunião ou assembleia em que se deu a eleição;
6.2.1 – No caso de representação fora das hipóteses do item 6.2, o credenciamento far-se-á através de
instrumento público ou particular de procuração, com firma reconhecida, ou documento que comprove os
necessários poderes especiais para formular ofertas e lances de preços, e praticar todos os demais atos
pertinentes ao certame, em nome do licitante;
6.2.2 - No caso de credenciamento por instrumento particular de procuração, conforme modelo no
ANEXO III, com firma reconhecida de dirigente, sócio ou proprietário da empresa licitante, deverá ser
apresentada no momento do credenciamento, cópia autenticada do respectivo Estatuto ou Contrato
Social acompanhado da última alteração estatutária ou contratual, e ata de eleição da Diretoria em

Diretoria de Licitações e Contratos 7

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

exercício, no qual estejam expressos os poderes do signatário para exercer direitos e assumir
obrigações em decorrência de tal investidura;
6.3 – O fornecedor que desejar obter os benefícios previstos no Capítulo V da Lei Complementar Federal
nº. 123/06, disciplinados no Decreto Estadual nº. 44.630/07 e suas alterações e na Resolução SEPLAG
nº. 58, de 30 de novembro de 2007, contemplados no item 7.6.6 deste edital, deverá comprovar a
condição de Pequena Empresa quando do seu credenciamento junto ao Cadastro Geral de
Fornecedores do SIAD;
6.3.1 - As informações complementares para credenciamento poderão ser obtidas pela Central de
Atendimento aos Fornecedores – LigMinas – telefone: 155 (para Capital e cidades do interior de Minas
Gerais) ou (31) 3303-7999 (para outras localidades e celular);
6.3.2 - Para fins de registros cadastrais no CAGEF, a comprovação de condição de Pequena Empresa
dar-se-á nos termos da Resolução Conjunta SEPLAG/SEF nº. 8.727, de 21 de setembro de 2012, com a
apresentação:
6.3.2.1 - Se inscrita no Registro Público de Empresas Mercantis, do original ou de cópia autenticada da
declaração de enquadramento arquivada ou da certidão simplificada expedida pela Junta Comercial, ou
equivalente, da sede da Pequena Empresa;
6.3.2.2 - Se inscrita no Registro Civil de Pessoas Jurídicas, do original ou de cópia autenticada da
declaração de enquadramento arquivada ou da Certidão de Breve Relato do Cartório de Registro Civil de
Pessoas Jurídicas, ou equivalente, da sede da Pequena Empresa;
6.3.2.3 - De declaração de porte feita pelo representante da empresa, sob as penas da lei, na hipótese
de o Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas não emitir os documentos mencionados na cláusula
6.3.2.2, nos termos da Lei Complementar Federal n° 123/06, mediante a comprovação;
6.4 - A empresa licitante deverá apresentar declaração dando ciência de que cumpre plenamente os
requisitos de habilitação, conforme modelo a seguir:

DECLARAÇÃO

A empresa........................, CNPJ n.º ...................., declara, sob as penas da lei, que atende plenamente
a todos os requisitos de habilitação exigidos para participar do Pregão Presencial nº._______.
Data e local___________________________________________
Nome e assinatura do Diretor ou Representante Legal

6.4.1 – A Pequena Empresa que apresentar restrições na documentação relativa à comprovação de


regularidade fiscal deverá fazê-la constar da Declaração de que trata a cláusula 6.4 deste Edital,
conforme modelo a seguir:

Diretoria de Licitações e Contratos 8

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

DECLARAÇÃO

A empresa ........................................., CNPJ n.º ........................., declara, sob as penas da lei, possuir
restrição nos documentos de comprovação da regularidade fiscal, conforme faculdade prevista na Lei
Complementar Federal nº. 123, de 14 de dezembro de 2006, e se compromete a adotar todas as
medidas necessárias, em razão do prazo concedido para este fim, para tentar promover sua
regularização fiscal, caso venha a formular o lance vencedor, sob pena de aplicação do art. 12 da Lei
Estadual nº. 14167, de 10 de janeiro de 2002, cumprindo plenamente os demais requisitos de habilitação
para o Pregão ....................
Data e local
____ ___ ____ ___ ___ ___ ___ ___ ___ ____ ___ ___ ___ _

Nome e assinatura do Diretor ou Representante Legal

6.5 - A declaração de que trata a cláusula 6.4 deverá ser apresentada FORA DE QUALQUER
ENVELOPE, juntamente com os documentos exigidos para o credenciamento;
6.6 - Será admitido apenas 1 (um) representante para cada empresa licitante credenciada, sendo que
cada um deles poderá representar apenas uma credenciada;
6.7 - A ausência do credenciado importará a imediata exclusão do licitante da sessão de lances e
renúncia ao direito de manifestação de interposição de recursos;

7 – DAS PROPOSTAS COMERCIAIS

7.1 - As propostas comerciais deverão ser datilografadas ou impressas, em papel timbrado da empresa,
em uma via, com suas páginas numeradas e rubricadas, e a última assinada pelo representante legal da
empresa, sem emendas, acréscimos, borrões, rasuras, ressalvas, entrelinhas ou omissões, salvo se,
inequivocamente, tais falhas não acarretarem lesão ao direito dos demais licitantes, prejuízo à
Administração ou não impedirem a exata compreensão de seu conteúdo, observado o modelo constante
do Anexo IV, do edital, e deverão constar:
7.1.1 - Nome, CNPJ e inscrição estadual, endereço, telefone e fax da empresa proponente;
7.1.2 - Prazo de validade da proposta não inferior a 60 (sessenta) dias, contados da data estipulada para
a entrega dos envelopes;
7.1.3 - Prazo de entrega dos serviços não superior ao estabelecido no Anexo I, contados em dias
corridos a partir da emissão da nota de empenho;
7.1.4 – Declaração de que nos preços propostos encontram-se incluídos todos os tributos, encargos
sociais, frete até o destino e quaisquer outros ônus que porventura possam recair sobre o fornecimento
do objeto da presente licitação;
7.1.5 - Todos os preços ofertados deverão ser apresentados em moeda corrente nacional, em
algarismos com duas casas decimais após a vírgula, sendo que o preço total da proposta deverá ser
apresentado também por extenso;

Diretoria de Licitações e Contratos 9

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

7.1.6 - As MICROEMPRESAS – ME e EMPRESAS DE PEQUENO PORTE – EPP deverão anexar em


suas propostas comerciais a ficha de inscrição estadual na qual conste a opção pelo Simples Nacional,
podendo o pregoeiro, na sua falta, consultar a opção por este regime através do site:
http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional.
7.1.7 – A proposta deverá atender à totalidade da quantidade exigida em cada lote, não sendo aceitas
aquelas que contemplem apenas parte do objeto.
7.1.8 - A apresentação de Proposta implicará plena aceitação, por parte da licitante, das condições
estabelecidas neste Edital e em seus anexos.

8 – DA SESSÃO DO PREGÃO E DO JULGAMENTO

8.1 - No horário e local indicados na cláusula 4 deste edital, será aberta a sessão de Pregão, iniciando-
se com o credenciamento para identificação dos representantes dos licitantes interessados em participar
do certame.
8.2 – Conjuntamente com os respectivos credenciamentos, os licitantes entregarão ao Pregoeiro a
declaração de pleno atendimento às exigências do edital e os envelopes contendo a Proposta Comercial
e os Documentos de Habilitação.
8.2.1 – O pregoeiro deverá consultar o CAGEF para obtenção de informações relativas ao porte das
empresas.
8.3 - Iniciada a abertura do primeiro envelope de proposta, estará encerrado o credenciamento e, por
consequência, a possibilidade de admissão de novos participantes no certame.

8.4 - CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS COMERCIAIS


8.4.1 - Abertos os envelopes de propostas comerciais, estas serão analisadas verificando-se o
atendimento a todas as especificações e condições estabelecidas neste Edital e seus Anexos, sendo
imediatamente desclassificadas aquelas que estiverem em desacordo.
8.4.2 - O Pregoeiro classificará o autor da proposta de menor preço por lote e aqueles que tenham
apresentado propostas em valores sucessivos e superiores em até 10% (dez por cento) àquela de menor
preço para participarem dos lances verbais.
8.4.3 - Se não houver, no mínimo, 3 (três) propostas de preços nas condições definidas na cláusula
anterior, o Pregoeiro classificará as melhores propostas subsequentes, até o máximo de 3 (três), incluída
a proposta de melhor preço, para que seus autores participem dos lances verbais, quaisquer que sejam
os preços oferecidos nas propostas apresentadas.
8.4.3.1 - No caso de empate nos preços, serão admitidas todas as propostas empatadas,
independentemente do número de licitantes.

8.5 - DOS LANCES VERBAIS

Diretoria de Licitações e Contratos 10

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

8.5.1 - Aos licitantes classificados será dada a oportunidade para nova disputa, por meio de lances
verbais e sucessivos, de valores distintos e decrescentes, a partir do autor da proposta classificada de
maior preço e os demais.
8.5.2 - Se duas ou mais propostas, em absoluta igualdade de condições, ficarem empatadas, o sistema
determinará a ordem de apresentação dos lances.
8.5.3 - A desistência em apresentar lance verbal, quando convocado pelo pregoeiro, implicará na
exclusão do licitante da etapa de lances verbais e na manutenção do último preço apresentado pelo
licitante, para efeito de posterior ordenação das propostas.
8.5.4 - A etapa de lances será considerada encerrada quando todos os participantes dessa etapa
declinarem da formulação de lances.
8.5.5 - Não poderá haver desistência dos lances ofertados, sujeitando-se o licitante desistente às
penalidades constantes deste Edital.

8.6 - JULGAMENTO
8.6.1 - O critério de julgamento será o de MENOR PREÇO ofertado POR LOTE.
8.6.2 - Declarada encerrada a etapa competitiva e ordenadas as ofertas, o Pregoeiro examinará a
aceitabilidade da primeira classificada, quanto ao objeto e valor, decidindo motivadamente a respeito.
8.6.2.1 - Caso não se realizem lances verbais, será verificada a conformidade entre a proposta escrita de
menor preço, quanto ao objeto e o valor estimado da contratação.
8.6.2.2 - Havendo apenas uma oferta e desde que atenda a todos os termos do edital e que seu preço
seja compatível com o valor estimado da contratação, esta poderá ser aceita.
8.6.3 - Sendo aceitável a oferta de menor preço, será aberto o envelope contendo a documentação de
habilitação do licitante que a tiver formulado, para confirmação das suas condições habilitatórias.
8.6.3.1 - Considera-se inaceitável, para todos os fins aqui dispostos, a proposta que não atender às
exigências fixadas neste Edital ou determinar preços manifestamente inexequíveis.
8.6.3.2 - Quando necessário, o pregoeiro poderá solicitar ao licitante que demonstre a exequibilidade de
seus preços.
8.6.4 – A LICITANTE, COM MENOR PREÇO, DEVERÁ APRESENTAR O VEÍCULO QUE SERÁ
UTILIZADO NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS, OBJETO DESTE INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO,
PARA SER VISTORIADO PELA COMISSÃO DE LICITAÇÃO E EQUIPE TÉCNICA DESIGNADA PELO
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR;
8.6.4.1 - A INSPEÇÃO VISUAL SERÁ REALIZADA EM DATA E HORÁRIO DETERMINADO PELA
COMISSÃO DE LICITAÇÃO, NOS MESMOS LOCAIS DE REALIZAÇÃO DA SESSÃO DO PREGÃO;
8.6.4.2 – A INSPEÇÃO VISUAL DEVERÁ OBSERVAR OS CRITÉRIOS ESTABELECIDOS PELO
LAUDO DE VISTORIA, CONFORME MODELO DO ANEXO V;
8.6.4.3 – A INSPEÇÃO VISUAL DECLARARÁ O LICITANTE APTO OU INAPTO PARA A PRESTAÇÃO
DOS SERVIÇOS;

Diretoria de Licitações e Contratos 11

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

8.6.4.3.1 - CASO O VEÍCULO E/OU TANQUE (PIPA) APRESENTADO PELA LICITANTE, COM MENOR
PREÇO, SEJAM REPROVADOS NA INSPEÇÃO, SERÁ CONCEDIDO UM PRAZO DE 03 (TRÊS)
HORAS PELA COMISSÃO DE LICITAÇÃO PARA SANEAMENTO DE PEQUENAS
IRREGULARIDADES VERIFICADAS, RESPEITADAS AS RESTRIÇÕES PREVISTAS EM LEI;
a) NÃO SENDO SANADA A IRREGULARIDADE NO PRAZO DETERMINADO, A LICITANTE SERÁ
DESCLASSIFICADA;
8.6.4.3.2 - CASO A LICITANTE, COM MENOR PREÇO, DEIXE DE APRESENTAR O(S) VEÍCULO(S)
OU ESTE(S) NÃO SEJA(M) APROVADO(S) PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, SERÃO
CONVOCADOS OS DEMAIS LICITANTES, NA ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO, ATÉ A APURAÇÃO DE
UMA EMPRESA QUE ATENDA TODAS AS EXIGÊNCIAS EDITALÍCIAS;
8.6.5 - Constatado o atendimento pleno às exigências editalícias, será declarado o proponente vencedor.
8.6.6 - Se a proposta não for aceitável ou se o proponente não atender às exigências habilitatórias, o
Pregoeiro examinará as ofertas subsequentes, na ordem de classificação, verificando a sua
aceitabilidade e procedendo à verificação das condições de habilitação do proponente, até a apuração
de uma proposta que atenda ao edital, sendo o respectivo proponente declarado vencedor;
8.6.7 - Após a apuração da menor proposta válida, observada a classificação das propostas até o
momento, será assegurado às pequenas empresas o direito de preferência à contratação, observadas as
seguintes regras:
8.6.7.1 - O pregoeiro convocará a Pequena Empresa detentora da proposta de menor valor dentre
aquelas que estejam na situação de empate, ou seja, cujos valores sejam iguais ou superiores até 5%
(cinco por cento) em relação ao valor apresentado pelo proponente vencedor, para que apresente nova
proposta de preço INFERIOR ao valor da melhor oferta inicial, no prazo de 5 (cinco) minutos, sob pena
de preclusão do direito de preferência;
8.6.7.2 - Realizada nova oferta de preço, nos termos do subitem anterior, o pregoeiro examinará a
aceitabilidade desta, quanto ao objeto e valor, decidindo motivadamente a respeito.
8.6.7.3 - Sendo aceitável a nova oferta de preço, será aberto o envelope contendo a documentação de
habilitação da Pequena Empresa que a tiver formulado, para confirmação das suas condições
habilitatórias;
8.6.7.3.1 - Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o prazo
previsto no item 9.2.7.1, para a devida e necessária regularização;
8.6.7.3.2 - Se houver a necessidade de abertura do prazo para a Pequena Empresa regularizar sua
documentação fiscal, o pregoeiro deverá suspender a sessão de pregão para o lote específico e registrar
em ata que todos os presentes ficam, desde logo, intimados a comparecer no dia, horário e local
informado para a retomada da sessão de lances do lote em referência;
8.6.7.4 - Constatado o atendimento das exigências fixadas no edital, a Pequena Empresa será declarada
vencedora, sendo-lhe adjudicado o objeto do certame;

Diretoria de Licitações e Contratos 12

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

8.6.7.5 - Se a Pequena Empresa não apresentar proposta de preços ou não atender às exigências de
habilitação, o pregoeiro convocará as pequenas empresas remanescentes que estiverem na situação de
empate prevista no subitem 8.6.7.1, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito;
8.6.7.6 - Caso não haja Pequena Empresa dentro da situação de empate ou não ocorra a apresentação
de nova proposta de preço ou não sejam atendidas as exigências documentais de habilitação, o
pregoeiro adjudicará o objeto do certame ao licitante originalmente declarado vencedor;
8.6.7.7 - O disposto no item 8.6.6 somente se aplicará quando a melhor oferta válida não tiver sido
apresentada por Pequena Empresa;
8.6.8 - Após a aplicação do critério de desempate, se houver, o pregoeiro poderá negociar com o autor
da oferta de menor valor com vistas à redução do preço;
8.6.9 - Da reunião lavrar-se-á ata circunstanciada, na qual serão registrados todos os atos do
procedimento e as ocorrências relevantes e que, ao final, será assinada pelo Pregoeiro, Equipe de Apoio
e pelos licitantes;
8.6.10 - Ao final da sessão, o licitante vencedor do lote deverá reencaminhar a proposta de preços, no
prazo de 24 (vinte e quatro) horas, discriminando o valor unitário e total, em conformidade com o valor do
lance vencedor e com critérios definidos na cláusula 6 deste edital, por fax ou por meio eletrônico;

9 – DA HABILITAÇÃO

Para fins de habilitação, será feita consulta ao CAFIMP – Cadastro de Fornecedores Impedidos de Licitar
com a Administração Pública Estadual, conforme disposto no art. 52 do Decreto Estadual 45.902/12.
9.1 - REGULARIDADE JURÍDICA
9.1.1 - Registro empresarial na Junta Comercial, no caso de empresário individual;
9.1.2 - Ato Constitutivo, estatuto ou contrato social e suas alterações posteriores ou instrumento
consolidado, devidamente registrado na Junta Comercial, tratando-se de sociedades empresárias ou
cooperativas, e no caso de sociedade de ações, acompanhado de documentos de eleição ou designação
de seus administradores;
9.1.3 - Ato constitutivo, devidamente registrado no Registro Civil de Pessoas Jurídicas, tratando-se de
sociedade não empresária, acompanhado de prova da diretoria em exercício;
9.1.4 - Decreto de autorização, tratando-se de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no
País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo Órgão competente, quando a
atividade assim o exigir.
9.2 - REGULARIDADE FISCAL
9.2.1 - Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda - CNPJ;
9.2.2 - Prova de inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual ou Municipal, se houver, relativo à sede
ou domicílio do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto do certame;
9.2.3 - Prova de regularidade para com a Fazenda Federal, Estadual e Municipal da sede ou domicílio do
licitante;
Diretoria de Licitações e Contratos 13

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

9.2.4 - Certificado de Regularidade perante o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS;
9.2.5 - Certificado de Situação Regular perante o Sistema de Seguridade Social - INSS, ou prova de
garantia em juízo de valor suficiente para pagamento do débito, quando em litígio.
9.2.6 – Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT);
9.2.7 – A pequena empresa deverá apresentar toda a documentação relativa à comprovação da
regularidade fiscal.
9.2.7.1 - Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, assegurar-se-á o prazo de 05
(cinco) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que a empresa for declarada
vencedora do certame, para a devida e necessária regularização.
9.2.7.2 - A comprovação da regularidade fiscal deverá ser efetuada mediante a apresentação das
competentes certidões negativas de débitos, ou positivas com efeitos de negativas.
9.2.7.3 - O prazo previsto no item 9.2.7.1, poderá ser prorrogado por igual período, se requerido pelo
licitante e expressamente autorizado pela Administração.
9.2.7.4 - A não regularização da documentação, no prazo deste item, implicará em decadência do direito
à contratação.
9.3 - QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA
9.3.1 - Certidão negativa de falência, recuperação judicial e extrajudicial, expedida pelo distribuidor da
sede da pessoa jurídica, ou de execução patrimonial, expedida pelo distribuidor do domicílio da pessoa
física;
9.3.2 - Balanço Patrimonial e demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e
apresentados na forma da lei, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios,
podendo ser atualizados, quando encerrados há mais de 03 (três) meses da data da apresentação da
proposta, pela variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) ocorrida no período.
9.3.2.1 - Entende-se por “apresentados na forma da lei”, o Balanço Patrimonial e Demonstrações
Contábeis devidamente datados e assinados pelo responsável da empresa, e por profissional de
contabilidade habilitado e devidamente registrado no Conselho Regional de Contabilidade.
9.3.2.2 - O Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis deverão ser apresentados em cópias
autenticadas das folhas do livro diário onde os mesmos se encontram transcritos, acompanhados de
cópias autenticadas dos termos de abertura e encerramento dos respectivos livros, ou por publicações
em jornais de grande circulação ou diário oficial, quando se tratar de Sociedade Anônima.
9.3.2.3 - No caso de pequenas empresas optantes pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de
Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – Simples
Nacional, o balanço patrimonial poderá ser substituído pela Declaração de Imposto de Renda da Pessoa
Jurídica do último Exercício;
9.3.2.3.1 - A pequena empresa deverá apresentar, conjuntamente com a Declaração de Imposto de
Renda da Pessoa Jurídica do Último Exercício, a ficha de inscrição estadual na qual conste a opção pelo

Diretoria de Licitações e Contratos 14

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Simples Nacional, podendo o pregoeiro, na sua falta, consultar a opção por este regime através do site:
http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/.
9.4 - QUALIFICAÇÃO TÉCNICA
9.4.1 – A empresa licitante deverá apresentar declaração de aptidão para desempenho de atividade
pertinente e compatível em características, quantidades e prazos com o objeto deste edital;
9.4.2 – A empresa licitante deverá apresentar declaração onde consta os dados (marca/modelo, ano de
fabricação, placa e chassi) dos veículos que prestarão os serviços, objeto deste edital;
9.4.3 - A empresa licitante deverá apresentar documento(s) do(s) veículo(s) em conformidade com o
Código Brasileiro de Trânsito – CBT e legislação pertinente;
9.4.4 - A empresa licitante deverá apresentar uma declaração contendo nomes, números de telefones, e-
mail e endereços dos responsáveis para contatos.
9.4.4.1 - Os representantes, indicados na declaração, deverão possuir poderes para tomar decisões.
9.5 - DECLARAÇÕES
9.5.1 - Declaração de que o licitante não se acha declarado inidôneo para licitar e contratar com o Poder
Público ou suspenso do direito de licitar ou contratar com a Administração; e declaração de que o
licitante não possui trabalhadores menores de 18 anos realizando trabalho noturno, perigoso ou
insalubre e menores de 16 anos realizando qualquer trabalho, conforme determina o inciso V do artigo
27 da Lei Federal nº. 8.666/93 (com redação dada pela Lei Federal nº. 9854 de 27 de outubro de 1999),
salvo na condição de aprendiz, na forma da lei. As declarações serão conforme modelos a seguir:
DECLARAÇÃO
A empresa .................................................., CNPJ n.º ..............................., declara, sob as penas da lei,
que, até a presente data, inexistem fatos impeditivos para sua habilitação, no presente processo
licitatório, ciente da obrigatoriedade de declarar ocorrências posteriores.

