Você está na página 1de 1

O “bloco trem di doido” nasceu em dezembro de 2015, do encontro de amigos, músicos e

convidados com o intuito de levar a alegria do carnaval de marchinhas às pessoas menos


favorecidas. O nome tem como referência os trens que levavam as pessoas em busca de
tratamento psíquico para Barbacena, apesar do contexto ruim, esse termo é usado hoje para
referir-se a algo extraordinário e sensacional. O “bloco Trem di doido”, faz uma homenagem
aos que sofreram o holocausto brasileiro, e guarda como identidade o sentido comum desse
termo, de levar as pessoas alegria e auto- astral, para um público de todas as idades, de
maneira extraordinária e sensacional. O bloco tem vários integrantes, e está sempre aberto
aos que desejam participar, e tem como coordenador o músico Talmer Oliveira.