Você está na página 1de 12

APOSTILA RADIEX

TREINAMENTO TÉCNICO

1
RADIEX PRODUTOS AUTOMOTIVOS

Somos a RADIEX Produtos Automotivos, empresa genuinamente brasileira, voltada ao bem estar
automotivo.

A área química é nosso principal segmento e, em laboratório próprio, pesquisamos e desenvolvemos


produtos com a mais alta tecnologia, visando a satisfação e contentamento de nossos clientes. Além de
produtos químicos, distribuímos e produzimos vários equipamentos agregados a maioria destes, fruto de
pesquisa e desenvolvimento próprio.

Sobre os serviços, os equipamentos e os produtos oferecidos pela RADIEX, fazem presentes nas
patentes, o reconhecimento, a homologação e a recomendação das maiores montadoras de veículos,
motores, tratores, locomotivas, entre outros.

Desde o início de nossas atividades, primamos pela qualidade na prestação de serviços e elaboração de
nossos produtos, submetendo-os aos rigorosos testes de qualidade, normas técnicas existentes e
aprovações do Ministério da Saúde, preocupados sempre, com o meio ambiente e o bem estar de nossos
clientes, bem como os usuários de nossos produtos.

Ao utilizar nossos produtos e serviços, fica evidente nossa preocupação em oferecer-lhe o que de melhor
e mais moderno existe em nosso meio de atuação.

Líderes em nosso segmento de mercado, o sucesso da RADIEX Produtos Automotivos tem sido o
depoimento mais seguro sobre nossa conduta de trabalho e relacionamento com nossos clientes.

Nossa equipe de profissionais, sempre disposta a lutar pelos interesses de nossos clientes, tem garantido
a perpetuação dos negócios e a tranqüilidade de todos que dependem de nossos serviços.

Por esta tradição de qualidade e disposição, não podemos deixar de fazer da RADIEX nosso parceiro
sempre presente.

2
RADIEX QUALIDADE CERTIFICADA

A Radiex consolidou em 2006 a re-certificação do Sistema de Gestão da Qualidade, no seguinte escopo:


"Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Aditivos Anticorrosivos para radiadores, Aditivo para
Limpeza do Sistema de Motores e produtos para Embelezamento Automotivo", de acordo com a norma
NBR ISO 9001:2000, conquistada no ano de 2003.
O órgão certificador Bureau Veritas Certification, foi responsável pela auditoria que constatou a qualidade
da Radiex nos seus procedimentos que refletem um produto final com qualidade garantida para o
mercado.
Diante deste fato, a qualidade para com nossos clientes torna-se um compromisso de primeira ordem.
Com esta ideologia a Radiex segue uma política de qualidade que tem como objetivo buscar a excelência
de nossos serviços.

Política da Qualidade Radiex

• Buscar a satisfação de nossos clientes, através da qualidade comprovada de nossos produtos e


serviços.
• Promover treinamento como ferramenta básica para a melhoria contínua do nível de nossos
funcionários e do Sistema de Qualidade implantado.
• Respeitar o meio ambiente.

3
SISTEMA DE ARREFECIMENTO

O Sistema de arrefecimento é o sistema que controla a temperatura. Nos automóveis mais antigos
existia somente a preocupação de se dissipar o calor gerado pelo motor, mas nos atuais devido ao
gerenciamento eletrônico do motor qualquer mudança na sua temperatura é alterado a quantidade de
combustível injetado e o ponto de ignição. Portanto quando o sistema de arrefecimento trabalha na
temperatura ideal o motor terá maior durabilidade, menor desgaste e atrito, maior economia de
combustível, menos manutenção, emitirá menos poluentes e aumentará seu desempenho.

Funcionamento

O líquido de arrefecimento circula sob pressão por todas as partes internas das galerias de água do
motor. A bomba d’água é responsável pela circulação da água por todo este circuito. Normalmente a
bomba é do tipo rotativo, que geralmente é acionada pelo motor através da correia. O líquido de
arrefecimento em seu percurso passa por diversos canais dentro do bloco motor, cabeçote, mangueiras
efetuando assim a troca de calor. Porém enquanto a temperatura desse motor for baixa (motor frio), este
circuito de circulação permanecerá fechado até que o motor atinja a temperatura ideal de funcionamento,
e a partir deste instante a válvula termostática iniciará o processo de troca do líquido de arrefecimento.

4
Componentes:

• Bomba d’água: Bombeia o líquido de arrefecimento fazendo circular no sistema, geralmente é


acionada pela correia junto com o alternador.

• Radiador: Quando o líquido de arrefecimento passar por ele perde calor, baixando a sua
temperatura e conseqüentemente a do motor.