Data e Local
________________________________
Assinatura do Diretor ou Representante Legal

DECLARAÇÃO
A empresa................................................, CNPJ n.º ..............................., declara, sob as penas da lei,
que na mesma não há realização de trabalho noturno, perigoso ou insalubre por menores de 18 anos
ou a realização de qualquer trabalho por menores de 16 anos, salvo na condição de aprendiz, na forma
da lei.
Data e Local
Assinatura do Diretor ou Representante Legal

Diretoria de Licitações e Contratos 15

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

9.5.1.1 – Havendo restrição da documentação exigida para a Regularidade Fiscal, a Pequena Empresa
ou a Empresa de Pequeno Porte deverá constar tal situação na sua declaração de inexistência de fatos
impeditivos para sua habilitação.
9.5.2 - Declaração de que o licitante é microempresa ou empresa de pequeno porte, se for o caso, e que,
sob as penas a Lei, cumpre os requisitos estabelecidos no art. 3º da Lei Complementar nº. 123/06 e está
apta a usufruir do tratamento favorecido nos arts. 42 a 49 da referida Lei Complementar.

9.6 - DISPOSIÇÕES GERAIS DA HABILITAÇÃO


9.6.1 - O licitante que possuir o Certificado de Registro Cadastral – Cadastramento (CRC) emitido pela
Unidade Cadastradora da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão – SEPLAG, poderá
apresentá-lo para utilizar-se de documento nele constante como substituto de documento exigido para
este certame, desde que o documento do CRC esteja com a validade em vigor. Caso o documento
constante no CRC esteja com a validade expirada, tal documento não poderá ser utilizado como
substituto, devendo ser apresentado o documento exigido para este certame com a validade em vigor.
9.6.1.1 - Serão analisados no CRC somente os documentos exigidos para este certame, sendo
desconsiderados todos os outros documentos do CRC, mesmo que estejam com a validade expirada.
9.6.2 - Os documentos exigidos para habilitação poderão ser apresentados em original ou por qualquer
processo de cópia autenticada por cartório competente ou em cópia simples acompanhada do respectivo
original para ser autenticada pelo pregoeiro ou por membro de sua equipe de apoio, no momento da
análise dos documentos de habilitação, ou ainda em publicação feita em veículo de imprensa apropriado.
9.6.2.1 - Para fins de habilitação, a verificação pelo órgão promotor do certame nos sítios oficiais de
órgãos e entidades emissores de certidões constitui meio legal de prova.
9.6.2.2 - A Administração não se responsabilizará pela eventual indisponibilidade dos meios eletrônicos,
no momento da verificação. Ocorrendo essa indisponibilidade e não sendo apresentados os documentos
alcançados pela verificação, o licitante será inabilitado.
9.6.3 - O não atendimento a qualquer das condições aqui previstas provocará a inabilitação do licitante;

10 - DOS RECURSOS

10.1 - Declarado o vencedor, qualquer licitante terá o prazo de até 10 (dez) minutos para manifestar
motivadamente, por meio eletrônico, em formulário próprio, a intenção de recorrer, sendo concedido o
prazo de 03 (três) dias úteis para apresentação das razões de recurso, ficando os demais licitantes
desde logo intimados para apresentar contrarrazões em igual número de dias, que começarão a correr
do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos.
10.1.1 - As razões de recurso e as contrarrazões deverão ser encaminhadas exclusivamente por meio do
sistema eletrônico de pregão, em formulário próprio.
10.1.2 - A apresentação de documentos complementares relativos às peças indicadas no subitem
anterior, se houver, e desde que mencionados nas respectivas peças, será efetuada mediante protocolo
junto ao Gabinete Militar do Governador, Diretoria de Licitações e Contratos, Cidade Administrativa
Diretoria de Licitações e Contratos 16

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Presidente Tancredo Neves, Rodovia Papa João Paulo II, 3.777, Palácio Tiradentes, 2º andar, Bairro
Serra Verde, Belo Horizonte, Minas Gerais, CEP: 31.630-903, em dias úteis, observados os prazos
previstos no item 10.1.
10.2 - A ausência de manifestação imediata e motivada do licitante importará em decadência do direito
de recurso.
10.3 - Os recursos deverão ser decididos no prazo de 05 (cinco) dias úteis.
10.4 - O recurso terá efeito suspensivo e seu acolhimento importará a invalidação apenas dos atos
insuscetíveis de aproveitamento.
10.5 - Não serão conhecidos os recursos interpostos após os respectivos prazos legais, bem como os
que forem enviados por fax.

11 - DO REGISTRO DO PREÇO E DA HOMOLOGAÇÃO

11.1 - O Pregoeiro registrará o preço da LICITANTE VENCEDORA quando inexistir recurso ou quando
reconsiderar sua decisão, com a posterior homologação do resultado pela autoridade competente.
11.2 - Decididos os recursos porventura interpostos e constatada a regularidade dos atos procedimentais
pela autoridade competente, está registrará o preço da LICITANTE VENCEDORA e homologará o
procedimento licitatório.

12 - DA FORMALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

12.1 - Homologado o resultado da licitação, o órgão gerenciador, respeitada a ordem de classificação e a


quantidade de licitantes a serem registrados, convocará os interessados para procederem à assinatura
da Ata de Registro de Preços, a qual, após cumpridos os requisitos de publicidade, terá efeito de
compromisso de fornecimento nas condições estabelecidas.
12.1.1 - Os licitantes classificados, se desejarem, poderão registrar os seus preços na Ata, desde que
manifestem esta intenção ao final da sessão de lances e que aceitem fornecer nas mesmas condições e
preço da LICITANTE VENCEDORA.
12.1.1.1 - Os licitantes classificados que manifestarem a intenção de registrar preços na Ata terão sua
proposta e documentação de habilitação analisadas e deverão encaminhar a documentação, de
habilitação, conforme disposto no item 8 do edital.
12.1.2 - O registro de preços em Ata estará condicionado à análise de aceitabilidade da proposta e dos
documentos de habilitação, bem como à aprovação da amostra do produto ofertado.
12.2 - O prazo previsto poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, quando, durante o seu
transcurso, for solicitado pelo licitante convocado, desde que ocorra motivo justificado e aceito pelo
órgão gerenciador.
12.3 - O licitante que, convocado para assinar a ata, deixar de fazê-lo no prazo fixado, dela será
excluído, na forma do art. 81 da Lei Federal nº 8.666/93, sem prejuízo das sanções previstas em lei.

Diretoria de Licitações e Contratos 17

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

12.4 - É facultado à Administração, quando o convocado não assinar a Ata de Registro de Preços no
prazo e condições estabelecidos, convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para
fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições propostas pelo primeiro classificado.
12.5 - Constatada a irregularidade no CAGEF, ou quando a LICITANTE VENCEDORA se recusar a
assinar o contrato ou retirar o instrumento equivalente, ou em qualquer outra hipótese de cancelamento
do registro prevista nos artigos 27 e 28 do Decreto nº 46.311/13, a SES/MG poderá a Administração
convocar o licitante subsequente na ordem de classificação para assinar o contrato ou retirar o
instrumento equivalente.

13 - DA VIGÊNCIA DA ATA

13.1 - A Ata de Registro de Preços terá vigência de (12) doze meses, a contar da data de sua
publicação, não podendo ser prorrogada de acordo com o art. 14, do Decreto Estadual nº. 46.311, de 16
de setembro de 2013.

14 - DAS ALTERAÇÕES DOS PREÇOS REGISTRADOS NA ATA

14.1 - Os preços registrados poderão ser alterados, em razão de variação dos preços praticados no
mercado, respeitando o disposto no art. 65, II, “d”, da Lei 8666/93.
14.1.1 – O Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil avaliará
trimestralmente o mercado, promoverá as negociações necessárias ao ajustamento do preço, e
publicará eventuais variações nos preços registrados.
14.1.2 - As alterações de preços serão publicadas no Diário Oficial do Estado.
14.2 - Os preços registrados poderão ser revistos em decorrência de eventual variação daqueles
praticados no mercado, ou de fato que altere o custo dos bens registrados, cabendo ao ÓRGÃO
GERENCIADOR promover as necessárias negociações junto aos fornecedores.
14.2.1 - Quando os preços inicialmente registrados, por motivo superveniente, tornarem-se superiores ao
praticado no mercado, o Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil,
ÓRGÃO GERENCIADOR da Ata de Registro de Preços, deverá:
14.2.1.1 - Convocar a LICITANTE VENCEDORA do preço registrado visando à negociação para a
redução de preço e sua adequação ao praticado pelo mercado;
14.2.1.2 - Liberar o fornecedor detentor do preço registrado do compromisso assumido, quando frustrada
a negociação, respeitados os contratos firmados;
14.2.1.3 - Convocar os demais licitantes detentores dos preços registrados e, na recusa destes, ou
concomitantemente, os licitantes remanescentes do processo licitatório, visando igual oportunidade de
negociação, observada a ordem de registro e negociação.
14.3 - Quando o preço de mercado se tornar superior aos preços registrados e o licitante detentor do
preço registrado, com fulcro no art. 65, inc. II, alínea “d”, da Lei nº 8.666/93, não puder cumprir o
compromisso, mediante requerimento devidamente comprovado, o órgão GERENCIADOR poderá:
Diretoria de Licitações e Contratos 18

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

14.3.1 - Negociar os preços;


14.3.2 - Frustrada a negociação, liberar a licitante detentora do preço registrado do compromisso
assumido, sem aplicação da penalidade, confirmando a veracidade dos motivos e comprovantes
apresentados, e se a comunicação ocorrer antes do pedido de fornecimento;
14.3.3 - Convocar os demais licitantes detentores dos preços registrados e, na recusa desses ou
concomitantemente, os licitantes remanescentes do processo licitatório, visando igual oportunidade de
negociação, observada a ordem de registro e classificação.
14.4 - Não havendo êxito nas negociações, o Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de
Defesa Civil, Gerenciador do Registro de Preços deverá proceder à revogação da Ata de Registro de
Preços, adotando as medidas cabíveis para obtenção da contratação mais vantajosa.

15 - DO CANCELAMENTO DO REGISTRO DE PREÇOS

15.1 - O registro do preço será cancelado quando a licitante vencedora:


15.1.1 - descumprir as condições da Ata de Registro de Preços;
15.1.2 - não retirar a respectiva nota de empenho ou instrumento equivalente, no prazo estabelecido pela
Administração, sem justificativa aceitável;
15.1.3 - não aceitar reduzir o seu preço registrado, na hipótese de este se tornar superior àqueles
praticados no mercado;
15.1.4 - a Administração tiver presentes razões de interesse público.
15.2 - O cancelamento do Registro de Preços, nas hipóteses previstas no subitem anterior, assegurados
o contraditório e a ampla defesa, será formalizado por despacho da autoridade competente do Gabinete
Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.
15.3 – O licitante poderá solicitar o cancelamento do seu registro de preços, na ocorrência de fato
superveniente, que venha comprometer a perfeita execução contratual, decorrente de caso fortuito ou de
força maior, devidamente comprovados.

16 – DA CONTRATAÇÃO

16.1 - Encerrado o procedimento licitatório, o representante legal do licitante que tiver apresentado a
proposta vencedora e aceita, será convocado para firmar o termo de contrato ou instrumento
equivalente, conforme minuta do Anexo IX.
16.1.1 - O adjudicatário deverá comprovar a manutenção das condições demonstradas para habilitação
para assinar o contrato, bem como mantê-las durante toda a sua execução.
16.1.2 - Caso o adjudicatário não apresente situação regular no ato da assinatura do contrato, ou recuse-
se a assiná-lo, serão convocados os licitantes remanescentes, observada a ordem de classificação, para
celebrar o contrato, já ultrapassada a fase da aplicação, nesta hipótese, do disposto no art. 5º do
Decreto Estadual n° 44.630/07.

Diretoria de Licitações e Contratos 19

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

16.1.3 - Na hipótese de convocação dos licitantes remanescentes no pregão o licitante deverá manter
sua última proposta registrada, podendo negociar este preço, não havendo necessidade de cobrir o
preço da proposta mais vantajosa, conforme disposto no art. 9º, incisos XIV e XV da Lei Estadual nº.
14.167, de 10 de janeiro de 2002.
16.2 - O representante legal do licitante que tiver apresentado a proposta vencedora deverá assinar o
contrato, dentro do prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis a contar do recebimento da comunicação
através de FAX, Correio ou e-mail.
16.3 – Qualquer solicitação de prorrogação de prazo para assinatura do contrato ou instrumento
equivalente, decorrente desta licitação, somente será analisada se apresentada antes do decurso do
prazo para tal e devidamente fundamentada.
16.4 – Antes da celebração do contrato o Licitante Vencedor será convocado, conforme regras previstas
no item 3.6.6 do Termo de Referência, para apresentar o veículo indicado na habilitação para nova
vistoria visual que será feita por 2 (dois) servidores do Gabinete Militar do Governador, visando aferir que
o veículo permanece nas mesmas condições da primeira vistoria.
16.4.1 – Havendo alguma restrição do veículo em relação aos itens do ANEXO V, o Licitante Vencedor
será notificado das irregularidades e, sendo possível a imediata correção, será concedido o prazo de 24
(vinte e quatro) horas para apresentação do veículo para nova inspeção;
16.4.1.2 – Não sendo possível sanar as irregularidades no prazo concedido, o Licitante Vencedor será
desclassificado e será convocado o próximo licitante na ordem de classificação da Ata de Registro de
Preços para cumprimento das fases previstas nos itens 12.4 e 16.4;
16.4.2 – Os veículos e tanques (pipa) aprovados na vistoria terão a estrutura do tanque (pipa) fixada ao
chassi do veículo por meio de selo/lacre definido pelo Gabinete Militar do Governador, não sendo
permitida a violação do selo ou substituição do tanque (pipa) sem prévia autorização do contratante, sob
pena de aplicação de sanção.

17 - DO PAGAMENTO

17.1 O pagamento será efetuado através do Sistema Integrado de Administração Financeira-SIAFI/MG,


conforme rotina estabelecida para as diferentes fontes de recursos, a crédito do beneficiário em um dos
bancos credenciados pelo Estado (Banco do Brasil, Bradesco, Banco Itaú e Banco Mercantil do Brasil),
no prazo de até 30 (trinta) dias corridos da data de aceitação dos serviços, pelo GMG, acompanhado dos
documentos fiscais;
17.1.1 - As notas fiscais/faturas que apresentarem incorreções serão devolvidas à CONTRATADA,
sendo que o atraso na nova entrega dos documentos de cobrança implicará na prorrogação do
pagamento, proporcionalmente aos dias de atraso;
17.1.2 - Caso ocorra, a qualquer tempo, a não aceitação de algum produto, o prazo de pagamento será
descontinuado e reiniciado após a correção pelo Proponente Vencedor.

Diretoria de Licitações e Contratos 20

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

17.2 - No caso de contratação financiada por recursos federais executados através de Cartão de
Pagamento de Defesa Civil – CPDC, a LICITANTE VENCEDORA deverá disponibilizar para o Gabinete
Militar do Governador máquina de cartão e pagamentos eletrônicos na bandeira VISA, para o devido
pagamento dos serviços prestados, nos moldes do Decreto Federal n. 7.257/2010;
17.2.1 - A máquina a que se refere o item 17.2 deve estar registrada no mesmo CNPJ do signatário do
contrato.

18 – DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

18.1 - A recusa do adjudicatário em assinar a ATA, dentro do prazo estabelecido pelo Gabinete Militar do
Governador e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, bem como o atraso e a inexecução parcial ou
total do contrato, caracterizarão o descumprimento da obrigação assumida e permitirão a aplicação das
seguintes sanções pela Gabinete Militar do Governador e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil:
18.1.1 - advertência, que será aplicada sempre por escrito;
18.1.2 - Multa, nos seguintes percentuais:
18.1.2.1 - 0,3% (três décimos por cento) por dia, até o trigésimo dia de atraso, sobre o valor do
fornecimento não realizado;
18.1.2.2 - 10% (dez por cento) sobre o valor da nota de empenho ou do contrato, em caso de recusa do
adjudicatário em efetuar o reforço de garantia;
18.1.2.3 - 20% (vinte por cento) sobre o valor do fornecimento não realizado, no caso de atraso superior
a 30 (trinta) dias, ou entrega de objeto com vício ou defeitos ocultos que o tornem impróprio ao uso que é
destinado, ou diminuam-lhe o valor ou, ainda fora das especificações contratadas;
18.1.3. Impedimento de licitar e contratar com órgãos e entidades da Administração Pública Estadual
que poderá ser aplicada àquele licitante que:
a) apresentar documentação falsa;
b) deixar de apresentar documentação exigida para o certame;
c) ensejar o retardamento da execução do objeto da licitação;
d) não mantiver a proposta;
e) falhar ou fraudar a execução do contrato;
f) comportar-se de modo inidôneo; ou
g) cometer fraude fiscal.
18.1.4 - Sanção prevista no item 18.1.2 poderá ser aplicada cumulativamente, com a do item 18.1.1 e
18.1.3, ou não, de acordo com a gravidade da infração, assegurada ampla defesa o licitante, no prazo de
05 (cinco) dias úteis a contar da intimação do ato.
18.1.5 – O prazo do impedimento de licitar e contratar será de até 5 (cinco) anos, enquanto perdurarem
os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria
autoridade que aplicou a penalidade.

Diretoria de Licitações e Contratos 21

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

19 - DISPOSIÇÕES GERAIS

19.1 - Este edital deverá ser lido e interpretado na íntegra, e após encaminhamento da proposta não
serão aceitas alegações de desconhecimento.
19.2 - Até o quinto dia útil após a publicação do aviso do edital, qualquer pessoa, inclusive licitante,
poderá solicitar esclarecimentos ou impugnar o ato convocatório do pregão;
19.2.1 - Quaisquer esclarecimentos sobre este Edital deverão ser solicitados, por escrito, ao Pregoeiro,
endereçados ao Gabinete Militar do Governador, Diretoria de Licitações e Contratos, Cidade
Administrativa Presidente Tancredo Neves, Rodovia Papa João Paulo II, 3.777, Palácio Tiradentes, 2º
andar, Bairro Serra Verde, Belo Horizonte, Minas Gerais, CEP: 31.630-903. A consulta poderá ser
endereçada também para o e-mail dlc@gabinetemilitar.mg.gov.br, ou ainda encaminhada por FAX para
o número (031) 3916-7598;
19.2.2 - Nos pedidos de esclarecimentos encaminhados os interessados deverão se identificar (CNPJ,
Razão Social e nome do representante que pediu esclarecimentos) e disponibilizar as informações para
contato (endereço completo, telefone, FAX e e-mail).
19.2.3 - Os esclarecimentos das consultas formuladas serão divulgados mediante correspondências
enviadas aos potenciais licitantes, por correio, FAX ou e-mail.
19.3 - É facultado ao Pregoeiro ou à Autoridade Superior, em qualquer fase do julgamento, promover
diligência destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo e a aferição do ofertado, bem
como solicitar aos Órgãos competentes a elaboração de pareceres técnicos, destinados a fundamentar
as decisões.
19.4 - É vedado ao licitante retirar sua proposta ou parte dela após aberta a sessão do pregão.
19.5 - É vedado efetuar acréscimos nos quantitativos fixados pela Ata de Registro de Preços, inclusive o
acréscimo de que trata o § 1º do art. 65 da Lei nº 8.666/93, sem prejuízo da possibilidade de alterações
dos contratos eventualmente firmados.
19.6 - É vedado ao licitante subcontratar totalmente o fornecimento do objeto deste pregão.
19.7 - A presente licitação somente poderá ser revogada por razões de interesse público, decorrente de
fato superveniente devidamente comprovado, ou anulada, no todo ou em parte, por ilegalidade de ofício
ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devidamente comprovado.
19.8 - O Pregoeiro, no interesse da Administração, poderá relevar omissões puramente formais
observadas na documentação e na proposta, desde que não contrariem a legislação vigente e não
comprometam a lisura da licitação, sendo possível a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a
complementar a instrução do processo.
19.9 - Caberá ao licitante credenciado acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão
pública do pregão, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da
inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão.
19.10 - Os quantitativos totais expressos no ANEXO I Termo de Referência são estimados e
representam as previsões compras durantes o prazo de 12 (doze) meses;
Diretoria de Licitações e Contratos 22

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

19.11 - Este edital encontra-se disponível gratuitamente no site www.compras.mg.gov.br ou poderá ser
obtido na Diretoria de Licitações e Contratos do GMG. Maiores informações através do telefone:
(31)3915-0214.

Belo Horizonte, 04 de agosto de 2016.

