Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

DEPARTAMENTO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS


DIDÁTICA
PROFESSOR JADSON

FORMAÇÃO HUMANA E A EDUCAÇÃO

A RELAÇÃO DA FORMAÇÃO HUMANA COM A EDUCAÇÃO E COMO O


PROFESSOR PODE ATUAR

JUVITA TAINÃ MUNIZ DE PAULA

RECIFE
2018
Segundo o dicionário, formação humana é - 1 ato, efeito ou modo de
formar. 2. Constituição de caráter. 3. Modo por que se constitui uma mentalidade,
um caráter. Por sua vez, educação é o princípio comunicativo, utilizado pelas
sociedades, para desenvolver no indivíduo a consciência de suas
potencialidades, a partir da interpretação dos sinais gráficos até a construção
dos conhecimentos que favoreçam o desenvolvimento de um raciocínio
comportamental e disciplinar, na sua individualidade, diante do grupo social e no
meio ambiente em que vive. Então qual seria a relação da formação humana
com a educação?
O ser humano, no ato de seu nascimento, será transformado para algo
absolutamente diverso. Logo, o que é ao nascer, não-é, pois é apenas uma
possibilidade, um projeto, uma intenção de futuro. A esse ser, que é apenas um
devir, será oferecida uma possibilidade de vida, tanto do ponto de vista da
sobrevivência quanto da realização de outras condições e possibilidades. Isso
aponta para o fato de que o ser humano recebe uma educação que tem por fim
produzir nele uma rejeição ao que lhe é dado no nascimento, como natureza,
para se tornar algo novo num mundo igualmente novo: uma vida inserida no
mundo da cultura. E essa cultura nada apresenta de fixo e imutável, pelo
contrário, é um eterno movimento em direção a algo que não se sabe o que pode
ser.
Por isso, educar implica retirar do indivíduo tudo que o confina nos limites
da Natureza e dar a ele uma outra conformação, só possível na vida social. O
ser humano está sempre em um processo permanente de transformação, nunca
estarão prontos, nem no seu individual e nem no coletivo.
A formação humana é sempre histórica e socialmente datada, isso é certo.
Por isso mesmo não é possível definir, de uma vez para sempre, o que ele seja
como se fosse um ideal a ser perseguido. Porém, como o processo de tornar-se
homem do homem não é apenas descontinuidade, mas também continuidade, é
possível apreender os traços gerais desse processo traços esses que, não
obstante a sua mutabilidade, guardarão uma identidade ao longo de todo o
percurso da história humana.
Segundo Freire (1980, p.20) “a educação deve preparar, ao mesmo
tempo, para o juízo crítico das alternativas propostas pela elite, e dar a
possibilidade de escolher o próprio caminho”.
É notório que a educação está relacionada com a formação humana, tanto
que dizem que a educação deve formar o homem integral, pessoas que sejam
capazes de contribuir para as transformações sociais, culturais, cientificas,
pessoas que tenham uma autonomia moral, que pensem com lógica, dentre
outros motivos que existem, um ideal instituído para uma prática contrária, afinal
sabemos que não é bem assim que ocorre.
O professor atualmente não é mais aquele que apenas entrava na sua
sala e aplicava a sua disciplina, hoje além desse papel de levar o conhecimento
sobre determinada matéria, cabe ao professor também estimular padrões
morais, incentivar a criatividade, acolher e tratar as diferenças e oferecer um
ambiente propício para formar um cidadão de bem, entretanto isso não é uma
tarefa fácil, nós professores temos que olhar para a criança, olhar para o aluno,
na sua individualidade, levar em consideração que ele é um ser humano único,
ou seja, o professor está ali para ajudar no que for preciso e não para influenciar
no processo de descoberta, o que quero dizer é que proporcionar uma boa
aprendizagem para o aluno não depende exclusivamente do professor. A família
por exemplo, tem a missão de fornecer vivências afetividade, cooperação e
formação de valores mais altruísta.
Existe assim, um caminho a trilhar no sentido de aprofundar as relações
entre todos os envolvidos na educação de crianças e jovens. “Educação não é
transmissão de uma soma de conhecimentos. Conhecimentos podem ser mortos
e inertes: uma carga que se carrega sem saber a utilidade e sem que ela dê
alegria. “Educar é ensinar a pensar, isso é, a brincar com os conhecimentos, da
mesma forma como se brinca com uma peteca.” Uma reflexão honoris causa em
homenagem ao “imortal” professor Rubem Alves.
Podemos concluir então que o mais importante na formação humana é a
integralidade do ser e pensar de cada indivíduo no mundo. Essa formação
prepara o ser humano para produzir as condições de reprodução da sua vida e
das formas sociais da sua organização. Assim, ele poderá construir o seu modo
de vida livremente, tendo autonomia para organizar os modos de existência e
sendo responsável pelas suas ações, tornando-se um ser humano ético.
REFERÊNCIAS

Adestro, Sueli – O papel do Educador na Formação do Ser Humano -


https://tutores.com.br/blog/o-papel-do-educador-na-formacao-do-ser-humano/ -
acesso em 20 de janeiro de 2018
DI- Dicionário online – Dicionário informal http://www.dicionarioinformal.com.br/
- Acesso em 01 de janeiro de 2018.
OLIVEIRA, Emanuelle - Formação Humana-
https://www.infoescola.com/pedagogia/formacao-humana/ - Acesso em 01 de
janeiro de 2018
RODRIGUES, Neidson - Educação: da Formação Humana à construção do
Sujeito Ético - http://www.scielo.br/pdf/es/v22n76/a13v2276 - Acesso em 01 de
janeiro de 2018