• Válvula termostática: Bloqueia ou desvia o ciclo do líquido, para não passar pelo radiador
enquanto o motor não estiver na temperatura de trabalho. Quando o motor estiver na sua
temperatura de trabalho a válvula se abre permitindo a passagem do líquido para o radiador. A
válvula termostática antiga possui acionamento mecânico e em alguns automóveis já estão
sendo fabricados com válvula termostática elétrica controlada pela central de injeção eletrônica.

• Ventoinha - Sistema de passagem de ar forçado: Utilizado para forçar a passagem de ar pelo


radiador quando o automóvel estiver em baixa velocidade. O mais antigo é uma hélice acoplada
a bomba que gira em uma rotação proporcional a do motor, nos mais modernos é utilizado um

5
eletroventilador (motor elétrico com uma hélice) e em caminhões é utilizado o mesmo sistema
antigo com uma embreagem (denominada Visgo) entre a hélice e a bomba que diminui a
velocidade da hélice com temperaturas menores.

• Mangueiras: faz a conexão entre os componentes do sistema.

• Líquido de arrefecimento: uma mistura de água e protetor para o sistema de arrefecimento.


Sua função é efetuar a troca de calor, ele ganha calor quando passa pelo motor a explosão e
perde calor ao passar no radiador.

PROTETOR PARA SISTEMA DE ARREFECIMENTO

MCT-Plus R-1882

O Protetor do sistema de arrefecimento MCT plus é um composto químico SUPER CONCENTRADO à


base de polímeros anticorrosivos sintetizados de alta condutividade térmica desenvolvido para oferecer
SUPER PROTEÇÃO aos componentes metálicos do sistema de arrefecimento. PARA SISTEMAS COM
CAPACIDADE DE ATÉ 8 LITROS, UTILIZE 1 LITRO DO ADITIVO MCT plus.

Instrução de uso: Antes de colocar o Protetor MCT-Plus no radiador, execute a limpeza completa no
sistema de arrefecimento com água pura. Caso tenha excesso de sujeira recomenda-se a aplicação do
Limpa Radiador Radiex R-9301, instrução de uso vide rótulo do produto. Colocar o Protetor MCT-Plus no
reservatório de água ou no radiador, conforme o caso, na proporção de 1:6 a 1:8 litros até completar o
nível indicado no reservatório. Exemplo: Para um sistema cuja capacidade total seja de 8 litros, utilize 1
litro do produto e 7 litros de água. Recomendamos a diluição com Água Desmineralizada Radiex. Efetue
a substituição do produto no sistema a cada 6 meses.

6
Propriedades Físico-químicas:

Estado físico: Liquido


Aspecto visual: Límpido
Cor: Verde Escuro
Odor: Suave Característico
Densidade a 20ºC g/ml: 1.000 – 1.050
pH (tal qual): 10,0 – 11,5
Solubilidade em água: Total

R-1922 – Protetor para sistema de arrefecimento

O Protetor do sistema de arrefecimento R-1922 É um composto químico concentrado desenvolvido com


polímeros semi-sintéticos de alta performance térmica. Contém inibidores de corrosão na proporção
adequada para proteger todos os metais do sistema de arrefecimento, prolongando a vida útil das peças
e oferecendo excelente proteção contra corrosão e cavitação, lubrifica as mangueiras e todos os
componentes do sistema.

Instruções de uso: Antes de colocar o Protetor R-1922 no radiador, execute a limpeza completa no
sistema de arrefecimento com água pura. Caso tenha excesso de sujeira recomenda-se a aplicação do
Limpa Radiador Radiex R-9301, instrução de uso vide rótulo do produto.
Diluir o produto na proporção de 40% da capacidade do sistema, colocar no reservatório de água ou no
radiador, conforme o caso, até completar o nível indicado no reservatório. Recomendamos a diluição
utilizando a Água Desmineralizada Radiex. Efetue a substituição do produto no sistema a cada 1 ano.

Propriedades Físico-químicas:

Estado físico: Liquido


Aspecto visual: Límpido
Cor: Azul escuro
Odor: Suave Característico
Densidade a 20ºC g/ml: 1.000 – 1.150
pH (tal qual): 10.0 – 11.5
Solubilidade em água: Total

R-1892 – Protetor do Sistema de Arrefecimento – PS2G

O Protetor do sistema de arrefecimento PS2G é um composto químico desenvolvido com polímeros de


alta performance, PRONTO PARA USO, no sistema de arrefecimento de motores. Contém inibidores de
corrosão na proporção adequada para a proteção dos metais do sistema dos veículos
(gasolina/álcool/diesel/gnv) e motores estacionários. Prolonga a vida útil dos motores oferecendo
excelente proteção contra a corrosão e cavitação, inibe o ressecamento das mangueiras e lubrifica a
bomba de água.

