Você está na página 1de 218

PATENTES, DESENHOS INDUSTRIAIS, CONTRATOS, PROGRAMAS DE COMPUTADOR,

INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS, TOPOGRAFIA DE CIRCUITO INTEGRADO

REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL No 2096 09 de Março de 2011

SEÇÃO I

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL


Presidente
Dilma Roussef
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
Fernando Pimentel

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

PRESIDENTE Tel.: (31) 3291-5614, 3291-5623 Tel.: (27) 3235-7788


Jorge de Paula Costa Ávila Fax: (31) 3291-5449 Fax: (27) 3315-9823
Horário de Atendimento: 10h às 16h30 Horário de Atendimento: 10h às 16h30
VICE-PRESIDENTE
Ademir Tardelli
PARANÁ
CHEFE DE GABINETE Chefe: Renee Fernando Senger Goiás
Josefina Sales de Oliveira e-mail: diregpr@inpi.gov.br Responsável: Rosemar Rodrigues de Oliveira Marinari
Rua Marechal Deodoro, 344, 16º andar JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE GOIÁS
DIRETORIA DE ARTICULAÇÃO E INFORMAÇÃO
TECNOLÓGICA Edifício Atalaia, Centro, Curitiba - PR Rua 206 - Esquina 259 - Setor Universitário, Quadra 84, Lt.
Sergio Medeiros Paulino de Carvalho CEP: 80010-909 5 à 8 Goiânia – GO CEP:74640-310
Telefone: (41) 3322-4411 Tel.: (62) 3202-2246, 3202-2262, 3261-4833 Ramal: 279
PROCURADORIA GERAL Horário de Atendimento: 10h às 16h30 Horário de Atendimento: 8h às 18h
Mauro Sodré Maia
DIRETORIA DE PATENTES RIO GRANDE DO SUL Maranhão
Carlos Pazos Rodrigues Chefe: Vera Lúcia de Seixas Grimberg Responsável: Déa Lourdes Furtado de Oliveira
e-mail: diregrs@inpi.gov.br Secretaria de Estado da Indústria e Comércio
DIRETORIA DE MARCAS
Terezinha de Jesus Guimarães Av. José de Alencar, 521 – Cobertura 902 – Bairro Menino Av. Carlos Cunha s/n° - sala 210
Jesus. Porto Alegre - RS - CEP: 90880-481 Edifício Nagib Haickel – Calhau/ MA - CEP: 65065-180
DIRETORIA DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA Telefone: (51) 3226-6909, 3226-6422, 3227-5886 Telefone: (98) 3235-8546, ramais 28 e 29
Breno Bello de Almeida Neves Horário de Atendimento: 10h às 16h30 Horário de Atendimento: após às 13h
DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇOS
Julio Cesar Dutra De Oliveira SÃO PAULO Mato Grosso
Chefe: Maria dos Anjos Marques Buso Responsável: Kenner Langner da Silva
REVISTA DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL Junta Comercial do Estado do Mato Grosso - JUSSEMAT
e-mail: diregsp@inpi.gov.br
Órgão Oficial do INSTITUTO NACIONAL DA Rua Tabapuã, 41 - 4º andar - Itaim-Bibi Av. Historiador Rubens de Mendonça, s/nº - CPA
PROPRIEDADE INDUSTRIAL São Paulo - SP - CEP: 04533-010 Cuiabá/ MT - CEP: 78055-500
Lei nº 5648, de 11.12.70 art. 9º e decreto nº 68.104, de Telefone:(11) 3071-3434, 3071-3433 Tel.: (65) 3613-9520, 3613-9528
22.01.71, art. 24 Horário de Atendimento: 10h às 16h30 Horário de Atendimento: 8h às 12h
SEDE DO INPI 14h às 17h00

MV - Mayrink Veiga nº 9, Centro - CEP: 20090-910 REPRESENTAÇÕES E POSTOS AVANÇADOS


Mato Grosso do Sul
PM – Praça Mauá nº 7, Centro - CEP: 20081-240 Acre Responsável: Clenira Brandão de Souza
Tel.: PABX (21) 2139-3000 Responsável: Amoísio Severiano Freitas Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da
Secretaria de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia Produção, da Indústria, do Comércio e do
PROCURADORIA BR-364, Km 5, Zona A – Setor 3 Lote “1-A” – Turismo/SEPROTUR
MV – 22º andar Distrito Industrial - Rio Branco/ Acre - CEP: 69.917-100 Av. Desembargador José Nunes da Cunha-Parque dos
Tel.: (21) 2139-3207 Tel./FAX : (68) 3229-6349, 3229-4259, 3229-5556 Poderes, Bloco 12 – CEP: 79031-310 – Campo
Fax: (21) 2139-3206 Horário de Atendimento: 8h às 12h Grande/MS
DIRMA – Diretoria de Marcas 14h às 17h30 Telefone: (67) 3318-5013
MV – 27º andar Alagoas Horário de Atendimento: 7h30 às 13h30
Tel.: (21) 2139-3217 Responsável: Jarbas Agostinho dos Santos
Fax: (21) 2139-3347 Secretaria do Desenvolvimento Econômico Pará
Central de atendimento: (0XX-21) 2139-3158 Av. Da Paz, N.1108 - Centro Responsável: Paulo Fernando Campos Maciel
DIRPA – Diretoria de Patentes Maceió /AL - CEP: 57022-050 SEDECT – Secretaria Estado de Desenvolvimento Ciência
MV – 20º andar Tel.: (82) 3315-1721, 3315-1719, 3315-1720 e Tecnologia
Tel.: (21) 2139-3715 Horário de Atendimento: 8h às 16h30 Av. Presidente Vargas, 1020 – Campina
Fax: (21) 2139-3194 Belém /PA - CEP: 66017-000
DIRTEC – Diretoria de Transferência de Tecnologia Amapá Telefone: (91) 4009-2534, 4009-2531
Praça Mauá, nº 7 – 12º andar Responsável: Rosenilda Creuza Silva de Souza Horário de Atendimento: 8h às 13h
Tel.: (21) 2139-3645, 2139-3115 Junta Comercial 14h às 16h
Fax: (21) 2139-3175 Av FAB, 1610 – Centro
DAS – Diretoria de Administração e Serviços Macapá/ AP - CEP: 68906-030 Responsável: Francisco Montandon Guilhermino
MV – 3º andar Tel.: (96) 3225-8650 SEFA – Secretaria Estadual da Fazenda
Tel.: (21) 2139-3105, 2139-3123 Fax: (96) 3225-8654 Av. Mendonça Furtado, 2797 – Fátima
Fax: (21) 2139-3228 Horário de Atendimento: 7h30 às 13h30 Santarém /PA - CEP: 68005-020
DART - Diretoria de Articulação e Informação Tecnológica Telefone: (93) 3063-5634
MV – 27º andar Amazonas Horário de Atendimento: 8h30 às 13h
Tel.: (21) 2139-3130 Responsável: Aliete Velloso da Silva
Fax: (21) 2139-3529 SEPLAN – Secretaria do Estado de Planejamento e Paraíba
Desenvolvimento Econômico Responsável: Aline Nascimento Duarte
DIVISÕES REGIONAIS Rua Major Gabriel, 1870 – Praça 14 de Janeiro Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico
BRASÍLIA Manaus /AM - CEP: 69060-060 Rua Feliciano Cisne n° 50 – Jaguaribe
Chefe: Antonio Carlos Pereira Coelho Tel.: (92) 2126-1235, 2126-1200 João Pessoa/PB - CEP: 58015-570
e-mail: diregdf@inpi.gov.br Telefone: (83) 3208-3922, 3208-3923, 3242-2545/2729
SAS - Quadra 2, Lote 1/A Bahia Horário de Atendimento: 12h às 16h30
Brasília - DF - CEP: 70070-020 Responsável: Flavio José Moreno
Tel. : (61) 3224-1114 Rua Pedro R. Bandeira, 143 – 5º andar Pernambuco
Horário de Atendimento: 10h às 16h30 Cidade Baixa – Salvador – Bahia Responsável: Eduardo Andrade Bemfica
CEP: 40015-080 e-mail: redirpe @oi.com.br
CEARÁ Tel.: (71) 3326-9597, 3242-5223 Universitária Federal de Pernambuco - UFPE
Chefe: Alberto Moreira da Rocha Horário de Atendimento: 10h às 16h30 Av. Prof. Moraes Rego, 1235 – Campus Universitário
e-mail: diregce@inpi.gov.br Bairro - Engenho do Meio
Rua Doutor Mário Martins Coelho, nº 36 Responsável: Isis Patrícia Motta Recife/PE - CEP: 50670-920
Aldeota - Fortaleza - CE - CEP: 60170-280 Av. Otávio Mangabeira, 6929 – Multi Shop Boca do Rio Telefone: (81) 3453-8145, 3271-1223
Tel.: (85) 3261-1372, 3261-1695 CEP: 41715-000 Horário de Atendimento: 10h às 16h30
Fax: (85) 3268-1495 Tel.: (71) 3281-4148
Horário de Atendimento: 10h às 16h30 Horário de Atendimento: 8h às 16h30 Piauí
Responsável: Eliane Fatima Assunção Lima Souza
MINAS GERAIS Espírito Santo Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico
Chefe: Rafael Jardim Goulart de Andrade Responsável: Edilamar Gonzaga Rua Rui Barbosa, n° 805 – Centro – Central-Fácil/SEBRAE
Avenida Amazonas nº 1.909 Rua Abigail do Amaral Carneiro, 191 Telefone: (86) 3216-3000 ramal 1403
Santo Agostinho - Belo Horizonte - MG - CEP: 30180-002 Edifício Arábica – 3° andar – salas 312, 314 e 316 Horário de Atendimento: 7h30 às 13h30
Enseada do Suá - Vitória - ES - CEP: 299055-907
Representações e Postos Avançados
Rio Grande do Norte
Responsável: Kátia R. Maia
Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico
BR 101 - Km 94 - 1 º andar - Lagoa Nova
Natal /RN - CEP: 59064-901
Telefone: (84) 3232-1723

Rio de Janeiro
Responsável: Eliane Taveira
ASSINF – Av. Alberto Braune, nº 111 Térreo
Nova Friburgo/RJ - CEP: 28613-001
Telefone: (22) 2522-1145, 2522-8452
Horário de Atendimento: 10h às 16h

Responsável: Ledio Ferreira


Associação Comercial e Empresarial de Petrópolis
Rua Irmãos D’Angelo, nº 48 – 7º andar
Petrópolis/RJ - CEP: 25685-330
Telefone: (24) 2237-1101
Horário de Atendimento: 9h às 11h
13h às 18h

Rondônia
Responsável: Elismarcia da Silva de Oliveira
Av. Pinheiro Machado, nº 326 – Caiari
Porto Velho /RO – CEP: 78900-050
Telefone: (69) 3216-8603
Horário de Atendimento: 8h às 14h

Roraima
Responsável: Cezar Augusto dos Santos Rosa Junior
Av. Jaime Brasil, 157 - Centro
Boa Vista/ RR - CEP: 69301-350
Tel.: (95) 2121-5370
Horário de Atendimento: 7h30 às 13h30

Santa Catarina
Responsável: Roberto Mauro Leitão
Rua Felipe Schimidt, nº 515 – 11º andar – Ático - Centro
Florianópolis /SC - CEP: 88010-001
Tel.: (48) 3223-5227, 3223-4827
Fax.: (48) 3223-4827
Horário de Atendimento: 10h às 16h30

Sergipe
Responsável: Dione Pujals
SEBRAE/SE
Av. Tancredo Neves, n° 5.500 – Bairro América
Aracajú /Sergipe – CEP: 49080-480
Tel.: (79) 2106-7751
PABX: (79) 2106-7700

Tocantins
Responsável: Aitimem Salim
Secretaria da Indústria e Comércio do Estado doTocantins
Esplanada das Secretarias - Praça dos Girassóis, snº -
Palmas /TO - CEP: 77003-900
Telefone: (63) 3218-2032
Horário de Atendimento: 8h às 12h
14h às 18h

Esta Publicação é de responsabilidade da Coordenação


Geral Modernização e Informática
Telefone: (21) 2139-3447
Índice Geral
RPI 2096 de 09/03/2011

Comunicados 5
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior -
Presidência do INPI
15
DIRETORIA DE PATENTES
Exame Formal Preliminar – Índice Remissivo por Depositante -
Exame Formal Preliminar – Índice Numérico Remissivo -
Exigências Decorrentes do Exame Formal Preliminar -
Tabela de Códigos de Despachos e Códigos INID de Pedidos, Patentes (incluindo as de MI/DI
expedidas na vigência da Lei 5772/71) e Certificados de Adição de Invenção 17
Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos e Patentes (incluindo as de MI/DI expedidas na
vigência da Lei 5772/71) - Período de Transição (Lei 5772/71) 23
Índice Numérico Remissivo de Pedidos, Patentes e Certificados de Adição de Invenção 25
Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos de Patente e de Certificado de
Adição de Invenção 31
Despachos Relativos a Pedidos, Patentes (incluindo as de MI/DI expedidas na vigência de
Lei 5772/71) e Certificados de Adição de Invenção 101
Pipeline - Publicação para Manifestação de Terceiros -
Pipeline - Comunicação de Depósito e Despachos Relativos a Pedidos e Patentes -
Despachos Relativos a Pedidos e Patentes - Período de Transição (Lei 5772/71) -

DIRETORIA DE CONTRATOS, INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E REGISTROS

Tabela de Códigos de Despachos e Códigos INID de Pedidos e Registros de Desenho Industrial 163
Índice Numérico Remissivo de Pedidos e Registros de Desenho Industrial 165
Publicação de Desenhos Industriais 167
Despachos Relativos a Pedidos e Registros de Desenho Industrial 195
Tabelas de Códigos de Despacho em Contratos de Tecnologia e Outros Registros 197
Despachos em Contratos de Tecnologia e em Licença de Uso de Marca 201
Despachos em Registros de Programas de Computador 207
Despachos - Indicações Geográficas -
Despachos - Registro de Topografia de Circuito Integrado -
PROCURADORIA
Estatísticas 211
Código Internacional de Países e Organizações 217

De conformidade com a Lei nº 5.648, de 11 de dezembro de 1970, esta é a publicação oficial do Instituto Nacional da Propriedade Industrial, órgão vinculado ao Ministério do
Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, República Federativa do Brasil, que publica todos os seus atos, despachos e decisões relativos ao sistema de propriedade
industrial no Brasil, compreendendo Marcas e Patentes, bem como os referentes a contratos de Transferência de Tecnologia e assuntos correlatos, além dos que dizem respeito
ao registro de programas de computador como direito autoral.

As established by Law nº 5.648 of december 11, 1970, this is the official publication of the National Institute of Industrial Property, an office under the Ministry of Development,
Industry and Foreign Trade, Federative Republic of Brazil, which publishes all its official acts, orders and decisions regarding the industrial property system in Brazil, comprising
Trademarks and Patents, as well as those refering to Technology Transfer agreements and related matters, besides those regarding software registering as copyright.

D´après la Loi nº 5.648 du 11 décembre 1970, celle-si est la publication officielle de I'Institut National de la Propriété Industrielle, un office lié au Ministère du Développement, de
I’Industrie et du Commerce Extérieur, République Fédérative du Brésil, qui publie tous ses actes, ordres et décisions concernant le système de la propriété industrielle au Brésil,
y compris marques et brevets, aussi que ceux référents aux contracts de transfert de technologie et des sujets afférents, en outre que ceux se rapportant à l'enregistrement des
programmes d´ordinateur comme droit d'auteur.

Según estabelece la Ley nº 5.648 de 11 diciembre 1970, esta es la publicación oficial del Instituto Nacional de la Propiedad Industrial, oficina vinculada al Ministerio del
Desarrollo, Industria y Comercio Exterior, República Federativa del Brasil, que publica todos sus actos, ordenes y decisiónes referentes al sistema de propiedad industrial en
Brasil, comprendendo marcas y patentes así que los referentes a contractos de transferencia de tecnologia y asuntos corelacionados, además de los referentes al registro de
programas de ordenador como derecho de autor.

Laut Gezets Nr. 5.648 vom 11. dezember 1970, ist dies das Amtsblatt des Nationalen Instituts für gewerbliches Eigentum (INPI), eines Organs des Bundesministerium für
Entwicklung, Industrie und Aussenhandel, der Bundesrepublik Brasilien, welches alle Amtshandlungen, Beschlüsse und Entscheidungen über gewerbliches Eigentum in
Brasilien, einschliesslich Warenzeichen und Patente, ebenso wie auch Übertragunsvertrage von Technologie und Computerprogramme als Urheberrecht veroffentlicht.
Representações e Postos Avançados
Comunicados
RPI 2096 de 09/03/2011

INSTRUÇÕES PARA OS
PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO
DAS RETRIBUIÇÕES.

Leia com atenção

1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado
em tempo hábil.

2- Não serão aceitas fichas de compensação (guias) com rasuras em qualquer das vias.

3- Fichas de compensação (guias) recolhidas, originalmente, para determinado serviço não poderão ser
utilizadas para outra finalidade. O interessado deverá solicitar restituição do valor não utilizado.

4- O pagamento da retribuição deverá ser feito de acordo com a tabela vigente na data da publicação do
pedido ou ato a que se referir.

5- Alertamos sobre a mensagem constante nas fichas de compensação (guias) sobre a necessidade de
autenticação bancária das 2(duas) vias.

6- Solicitamos aos usuários que façam o recolhimento das guias de pagamento, preferencialmente, nas
agências do Banco do Brasil S/A.

COMPLEMENTO

7- No caso de Processo em tramitação, é obrigatório a menção do número do processo; data; código da


natureza do serviço e nome do interessado na guia de recolhimento

A ADMINISTRAÇÃO
Serviço Público Federal

Instituto Nacional da Propriedade Industrial


Comissão de Cadastramento dos Agentes da Propriedade Industrial

COMUNICADO
A Comissão de Cadastramento dos Agentes da Propriedade Industrial,
constituída pela Portaria nº. 045, de 19 de fevereiro de 2008, alerta aos Agentes
da Propriedade Industrial, devidamente cadastrados perante o INPI, que nos
termos da Resolução n° 194/08, o pagamento da anuidade relativa a matrícula de
Agente da Propriedade Industrial – exercício 2011, no valor vigente à época do
pagamento, será devido até o dia 31 de março de 2011, devendo a sua
comprovação ser feita até o dia 30 de abril de 2011, sob pena de suspensão
temporária do exercício das atribuições na função de agente da propriedade
industrial.
Cabe informar que pagamentos realizados após 31 de março de 2011 e/ou
comprovados após 30 de abril de 2011, deverão ser acrescidos do valor da
restauração.
Os formulários para comprovação do pagamento da anuidade podem ser
obtidos no Portal INPI, clicando em “O Instituto”, “Como atuar no INPI”,
“Formulários COCAPI”, “Folha de Petição – COCAPI”. Não serão aceitos
formulários desatualizados.
As pessoas jurídicas cadastradas como agentes da propriedade industrial
devem apresentar, além da “Folha de Petição – COCAPI”, o “Formulário
Complementar para Pagamento de Anuidade de Pessoa Jurídica” assinado por
todos os sócios.
As alterações de endereço, nome ou razão social e sócios devem ser
informadas de imediato à COCAPI, apresentando documentação comprobatória
de tais alterações.
Informamos também que, nos termos do Art. 14 da Resolução 194/08, o não
pagamento da anuidade por 03 (três) anos consecutivos acarretará no
cancelamento definitivo da matrícula de habilitação na função de agente da
propriedade industrial, não sendo mais aplicável a restauração.
Aos agentes beneficiados pela isenção, conforme Art. 19 da Resolução
194/08, informamos que, mesmo não sendo necessário recolher a taxa de
anuidade de suas respectivas matrículas, é necessário, no período de 02 de
janeiro a 30 de abril, requerer a isenção do pagamento através do formulário
“Folha de Petição - COCAPI”, a fim de comprovar o exercício das atribuições na
função de agente da propriedade industrial.

COMISSÃO DE CADASTRAMENTO DE AGENTE


DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

Telefone : (21) 2139-3472 / 2139-3036 / 2139-3722


Telefax: (21) 2139-3501
e-mail : cocapi@inpi.gov.br
Instituto Nacional da Propriedade Industrial
Comissão de Cadastramento de Agentes da Propriedade Industrial
(Portaria INPI/PR 112 de 27/01/2011)
RPI 2096 de 09/03/2011

Comunicado

ASSUNTO: DECISÃO E DESPACHOS


PROFERIDOS NOS REQUERIMENTOS
DE CADASTRAMENTO PARA AGENTE
DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

Em conformidade com a Resolução n° 194/08,


de 21/11/08, publicada na RPI 1979, de 09/12/08,
ficam os interessados, a seguir relacionados, na
data desta publicação, cientes dos despachos e
decisões proferidas pela Comissão constituída pela
Port. INPI/PR Nº 112 de 27/01/11, junto aos seus
requerimentos de Cadastramento como Agente da
Propriedade Industrial.

Página 1 de 3
Instituto Nacional da Propriedade Industrial
Comissão de Cadastramento de Agentes da Propriedade Industrial
(Portaria INPI/PR 112 de 27/01/2011)
RPI 2096 de 09/03/2011

1 - RESTAURAÇÃO DO CADASTRAMENTO

Matrícula: 1148
Interessado: Paula Beatriz Rodrigues Giardini
Despacho: Restaurado o cadastramento nos termos da
Resolução 194/08, art. 13.

Matrícula: 1163
Interessado: Leconni Marcas e Patentes Ltda.
Despacho: Restaurado o cadastramento nos termos da
Resolução 194/08, art. 13.

Matrícula: 1599
Interessado: Gustavo Adolfo da Silva Gordo Pugliesi
Despacho: Restaurado o cadastramento nos termos da
Resolução 194/08, art. 13.

2 - ANOTAÇÃO DE ALTERAÇÃO DE NOME/RAZÃO SOCIAL

Matrícula: 1841
Interessado: Paola Calabria Mattioli Dantas
Nome anterior: Paola Calabria Mattioli

3 - DEFERIMENTO EM CONFORMIDADE COM A


RESOLUÇÃO 194/08 DE 21/11/08 (adotado o nº do processo
de requerimento como matrícula).

Matrícula: 2094
Interessado: Albuquerque & Carvalho Advogados

Página 2 de 3
Instituto Nacional da Propriedade Industrial
Comissão de Cadastramento de Agentes da Propriedade Industrial
(Portaria INPI/PR 112 de 27/01/2011)
RPI 2096 de 09/03/2011

Matrícula: 2098
Interessado: Império das Marcas Serviços Documentais Ltda.

Matrícula: 2099
Interessado: Braga & Carvalho Sociedade de Advogados

Matrícula: 2100
Interessado: Barros Wallace Advogados

4 – INDEFERIMENTO

Matrícula: 2062
Interessado: Franklin de Siqueira Ferri
Despacho: Indeferido o pedido de cadastramento devido à
falta de amparo legal.

5 – PRORROGAÇÃO DE PRAZO

Matrícula: 1258
Interessado: PAP Marcas e Patentes Ltda.
Despacho: Com base no Parecer da Procuradoria Federal do
INPI sobre a solicitação protocolizada nesta Comissão sob o
n° 110006, em 10/01/2011, prorroga-se por 180 dias,
contados a partir do término da última prorrogação, o prazo
para a apresentação da alteração contratual da empresa em
decorrência do falecimento da sócia Maria da Graça
Gonçalves Manara.

Página 3 de 3
COMUNICADOS RPI 2096 de 09/03/2011

EXIGÊNCIA FORMAL PRELIMINAR NÃO CUMPRIDA


PEDIDO DE REGISTRO DE DESENHO INDUSTRIAL INEXISTENTE
(De acordo com Art. 103 da LPI)

Protocolo de Depósito: 15100000169


UF: PR
Data do Depósito: 21/01/2010
Requerente: BIOLUX IND. E COMÉRCIO DE PRODUTOS PARA HIGIENE LTDA
Procurador: ADILSON GABARDO
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 16090007086


UF: RS
Data do Depósito: 16/11/2009
Requerente: FLADEMIR ROCHA
Procurador: Joane Raquel Nunes da Silva
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 17080000754


UF: SC
Data do Depósito: 16/05/2008
Requerente: BORDADOS E CONFECÇÕES JOZI LTDA ME
Procurador: Carlo Andreas Dalcanale
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 17080001046


UF: SC
Data do Depósito: 09/07/2008
Requerente: FELIPE RIBEIRO VALLE
Procurador: Carlo Andreas Dalcanale
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18070016920


UF: SP
Data do Depósito: 23/03/2007
Requerente: Rita Souza de Alencar Belo ME
Procurador: Manoel Paixão do Nascimento
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18070024455


UF: SP
Data do Depósito: 23/04/2007
Requerente: Mondicap Indústria Comércio e Serviços
Procurador: Gobernate Marcas e Patentes S/C Ltda.
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18070028409


UF: SP
Data do Depósito: 08/05/2007
Requerente: Marcelo Comparato Contrucci
Procurador: José Domingos de Lima Filho
Ausência de Cumprimento.
COMUNICADOS RPI 2096 de 09/03/2011

Protocolo de Depósito: 18070055273


UF: SP
Data do Depósito: 24/08/2007
Requerente: Antonio Gallo
Procurador: Pezzuol & Associados Marcas e Patentes s/c Ltda
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18070055276


UF: SP
Data do Depósito: 24/08/2007
Requerente: Antonio Gallo
Procurador: Pezzuol & Associados Marcas e Patentes Ltda
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18070057274


UF: SP
Data do Depósito: 31/08/2007
Requerente: Emplas Indústria de Embalagens Plásticas Ltda
Procurador: Astin Marcas e Patentes S/C Ltda.
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18070074122


UF: SP
Data do Depósito: 08/11/2007
Requerente: Julio Antonio Ferreira do Nascimento
Procurador: Fabio de Paula Crispim
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080014055


UF: SP
Data do Depósito: 12/03/2008
Requerente: Sidnei Rodrigues dos Santos
Procurador: Ana Paula Barbosa Nahes
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080027393


UF: SP
Data do Depósito: 06/05/2008
Requerente: Jose Marcelo dos Santos Gabardo
Procurador: Manoel Paixão do Nascimento
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080027893


UF: SP
Data do Depósito: 08/05/2008
Requerente: Felipe Ebone Zardo
Procurador: Maísa Helena Furtado
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080027894


UF: SP
Data do Depósito: 08/05/2008
Requerente: Felipe Ebone Zardo
Procurador: Maísa Helena Furtado
Ausência de Cumprimento.
COMUNICADOS RPI 2096 de 09/03/2011

Protocolo de Depósito: 18080027896


UF: SP
Data do Depósito: 08/05/2008
Requerente: Felipe Ebone Zardo
Procurador: Maísa Helena Furtado
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080032500


UF: SP
Data do Depósito: 28/05/2008
Requerente: MSM Produtos Para Calçados Ltda.
Procurador: Advocacia Pietro Ariboni S/C.
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080037872


UF: SP
Data do Depósito: 18/06/2008
Requerente: WELLOS INDUSTRIAL LTDA
Procurador: Org. Mérito Marcas e Patentes Ltda Matrícula API 147
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080040124


UF: SP
Data do Depósito: 26/06/2008
Requerente: DIEGO LOPES MACHADO
Procurador: Eduardo Antunes
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080040127


UF: SP
Data do Depósito: 26/06/2008
Requerente: DIEGO LOPES MACHADO
Procurador: Eduardo Antunes
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18080040131


UF: SP
Data do Depósito: 26/06/2008
Requerente: DIEGO LOPES MACHADO
Procurador: Eduardo Antunes
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18090034139


UF: SP
Data do Depósito: 06/07/2009
Requerente: MW QUALITY COMÉRCIO DE UTILIDADES PARA O LAR LTDA ME
Procurador: PEZZUOL & ASSOCIADOS MARCAS E PATENTES LTDA
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 18090034140


UF: SP
Data do Depósito: 06/07/2009
Requerente: MW QUALITY COMÉRCIO DE UTILIDADES PARA O LAR LTDA ME
Procurador: PEZZUOL & ASSOCIADOS MARCAS E PATENTES LTDA
Ausência de Cumprimento.
COMUNICADOS RPI 2096 de 09/03/2011

Protocolo de Depósito: 20070148499


UF: RJ
Data do Depósito: 22/10/2007
Requerente: Walson Bruno de Almeida
Procurador: Laconni Marcas e Patentes Ltda
Ausência de Cumprimento.

Protocolo de Depósito: 20070148503


UF: RJ
Data do Depósito: 22/10/2007
Requerente: Walson Bruno de Almeida
Procurador: Leconni Marcas e Patentes Ltda
Ausência de Cumprimento.
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR
INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL
PRESIDÊNCIA

COMUNICADO

Informamos aos Senhores Usuários que, tendo em


vista a ocorrência de falta de energia elétrica na região onde
está localizado o Escritório de Difusão Regional Sudeste II, no
Estado de São Paulo, no dia 02 do corrente, os prazos legais
vencidos na referida data prorrogam-se automaticamente para
o dia 03 de março de 2011.

Os prazos a que se refere o presente Comunicado,


aplicam-se somente para a Cidade de São Paulo.

Rio de Janeiro, 03 de março de 2011

Jorge de Paula Costa Avila


Presidente
INPI - Presidência
RPI 2096 de 09/03/2011

NULIDADES E RECURSOS AO SR. PRESIDENTE DO INPI

(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Decisão: Recurso conhecido e negado (21) PI 9808656-1 A2 (22) 12/03/1998
Ipanema Moreira o provimento. Mantido o indeferimento (71) Abbott Laboratories (US)
DIRPA Recorrente: O depositante. do pedido. (74) DANIEL & CIA
Decisão: Recurso conhecido e negado Recorrente: O depositante.
o provimento. Mantido o indeferimento (21) PI 9712759-0 A2 (22) 05/11/1997 Decisão: Recurso conhecido e negado
do pedido. (71) Alfa Laval AB (SE) , Heinrinch o provimento. Mantido o indeferimento
Kossmann (SE) do pedido.
(21) PI 9706135-2 A2 (22) 15/12/1997 (74) Momsen, Leonardos & CIA.
(71) Mycogen Corporation (US) Recorrente: O depositante. (21) PI 9811552-9 A2 (22) 23/07/1998
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Decisão: Recurso conhecido e negado (71) Gilead Sciences, Inc. (US)
RECURSOS Ipanema Moreira o provimento. Mantido o indeferimento (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Recorrente: O depositante. do pedido. Ipanema Moreira
Decisão: Recurso conhecido e negado Recorrente: O depositante.
o provimento. Mantido o indeferimento (21) PI 9712878-3 A2 (22) 04/11/1997 Decisão: Recurso conhecido e negado
(21) PI 9205782-9 A2 (22) 18/03/1992 do pedido. (71) Novozymes A/S (DK) o provimento. Mantido o indeferimento
(71) Universtiy of Florida (US) , (74) Momsen, Leonardos & CIA. do pedido.
Bioenergy International, L.C. (US) (21) PI 9707049-1 A2 (22) 17/01/1997 Recorrente: O depositante.
(74) Clarke Modet do Brasil LTDA (71) Smithkline Beecham Corporation Decisão: Recurso conhecido e negado (21) PI 9811825-0 A2 (22) 30/07/1998
Recorrente: O depositante. (US) , University Of Vermint And State o provimento. Mantido o indeferimento (71) Probi AB (SE)
Decisão: Recurso conhecido e negado Agricultural (US) do pedido. (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
o provimento. Mantido o indeferimento (74) Daniel & CIA Ipanema Moreira
do pedido. Recorrente: O depositante. (21) PI 9713197-0 A2 (22) 01/09/1997 Recorrente: O depositante.
Decisão: Recurso conhecido e negado (71) Zentaris GmbH Decisão: Recurso conhecido e negado
(21) PI 9508718-4 A2 (22) 18/07/1995 o provimento. Mantido o indeferimento (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & o provimento. Mantido o indeferimento
(71) Ortho Pharmaceutical do pedido. Ipanema Moreira do pedido.
Corporation (US) , Eastern Virginia Recorrente: O depositante.
Medical School (US) (21) PI 9708839-0 A2 (22) 28/04/1997 Decisão: Recurso conhecido e negado (21) PI 9813218-0 A2 (22) 05/02/1998
(74) WALDEMAR DO NASCIMENTO (71) Board of Supervisors of Louisiana o provimento. Mantido o indeferimento (71) Calpis Co. Ltd (JP)
Recorrente: O depositante. State University and Agricultural and do pedido. (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Decisão: Recurso conhecido e negado Mechanical College (US) Ipanema Moreira
o provimento. Mantido o indeferimento (74) ANTONIO MAURICIO PEDRAS (21) PI 9714632-3 A2 (22) 18/03/1997 Recorrente: O depositante.
do pedido. ARNAUD (71) Roche Diagnolstics GMBH Decisão: Recurso conhecido e negado
Recorrente: O depositante. (74) Vieira de Mello, Werneck Alves - o provimento. Mantido o indeferimento
(21) PI 9606969-4 A2 (22) 12/01/1996 Decisão: Recurso conhecido e negado Advogados S/C do pedido.
(71) Aventis Pharma S.A (FR) o provimento. Mantido o indeferimento Recorrente: O depositante.
(74) Stampini & Nehmi Consultoria do pedido. Decisão: Recurso conhecido e negado (21) PI 9813698-4 A2 (22) 08/12/1998
S/C Ltda. o provimento. Mantido o indeferimento (71) Bayer CropScience AG
Recorrente: O depositante. (21) PI 9708858-7 A2 (22) 24/04/1997 do pedido. (74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
Decisão: Recurso conhecido e negado (71) Novo Nordisk A/S (DK) Ipanema Moreira
o provimento. Mantido o indeferimento (74) Momsen, Leonardos & CIA. (21) PI 9715099-1 A2 (22) 16/12/1997 Recorrente: O depositante.
do pedido. Recorrente: O depositante. (62) PI9705649-9 16/12/1997 Decisão: Recurso conhecido e negado
Decisão: Recurso conhecido e negado (71) Société des Produits Nestlé S.A. o provimento. Mantido o indeferimento
(21) PI 9608071-0 A2 (22) 26/04/1996 o provimento. Mantido o indeferimento (CH) do pedido.
(71) Genencor Internacional, Inc (US) do pedido. (74) Dannemann, Siemsen, Bigler &
(74) Momsen, Leonardos & CIA. Ipanema Moreira (21) PI 9814023-0 A2 (22) 31/10/1998
Recorrente: O depositante. (21) PI 9709885-0 A2 (22) 19/06/1997 Recorrente: O depositante. (71) Solvay (BE)
Decisão: Recurso conhecido e negado (71) Astra Aktiebolag (SE) Decisão: Recurso conhecido e negado (74) Momsen, Leonardos & CIA.
o provimento. Mantido o indeferimento (74) Momsen, Leonardos & CIA. o provimento. Mantido o indeferimento Recorrente: O depositante.
do pedido. Recorrente: O depositante. do pedido. Decisão: Recurso conhecido e negado
Decisão: Recurso conhecido e negado o provimento. Mantido o indeferimento
(21) PI 9609217-3 A2 (22) 07/06/1996 o provimento. Mantido o indeferimento (21) PI 9715248-0 A2 (22) 16/04/1997 do pedido.
(71) Netratings, Inc. (US) do pedido. (62) PI9708815-3 16/04/1997
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & (71) Targacept, INC. (US) (21) PI 9814284-4 A2 (22) 10/12/1998
Ipanema Moreira (21) PI 9710498-1 A2 (22) 16/07/1997 (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & (71) Johnson & Johnson (US)
Recorrente: O depositante. (71) Merial (FR) , ID-DLO Institute Of Ipanema Moreira (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
Decisão: Recurso conhecido e negado Animal Science And Health (NL) Recorrente: O depositante. Ipanema Moreira
o provimento. Mantido o indeferimento (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Decisão: Recurso conhecido e negado Recorrente: O depositante.
do pedido. Ipanema Moreira o provimento. Mantido o indeferimento Decisão: Recurso conhecido e negado
Recorrente: O depositante. do pedido. o provimento. Mantido o indeferimento
(21) PI 9701919-4 A2 (22) 22/04/1997 Decisão: Recurso conhecido e negado do pedido.
(71) LG Electronics INC. (KR) o provimento. Mantido o indeferimento (21) PI 9803049-3 A2 (22) 17/08/1998
(74) Daniel & CIA do pedido. (71) Antonio Claudio Montiani Palma (21) PI 9814476-6 A2 (22) 16/12/1998
Recorrente: O depositante. (BR/SP) (71) Sigma-Tau Industrie
Decisão: Recurso conhecido e negado (21) PI 9710686-0 A2 (22) 30/05/1997 (74) ICAMP - Marcas e Patentes S/C Farmaceutiche Riunite S.P.A (IT) ,
o provimento. Mantido o indeferimento (71) Octamer, INC. (US) Ltda Medosan Industrie Biochimiche
do pedido. (74) DANIEL & CIA Recorrente: O depositante. Riunite S.R.L. (IT)
Recorrente: O depositante. Decisão: Recurso conhecido e negado (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
(21) PI 9703742-7 A2 (22) 27/06/1997 Decisão: Recurso conhecido e negado o provimento. Mantido o indeferimento Ipanema Moreira
(71) Societe Des Produits Nestle S.A. o provimento. Mantido o indeferimento do pedido. Recorrente: O depositante.
(CH) do pedido. Decisão: Recurso conhecido e negado
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & (21) PI 9807616-7 A2 (22) 16/02/1998 o provimento. Mantido o indeferimento
Ipanema Moreira (21) PI 9711584-3 A2 (22) 26/09/1997 (71) Lg Chemical Ltd. (KR) do pedido.
Recorrente: O depositante. (71) Fisher Controls International LLC (74) Tavares & Cia
Decisão: Recurso conhecido e negado (US) Recorrente: O depositante. (21) PI 9814480-4 A2 (22) 09/03/1998
o provimento. Mantido o indeferimento (74) Momsen, Leonardos & Cia. Decisão: Recurso conhecido e negado (71) Vertex Pharmaceuticals
do pedido. Recorrente: O depositante. o provimento. Mantido o indeferimento Incorporated (US)
do pedido. (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
(21) PI 9705434-8 A2 (22) 06/11/1997 Ipanema Moreira
(71) Basilea Pharmaceutica AG (CH)
16 INPI – Presidência RPI 2096 de 09/03/2011

Recorrente: O depositante. Decisão: Recurso conhecido e negado (21) PI 9915569-9 A2 (22) 22/11/1999 (71) A.W. Faber-Castell S.A. (BR/SP)
Decisão: Recurso conhecido e negado o provimento. Mantido o indeferimento (71) Novartis AG (Novartis SA) (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
o provimento. Mantido o indeferimento do pedido. (Novartis INC.) (CH) Ipanema Moreira
do pedido. (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Recorrente: O depositante.
(21) PI 9913033-5 A2 (22) 07/07/1999 Ipanema Moreira Decisão: Recurso conhecido e negado
(21) PI 9900605-7 A2 (22) 23/03/1999 (71) Cdem Holland BV (NL) Recorrente: O depositante. o provimento. Mantido o indeferimento
(71) Umicore AG & Co. KG (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Decisão: Recurso conhecido e negado do pedido.
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira o provimento. Mantido o indeferimento
Ipanema Moreira Recorrente: O depositante. do pedido. (21) PI 0005109-8 A2 (22) 27/10/2000
Recorrente: O depositante. Decisão: Recurso conhecido e negado (71) The Nippon Synthetic Chemical
Decisão: Recurso conhecido e negado o provimento. Mantido o indeferimento (21) PI 9915835-3 A2 (22) 29/11/1999 Industry CO., Ltd. (JP)
o provimento. Mantido o indeferimento do pedido. (71) Dr. Reddy's Laboratories, Inc. (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
do pedido. (US) , Dr. Reddy's Laboratories Ipanema Moreira
(21) PI 9913453-5 A2 (22) 24/08/1999 Limited (IN) Recorrente: O depositante.
(21) PI 9902268-0 A2 (22) 15/06/1999 (71) Solvay Fluor Und Derivate Gmbh (74) Nellie Anne Daniel Shores Decisão: Recurso conhecido e negado
(71) Pfizer Products Inc. (US) (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Recorrente: O depositante. o provimento. Mantido o indeferimento
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira Decisão: Recurso conhecido e negado do pedido.
Ipanema Moreira Recorrente: O depositante. o provimento. Mantido o indeferimento
Recorrente: O depositante. Decisão: Recurso conhecido e negado do pedido. (21) PI 0011796-0 A2 (22) 20/06/2000
Decisão: Recurso conhecido e negado o provimento. Mantido o indeferimento (71) The Procter & Gamble Company
o provimento. Mantido o indeferimento do pedido. (21) PI 9916361-6 A2 (22) 09/12/1999 (US)
do pedido. (71) Abbott Laboratories (US) (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
(21) PI 9913517-5 A2 (22) 09/09/1999 (74) Momsen , Leonardos & CIA Ipanema Moreira
(21) PI 9906590-8 A2 (22) 07/07/1999 (71) Carmeda AB (SE) Recorrente: O depositante. Recorrente: O depositante.
(71) SMI Technology (PTY) LTD. (ZA) (74) Momsen, Leonardos & CIA. Decisão: Recurso conhecido e negado Decisão: Recurso conhecido e negado
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Recorrente: O depositante. o provimento. Mantido o indeferimento o provimento. Mantido o indeferimento
Ipanema Moreira Decisão: Recurso conhecido e negado do pedido. do pedido.
Recorrente: O depositante. o provimento. Mantido o indeferimento
Decisão: Recurso conhecido e negado do pedido. (21) PI 9917227-5 A2 (22) 26/07/1999 (21) PI 0011797-8 A2 (22) 20/06/2000
o provimento. Mantido o indeferimento (71) Anitox Corporation (US) (71) The Procter & Gamble Company
do pedido. (21) PI 9915292-4 A2 (22) 09/11/1999 (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & (US)
(71) Aventis Pharma S.A. (FR) Ipanema Moreira (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler &
(21) PI 9912853-5 A2 (22) 06/08/1999 (74) Momsen, Leonardos & CIA. Recorrente: O depositante. Ipanema Moreira
(71) The University Of Kansas (US) Recorrente: O depositante. Decisão: Recurso conhecido e negado Recorrente: O depositante.
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Decisão: Recurso conhecido e negado o provimento. Mantido o indeferimento Decisão: Recurso conhecido e negado
Ipanema Moreira o provimento. Mantido o indeferimento do pedido. o provimento. Mantido o indeferimento
Recorrente: O depositante. do pedido. do pedido.
(21) PI 0003326-0 A2 (22) 13/07/2000
Diretoria de Patentes - DIRPA
Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos, Patentes
(incluindo as de MI/DI expedidas na vigência da Lei
5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
RPI 2096 de 09/03/2011

interessado, no prazo de 36 (trinta e seis)


meses do depósito, o pedido será arquivado.
1. Pedido Internacional Publicado o arquivamento do pedido, poderá
2. Depósito
PCT/BR Designado ou Eleito ser requerido, no prazo de 60 (sessenta) dias,
o seu desarquivamento. Não sendo o
requerido o desarquivamento no prazo
2.1 Notificação de Depósito de Pedido de anteriormente citado, o pedido será
1.1 Notícias da Publicação Internacional Patente ou de Certificado de Adição de considerado definitivamente arquivado.
Comunicação da publicação internacional do Invenção
pedido internacional nos termos do Tratado de Notificação de depósito de pedido de patente
Cooperação de Patente - PCT, aguardando o ou de certificado de adição de invenção. O 3.2 Publicação Antecipada
início da fase nacional, folheto em idioma pedido de patente será mantido em sigilo Publicação do pedido depositado, a
original encontra-se à disposição dos durante 18 (dezoito) meses a contar da data requerimento do depositante. Aplicam-se as
interessados no Banco de Patentes do INPI. da prioridade mais antiga. Decorrido esse disposições do subitem 3.1.
prazo, será publicado para conhecimento
1.1.1 Retificação público. O depositante pode, porém, requerer 3.6 Publicação do Pedido Arquivado
Retificação da notificação da publicação a antecipação da publicação. O prazo de sigilo Definitivamente - Art. 216 §2º e Art. 17 §2º
internacional por ter sido efetuada com de 18 (dezoito) meses para o pedido de da LPI
incorreção. Certificado de Adição de Invencão é contado Publicação de pedido definitivamente
da data do depósito do pedido principal. arquivado devido à não apresentação de
1.2 Pedido Retirado procuração ou devido à apresentação de um
Comunicação da perda do efeito do pedido Quando houver ocorrido a publicaçao do
pedido principal, o pedido de Certificado de pedido posterior Encerrada a instância
internacional no Brasil: por retirada do pedido administrativa. Pode ser adquirido no Banco
ou da designação pelo depositante; pelo Adição de Invencão será imediatamente
publicado. Os depósitos são designados de de Patentes do Centro de Documentação e
pedido internacional ter sido considerado Informação Tecnológica do INPI - CEDIN - o
retirado em virtude dos artigos 12 (3), 14 (1) acordo com a natureza requerida: Invenção
(PI), Modelo de Utilidade (MU) e Certificado de folheto com o relatório descritivo,
(b), 14 (3) (a) ou 14 (4) do PCT; se a reivindicações, desenhos e resumo do pedido.
designação do Brasil é considerada retirada Adição de Invencão (C ). Os pedidos
em virtude do artigo 14 (3) (b); se o depositados através do PCT são notificados
3.7 Publicação Anulada
depositante não cumpriu as determinações no subitem 1.3.
Anulação da publicação do pedido por ter sido
referentes à entrada do pedido na fase indevida.
nacional, isto é, não apresentação do pedido 2.4 Notificação de Depósito do Pedido Dividido
na fase nacional dentro dos prazos Notificação de pedido dividido de um pedido 3.8 Retificação
estabelecidos pelo artigo 22 ou 39 do PCT, de patente depositado anteriormente. Em Retificação da publicação do pedido por ter
conforme o caso. relação ao pedido original, o pedido dividido sido efetuada com incorreção que não
tem a mesma data de depósito e, se for o impossibilita sua identificação. Tal publicação
1.2.1 Publicação Anulada caso, o correspondente benefício da não implica na alteração da data de
Anulação da publicação da retirada do pedido prioridade reivindicada. O pedido dividido é publicação do pedido de patente e nos prazos
por ter sido indevida. considerado como estando na mesma fase decorrentes da mesma.
processual do pedido original.
1.2.2 Republicação
Republicação da publicação da retirada do 2.5 Exigência - Art. 21 da LPI
O pedido requerido pela petição citada não
4. Pedido de Exame
pedido por ter sido efetuada com incorreção.
atende formalmente ao disposto no art. 19 da
1.3 Notificação - Fase Nacional - PCT LPI e/ou às demais disposições quanto à sua
Notificação da entrada na fase nacional do forma, tendo sido recebido provisoriamente. 4.3 Desarquivamento - Art. 33 parágrafo único
pedido internacional depositado através do Não tendo sido possível uma ciència ao da LPI.
Tratado de Cooperação de Patentes - PCT. O interessado diretamente no processo ou por Desarquivado o pedido, arquivado por falta de
prazo para requerimento do pedido de exame via postal, fica o requerente obrigado a sanar, pedido de exame (cf. item 11.1), para
é contado a partir da data do depósito em 30 ( trinta ) dias a contar desta data, as prosseguir seu andamento.
internacional. Não sendo o exame requerido, exigências estabelecidas. Não sendo a
pelo depositante ou qualquer interessado, no exigência cumprida com a apresentação da 4.3.1 Publicação Anulada
prazo de 36 (trinta e seis) meses do depósito documentação correspondente no prazo Anulação da publicação do desarquivamento
internacional, o pedido será arquivado. acima, o depósito não será aceito e a do pedido por ter sido indevida.
Publicado o arquivamento do pedido, poderá documentação ficará à disposição do 4.3.2 Republicação
ser requerido, no prazo de 60 (sessenta) dias, interessado. Republicação da publicação do
o seu desarquivamento. Não sendo requerido desarquivamento do pedido por ter sido
o desarquivamento no prazo anteriormente 2.6 Publicação Anulada
Anulada a publicação por ter sido indevida. efetuada com incorreção.
citado, o pedido será considerado
definitivamente arquivado. Os interessados
podem adquirir no Banco de Patentes do 2.7 Republicação(*)
CEDIN/INPI o folheto com o relatório Republicação da publicação da notificação de 6.Exigências Técnicas e Formais
descritivo, reivindicações, desenhos e resumo depósito do pedido por ter sido efetuada com
do pedido, tanto em sua forma original quanto incorreção.
em sua versão em português. 6.1 Exigência - Art. 36 da LPI
Suspensão do andamento do pedido de
1.3.1 Retificação 3. Publicação do Pedido patente que, para instrução regular,
Retificação da notificação da fase nacional - aguardará o atendimento ou contestação das
PCT por ter sido efetuada com incorreção. exigências formuladas. Caso a exigência não
tenha sido explicitada no despacho da RPI, o
1.3.2 Publicação Anulada 3.1 Publicação do Pedido de Patente ou de depositante poderá requerer cópia do parecer
Anulação da notificação da entrada na fase Certificado de Adição de Invenção através do formulário modelo 1.05. A não
nacional através do PCT por ter sido indevida. manifestação do depositante no prazo de 90
Publicação do pedido depositado (Art. 30 da (noventa) dias desta data acarretará o
LPI), podendo ser adquirido no Banco de arquivamento definitivo do pedido.
Patentes do Centro de Documentação e
Informação Tecnológica do INPI - CEDIN - o
folheto com o relatório descritivo,
reivindicações, desenhos e resumo do pedido,
por quem se interessar. Não sendo o exame
requerido, pelo depositante ou qualquer
18 DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos RPI 2096 de 09/03/2011

exigência e a complementação da anuidade. patente de invenção ou modelo de utilidade,


6.6 Exigência - Art. 34 da LPI O não cumprimento no prazo de 60 (sessenta) nos termos do Art. 76 § 4º da LPI.
Suspensão do andamento do pedido de dias acarretará o arquivamento do pedido.
patente para que sejam apresentados todos 9.2.1 Decisão Anulada (**)
os documentos relativos às objeções, buscas 8.6 Arquivamento - Art. 86 da LPI Anulação da decisão de indeferimento do
de anterioridade e resultados de exame para Arquivado o pedido por falta de pedido por ter sido indevida.
concessão de pedido correspondente em pagamento de anuidade dentro do prazo ou
outros países quando houver reivindicação de por não cumprimento de exigência de 9.2.2 Publicação Anulada
prioridade, documentos necessários à complementação de pagamento de anuidade. Anulada a publicação de indeferimento por ter
regularização do processo e exame do pedido, Desta data corre o prazo de 3 sido indevida.
ou a tradução simples do documento hábil (três) meses para o depositante requerer a
referido no § 2º do art. 16, caso esta tenha restauração do andamento do 9.2.3 Republicação
sido substituída pela declaração prevista no § pedido por meio do formulário modelo 1.02 Republicação da publicação de indeferimento
5º do mesmo artigo. Caso a exigência não acompanhado dos comprovantes por ter sido efetuada com incorreção.
tenha sido explicitada no despacho RPI, o referentes ao pagamento da restauração e
depositante poderá requerer cópia do parecer conforme o caso: da cópia do 9.2.4 Manutenção do Indeferimento
através do formulário modelo 1.05. A não pagamento correspondente a anuidade paga Mantido o indeferimento uma vez que não foi
manifestação do depositante no prazo de 60 fora do prazo; do pagamento apresentado recurso dentro do prazo legal.
(sessenta) dias desta data acarretará o correspondente à anuidade em débito; ou do
arquivamento do pedido. pagamento correspondente a 9.2.4.1 Publicação Anulada
complementação Anulada a publicação da manutenção do
6.7 Outras Exigências indeferimento por ter sido indevida
Outras exigências que não as especificadas 8.7 Restauração
nos subitens anteriores (6.1 e 6.6). Notificação quanto à restauração do
Suspensão do andamento do pedido de andamento do pedido.
patente que, para instrução regular da patente,
10.Desistência
aguardará pelo prazo de 60 (sessenta) dias o 8.8 Despacho Anulado (**)
atendimento da exigência formulada. Caso a Anulação do despacho por ter sido indevido.
exigência não tenha sido explicitada no 10.1 Desistência Homologada
despacho da RPI, o depositante poderá 8.9 Publicação Anulada Notificação da homologação da desistência do
requerer cópia do parecer através do Anulada a publicação por ter sido indevida pedido de patente, apresentada pelo
formulário modelo 1.05. depositante, acarretando o encerramento do
8.10 Republicação processo administrativo.
6.8 Exigência Anulada (**)
Anulação da exigência por ter sido indevida. Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada 10.5 Desistência não Homologada
com incorreção. Notificação da não homologação da
6.9 Publicação Anulada
desistência do pedido de patente.
Anulação da publicação da exigência por ter
sido indevida. 8.11 Manutenção do Arquivamento
Manutenção do Arquivamento Mantido o 10.6 Despacho Anulado (**)
6.10 Republicação arquivamento do pedido uma vez que não foi Anulação do despacho por ter sido indevido.
Republicação da publicação de qualquer um requerida a restauração nos termos do
dos subitens anteriores por ter sido efetuada disposto no art. 87 da LPI, encerrando a 10.7 Publicação Anulada
com incorreção. instância administrativa. Anulada a publicação por ter sido indevida

10.8 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
9. Decisão dos subitens anteriores por ter sido efetuada
7. Ciência de Parecer com incorreção.