JEAN JACQUES ALCÂNTARA PEDRA, TEN CEL PM


Subchefe e Ordenador de despesas do
Gabinete Militar do Governador

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA


1. OBJETO
1.1. Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de transporte de água potável, na
REGIÃO DE MONTES CLAROS, de acordo com demanda e necessidades do Gabinete Militar do
Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, conforme especificações e condições comerciais
descritas neste Termo de Referência.
1.2. DETALHAMENTO DO OBJETO
1.2.1. REGIÃO DE MONTES CLAROS

REGIÃO DE MONTES CLAROS

LOTE QTD DESCRIÇÃO DETALHADA

Transporte e distribuição de 12.252 m³ de água potável, devidamente captado nos


01 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Bocaíuva I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 5.724 m³ de água potável, devidamente captado nos


02 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Bocaiúva II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Diretoria de Licitações e Contratos 23

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Transporte e distribuição de 3.600 m³ de água potável, devidamente captado nos


03 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Botumirim I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 4.104 m³ de água potável, devidamente captado nos


04 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Botumirim II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 4.896 m³ de água potável, devidamente captado nos


05 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Botumirim III, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 1.078 m³ de água potável, devidamente captado nos


06 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Campo Azul, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 6.624 m³ de água potável, devidamente captado nos


07 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Capitão Enéas, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 4.356 m³ de água potável, devidamente captado nos


08 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Córrego Marinho I,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.972 m³ de água potável, devidamente captado nos


09 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Córrego Marinho II,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.040 m³ de água potável, devidamente captado nos


10 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Curral de Dentro,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.884 m³ de água potável, devidamente captado nos


11 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Francisco Dumont,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 8.832 m³ de água potável, devidamente captado nos


12 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Gameleiras I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.360 m³ de água potável, devidamente captado nos


13 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Gameleiras II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 8.640 m³ de água potável, devidamente captado nos


14 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Gameleira III, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 12.372 m³ de água potável, devidamente captado nos


15 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Glaucilândia, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

16 01 Transporte e distribuição de 5.592 m³ de água potável, devidamente captado nos


pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Grão Mogol, conforme
Diretoria de Licitações e Contratos 24

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.016 m³ de água potável, devidamente captado nos


17 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Guaraciama, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.520 m³ de água potável, devidamente captado nos


18 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Ibiracatu, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.232 m³ de água potável, devidamente captado nos


19 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Icaraí de Minas I,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.880 m³ de água potável, devidamente captado nos


pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Icaraí de Minas II,
20 01
conforme detalhamento do ANEXO II - DETALHAMENTO DE ROTAS deste termo
de referência.

Transporte e distribuição de 2.052 m³ de água potável, devidamente captado nos


21 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Itacambira, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 10.380 m³ de água potável, devidamente captado nos


22 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Itacarambi, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 4.248 m³ de água potável, devidamente captado nos


23 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Janaúba I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 6.072 m³ de água potável, devidamente captado nos


24 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Janaúba II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 6.384 m³ de água potável, devidamente captado nos


25 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Janaúba III, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 8.352 m³ de água potável, devidamente captado nos


26 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Janaúba IV, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 6.924 m³ de água potável, devidamente captado nos


27 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Janaúba V, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.536 m³ de água potável, devidamente captado nos


28 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Janaúba VI, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 8.208 m³ de água potável, devidamente captado nos


29 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Japonvar I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;
Diretoria de Licitações e Contratos 25

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Transporte e distribuição de 9.360 m³ de água potável, devidamente captado nos


30 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Japonvar II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.936 m³ de água potável, devidamente captado nos


31 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Japonvar III, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.232 m³ de água potável, devidamente captado nos


32 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Jequitaí I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.844 m³ de água potável, devidamente captado nos


pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Jequitaí II, conforme
33 01
detalhamento do ANEXO II – QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL, deste termo
de referência.

Transporte e distribuição de 6.720 m³ de água potável, devidamente captado nos


pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Juramento, conforme
34 01
detalhamento do ANEXO II – QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL, deste termo
de referência.

Transporte e distribuição de 5.328 m³ de água potável, devidamente captado nos


35 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Juvenília, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 1.836 m³ de água potável, devidamente captado nos


36 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Lassance, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 6.768 m³ de água potável, devidamente captado nos


37 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Luislândia, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 8.448 m³ de água potável, devidamente captado nos


38 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Matias Cardoso I,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.056 m³ de água potável, devidamente captado nos


39 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Matias Cardoso II,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.792 m³ de água potável, devidamente captado nos


40 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Mirabela I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.560 m³ de água potável, devidamente captado nos


41 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Mirabela II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

42 01 Transporte e distribuição de 7.488 m³ de água potável, devidamente captado nos


pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Montalvânia I, conforme

Diretoria de Licitações e Contratos 26

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.200 m³ de água potável, devidamente captado nos


43 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Montalvânia II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.012 m³ de água potável, devidamente captado nos


44 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Olhos D’agua, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.192 m³ de água potável, devidamente captado nos


45 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.480 m³ de água potável, devidamente captado nos


46 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.384 m³ de água potável, devidamente captado nos


47 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro III, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.924 m³ de água potável, devidamente captado nos


48 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro IV, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 2.856 m³ de água potável, devidamente captado nos


49 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro V, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.624 m³ de água potável, devidamente captado nos


50 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro VI, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.348 m³ de água potável, devidamente captado nos


51 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro VII, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 4.392 m³ de água potável, devidamente captado nos


52 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro VIII, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 5.280 m³ de água potável, devidamente captado nos


53 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro IX, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 4.344 m³ de água potável, devidamente captado nos


54 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pai Pedro X, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 6.624 m³ de água potável, devidamente captado nos


55 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Patis I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Diretoria de Licitações e Contratos 27

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Transporte e distribuição de 9.936 m³ de água potável, devidamente captado nos


56 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Patis II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.920 m³ de água potável, devidamente captado nos


57 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pirapora, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.072 m³ de água potável, devidamente captado nos


58 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Porteirinha I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.828 m³ de água potável, devidamente captado nos


59 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Porteirinha II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.072 m³ de água potável, devidamente captado nos


60 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Porteirinha III, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 9.036 m³ de água potável, devidamente captado nos


61 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Porteirinha IV, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.668 m³ de água potável, devidamente captado nos


62 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Porteirinha V, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 8.388 m³ de água potável, devidamente captado nos


63 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Porteirinha VI, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 12.888 m³ de água potável, devidamente captado nos


64 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pedras de Maria da Cruz
I, conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 10.512 m³ de água potável, devidamente captado nos


65 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Pedras de Maria da Cruz
II, conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 11.400 m³ de água potável, devidamente captado nos


66 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Riacho dos Machados,
conforme detalhamento do anexo 01 deste termo de referência.

Transporte e distribuição de 4.416 m³ de água potável, devidamente captado nos


67 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Santa Fé de Minas
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 3.240 m³ de água potável, devidamente captado nos


68 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Várzea da Palma,
conforme detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

69 01 Transporte e distribuição de 7.260 m³ de água potável, devidamente captado nos


pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Varzelândia, conforme
Diretoria de Licitações e Contratos 28

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 7.728 m³ de água potável, devidamente captado nos


70 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Verdelândia I, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 8.532 m³ de água potável, devidamente captado nos


71 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Verdelândia II, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

Transporte e distribuição de 4.632 m³ de água potável, devidamente captado nos


72 01 pontos indicados, destinados às zonas rurais do lote de Verdelândia III, conforme
detalhamento do ANEXO II - QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL;

1.2.2. A descrição dos lotes prevista no item 1.2.1 encontra-se detalhado no ANEXO II –
QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL, no qual consta as comunidades, quilômetros, números de
entregas mensal para melhor detalhamento dos serviços, objeto deste Termo de Referência.

2. JUSTIFICATIVA

A seca é um fenômeno climático configurado pela queda dos índices pluviométricos para níveis
sensivelmente inferiores aos da normalidade climatológica, comprometendo as reservas hidrológicas de
superfície e de subsuperfície, fazendo com que os inúmeros cursos d’água venham a secar e resultando
em falta de água para o consumo humano, animal, prejuízos à agricultura e à pecuária. Quando ocorre
esse tipo de fenômeno gera impactos sociais, econômicos e institucionais.

Do ponto de vista de proteção e defesa civil, a seca é uma estiagem prolongada, que de acordo com a
Agência Nacional das Águas, a região da seca caracteriza-se por apresentar reservas insuficientes de
água em seus mananciais e temperaturas elevadas durante todo ano, além de baixas amplitudes
térmicas, da ordem de 2ºC a 3°C, forte insolação e altas taxas de evapotranspiração.

O ambiente da seca no Brasil, conhecido como o semiárido brasileiro, compreende as áreas de maior
escassez hídrica no território nacional. De acordo com o Ministério da Integração Nacional os Estados
que compõem a lista do semiárido e geridos pela Sudene são: Bahia, Rio Grande do Norte, Sergipe,
Alagoas, Pernambuco Paraíba e Minas Gerais, sendo a região norte deste último Estado, a porção mais
afetada pela estiagem.

Além de fatores climáticos responsáveis pela baixa pluviosidade anual, os danos e prejuízos vinculados
à seca em Minas Gerais também são potencializados pela própria natureza pedológica1. Como há locais
onde os solos são pouco desenvolvidos, estes muitas vezes não apresentam condições satisfatórias
para um efetivo armazenamento de água e, portanto, apresenta baixa retenção desta. Associado as
causas já descritas, a grande insolação favorece a evaporação e a evapotranspiração, o que contribui
para aumentar o índice de aridez.

1
Relativas ao solo
Diretoria de Licitações e Contratos 29

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

As regiões de Minas Gerais mais afetadas são a Norte, Vale do Jequitinhonha e, ocasionalmente, Vale
do Mucuri, entre os meses de maio e novembro. Em determinados anos, contudo, ocorrem estiagens
mais severas e prolongadas agravadas pela quantidade insuficiente de chuvas na estação chuvosa, que,
infelizmente, reflete drasticamente nos meses subsequentes.

Para mitigar os efeitos gerados pela seca e estiagem, o Ministério da Integração Nacional, por meio de
transferência de recursos ao Ministério da Defesa, executa através do Exército Brasileiro operação de
transporte e distribuição de água potável aos municípios afetados pelos desastres climatológicos.

O Estado de Minas Gerais, através do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de


Defesa Civil apoia, complementarmente, o Exército Brasileiro na distribuição de água potável nos
municípios mineiros castigados pela seca e estiagem, representando parte das ações de resposta ao
desastre relacionado a falta de água. Para que a resposta aconteça efetivamente, o Gabinete Militar do
Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, desde o ano de 2012, realiza a contratação de
prestadores de serviços de transporte e distribuição de água potável.

Objetivando garantir um atendimento emergencial mais eficiente e eficaz o Gabinete Militar do


Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil pretende realizar processo de registro de preços
para a contratação de empresa especializa na prestação de serviços de transporte e distribuição de água
nos municípios afetados pelos desastres climatológicos.

3. DA VISTORIA

3.1. A licitante, com menor preço, deverá apresentar o veículo que será utilizado na prestação dos
serviços, objeto deste Termo de Referência, para ser vistoriado pela Comissão de Licitação e Equipe
Técnica designada pelo GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR;

3.1.1. A equipe verificará a presença de ferrugens e/ou perfurações que possam influenciar de alguma
forma na qualidade e quantidade da água transportada e em outros critérios conforme detalhamento
descrito no ANEXO V - AUTO DE VISTORIA;

3.1.2. A EMPRESA LICITANTE, com menor preço, deverá apresentar o(s) veículo(s) para vistoria em
data e horário estabelecido pela Comissão de Licitação do GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR;

3.1.2.1. Caso o veículo e/ou tanque (pipa) apresentado pela LICITANTE VENCEDORA sejam
reprovados na inspeção, será concedido prazo pela Comissão de Licitação para saneamento das
irregularidades verificadas, respeitadas as restrições previstas em lei.

a) não sendo sanada a irregularidade no prazo determinado, a licitante será desclassificada;

3.2. Caso a EMPRESA LICITANTE, com menor preço, deixe de apresentar o(s) veículo(s) ou este(s) não
seja(m) aprovado(s) pela administração pública, serão convocados os demais licitantes, na ordem de
classificação, até a apuração de uma empresa que atenda todas as exigências editalícias.

Diretoria de Licitações e Contratos 30

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

3.3. A LICITANTE VENCEDORA deverá manter o(s) veículo(s) nas mesmas condições apresentadas na
vistoria, podendo ser realizada nova vistoria por pessoa ou equipe designada pelo GABINETE MILITAR
DO GOVERNADOR;

3.4. A vistoria realizada pelo GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR não exime a LICITANTE
VENCEDORA de sua total e exclusiva responsabilidade pela perfeita prestação dos serviços em
observância das normas exigidas no instrumento convocatório e seus anexos;

3.5. Os veículos e tanques (pipa) aprovados na vistoria terão a estrutura do tanque (pipa) fixada ao
chassi do veículo, por meio de selo/lacre definido pelo Gabinete Militar do Governador, não sendo
permitida a violação do selo ou substituição do tanque (pipa) sem prévia autorização do GABINETE
MILITAR DO GOVERNADOR, sob pena de aplicação de sanção.

3.6. A LICITANTE VENCEDORA deverá solicitar ao GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR


autorização para a substituição do veículo ou do tanque.

3.6.1. Quando autorizada a substituição, o GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR fará nova vistoria,
afim de verificar as condições estabelecidas neste edital, e fixará novo lacre no tanque (pipa) à estrutura
do chassi do veículo.

3.6.1.2. A vistoria será realizada por no mínimo 01 (um) funcionário do GABINETE MILITAR DO
GOVERNADOR/COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL OU DA POLÍCIA MILITAR DE
MINAS GERAIS no município onde ocorreu a primeira vistoria.

3.7. Os caminhões pipa serão vistoriados a qualquer tempo, a critério do GABINETE MILITAR DO
GOVERNADOR, para fins de análise dos documentos, equipamentos, condições de funcionamento,
limpeza e higiene;

4. CONDIÇÕES COMERCIAIS

4.1. DA COMPOSIÇÃO DA PROPOSTA

4.1.1. A LICITANTE VENCEDORA deverá preencher a proposta com o valor unitário do m³ e o valor total
do LOTE.

4.2. DOCUMENTAÇÂO TÈCNICA

4.2.1. A empresa licitante deverá apresentar declaração de aptidão para desempenho de atividade
pertinente e compatível em características, quantidades e prazos com o objeto deste edital;

4.2.2. A empresa licitante deverá apresentar declaração onde consta os dados (marca/modelo, ano de
fabricação, placa e chassi) dos veículos que prestarão os serviços, objeto deste edital;

4.2.3. A empresa licitante deverá apresentar documento(s) do(s) veículo(s) em conformidade com o
Código Brasileiro de Trânsito – CBT e legislação pertinente;

Diretoria de Licitações e Contratos 31

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

4.2.4. A empresa licitante deverá apresentar uma declaração contendo nomes, números de telefones, e-
mail e endereços dos responsáveis para contatos;

4.2.4.1. Os representantes, indicados na declaração, deverão possuir poderes para tomar decisões;

4.3. DO VEÍCULO E TANQUE

4.3.1. A empresa licitante deverá prestar os serviços de forma segura, mantendo seus veículos com
manutenção mecânica, elétrica, pneus, chaparia e equipamentos, em dia, conforme Código de Trânsito
Brasileiro;

4.3.2. O tanque (pipa) que não seja fabricado com material inoxidável deverá ser revestido com tinta
EPÓXI à base de água, preferencialmente branca;

4.3.3. O tanque (pipa) deverá possuir capacidade de volume mínimo de 6m³ (seis metros cúbicos), estar
limpo, sem furos, sem amassamentos, sem sinais de oxidação, na parte interna e externa ou qualquer
parte que possa entrar em contato com a água;

4.3.4. O registro de saída do tanque deverá ser de PVC (POLICLORETO DE VINILA) e impedir a
entrada de vetores de contaminação (p. ex. insetos ou roedores, etc.), bem como não apresentar
vazamento e sinais de contaminação por fungos ou similares;

4.3.5. O tanque (pipa) deverá ser dotado de escada que possibilite acesso de forma segura à “boca de
visita”, para facilitar as inspeções;

4.2.6. No tanque (pipa) deverá ter a inscrição “ÁGUA POTÁVEL” de forma legível nos dois lados do
tanque;

4.3.7. A LICITANTE VENCEDORA deverá fazer a higienização do tanque (pipa) periodicamente, ou


quando solicitado pela fiscalização do GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR;

4.4. DA CAPTAÇÃO DE AGUA

4.4.1. A LICITANTE VENCEDORA deverá captar a água, exclusivamente, nos pontos indicados pelo
CONTRATANTE;

4.4.1.1. O GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR poderá, caso haja necessidade e com aviso prévio
à LICITANTE VENCEDORA, modificar o ponto de captação de água.

4.4.2. O GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR poderá, a qualquer momento, diretamente ou por


pessoa designada, realizar análises bacteriológicas da água.

4.4.3. A LICITANTE VENCEDORA deverá comunicar, no prazo máximo de 24h00 (vinte e quatro horas),
qualquer alteração na potabilidade da água, seja na captação, transporte ou/e distribuição, para adoção
de providências pelo GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR.

4.5. DA BOMBA CENTRÍFUGA


Diretoria de Licitações e Contratos 32

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

4.5.1. A LICITANTE VENCEDORA deverá utilizar bomba centrífuga, a suas expensas, para distribuição
da água, caso a entrega não seja possível por ação gravitacional;

4.5.1.1. O equipamento a ser utilizado deverá assegurar a condição de potabilidade da água.

4.6. DA PRESTAÇÂO DOS SERVIÇOS

4.6.1. A LICITANTE VENCEDORA deverá observar a legislação de trânsito em vigor, bem como as
normas de segurança aplicáveis à espécie do transporte, eximindo o GABINETE MILITAR DO
GOVERNADOR de quaisquer responsabilidades dos acidentes de trânsito e suas indenizações;

4.6.2. Nos casos de qualquer acidente envolvendo os empregados e/ou veículo utilizado na prestação
dos serviços, objeto deste Termo de Referência, caberá à LICITANTE VENCEDORA a responsabilidade
total pelos danos que vierem a sofrer, bem como os danos sofridos por pessoas ou bens de terceiros,
ficando o GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR isento de quaisquer responsabilidades;

4.6.3. A LICITANTE VENCEDORA deverá garantir a execução dos serviços, objeto deste Termo de
Referência, realizada por seus empregados, contra irregularidades na execução e na documentação.

4.6.3.1. Caso deixe de executar os serviços conforme normas descritas no instrumento convocatório, a
LICITANTE VENCEDORA responderá judicialmente e extrajudicialmente por irregularidades ocorridas,
sendo, a qualquer tempo, obrigada a responder civil e criminalmente pelos serviços considerados
imperfeitos, sem quaisquer ônus adicionais para o GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR;
4.6.4. A LICITANTE VENCEDORA se responsabilizará pelo bom comportamento de seus empregados
na execução dos serviços, objeto deste Termo de Referência, comprometendo-se a afastar qualquer
empregado, cuja presença seja considerada inconveniente, a critério do GABINETE MILITAR DO
GOVERNADOR;

4.6.5. Os serviços, com preços registrados, terão seu início conforme demanda e necessidade do
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR através da COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA
CIVIL.

a) a LICITANTE VENCEDORA será contatada para realizar os atos formais, antes do início da prestação
dos serviços.

b) a LICITANTE VENCEDORA deverá manter os dados para contatos sempre atualizados,


principalmente seu endereço de e-mail e números de telefones que serão as principais formas de
convocação para a assinatura do contrato;

c) a LICITANTE VENCEDORA deverá apresentar smartphone em condições de funcionamento, com


aplicativo para leitura de QR Code devidamente instalado;

Diretoria de Licitações e Contratos 33

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

4.6.6. A LICITANTE VENCEDORA deverá apresentar seus veículos no prazo máximo de 03 (três) dias
úteis, a partir da emissão da Nota de Empenho, na Coordenadoria Municipal de Proteção de Defesa Civil
do município do lote licitado;

4.6.7. O GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR coletará amostra de água do tanque, através da sua
mangueira, para aferição da qualidade da água e integridade da referida mangueira;

4.6.7.1. Essa coleta ocorrerá por amostragem no local de captação da água;

4.6.8. A LICITANTE VENCEDORA, com preço registrado em ATA, será convocada para a assinatura do
instrumento contratual, conforme a necessidade do GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR.

4.6.9. Os serviços deverão ser prestados preferencialmente entre 6h00min às 18h00min, incluindo finais
de semana e feriados, nas comunidades descritas no ANEXO II – DETALHAMENTO DAS ROTAS;

4.6.10. A prestação do serviço ocorrerá conforme necessidades do GABINETE MILITAR DO


GOVERNADOR, através da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.

4.6.11. O GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR não está obrigado a contratar fornecimento mínimo
de água, ficando a seu exclusivo critério, a definição do período da formalização do contrato e do volume
de água a ser transportado e distribuído;

4.6.12. A entrega deverá ser realizada na presença de pelo menos 01 (um) dos membros da Comissão
de cada comunidade designada pelo Plano Municipal de Distribuição de Água - PMDA;

a) a entrega da água será certificada pelos membros da comissão da comunidade designada pelo
PMDA, através de códigos “QR Code”, conforme ANEXO VII do Edital do Pregão Presencial de
Registro de Preços nº. 300/2016.

b) os membros citados neste item irão verificar as condições exigidas no Edital do Pregão Presencial de
Registro de Preços nº. 300/2016.

4.6.12.1. A Comissão de cada comunidade designada pelo Plano Municipal de Distribuição de Água -
PMDA será informada ao LICITANTE VENCEDOR no ato de celebração do contrato de prestação de
serviços e só será alterada pelo GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR;

4.6.12.2. A LICITANTE VENCEDORA não está autorizada a entregar água a pessoa que não compõe a
Comissão previamente designada, cujos membros deverão apresentar a devida identificação no ato do
recebimento.

