Você está na página 1de 29

[Digite aqui]

01. (FGV 2013 – Eng. de Minas – INEA/RJ) Durante as


atividades de lavra, em uma mina, ocorre desmonte do minério
bruto. Em geral, o minério bruto não se encontra puro ou
adequado para ser aplicado nas diferentes indústrias. Assim
sendo, após ser lavrado, o minério é beneficiado, de acordo com
as Normas Reguladoras de Mineração (NRM), tornando‐se apto
para utilização.

Assinale a alternativa que indica, corretamente, os processos de


beneficiamento.

(A) Fragmentação, classificação e concentração.

(B) Fragmentação, classificação e peneiramento.

(C) Lava, rejeito e separação.

(D) Separação, purificação e classificação.

(E) Fragmentação, separação e purificação.

Comentários:

Os principais processos de beneficiamento são:


➢ Fragmentação
➢ Classificação
➢ Concentração
➢ Amostragem
➢ Manuseio dos materiais
➢ Disposição dos rejeitos
➢ Desaguamento

2
Fragmentação: é realizado pela etapa de britagem para
diminuição granulométrica dos minerais até que os minerais úteis
possam ser fisicamente liberados dos minerais indesejáveis.
Classificação: É o processo de separação de partículas por
tamanho, em conjunto com as etapas de fragmentação. Os
principais equipamentos utilizados para classificar são: Peneiras,
Classificadores mecânicos e Ciclones
Concentração: É o processo de separação de espécies minerais
de valor econômico das demais. Os principais métodos de
concentração são: Separação/concentração gravimétrica,
Separação Magnética, Flotação e Seleção Mecanizada, que
ocorre por meio de dispositivos automáticos de detecção,
identificação e separação.

RESPOSTA A

02. (FGV 2013 – Eng. de Minas – SUDENE) Correlacione a


composição química da matéria prima e seus principais usos
industriais.
1. KCl
2. SiO2
3. CaCO3
4. CaF2
( ) componentes eletrônicos
( ) fabricação de ácido fluorídrico
( ) fabricação de sal
( ) fertilizante na forma de cloreto
3
Assinale a alternativa que mostra a relação correta, de cima para
baixo.

(A) 1, 3, 2 e 4
(B) 1, 4, 2 e 3
(C) 4, 2, 3 e 1
(D) 2, 4, 3 e 1
(E) 4, 3, 2 e 1

Comentários:

SiO2 - Dióxido de silício, também conhecido como sílica. É o


principal componente da areia e a principal matéria-prima para
fabricação do vidro. Sílica fundida é produzida em fornos de arco,
de plasma ou outros tipos. Pode ter pureza de até 99,9% de SiO2.
Usada principalmente na indústria eletro-eletrônica.

CaF2 - A fluorita é utilizada na indústria química e na


siderurgia/metalurgia. Na indústria química, a fluorita é utilizada
para a obtenção do flúor elementar e do ácido fluorídrico (HF).
Este é utilizado para a fabricação de criolita (Na3AlF6) e do fluoreto
de alumínio (AlF3), muito utilizados na indústria do alumínio.

CaCO3 - Carbonato de cálcio é o principal componente de rochas


como os calcários. É um sal com características básicas que
aumenta o pH de uma solução aquosa. Esta característica básica
é utilizada para reduzir a acidez do solo para a agricultura.

KCl – Cloreto de Potássio, tem uso na culinária como um sal com


baixo teor de sódio, entretanto, mais de 95% de seu uso está na
agricultura, utilizado como fertilizante.

4
RESPOSTA D

03. (FESMIP 2008 – Analista Técnico Geologia – Min. Púb.


Estadual da Bahia) O processo de avaliação de jazidas minerais
que leva em consideração a quantidade de furos, a posição
geográfica e a distância entre os furos com a zona estimada do
minério, além da continuidade espacial da variável em estudo,
utiliza o cálculo

(A) por krigagem.