9.1 Deferimento 10.9 Retirada Homologada Art. 29 § 1º da LPI


7.1 Conhecimento de Parecer Técnico Deferido o pedido de patente. Desta data corre Notificação de homologação da retirada do
Suspenso o andamento do pedido para que o o prazo de 60 (sessenta) dias para o pedido de patente, solicitada pelo depositante.
depositante se manifeste, no prazo de 90 pagamento e comprovação, através do
(noventa) dias desta data, quanto ao contido formulário modelo 1.02, da retribuição para
no parecer técnico. A cópia do parecer técnico expedição da carta-patente. O pagamento 10.9.1 Retirada Não Homologada Art. 29 § 1º da
poderá ser solicitada através do formulário desta retribuição poderá ainda ser efetuado LPI
modelo 1.05. A não manifestação ou a dentro dos 30 (trinta) dias subseqüentes, Notificação de não homologação da retirada
manifestação considerada improcedente independente de notificação na RPI. O não do pedido de patente.
acarretará a manutenção do posicionamento pagamento e sua comprovação nos prazos
técnico anterior. acima determinados acarretará o
arquivamento definitivo do pedido.
7.2 Publicação Anulada 11. Arquivamento
Anulada a publicação de conhecimento do 9.1.1 Decisão Anulada (**)
parecer técnico por ter sido indevida. Anulação da decisão de deferimento por ter
7.3 Republicação sido indevida. 11.1 Arquivamento - Art. 33 da LPI
Republicação da publicação de conhecimento Arquivado o pedido uma vez que não foi
do parecer técnico por ter sido efetuada com 9.1.2 Publicação Anulada requerido o pedido de exame no prazo
incorreção. Anulada a publicação de deferimento por ter previsto no Art. 33 da LPI. Desta data corre o
sido indevida. prazo de 60 (sessenta) dias para o
7.4 Ciência relacionada com o art. 229 da LPI depositante requerer o desarquivamento,
O exame técnico concluiu que o pedido atende 9.1.3 Republicação através do formulário 1.02, mediante
aos requisitos estabelecidos pelos artigos 8 e Republicação da publicação de deferimento pagamento da retribuição específica de
36 da LPI. O deferimento do mesmo está por ter sido efetuada com incorreção. desarquivamento e do pagamento do pedido
condicionado à obtenção da anuência de que 9.1.4 Retificação de exame sob pena de arquivamento
trata o art. 229 da LPI da Lei 9.279/96, Retificação da publicação de deferimento por definitivo.
conforme redação dada pela Lei 10.196/2001 ter sido efetuada com incorreção. Tal
publicação não implica na alteração da data 11.1.1 Arquivamento definitivo - Art. 33 da LPI
do deferimento e nos prazos decorrentes da Arquivado definitivamente o pedido uma vez
mesma. que não foi requerido o desarquivamento.
8. Anuidade do Pedido
9.2 Indeferimento 11.2 Arquivamento - Art. 36 §1° da LPI
Indeferido o pedido por não atender aos Arquivado definitivamente o pedido de
requisitos legais, conforme parecer técnico. A patente, uma vez que não foi respondida a
8.5 Exigência de Complementação de
cópia do parecer técnico poderá ser solicitada exigência formulada.
Anuidade
através do formulário modelo 1.05. Desta data
O depositante deverá complementar, de
corre o prazo de 60 (sessenta) dias para 11.4 Arquivamento - Art. 38 § 2° da LPI
acordo com a tabela vigente na data da
eventual recurso do depositante. No caso de Arquivado definitivamente o pedido de
complementação, o pagamento da
pedido de certificado de adição indeferido por patente, uma vez que não foi comprovado o
anuidade especificada, por meio do formulário
não ter o mesmo conceito inventivo, o pagamento da retribuição de expedição da
modelo 1.02 acompanhado dos
depositante poderá, no prazo de recurso, carta-patente.
comprovantes dos pagamentos
requerer a sua transformação em pedido de
correspondentes ao cumprimento de
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos 19

11.5 Arquivamento - Art. 34 da LPI requerida cópia do recurso através do 15.24.2 Concedido o exame prioritário do pedido
Arquivado o pedido, uma vez que não foram formulário modelo 1.05. de patente
atendidas as exigências previstas no Art. 34 Concedido o exame prioritário do pedido de
da LPI. Desta data corre o prazo de 60 12.7 Publicação Anulada patente uma vez que o requerimento
(sessenta) dias para eventual recurso do Anulada a publicação de notificação do apresentado atende ao disposto na Resolução
interessado. recurso por ter sido indevida. INPI nº 132/06 de 17/11/06.

11.6 Arquivamento do Pedido-Art. 216 §2° da 12.8 Republicação 15.24.3 Negado o exame prioritário do pedido de
LPI Republicação da publicação de qualquer um patente
Arquivado definitivamente o pedido de dos subitens anteriores por ter sido efetuada Negado o exame prioritário do pedido de
patente, uma vez que não foi apresentada a com incorreção. patente uma vez que o requerimento
procuração devida no prazo de 60 (sessenta) apresentado não atende ao disposto na
dias contados da prática do primeiro ato da Resolução INPI nº 132/06 de 17/11/06.
parte no processo.
15.30 Publicação Anulada
15. Outros Referentes a Pedidos Anulada a publicação de qualquer um dos
11.6.1 Arquivamento da Petição-Art. 216 §2º da
LPI subitens anteriores por ter sido indevida.
Arquivada a petição, uma vez que não foi
apresentada a procuração devida no prazo de 15.7 Petição Não Conhecida 15.31 Despacho Anulado (**)
60 (sessenta) dias contados da prática do ato. Não conhecimento da petição apresentada em Anulação do despacho referente a qualquer
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias virtude do disposto nos Arts. 218 ou 219 da um dos subitens anteriores por ter sido
para eventual recurso do interessado. LPI. indevido.
15.32 Decisão Anulada (**)
11.11 Arquivamento - Art. 17 § 2º da LPI 15.8 Petição Sustada Anulação da decisão referente a qualquer um
Arquivado definitivamente o pedido de Sustado o conhecimento da petição para dos subitens anteriores por ter sido indevida.
patente, uma vez que foi efetuado depósito aguardar providências necessárias ao seu
posterior nos termos do Art. 17 § 2º da LPI. conhecimento. 15.33 Republicação
Republicação da publicação de qualquer um
11.12 Art. 26 parágrafo único da LPI 15.9 Perda de Prioridade dos subitens anteriores por ter sido efetuada
Arquivado o pedido, uma vez que o Perda da prioridade reivindicada por não com incorreção.
requerimento de divisão está em desacordo atender às disposições previstas no artigo 16
com o disposto no Art. 26 da LPI. Desta data § 7º da LPI.
corre o prazo de 60 (sessenta) dias para 16. Concessão de Patente ou
eventual recurso ao depositante. 15.10 Mudança de Natureza
Mudada a natureza e alterado o número do Certificado de Adição
11.13 Despacho Anulado (**) pedido. de Invenção
Anulação do despacho de arquivamento do
pedido por ter sido indevido. 15.11 Alteração de Classificação
Alterada a classificação do pedido para melhor
11.14 Publicação Anulada adequação. 16.1 Concessão de Patente ou Certificado de
Anulada a publicação de arquivamento do Adição de Invenção
pedido por ter sido indevida. 15.12 Renumeração Expedição da carta-patente ou do certificado
Alterada a numeração por ter sido numerado de adição de invenção. O título acha-se à
11.15 Republicação indevidamente. disposição do interessado no setor
Republicação da publicação de qualquer um competente do INPI. Desta data corre o prazo
dos subitens anteriores por ter sido efetuada 15.14 Notificação de Decisão Judicial de 6 (seis) meses para interposição de
com incorreção. Notificação de decisão judicial referente ao nulidade administrativa por qualquer
pedido. interessado (Art. 51 da LPI ).O certificado de
11.16 Restauração adição é acessório da patente, tem a data final
Notificação quanto à restauração do 15.21 Numeração Anulada de vigência desta e a acompanha para todos
andamento do pedido. Anulada a numeração do pedido de patente os efeitos legais.

11.17 Arquivamento do pedido de Certificado de 15.22 Devolução de Prazo Concedida 16.2 Publicação Anulada
Adição de Invenção – Art. 77 da LPI Notificação de devolução de prazo uma vez Anulada a publicação da concessão por ter
Arquivado o pedido de Certificado de Adição que não foi possível ciência ao interessado sido indevida.
de Invenção uma vez que não há uma patente diretamente no processo. Desta data corre o
de invenção da qual o mesmo possa ser prazo adicional concedido no despacho. O 16.3 Retificação
acessório. prazo será de, no mínimo 15 (quinze) dias e, Retificação da publicação da concessão da
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias no máximo, o prazo legal dos atos patente por ter sido efetuada com incorreção
para eventual recurso do depositante. correspondentes (Art. 221 da LPI e AN 127 que não impossibilita sua identificação. Tal
item 12). publicação não implica na alteração da data
de publicação da concessão da patente e
15.22.1 Devolução de Prazo Negada nos prazos decorrentes da mesma.
12. Recurso Negada a solicitação de devolução de prazo
uma vez que não ficou comprovada a justa 16.4 Concessão Anulada
causa conforme definida no Art. 221 da LPI. A Anulada a concessão da patente por ter sido
12.2 Recurso Contra o Indeferimento cópia do parecer poderá ser solicitada através indevida.
Notificação de interposição de recurso ao do formulário 1.05. Desta data corre o prazo
Presidente do INPI contra o indeferimento do de 60 (sessenta) dias para eventual recurso
pedido de patente ou do certificado de adição do interessado.
de invenção, objetivando o reexame da 17.Nulidade Administrativa
matéria. Desta data corre o prazo de 60 15.23 Pedido “SUB JUDICE”
(sessenta) dias para apresentação de contra- Notificação de ação judicial referente a pedido.
razões por qualquer interessado. Poderá ser
requerida cópia do recurso através do 15.24 Notificação de requerimento de exame 17.1 Notificação de Interposição de Nulidade
formulário modelo 1.05. prioritário de pedido de patente. Administrativa
O exame prioritário do pedido de patente só será Notificação, ao titular da patente, de
12.3 Recurso Contra o Arquivamento iniciado após ter sido atendido o disposto no instauração de processo administrativo de
Notificação de interposição de recurso ao parágrafo único do art. 31 da LPI e nos arts. 33 e nulidade. Desta data corre o prazo de 60
Presidente do INPI contra o arquivamento do 84 da LPI, bem como transcorridos 24 meses da (sessenta) dias para eventual contestação do
pedido de patente, objetivando o reexame da data de seu depósito, para garantir que todos os titular (Art. 52 da LPI). Poderá ser requerida
matéria. Desta data corre o prazo de 60 pedidosde patente depositados com data cópia do processo de nulidade através do
(sessenta) dias para apresentação de contra- anterior já tenham sido publicados. formulário modelo 1.05.
razões por qualquer interessado. Poderá ser
requerida cópia do recurso através do 15.24.1 Notificação de exame prioritário, de
Ofício, de pedido de patente. 17.2 Publicação Anulada
formulário modelo 1.05. Anulação da publicação de notificação da
O exame prioritário do pedido de patente só será
12.6 Outros Recursos iniciado após ter sido atendido o disposto no instauração de processo administrativo de
Notificação de interposição de recurso ao parágrafo único do art. 31 da LPI e nos arts. 33 e nulidade por ter sido indevida.
Presidente do INPI contra a decisão proferida 84 da LPI, bem como transcorridos 24 meses da
pela DIRPA, objetivando o reexame da data de seu depósito, para garantir que todos os 17.3 Republicação
matéria. Desta data corre o prazo de 60 pedidos de patente depositados com data anterior Republicação da publicação de notificação da
(sessenta) dias para apresentação de contra- já tenham sido publicados. instauração de processo administrativo de
razões por qualquer interessado. Poderá ser nulidade por ter sido efetuada com incorreção.
20 DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos RPI 2096 de 09/03/2011

22.10 Outros Recursos


Notificação de interposição de recurso ao
18. Caducidade 21. Extinção de Patente e Presidente do INPI contra a decisão proferida
Certificado de Adição de pela DIRPA, objetivando o reexame da
matéria. Desta data corre o prazo de 60
Invenção (sessenta) dias para eventual contestação do
18.1 Notificação de Pedido de Caducidade
Notificação, ao titular da patente, da interessado. Poderá ser requerida cópia do
instauração do processo de caducidade por recurso através do formulário modelo 1.05.
falta de exploração por requerimento de 21.1 Extinção - Art. 78 inciso I da LPI
Notificação da extinção da patente e seus 22.11 Devolução de Prazo
terceiros e/ou de ofício. Poderá ser requerida Notificação de devolução de prazo uma vez
cópia do processo de caducidade através do certificados, se for o caso, pela expiração do
prazo de vigência de proteção legal. que não foi possível ciência ao interessado
formulário modelo 1.05. diretamente no processo. Desta data corre o
21.2 Extinção - Art 78 inciso II da LPI prazo adicional concedido no despacho. O
Notificação da extinção da patente e seus prazo será de, no mínimo 15 (quinze) dias e,
18.3 Caducidade Deferida certificados, se for o caso, pela homologação no máximo, o prazo legal dos atos
Declarada a caducidade da patente por falta da renúncia apresentada pelo seu titular. correspondentes (Art. 221 da LPI e AN 127
de exploração. Desta data corre o prazo de 60 Homologada a renúncia, a patente será item 12).
(sessenta) dias para eventual recurso do titular considerada extinta na data da apresentação
(Art. 212 da LPI). A decisão da caducidade da renúncia. 22.12 Oferta de Licença de Patente
produzirá efeitos a partir da data do Notificação de oferta de licença (ou renovação
requerimento ou da publicação da instauração da mesma) para exploração da patente (Art.
de ofício do processo. Poderá ser requerida 21.6 Extinção - Art. 78 inciso IV da LPI 64 § 1º da LPI). O interessado poderá obter
cópia do parecer através do formulário modelo Notificação da extinção da patente e seus cópia na íntegra das condições contratuais
1.05. certificados, se for o caso, dada a não oferecidas pelo titular (AN 127 item 8),
restauração prevista no Art. 87 da LPI. A mediante solicitação através do formulário
18.4 Caducidade Indeferida patente é considerada extinta na data final do modelo 1.05.
Denegado o pedido de caducidade da patente. prazo legal (nove meses) do primeiro 22.13 Desistência da Oferta de Licença
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias pagamento devido que deixou de ser Notificação da desistência da oferta de licença
para eventual recurso do interessado (Art. 212 efetuado. pelo titular (Art. 64 § 4º).
da LPI).Poderá ser requerida cópia do parecer
21.7 Extinção - Art. 78 inciso V da LPI 22.14 Arquivamento da Petição-Art. 216 §2º da LPI
através do formulário modelo 1.05.
Notificação da extinção da patente e seus Arquivada a petição, uma vez que não foi
certificados, se for o caso, uma vez que após apresentada a procuração devida no prazo de
18.5 Recurso contra o Deferimento da
solicitação do INPI o titular deixou de 60 (sessenta) dias contados da prática do ato.
Caducidade
comprovar a obrigação decorrente do Art. 217 Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) dias
Interposição de recurso ao Presidente do INPI
da LPI. para eventual recurso do interessado.
contra o deferimento do pedido de
caducidade, objetivando o reexame da 21.8 Despacho Anulado (**) 22.15 Patente “SUB JUDICE”
matéria. Desta data corre o prazo de 60 Anulação do despacho da extinção da patente Notificação de ação judicial referente a
(sessenta) dias para eventual contestação do por ter sido indevido. patente.
interessado. Poderá ser requerida cópia do
recurso através do formulário modelo 1.05. 21.9 Publicação Anulada
22.20 Publicação Anulada
Anulada a publicação de qualquer um dos
Anulada a publicação de qualquer um dos
18.6 Recurso contra o Indeferimento da subitens anteriores por ter sido indevida.
subitens anteriores por ter sido indevida.
Caducidade
Interposição de recurso ao Presidente do INPI 21.10 Republicação
22.21 Despacho Anulado (**)
contra o indeferimento do pedido de Republicação da publicação de qualquer um
Anulação do despacho referente a qualquer
caducidade, objetivando o reexame da dos subitens anteriores por ter sido efetuada
um dos subitens anteriores por ter sido
matéria. Poderá ser requerida cópia do com incorreção.
indevido.
recurso através do formulário modelo 1.05.
22.22 Decisão Anulada (**)
18.10 Desistência de Caducidade Anulação da decisão referente a qualquer um
Notificação de desistência do pedido de 22. Outros Referentes a Patentes e dos subitens anteriores por ter sido indevida.
caducidade. Certificados de Adição de
18.11 Decisão Anulada (**) 22.23 Republicação
Anulação da decisão da caducidade por ter Invenção Republicação da publicação de qualquer um
sido indevida. dos subitens anteriores por ter sido efetuada
com incorreção.
18.12 Publicação Anulada 22.2 Petição Não Conhecida
Anulada a publicação de qualquer um dos Não conhecimento da petição apresentada em
subitens anteriores por ter sido indevida. virtude do disposto nos Arts. 218 ou 219 da
LPI.
23. Processamento de Pedidos
18.13 Republicação Segundo Artigos 230 e 231 da
Republicação da publicação de qualquer um 22.3 Petição Sustada Lei 9279/96
dos subitens anteriores por ter sido efetuada Sustado o conhecimento da petição para
com incorreção. aguardar providências necessárias ao seu
conhecimento.
23.1 Notificação de Pedido Depositado
22.4 Pedido de Licença Compulsória Para
19. Notificação de Decisão Judicial Exploração de Patente 23.1.1 Notificação de Depósito de Pedido Dividido
Notificação de requerimento de licença Notificação de pedido dividido de um pedido
compulsória para exploração da patente e depositado anteriormente. Em relação ao
19.1 Notificação de Decisão Judicial seus certificados, se for o caso, face ao pedido original, o pedido dividido tem a
Comunicação de decisão judicial referente à disposto no Art. 68 da LPI. Desta data corre o mesma data de depósito. O pedido dividido é
patente. prazo de 60 (sessenta) dias para manifestação considerado como estando na mesma fase
19.2 Publicação Anulada do titular. Ver publicação correspondente na processual do pedido original.
Anulada a publicação de comunicação de seção da Diretoria de Transferência de
decisão judicial por ter sido indevida. Tecnologia. 23.2 Exigência
19.3 Retificação Suspenso andamento do pedido que,para
22.5 Exigências Diversas
Retificação da publicação de comunicação de instrução regular, aguardará o atendimento da
Formulada exigência para adequação ou
decisão judicial ter sido efetuada com exigência formulada em 90 ( noventa ) dias,
cumprimento de disposições legais no prazo
incorreção. desta data
de 60 (sessenta) dias desta data. Caso a
exigência não tenha sido explicitada no
23.3 Publicação do Pedido para Manifestação de
despacho da RPI, o titular poderá requerer
Terceiros
cópia do parecer através do formulário modelo
Publicado o pedido uma vez que já foi
1.05.
apresentada a declaração de não
comercialização até a data do depósito. Desta
data corre o prazo de 90 (noventa) dias para
apresentação, por qualquer interessado, de
manifestação quanto ao atendimento ao
disposto no caput do art. 230 da Lei 9279/96.
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos 21

24.4 Restauração
23.4 Notificação para Contestação do Notificação quanto à restauração da patente. 25.11 Republicação
Depositante
Republicação da publicação de qualquer um
23.5 Anuidade 24.5 Despacho Anulado (**) dos subitens anteriores por ter sido indevida.
Anulação do despacho referente a qualquer
23.6 Arquivamento um dos subitens anteriores por ter sido 25.12 Publicação Anulada
indevido. Anulada a publicação de qualquer um dos
23.7 Denegação do Pedido subitens anteriores por ter sido efetuada com
24.6 Publicação Anulada incorreção.
23.8 Recurso Anulação da publicação referente a qualquer
23.9 Expedição da Patente um dos subitens anteriores por ter sido 25.13 Anotação de Limitação ou Ônus
indevida. Notificação referente à anotação de limitação
23.10 Publicação Anulada ou ônus conforme indicado no
24.7 Republicação complemento
23.11 Republicação Republicação da publicação de qualquer um
dos subitens anteriores por ter sido efetuada
23.12 Retificação com incorreção.
23.13 Deferimento PR. INPI - Presidência
Deferido o pedido. Desta data corre o prazo de
60 (sessenta) dias para o pagamento e 25. Anotação de Alteração de nome
comprovação, através do formulário 1.02, da
retribuição para expedição da carta-patente. O
e/ou sede, de Transferência e de Nulidade Administrativa - Intimação para
pagamento desta retribuição, poderá ainda ser Limitação ou Ônus de Pedido, Patente Manifestação
efetuado dentro dos 30 (trinta) dias e Certificado de Adição de Invenção. Notificação ao titular da patente e ao
subsequentes, independente de notificação da requerente da nulidade, da emissão de
RPI. O não pagamento e sua comprovação parecer do INPI para manifestação. A
nos prazos acima acarretará o arquivamento manifestação deverá ser apresentada no
definitivo do pedido. 25.1 Transferência Deferida prazo de 60(sessenta) dias, desta data após o
Notificação do deferimento da transferência que o processo será decidido. O interessado
23.14 Decisão Anulada requerida. Desta data corre o prazo de 60 poderá requerer cópia do parecer através do
(sessenta) dias para eventual recurso do formulário DIRPA Modelo 1.05.
23.15 Expedição Anulada
interessado.
Nulidade Administrativa - Decisão
23.16 Outros
25.2 Transferência Indeferida A decisão da nulidade encerra a instância
23.17 Ciência Relacionada com o Art. 229 da LPI Notificação do indeferimento da transferência administrativa.
O exame técnico concluiu que o pedido atende requerida. Desta data corre o prazo de 60
(sessenta) dias para eventual recurso do Recurso - Exigência
aos requisitos estabelecidos pelos artigos 229
a 231 da LPI. O deferimento do mesmo está interessado.
Recurso - Exigência - Art. 214 da LPI
condicionado à obtenção da anuência de que
25.3 Transferência em Exigência Formulada exigência para complementação
trata o art. 229 da LPI da Lei 9.279/96,
Exigência referente ao pedido de transferência das razões oferecidas a título de recurso no
conforme redação dada pela Lei 10.196/2001
requerida. Desta data corre o prazo de 60 prazo de 60 (sessenta) dias desta data.
23.18 Notificação de Interposição de Nulidade (sessenta) dias para cumprimento da Havendo ou não manifestação sobre a
Administrativa exigência formulada, sob pena de exigência dar-se-á prosseguimento ao exame
Notificação ao titular da patente, de indeferimento da transferência. do recurso. Caso a exigência não tenha sido
instauração de processo administrativo de explicitada no despacho da RPI, o interessado
nulidade. Desta data corre o prazo de 60 25.4 Alteração de Nome Deferida poderá requerer cópia do parecer através do
(sessenta) dias para eventual contestação do Notificação do deferimento da alteração de formulário DIRPA Modelo 1.05.
titular (Art. 52 da LPI). Poderá ser requerida nome requerida. Desta data corre o prazo de
cópia do processo de nulidade através do 60 (sessenta) dias para eventual recurso do Recurso - Decisão
formulário modelo 1.05 interessado. A decisão do recurso é final e irrecorrível na
esfera administrativa.
25.5 Alteração de Nome Indeferida
24. Anuidade de Patente Notificação do indeferimento da alteração de
nome requerida. Desta data corre o prazo de Considerações Finais
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
interessado.
24.2 Exigencia de Complementação de
Anuidade 25.6 Alteração de Nome em Exigência Solicitação de Cópias:
O titular deverá complementar, de Exigência referente ao pedido de alteração de
acordo com a tabela vigente na data da nome requerida. Desta data corre o prazo de 1 - Os pedidos de fotocópias podem ser
complementação, o recolhimento da 60 (sessenta) dias para cumprimento da solicitados na sede do INPI/RJ ou nas
anuidade especificada, por meio do formulário exigência formulada, sob pena de delegacias e representações do INPI
modelo 1.02 acompanhado dos indeferimento da alteração. constantes da primeira página da RPI.
comprovantes dos pagamentos 25.7 Alteração de Sede Deferida
correspondentes ao cumprimento da (*) Quando a republicação se referir a item de
Notificação do deferimento da alteração de
exigência e a complementação da anuidade. publicação que envolva o prazo para tomada
Sede requerida. Desta data corre o prazo de
O não cumprimento no prazo de 60 (sessenta) de providências, o prazo contar-se-á a partir da
60 (sessenta) dias para eventual recurso do
dias acarretará a extinção da patente nos data da republicação.
interessado.
termos do no art. 87 da LPI.
(**) A toda publicação que envolva anulação de
24.3 Notificação da extinção da patente para 25.8 Alteração de Sede Indeferida
ato ou despacho caberá justificativa no
fins da restauração nos termos do art. 87 Notificação do indeferimento da alteração de
processo adminstrativo.
da LPI. Sede requerida. Desta data corre o prazo de
Notificação da extinção da patente por falta de 60 (sessenta) dias para eventual recurso do
pagamento de anuidade, por pagamento de interessado.
anuidade fora do prazo ou por não
cumprimento de exigência de 25.9 Alteração de Sede em Exigência
complementação de pagamento de anuidade. Exigência referente ao pedido de alteração de
Desta data corre o prazo de 3 (três) meses Sede requerida. Desta data corre o prazo de
para o titular requerer a restauração da 60 (sessenta) dias para cumprimento da
patente. A restauração deve ser requerida por exigência formulada, sob pena de
meio do formulário modelo 1.02, companhado indeferimento da alteração.
dos comprovantes dos pagamentos
correspondentes à restauração e à anuidade 25.10 Despacho Anulado (**)
ou sua complementação. Caso não seja Anulação do despacho referente a qualquer
requerida a restauração a patente será um dos subitens anteriores por ter sido
extinta de acordo com o disposto no inciso IV indevido.
do art. 78 da LPI.
22 DIRPA - Tabela de Códigos de Despachos RPI 2096 de 09/03/2011

data de depósito)
(62) Dados do pedido original do qual o presente é
Códigos para uma divisão (número e dadta de depósito)
(66) Dados da Prioridade Interna (número e data de
Identificação de Dados depósito)
Bibliográficos (71) Nome do Depositante
(72) Nome do Inventor
(INID) (73) Nome do Titular
(74) Nome do Procurador
(81) Países Designados
(85) Data do Início da Fase Nacional
(86) Número, Idioma e Data do Depósito
(11) Número da Patente Internacional
(21) Número do Pedido (87) Número, Idioma e Data da Publicação
(22) Data do Depósito Internacional
(30) Dados da Prioridade Unionista (data de
depósito, país, número)
(43) Data da Publicação do Pedido
(45) Data da Concessão da Patente/Certificado
de Adição de Invenção
(51) Classificação Internacional
(54) Título
(57) Resumo
(61) Dados do Pedido ou patente principal do qual
o presente é uma adição (número e
Diretoria de Patentes - DIRPA
Tabela de Códigos de Despachos de Pedidos e
Patentes (incluindo as de MI/DI expedidas na
vigência da LEI 5772/71)
Período de Transição - LEI 5772/71 (CPI)
RPI 2096 de 09/03/2011

11.30 Arquivamento Definitivo – Art. 18 § 1º da 15.2 Arquivamento do Pedido de Patente por Intempestivo de Anuidade - AN 082/86
Lei 5772/71 Comprovação Intempestiva de Anuidade - item 4.1
Notificação da retirada definitiva do pedido AN 082/86 item 4.1 Notificação do arquivamento automático do
de patente uma vez que não foi requerido o Notificação do arquivamento automático do pedido de patente, ocorrido durante a
pedido de exame no prazo previsto pelo Art pedido de patente, ocorrido durante a vigência da Lei 5772/71, por falta e por
18 § 1º, tendo o prazo expirado na vigência vigência da Lei 5772/71, por intempestividade de comprovação e
da Lei 5772/71. intempestividade de comprovação de recolhimento de anuidade. Desta data corre
anuidade. Desta data corre o prazo de 60 o prazo de 60 (sessenta) dias para o
11.31 Arquivamento Definitivo - Falta de (sessenta) dias para o depositante requerer a depositante requerer a restauração do
Cumprimento de Exigência restauração do andamento do pedido através andamento do pedido através do formulário
Notificação do arquivamento definitivo do do formulário modelo 1.02, com o modelo 1.02, com o recolhimento
pedido uma vez que não houve manifestação recolhimento correspondente à restauração. correspondente à restauração, devendo
do depositante quanto à exigência formal; anexar a guia de recolhimento referente à
exigência técnica ou exigência referente ao 15.3 Arquivamento do Pedido de Patente por anuidade devida. No caso de arquivamento
Art. 20, tendo o prazo de cumprimento Falta de Comprovação e Recolhimento de indevido, o depositante deverá, no prazo
expirado na vigência da Lei 5772/71. Anuidade - AN 082/86 item 4.1 acima, apresentar o comprovante de
Notificação do arquivamento automático do comprovação e recolhimento tempestivo,
12.1 Recurso Contra o Deferimento pedido de patente, ocorrido durante a através do formulário modelo 1.02, isento de
Notificação de recurso, interposto na vigência vigência da Lei 5772/71, por falta de retribuição.
da Lei 5772/71, contra o deferimento do comprovação e recolhimento de anuidade.
pedido de patente, objetivando o reexame da Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) 15.13 Extinção da Garantia de Prioridade
matéria. Desta data corre o prazo de 60 dias para o depositante requerer a Notificação da extinção da garantia de
(sessenta) dias para eventual contestação do restauração do andamento do pedido através prioridade por não ter sido requerido o
depositante. Poderá ser requerida cópia do do formulário modelo 1.02, com o privilégio dentro dos prazos previstos no Art
recurso através do formulário modelo 1.05. recolhimento correspondente à restauração, 7º da Lei 5772/71.
devendo anexar a guia de recolhimento
13.1 Notificação para Pagamento da referente à anuidade devida. No caso de 18.2 Caducidade - Art 50 da Lei 5772/71
Retribuição Relativa à Expedição da arquivamento indevido, o depositante deverá, Notificação de caducidade automática da
Carta-Patente dos Pedidos Deferidos na no prazo acima, apresentar o comprovante patente por não ter sido efetuada a
Vigência da Lei 5772/71 de recolhimento tempestivo, através do comprovação do pagamento da respectiva
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) formulário modelo 1.02, isento de retribuição. anuidade no prazo legal encerrado na
dias para o pagamento e comprovação de vigência da Lei 5772/71.
retribuição para expedição da carta-patente. 15.3.1 Aquivamento do pedido de patente de
O não pagamento e sua comprovação no Modelo ou Desenho Industrial por falta de
prazo acima determinado acarretará o recolhimento de anuidade/comprovação – MDIC - MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,
arquivamento definitivo do pedido. AN 082/86 item 4.1 INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR
Notificação do arquivamento automático do
13.2 Publicação Anulada pedido de patente, ocorrido durante a
Anulação da publicação de notificação para vigência da Lei 5772/71, por falta de
recolhimento por ter sido indevida. recolhimento/comprovação de anuidade. Recurso - Interposição
Desta data corre o prazo de 60 (sessenta) Notificação de interposição, na vigência da
15.1 Arquivamento do Pedido de Patente por dias para o depositante requerer a Lei 5772/71, de recurso ao Ministro do
Comprovação e Recolhimento restauração do andamento do pedido através Desenvolvimento, Indústria e Comércio
Intempestivo de Anuidade - AN 082/86 do formulário 1.02, com o recolhimento Exterior contra a decisão proferida pelo
item 4.1 correspondente à restauração, não sendo Presidente do INPI, objetivando o reexame
Notificação do arquivamento automático do necessário o recolhimento da(s) anuidade(s). da matéria.
pedido de patente, ocorrido durante a No caso de arquivamento indevido, o
vigência da Lei 5772/71, por depositante deverá, no prazo acima, Recurso - Decisão
intempestividade de comprovação e apresentar o comprovante do recolhimento A decisão do recurso, interposto na vigência
recolhimento de anuidade. Desta data corre tempestivo através do formulário modelo da Lei 5772/71, pelo Ministério do
o prazo de 60 (sessenta) dias para o 1.02, isento de retribuição. Desenvolvimento, Indústria e Comércio
depositante requerer a restauração do Exterior encerra a instância administrativa..
andamento do pedido através do formulário 15.4 Arquivamento do Pedido de Patente por
modelo 1.02, com o recolhimento Falta de Comprovação e Recolhimento de
correspondente à restauração. Anuidade e Comprovação e Recolhimento
DIRETORIA DE PATENTES - DIRPA
Índice Numérico Remissivo de Pedidos, Patentes
(incluindo as de MI/DI expedidas na vigência da
Lei 5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
RPI 2096 de 09/03/2011

C1 0003167-4 8.11 124 MU 8300891-8 25.4 160 MU 8901460-0 3.1 60 MU 9001153-8 2.1 105 PI 0009507-9 11.2 143 PI 0101904-0 9.2.4 142
C1 0104017-0 16.1 150 MU 8301034-3 7.1 123 MU 8901465-0 3.1 61 MU 9001154-6 2.1 105 PI 0010176-1 25.1 160 PI 0102760-3 9.2 139
C1 0215857-4 8.11 124 MU 8301171-4 6.1 107 MU 8901466-9 3.1 61 MU 9001155-4 2.1 105 PI 0010242-3 9.2 138 PI 0102894-4 7.1 124
C1 0300210-1 8.11 124 MU 8301416-0 16.1 150 MU 8901467-7 3.1 61 MU 9001156-2 2.1 105 PI 0010259-8 9.2.4 142 PI 0102941-0 8.11 134
C1 0404996-9 3.1 48 MU 8301633-3 9.1 136 MU 8901468-5 3.1 61 MU 9001157-0 2.1 105 PI 0010344-6 9.2.4 142 PI 0103041-8 9.2 139
C1 0705630-3 3.1 48 MU 8302315-1 16.1 150 MU 8901469-3 3.1 62 MU 9001158-9 2.1 105 PI 0010456-6 9.2 138 PI 0103195-3 7.1 124
C1 0900593-5 3.1 48 MU 8303031-0 9.1 136 MU 8901470-7 3.1 62 MU 9001159-7 2.1 105 PI 0010539-2 9.2 138 PI 0103890-7 9.2 139
C1 0901955-3 3.1 48 MU 8303509-5 16.1 150 MU 8901471-5 3.1 62 MU 9001160-0 2.1 105 PI 0010665-8 11.2 143 PI 0103891-5 8.11 134
C1 0902132-9 3.1 49 MU 8400134-8 6.1 107 MU 8901473-1 3.1 62 MU 9001161-9 2.1 105 PI 0011161-9 11.2 143 PI 0103943-1 9.1 137
C1 0902159-0 3.1 49 MU 8401786-4 9.2.4 140 MU 8901474-0 3.1 63 MU 9001162-7 2.1 105 PI 0011437-5 7.1 124 PI 0104009-0 8.11 134
MU 6901257-1 25.1 159 MU 8402572-7 7.1 123 MU 8901476-6 3.1 63 MU 9001163-5 2.1 105 PI 0011583-5 8.11 134 PI 0104238-6 8.11 134
MU 7200647-1 24.3 157 MU 8501638-1 15.24 150 MU 8901479-0 3.1 63 MU 9001164-3 2.1 105 PI 0011796-0 PR 16 PI 0104810-4 9.1 137
MU 7200709-5 24.3 157 MU 8601679-2 15.24 150 MU 8901497-9 3.1 64 MU 9001165-1 2.1 105 PI 0011797-8 PR 16 PI 0104866-0 8.11 134
MU 7600432-5 25.4 160 MU 8700099-7 15.24 149 MU 8901501-0 3.1 64 MU 9001166-0 2.1 105 PI 0012202-5 8.11 134 PI 0104895-3 8.11 134
MU 7600432-5 25.7 161 MU 8700133-0 15.7 143 MU 8901502-9 3.1 64 MU 9001167-8 2.1 105 PI 0012310-2 8.11 134 PI 0104966-6 6.6 117
MU 7600996-3 25.7 161 MU 8700201-9 6.7 123 MU 8901505-3 3.1 64 MU 9001168-6 2.1 105 PI 0012733-7 6.1 108 PI 0105162-8 6.6 117
MU 7601543-2 22.2 157 MU 8700248-5 15.24 150 MU 8901507-0 3.1 65 MU 9001169-4 2.1 105 PI 0012748-5 6.6 117 PI 0105253-5 9.2.4 142
MU 7601894-6 25.7 161 MU 8700274-4 6.7 123 MU 8901509-6 3.1 65 MU 9001170-8 2.1 105 PI 0012852-0 11.2 143 PI 0105800-2 6.6 117
MU 7602259-5 25.7 161 MU 8701173-5 25.1 159 MU 8901512-6 3.1 65 MU 9001171-6 2.1 105 PI 0012945-3 9.1 137 PI 0106145-3 9.1 137
MU 7602355-9 25.7 161 MU 8701514-5 15.24 149 MU 8901513-4 3.1 65 MU 9001172-4 2.1 105 PI 0013201-2 9.2.4 142 PI 0106533-5 9.2 139
MU 7602432-6 25.7 161 MU 8701713-0 15.24 149 MU 8901534-7 3.1 66 MU 9001173-2 2.1 105 PI 0013356-6 16.1 154 PI 0106632-3 9.1 137
MU 7603249-3 25.4 160 MU 8701793-8 15.7 143 MU 8901535-5 3.1 66 MU 9001174-0 2.1 105 PI 0013574-7 11.5 143 PI 0106824-5 16.1 154
MU 7603249-3 25.7 161 MU 8702043-2 3.1 49 MU 8901537-1 3.1 66 MU 9001175-9 2.1 105 PI 0013667-0 7.1 124 PI 0106831-8 9.1 137
MU 7603250-7 25.4 160 MU 8702230-3 15.24 150 MU 8901538-0 3.1 66 MU 9001176-7 2.1 105 PI 0014059-7 9.2 138 PI 0107366-4 8.11 134
MU 7603250-7 25.7 161 MU 8702542-6 15.24 149 MU 8901541-0 3.1 67 MU 9001177-5 2.1 105 PI 0014162-3 8.11 134 PI 0107366-4 15.7 144
MU 7703257-8 25.7 161 MU 8702724-0 3.1 49 MU 8901543-6 3.1 67 MU 9001178-3 2.1 105 PI 0014191-7 7.1 124 PI 0107667-1 9.2 139
MU 7800150-1 25.4 160 MU 8800035-4 25.1 159 MU 8901680-7 3.1 67 MU 9001179-1 2.1 105 PI 0014261-1 16.1 154 PI 0107671-0 9.2 139
MU 7800150-1 25.7 161 MU 8800054-0 25.1 159 MU 8901808-7 3.1 67 MU 9001180-5 2.1 105 PI 0014290-5 9.2 139 PI 0107805-4 9.2 139
MU 7800151-0 25.4 160 MU 8800055-9 25.1 159 MU 8901858-3 3.1 68 MU 9100001-7 2.1 105 PI 0014433-9 6.6 117 PI 0107986-7 9.2 139
MU 7800151-0 25.7 161 MU 8800068-0 25.1 159 MU 8901863-0 3.1 68 PI 0000339-5 8.11 134 PI 0014503-3 9.2 139 PI 0108052-0 8.11 134
MU 7800447-0 25.7 161 MU 8800370-1 11.6 143 MU 8901865-6 3.1 68 PI 0000561-4 8.11 134 PI 0014519-0 6.6 117 PI 0108061-0 8.11 134
MU 7801234-1 25.4 160 MU 8801353-7 15.24 149 MU 8901873-7 3.1 68 PI 0000666-1 16.1 153 PI 0014575-0 9.2 139 PI 0108075-0 16.1 154
MU 7801234-1 25.7 161 MU 8801359-6 3.1 50 MU 8901901-6 3.1 69 PI 0000886-9 15.22 149 PI 0014626-9 9.2.4 142 PI 0108113-6 8.11 134
MU 7801253-8 25.4 160 MU 8801373-1 3.1 50 MU 8901903-2 3.1 69 PI 0000897-4 25.4 160 PI 0014737-0 9.2.4 142 PI 0108141-1 16.3 157
MU 7801253-8 25.7 161 MU 8801397-9 15.24 149 MU 8901919-9 3.1 69 PI 0000897-4 25.7 162 PI 0014821-0 16.1 154 PI 0108146-2 6.6 117
MU 7801767-0 25.7 161 MU 8801454-1 3.1 50 MU 8901920-2 3.1 69 PI 0001292-0 6.1 107 PI 0014874-1 7.1 124 PI 0108247-7 6.6 117
MU 7802513-3 9.2 138 MU 8801659-5 15.24 149 MU 8901933-4 3.1 70 PI 0001650-0 7.1 124 PI 0015199-8 11.2 143 PI 0108322-8 8.11 134
MU 7802520-6 25.1 159 MU 8802466-0 15.24 150 MU 8901974-1 3.1 70 PI 0001661-6 8.11 134 PI 0015382-6 6.6 117 PI 0108412-7 7.1 124
MU 7802623-7 16.1 150 MU 8802590-0 15.24 149 MU 8902038-3 3.1 70 PI 0002390-6 9.2 138 PI 0015491-1 11.5 143 PI 0108444-5 6.1 108
MU 7900411-3 25.4 160 MU 8803124-1 15.24 149 MU 8902073-1 3.1 70 PI 0002440-6 16.1 153 PI 0015582-9 6.1 108 PI 0108444-5 15.11 147
MU 7900545-4 25.4 160 MU 8803144-6 15.24 149 MU 8902134-7 3.1 71 PI 0002456-2 9.2 138 PI 0015646-9 8.11 134 PI 0108611-1 6.6 117
MU 7900545-4 25.7 161 MU 8803188-8 3.1 50 MU 8902144-4 3.1 71 PI 0002751-0 7.1 124 PI 0015706-6 9.2 139 PI 0108611-1 15.11 147
MU 7900609-4 25.4 160 MU 8803230-2 3.1 51 MU 8902164-9 3.1 71 PI 0003084-8 9.2 138 PI 0015837-2 25.4 160 PI 0108664-2 6.6 117
MU 7900981-6 8.11 125 MU 8900021-8 3.1 51 MU 8902385-4 3.1 71 PI 0003275-1 7.1 124 PI 0015999-9 8.11 134 PI 0108664-2 15.11 147
MU 7901906-4 25.6 161 MU 8901059-0 11.14 143 MU 8902417-6 3.1 72 PI 0003275-1 15.11 147 PI 0016022-9 11.5 143 PI 0108819-0 6.6 117
MU 7903352-0 25.1 159 MU 8901266-6 3.1 51 MU 8902447-8 3.1 72 PI 0003326-0 PR 16 PI 0016084-9 6.6 117 PI 0108819-0 15.11 147
MU 8000144-0 25.1 159 MU 8901329-8 3.1 51 MU 8902475-3 3.1 72 PI 0003377-4 16.1 153 PI 0016101-2 9.1 137 PI 0108834-3 11.2 143
MU 8000439-3 8.11 125 MU 8901330-1 3.1 51 MU 8902476-1 3.1 72 PI 0003912-8 9.1 136 PI 0016123-3 9.1 137 PI 0108878-5 11.2 143
MU 8000451-2 25.1 159 MU 8901331-0 3.1 52 MU 8902518-0 3.1 73 PI 0004237-4 7.1 124 PI 0016152-7 9.1 137 PI 0108914-5 9.2.4 142
MU 8001486-0 25.1 159 MU 8901332-8 3.1 52 MU 8902940-2 3.2 98 PI 0004313-3 25.4 160 PI 0016207-8 9.2.4 142 PI 0109161-1 6.6 117
MU 8001508-5 9.2 138 MU 8901333-6 3.1 53 MU 8903106-7 15.12 149 PI 0004476-8 9.1 137 PI 0016297-3 9.1 137 PI 0109242-1 9.2 139
MU 8002205-7 25.1 159 MU 8901334-4 3.1 53 MU 8903107-5 2.1 104 PI 0004546-2 6.1 107 PI 0016666-9 16.1 154 PI 0109269-3 6.6 117
MU 8002781-4 25.1 159 MU 8901335-2 3.1 53 MU 8903108-3 2.1 104 PI 0004698-1 15.7 144 PI 0016686-3 9.2 139 PI 0109336-3 9.2 139
MU 8003173-0 25.1 159 MU 8901336-0 3.1 53 MU 8903109-1 2.1 104 PI 0004706-6 11.5 143 PI 0016732-0 9.1 137 PI 0109376-2 6.6 117
MU 8101082-6 8.11 125 MU 8901338-7 3.1 54 MU 9000485-0 3.2 98 PI 0005109-8 PR 16 PI 0016739-8 9.2 139 PI 0109376-2 15.11 147
MU 8101474-0 8.11 125 MU 8901340-9 3.1 54 MU 9001125-2 2.1 104 PI 0005139-0 11.5 143 PI 0016940-4 6.6 117 PI 0109483-1 9.2 139
MU 8101525-9 9.2.4 140 MU 8901341-7 3.1 54 MU 9001126-0 2.1 104 PI 0005247-7 9.2.4 142 PI 0017378-9 11.5 143 PI 0109542-0 9.2 139
MU 8102022-8 15.22 149 MU 8901342-5 3.1 54 MU 9001127-9 2.1 104 PI 0005347-3 8.11 134 PI 0017529-3 6.6 117 PI 0109587-0 9.2.4 142
MU 8102437-1 8.11 125 MU 8901343-3 3.1 55 MU 9001128-7 2.1 104 PI 0005348-1 8.11 134 PI 0017529-3 15.11 147 PI 0109589-7 9.2 139
MU 8102789-3 8.11 125 MU 8901344-1 3.1 55 MU 9001129-5 2.1 105 PI 0005561-1 25.1 159 PI 0017546-3 9.2 139 PI 0109598-6 11.2 143
MU 8102828-8 8.11 125 MU 8901345-0 3.1 55 MU 9001130-9 2.1 105 PI 0005587-5 9.2 138 PI 0100063-2 6.6 117 PI 0109632-0 7.1 124
MU 8102829-6 8.11 125 MU 8901348-4 3.1 55 MU 9001131-7 2.1 105 PI 0005804-1 11.2 143 PI 0100091-8 8.11 134 PI 0109632-0 15.11 147
MU 8102898-9 16.1 150 MU 8901370-0 3.1 56 MU 9001132-5 2.1 105 PI 0005995-1 9.2 138 PI 0100107-8 9.2 139 PI 0109849-7 9.1 137
MU 8103236-6 7.1 123 MU 8901373-5 3.1 56 MU 9001133-3 2.1 105 PI 0006323-1 9.1 137 PI 0100316-0 9.1 137 PI 0109854-3 9.2 139
MU 8103236-6 15.11 144 MU 8901392-1 3.1 56 MU 9001134-1 2.1 105 PI 0006372-0 6.6 117 PI 0100403-4 9.2 139 PI 0109910-8 6.1 108
MU 8103285-4 8.11 125 MU 8901400-6 3.1 56 MU 9001135-0 2.1 105 PI 0006403-3 6.1 108 PI 0100405-0 9.2 139 PI 0109927-2 6.1 108
MU 8200439-0 9.1 136 MU 8901404-9 3.1 56 MU 9001136-8 2.1 105 PI 0006736-9 11.5 143 PI 0100507-3 9.2 139 PI 0109927-2 15.11 147
MU 8200611-3 9.1 136 MU 8901406-5 3.1 57 MU 9001137-6 2.1 105 PI 0006999-0 8.11 134 PI 0100508-1 9.2 139 PI 0110235-4 6.1 108
MU 8200758-6 9.1 136 MU 8901409-0 3.1 57 MU 9001138-4 2.1 105 PI 0007116-1 9.2.4 142 PI 0100509-0 9.2 139 PI 0110245-1 8.11 134
MU 8200834-5 9.1 136 MU 8901410-3 3.1 57 MU 9001139-2 2.1 105 PI 0007580-9 25.1 160 PI 0100543-0 9.1 137 PI 0110246-0 6.6 117
MU 8200947-3 6.1 107 MU 8901411-1 3.1 57 MU 9001140-6 2.1 105 PI 0007638-4 8.11 134 PI 0100639-8 9.2.4 142 PI 0110384-9 7.1 124
MU 8201228-8 7.1 123 MU 8901419-7 3.1 57 MU 9001141-4 2.1 105 PI 0008061-6 9.1 137 PI 0100757-2 11.2 143 PI 0110387-3 9.1 137
MU 8201388-8 16.1 150 MU 8901420-0 3.1 58 MU 9001142-2 2.1 105 PI 0008161-2 15.11 147 PI 0100878-1 9.2 139 PI 0110613-9 9.2.4 142
MU 8202223-2 9.2.4 140 MU 8901423-5 3.1 58 MU 9001143-0 2.1 105 PI 0008239-2 7.1 124 PI 0100969-9 9.2 139 PI 0110621-0 7.1 124
MU 8202426-0 6.1 107 MU 8901425-1 3.1 58 MU 9001144-9 2.1 105 PI 0008254-6 9.2.4 142 PI 0100971-0 9.2 139 PI 0110892-1 6.6 117
MU 8202458-8 9.1 136 MU 8901427-8 3.1 58 MU 9001145-7 2.1 105 PI 0008464-6 9.2 138 PI 0100972-9 9.2 139 PI 0111030-6 6.1 108
MU 8202471-5 12.2 143 MU 8901428-6 3.1 59 MU 9001146-5 2.1 105 PI 0008489-1 11.2 143 PI 0100992-3 8.11 134 PI 0111054-3 9.2 139
MU 8202532-0 9.1 136 MU 8901432-4 3.1 59 MU 9001147-3 2.1 105 PI 0008494-8 11.2 143 PI 0101121-9 7.1 124 PI 0111061-6 6.6 117
MU 8202831-1 9.2 138 MU 8901435-9 3.1 59 MU 9001148-1 2.1 105 PI 0008600-2 6.1 108 PI 0101130-8 8.11 134 PI 0111140-0 6.6 117
MU 8202981-4 8.11 125 MU 8901441-3 3.1 59 MU 9001149-0 2.1 105 PI 0008659-2 25.1 160 PI 0101153-7 9.1 137 PI 0111202-3 11.2 143
MU 8300076-3 9.1 136 MU 8901442-1 3.1 60 MU 9001150-3 2.1 105 PI 0008774-2 7.1 124 PI 0101361-0 9.2.4 142 PI 0111212-0 16.1 154
MU 8300406-8 7.1 123 MU 8901456-1 3.1 60 MU 9001151-1 2.1 105 PI 0009393-9 9.2 138 PI 0101484-6 8.11 134 PI 0111235-0 7.1 124
MU 8300757-1 6.1 107 MU 8901457-0 3.1 60 MU 9001152-0 2.1 105 PI 0009486-2 16.1 153 PI 0101655-5 8.11 134 PI 0111497-2 6.7 123
26 DIRPA - Índice Numérico Remissivo RPI 2096 de 09/03/2011