4.7. DO RECEBIMENTO

4.7.1. Os serviços serão vistoriados por 02 (dois) servidores designados pelo GABINETE MILITAR DO
GOVERNADOR para tal fim, que adotará os seguintes procedimentos, conforme o caso:

Diretoria de Licitações e Contratos 34

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

a) provisoriamente: de posse dos documentos apresentados pela LICITANTE VENCEDORA e de uma


via do contrato e da proposta respectiva, receberá os serviços para verificação de especificações,
quantidade, qualidade, preços e outros dados pertinentes e, encontrando irregularidade, fixará prazos
para correção pelo GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR, ou aprovando, receberá provisoriamente
os serviços, mediante recibo;

b) definitivamente: após recebimento provisório, verificação da integridade e realização de testes de


qualidade, se for o caso, e sendo aprovados, nos exatos termos do edital e da proposta vencedora, será
efetivado o recebimento definitivo mediante expedição de termo circunstanciado e recibo aposto na Nota
Fiscal (1ª e 2ª vias);

4.7.2. Em caso de irregularidade não sanada pela LICITANTE VENCEDORA, a Comissão de


Recebimento reduzirá a termo os fatos ocorridos e encaminhará à Assessoria Jurídica, para aplicação de
penalidades.

4.7.3. Em caso de necessidade de providências por parte da LICITANTE VENCEDORA, os prazos de


pagamento serão suspensos e considerado o fornecimento em atraso, sujeitando-a a aplicação de multa
sobre o valor considerado em atraso e, conforme o caso, a outras sanções estabelecidas em lei e neste
instrumento.

4.8. FISCALIZAÇÃO E GERENCIAMENTO DO CONTRATO

4.8.1. A fiscalização será exercida por equipes da COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL -
CEDEC, contendo no mínimo 02 integrantes, que serão enviados aos municípios atendidos pela
operação de distribuição de água preferencialmente nos municípios que apresentarem dificuldades ou
problemas de execução dos serviços licitados.

4.8.2. Em caso de eventual irregularidade, inexecução ou desconformidade na execução do contrato, o


agente fiscalizador dará ciência do sucedido à LICITANTE VENCEDORA, fazendo-o por escrito, bem
como das providências exigidas para sanar a falha ou defeito apontado. Todo e qualquer dano
decorrente da inexecução parcial ou total deste instrumento, ainda que imposto a terceiros, será de única
e exclusiva responsabilidade da LICITANTE VENCEDORA;

a) A fiscalização de que trata este item não exclui e nem reduz a responsabilidade da LICITANTE
VENCEDORA por quaisquer irregularidades, inexecuções ou desconformidades havidas na execução do
ajuste, aí incluídas imperfeições de natureza técnica ou aquelas provenientes de vício redibitório, como
tal definido pela lei civil;

b) O GMG reserva-se o direito de rejeitar, no todo ou em parte, os serviços, objeto deste Termo de
Referência, caso os mesmos afastem-se das especificações do edital, seus anexos e da proposta da
LICITANTE VENCEDORA.

Diretoria de Licitações e Contratos 35

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

4.8.3. No local de entrega, o GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR coletará amostra de água do


tanque, através da sua mangueira, para aferição da qualidade da água e integridade da referida
mangueira;

4.8.4. Em caso de irregularidade não sanada pela LICITANTE VENCEDORA, o GABINETE MILITAR DO
GOVERNADOR reduzirá a termo os fatos ocorridos e encaminhará à Assessoria Jurídica, para aplicação
de penalidades.

4.8.5. Em caso de necessidade de providências por parte da LICITANTE VENCEDORA, os prazos de


pagamento serão suspensos e considerado o fornecimento em atraso, sujeitando-a a aplicação de multa
sobre o valor considerado em atraso e, conforme o caso, a outras sanções estabelecidas em lei e neste
instrumento.

4.9. DO PRAZO DE VALIDADE DA ATA

4.9.1. A Ata de Registro de Preços terá validade de 12 (doze) meses;

4.9.2. Durante a vigência da ATA, o GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR poderá formalizar vários
contratos conforme a sua demanda e conveniência.

4.10. DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

4.10.1. As despesas decorrentes da contratação ocorrerão à conta da dotação orçamentária a ser


definida pelo GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR.

4.11. DO PAGAMENTO

4.11.1. O pagamento será efetuado através do Sistema Integrado de Administração Financeira-


SIAFI/MG, conforme rotina estabelecida para as diferentes fontes de recursos, a crédito do beneficiário
em um dos bancos credenciados pelo Estado (Banco do Brasil, Bradesco, Banco Itaú e Banco Mercantil
do Brasil), no prazo de até 30 (trinta) dias corridos da data de aceitação dos serviços, pelo GMG,
acompanhado dos documentos fiscais;
a) Caso ocorra, a qualquer tempo, a não aceitação de qualquer serviço, o prazo de pagamento será
interrompido e reiniciado após a correção pela LICITANTE VENCEDORA;

b) na ocorrência de necessidade de providências complementares por parte da LICITANTE


VENCEDORA, o decurso de prazo para pagamento será interrompido, reiniciando-se a contagem a partir
da data em que estas forem cumpridas, caso em que não será devida atualização financeira.

c) O descumprimento total ou parcial das obrigações assumidas caracterizará a inadimplência da


LICITANTE VENCEDORA que poderá sofrer sanções administrativas previstas na legislação que rege
este edital.

4.11.2 - No caso de contratação financiada por recursos federais executados através de Cartão de
Pagamento de Defesa Civil – CPDC, a LICITANTE VENCEDORA deverá disponibilizar para o
Diretoria de Licitações e Contratos 36

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR máquina de cartão e pagamentos eletrônicos na bandeira


VISA, para o devido pagamento dos serviços prestados, nos moldes do Decreto Federal n. 7.257/2010;

4.11.2.1 - A máquina a que se refere o item 4.11.2 deve estar registrada no mesmo CNPJ do signatário
do contrato.

5. DAS ATRIBUIÇÕES DO GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR

5.1. Caberá ao GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR, por meio do GERENCIADOR do Registro de


Preços, a prática de todos os atos de controle e administração do Sistema Informatizado de Registro de
Preços – SIRP;

5.2. Acompanhar e fiscalizar a perfeita execução do presente Registro de Preços, comunicando formal e
imediatamente á licitante as irregularidades manifestadas na execução da Ata;

5.3. Nomear um GERENCIADOR para acompanhamento da execução do Registro de Preços;

5.4. Gerenciar a Ata de Registro de Preços, providenciando a indicação, sempre que solicitado, dos
fornecedores para atendimento às necessidades da Administração, obedecendo à ordem de
classificação e o quantitativo de contratação definido pelos participantes deste instrumento;

5.5. Prestar as informações e os esclarecimentos que venham a ser solicitados pela LICITANTE
VENCEDORA;

5.6. Conduzir os procedimentos relativos a eventuais renegociações dos preços registrados e a


aplicação de penalidades por descumprimento do pactuado na Ata de Registro de Preços.

6. DA LICITANTE VENCEDORA

6.1. Caberá a LICITANTE VENCEDORA beneficiária da Ata de Registro de Preços, observadas as


condições nela estabelecidas, optar pela aceitação ou não do fornecimento para os órgãos que vierem
futuramente a aderir a Ata, independentemente dos quantitativos registrados, desde que este
fornecimento não prejudique as obrigações anteriormente assumidas;

6.2. Fornecer durante 12 (doze) meses, a contar da assinatura da Ata, na forma e condições fixadas
neste instrumento, mediante requisição do órgão ou entidade participante, devidamente assinada pela
autoridade responsável, em conformidade com o Edital e seus anexos;

6.3. Prestar os serviços, objeto deste Termo de Referência, nos prazos e locais, conforme definido neste
instrumento;

6.4. Observar quanto ao transporte seja ele de que tipo for, as normas adequadas relativas a
embalagens, volumes, etc;

6.5. Manter, durante todo o prazo de vigência da Ata, em compatibilidade com as obrigações assumidas,
todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no processo licitatório;

Diretoria de Licitações e Contratos 37

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

6.6. Comunicar ao GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR, por escrito e com a maior brevidade
possível, qualquer anormalidade, além de prestar os esclarecimentos necessários, quando solicitados;

6.7. Arcar com a reparação de eventuais prejuízos causados aos ÓRGÃOS OU ENTIDADE e/ou a
terceiros, provocados por ineficiência ou irregularidade cometidas por seus empregados, convenentes ou
prepostos, envolvidos na execução do fornecimento;

6.8. Providenciar a imediata correção das deficiências, falhas ou irregularidades constatadas pelo
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR, referentes a prestação de serviços e ao cumprimento das
demais obrigações assumidas neste instrumento;

6.9. Responsabilizar-se, com foros de exclusividade, pela observância a todas as normas estatuídas pela
legislação trabalhista, social e previdenciária, tanto no que se refere a seus empregados, como a
contratados e prepostos, responsabilizando-se, mais, por toda e qualquer autuação e condenação
oriunda da eventual inobservância das citadas normas, aí incluídos acidentes de trabalho, ainda que
ocorridos nas dependências do GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR. Caso este seja chamado a
juízo e condenado pela eventual inobservância das normas em referência, a LICITANTE VENCEDORA
obriga-se a ressarci-lo do respectivo desembolso, ressarcimento este que abrangerá despesas
processuais e honorários de advogado arbitrados na referida condenação;

7. SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

7.1. A recusa do adjudicatário em assinar o Contrato, dentro do prazo estabelecido pelo GMG, bem
como o atraso e a inexecução parcial ou total dos serviços, objeto deste Termo de Referência,
caracterizarão o descumprimento da obrigação assumida e permitirão a aplicação das seguintes
sanções pelo GMG:

7.1.1. Advertência, que será aplicada sempre por escrito;

7.1.2. Multa, nos seguintes percentuais:

a) 0,3% (três décimos por cento) por dia, até o trigésimo dia de atraso, sobre o valor do fornecimento não
realizado;

b) 10% (dez por cento) sobre o valor da nota de empenho ou do contrato, em caso de recusa do
adjudicatário em efetuar o reforço de garantia;

c) 20% (vinte por cento) sobre o valor do fornecimento não realizado, no caso de atraso superior a 30
(trinta) dias, ou entrega de objeto com vício ou defeitos ocultos que o tornem impróprio ao uso que é
destinado, ou diminuam-lhe o valor ou, ainda fora das especificações contratadas;

7.1.3. Impedimento de licitar e contratar com órgãos e entidades da Administração Pública Estadual
poderá ser aplicada àquele licitante que:

a) apresentar documentação falsa;


Diretoria de Licitações e Contratos 38

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

b) deixar de apresentar documentação exigida para o certame;

c) ensejar o retardamento da execução do objeto da licitação;

d) não mantiver a proposta;

e) falhar ou fraudar a execução do contrato;

f) comportar-se de modo inidôneo; ou

g) cometer fraude fiscal.

7.1.4. A sanção prevista no item 7.1.2 poderá ser aplicada cumulativamente, com as dos itens 7.1.1 e
7.1.3, ou não, de acordo com a gravidade da infração, assegurada ampla defesa à LICITANTE
VENCEDORA, no prazo de 05 (cinco) dias úteis a contar da intimação do ato.

7.1.5. Prazo do impedimento de licitar e contratar serão de até cinco anos, enquanto perdurarem os
motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade
que aplicou a penalidade.

ANEXO II – QUANTITATIVO DE AGUA MENSAL


1. REGIÃO DE MONTES CLAROS
1.1. MUNICÍPIO DE BOCAIÚVA - MG
1.1.2.LOTE 01 - Bocaiúva I
Transporte e distribuição de 1.021 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 RETA GRANDE I 19 143.000
2 RETA GRANDE II 20 180.000
3 RETA GRANDE III 12 54.000
4 LAGOA GRANDE 17 126.000
5 ANGICO 11 72.000
6 POÇO BENTO 14 69.000
7 BARRAGEM DO BAMBU 14 90.000
8 TRIUNFO 16 168.000
9 RIACHINHO 17 36.000
10 ASS. BARRAGEM CAATINGA 26 72.000
11 COMUNIDADE PEIXOTO 20 11.000
TOTAL A ENTREGAR 186 1.021.000

1.1.3. LOTE 2 - Bocaiúva II


Transporte e distribuição de 477 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

Diretoria de Licitações e Contratos 39

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 MORRINHOS I 16,1 7.200
2 APARECIDA DA SERRA 26,9 9.000
3 CABECEIRA CURRAL DE VARAS 20,7 24.000
4 FORQUILHA 33,2 15.000
5 MORRINHOS II 7,5 13.200
6 TABOQUINHA 11,9 52.800
7 COBERTOR 9,5 10.800
8 FAZ. BAHIA 10,6 48.000
9 ASS. AMIGOS DA TERRA 28,8 48.000
10 LAGOINHA 16,4 15.000
11 OLHO D'ÁGUA 13,8 30.000
12 GARROTE II 15,4 22.800
13 CURRAL DE VARAS (FAZ ONÇA) 22,8 7.200
14 CURRAL DE ÍNDIO 30,2 60.000
15 POÇÕES 23,5 24.000
16 SÃO JOSÉ DO PEDREGULHO 20,5 3.600
17 SÍTIO 47,4 1.200
18 NOVA TOLDA 15,4 3.600
19 PARA TERRA 22 9.000
20 GARROTE I & ASSENT. GARROTE 15,9 22.800
21 FAZENDA JACARÉ II 26,7 6.000
22 BREJINHO 13,5 2.400
23 EXTREMA 23 3.000
24 BREJÃO 15,2 7.200
25 OLHO D'ÁGUA SIMÃO 13,4 10.800
26 CABECEIRA FAZENDA ONÇA 16,1 16.800
27 TABOQUINHA III CRISTIANO 12,7 3.600
TOTAL A ENTREGAR 529,1 477.000

1.2. MUNICÍPIO DE BOTUMIRIM


1.2.1. LOTE 3 - Botumirim I
Transporte e distribuição de 300 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 TRAÇADAL 55 72.000
2 COMUNIDADE BARREIRO 40 60.000
3 PARA TERRA MARAVILHA 31 108.000
4 FOLHA LARGA 110 60.000
TOTAL A ENTREGAR 236 300.000

1.2.2. LOTE 4 - Botumirim II


Transporte e distribuição de 342 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

Diretoria de Licitações e Contratos 40

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 BELA VISTA 50 60.000
2 CANTA GALO 60 150.000
3 TOAZINHO 40 72.000
4 ROCINHA 26 60.000
TOTAL A ENTREGAR 176 342.000

1.2.3. LOTE 5 - Botumirim III


Transporte e distribuição de 408 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 CASA DE TELHA 35 36.000
2 FONSECA 80 36.000
3 PÉ DA SERRA 45 36.000
4 ADÃO COLARES 36 300.000
TOTAL A ENTREGAR 196 408.000

1.3. MUNICÍPIO DE CAMPO AZUL


1.3.1. LOTE 6 – Campo Azul
Transporte e distribuição de 89,4 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 ESTANDARTE 42 6.000
2 ALGODOEIRO 3 3.600
3 BORRACHUDO 7 10.800
4 SAMAMBAIA - 3 12 4.800
5 CANOAS 11 4.800
6 CABACEIRAS 9 12.000
7 RIACHO DANTAS 31 3.600
8 COVANCAS 13 6.000
9 RIACHÃO 13 7.200
10 RIACHO DOS SANTOS 18 30.600
TOTAL A ENTREGAR 159 89.400

1.4. MUNICÍPIO DE CAPITÃO ENÉAS


1.4.1. LOTE 7 - Capitão Enéas
Transporte e distribuição de 552 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

Diretoria de Licitações e Contratos 41

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 NOVA MALHADA REAL 5 120.000
2 MALHADA REAL 21 96.000
3 SANTANA DA SERRA 43,5 132.000
4 SERROTE 38,5 12.000
5 BAIRRO CENTRAL 5,5 96.000
6 POÇO DOCE 6 96.000
TOTAL A ENTREGAR 119,5 552.000

1.5. MUNICÍPIO DE CÔNEGO MARINHO


1.5.1. LOTE 8 - Cônego Marinho I
Transporte e distribuição de 363 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 COMUNIDADE DE SAPÉ 12 180.000
2 BARREIRO DO BORRACHURO 50 21.000
3 CABEÇEIRA DE VACA PRETA 124 72.000
4 BANDEIRAS 30 78.000
5 BURITI DO MEIO 24 12.000
TOTAL A ENTREGAR 240 363.000

1.5.2. LOTE 9 - Cônego Marinho II


Transporte e distribuição de 831 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 CABECEIRA DO POÇÃO 20 60.000
2 PERI PERI/CUTIA 35 364.500
3 ROLINHA/PERI PERI 20 70.500
4 LAPINHA 18 24.000
5 CUPIM 20 72.000
6 CRUZ ARAÚJO 18 240.000
TOTAL A ENTREGAR 131 831.000

1.6. MUNICÍPIO DE CURRAL DE DENTRO


1.6.1. LOTE 10 – Curral de Dentro
Transporte e distribuição de 920 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
Diretoria de Licitações e Contratos 42

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

1 BOA SORTE 31 63.000


2 GAMELEIRA 28 45.000
3 ITABERABA 14 132.000
4 ILHA GRANDE 31 14.400
5 LAGOA DA JABOTICABA 28 20.400
6 BOQUEIRÃOZINHO 12 9.600
7 GENTIL 25 84.000
8 ÁGUA BRANCA 10 10.800
9 MACUCO 50 108.000
10 SACO DE DENTRO 19 12.000
11 FORMOSA 10 24.000
12 QUATI 32 13.200
13 CAMPESTRE 25 11.400
14 MARISTELA DE MINAS 61 210.000
15 PASSAGEM DE PEDRA 18 72.000
16 LARANJÃO 21 59.000
17 SALTADOR 18 30.600
TOTAL A ENTREGAR 433 920.000

1.7. MUNICÍPIO DE FRANCISCO DUMONT


1.7.1. LOTE 11 - Francisco Dumont
Transporte e distribuição de 657 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 ÁGUA BRANCA 28 108.000
2 BOQUEIRÃO 46 240.000
3 ÁGUA FRIA 25 48.000
4 COMUNID. STO ANTÔNIO 35 150.000
5 COM. SAMPO 7,5 96.000
6 COMUNID. SAMBAÍBA 5 15.000
TOTAL A ENTREGAR 146,5 657.000

1.8. MUNICÍPIO DE GAMELEIRAS


1.8.1. LOTE 12 - Gameleiras I
Transporte e distribuição de 736 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

Diretoria de Licitações e Contratos 43

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 PESQUEIRO 134 76.000
2 VEREDA DO BREJO 159 90.000
3 VEREDA DO JACU 174 150.000
4 VILA DO JACU 168 180.000
5 ASSENTAMENTO AGRONORTE 192 240.000
TOTAL A ENTREGAR 827 736.000

1.8.2. LOTE 13 - Gameleiras II


Transporte e distribuição de 780 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais
O
TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA
R COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
D
1 BOA VISTA 137 150.000
2 BREJO DOS MÁRTIRES 147 480.000
3 CURRAL NOVO 180 30.000
4 VEREDA DE GAMELEIRA 148 60.000
5 BARREIRO BRANCO 147 60.000
TOTAL A ENTREGAR 759 780.000

1.8.3. LOTE 14 - Gameleiras III


Transporte e distribuição de 720 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 POVOADO DE ENGENHO 129 300.000
2 ROÇADO VELHO 187 120.000
3 GORUTUBA (REGIÃO) 190 150.000
4 RAPOSA 175 150.000
TOTAL A ENTREGAR 681 720.000

1.9. MUNICÍPIO DE GLAUCILÂNDIA


1.9.1. LOTE 15 – Glaucilândia
Transporte e distribuição de 1.031 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 TABOCAL I 10 60.000
2 BARRIGUDA 7 12.000
3 LARANJÃO 19 291.000
4 LAGOA DO BOI 4 90.000
5 CAVA DO CURRAL 24 43.600

Diretoria de Licitações e Contratos 44

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

6 ESPINHO 25 39.000
7 CURRAL QUEIMADO 16 40.600
8 TABOCAL II 12 60.000
9 GAMELEIRA 14 90.000
10 CAIÇARA 6 42.000
11 ÁGUA BOA 8 10.800
12 RIO DAS PEDRAS 23 132.000
13 MALHADINHA 16 60.000
14 BARRA DA CAIÇARA 5 60.000
TOTAL A ENTREGAR 189 1.031.000

1.10. MUNICÍPIO DE GRÃO MOGOL


1.10.1. LOTE 16 - Grão Mogol
Transporte e distribuição de 466 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 VENTANIA 39 36.000
2 BOSQUE 25 18.000
3 TINGUI 33 50.600
4 BONITO CANCELA 60 39.000
5 CURRAL DE VARAS 72 9.000
6 BOSQUINHO 72 12.000
7 TRÊS BARRAS 74 3.000
8 VISTA ALEGRE 62 2.600
9 CAMPO ALTO 64 72.000
10 VÁRZEA DA CANA 32 27.000
11 LAGES PONTE ALTA 38 27.000
12 PORTEIRAS 46 21.600
13 ANGICO GANGORRA 44 16.200
14 MANDASSAIA 48 45.000
15 PEDRINHA 64 42.000
16 LAGOA DAS PEDRAS/ BRAÇO SECO 56 24.600
17 LAGOA MANGUÁS 50 4.800
18 CABEÇADA 30 15.600
TOTAL A ENTREGAR 909 466.000