INSTRUÇÕES DE USO: Antes de colocar o Protetor PS2G no radiador, execute a limpeza completa no
sistema de arrefecimento com água pura. Caso tenha excesso de sujeira recomenda-se a aplicação do
Limpa Radiador Radiex R-9301, instrução de uso vide rótulo do produto. Colocar o Protetor do Sistema
PS2G – Pronto p/ uso no reservatório de água ou no radiador, conforme o caso, até completar o nível
indicado no reservatório. Exemplo: Para um sistema cuja capacidade é de 5 litros, colocar 5 litros do

7
PS2G. Preencher todo o sistema com o produto puro, sem adicionar água. Efetue a substituição do
produto no sistema a cada 1 ano.

PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS
Estado físico: Liquido
Aspecto visual: Límpido
Cor: Vermelho Fluorescente
Odor: Suave Característico
Densidade a 20ºC g/ml: 1.003 – 1.010
pH (tal qual): 10,0 – 11,0
Solubilidade em água: Total

A-902 - Água Desmineralizada

A Água Desmineralizada Radiex foi desenvolvida para utilização em baterias, radiadores, motores
estacionários e reservatórios de veículos. Em sua produção, a Água Desmineralizada passa por um
processo de purificação que envolve diversos estágios de filtragem, até atingir sua pureza total, o
resultado é uma água com 0% de minerais e demais impurezas danosas ao sistema, garantindo o
controle da condutividade elétrica do veículo. A Água Desmineralizada Radiex é a água ideal para a
diluição dos aditivos de radiadores concentrados, a inovação na manutenção preventiva.

INSTRUÇÕES DE USO: O produto pode ser utilizado em radiadores, baterias, motores estacionários,
reservatórios de carros caminhões, tratores, barcos e etc. Também é indicado para uso em ferros de
passar roupa, laboratórios, etc. Adicionar o conteúdo deste frasco conforme recomendação do fabricante
do sistema.

Propriedades

pH (tal qual): 6,0 – 7,5


Sólidos totais dissolvidos (TDS) - ppm: Máx.: 0,05
Condutividade elétrica - MS/cm: Máx.: 10

R-9301 - Limpa Radiador

O Limpa Radiador possui base orgânica para remoção dos resíduos de ferrugem, óleo e oxidação que
impedem a circulação da água no sistema, causando o aumento da temperatura. Limpa em minutos o
sistema de arrefecimento. Embalagem: 200 mL.

INSTRUÇÕES DE USO: O produto deve ser utilizado na proporção de 200mL para cada 6 litros de água.
Esvaziar o sistema e encher com água limpa; _ Colocar o conteúdo do frasco (200mL) no radiador, para
um sistema com capacidade de até 6 litros; _ Recolocar a tampa e dar partida no motor, aguardar até
que a ventoinha seja acionada; _ Depois de acionada a ventoinha, deixar o produto circular no sistema
durante 15 (ou 30) minutos; _ Tendo o produto circulado em todo o sistema, esvazia-lo e enxaguar até
que a água saia totalmente limpa; _ Concluída a limpeza do sistema, adicionar o Protetor do Sistema de
Arrefecimento de sua preferência na proporção recomendada para a efetiva proteção do sistema. Obs.:
Recomendamos que a limpeza do sistema seja realizada por profissionais capacitados e com uso do
equipamento próprio para este fim.

8
PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS

Estado físico: Liquido


Aspecto visual: Límpido
Cor: Verde
Odor: Inodoro
Densidade a 20ºC g/ml: 1.130
pH (tal qual): 5,0 – 7,5

ANÁLISE DO SISTEMA DE ARREFECIMENTO

DE-9600 - Densímetro Radiex

O Densímetro Radiex verifica a quantidade de aditivo à base de etilenoglicol presente na solução


arrefecedora. O Densímetro também permite a visualização da qualidade da água do sistema de
arrefecimento.

REF-4005 – Refratômetro Radiex

O Refratômetro Radiex analisa a quantidade de aditivo à base de etilenoglicol e polímeros presentes na


solução arrefecedora.

MPR-5034 - Medidor de Pressão Pneumático

O Medidor de Pressão Pneumático detecta possíveis perdas no sistema de arrefecimento e problemas na


tampa do vaso expansor e radiador. Possui um sistema moderno que dispensa a pressão manual.

9
ESA-2007 - Equipamento para troca do líquido de arrefecimento

O Equipamento para troca do líquido de arrefecimento garante a troca rápida, prática e eficiente de todo
o líquido de arrefecimento em poucos minutos. Permite a limpeza do sistema de arrefecimento.

PROBLEMAS FREQÜENTES DO SISTEMA DE ARREFECIMENTO

Corrosão por Cavitação

O sistema de arrefecimento está propício ao problema de corrosão por cavitação, sendo comum em
bombas d’água e de óleo, válvula, turbinas hidráulicas, propulsores navais, pistões de automóveis e até
em canais de concreto com altas velocidades, como em vertedores de barragens.