PI 0111538-3 6.6 117 PI 0204647-4 7.1 124 PI 0208968-8 6.6 119 PI 0211566-2 9.2.4 143 PI 0213683-0 6.6 121 PI 0215482-0 8.11 135
PI 0111538-3 15.11 147 PI 0204743-8 24.3 159 PI 0209063-5 6.6 119 PI 0211575-1 15.7 144 PI 0213852-2 9.1 138 PI 0215485-4 6.6 123
PI 0111561-8 6.6 117 PI 0204774-8 16.1 155 PI 0209103-8 6.6 119 PI 0211601-4 6.6 120 PI 0213877-8 6.6 121 PI 0215493-5 15.11 149
PI 0111757-2 9.2 139 PI 0204873-6 16.1 155 PI 0209138-0 6.6 119 PI 0211621-9 16.1 156 PI 0213940-5 6.6 121 PI 0215495-1 8.11 135
PI 0111799-8 9.2 139 PI 0204902-3 6.1 108 PI 0209153-4 6.6 119 PI 0211632-4 15.7 144 PI 0213940-5 15.11 149 PI 0215498-6 8.11 135
PI 0111854-4 9.2 139 PI 0204902-3 15.11 147 PI 0209259-0 16.1 155 PI 0211668-5 6.1 108 PI 0213954-5 16.1 156 PI 0215501-0 16.1 156
PI 0111898-6 6.6 117 PI 0204924-4 16.1 155 PI 0209293-0 6.1 108 PI 0211699-5 8.11 135 PI 0213961-8 6.6 121 PI 0215502-8 8.11 135
PI 0111977-0 6.1 108 PI 0204943-0 6.6 118 PI 0209298-0 9.1 138 PI 0211702-9 9.2.4 143 PI 0213961-8 15.11 149 PI 0215527-3 8.11 135
PI 0112128-6 6.1 108 PI 0204944-9 8.11 135 PI 0209362-6 6.1 108 PI 0211903-0 6.6 120 PI 0213977-4 6.6 121 PI 0215540-0 16.1 156
PI 0112220-7 25.1 160 PI 0205031-5 16.1 155 PI 0209393-6 6.1 108 PI 0211909-9 6.6 120 PI 0213990-1 6.6 121 PI 0215541-9 16.1 156
PI 0112232-0 9.2 140 PI 0205041-2 24.3 159 PI 0209562-9 6.6 119 PI 0211981-1 8.11 135 PI 0214004-7 6.6 121 PI 0215556-7 16.1 156
PI 0112307-6 9.1 137 PI 0205123-0 8.11 135 PI 0209603-0 9.1 138 PI 0211986-2 6.6 120 PI 0214032-2 6.6 121 PI 0215562-1 16.1 156
PI 0112454-4 6.6 117 PI 0205181-8 16.1 155 PI 0209678-1 6.6 119 PI 0211986-2 15.11 148 PI 0214044-6 6.6 121 PI 0215563-0 16.1 156
PI 0112454-4 15.11 147 PI 0205262-8 8.11 135 PI 0209790-7 8.11 135 PI 0211987-0 8.11 135 PI 0214048-9 6.6 121 PI 0215564-8 8.11 135
PI 0112528-1 7.1 124 PI 0205281-4 9.1 137 PI 0209820-2 6.6 119 PI 0212043-7 6.6 120 PI 0214090-0 15.7 144 PI 0215605-9 8.11 135
PI 0112723-3 16.1 154 PI 0205380-2 16.1 155 PI 0209820-2 15.11 148 PI 0212150-6 6.6 120 PI 0214109-4 6.6 121 PI 0215611-3 8.11 135
PI 0112833-7 16.1 154 PI 0205389-6 16.1 155 PI 0209829-6 8.11 135 PI 0212158-1 6.6 120 PI 0214159-0 6.6 121 PI 0215613-0 6.6 123
PI 0112843-4 9.2 140 PI 0205509-0 6.6 118 PI 0209832-6 6.6 119 PI 0212183-2 6.6 120 PI 0214169-8 6.6 121 PI 0215615-6 8.11 135
PI 0112952-0 9.1 137 PI 0205517-1 6.6 118 PI 0209835-0 6.6 119 PI 0212185-9 6.6 120 PI 0214182-5 6.6 121 PI 0215620-2 8.11 135
PI 0113027-7 16.1 154 PI 0205573-2 8.11 135 PI 0209850-4 6.6 119 PI 0212186-7 6.6 120 PI 0214192-2 6.6 121 PI 0215635-0 8.11 135
PI 0113043-9 9.2 140 PI 0205683-6 6.6 118 PI 0209850-4 15.11 148 PI 0212189-1 6.6 120 PI 0214199-0 6.6 121 PI 0215642-3 8.11 135
PI 0113226-1 7.1 124 PI 0205688-7 9.2 140 PI 0209851-2 9.1 138 PI 0212195-6 6.6 120 PI 0214199-0 15.11 149 PI 0215644-0 15.11 149
PI 0113244-0 6.6 117 PI 0205689-5 16.1 155 PI 0209852-0 6.6 119 PI 0212199-9 6.6 120 PI 0214224-4 6.6 121 PI 0215650-4 6.6 123
PI 0113331-4 6.6 117 PI 0205690-9 16.1 155 PI 0209852-0 15.11 148 PI 0212205-7 6.6 120 PI 0214224-4 15.11 149 PI 0215664-4 8.11 136
PI 0113441-8 7.1 124 PI 0205694-1 9.2.4 142 PI 0209853-9 6.6 119 PI 0212233-2 6.6 120 PI 0214227-9 6.6 121 PI 0215680-6 6.6 123
PI 0113470-1 6.6 117 PI 0205736-0 8.11 135 PI 0209853-9 15.11 148 PI 0212249-9 6.6 120 PI 0214251-1 6.6 121 PI 0215689-0 6.6 123
PI 0113470-1 15.11 147 PI 0205965-7 16.1 155 PI 0209865-2 25.4 160 PI 0212249-9 15.11 148 PI 0214253-8 6.6 121 PI 0215702-0 8.11 136
PI 0113539-2 6.6 117 PI 0205975-4 8.11 135 PI 0209874-1 6.6 119 PI 0212250-2 16.1 156 PI 0214282-1 6.6 121 PI 0215703-9 6.6 123
PI 0113539-2 15.11 147 PI 0205989-4 16.1 155 PI 0209881-4 6.1 108 PI 0212252-9 6.6 120 PI 0214319-4 6.6 121 PI 0215707-1 6.6 123
PI 0113734-4 6.1 108 PI 0205991-6 6.1 108 PI 0209912-8 6.6 119 PI 0212258-8 6.6 120 PI 0214343-7 6.6 121 PI 0215764-0 8.11 136
PI 0113865-0 8.11 134 PI 0206086-8 6.6 118 PI 0209939-0 6.6 119 PI 0212261-8 6.6 120 PI 0214372-0 6.6 121 PI 0215768-3 8.11 136
PI 0113942-8 6.6 117 PI 0206086-8 15.11 147 PI 0209949-7 6.6 119 PI 0212261-8 15.11 148 PI 0214373-9 6.6 121 PI 0215790-0 8.11 136
PI 0114068-0 8.11 134 PI 0206237-2 6.6 118 PI 0209984-5 6.6 119 PI 0212267-7 6.6 120 PI 0214386-0 6.6 121 PI 0215800-0 8.11 136
PI 0114253-4 6.6 117 PI 0206372-7 6.6 118 PI 0209984-5 15.11 148 PI 0212267-7 15.11 148 PI 0214396-8 6.6 122 PI 0215810-8 8.11 136
PI 0114253-4 15.11 147 PI 0206434-0 6.6 118 PI 0209995-0 6.6 119 PI 0212271-5 6.6 120 PI 0214396-8 15.11 149 PI 0215820-5 8.11 136
PI 0114280-1 9.1 137 PI 0206434-0 15.11 148 PI 0209995-0 15.11 148 PI 0212290-1 6.6 120 PI 0214414-0 6.6 122 PI 0215854-0 8.11 136
PI 0114306-9 8.11 134 PI 0206435-9 15.11 148 PI 0210000-2 6.6 119 PI 0212298-7 6.6 120 PI 0214448-4 6.6 122 PI 0215867-1 8.11 136
PI 0114315-8 15.11 147 PI 0206469-3 6.6 118 PI 0210000-2 15.11 148 PI 0212298-7 15.11 148 PI 0214485-9 6.6 122 PI 0215873-6 6.6 123
PI 0114552-5 6.6 117 PI 0206496-0 6.6 118 PI 0210034-7 6.6 119 PI 0212304-5 6.6 120 PI 0214488-3 6.6 122 PI 0215900-7 8.11 136
PI 0114647-5 6.1 108 PI 0206515-0 6.6 118 PI 0210039-8 16.1 155 PI 0212329-0 6.6 120 PI 0214519-7 6.6 122 PI 0215902-3 8.11 136
PI 0114704-8 6.6 117 PI 0206549-5 6.6 118 PI 0210074-6 6.6 119 PI 0212329-0 15.11 148 PI 0214524-3 6.6 122 PI 0215905-8 8.11 136
PI 0114838-9 8.11 134 PI 0206549-5 15.11 148 PI 0210085-1 6.6 119 PI 0212341-0 6.6 120 PI 0214553-7 6.6 122 PI 0215906-6 8.11 136
PI 0114871-0 6.6 117 PI 0206568-1 6.6 118 PI 0210085-1 15.11 148 PI 0212346-0 6.6 120 PI 0214559-6 6.6 122 PI 0215907-4 8.11 136
PI 0114903-2 6.6 117 PI 0206568-1 15.11 148 PI 0210092-4 16.1 156 PI 0212352-5 6.6 120 PI 0214564-2 6.6 122 PI 0215908-2 8.11 136
PI 0114952-0 25.1 160 PI 0206588-6 6.6 118 PI 0210093-2 16.1 156 PI 0212369-0 6.6 120 PI 0214566-9 6.6 122 PI 0215921-0 8.11 136
PI 0115062-6 6.6 117 PI 0206752-8 6.6 118 PI 0210152-1 16.1 156 PI 0212370-3 8.11 135 PI 0214569-3 6.6 122 PI 0215922-8 8.11 136
PI 0115166-5 9.2 140 PI 0206752-8 15.11 148 PI 0210164-5 16.1 156 PI 0212411-4 6.6 120 PI 0214583-9 6.6 122 PI 0215935-0 6.6 123
PI 0115194-0 16.1 154 PI 0206774-9 8.11 135 PI 0210165-3 16.1 156 PI 0212411-4 15.11 148 PI 0214605-3 6.6 122 PI 0215952-0 8.11 136
PI 0115338-2 6.1 108 PI 0206896-6 6.6 118 PI 0210224-2 6.6 119 PI 0212421-1 6.6 120 PI 0214606-1 6.6 122 PI 0215955-4 8.11 136
PI 0115400-1 6.6 117 PI 0206923-7 16.1 155 PI 0210224-2 15.11 148 PI 0212423-8 6.6 120 PI 0214609-6 9.1 138 PI 0215974-0 8.11 136
PI 0115476-1 6.6 117 PI 0206942-3 6.6 118 PI 0210250-1 9.1 138 PI 0212423-8 15.11 148 PI 0214615-0 6.6 122 PI 0215975-9 9.1 138
PI 0115478-8 6.6 117 PI 0206943-1 6.6 118 PI 0210284-6 6.6 119 PI 0212446-7 6.6 120 PI 0214620-7 6.6 122 PI 0215986-4 6.6 123
PI 0115598-9 11.2 143 PI 0206943-1 15.11 148 PI 0210342-7 6.6 119 PI 0212468-8 6.6 120 PI 0214634-7 6.6 122 PI 0215998-8 6.6 123
PI 0115908-9 9.1 137 PI 0206950-4 8.11 135 PI 0210342-7 15.11 148 PI 0212468-8 15.11 148 PI 0214643-6 6.6 122 PI 0215999-6 8.11 136
PI 0115909-7 6.1 108 PI 0206964-4 6.6 118 PI 0210516-0 6.6 119 PI 0212510-2 6.6 120 PI 0214651-7 6.6 122 PI 0216044-7 6.6 123
PI 0116063-0 6.6 117 PI 0206975-0 8.11 135 PI 0210520-9 6.6 119 PI 0212524-2 8.11 135 PI 0214672-0 6.6 122 PI 0216046-3 6.6 123
PI 0116099-0 9.2 140 PI 0207089-8 8.11 135 PI 0210537-3 6.6 119 PI 0212534-0 8.11 135 PI 0214679-7 6.6 122 PI 0216065-0 6.6 123
PI 0116100-8 9.2 140 PI 0207115-0 6.6 118 PI 0210537-3 15.11 148 PI 0212536-6 6.6 120 PI 0214716-5 6.6 122 PI 0216092-7 2.4 107
PI 0116101-6 9.2 140 PI 0207118-5 8.11 135 PI 0210637-0 16.1 156 PI 0212576-5 6.6 120 PI 0214750-5 6.6 122 PI 0216093-5 2.4 107
PI 0116138-5 25.12 162 PI 0207158-4 8.11 135 PI 0210645-0 6.6 119 PI 0212586-2 6.6 120 PI 0214757-2 6.6 122 PI 0300004-4 8.11 125
PI 0116323-0 6.6 117 PI 0207178-9 6.6 118 PI 0210650-7 6.6 119 PI 0212586-2 15.11 148 PI 0214759-9 6.6 122 PI 0300014-1 8.11 125
PI 0116609-3 6.6 117 PI 0207207-6 8.11 135 PI 0210650-7 15.11 148 PI 0212589-7 16.1 156 PI 0214761-0 6.6 122 PI 0300018-4 8.11 125
PI 0116745-6 7.1 124 PI 0207217-3 6.6 118 PI 0210652-3 6.6 119 PI 0212605-2 6.6 120 PI 0214767-0 6.6 122 PI 0300020-6 8.11 125
PI 0116757-0 25.1 160 PI 0207219-0 8.11 135 PI 0210653-1 6.1 108 PI 0212606-0 6.6 120 PI 0214798-0 6.6 122 PI 0300021-4 8.11 125
PI 0116762-6 9.2 140 PI 0207272-6 6.6 118 PI 0210666-3 6.6 119 PI 0212617-6 6.6 120 PI 0214835-8 6.6 122 PI 0300026-5 8.11 125
PI 0116770-7 6.1 108 PI 0207272-6 15.11 148 PI 0210666-3 15.11 148 PI 0212617-6 15.11 149 PI 0214868-4 6.6 122 PI 0300040-0 8.11 125
PI 0116833-9 9.1 137 PI 0207314-5 6.1 108 PI 0210678-7 6.6 119 PI 0212662-1 6.6 120 PI 0214870-6 6.6 122 PI 0300047-8 8.11 125
PI 0116870-3 9.1 137 PI 0207336-6 8.11 135 PI 0210678-7 15.11 148 PI 0212685-0 6.6 120 PI 0214876-5 6.6 122 PI 0300050-8 8.11 125
PI 0116908-4 8.11 134 PI 0207367-6 9.1 137 PI 0210689-2 6.1 108 PI 0212716-4 6.6 120 PI 0214884-6 6.6 122 PI 0300054-0 8.11 125
PI 0116965-3 8.11 134 PI 0207371-4 6.6 118 PI 0210711-2 6.6 119 PI 0212726-1 6.6 120 PI 0214917-6 6.6 122 PI 0300059-1 8.11 125
PI 0117302-2 6.6 117 PI 0207443-5 6.6 118 PI 0210744-9 6.6 119 PI 0212733-4 6.6 121 PI 0214925-7 6.6 122 PI 0300083-4 8.11 125
PI 0200022-9 16.1 154 PI 0207472-9 9.2.4 143 PI 0210746-5 6.6 119 PI 0212760-1 6.6 121 PI 0214944-3 6.6 122 PI 0300084-2 8.11 125
PI 0200508-5 16.1 154 PI 0207497-4 8.11 135 PI 0210816-0 16.1 156 PI 0212760-1 15.11 149 PI 0214971-0 6.6 122 PI 0300085-0 8.11 125
PI 0200756-8 8.11 134 PI 0207549-0 6.6 118 PI 0210830-5 16.1 156 PI 0212770-9 6.6 121 PI 0214997-4 6.6 122 PI 0300097-4 8.11 125
PI 0200914-5 16.1 154 PI 0207592-0 9.1 137 PI 0210855-0 6.6 119 PI 0212770-9 15.11 149 PI 0215018-2 6.6 122 PI 0300106-7 8.11 125
PI 0200944-7 6.6 117 PI 0207644-6 6.6 118 PI 0210893-3 6.6 119 PI 0212775-0 6.6 121 PI 0215026-3 6.6 122 PI 0300110-5 8.11 125
PI 0200973-0 9.1 137 PI 0207645-4 6.6 118 PI 0210920-4 6.6 119 PI 0212817-9 6.1 108 PI 0215043-3 6.6 122 PI 0300113-0 8.11 125
PI 0200981-1 16.1 154 PI 0207673-0 6.6 118 PI 0210924-7 16.1 156 PI 0212833-0 6.6 121 PI 0215048-4 6.6 122 PI 0300123-7 8.11 125
PI 0201168-9 9.1 137 PI 0207717-5 6.1 108 PI 0210941-7 6.6 119 PI 0212834-9 6.6 121 PI 0215050-6 6.6 122 PI 0300129-6 8.11 125
PI 0201279-0 6.6 117 PI 0207738-8 6.6 118 PI 0211026-1 6.6 119 PI 0212834-9 15.11 149 PI 0215055-7 7.1 124 PI 0300130-0 8.11 125
PI 0201295-2 9.1 137 PI 0207738-8 15.11 148 PI 0211062-8 6.6 119 PI 0212846-2 6.6 121 PI 0215064-6 6.6 122 PI 0300136-9 8.11 125
PI 0201676-1 9.1 137 PI 0207767-1 6.6 118 PI 0211067-9 6.6 119 PI 0212848-9 6.6 121 PI 0215080-8 6.6 122 PI 0300157-1 8.11 125
PI 0201720-2 16.1 154 PI 0207775-2 6.6 118 PI 0211071-7 6.6 119 PI 0212877-2 6.6 121 PI 0215124-3 6.6 122 PI 0300160-1 8.11 125
PI 0201764-4 16.1 154 PI 0207794-9 9.2 140 PI 0211072-5 6.6 119 PI 0212896-9 6.6 121 PI 0215126-0 16.1 156 PI 0300161-0 8.11 125
PI 0201772-5 6.6 117 PI 0207827-9 6.6 118 PI 0211078-4 6.6 119 PI 0212898-5 6.6 121 PI 0215148-0 6.6 122 PI 0300165-2 8.11 125
PI 0202035-1 16.1 154 PI 0207829-5 6.6 118 PI 0211085-7 6.6 119 PI 0212898-5 15.11 149 PI 0215156-1 6.6 122 PI 0300168-7 8.11 125
PI 0202091-2 7.1 124 PI 0207830-9 6.6 118 PI 0211101-2 6.6 119 PI 0212904-3 6.6 121 PI 0215157-0 6.6 122 PI 0300181-4 8.11 125
PI 0202206-0 7.1 124 PI 0207831-7 6.6 118 PI 0211101-2 15.11 148 PI 0213150-1 8.11 135 PI 0215158-8 6.6 122 PI 0300183-0 6.6 108
PI 0202227-3 9.1 137 PI 0207866-0 6.6 118 PI 0211104-7 9.1 138 PI 0213154-4 6.6 121 PI 0215158-8 15.11 149 PI 0300186-5 8.11 125
PI 0202279-6 6.6 117 PI 0207879-1 8.11 135 PI 0211167-5 6.6 119 PI 0213186-2 6.6 121 PI 0215172-3 6.6 122 PI 0300187-3 8.11 125
PI 0202363-6 9.1 137 PI 0207932-1 6.6 118 PI 0211173-0 6.6 119 PI 0213220-6 6.6 121 PI 0215175-8 6.6 122 PI 0300194-6 8.11 125
PI 0202521-3 16.1 154 PI 0207961-5 6.6 118 PI 0211196-9 6.6 119 PI 0213220-6 15.11 149 PI 0215176-6 6.6 122 PI 0300206-3 8.11 125
PI 0202782-8 6.6 117 PI 0207966-6 6.6 118 PI 0211206-0 6.6 119 PI 0213311-3 6.6 121 PI 0215176-6 15.11 149 PI 0300209-8 8.11 125
PI 0203133-7 7.1 124 PI 0207981-0 6.6 118 PI 0211206-0 15.11 148 PI 0213323-7 6.6 121 PI 0215182-0 6.6 122 PI 0300210-1 8.11 125
PI 0203195-7 16.1 154 PI 0207981-0 15.11 148 PI 0211227-2 6.6 119 PI 0213325-3 6.6 121 PI 0215193-6 6.6 122 PI 0300211-0 8.11 126
PI 0203494-8 16.1 155 PI 0208005-2 6.6 118 PI 0211228-0 6.6 119 PI 0213452-7 6.6 121 PI 0215200-2 6.6 122 PI 0300216-0 8.11 126
PI 0203517-0 6.6 117 PI 0208010-9 6.6 118 PI 0211262-0 6.6 119 PI 0213461-6 9.1 138 PI 0215202-9 6.6 122 PI 0300222-5 8.11 126
PI 0203536-7 8.11 134 PI 0208052-4 6.6 118 PI 0211274-4 6.6 119 PI 0213473-0 15.7 144 PI 0215212-6 6.6 123 PI 0300231-4 8.11 126
PI 0203537-5 16.1 155 PI 0208157-1 6.6 118 PI 0211274-4 15.11 148 PI 0213479-9 6.6 121 PI 0215223-1 8.11 135 PI 0300235-7 8.11 126
PI 0203647-9 16.1 155 PI 0208165-2 6.6 118 PI 0211284-1 6.6 120 PI 0213486-1 6.6 121 PI 0215254-1 6.6 123 PI 0300236-5 8.11 126
PI 0203675-4 16.1 155 PI 0208274-8 6.6 118 PI 0211358-9 6.6 120 PI 0213522-1 6.6 121 PI 0215260-6 6.6 123 PI 0300254-3 8.11 126
PI 0203687-8 9.1 137 PI 0208294-2 8.11 135 PI 0211365-1 6.6 120 PI 0213536-1 6.6 121 PI 0215264-9 6.6 123 PI 0300257-8 8.11 126
PI 0203870-6 9.1 137 PI 0208336-1 6.6 118 PI 0211365-1 15.11 148 PI 0213539-6 6.6 121 PI 0215272-0 6.6 123 PI 0300261-6 8.11 126
PI 0203880-3 6.1 108 PI 0208378-7 6.1 108 PI 0211379-1 6.6 120 PI 0213540-0 6.6 121 PI 0215275-4 6.1 108 PI 0300262-4 8.11 126
PI 0203920-6 8.11 134 PI 0208384-1 6.6 118 PI 0211379-1 15.11 148 PI 0213558-2 6.1 108 PI 0215276-2 6.6 123 PI 0300284-5 8.11 126
PI 0203982-6 16.1 155 PI 0208384-1 15.11 148 PI 0211423-2 6.6 120 PI 0213562-0 6.6 121 PI 0215277-0 6.6 123 PI 0300285-3 8.11 126
PI 0203985-0 6.6 117 PI 0208401-5 8.11 135 PI 0211440-2 6.6 120 PI 0213564-7 6.6 121 PI 0215279-7 6.6 123 PI 0300294-2 8.11 126
PI 0204001-8 6.6 118 PI 0208520-8 6.6 118 PI 0211440-2 15.11 148 PI 0213584-1 6.6 121 PI 0215281-9 6.6 123 PI 0300299-3 8.11 126
PI 0204019-0 6.6 118 PI 0208540-2 6.1 108 PI 0211445-3 6.6 120 PI 0213585-0 6.6 121 PI 0215310-6 6.6 123 PI 0300310-8 8.11 126
PI 0204079-4 6.6 118 PI 0208560-7 6.6 118 PI 0211453-4 6.6 120 PI 0213593-0 6.6 121 PI 0215312-2 6.6 123 PI 0300314-0 8.11 126
PI 0204096-4 16.1 155 PI 0208678-6 6.6 119 PI 0211473-9 6.6 120 PI 0213593-0 15.11 149 PI 0215331-9 6.6 123 PI 0300318-3 8.11 126
PI 0204160-0 6.6 118 PI 0208755-3 6.6 119 PI 0211473-9 15.11 148 PI 0213628-7 8.11 135 PI 0215336-0 6.6 123 PI 0300320-5 8.11 126
PI 0204185-5 6.6 118 PI 0208784-7 6.6 119 PI 0211482-8 6.6 120 PI 0213633-3 6.6 121 PI 0215353-0 16.1 156 PI 0300325-6 8.11 126
PI 0204206-1 6.6 118 PI 0208803-7 8.11 135 PI 0211502-6 6.6 120 PI 0213653-8 6.6 121 PI 0215360-2 6.6 123 PI 0300327-2 8.11 126
PI 0204346-7 16.1 155 PI 0208823-1 6.6 119 PI 0211514-0 6.6 120 PI 0213653-8 15.11 149 PI 0215393-9 6.6 123 PI 0300341-8 8.11 126
PI 0204377-7 6.6 118 PI 0208824-0 6.6 119 PI 0211514-0 15.11 148 PI 0213660-0 6.6 121 PI 0215429-3 6.6 123 PI 0300348-5 8.11 126
PI 0204561-3 9.1 137 PI 0208956-4 6.6 119 PI 0211548-4 6.6 120 PI 0213661-9 6.6 121 PI 0215454-4 6.6 123 PI 0300349-3 8.11 126
PI 0204587-7 8.11 135 PI 0208956-4 15.11 148 PI 0211550-6 6.6 120 PI 0213678-3 6.6 121 PI 0215474-9 8.11 135 PI 0300350-7 8.11 126
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Índice Numérico Remissivo 27

PI 0300353-1 8.11 126 PI 0301137-2 8.11 129 PI 0301853-9 8.11 131 PI 0306259-7 8.11 133 PI 0308537-6 15.11 145 PI 0311331-0 6.6 112
PI 0300354-0 8.11 126 PI 0301138-0 8.11 129 PI 0301855-5 8.11 131 PI 0306261-9 8.11 133 PI 0308627-5 6.6 110 PI 0311339-6 6.6 112
PI 0300355-8 8.11 126 PI 0301145-3 8.11 129 PI 0301878-4 8.11 131 PI 0306262-7 8.11 133 PI 0308627-5 15.11 145 PI 0311365-5 6.6 112
PI 0300379-5 8.11 126 PI 0301164-0 8.11 129 PI 0301880-6 8.11 131 PI 0306264-3 8.11 133 PI 0308670-4 6.6 110 PI 0311384-1 6.6 112
PI 0300386-8 8.11 126 PI 0301165-8 8.11 129 PI 0301882-2 8.11 131 PI 0306267-8 8.11 133 PI 0308686-0 6.6 110 PI 0311385-0 6.6 112
PI 0300391-4 8.11 126 PI 0301167-4 8.11 129 PI 0301917-9 8.11 131 PI 0306270-8 8.11 133 PI 0308695-0 15.7 144 PI 0311386-8 6.6 112
PI 0300404-0 8.11 126 PI 0301168-2 8.11 129 PI 0301935-7 8.11 131 PI 0306277-5 8.11 133 PI 0308706-9 6.6 110 PI 0311410-4 6.6 112
PI 0300406-6 8.11 126 PI 0301175-5 8.11 129 PI 0301939-0 8.11 131 PI 0306294-5 8.11 133 PI 0308774-3 15.7 144 PI 0311419-8 6.6 112
PI 0300410-4 8.11 126 PI 0301186-0 8.11 129 PI 0301955-1 8.11 131 PI 0306297-0 8.11 133 PI 0308796-4 6.6 110 PI 0311461-9 6.6 112
PI 0300412-0 8.11 126 PI 0301195-0 6.1 107 PI 0301962-4 8.11 131 PI 0306309-7 6.6 109 PI 0308807-3 6.6 110 PI 0311494-5 6.6 112
PI 0300415-5 8.11 126 PI 0301197-6 8.11 129 PI 0301968-3 6.6 108 PI 0306329-1 8.11 133 PI 0308833-2 6.6 110 PI 0311494-5 15.11 146
PI 0300417-1 8.11 126 PI 0301200-0 8.11 129 PI 0302017-7 6.6 108 PI 0306333-0 8.11 133 PI 0308854-5 6.6 110 PI 0311511-9 6.6 112
PI 0300422-8 8.11 126 PI 0301201-8 8.11 129 PI 0302089-4 9.1 136 PI 0306345-3 8.11 133 PI 0308870-7 6.6 110 PI 0311536-4 6.1 107
PI 0300425-2 8.11 126 PI 0301223-9 8.11 129 PI 0302229-3 9.1 136 PI 0306354-2 8.11 133 PI 0308875-8 6.6 110 PI 0311541-0 6.6 112
PI 0300426-0 8.11 126 PI 0301236-0 8.11 129 PI 0302250-1 6.6 108 PI 0306373-9 8.11 133 PI 0308898-7 15.7 144 PI 0311541-0 15.11 146
PI 0300434-1 6.6 108 PI 0301241-7 8.11 129 PI 0302271-4 6.6 108 PI 0306400-0 8.11 133 PI 0308902-9 6.6 110 PI 0311556-9 6.6 112
PI 0300448-1 8.11 126 PI 0301269-7 8.11 129 PI 0302374-5 16.1 150 PI 0306408-5 8.11 133 PI 0308911-8 6.6 110 PI 0311609-3 6.6 112
PI 0300456-2 8.11 126 PI 0301275-1 8.11 129 PI 0302424-5 6.6 108 PI 0306410-7 8.11 133 PI 0308957-6 6.6 110 PI 0311609-3 15.11 146
PI 0300457-0 8.11 126 PI 0301276-0 8.11 129 PI 0302496-2 6.6 108 PI 0306423-9 8.11 133 PI 0308967-3 6.6 110 PI 0311637-9 6.6 112
PI 0300459-7 8.11 126 PI 0301281-6 6.6 108 PI 0302497-0 9.1 136 PI 0306424-7 8.11 133 PI 0308976-2 6.6 110 PI 0311637-9 15.11 146
PI 0300460-0 8.11 126 PI 0301286-7 8.11 129 PI 0302523-3 6.6 108 PI 0306440-9 8.11 133 PI 0308979-7 6.6 110 PI 0311648-4 6.6 112
PI 0300462-7 8.11 127 PI 0301299-9 8.11 129 PI 0302541-1 6.6 108 PI 0306443-3 8.11 133 PI 0309012-4 6.6 110 PI 0311659-0 6.6 112
PI 0300468-6 8.11 127 PI 0301311-1 8.11 129 PI 0302584-5 6.6 108 PI 0306458-1 8.11 133 PI 0309018-3 6.6 110 PI 0311674-3 6.6 112
PI 0300489-9 8.11 127 PI 0301314-6 8.11 129 PI 0302650-7 16.1 150 PI 0306460-3 8.11 133 PI 0309026-4 6.6 110 PI 0311674-3 15.11 146
PI 0300504-6 8.11 127 PI 0301324-3 8.11 129 PI 0302736-8 6.6 108 PI 0306462-0 8.11 133 PI 0309055-8 6.6 110 PI 0311707-3 6.6 112
PI 0300505-4 8.11 127 PI 0301326-0 8.11 129 PI 0302736-8 15.11 144 PI 0306488-3 8.11 133 PI 0309085-0 6.6 110 PI 0311714-6 6.6 112
PI 0300507-0 8.11 127 PI 0301327-8 8.11 129 PI 0302740-6 6.6 108 PI 0306500-6 8.11 133 PI 0309094-9 6.6 110 PI 0311759-6 6.6 112
PI 0300518-6 8.11 127 PI 0301340-5 8.11 129 PI 0302769-4 16.1 150 PI 0306512-0 8.11 133 PI 0309094-9 15.11 145 PI 0311760-0 6.6 112
PI 0300525-9 8.11 127 PI 0301347-2 8.11 129 PI 0302833-0 9.1 136 PI 0306544-8 8.11 133 PI 0309097-3 6.6 110 PI 0311761-8 6.6 112
PI 0300532-1 8.11 127 PI 0301348-0 8.11 129 PI 0303026-1 6.1 107 PI 0306559-6 6.6 109 PI 0309097-3 15.11 145 PI 0311771-5 6.6 112
PI 0300537-2 8.11 127 PI 0301360-0 8.11 129 PI 0303056-3 9.1 136 PI 0306569-3 8.11 133 PI 0309101-5 6.6 111 PI 0311780-4 6.6 112
PI 0300538-0 8.11 127 PI 0301363-4 8.11 129 PI 0303123-3 6.6 108 PI 0306595-2 8.11 133 PI 0309101-5 15.11 145 PI 0311786-3 6.6 112
PI 0300550-0 8.11 127 PI 0301377-4 8.11 129 PI 0303134-9 16.1 150 PI 0306596-0 8.11 133 PI 0309118-0 6.6 111 PI 0311786-3 15.11 146
PI 0300567-4 8.11 127 PI 0301378-2 8.11 129 PI 0303157-8 6.6 108 PI 0306603-7 8.11 133 PI 0309129-5 6.6 111 PI 0311790-1 7.1 123
PI 0300578-0 8.11 127 PI 0301383-9 8.11 129 PI 0303175-6 9.1 136 PI 0306616-9 9.2 138 PI 0309167-8 6.6 111 PI 0311821-5 6.6 112
PI 0300586-0 8.11 127 PI 0301384-7 8.11 129 PI 0303279-5 8.11 131 PI 0306625-8 6.6 109 PI 0309167-8 15.11 145 PI 0311828-2 6.6 112
PI 0300592-5 8.11 127 PI 0301385-5 8.11 129 PI 0303315-5 6.6 108 PI 0306669-0 16.1 151 PI 0309176-7 6.1 107 PI 0311867-3 6.6 112
PI 0300596-8 8.11 127 PI 0301389-8 8.11 129 PI 0303326-0 16.1 151 PI 0306707-6 6.6 109 PI 0309185-6 6.6 111 PI 0311867-3 15.11 146
PI 0300603-4 8.11 127 PI 0301392-8 8.11 129 PI 0303347-3 6.6 108 PI 0306774-2 6.6 109 PI 0309200-3 6.6 111 PI 0311884-3 6.6 112
PI 0300618-2 8.11 127 PI 0301406-1 8.11 129 PI 0303348-1 6.6 109 PI 0306843-9 6.6 109 PI 0309212-7 6.6 111 PI 0311970-0 6.6 112
PI 0300630-1 8.11 127 PI 0301422-3 8.11 129 PI 0303348-1 15.11 144 PI 0306855-2 6.6 109 PI 0309225-9 6.6 111 PI 0311976-9 6.6 112
PI 0300635-2 8.11 127 PI 0301423-1 8.11 129 PI 0303438-0 16.1 151 PI 0306858-7 6.6 109 PI 0309226-7 6.6 111 PI 0312001-5 15.11 146
PI 0300640-9 8.11 127 PI 0301434-7 8.11 129 PI 0303493-3 6.6 109 PI 0306861-7 6.6 109 PI 0309239-9 6.6 111 PI 0312002-3 6.6 112
PI 0300647-6 8.11 127 PI 0301435-5 8.11 130 PI 0303520-4 6.6 109 PI 0306869-2 6.6 109 PI 0309277-1 6.6 111 PI 0312007-4 6.6 112
PI 0300650-6 8.11 127 PI 0301441-0 8.11 130 PI 0303571-9 6.6 109 PI 0306870-6 6.6 109 PI 0309277-1 15.11 145 PI 0312007-4 15.11 146
PI 0300651-4 8.11 127 PI 0301442-8 8.11 130 PI 0303585-9 6.6 109 PI 0306874-9 6.6 109 PI 0309278-0 6.6 111 PI 0312018-0 7.1 123
PI 0300652-2 8.11 127 PI 0301443-6 8.11 130 PI 0303759-2 6.6 109 PI 0306880-3 6.6 109 PI 0309278-0 15.11 145 PI 0312020-1 6.6 112
PI 0300653-0 8.11 127 PI 0301448-7 8.11 130 PI 0303794-0 6.6 109 PI 0306880-3 15.11 145 PI 0309303-4 6.6 111 PI 0312045-7 7.1 123
PI 0300654-9 8.11 127 PI 0301449-5 8.11 130 PI 0303932-3 6.6 109 PI 0306907-9 6.6 109 PI 0309303-4 15.11 145 PI 0312071-6 15.11 146
PI 0300659-0 8.11 127 PI 0301452-5 8.11 130 PI 0303943-9 8.11 131 PI 0306919-2 6.6 109 PI 0309309-3 6.6 111 PI 0312098-8 7.1 123
PI 0300661-1 8.11 127 PI 0301454-1 8.11 130 PI 0303984-6 6.6 109 PI 0306923-0 6.6 109 PI 0309348-4 6.6 111 PI 0312113-5 7.1 123
PI 0300662-0 8.11 127 PI 0301455-0 8.11 130 PI 0303984-6 15.11 145 PI 0306944-3 6.6 109 PI 0309393-0 9.2 138 PI 0312128-3 6.6 112
PI 0300665-4 8.11 127 PI 0301460-6 8.11 130 PI 0304194-8 6.6 109 PI 0306960-5 6.6 109 PI 0309396-4 6.6 111 PI 0312174-7 6.6 112
PI 0300671-9 8.11 127 PI 0301464-9 8.11 130 PI 0304213-8 15.11 145 PI 0306980-0 6.6 109 PI 0309397-2 6.6 111 PI 0312175-5 6.6 112
PI 0300722-7 8.11 127 PI 0301465-7 8.11 130 PI 0304587-0 8.11 131 PI 0307013-1 6.6 109 PI 0309405-7 6.6 111 PI 0312176-3 6.6 112
PI 0300734-0 8.11 127 PI 0301475-4 8.11 130 PI 0304618-4 6.6 109 PI 0307017-4 6.6 109 PI 0309448-0 6.6 111 PI 0312289-1 6.6 112
PI 0300740-5 6.6 108 PI 0301476-2 8.11 130 PI 0304619-2 6.6 109 PI 0307018-2 6.6 109 PI 0309475-8 6.6 111 PI 0312322-7 15.11 146
PI 0300740-5 15.11 144 PI 0301489-4 8.11 130 PI 0304655-9 6.6 109 PI 0307021-2 6.6 109 PI 0309486-3 6.6 111 PI 0312377-4 6.6 112
PI 0300742-1 8.11 127 PI 0301491-6 8.11 130 PI 0304671-0 6.6 109 PI 0307039-5 6.6 109 PI 0309486-3 15.11 145 PI 0312378-2 15.11 146
PI 0300743-0 8.11 127 PI 0301495-9 8.11 130 PI 0304925-6 6.6 109 PI 0307041-7 6.6 109 PI 0309493-6 6.6 111 PI 0312399-5 6.6 112
PI 0300749-9 8.11 127 PI 0301506-8 8.11 130 PI 0305033-5 6.6 109 PI 0307050-6 6.6 109 PI 0309498-7 6.6 111 PI 0312408-8 15.11 146
PI 0300750-2 8.11 127 PI 0301507-6 8.11 130 PI 0305188-9 6.6 109 PI 0307050-6 15.11 145 PI 0309499-5 6.6 111 PI 0312414-2 15.11 146
PI 0300759-6 6.6 108 PI 0301510-6 8.11 130 PI 0305188-9 15.11 145 PI 0307056-5 6.6 109 PI 0309526-6 6.6 111 PI 0312419-3 6.6 112
PI 0300767-7 8.11 127 PI 0301514-9 8.11 130 PI 0305376-8 6.6 109 PI 0307072-7 6.6 109 PI 0309534-7 6.6 111 PI 0312511-4 6.6 112
PI 0300770-7 6.6 108 PI 0301521-1 8.11 130 PI 0305412-8 6.6 109 PI 0307072-7 15.11 145 PI 0309534-7 15.11 145 PI 0312669-2 6.6 112
PI 0300771-5 8.11 127 PI 0301522-0 8.11 130 PI 0305412-8 15.11 145 PI 0307096-4 7.1 123 PI 0309544-4 6.6 111 PI 0312675-7 6.6 112
PI 0300780-4 8.11 127 PI 0301525-4 8.11 130 PI 0305455-1 16.1 151 PI 0307123-5 6.6 109 PI 0309544-4 15.11 145 PI 0312696-0 6.6 112
PI 0300782-0 8.11 127 PI 0301534-3 8.11 130 PI 0305500-0 6.6 109 PI 0307178-2 6.6 109 PI 0309546-0 6.6 111 PI 0312719-2 6.6 112
PI 0300786-3 8.11 127 PI 0301541-6 8.11 130 PI 0305559-0 6.6 109 PI 0307193-6 6.6 109 PI 0309562-2 6.6 111 PI 0312738-9 6.6 113
PI 0300792-8 8.11 127 PI 0301546-7 8.11 130 PI 0305592-2 8.11 131 PI 0307196-0 6.6 109 PI 0309568-1 6.6 111 PI 0312746-0 7.1 123
PI 0300793-6 8.11 128 PI 0301552-1 8.11 130 PI 0305602-3 8.11 132 PI 0307199-5 6.6 109 PI 0309579-7 6.6 111 PI 0312805-9 6.6 113
PI 0300812-6 8.11 128 PI 0301556-4 8.11 130 PI 0305626-0 8.11 132 PI 0307234-7 6.1 107 PI 0309579-7 15.11 146 PI 0312814-8 6.6 113
PI 0300814-2 8.11 128 PI 0301565-3 8.11 130 PI 0305628-7 8.11 132 PI 0307236-3 6.6 109 PI 0309668-8 6.6 111 PI 0312821-0 6.6 113
PI 0300815-0 6.6 108 PI 0301568-8 8.11 130 PI 0305634-1 8.11 132 PI 0307293-2 6.6 109 PI 0309690-4 6.6 111 PI 0312840-7 15.11 146
PI 0300818-5 8.11 128 PI 0301570-0 8.11 130 PI 0305644-9 8.11 132 PI 0307299-1 15.11 145 PI 0309711-0 6.6 111 PI 0312852-0 6.6 113
PI 0300825-8 8.11 128 PI 0301581-5 8.11 130 PI 0305648-1 8.11 132 PI 0307303-3 15.11 145 PI 0309712-9 6.6 111 PI 0312854-7 6.6 113
PI 0300826-6 6.6 108 PI 0301582-3 8.11 130 PI 0305665-1 8.11 132 PI 0307319-0 6.6 110 PI 0309712-9 15.11 146 PI 0312884-9 6.6 113
PI 0300836-3 8.11 128 PI 0301590-4 8.11 130 PI 0305667-8 6.6 109 PI 0307351-3 6.6 110 PI 0309753-6 6.6 111 PI 0312922-5 6.6 113
PI 0300837-1 8.11 128 PI 0301599-8 8.11 130 PI 0305667-8 15.11 145 PI 0307429-3 15.11 145 PI 0309753-6 15.11 146 PI 0312934-9 6.6 113
PI 0300841-0 8.11 128 PI 0301601-3 8.11 130 PI 0305669-4 8.11 132 PI 0307540-0 6.6 110 PI 0309768-4 6.6 111 PI 0312934-9 15.11 146
PI 0300846-0 6.6 108 PI 0301602-1 8.11 130 PI 0305672-4 8.11 132 PI 0307552-4 15.7 143 PI 0309769-2 6.6 111 PI 0312967-5 6.6 113
PI 0300848-7 8.11 128 PI 0301605-6 8.11 130 PI 0305677-5 8.11 132 PI 0307666-0 6.6 110 PI 0309775-7 6.6 111 PI 0312975-6 6.6 113
PI 0300851-7 8.11 128 PI 0301607-2 8.11 130 PI 0305681-3 8.11 132 PI 0307683-0 7.1 123 PI 0309837-0 6.6 111 PI 0312999-3 6.6 113
PI 0300852-5 8.11 128 PI 0301609-9 8.11 130 PI 0305682-1 8.11 132 PI 0307719-5 6.1 107 PI 0309837-0 15.11 146 PI 0313000-2 6.6 113
PI 0300853-3 8.11 128 PI 0301620-0 8.11 130 PI 0305690-2 6.6 109 PI 0307723-3 6.6 110 PI 0309840-0 6.6 111 PI 0313076-2 15.11 146
PI 0300858-4 8.11 128 PI 0301632-3 8.11 130 PI 0305713-5 8.11 132 PI 0307740-3 6.6 110 PI 0309855-9 6.6 111 PI 0313091-6 6.6 113
PI 0300864-9 8.11 128 PI 0301633-1 8.11 130 PI 0305715-1 8.11 132 PI 0307777-2 6.6 110 PI 0309871-0 6.6 111 PI 0313091-6 15.11 146
PI 0300871-1 8.11 128 PI 0301645-5 8.11 130 PI 0305716-0 8.11 132 PI 0307777-2 15.11 145 PI 0309872-9 6.6 111 PI 0313092-4 6.6 113
PI 0300873-8 8.11 128 PI 0301647-1 8.11 131 PI 0305717-8 6.6 109 PI 0307780-2 6.6 110 PI 0309875-3 6.6 111 PI 0313092-4 15.11 146
PI 0300882-7 8.11 128 PI 0301657-9 6.6 108 PI 0305724-0 8.11 132 PI 0307787-0 6.6 110 PI 0309875-3 15.11 146 PI 0313153-0 6.6 113
PI 0300889-4 8.11 128 PI 0301671-4 8.11 131 PI 0305961-8 8.11 132 PI 0307801-9 6.6 110 PI 0309965-2 6.6 111 PI 0313199-8 6.6 113
PI 0300893-2 8.11 128 PI 0301676-5 8.11 131 PI 0305971-5 8.11 132 PI 0307802-7 6.6 110 PI 0309972-5 6.6 111 PI 0313215-3 6.6 113
PI 0300907-6 8.11 128 PI 0301693-5 8.11 131 PI 0305977-4 8.11 132 PI 0307816-7 6.6 110 PI 0309990-3 6.6 111 PI 0313215-3 15.11 146
PI 0300908-4 8.11 128 PI 0301719-2 8.11 131 PI 0305992-8 8.11 132 PI 0307820-5 6.6 110 PI 0309990-3 15.11 146 PI 0313220-0 6.6 113
PI 0300910-6 8.11 128 PI 0301727-3 8.11 131 PI 0306013-6 8.11 132 PI 0307864-7 6.6 110 PI 0310021-9 6.6 111 PI 0313296-0 7.1 123
PI 0300915-7 8.11 128 PI 0301728-1 8.11 131 PI 0306033-0 8.11 132 PI 0307877-9 6.6 110 PI 0310026-0 6.6 111 PI 0313433-4 7.1 123
PI 0300924-6 8.11 128 PI 0301731-1 6.6 108 PI 0306052-7 8.11 132 PI 0307951-1 6.6 110 PI 0310047-2 6.6 111 PI 0313451-2 6.6 113
PI 0300928-9 8.11 128 PI 0301739-7 8.11 131 PI 0306068-3 8.11 132 PI 0307960-0 6.6 110 PI 0310055-3 6.6 111 PI 0313451-2 15.11 146
PI 0300942-4 8.11 128 PI 0301740-0 8.11 131 PI 0306073-0 8.11 132 PI 0307970-8 6.6 110 PI 0310081-2 6.6 111 PI 0313562-4 15.11 146
PI 0300944-0 8.11 128 PI 0301741-9 8.11 131 PI 0306084-5 8.11 132 PI 0307974-0 6.6 110 PI 0310083-9 6.6 111 PI 0313635-3 6.6 113
PI 0300950-5 8.11 128 PI 0301742-7 8.11 131 PI 0306088-8 8.11 132 PI 0308023-4 6.6 110 PI 0310092-8 6.6 111 PI 0313695-7 6.6 113
PI 0300956-4 8.11 128 PI 0301747-8 8.11 131 PI 0306090-0 8.11 132 PI 0308034-0 6.6 110 PI 0310094-4 6.6 111 PI 0313695-7 15.11 146
PI 0300957-2 8.11 128 PI 0301760-5 8.11 131 PI 0306096-9 8.11 132 PI 0308038-2 6.6 110 PI 0311126-1 6.6 111 PI 0313723-6 6.6 113
PI 0300963-7 8.11 128 PI 0301762-1 8.11 131 PI 0306106-0 8.11 132 PI 0308117-6 6.6 110 PI 0311132-6 6.6 111 PI 0313723-6 15.11 146
PI 0300971-8 8.11 128 PI 0301763-0 8.11 131 PI 0306111-6 8.11 132 PI 0308135-4 6.6 110 PI 0311136-9 6.6 111 PI 0313846-1 15.11 146
PI 0300984-0 8.11 128 PI 0301768-0 8.11 131 PI 0306112-4 8.11 132 PI 0308154-0 6.6 110 PI 0311137-7 6.6 111 PI 0313862-3 16.1 151
PI 0300987-4 8.11 128 PI 0301770-2 8.11 131 PI 0306128-0 8.11 132 PI 0308176-1 6.6 110 PI 0311154-7 6.6 112 PI 0313880-1 15.11 146
PI 0300991-2 8.11 128 PI 0301771-0 8.11 131 PI 0306129-9 8.11 132 PI 0308208-3 6.6 110 PI 0311173-3 6.6 112 PI 0313907-7 7.1 124
PI 0301007-4 8.11 128 PI 0301772-9 8.11 131 PI 0306147-7 8.11 132 PI 0308208-3 15.11 145 PI 0311176-8 6.6 112 PI 0314085-7 7.1 124
PI 0301008-2 8.11 128 PI 0301779-6 8.11 131 PI 0306150-7 6.6 109 PI 0308274-1 6.6 110 PI 0311176-8 15.11 146 PI 0314129-2 6.6 113
PI 0301010-4 8.11 128 PI 0301781-8 8.11 131 PI 0306153-1 8.11 132 PI 0308274-1 15.11 145 PI 0311177-6 6.6 112 PI 0314192-6 6.6 113
PI 0301022-8 8.11 128 PI 0301810-5 8.11 131 PI 0306161-2 8.11 132 PI 0308275-0 6.6 110 PI 0311177-6 15.11 146 PI 0314486-0 6.6 113
PI 0301023-6 6.6 108 PI 0301811-3 8.11 131 PI 0306175-2 8.11 132 PI 0308275-0 15.11 145 PI 0311181-4 6.6 112 PI 0314486-0 15.11 146
PI 0301033-3 8.11 128 PI 0301815-6 8.11 131 PI 0306176-0 8.11 132 PI 0308305-5 6.6 110 PI 0311189-0 6.6 112 PI 0314514-0 6.6 113
PI 0301051-1 8.11 128 PI 0301817-2 8.11 131 PI 0306198-1 8.11 132 PI 0308305-5 15.11 145 PI 0311221-7 6.6 112 PI 0314515-8 6.6 113
PI 0301067-8 8.11 128 PI 0301827-0 8.11 131 PI 0306199-0 8.11 132 PI 0308339-0 6.6 110 PI 0311221-7 15.11 146 PI 0314515-8 15.11 147
PI 0301075-9 8.11 128 PI 0301828-8 8.11 131 PI 0306218-0 8.11 132 PI 0308347-0 6.6 110 PI 0311246-2 6.6 112 PI 0314539-5 6.6 113
PI 0301076-7 8.11 128 PI 0301836-9 8.11 131 PI 0306221-0 8.11 132 PI 0308348-9 6.6 110 PI 0311248-9 6.6 112 PI 0314540-9 6.6 113
PI 0301086-4 8.11 129 PI 0301837-7 8.11 131 PI 0306222-8 8.11 133 PI 0308348-9 15.11 145 PI 0311267-5 6.6 112 PI 0314541-7 6.6 113
PI 0301091-0 8.11 129 PI 0301843-1 8.11 131 PI 0306234-1 8.11 133 PI 0308377-2 6.6 110 PI 0311318-3 6.6 112 PI 0314542-5 6.6 113
PI 0301098-8 8.11 129 PI 0301844-0 8.11 131 PI 0306237-6 8.11 133 PI 0308412-4 6.6 110 PI 0311326-4 6.6 112 PI 0314555-7 6.6 113
PI 0301120-8 8.11 129 PI 0301850-4 8.11 131 PI 0306248-1 8.11 133 PI 0308461-2 6.6 110 PI 0311329-9 6.6 112 PI 0314617-0 6.6 113
PI 0301127-5 8.11 129 PI 0301851-2 8.11 131 PI 0306252-0 8.11 133 PI 0308537-6 6.6 110 PI 0311329-9 15.11 146 PI 0314617-0 15.11 147
28 DIRPA - Índice Numérico Remissivo RPI 2096 de 09/03/2011

