Você está na página 1de 1

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DAS

ESCOLAS DÁ VOZ AOS ALUNOS
O Orçamento Participativo está integrado nas comemorações do Dia do
Estudante - 24 de março.
Os estudantes do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário vão poder
decidir quais as melhorias a introduzir nos seus estabelecimentos de ensino, de uma
forma democrática, no âmbito do Orçamento Participativo das Escolas.
Através desta medida, pretende-se dar voz aos alunos e resposta às suas
necessidades e interesses, assim como promover a sua participação cívica.
Para tal, as escolas devem abrir procedimento para apresentação de propostas até
ao final de janeiro e auxiliar os estudantes no seu desenvolvimento e apresentação até ao
final de fevereiro.
Para serem votadas, as medidas devem ter em conta o montante atribuído a cada
escola e contar com o apoio de, pelo menos, 5% dos estudantes. Assim, há 500 euros
para a Escola Básica de Quinta de Lomba e 1052 euros para a Escola Secundária de
Santo André, o que corresponde a 1 euro por cada aluno do 3º ciclo e do ensino
secundário. As propostas devem ser votadas pelos estudantes no dia 22 de março e
adotadas em 2018.
Aplicação do disposto no nº 2 do Despacho n.º 436-A/2017, de 6 de julho:
etapas e prazos
PRAZOS ETAPAS
Definição da coordenação e divulgação pública dos
Até ao final do mês de janeiro procedimentos e prazos para a apresentação de
propostas

Até ao final do mês de fevereiro Desenvolvimento e apresentação de propostas

Nos 10 dias úteis anteriores à votação - 8 a 21
Divulgação e debate das propostas
março

No dia 22 de março Votação das propostas

Até cinco dias úteis após a votação - 23 de
Apresentação dos resultados
março
Até ao final do maio Planeamento da execução
Até ao final do respetivo ano civil. Execução da medida

P.S.: Mais informações em: https://opescolas.pt/