(B) por triangulação.
(C) por quadrilátero.
(D) da área de influência.
(E) por estatística descritiva.

Comentários:

Krigagem é um método geoestatístico para estimar valores de


parâmetros no espaço quando considerados interdependentes
pela análise variográfica. Leva em consideração:
a) Número de amostras utilizadas;
b) As posições das amostras na área a ser avaliada;
c) As distâncias entre as amostras e a zona a ser estimada;
d) A continuidade espacial da varável em estudo;

Método dos Triângulos: é o métodos para cubagem de


depósitos minerais a partir de campanhas de sondagens, em
malhas regulares ou não. As reservas são calculadas a partir da
formação de triângulos, onde seus vértices correspondem aos
furos (furos próximos). Cada triangulo assume um valor médio
tanto de teor quanto de espessura, em relação aos furos.

5
Método dos Quadriláteros: é semelhante ao dos triângulos,
entretanto são utilizados quatro furos, onde os furos formam um
quadrado, retângulo ou losango.
Método da Área de Influência: Nesse caso, a cubagem pode ser
efetuada por poço, sondagem, trincheira e etc., seguindo uma
malha regular. Os valores assumidos em cada poço, por exemplo,
são válidos para uma certa área em seu entorno.
Estatística Descritiva: é um conceito muito genérico em relação
a questão apresentada. Refere-se a estatística como nós a
conhecemos. Em geral, os métodos de avaliação de reservas têm
fundamentos da Estatística Descritiva.
RESPOSTA A.

04. (CESGRANRIO 2006 – Especialista em Rec. Minerais -


DNPM) No que se refere à avaliação de um depósito mineral, é
correto afirmar que:

(A) a reserva mineral constitui a parte do recurso mineral que


pode ser aproveitada economicamente.

(B) para a definição de recursos devem ser considerados os


resultados dos ensaios de beneficiamento e projeto de lavra do
depósito.

(C) para a definição das reservas é necessário obter um erro


menor do que 20 % nos trabalhos de cubagem da jazida.

(D) a reserva mineral pode ser distinguida em 3 classes: medida,


indicada e inferida, seguindo, nesta ordem, a intensidade
crescente dos trabalhos de pesquisa e conhecimento geológico.

(E) o grau de incerteza relacionado aos resultados de cubagem


de um dado depósito se ampliará em função de maior proporção,
6
no minério, dos minerais de minério e do aumento da
homogeneidade dos minerais de minério.

Comentários:

A letra B diverge da definição de Recurso, que engloba apenas o


conceito de pesquisa mineral. Recurso Mineral é uma
concentração ou depósito na crosta da Terra, de material natural,
sólido, em quantidade e teor e/ou qualidades tais que, uma vez
pesquisado, exibe parâmetros mostrando, de modo razoável, que
seu aproveitamento econômico é factível na atualidade ou no
futuro. Errada letra B.

Reserva pode apresentar três tipos de definição, dependo da


margem de erro que se assume. Reserva Inferida (erro acima de
40%), Reserva Indicada (erro aceitável de até 40%) e Reserva
Medida (erro máximo aceitável de 20%). Errada letra C.

A ordem apresentada na letra D está invertida, sendo que a


intensidade dos trabalhos de pesquisa e de conhecimento
geológico são crescentes no seguinte sentido: Reserva Inferida,
Reserva Indicada e Reserva Medida.