PI 0314647-2 6.6 113 PI 0317897-8 6.1 107 PI 0415232-8 6.6 116 PI 0614041-6 1.3 32 PI 0901924-3 3.1 74 PI 1002248-1 2.1 106
PI 0314710-0 6.6 113 PI 0318376-9 9.1 136 PI 0415273-5 6.6 116 PI 0614042-4 1.3 32 PI 0901925-1 3.1 74 PI 1002249-0 2.1 106
PI 0314710-0 15.11 147 PI 0318666-0 7.1 124 PI 0415374-0 6.6 116 PI 0614043-2 1.3 32 PI 0901927-8 3.1 75 PI 1002250-3 2.1 106
PI 0314713-4 6.6 113 PI 0318668-7 6.1 107 PI 0415697-8 25.13 162 PI 0614044-0 1.3 33 PI 0901986-3 3.1 75 PI 1002251-1 2.1 106
PI 0314838-6 6.6 113 PI 0318827-2 2.4 106 PI 0415833-4 6.6 116 PI 0614045-9 1.3 33 PI 0901987-1 3.1 75 PI 1002252-0 2.1 106
PI 0314944-7 6.6 113 PI 0400582-1 6.6 115 PI 0415893-8 6.6 116 PI 0614046-7 1.3 33 PI 0902028-4 3.1 76 PI 1002253-8 2.1 106
PI 0315221-9 15.11 147 PI 0401375-1 6.1 107 PI 0415903-9 7.1 124 PI 0614048-3 1.3 33 PI 0902079-9 3.1 76 PI 1002254-6 2.1 106
PI 0315247-2 15.11 147 PI 0401375-1 25.4 160 PI 0415953-5 6.6 116 PI 0614049-1 1.3 33 PI 0902090-0 3.1 76 PI 1002255-4 2.1 106
PI 0315255-3 16.1 151 PI 0402295-5 15.7 144 PI 0415993-4 6.1 107 PI 0614050-5 1.3 33 PI 0902091-8 3.1 76 PI 1002256-2 2.1 106
PI 0315281-2 7.1 124 PI 0403285-3 6.1 107 PI 0416006-1 6.6 116 PI 0614052-1 1.3 34 PI 0902095-0 3.1 77 PI 1002257-0 2.1 106
PI 0315302-9 6.6 113 PI 0403921-1 6.1 107 PI 0416030-4 6.6 116 PI 0614053-0 1.3 34 PI 0902097-7 3.1 77 PI 1002258-9 2.1 106
PI 0315365-7 6.6 113 PI 0404050-3 6.6 115 PI 0416127-0 6.1 107 PI 0614054-8 1.3 34 PI 0902102-7 3.1 77 PI 1002259-7 2.1 106
PI 0315470-0 6.1 107 PI 0404273-5 15.7 144 PI 0416136-0 6.6 116 PI 0614055-6 1.3 34 PI 0902121-3 3.1 77 PI 1002260-0 2.1 106
PI 0315516-1 6.6 113 PI 0404629-3 15.7 144 PI 0416212-9 6.6 116 PI 0614056-4 1.3 34 PI 0902137-0 3.1 77 PI 1002261-9 2.1 106
PI 0315705-9 15.11 147 PI 0404639-0 15.24 150 PI 0416224-2 6.1 107 PI 0614058-0 1.3 34 PI 0902148-5 3.1 78 PI 1002262-7 2.1 106
PI 0315720-2 6.6 113 PI 0404676-5 6.1 107 PI 0416225-0 7.1 124 PI 0614059-9 1.3 35 PI 0902149-3 3.1 78 PI 1002263-5 2.1 106
PI 0315742-3 16.1 151 PI 0405083-5 16.1 151 PI 0416268-4 6.6 116 PI 0614062-9 1.3 35 PI 0902156-6 3.1 78 PI 1002264-3 2.1 106
PI 0315959-0 6.6 113 PI 0405423-7 16.1 151 PI 0416276-5 6.6 116 PI 0614063-7 1.3 35 PI 0902172-8 3.1 79 PI 1002265-1 2.1 106
PI 0315993-0 6.1 107 PI 0406647-2 6.6 115 PI 0416285-4 6.6 116 PI 0614064-5 1.3 35 PI 0902207-4 3.1 79 PI 1002266-0 2.1 106
PI 0316305-9 6.6 113 PI 0406702-9 6.6 115 PI 0416319-2 6.6 116 PI 0614065-3 1.3 36 PI 0902215-5 3.1 79 PI 1002267-8 2.1 106
PI 0316307-5 6.6 113 PI 0406747-9 6.6 115 PI 0416369-9 25.4 160 PI 0614066-1 1.3 36 PI 0902229-5 3.1 79 PI 1002268-6 2.1 106
PI 0316364-4 6.6 113 PI 0406774-6 6.6 115 PI 0416586-1 7.1 124 PI 0614069-6 1.3 36 PI 0902242-2 3.1 80 PI 1002269-4 2.1 106
PI 0316379-2 16.1 151 PI 0406875-0 6.6 115 PI 0416842-9 6.6 116 PI 0614075-0 1.3 36 PI 0902244-9 3.1 80 PI 1002270-8 2.1 106
PI 0316439-0 6.6 113 PI 0406884-0 6.6 115 PI 0416853-4 6.6 116 PI 0614076-9 1.3 37 PI 0902252-0 3.1 80 PI 1002271-6 2.1 106
PI 0316441-1 6.6 113 PI 0406955-2 6.6 115 PI 0416873-9 6.6 116 PI 0614077-7 1.3 37 PI 0902259-7 3.1 80 PI 1002272-4 2.1 106
PI 0316464-0 6.6 113 PI 0407012-7 6.6 115 PI 0417267-1 6.6 116 PI 0614078-5 1.3 37 PI 0902268-6 3.1 80 PI 1002273-2 2.1 106
PI 0316464-0 15.11 147 PI 0407097-6 6.6 115 PI 0417275-2 1.3.2 104 PI 0614079-3 1.3 37 PI 0902270-8 3.1 81 PI 1002274-0 2.1 106
PI 0316470-5 6.6 113 PI 0407216-2 6.6 115 PI 0417323-6 6.6 116 PI 0614081-5 1.3 37 PI 0902272-4 3.1 81 PI 1002275-9 2.1 106
PI 0316470-5 15.11 147 PI 0407253-7 6.6 115 PI 0417354-6 6.6 116 PI 0614082-3 1.3 37 PI 0902274-0 3.1 81 PI 1002276-7 2.1 106
PI 0316475-6 6.6 113 PI 0407327-4 6.6 115 PI 0417376-7 6.6 116 PI 0614083-1 1.3 38 PI 0902278-3 3.1 81 PI 1002277-5 2.1 106
PI 0316483-7 6.6 113 PI 0407400-9 6.6 115 PI 0417626-0 6.6 116 PI 0614084-0 1.3 38 PI 0902280-5 3.1 82 PI 1002278-3 2.1 106
PI 0316487-0 6.6 113 PI 0407479-3 6.6 115 PI 0417668-5 6.6 116 PI 0614086-6 1.3 38 PI 0902281-3 3.1 82 PI 1002279-1 2.1 106
PI 0316502-7 6.6 113 PI 0407543-9 6.6 115 PI 0417749-5 6.6 116 PI 0614087-4 1.3 38 PI 0902285-6 3.1 82 PI 1002280-5 2.1 106
PI 0316506-0 6.6 113 PI 0407577-3 15.11 147 PI 0417808-4 6.6 116 PI 0614088-2 1.3 38 PI 0902286-4 3.1 82 PI 1002281-3 2.1 106
PI 0316506-0 15.11 147 PI 0407662-1 6.6 115 PI 0417844-0 6.6 117 PI 0614089-0 1.3 39 PI 0902288-0 3.1 83 PI 1002282-1 2.1 106
PI 0316508-6 6.6 113 PI 0407708-3 15.11 147 PI 0417858-0 6.6 117 PI 0614090-4 1.3 39 PI 0902289-9 3.1 83 PI 1002283-0 2.1 106
PI 0316521-3 6.6 113 PI 0407747-4 6.6 115 PI 0417910-2 6.6 117 PI 0614091-2 1.3 39 PI 0902293-7 3.1 83 PI 1002284-8 2.1 106
PI 0316529-9 6.6 113 PI 0407811-0 15.11 147 PI 0418034-8 25.4 160 PI 0614092-0 1.3 39 PI 0902294-5 3.1 83 PI 1002285-6 2.1 106
PI 0316533-7 6.6 114 PI 0407832-2 6.6 115 PI 0418245-6 6.6 117 PI 0614093-9 1.3 39 PI 0902295-3 3.1 84 PI 1002286-4 2.1 106
PI 0316533-7 15.11 147 PI 0408047-5 6.6 115 PI 0418248-0 25.4 160 PI 0614094-7 1.3 40 PI 0902297-0 3.1 84 PI 1002287-2 2.1 106
PI 0316534-5 6.6 114 PI 0408186-2 6.6 115 PI 0418407-6 6.6 117 PI 0614095-5 1.3 40 PI 0902303-8 3.1 84 PI 1002288-0 2.1 106
PI 0316534-5 15.11 147 PI 0408220-6 15.11 147 PI 0418474-2 6.6 117 PI 0614096-3 1.3 40 PI 0902304-6 3.1 84 PI 1002289-9 2.1 106
PI 0316539-6 6.6 114 PI 0408226-5 6.6 115 PI 0418582-0 6.6 117 PI 0614097-1 1.3 40 PI 0902305-4 3.1 85 PI 1002290-2 2.1 106
PI 0316539-6 15.11 147 PI 0408228-1 6.6 115 PI 0418973-6 6.6 117 PI 0614098-0 1.3 41 PI 0902306-2 3.1 85 PI 1002291-0 2.1 106
PI 0316554-0 6.6 114 PI 0408240-0 6.6 115 PI 0419273-7 1.3.1 101 PI 0614099-8 1.3 41 PI 0902307-0 3.1 85 PI 1002292-9 2.1 106
PI 0316554-0 15.11 147 PI 0408407-1 6.6 115 PI 0503331-4 25.1 159 PI 0614100-5 1.3 41 PI 0902308-9 3.1 85 PI 1002293-7 2.1 106
PI 0316556-6 6.6 114 PI 0408591-4 6.6 115 PI 0503450-7 15.24 149 PI 0614101-3 1.3 41 PI 0902309-7 3.1 86 PI 1002294-5 2.1 106
PI 0316583-3 6.6 114 PI 0408601-5 15.11 147 PI 0504986-5 8.10 124 PI 0614112-9 1.3 42 PI 0902310-0 3.1 86 PI 1002295-3 2.1 106
PI 0316584-1 6.6 114 PI 0409042-0 6.6 115 PI 0505424-9 15.24 150 PI 0614114-5 1.3 42 PI 0902311-9 3.1 86 PI 1002296-1 2.1 106
PI 0316586-8 6.6 114 PI 0409170-1 6.6 115 PI 0505428-1 15.24 150 PI 0614115-3 1.3 42 PI 0902312-7 3.1 86 PI 1002297-0 2.1 106
PI 0316606-6 6.6 114 PI 0409245-7 7.1 124 PI 0505555-5 8.8 124 PI 0614116-1 1.3 42 PI 0902313-5 3.1 87 PI 1002298-8 2.1 106
PI 0316629-5 6.6 114 PI 0409293-7 6.6 115 PI 0505564-4 8.8 124 PI 0614117-0 1.3 42 PI 0902315-1 3.1 87 PI 1002299-6 2.1 106
PI 0316638-4 6.6 114 PI 0409402-6 6.6 115 PI 0505848-1 8.8 124 PI 0614118-8 1.3 43 PI 0902320-8 3.1 87 PI 1002300-3 2.1 106
PI 0316645-7 6.6 114 PI 0409588-0 15.11 147 PI 0506312-4 8.8 124 PI 0614119-6 1.3 43 PI 0902323-2 3.1 87 PI 1002301-1 2.1 106
PI 0316666-0 6.6 114 PI 0409642-8 7.1 124 PI 0506579-8 25.13 162 PI 0614120-0 1.3 43 PI 0902324-0 3.1 87 PI 1002302-0 2.1 106
PI 0316702-0 6.6 114 PI 0409733-5 6.6 115 PI 0508877-1 25.13 162 PI 0614121-8 1.3 43 PI 0902330-5 3.1 88 PI 1002303-8 2.1 106
PI 0316702-0 15.11 147 PI 0409770-0 25.13 162 PI 0508901-8 25.13 162 PI 0614122-6 1.3 44 PI 0902331-3 3.1 88 PI 1002304-6 2.1 106
PI 0316723-2 6.6 114 PI 0409787-4 6.6 115 PI 0511913-8 1.3.1 101 PI 0614123-4 1.3 44 PI 0902332-1 3.1 88 PI 1002362-3 2.1 106
PI 0316724-0 6.6 114 PI 0409986-9 6.6 115 PI 0514092-7 1.3.1 101 PI 0614124-2 1.3 44 PI 0902333-0 3.1 89 PI 1002363-1 2.1 106
PI 0316732-1 6.6 114 PI 0409991-5 6.6 115 PI 0514387-0 1.3.1 101 PI 0614127-7 1.3 44 PI 0902334-8 3.1 89 PI 1002364-0 2.1 106
PI 0316747-0 6.6 114 PI 0410154-5 6.6 115 PI 0514667-4 1.3.1 102 PI 0614128-5 1.3 45 PI 0902335-6 3.1 89 PI 1002365-8 2.1 106
PI 0316753-4 6.6 114 PI 0410157-0 6.6 115 PI 0515467-7 1.3.1 102 PI 0614129-3 1.3 45 PI 0902336-4 3.1 89 PI 8300093-3 15.7 144
PI 0316754-2 6.6 114 PI 0410235-5 6.6 115 PI 0515553-3 1.3.1 102 PI 0614130-7 1.3 45 PI 0902339-9 3.1 90 PI 8907413-0 25.1 159
PI 0316755-0 6.6 114 PI 0410315-7 6.6 115 PI 0515751-0 1.3.1 102 PI 0614131-5 1.3 45 PI 0902340-2 3.1 90 PI 9005504-7 25.1 159
PI 0316763-1 6.6 114 PI 0410316-5 6.6 115 PI 0515898-2 1.3.1 102 PI 0614132-3 1.3 46 PI 0902352-6 3.1 90 PI 9201258-2 24.3 157
PI 0316770-4 6.6 114 PI 0410440-4 6.6 115 PI 0515954-7 11.14 143 PI 0614134-0 1.3 46 PI 0902353-4 3.1 90 PI 9201265-5 24.3 157
PI 0316771-2 6.6 114 PI 0410647-4 6.6 115 PI 0516015-4 1.3.1 102 PI 0614135-8 1.3 46 PI 0902358-5 3.1 91 PI 9201266-3 24.3 157
PI 0316771-2 15.11 147 PI 0410711-0 6.6 115 PI 0516025-1 1.3.1 102 PI 0614139-0 1.3 46 PI 0902360-7 3.1 91 PI 9201279-5 24.3 157
PI 0316785-2 6.6 114 PI 0410808-6 6.6 115 PI 0516065-0 1.3.1 102 PI 0614146-3 1.3 46 PI 0902363-1 3.1 91 PI 9201282-5 24.3 157
PI 0316785-2 15.11 147 PI 0410878-7 6.6 115 PI 0516083-9 1.3.1 102 PI 0614147-1 1.3 47 PI 0902365-8 3.1 91 PI 9201304-0 24.3 157
PI 0316877-8 6.6 114 PI 0410917-1 25.4 160 PI 0516135-5 1.3.1 103 PI 0614148-0 1.3 47 PI 0902366-6 3.1 92 PI 9201311-2 24.3 157
PI 0316879-4 6.6 114 PI 0411050-1 6.6 115 PI 0516153-3 1.3.1 103 PI 0617155-9 11.6. 143 PI 0902370-4 3.1 92 PI 9201316-3 24.3 157
PI 0316895-6 6.6 114 PI 0411095-1 6.6 115 PI 0516227-0 1.3.1 103 PI 0619124-0 11.6. 143 PI 0902374-7 3.1 92 PI 9201319-8 24.3 157
PI 0316902-2 6.6 114 PI 0411226-1 6.6 115 PI 0516514-8 1.3.1 103 PI 0620000-1 6.7 123 PI 0902376-3 3.1 92 PI 9201320-1 24.3 157
PI 0316908-1 6.6 114 PI 0411285-7 6.6 115 PI 0516540-7 1.3.1 103 PI 0622279-0 11.6. 143 PI 0902382-8 3.1 93 PI 9201321-0 24.3 157
PI 0316908-1 15.11 147 PI 0411358-6 6.6 115 PI 0516542-3 1.3.1 103 PI 0700325-0 15.24 150 PI 0902384-4 3.1 93 PI 9201324-4 24.3 157
PI 0316916-2 6.6 114 PI 0411608-9 6.6 115 PI 0516559-8 1.3.1 103 PI 0701096-6 15.24 150 PI 0902385-2 3.1 93 PI 9201346-5 24.3 157
PI 0316947-2 6.6 114 PI 0411826-0 6.6 115 PI 0516560-1 1.3.1 103 PI 0701249-7 15.24 149 PI 0902388-7 3.1 93 PI 9201351-1 24.3 157
PI 0316947-2 15.11 147 PI 0411851-0 7.1 124 PI 0516830-9 1.3.1 104 PI 0701561-5 3.8 107 PI 0902389-5 3.1 94 PI 9201356-2 24.3 157
PI 0316950-2 6.6 114 PI 0411897-9 6.6 115 PI 0517065-6 25.4 160 PI 0701671-9 25.13 162 PI 0902391-7 3.1 94 PI 9201358-9 24.3 157
PI 0316950-2 15.11 147 PI 0411901-0 6.6 115 PI 0517283-7 15.7 144 PI 0705080-1 25.3 160 PI 0902394-1 3.1 94 PI 9201359-7 24.3 157
PI 0316962-6 6.6 114 PI 0412158-9 6.6 115 PI 0517370-1 1.3.1 104 PI 0706712-7 6.7 123 PI 0902396-8 3.1 94 PI 9201360-0 24.3 157
PI 0316968-5 6.6 114 PI 0412248-8 6.6 116 PI 0518234-4 1.3.1 104 PI 0706797-6 6.7 123 PI 0902398-4 3.1 94 PI 9201374-0 24.3 157
PI 0316977-4 6.6 114 PI 0412438-3 6.6 116 PI 0518301-4 1.3.1 104 PI 0706871-9 11.6. 143 PI 0902403-4 3.1 95 PI 9201375-9 24.3 157
PI 0316996-0 6.6 114 PI 0412577-0 6.6 116 PI 0518837-7 1.3.1 104 PI 0706993-6 6.7 123 PI 0902404-2 3.1 95 PI 9201377-5 24.3 157
PI 0317064-0 6.6 114 PI 0412596-7 6.6 116 PI 0519017-7 1.3.1 104 PI 0711205-0 1.3 47 PI 0902406-9 3.1 95 PI 9201417-8 24.3 157
PI 0317067-5 6.6 114 PI 0412712-9 6.6 116 PI 0519221-8 1.3.1 104 PI 0711209-2 1.3 47 PI 0902408-5 3.1 95 PI 9201572-7 24.3 157
PI 0317086-1 6.6 114 PI 0412808-7 6.6 116 PI 0519806-2 1.2 101 PI 0721440-5 1.2 101 PI 0902409-3 3.1 95 PI 9201573-5 24.3 157
PI 0317095-0 6.6 114 PI 0412826-5 6.6 116 PI 0520887-4 11.12 143 PI 0721582-7 1.2 101 PI 0902410-7 3.1 96 PI 9201676-6 24.3 157
PI 0317096-9 6.6 114 PI 0412893-1 6.6 116 PI 0600791-0 4.3 107 PI 0800710-1 15.24 150 PI 0902412-3 3.1 96 PI 9201679-0 24.3 157
PI 0317102-7 6.6 114 PI 0412928-8 6.6 116 PI 0601407-0 25.13 162 PI 0801059-5 15.24 150 PI 0902413-1 3.1 96 PI 9201680-4 24.3 157
PI 0317104-3 6.6 114 PI 0413054-5 6.6 116 PI 0602210-3 15.24 149 PI 0802423-5 25.13 162 PI 0902414-0 3.1 96 PI 9201689-8 24.3 157
PI 0317113-2 6.6 114 PI 0413072-3 6.6 116 PI 0603861-1 4.3 107 PI 0802437-5 25.13 162 PI 0902415-8 3.1 97 PI 9201694-4 24.3 157
PI 0317134-5 6.6 114 PI 0413536-9 6.6 116 PI 0604020-9 15.24 149 PI 0803641-1 25.13 162 PI 0903330-0 3.1 97 PI 9201697-9 24.3 157
PI 0317139-6 6.6 114 PI 0413540-7 6.6 116 PI 0604026-8 4.3 107 PI 0803861-9 25.13 162 PI 0904213-0 3.1 97 PI 9201698-7 24.3 157
PI 0317217-1 6.6 114 PI 0413584-9 6.6 116 PI 0604204-0 15.24 150 PI 0804266-7 25.13 162 PI 0904214-8 3.1 97 PI 9201717-7 24.3 157
PI 0317226-0 1.3.1 101 PI 0413595-4 6.6 116 PI 0604512-0 25.13 162 PI 0804387-6 15.24 150 PI 0904218-0 3.1 97 PI 9201719-3 24.3 157
PI 0317259-7 6.6 114 PI 0413791-4 6.6 116 PI 0604929-0 4.3 107 PI 0804628-0 25.13 162 PI 0912033-5 2.1 105 PI 9201723-1 24.3 158
PI 0317259-7 15.11 147 PI 0413860-0 6.6 116 PI 0605158-8 4.3 107 PI 0804757-0 15.24 150 PI 0912034-3 2.1 105 PI 9201742-8 24.3 158
PI 0317268-6 6.6 114 PI 0413908-9 6.6 116 PI 0605235-5 4.3 107 PI 0804758-8 15.24 150 PI 1000401-7 3.2 98 PI 9201746-0 24.3 158
PI 0317282-1 6.6 114 PI 0413922-4 6.6 116 PI 0605658-0 11.14 143 PI 0804876-2 15.24 150 PI 1000600-1 3.2 98 PI 9201747-9 24.3 158
PI 0317290-2 6.6 114 PI 0413934-8 6.6 116 PI 0605684-9 4.3 107 PI 0805002-3 15.24 150 PI 1001140-4 3.2 99 PI 9201750-9 24.3 158
PI 0317294-5 6.6 114 PI 0413968-2 6.6 116 PI 0605975-9 6.6 117 PI 0805032-5 3.8 107 PI 1002232-5 2.1 105 PI 9201764-9 24.3 158
PI 0317303-8 6.6 114 PI 0414112-1 6.6 116 PI 0606435-3 11.14 143 PI 0805122-4 3.1 73 PI 1002233-3 2.1 105 PI 9201768-1 24.3 158
PI 0317313-5 6.6 114 PI 0414130-0 6.6 116 PI 0610017-1 25.13 162 PI 0805337-5 25.13 162 PI 1002234-1 2.1 105 PI 9201777-0 24.3 158
PI 0317330-5 6.6 114 PI 0414209-8 6.6 116 PI 0610556-4 25.4 160 PI 0806129-7 15.24 150 PI 1002235-0 2.1 105 PI 9201784-3 24.3 158
PI 0317339-9 6.6 114 PI 0414416-3 6.6 116 PI 0610698-6 25.4 160 PI 0806977-8 15.24 150 PI 1002236-8 2.1 105 PI 9201793-2 24.3 158
PI 0317383-6 6.6 114 PI 0414450-3 6.6 116 PI 0611119-0 25.13 162 PI 0810759-9 3.1 73 PI 1002237-6 2.1 105 PI 9201863-7 24.3 158
PI 0317390-9 6.1 107 PI 0414558-5 6.6 116 PI 0611597-7 25.1 159 PI 0822668-7 2.1 105 PI 1002238-4 2.1 105 PI 9201877-7 24.3 158
PI 0317435-2 6.6 114 PI 0414565-8 6.6 116 PI 0612344-9 25.1 159 PI 0822669-5 2.1 105 PI 1002239-2 2.1 105 PI 9201879-3 24.3 158
PI 0317436-0 6.6 115 PI 0414570-4 6.6 116 PI 0612360-0 25.1 159 PI 0900014-3 25.13 162 PI 1002240-6 2.1 105 PI 9201881-5 24.3 158
PI 0317436-0 15.11 147 PI 0414594-1 6.6 116 PI 0612910-2 15.7 144 PI 0900084-4 3.8 107 PI 1002241-4 2.1 105 PI 9201893-9 24.3 158
PI 0317451-4 6.6 115 PI 0414632-8 6.6 116 PI 0613156-5 25.1 159 PI 0900112-3 25.13 162 PI 1002242-2 2.1 105 PI 9201924-2 24.3 158
PI 0317455-7 6.6 115 PI 0414633-6 6.6 116 PI 0614035-1 1.3 31 PI 0900126-3 25.13 162 PI 1002243-0 2.1 105 PI 9201964-1 24.3 158
PI 0317455-7 15.11 147 PI 0414634-4 6.6 116 PI 0614037-8 1.3 31 PI 0901195-1 3.1 73 PI 1002244-9 2.1 105 PI 9204825-0 25.4 160
PI 0317623-1 6.6 115 PI 0414644-1 6.6 116 PI 0614038-6 1.3 31 PI 0901769-0 3.1 74 PI 1002245-7 2.1 105 PI 9204987-7 25.4 160
PI 0317645-2 6.6 115 PI 0414780-4 6.6 116 PI 0614039-4 1.3 31 PI 0901907-3 3.1 74 PI 1002246-5 2.1 105 PI 9205236-3 24.3 158
PI 0317779-3 7.1 124 PI 0415010-4 6.6 116 PI 0614040-8 1.3 32 PI 0901913-8 3.1 74 PI 1002247-3 2.1 105 PI 9205248-7 24.3 158
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Índice Numérico Remissivo 29

PI 9205263-0 24.3 158 PI 9402612-2 24.2 157 PI 9707049-1 PR 15 PI 9804608-0 9.2.4 140 PI 9813692-5 16.1 153 PI 9906040-0 16.1 153
PI 9205269-0 24.3 158 PI 9408733-4 25.7 161 PI 9707870-0 16.1 151 PI 9804924-0 9.2.4 140 PI 9813698-4 PR 15 PI 9906240-2 8.11 134
PI 9205270-3 24.3 158 PI 9500772-5 25.6 161 PI 9708685-1 16.1 151 PI 9805148-2 12.2 143 PI 9813817-0 9.2.4 141 PI 9906500-2 6.7 123
PI 9205271-1 24.3 158 PI 9501103-0 25.6 161 PI 9708839-0 PR 15 PI 9805337-0 8.11 133 PI 9813968-1 16.1 153 PI 9906590-8 PR 16
PI 9205275-4 24.3 158 PI 9501943-0 25.6 161 PI 9708858-7 PR 15 PI 9805546-1 16.1 152 PI 9814023-0 PR 15 PI 9906668-8 9.2.4 142
PI 9205294-0 24.3 158 PI 9502778-5 25.6 161 PI 9708939-7 25.1 159 PI 9805735-9 9.2.4 140 PI 9814112-0 16.1 153 PI 9906927-0 9.2.4 142
PI 9205295-9 24.3 158 PI 9503891-4 25.4 160 PI 9709057-3 15.7 144 PI 9805743-0 16.1 152 PI 9814284-4 PR 15 PI 9907202-5 16.1 153
PI 9205311-4 24.3 158 PI 9504414-0 25.6 161 PI 9709190-1 15.7 144 PI 9805764-2 9.2.4 140 PI 9814476-6 PR 15 PI 9907253-0 25.3 160
PI 9205475-7 24.3 158 PI 9504669-0 25.7 161 PI 9709418-8 16.1 151 PI 9806013-9 9.2.4 140 PI 9814480-4 PR 15 PI 9907406-0 9.2.1 140
PI 9205782-9 PR 15 PI 9505658-0 25.6 161 PI 9709794-2 16.1 151 PI 9806069-4 9.2.4 140 PI 9814724-2 8.11 134 PI 9908371-0 9.2 138
PI 9205863-9 24.3 158 PI 9506307-2 16.1 151 PI 9709885-0 PR 15 PI 9806285-9 9.2.4 140 PI 9815684-5 9.2.4 141 PI 9909006-6 9.2.4 142
PI 9205891-4 24.3 158 PI 9508464-9 25.1 159 PI 9710498-1 PR 15 PI 9807027-4 15.11 147 PI 9815746-9 16.1 153 PI 9909110-0 9.2 138
PI 9205899-0 24.3 158 PI 9508718-4 PR 15 PI 9710686-0 PR 15 PI 9807172-6 25.7 161 PI 9816260-8 9.2 138 PI 9910241-2 6.1 107
PI 9205902-3 24.3 158 PI 9510798-3 9.2.4 140 PI 9710696-8 16.1 151 PI 9807220-0 8.11 133 PI 9900605-7 PR 16 PI 9911028-8 9.2.4 142
PI 9205977-5 24.3 158 PI 9600374-0 25.6 161 PI 9711584-3 PR 15 PI 9807616-7 PR 15 PI 9900622-7 9.2.4 141 PI 9912440-8 9.2 138
PI 9205979-1 24.3 158 PI 9600543-2 9.2.4 140 PI 9711768-4 16.1 152 PI 9808221-3 15.7 144 PI 9900632-4 9.2.4 141 PI 9912810-1 15.7 144
PI 9205981-3 24.3 158 PI 9602663-4 25.6 161 PI 9711898-2 16.1 152 PI 9808402-0 16.1 152 PI 9900665-0 25.4 160 PI 9912853-5 PR 16
PI 9205985-6 24.3 158 PI 9604150-1 15.7 144 PI 9712057-0 16.1 152 PI 9808477-1 16.1 152 PI 9900665-0 25.7 162 PI 9913033-5 PR 16
PI 9205987-2 24.3 158 PI 9605102-7 25.6 161 PI 9712759-0 PR 15 PI 9808656-1 PR 15 PI 9901297-9 9.2.4 141 PI 9913453-5 PR 16
PI 9205993-7 24.3 158 PI 9605159-0 25.6 161 PI 9712878-3 PR 15 PI 9808831-9 16.1 152 PI 9901537-4 9.2.4 141 PI 9913517-5 PR 16
PI 9205997-0 24.3 158 PI 9606206-1 25.6 161 PI 9713013-3 9.2.4 140 PI 9808996-0 9.2.4 140 PI 9901585-4 16.1 153 PI 9914003-9 15.7 144
PI 9206004-8 24.3 158 PI 9606712-8 25.4 160 PI 9713197-0 PR 15 PI 9809119-0 25.1 159 PI 9901589-7 16.1 153 PI 9914004-7 7.1 124
PI 9206009-9 24.3 158 PI 9606969-4 PR 15 PI 9713436-8 16.1 152 PI 9809271-5 9.2.4 140 PI 9902258-3 9.2.4 141 PI 9914167-1 16.1 153
PI 9206024-2 24.3 158 PI 9607013-7 16.1 151 PI 9713810-0 8.11 133 PI 9809657-5 15.7 144 PI 9902268-0 PR 16 PI 9914404-2 25.4 160
PI 9206030-7 24.3 158 PI 9607948-7 16.1 151 PI 9714147-0 8.11 133 PI 9810703-8 9.2.4 141 PI 9902328-8 9.2.4 141 PI 9914968-0 16.1 153
PI 9206031-5 24.3 158 PI 9607953-3 8.11 133 PI 9714152-6 16.1 152 PI 9810783-6 25.1 159 PI 9902361-0 9.2.4 141 PI 9915002-6 9.2.4 142
PI 9206040-4 24.3 159 PI 9607982-7 15.7 144 PI 9714295-6 25.1 159 PI 9810798-4 25.4 160 PI 9902374-1 9.2.4 141 PI 9915292-4 PR 16
PI 9206046-3 24.3 159 PI 9608071-0 PR 15 PI 9714535-1 16.1 152 PI 9811026-8 15.11 147 PI 9902375-0 9.2.4 141 PI 9915529-0 15.7 144
PI 9206053-6 24.3 159 PI 9608892-3 25.7 161 PI 9714632-3 PR 15 PI 9811528-6 7.1 124 PI 9902494-2 9.2.4 141 PI 9915569-9 PR 16
PI 9206054-4 24.3 159 PI 9609173-8 16.1 151 PI 9715099-1 PR 15 PI 9811552-9 PR 15 PI 9903004-7 9.2.4 141 PI 9915690-3 15.7 144
PI 9206094-3 24.3 159 PI 9609217-3 PR 15 PI 9715248-0 PR 15 PI 9811615-0 6.1 107 PI 9903228-7 9.2.4 141 PI 9915741-1 7.2 124
PI 9206114-1 24.3 159 PI 9610034-6 16.1 151 PI 9715336-2 16.1 152 PI 9811743-2 16.1 152 PI 9903257-0 25.4 160 PI 9915825-6 9.2.4 142
PI 9206127-3 24.3 159 PI 9611563-7 8.11 133 PI 9715340-0 16.1 152 PI 9811825-0 PR 15 PI 9903336-4 16.1 153 PI 9915835-3 PR 16
PI 9206132-0 24.3 159 PI 9612476-8 25.6 161 PI 9715341-9 16.1 152 PI 9811888-9 16.1 152 PI 9903446-8 9.2.4 141 PI 9916361-6 PR 16
PI 9206158-3 24.3 159 PI 9612635-3 15.7 144 PI 9715342-7 16.1 152 PI 9811937-0 15.7 144 PI 9903764-5 9.2.4 141 PI 9916726-3 9.2 138
PI 9206274-1 24.3 159 PI 9613027-0 9.2.4 140 PI 9800202-3 9.2.4 140 PI 9812269-0 7.1 124 PI 9903886-2 9.2.4 141 PI 9917227-5 PR 16
PI 9207119-8 24.3 159 PI 9700489-8 15.7 144 PI 9800981-8 25.3 160 PI 9812461-7 9.2.4 141 PI 9903959-1 9.2.4 141 PI 9917516-9 8.11 134
PI 9207125-2 24.3 159 PI 9700707-2 25.6 161 PI 9801162-6 16.1 152 PI 9812718-7 9.2.4 141 PI 9904032-8 9.2.4 141 PI 9917543-6 9.2.4 142
PI 9207131-7 24.3 159 PI 9701919-4 PR 15 PI 9801548-6 25.1 159 PI 9813110-9 9.2 138 PI 9904488-9 9.2.4 141 PI 9917658-0 25.7 162
PI 9300493-1 8.11 133 PI 9702149-0 16.1 151 PI 9802759-0 16.1 152 PI 9813218-0 PR 15 PI 9904623-7 9.2.4 141 PI 9917679-3 9.1 136
PI 9301126-1 25.4 160 PI 9702752-9 8.11 133 PI 9803049-3 PR 15 PI 9813350-0 16.1 153 PI 9904798-5 9.2.4 141 PI 9917796-0 2.4 106
PI 9303528-4 24.7 159 PI 9703742-7 PR 15 PI 9803745-5 9.2.4 140 PI 9813473-6 6.1 107 PI 9904810-8 9.2.4 141 PI 9917803-6 2.4 106
PI 9304124-1 21.6 157 PI 9705434-8 PR 15 PI 9803844-3 16.1 152 PI 9813529-5 16.1 153 PI 9904855-8 9.2.4 141 PI 9917854-0 7.1 124
PI 9304761-4 25.1 159 PI 9706135-2 PR 15 PI 9804436-2 8.11 133 PI 9813605-4 7.1 124 PI 9905255-5 9.2.4 142
Diretoria de Patentes - DIRPA
Notificação - Fase Nacional - PCT
Publicação de Pedidos de Patente e de
Certificado de Adição de Invenção
RPI 2096 de 09/03/2011

dentro dos Qo pulsos de componente PAM. A presente invenção distribui a


maior parte da energia de sinal em um pulso e progressivamente baixa energias
nos Qo-l pulsos remanescentes. A Decomposição de Laurent é um caso
1. Pedido Internacional PCT/BR Designado ou Eleito especial da presente invenção, mas esse documento exibe a distribuição de
energia da Decomposição de Laurent em formas de onda CPM não- binárias e
em formas de onda da CPM multi-h (binária e não-binária), onde h é um índice
L-1 de modulação. Toda a energia é distribuída apenas entre Q=2 pulsos em
1.3 cada intervalo de símbolo, embora apenas Qo<Q pulsos possam na realidade
NOTIFICAÇÃO - FASE NACIONAL - PCT serem transmitidos em determinadas modalidades. Revelam-se um método,
transmissor, receptor e programa de computador. As modalidades podem
(21) PI 0614035-1 A2 (22) 07/06/2006 1.3 duplicar exatamente uma forma de onda CPM ou aproximar uma forma de onda
(30) 17/06/2005 US 60/691,917 CPM.
(51) A47C 27/00 (2011.01) (71) NOKIA CORPORATION (FI)
(54) ELEMENTOS DE SUPORTE DE CARGA/AMORTECIMENTO/SUPORTE (72) MARILYNN P. GREEN
E MÉTODO DE FABRICAÇÃO (74) Araripe & Associados
(57) ELEMENTOS DE SUPORTE DE CARGA/AMORTECIMENTO/SUPORTE (85) 28/12/2007
E MÉTODO DE FABRICAÇÃO. Pelo fornecimento de um perfil alongado que (86) PCT IB2006/001731 de 23/06/2006
incorpora uma pluralidade de entalhes formada aqui, um elemento de suporte (87) WO 2007/004001 de 11/01/2007
de carga/amortecimento/suporte é realizado. Pelo emprego dessa construção, o
elemento acomoda uma grande tensão sob força, e mostra boa resiliência e
recuperação repetida. O elemento pode ser produzido a partir de um processo
de extrusão contínua com manipulação imediata para reformatação do perfil de
extrusão, ou processo de formação térmica secundário que segue o processo
de extrusão, ou processo de moldagem por assopramento, ou processo de
moldagem por injeção.
(71) Nomaco, Inc (US)
(72) BANGSHU CAO, EDUARDO LAUER, MICHAEL ALLMAN
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 17/12/2007
(86) PCT US2006/022450 de 07/06/2006
(87) WO 2006/138159 de 28/12/2006

(21) PI 0614038-6 A2 (22) 20/07/2006 1.3


(30) 25/07/2005 EP 05 106787.4; 09/09/2005 US 60/716,033
(51) B65D 85/84 (2011.01), B65D 90/34 (2011.01)
(54) FORMULAÇÃO DE PERÓXIDO ACONDICIONADA
(57) FORMULAÇÃO DE PEROXIDO ACONDICIONADA. A presente invenção
refere-se a formulação de peróxido acondicionada que compreende um
recipiente e uma formulação de peróxido líquido, em que o dito recipiente tem
um volume de pelo menos 50 litros e uma razão de área de escape/volume de
pelo menos 2010-3 m2/m3, a dita formulação de peróxido líquido satisfaz os
testes de classificação para peróxido orgânico tipo F, tem uma condutividade de
pelo menos 100 pSIm, não é uma emulsão ou suspensão, e compreende (i)
pelo menos 33% em peso de um peróxido orgânico selecionado a partir do
grupo que consiste em peróxidos de diacila, pe roxiésteres, peroxidicarbonatos,
pe roxicetais, e monoperoxicarbonatos, e (ii) opcionalmente um agente de
flegmatizar, e a formulação de peróxido acondicionada tem uma área de escape
que é pelo menos igual à área de escape total mínima, como determinada pelo
teste de escape de 10 litros.
(71) AKZO NOBEL N.V. (NL)
(72) Albert Lucas Korvemaker, Frans Johannes Hoogesteger, Petrus Paulus
Waanders
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 23/01/2008
(86) PCT EP2006/064438 de 20/07/2006
(87) WO 2007/012595 de 01/02/2007

(21) PI 0614037-8 A2 (22) 23/06/2006 1.3 (21) PI 0614039-4 A2 (22) 26/07/2006 1.3
(30) 30/06/2005 US 11/174,263 (30) 26/07/2005 EP 05 106 868.2
(51) H04L 27/20 (2011.01), H04L 27/04 (2011.01), H03C 1/02 (2011.01) (51) C07D 213/69 (2011.01), C07D 401/12 (2011.01), A61P 1/04 (2011.01),
(54) MÉTODO E APARELHO PARA GERAR FORMAS DE ONDA M-ÁRIAS EM A61K 31/4439 (2011.01), C07D 471/04 (2011.01)
CPM A PARTIR DE UMA SUPERPOSIÇÃO DE FORMAS DE ONDA EM PAM (54) INIBIDORES ISOTOPICAMENTE SUBSTITUÍDOS DA BOMBA DE
(57) MÉTODO E APARELHO PARA GERAR FORMAS DE ONDA M-ARIAS EM PRÓTONS
CPM A PARTIR DE UMA SUPERPOSIÇÃO DE FORMAS DE ONDA EM PAM. (57) INIBIDORES ISOTOPICAMENTE SUBSTITUIDOS DA BOMBA DE
A fim de refletir as vantagens de uma forma de onda de modulação de fase PRÓTONS. A presente invenção refere-se a benzimidazóis de fórmula (1) e a
constante, a invenção proporciona uma forma de onda em PAM modulada em composições farmacêuticas compreendendo estes compostos, e ainda a
amplitude de pulso que é uma superposição dos QoLII2LI pulsos de intermediários de fórmula (2 e 3).
componente PAM em cada intervalo de símbolo, de tal maneira que uma (71) NYCOMED GMBH (DE)
porção significativa de energia de sinal sobre cada intervalo de símbolo esteja
32 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(72) Bernhard Kohl, Bernd Müller, Dieter Haag, Wolfgang-Alexander Simon, Karl
Zech, Michael David, Oliver Von Richter, Felix Huth
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 18/01/2008
(86) PCT EP2006/064666 de 26/07/2006
(87) WO 2007/012650 de 01/02/2007

(21) PI 0614042-4 A2 (22) 29/06/2006 1.3


(30) 30/06/2005 US 11/170,643; 30/06/2005 US 11/170,445
(51) B32B 17/10 (2011.01), B32B 27/08 (2011.01), B32B 27/36 (2011.01), B32B
27/30 (2011.01), B32B 27/40 (2011.01), C08J 5/18 (2011.01), C08L 67/02
(2011.01)
(54) INTERCAMADAS DE POLÍMERO COMPREENDENDO COPOLIÉSTER
DE POLI(TEREFTALATO DE CICLOEXANODIMETILENO-CO-TEREFTALATO
DE ETILENO)
(57) INTERCAMADAS DE POLIMERO COMPREENDENDO COPOLIÉSTER
(21) PI 0614040-8 A2 (22) 18/07/2006 1.3 DE POLI(TEREFTALATO DE CICLOEXANODI- METILENO-CO-
(30) 18/07/2005 US 60/700,265 TEREFTALATO DE ETILENO). A presente invenção está no campo de
(51) C07K 16/28 (2011.01), A61P 37/00 (2011.01), A61P 11/06 (2011.01), A61K intercamadas de polímero empregadas em painéis de vidro de múltiplas
39/395 (2011.01), G01N 33/68 (2011.01), G01N 33/577 (2011.01), C12N 15/13 camadas tendo uma ou mais camadas de vidro, e especificamente a presente
(2011.01), C12N 5/10 (2011.01) invenção está no campo de intercamadas de polímero compreendendo uma
(54) ANTICORPOS NEUTRALIZADORES ANTI-B7RP1 HUMANOS camada de copoliéster de poli(tereftalato de cicloexanodimetileno-co-te reftalato
(57) ANTICORPOS NEUTRALIZADORES ANTI-B7RP1 HUMANOS. A presente de etileno) (PETG).
invenção refere-se a anticorpos que interagem com ou se ligam a proteína-1 (71) SOLUTIA INC. (US)
relacionada a 67 humana (B7RP1) e anticorpos que se ligam a e neutralizam a (72) WITOLD SZYDLOWSKI, ARISTOTELIS KARAGIANNIS, WENJIE CHEN
função de B7RP1. A invenção também refere-se a composições farmacêuticas (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
dos ditos anticorpos e métodos para neutralizar a função de B7RP1 e, (85) 27/12/2007
particularmente, para o tratamento de distúrbios imunes (por exemplo, resposta (86) PCT US2006/025771 de 29/06/2006
imune inapropriada), por administração de uma quantidade farmaceuticamente (87) WO 2007/005711 de 11/01/2007
eficaz de anticorpos anti-B7RP1. Também refere-se a métodos de detecção da
quantidade de B7RP1 em uma amostra usando anticorpos anti-B7RP1.
(71) AMGEN INC (US) , MEDAREX, INC (US)
(72) GERALD SIU, WENYAN SHEN, STEVEN KIYOSHI YOSHINAGA,
HAICHUN HUANG
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 17/01/2008
(86) PCT US2006/027862 de 18/07/2006
(87) WO 2007/011941 de 25/01/2007

(21) PI 0614041-6 A2 (22) 21/06/2006 1.3


(30) 27/06/2005 DE 10 2005 029 895.8
(51) H02K 1/14 (2011.01), B02C 17/24 (2011.01)
(54) ACIONAMENTO DIRETO PARA ACIONAMENTOS DE GRANDE PORTE
(57) ACIONAMENTO DIRETO PARA ACIONAMENTOS DE GRANDE PORTE.
A presente invenção refere-se a um acionamento direto para acionamentos de
grande porte, compreendendo um estator (1) que é configurado, quando visto
desde a direção periférica, por uma pluralidade de segmentos (3, 4, 5, 6), cada
um tendo um arranjo de enrolamento autocontido, e um rotor que é configurado
com segmentos. Os segmentos do rotor estão localizados em elementos de
trabalho que giram com o rotor, e interagem eletromagneticamente com um
sistema de enrolamento do estator (1). O acionamento inventivo é
especialmente adequado para motores de anel e acionamentos de moinho de
tubo.
(71) SIEMENS AKTIENGESELLSCHAFT (DE)
(72) MARIA BADE, AXEL MÖHLE
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 27/12/2007
(86) PCT EP2006/063415 de 21/06/2006
(87) WO 2007/000403 de 04/01/2007
(21) PI 0614043-2 A2 (22) 29/06/2006 1.3
(30) 04/07/2005 EP 05 014426.0; 05/07/2005 US 60/695,852
(51) C10G 3/00 (2011.01), C10G 45/02 (2011.01), C10G 45/58 (2011.01)
(54) PROCESSO PARA A FABRICAÇÃO DE HIDROCARBONETOS NA FAIXA
DE DIESEL
(57) PROCESSO PARA A FABRICAÇÃO DE HIDROCARBONETOS NA FAIXA
DE DIESEL. A presente invenção refere-se a um processo para a fabricação de
hidrocarbonetos na faixa de diesel em que a alimentação compreendendo
alimentação fresca é hidrotratada em uma etapa de hidrotratamento e
isomerizada em uma etapa de isomerização e a alimentação fresca contém
pelo menos 20% em peso de ácidos graxos C12-C16 de triglicerídeo ou éste-res
de ácido graxo C12-C16 ou ácidos graxos C12-C16 ou suas combinações dos
mesmos e a alimentação contém 50-20000 p-ppm de enxofre calculado como
enxofre elementar.
(71) NESTE OIL OYJ. (FI)
(72) JUKKA MYLLYOJA, ELINA HARLIN, PEKKA AALTO
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 04/01/2008
(86) PCT FI2006/050300 de 29/06/2006
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 33

(87) WO 2007/003708 de 11/01/2007

(21) PI 0614048-3 A2 (22) 28/06/2006 1.3


(30) 29/06/2005 JP 2005-189454
(51) C01B 33/033 (2011.01)
(54) MÉTODO PARA PRODUÇÃO DE SILÍCIO DE PUREZA ELEVADA
(57) MÉTODO PARA PRODUÇÃO DE SILÍCIO DE PUREZA ELEVADA. A
presente invenção fornece um método para produção de silício de pureza
elevada. O método para produção de silício de pureza elevada compreende
uma etapa de redução do sílicio halogenado representado pela seguinte
fórmula (1) com alumínio, em que o alumínio usado como um redutor tem uma
pureza de não menos do que 99,9% em peso, em que n é um número inteiro de
O a 3, x é pelo menos um halogénio selecionado do grupo consistindo em F, Cl,
Br e 1; e a pureza do alumínio é o equilíbrio obtido deduzindo-se o% total em
peso de ferro, cobre, gálio, titânio, níquel, sódio, magnésio e zinco contido no
(21) PI 0614044-0 A2 (22) 18/07/2006 1.3 alumínio de 100% em peso.
(30) 18/07/2005 EP 05015528.2 (71) SUMITOMO CHEMICAL COMPANY, LIMITED (JP)
(51) A61K 8/04 (2011.01), A61K 8/41 (2011.01), A61K 8/34 (2011.01), A61Q (72) KUNIO SAEGUSA, TOSHIHARU YAMABAYASHI
5/12 (2011.01) (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(54) MOUSSE CREMOSA EM AEROSSOL, MÉTODO PARA TRATAMENTO (85) 27/12/2007
DE CABELOS E USO (86) PCT JP2006/313363 de 28/06/2006
(57) MOUSSE CREMOSA EM AEROSSOL, MÉTODO PARA TRATAMENTO (87) WO 2007/001093 de 04/01/2007
DE CABELOS E USO A presente invenção apresenta uma composição estável
de mousse cremosa em aerossol, de preferência uma composição para (21) PI 0614049-1 A2 (22) 10/07/2006 1.3
tratamento dos cabelos, a qual pode proporcionar otimizações referentes a (30) 08/07/2005 US 11/177,827
toque, penteabilidade, alinhamento e redução de volume dos cabelos, com uma (51) A61H 1/00 (2011.01)
sensação pequena ou reduzida de cabelos gordurosos ou oleosos, ao mesmo (54) MÉTODO E APARELHO PARA O TRATAMENTO DE TECIDO
tempo em que é formulada com uma reologia espessa, rica, cremosa e de tipo (57) MÉTODO E APARELHO PARA O TRATAMENTO DE TECIDO. A presente
mousse, com excelente espalhamento, percepção de espalhamento e toque. A invenção refere-se a um método e aparelho (100)que é descrito para determinar
composição em aerossol tem por base a combinação dos seguintes o sucesso de um Tratamento HIFU proposto, de um Tratamento HIFU contínuo,
componentes: (A) um tensoativo catiônico, que geralmente é um composto de e/ou de um Tratamento HIFU concluído.
amônio quaternário como cloreto de dissebo dimetil amônio, (B) um álcool (71) FOCUS SURGERY, INC. (US)
graxo, como álcool cetílico e estearílico, e (C) diáxido de carbono. (72) RUSSELL J. FEDEWA, TOYOAKI UCHIDA, NARENDRA T. SANGHVI,
(71) THE PROCTER & GAMBLE COMPANY (US) ROY F. CARLSON
(72) Walter Keller, Christian Springob, Bianka Schmich, Timothy Mueller (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(74) Trench, Rossi e Watanabe (85) 08/01/2008
(85) 18/01/2008 (86) PCT US2006/026580 de 10/07/2006
(86) PCT IB2006/052465 de 18/07/2006 (87) WO 2007/008700 de 18/01/2007
(87) WO 2007/010487 de 25/01/2007

(21) PI 0614045-9 A2 (22) 28/06/2006 1.3


(30) 08/07/2005 EP 05 106261.1
(51) C12P 7/04 (2011.01)
(54) REDUÇÃO ASSIMÉTRICA DE 1,1,1-TRIFLUORACETONA
(57) REDUÇÃO ASSIMÉTRICA DE 1,1,1-TRIFLUORACETONA A presente
invenção refere-se a um processo biocatalítico esca- lonável para a preparação
de S-1 ,1 ,1 -triflúor-2-propanol com um excesso enantiomérico de >99%
através da redução microbiana assimétrica de 1,1,1- trifluoracetona com
Levedura de padeiro.
(71) F. HOFFMANN-LA ROCHE AG (CH)
(72) STEPHAN DOSWALD, STEVEN PAUL HANLON, ERNST KUPFER
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 08/01/2008
(86) PCT EP2006/063621 de 28/06/2006
(87) WO 2007/006650 de 18/01/2007

(21) PI 0614046-7 A2 (22) 16/06/2006 1.3


(30) 17/06/2005 US 60/692,032
(51) C09D 17/00 (2011.01), C08G 18/38 (2011.01), C09B 69/10 (2011.01)
(54) DISPERSÕES CORANTES DE FASE GEL PARA COMPOSIÇÕES DE
REVESTIMENTO
(57) DISPERSÕES CORANTES DE FASE GEL PARA COMPOSIÇÕES DE
REVESTIMENTO. A presente invenção refere-se a uma nova dispersão corante
de fase gel compreendendo (a) um corante de fase gel compreendendo o pro- (21) PI 0614050-5 A2 (22) 22/06/2006 1.3
duto de reação de (1) um componente material reativo, (2) um corante reativo, e (30) 30/06/2005 US 60/695,781
(3) um reticulador tendo grupos reativos capazes de formarem uma ligação com (51) C12Q 1/68 (2011.01)
o componente material reativo e o corante reativo; e (b) um meio de dispersão, (54) MÉTODOS PARA PENEIRAMENTO DE POLIMORFISMOS DE
em que o meio de dispersão pode ser uma dispersão baseada não-aquosa ou HIBRIDIZAÇÃO ESPECÍFICOS DE GENE (GSHPs) E SEUS USOS NO
aquosa. A dispersão corante de fase gel desta invenção então pode ser MAPEAMENTO GENÉTICO E DESENVOLVIMENTO DE MARCADOR
misturada ou combinada com típicos materiais de revestimento. Esta invenção (57) MÉTODOS PARA PENEIRAMENTO DE POLIMORFISMOS DE
é também direcionada a um processo de prepa- ração de composições de HIBRIDIZAÇÃO ESPECÍFICOS DE GENE (GSHPs) E SEUS USOS NO
revestimento compreendendo uma fase ligante de uma dispersão baseada não- MAPEAMENTO GENÉTICO E DESENVOLVIMENTO DE MARCADOR. Um
aquosa ou aquosa e uma dispersão corante de fase gel. método para identificação de polimorfismos de hibridização específicos de gene
(71) THE SHERWIN-WILLIAMS COMPANY (US) (GSHPs) e seu uso é apresentado. O método envolve as etapas de a)
(72) Paul M. Kayima, James M. Cameron peneiramento global para polimorfismos de hibridização usando micro-arranjo;
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira b) redução de complexidade de genoma mediada por enzima; c) amplificação
(85) 17/12/2007 de sinal diferencial mediado por enzima e redução de ruído; d) extração de
(86) PCT US2006/023687 de 16/06/2006 dados e identificação de GSHP; e e) uso de GSHPs em peneiramento de alto
(87) WO 2006/138685 de 28/12/2006 rendimento.
34 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(71) SYNGENTA PARTICIPATIONS AG (CH)


(72) JOHN SALMERON, TONG ZHU (21) PI 0614054-8 A2 (22) 14/07/2006 1.3
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira (30) 21/07/2005 CN 200510044128.9
(85) 02/01/2008 (51) E01B 3/46 (2011.01), B29C 47/02 (2011.01)
(86) PCT US2006/024232 de 22/06/2006 (54) DORMENTE DE FERROVIA INTEIRAMENTE REVESTIDO E MÉTODO
(87) WO 2007/005305 de 11/01/2007 DE FABRICAÇÃO DO MESMO
(57) DORMENTE DE FERROVIA INTEIRAMENTE REVESTIDO E MÉTODO
(21) PI 0614052-1 A2 (22) 23/06/2006 1.3 DE FABRICAÇÃO DO MESMO. A presente invenção refere-se a um dormente
(30) 07/07/2005 US 11/176,896; 07/11/2005 US 11/268,445 de ferrovia completamente revestido. É composto de um núcleo interno e um
(51) B67B 5/00 (2011.01) invólucro que é feito de materiais compostos deformáveis, O invólucro é fundido
(54) DISTRIBUIDOR COM TRAVA e inte- gralmente unido e fixado no núcleo interno como um todo quando é
(57) DISTRIBUIDOR COM TRAVA. A presente invenção refere-se a um formado. O invólucro cobre completamente o núcleo interno. Não existe
conjunto de distribuição é provido para um recipiente (22, 222, 222B, 220) de emenda no dormente. Assim impede com sucesso a separação e fricção do
material fluido. Um car- tucho de distribuidor operável com a mão (24, 224, dormente. Aumenta enormemente a segurança e vida útil do dormente. E reduz
224B, 24C) é adaptado para ser montado no recipiente (22, 222, 222B, 220). o custo de manutenção.
Um atuador (42, 242, 242B, 420), o qual pode incluir um bocal ou bico (45, (71) QIANG YUAN (CN)
245), é montado no cartucho (24, 224, 224B, 24C). Uma luva de travamento (72) QIANG YUAN
(76, 76A, 276, 276B, 76C) é montada em torno do cartucho (24, 224, 224B, (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
24C) e tem uma borda superior de confinamento (81/82; 81A182A; 281/282; (85) 18/12/2007
281 B/282B; 810/820) e um recesso (91/92; 91A/92A; 291/292; 291A/292B; 91 (86) PCT CN2006/001685 de 14/07/2006
0/920). A luva de travamento (76, 76A, 276, 276B, 760) pode ser rodada entre (87) WO 2007/009362 de 25/01/2007
uma primeira posição rodada, que impede uma atuação do conjunto de
distribuição, e uma segunda posição rodada, que permite uma atuação do
conjunto de distribuição.
(71) SEAQUISTPERFECT DISPENSING FOREIGN, INC. (US)
(72) PETER J. WALTERS, JASON A. KSIAZK, SEAN H. CHO, PAUL E.
HALLMAN, JONATHAN D. WERNER, CRAIG BRAUN
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 07/01/2008
(86) PCT US2006/024586 de 23/06/2006
(87) WO 2007/008375 de 18/01/2007

