Você está na página 1de 1

Tema

Política Externa Brasileira: parte 1

Objetivos

Nessa semana, espera-se que o candidato compreender as principais


estratégias e iniciativas da política externa brasileira dos governos Dutra,
Vargas e JK (1946-1960). O candidato deve estar apto a compreender as bases
de inserção internacional do Brasil no mundo pós-II GM, enfatizando a relação
com os Estados Unidos em um contexto inicial de Guerra Fria. Nesse sentido,
conceitos como a ̈ linhamento sem recompensas ̈ (Gerson Moura) e iniciativas
como a Comissão Mistra Brasil - EUA e a Operação Pan-americana (OPA),
entre outras devem merecer atenção especial. Deve o candidato entender as
razões do rompimento de relações com a URSS e as bases da relação com os
Estados Unidos.

Pontos do Edital Abordados


2 A política externa brasileira: evolução desde 1945, principais vertentes e linhas de
ação

Leituras Recomendadas
Obrigatórias

CERVO, Amado e BUENO, Clodoaldo. História da Política Exterior do Brasil.


Brasília: Editora UNB, 2002. Capítulo: Alinhamento e desenvolvimento associado
(1946-1961). P. 269-307

MOURA, Gerson. Sucessos e Ilusões. Rio de Janeiro: editora da Fundação Getúlio


Vargas, 1991. Pág 59 a 86

HIRST, M. A política externa do Segundo Governo Vargas. In: ALBUQUERQUE


(org.). Sessenta Anos de Política Externa Brasileira, 1930-1990, vol. 1. São Paulo:
Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais da USP/Cultura Editores Associados,
1996, pp. 263- 289.

MOURA, Gerson. A política externa de JK. In: GOMES, Ângela de Castro. O Brasil
de JK. 2a. Edição. Rio de Janeiro: FGV, 2002.