1.11. MUNICÍPIO DE GUARACIAMA


1.11.1. LOTE 17 – Guaraciama
Transporte e distribuição de 918 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 SOBRADINHO/BURITI 9 120.000
CABECEIRA DO RIO DAS PEDRAS/BOA
2 15 180.000
VISTA
3 ESTIVA I/ESTIVA II 12 240.000
Diretoria de Licitações e Contratos 45

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

4 BREJINHO 10 54.000
5 CANA BRAVA/BARRINHA 61 216.000
6 BARREIRO DO CAMPO 14 108.000
TOTAL A ENTREGAR 121 918.000

1.12. MUNICÍPIO DE IBIRACATU


1.12.1. LOTE 18 - Ibiracatu
Transporte e distribuição de 960 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais
TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA
ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 FURADO NOVO 74 72.000
2 PAU PRETO 76 36.000
3 SÃO FELIPE 56 108.000
4 ALFORGES 64 192.000
5 MELADA 74 216.000
6 BARREIRO DA RAIZ 39 84.000
7 BAMBURRAL 66 48.000
8 CRUZEIRO 62 18.000
9 LAGOADO COIMBRA 65 18.000
10 MORRO 45 24.000
11 TRASPASSAS 40 108.000
12 QUEIMADAS 60 36.000
TOTAL A ENTREGAR 721 960.000

1.13. MUNICÍPIO DE ICARAÍ DE MINAS


1.13.1. LOTE 19 - Icaraí de Minas I
Transporte e distribuição de 936 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 BARREIRO UMBURANA 26 24000
2 VILA SANTOS REIS 14 840000
3 COMUNIDADE CURRALINHO 32 72000
TOTAL A ENTREGAR 72 936.000

1.13.2. LOTE 20 - Icaraí de Minas II


Transporte e distribuição de 990 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 COMUNIDADE DE SAPÉ 17 54000
2 COMUNIDADE MALHADA ALTA 16 162000
3 COMUNIDADE PRATA 17 180000
4 VILA RICA 16 216000
5 COMUNIDADE CANA BRAVA 15 72000
Diretoria de Licitações e Contratos 46

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

6 COMUNIDADE ALECRIM 8 108000


7 COMUNIDADE BREJINHO 18 198000
TOTAL A ENTREGAR 107 990.000

1.14. MUNICÍPIO DE ITACAMBIRA


1.14.1. LOTE 21 –Itacambira
Transporte e distribuição de 171 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 AREÃO 75 6.000
2 BARRA DO RIO PRETO 55 15.000
3 BOA SORTE 48 11.000
4 BOA VISTA 22 48.000
5 CRISPIM 61 31.000
6 MATO GROSSO 46 18.000
7 PAU D'ÓLEO 24 5.400
8 SÃO CRISTOVÃO 82 28.800
9 SÃO GERONIMO 85 7.800
TOTAL A ENTREGAR 498 171.000

1.15. MUNICÍPIO DE ITACARAMBI


1.15.1. LOTE 22 – Itacarambi
Transporte e distribuição de 865 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 ACAMPAMENTO SÃO FRANCISCO 60 90.000
2 FABÃO II 16 120.000
3 VOLTA DA SERRA 15 12.000
4 VÁRZEA GRANDE 42 88.000
5 BREJO SANTANA 20 240.000
6 CAPIM VERMELHO 12 150.000
7 JUNCO 15 105.000
8 RIACHÃO PAJEÚ - LOCALIDADE POÇO 20 60.000
VERDE
TOTAL A ENTREGAR 200 865.000

1.16. MUNICÍPIO DE JANAÚBA


1.16.1. LOTE 23 - Janaúba I
Transporte e distribuição de 354 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

Diretoria de Licitações e Contratos 47

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 MANDA SAIA 66 264.000
2 VILA NOVA DAS POÇÕES 22 12.000
3 GARAPAS 25 24.000
4 MANGAÍ 23 6.000
5 LEÕES 10 24.000
6 FLOR DA ACASIA 18 15.000
7 PAU FERRO (OBS.: Beco do Bené) 10 9.000
TOTAL A ENTREGAR 174 354.000

1.16.2. LOTE 24 - Janaúba II


Transporte e distribuição de 506 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 TRACBEL 48 252.000
2 TANQUE NOVO KM 164 11 21.000
3 MANICO 43 48.000
4 FLORESTA 35 24.000
5 MUNDO NOVO 15 56.000
6 ROSQUEIRA 11 24.000
7 IMBARE 28 66.000
8 BREJINHO 39 15.000
TOTAL A ENTREGAR 230 506.000

1.16.3. LOTE 25 - Janaúba III


Transporte e distribuição de 532 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais.

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 JACARÉ GRANDE 42 426.000
2 BAIXA DA COLÔNIA II 12 30.000
3 ARROZAL 30 30.000
4 LAJEDINHO 18 19.200
5 CAIERA 23 6400
6 FEIJÃO BRAVO 12 20.400
TOTAL A ENTREGAR 137 532.000

1.16.4. LOTE 26 - Janaúba IV


Transporte e distribuição de 696 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

Diretoria de Licitações e Contratos 48

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 TERRA BRANCA 34 79.200
2 TIRA FOGO 18 60.000
3 ZÉ FAUSTINO 15 112.800
4 JATAÍ 12 120.000
5 BOI VELHACO 47 122.400
6 PAJEÚ I (prox. D. Delmira) 18 36.000
7 BAIXA DA CANA 28 69.600
8 CRUZ DAS ALMAS 44 24.000
9 PAJEÚ II (imediações do poço) 20 30.000
QUEIMADA NOVA (Obs.: Próximo a
10 41 18.000
Barroquinha)
11 BARREIRO DE DENTRO 44 24.000
TOTAL A ENTREGAR 321 696.000

1.16.5. LOTE 27 - Janaúba V


Transporte e distribuição de 577 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 PAU PRETO 11 57.000
2 MUQUÉM 43 58.800
3 PAUS ALTO 37 91.200
4 BARRERÃO 38 54.000
5 MAROMBA 26 90.000
6 SIMPLICIO 42 75.600
7 JATOBÁ 28 72.000
8 CANTA GRILO I 26 30.000
9 TABOQUINHA 44 12.400
10 CANTA GRILO II 26 36.000
TOTAL A ENTREGAR 321 577.000

1.16.6. LOTE 28 - Janaúba VI


Transporte e distribuição de 628 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 NOVA COLÔNIA 18 13.800
2 BARROQUINHA 31 220.800
3 TERRA NOVA 43 51.000
4 ANGICO 35 28.800
5 CAIÇARA 47 141.000
6 POÇÃO VELHO 32 24.000
7 POÇÃO SANTA CRUZ 16 90.000
8 PEDRA PRETA 11 58.600
TOTAL A ENTREGAR 233 628.000
Diretoria de Licitações e Contratos 49

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

1.17. MUNICÍPIO DE JAPONVAR


1.17.1. LOTE 29 - Japonvar I
Transporte e distribuição de 684 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 ASSENTAMENTO INCRA I 57 72.000
2 ASSENTAMENTO INCRA II 61 150.000
3 JATOBAZINHO 46 90.000
4 PRATA 50 72.000
5 VILA SÃO CRISTOVÃO 20 300.000
TOTAL A ENTREGAR 234 684.000

1.17.2. LOTE 30 - Japonvar II


Transporte e distribuição de 780 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 MELANCIAS/ÁGUA BRANCA 30 600.000
2 PIÃO/LOBEIRO/CAITITU 28 180.000
TOTAL A ENTREGAR 58 780.000

1.17.3. LOTE 31 - Japonvar III


Transporte e distribuição de 828 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUAN. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 SANTA ROSA 30 108.000
2 QUATIS 32 120.000
NOVA MINDA/BECO/ANDU/DOIS
3 34 600.000
BARREIROS
TOTAL A ENTREGAR 96 828.000

1.18. MUNICÍPIO DE JEQUITAÍ


1.18.1. LOTE 32 - Jequitaí I
Transporte e distribuição de 936 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 BURITI DE BAXO 18 48.600
2 VOLTA 18 45.000
3 LAVRINHA 15 18.600
Diretoria de Licitações e Contratos 50

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

4 LAJEADO 18 6.000
5 PAU DE FRUTA 15 177.600
6 CABRAS 12 15.600
7 CORRENTE 14 14.000
8 BURITI DO SANTANA 27 172.000
9 QUATIS 25 117.000
10 REPARTIMENTO 24 44.400
11 ESPIGÃO DO BREJO 22 54.600
12 ÁGUA SUJA 23 39.000
13 SANTO ANTÔNIO 40 27.000
14 LAVANDEIRA 30 57.000
15 CHAPADA 30 33.000
16 LAJES 28 37.800
17 LAGOÃO 30 28.800
TOTAL A ENTREGAR 389 936.000

1.18.2. LOTE 33 - Jequitaí II


Transporte e distribuição de 987 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 ÁGUA ESPRAIADA 10 159.000
2 BIBOCAS 15 10.800
3 SERRINHA 10 13.800
4 BARRA RICA 5 40.800
5 BREJINHO 38 31.800
6 BURITI DOS NEVES 12 153.000
7 CANA BRAVA 14 33.600
8 BOQUEIRÃO 27 121.800
9 CÓRREGO DA RODA 10 150.600
10 ESPINHO 30 111.000
11 LAGOA DO BARRO 9 10.200
12 MORRINHOS 27 9.000
13 PALMEIRA 15 9.000
14 PITOMBEIRA 30 56.400
15 PORCO MORTO 19 9.600
16 TERRA VERMELHA 17 57.600
17 VISTA ALEGRE 23 9.000
TOTAL A ENTREGAR 311 987.000

1.19. MUNICÍPIO DE JURAMENTO


1.19.1. LOTE 34 - Juramento
Transporte e distribuição de 560 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 MANDURI 7,8 44.000
Diretoria de Licitações e Contratos 51

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

2 LAGES 6,1 14.400


3 SANTANA MUNDO NOVO 12,9 363.000
4 TIRA CHAPÉU 22,1 35.400
5 CAMPO GRANDE 4 4.800
6 BOA VISTA 2,5 4.200
7 PAU D'OLEO 15 72.000
8 CAVA DO CURRAL 18,6 4.800
9 BARREIRINHO 16,4 4.200
10 PASTINHO 19,8 5.400
11 PRATA 16,4 7.800
TOTAL A ENTREGAR 142 560.000

1.20. MUNICÍPIO DE JUVENÍLIA


1.20.1. LOTE 35 - Juvenília
Transporte e distribuição de 444 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 PROJ. ASSENTAMENTO TREVO 50 156.000
PROJ. ASSENTAMENTO GROTA DO
2 25 144.000
ESCURO
3 COMUNIDADE DO BARREIRO 55 18.000
PROJ. ASSENTAMENTO
4 38 54.000
DIVIDIDA/TABOLEIRINH
5 COMUNIDADE LAGEADO 35 72.000
TOTAL A ENTREGAR 203 444.000

1.21. MUNICÍPIO DE LASSANCE

1.21.1. LOTE 36 – Lassance


Transporte e distribuição de 153 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 BOQUEIRÃO 18 36.000
2 JOÃO MARTINS 18 36.000
3 MORADA NOVA 35 48.000
4 ESCARAMUSSA 4 10.800
5 VARGINHA 23 7.200
6 PIEDADE 30 6.000
7 SANTA MARIA 10 9.000
TOTAL A ENTREGAR 494 153.000

1.22. MUNICÍPIO DE LUISLÂNDIA


1.22.1. LOTE 37 - Luislândia

Diretoria de Licitações e Contratos 52

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Transporte e distribuição de 564 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 MORRINHOS 15 93000
2 CAPÃO 3 18000
3 OLHOS D`ÁGUA 29 57000
4 CARAÍBAS II 24 63000
5 ÁGUA NOVA 8 102000
6 BREJÃO, STº ANTÔNIO 3 39000
7 SUSSUARANA 20 78000
8 B. BOTELHO, CURRAL NOVO 8 39000
9 VARGEM GRANDE 7 16000
10 BARRA 32 59000
TOTAL A ENTREGAR 149 564000

1.23. MUNICÍPIO DE MATIAS CARDOSO


1.23.1. LOTE 38 - Matias Cardoso I
Transporte e distribuição de 704 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 LINHA DA CRUZ 41 153.800
2 LINHA DO CAMPO 43 49.200
3 TRONCO DO IPÊ 60 47.400
4 PRAIA 6 191.400
5 VÁRZEA DA MANGA 35 57.000
6 QUILOMBO DA LAPINHA 16 93.000
7 BARREIRO 48 112.200
TOTAL A ENTREGAR 249 704.000

1.24.2. LOTE 39 - Matias Cardoso II


Transporte e distribuição de 588 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 CABEÇA DA ONÇA 76 104.400
2 IGAZEIRA 66 100.200
3 LAGOA NOVA 15 91.200
4 PORTO 13 98.000
5 VEREDA 10 34.000
6 CANA BRAVA 14 43.200
7 PAU PRETO 24 117.000
TOTAL A ENTREGAR 218 588.000

Diretoria de Licitações e Contratos 53

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

1.25. MUNICÍPIO DE MIRABELA


1.25.1. LOTE 40 - Mirabela I
Transporte e distribuição de 816 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 MUQUEM 21 600.000
2 RIACHO DAS PEDRAS 23 108.000
3 POÇÕES 46 36.000
4 BARROCA D'ÁGUA 32 36.000
5 SALTO 23 36.000
TOTAL A ENTREGAR 401 816.000

1.26. LOTE 41 - Mirabela II


Transporte e distribuição de 630 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 SÃO BENTO 25 300.000
2 ÁGUA LIMPA 57 60.000
3 RIACHÃO 34 120.000
4 SUSSUARANA 27 108.000
5 ANA GONÇALVES 28 42.000
TOTAL A ENTREGAR 171 630.000

1.27. MUNICÍPIO DE MONTALVÂNIA


1.27.1. LOTE 42 - Montalvânia I
Transporte e distribuição de 624 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 PA GROTA DO ESPINHO I 12 117.000
2 CANOAS I E II 11 225.000
3 LEBRINA 20 12.000
4 ALEGRE E FERVEDOURO 25 135.000
6 JACARÉ 16 36.000
7 GERGELIM 17 33.000
8 SÃO JOSÉ 20 36.000
9 CUPINS 26 30.000
TOTAL A ENTREGAR 147 624.000

1.27.2. LOTE 43 - Montalvânia II


Transporte e distribuição de 600 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais
Diretoria de Licitações e Contratos 54

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 CANABRAVA II 31 600.000
TOTAL A ENTREGAR 31 600.000

1.28. MUNICÍPIO DE OLHOS D'ÁGUA


1.28.1. LOTE 44 - Olhos D’agua
Transporte e distribuição de 251 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 QUILOMBO 26 18.800
2 TONE SANTO 13 5.400
3 LAGES 2 16 15.000
4 ROCINHA 35 18.000
5 BURACÃO 43 9.000
6 PINDAIBA 33 27.000
7 SETE PAUS 37 33.000
8 MACAÚBAS 43 31.800
9 BREJINHO 31 21.000
10 BARROCÃO 23 27.000
11 BARRA DA ILHA 45 21.000
12 BARREIRINHO 35 24.000
TOTAL A ENTREGAR 380 251.000

1.29. MUNICÍPIO DE PAI PEDRO -MG


1.29.1. LOTE 45 - Pai Pedro I
Transporte e distribuição de 266 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais.

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 TAPERINHA 122 167.000
2 P.A. SANTA CLÁUDIA 109 99.000
TOTAL A ENTREGAR 231 266.00

1.29.2. LOTE 46 - Pai Pedro II


Transporte e distribuição de 290 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais.

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 PICADA 144 105.000
2 ATRÁS DOS MORROS BARROCA 94 185.000
TOTAL A ENTREGAR 238 290.000

Diretoria de Licitações e Contratos 55

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

1.29.3. LOTE 47 - Pai Pedro III


Transporte e distribuição de 282 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais.

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 VILA SULDÁRIO 134 135.000
2 SÃO DOMINGOS 77 84.000
3 SALINAS BEIRA RIO 90 63.000
TOTAL A ENTREGAR 301 282.000

1.29.4. LOTE 48- Pai Pedro IV


Transporte e distribuição de 327 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais.

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 ATRÁS DOS MORROS LAGOINHA 101 159.000
2 PASSAGEM DO BERNARDO 79 81.000
3 TÁBUA I 87 87.000
TOTAL A ENTREGAR 267 327.000

1.29.5. LOTE 49 - Pai Pedro V


Transporte e distribuição de 238 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 BARRA DO PACUÍ 149 100.000
2 BELA VISTA 81 138.000
TOTAL A ENTREGAR 230 238.000

1.29.6. LOTE 50 - Pai Pedro VI


Transporte e distribuição de 302 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 VARZEA DAS PEDRAS 77 123.600
2 TABUA RAMALHUDA 134 58.400
3 LAGOA VERDE 86 120.000
TOTAL A ENTREGAR 297 302.000

1.29.7. LOTE 51 - Pai Pedro VII


Transporte e distribuição de 279 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

Diretoria de Licitações e Contratos 56

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 PEDRA BRANCA 84 103.200
2 SALINAS IV 99 105.600
3 PACUÍ II 142 70.200
TOTAL A ENTREGAR 325 279.000

1.29.8. LOTE 52 - Pai Pedro VIII


Transporte e distribuição de 366 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 CANA BOLSA 81 69.000
2 MIRANTE/IAÇU 81 96.000
3 PÉ DO MORRO 89 94.000
4 SALINAS V 102 107.000
TOTAL A ENTREGAR 353 366.000

1.29.9. LOTE 53 - Pai Pedro IX


Transporte e distribuição de 440 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 COLETE 75 129.000
2 LAGOA DOS CRENTES 104 65.400
3 P.A. JOÃO PAULO II 91 63.600
4 SALINAS MARAVILHA 106 68.000
5 VARZEA REDONDA 76 114.000
TOTAL A ENTREGAR 452 440.000

1.29.10. LOTE 54 - Pai Pedro X


Transporte e distribuição de 362 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 SALINAS II 91 61.400
2 P.A. CALIFÓRNIA 122 93.600
3 SERRA GRANDE 75 102.000
4 TÁBUA II 92 105.000
TOTAL A ENTREGAR 380 362.000

1.30. MUNICÍPIO DE PATIS


1.30.1. LOTE 55 - Patis I

Diretoria de Licitações e Contratos 57

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Transporte e distribuição de 552 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais
TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA
ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 CABECEIRA DA CRUZ 40 171.600
2 JAMBREIRO 42 28.800
3 RIBEIRÃO DO OURO 26 15.600
4 BREJÃO 17 80.400
5 CHAPADA 22 9.000
6 PAU PRETO 18 24.000
7 PINDAÍBA 24 222.600
TOTAL A ENTREGAR 189 552.000

1.30.2. LOTE 56 - Patis II


Transporte e distribuição de 828 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais
TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA
ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 SANTA LUZIA 32 97.200
2 ASSENTAMENTO CATENGALO 22 28.800
3 CASA NOVA 19 403.800
4 BURITIZINHO 17 189.600
5 BABILÔNIA 14 52.200
6 CABACEIRO 1 15 24.600
7 CABACEIRO 2 16 31.800
TOTAL A ENTREGAR 135 828.000

1.31. MUNICÍPIO DE PIRAPORA


1.31.1. LOTE 57 - Pirapora
Transporte e distribuição de 660 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 COMUNIDADE BARUZEIRO 20 48.000
2 ASSENTAMENTO FLORESTA VIVEIROS 48 120.000
3 ASSENTAMENTO JOSÉ BANDEIRA 20 240.000
4 DISTRITO ARÃO REIS 25 72.000
5 COMUNIDADE PERNANBUCO 10 60.000
6 CHÁCARAS MUNIS 15 60.000
7 ASSENTAMENTO PACO PACO 30 60.000
TOTAL A ENTREGAR 168 660.000

1.32. MUNICÍPIO DE PORTEIRINHA


1.32.1. LOTE 58 - Porteirinha I
Transporte e distribuição de 756 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais
Diretoria de Licitações e Contratos 58

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 AGUA BRANCA 20,9 138.000
2 ANGICAL 15,9 72.000
3 ATRÁS DOS MORROS 34,3 57.000
4 BAIXA DO BARREIRO 21,6 75.000
5 BAIXA GRANDE 19,53 30.000
6 BARREIRO GRANDE 9,81 72.000
7 BARROCA 22,11 33.000
8 BOIÃO 18,24 21.000
9 BOM JESUS II 20,67 108.000
10 BREJO SECO 35,96 129.000
11 CAMPO DE POUSO 11,6 21.000
TOTAL A ENTREGAR 231 756.000

1.32.2. LOTE 59- Porteirinha II


Transporte e distribuição de 819 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 CALDEIRÃOZINHO 36,19 132.000
2 CANAFÍSTULA 10,1 99.000
3 CARRASCÃO 12,7 90.000
4 CEDRO 6,58 75.000
5 CHARCO DO F. DO PADRE 18,8 42.000
6 COCOS (RIO DOS COCOS) 33,55 135.000
7 CÓRREGO DO MATÃO 14,7 90.000
8 CÓRREGOS 14,03 15.000
9 EXTREMA 24,17 78.000
10 FURADO DO PADRE 19,07 63.000
TOTAL A ENTREGAR 190 819.000

