Você está na página 1de 15

Matemática

Grandezas e Medidas

Matemática
Grandezas e Medidas
1
Matemática
Grandezas e Medidas

Unidade 2
Grandezas e Medidas
Grandeza é tudo o que pode ser medido. Podemos medir comprimentos,
superfícies, volume, capacidade, massa, tempo, temperatura etc.
Vamos estudar algumas grandezas importantes:
Medida de comprimento
A unidade fundamental das medidas de comprimento é o metro (m).
Na França por volta de 1825 o metro foi definido como sendo o
comprimento equivalente à fração da distância de um polo à linha do equador,
medida sobre um meridiano. Hoje temos uma outra definição do metro. É a
distância que a luz anda pelo espaço no vácuo durante o intervalo de tempo
correspondente a de segundo, e que continua sendo o metro padrão. Essa
medida padrão encontra-se marcada sobre uma barra metálica de Pesos e
Medidas, na cidade de Sèvres, na França.
Fazer uma medida nada mais é do que estabelecer uma comparação
entre o que vai se medir e a unidade fundamental de medida.
Assim, ao afirmar que o comprimento de um campo de futebol é 110
metros, comparamos o comprimento do campo com a unidade fundamental
das medidas de comprimento e concluímos que esta cabe 110 vezes na outra.
Se o objeto a ser medido for muito maior que o metro, utilizamos os
múltiplos do metro, que são: o quilômetro, o hectômetro e o decâmetro; caso
contrário os submúltiplos do metro, que são: o decímetro, o centímetro e o
milímetro. Podemos formar então o seguinte quadro:

2
Matemática
Grandezas e Medidas

Cada unidade de comprimento é 10 vezes maior que a unidade


imediatamente inferior e 10 vezes menor que a unidade imediatamente
superior. Dessa maneira, para se passar de uma unidade para outra
imediatamente superior, devemos multiplicar por 10, o que equivale a deslocar
a vírgula uma casa para a direita.
Exemplo: 45,39 hm = (45,39 x 10) dam = 453,9 dam
Para se passar de uma unidade para outra imediatamente inferior,
devemos dividir por 10, o que equivale a deslocar a vírgula uma casa para a
esquerda.
Exemplo: 234,56 dm = (234,56 : 10) m = 23,456 m
Para se passar de uma unidade para outra qualquer, inferior ou superior
a esta, basta multiplicar ou dividir sucessivas vezes por 10, conforme o caso.
Exemplo: 15,39 km = (15,39 x 1000) m = 15 390 m
O perímetro de um polígono qualquer é a soma das medidas dos lados
do polígono.

3
Matemática
Grandezas e Medidas
Medidas de superfície
A unidade fundamental das medidas de superfície é o metro quadrado.
(m²).
O metro quadrado é a medida correspondente à superfície ou área de um
quadrado que tem 1 m de lado.
Quando afirmamos que a área de uma sala de aula é 70 metros
quadrados, o que fizemos foi comparar a medida da superfície da sala de aula
com a unidade fundamental e concluir que esta cabe 70 vezes na outra.
Se o objeto a ser medido for muito maior que o metro quadrado,
utilizamos os seus múltiplos: o quilômetro quadrado, o hectômetro quadrado e
o decâmetro quadrado; caso contrário utilizamos os seus submúltiplos: o
decímetro quadrado, o centímetro quadrado e o milímetro quadrado.
Podemos formar então o seguinte quadro:

Cada unidade de superfície é 100 vezes maior que a unidade


imediatamente inferior e 100 vezes menor que a unidade imediatamente
superior.
Dessa maneira, para se passar de uma unidade para outra
imediatamente inferior, devemos multiplicar por 100, o que equivale a deslocar
a vírgula duas casas para a direita.
Exemplo: 32,948 dam² = (32,948 x 100) m² = 3 294,8 m²
Para se passar de uma unidade para outra imediatamente superior,
devemos dividir por 100, o que equivale a deslocar a vírgula duas casas para a
esquerda.

4
Matemática
Grandezas e Medidas
Exemplo: 48 365,2 mm² = (48 365,2 : 100) = 483,653 cm²
Para se passar de uma unidade para outra qualquer, inferior ou superior
a esta, basta multiplicar ou dividir sucessivas vezes por 100, conforme o caso.

Áreas de figuras planas

1) Área do retângulo

2) Área do quadrado

5
Matemática
Grandezas e Medidas
3) Área do paralelogramo

4) Área do triângulo

5) Área do losango

6) Área do trapézio

6
Matemática
Grandezas e Medidas

Medidas de volume
A figura abaixo representa um sólido geométrico chamado cubo.
O cubo é formado por 6 faces quadradas e por 12 arestas.

A unidade fundamental das medidas de volume é o metro cúbico (m³).


O metro cúbico é a medida correspondente ao volume de um cubo que
tem 1 m de aresta.
Quando afirmamos que o volume de uma sala de aula é 210 m³, o que
fizemos foi comparar a medida do volume dessa sala de aula com a unidade
fundamental das medidas de volume e concluir que esta cabe 210 vezes na
outra.
Se o objeto a ser medido for maior que o metro cúbico, utilizamos os
seus múltiplos: o quilômetro cúbico, o hectômetro cúbico e o decâmetro cúbico;
caso contrário utilizamos os seus submúltiplos: o decímetro cúbico, o
centímetro cúbico e o milímetro cúbico.