A letra E destorce o sentido. O grau de incerteza diminuirá a


medida que a proporção e a homogeneidade do mineral de
minério aumentar.
RESPOSTA A

05. (CEPERJ 2011 – Eng. de Minas - DRM/RJ) A flotação é o


processo de concentração mais importante e mais amplamente
utilizado no processamento de minérios. Com respeito ao sistema

7
de classificação dos diversos tipos de minerais dentro do escopo
do processo de flotação, o mineral de minério de fósforo apatita é
classificado no grupo dos:

(A) sulfetos
(B) óxidos
(C) silicatos
(D) minerais levemente solúveis
(E) sais solúveis

Comentários:

A apatita é um mineral do grupo dos fosfatos (Fosforita é o nome


dado à apatita impura).
Os fosfatos, juntamente com os carbonatos, sulfatos, tungstatos,
molibdatos e niobatos são classificados como minerais levemente
solúveis. Estes caracterizam-se por apresentar solubilidade
menor que os minerais altamente solúveis- halita (NaCl) e silvita
(KCl) - mas superior à grande maioria dos óxidos e silicatos. Os
de maior importância econômica são: apatita, pirocloro, barita,
fluorita, scheelita, magnesita e gipsita (HANNA e
SOMASUNDARAN, 1976).
Para se obter seletividade na flotação dos minerais levemente
solúveis, o uso de agentes modificadores é essencial.

RESPOSTA D

06. (UFG 2015 – Técnico em Mineração) Em mineração, qual é


o objetivo da cominuição?
(A) Redução granulométrica.
(B) Distribuição granulométrica.

8
(C) Redução composicional.
(D) Redução volumétrica.
Comentários
Cominuição é redução do tamanho das partículas, em geral,
realizada por processos de britagem e moagem.
RESPOSTA A
07. (ESAF 2004 – Perito Eng. de Minas - MPU) O método de
lavra subterrânea denominado Corte e Aterro é utilizado para a
explotação de minérios de elevado valor agregado. Constituem
características do método de lavra Corte e Aterro, exceto

(A) o elevado custo de operação.


(B) a versatilidade.
(C) a elevada recuperação.
(D) o elevado custo de desenvolvimento.
(E) as boas condições de seletividade.

Comentários:

O método de lavra subterrânea Corte e Aterro (ou “Corte e


Enchimento” ou “cut and fill stoping”) é o método, com suporte das
encaixantes, que apresenta como vantagens:
➢ Taxa Moderada de produção;
➢ Permite boa seletividade;
➢ Baixo custo de desenvolvimento;
➢ Investimento moderado de capital;
➢ Adaptável a mecanização;
➢ Versatilidade, flexibilidade e adaptabilidade (pelo menos oito
variações foram identificadas);

9
➢ Excelente recuperação dos pilares (em torno de 90 a 100%
caso venham ser recuperados);
➢ Baixa diluição (5 a 10%);
➢ Moderadamente, bom histórico de segurança.

- O elevado custo de operação é uma de suas desvantagens

RESPOSTA D

08. (UFMT 2014 – Técnico em Mineração) Os métodos de


sondagem são divididos em direto ou indireto e qual usar é função
das propriedades físico-químicas do maciço rochoso. Sobre
esses métodos, assinale a afirmativa INCORRETA.
(A) A sondagem a percussão é uma técnica de investigação do
subsolo que, associada ao ensaio de penetração padronizado,
mede a resistência do solo e permite a coleta de amostras
alojadas no interior do barrilete.
(B) A sondagem rotativa a diamante é uma técnica que permite o
estudo petrográfico (textura, estrutura, mineralogia etc.) e lito-
geoquímico das rochas e é indicada tanto para rochas
inconsolidadas ou friáveis quanto para rochas duras.
(C) A sondagem rotativa permite obter amostras de material
rochoso contínuas e com formato cilíndrico, a partir da ação
perfurante dada basicamente por forças de penetração e rotação
que atuam com poder cortante.
(D) A sondagem manual a trado permite determinar o perfil
estratigráfico do solo em profundidades pequenas e de pequeno
diâmetro, indicada para a coleta de amostras de sedimentos
inconsolidados e situados acima da linha d’água.