1.32.3. LOTE 60 - Porteirinha III


Transporte e distribuição de 756 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 FURADO DA RODA 25,39 132.000
2 GANGORRA 16,81 99.000
3 ITAPICURU 21,32 90.000
4 JUREMINHA/JATOBAZINHO 8,38 75.000
5 JUREMINHA DO MULUNGÚ 13,21 42.000
6 LAGOINHA 41,16 135.000
7 MALHADA BONITA 11,2 90.000
8 MALHADA DOS BOIS 29,9 15.000
9 NOVO TANQUE 22,63 78.000
TOTAL A ENTREGAR 190 756.000
Diretoria de Licitações e Contratos 59

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

1.32.4. LOTE 61 - Porteirinha IV


Transporte e distribuição de 753 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 MUMBUCA 18,57 237.000
2 MUNGANGA 16,85 132.000
3 FURADO DO PEIXE 31,02 159.000
4 PAJEÚ I 30,59 72.000
5 PAJEÚ II 39,26 153.000
TOTAL A ENTREGAR 136 753.000

1.32.5. LOTE 62 - Porteirinha V


Transporte e distribuição de 639 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 PACIÊNCIA VELHA 15,08 72.000
4 PAJEÚ III 33,3 102.000
5 PAJEÚ IV 34,8 75.000
6 PARÁ I 40,58 159.000
7 PARAGUAI 14,83 186.000
8 POÇO DANTAS 29,97 45.000
TOTAL A ENTREGAR 169 639.000

1.32.6. LOTE 63 - Porteirinha VI


Transporte e distribuição de 699 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 POÇO 24,7 135.000
2 POÇO GRANDE 34,07 93.000
3 QUEIMADAS 14,26 33.000
4 RIACHÃO II 18,71 51.000
5 SALOBRO 23,76 225.000
6 TANQUINHO 37,04 48.000
7 XIXÁ 16,58 63.000
8 ZÉ LOPES 15,16 30.000
9 PAU PRETO (SUZANA) 17,08 21.000
TOTAL A ENTREGAR 202 699.000

1.33. MUNICÍPIO DE PEDRAS DE MARIA DA CRUZ


1.33.1. LOTE 64 - Pedras de Maria da Cruz I

Diretoria de Licitações e Contratos 60

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Transporte e distribuição de 1074 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 ALTO GRANDE 13 72.000
2 ARAME LISO 13 138.000
3 BAIXA D'ÁGUA 9 18.000
4 BARREIRO CERCADO 29 72.000
5 BOI MATEUS 28 36.000
6 CORCUNDO 37 48.000
7 MANOEL VITORIO 29 78.000
8 PALMEIRINHA 10 450.000
9 TORRÕES 17 42.000
10 COM. DEUS, VENCEREMOS 16 120.000
TOTAL A ENTREGAR 201 1.074.000

1.33.2. LOTE 65 - Pedras de Maria da Cruz II


Transporte e distribuição de 876 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 EXTREMA 23 30.000
2 LAGOINHA 15 48.000
3 MANGAI 28 18.000
4 MORRO DO CHAPÉU 24 60.000
5 PADILHO 13 48.000
6 RIACHO DO BURITI 30 270.000
7 RODEADOR 32 72.000
8 SÃO PEDRO DAS TABOCAS 10 330.000
TOTAL A ENTREGAR 175 876.000

1.34. MUNICÍPIO DE RIACHO DOS MACHADOS


1.34.1. LOTE 66 - Riacho dos Machados
Transporte e distribuição de 950 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
AGUA QUENTE/RACHARIA 14/BAIXA DO
1 20,6 63.000
CASU/ M
2 ROÇA MANDIOCA 14,83 39.000
3 PULO/ANGICO 8,2 62.400
4 RIO DA ONÇA 16,2 5.400
5 LAVRAS/MALHADA VERMELHA 28 31.200
6 CEDRO/MATO DA ROÇA/BURAQUINHO 23,6 31.800
7 PIRANGUINHA I 26,2 9.600
8 FRADE 8,4 10.800

Diretoria de Licitações e Contratos 61

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

9 TUMBICA 3,9 21.000


10 ESBARRANCADO 8,6 24.600
11 CORREGO VERDE 26,7 58.800
12 LAGOINHA/RODEADOR 8,2 12.000
TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA
ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 EXTREMA 28 42.000

13 MUMBUCA 11,9 7.200


14 RODEADOR 10,7 8.400
15 FAZENDA VELHA 12,5 18.000
16 JUREMA 20,1 18.600
17 TAPERA 23,9 58.800
18 TABUA 4,7 4.200
19 PIRANGUINHA 19,8 9.000
20 BARREIRO PRETO 22,5 51.000
21 CALDEIRÃO 17 24.000
22 VEREDA 15,1 15.000
23 PAIOL 18,8 18.000
24 OLHOS D’AGUA/RIBEIRÃO II 26,1 51.000
25 CANTOS DAS BICAS 24,5 8.400
26 CURRAL NOVO 16,7 18.000
27 AGUA ESPALHADA 8,5 82.800
28 PENEDO 19,1 7.800
29 ALGODÕES 33 6.000
30 BOA SORTE 9 21.600
31 QUIETÊ 11,13 15.000
32 GADO BRAVO 7,26 4.200
33 CAIÇARA 3,96 32.400
34 CÓRREGO DO POTE 1,43 101.000
TOTAL A ENTREGAR 531 950.000

1.35. MUNICÍPIO DE SANTA FÉ DE MINAS


1.35.1. LOTE 67 – Santa Fé de MinasTransporte e distribuição de 368 m³/mês de água potável,
devidamente captado nos pontos indicados, destinados às zonas rurais.

Diretoria de Licitações e Contratos 62

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

2 VÁRZEA DA CAATINGA 24 13.800


3 MOCAMBO 18 12.600
4 LAVADO 14 12.000
5 P.A. TAMBORIL 50 240.000
6 LOGRADOURO 10 10.800
7 SÃO TOMAZ 38 16.800
8 VARZEA ALEGRE 22 20.000
TOTAL A ENTREGAR 204 368.000

1.36. MUNICÍPIO DE VÁRZEA DA PALMA


1.36.1. LOTE 68 - Várzea da Palma
Transporte e distribuição de 270 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 ASSENT. MÃE D'ÁGUA 78 57.600
2 ASSENT. ROMPE DIA 73 90.000
3 COMUNID. BOM JARDIM 25 27.000
4 COMUNID. TAMBORIL 16 32.400
5 COMUNID. RIACHO DOCE 20 36.000
6 COMUNID. PEDRA GRANDE R. 10 27.000
TOTAL A ENTREGAR 222 270.000

1.37. MUNICÍPIO DE VARZELÂNDIA


1.37.1. LOTE 69 - Varzelândia
Transporte e distribuição de 605 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO
PERCORRIDA EM KM LITROS/MENSAL
1 COQUEIRO 4 30.000
2 LAGOA DO JÓIA 10 72.000
3 SÃO FELIPE 14 27.600
4 CRUZEIRO 16 32.400
5 ÁGUA NOVA 12 38.400
6 BEIRA DA CATINGA 9 40.800
7 BURITI CORTADO 14 19.200
8 OLHOS D'ÁGUA DA PRATA 16 26.400
9 FAZENDA COQUEIRO 4 14.400
10 BOQUEIRÃO DO JÓIA 13 27.600
11 JOÃO CONGO 14 40.800
12 FAZENDA VALE 10 22.800
13 FONTE NOVA 8 28.800
14 CAATINGA 8 38.400

Diretoria de Licitações e Contratos 63

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

15 BUQUEIRÃO DO CHORRÓ 14 19.400


16 BARRA DO ARAPUIM 26 7.200
17 TRES BARRIGUDAS 20 22.800
18 SERRA D'ÁGUA 28 52.800
19 CONQUISTA DA UNIDADE 32 26.400
20 TANQUINHO 36 16.800
TOTAL A ENTREGAR 308 605.000

1.38. MUNICÍPIO DE VERDELÂNDIA


1.38.1. LOTE 70 - Verdelândia I
Transporte e distribuição de 644 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 VISTA ALEGRE 11 93.000
2 SAPÉ 12 36.000
3 VERDE MINAS 19 66.000
4 BOA SORTE 5 24.000
5 BOM JARDIM 21 67.200
6 VERDE ÁGUA 8 90.000
7 CURRALINHO 8 33.000
8 ACAMPAMENTO N.S.APARECIDA 18 91.200
9 AGRESTE 9 60.000
10 VOLTA GRANDE 21 36.600
11 AMARGOSO 28 47.000
TOTAL A ENTREGAR 160 644.000

1.38.2. LOTE 71 - Verdelândia II


Transporte e distribuição de 711 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 VOLTA DA SERRA 13 60.000
2 SERRANA 24 90.000
3 VITÓRIA 9 76.800
4 SANTA CLARA 14 74.400
5 POLPA DO MUNDO 17 60.000
6 QUEBRA LINHA 19 57.000
7 LAGOA DE PEDRA 22 81.000
8 CORGÃO 30 78.000
9 CAITITÉ 6 99.000
10 UNIÃO 8 34.800
TOTAL A ENTREGAR 162 711.000

1.38.3. LOTE 72 - Verdelândia III

Diretoria de Licitações e Contratos 64

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Transporte e distribuição de 386 m³/mês de água potável, devidamente captado nos pontos indicados,
destinados às zonas rurais

TOTAL DISTÂNCIA QUANT. DE AGUA


ORD COMUNIDADES/DISTRITO LITROS/MENSAL
PERCORRIDA EM KM
1 ASSENTAMENTO MODELO 22 12.000
2 ASSENTAMENTO NOVA ESPERANÇA 19 12.000
3 LIMEIRA 28 66.000
4 FURADO NOVO 26 36.000
5 BOM SUCESSO 36 73.200
6 OLHOS D'ÁGUA 6 42.400
7 RESSACA 13 48.000
8 MATA NOVA 30 54.000
9 ARAPUÁ 18 42.400
TOTAL A ENTREGAR 198 386.000

Diretoria de Licitações e Contratos 65

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ANEXO III - MODELO DE CREDENCIAMENTO

PROCURAÇÃO

A (nome da empresa) _______________, CNPJ n.º ________________, com sede à


______________________, neste ato representada pelo(s) (diretores ou sócios, com qualificação
completa – nome, RG, CPF, nacionalidade, estado civil, profissão e endereço),
____________________________________________________________________________________
__
pelo presente instrumento de mandato, nomeia e constitui seu(s) Procurador(es) o(s) Senhor(es) (nome,
RG, CPF, nacionalidade, estado civil, profissão e endereço),
____________________________________________________________________________________
__
a quem confere(m) amplos poderes para junto ao Governo do Estado de Minas Gerais (ou de forma
genérica: para junto aos órgãos públicos federais, estaduais e municipais) praticar os atos necessários
para representar a outorgante na licitação na modalidade de pregão n.º (ou de forma genérica para
licitações em geral), usando dos recursos legais e acompanhando-os, conferindo-lhe(s), ainda, poderes
especiais para desistir de recursos, interpô-los, apresentar lances verbais, negociar preços e demais
condições, confessar, transigir, desistir, firmar compromissos ou acordos, receber e dar quitação,
podendo ainda, substabelecer está para outrem, com ou sem reservas de iguais poderes, dando tudo
por bom firme e valioso, e, em especial, para (se for o caso de apenas uma licitação).
Local, data e assinatura

RECONHECER FIRMA(S)

ANEXO IV - MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL

LOTE 01 ao 72
Diretoria de Licitações e Contratos 66

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ITEM QTD UN ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS PREÇO UNITÁRIO


(R$) (M³)
Transporte e distribuição de --------- m³ de água potável,
devidamente captado nos pontos indicados, destinados
01 --- 01 às zonas rurais do lote de -------, conforme
especificações técnicas e condições comerciais descritas
no ANEXO I – TERMO DE REFERÊNCIA.

VALOR TOTAL DO LOTE R$ ----,---- (-------------------------------------------------------------------------------------)

Dados a constar na proposta Preenchimento pelo proponente


Razão Social
CNPJ
Endereço
Telefone/Fax
Nome do Representante Legal
Identidade do Representante Legal
CPF do Representante Legal
Cargo do Representante Legal
Prazo de Validade da Proposta
Prazo de entrega
Local de Entrega
Declaro que nos preços propostos encontra-se incluídos todos os tributos, encargos sociais, frete até o
destino e quaisquer outros ônus que porventura possam recair sobre o fornecimento do objeto da
presente licitação, e que estou de acordo com todas as normas deste Edital e seus Anexos.
OBS: Os campos: valores com ICMS deverão ser preenchidos por todos os proponentes e os campos
valores sem ICMS deverão ser preenchidos apenas pelos fornecedores mineiros, conforme determina
a Resolução Conjunta nº 3.458, de 22/07/2003, das Secretarias de Estado da Fazenda e de
Planejamento e Gestão de Minas Gerais, que regulamenta a isenção do ICMS para este caso.
Assinatura do representante legal da empresa

ANEXO V – LAUDO DE VISTORIA

Diretoria de Licitações e Contratos 67

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO

NOME/RAZÃO SOCIAL:

MUNICÍPIO/LOTE:

PLACA: MODELO: COR:

ANO: CAPACIDADE DO TANQUE EM M³:

Nº DO SELO/LACRE:

CONDIÇÕES DO VEÍCULO

ESPECIFICAÇÕES DO VEICULO SIM NÃO

1 DOCUMENTO DO VEÍCULO (CRLV VIGENTE)

2 PÁRA CHOQUE DIANTEIRO

3 PÁRA CHOQUE TRASEIRO

4 PLACA DIANTEIRA

5 PLACA TRASEIRA

6 SELO DE PLACA TRASEIRA

7 ESPELHOS RETROVISORES EXTERNOS

8 MOTOR DE ARRANQUE/BATERIA

9 PÁRA BRISA

10 BANCOS FIXOS

11 FARÓIS DIANTEIROS

12 FAROLETES (LUZ MÍNIMA DOS FARÓIS)

13 TRANSFORMAÇÃO DOS FARÓIS (ALTO E BAIXO)

14 LANTERNA DE SETAS LADO DIREITO (DIANTEIRAS E TRASEIRAS)

15 LANTERNAS DE SETAS LADO ESQUERDO (DIANTEIRAS E TRASEIRAS)

19 PISCA ALERTA EM FUNCIONAMENTO

20 LUZ /SINAL SONORO (MACHA A RÉ)

21 LUZ DE FREIO

22 FREIO DE ESTACIONAMENTO

Diretoria
23 de Licitações
PNEUSe Contratos
EM BOM ESTADO DE CONSERVAÇÃO E SEGURANÇA 68

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

24 PNEU ESTEPE EM BOM ESTADO DE CONSERVAÇÃO E SEGURANÇA

25 BUZINA

26 EXTINTOR DE INCÊNDIO (PROPORCIONAL AO VEÍCULO)

27 CINTO DE SEGURANÇA

28 MAÇANETA DAS PORTAS (TRINCOS EXTERNOS E INTERNOS)

29 TRIÂNGULO/CHAVE DE RODA/MACACO

30 AUSÊNCIA DE VAZAMENTO DE COMBUSTÍVEIS/ÓLEO

31 AUSÊNCIA DE PROPAGANDA POLÍTICA

CONDIÇÕES DO TANQUE (PIPA)

ESPECIFICAÇÕES DO TANQUE (PIPA) SIM NÃO

APRESENTA CARACTERÍSTICAS DE HAVER SIDO UTILIZADO NO


1 ARMAZENAMENTO / TRANSPORTE DE COMBUSTÍVEIS OU
PRODUTOS PERIGOSOS

2 PINTURA EXTERNA

3 PINTURA INTERNA

4 EXISTÊNCIA DE VAZAMENTO

5 MANGOTE

6 VÁLVULA EXPULSORA EM PVC

7 TAMPA E VEDAÇÃO DA BOCA DE VISITA

8 INSCRIÇÃO "ÁGUA POTÁVEL"

ADESIVO CONTENDO CAPACIDADE DO TANQUE, CONFORME


9
ESPECIFICAÇÃO DO EDITAL.

PARECER FINAL: ( ) APROVADO ( ) REPROVADO**


**SE REPROVADO DESCREVER
MOTIVO:____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
LOCAL, DATA E HORA
ASSINATURA DO REPRESENTANTE LEGAL
ASSINATURA DA COMISSÃO TÉCNICA
ANEXO VI – MODELO DOS ADESIVOS
1. CAPACIDADE DO TANQUE
Diretoria de Licitações e Contratos 69

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

CAPACIDADE PALAVRA CAIXA ALTA COM


FONTE ARIAL 54 DE COR
PRETA CENTRALIZADA EM
DE RELAÇÃO À BORDA DA
y metros de altura

12.000
FIGURA
NÚMERO CAIXA ALTA COM
FONTE ARIAL 70 DE COR
PRETA CENTRALIZADA EM
RELAÇÃO À BORDA DA
LITROS FIGURA

X metros de
comprimento
2. LOGOMARCA DA CEDEC

ANEXO VII – MODELO DO CODE

Diretoria de Licitações e Contratos 70

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ANEXO VIII – MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

Diretoria de Licitações e Contratos 71

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº. /2016

Aos dias do mês de 2016, o GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS, por


intermédio do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, órgão
gerenciador desde Registro de Preços, situado na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves,
Rodovia Papa João Paulo II, 3.777, Palácio Tiradentes, 2º andar, Bairro Serra Verde, Belo Horizonte,
Minas Gerais, inscrito no Cadastro de Pessoas Jurídicas sob o nº. 18.715.565/0001-10, representado
neste ato pelo ----------------------------, na qualidade de Chefe, brasileiro, casado, inscrito no Cadastro de
Pessoas Físicas sob o nº. --------, Portador do RG nº. M-------------, doravante denominado Órgão
GERENCIADOR, nos termos das disposições legais aplicáveis e do disposto no Edital do Pregão
Eletrônico de Registro de Preços nº. --/2016 resolve registrar os preços das empresas abaixo
identificadas, por lote, a seguir denominadas simplesmente FORNECEDOR, nos termos Lei Federal nº.
10.520, de 17 de julho de 2002, Lei Estadual nº. 14.167, de 10 de janeiro de 2002, Lei Complementar nº.
123, de 14 de dezembro de 2006, pelos Decretos nº. 44.786 de 18 de abril de 2008, nº. 44.630, de 03 de
outubro de 2007, nº. 45.902, de 27 de janeiro de 2012, nº. 46.373, de 16 de dezembro de 2013, nº.
46.311, de 16 de setembro de 2013 e suas alterações posteriores, pela Resolução Conjunta
SEPLAG/SEF nº. 8.727, de 21 de setembro de 2012, pela Resolução SEPLAG nº 058, de 30 de
novembro de 2007, Resolução SEPLAG nº. 09 de 16 de fevereiro de 2009, Resolução Conjunta
SEPLAG/SEF Nº 4.264 de 21 de outubro de 2010; e as demais normas legais correlatas;
LOTE nº.
1º FORNECEDOR:
Nome:
Endereço:
CNPJ: Inscrição Estadual:
Representante Legal: (inserir o nome, número do documento de identidade e do CPF)
LOTE nº.
2º FORNECEDOR:
Nome:
Endereço:
CNPJ: Inscrição Estadual:
Representante Legal: (inserir o nome, número do documento de identidade e do CPF)

Cláusula Primeira – DO OBJETO


1.1. Constitui objeto desta Ata o Registro de Preços a contratação de empresa especializada na
prestação de serviços de transporte de água potável, na REGIÃO DE MONTES CLAROS, conforme
demanda e necessidades do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil,
conforme especificações técnicas e condições comerciais descritas no ANEXO I – TERMO DE

Diretoria de Licitações e Contratos 72

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

REFERENCIA, do Edital de licitação que originou o registro de preços, parte integrante e inseparável
deste instrumento, e quadro demonstrativo a seguir:

LOTE --
ITEM DESCRIÇÃO DO ITEM QTD FORNECEDORES VALOR UNITÁRIO
DETENTORES DO REGISTRO REGISTRADO

1.2. As quantidades previstas para os itens com preços registrados poderão ser remanejadas ou
redistribuídas pelo órgão gerenciador, observado como limite máximo a quantidade total registrada para
cada item.
1.3. Este instrumento não obriga o órgão gerenciador a contratar todos os serviços nele registrado nem
firmar contratações nas quantidades estimadas, podendo realizar licitação específica para a contratação
de um ou mais serviços, obedecida a legislação pertinente, hipótese em que, em igualdade de
condições, o beneficiário deste registro terá preferência.
1.4. Os preços registrados deverão sempre ser adequados ao valor de mercado, sob pena de não haver
a contratação.

Cláusula Segunda – DOS PRAZOS


O FORNECEDOR terá 05 (cinco) dias úteis para a assinatura do contrato ou instrumento equivalente,
contados da convocação quando efetivada a contratação.

Cláusula Terceira – DA VIGÊNCIA


A presente Ata de Registro de Preços terá vigência de 12 (doze) meses, improrrogável, a partir da
publicação da ATA.

Cláusula Quarta – DOS ÓRGÃOS PARTICIPANTES


Na presente Ata de Registro de Preços não constam órgãos e entidades participantes.

Cláusula Quinta – DA CONTRATAÇÃO E DAS CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO


5.1. Os contratos que forem celebrados, decorrentes da Ata de Registro de Preços, terão sua vigência
correspondente ao período de até 12 (doze) meses prorrogáveis, obedecendo a regulamentação da Lei
Federal nº 8.666/93 e somente poderão ser firmados enquanto a Ata estiver em vigência.
5.2. A contratação com os fornecedores registrados será feita de acordo com as necessidades e
conveniência do ÓRGÃO GERENCIADOR que será formalizada por intermédio de instrumento
contratual, emissão de Nota de Empenho de Despesa e autorização de início da prestação dos serviços,
conforme o disposto no art. 62 da Lei Federal nº 8.666/93.