(21) PI 0614055-6 A2 (22) 07/06/2006 1.3


(30) 15/06/2005 EP 05 105 274.4; 20/06/2005 EP 05 076 443.0
(51) C11D 3/37 (2011.01), C11D 3/22 (2011.01), C11D 3/42 (2011.01), C11D
3/34 (2011.01), C07D 251/68 (2011.01), D06M 13/358 (2011.01)
(54) USO DE COMBINAÇÃO DE AGENTE BRANQUEADOR FLUORESCENTE
LIVRE E POLÍMERO CATIÔNICO, PROCESSO DE LAVAGEM, AGENTE
BRANQUEADOR E COMPOSIÇÃO DETERSIVA
(57) USO DE COMBINAÇÃO DE AGENTE BRANQUEADOR FLUORESCENTE
LIVRE E POLIMERO CATIONICO, PROCESSO DE LAVAGEM, AGENTE
BRANQUEADOR E COMPOSIÇÃO DETERSIVA. A presente invenção refere-
se ao uso de uma combinação de um agente branqueador fluorescente livre e
um polímero catiônico como agente clareador para um têxtil sintético simples ou
misto, especialmente um têxtil de poliéster, e a um agente clareador
correspondente assim como a um processo de lavagem para clarear um têxtil
sintético, simples ou misto, caracterizado por a) preparar uma composição
colocando em contato um agente branqueador fluorescente livre com um
polímero catiônico, e b) tratar o referido têxtil sintético simples ou misto com a
composição preparada na etapa a).
(71) CIBA SPECIALTY CHEMICALS HOLDING INC (CH)
(72) Robert Hochberg, Oliver Becherer, Bernard Schultz, Goetz Scheffler, René
Schlatter
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 17/12/2007
(21) PI 0614053-0 A2 (22) 07/07/2006 1.3 (86) PCT EP2006/062950 de 07/06/2006
(30) 07/07/2005 FR 05 07240; 04/08/2005 FR 05 08310 (87) WO 2006/134044 de 21/12/2006
(51) A61K 39/39 (2011.01), A61K 39/145 (2011.01), A61K 9/107 (2011.01)
(54) EMULSÃO ADJUVANTE DE ÓLEO-EM-ÁGUA, USO DA REFERIDA (21) PI 0614056-4 A2 (22) 30/06/2006 1.3
EMULSÃO, PROCESSO PARA PREPARAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO (30) 07/07/2005 US 60/697,459
IMUNOGÊNICA COMPREENDENDO PELO MENOS UM ANTÍGENO DE (51) A01N 63/00 (2011.01), A61K 48/00 (2011.01), C12N 15/00 (2011.01),
VACINA E UMA EMULSÃO ÓLEO-EM-ÁGUA, E COMPOSIÇÃO C12N 15/86 (2011.01)
IMUNOGÊNICA (54) PREVENÇÃO DE REJEIÇÃO CRÔNICA EM TRANSPLANTE DE ÓRGÃO
(57) EMULSÃO ADJUVANTE DE ÓLEO-EM-ÁGUA, USO DA REFERIDA SÓLIDO
EMULSÃO, PROCESSO PARA PREPARAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO (57) PREVENÇÃO DE REJEIÇÃO CRÔNICA ETRANSPLANTE DE ORGÃO
IMUNOGENICA COMPREENDENDO PELO MENOS UM ANTÍGENO DE SÓLIDO. A presente invenção refere-se ao uso de vetores de vírus adeno-
VACINA E UMA EMULSÃO ÓLEO-EM-ÁGUA, E COMPOSIÇÃO associados recombinantes (rAAV) para transduzir células de um órgáo sólido a
IMUNOGENICA. A presente invenção refere-se a uma emulsão adjuvante óleo- ser transplantado com uma seqúência de ácido nucléico codificando um
em-água termorreversível compreendendo pelo menos: esqualeno; um solvente polipeptideo imunomodulador, por exemplo, IL-lO, a expressão do qual reduz a
aquoso; um tensoativo não jônico que toma a forma de um éter de alquila de probabilidade de rejeição do órgão transplantado pelo sistema imune
polioxietileno; e um tensoativo não jônico hidrofóbico, em que 90% da hospedeiro. Processos de aperfeiçoamento de eficiência de transplante de
população por volume das gotas de óleo mede menos do que 200 nm de órgáo sólido através de administração de vetores rAAV codificando IL-lO para
tamanho. A invenção também refere-se a um método de preparação de uma um órgáo sólido isolado antes de transplante daquele órgáo em um sujeito
composição imunogênica, em que pelo menos um antígeno de vacina é também são descritos. O órgáo sólido a ser transduzido pode ser o coração,
misturado com uma emulsão óleo-em-água. A invenção é caracterizada pelo rim, fígado, ilhotas pancreáticas, pulmão ou intestino.
fato de que a emulsão óleo-em-água é obtida empregando-se um método (71) GENZYME CORPORATION (US)
envolvendo inversão de fase por meio de variação de temperatura. (72) M. YUICHI NWAKI, GLENN PIERCE, HAIYAN JIANG
(71) SANOFI PASTEUR (FR) (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(72) MARIE-FRANÇOISE KLUCKER, FRANÇOIS DALENCON, PATRICIA (85) 07/01/2008
PROBECKQUELLEC (86) PCT US2006/025979 de 30/06/2006
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira (87) WO 2007/008485 de 18/01/2007
(85) 07/01/2008
(86) PCT FR2006/001635 de 07/07/2006 (21) PI 0614058-0 A2 (22) 12/07/2006 1.3
(87) WO 2007/006939 de 18/01/2007 (30) 12/07/2005 US 60/698,009; 12/07/2005 US 60/698,010
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 35

(51) A63H 5/04 (2011.01)


(54) PROJÉTIL DE ATORDOAMENTO NÃO LETAL PARA IMOBILIZAÇÃO DE
ALVO POR DISRUPÇÃO NEUROMUSCULAR
(57) PROJETIL DE ATORDOAMENTO NÃO LETAL PARA IMOBILIZAÇÃO DE
ALVO POR DISRUPÇÃO NEUROMUSCULAR RESUMO: Um projétil lançado
por uma arma convencional; ao impacto com um alvo humano o projétil se fixa
ao alvo e incapacita-o através da aplicação de uma carga elétrica pulsada. A
munição elétrica é definida como um projétil não letal que visa apenas
incapacitar temporariamente um humano, prevenindo o mesmo de se mover, de
cometer um crime durante o tempo suficiente para que pessoas autorizadas o
levem sobre custódia. Um transformador de nova tecnologia fino e delgado e
uma bateria dentro de um aparelho do tamanho de um projétil convencional
produz um choque elétrico capaz de causar um atordoamento por interrupção
neuromusular em um ser humano como alvo. O transformador e a bateria são
menores que os transformadores e baterias existentes com uma similar
potência de saída.
(71) SECURITY DEVICES INTERNATIONAL INC. (IL)
(72) MATWEY BEREZNITSKI, HAIM DANON, NATHAN BLAUNSHTEIN,
GINNADII SWARZSHATEIN, ILAN SHALEV
(74) D'Mark Registros de Marcas e Patentes S/C Ltda
(85) 14/01/2008
(86) PCT US2006/026941 de 12/07/2006
(87) WO 2007/008923 de 18/01/2007
(21) PI 0614063-7 A2 (22) 20/07/2006 1.3
(30) 26/07/2005 EP 05 016153.8
(51) C07D 217/24 (2011.01), A61K 31/472 (2011.01), A61P 9/12 (2011.01)
(54) DERIVADOS DE CICLOEXILAMINA ISOQUINOLONA
(57) DERIVADOS DE CICLOEXILAMINA ISOQUINOLONA. A invenção se
refere a derivados de isoquinolona substituidos por 6-cicloexilamina da fórmula
(1) D. ou derivados de isoquinolina da fórmula (1') úteis para a prevenção e/ou
and/or de tratamento de doenças associadas com Rho-cinase e/ou fosforilação
mediada por Rho-cinase de fosfatase de cadeia leve de miosina e composições
contendo tais compostos.
(71) SANOFI-AVENTIS (FR)
(72) OLIVER PLETTENBURG, ARMIN HOFMEISTER, JOACHIM BRENDEL,
MATTHIAS LOEHN, DIETER KADEREIT
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 25/01/2008
(86) PCT EP2006/007140 de 20/07/2006
(87) WO 2007/012422 de 01/02/2007
(21) PI 0614059-9 A2 (22) 08/07/2006 1.3
(30) 26/07/2005 DE 10 2005 034 817.3
(51) C09D 183/16 (2011.01), C08L 83/16 (2011.01), C08G 77/62 (2011.01)
(54) MÉTODO PARA A PRODUÇÃO DE UM REVESTIMENTO VÍTREO FINO
SOBRE SUBSTRATOS PARA REDUZIR A PERMEAÇÃO DE GÁS
(57) MÉTODO PARA A PRODUÇÃO DE UM REVESTIMENTO VÍTREO FINO
SOBRE SUBSTRATOS PARA REDUZIR A PERMEAÇÃO DE GÁS. A presente
invenção refere-se a um método para produzir um revestimento transparente
vítreo sobre um substrato, revestindo-se o substrato com uma solução
compreendendo a) um polissilazano da fórmula - (SiR'R"-NR'')n-, em que R', R",
R"' são idênticos ou diferentes e independentemente representam hidrogênio ou
um radical de alquila, radical de arila, radical de vinila ou radical de
(trialcoxissilil)alquila opcionalmente substituído, n sendo um número inteiro ou
sendo calculado de modo que o polissilazano tenha um peso molecular
numérico médio variando de 150 a 150 000 g/mol, e b) um catalisador em um
solvente orgânico, e em seguida removendo-se o solvente empregando-se
evaporação tal que uma camada de polissilazano tendo uma espessura de
0,05-3,0 pm permanece no substrato, e irradiando-se a camada de
polissilazano com radiação VUV tendo porções de comprimento de onda < 230
nm e radiação UV com porções de comprimento de onda variando entre 230 e
300 nm em uma atmosfera contendo vapor na presença de oxigênio, oxigênio
ativo e nitrogênio opcional.
(71) CLARIANT INTERNATIONAL LTD. (CH)
(72) Stefan Brand, Andreas Dierdorf, Hubert Liebe, Frank Osterod, Sandra
Stojanovic, Lutz Prager, Rainer Mehnert, Michael R. Buchmeiser
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 25/01/2008
(86) PCT EP2006/006696 de 08/07/2006
(87) WO 2007/012392 de 01/02/2007 (21) PI 0614064-5 A2 (22) 28/07/2006 1.3
(30) 28/07/2005 FR 05 52365
(21) PI 0614062-9 A2 (22) 24/07/2006 1.3 (51) H04Q 7/32 (2011.01)
(30) 27/07/2005 DE 10 2005 035 112.3 (54) DOWNLOAD DE DADOS INICIADO POR OBJETOS DE COMUNICAÇÃO
(51) C07D 451/10 (2011.01), C07D 451/06 (2011.01), A61K 31/46 (2011.01), PORTÁTEIS DURANTE UMA CAMPANHA
A61P 11/00 (2011.01) (57) DOWNLOAD DE DADOS INICIADO POR OBJETOS DE COMUNICAÇAO
(54) PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE SAIS DE TIOTRÓPIO PORTATEIS DURANTE UMA CAMPANHA. A invenção refere-se ao download
(57) PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE SAIS DE TIOTRÓPIO. A invenção de dados de conteúdo (D) disponíveis em um servidor (SAC, BD) para objetos
refere-se a um novo processo para a produção de sais de tiotrópio da fórmula de comunicação portáteis (Cl CN) por meio de uma rede de comunicação de
geral (1), em que X pode ter os significados mencionados nas reivindicações e rádio (RR) durante uma campanha de download de dados iniciada por um
no relatório descritivo. objeto comunicação portátil mediante envio de um pedido de disponibilidade de
(71) BOEHRINGER INGELHEIM PHARMA GMBH & CO. KG (DE) conteúdos para o servidor, quando, pelo menos, elemento de acionamento de
(72) Joerg Brandenburg, Waldemar Pfrengle transmissão de solicitação atende a uma regra armazenada no objeto de
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira comunicação portátil. Após a recepção da solicitação de disponibilidade de
(85) 25/01/2008 conteúdo de um dos dispositivos, incluindo o servidor e os objetos de
(86) PCT EP2006/064559 de 24/07/2006 comunicação portáteis determina se os dados de conteúdo estão disponíveis
(87) WO 2007/012626 de 01/02/2007 para o objeto de comunicação portátil, de modo a transmitir o mesmo.
(71) Gemplus (FR)
(72) FRÉDÉRIC MARTINENT, ERIC BRETAGNE, PATRICE AMIEL
(74) Di Blasi, Parente, Vaz E Dias & Al.
(85) 28/01/2008
(86) PCT EP2006/064770 de 28/07/2006
(87) WO 2007/012662 de 01/02/2007
36 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

representam, independentemente um do outro, um átomo de hidrogênio ou de


halogênio ou um grupo C1-C6-alquila, C3-C7-cicloalquila, C3-C7-cicloalquil-C1-C3-
alquileno, C1-C6-fluoroalquila, C1-C6-alcoxila, C1-C6-fluoroalcoxila, ciano,
C(O)NR1R2, nitro, NR1R2, C1 -C6-tioalquila, -S(O)-C1-C6-alquila, -S(O)2-C1 -C6-
alquila, SO2NR1R2, NR300R4, NR3SO2R5, aril-C1-C6-alquileno ou arila, a arila e
o aril-C1-C6-alquileno sendo eventualmente substituidos; W representa um
grupo bicíclico fundido de fórmula: ligado ao átomo de nitrogênio pelas posições
1, 2, 3 ou 4; A representa um heterociclo eventualmente substituído de 5 a 7
cadeias, compreendendo de um a três heteroátomos escolhidos dentre O, S ou
N; no estado de base ou de sal de adição, assim como no estado de hidrato ou
de solvato. Processo de preparo e aplicação em terapêutica.
(71) SANOFI-AVENTIS (FR)
(72) Laurent Dubois, Yannick Evanno, André Malanda
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 22/01/2008
(86) PCT FR2006/001767 de 19/07/2006
(87) WO 2007/010138 de 25/01/2007

(21) PI 0614065-3 A2 (22) 05/07/2006 1.3


(30) 06/07/2005 US 60/696,503
(51) H04N 5/76 (2011.01)
(54) APARELHO DE GRAVAÇÃO E REPRODUÇÃO
(57) APARELHO DE GRAVAÇÃO E REPRODUÇÃO. A presente invenção
refere-se a um aparelho de gravação e reprodução que muda um programa o
qual está correntemente sendo executado para um estado pausado, ou
temporariamente muda um modo de desenho gráfico por um programa de
aplicativo por um modo invisível, de modo a reproduzir um video gravado com
uma funcionalidade de controle de leitura em uma velocidade de reprodução
diferente de uma velocidade de reprodução normal, por meio disto tornando
possível impedir um comportamento inesperado do programa mesmo quando
um programa de aplicativo está executando um processo demorado.
(71) MATSUSHITA ELECTRIC INDUSTRIAL CO.,LTD (JP)
(72) Satoshi Hashimoto, Takaaki Suzuki
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 04/01/2008
(86) PCT JP2006/313805 de 05/07/2006 (21) PI 0614069-6 A2 (22) 26/04/2006 1.3
(87) WO 2007/004744 de 11/01/2007 (30) 09/05/2005 US 60/678.989; 14/12/2005 US 11/302.850
(51) C09D 4/00 (2011.01), C09D 163/00 (2011.01), C08K 9/06 (2011.01), C09C
1/30 (2011.01)
(54) COMPOSIÇÃO CURÁVEL E ARTIGOS POSSUINDO CAMADA
PROTETORA OBTIDA DA MESMA
(57) COMPOSIÇAO CURÁVEL E ARTIGOS POSSUINDO CAMADA
PROTETORA OBTIDA DA MESMA Uma composição curável contém: a) sílica
coloidal funcionalízada obtida da reação de grupos hídroxila de superfície de
sílica coloidal com pelo menos um sílano funcionalizado da fórmula geral:
(RlXSí (ORVa onde cada R1 é, independentemente, um grupo alquila,
cícloalquíla, aríla, aícarila ou aralquíla monovalente de até 18 átomos de
carbono, possuindo opcíonalmente pelo menos uma funcionalidade
quimicamente reativa selecionada do grupo consistindo de alquenila, acrílato e
epóxi; b) pelo menos um primeiro monômero curável que possui pelo menos
uma funcionalidade alqueníla e acrílato; c) pelo menos um segundo monômero
curável possuindo funcionalidade epóxi; d) pelo menos um terceiro monômero
curável possuindo pelo menos uma funcionalidade alquenila e acrilato,
juntamente com funcionalidade epóxi, o terceiro monômero curável substituindo
ou suplementando o primeiro e/ou o segundo monômero curável; desde que,
quando o terceiro monômero curável substitui ambos o primeiro e o segundo
monômeros curáveis, a sílica coloidal funcionalízada possuí pelo menos uma
funcionalidade alquenila e acrílato juntamente com a funcionalidade epóxi; e
opcíonalmente, e) pelo menos um agente de cura para o monômero curável. A
composição quando curada apresenta propriedades de resistência a arranhôes
e abrasão, tornando-a especialmente bem adequada para uso como um
revestimento para vários tipos diferentes de substratos, como por exemplo,
discos DVD e especialmente os discos "Blu-Ray" mais recentes, onde estas
propriedades são altamente desejáveis ou mesmo necessárias.
(71) MOMENTIVE PERFORMANCE MATERIALS INC. (US)
(72) WEN P. LIAO, SEAN E. ARMSTRONG
(74) Nellie Anne Daniel Shores
(21) PI 0614066-1 A2 (22) 19/07/2006 1.3 (85) 08/11/2007
(30) 22/07/2005 FR 05 07804 (86) PCT US2006/015898 de 26/04/2006
(51) A61K 31/437 (2011.01), C07D 471/04 (2011.01), A61P 25/00 (2011.01) (87) WO 2006/121624 de 16/11/2006
(54) DERIVADOS DE N-(ARILALQUIL)-1H-PIRROLPIRIDINA-2-
CARBOXAMIDAS, O RESPECTIVO PREPARO E A RESPECTIVA (21) PI 0614075-0 A2 (22) 23/06/2006 1.3
APLICAÇÃO EM TERAPÊUTICA (30) 24/06/2005 US 60/694,150
(57) DERIVADOS DE N-(ARILALQUIL)-1H-PIRROLPIRIDINA-2- (51) C08L 23/12 (2011.01), C08L 23/08 (2011.01), C08K 3/34 (2011.01)
CARBOXAMIDAS, O RESPECTIVO PREPARO E A RESPECTIVA (54) COMPOSIÇÃO POLIOLEFÍNICA, ARTIGO MOLDADO, MÉTODO PARA
APLICAÇÃO EM TERAPÊUTICA. A presente invenção refere-se aos PREPARAR UMA COMPOSIÇÃO
compostos de fórmula geral (1): na qual n é igual a 0,1, 2 ou 3; o núcleo (57) COMPOSIÇAO POLIOLEFINICA, ARTIGO MOLDADO, METODO PARA
pirrolpiridina é um grupo pirrol[3,2-b]piridina, um grupo pirrol[3,2-c]piridina, um PREPARAR UMA COMPOSIÇAO. Composições compreendendo (i) um
grupo pirrol[2,3-c]piridina ou um grupo pirrol[2,3-b]piridina; o núcleo pirrolpiridina homopolímero de propileno isotático cristalino, (ii) um modificador de impacto
sendo eventualmente substituído em posição carbonada 4, 5, 6 e/ou 7 por um elastomérico de etileno/cx-olefina, e (iii) uma categoria de carga de reforço,
ou vários substituintes X, idênticos ou diferentes um do outro, Z1, Z2, Z3, Z4 e Z5 como por exemplo, talco. O homopolímero de propileno isotático cristalino
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 37

possui um módulo de flexão maior que cerca de 1930 MPa e uma temperatura (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
de distorção térmica (HDT) maior que cerca de 100ºC; o interpolímero de (85) 19/11/2007
etileno/cc-olefina possui uma Tg inferior a cerca de -30ºC, e um tan delta (86) PCT US2006/019141 de 17/05/2006
medido em 0,1 radianos/s a 190ºC ou inferior a cerca de 2; e a carga possui (87) WO 2006/125030 de 23/11/2006
uma eficiência de reforço HDT de cerca de pelo menos 2. A composição possui
uma HDT maior que cerca de 100ºC e um módulo de flexão maior que cerca de
1930 MPa.
(71) Dow Global Technologies Inc. (US)
(72) Henry G. Heck
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
(85) 18/12/2007
(86) PCT US2006/024527 de 23/06/2006
(87) WO 2007/002436 de 04/01/2007

(21) PI 0614076-9 A2 (22) 17/05/2006 1.3


(30) 16/06/2005 ES P200501469
(51) C07K 14/705 (2011.01)
(54) MÉTODO E KIT PARA O DIAGNÓSTICO E/OU PROGNÓSTICO DE (21) PI 0614079-3 A2 (22) 04/08/2006 1.3
DOENÇA DE ALZHEIMER E USO DE PELO MENOS UM GENE QUE (30) 05/08/2005 NL 1029684
CODIFICA LAMP-1 (51) A61K 36/53 (2011.01), A61P 11/00 (2011.01), A61K 31/34 (2011.01)
(57) MÉTODO E KIT PARA O DIAGNÓSTICO E/OU PROGNÓSTICO DE (54) MARRUBIIN E COMPOSIÇÃO PARA A DIMINUIÇÃO DO RESSONO,
DOENÇA DE ALZHEIMER E USO DE PELO MENOS UM GENE QUE EMBALAGEM E MÉTODO
CODIFICA LAMP-l. A presente invenção se refere a um método para o (57) MARRUBIIN E COMPOSIÇÃO PARA A DIMINUIÇÃO DO RESSONO,
diagnóstico e/ou o prognóstico da doença de Alzheimer, consistindo em EMBALAGEM E MÉTODO A invenção contém uma composição para a redução
determinar o nível de expressão de um gene que codifica um marcador de do ressono, uma embalagem e um método para a sua fabricação. A
lisossomo. composição pode ser aplicada na faringe de várias formas, especialmente em
(71) Fina Biotech, S.L.U. (ES) forma de spray, gel ou espuma. O pedido da composição finalmente reduz o
(72) Isidro Ferrer Abizanda, Marta Barrachina Castilho, Francisco Subirada ressono de uma pessoa em tratamento. A invenção ainda contém o uso da
Solé, Olga Maria Durany Turk, Carlos Manuel Buesa Arjol, Tamara Maes marrubiin para a fabricação de uma medicação para o tratamento do ressono.
(74) Martinez & Moura Barreto S/S Ltda (71) Puranox Medical B.V. (NL)
(85) 17/12/2007 (72) Hans Marcel Brand, Annelize Frieda Goedbloed
(86) PCT ES2006/000255 de 17/05/2006 (74) Veirano e Advogados Associados
(87) WO 2006/134185 de 21/12/2006 (85) 01/02/2008
(86) PCT NL2006/050194 de 04/08/2006
(87) WO 2007/018432 de 15/02/2007

(21) PI 0614081-5 A2 (22) 27/04/2006 1.3


(30) 16/05/2005 EP 05104066.5
(51) D21H 21/10 (2011.01)
(54) PROCESSO PARA PRODUÇÃO DE PAPEL
(57) PROCESSO PAPA PRODUÇAO DE PAPEL A presente invenção se refere
a um processo para produção de papel, cujo processo compreende: 1)
proporcionar uma suspensão aquosa compreendendo fibras celulósicas; (ii)
adicionar à suspensão, após o último ponto de alto cisalhamento: (a) um
primeiro componente aniônico, que é um polimero orgânico aniônico solúvel em
água; (b) um segundo componente aniônico, que é um polímero orgânico
aniônico ramificado ou que pode ser disperso em água, tendo um tamanho de
partícula não-expandida inferior a 1000 nm; e (c) um terceiro componente
aniônico, que é um material silicioso aniônico; e (iii) desidratar a suspensão
obtida para modelar ou formar um papel. A invenção se refere ainda a uma
composição que compreende os primeiro, segundo e terceiro componentes
aniônicos, e ao uso da composição como um agente de floculação na produção
de polpa e papel e na purificação de água.
(71) AKZO NOBEL N. V. (NL)
(21) PI 0614077-7 A2 (22) 19/06/2006 1.3
(72) Johan Nyander, Fredrik Solhage
(30) 17/06/2005 US 60/691,595
(74) Magnus Aspeby e Claudio Szabas
(51) E01C 13/08 (2011.01), B23B 5/16 (2011.01)
(85) 14/11/2007
(54) MÉTODO PARA ENDURECIMENTO DE FITAS SINTÉTICAS DE UMA
(86) PCT SE2006/050090 de 27/04/2006
SUPERFÍCIE DE GRAMADO SINTÉTICO
(87) WO 2006/123989 de 23/11/2006
(57) Método para endurecimento de fitas sintéticas de uma superfície de
gramado sintético, onde a presente invenção é dirigida a um sistema e a um
(21) PI 0614082-3 A2 (22) 04/08/2006 1.3
método para ajustar a dureza relativa de fitas sintéticas de um sistema de
(30) 05/08/2005 US 60/705.881
gramado sintético; e onde um agente de endurecimento é aplicado ao sistema
(51) B01D 21/24 (2011.01), B01D 21/20 (2011.01), C02F 11/00 (2011.01)
de gramado sintético de tal modo que suas fitas sintéticas, que são suscetíveis
(54) APARELHO PARA TRANSFERÊNCIA DE FLUIDO DE ALTA
ao agente de endurecimento, ficarão endurecidas subsequentemente à
VISCOSIDADE
aplicação do agente de endurecimento.
(57) APARELHO PARA TRANSFERENCIA DE FLUIDO DE ALTA
(71) Fieldturf Tarkett INC. (CA)
VISCOSIDADE Um aparelho para a transferência de um fluido viscoso incluindo
(72) Jean Prevost
sólidos de cera inclui uma plataforma móvel, um membro de suporte que tem
(74) Advocacia Pietro Ariboni S/C.
uma primeira extremidade acoplada à plataforma e uma segunda extremidade,
(85) 17/12/2007
uma unidade de bomba acoplada à segunda extremidade do membro de
(86) PCT IB2006/003933 de 19/06/2006
suporte, onde a unidade de bomba pode ser elevada e abaixada com respeito à
(87) WO 2007/069076 de 21/06/2007
segunda extremidade, onde a unidade de bomba inclui um sistema de
recirculação seletivamente operável para fragmentação dos sólidos de cera,
antes da transferência do fluido, e uma saída em comunicação de fluido com
um tanque de coleta.
(71) M-I L..L.C (US)
(72) Daniel Gallo, Catalin Ivan
(74) ORLANDO DE SOUZA
(85) 06/02/2008
(86) PCT US2006/030475 de 04/08/2006
(87) WO 2007/019327 de 25/02/2007

(21) PI 0614078-5 A2 (22) 17/05/2006 1.3


(30) 19/05/2005 US 60/682,647
(51) C07C 227/32 (2011.01), C07C 229/30 (2011.01), C07C 229/32 (2011.01),
C07C 229/36 (2011.01)
(54) MÉTODO PARA ALQUINILAÇÃO ASSIMÉTRICA DE ALFA-IMINO-
ÉSTERES
(57) MÉTODO PARA ALQUINILAÇÃO ASSIMÉTRICA DE ALFA-IMINO-
ÉSTERES. A presente invenção refere-se a um método para a preparação de
-mino-ésteres alquinilados assimétricos da fórmula (III) y em que R1 e R2são
independentemente alquila, cicloalquila, arila ou heteroarila opelonalmente
substituida, e Y é hidrogênio ou um grupo protetor de nitrogênio.
(71) The Hong Kong Polytechnic University (CN)
(72) Albert Sun-Chi Chan, Jian-Xin Ji, Jing Wu
38 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(72) Gautam Vinod Daftary, Srikanth Annappa Pai, Girish Narasimha Shanbhag,
Sangeeta Hanurmesh Rivankar
(74) Trench, Rossi e Watanabe Advogados
(85) 06/02/2008
(86) PCT IN2006/000281 de 04/08/2006
(87) WO 2007/052288 de 10/05/2007

(21) PI 0614086-6 A2 (22) 03/08/2006 1.3


(30) 05/08/2005 US 60/705.972
(51) G06Q 10/00 (2011.01)
(54) FABRICAÇÃO AUTOMATIZADA EM BATELADA
(57) FABRICAÇÃO AUTOMATIZADA EM BATELADA Um sistema de
gerenciamento automatizado integrado para fabricação em batelada de
produtos, particularmente farmacêuticos. O sistema compreende: uma base de
dados distribuídos com informação sobre processos relacionados, um módulo
de projeto o qual extrai informação para construir modelos de operação para a
fabricação; um módulo de planejamento que interage com a base de dados e o
módulo de projeto para fornecer aspectos relativos ao desempenho e
financeiros da fabricação; e um módulo de exploração, interfaceado com a base
de dados e os outros módulos, em um circuito operacional fechado para
fornecer, em tempo real, análise do modelo de operação em comparação com a
atual fabricação para fornecer con- trole de qualidade em tempo real.
(71) PFIZER PRODUCTS INC. (US)
(72) Cathal Joseph Strain, Adam Matthew Lalonde, Richard William Kimball,
Majdi Rajab
(74) ALEXANDRE FERREIRA
(85) 06/02/2008
(86) PCT IB2006/002156 de 03/08/2006
(21) PI 0614083-1 A2 (22) 07/08/2006 1.3 (87) WO 2007/017738 de 15/02/2007
(30) 05/08/2005 US 60/706.167
(51) A61M 37/00 (2011.01) (21) PI 0614087-4 A2 (22) 02/08/2006 1.3
(54) BOMBA PULSÁTIL DE CANAL DUPLO E DISPOSITIVO DE RIM (30) 03/08/2005 US 11/196.699
ARTIFICIAL COMPLETAMENTE PORTÁTIL (RAP) (51) A61M 5/50 (2011.01)
(57) BOMBA PULSÁTIL DE CANAL DUPLO E DISPOSITIVO DE RIM (54) SERINGA DE USO ÚNICO COM SISTEMA DE REDUÇÃO DE IMPULSO
ARTIFICIAL COMPLETAMENTE PORTATIL (RAP) É fornecida uma bomba (57) SERINGA DE USO ÚNICO COM SISTEMA DE REDUÇAO DE IMPULSO
pulsátil de canal duplo para uso com um dispositivo de substituição renal Uma seringa incluindo um conjunto de haste de êmbolo incluindo uma parte
completamente portátil. proximal (36), uma parte distal (34) com um batente (38) para expelir fluidos a
(71) National Quality Care, Inc. (US) partir da seringa e uma conexão quebrável entre a parte proximal e a parte
(72) Victor Gura, Edmond Rambod distal é descrita. Um sistema de redução de impulso (50), que pode ser um
(74) ORLANDO DE SOUZA elemento elástico ou superfícies de frenagem, reduz o impulso de contato
(85) 06/02/2008 impelido pela parte proximal mediante a parte distal quando a conexão entre a
(86) PCT US2006/030923 de 07/08/2006 parte distal e a parte proximal quebra é também descrito.
(87) WO 2007/019519 de 15/02/2007 (71) BECTON DICKINSON AND COMPANY (US)
(72) Kiang Heng Lim, Steven Choon Meng Lau
(74) ALEXANDRE FERREIRA
(85) 06/02/2008
(86) PCT US2006/030076 de 02/08/2006
(87) WO 2007/019170 de 15/02/2007

(21) PI 0614088-2 A2 (22) 02/08/2006 1.3


(30) 03/08/2005 US 11/196.699; 30/09/2005 US 11/240.614
(51) A61M 5/31 (2011.01)
(54) MECANISMO DE PREVENÇÃO DE INTERFERÊNCIA PARA UMA
SERINGA
(57) MECANISMO DE PREVENÇÃO DE INTERFERÊNCIA PARA UMA
SERINGA Uma seringa incluindo um cilindro (20) e um êmbolo (38)
deslizantemente disposto dentro do cilindro é descrito. Uma extremidade distal
do cilindro define um teto, e uma ponta alongada, em comunicação de fluido
com o dito cilindro, se estende a partir do teto. Uma protuberância (56)
formando uma crista é disposta em um dentre o teto do cilindro e a cabeça de
(21) PI 0614084-0 A2 (22) 04/08/2006 1.3 êmbolo. Quando a cabeça de êmbolo contata o teto, a protuberância forma um
(30) 05/08/2005 IN 906/MUM/2005 canal entre a cabeça de êmbolo e o teto. O canal isola fluido dentro do canal a
(51) A61K 9/107 (2011.01) partir da ponta alongada, que por sua vez reduz a aspersão de fluido através da
(54) COMPOSIÇÃO ESTÁVEL DE EMULSÃO DE ÓLEO-EM-ÁGUA DE extremidade distal da seringa. Em uma outra modalidade para reduzir a
PROPOFOL, ADMINISTRÁVEL POR VIA INTRANOVESA; E PROCESSO DE aspersão de fluido através da extremidade distal da seringa, um sistema de
PREPARAÇÃO DE UMA COMPOSIÇÃO redução de impulso pode ser usada para reduzir ou evitar que a parte proximal
(57) COMPOSIÇAO ESTAVEL DE EMULSAO DE ÓLEO-EM-AGUA DE aplique um impulso distalmente direcionado para a parte distal após a conexão
PROPOFOL, ADMINISTRÁVEL POR VIA INTRANOVESA; E PROCESSO DE quebrável ser quebrada.
PREPARAÇÃO DE UMA COMPOSIÇAO A invenção apresenta uma (71) BECTON, DICKINSON AND COMPANY (US)
composição estável intravenosa de emulsão de óleo-em-água de propofol com (72) Kiang Heng Lim, Steven Choon Meng Lau, Jon Yao Han Moh
conservantes mistos de baixa toxicidade, que é capaz de suportar (74) ALEXANDRE FERREIRA
contaminação acidental de bactérias e fungos. O sistema conservante (85) 06/02/2008
empregado compreende éster monoglicerilco de ácido láurico (monolaurina) e (86) PCT US2006/030050 de 02/08/2006
um elemento selecionado de (a) ácido cáprico e/ou seus sais alcalinos solúveis (87) WO 2007/019164 de 15/02/2007
ou seu éster monoglicerilico (monocaprina); (b) edetato; e (c) ácido cáprico e/ou
seus sais alcalinos solúveis ou seu éster monoglicerílico (monocaprina) e
edetato.
(71) Bharat Serums and Vaccines Limited (IN)
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 39

(30) 05/08/2005 US 60/705,839


(51) A61K 9/24 (2011.01), A61K 9/32 (2011.01), A61K 31/198 (2011.01), A61K
9/22 (2011.01)
(54) COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA SÓLIDA DE LIBERAÇÃO EXTENDIDA
CONTENDO CARBIDOPA E LEVODOPA
(57) COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA SÓLIDA DE LIBERAÇÃO EXTENDIDA
CONTENDO CARBIDOPA E LEVODOPA A presente invenção refere-se a um
tablete comprimido que proporciona um tablete de liberação extendida contendo
uma forma de liberação extendida de carbidopa, e uma forma de liberação
extendida de levodopa. O tablete opcionalmente compreende adicionalmente
uma composição de liberação imediata ou rápida de carbidopa e/ou levodopa. A
composição de liberação extendida no tablete exclui um polímero de controle de
taxa de liberação, e um revestimento de controle de taxa de liberação; contudo,
a liberação da carbidopa e/ou levodopa é independentemente opcionalmente
retardada por um tempo de retardo. A invenção também proporciona um tablete
tendo uma forma de liberação extendida de levodopa, e uma forma de liberação
rápida ou imediata de carbidopa. Um tablete pode conter levodopa presente na
forma de liberação extendida e na forma de liberação rápida e imediata, e
carbidopa presente na forma de liberação extendida e na forma de liberação
rápida e imediata. O tablete é usado para tratar doença de Parkinson e outras
(21) PI 0614089-0 A2 (22) 30/03/2006 1.3 enfermidades, doenças ou síndromes relacionadas ao movimento
(30) 06/08/2005 US 60/595.802 (71) Osmotica Corp. (VG)
(51) G06F 21/22 (2011.01) (72) Marcelo Befumo, Marcelo A. Ricci, Ethel C. Feleder, Glenn A. Meyer,
(54) MÉTODO PARA EVITAR ENGENHARIA REVERSA DE SOFTWARE, Joaquina Faour, Juan A.Vergez
MODIFICAÇÃO NÃO AUTORIZADA E INTERCEPTAÇÃO DE DADOS DE (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
TEMPO DE EXECUÇÃO (85) 06/02/2008
(57) MÉTODO PARA EVITAR ENGENHARIA REVERSA DE SOFTWARE, (86) PCT CR2006/000006 de 04/08/2006
MODIFICAÇÃO NÃO AUTORIZADA E INTERCEPTAÇAO DE DADOS DE (87) WO 2008/000194 de 03/01/2008
TEMPO DE EXECUÇAO Um método para evitar a modificação desautorizada
de um software ou modificação desautorizada de dados de tempo de execução.
De acordo com esse método, um conversor, que é capaz de converter o
software em um código de máquina generalizado é fornecido. O conversor é
projetado de tal modo que não possa sofrer engenharia reversa, pelo uso de um
processo de conversão que causa perda de dados. Um intérprete, cujo
conhecimento de seu método de processo é mantido restrito, também é
fornecido. O intérprete interpreta o código de máquina geral em um código de
máquina específico, enquanto reconstrói os dados perdidos durante o processo
de interpretação.
(71) Secured Dimensions Ltd. (IL)
(72) Keren Asipov, Boris Asipov
(74) ALEXANDRE FERREIRA
(85) 06/02/2008
(86) PCT IL2006/000398 de 30/03/2006
(87) WO 2007/017856 de 15/02/2007

(21) PI 0614092-0 A2 (22) 28/07/2006 1.3


(30) 03/08/2005 NO 20053727
(51) G01V 1/20 (2011.01), E21B 47/00 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO DE ANTENA PARA PROSPECÇÃO SÍSMICA
(57) DISPOSITIVO DE ANTENA PARA PROSPECÇÃO SISMICA. A presente
invenção refere-se a um dispositivo de antena (10', 10", 10"', 10"") para
prospecções sísmiças, onde a antena (10', 10", 10"', 10""), quando na posição
ativa, está localizada pelo fundo do mar (2), caracterizado pelo fato de que a
antena (10', 10", 10"', 10"") é acoplada a uma parte terminal de pelo menos um
elemento oco de alimentação (12a, 12b), a parte terminal oposta do elemento
oco de alimentação (12a, 12b) sendo acopIado a um suprimento de fluido (14a,
14b, 16).
(71) Innovative Development & Marketing As (NO)
(72) Bjornar Svenning
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 06/02/2008
(21) PI 0614090-4 A2 (22) 01/08/2006 1.3 (86) PCT NO2006/000287 de 28/07/2006
(30) 03/08/2005 US 60/705,226 (87) WO 2007/015646 de 08/02/2007
(51) A61K 31/4045 (2011.01), A61K 31/165 (2011.01), A61P 35/00 (2011.01)
(54) USO DE INIBIDORES DA HDAC PARA O TRATAMENTO DO MIELOMA
(57) USO DE INIBIDORES DA HDAC PARA O TRATAMENTO DO MIELOMA.
A presente invenção refere-se ao uso de um inibidor da HDAC, especialmente
um inibidor da HDAC de fórmula (1), em que os radicais e simbolos têm os
significados conforme definidos no relatório, para a preparação de um
medicamento para o tratamento do mieloma, em particular mie- loma múltiplo,
especialmente mieloma resistente à quimioterapia convencional; a uma
combinação compreendendo um inibidor da HDAC e um composto que efetua
apoptose das células de mieloma, preferencialmente bortezomibe, para uso
simultâneo, separado ou seqúencial; a métodos de tratamento do mieloma; e a
uma composição farmacêutica compreendendo a referida combinação.
(71) NOVARTIS AG (CH)
(72) Peter W. Atadja
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 06/02/2008
(86) PCT US2006/029801 de 01/08/2006
(87) WO 2007/019116 de 15/02/2007

(21) PI 0614093-9 A2 (22) 24/07/2006 1.3


(30) 03/08/2005 IT FI2005A000173
(51) F28D 5/00 (2011.01), F28D 5/02 (2011.01), F28D 1/06 (2011.01)
(54) CONVECTOR PARA RESFRIAMENTO DE FLUIDO CIRCULANTE EM UM
CANO
(57) CONVECTOR PARA RESFRIAMENTO DE FLUIDO CIRCULANTE EM UM
CANO. A presente invenção refere-se a um convector compreendensdo pelo
menos um feixe de canos aletados (7) nos quais circula o fluido a ser resfriado
e pelo menos um ventilador (11) produzindo um fluxo de ar que atinge a parte
externa de ditos canos aletados. O convector compreende uma câmara
(21) PI 0614091-2 A2 (22) 04/08/2006 1.3
adiabática (13) através da qual dito fluxo de ar (Fi) passa, posicionado contra a
40 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

corrente do feixe de canos (7), dentro dos quais a água é nebulizada e (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
evaporada. A câmara adiabática (13) é definida por paredes laterais (5) e por (85) 06/02/2008
pelo menos dois pacotes de enchimento tipo colméia (15, 17). (86) PCT US2006/030328 de 02/08/2006
(71) Frigel Firenze S.P.A. (IT) (87) WO 2007/019252 de 15/02/2007
(72) Filippo Dorin, Riccardo Paoletti
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 06/02/2008
(86) PCT IT2006/000561 de 24/07/2006
(87) WO 2007/015281 de 08/02/2007

(21) PI 0614096-3 A2 (22) 27/07/2006 1.3


(30) 04/08/2005 JP 2005-226910
(51) H01H 37/76 (2011.01), H01C 7/02 (2011.01), H01C 13/00 (2011.01), H01C
13/02 (2011.01), H01M 2/10 (2011.01), H01M 2/34 (2011.01), H01M 10/40
(2011.01)
(54) ELEMENTO COMPOSTO ELÉTRICO
(57) ELEM ENTO COM POSTO ELÉTRICO. A presente invenção refere-se a
um dispositivo elétrico que funciona ou como um elemento de tipo reversível, ou
um elemento de tipo irreversível, dependendo das condições. Tal elemento
inclui um elemento PTC polimérico e um elemento fusível com temperatura
conectado em série a ele, em cujo elemento composto elétrico o elemento
fusível com temperatura é colocado, de tal modo que ele está sob a influência
térmica do elemento PTC polimérico, e um pon- to de fusão de um metal que
compõe o elemento fusível com temperatura é no mínimo 5ºC mais elevado do
que um ponto de fusão de um polimero que compõe o elemento PTC
polimérico.
(21) PI 0614094-7 A2 (22) 31/07/2006 1.3
(71) Tyco Electronics Raychem K.K. (JP)
(30) 02/08/2005 JP 2005-224720
(72) Takashi Hasunuma, Johnny Lam, Katsuaki Suzuki
(51) H04B 7/26 (2011.01), H04Q 7/36 (2011.01), H04Q 7/38 (2011.01)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(54) APARELHO DE CONTROLE DE ACESSO VIA RÁDIO, ESTAÇÃO MÓVEL
(85) 06/02/2008
E MÉTODO
(86) PCT JP2006/314878 de 27/07/2006
(57) APARELHO DE CONTROLE DE ACESSO VIA RÁDIO, ESTAÇÃO MÓVEL
(87) WO 2007/015418 de 08/02/2007
E MÉTODO. A presente invenção refere-se a um aparelho de rede de acesso
via rádio que inclui: uma unidade de gerenciamento de recepção desconti- nua
configurada de modo a gerenciar um estado de recepção (um estado de
recepção descontínua ou um estado de recepção contínua) para cada umadas
estações móveis; uma unidade de determinação e anúncio configurada de
modo a determinar e anunciar uma relação de correspondência entre um canal
de recepção descontínua e um canal de dados compartilhados para cada
estação móvel; e uma unidade de programação de execução configurada de
modo a realizar a programação de execução de um canal de dados
compartilhados de enlace descendente, na qual, quando ocorre um sinal de
paginação à estação móvel no estado de recepção descontínua, o aparelho de
rede de acesso via rádio transmite o sinal de paginação à estação móvel
através da utilização do canal de dados compartilhados determinado com base
na relação de correspondência.
(71) NTT DOCOMO, INC. (JP)
(72) Sadayuki Abeta, Takehiro Nakamura, Minami Ishii, Anil Umesh
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 06/02/2008
(86) PCT JP2006/315147 de 31/07/2006
(87) WO 2007/015460 de 08/02/2007
(21) PI 0614097-1 A2 (22) 02/08/2006 1.3
(30) 02/08/2005 US 60/704,555
(51) A61J 1/00 (2011.01), B65D 81/32 (2011.01)
(54) RECIPIENTE DE CÂMARA MÚLTIPLA
(57) RECIPIENTE DE CÂMARA MÚLTIPLA. A presente invenção refere-se a
um recipiente de câmara múlti- pia para o armazenamento de forma separada
de componentes de uma formulação nutricional parenteral. O recipiente de
câmara múltipla pode incluir barreiras frangíveis, preferencialmente selos
descascáveis separando as câmaras umas das outras, O recipiente
preferencialmente facilita a ativação seletiva dos selos descascáveis ao permitir
a mistura de menos do que todos os componentes armazenados
separadamente. O recipiente pode incluir uma câmara posicionada em cada
(21) PI 0614095-5 A2 (22) 02/08/2006 1.3 uma das extremidades laterais opostas do recipiente e pelo menos uma câmara
(30) 03/08/2005 US 60/705,668 adicional entre as câmaras laterais. Pelo menos uma câmara adicional pode ter
(51) B25B 15/00 (2011.01), A61B 17/88 (2011.01) um comprimento longitudinal substancialmente menor do que o comprimento
(54) FERRAMENTA PARA GIRAR E RETER UM PARAFUSO longitudinal de pelo menos uma das câmaras laterais. Esta configuração
(57) FERRAMENTA PARA GIRAR E RETER UM PARAFUSO. A presente permite uma abertura seletiva dos selos, uma vez que quando se enrola o
invenção refere-se a uma ferramenta na forma de uma chave de fenda recipiente a partir do topo evita-se uma pressurização em pelo menos uma
apresentando um mecanismo de retenção para temporariamente reter um câmara adicional e uma ativação inadvertida do selo. O comprimento
parafuso no lugar em sua ponta enquanto o parafuso está sendo posicionado, longitudinal de pelo menos uma câmara adicional pode ser de entre em torno
girado ou removido. Mais particularmente, uma chave de fenda com uma de dois terços a em torno de três quartos do comprimento longitudinal de pelo
cabeça cruciforme é usada na instalação e na remoção de parafusos de osso menos uma das câmaras laterais. Alternativamente, o recipiente pode incluir
durante a cirurgia maxilofacial. uma aba de suspender que se estende a partir de uma extremidade de topo do
(71) SYNTHES GMBH (CH) recipiente em direção à extremidade de fundo por uma distância em relação a
(72) BRYAN GRIFFITHS
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 41

pelo menos uma câmara adicional substancialmente maior do que as câmaras (54) USO DE UM COMPOSTO DERIVADO DE QUINOLINA, SUA
laterais. COMBINAÇÃO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DA REFERIDA
(71) Baxter International Inc. (US) , Baxter Healthcare S.A (CH) COMBINAÇÃO, PRODUTO E O REFERIDO COMPOSTO
(72) Jean-Luc Trouilly, Freddy Desbrosses, Denis Bonnot, Christian Melin (57) USO DE UM COMPOSTO DERIVADO DE QUINOLINA, SUA
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira COMBINAÇÃO, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA, USO DA REFERIDA
(85) 06/02/2008 COMBINAÇÃO, PRODUTO E O REFERIDO COMPOSTO. A presente invenção
(86) PCT US2006/030064 de 02/08/2006 refere-se ao uso de um composto para a fabricação de um medicamento para o
(87) WO 2007/037793 de 05/04/2007 tratamento de uma infecção bacteriana desde que a infecção bacteriana seja
diferente de uma infecção micobacteriana, o referido composto sendo um
composto de fórmula (la). um sal de adição de ácido ou de base
farmaceuticamente aceitável do mesmo, uma amina quaternária do mesmo,
uma forma estereoquimicamente isomérica do mesmo, uma forma tautomérica
do mesmo ou uma forma N- óxido do mesmo, em que R1 é hidrogênio, halo,
haloalquila, ciano, hidróxi, Ar, Het, alquila, alquilóxi, alquiltio, alquiloxialquila,
alquiítioalquila, Ar-alquila ou di (Ar) alquila; p é 1, 2, 3 ou 4; R2 é hidrogênio,
hidróxi, tio, alquilóxi, alqui- loxialquilóxi, alquiltio, mono ou di (alquil) amino ou
um radical de fórmula (II) R3 é alquila, Ar, Ar-alquila, Het ou Het-alquila; R4 é
hidrogênio, alquila ou benzila; R5 é hidrogênio, halo, haloalquila, hidróxi, Ar,
alquila, alquilóxi, aiquiltio, alquiloxialquila, alquiltioalquila, Ar-alquila ou di (Ar)
alquila; ou dois radicais R5 vicinais podem ser tomados juntos para formar
juntos com o anel fenila aos quais eles são fixados uma naftila; r é 1, 2, 3, 4 ou
5; R6 é hidrogênio, alquila, Ar ou Het; R7 é hidrogênio ou alquila; R8 é oxo;
ouR7e R8 juntos formam o radical -CH=CH-N=; Z é CH2 ou C(=0).
(71) JANSSEN PHARMACEUTICA N. V. (BE)
(72) Jérôme Emile Georges Guillemont, Koenraad Jozef Lodewijk Marcel
Andries, Anil Koul, Elisabeth Thérèse Jeanne Pasquier
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 06/02/2008
(86) PCT EP2006/064847 de 31/07/2006
(87) WO 2007/014934 de 08/02/2007

(21) PI 0614098-0 A2 (22) 18/07/2006 1.3


(30) 06/08/2005 DE 10 2005 037 203.1
(51) F16J 9/06 (2011.01), F16J 9/16 (2011.01)
(54) ANEL RECOLHEDOR DE ÓLEO DE DIVERSAS PARTES PARA
MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA
(57) ANEL RECOLHEDOR DE ÓLEO DE DIVERSAS PARTES PARA
MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA. A presente invenção refere-se a um
anel recolhedor de óleo (10) de diversas partes para motores de combustão
interna, com um anel de ex- pansão elástico (1) em forma de U apresentando
desbastes (2) axiais para a formação de pernas (3, 4) elásticas, voltadas
radialmente para fora que são unidas através de nervuras (5) internas, e com
pelo menos dois discos (7, 8) anelares, dotados com dois flancos (7a, 7b; 8a,
8b) respectivamente paralelos, que sobre um dos seus flancos como altura de
flancos (SE) estão empilhados até uma altura (hL) e dispostos entre as pernas
elásticas do anel de expansão elástico, a fim de definir uma altura nominal do
anel recolhedor de óleo, deve ser alcançada para um anel recolhedor de óleo (21) PI 0614100-5 A2 (22) 02/08/2006 1.3
de pelos menos três partes uma altura construtiva axial mínima com um efeito (30) 03/08/2005 US 60/704,902; 11/08/2005 US 60/707,162; 04/05/2006 US
recolhedor melhorado pelo fato de que pelo menos cada vez um dos flancos 60/746,454; 04/05/2006 US 60/746,456
(7a, 7b; 8a, 8b) dos discos apresenta na sua área de parede radialmente (51) A61K 39/00 (2011.01), C07K 16/00 (2011.01)
interna um desbaste (11) configurado de tal modo com uma superfície de apoio (54) FORMULAÇÕES DE IMUNOCONJUGADO LÍQUIDAS
(12) para o engate das pernas elásticas (3, 4) do anel de expansão elástico, (57) FORMULAÇÕES DE IMUNOCONJUGADO LÍQUIDAS. A presente
que a altura nominal do anel recolhedor de óleo é determinada exclusivamente invenção fornece uma formulação de imunoconjugado que é substancialmente
através da altura de empilhamento (hL) dos discos (7, 8). livre de partículas, a formulação de imunoconiu- gado compreendendo: um
(71) Mahle International Gmbh (DE) imunoconjugado e um ou mais excipientes selecionados do grupo consistindo
(72) Michael Hummel, Alexandros Mizoglou em: sacarose, polissorbato 20, polissorbato 80, ciclodextrina, dextrose, glicerol,
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira polietileno glicol, manitol, cloreto de sódio, e um aminoácido, em que a
(85) 06/02/2008 formulação é uma solução aquosa tamponada tendo um pH de 4,5 a 7,6. A
(86) PCT DE2006/001238 de 18/07/2006 presente invenção também fornece uma formulação de imunoconjugado que é
(87) WO 2007/016893 de 15/02/2007 substancialmente livre de agregados, a formulação de imunoconjugado
compreendendo: um imunoconjugado e um ou mais excipientes selecionados
do grupo consistindo em histidina, sa- carose, glicina e cloreto de sódio, em que
a formulação é uma solução aquosa tamponada tendo um pH de 4,5 a 7,6. A
presente invenção também fornece uma formulação de imunoconjugado que é
substancialmente livre tanto de partículas quanto de agregados.
(71) IMMUNOGEN, INC. (US)
(72) Wei Zhang, Michael S. Flemming, Godfrey Amphlett, Hung-Wei Chih,
Elizabeth Bartlett
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 06/02/2008
(86) PCT US2006/030295 de 02/08/2006
(87) WO 2007/019232 de 15/02/2007