10
Comentários
Sondagem Rotativa: São utilizadas na testemunhagem de tipos
rochosos duros (ex.: granitos - quando então utilizam peças
adiamantada), e brandos (ex.: folhelho - quando utiliza então,
peças de widia - carbeto de tungstênio). Baseia-se na pressão, na
rotação do conjunto e no corte feito pela coroa diamantada. Não
é a intenção da sondagem rotativa a análise geoquímica, mas sim
as características petrográficas e geotécnicas: graus de alteração,
coerência, fraturamento, RQD “Rock Quality Designation”,
indicativo da qualidade de maciços rochosos, classificação
geológica e classificação de descontinuidades.
RESPOSTA B
09. (Funiversa 2006 – Técnico em Mineração - IFAP) Os
depósitos de minerais de ferro mais importantes do ponto de vista
econômico são os depósitos

(A) sedimentares bandados.


(B) hidrotermais.
(C) metamórficos.
(D) vulcânicos.
(E) supergênicos.

Comentários

Os depósitos ferríferos mais importantes do mundo são


encontrados em Carajás (Pará-Brasil) e Hamersley (Austrália).
São depósitos originários do Pré-Cambriano e são constituídos,
essencialmente, por minerais de óxido de ferro (hematita, Fe2O3,
ou magnetita, Fe3O4) e bandas chert e/ou jasper.
RESPOSTA A
11
10. (FGV 2013 – Eng. de Minas - SUDENE/PE) Os minerais são
utilizados como matéria prima em vários ramos da indústria. A
esse respeito, analise as afirmativas a seguir.

I. A barita é utilizada como lama para a perfuração de poços de


petróleo e gás natural.

II. A gipsita é utilizada na correção de solos agrícolas.

III. A apatita é utilizada na fabricação de fertilizantes.


Assinale:
(A) se somente a afirmativa I estiver correta.
(B) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
(C) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
(D) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
(E) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Comentários:

Barita - A principal aplicação da barita, em termos mundiais, é em


lamas de perfuração de poços de petróleo. No Brasil, essa
também é uma aplicação muito importante, embora superada pelo
uso na indústria química. As reservas e a produção nacional de
barita estão concentradas na Bahia, onde três empresas
produzem esse bem mineral.
Gipsita - com o desenvolvimento da indústria cimenteira, o seu
uso tornou-se imprescindível, visto que o fabrico do cimento
portland requer a adição deste bem mineral ao clínquer, para
retardar o tempo de pega. Na agricultura, moída na granulometria
apropriada, a gipsita é utilizada como corretivo de solos (solos
alcalinos).

12
Apatita - é um mineral do grupo dos fosfatos (Fosforita é o nome
dado à apatita impura). Os macronutrientes utilizados para a
fabricação de fertilizantes são: Nitrogênio (N), Fósforo (P),
Potássio (K), Cálcio (Ca), Magnésio (Mg) e Enxofre (S).

As reservas brasileiras de rochas fosfáticas estão concentradas


principalmente nos Estados de Minas Gerais com 67,9% do total.

RESPOSTA E

11. (ESAF 2004 – Perito Eng. de Minas - MPU) A relação


Estéril/Minério é determinada a partir de parâmetros econômicos
e geométricos. Para a seção de uma cava, representada pela
figura abaixo, a relação Estéril/Minério poderia ser calculada por

1 𝑅
( − 1)
(A) 2 𝑟

𝑅 − 𝑟
𝐻( )
(B) 2

13
𝐻
𝑅 ( − 𝑟)
(C) 2

2𝑅 − 𝑟
(D) 𝐻

2(𝑅 − 2𝐻)
(E)

Comentários:

A questão informa que a REM (Relação Estério/Minério) pode ser


calculada por parâmetros econômicos e geométricos. Portanto,
pela situação dada, calcularemos a REM por parâmetro
geométrico:

𝐸𝑆𝑇É𝑅𝐼𝑂
➢ Como REM = , primeiramente verificaremos a
𝑀𝐼𝑁É𝑅𝐼𝑂
quantidade de Estério:

Observamos que os Estérios são dois triângulos retângulos, então


calcularemos, primeiramente, apenas um deles (para facilitar os
cálculos), depois multiplicamos por 2.

