Você está na página 1de 27

Antropometria

BIOMECÂNICA
Conteúdo
Modelos Biomecânicos
Antropometria
Instrumentos de Medição
Grupos e Percentis
Dimensões Antropométricas
Densidade, Centro de Massa e Inércia
Exercícios

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 2


MODELOS BIOMECÂNICOS
Um Modelo Biomecânico é uma simplificação de
um dado sistema Biomecânico real que permite o
seu estudo.
Utilizam-se valores estimados ou medidos de
parâmetros antropométricos e dados do exterior
envolvente.

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 3


MODELOS BIOMECÂNICOS
Inteligibilidade – Facilitar o
entendimento do problema;
Simplicidade – Simplificar o
problema de modo a não perder
significado;
Robustez e fiabilidade – responder
corretamente para varias
simulações;
Relevância – representar a realidade
corretamente;

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 4


ANTROPOMETRIA
Antropometria é o ramo da antropologia que estuda as dimensões
físicas do corpo humano.
Os Modelos Biomecânicos necessitam de:
◦ Amplitude de movimentos articulares;
◦ Dimensões de segmentos anatómicos;
◦ Massa;
◦ Localização do Centro de Massa;
◦ Momento de Inércia.

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 5


INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO
Balança; Estadiómetro;

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 6


INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO
Antropómetro; Craveira;

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 7


INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO
Compasso de Pontas Curvas;
Goniómetro;
Adipómetro.

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 8


GRUPOS E PERCENTIS

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 9


GRUPOS E PERCENTIS
Grupos: Devido às grandes diferenças antropométricas que se
encontram entre os diferentes indivíduos de uma dada população é
comum agrupar essa população em indivíduos com características
semelhantes (sexo, idade, raça, etc...).
Dados de um levantamento antropométrico
Medida Adultos Adultos Adultos
de corpo Masculino Femininos em geral
em cm Padrão Padrão Padrão

5% 50% 95% 5% 50% 95% 5 % 50% 95%


Altura em metros 1,63 1,74 1,84 1,51 1,61 1,71 1,54 1,69 1,83
Massa (kg) 59 75 98 48 62 86 52 70 95
Altura sentado A 85,8 91,4 97,0 80,3 85,6 90,4 81,8 89,1 96,3
Altura do olho B 74,4 80,3 85,6 69,1 74,4 79,0 70,4 78,0 84,0
Altura do ombro C 54,4 59,2 64,0 49,0 53,6 58,2 50,0 56,9 63,0
Altura do cotovelo D 19,6 23,6 27,7 20,8 23,9 27,7 20,1 23,6 27,7
Altura da coxa E 12,2 14,5 17,3 12,4 14,7 17,0 12,2 14,5 17,3

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 10


GRUPOS E PERCENTIS
Percentis: Em cada grupo existe um conjunto de indivíduos com
características comuns, mas antropometrias diferentes.
Para um dado indicador antropométrico (e.g. altura) é possível obter a
distribuição em frequência e determinar o valor para o qual existe uma
maior incidência de indivíduos, que normalmente se aproxima do valor
do percentil 50.
Percentil 50 – 50% da
população do grupo tem
dimensões inferiores ou
iguais à média

Percentil 95 – 95% da
população do grupo tem
dimensões inferiores ou
iguais às definidas por
esse percentil
05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 11
GRUPOS E PERCENTIS

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 12


DIMENSÕES
ANTROPOMÉTRICAS

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 13


DIMENSÕES
ANTROPOMÉTRICAS

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 14


DIMENSÕES
ANTROPOMÉTRICAS
Dimensões dos segmentos
anatómicos em função da altura
do indivíduo (H)

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 15


05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 16
DIMENSÕES
ANTROPOMÉTRICAS
I1 = 3.44H2 + 0.144W – 8.04 (kgm2)
I2 = 3.52H2 + 0.125W – 7.78 (kgm2)

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 17


DENSIDADE, CENTRO DE
MASSA E INÉRCIA
Densidade Corporal: d = 0,69 + 0,9 h/w1/3 onde h é a altura em [m] e w
é a massa em [kg]

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 18


DENSIDADE, CENTRO DE
MASSA E INÉRCIA
Massa: 𝑀 = σ𝑛𝑖=1 𝑚𝑖 em [kg]

1 𝑛
Centro de Massa: 𝑥ҧ = σ 𝑚𝑥 em [m]
𝑀 𝑖=1 𝑖 𝑖
1 𝑛
𝑦ത = σ 𝑚𝑦 em [m]
𝑀 𝑖=1 𝑖 𝑖

Momento de Inércia: 𝐼 = σ𝑛𝑖=1 𝑚𝑖 𝑑𝑖2 em [kgm2]