Diretoria de Licitações e Contratos 73

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

5.3. Os quantitativos totais expressos na Cláusula Primeira são estimativos e representam as previsões
para os fornecimentos durante o prazo de 12 (doze) meses.
5.4. O fornecedor ficará obrigado a atender a todos os pedidos efetuados durante a vigência desta Ata.
5.5. Durante todo o período de validade desta Ata, o fornecimento deverá atender às condições
especificadas nesta Ata, nas cláusulas do Edital do Pregão de Registro de Preços nº. 300/2016 e no
Anexo I, do referido Edital. ’

Cláusula Sexta – DO PRAZO E DO LOCAL DE ENTREGA


6.1. O FORNECEDOR, com preço registrado nesta ATA, será convocado para a assinatura do
instrumento contratual, conforme a necessidade do GERENCIADOR DA ATA.
6.2. Os serviços deverão ser prestados preferencialmente entre 6h00min às 18h00min, incluindo finais
de semana e feriados, nas comunidades descritas no ANEXO II – DETALHAMENTO DAS ROTAS;
6.3. A prestação do serviço ocorrerá conforme necessidades do GERENCIADOR DA ATA.
6.4. O GERENCIADOR DA ATA não está obrigado a contratar fornecimento mínimo de água, tampouco
está atrelado ao quantitativo estimado para cada lote, ficando, a seu exclusivo critério, a definição do
período da formalização do contrato e do volume de água a ser transportado e distribuído.
6.5. A entrega deverá ser realizada na presença de pelo menos 01 (um) dos membros da Comissão de
cada comunidade designada pelo Plano Municipal de Distribuição de Água - PMDA;
a) a entrega da água será certificada pelos membros da comissão da comunidade designada pelo
PMDA, através de códigos “QR Code”, conforme ANEXO VII do Edital do Pregão Presencial de
Registro de Preços nº. 300/2016.
b) os membros citados neste item irão verificar as condições exigidas no Edital do Pregão Presencial de
Registro de Preços nº. 300/2016.
6.6. A Comissão de cada comunidade designada pelo Plano Municipal de Distribuição de Água - PMDA
será informada ao Licitante Vencedor no ato de celebração do contrato de prestação de serviços e só
será alterada pelo GERENCIADOR DA ATA;
6.7. O FORNECEDOR não está autorizada a entregar água a pessoa que não compõe a Comissão
previamente designada, cujos membros deverão apresentar a devida identificação no ato do
recebimento.

Cláusula Sétima – DO RECEBIMENTO DOS SERVIÇOS


7.1. Os serviços serão vistoriados por 02 (dois) servidores designados pelo GERENCIADOR DA ATA
para tal fim, que adotará os seguintes procedimentos, conforme o caso:
a) provisoriamente: de posse dos documentos apresentados pelo FORNECEDOR e de uma via do
contrato e da proposta respectiva, receberá os serviços para verificação de especificações, quantidade,
qualidade, preços e outros dados pertinentes e, encontrando irregularidade, fixará prazos para correção
pelo ÓRGÃO GERENCIADOR, ou aprovando, receberá provisoriamente os serviços, mediante recibo;
Diretoria de Licitações e Contratos 74

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

b) definitivamente: após recebimento provisório, verificação da integridade e realização de testes de


qualidade, se for o caso, e sendo aprovados, nos exatos termos do edital e da proposta vencedora, será
efetivado o recebimento definitivo mediante expedição de termo circunstanciado e recibo aposto na Nota
Fiscal (1ª e 2ª vias);
7.2. Em caso de irregularidade não sanada pelo FORNECEDOR, a Comissão de Recebimento reduzirá
a termo os fatos ocorridos e encaminhará à Assessoria Jurídica, para aplicação de penalidades.
7.3. Em caso de necessidade de providências por parte do FORNECEDOR, os prazos de pagamento
serão suspensos e considerado o fornecimento em atraso, sujeitando-a a aplicação de multa sobre o
valor considerado em atraso e, conforme o caso, a outras sanções estabelecidas em lei e neste
instrumento.

Cláusula Oitava – DO PAGAMENTO


8.1. O pagamento será efetuado através do Sistema Integrado de Administração Financeira-SIAFI/MG,
conforme rotina estabelecida para as diferentes fontes de recursos, a crédito do beneficiário em um dos
bancos credenciados pelo Estado (Banco do Brasil, Bradesco, Banco Itaú e Banco Mercantil do Brasil),
no prazo de até 30 (trinta) dias corridos da data de aceitação dos serviços, pelo GMG, acompanhado dos
documentos fiscais, pelo setor financeiro respectivo, devidamente atestadas por 02 (dois) servidores
designados pelo Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil,
acompanhadas do Termo de Recebimento Definitivo.
8.1.1. Na ocorrência de necessidade de providências complementares por parte do Detentor do Preço
Registrado, o decurso de prazo para pagamento será interrompido, reiniciando a contagem a partir da
data em que estas forem cumpridas, caso em que não será devida atualização financeira.
8.1.2. Obrigatoriamente, o FORNECEDOR deverá informar na Nota Fiscal/Fatura o valor unitário do m³ x
km, bem como o nº do banco, a agência e o número de sua conta bancária, a fim de agilizar o
pagamento.
8.1.3. O FORNECEDOR deverá, obrigatoriamente, emitir Nota Fiscal/Fatura com o CNPJ idêntico ao
apresentado para fins de habilitação e consequentemente lançado na Nota de Empenho e na Ata de
Registro de Preços.
8.2. O pagamento da Nota Fiscal fica condicionado ao cumprimento dos critérios de recebimento.
8.3. Ocorrendo atraso do pagamento por culpa exclusiva da Administração, a quitação será realizada
acrescida de atualização financeira, entre as datas do vencimento e do efetivo pagamento, de acordo
com a variação “pro-rata tempore” do IPCA-IBGE, ou outro índice que venha substituí-lo, conforme a
legislação vigente.
8.4 - No caso de contratação financiada por recursos federais executados através de Cartão de
Pagamento de Defesa Civil – CPDC, o FORNECEDOR deverá disponibilizar para o GERENCIADOR DA
ATA máquina de cartão e pagamentos eletrônicos na bandeira VISA, para o devido pagamento dos
serviços prestados, nos moldes do Decreto Federal n. 7.257/2010;
Diretoria de Licitações e Contratos 75

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

8.4.1 - A máquina a que se refere o item 8.4 deve estar registrada no mesmo CNPJ do signatário do
contrato.

Cláusula Nona – DAS OBRIGAÇÕES DAS PARTES


9.1. DO GERENCIADOR DA ATA
9.1.1. Caberá ao GERENCIADOR DA ATA/Coordenaria Estadual de Defesa Civil/CEDEC, por meio do
GERENCIADOR do Registro de Preços, a prática de todos os atos de controle e administração do
Sistema Informatizado de Registro de Preços – SIRP;
9.1.2. Acompanhar e fiscalizar a perfeita execução do presente Registro de Preços, comunicando formal
e imediatamente ao FORNECEDOR as irregularidades manifestadas na execução da Ata;
9.1.3. Nomear um GERENCIADOR para acompanhamento da execução do Registro de Preços;
9.1.4. Gerenciar a Ata de Registro de Preços, providenciando a indicação, sempre que solicitado, dos
fornecedores para atendimento às necessidades da Administração, obedecendo à ordem de
classificação e o quantitativo de contratação definido pelo participante da presente Ata;
9.1.5. Prestar as informações e os esclarecimentos que venham a ser solicitados pelo FORNECEDOR;
9.1.6. Conduzir os procedimentos relativos a eventuais renegociações dos preços registrados e a
aplicação de penalidades por descumprimento do pactuado na Ata de Registro de Preços.

9.2. DO FORNECEDOR
9.2.1. Caberá ao FORNECEDOR e beneficiário da Ata de Registro de Preços, observadas as condições
nela estabelecidas, optar pela aceitação ou não do fornecimento para os órgãos que vierem futuramente
a aderir à respectiva Ata, independentemente dos quantitativos registrados, desde que este fornecimento
não prejudique as obrigações anteriormente assumidas;
9.2.2. Fornecer durante 12 (doze) meses, a contar da assinatura da Ata, na forma e condições fixadas
nesta Ata, mediante convocação do GERENCIADOR DA ATA, em conformidade com o Edital e demais
informações constantes do Registro de Preços;
9.2.3. Prestar os serviços, objeto do presente Registro de Preço nos prazos e locais, conforme definido
na cláusula Sexta desta Ata;
9.2.4. Manter, durante todo o prazo de vigência da Ata, em compatibilidade com as obrigações
assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no processo licitatório do Pregão;
9.2.5. Comunicar ao GERENCIADOR DA ATA, por escrito e com a maior brevidade possível, qualquer
anormalidade de caráter urgente, além de prestar os esclarecimentos necessários, quando solicitados;
9.2.6. Arcar com a reparação de eventuais prejuízos causados aos ÓRGÃOS OU ENTIDADE e/ou a
terceiros, provocados por ineficiência ou irregularidade cometidas por seus empregados, convenentes ou
prepostos, envolvidos na execução do fornecimento.
9.2.7. Providenciar a imediata correção das deficiências, falhas ou irregularidades constatadas pelo
GERENCIADOR DA ATA, referente à forma de prestação de serviços e ao cumprimento das demais
obrigações assumidas nesta Ata;
Diretoria de Licitações e Contratos 76

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

9.2.8. O FORNECEDOR deverá manter, durante todo prazo de vigência desta ATA, seus veículos
conforme a legislação de trânsito em vigor, bem como as normas de segurança aplicáveis à espécie do
transporte, eximindo o GERENCIADOR DA ATA de quaisquer responsabilidades dos acidentes de
trânsito e suas indenizações;
9.2.9. Caberá ao FORNECEDOR a responsabilidade total, nos casos de qualquer acidente envolvendo
os empregados e/ou o veículo utilizado na prestação dos serviços, pelos danos que vierem a sofrer, bem
como os danos sofridos por pessoas ou bens de terceiros, ficando o GERENCIADOR DA ATA isento de
quaisquer responsabilidades;
9.2.10. O FORNECEDOR deverá garantir a execução dos serviços, objeto deste instrumento, realizada
por seus empregados, contra irregularidades na execução e na documentação.
9.2.10.1. Caso deixe de executar os serviços conforme normas descritas neste, o FORNECEDOR
responderá judicialmente e extrajudicialmente por irregularidades ocorridas, sendo, a qualquer tempo,
obrigada a responder civil e criminalmente pelos serviços considerados imperfeitos, sem quaisquer ônus
adicionais para o GERENCIADOR DA ATA;
9.2.11. O FORNECEDOR se responsabilizará pelo bom comportamento de seus empregados na
execução dos serviços, objeto desta ATA, comprometendo-se a afastar qualquer empregado, cuja
presença seja considerada inconveniente, a critério do GERENCIADOR DA ATA;
9.2.12. Os serviços, com preços registrados, terão seu início conforme demanda e necessidade do
GERENCIADOR DA ATA.
9.2.12.1. O FORNECEDOR será contatado para realizar os atos formais, antes do início da prestação
dos serviços.
9.2.12.2. O FORNECEDOR deverá manter os dados para contatos sempre atualizados, principalmente
seu endereço de e-mail e telefones que serão as principais formas de convocação para a assinatura do
contrato;
9.2.13. O FORNECEDOR deverá apresentar seus veículos no prazo máximo de 03 (três) dias úteis, a
partir da emissão da Nota de Empenho, na Coordenadoria Municipal de Proteção de Defesa Civil do
município do lote licitado;

Cláusula Décima – DA SUBSTITUIÇÃO DO TANQUE


10.1. O FORNECEDOR solicitará ao GERENCIADOR DA ATA autorização para a substituição do
veículo ou do tanque.
10.1.1. Quando a substituição for autorizada o GERENCIADOR DA ATA fará nova vistoria, afim de
verificar as condições estabelecidas no Edital do Registro de Preços nº. 300/2016;
10.1.2. Sendo aprovada a substituição do veículo ou tanque, o GERENCIADOR DA ATA fixará o novo
lacre no tanque (pipa) à estrutura do chassi do veículo.

Diretoria de Licitações e Contratos 77

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

10.2. O ORGÃO GERENCIADOR realizará vistoria, por no mínimo 01 (um) funcionário do GABINETE
MILITAR DO GOVERNADOR/COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL OU DA POLÍCIA
MILITAR DE MINAS GERAIS, no município onde ocorreu a reunião do Pregão de Registro de Preços;
10.3. O GERENCIADOR DA ATA poderá, a qualquer tempo, vistoriar os veículos para fins de análise
dos documentos, equipamentos, condições de funcionamento, limpeza e higiene;

Cláusula Décima Primeira – DO CANCELAMENTO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS


11.1. A presente Ata ou o Registro de Preços de fornecedor específico poderão ser cancelados de pleno
direito nas seguintes situações:
11.1.1. Pelo GERENCIADOR DA ATA quando:
11.1.1.1. O Fornecedor não cumprir as obrigações constantes desta Ata de Registro de Preços;
11.1.1.2. O Fornecedor não formalizar contrato decorrente do Registro de Preços ou não retirar o
instrumento equivalente no prazo estabelecido e a Administração não aceitar sua justificativa;
11.1.1.3. Ocorrer qualquer das hipóteses de inexecução total ou parcial da Ata de Registro de Preços;
11.1.1.4. Os preços registrados apresentaram-se superiores aos praticados no mercado;
11.1.1.5. O Fornecedor der causa à rescisão administrativa da Ata de Registro de Preços ou contrato
decorrente dela, por um dos motivos discriminados no art. 78 e seus incisos da Lei federal n° 8.666, de
21jun93;
11.1.1.6. Por razões de interesse público, devidamente demonstrado e justificado pela Administração;
11.1.1.7. O FORNECEDOR praticar atos fraudulentos no intuito de auferir vantagem ilícita;
11.1.1.8. Ficar evidenciada incapacidade de cumprir as obrigações assumidas pelo FORNECEDOR,
devidamente caracterizada em relatório de inspeção.
11.1.2. Pelo FORNECEDOR:
11.1.2.1. Mediante solicitação por escrito, comprovando estar impossibilitado de cumprir as exigências
do instrumento convocatório que deu origem ao Registro de Preços, com antecedência mínima de 30
(trinta) dias, sem prejuízo das penalidades previstas no instrumento convocatório, nesta Ata, bem como
de ressarcimento aos órgãos participantes por perdas e danos;
11.1.2.2. Mediante solicitação por escrito, na ocorrência de fato superveniente, decorrente de caso
fortuito ou força maior.

Cláusula Décima Segunda – DAS PENALIDADES E DAS MULTAS


12. O descumprimento total ou parcial das obrigações assumidas caracterizará a inadimplência do
FORNECEDOR, sujeitando-a às seguintes penalidades:
12.1. Advertência que será aplicada sempre por escrito;
12.2. Multa, nos seguintes percentuais:
a) 0,3% (três décimos por cento) por dia, até o trigésimo dia de atraso, sobre o valor do fornecimento não
realizado;
Diretoria de Licitações e Contratos 78

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

b) 10% (dez por cento) sobre o valor da nota de empenho ou do contrato, em caso de recusa do
adjudicatário em efetuar o reforço de garantia;
c) 20% (vinte por cento) sobre o valor do fornecimento não realizado, no caso de atraso superior a 30
(trinta) dias, ou entrega de objeto com vício ou defeitos ocultos que o tornem impróprio ao uso que é
destinado, ou diminuam-lhe o valor ou, ainda fora das especificações contratadas;
12.3. Impedimento de licitar e contratar com órgãos e entidades da Administração Pública Estadual
poderá ser aplicada àquele licitante que:
a) apresentar documentação falsa;
b) Deixar de apresentar documentação exigida para o certame;
c) ensejar o retardamento da execução do objeto da licitação;
d) não mantiver a proposta;
e) falhar ou fraudar a execução do contrato;
f) Comportar-se de modo inidôneo; ou
g) cometer fraude fiscal.
12.4. Prazo do impedimento de licitar e contratar serão de até cinco anos, enquanto perdurarem os
motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade
que aplicou a penalidade.
12.5. Rescisão unilateral do Contrato, sujeitando-se o FORNECEDOR ao pagamento de indenização ao
GERENCIADOR DA ATA por perdas e danos;
12.6. Indenização ao GERENCIADOR DA ATA da diferença de custo para contratação de outro licitante.
§1º - As sanções previstas nos itens 12.1, 12.3 e poderão ser aplicadas cumulativamente com a do item
11.2, ou não, de acordo com a gravidade da infração, facultada ampla defesa ao FORNECEDOR, no
prazo de 05 (cinco) dias úteis a contar da intimação do ato e, de 10 (dez) dias, para a hipótese de
aplicação da declaração de inidoneidade.
§2º - Nenhuma parte será responsável perante a outra pelos atrasos ocasionados por motivo de força
maior ou caso fortuito.
a) as partes não serão responsabilizadas pela inexecução contratual, ou eventuais atrasos, decorrentes
de eventos configuradores de força maior ou caso fortuito, como tais caracterizados em lei civil.
§3º - As multas estipuladas no inciso 12.2 desta cláusula serão aplicadas nas demais hipóteses de
inexecução total ou parcial das obrigações assumidas.
§4º - O valor das multas aplicadas deverá ser recolhido ao ÒRGÃO GERENCIADOR DA ATA no prazo
de 10 (dez) dias a contar da data da notificação, podendo ainda, ser descontado das Notas Fiscais e/ou
Faturas por ocasião do pagamento, ou cobrado judicialmente, se julgar conveniente.
§5º - A critério da Administração, poderão ser suspensas as penalidades, no todo ou em parte, quando o
atraso na entrega do material for devidamente justificado pelo FORNECEDOR e aceito pelo
GERENCIADOR DA ATA, que fixará novo prazo, este improrrogável, para a completa execução das
obrigações assumidas.
Diretoria de Licitações e Contratos 79

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Cláusula Décima Terceira - DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS


13.1. Das decisões proferidas pela Administração na execução do objeto da presente ATA, caberão
recursos, por escrito, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da intimação do ato, nos casos de
aplicação das penas de advertência, suspensão temporária, multa ou rescisão do contrato.
13.2 – O recurso será dirigido à autoridade superior, por intermédio de quem praticou o ato recorrido, a
qual poderá reconsiderar sua decisão no prazo de 05 (cinco) dias úteis ou, nesse mesmo prazo, fazê-lo
subir devidamente informado à autoridade competente, devendo, neste caso a decisão ser proferida no
prazo de 5 (cinco) dias úteis, contados do recebimento do processo, sob pena de responsabilidade.

Cláusula Décima Quatorze - DA PUBLICAÇÃO


14.1. O Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, ÓRGÃO
GERENCIADOR DO REGISTRO DE PREÇOS, providenciará a publicação desta Ata, de forma
resumida, no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais “Minas Gerais”, em obediência ao disposto no
Parágrafo Único, do artigo 61, da Lei Federal nº 8.666/93.

Cláusula Décima Quinta - DISPOSIÇÕES FINAIS


15.1. A presente Ata de Registro de Preços somente terá eficácia depois de publicado o respectivo
extrato no Diário Oficial do Estado – “MINAS GERAIS”.
15.2. Todas as alterações que se fizerem necessárias serão registradas por intermédio de lavratura de
Termo Aditivo à presente Ata de Registro de Preços.
15.3. Fica designado como GERENCIADOR do Registro de Preços a Coordenadoria Estadual de Defesa
Civil de Minas Gerais;
15.4. É vedado ao FORNECEDOR subcontratar totalmente o fornecimento do objeto desta ATA DE
REGISTRO DE PREÇOS.
15.5. É vedado caucionar ou utilizar contrato decorrente do presente registro para qualquer operação
financeira.
15.6. Quaisquer esclarecimentos deverão ser solicitados por escrito, à Diretoria de Licitações e
Contratos do Gabinete Militar do Governador, Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves,
Rodovia Papa João Paulo II, 3.777, Palácio Tiradentes, 2º andar, Bairro Serra Verde, Belo Horizonte,
Minas Gerais, CEP: 31.630-903. A consulta poderá ser endereçada também para o e-mail
dlc@gabinetemilitar.mg.gov.br, ou ainda encaminhada por FAX para o número (031) 3916-7598;
15.7. Fica eleito o Foro da Comarca de Belo Horizonte para dirimir dúvidas ou questões oriundas do
presente instrumento. E, por as partes estarem ajustadas e compromissadas, assinam a presente ATA
DE REGISTRO DE PREÇOS na presença das testemunhas abaixo assinadas.

Belo Horizonte, de de 2016.