2𝑅−2𝑟
Base do triângulo = ; Altura = H;
2
2𝑅−2𝑟 2(𝑅−𝑟)
( ).𝐻 [ ].𝐻 (𝑅−𝑟).𝐻
2 2
Área = = =
2 2 2

(𝑅−𝑟).𝐻
Àrea dos dois Triângulos então é: 2 x = (𝑅 − 𝑟). 𝐻
2

➢ Cálculo do Minério: Área=2r.H,


14
➢ Cálculo da REM:

(𝑅−𝑟).𝐻 (𝑅−𝑟) 1 𝑅−1


REM = = = ( )
2𝑟.𝐻 2𝑟 2 𝑟

Obs.: A REM, normalmente, calculamos em unidades de massa


(t) ou volume (m³). Entretanto, na questão, temos apenas relações
de área (base x altura), o que não caracteriza exatamente uma
REM.

RESPOSTA A

12. (UFG 2015 – Técnico em Mineração) O processo de flotação


é usado em plantas de beneficiamento mineral para:
(A) aumentar a oxidação do bem mineral.
(B) diminuir a concentração do bem mineral.
(C) aumentar a concentração do bem mineral.
(D) diminuir a oxidação do bem mineral.
Comentários
Flotação é o processo usado para aumentar a concentração do
mineral de interesse. A técnica consiste na separação de
partículas sólidas, suspensas em um líquido, por meio da injeção
de ar na solução.
RESPOSTA C
13. (UFG 2015 – Técnico em Mineração) A susceptibilidade
magnética de um mineral é diretamente proporcional à:

15
(A) concentração de potássio.
(B) porosidade.
(C) densidade.
(D) concentração de ferro.
Comentários
Susceptibilidade magnética refere-se a capacidade que possui
um determinado material (mineral, no caso) em reagir quando
submetido a um campo magnético. Em geral, materiais com
concentrações de ferro, níquel, cobalto ou ligas formadas por eles
elementos podem ser facilmente imantados (materiais
ferromagnéticos).
RESPOSTA D
14. (ESAF 2004 – Perito Eng. de Minas - MPU) O explosivo
amplamente empregado na mineração e conhecido pela sigla
ANFO é composto por
(A) nitrato de amônia e fertilizante orgânico.
(B) óleo combustível e dinamite.
(C) TNT e nitrato de amônia.
(D) nitroglicerina e TNT.
(E) nitrato de amônia e óleo diesel.

Comentários:

Anfo: Explosivos compostos à base quase que exclusivamente


de nitrato de âmonio (NH4NO3), produto químico utilizado como
fertilizante agrícola.
16
Anfo vem do inglês “ammonium nitrate + fuel oil”, já que
originalmente era formulado a partir da mistura de nitrato de
amônio com óleo diesel.

RESPOSTA E

15. (UFOP 2012 – Técnico em Mineração) Em relação aos


equipamentos industriais de cominuição, todas as alternativas
estão corretas, exceto:
(A) Os moinhos de barras geram produtos com distribuição
granulométrica ligeiramente mais grosseira que os moinhos de
bolas.
(B) Os britadores de mandíbulas e giratórios são mais utilizados
na britagem primária.
(C) A função da grelha antes do britador de mandíbulas é remover
os blocos de minério de tamanhos maiores do que 80% da boca
do britador para evitar o seu engaiolamento.
(D) Os moinhos são operados em regime de cascata para menor
desgaste do seu revestimento e maior eficiência da moagem.
Comentários
Tanto os moinhos de barra quanto os de bolas podem gerar
materiais em diferentes granulometrias. A faixa granulométrica vai
depender do tipo do material a ser moído e do dimensionamento
do equipamento.
Tradicionalmente, os britadores de mandíbulas são aplicados na
britagem primária e os giratórios em britagens secundárias ou
terciárias, entretanto, atualmente já encontramos britadores
giratórios em britagens primárias.

