Você está na página 1de 3

INPER - INSTITUTO PARAIBANO DE ENSINO RENOVADO

Disciplina: Demonstrações Financeiras 2010.2

4 – FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO

Para se constituir uma empresa é preciso que se tenha, inicialmente, um Capital. Quando a empresa
está constituída, a palavra Capital é usada para representar o conjunto de elementos que o
proprietário da empresa possui para iniciar suas atividades. Por exemplo:

Lúcia vai abrir uma boutique. Ela possui, para esse fim, R$ 600.000 em dinheiro. Logo, esses R$
600.000 em dinheiro constituem o seu Capital Inicial.

O Capital Inicial pode ser composto por:


• Dinheiro
• Móveis
• Veículos
• Imóveis
• Contas a receber etc.

Suponhamos que uma pessoa deseje iniciar suas atividades (abrir uma loja) e possua R$ 50.000 em
dinheiro e um caminhão no valor de R$ 600.000. Neste caso, o seu Capital Inicial é R$ 650.000,
sendo:
• Em Dinheiro R$ 50.000
• Em Veículos R$ 600.000
Total do Capital R$ 650.000

4.1 – EXEMPLO DE FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO E SUAS VARIAÇÕES

Vamos acompanhar a formação do Patrimônio de uma empresa comercial e alguns exemplos de sua
movimentação, representando, a cada acontecimento, a Situação Patrimonial respectiva:

1. Luiz Felipe constitui uma empresa para explorar o comércio de tintas, com um Capital
Inicial, em dinheiro, de R$ 500.000.

Vamos representar o Patrimônio de Luiz Felipe nesse momento. Veja que ele está iniciando suas
atividades com R$ 500.000 em dinheiro. Evidentemente, dinheiro é um Bem; portanto, ele terá esta
importância no Ativo representada pelo elemento Caixa.

Como estamos constituindo o Patrimônio de Luiz Felipe com um Capital Inicial de R$ 500.000 em
dinheiro, essa importância representará, no Balanço Patrimonial, a Situação Líquida Positiva, com o
nome de Capital.
Assim, representando os elementos componentes do Patrimônio apenas com essa ocorrência, isto é,
investimento inicial em dinheiro, através do Balanço Patrimonial, temos:

BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO PASSIVO
Caixa 500.000 Capital Social 500.000

TOTAL 500.000 TOTAL 500.000

Raciocinando em termos da equação fundamental do Patrimônio, onde Ativo é igual a Passivo mais
Patrimônio Líquido ( A = P + PL ), sendo o Ativo composto por Bens mais Direitos, o Passivo pelas
Obrigações exigíveis e o Patrimônio Líquido composto por Capital Social, Reservas e Prejuízos
Acumulados, temos:
• No Ativo, o elemento Caixa correspondendo ao grupo dos bens;
• No Passivo, o elemento Capital Social correspondendo ao grupo do Patrimônio Líquido.

2. Em seguida, surgem as aplicações desse Capital na compra de bens:


a) compra de móveis e utensílios, à vista: R$ 50.000;
b) compra de um automóvel, à vista: R$ 300.000.

Com essas compras, veja o que aconteceu no Patrimônio:


O Caixa, que tinha R$ 500.000, ficou reduzido a R$ 150.000, pois R$ 350.000 foram gastos nas
aquisições citadas. Em compensação, apareceram no Ativo mais dois elementos (Bens):
• Móveis e Utensílios, no valor de R$ 50.000;
• Veículos, no valor de R$ 300.000.

BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO PASSIVO
Caixa 150.000 Capital Social 500.000
Móveis e utensílios 50.000
Veículos 300.000

TOTAL 500.000 TOTAL 500.000

Note que embora tenha havido movimento no Patrimônio, o seu valor total não se alterou. Apenas
houve troca de valores no Ativo: o Caixa diminuiu em R$ 350.000, mas esse valor apareceu
novamente em Móveis e Utensílios e Veículos. No lado do Passivo não houve alteração.

3. Sentindo necessidade de adquirir outros bens para se expandir, a empresa compra a


prazo mercadorias (tintas) para revenda, conforme aceite de Duplicatas, no valor de
R$ 200.000.

Quando a empresa compra a prazo, ela passa a trabalhar com Capital de outras pessoas. Cria, assim,
Obrigações para futuros pagamentos. Nesse caso, tanto o Ativo quanto o Passivo serão aumentados.
O Ativo, pela entrada de mercadorias (Bens); e o Passivo, pela obrigação contraída através do aceite
das Duplicatas.

Após essa operação de compra de mercadorias a prazo, o Patrimônio será representado da seguinte
maneira:
BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO PASSIVO
Caixa 150.000 Duplicatas a pagar 200.000
Estoque de mercadorias 200.000
Móveis e utensílios 50.000 Capital Social 500.000
Veículos 300.000

TOTAL 700.000 TOTAL 700.000

4. Suponhamos agora que a empresa de Luiz Felipe efetue o pagamento, em dinheiro, de


uma Duplicata, no valor de R$ 50.000.

Esse pagamento acarretará uma diminuição no Ativo, pois o Caixa será diminuído em R$ 50.000, e
uma diminuição também no Passivo, pela extinção de parte das Obrigações em R$ 50.000. O
Patrimônio da empresa de Luiz Felipe, após esta operação será representado assim:

BALANÇO PATRIMONIAL
ATIVO PASSIVO
Caixa 100.000 Duplicatas a pagar 150.000
Estoque de mercadorias 200.000
Móveis e utensílios 50.000 Capital Social 500.000
Veículos 300.000

TOTAL 650.000 TOTAL 650.000

Como se pode observar, cada fato que ocorre na empresa modifica o seu Patrimônio, apresentando
uma nova situação patrimonial.

Exercício

Represente, através do Balanço Patrimonial, a situação do Patrimônio da empresa de Vera Lúcia


Ribeiro, após cada fato ocorrido.

1. Vera Lúcia Ribeiro inicia suas atividades comerciais com um Capital de R$ 800.00 em
dinheiro;

2. Compras à vista (em dinheiro) de Móveis e Utensílios, R$ 30.000, um automóvel R$


250.000, e Mercadorias, R$ 200.000;

3. Compra de mercadorias a prazo, mediante aceite de Duplicatas, no valor de R$ 300.000;

4. Compra a prazo de uma casa no valor de R$ 1.000.000, mediante financiamento bancário;

5. Vendas de mercadorias, sendo R$ 100.000 à vista, e R$ 80.000 a prazo, mediante o aceite de


Duplicatas;

6. Pagamento de uma Duplicata, em dinheiro, no valor de R$ 100.000; e,

7. Recebimento de uma Duplicata, em dinheiro, no valor de R$ 20.000.