(21) PI 0614101-3 A2 (22) 02/08/2006 1.3


(30) 04/08/2005 EP 05 016956.4
(51) C07D 401/12 (2011.01), A61K 31/4439 (2011.01), A61P 35/02 (2011.01)
(54) DERIVADOS DE FENILPIRIDINA, SUA FABRICAÇÃO E USO COMO
AGENTES FARMACÊUTICOS
(57) DERIVADOS DE FENILPIRIDINA, SUA FABRICAÇÃO E USO COMO
AGENTES FARMACÊUTICOS. A presente invenção refere-se aos compostos
de fórmula I seus sais farmace uticamente aceitáveis, formas enantioméricas,
diastereoisômeros e racematos, a preparação dos compostos acima
mencionados, composições farmacêuticas contendo-os e sua fabricação, bem
(21) PI 0614099-8 A2 (22) 31/07/2006 1.3 como o uso dos compostos acima mencionados no controle ou prevenção de
(30) 03/08/2005 EP 05 107155.3 doenças tais como o câncer.
(51) A61K 31/4709 (2011.01), A61P 31/04 (2011.01), C07D 413/06 (2011.01) (71) F Hoffmann-La Roche AG (CH)
(72) Birgit Bossenmaier, Thomas Friess, Rolf Juchem, Lothar Kling, Irene Kolm,
Hans-Willi Krell, Thomas Von Hirschheydt, Edgar Voss
42 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira


(85) 06/02/2008
(86) PCT EP2006/007646 de 02/08/2006
(87) WO 2007/017169 de 15/02/2007

(21) PI 0614115-3 A2 (22) 27/07/2006 1.3


(21) PI 0614112-9 A2 (22) 27/07/2006 1.3 (30) 08/08/2005 US 60/706.332; 14/12/2005 US 60/750.189
(30) 02/08/2005 US 11/195.052 (51) C07D 405/12 (2011.01), C07D 413/14 (2011.01), A61P 35/00 (2011.01),
(51) B01F 5/04 (2011.01), F16K 15/14 (2011.01), E03C 1/046 (2011.01) A61K 31/4709 (2011.01)
(54) EXTRATOR DE MISTURA (54) SAIS E POLIMOFOS DE UM INIBIDOR DE VERGF-R, COMPOSIÇÃO
(57) EXTRATOR DE MISTURA. Um extrator para misturar dois líquidos onde o FARMACÊUTICA E CÁPSULA CONTENDO OS MESMOS, BEM COMO SEU
extrator inclui um elemento de prevenção de fluxo de retorno fechado ou sem USO
espaço de ar. O perfil de vácuo do extrator é alterado mudando uma abertura (57) SAIS E POLIMOFOS DE UM INIBIDOR DE VERGF-R, COMPOSIÇAO
em uma porção de passagem para desviar de modo controlável o fluxo da água FARMACÊUTICA E CÁPSULA CONTENDO OS MESMOS, BEM COMO SEU
ao redor do tubo de venturi ou desviar a água sem a abertura. Isso proporciona USO. A invenção está relacionada a sais e formas base livre de N,2-dimetil-6-
a mudança do perfil de vácuo sem ter que projetar nova- mente todo o extrator. [7-(2-morfolinoetoxi)quinolin-4- ilóxi]benzofuran-3-carboxamida. A invenção
(71) JOHNSONDIVERSEY, INC. (US) também está rela- cionada a composições farmacêuticas desses sais e formas
(72) John A. Boticki, James L. Bournoville em base livre e uso desses sais para preparar composições farmacêuticas para
(74) NELLIE ANNE DANIEL SHORES tratar distúrbios tais como câncer.
(85) 31/01/2008 (71) PFIZER INC. (US)
(86) PCT US2006/029315 de 27/07/2006 (72) YI LI, JIA LIU, ANAND SISTLA, BRUCE JOSEPH ELDER, YUFENG
(87) WO 2007/016297 de 08/02/2007 HONG, PAUL KENNETH ISBESTER, GRANT JACKSON, JONATHAN
STUART SALSBURY, LUCKNER GERARD ULYSSE
(74) NELLIE ANNE DANIEL SHORES
(85) 31/01/2008
(86) PCT IB2006/002171 de 27/07/2006
(87) WO 2007/017740 de 15/02/2007

(21) PI 0614116-1 A2 (22) 01/08/2006 1.3


(30) 05/08/2005 US 11/198.265
(51) B24D 11/02 (2011.01), B24D 3/00 (2011.01)
(54) ARTIGO ABRASIVO E MÉTODOS DE FABRICAÇÃO DO MESMO
(57) ARTIGO ABRASIVO E MÉTODOS DE FABRICAÇÃO DO MESMO. Trata-
se de um artigo abrasivo poroso através do qual a passagem de ar e de
partículas de poeira pode ocorrer. O artigo abrasivo tem um abrasivo de tela e
uma interface de fixação com aberturas dotada de ganchos. O abrasivo de tela
tem uma camada abrasiva que compreende uma pluralidade de partículas
abrasivas e ao menos um aglutinante. A interface de fixação com aberturas
coopera com o abrasivo de tela para permitr o fluxo de partículas através do
artigo abrasivo.
(71) 3M INNOVATIVE PROPERTIES COMPANY (US)
(72) EDWARD J. WOO, CHARLES R. WALD, CURTIS J. SCHMIDT
(74) NELLIE ANNE DANIEL SHORES
(85) 31/01/2008
(86) PCT US2006/029793 de 01/08/2006
(87) WO 2007/019114 de 15/02/2007

(21) PI 0614114-5 A2 (22) 07/08/2006 1.3


(30) 05/08/2005 US 60/705.973; 21/10/2005 US 11/256.120
(51) G06F 3/16 (2011.01), G10L 15/02 (2011.01)
(54) CONFIRMAÇÃO SELETIVA PARA EXECUÇÃO DE UMA INTERFACE DE
USUÁRIO ATIVADA POR VOZ
(57) CONFIRMAÇÃO SELETIVA PARA EXECUÇÃO DE UMA INTERFACE DE
USUÁRIO ATIVADA POR VOZ. Uma interface de usuário ativada por voz para
uma aplicação está descrita. A interface de usuário ativada por voz chama um
componente de reconhecimento de fala para reconhecer entrada de áudio de
um usuário. Se a entrada de áudio for um comando, então um componente de
validação é chamado para determinar ou para validar o comando antes da
execução. (21) PI 0614117-0 A2 (22) 02/08/2006 1.3
(71) MICROSOFT CORPORATION (US) (30) 05/08/2005 EP 05017056.2
(72) Alex G. Snitkovskiy, David Mowatt, Felix G.T.I. Andrew, Robert Edward (51) H01T 4/06 (2011.01), H04Q 1/14 (2011.01), H04M 3/18 (2011.01)
Dewar (54) MÓDULO DE PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA DE TENSÃO E UM
(74) NELLIE ANNE DANIEL SHORES CONJUNTO DE AO MENOS UM MÓDULO DE TELECOMUNICAÇÕES E AO
(85) 31/01/2008 MENOS UM MÓDULO DE PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA DE TENSÃO
(86) PCT US2006/030811 de 07/08/2006 (57) MÓDULO DE PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA DE TENSÃO E UM
(87) WO 2007/019476 de 15/02/2007 CONJUNTO DE AO MENOS UM MÓDULO DE TELECOMUNICAÇÕES E AO
MENOS UM MÓDULO DE PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA DE
TENSÃO. Trata-se de um módulo de proteção contra sobrecarga de tensão que
pode ser encaixado em um módulo de telecomunicações que tem contatos de
telecomunicações, aos quais linhas de telecomunicações podem ser
conectadas, e tem ao menos dois protetores contra sobrecarga de tensão, ao
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 43

menos um contato terra e ao menos dois pares de contatos de módulo de método para imunizar animais, especialmente gatos, contra doença, em
proteção para módulos de telecomunicações, de modo que ao menos duas particular contra calicivírus de felino (FCV). O mé- todo inclui administrar a um
linhas de telecomunicações podem ser protegidas, sendo que os pontos de gato quantidades terapeuticamente eficazes da primeira e segunda vacina de
contato estão localizados em ao menos dois níveis diferentes, e ambos os FCV. A primeira vacina é administrada oralmente ou parenteralmente (por
contatos de cada par de contatos do módulo de proteção são conectados ao exemplo, subcutaneamente, intramuscularmente, e outros). A segunda vacina é
mesmo protetor contra sobrecarga de tensão. administrada oralmente ou oronasalmente N dias seguinte à administração da
(71) 3M INNOVATIVE PROPERTIES COMPANY (US) primeira vacina, onde N é um número inteiro de 3 a 120, inclusive. Uma terceira
(72) GUY METRAL, GUY J. BARTHES administração de vacina também pode ser dada. A presente invenção também
(74) NELLIE ANNE DANIEL SHORES descreve métodos e materiais para tratar e imunizar animais com vacina, e em
(85) 31/01/2008 particular gatos contra ambos FPV ou Parvovírus de Felino que também foi
(86) PCT US2006/030112 de 02/08/2006 chamado Panleucopenia ou FPL e contra outra doença, FHV ou HERPES
(87) WO 2007/019177 de 15/02/2007 VÍRUS de Felino que também foi chamado Vírus de Rinotraqueite de Felino.
(71) PFIZER PRODUCTS INC. (US)
(72) DAVID EARL LOWERY, SING RONG, PAUL MARK GUIMOND, PAULA
MUNNS CLARE, CASSIUS MCALLISTER TUCKER, THOMAS JACK NEWBY
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/01/2008
(86) PCT IB2006/002018 de 17/07/2006
(87) WO 2007/012944 de 01/02/2007

(21) PI 0614120-0 A2 (22) 05/07/2006 1.3


(30) 28/07/2005 US 60/703,200
(51) A61B 1/015 (2011.01), A61B 1/12 (2011.01), A61B 1/31 (2011.01)
(54) SISTEMA DE CONTROLE APERFEIÇOADO PARA FORNECER MEIO
FLUÍDO A ENDOSCÓPIO
(57) SISTEMA DE CONTROLE APERFEIÇOADO PARA FORNECER MEIO
FLUIDO A ENDOSCÓPIO. A presente invenção refere-se a um sistema de
(21) PI 0614118-8 A2 (22) 03/08/2006 1.3 controle para fornecer meio fluido a um aparelho endoscópico. O aparelho
(30) 05/08/2005 US 60/705.958 compreende uma haste operacional e um membro de inserção inserível no
(51) G01N 33/487 (2011.01), A61B 5/00 (2011.01) canal do corpo, onde é proporcionado uma manga de proteção que cobre pelo
(54) MEDIDOR COM INTERFACE DE USUÁRIO MULTINÍVEL menos uma porção do membro de inserção. O sistema de controle compreende
(57) MEDIDOR COM INTERFACE DE USUÁRIO MULTINÍVEL. Trata-se um uma unidade de controle de sistema com uma bomba para fornecer ar
medidor adaptado para determinar e armazenar leituras de concentração de comprimido a pelo menos ao canal para inflar a manga. A unidade de controle
analito, em especial leitura de concentração de glicose, incluindo uma interface de sistema é proporcionada com um duto, que está em comunicação fluida com
tendo diversos níveis pré-definidos de recursos de usuário. Os níveis a bomba. O duto compreende uma primeira ramificação através da qual o ar
predefinidos podem ser selecionados pelo usuário baseado nas preferências, comprimido que flui a partir da bomba passa para a manga e para uma segunda
necessidades e habilidades do usuário. ramificação dotada de uma saída para a atmosfera; a referida segunda
(71) BAYER HEALTHCARE LLC (US) ramificação é proporcionada com um meio de regulação de fluxo controlável.
(72) Barry D. Power, Jeffrey A. Culver (71) STRYKER GI LTD. (IL)
(74) NELLIE ANNE DANIEL SHORES (72) GOLAN SALMAN
(85) 31/01/2008 (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(86) PCT US2006/030401 de 03/08/2006 (85) 28/01/2008
(87) WO 2007/019289 de 15/02/2007 (86) PCT IL2006/000776 de 05/07/2006
(87) WO 2007/013055 de 01/02/2007

(21) PI 0614121-8 A2 (22) 27/07/2006 1.3


(30) 28/07/2005 EP 05 016390.6
(51) A61K 31/7056 (2011.01), C07H 17/02 (2011.01), A61P 3/04 (2011.01),
A61P 3/10 (2011.01)
(54) MÉTODOS PARA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE DISTÚRBIOS
(21) PI 0614119-6 A2 (22) 17/07/2006 1.3 METABÓLICOS E DERIVADOS DE PIRAZOL-O-GLICOSÍDEO
(30) 28/07/2005 US 60/703,109 (57) MÉTODOS PARA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE DISTÚRBIOS
(51) A61K 38/16 (2011.01), A61K 39/12 (2011.01), A61K 48/00 (2011.01), C07K METABÓLICOS E DERIVADOS DE PIRAZOL-O-GLICOSIDEO. A presente
14/08 (2011.01), C07K 16/10 (2011.01), C12N 15/40 (2011.01) invenção refere-se a métodos para prevenção ou tratamento de distúrbios
(54) MÉTODOS DE ADMINISTRAÇÃO DE VACINA, CALICIVIROSES DE metabólicos, para melhoria de controle glicêmico, para prevenção de
FELINO, E TRATAMENTOS PARA IMUNIZAR ANIMAIS CONTRA progressão de tolerância à glicose prejudicada, resistência à insulina e/ou de
PARAOVÍRUS FELINO E HERPES VÍRUS DE FELINO síndrome metabólica em diabetes melito tipo 2, para prevenção ou tratamento
(57) MÉTODOS DE ADMINISTRAÇÃO DE VACINA, CALICIVIROSES DE de complicações de diabetes melito, para redução do peso, para prevenção ou
FELINO, E TRATAMENTOS PARA IMUNIZAR ANIMAIS CONTRA tratamento da degeneração de células beta pancreáticas, para tratamento de
PARAOVÍRUS FELINO E HERPES VÍRUS DE FELINO. A presente invenção hiperinsulinemia e resistência à insulina e diabetes tipo 1, em pacientes com
refere-se a uma vacina para imunizar gatos contra vírus de felinos. A presente necessidade dos mesmos por meio de administração de uma composição
invenção também refere-se a um clone de ácido nucléico que codifica a farmacêutica que compreende um deri- vado de pirazol-O-glicosídeo como
proteína de capsídeo do calicivírus de felino isolado. A presente invenção definido na reivindicação 1, ou um pró-fármaco do mesmo ou um sal
também refere-se a uma vacina viva ou morta que compreende o calicivírus de farmaceuticamente aceitável do mesmo.
felino isolado, uma vacina de subunidade que compreende a proteína de (71) BOEHRINGER INGELHEIM INTERNACIONAL GMBH (DE) , AJINOMOTO
capsídeo do calicivírus de felino isolado, uma vacina de ácido nucléico que CO., INC. (JP) , SABINE PINNETTI (DE) , REGINE RITTER (DE) , RUEDIGER
compreende um clone de ácido nucléico do calicivírus de felino isolado, e uma STREICHER (DE) , KOICHI FUJITA (JP) , TOSHIHIRO HATANAKA (JP) ,
vacina de vetor de vírus recombinante que compreende ácido nucléico que NOZOMU ISHIDA (JP) , KATSUMI MAEZONO (JP) , KOJI OHSUMI (JP)
codifica a proteína de capsídeo do calicivírus de felino isolado. A presente (72) Roland Maier, Peter Eickelmann, Leo Thomas, Edward Leon Barsoumian,
invenção também refere-se a um méto- do para identificar um calicivirus de Klaus Dugi, Frank Himmelsbach, Sabine Pinnetti, Regine Ritter, Ruediger
felino útil para produzir uma composição de vacina e a ensaios para Streicher, Koichi Fujita, Toshihiro Hatanaka, Nozomu Ishida, Katsumi Maezono,
diagnosticar gatos infectados com calicivírus de felino. Também descrito é um Koji Ohsumi
44 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira


(85) 28/01/2008
(86) PCT EP2006/064715 de 27/07/2006
(87) WO 2007/014895 de 08/02/2007

(21) PI 0614122-6 A2 (22) 26/07/2006 1.3


(30) 28/07/2005 EP 05 106962.3
(51) C07D 215/227 (2011.01), C07D 215/12 (2011.01), C07D 215/48 (2011.01),
C07D 401/04 (2011.01), C07D 401/06 (2011.01), C07D 401/12 (2011.01), C07D
401/14 (2011.01), C07D 405/06 (2011.01), C07D 405/12 (2011.01), C07D
413/06 (2011.01), C07D 417/06 (2011.01), A61K 31/47 (2011.01), A61P 31/00
(2011.01)
(54) COMPOSTO DERIVADO DE QUINOLINA, COMPOSIÇÃO
FARMACÊUTICA E USO DO REFERIDO COMPOSTO
(57) COMPOSTO DERIVADO DE QUINOLINA, COMPOSIÇÃO
FARMACÊUTICA E USO DO REFERIDO COMPOSTO. A presente invenção se
refere a novos derivados de quinolina substituidos, de acordo com as fórmulas
gerais (1a) ou (1b): a um sal de adição de ácido ou de base farmaceuticamente
aceitável do mesmo, uma amina quaternária do mesmo, uma forma
estereoquimicamente isomérica do mesmo, uma forma tautomérica do mesmo,
uma forma de N-óxido do mesmo ou um pró-fármaco do mesmo. Os compostos
reivindicados são de utilidade no tratamento de uma doença bacteriana,
particularmente, as doenças provocadas pela micobactéria patogênica, tal
como, Mycobacterium tuberculosis, M. bovis, M. avium e M. marinum. Também
é reivindicada uma composição que compreende um veículo
farmaceuticamente aceitável e, como ingrediente ativo, uma quantidade
terapeuticamente eficaz dos compostos reivindicados, o uso dos compostos ou
das composições reivindicadas para a fabricação de um medicamento
destinado ao tratamento de doenças bacterianas e um processo para a (21) PI 0614124-2 A2 (22) 27/07/2006 1.3
preparação dos compostos reivindicados. (30) 27/07/2005 US 60/702,717; 02/08/2005 US 60/705,720; 22/06/2006 US
(71) JANSSEN PHARMACEUTICA N. V. (BE) 11/472,804
(72) Jérôme Emile Georges Guillemont, Koenraad Jozef Lodenwijk Marcel (51) G06F 15/16 (2011.01)
Andries, David Francis Alain Lancois, Elisabeth Théreèse Jeanne Pasquier, Anil (54) DADOS CRIPTOGRAFADOS EM UMA REDE DE COMUNICAÇÃO
Koul (57) DADOS CRIPTOGRAFADOS EM UMA REDE DE COMUNICAÇÃO. A
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira invenção refere-se a um método para comunicação em uma rede (2). O método
(85) 28/01/2008 inclui encapsular o conteúdo de uma pluralidade de unidades de dados de alto
(86) PCT EP2006/064656 de 26/07/2006 nível de uma camada de alto nível para gerar um luxo; dividir o fluxo em uma
(87) WO 2007/014885 de 08/02/2007 pluralidade de segmentos (102); criptogratar individualmente pelo menos alguns
dos segmentos, em que um segmento criptografado (106) inclui uma
pluralidade de blocos criptografados, e pelo menos alguns dos blocos
criptografados são criptografados com base em pelo menos um outro bloco
criptografado dentro do segmento criptografado; suprir as unidades de dados de
baixo nível (110) para uma camada física que manipula a comunicação física
pela rede, pelo menos algumas das unidades de dados de baixo nível cada
uma incluindo uma pluralidade de segmentos criptografados.
(71) Intellon Coporation (US)
(72) Lawrence W. Yonge, III, Srinivas Katar
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/01/2008
(86) PCT US2006/029213 de 27/07/2006
(87) WO 2007/086934 de 02/08/2007

(21) PI 0614123-4 A2 (22) 28/06/2006 1.3


(30) 27/07/2005 US 11/191,191
(51) F16F 9/04 (2011.01)
(54) MONTAGEM DE ELEMENTO DE EXTREMIDADE COM MÚLTIPLOS
COMPONENTES E MONTAGEM DE MOLA PNEUMÁTICA QUE INCLUI A
MESMA (21) PI 0614127-7 A2 (22) 28/07/2006 1.3
(57) MONTAGEM DE ELEMENTO DE EXTREMIDADE COM MÚLTIPLOS (30) 28/07/2005 US 60/703,281; 27/07/2006 US 11/494,272
COMPONENTES E MONTAGEM DE MOLA PNEUMÁTICA QUE INCLUI A (51) B60S 1/38 (2011.01), B60S 1/40 (2011.01)
MESMA. Trata-se de uma montagem de elemento de extremidade (102) que (54) MONTAGEM DE PALHETA DE LIMPADOR DE PÁRA-BRISA COM
inclui um primeiro elemento de extremidade (110) e um segundo elemento de SISTEMA DE PREVENÇÃO DE TRANSLAÇÃO
extremidade (112). Uma montagem de mola pneumática (100) po- de ser (57) MONTAGEM DE PALHETA DE LIMPADOR DE PÁRA-BRISA COM
formada usando uma montagem de elemento de extremidade em uma SISTEMA DE PREVENÇÃO DE TRANSLAÇÃO. Montagem de palheta de
extremidade desta. Um método também é descrito. limpador de pára-brisa é descrita compreendendo uma palheta limpadora
(71) BFS DIVERSIFIED PRODUCTS, LLC (US) resiliente tendo uma passagem axial através da qual um feixe de suporte
(72) Robert Taylor flexível é posicionado para oferecer estrutura. Um elemento conector universal
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira para ligar a montagem de palheta a uma pluralidade de braços limpadores
(85) 28/01/2008 diferentes corrugados na palheta e a montagem de feixe de suporte
(86) PCT US2006/025106 de 28/06/2006 aproximadamente no meio ao longo da palheta limpadora de uma forma que
(87) WO 2007/018800 de 15/02/2007 não interfira com o material do limpador de pára-brisa resiliente, enquanto
impede, ao mesmo tempo, a transíação axial relativa do feixe de suporte dentro
da palheta limpadora de pára-brisa, bem como transíação entre a lâmina e o
próprio conectores.
(71) TENNECO AUTOMOTIVE OPERATING COMPANY INC. (US)
(72) VAN T. WALWORTH, DAVID B. HOOK, GRAIG WHITAKER, JOSEPH C.
BACARELLA, GEORGE MOSER
(74) Di Blasi, Parente, S. G. & Associados
(85) 28/01/2008
(86) PCT US2006/029878 de 28/07/2006
(87) WO 2007/014395 de 01/02/2007
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 45

(71) BAKER HUGHES INCORPORATED (US)


(72) Rocco Difoggio, Weimin Yao
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 01/02/2008
(86) PCT US2006/029690 de 31/07/2006
(87) WO 2007/016464 de 08/02/2007

(21) PI 0614128-5 A2 (22) 27/07/2006 1.3


(30) 05/08/2005 IT MI2005A001554
(51) A43D 25/20 (2011.01)
(54) APARELHO PARA REATIVAR SUBSTÂNCIAS ADESIVAS, SISTEMA
PARA TRATAMENTO TÉRMICO DE PARTES DE SAPATOS SUJEITAS À
COLAGEM E MÉTODO PARA REATIVAR SUBSTÂNCIAS ADESIVAS
(57) APARELHO PARA REATIVAR SUBSTÂNCIAS ADESIVAS, SISTEMA
PARA TRATAMENTO TÉRMICO DE PARTES DE SAPATOS SUJEITAS A
COLAGEM E MÉTODO PARA REATIVAR SUBSTÂNCIAS ADESIVAS.
Aparelho para reativar substâncias adesivas previamente depositadas sobre
uma ou mais partes de sapatos (8) , do tipo compreendendo pelo menos um
(21) PI 0614130-7 A2 (22) 28/07/2006 1.3
dispositivo de aquecimento (4, 5) da citada uma ou mais partes de sapatos (8) e
(30) 01/08/2005 FR 05 08228
pelo menos uma unidade de controle regulando as condições operacionais do
(51) D04B 1/00 (2011.01)
citado pelo menos um dispositivo de aquecimento (41 5) . O aparelho inclui,
(54) DISPOSITIVO DE TRICOTAGEM PARA A CONFECÇÃO DE UM TECIDO
adicionalmente, um ou mais sensores (11) para a detecção das condições de
DE DUPLA-FACE ESPESSO
temperatura e/ou umidade da uma ou mais partes de sapatos (8) citadas
(57) DISPOSITIVO DE TRICOTAGEM PARA A CONFECÇÃO DE UM TECIDO
anteriormente, o citado um ou mais sensores (11) sendo localizados a montante
DE DUPLA-FACE ESPESSO. A presente invenção refere-se a um dispositivo
e/ou a jusante do pelo menos um dispositivo de aquecimento (4, 5) citado
de tricotagem para a confecção de um tecido de dupla-face compreendendo
anteriormente das partes de sapatos (8).
duas camadas externas (1, 2) tricotadas e ligadas uma à outra por pelo menos
(71) CELTECNIA S.L. (ES) , FRANCESCO COTTINO (IT)
um fio de ligação (4). Este dispositivo comporta dois grupos de agulha (6)
(72) JUAN ALBERTO LOPEZ CARBONELL, JOSE LUIS BEAUS NAVARRO,
móveis em translação sobre um leito (5) respectivo, seguindo uma trajetória
JOSE MIGUEL MARTIN MARTINEZ
retilínea contida em um plano respectivo (P1, P2). As posições do gancho (7)
(74) ANTONIO MAURICIO PEDRAS ARNAUD
de uma agulha (6) de pelo menos um grupo respectivamente entre sua estação
(85) 01/02/2008
de tricotagem e sua estação de ligação são situadas em ambos os lados da
(86) PCT IB2006/002044 de 27/07/2006
linha reta de interseção (D) entre os dois planos (P1, P2). Além disso, a
(87) WO 2007/017718 de 15/02/2007
elevação da agulha (6) entre sua estação de remoção e sua estação de
tricotagem é menor do que a elevação da agulha (6) entre sua estação de
remoção e sua estação de ligação.
(71) JACQUES ABRAMO (CH)
(72) JACQUES ABRAMO
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 01/02/2008
(86) PCT IB2006/002862 de 28/07/2006
(87) WO 2007/015172 de 08/02/2007

(21) PI 0614129-3 A2 (22) 31/07/2006 1.3


(30) 01/08/2005 US 11/194,365
(51) E21B 47/00 (2011.01)
(54) ANALISADOR ACÚSTICO DE FLUIDO
(57) ANALISADOR ACÚSTICO DE FLUIDO. A presente invenção refere-se a
um método de determinação de propriedades de um fluido de formação
baseado em medições da velocidade do som no fluido, uma medição da
densidade do fluido, ou ambas. As propriedades incluem compressibilidade,
condutividade térmica, e a relação óleo-gás. A compressibilidade de um fluido é
inversamente proporcional ao produto da velocidade do som no fluido ao (21) PI 0614131-5 A2 (22) 14/07/2006 1.3
quadrado e a densidade do fluido. A densidade e a velocidade do som podem (30) 01/08/2005 AT A 1288/2005; 21/04/2006 AT A 678/2006
ser medidas acusticamente. O método ainda inclui uma maneira de processar (51) C21D 9/00 (2011.01), C21D 9/573 (2011.01)
dados incluindo a aplicação do método Savitzky-Golay e a utilização de uma (54) DISPOSITIVO PARA RESFRIAMENTO DE UMA FITA METÁLICA
técnica de valor de limiar variável. (57) DISPOSITIVO PARA RESFRIAMENTO DE UMA FITA METÁLICA. A
presente invenção refere-se a um dispositivo para resfriamento de uma fita
46 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

metálica (1) com pelo menos dois campos de bocal, opostos um ao outro, com das quais tendo diferentes concentrações de conservante. A invenção permite a
relação a uma fita metálica (1) transportada continuamente em sua direção mistura de conservantes final seja independentemente variável na formulação.
longitudinal, que compreendem bocais ligados em caixas de sopro (3) para um (71) UNILEVER N.V (NL)
gás de refrigeração, voltados contra a respectiva superficie da fita, e com canais (72) Geetha Basappa, Maria Teresa Belmar, Ana Martin-Herranz, Iain Sunil
de corrente (5) previstos entre os bocais, para descarga das correntes de gás Young
de refrigeração dos bocais desviadas na superfície da fita. Para criar condições (74) Momsen, Leonardos & CIA.
de refrigeração vantajosas, a invenção propõe que os bocais estejam reunidos, (85) 29/01/2008
em grupos, em réguas de bocais (4) enfileiradas paralelamente uma ao lado da (86) PCT EP2006/007595 de 28/07/2006
outra, com distância lateral, que consistem em aberturas de bocal (7), (87) WO 2007/014748 de 08/02/2007
distribuídas sobre o comprimento das réguas de bocais (4), voltadas contra a
respectiva superfície da fita, e que os canais de corrente (5) estão previstos (21) PI 0614139-0 A2 (22) 03/08/2006 1.3
para descarga das correntes de gás de refrigeração entre as réguas de bocais (30) 05/08/2005 US 11/198393; 27/04/2006 US 60/795883
(4) que se estendem transversalmente às caixas de sopro (3). (51) A61B 17/70 (2011.01)
(71) Ebner Industrieofenbau Gesellschaft M.B.H. (AT) (54) APARELHO PARA INSERÇÃO ENTRE OS PROCESSOS ESPINHOSOS
(72) Peter Ebner, Gerald Eckertsberger DE DUAS VÉRTEBRAS ADJACENTES POR MEIO DE UMA ABERTURA
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira LATERAL EM UMA PROPOSTA MINIMAMENTE INVASIVA PARA TRATAR
(85) 01/02/2008 ESTENOSE ESPINHAL, E, IMPLANTE ESPINHAL
(86) PCT AT2006/000302 de 14/07/2006 (57) APARELHO PARA INSERÇÃO ENTRE OS PROCESSOS ESPINHOSOS
(87) WO 2007/014406 de 08/02/2007 DE DUAS VÉRTEBRAS ADJACENTES POR MEIO DE UMA ABERTURA
LATERAL EM UMA PROPOSTA MINIMAMENTE INVASIVA PARA TRATAR
ESTENOSE ESPINHAL, E, IMPLANTE ESPINHAL. Um dispositivo para tratar
estenose espinhal tendo uma estrutura de corpo de implante dimensionada e
configurada para ser posicionada entre os processos espinhosos de duas
vértebras adjacentes. O dispositivo pode ter uma porção de corpo tendo uma
primeira porção de extremidade, uma segunda porção de extremidade e uma
luva entre a primeira e segunda porções de extremidade. O dispositivo pode
também ter pelo menos dois retentores posicionados em e extensíveis a partir
da porção de corpo. Um mecanismo posicionado dentro da porção de corpo
pode ser usado para mover os retentores entre uma posição retraida e uma
posição estendida. quando os retentores estão na posição estendida, os
retentores podem ser posicionados ao redor do processo espinhoso de pelo
menos uma de duas vértebras adjacentes. Uma pluralidade de ferramentas de
instalação que podem ser usadas para instalar o dispositivo é também revelada.
(71) SYNTHES GMBH (CH)
(72) Felix Aschmann, Peter Senn, Michael Mayer, Paul Pavlov
(74) TAVARES PROPRIEDADE INTELECTUAL LTDA
(85) 06/02/2008
(86) PCT US2006/030614 de 03/08/2006
(21) PI 0614132-3 A2 (22) 26/06/2006 1.3
(87) WO 2007/019391 de 15/02/2007
(30) 29/07/2005 US 11/192,594
(51) A61N 1/36 (2011.01), A61N 1/05 (2011.01), A61M 5/142 (2011.01), A61N
2/00 (2011.01)
(54) USO DE UM SISTEMA NEUROESTIMULADOR
(57) USO DE UM SISTEMA NEUROESTIMULADOR. Um método e aparelho
para tratamento de pessoas sofrendo de um distúrbio alimentar incluem
estimulação direta ou indireta de áreas selecionadas do cérebro associadas a
um sintoma do distúrbio alimentar. O regime de estimulação é programável para
possibilitar otimização médica de parâmetros de sinal de estímulo para
melhorar pelo menos um sintoma de bulimia ou outro distúrbio alimentar. Certos
modos de realização empregam estimulação e/ou sensoreamento profundo de
cérebro juntamente com estimulação e/ou sensoreamento de nervo craniano.
(71) Cyberonics, INC. (US)
(72) Steven E. Maschino, William R. Buras, Stephen K. Brannan
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
(85) 29/01/2008
(86) PCT US2006/025064 de 26/06/2006
(87) WO 2007/018797 de 15/02/2007

(21) PI 0614134-0 A2 (22) 01/08/2006 1.3


(30) 05/08/2005 DE 102005036890.5
(51) B01J 23/52 (2011.01), B01J 23/66 (2011.01), C07C 51/235 (2011.01),
B01J 37/02 (2011.01), B01J 35/10 (2011.01)
(54) CATALISADOR DE OURO SUPORTADO
(57) CATALISADOR DE OURO SUPORTADO. A presente invenção refere-se a
métodos para a produção de catalisadores de ouro suportados a partir de um
suporte de óxido metálico poroso e um precursor de ácido cloroáurico, em que
o suporte é colocado em contato com a solução aquosa do precursor de ácido
cloroáurico. A presente invenção também se refere a um catalisador de ouro
suportado em óxido metálico e seu uso na oxidação de álcoois, aldeidos,
compostos polihidróxi e carboidratos. (21) PI 0614146-3 A2 (22) 26/07/2006 1.3
(71) SÜDZUCKER AKTIENGESELLSCHAFT MANHEIM/OCHSENFURT (DE) (30) 26/07/2005 US 60/702.440
(72) Alireza Haji Begli, Christine Baatz, Nadine Thielecke, Ulf Prüsse, Klaus- (51) A61K 8/02 (2011.01)
Dieter Vorlop (54) MONÔMERO, POLÍMERO E COMPOSIÇÃO DE CUIDADOS PESSOAIS
(74) Di Blasi, Parente, S. G. & Associados (57) MONÔMERO, POLÍMERO E COMPOSIÇÃO DE CUIDADOS PESSOAIS.
(85) 06/02/2008 Um polímero que inclui pelo menos uma unidade monomérica ter um grupo
(86) PCT EP2006/007584 de 01/08/2006 substituinte pendente de acordo com a fórmula (II) onde: R11 é H, cloro, bromo,
(87) WO 2007/017157 de 15/02/2007 alquil, hidroxialquil, aril, ou aralquil, R2 e R3 são cada um independentemente H,
alquil, hidroxialquil, aril, aralquil, uriedo, ou carboxialquileno, R4 é alquileno ou
(21) PI 0614135-8 A2 (22) 28/07/2006 1.3 R5, R7 e R10 são cada um independentemente alquileno, R6 , R8 e R9 são cada
(30) 30/07/2005 EP 05254801.3 independentemente H ou alquil, A é O ou N-R11, desde que A é O R4 é
(51) A23C 13/10 (2011.01), A61K 9/00 (2011.01), A61Q 19/00 (2011.01) metileno, então R1 não pode ser H, cloro, ou bromo, R11 é H ou alquil, e X é um
(54) PROCESSO PARA PRODUZIR UMA COMPOSIÇÃO DE CONSUMO ânion, é útil na aplicação de cuidados pessoais, tais como composições de
COSMÉTICA PESSOAL, PERSONALIZADA E CONSERVADA modelagem de cabelo.
(57) PROCESSO PARA PRODUZIR UMA COMPOSIÇÃO DE CONSUMO (71) RHODIA INC. (US)
COSMÉTICA PESSOAL, PERSONALIZADA E CONSERVADA. A invenção (72) Krishnamurthu Shanmuganandamurthy, Euen Gunn, Stewart A. Warburton
refere-se a um processo para produzir uma composição de consumo (74) ORLANDO DE SOUZA
personalizada conservada, preferivelmente de uma máquina de vender, em que (85) 28/01/2008
uma pluralidade de correntes de ingredientes são misturadas entre si em (86) PCT US2006/028909 de 26/07/2006
quantidades relativas predefinidas, caracterizado pelo fato de que pelo menos (87) WO 2007/014229 de 01/02/2007
duas correntes consistem de água e conservante somente, pelo menos duas
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 47

(72) Holger Tank, Robert Leon Hill, Raymond Everett Boucher, Jr.,, David
George Ouse, Jean-Thierry Simonnet
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/01/2008
(86) PCT US2006/029743 de 28/07/2006
(87) WO 2007/014386 de 01/02/2007

(21) PI 0711205-0 A2 (22) 24/05/2007 1.3


(30) 24/05/2006 DE 10 2006 024 882.1
(51) H04L 29/08 (2011.01)
(54) MÉTODO PARA SICRONIZAR DADOS, UM PRIMEIRO DISPOSITIVO DE
PROCESSAMENTO, PROGRAMA DE COMPUTADOR
(57) MÉTODO PARA SINCRONiZAR DADOS, UM PRIMEIRO DISPOSITIVO
DE PROCESSAMENTO, PROGRAMA DE COMPUTADOR A invenção trata de
um método para sincronizar um primeiro (120; 206) e um segundo conjunto de
dados de um dispositivo móvel para telecomunicações (100), o método
compreendendo: fornecimento de um primeiro dispositivo de processamento
(112; 202), o primeiro dispositivo de processamento (112; 202) compreendendo
o primeiro conjunto de dados (120; 206); fornecimento um segundo dispositivo
de processamento (100; 200), o segundo dispositivo de processamento (100;
200) compreendendo o segundo conjunto de dados (108;204); fornecimento de
um servidor (212), o servidor (212) sendo compreendido no primeiro dispositivo
(21) PI 0614147-1 A2 (22) 21/07/2006 1.3 de processamento (112; 202); fornecimento a um cliente (208), o cliente (208)
(30) 27/07/2005 US 11/191,272 estando compreendido no segundo dispositivo de processamento (100; 200);
(51) G01N 15/02 (2011.01), G01N 21/00 (2011.01), G01N 21/25 (2011.01), sincronização do primeiro (120; 206) e do segundo (108;204) conjunto de dados
G01N 21/85 (2011.01), G01N 21/84 (2011.01), G01N 21/90 (2011.01), G01J por meio de comunicação entre o servidor (212) e o cliente (208).
4/00 (2011.01), G01J 3/46 (2011.01), G01J 3/40 (2011.01), G01J 3/52 (71) SAGEM ORGA GMBH (DE)
(2011.01), G01B 11/00 (2011.01), G01B 9/08 (2011.01) (72) THOMAS JOHN
(54) NEBULIZADOR DE GOTAS FOCALIZADO PARA DETECTOR DE (74) Ricci & Associados Propriedade Intelectual S/S Ltda
DISPERSÃO DE LUZ EVAPORATIVA (85) 24/11/2008
(57) NEBULIZADOR DE GOTAS FOCALIZADO PARA DETECTOR DE (86) PCT EP2007/055061 de 24/05/2007
DISPERSÃO DE LUZ EVAPORATIVA. A presente invenção refere-se a um (87) WO 2007/135191 de 29/11/2007
nebulizador de gota focalizado da invenção que produz gotas substancialmente
uniformes de um tamanho predeterminado. As gotas são empurradas para fora
através de um pequeno orifício de saída pela contração de uma câmara. As
gotas podem ser carregadas em uma trajetória substancialmente não
divergente em um tubo de derivação. Uma microbomba de membrana
controlada por pressão atua em resposta a um sinal de controle elétrico para
forçar uma gota para fora do orifício de saida. O nebulizador pode operar em
freqúências que permitem uma corrente de gotas individuais do tamanho
predeterminado a ser enviada ao longo da trajetória substancialmente não
divergente no tubo de derivação de um dispositivo de ELSD de modalidade
preferida.
(71) The Curators of the University of Missouri (US)
(72) Zhi Xu, David W. Larson
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(85) 28/01/2008
(86) PCT US2006/028289 de 21/07/2006
(87) WO 2007/015954 de 08/02/2007

(21) PI 0711209-2 A2 (22) 17/05/2007 1.3


(30) 19/05/2006 US 11/437,164
(51) A23J 3/00 (2011.01), A23L 1/317 (2011.01), A23L 1/212 (2011.01)
(54) COMPOSIÇÃO DE PROTEÍNA HIDRATADA E TRITURADA, PRODUTO
DE CARNE REESTRUTURADO, PRODUTO VEGETAL E PRODUTO A BASE
DE FRUTA
(57) COMPOSIÇÃO DE PROTEÍNA HIDRATADA E TRITURADA, PRODUTO
DE CARNE REESTRUTURADO, PRODUTO VEGETAL E PRODUTO A BASE
DE FRUTA A presente invenção refere-se, a uma composição de contendo
proteína, compreendendo; uma composição de proteína, no qual pelo menos
(21) PI 0614148-0 A2 (22) 28/07/2006 1.3 cerca de 75% em peso da composição de proteína contem pelo menos, cerca
(30) 28/07/2005 US 60/703,525; 28/10/2005 US 60/730,529 de 15% em peso de fragmentos grandes consistindo de fibras de proteína com
(51) A01N 25/04 (2011.01), A01N 25/30 (2011.01), A01N 25/34 (2011.01), mínimo cerca de 4 centímetros de comprimento, filamentos de proteína de pelo
A01N 57/16 (2011.01), A01N 43/40 (2011.01), A01N 39/04 (2011.01), A01N menos, cerca de 3 centímetros de comprimento e pedaços de proteína de pelo
39/02 (2011.01), A01N 37/06 (2011.01), A01P 3/00 (2011.01), A01P 7/00 menos, cerca de 2 centímetros de comprimento e, pelo menos, cerca de 75%
(2011.01), A01P 13/00 (2011.01) em peso da composição de proteína tem uma resistência ao cisalhamento de
(54) COMPOSIÇÕES PARA USO NA AGRICULTURA COMPREENDENDO pelo menos 1400 gramas. A invenção também refere-se a um processo para
UMA EMULSÃO DE ÓLEO EM ÁGUA BASEADA EM GLÓBULOS OLEOSOS produção da composição de proteína. A invenção refere-se também a um
REVESTIDOS COM UM REVESTIMENTO LAMELAR DE CRISTAL LÍQUIDO produto de carne reestruturado, ou um produto vegetal, ou um produto de frutas
(57) COMPOSIÇÕES PARA USO NA AGRICULTURA COMPREENDENDO compreendendo; uma composição de proteína vegetal, carne triturada, ou
UMA EMULSÃO DE ÓLEO EM ÁGUA BASEADA EM GLÓBULOS OLEOSOS vegetais triturados, ou frutas trituradas respectivamente, e água, no qual pelo
REVESTIDOS COM UM REVESTIMENTO LAMELAR DE CRISTAL LÍQUIDO. menos cerca de 75% em peso da composição de proteína contem pelo menos,
A presente invenção refere-se a uma composição compreendendo uma cerca de 15% em peso de fragmentos grandes contendo fibras de proteína com
emulsão de óleo em água, em que a emulsão compreende glóbulos oleosos mínimo cerca de 4 centímetros de comprimento, filamentos de proteína de pelo
providos individualmente com um revestimento lamelar de cristal líquido e menos, cerca de 3 centímetros de comprimento e pedaços de proteína de pelo
dispersos em uma fase aquosa, em que cada glóbulo oleoso compreende pelo menos, cerca de 2 centímetros de comprimento e, pelo menos, cerca de 75%
menos um composto que é agriculturalmente ativo, individualmente revestido em peso da composição de proteína tem uma resistência ao cisalhamento de
com uma camada monolamelar ou oligolamelar que compreende: (1) pelo cerca de 1400 gramas. Em outro exemplo de realização, a invenção descreve o
menos um agente de superfície ativa lipofílico não iônico; (2) pelo menos um processo para a produção do produto de carne, ou produto vegetal, ou produto
agente de superfície ativa hidrofílico não-iônico; e (3) pelo menos um agente de a base de frutas, respectivamente.
superfície ativa iônico; e ainda em que os glóbulos oleosos apresentam um (71) SOLAE, LLC (US)
diâmetro médio de partícula inferior a 800 nanometros. (72) IZUMI MUELLER, MAC ORCUTT, PATRICA A. ALTEMUELLER,
(71) DOW AGROSCIENCES LLC (US) MATTHEW K. MCMINDE, EDUARDO GODINEZ
48 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(74) PAOLA CALABRIA MATTIOLI


(85) 19/11/2008
(86) PCT US2007/069153 de 17/05/2007
(87) WO 2007/137122 de 29/11/2007

3. Publicação do Pedido

3.1
PUBLICAÇÃO DO PEDIDO DE PATENTE OU DE CERTIFICADO DE ADIÇÃO
DE INVENÇÃO

(21) C1 0404996-9 E2 (22) 11/03/2008 3.1


(51) B65D 85/675 (2011.01) (21) C1 0900593-5 E2 (22) 30/06/2009 3.1
(54) EMBALAGEM PARA ROLO DE PASTILHAS DE CONTRA PESO (51) F16H 1/28 (2011.01)
ADESIVO APLICADO NO BALANCEAMENTO DE RODAS DE VEÍCULOS (54) APARELHO MECÂNICO REDUTOR DE VELOCIDADE
AUTOMOTORES (57) APARELHO MECÂNICO REDUTOR DE VELOCIDADE. O aparelho
(57) EMBALAGEM PARA ROLO DE PASTILHAS DE CONTRA PESO mecânico inventado admite construção de transmissões com elevadas relações
ADESIVO APLICADO NO BALANCEAMENTO DE RODAS DE VEÍCULOS de redução ou ampliação, superiores a 100:1, num único estágio. O invento, em
AUTOMO- TORES representado por uma solução inventiva onde o rolo de seu modelo fundamental: é dotado de um eixo-árvore de entrada (101), de uma
pastilhas de contra peso (A) passa a ser suportado no interior de uma engrenagemde apoio (61), com 49 dentes, que permanece fixa à caixa (300), e
embalagem (B), composta de uma caixa poligonal, formada de uma pluridade de um eixo-árvore desaída (102), no qual é fixada uma engrenagem de saida
de faces (BI), onde sua face (BI) frontal apresenta em as parte extrema superior (51), com 50 dentes, ficando todos centralizados na mesma linha longitudinal;
uma abertura (B2) que dá acesso à ponta do rolo de pastilhas de contra peso possui um rotor (10), que é fixado por seu cubo central ao eixo-árvore de
(A), ao pas- so que em uma face (Bi) lateral é definida uma fenda poligonal entrada (101); este rotor (10) é dotado de dois mancais de rolamento externos,
retangular (B3), pela qual o operador pode verificar a quantidade ainda alinhados simetricamente ao redor do seu cubo central, nos quais são
disponível de contra peso (AI), onde em adição em posição vertical e adjacente instalados os eixos-árvore satélites (111); cada eixo-árvore satélite (111) tem
ao vértice formado por uma face lateral (BI) e a face frontal (Bi) é defino um par nele fixadas uma engrenagem satélite primária (41) e uma engrenagem satélite
de escalas verticais (B4), com graduação definida em peso (gramas), e secundária (31), ambas com 50 dentes; as engrenagens satélites primárias (41)
graduadas de forma acumulativa, de cima para baixo. engrenam-se à engrenagem de apoio (61), e as engrenagens satélites
(61) PI0404996-9 17/11/2004 secundárias (31) engrenam-se à engrenagem de saída (51). Neste aparelho,
(71) Jedal Redentor Indústria e Comércio LTDA. (BR/SP) com somente um dente de diferença entre os tamanhos das engrenagens de
(72) Jean Zouki apoio (61) e de saída (51), a transmissão tem relação redutora i 50. O invento
(74) Sul América Marcas e Patentes Ltda. tem aplicação no setor industrial metal-mecânico.
(61) PI0900593-5 19/02/2009
(71) Delmir Schwambach (BR/SC) , Darnilo Antunes (BR/SC)
(72) Delmir Schwambach

(21) C1 0705630-3 E2 (22) 29/08/2008 3.1


(51) A61K 9/127 (2011.01), C12N 15/64 (2011.01)
(54) PROCESSO DE PRODUÇÃO DE VACINA GÊNICA LIPOSSOMAL,
VACINA GÊNICA LIPOSSOMAL E USO DA MESMA
(57) PROCESSO DE PRODUÇÃO DE VACINA GÊNICA LIPOSSOMAL,
VACINA GÊNICA LIPOSSOMAL E USO DA MESMA A presente concretização
se refere a um processo de obtenção de um produto funcional destinado para
emprego na área de saúde, tanto humana como animal, para prevenção da (21) C1 0901955-3 E2 (22) 21/05/2010 3.1
tuberculose e de outras doenças infecciosas causadas ou não por (51) B22D 35/00 (2011.01)
micobactérias. Mais especificamente, oreferido produto consiste em uma vacina (54) FORNO REVERVERO PARA REDUÇÃO DIRETA
gênica, a qual apresenta como principais vantagens, a redução da dose, a (57) FORNO REVERVERO PARA REDUÇÃO DIRETA, CONSISTE EM UM
frequência deadministração, quando comparada ao polinucleotídeo livre, a FORNO REVERVERO QUE ACRESENTADO POR INJETORES DE GASES
administração por via nasal, não invasiva, facilitando a aplicaçãoe minimizando H2 CO, FAZEM A REDUÇÃO DO CHUMBO QUE SE ENCONTRA EM
o desconforto do paciente, além de não oferecer riscos relativos à utilização de OXJDOS E SULFATOS, SENDO QUE OS MESMOS, NO FORNO
microrganismos vivos atenuados. REVERVERO EXISTENTE NA METALURGIA SÓ SEPARA O METAL DOS
(61) PI0705630-3 12/12/2007 OXIDOS E SULFATOS, SENDO OS MESMOS RETIRADOS NESSA ORDEM
(71) Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (BR/SP) , Universidade de PRIMERO VAI RETIRANDO SÓ SULFATOS E ÓXIDOS ATÉ ENCHER A
São Paulo - USP (BR/SP) PARTE QUE ESTÁ O CHUMBO EM ESTADO METALICO, PELO PROCESSO
(72) Lucimara Gaziola de La Torre, Maria Helena Andrade Santana, Rogério HORA PATENTEADO, O FORNO SÓ VAI PRODUZIR CHUMBO EM ESTADO
Silva Rosada, Célio Lopes Silva, Arlete A. M. Coelho Castelo METALICO, NÃO PRODUZINDO ESCORIAS DE QUALQUER TIPO.
(74) Maria Cristina Valim Lourenço Gomes (61) PI0901955-3 22/05/2009
(71) Hugo Omar Faccini (BR/PR)
(72) Hugo Omar Faccini
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 49

(21) C1 0902132-9 E2 (22) 29/12/2009 3.1


(51) F16B 12/40 (2011.01), A47F 3/12 (2011.01)
(54) CONECTOR PARA SISTEMA DE UNIÃO ENTRE BANDEJAS E TUBOS,
NA MONTAGEM E INTERTRAVAMENTO DE DISPLAYS EXPOSITORES
(57) CONECTOR PARA SISTEMA DE UNIÃO ENTRE BANDEJAS E
TUBOS,NA MONTAGEM E INTERTRAVAMENTO DE DISPLAYS
EXPOSITORES, objeto desse presente pedido de adição, constituído por um (21) MU 8702043-2 U2 (22) 20/12/2007 3.1
conector (la) de aba (17) com luvas curvilíneas (23) projetadas para direções (51) H05K 5/02 (2011.01), H02B 1/03 (2011.01), G05D 29/00 (2011.01)
opostas de sua aba (17), igualmente curvilínea, para acoplamento aos (54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM GERADOR ELÉTRICO PARA
alojamentos (27) adjacentes e igualmente curvilíneos de duas bandejas (14) CONTAINER OU SIMILARES
para a sua união e intertravamento. Após o acoplamento o conector (la) expõe (57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM GERADOR ELETRICO PARA
o seu pescoço ovalado (25) para receber um tubo/coluna (28) igualmente CONTAINER OU SIMILARES, é constituído por um gerador para container (1),
ovalada. Por um pino (26) de seu pescoço (25), o conector (la) pode receber um pertence ao campo dos artigos para geração de energia elétrica, constituído por
tubo/coluna (28a) em configuração de "feijão". um motor diesel (2), acoplado a um gerador elétrico (3), instalados sobre um
(61) PI0902132-9 23/06/2009 chassi (4) de chapa e tubos metálicos, retangulares ou quadrados, estando o
(71) EDISON SILVEIRA (BR/SP) conjunto de elementos envolto por uma caixa de contenção (5), dotada de
(72) EDISON REY SILVEIRA painel de instrumentos (6) e demais acessos para serviços; a caixa de
(74) AGUINALDO MOREIRA contenção (5) apresenta naporção frontal esquerda, um anteparo postiço (7), a
fim de dar acesso ao gerador elétrico (3), motor diesel (2) e, demais
componentes comuns a um motor, e ainda uma porta de acesso (8) frontal; a
caixa de contenção (5) apresenta na lateral esquerda um painel de
instrumentos (6) que permite a visualização dos instrumentos, tais como chave
de ignição (11), display luminoso (12), horímetro (13), voltímetro (14), conta
giros (15), duto de descarga (16), bocal para abastecimento (17) e duas
seqúências verticais de venezianas fixas (18).
(71) REGINALDO FRANCISCO MOSER (BR/SC) , FRANCISCO MIGUEL
LIBÓRIO (BR/SC) , EDER ALFREDO PAVELSKI (BR/PR)
(72) REGINALDO FRANCISCO MOSER, FRANCISCO MIGUEL LIBÓRIO,
EDER ALFREDO PAVELSKI
(74) Marcelo Henrique Zanoni

(21) C1 0902159-0 E2 (22) 22/03/2010 3.1


(51) B30B 1/26 (2011.01)
(54) SISTEMA DE ACIONAMENTO DE MESA DE PRENSAS
(57) SISTEMA DE ACIONAMENTO DE MESA DE PRENSAS que compreende
dois excêntricos (10, 20) posicionados excentricamente a urna biela (40)
conectada a uma mesa (60) de uma prensa, do forma a promover o movimento
vertical da mesa inferior (60), um longo e outro curto, que promove o corte de
um fliuie termoplástico posicionado entre asreferidas mesas inferior e superior.
(61) PI0902159-0 18/06/2009
(71) Jorge Lakatos (BR/SP) (21) MU 8702724-0 U2 (22) 29/10/2007 3.1
(72) Jorge Lakatos (51) A61M 5/28 (2011.01)
(74) Lucas Martins Gaiarsa (54) DISPOSIÇÃO APLICADA EM AMPOLA PARA SORO E CONGÊNERE
(57) DISPOSIÇÁO APLICADA EM AMPOLA PARA SORO E CONGÊNERE",
consiste essencialmente de uma ampola (1) de corpo (2) afilado,
predominantemente retangular, porém com laterais (3) anguladas, que se
destaca por possuir linhas de alivio (4) estrategicamente posicionadas nas
paredes (5 e 6) de maior dimensão da ampola (1) que promove, quando do
esvaziamento, a junção das paredes (5 e 6) na área delimitada pelas linhas (4)
de alívio gerando canais (7) laterais por onde é drenado todo o fluido (E)
contido na ampola (1)
(71) Nilson Lucena de Lima (BR/SP)
(72) Nilson Lucena de Lima
(74) Vilage Marcas & Patentes S/S Ltda
50 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) MU 8801454-1 U2 (22) 06/05/2008 3.1


(51) F24C 11/00 (2011.01)
(21) MU 8801359-6 U2 (22) 30/04/2008 3.1 (54) FOGÃO A GÁS CONJUGADO COM FORNO ELÉTRICO
(51) A22C 17/00 (2011.01), A22C 15/00 (2011.01) (57) FOGÃO A GÁS CONJUGADO COM FORNO ELÉTRICO. Refere-se a
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM SISTEMA MODULAR PARA presente solicitação de modelo de utilidade a um novo fogão a gás conjugado
AUTOMAÇÃO DE TRILHAMENTO AÉREO NA INDÚSTRIA DA CARNE com forno elétrico, desenvolvido especialmente para o setor de eletrodoméstico
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM SISTEMA MODULAR PARA para uso residencial ou industrial. Compreendido por uma estrutura (1), provida
AUTOMAÇÃO DE TRILHAMENTO AÉREO NA INDÚSTRIA DA CARNE. Trata- de forno elétrico (2), com interior (7), com resistências elétricas (4) de
se de uma disposição em sistema modular para transportadores aéreos aquecimento, distribuída nas paredes (23), com trilhos (3) nas laterais para
utilizados na indústria da carne, particularmente em entradas e saidas de encaixe e deslizamento da grade (19), com lâmpada (22) fechado por porta
câmaras de congelamento, que propicia a mudança de funcionamento manual basculante (18), alinhada com o painel de comandos (12), com timer (8)
das cargas suspensas para automático, sendo constituída de lança de temporizador, botão de luz e ignição (9), botão manipulador do forno (11), botão
movimentação (1), roletes (2), arrastador articulado (3), cilindro hidráulico (4), de grill (13), conectados ao led indicativo (14) de funcionamen- to e botões
mangueira flexível (5), suporte do cilindro (6), suporte inferior para tirantes (7), manipuladores (10), do queimador pequeno (16), queimador maior (17) e
unidade hidráulica (13), cantoneiras (14), garfo/rótula do cilindro (16), suporte queimador triple (15), protegidos por trempes (21) de apoio.
superior para tirantes (17), viga estrutural (18) e tirante (19). (71) Clarice Eletrodomésticos Ltda. (BR/SC)
(71) Sulmaq Industrial e Comercial S.A. (BR/RS) (72) Ireno José Matte
(72) Fernando Haag Roos, Henrique Dal Corso Becker Herbstrith Roos (74) Márcio Roberto Bitelbron
(74) Lealvi Marcas e Patentes Ltda.