17
E a moagem em cascateamento agride mais o revestimento do
moinho do que no regime de rolamento, em virtude das energias
desprendidas no impacto.
RESPOSTA C
16. (ESAF 2004 – Perito Eng. de Minas - MPU) Indique qual das
opções abaixo é verdadeira.
(A) A escolha de vales para formação de pilhas de estéril não
precisa levar em conta as nascentes dos vales.
(B) O controle e a minimização da umidade final dos produtos não
são ferramentas da prática da gestão de recursos hídricos de um
projeto de mineração.
(C) A porcentagem de sólidos final atingida por rejeitos dispostos
em bacias de contenção é irrelevante para a gestão dos recursos
hídricos de um empreendimento minerário.
(D) A máxima recirculação de água (industrial) deve ser
constantemente buscada ao longo da vida de qualquer
empreendimento minerário.
(E) A água não é importante, em termos ambientais, em um
empreendimento minerário.

Comentários:

Todo empreendimento mineiro que utilize água em suas


operações deve buscar o seu máximo aproveitamento
(recirculação, preferencialmente), como forma de minimização de
impactos ambientais e diminuição de custos.

RESPOSTA D
18
17. (UFMT 2014 – Técnico em Mineração) Tratamento ou
beneficiamento de minérios consiste de operações aplicadas aos
bens minerais objetivando modificar a granulometria, a
concentração relativa das espécies minerais presentes ou a
forma, sem modificar a identidade química ou física dos minerais
(Luz et al., 2010). Além das operações auxiliares (manuseio,
transporte, amostragem e estocagem de minérios), as operações
realizadas na etapa de beneficiamento, em ordem cronológica,
são:
(A) Concentração, disposição de rejeitos, britagem,
peneiramento, moagem e secagem.
(B) Cominuição, peneiramento, classificação, disposição de
rejeitos, concentração, desaguamento e secagem.
(C) Concentração, classificação, cominuição, peneiramento,
desaguamento, secagem e disposição de rejeitos.
(D) Cominuição, peneiramento, classificação, concentração,
desaguamento, secagem e disposição de rejeitos.
Comentários
Na alternativa A, “disposição de rejeitos” está deslocada de uma
cronológica de beneficiamento.
Na alternativa B, novamente, “disposição de rejeitos” está
deslocada de uma cronológica de beneficiamento.
Na alternativa C, “concentração” e “cominuição” estão deslocados
de uma cronológica de beneficiamento.
RESPOSTA D
18. (UFMT 2014 – Técnico em Mineração) O peneiramento de
minérios tem por objetivo separar partículas de diferentes
19
tamanhos com a intenção de facilitar o beneficiamento de uma
parcela granulométrica, para tal o peneiramento pode ser a seco
ou a úmido e pode-se utilizar diferentes tipos de peneiras. Sobre
peneiramento, é correto afirmar:
(A) Os equipamentos utilizados no peneiramento podem ser
divididos em três tipos: grelhas, crivos e telas, os quais podem ser
classificados, de acordo com o movimento, em fixos e móveis.
(B) Não constitui um objetivo do peneiramento industrial prevenir
a entrada de material fino nos britadores, aumentando a eficiência
e a capacidade deles.
(C) A determinação das faixas de tamanho das partículas é
realizada através de uma série de aberturas de peneiras que não
mantêm entre si relação constante.
(D) No peneiramento industrial, a palavra eficiência não é
empregada para expressar a avaliação do desempenho de
operações de peneiramento em relação à separação
granulométrica desejada.
Comentários
A alternativa A esta correta. São as classificações de peneira:
peneira tipo grelhas (barras paralelas), peneira tipo crivo e peneira
de tela (malha alongada ou fios paralelos), podendo serem fixas
ou móveis.
Com relação a letra B, o objetivo do peneiramento industrial é
manter a alimentação na cominuição de partículas de tamanho
uniforme. Não aumenta a capacidade deles.
Na alternativa C, as aberturas possuem uniformidade e,
consequentemente, uma relação constante entre os decks da
peneira.
20
Na alternativa B, está apenas negando o conceito de eficiência
para peneiras, o que a torna errada.
RESPOSTA A
19. (CESGRANRIO 2006 –Eng. de Minas - DNPM) Considere
as seguintes operações unitárias:
I - prospecção
II - perfuração
III - detonação/escavação
IV - carregamento
V - transporte
VI - britagem
As operações unitárias que constituem os ciclos de produção na
lavra a céu aberto são:
(A) III, IV e V
(B) I, III, IV e V
(C) II, III, IV e V
(D) I, II, III, IV e V
(E) II, III, IV, V e VI