Diretoria de Licitações e Contratos 80

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ANEXO IX - MINUTA DE TERMO DE ADESÃO PARA CARONA

(Papel timbrado)

MINUTA DE TERMO DE ADESÃO PARA CARONA

(Os interessados em aderir ao respectivo Registro de Preço


Deverão encaminhar este modelo de solicitação Gabinete Militar do Governador de Minas Gerais
Ao

Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria de Estado de Defesa Civil


Diretoria de Licitações e Contratos

Por este Termo de Adesão (nome da entidade interessada), CNPJ nº


________________________________________ com sede (endereço completo), município
______________________, neste ato representado pelo Sr. (a) ________________________________
(cargo) solicita adesão, como carona, à Ata de Registro de Preço xxxx/20xx originada do Pregão
Eletrônico xxx/20xx para fins de registro de preço de (descrever objeto licitado), conforme
especificações técnicas contidas no Anexo I do Edital nº xxxx/20xx, observado o faturamento mínimo
quando existente.
 Item: (xxx)
 Quantidade solicitada: (xxx) (quantitativo por extenso).
 Valor correspondente: R$ xx (valor por extenso)

Data e local

_____________________________________________
Assinatura do Representante Legal

Diretoria de Licitações e Contratos 81

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ANEXO IX – MINUTA DO CONTRATO

CONTRATO N.º _________

Contrato de prestação de serviços de transporte de água potável, na REGIÃO DE MONTES CLAROS de


acordo com demanda e necessidades do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de
Defesa Civil, originário do PREGÃO ELETRONICO – REGISTRO DE PREÇOS nº. --/2016 e da ATA DE
REGEISTRO DE PREÇOS Nº -----/-----, regido pela Lei Federal nº. 10.520, de 17 de julho de 2002, Lei
Estadual nº. 14.167, de 10 de janeiro de 2002, Lei Estadual nº 20.826, de 31 de julho de 2013, Lei
Complementar nº. 123, de 14 de dezembro de 2006, pelos Decretos nº. 44.786 de 18 de abril de 2008,
nº. 44.431, de 29 de dezembro de 2006 e alterações posteriores, e nº. 44.630, de 03 de outubro de 2007,
pela Resolução Conjunta SEPLAG/SEF nº. 8.727, de 21 de setembro de 2012, pela Resolução SEPLAG
nº 058, de 30 de novembro de 2007, Resolução SEPLAG nº. 09 de 16 de fevereiro de 2009, Resolução
Conjunta SEPLAG/SEF Nº 4.264 de 21 de outubro de 2010, aplicando-se, subsidiariamente a Lei
Federal nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, com suas alterações posteriores e demais normas
pertinentes.

Cláusula Primeira - DAS PARTES

CONTRATANTE:

Nome:

Endereço:

CNPJ: n°

Representante Legal: ________________________ CPF n° ________________

_______________________________________________________________________________

CONTRATADA:

Nome:

Endereço:

CNPJ: Inscrição Estadual:


Representante Legal: (inserir o nome, número do documento de identidade e do CPF)

Cláusula Segunda - DO OBJETO


Diretoria de Licitações e Contratos 82

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Este contrato tem por objeto a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de
transporte de água potável, na REGIÃO DE MONTES CLAROS, de acordo com demanda e
necessidades do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, conforme
especificação técnica e condições comerciais, descritas nos ANEXOS Pregão Eletrônico - Registro de
Preços nº. /2016, Ata de Registro de Preços nº. /2016 que, juntamente com a proposta da
CONTRATADA, passam a integrar este instrumento, independentemente de transcrição.

Cláusula Terceira - DO PREÇO E DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS


I - O preço global do presente contrato é de R$ (<inserir valor por extenso>), no qual já estão incluídas
todas as despesas especificadas na proposta da CONTRATADA, conforme quadro abaixo:

ITEM QTD ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS VALOR UNITÁRIO

VALOR TOTAL (R$)

II - Nos preços propostos deverão estar incluídos todos os tributos, encargos sociais, frete até o destino,
embalagens e quaisquer outros ônus que porventura possam recair sobre o fornecimento do objeto do
presente contrato.

Cláusula Quarta - DO LOCAL DA ENTREGA E DO PRAZO


I - Os serviços deverão ser prestados preferencialmente entre 6h00min às 18h00min, incluindo finais de
semana e feriados, nas comunidades descritas no ANEXO II – DETALHAMENTO DAS ROTAS, sob
pena de aplicação das penalidades descritas na Clausula Décima;
II - A prestação do serviço ocorrerá conforme necessidades do CONTRANTANTE.
III - A entrega deverá ser realizada na presença de pelo menos 01 (um) dos membros da Comissão de
cada comunidade designada pelo Plano Municipal de Distribuição de Água - PMDA;
a) a entrega da água será certificada pelos membros da comissão da comunidade designada pelo
PMDA, através de códigos “QR Code”, conforme ANEXO VII do Edital do Pregão Presencial de
Registro de Preços nº. 300/2016.
b) os membros citados neste item irão verificar as condições exigidas no Edital do Pregão Presencial de
Registro de Preços nº. 3002016.
IV - A Comissão de cada comunidade designada pelo Plano Municipal de Distribuição de Água - PMDA
será informada ao Licitante Vencedor no ato de celebração do contrato de prestação de serviços e só
será alterada pelo CONTRATANTE;
V - A CONTRATADA não está autorizada a entregar água a pessoa que não compõe a Comissão
previamente designada, cujos membros deverão apresentar a devida identificação no ato do
recebimento.

Diretoria de Licitações e Contratos 83

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Cláusula Quinta – DO RECEBIMENTO DOS SERVIÇOS


I - Os serviços serão recebidos por 02 (dois) servidores designados pelo CONTRATANTE para tal fim,
que adotará os seguintes procedimentos, conforme o caso:
a) provisoriamente: de posse dos documentos apresentados pela CONTRATADA e de uma via do
contrato e da proposta respectiva, receberá os serviços para verificação de especificações, quantidade,
qualidade, preços e outros dados pertinentes e, encontrando irregularidade, fixará prazos para correção
pelo CONTRATANTE, ou aprovando, receberá provisoriamente os serviços, mediante recibo;
b) definitivamente: após recebimento provisório, verificação da integridade e realização de testes de
qualidade, se for o caso, e sendo aprovados, nos exatos termos do edital e da proposta vencedora, será
efetivado o recebimento definitivo mediante expedição de termo circunstanciado e recibo aposto na Nota
Fiscal (1ª e 2ª vias);
II - Em caso de irregularidade não sanada pelo CONTRATANTE, a Comissão de Recebimento reduzirá a
termo os fatos ocorridos e encaminhará à Assessoria Jurídica, para aplicação de penalidades.
III - Em caso de necessidade de providências por parte do CONTRATANTE, os prazos de pagamento
serão suspensos e considerado o fornecimento em atraso, sujeitando-a a aplicação de multa sobre o
valor considerado em atraso e, conforme o caso, a outras sanções estabelecidas em lei e neste
instrumento.

Cláusula Sexta – DO PAGAMENTO


O pagamento será efetuado através do Sistema Integrado de Administração Financeira-SIAFI/MG,
conforme rotina estabelecida para as diferentes fontes de recursos, a crédito do beneficiário em um dos
bancos credenciados pelo Estado (Banco do Brasil, Bradesco, Banco Itaú e Banco Mercantil do Brasil),
no prazo de até 30 (trinta) dias corridos da data de aceitação dos serviços, pelo GMG, acompanhado dos
documentos fiscais, pelo setor financeiro respectivo, devidamente atestadas por 02 (dois) servidores
designados pelo Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil,
acompanhadas do Termo de Recebimento Definitivo.
§ 1º - Na ocorrência de necessidade de providências complementares por parte do Detentor do Preço
Registrado, o decurso de prazo para pagamento será interrompido, reiniciando a contagem a partir da
data em que estas forem cumpridas, caso em que não será devida atualização financeira.
§ 2º - Obrigatoriamente, a CONTRATADA deverá informar na Nota Fiscal/Fatura o valor unitário do m³ x
km, bem como o nº do banco, a agência e o número de sua conta bancária, a fim de agilizar o
pagamento.
§ 3º - A CONTRATADA deverá, obrigatoriamente, emitir Nota Fiscal/Fatura com o CNPJ idêntico ao
apresentado para fins de habilitação e consequentemente lançado na Nota de Empenho e na Ata de
Registro de Preços.
§ 4º - O pagamento da Nota Fiscal fica condicionado ao cumprimento dos critérios de recebimento.

Diretoria de Licitações e Contratos 84

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

§ 5º - Ocorrendo atraso do pagamento por culpa exclusiva da Administração, o pagamento será


realizado acrescido de atualização financeira, entre as datas do vencimento e do efetivo pagamento, de
acordo com a variação “pro-rata tempore” do IPCA-IBGE, ou outro índice que venha substituí-lo,
conforme a legislação vigente.
§ 6º - No caso de contratação financiada por recursos federais executados através de Cartão de
Pagamento de Defesa Civil – CPDC, o FORNECEDOR deverá disponibilizar para o Gabinete Militar do
Governador máquina de cartão e pagamentos eletrônicos na bandeira VISA, para o devido pagamento
dos serviços prestados, nos moldes do Decreto Federal n. 7.257/2010;
§ 7º - A máquina a que se refere o § 6º deve estar registrada no mesmo CNPJ do signatário do contrato.

Cláusula Sétima – DA SUBSTITUIÇÃO DO TANQUE


I – A CONTRATADA deverá solicitar ao CONTRATANTE autorização para a substituição do veículo ou
do tanque;
a) quando houver substituição o CONTRATANTE fará nova vistoria, afim de verificar as condições
estabelecidas no Edital do Pregão de Registro de Preços nº. 300/2016;
b) sendo aprovada a substituição do veículo ou tanque, o CONTRATANTE fixará o lacre no tanque
(pipa) à estrutura do chassi do veículo.
II – O CONTRATANTE realizará vistoria, por no mínimo 01 (um) funcionário do GABINETE MILITAR DO
GOVERNADOR/COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL OU DA POLÍCIA MILITAR DE
MINAS GERAIS, no município onde ocorreu a reunião do Pregão de Registro de Preços;
III – O CONTRATANTE poderá, a qualquer tempo, vistoriar os veículos para fins de análise dos
documentos, equipamentos, condições de funcionamento, limpeza e higiene;

Cláusula Oitava - DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS


A despesa com a prestação dos serviços indicados na Cláusula Segunda deste contrato correrá por
conta da dotação orçamentária: --------------------------------------------------------

Cláusula Nona - DAS OBRIGAÇÕES


I - Da CONTRATADA
a) prestar os serviços, objeto deste contrato, conforme as prescrições deste instrumento;
b) providenciar a imediata correção das deficiências apontadas pelo Contratante;
c) arcar com eventuais prejuízos causados aos ÓRGÃOS OU ENTIDADE e/ou a terceiros, provocados
por ineficiência ou irregularidade cometidas por seus empregados, convenentes ou prepostos,
envolvidos na execução do fornecimento.
d) fornecer toda a sua documentação fiscal;
e) responsabilizar-se por todos os ônus relativos ao fornecimento do bem a si adjudicado, inclusive fretes
e seguros desde a origem até sua entrega no local de destino;

Diretoria de Licitações e Contratos 85

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

f) cumprir, durante toda a execução do contrato, as obrigações assumidas, mantendo todas as


condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação;
g) arcar com eventuais prejuízos causados diretamente ao CONTRATANTE e/ou a terceiros, provocados
por conduta dolosa ou culposa dos seus empregados, contratados ou prepostos, envolvidos na
execução do contrato;
h) aceitar nas mesmas condições contratuais os acréscimos e supressões até 25% (vinte e cinco por
cento) do valor inicial, atualizado, do contrato;
i) responsabilizar-se, com foros de exclusividade, pela observância a todas as normas estatuídas pela
legislação trabalhista, social e previdenciária, tanto no que se refere a seus empregados, como a
contratados e prepostos, responsabilizando-se, mais, por toda e qualquer autuação e condenação
oriunda da eventual inobservância das citadas normas, aí incluídos acidentes de trabalho, ainda que
ocorridos nas dependências do CONTRATANTE. Caso este seja chamado a juízo e condenado pela
eventual inobservância das normas em referência, a CONTRATADA obriga-se a ressarci-lo do
respectivo desembolso, ressarcimento este que abrangerá despesas processuais e honorários de
advogado arbitrados na referida condenação.
j) a CONTRATADA se responsabilizará pela execução dos serviços, objeto deste instrumento, realizada
por seus empregados, contra irregularidades na execução e na documentação.
l) caso deixe de executar os serviços conforme normas descritas neste instrumento, a CONTRATADA
responderá judicialmente e extrajudicialmente por irregularidades ocorridas, sendo, a qualquer tempo,
obrigada a responder civil e criminalmente pelos serviços considerados imperfeitos, sem quaisquer ônus
adicionais para o CONTRATANTE;
m) comunicar ao CONTRATANTE, por escrito e com a maior brevidade possível, qualquer
anormalidade, além de prestar os esclarecimentos necessários, quando solicitados;
n) manter, durante todo prazo de vigência deste contrato, seus veículos conforme a legislação de
trânsito em vigor, bem como as normas de segurança aplicáveis à espécie do transporte, eximindo o
CONTRATANTE de quaisquer responsabilidades dos acidentes de trânsito e suas indenizações;
o) responsabilizar-se, nos casos de qualquer acidente envolvendo os empregados e/ou o veículo
utilizado na prestação dos serviços, pelos danos que vierem a sofrer, bem como os danos sofridos por
pessoas ou bens de terceiros, ficando o CONTRATANTE isento de quaisquer responsabilidades;
p) responsabilizar-se pelo bom comportamento de seus empregados na execução dos serviços, objeto
desta ATA, comprometendo-se a afastar qualquer empregado, cuja presença seja considerada
inconveniente, a critério do CONTRATANTE;
q) manter os dados para contatos sempre atualizados, principalmente seu endereço de e-mail e
telefones que serão as principais formas de convocação para a assinatura do contrato;

II - Do CONTRATANTE

Diretoria de Licitações e Contratos 86

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

a) comunicar à CONTRATADA, imediatamente e por escrito, toda e qualquer irregularidade, imprecisão


ou desconformidade verificada na execução do contrato, assinando-lhe prazo para que a regularize, sob
pena de serem-lhe aplicadas as sanções legais e contratualmente previstas;
b) promover o recebimento provisório e o definitivo nos prazos fixados;
c) fiscalizar a execução do contrato, através de agente previamente designado, do que se dará ciência à
CONTRATADA;
d) assegurar ao pessoal da CONTRATADA, livre acesso às instalações para a plena execução do
contrato;
e) efetuar o pagamento no devido prazo fixado na Cláusula Sexta deste Contrato.
Cláusula Décima - DAS PENALIDADES
O descumprimento total ou parcial das obrigações assumidas caracterizará a inadimplência da
CONTRATADA, sujeitando-a às seguintes penalidades:
I - Advertência que será aplicada sempre por escrito;
II - Multa, nos seguintes percentuais:
a) 0,3% (três décimos por cento) por dia, até o trigésimo dia de atraso, sobre o valor do fornecimento não
realizado;
b) 10% (dez por cento) sobre o valor da nota de empenho ou do contrato, em caso de recusa do
adjudicatário em efetuar o reforço de garantia;
c) 20% (vinte por cento) sobre o valor do fornecimento não realizado, no caso de atraso superior a 30
(trinta) dias, ou entrega de objeto com vício ou defeitos ocultos que o tornem impróprio ao uso que é
destinado, ou diminuam-lhe o valor ou, ainda fora das especificações contratadas;
III – Impedimento de licitar e contratar com órgãos e entidades da Administração Pública Estadual
poderá ser aplicada àquele licitante que:
a) apresentar documentação falsa;
b) Deixar de apresentar documentação exigida para o certame;
c) ensejar o retardamento da execução do objeto da licitação;
d) não mantiver a proposta;
e) falhar ou fraudar a execução do contrato;
f) Comportar-se de modo inidôneo; ou
g) cometer fraude fiscal.
IV - Prazo do impedimento de licitar e contratar serão de até cinco anos, enquanto perdurarem os
motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade
que aplicou a penalidade.
V - Rescisão unilateral do Contrato, sujeitando-se a CONTRATADA ao pagamento de indenização ao
CONTRATANTE por perdas e danos;
VI - Indenização ao CONTRATANTE da diferença de custo para contratação de outro licitante.

Diretoria de Licitações e Contratos 87

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

§1º - As sanções previstas nos itens I e III poderão ser aplicadas cumulativamente com a do item II, ou
não, de acordo com a gravidade da infração, facultada ampla defesa à CONTRATADA, no prazo de 05
(cinco) dias úteis a contar da intimação do ato e, de 10(dez) dias, para a hipótese de aplicação da
declaração de inidoneidade.
§2º - Nenhuma parte será responsável perante a outra pelos atrasos ocasionados por motivo de força
maior ou caso fortuito.
a) as partes não serão responsabilizadas pela inexecução contratual, ou eventuais atrasos, decorrentes
de eventos configuradores de força maior ou caso fortuito, como tais caracterizados em lei civil.
§3º - As multas estipuladas no inciso II desta cláusula serão aplicadas nas demais hipóteses de
inexecução total ou parcial das obrigações assumidas.
§4º - O valor das multas aplicadas deverá ser recolhido ao CONTRATANTE no prazo de 10 (dez) dias a
contar da data da notificação, podendo ainda, ser descontado das Notas Fiscais e/ou Faturas por
ocasião do pagamento, ou cobrado judicialmente, se julgar conveniente.
§5º - A critério da Administração, poderão ser suspensas as penalidades, no todo ou em parte, quando o
atraso na entrega do material for devidamente justificado pela CONTRATADA e aceito pelo
CONTRATANTE, que fixará novo prazo, este improrrogável, para a completa execução das obrigações
assumidas.

Cláusula Décima Primeira – DA FISCALIZAÇÃO


A fiscalização da execução do contrato será exercida pela Comissão designada pelo CONTRATANTE, a
qual competirá velar pela perfeita exação do pactuado, em conformidade com o previsto no edital, na
proposta da CONTRATADA e neste instrumento. Em caso de eventual irregularidade, inexecução ou
desconformidade na execução do contrato, o agente fiscalizador dará ciência do sucedido, fazendo-o por
escrito, bem assim das providências exigidas da CONTRATADA para sanar a falha ou defeito apontado.
Todo e qualquer dano decorrente da inexecução parcial ou total do contrato, ainda que imposto a
terceiros, será de única e exclusiva responsabilidade da CONTRATADA.
§ 1º - O CONTRATANTE coletará água através da mangueira do tanque para aferição da qualidade da
água, que ocorrerá por amostragem no local da entrega;
§ 2º - A fiscalização de que trata esta cláusula não exclui e nem reduz a responsabilidade da
CONTRATADA por quaisquer irregularidades, inexecuções ou desconformidades havidas na execução
do ajuste, aí incluídas imperfeições de natureza técnica ou aquelas provenientes de vício redibitório,
como tal definido pela lei civil.
§ 3º - O CONTRATANTE reserva-se o direito de rejeitar, no todo ou em parte, os bens objeto do
fornecimento ora contratado, caso os mesmos afastem-se das especificações do edital, seus anexos e
da proposta da CONTRATADA.

Diretoria de Licitações e Contratos 88

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Cláusula Décima Segunda - DA VIGÊNCIA


O presente contrato vigorará por -------------- meses a partir da sua assinatura.

Cláusula Décima Terceira - DAS ALTERAÇÕES


O presente contrato poderá ser alterado nos casos previstos pelo disposto no art. 65 da Lei Federal n.º
8.666/93, desde que devidamente fundamentado e autorizado pela autoridade superior.

Cláusula Décima Quarta - DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS


Das decisões proferidas pela Administração caberão:
I - Recurso, por escrito, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da intimação do ato, nos casos de
aplicação das penas de advertência, suspensão temporária, multa ou rescisão do contrato;
II – Representação, por escrito, no prazo de 05 (cinco) dias úteis da intimação da decisão, de que não
caiba recurso hierárquico;
III – Pedido de Reconsideração, por escrito, no prazo de 10 (dez) dias úteis da intimação do ato.
Parágrafo Único - O recurso será dirigido à autoridade superior, por intermédio de quem praticou o ato
recorrido, a qual poderá reconsiderar sua decisão no prazo de 05 (cinco) dias úteis ou, nesse mesmo
prazo, faze-lo subir devidamente informado à autoridade competente, devendo, neste caso a decisão ser
proferida no prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados do recebimento do processo, sob pena de
responsabilidade.

Cláusula Décima Quinta - DA RESCISÃO


Este contrato poderá ser rescindido unilateralmente total ou parcialmente, nos casos previstos nos
incisos I a XII e XVII do art. 78, e amigavelmente, nos termos do art. 79, inciso II, combinado com o art.
78, todos da Lei Federal n.º 8.666/93;
Parágrafo Único - Na hipótese de a rescisão ser procedida por culpa da CONTRATADA, fica o
CONTRATANTE autorizado a reter os créditos a que tem direito, até o limite do valor dos prejuízos
comprovados.

Cláusula Décima Sexta - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS


I - A tolerância com qualquer atraso ou inadimplência por parte da CONTRATADA não importará, de
forma alguma, em alteração contratual.
II - É vedado à CONTRATADA subcontratar totalmente o fornecimento do objeto deste contrato, sendo
permitida a subcontratação parcial, quando previamente autorizada pelo GMG;

Cláusula Décima Sétima - DA PUBLICAÇÃO


O CONTRATANTE providenciará a publicação deste contrato na Imprensa Oficial em forma resumida,
em obediência ao disposto no parágrafo único do art. 61 da Lei Federal n.º 8.666/93.

Diretoria de Licitações e Contratos 89

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
GABINETE MILITAR DO GOVERNADOR E
COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

Cláusula Décima Oitava - DO FORO


Fica eleito o foro de Belo Horizonte, Minas Gerais, para dirimir quaisquer dúvidas na aplicação deste
contrato, em renúncia a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

E, para firmeza e como prova de assim haverem, entre si, ajustado e contratado, é lavrado este contrato
que, depois de lido e achado de acordo, será assinado pelas partes contratantes e pelas testemunhas
abaixo, dele extraídas as necessárias cópias que terão o mesmo valor original.

Belo Horizonte, de de .
CONTRATADA
CONTRATANTE

Diretoria de Licitações e Contratos 90

Examinado, aprovado e de acordo:

Vinicius Bernardo Silva, OAB/MG 126.397 Jean Jacques Alcântara Pedra, Ten Cel PM
Assessor Jurídico do GMG Ordenador de Despesa