(21) MU 8801373-1 U2 (22) 30/04/2008 3.1


(51) H02G 3/04 (2011.01), H02G 3/08 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM SISTEMA DE CONDUÇÃO E
PROTEÇÃO PARA CABOS ELÉTRICOS
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM SISTEMA DE CONDUÇÃO E
PROTEÇÃO PARA CABOS ELÉTRICOS. Trata-se de um sistema de condução
e proteção para cabos elétricos utilizados principalmente na indústria frigorífica,
sendo constituído de tubo de aço inoxidável (1), conexão (2), anel de vedação (21) MU 8803188-8 U2 (22) 14/11/2008 3.1
(3), luva para prensa cabo (4), prensa cabo (5), clipe de fixação (6), caixa de (51) E04H 17/06 (2011.01)
junção ou distribuição (7), réguas de bornes (8), caixa botoeira (9), cabo elétrico (54) ARAME DE AÇO ANTI-DESLIZANTE PARA INSTALAÇÃO DE
(10), suporte para caixa botoeira (11), cantoneiras especiais (12), espaçador CONCERTINA
(13). (57) ARAME DE AÇO ANTI-DESLIZANTE PARA INSTALAÇÃO DE
(71) Sulmaq Industrial e Comercial S.A. (BR/RS) CONCERTINA. Patente de Modelo de Utilidade de arame de aço anti-deslizante
(72) Fernando Haag Roos, Henrique Dal Corso Becker Herbstrith Roos para instalação de concertina é compreendida por um arame de aço dotando de
(74) Lealvi Marcas e Patentes Ltda. nervura (3) em profundidade e quantidades variáveis (6) conforme a
necessidade de utilização do produto, onde é encaixada e grampeada a espira
com pontas perfurante de concertina (4) impedindo que elas deslizem e sejam
abertas proporcionando espaço para passagem (5), de modo a impedir a ação
de vândalos, invasores ou de fugas em casos espeficicos (prisões), e também
determinar com precisão o espaçamento entre as espiras (7)
(71) AIRTON GALVÃO PENKO (BR/SP)
(72) AIRTON GALVÃO PENKO
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 51

(21) MU 8803230-2 U2 (22) 29/12/2008 3.1


(51) E02B 3/02 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO PARA ACIONAMENTO DE ELETRO-GERADORES EM
USINAS HIDRELÉTRICAS ALIMENTADAS POR ENERGIA HIDROCINÉTICA,
(ÁGUAS CORRENTES SEM QUEDA D'ÁGUA) SOBRE PLATAFORMAS
FIXAS INSTALADAS EM CORREDORES NATURAIS E OU EM CANAIS (21) MU 8901329-8 U2 (22) 15/07/2009 3.1
ABERTOS EM TERRA FIRME (51) A47G 19/26 (2011.01)
(57) Dispositivo Para Acionamento De Eletro-Geradores Em Usinas (54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM RECIPIENTE PARA QUEIJOS OU
Hidrelétricas Alimentadas Por Energia Hidrocinética, (Águas Correntes Sem SIMILARES
Queda d água ) Sobre Plataformas Fixas Instaladas Em Corredores Naturais E (57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM RECIPIENTE PARA QUEIJOS OU
Ou Em canais Abertos Em Terra Firme . Patente de modelo de utilidade para SIMILARES compreendida por um recipiente porta-queijo (1), pertencente ao
hidrelétricas em instalações de plataformas fixas sobre corredores de águas em campo das utilidades domésticas, constituído por uma bandeja (3) que
terra firme pode-se inserir neste projeto,eletro-geradores 19-de grande porte e apresenta em sua porção central um recipiente cilíndrico de curta profundidade
potencial de kwh de energia elétrica ou bombas dágua, caixas de marchas e em relação ao seu diâmetro, sendo que no rebordo de topo (8) aparente, um
outras maquinas devido a grande força exercida pela roda 9-dentro das pouco abaixo da extremidade, ostenta uma projeção anelar (9) plana lamelar de
correntezas de águas seguida das polias auxiliares de primeiro estagio,até a geometria levemente oval, cujas regiões de quadrantes contrapostos próximas
polia 18- de um gerador 19- ou bombas dágua de grande potencia e até uma aos focos, há em cada qual, uma alça de pega (10) de geometria oval alongada
caixa de marcha para muitas outras maquinas, este projeto de usinas e raios maiores que acompanham o diâmetro da porção central da própria
hidrelétricas sem queda dágua em grandes corredores, ali se instalam até mais bandeja (3), no interior do recipiente cilíndrico possui um estrado (5) circular
de uma unidade, polimérico que apresenta uma estrutura gradeada (14) vazada, o qual fica
(71) Celso Borelli Moreira (BR/RJ) posicionado no seu nível intermediário; na porção acimado recipiente cilíndrico
(72) Celso Borelli Moreira ostenta uma tampa cilíndrica ou cúpula (2), cujo topo plano (6) ostenta ao
centro um elemento de elemento de pega (4) de geometria semi-elíptica,
(21) MU 8900021-8 U2 (22) 11/03/2009 3.1 encaixado em duas projeções cilíndrica (7), previstas na face superior da
(51) G06Q 30/00 (2011.01) referida cúpula (2).
(54) CARTÃO DE BÔNUS (71) Alberto dos Santos (BR/RJ)
(57) CARTÃO DE BÔNUS. Patente de modelo de utilidade para um cartão de (72) Alberto dos Santos
bônus que é compreendido por um sistema de contabilização de bônus (74) Arnaldo Ferreira da Silva
individual e que interligará uma rede de estabelecimentos comerciais e de
serviços em vários países, oferecendo para os consumidores um maior
incentivo ao consumo e, para os estabelecimentos, aumento nas vendas, além
de compreender a constituição de um fundo financeiro de proteção ao meio
ambiente, onde os recursos gerados de um porcentual das vendas com esse
cartão serão aportados.
(71) RODRIGO GOMES PECEGO (BR/RJ)
(72) RODRIGO GOMES PECEGO
(74) Di Blasi, Parente, Vaz e Dias & AL

(21) MU 8901266-6 U2 (22) 20/07/2009 3.1


(51) B67C 11/00 (2011.01)
(54) FUNIL ROSQUEÁVEL ADAPTADO PARA GARRAFAS PET
(57) FUNIL ROSQUBÁVEL ADAPTADO PARA GARRAFAS PET. A presente
patente de modelo de utilidade tem por objetivo um modelo de funil, dotado de
rosca para adaptação a qualquer garrafa PET com bocal superior (01), sofrendo
afunilamento à um diâmetro menor comparado ao da garrafa, evitando que o
produto entre em contato direto com a rosca (02), dotado de uma rosca
padronizada para o encaixe em qualquer garrafa PET (03). O modelo de
utilidade já descrito promoverá através de seu rosqueamento beneficios ao
usuário, pois pela sua fixação rígida possibilitará uma completa estabilidade,
evitando com isso desperdício de produto, tempo demandado e segurança no
manuseio.
(71) LEONARDO MAURELIO (BR/SP)
(72) LEONARDO MAURELIO
(21) MU 8901330-1 U2 (22) 07/07/2009 3.1
(51) F16C 3/06 (2011.01), F02D 15/00 (2011.01), F01B 31/14 (2011.01)
(54) SISTEMA DE AJUSTE DE COMPRESSÃO COM EIXO VIRABREQUIM
MÓVEL PARA MOTORES AUTOMOTIVOS
(57) Sistema de ajuste de compressão com eixo virabrequim móvel para
Motores automotivos. Patente de modelo de utilidade para um sistema de ajuste
de compressão com eixo virabrequim móvel para motores automotivos com
sistema bicombustível, que é compreendido por um eixo virabrequim 1, disposto
sobre um suporte móvel 2; dito suporte móvel 2 é constituído de longarinas, no
qual é composto por uma travessa 3 juntamente com dois braços laterais 4 e 5
que são integrados a mesma.O eixo virabrequim 1 e seus mancais 6 são
montados sobre a travessa 3; os braços 4 e 5 são apoiados pelas extremidades
através de rolamentos 7 e 8 no eixo de transmissão 9, o quê constitui uma
função articulada permitindo aos referidos braços 4 e 5 operar movimentos
oscilantes.Na presente disposição, o conjunto suporte móvel 2/eixo virabrequim
1 pode ser Movimentado na vertical, proporcionando uma alteração no índice
de ompressão nos cilindros do motor.O movimento rotativo do eixo virabrequim
1 é transmitido ao eixo de transmissão 9 osto em paralelo através de dois pares
de engrenagens 11 e 12, 13 e 14 respectivamente;o eixo de transmissão é
52 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

apoiado em rolamentos 15 e 16, os mesmos são fixados na estrutura interna do


bloco do motor 10. O suporte móvel 2 é provido de duas alavancas
posicionadoras 17 e 18, as quais se prolongam para o exterior do bloco do
motor lO, as mesmas são dotadas de componentes de vedação 19 e 20. Dois
cilindros hidráulicos 21 e 22 são acoplados às extremidades das alavancas
posicionadoras 17 e 18. Os cilindros hidráulicos 21 e 22 são acionados por um
sistema hidráulico mestre; este por sua vez é comandado por gerenciamento
eletrônico.
(71) José Cláudio Vilela Furtado (BR/MG)
(72) José Cláudio Vilela Furtado

(21) MU 8901332-8 U2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) B65F 1/00 (2011.01), A47L 13/52 (2011.01)
(54) COLETOR MANUAL DESCARTÁVEL DE FEZES DE ANIMAIS
DOMÉSTICOS
(57) COLETOR MANUAL DESCARTÁVEL DE FEZES DE ANIMAIS
DOMESTICOS. Patente de modelo de utilidade para um coletor manual
descartável de fezes de animais domésticos compreendido por dois recipientes
(1) de formato triangular, retangular, quadrado, oval, cônico, trapezóide ou
qualquer outra forma que facilite sua utilização, confeccionado em papelão na
melhor gramatura que convier ao seu uso, papel Kraft, plástico tipo pet ou em
qualquer outro material que se possa dar a forma adequada para a utilização na
coleta de dejetos de animais domésticos, moldado em uma única peça já
(21) MU 8901331-0 U2 (22) 01/07/2009 3.1 cortado e vincado medindo em sua forma original montado 10 cm de largura, 5
(51) F24J 2/00 (2011.01) cm de profundidade e 11 cm de altura podendo essas medidas e formas serem
(54) APARELHO CAPTADOR DE ENERGIA SOLAR PARA O CONTROLE DA alteradas para facilitar sua utilização, totalmente dobrável para facilitar o
TEMPERATURA DO AR E DA ÁGUA transporte e que para ser utilizado deve-se dobrar suas laterais (2) para dentro
(57) APARELHO CAPTADOR DE ENERGIA SOLAR PARA O CONTROLE DA do aparelho dobrando-se também o fundo (3), de encontro às laterais (2) que
TEMPERATURA DO AR E DA ÁGUA. Constituído de telha metálica (02) ou possuirão um corte (4) em suas partes inferiores laterais, encaixando-se a aba
superfície metálica lisa (02), com revestimento escuro em ambas as faces para em forma de seta (5) do fundo para dar forma e firmeza ao conjunto podendo
melhor absorção do calor (de 'preferência o preto, que absorve 980/o do calor ainda utilizar-se fita gomada ou cola que poderá ser acrescentada na confecção
solar que chega à superfície), reservatório de ar condicionado (04) (que pode do aparelho para sua montagem, ficando assim o aparelho de forma
ser construído com tijolos de argila, concreto, plástico, madeira, metal ou outro conveniente para o uso possuindo ainda nas costas das caixas um encaixe (6)
material sólido resistente) com placas isolantes térmico-hidráulicas (03) nas para os dedos que pode ser de tiras (7) do mesmo material coladas, rebitadas
laterais (face interna) e no fundo (face interna), ventoinha (06) para entrada do encaixadas oumesmo de outro material que pode ser barbante, elástico ou
ar aquecido nos cômodos (08), tela anti-inseto (05) para evitar a penetração de plástico com o intuito de abrir e fechar o aparelho com a fmalidade de recolher
animais (barata, mosca, mosquito, lagartixa, rato, etc.), válvula abre-fecha (07) as fezes do animal e que após isso fecha-se o mesmo com uma alça extra (8)
para controlar a entrada e saída de ar, chave de controle da válvula (09), já existente no aparelho presa também através de encaixes pré-moldados (9)
serpentina de tubos (11) metálicos (preferencialmente) ou de material plástico, ou através de fita gomada também já existente no mesmo com o intuito de
reservatório de água aquecida (12) (que pode ser construído com tijolos de lacrá-lo para posteriormente descartá-lo no lixo não sendo necessário o uso de
argila, concreto, plástico, madeira, metal ou outro material sólido resistente) saco plástico sendo que para cada coleta é necessário um novo coletor não
com placas isolantes térmico-hidráulicas (03) nas laterais (face interna), no sendo aconselhável sua reutilização podendo ainda conter um orificio em sua
fundo(face interna) e na tampa (face interna), registro de controle de vazão de parte superior para após a coleta prendê-lo à coleira do animal através de um
água (15), bóia limitadora (14) e tubos para recebimento de água fria e barbante, arame ou qualquer outro material para efetuar o descarte do mesmo
abastecimento (10) de água aquecida. Conjunto este, que forma em local apropriado.
compartimentos que servem como; um reservatório de ar (quente ou frio (71) Paulo Sérgio França (BR/SP)
captado do meio ambiente pelo dispositivo) que tem como objetivo manter a (72) Paulo Sérgio França
temperatura dos cômodos entre 130C e 300C e também, reservatório de água
aquecida pelo calor do sol, que tem como objetivo abastecer os chuveiros, as
torneiras, piscinas e lugares que requeiram sua utilização.
(71) MAURO JOAQUIM MORETTO (BR/SP)
(72) MAURO JOAQUIM MORETTO
(74) P.A. Produtores Associados Marcas e Patentes Ltda
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 53

Quando a chave de fluxo está inserida dentro da tubulação (6) sua palheta (4)
volta a posição inicial e abrange maior área interna aumentando
suasensibilidade a qualquer movimento do liquido interno.
(71) RAFAEL UYVARY NHOQUI (BR/SP)
(72) RAFAEL UYVARY NHOQUI

(21) MU 8901333-6 U2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) B42F 21/02 (2011.01), B42F 17/00 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO TÉCNICA INTRODUZIDA EM SUPORTE E VISOR
MODULAR PARA PASTA SUSPENSA
(57) DISPOSIÇÂO TÉCNICA INTRODUZIDA EM SUPORTE E VISOR
MODULAR PARA PASTA SUSPENSA .O presente Modelo de Utilidade diz
respeito à Disposição Técnica Introduzida em Suporte e Visor Modular para
Pasta Suspensa , (1), caracterizada por ser constituída por invólucro (2); abas (21) MU 8901335-2 U2 (22) 16/07/2009 3.1
(3); suportes (4); visores (5), destacando-se que de formato retangular, o (51) F16L 37/04 (2011.01), F16L 37/00 (2011.01)
invólucro (2) é fabricado em cartão Kraft 250/300 gramas, cartão duplex ou (54) DISPOSIÇÃO EM CONEXÃO INSTANTÂNEA PARA TUBOS FLEXÍVEIS
outros materiais. A pasta suspensa (1) é provida de abas (3) internas para a (57) DISPOSIÇÃO EM CONEXÃO INSTANTÂNEA PARA TUBOS FLEXÍVEIS.
fixação de suporte (4), sendo eles em quantidades de dois; Ditos suportes (4) O presente resumo refere-se a uma patente de modelo de utilidade para
são providos tanto na parte interna e externa, de canais (6) para a colocação de conexão instantânea pertencente ao campo dos componentes de circuitos
visores e etiquetas responsáveis pela identificação do conteúdo da pasta. Os pneumáticos, principalmente circuitos de sistemas de freio a ar de veículos
suportes (4) possuem também de fixadores horizontais (7) os quais para serem automotores, dita conexão compreendida, essencialmente: por corpo de
montados no invólucro (2), são inseridos nos orifícios (8) quadrados existentes conexão (10) dotado de trecho tubular coaxial interno (13), no qual se acopla
nele. É provida de visores (5) frontais, os quais são encaixados no suporte (4) externamente o tubo flexivel (100); por conjunto (20) de peças anelares de
que dispõe de dois canais (9) existentes em ambas laterais. retenção do tubo flexível (100) disposto dentro do corpo de conexão (10), em
(71) Nelson Caviglia (BR/SP) tomo do trecho tubular (13); e por anel O'Ring de vedação (60) montado dentro
(72) Nelson Caviglia do corpo de conexão (10); o trecho tubular (13) é em peça única com o corpo
(74) Silvio Lopes de conexão (10) obtido na usinagem deste; o conjunto (20) é formado: por anel-
batente (30), adjacente ao anel O'Ring (60); por luva de retenção (40) adjacente
ao anel-batente (30) e que incorpora garra de atuação radial (41) e superficie de
aplicação de força axial (45); e por luva de fechamento da garra (50), que aloja
as garra (41), arranjados tal que na inserção do tubo flexível (100), a garra (41)
é empurrada contra o anel-batente (30) e abre para complementação da
inserção e em seguida o tubo flexivel (100) é puxado e a garra (41) é
comprimida contra a luva (50) e fecha e na desmontagem do tubo flexível (100)
a superticie de aplicação de força (45) recebe uma força axial e a garra (41) é
empurrada contra o anel-batente (30) abre e o tubo flexivel (100) pode ser
puxado e desmontado da conexão.
(71) SBU SOCIEDADE BRASILEIRA DE USINAGENS LTDA (BR/SP)
(72) RAUL INÁCIO, RICARDO DANIEL INÁCIO
(74) AMADEU GENNARI FILHO

(21) MU 8901334-4 U2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) F16K 21/00 (2011.01), F16K 1/00 (2011.01)
(54) CHAVE DE FLUXO DE ÁGUA E LÍQUIDOS NÃO CONDUTORES PARA
SISTEMA DE ALTA SENSIBILIDADE (21) MU 8901336-0 U2 (22) 16/07/2009 3.1
(51) H01R 11/01 (2011.01)
(57) 1)CHAVE DE FLUXO DE ÁGUA E LÍQUIDOS NÃO CONDUTORES PARA
(54) DISPOSITIVO PARA PAINEL HOSPITALAR
SISTEMA DE ALTA SENSIBILIDADE. Patente de Modelo de Utilidade Pública
(57) DISPOSITIVO PARA PAINEL HOSPITALAR .O presente pedido de modelo
para chave de fluxo de alta sensibilidade é compreendido por uma base (1) com
um sextavado com rosca (2) formando um T. É através deste sextavado com de utilidade refere-se a um produto hospitalar que se aplica na área hospitalar,
rosca (2) que e feita a fixação da chave de fluxo na tubulação (6). Na parte em clínicas e em centros de tratamento em geral, com o objetivo de humanizar
interna do sextavado é fixado um eixo (3) o qual uma das extremidades fica os equipamentos médicos. O dispositivo para painel hospitalar é composto por
uma chapa (1), fixada sobre o painel hospitalar (2), sendo que dita chapa
inserida dentro da tubulação (6) e a outra fica localizada na parte interna da
apresenta ilustrações e aberturas (3) para encaixe de todas as instalações
chave. Na extremidade externa é fixada uma palheta (4), com duas abas
contidas no painel hospitalar.
laterais (5) que se movimentam no sentido contrafluxo em um angulo maxímo
de 90º. Essa movimentação permite que a palheta (4) seja inserida e retirada (71) DIANA MALZONI (BR/SP) , MILENA KIRKELIS BINGRE (BR/SP)
da tubulação (6) sempre que seja conveniente, pois quando a conexão com (72) DIANA MALZONI, MILENA KIRKELIS BINGRE
rosca e retirada, o movimento de rotação faz com que as abas laterais (5) se (74) Sabina Nehmi de Oliveira
posicionem corretamente e sua dimensão permite a retirada da palheta (4).
54 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) MU 8901341-7 U2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) D06F 57/08 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM VARAL DOBRÁVEL PARA ANTEPARO
VERTICAL
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM VARAL DOBRÁVEL PARA ANTEPARO
VERTICAL, idealiza um varal de estrutura rígida com cordas poliméricas
longitudinais para apensar roupas para secagem ambiental, pertence ao campo
dos artigos para utilidades domésticas; denominado de varal dobrável para
anteparos verticais (1), é constituído por dois suportes verticais (2), paralelos e
equidistantes entre si, os quais ostentam uma estrutura em forma de L de
secção retangular (4) fixada por dobradiças,cada segmento maior (6), dessa
estrutura, que se projeta na ortogonal, contém abaixo em medidas eqúldistantes
pequenas roldanas (8), de forma a, estruturar pares, nos quais são
transpassadas e fixadas as cordas poliméricas (9); cada corda polimérica (9)
tem a sua extremidade fixada à roldana (8) de um dos Segmentos maiores,
(21) MU 8901338-7 U2 (22) 16/07/2009 3.1
sendo direcionada horizontalmente até passar pela roldana do outro segmento
(51) A47C 3/026 (2011.01), A47C 7/02 (2011.01)
maior, a qual forma o par, e toma uma direção descendente até ser fixado ao
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM SUPORTE PARA
elemento de retenção (16), por meio de um aro (15) atado por um nó; quando o
POLTRONAS DE ESCRITÓRIO E SIMILARES
varal não está em uso a estrutura em forma de L de secção retangular (4) pode
(57) DISPOSIÇAO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM SUPORTE PARA
ser rebatida contra a parede a qual é fixada.
POLTRONAS DE ESCRITÓRIO E SIMILARES. Refere-se a presente patente
(71) PLUMA ESQUADRIAS METALICAS E ALUMINIO LTDA ME (BR/SP)
de modelo de utilidade a uma disposição construtiva introduzida em suporte
(72) JOSÉ BASILIO DOS REIS NETO
para cadeiras, que devido a sua flexibilidade, permite com o mesmo suporte a
(74) Pezzuol & Associados Marcas e Patentes S/C Ltda
utilização de diversos tipos de encostos, a utilização de apôia braço ou não,
além de facilitar a montagem da cadeira e confecção dos moldes para produção
do mesmo devido ser confeccionado em partes separadas.De acordo com as
figuras, o suporte é dotado de um corpo central (1), bi-partido, formando o corpo
(2) que é fixo no mecanismo universal e o corpo (3) para fixação da haste
horizontal do apóia-braço (4) e da base do encosto (5), os quais são
intercambiáveis.
(71) Flexform Indústria Metalúrgica Ltda. (BR/SP)
(72) Ernesto Iannoni
(74) David do Nascimento Advogados Associados

(21) MU 8901342-5 U2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) D06F 57/12 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM VARAL PARA LAVANDERIAS,
DOTADO DE HASTES COM AJUSTE DE ALTURA INDEPENDENTE
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM VARAL PARA LAVANDERIAS,
DOTADO DE HASTES COM AJUSTE DE ALTURA INDEPENDENTE, idealiza
um varal com hastes transversais de ajuste e movimentação independente para
apensar roupas lavadas para a sua secagem, pertence ao campo dos artigos
para utilidades domésticas, é denominado de varal de parede com hastes
rígidas (1), é constituído por dois suportes de parede em forma de L (2),
paralelos entre si, onde de cada qual se projeta na ortogonal, um segmento de
(21) MU 8901340-9 U2 (22) 15/07/2009 3.1 secção retangular (3), sendo que uma delas ostenta abaixo uma pluralidade
(51) B60R 9/04 (2011.01)
pequenas roldanas (4) em fila, na sua longitude, e a outra, duas fileiras de
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM RACK AUTOMOTIVO pequenas roldanas (4) em sua longitude formando pares e em iguais
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM RACK AUTOMOTIVO. Descreve-se uma quantidades ao do segmento anterior, de forma a, estruturar múltiplos trios;
disposição introduzida em rack automotivo dotado de duas ventosas (2) , uma entre os segmento de secção retangular (3), estão previstos em transversal,
em cada extremidade do rack (1) . As ventosas (2) apresentam um movimento segmentos tubulares rígidos de secções circulares (6), em número igual aos
flexível nas suas extremidades fixadas ao cilindro de alumínio, sendo trios de roldanas (4), pelas quais passa uma corda polimérica (7); a
proporcionado por articulações (4) , articulações estas, que possibilitam seu uso
movimentação da corda polimérica (7) para cima e para baixo, efetua a
universal em diversos tipos de superfícies e em todos os tipos de veículos. ascensão e o rebaixamento, respectivamente, do segmento tubular rígido de
(71) Joe Mordechai Ben Kalifa (BR/SP) secções circulares (6).
(72) Joe Mordechai Ben Kalifa (71) PLUMA ESQUADRIAS METALICAS E ALUMINIO LTDA ME (BR/SP)
(74) CRUZEIRO NEWMARC PATENTES E MARCAS LTDA (72) JOSÉ BASILIO DOS REIS NETO
(74) Pezzuol & Associados Marcas e Patentes S/C Ltda
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 55

(21) MU 8901345-0 U2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) E01F 9/012 (2011.01)
(54) CONE TELESCÓPICO PARA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO
(21) MU 8901343-3 U2 (22) 15/07/2009 3.1 (57) Patente de Modelo de Utilidade para CONE TELESCÓPICO PARA
(51) H02B 1/015 (2011.01), B60R 16/02 (2011.01), B60K 37/04 (2011.01) SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO, compreendendo um cone telescópico (1),
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM EQUIPAMENTO CENTRALIZADOR DE formado a partir de uma base (2) e um corpo (3) e uma porção superior (4). O
COMANDOS ELÉTRICOS AUTOMOTIVOS corpo (3) possui cinco segmentos de diâmetros distintos que permitem a
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM EQUIPAMENTO CENTRALIZADOR DE superposição destes para guardar o cone telescópico (1), que quando disposto
COMANDOS ELÉTRICOS AUTOMOTIVOS, idealizada por um equipamento para utilização, têm os ditos segmentos de diâmetros do corpo (3) totalmente
denominado centralizador de comandos elétricos (1), pertencente ao campo visíveis, partindo do segmento de diâmetro maior disposto junto a base (2) até o
dos acessórios veiculares, é constituída a partir de um gabinete estrutural de menor, disposto junto à porção (4), sendo que um movimento vertical sobrepõe
formato quadrangular (2), o qual possui em sua face frontal uma pluralidade de assim os segmentos menores pelos maiores, perfazendo no final do movimento
chaves comutadoras (3) e tomadas de força com saída de l2Vcc (4), para a vertical, um cone telescópico (1) de altura correspondente apenas ao segmento
alimentação de aparelhos do tipo GPS, carregador de baterias, etc.; cada uma de diâmetro maior que é disposto junto à base (2).
das suas chaves comutadora (1) será conectada eletricamente em série com o (71) DAVID RAMOS (BR/SP)
acessório a ser controlado, mais precisamente um de seus terminais é (72) DAVID RAMOS
conectado ao pólo negativo ou terra (-) e o outro ao acessório ou a um relé; as
referidas chaves comutadoras (1) são dotadas de indicadores luminosos, os
quais permanecerão acesas enquanto a chave comutadora estiver na posição
ligada.
(71) MARIO PATTI VITIELLO (BR/SP)
(72) MARIO PATTI VITIELLO
(74) Pezzuol & Associados Marcas e Patentes S/C Ltda

(21) MU 8901344-1 U2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) E06B 3/50 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM JANELA DESLIZANTE COM
ABERTURA POR PIVOTAMENTO
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM JANELA DESLIZANTE COM (21) MU 8901348-4 U2 (22) 09/07/2009 3.1
ABERTURA POR PIVOTAMENTO, idealiza uma janela panorâmica com (51) B65F 1/16 (2011.01)
painéis vítreos que deslizam longitudinalmente no caixilho e pivotam em uma de (54) LIXEIRA PARA USO RESIDENCIAL E COMERCIAL
suas extremidades, pertencente ao campo dos artigos para a construção civil, a (57) LIXEIRA PARA USO RESIDENCIAL E COMERCIAL. Patente de modelo
sua moldura ou caixilho é constituído em sua porção superior por um perfilado de utilidade de uma lixeira para banheiros, diferente das existentes no mercado,
de secção transversal quadrangular, denominado perfilado superior (2), sendo cujo lixo não fica exposto devido a uma abertura entre uma pala (3), levemente
que na proximidade de uma das suas extremidades da porção superior, na inclinada para baixo e a tampa (4) que permitem que o lixo depositado, entre
medida próxima da largura dos painéis vítreos (6), possui uma projeção em diretamente no interior do recipiente, sem que o usuário precise abrir a tampa
forma de 5 (10) constituída com um perfilado que apresenta a mesma secção manualmente ou através de um pedal, afixada em uma aba (2) de quadro lados.
transversal do perfilado superior (2), a qual intercepta um perfilado de mesma A tampa composta pelas partes 2, 3 e 4, são encaixadas através de frisos (5) e
secção transversal em ortogonal à extremidade do perfilado superior (2); na (6) em uma base (1) em forma de trapézio que será utilizada para receber o lixo
mesma posição que a projeção em 5 intercepta o perfilado superior, há uma depositado através de uma abertura contida na tampa.
abertura quadriforme de desobstrução (11), na face interna do seu perfilado (71) Albany Matosinhos Braga (BR/MG)
inferior (7). (72) Albany Matosinhos Braga
(71) HISAO OISHI (BR/SP)
(72) HISAO OISHI
(74) Pezzuol & Associados Marcas e Patentes S/C Ltda
56 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) MU 8901392-1 U2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) D03D 29/00 (2011.01)
(54) TEAR DE DEDOS
(57) TEAR DE DEDOS. Patente de utilidade para a fiação de cachecóis/cintos
que pode substituir o tear de mão. É compreendido por uma base de madeira
ou similar, medindo: 120 m/m de comprimento, 30 m/mm de largura e 15 m/m
de espessura, sendo as superfícies maiores recobertas com laminados fórmicos
ou equivalentes podendo o mesmo ainda ocorrer em suas laterais, possui esta
base cinco cilindros de metai, plastico ou resina medindo cada um 20 m/m de
(21) MU 8901370-0 U2 (22) 14/07/2009 3.1 comprimento com um diãmetro mínimo nas extremidades de 9 m/m e de 11
(51) A47J 37/06 (2011.01) m/m ao centro do comprimento possuindo este ao seu centro um furo redondo
(54) DISPOSITIVO PARA ASSAR PIZZAS de 6 mim. A fixação dos cilindros à base é feita por parafusos de madeira com
(57) DISPOSITIVO PARA ASSAR PIZZAS.Refere-se o presente objeto a uma arruelas junto às cabeça a qual pode ser chata, redonda ou ovalizada, não
máquina de assar pizzas, capaz de assar duas pizzas recheadas de uma só maiores que 6 m/m de fenda ou philips, cujo comprimento desde que de cabeça
vez, totalmente revestida em teflon, possuindo uma tampa e lâminas de corte chata não maior de 33 mim, que os travessam no sentido do comprimento ao
que cortam as pizzas em oito pedaços extremamente iguais e regulares. A centro equidistantes dos lados maiores de um dos píanos retangulares também
máquina é capaz de assar, dividir e cortar as duas pizzas superpostas e manter maiores, espaçados de 20 m/m entre si e das extremidades menores do mesmo
os pedaços da pizza hermeticamente fechados, prontos para serem degustados plano.
sem escorrimento do recheio ou qualquer outro tipo de sujeira. (71) MITUCA HASEMI CARVALHO (BR/SP)
(71) GILSON ALVES DE BARROS (BR/SP) , ARTHUR LUIZ DE TOLEDO (72) MITUCA HASEMI CARVALHO
SANTOS PUGLIESI (BR/MG)
(72) GILSON ALVES DE BARROS, ARTHUR LUIZ DE TOLEDO SANTOS
PUGLIESI
(74) Ana Paula Mazzei dos Santos Leite

(21) MU 8901400-6 U2 (22) 09/07/2009 3.1


(51) E04G 21/10 (2011.01)
(54) ALINHADOR DE TIJOLOS
(57) ALINHADOR DE TIJOLOS.Patente de modelo de utilidade para alinhar
tijolos a ser utilizado na construção de paredes, muros e alvenarias, que é
compreendido por duas peças 1 e 2 compostas por três partes cada peça, com
um pino 3 e 4 no verso da parte superior de cada uma, que ficará na posiçào
horizontal, visto que a peça tem o formato de um colchete virado para baixo, O
fio 5, ficará amarrado aos pinos 3 e 4 das partes 1 e da parte 2 e será esticado,
na medida da parede a ser construída.
(71) Albany Matosinhos Braga (BR/MG)
(72) Albany Matosinhos Braga

(21) MU 8901373-5 U2 (22) 13/07/2009 3.1


(51) A63C 17/02 (2011.01)
(54) SHAPE PARA SKATE EM POLICARBONATO
(57) SHAPE PARA SKATE EM POLICARBONATO. Patente de Modelo de
Utilidade para uma prancha em policarbonato que deve ser conformada à
quente por compressão em um molde que possa reproduzir seu formato. Têm
como finalidade melhorar as características de durabilidade do shape e
desempenho dos atletas na realização das manobras do esporte bem como
reduzir o impacto ambiental.
(71) CESAR AUGUSTO GUERRERO (BR/SP) , MARCELO DE SOUZA
OROSCO (BR/SP)
(72) CESAR AUGUSTO GUERRERO, MARCELO DE SOUZA OROSCO

(21) MU 8901404-9 U2 (22) 08/07/2009 3.1


(51) H01M 2/28 (2011.01), H01M 2/06 (2011.01), H01M 10/14 (2011.01)
(54) APRIMORAMENTO EM BATERIA PARA VEÍCULOS
(57) APRIMORAMENTO EM BATERIA PARA VEÍCULOS caracterizado por ser
formado partir de uma caixa (1) da bateria que consiste em doze setores (2) ou
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 57

vasos individuais onde ficam armazenadas as placas positivas e negativas (3) e sensor de presença para acionamento (10). Logicamente, o púlpito com óleo de
os terminais de ligação (4), bem como a solução de eletrolítico, uma tampa unção, pode ser obtido em tamanhos e capacidades diversas, para atender
plástica intermediária (5) é utilizada para selar a caixa e evitar vazamentos de diferentes necessidades dos usuários deste tipo de produto, assim como pode
eletrolítico, além de separar as ligações inferiores das superiores entre os ser utilizado com outros líquidos.
setores, esta contem doze perfurações (6) para entrada do eletrolítico, e seis (7) (71) Laudiceu Josue Gomes (BR/MG) , Nélia Junia Duarte (BR/MG)
e oito perfurações (8) para a saída dos conectores de ligação (9), para os (72) Laudiceu Josue Gomes, Nélia Junia Duarte
conectores de pólo negativo (10), de pólo positivo (11) e de pólo positivo auxiliar
(12), uma tampa plástica superior (13) cobre os ligamentos internos para evitar
possíveis contatos entre objetos condutores entre os conectores, tendo
perfurações (14) para a passagem dos pólos bem como um protetor (15) para
estes e uma abertura lateral (16) para a saída dos gases.
(71) Amarildo Alves (BR/SC)
(72) Amarildo Alves
(74) Leila Krause Signorelli

(21) MU 8901410-3 U2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) B65G 39/10 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM ROLETE
(57) DISPOSIÇAO INTRODUZIDA EM ROLETE. Trata-se de um elemento
mecânico para uso em leito de deslizamento e retorno de correlas
transportadoras constituído de tubo ou corpo cilíndrico (1), eixo (2), rolamento
(3) e anel elástico (4).
(21) MU 8901406-5 U2 (22) 29/06/2009 3.1
(71) Joseni Laydner Leite (BR/RS)
(51) F25D 29/00 (2011.01), F25D 21/12 (2011.01)
(72) Joseni Laydner Leite
(54) ESTRUTURA DE FIXAÇÃO (74) Lealvi Marcas e Patentes Ltda
(57) ESTRUTURA DE FIXAÇÃO.Estrutura de fixação do moto-ventilador (1) do
condensador (2), dotada de um clipe (3) com características elásticas para
fixação dos componentes, mais especificamente o motor (la) do ventilador (lb)
do condensador (2). O dito clipe (3) se encaixa na torre (4) da calha (6) de
refrigeração por meio de engates presentes nas extremidades, não se
desencaixa sozinho e possui uma travessa que facilita sua remoção. Está
associado a coxins (5) elásticos para minimização de vibração e prende-se à
calha de evaporação (6) por meio de uma estrutura tipo torre (4) unificada,
pronta a receber tais engates para fixação mediante encaixe.
(71) Electrolux do Brasil SA (BR/PR)
(72) Alyson Soltovski
(74) Natan Baril
(21) MU 8901411-1 U2 (22) 02/07/2009 3.1
(51) A45C 11/00 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM ESTOJO
TERMOMOLDADO
(57) 1- DISPOSICÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM ESTOJO
TERMOMOLDADO, compreendendo uma peça retangular de cantos
arredondados, dividido em duas metades, que se encaixam através de um
elástico que passa por um vinco localizado nas costas de uma das laterais,
garantindo o fechamento perfeito do objeto, sem a utilização de zíper.
(71) Extramold Jomo Industria de Plasticos Ltda (BR/RS)
(72) Dagmar Luise Mohrbach
(74) Mari Lourdes Machado Guerra - API 2044

(21) MU 8901409-0 U2 (22) 17/07/2009 3.1


(51) A47B 19/00 (2011.01)
(54) PÚLPITO COM ÓLEO DE UNÇÃO
(57) PULPITO COM ÓLEO DE UNÇÃO.O presente modelo de utilidade (21) MU 8901419-7 U2 (22) 16/07/2009 3.1
compõem- se de plataforma 1, corpo 2 e prateleira 3, e as partes introduzidas (51) A61F 2/50 (2011.01), A61F 6/02 (2011.01)
no púlpito já existente, a fim de ser melhor utilizado e aproveitado, dando livre (54) PROTESE PENIANA
acesso ao público ou simplesmente um conforto visual, são: cascata (4), (57) PROTESE PENIANA .Constituída de um corpo cilíndrico confeccionado em
interruptor (5), reservatório inferior (6), bomba de recirculação (7), reservatório látex especial, que conjuga a função de solucionar problemas de ereção e
superior (8), carga elétrica (12), mangueira para elevação do liquido (9), fio de ejaculação precoce, sem o uso de medicamentos e cirurgia, proporcionando
58 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

maior prazer durante as relações sexuais, podendo ser usado também sem
ereção, constituído de um corpo (1), pino com roscas (2), orifício rosqueado (3)
e anéis de segurança (4) para fixação.
(71) João Evaristo dos Santos (BR/MG)
(72) João Evaristo dos Santos

(21) MU 8901420-0 U2 (22) 16/07/2009 3.1


(51) G08B 6/00 (2011.01)
(54) MONITOR POSTURAL
(57) MONITOR POSTURAL. Patente de modelo de utilidade para um Monitor
Postural, compreendido por um dispositivo elétrico, portátil, utilizado na cintura
do usuário, adaptado através de uma Cinta Elástica(4) com velcro nas
extremidades para sua fixaçâo, e uma Fita de Sustentaçâo(6) enlaçada ao seu
pescoço, destinado a monitorar a postura da coluna torácica do usuário e avisá-
lo de sua postura incorreta, através de um alerta vibratório emitido por um Motor
Vibrador(9). Caso o usuário se posicione em postura inadequada (como na
figura 7) com curvatura acentuada da coluna torácica, configurando cifose (21) MU 8901425-1 U2 (22) 02/07/2009 3.1
torácica, a Fita de Sustentação(6) se abaixa, fazendo abaixar a Haste Metálica (51) F02M 57/00 (2011.01)
do Sensor(14), criando corrente elétrica ao tocar o Componente Metálico(16) da (54) UM DISPOSITIVO AUXILIAR PARA A COMBUSTÃO DOS AUTOMÓVEIS
parte superior da Base de Contato Elétrico(12). Isso faz com que funcione o E MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA
Motor Vibrador(9) movido à pilha, responsável pelo alerta vibratório ao usuário. (57) Um dispositivo auxiliar para a combustão dos automóveis e motores de
Ao retornar à postura adequada (como na figura 6), o usuário eleva a Fita de combustão interna incluindo: tanque de água, há uma Boca de tanque ( Pode
Sustentaçâo(6), levantando a Haste Metálica do Sensor(14), desfazendo o conter filtros ) acima do tanque de água , pra recarga manual ao tanque de
contato elétrico na Base de Contato Elétrico(12), fazendo cessar o água a água ou água-porte formulações líquidas, pela força da mini-bomba e
funcionamento do Motor Vibrador(9). eletrônico sistema tempo, a suficiente água ou água-porte formulações líquidas
(71) Gilbert Salazar Baptista (BR/MG) pelas tubos chegar ao recipiente gerador nevoeiro, lá, a ultra-som de alta
(72) Gilbert Salazar Baptista frequência oscilatória , produzido pelo gerador ultra-sônico de nevoeiro, mudar
a água ou água-porte formulações líquidas , do estado líquido para o estado de
nevoeiro, a névoa avança pelas tubos pela força do vento (produzido pelo
ventogerador) mesclado com ozônio gás que produzido pelo eletrônica timing
controle gerador de ozônio,se vai em frente e passa pelo tubo de controle de
fluxo de nevoeiro, neste momento, o nevoeiro eu gás ozônio eu ar filtrado são
misturados , podemos chamá-lo como M, e finalmente o M atravessa a entrada
de ar do motor e entrar na câmara , participar ativamente no processo de
combustão.
(71) Hua Tao (BR/RS)
(72) Hua Tao

(21) MU 8901423-5 U2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) B26B 19/48 (2011.01), B26B 19/38 (2011.01), B26B 19/00 (2011.01)
(54) BARBEADOR PARA RETOQUES E ACABAMENTOS
(57) BARBEADOR PARA RETOQUES E AGABAMENTOS formado por um
cabo do barbeador (01), uma cabeça do barbeador (02) que pode ter dimensão
variando de 1 ,O cm a 3,0 cm, um botão (03) para encaixe e desencaixe
quando a cabeça do barbeador (02) for móvel, lâminas de corte (04) que podem (21) MU 8901427-8 U2 (22) 09/07/2009 3.1
ser em número de duas, três ou quatro. (51) H02G 3/02 (2011.01)
(71) Neusa Maria Bertolino (BR/PR) (54) PRISIONEIRO PARA FIXAR TAMPA DE ELETROCALHA
(72) Neusa Maria Bertolino (57) PRISIONEIRO PARA FIXAR TAMPA DE ELETROCALHA E uma peça
(74) Calisto Vendrame Sobrinho formada a partir de uma chapa de aço carbono com três dobra, um furo para o
parafuso e um encaixe para fixar no furo da eletrocalha. Será útil, prática e
funcional na fixação da tampa de eletrocalhas.
(71) Silvio Lemes da Cruz (BR/PR)
(72) Silvio Lemes da Cruz
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 59

(21) MU 8901428-6 U2 (22) 09/07/2009 3.1


(51) E04H 15/28 (2011.01), A45F 3/44 (2011.01), E04H 15/62 (2011.01) (21) MU 8901435-9 U2 (22) 01/07/2009 3.1
(54) DISPOSITIVO PARA CAVAR ADAPTÁVEL EM HASTE DE GUARDA-SOL (51) A61F 7/00 (2011.01)
(57) DISPOSITIVO PARA CAVAR ADAPTÁVEL EM HASTE DE GUARDA-SOL (54) MÁQUINA DE VÁCUO PARA FERIDAS, PORTÁTIL
É descrito um dispositivo para cavar adaptável em haste de guarda-sol que (57) Máquina de vácuo para feridas, portátil. Refere-se a presente patente
compreende um corpo em formato circular (10) dotado de uma área central modelo de utilidade à uma máquina de vácuo para feridas, portátil com bomba
vazada (11) e um recorte transversal (12) disposto entre a periferia externa do de vácuo interna com saida (S2), entrada (El) para rede de vácuo externa,
corpo circular (10) e a periferia da área central vazada (11) de forma a prover ligado internamente no aparelho à saída (SI). Possui filtro (F) para ser utilizado
uma extremidade posicionada descendente (13) no plano horizontal em relação com a saida (S2) evitando que sujeiras cheguem à bomba interna. Possui
à extremidade oposta (14), e uma haste (20) fixada na área central vazada (11) reservatório de fluidos (R) com entrada (E2) a ser conectada ao filtro (F) Fig. 3,
dotada de porção extrema inferior com extremidade aguda (21) e porção preso pelas garras (G) ig. 2, para uso da saida (S2) da bomba de vácuo interna
extrema superior com um dispositivo de encaixe (22) para a fixação da ou conectada diretamente à aida (Si) para rede de vácuo externa Fig.l e Fig.2.
extremidade da haste do guarda-sol. No reservatório de fluidos (R) fica a aida (S3) para ser ligada a sonda (M3) até a
(71) André Graeff (BR/RS) ferida a ser tratada no paciente Fig. 4. ossuindo ainda vacuômetro (V) para a
(72) André Graeff regulagem da pressão a ser utilizada através de eu botão giratório (V2), botão
(74) Idea Marcas e Patentes Ltda (L) para ligar a bomba de vácuo interna com emporizador (T) que controla os
intervalos de acionamento da bomba de vácuo interna, nterrompendo ou
acionando a energia que é ligada à rede elétrica através do plugue (P).
(71) Pablo Placido Simi (BR/SC)
(72) Pablo Placido Simi
(74) José Carlos Ferreira

(21) MU 8901432-4 U2 (22) 17/07/2009 3.1


(51) A47B 35/00 (2011.01), D06F 81/00 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM MESA COM TÁBUA DE
PASSAR ROUPAS EMBUTIDA (21) MU 8901441-3 U2 (22) 10/07/2009 3.1
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM MESA COM TÁBUA DE (51) B65D 83/72 (2011.01)
PASSAR ROUPAS EMBUTIDA, compreendendo uma mesa de abrir composta (54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM GARRAFA
por dois ou mais tampos (1, 2 e 3), onde debaixo do tampo central (2) tem-se TERMOELÉTRICA PARA RESFRIAMENTO OU AQUECIMENTO DE
uma passadeira de roupa (5), de tal modo que ao se abrir esse tampo central; LÍQUIDOS, COMO EM USO AUTOMOTIVO, RESIDENCIAL OU INDUSTRIAL
articulando-o por meio de dobradiças (4) para o lado de um dos tampos (57) A presente patente de modelo de utilidade refere-se a DISPOSIÇÃO
menores, se exponha a passadeira de roupas que é desalojada das travas (7) CONSTRUTIVA APLICADA EM GARRAFA TERMOELÉTRICA PARA
para ficar na posição de uso. RESFRIAMENTO OU AQUECIMENTO DE LÍQUIDOS, COMO EM USO
(71) Joel Galiazzi (BR/RS) AUTOMOTIVO, RESIDENCIAL OU INDUSTRIAL, tem por finalidade o uso
(72) Joel Galiazzi principalmente em automóveis, em residências e indústrias, com objetivo de
(74) Norberto Pardelhas de Barcellos trazer conforto e comodidade aos usuários que necessitam transportar líquidos,
como água e outras bebidas. O objeto de proteção requerido nesta patente de
modelo de utilidade é constituído internamente por: Tampa superior (A) para
limpeza interna da arrafa, tampa interna (B) para separação do líquido, entrada
do líquido (C) para resfriamento ou aquecimento, dissipador interno de alumínio
(D) com função de gelar o líquido, dissipador externo (E) para resfriamento da
pastilha termoelétrica, resistência (F) para aquecimento da água, entradas de
circulação de ar (G), dissipador externo (H) para resfriamento da pastilha
termoelétrica. A DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM CONJUNTO ESTRUTURAL
PARA COLETOR DE PÓ MÓVEL COM SISTEMA DE ENGATE RAPIDO E
AUTOMÁTICO, ADAPTÁVEL EM CABINES DE PINTURA ELETROSTÁTICA
poderá ser adaptado em qualquer ambiente, podendo ser facilmente colocado
sobre móveis ou quaisquer objeto de apoio, ou adaptado para painéis de
veículos automotivos com um suporte adaptador, servindo também como
bebedouro residencial ou industrial. Poderá ser fabricado em diversas cores e
design variado.
(71) Altemir José Coelho (BR/SC) , Moacir Caetano Rosa (BR/SC)
(72) Altemir José Coelho, Moacir Caetano Rosa
60 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(74) Nilvan Paulo Minguranse