Comentários:

Ciclo Básico: Perfuração-Detonação/escavação-Carregamento-


Transporte-Descarregamento. Somente a letra C contém opções
válidas.

21
Prospecção – compreende a Pesquisa Mineral e Britagem faz
parte da área de Beneficiamento mineral.

RESPOSTA C

20. (FUNRIO 2015 – Técnico em Mineração - UFBA) Para os


equipamentos e operações unitárias apresentados a seguir:

I- ciclone e classificador espiral


II- jigue e separador magnético
III- britador e moinho
IV- mesa vibratória e espirais
V- filtro de tambor e espessador

a - concentração de minérios
b - desaguamento
c - cominuição
d - classificação por tamanho
Qual item contém uma relação que não está correta?
(A) [I - d] e [III - c].
(B) [II - a] e [IV - a].
(C) [II - a] e [IV - b].
(D) [III - c] e [V - b].
(E) [I - d] e [V - b].

Comentários
Jigue: aparelho vibratório que mediante a agitação da água
promove a concentração do minério.

Separador Magnético: equipamento que concentra minerais com


suscepbilidade magnética.

22
Mesa vibratória: equipamento que visa retirar a umidade do
produto por meio de vibração.

Espiral: efetua a retirada de água do produto mediante o


processo de classificação efetuada por espirais.

RESPOSTA C

21. (CESGRANRIO 2006 –Eng. de Minas - DNPM) Uma forma


usual de comparar a eficiência das operações mineiras em
subsolo é calcular a razão produzida de minério em
toneladas/homem/turno. Considerando-se os diferentes métodos
de lavra subterrânea e um desempenho normal, qual dos métodos
abaixo é o mais produtivo?

(A) Corte e enchimento.


(B) Câmeras e pilares.
(C) Shrinkage stoping.
(D) Square-set mining.
(E) Glory hole.

Comentários:

Câmeras e pilares - Produtividade moderadamente alta;


Corte e Aterro - Produtividade moderada;
Shrinkage Stoping – Produtividade variando de baixa a
moderada;
Glory hole – método combinado de mineração, produtividade
variando de baixa a moderada;
Square-set Mining - ` Produtividade muito baixa;
RESPOSTA B
23
22. (UFG 2015 – Técnico em Mineração) Qual deve ser a última
etapa de um empreendimento mineral?
(A) Recuperação ambiental.
(B) Prospecção.
(C) Cálculo de reserva.
(D) Lavra.
Comentários
Naturalmente, a última etapa de um empreendimento mineiro é a
Recuperação Ambiental da área que foi explorada.
RESPOSTA A

23. (UFOPA 2012 – Técnico em Mineração) São documentos


necessários para obter o registro de Licenciamento Mineral no
DNPM (Departamento Nacional da Produção Mineral) para
materiais de uso na construção civil:

(A) Mapa da Área, Comprovante de Pagamento do Imposto


Territorial Rural e Licença Ambiental.
(B) Mapa da Área, Plano de Pesquisa Mineral e Comprovante de
Pagamento de Taxa no DNPM.
(C) Memorial Descritivo da Área, Licença Ambiental, Plano
Simplificado de Lavra da Jazida.
(D) Memorial Descritivo da Área, Título de Propriedade da Área e
Plano de Pesquisa Mineral.
(E) Plano de Pesquisa Mineral, Plano de Lavra da Jazida e
Licença Municipal.
Comentários