7
Matemática
Grandezas e Medidas

Podemos formar então o seguinte quadro:

Cada unidade de volume é 1 000 vezes maior que a unidade


imediatamente inferior e 1 000 vezes menor que a unidade imediatamente
superior.
Dessa maneira, para se passar de uma unidade para outra
imediatamente inferior devemos multiplicar por 1 000, o que equivale a deslocar
a vírgula três casas para a direita.
Exemplo: 73,1587 km³ = (73,1587 x 1 000) hm³ = 73 158,7 hm³

8
Matemática
Grandezas e Medidas
Para se passar de uma unidade para outra imediatamente inferior,
devemos dividir por 1 000, o que equivale a deslocar a vírgula três casas para a
esquerda.
Exemplo: 53 978,4 dm³ = (53 978,4 : 1000) m³ = 53,9784 m³
Para se passar de uma unidade para outra qualquer, inferior ou superior
a esta, basta multiplicar ou dividir sucessivas vezes por 1 000, conforme o caso.
Para que calcular o volume de um bloco retangular devemos multiplicar
o comprimento, pela largura e o resultado multiplica-se pela altura.

V=axbxc

E o volume de um cubo:

Unidades de capacidade
Os líquidos, bem como os gases, têm a propriedade de adquirir a forma
do recipiente que os contém. Chama-se capacidade a medida do espaço

9
Matemática
Grandezas e Medidas
interno que um recipiente possui e que pode vir a ser ocupado por um líquido
ou um gás.
A foto mostra recipientes com formatos diferentes. Entretanto, se uma
mesma quantidade de líquido ocupar exatamente todo o espaço interno desses
recipientes, diremos que eles têm a mesma capacidade.

A unidade fundamental das medidas de capacidade é o litro (l).


O litro é o volume equivalente a um decímetro cúbico, ou seja: 1 litro = 1
dm³.

Lembre-se que 1 dm = 10 cm
Quando afirmamos que a capacidade do tanque de gasolina de um
automóvel é de 46 litros, o que fizemos foi comparar a medida da capacidade

10
Matemática
Grandezas e Medidas
do tanque de gasolina do automóvel com a unidade fundamental das medidas
de capacidade e concluir que esta cabe 46 vezes naquela.
Se a capacidade a ser medida for muito maior que o litro, utilizamos os
seus múltiplos: o quilolitro, o hectolitro e o decalitro, caso contrário utilizamos
os seus submúltiplos: o decilitro, o centilitro e o mililitro.
Podemos formar então o seguinte quadro:

11
Matemática
Grandezas e Medidas
Cada unidade de capacidade é 10 vezes maior que a unidade imediatamente
inferior e 10 vezes menor que a unidade imediatamente superior.

Exemplos: 19,45 hl = (19,45 x 10) dal = 194,5 dal


946,3 dl = (946,3 : 10) l = 94,63 l
Para se passar de uma unidade para outra qualquer, inferior ou superior a esta,
basta multiplicar ou dividir sucessivas vezes por 10, conforme o caso.
E para passar 5,2 m³ para litros como faríamos?
5,2 m³ = 5 200 dm³ = 5 200 litros.

Medida de massa
É comum a confusão entre os conceitos de peso e massa de um corpo.
O peso de um corpo é a força com que esse corpo é atraído para o Centro da
Terra, devido à ação da gravidade. O peso de um corpo varia de acordo com o
local em que esse corpo se encontra.
A massa de um corpo é a medida da quantidade de matéria que esse
corpo possui. A massa de um corpo é sempre constante, ou seja, não varia de
acordo com o local onde esse corpo se encontra, esteja ele na Terra ou fora
dela. As balanças são instrumentos que medem a massa dos corpos, e não seu
peso.
A unidade fundamental das medidas de massa é o quilograma (kg).

12
Matemática
Grandezas e Medidas
Essa medida padrão é a massa de uma peça de platina guardada no
Museu Internacional de Pesos e Medidas, na cidade de Sèvres, na França.
O quilograma é a massa de 1 dm³ de água destilada à temperatura de
4°C.
Embora a unidade fundamental das medidas de massa seja o
quilograma, utilizaremos o grama como unidade principal.
Fazer uma medida, nada mais é do que estabelecer uma comparação
entre o que se vai medir e a unidade fundamental de medida.
Assim, ao afirmarmos que a massa de uma batata é 20 gramas, o que
fizemos foi comparar a massa da batata com a unidade principal das medidas
de massa e concluir que esta cabe 20 vezes na outra.
Se a massa do corpo a ser medida for muito maior que o grama,
utilizamos os múltiplos do grama: o quilograma, o hectograma e o decagrama;
caso contrário utilizamos os submúltiplos do grama: o decigrama, o centigrama
e o miligrama.

São também utilizadas as seguintes unidades:


A tonelada (t) = 1 000 kg, utilizada para medir grandes massas.
O quilate = 0,2 g para medir pedras e metais preciosos.

13
Matemática
Grandezas e Medidas
Para transformar 6,723 hg para dag multiplicamos 6,723 por 10.
6,723 hg = 6,723 x 10 = 67,23 dag
E para transformar 95,6 dg para grama dividimos por 10.
95,6 dg = 95,6 : 10 = 9,56 g

Referências bibliográficas:

Vasconcelos, M.J Praticando Matemática, 2011. Reis, I Fundamentos da


Matemática, 1997

14
Matemática
Grandezas e Medidas

15