Raio de Giração (ρ): 𝐼0 = 𝑚𝜌02

Teorema dos eixos paralelos: 𝐼 = 𝐼0 + 𝑚𝑑 2

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 19


DENSIDADE, CENTRO DE
MASSA E INÉRCIA
𝐼𝑥 = σ𝑛𝑖=1 𝑚𝑖 𝑦𝑖2 em [kgm2]
𝐼𝑦 = σ𝑛𝑖=1 𝑚𝑖 𝑥𝑖2 em [kgm2]

Raio de Giração (ρ): 𝐼0 = 𝑚𝜌02

Teorema dos eixos paralelos: 𝐼 = 𝐼0 + 𝑚𝑑 2

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 20


EXERCÍCIOS
Problema: Considere um individuo com 80kg com 1,8m de altura (em
posição anatómica).
Determine:
◦ A densidade corporal.
◦ A massa e a localização do centro de massa na posição proximal e distal do:
◦ Pé
◦ Coxa
◦ Perna
◦ HAT (Head Arms Trunck)

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 21


EXERCÍCIOS
Problema: Considere um individuo com 80kg com 1,8m de altura (em
posição anatómica).

◦ O centro de massa do individuo.


◦ O momento de inércia em relação ao centro de massa
◦ da perna
◦ da coxa.
◦ O momento de inércia em relação à extremidade proximal e à extremidade
distal
◦ da perna
◦ da coxa.

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 22


EXERCÍCIOS
Densidade corporal:
d = 0,69 + 0,9 h/w1/3
d = 0,69 + 0,9 (1,8/801/3) = 1.07 kg/m3
A massa e a localização do centro de massa na posição proximal e distal:
Proximal Distal
Peso do Segmento/Peso total Centro de Massa / Comprimento do Segmento Comprimento do Segmento / Altura
Pé 0.0145 0.5000 0.5000 0.1520
Coxa 0.1000 0.4330 0.5670 0.2450
Perna 0.0465 0.4330 0.5670 0.2460
HAT 0.6780 0.6260 0.3740 0.4700
Peso do Segmento Centro de Massa Comprimento do Segmento
kg m m m
Pé 1.160 0.137 0.137 0.2736
Coxa 8.000 0.191 0.250 0.4410
Perna 3.720 0.192 0.251 0.4428
HAT 54.240 0.530 0.316 0.8460

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 23


EXERCÍCIOS
O centro de massa do individuo
kg x mx
Pé 1.160 0.000 0.000
Coxa 8.000 0.513 4.104
Perna 3.720 0.763 2.839 X
HAT 54.240 1.484 80.470 m
M 67.120 87.413 1.302

Raio de Giração / Comprimento do Segmento


Pé 0.475 0.69 0.69
O momento de inércia Coxa 0.323 0.54 0.653
Perna 0.302 0.528 0.643
HAT 0.496 0.798 0.621
Raio de Giração [m]
Pé 0.130 0.189 0.189
Coxa 0.142 0.238 0.288
Perna 0.134 0.234 0.285
HAT 0.420 0.675 0.525
Momento de Inercia [kgm2] Teorema EP
Pé 0.020 0.041 0.041 0.041 0.041
Coxa 0.162 0.454 0.663 0.454 0.663
Perna 0.067 0.203 0.302 0.203 0.301
HAT 9.550 24.721 14.971 24.763 14.980

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 24


EXERCÍCIOS
Calcule a posição do centro de massa do corpo…
[º]
Ângulo (global)
Pé Esq 0
Perna Esq 270
Coxa Esq 0
Tronco 90
Braço Esq 0
Antebraço Esq 0
Mão Esq 0
Cabeça 90
Pé Dto 0
Perna Dto 270
Coxa Dto 0
Braço Dto 0
Antebraço Dto 0
Mão Dto 0

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 25


EXERCÍCIOS
Calcule a posição do centro de massa do corpo…
[º]
Ângulo (global)
Pé Esq 10
Perna Esq 280
Coxa Esq 300
Tronco 90
Braço Esq 310
Antebraço Esq 45
Mão Esq 50
Cabeça 80
Pé Dto 350
Perna Dto 240
Coxa Dto 250
Braço Dto 220
Antebraço Dto 300
Mão Dto 45

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 26


EXERCÍCIOS
Calcule a posição do centro de massa do corpo…
[º]
Ângulo (global)
Pé Esq 270
Perna Esq 270
Coxa Esq 270
Tronco 90
Braço Esq 280
Antebraço Esq 280
Mão Esq 280
Cabeça 90
Pé Dto 270
Perna Dto 270
Coxa Dto 270
Braço Dto 260
Antebraço Dto 260
Mão Dto 260

05/04/2017 MODELOS BIOMECÂNICOS - ANTROPOMETRIA 27