24
Segundo o DNPM, no Guia do Minerador:
“Consideram-se substâncias minerais de emprego imediato na
construção civil, para fins de aplicação do disposto no Decreto nº
3.358, de 2 de fevereiro de 2000:
Areia, cascalho e saibro, quando utilizados in natura na
construção civil e no preparo de agregado e argamassas;
Material sílico-argiloso, cascalho e saibro empregados como
material de empréstimo;
Rochas, quando aparelhadas para paralelepípedos, guias,
sarjetas, moirões ou lajes para calçamento;
Rochas, quando britadas para uso imediato na construção civil.”
E ainda:
“O requerimento impresso de Registro de Licença deverá conter,
obrigatoriamente, os seguintes documentos de instrução (Artigo
4º da Portaria DG DNPM nº 266/08):
[...]
II. Licença específica expedida pela autoridade administrativa
competente do(s) município(s) de situação da área requerida;
[...]
V. Memorial descritivo da área objetivada na forma estabelecida
na Portaria DNPM nº 263, de 10 de julho de 2008;
[...]
VII. Plano de lavra assinado por profissional legalmente habilitado
[...]”

25
RESPOSTA C
24. (UFOPA 2012 – Técnico em Mineração) Os principais
impactos ambientais no meio antrópico decorrentes da lavra de
um depósito mineral são os indicados no item:
(A) A supressão da vegetação nas áreas de influência direta e
indireta do projeto e o deslocamento de contingentes
populacionais.
(B) A alteração da paisagem na área de influência direta do
projeto e a implantação da infraestrutura da mina.
(C) A modificação na qualidade e quantidade dos recursos
hídricos nas áreas de influência direta e indireta do projeto.
(D) A alteração da qualidade do solo e dos recursos hídricos na
área de influência direta do projeto e a demanda por serviços
básicos de saúde.
(E) Implantação de melhorias urbanas e de serviços na área de
influência direta do projeto e dinamização da economia local.
Comentários
Antrópico = relativo a homem, ser humano.
A questão cita claramente “impactos ambientais” e é bom que se
diga que o impacto tanto pode ser positivo quanto negativo.
RESPOSTA E
25. (FUNRIO 2015 – Técnico em Mineração - UFBA) O atual
Código de Mineração (Decreto-Lei 227/67) foi publicado durante
o regime militar. Para atualizá-lo, o Governo Federal enviou ao
Congresso Nacional uma nova proposta (PL 5807/13) conhecida
como “Novo Marco Regulatório da Mineração”. Diversas
26
discussões estão sendo realizadas em todo Brasil, com
participação de órgãos governamentais, Congresso Nacional,
entidades de classe e sociedade. Qual das afirmativas abaixo
NÃO está incluída no bloco de discussões do “Novo Marco
Regulatório da Mineração”.

(A) Transformação do Departamento Nacional de Produção


Mineral (DNPM) em agência regulatória do setor, a Agência
Nacional de Mineração (ANM).
(B) Duplicação dos valores dos royalties pagos a estados e
municípios mineradores por meio da Compensação Financeira
sobre Exploração Mineral (CFEM).
(C) Permissão de lavra garimpeira (PLG) em áreas urbanas como
o Pico da Tijuca no Rio de Janeiro e a extração de areia na Lagoa
de Abaeté, Salvador.
(D) Extinção do direito de prioridade aos minerais metálicos e
àqueles considerados estratégicos.
(E) Aumento de recursos para Fundos Setoriais, como o CT-
Mineral, bem como em PD&I no setor mineral do país.
Comentários
O “Novo Código da Mineração”, norteia as explorações minerais
no país. É de cunho Nacional e não local.
RESPOSTA C

27
28
https://www.clubedegeociencias.com.br/