A cavitação se deve as bolhas de vapor que se formam no escoamento devido à baixa pressão, estas
são carregadas e podem chegar a uma região em que a pressão cresça novamente. Então ocorrerá a
"implosão" dessas bolhas. Se a região de colapso das bolhas for próxima a uma superfície sólida, as
ondas de choque geradas pelas implosões sucessivas das bolhas podem provocar trincas microscópicas
no material, que progressivamente irão crescer e provocar o descolamento de material da superfície,
originando uma cavidade de erosão localizada. Segundo a bibliografia do "Manual de Hidráulica" -
Azevedo Netto - Ed. Blucher- São Paulo, 1999. É um FENÔMENO FÍSICO molecular e que se dissemina
e tende a aumentar com o tempo causando a ruína dos rotores e componentes próximos ao rotor.

Podemos observar que esta corrosão é causada por forças de natureza mecânica e não por reação
química, ou agressão causado pelo protetor do sistema de arrefecimento. No meio veicular está ligado à
falta de pressão pelo não funcionamento da tampa do reservatório ou até mesmo por uma forte tensão da
correia ligada à polia da bomba que causam vibrações e conseqüentemente a erosão.

10
Corrosão Galvânica

Quando dois materiais metálicos, com diferentes potenciais, estão em contato em presença de um
eletrólito, ocorre uma diferença de potencial, isto é, uma transferência de elétrons. Tem-se então o tipo
de corrosão chamado de corrosão galvânica, que resulta do acoplamento de materiais metálicos
dissimilares imersos em um eletrólito, causando uma transferência de carga elétrica de um para o outro,
por terem potenciais elétricos diferentes. Ela se caracteriza por apresentar corrosão localizada, próxima à
região do acoplamento.

Quando materiais de potenciais elétricos diversos estão em contato, a corrosão do material metálico que
funciona como anodo é muito mais acentuada que a corrosão isolada deste material sob a ação do
mesmo meio corrosivo.

Cloro da água do saneamento Básico

É sabido que a água fornecida por sistemas de tratamento domestico, contém cloro dissolvido, o que
acaba contribuindo para a formação do HCl e HclO, sendo esse último muito agressivo ao alumínio. De
acordo com a literatura (HOLLINGSWORTH et alli, 1996, p.583), o alumínio é susceptível ao ataque
corrosivo do tipo “pite” em ambientes que contenham cloro. O contato do cloro com o alumínio não é uma
aplicação apropriada, pois se o cloro estiver presente sua combinação em solução formando o HClO
acelera o ataque generalizado por pites.

Corrosão por ferrugem

Ao contrário do que sempre se imaginou, água pura é extremamente danosa ao sistema de


arrefecimento de motores, provocando o enferrujamento dos componentes do sistema. Sua ampla
utilização no sistema de arrefecimento é fruto de uma cultura que, graças às informações que chegam
aos profissionais, se altera a cada dia. Considerando que as novas tecnologias embarcadas elevaram a
temperatura de funcionamento dos motores para picos elevados, e visando aumentar sua vida útil

11
diminuindo o desgaste de seus componentes, novas ligas metálicas foram inseridas, novos materiais
passam a compor o sistema de arrefecimento de motores, com isto torna-se obrigatória a utilização do
protetor para sistema de arrefecimento e este motor passa a funcionar de forma plena e em
conformidade com seu projeto original.

Assim como não sobreviveremos sem o coração ou sem os pulmões, pois fazem parte de um sistema
que nos mantém vivos, no motor todos os componentes são extremamente importantes. O radiador, a
bomba d’água, a válvula termostática, as mangueiras, as abraçadeiras, o vaso expansor, os sensores,
enfim todos têm função vital.

Podemos afirmar que o protetor para sistema de arrefecimento é o principal componente do sistema, pois
é o único que permanece em contato com todos os demais componentes, ou seja, um sistema
corretamente aditivado mantém todos os componentes em pleno funcionamento mantendo a
programação de vida útil de todos os demais componentes e esta afirmação vem do fato de que o
contrário, ou seja, um sistema apenas com água ou com o protetor para sistema de arrefecimento fora
das determinações, danificará todos os seus componentes, podendo gerar sérios problemas e
transtornos, considerando que sua parada será inevitável.

Todos os sistemas de arrefecimento saem de fábrica com aditivo na proporção correta e a orientação de
sua substituição é depois de determinado período, porém, caso esta manutenção não tenha ocorrido e
seja identificada a necessidade de sua substituição, é necessário limpar todo o sistema e, somente após
sua limpeza, deveremos preencher o sistema de arrefecimento com o líquido próprio, sempre seguindo
recomendações e orientações do fabricante.

12

Você também pode gostar