Você está na página 1de 5

DADOS GERAIS:

População: 23,5 milhões

IDH: 0,583

Capital: Bagdá.
Cidades principais: Bagdá, Mosul, Kirkuk e Basra.

Idioma: árabe (oficial), curdo.


Religião: islamismo 97% (xiitas 62,5%, sunitas 34,5%), cristianismo 2,7%.

Localização: sudoeste da Ásia.


Área: Aproximadamente 435 mil km2.
Clima predominante: tropical árido.

Moeda: dinar iraquiano.

Agricultura: tâmara, trigo, cevada, milho, beterraba, cana-de-açúcar.


Pecuária: bovinos, ovinos, aves.

Mineração: petróleo, fosforito, enxofre.


Indústria: química, extração e refino de petróleo, carvão, petroquímica,
alimentícia, têxtil, produtos minerais não metálicos.

Principais parceiros comerciais: EUA, Alemanha, Reino Unido, Itália,


França.
Aspectos Geográficos:

Está localizado no oriente médio e possui uma extensão territorial de


434.924 km². Ao norte faz fronteira com a Turquia, ao leste com o Irã, ao
sul com o Kuwait e ao oeste faz fronteira com a Jordânia, Arábia Saudita e
Síria.

Há dois tipos principais de clima, no extremo norte, o clima é semi-árido,


caracterizado por uma temperatura média que oscila entre 10 e 15°C. Nos
setores da planície da mesopotâmia, domina o clima desértico onde as
temperaturas médias anuais variam de 20 a 25° C (durante as épocas
quentes, podem atingir até 50°c).

Os rios Tigre e Eufrates são os mais importantes. O rio Eufrates nasce a


oeste da Turquia a partir da confluência de mais dois rios. Em seguida
encontra, em território sírio, seu principal afluente, o rio Jabur. Após
percorrer 2.760 km, o Eufrates desemboca no golfo pérsico. O rio Tigre
nasce no pequeno planalto de Anatólia (Turquia) e, em solo iraquiano,
une-se aos rios Grande Zab e Pequeno Zab. O rio Tigre junta-se ao rio Al-
Qurna, e após 1.950 km desemboca também no golfo pérsico.
O deserto cobre uma grande área nas direções oeste e sul do rio Eufrates,
ao oeste, em direção à Jordânia e Síria, e ao sul em direção à Arábia
Saudita. No baixo Eufrates existem importantes campos de dunas.

O Iraque está situado numa região onde se encontram as plantas das


montanhas do Iraque com as espécies desérticas da Turquia. As plantas
são resistentes à seca, pois sobrevivem em lugares com pouquíssima água.
Ao norte dos desertos, os matagais das estepes perduram durante os
meses de verão.

O deserto cobre grande parte do país, com exceção da área entre os rios
Tigre e Eufrates, onde há grande fertilidade do solo em razão da influência
que esses cursos de água produzem na superfície. A parte norte possui um
relevo acidentado, com a presença de montanhas. É justamente nessa
região que se encontra o ponto mais elevado do Iraque, o monte Haji
Ibrahin, com 3.600 metros de altitude.

Aspectos Econômicos:
O principal recurso econômico do Iraque é a exportação de petróleo. A
exploração das ricas jazidas petrolíferas, começou em 1912. Hoje é o
Iraque que produz e comercializa seu petróleo através da Iraqui National
Oil Company (nacionalizada em 1972). A rede conta com importantes
oleodutos conectados aos principais portos do Golfo Pérsico e do Líbano.

Diante dessas informações fica claro que o setor econômico iraquiano está
bastante debilitado.

A agricultura (12% do território iraquiano é cultivável) produz trigo,


cevada, cana-de-açúcar e arroz (em quantidades insuficientes para o
consumo interno, fato que obriga o Iraque a importar grandes
quantidades de cereais, produtos lácteos, entre outros). As tâmaras
representam um produto importante, bem como o tabaco, o ópio e o
algodão. Em relação à pecuária também existe por lá a criação de gado
bovino, ovinos, caprinos, de búfalos e de camelos.

Segundo dados de 2007, o PIB iraquiano foi de 100 bilhões de dólares e o


PIB per capita foi de 3.600 dólares.
A taxa de crescimento real da economia foi de 5%, a de inflação, de 4,7% e
a taxa de desemprego foi de 25%. A dívida externa iraquiana foi de 56,3
bilhões de dólares.

O setor industrial responde pela produção de alimentos preparados,


produtos têxteis (lã, algodão e seda), calçados, cigarros, papel,
fertilizantes e materiais de construção, este último tem sido responsável
pela expansão da construção civil e, portanto, por melhores condições de
habitação para o povo iraquiano. Na mineração merece destaque a
produção de enxofre e de calcário.

As exportações iraquianas somaram (em 2007) 34 bilhões de dólares e as


importações somaram 23 bilhões de dólares. O Iraque exporta carne para
os países do oriente médio e lã para países da Europa. Medicamentos e
máquinas são produtos que merecem destaque nas importações
iraquianas.

Para que se tenha uma noção da importância do petróleo na economia


daquele país, é preciso ter em mente que o Iraque consome menos de
300.000 barris/dia e produz 2,11 milhões de barris/dia. Segundo
estimativas de 2007, o Iraque tem reservas da ordem de 115 bilhões de
barris.

Aspectos Políticos:
Forma de governo: República presidencialista - (ditadura militar de
Saddam Hussein governava o país desde 1979) - implantada após a
ocupação estrangeira. Atualmente os blocos políticos dividem-se de forma
sectária (religiosa).
O Bloco “Iraqyia” de Iyad Allawi (Aliança Opositora) é até o presente
momento o líder com mais de 90% das urnas apuradas. Em segundo lugar
aparece a coalizão do atual presidente Nourial-Malikie, em terceiro lugar a
Aliança Nacional Iraquiana (xiitas) e em quarto lugar a Aliança Curda.

Vence o candidato que conseguir o maior número de votos do parlamento


eleito (325 eleitos).

RELAÇÕES EXTERIORES:
Organizações: Banco Mundial, FMI, ONU, Opep (Organização dos Países
Exportadores de Petróleo).