(21) MU 8901442-1 U2 (22) 08/07/2009 3.1


(51) G01D 11/00 (2011.01), G02B 25/04 (2011.01)
(54) VISOR APLICADO AO MURO OU PAREDE DE CONCRETO
(57) VISOR APLICADO AO MURO OU PAREDE DE CONCRETO. Refere-se o
presente modelo a um inédito e funcional visor para ser aplicado através do
muro ou parede de concreto o qual oferece livre acesso aos funcionários que (21) MU 8901457-0 U2 (22) 17/07/2009 3.1
fazem o trabalho de coletar as medidas dos relógios que fornecem os números (51) E04B 2/10 (2011.01), E04B 1/343 (2011.01)
para as contas de água e luz elétrica o objeto em questao traz praticidade (54) PAINÉIS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS PRÉ-FABRICADAS A
melhorando as condições de trabalho para os trabalhadores desta área, assim PARTIR DE RESÍDUOS DE MADEIRA SERRADA
como traz também segurança e privacidade ás residências em geral. (57) PAINÉIS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS PRÉ-FABRICADAS A
(71) Lucilena Maria Henrique Novaes (BR/PR) PARTIR DE RESÍDUOS DE MADEIRA SERRADA, do campo técnico da
(72) Lucilena Maria Henrique Novaes engenharia civil, obtidos a partir de um painel (1), sob a forma de um retângulo,
numa medida referencial de 970mm de largura, interna, por 2800mm de
comprimento, com montantes laterais (2) e transversais (9), recheado por
tábuas (5) de quaisquer larguras, na espessura de 22mm a 25 mm e a partir de
55mm de comprimento.
(71) João Galdino de Medeiros (BR/MT)
(72) João Galdino de Medeiros

(21) MU 8901456-1 U2 (22) 10/07/2009 3.1


(51) A61C 3/00 (2011.01)
(54) ALICATE PADRÃO LASER DE DOBRAS DE FIOS PARA ORTODONTIA
(57) ALICATE PADRÃO LASER DE DOBRAS DE FIOS PARA ORTODONTIA.
A invenção apresentada proporciona uma inovação nos instrumentais
odontológicos, provendo precisâo e segurança ao profissional na hora de
realizar suas dobras nos fios ortodônticos. Ele é constituído de peças (21) MU 8901460-0 U2 (22) 08/07/2009 3.1
separadas , o macho (2.2) e a fêmea (2.1) , unidos por um pino eixo (2.3).Cada (51) A47B 88/00 (2011.01)
um dos componentes possui uma extremidade ativa utilizada para dobra de fios (54) DISPOSIÇÕES APLICADAS EM GAVETEIRO
cada qual configurado para dobras próximas do ângulo reto temos a (57) DISPOSIÇÕES APLICADAS EM GAVETEIRO descreve-se o presente
extremidade piramidal e para dobras arredondadas temos a ponta cônica.(ver modelo ao campo técnico de móveis em geral, mais especificamente a
fig. 5). Na parte piramidal , em sua face ativa, o alicate pode conter ou não disposições aplicada sem gaveteiro, que é utilizado para a guarda de objetos
ranhuras para estabilizaçâo do fio(figura 3). Seu diferencial revolucionário está escolares, automotivos, hoteleiros entre outros. O modelo é todo confeccionado
na marcaçâo milimetrada impressa à laser em qualquer das faces, neste caso em chapas de metal e foi especialmente desenvolvido para proporcionar mais
ilustrativo, nas duas faces do trapézio(fig. 1 , 2, 3, 4 e 5) . O laser confere segurança e praticidade na guarda destes objetos, além de contar com um
precisão total , provendo para o profissional iniciante uma referência para sistema de travamento que evita que mais de uma gaveta seja aberta ao
confecção dos seus trabalhos (dobras, íoops, etc..) e, para os profissionais mais mesmo tempo.
experientes, proverá padronização o que certamente contribui no (71) Nilko Metalurgia Ltda (BR/PR)
estabelecimento de protocolos precisos e de avaliação mais confiável. O (72) Fraimundo Huscher
conjunto pode ser visto na figura 1. (74) Brasil Sul Marcas e Patentes S/C Ltda
(71) Miguel Rodrigues Mendes Júnior (BR/GO)
(72) Miguel Rodrigues Mendes Júnior, Nádia Lunardi, Rogério Heládio Lopes
Motta, Heloísa Cristina Valdrighi, Sílvia Amélia Scudeler Vedovello, Mário
Vedovello Filho
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 61

(21) MU 8901465-0 U2 (22) 02/07/2009 3.1


(51) A45D 42/16 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM PORTA-ESPELHO (21) MU 8901467-7 U2 (22) 06/07/2009 3.1
TERMOMOLDADO (51) E06B 7/00 (2011.01)
(57) 1- DISPOSICÀO CONSTRUTIVA APLICADA EM PORTA-ESPELHO (54) SISTEMAS DESLIZANTES PARA PORTAS DE CORRER
TERMOMOLDADO, compreendendo a uma peça dobrável que possui a (57) SISTEMAS DESLIZANTES PARA PORTAS DE CORRER,particularmente
propriedade de guarnecer o espelho, quando fechado, bem como a capacidade tratando-se de sistemas de guia superior, todo injetado em poliacetal, formado
de auto-sustentação do mesmo, quando montado, desprezando o auxilio das por uma base, um suporte para rodinhas e duas rodinhas que possuem aneis o
mãos de quem o manuseia, otimizando a sua utilização. ring para diminuir o atrito entre as mesmas com o trilho superior das portas de
(71) Extramold Jomo Industria de Plasticos Ltda (BR/RS) correr. E também as travas de final de curso que são aplicadas na parte
(72) Dagmar Luise Mohrbach superior diretamente no trilho. Para dar fim de curso á porta, estas peças
(74) Mari Lourdes Machado Guerra - API 2044 também são injetadas em poliacetal.
(71) Marcos Luiz Verona (BR/RS)
(72) Marcos Luiz Verona
(74) Norberto Pardelhas de Barcellos

(21) MU 8901466-9 U2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) E06C 1/16 (2011.01), E06C 1/38 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO EM ESCADA COM PAINÉIS ARTICULÁVEIS
(57) DISPOSIÇÃO EM ESCADA COM PAINÉIS ARTICULÁVEIS. O modelo de
utilidade refere-se a uma disposição em escada que é formada por painéis
articuláveis entre si que possibilitam o seu fechamento, ocupando reduzido
espaço, o que facilita o transporte e estocagem. A disposição em escada
articulável compreende dois painéis transversais (1), sendo um frontal e outro
traseiro, quatro painéis laterais (2), sendo dois de cada lado, e dois painéis de
topo (3). Os painéis transversais (1) apresentam uma abertura superior (11)
com degraus salientes (12). Os painéis de topo (3) apresentam recortes
alongados (31), para fechamento e suspensão da escada. Os painéis laterais
(2) são articulados entre si e nos painéis transversais (1), enquanto que os
painéis de topo (3) são articulados entre si e com os painéis transversais (1). As
bordas dos painéis (1, 2 e 3) apresentam corpos cilíndricos machos (4) (21) MU 8901468-5 U2 (22) 07/07/2009 3.1
espaçados o suficiente para que se encaixem entre eles os corpos cilíndricos (51) A47G 19/22 (2011.01), A47J 41/00 (2011.01)
fêmeas (5) do paineladjacente a ser articulado. Os corpos cilíndricos machos (54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM JARRA PARA BEBIDA
(4) possuem projeções extremas (41) que penetram em recessos (51) dos (57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM JARRA PARA BEBIDA. O modelo de
corpos cilíndricos fêmeas (5). Dessa forma, obtém-se uma ligação segura entre utilidade refere-se a uma disposição em jarra para bebida, em cuja tampa, pelo
os painéis (1, 2 e 3), ao mesmo tempo em que permite uma articulação para lado interno, é encaixado de forma destacável um compartimento preenchido de
abrir e fechar a escada. um líquido para ser refrigerado. O compartimento (4) é formado por um
(71) Fernando Antônio Bonkevitch (BR/RS) , Cirineu Roberto Vicenzi (BR/RS) , recipiente (41), discretamente tronco-cônico, no qual é rosqueada uma tampa
Volnei de Lima (BR/RS) (42). A tampa do compartimento (42) apresenta uma projeção superior (43),
(72) Fernando Antônio Bonkevitch, Cirineu Roberto Vicenzi, Volnei de Lima substancialmente paralelepipédica, que é dotada de saíiências (44). A
(74) Custódio de Almeida & Cia superficie inferior da tampa da jarra (3) apresenta duas paredes (31) curtas,
verticais e distanciadas entre si, em cujo interior é embutida a projeção superior
(43) da tampa do compartimento (42). As paredes (31) da tampa da jarra (3)
apresentam orifícios (32) onde penetram as saliências (44) da projeção superior
(43) do compartimento (4).
(71) Juarez Vitório Martini (BR/RS)
(72) Juarez Vitório Martini
(74) Custódio de Almeida & Cia.
62 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

transporta-se o cartão e de outro o mapa. O sistema sanfonado é propiciado por


meio de dobras que abrem e fecham e com parte lateral para acondicionamento
do cartão de vale transporte ou outro a critério do usuário (3). A lateral (4) é
propícia para facilitar a utilização pelo usuário, permitindo de maneira prática,
tanto para o uso do cartão de vale transporte, quanto à utilização do mapa
dobrável, O vale transporte pode ser acionado com o porta cartão fechado (1).
(71) Marcos Augusto Brandão Vieira (BR/MG)
(72) Marcos Augusto Brandão Vieira
(74) Fernandes Associados Ltda

(21) MU 8901469-3 U2 (22) 08/07/2009 3.1 (21) MU 8901471-5 U2 (22) 08/07/2009 3.1
(51) B05B 1/08 (2011.01) (51) E04B 2/00 (2011.01)
(54) SISTEMA DE TRANSPORTE A AR (54) APERFEIÇOAMENTOS INTRODUZIDOS NO SISTEMA CONSTRUTIVO
(57) SISTEMA DE TRANSPORTE A AR, este modelo e utilidade se refere a INTEGRADO DE PERFIS PARA PAREDES VERTICAIS MODULARES DE
uma nova disposição construtiva e inovadora em sistema de ransporte a ar, PVC EXTRUDADOS
utilizado para transporte de produtos através de injeção de ar ressurizado, com (57) Aperfeiçoamentos introduzidos no sistema construtivo integrado de perfis
aplicação em frigoríficos de aves, suínos, bovinos, indústria esqueira, na para paredes verticais modulares de PVC extrudados, descreve-se o presente
indústria geral ou que se fizerem necessárias o uso de transporte em que se pedido de patente de modelo de utilidade, como principio básico, propiciar a
possa ser utilizado o ar como meio propulsor, sendo caracterizado por consistir- formação de um sistema construtivo otimizado, em estrutura própria e
se de um conjunto formado por um quadro de comando (01), dotado de filtro específica do tipo modular e baseado em placas específicas de composição
regulador (02), silenciadores (03) entre outros dispositivos de controle, sendo híbrida em direta substituição ás tradicionais paredes convencionais, a inovação
responsável por controlar a passagem do ar comprimido, que passa por um do sistema é o uso de perfis modulares com medidas e dimensões das mais
filtro coalescente (04) e é transmitido para a cuba de recepção de produtos (05) variadas, fabricados pelo processo de extrusão e co-extrusão, apresentando um
por meio de tubulações (06), onde os produtos são transportados pela ação do sistema modular de alto desempenho, possivel de expansão, sem a
ar, por intermédio de um subconjunto tubular, denominado camisa (07), que necessidade de estruturas adicionais, perfis confeccionados em raios padrões
possui instalada, uma válvula esfera (08) ou guilhotina, equipada com atuador e/ou especiais que oferecem maior liberdade no formato dos projetos, por fim,
pneumático (09), e uma válvula de escape rápido (10); na outra extremidade do um sistema flexível que se adapta perfeitamente com as outras linhas de
conjunto, é montado uma válvula denominada flap(1 1), que intermedia a produtos e que eleva o número de opções com a numerosa quantidade de
camisa (07) com o cone posterior (12), onde são conectados por elementos de perfis e acessórios disponíveis, incluindo uma pluralidade de elementos
fixação (13); o quadro de comando (01) pode ser fixo junto a parede e o distintos com variantes configurativas mecânicas, mantendo a unidade técnico-
conjunto tubular pode ser fixo junto ao solo plataforma ou outro local, por meio funcional e corporal do sistema.
de suportes (14). (71) Sandro Roberto Wittitz (BR/SC) , Helmuth Hinz (BR/PR) , Gilberto
(71) Claudir Volnei Ebert (BR/SC) , Lourdes Weirich (BR/SC) Fernandes (BR/SC) , Ederson Schmoeller (BR/SC)
(72) Claudir Volnei Ebert, Lourdes Weirich (72) Sandro Roberto Wittitz, Helmuth Hinz, Gilberto Fernandes, Ederson
(74) Agostinho de Melo Schmoeller
(74) Brasil Sul Marcas e Patentes S/C Ltda

(21) MU 8901473-1 U2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) G01N 33/18 (2011.01)
(54) APARELHO ELETRÔNICO PORTÁTIL E DE BANCADA PARA
CLASSIFICAÇÃO DA ÁGUA
(57) APARELHO ELETRÔNICO PORTATIL E DE BANCADA PARA
CLASSIFICAÇÃO DA ÁGUA. Patente de modelo de utilidade para um sistema e
aparelho para verificação e monitoração da qualidade da água, composto por
(21) MU 8901470-7 U2 (22) 14/07/2009 3.1 sensores, em que cada sensor é responsável pela medição direta ou indireta de
(51) A45C 11/18 (2011.01), B42D 15/02 (2011.01), B65D 27/00 (2011.01) propriedades e características que determinam a classificação quanto a pureza,
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA A PORTA CARTÃO a qualidades da água, e indicação visual e sonora da qualidade da água. O
(57) Disposição Construtiva Aplicada a Porta Cartão. Refere-se a presente aparelho permite determinar se uma determinada amostra de água possui um
patente, a porta cartão com mapa dobrável anexo. possibilitar o transporte mais conjunto de características que classificam a amostrar dentro de normas ou
seguro, possui dupla função, além de ser de material resistente, porém, de fácil parâmetros que permitem a utilização da água. O aparelho é compacto e
acomodação possui o mapa dobrado acoplado todo dobrado e que se abre agrupa os sensores necessários para a determinação da qualidadeda água e
sozinho, à medida que se separa a extremidades da capa. De um lado
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 63

possui uma expansão para o acoplamento ou adequação a diferentes


parâmetros e normas de classificação através do acopíarnento de um ou um
conjunto de sensores apropriados para a qualificação. O aparelho é composto
por um sistema microcontrolado ou microprocessado responsável pelo
processamento dos sinais provenientes dos sensores. O sistema possui
memória para armazenamento dos parâmetros de análise e permite a
atualização, troca e adequação às normas vigentes para classificação da água.
O sistema suporta rodar diferentes algoritmos para a interpretação dos sinais
provenientes dos sensores. O sistema permite a determinação da qualidade da
água no próprio local e em tempo real eliminando a necessidade de testes
laboratoriais. Esse sistema possuí a vantagem de determinar a qualidade da
água em um tempo pequeno e assim emitir um resultado antes que as
características da água mude o que não ocorre com os sistemas convencionais
em que há a necessidade de se transportar a amostra podendo comprometer
os resultados em virtude de do tempo de transporte de alterações físico-
químicas por atuação do tempo e mudanças de temperatura, por exemplo. O
sistema é portátil de fácil utilização por usurário especializado e usurário sem
qualificação apropriada, podendo ser usado por um usuário comum. O sistema
pode ser usado por banhistas.
(71) Vitor Daniel de Viterbo (BR/MG)
(72) Vitor Daniel de Viterbo, Lívia de Barros Salum

(21) MU 8901476-6 U2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) B65D 1/02 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM PORTA-FRASCO
TERMOMOLDADO
(57) 1- DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM PORTA-FRASCO
TERMOMOLDADO, compreendendo uma peça retangular de cantos
arredondados, dividido em duas metades, que se encaixam através de um
elástico que envolve as duas metades quando unidas, garantindo o fechamento
perfeito do objeto, sem a utilização de ziper.
(71) Extramold Jomo Indústria de Plásticos LTDA (BR/RS)
(72) Dagmar Luise Mohrbach
(74) Mari Lourdes Machado Guerra

(21) MU 8901474-0 U2 (22) 02/07/2009 3.1


(51) G01G 5/00 (2011.01)
(54) CAVALETE PARA INSTRUMENTOS MUSICAIS DE CORDAS
ACÚSTICOS DE TAMPO HARMÔNICO PLANO
(57) CAVALETE PARA INSTRUMENTOS MUSICAIS DE CORDAS
ACÚSTICOS DE TAMPO HARMÔNICO PLANO. Patente de modelo de
utilidade para um cavalete individual para instrumentos musicais de cordas,
acústico de tampo harmônico plano, que é compreendido por uma base plana
de madeira 1a, constituído ainda de suporte 1b, onde fixam-se ilhargas 2 de
proteção das cordas que perpassam o suporte 1b, sobrepassando o rastilho 3
que se encaixa na cavidade dos anteparos 1 c e 1 d, resultando em maior
adesão do cavalete ao tampo harmônico, ampliando sua intensidade sonora,
atendendo a qualquer instrumento de cordas, acústico de tampo harmônico
plano, tais como violão, cavaquinho, viola caipira, bandolim e similares.
(71) Ricardo Oliveira Lamha (BR/MG)
(72) Ricardo Oliveira Lamha

(21) MU 8901479-0 U2 (22) 02/07/2009 3.1


(51) G03B 21/00 (2011.01), G03B 21/12 (2011.01)
(54) ESPAÇO PARA APRESENTAÇÃO EM TAMANHO REAL DE PROJETOS
VIRTUAIS DE MÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS APLICADOS EM
AMBIENTES
(57) ESPAÇO PARA APRESENTAÇÃO EM TAMANHO REAL DE PROJETOS
VIRTUAIS DE MÓVEIS E ELETRODOMESTICOS APLICADOS E
AMBIENTES, descreve-se o presente modelo ao campo técnico de
equipamentos utilizados na apresentação de projetos de móveis, mais
especificamente a um espaço para apresentação em tamanho real de projetos
virtuais de móveis e eletrodomésticos aplicados em ambientes. Este modelo
permite que os clientes visualizem seus projetos em tamanhos reais e assim
possam ajustar as medidas e as posições dos móveis de acordo com as suas
estaturas e ergonomias.
(71) Carlos Rodolfo Reissmann (BR/PR)
(72) Carlos Rodolfo Reissmann
(74) Senior's Marcas e Patentes Ltda
64 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) MU 8901497-9 U2 (22) 07/07/2009 3.1 (21) MU 8901502-9 U2 (22) 13/07/2009 3.1
(51) A01K 31/20 (2011.01) (51) B65D 27/06 (2011.01)
(54) AQUECEDOR PARA CRIATÓRIOS DE ANIMAIS (54) PANFLETO, CARTAZ OU FOLDER REUTILIZÁVEL COMO ENVELOPE
(57) AQUECEDOR PARA CRIATORIOS DE ANIMAIS, trata-se de um modelo (57) PANFLETO, CARTAZ OU FOLDER REUTILIZÁVEL COMO ENVELOPE, é
de utilidade referente à um dispositivo idealizado para proporcionar o constituído basicamente, por uma folha de papel (1), que serve para imprimir
aquecimento do ar de pequenos ambientes fechados, mais particularmente no uma publicidade ou mensagem na área de impressão (2), no seu verso,
interior de maternidades e creches para suínos, entre outros, bem como, para possuindo ainda abas em suas laterais para a colocação de fitas adesivas (3), e
incubadoras de aves, e estufas diversas, sendo que, o referido aparelho é um espaço (4), no seu anverso, que serve para o endereçamento do
dotado de turbina (T) ou compressor de ar, que insufla ar para o interior do destinatário e outro espaço (5), que serve para o endereçamento do remetente.
ambiente, de modo que, o ar ainda frio é captado do ambiente externo Após o uso como panfleto, cartaz ou folder, basta dobrar o mesmo e destacar a
imediatamente próximo, ou à distância por meio de tubulação, e é forçado a proteção da fita adesiva (3) e colar as abas com o outro lado do papel, para se
passar sobre uma resistência elétrica (R) para aquecimento, a qual possui tornar um envelope, já com o espaço (4), para o endereçamento do destinatário
controle eletrônico de potência por meio de uma central microcontrolada (C) e e o espaço para o endereçamento do remetente, possibilitando desta forma, o
sensores de temperatura, para monitoramento e correção da temperatura no reuso do material empregado para a publicidade, como envelope para uma
interior do ambiente. correspondência.
(71) Charbel Szymanski (BR/SC) , Nelson de Sousa (BR/SC) , Fernando (71) Jonathas de Amorim Gagliardi Madeira (BR/DF)
Kestering Longo (BR/SC) (72) Jonathas de Amorim Gagliardi Madeira
(72) Charbel Szymanski, Nelson de Sousa, Fernando Kestering Longo
(74) Anel Marcas e Patentes Ltda

(21) MU 8901505-3 U2 (22) 09/07/2009 3.1


(51) E05F 7/00 (2011.01)
(21) MU 8901501-0 U2 (22) 13/07/2009 3.1 (54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM DESEMPENADOR DE
(51) E03D 9/02 (2011.01) PORTAS
(54) PEDRA DESODORIZANTE SANITÁRIA COM VENTOSA AUTOCOLANTE (57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM DESEMPENADOR DE
(57) PEDRA DESODORIZANTE SANITARIA COM VENTOSA PORTAS, consistindo de um dispositivo que é aplicado superiormente a uma
AUTOCOLANTE. Patente de Modelo de Utilidade para uma pedra porta de armário, roupeiro etc., com objetivo de desempená-la. O
desodorizante sanitária que é compreendida por uma ventosa autocolante 1, desempenador é composto por duas grandes hastes metálicas (1 e 2) que
com base cônica 2 e bico alongado 3, com sua extremidade cônica 4, dita estão presas entre si a um esticador (3), sendo que essas hastes podem ser
extremidade 4 é inserida juntamente com bico alongado 3 no orificio 6 da pedra afastadas uma da outra pelo esticador, de modo a fazer força à porta onde
desodorizante sanitária 5, na presente disposição, a extremidade cônica 2 é estão fixadas, de modo a promover o desempenamento da mesma.
fixada por sucção à parede interna do vaso sanitário (fig. 4), com isso evita-se a (71) Marcos Luiz Verona (BR/RS)
queda da pedra sanitária 5 para dentro do vaso sanitário. (72) Marcos Luiz Verona
(71) João do Carmo Oliveira (BR/DF) (74) Norberto Pardelhas de Barcellos
(72) João do Carmo Oliveira
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 65

(21) MU 8901512-6 U2 (22) 02/07/2009 3.1


(51) A45F 3/04 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM MOCHILA
TERMOMOLDADA
(57) 1- DISPOSICÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM MOCHILA
TERMOMOLDADA, compreendendo a uma mochila que proporciona a
(21) MU 8901507-0 U2 (22) 07/07/2009 3.1
possibilidade de abrir-se totalmente através do seu sistema de zíper costurado
(51) A47G 21/14 (2011.01)
em quase todo o contorno do seu molde, apresentando com isso a propriedade
(54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM PORTA-TALHER
de se tornar um objeto de fácil armazenamento.
(57) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM PORTA-TALHER.O modelo de utilidade
(71) Extramold Jomo Industria de Plasticos Ltda (BR/RS)
refere-se a uma disposiçâo em porta- talher, dotado de potes destacáveis que
(72) Dagmar Luise Mohrbach
tanto podem ser usados sobre uma bandeja colocada no interior da gaveta,
(74) Mari Lourdes Machado Guerra - API 2044
sobre a mesa ou ainda como escorredor após a limpeza dos talheres. O porta-
talher compreende uma bandeja (1) de base retangular com paredes periféricas
(11) e uma divisória transversal (12). A divisória (12) é excêntrica, restando um
compartimento estreito (13) de um lado e um compartimento largo (14) no lado
oposto. O compartimento estreito (13) possui fundo plano, enquanto que o
compartimento largo (14) possui um fundo inclinado que é mais baixo junto à
divisória (12). Potes (2), substancialmente paralelepipédicos, são dispostos
deitados no compartimento largo (14), completando a largura da bandeja (1) e
ficando apoiados na divisória (12) por força da inclinação do fundo. O fundo (21)
dos potes apresenta diversos orifícios (22).
(71) Juarez Vitório Martini (BR/RS)
(72) Juarez Vitório Martini
(74) Custódio de Almeida & Cia.

(21) MU 8901513-4 U2 (22) 02/07/2009 3.1


(21) MU 8901509-6 U2 (22) 03/07/2009 3.1 (51) A45C 11/34 (2011.01)
(51) F25D 17/00 (2011.01) (54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM ESTOJO
(54) APARELHO DE AQUECIMENTO SOLAR PARA CIRCULAÇÃO DE GÁS TERMOMOLDADO
REFRIGERANTE PARA APARELHOS DE REFRIGERAÇÃO (57) 1- DISPOSICAO CONSTRUTIVA APLICADA EM ESTOJO
(57) APARELHO DE AQUECIMENTO SOLAR PARA CIRCULAÇÃO DE GÁS TERMOMOLDADO, compreendendo uma peça quadrada de cantos
REFRIGERANTE PARA APARELHOS DE REFRIGERAÇÃO. Tratou a presente arredondados, dividido em duas metades, que se encaixam através de um
solicitação de modelo de utilidade a umequipamento desenvolvido para acionar elástico que passa por um vinco localizado nas costas de uma das laterais,
a circulação de gás refrigerante para funcionamento de um sistema de garantindo o fechamento perfeito do objeto, sem a utilização de zíper.
refrigeração, o presente modelo é ummelhoramento da solicitação de patente (71) Extramold Jomo Industria de Plasticos Ltda (BR/RS)
de invenção. Compreendida por um conjunto (2) formado de placas voltaicas (6) (72) Dagmar Luise Mohrbach
de acionamento das resistências elétricas (3), alinhadas e distribuídas em sua (74) Mari Lourdes Machado Guerra - API 2044
pluralidade, intercaladas com a tubulação (5) com gás refrigerante (8), no
interior (7) com material condutor (11) na câmara térmica (4) de aquecimento
formada externamente por placas côncavas (9).
(71) Anscar Schaefer (BR/SC)
(72) Anscar Schaefer
(74) Sandro Conrado da Silva
66 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) MU 8901534-7 U2 (22) 13/07/2009 3.1


(51) A47K 4/00 (2011.01), E04H 1/12 (2011.01), E04H 15/02 (2011.01), C02F
9/00 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM BANHEIRO MÓVEL
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM BANHEIRO MÓVEL, um
banheiro que foi desenvolvido para ser instalado em obras na construção de
edificios, podendo ser montado em vários pavimentos, do térreo à cobertura,
além de poder ser instalado em locais para eventos, sendo que este banheiro
(21) MU 8901537-1 U2 (22) 13/07/2009 3.1
utiliza fossas sépticas para armazenamento dos dejetos e não possui a
(51) A47D 13/02 (2011.01), A61F 5/03 (2011.01)
finalidade de banho. Este banheiro é simples, prático e eficiente, de fácil
(54) DISPOSIÇÃO EM SUPORTE PARA TRANSPORTE DE BEBÊS
montagem e desmontagem, podendo ser montado em obras civis na
(57) DISPOSIÇÃO EM SUPORTE PARA TRANSPORTE DE BEBES
construção edificios para aumentar a produtividade e reduzir custos. Sus
compreende uma peça única (1) em forma de faixa fechada, cujo comprimento
disposição construtiva e funcionam proporciona a obtenção de um banheiro
(2) deve ser igual a medida do ombro ao quadril (2') do usuário (3), enquanto a
bastante higiénico, que não exala mau cheiro como os banheiros químicos. A
largura (4) deve ser o dobro da medida necessária para acomodar um bebê (5).
presente disposição construtiva é basicamente constituída por uma base
Esta peça (1) é dotada de uma extremidade arredondada (6) provida de uma
modulada (1), quatro painéis de fechamento (2 ), um painel de teto (3), um
fita ou alça externa central (7) e de uma ou duas fitas ou alças interna (8), que
lavatório de mão (4) e um vaso sanitário (5). Os painéis (2) são aparafusados
ao serem puxadas para o interior da peça (1) facilitam que a mesma seja
uns nos outros, na base ( 1 ) e no teto ( 3 ). Ela pode ou não receber instalação
dobrada ao meio e forme uma faixa dupla (9), dita de acomodação do bebê (5).
elétrica para iluminação do ambiente.
(71) NBK Comércio do Vestuário Ltda (BR/RS)
(71) Alexandre Marcos Costa Lima (BR/CE)
(72) Maria Beatriz Menezes Morelle
(72) Alexandre Marcos Costa Lima
(74) D'Mark Registros de Marcas e Patentes S/C Ltda
(74) Impar - Agência da Propriedade Industrial Ltda

(21) MU 8901538-0 U2 (22) 16/07/2009 3.1


(51) A43D 3/14 (2011.01), A43D 3/00 (2011.01)
(21) MU 8901535-5 U2 (22) 10/07/2009 3.1 (54) ARTICULAÇÃO PARA FÔRMA DE CALÇADOS
(51) A61G 15/10 (2011.01) (57) ARTICULAÇÃO PARA FORMA DE CALÇADOS. Patente de Modelo de
(54) SUPORTE ARTICULADO COM APOIO PARA O BRAÇO ADAPTÁVEL À Utilidade para articulação em fôrma para confecção de calçados que é
CADEIRA DE DENTISTAS compreendido por um corpo torneado, de madeira ou plástico, seccionado por
(57) SUPORTE ARTICULADO COM APOJO PARA O BRAÇO ADAPTÁVEL À um corte transversal (3) e (4) que divide o corpo em dois cones (1) e (2), que
CADEIRA DE DENTISTAS, descreve-se o presente modelo ao campo técnico são unidos por uma ferragem (conjunto 7P, 8P, 9P, 12, 13) acomoda em
de dispositivos de apoio para os braços, mais especificamente a um suporte ranhuras (10) e (11), e este articulado da fôrma tem o corte do articulado
articulado com apoio para o braço adaptável à cadeira de dentistas. Este composto pelos itens (3), (4), retilíneo angular (R) e (5) ou curvilíneo, ambos
equipamento foi especialmente desenvolvido para proporcionar o apoio do com um dente (5) e (6) na região central dos cones da fôrma (L12), sendo que
braço ou cotovelo do dentista na hora dos procedimentos, e assim amenizar os este corte do articulado é associado ao ângulo (Q) dos pinos do articulado (7P,
esforços no ombro e pescoço, e consequentemente na coluna e quadris. O 8P e 9P) e, este conjunto de corte angular e posicionamento angular dos pinos
modelo por ser totalmente articulado oferece apoio constante em todas as da articulação trabalhando integrados com a biela (13) que, devido aos dois
posições de trabalho, e conta ainda com um suporte telescópico que permite furos de formato oblongo (C e D) possibilitam que o cone traseiro (2) ao ser
ajustes de altura, com apenas um toque no botão de regulagem. movimentado para cima (A), não acompanhe o movimento circular da biela (13),
(71) Felipe Simioni Beppler (BR/PR) mas se mova livremente para frente (em direção ao cone frontal 1) (fig.4), este
(72) Felipe Simioni Beppler movimento favorece o encaixe (W) sobre o dente (6), reduzindo o comprimento
(74) Senior's Marcas e Patentes Ltda total da fôrma quando articulada (L2), não afetando a área de montagem
estrutural dos calçados (H), assumindo finalmente a configuração articulada
(pág.2 fig.5 e pág.3, fig. 6 e fig.7) tornando possível usar este modelo de
articulação para todos os tipos de calçados, de sandálias a botas sem zíper.
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 67

(71) Jorge Mendes de Sousa (BR/RS)


(72) Jorge Mendes de Sousa

(21) MU 8901680-7 U2 (22) 14/07/2009 3.1


(51) G08G 1/14 (2011.01), G06Q 30/00 (2011.01), G06Q 50/00 (2011.01),
G01S 19/00 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO TÉCNICA INTRODUZIDA EM SISTEMA ELETRÔNICO DE
ESTACIONAMENTO MEDIDO
(21) MU 8901541-0 U2 (22) 14/07/2009 3.1 (57) DISPOSIÇÃO TÉCNICA INTRODUZIDA EM SISTEMA ELETRÔNICO DE
(51) B65D 25/38 (2011.01), B65D 47/00 (2011.01) ESTACIONAMENTO MEDIDO. O presente pedido de patente de Modelo de
(54) CANECA PARA PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS Utilidade, diz respeito a Disposição Técnica Introduzida em Sistema Eletrônico
(57) CANECA PARA PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS de Estacionamento Medido (1), cujo objetivo é controlar os estacionamentos
compreendida por um corpo onde é acondicionado a bebida (7A) possuindo pré-pagos e de registro obrigatório destinados aos usuários de estacionamentos
borda curvada (6B) e parede mais inclinada no lado de borda mais alta (6C), públicos, quando requerem o uso de vagas, e caracterizado por ser constituído
onde é acoplado acessório alça preso por anel (70) que amplia estabilidade do por parquímetros (2), cartões de proximidade (3), terminais de inspeção (4),
conjunto através de extensão das alças (4A) que circundam o corpo e as unem impressoras portáteis (5), carregadores de créditos dos cartões (6),
formando grande base. Ao corpo também é acoplado acessório bico/tampa cadastradores de cartões (7), servidor central (8) e software gerenciador (9);
(7C). Vale destacar que o funcionamento deste Sistema é em conjunto e funciona a
(71) Pequeno Cotolengo do Paraná - Dom Orione (BR/PR) partir de uma rede sem fio, montada sobre tecnologia GPRS, com a finalidade
(72) Henrique Serbena, Aleverson Ecker, Ranilson Luiz Pellanda Junior de garantir a disponibilidade do trafego de dados; sendo que o usuário adere ao
sistema adquirindo um cartão no qual serão registrados a placa do veiculo e
seus dados pessoais. A adesão ao sistema, bem como as compras de créditos
feitas nos locais previamente autorizados pelo órgão responsável e os créditos
para estacionamentos estarão registrados no servidor central e será utilizado o
cartão, que funciona por proximidade como meio de identificação do usuário. O
usuário registrado no sistema estacionara seu veiculo nos locais autorizados e
logo se deslocará ao parquímetro mais próximo, sendo necessário apenas
encostar seu cartão na leitora do mesmo, ficando assim registrada sua entrada.
Para sair basta repetir a acão em qualquer um dos parquímetros.
(71) Felemag Comércio de Fechaduras Eletrônicas e Magnéticas Ltda (BR/PR)
(72) Harry Westfahl
(74) Marcelo Henrique Zanoni

(21) MU 8901543-6 U2 (22) 17/07/2009 3.1


(51) E03D 1/33 (2011.01), F16K 33/00 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO ANTIRRUIDO PARA BÓIAS DE CAIXAS D'ÁGUA
(57) DISPOSITIVO ANTIRRUIDO PARA BOTAS DE CAIXAS D'AGUA. O
presente modelo de utilidade é compreendido por um dispositivo (5) anulador
das ondas podendo ser de qualquer formato, porém o cilíndrico adapta-se
melhor devido formato redondo da caixa d'água (3). Este dispositivo (5) adapta-
se melhor ao flange (6) da caixa d'água (3) e pode ser fixado pela válvula (1) da
bóia (2) ou por encaixe de pressão .0 seu objetivo é evitar que as ondas
cheguem á bóia (2) que deixa de provocar o repique da válvula anulando o
circulo vicioso.
(71) Laudiceu Josue Gomes (BR/MG) , Nélia Junia Duarte (BR/MG)
(72) Laudiceu Josue Gomes, Nélia Junia Duarte

(21) MU 8901808-7 U2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) A47G 23/04 (2011.01), A45C 11/20 (2011.01)
(54) MARMITA TÉRMICA PARA SALADA
(57) MARMITA TERMICA PARA SALADA. Patente de modelo de utilidade para
uma uma marmita térmica para salada que é compreendida por um recipiente e
visualiza 1 lacre superior que é anexo a tampa 2 visualiza o lacre inferior anexo
no corpo da da marmita 3 visualiza a tampa da marmita 4 visualiza o corpo da
marmita onde são colocados os recipientes. No fundo do recipiente com o gelo
a cima do recipiente com gelo coloca-se o recipiente com a salada para manter
a temperatura e qualidade do alimento 5 visualiza o fundo da marmita com o
fundo e 5 cm de altura da parte interna do fundo revestido de isopor 6 visualiza
o recipiente onde é colocada a salada 7 visualiza a tampa rosqueada para que
68 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

não ocorra o vazamento de água 8 visualiza o recipiente onde é colocada a interruptor liga/desliga (3) e conexão (4) para cabo de força, sendo que, pela
água para fazer o gelo. dita tampa superior, tem-se acesso ao seu compartimento interno (5), o qual
(71) Ireni da Conceição Costa (BR/AL) , Ivone Costa de Souza (BR/AL) , Juvino será preenchido com uma mistura de água (A) e gelo G), e onde será colocada
Santos Reis (BR/AL) a lata (L) de bebida a ser condicionada, e que será obtido pelo princípio de
(72) Ireni da Conceição Costa condução térmica, pelo vórtice que é produzido no meio liquido, por ação da
turbina (6), para produzir a otação (R) constante da dita lata de bebida.
(66) MU8801601-3 04/07/2008
(71) Emanuel Rocha Landim (BR/CE)
(72) Carlos Antônio Pontes Barreto
(74) Wettor Bureau de Apoio Emp. S/S Ltda Me

(21) MU 8901858-3 U2 (22) 17/07/2009 3.1 (21) MU 8901865-6 U2 (22) 12/06/2009 3.1
(51) G01G 13/00 (2011.01) (51) B24C 3/08 (2011.01), D06C 13/00 (2011.01)
(54) CONFIGURAÇÃO EM EQUIPAMENTO PARA INSPEÇÃO DE (54) APERFEIÇOAMENTO EM SISTEMA DE JATEAMENTO
CONTAMINAÇÕES METÁLICAS (DETECTOR DE METAIS) INTEGRADO TRIDIMENSIONAL
COM DISPOSITIVO DE INSPEÇÃO DE PESO E MEIO DE OBTENÇÃO DA (57) APERFEIÇOAMENTO EM SISTEMA DE JATEAMENTO
INTEGRAÇÃO ENTRE EQUIPAMENTO PARA INSPEÇÃO DE TRIDIMENSIONAL caracterizado por ser formado partir de uma plataforma (1),
CONTAMINAÇÕES METÁLICAS E DISPOSITIVO DE INSPEÇÃO DE PESO sendo sua estrutura totalmente construída em aço carbono, com acabamento
(57) CONFIGURAÇÃO EM EQUIPAMENTO PARA INSPEÇÃO DE em pintura epóxi, sobre a qual se tem uma posição de jateamento (2) e uma
CONTAMINAÇÕES METÁLICAS (DETECTOR DE METAIS) INTEGRADO posição de carga e descarga (3) das peças, tendo motor eletrônico
COM DISPOSITIVO DE INSPEÇÃO DE PESO E MEIO DE OBTENÇÃO DA independente (4), com giro para a direita ou esquerda, controlável pelo
INTEGRAÇÃO ENTRE E- QUIPAMENTO PARA INSPEÇÃO DE operador, elétrico com ajuste de velocidade eletrônico e inversão do sentido de
CONTAMINAÇÕES METÁLICAS E DISPOSITIVO DE INSPEÇÃO DE PESO giro para cada manequim (5) inflável vertical, instalado em carrossel rotativo (6),
Patente de modela de utilidade para um conjunto de pesagem (2) integrado as câmaras internas (7), onde estão os manequins, são revestidas por uma
com detector de metais (3), com- preendida por 3 (três) conjuntos distintos: borracha especial que evita o desgaste prematuro causado pelo impacto do
chassi (1), conjunto de pesa- gem (2) e detector de metais (3), destinada a abrasivo nas paredes internas, o carregamento do abrasivo é feito por
indústrias em geral que se utiliza de equipamento para inspeção de peso em compartimento lateral (8), sendo transportado automaticamente até o
uma linha rolante (esteira rolante) e necessita que a produção seja reservatório, o sistema de transporte também é responsável pela reciclagem do
inspecionada por um equipamento detector metálico. abrasivo utilizado, os resíduos como fiapos, felpas, pó e outras impurezas são
(71) Perfor Industria de Máquinas Ltda Me (BR/SC) retirados do processo, todo o pó gerado no procedimento é sugado por um
(72) Marcos Didjurgeit, Emerson Sumensari sistema de exaustão (9), encaminhado até um exaustor (10) e levado a um
(74) Jean Carlo Rosa conjunto de filtros de mangas.
(71) Nicolas Vicente Roldan (BR/SC)
(72) Nicolas Vicente Roldan
(74) José Sarmento

(21) MU 8901863-0 U2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) F25D 3/08 (2011.01)
(54) UTENSÍLIO ELETRO PORTÁTIL PARA CONDICIONAMENTO TÉRMICO
DE LATAS DE BEBIDAS EM GERAL
(57) UTENSÍLIO ELETRO PORTÁTIL PARA CONDICIONAMENTO TÉRMICO (21) MU 8901873-7 U2 (22) 07/07/2009 3.1
DE LATAS DE BEBIDAS EM GERAL. Que se constitui basicamente de um (51) A01D 45/02 (2011.01), A01D 75/00 (2011.01)
corpo paralelepipédico (1), confeccionado em material plástico ou qualquer
outro adequado a esta finalidade, possuindo tampa superior (2), além de
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 69

(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ROÇADEIRA DE


FACAS PARA TRITURAÇÃO DE RESTOS CULTURAIS APLICÁVEL EM
PLATAFORMAS PARA COLHEITA DE MILHO
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ROÇADEIRA DE
FACAS PARA TRITURAÇÃO DE RESTOS CULTURAIS APLICÁVEL EM
PLATAFORMAS PARA COLHEITA DE MILHO compreendendo unidades
roçadeiras (1), o(s) eixo(s) de transmissão (2) e o sistema de acionamento
lateral (3), montados na plataforma recolhedora de milho (4). A fonte de
acionamento das ditas unidades roçadeiras (1) é a engrenagem acionadora (4a)
da dita plataforma (4), que aciona o dito sistema de acionamento lateral (3), que
por sua vez aciona o dito eixo de transmissão (2) que, por fim, aciona as ditas
unidade roçadeiras (1). A fonte de acionamento não se limita apenas à tomada
de acionamento mecânico a partir da plataforma recolhedora de milho, mas
também se pode aplicar o acionamento através de motor hidráulico, utilizando o
sistema hidráulico da colheitadeira ou através de um sistema hidráulico
independente instalado na máquina.
(71) Stara S/A. Indústria de Implementos Agrícolas (BR/RS)
(72) Átila Stapelbroek Trennepohl
(74) Gilson Almeida da Motta

(21) MU 8901919-9 U2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) B65D 65/02 (2011.01), B65D 65/40 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM EMBALAGEM PARA
VÁRIOS PRODUTOS
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM EMBALAGEM PARA
VARIOS PRODUTOS. A presente patente de Modelo de Utilidade diz respeito a
Disposição Construtiva Introduzida Em Embalagem Para Vários Produtos (1), é
fabricada em folha dupla (2) e (4),e com uma camada de adesivo (5) entre elas,
sendo a camada externa (2) formada por um filme plástico metalizado ou não
impresso com dizeres, logomarca, fotografias e figuras (3) de personagens
diversos as quais possuem seu contorno tracejado ou picotado, e pelo seu lado
interno (4), uma lamina de papel alumínio a qual protegerá e conservará o
alimento, entre estas duas laminas, externa(2) e interna (4), e do lado avesso
da lamina externa (2), são aplicadas faixas de adesivo (5) nos locaisonde estão
configurados estes personagens, com o intuito de após o consumo do produto,
(21) MU 8901901-6 U2 (22) 09/07/2009 3.1 o consumidor possa recortar a figura pela linha picotada ou tracejada e destacar
(51) B65G 53/04 (2011.01) a figura adesivada; A embalagem possui fitas adesivas transparentes para
(54) MINERODUTO PARA MINÉRIO DE FERRO UTILIZANDO O PRINCÍPIO fechamento.
DE TRANSPORTE PNEUMÁTICO EM MÉDIAS E LONGAS DISTÂNCIAS (71) Inapel Embalagens LTDA (BR/SP)
(57) MINERODUTO PARA MINERIO DE FERRO UTILIZANDO O PRINCIPIO (72) Rodrigo Amado Alvarez
DE TRANSPORTE PNEUMÁTICO EM MÉDIAS E LONGAS DISTÂNCIAS é
caracterizado pelo fato inédito de não utilizar água no processo de
deslocamento de minério de ferro em distâncias superiores a 200 Km, e, por
empregar o princípio de impulso utilizado em aeronaves para empurrar o
material (minério de ferro) no interior do mineroduto, com o auxílio de
controladores de pressão e velocidade ao longo da trajetória e extensão do
referido mineroduto. Serão utilizados silos para armazenagem do minério no
início, no meio do trajeto, dependendo da geografia e relevo da trajetória da
tubulação, e no final antes de sua descarga nos pátios de estocagem.
(71) Juliana Chades Pinheiro Fonseca (BR/MG)
(72) Juliana Chades Pinheiro Fonseca

(21) MU 8901903-2 U2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) A61C 17/02 (2011.01)
(54) LIMPADOR BUCAL
(57) LIMPADOR BUCAL. Refere-se o presente pedido de patente de modelo de (21) MU 8901920-2 U2 (22) 01/07/2009 3.1
Utilidade a aparelho limpador de dentes, língua, gengiva e bochecha por (51) B65D 75/22 (2011.01)
intermédio de jato de água. Mais especificamente trata-se de um aparelho (54) EMBALAGEM PARA SAPONÁCEOS EM BARRA
provido de ponteiras que emitem um jato continuo ou intermitente de água (57) EMBALAGEM PARA SAPONACEOS EM BARRA.A presente patente de
destinado a limpeza bu- cal. É constituído basicamente de três peças principais, Modelo de Utilidade diz respeito a Embalagem Para Saponáceos Em Barra. (1)
sendo elas uma caixa tipo estojo; um jogo de ponteiras e uma empunhadura. constituída por lâmina de papel reciclável em vários formatos, a qual, pela sua
(71) VANDERLEI BIZUTTI (BR/SP) face frontal ou externa, é impressa com tinta com a discriminação dos dizeres e
(72) VANDERLEI BIZUTTI figuras e protegida com uma camada de verniz de brilho, e por ser
(74) Beérre Assessoria Empresarial S/C Ltda caracterizada por dispor na face posterior ou interna, de pontos de vemizes de
proteção e fechamento, sendo eles posicionados da seguinte forma, na área (3)
de tamanho maior, que está localizada numa das extremidades de menor
largura, em quatro locais de vários formatos (4) posicionados um em cada
vértice da embalagem, sendo dois deles solidários à área (3) localizada na
extremidade de menor largura, e finalmente, por dois locais (5) centrais
posicionados de forma oposta, um ao outro, sendo estes locais posicionados
nas laterais de maior comprimento da embalagem. É importante salientar que a
Embalagem (1) ora apresentada, foi dimensionada para saponáceos em barras
de diversos tamanhos, destacando-se que, no caso de aumento ou redução do
70 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

tamanho, peso ou formato, os locais de aplicação do verniz de proteção e


verniz de selagem que serão redimensionados de acordo com os novos
formatos.
(71) Inapel Embalagens LTDA (BR/SP)
(72) Rodrigo Amado Alvarez

(21) MU 8902038-3 U2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) A41D 13/06 (2011.01), A43B 23/08 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM REVESTIMENTO
PROTETOR PARA CALÇADOS DE MOTOCICLISTAS EM GERAL
(21) MU 8901933-4 U2 (22) 17/07/2009 3.1 (57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM REVESTIMENTO
(51) A47B 39/02 (2011.01), A47B 41/06 (2011.01) PROTETOR PARA CALÇADOS DE MOTOCICLISTAS EM GERAL, mais
(54) CADEIRA E CARTEIRA ADAPTADA (INCLUSIVA) precisamente trata-se de um tipo de revestimento (1) especialmente
(57) CADEIRA E CARTEIRA ADAPTADA (INCLUSIVA). Patente de Modelo de desenvolvido para a proteção da porção frontal dos calçados (C) de
Utilidade para cadeira e carteira escolar compreendida por uma cadeira com motociclistas, ciclistas, entre outros contra a ação do desgaste desenvolvido por
adaptação/regulagem de altura 11, adaptação/regulagem do encosto quanto à meio do frequente contato do pedal de cambio (P) de motocicletas e outros
profundidade 01 e altura 02, adaptação/regulagem de apoio dos pés 06. dispositivos equivalentes de outros veículos; o revestimento protetor (1) é
Também compreendida por uma carteira com adaptação/regulagem de altura configurado por duas peças laminares e flexíveis, quais sejam, um envoltório
08, apoio para pequenos materiais escolares, lápis, caneta, borracha, 05, laminar (2) e uma base laminar (3) ambos de formato ordinariamente
reentrância em semicirculo 04, regulagem de inclinação em até 900 07 e 09 retangular, mantidos paralelos, distanciados (x) e interligados entre si através
(71) Cláudio Pereira Neves (BR/GO) de tiras elásticas (4), ou seja, cada borda lateral (2c) do envoltório (2) e cada
(72) Cláudio Pereira Neves borda lateral (3a) da base laminar (3) recebe a fixação, por meio de costura (T)
ou outro adequado, das extremidades livres superior e inferior (4a) das tiras (4),
conformando uma abertura de acesso (5) e uma abertura de saída (5a); da
porção central das bordas das tiras (4) dispostas próximo à abertura de acesso
(5) projeta-se um cordão (6) que pode ser elástico ou de amarração, também
fixado aos elásticos (4) por meio de costura (Ti) ou outro meio adequado.
(71) VINICIUS RICARDO SALVADOR DA SILVA (BR/SP)
(72) VINICIUS RICARDO SALVADOR DA SILVA
(74) MARA BARBOSA PEIXOTO

(21) MU 8901974-1 U2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) B65F 1/06 (2011.01), B65F 1/14 (2011.01)
(54) LIXEIRA DESLIZANTE SEMI-AUTOMÁTICA
(57) LIXEIRA DESLIZANTE SEMIAUTOMATICA. Patente de Modelo de
Utilidade para uso doméstico ou em outros ambientes, que é composta por
tampa de fechamento semi-automático da tampa (1, 2, 3 e 7), com vedação
suficiente para evitar entrada de insetos e exalação de mau cheiro; espaço
interno superior(l 5) sob medida para embutir saco de supermercado ou similar,
sem sobras das bordas do saco; espaço interno inferior( 14) para
armazenamento de sacos vazios; rodízios para deslocamento deslizante da
lixeira( 12); puxador frontal(S) para aproximação da lixeira quando em uso, ou
para empurrá-la para seu local permanente; alavanca de abertura da tampa e (21) MU 8902073-1 U2 (22) 02/07/2009 3.1
trava de fechamento(2), para abrir a tampa com um leve toque de dedo e para (51) A44C 5/00 (2011.01)
fechar travá-la, quando pressionada manualmente para baixo. Tem formato de (54) PULSEIRA DE SEGURANÇA IDENTIFICADORA
torre retangular, com altura para facilitar o manuseio, podendo ser elaborada (57) Patente de Modelo de Utilidade de PULSEIRA DE SEGURANÇA
em madeira, plástico, pvc, aço inox ou similares, e dimensões adequadas para IDENTIFICADORA compreendendo uso de um plástico especial, ou plástico de
seu principal objetivo que é o reaproveitamento de sacos plásticos de enqenharia, aditivado ou carreqado, possuir código (alfa) numérico associado
embalagem usados pelos supermercados os quais serão dependurados dentro ao assento para conferir ao portador facilidade de resgate e identificação, em
de seu espaço interno superior( 15). caso de sinistro devido a integridade da pulseira suportando intempéries do tipo
(71) Jairo Vieira de Lima (BR/DF) calor e chama, solventes, dentre outros, com a identificação então sendo
(72) Jairo Vieira de Lima proporcionada pela associação a código identificador estabelecido.
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 71

(71) Paulo Antonio de Souza Chacon (BR/RJ)


(72) Paulo Antonio de Souza Chacon

(21) MU 8902164-9 U2 (22) 13/07/2009 3.1


(51) A45C 11/32 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM CAPA PARA CHAVE
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA APLICADA EM CAPA PARA CHAVE que é
constituída por duas peças produzidas em material rígido, que juntas formam
uma estrutura de revestimento (1) , em cujo interior ficará o dito cabo da chave,
sendo que tal estrutura possui um orifício (2), por onde sai a ponta da chave e
um orifício (3), que atravessa a estrutura de revestimento (1), que servirá de
suporte para argolas ou chaveiros diversos.
(71) Afonso Carvalhedo Neto (BR/CE)
(72) Afonso Carvalhedo Neto
(74) Wettor Bureau de Apoio Emp. S/S Ltda Me

(21) MU 8902134-7 U2 (22) 07/07/2009 3.1


(51) E03D 9/03 (2011.01)
(54) TUBO DE LIGAÇÃO PARA VASO SANITÁRIO COM SISTEMA DE
HIGIENIZAÇÃO UNIFICADO
(57) TUBO DE LIGAÇÂO PARA VASO SANITARIO COM SISTEMA DE
HIGIENIZAÇÃO UNIFICADO, que em apenas um elemento, conjuga-se as
funções de alimentar a descarga e higienizar a mesma de forma homogenia e
higiênica pela propriedade que tem de reter a mistura (água refil) em
reservatório liberando após a descarga e sua posição de trabalho ser
corretamente higiênica atrás do vaso sanitário para substituição de refil. O dito
tubo é constituído por tubo (4) unificado a reservatório (1) que através de
orifícios (5) e (6) reguláveis permite a entrada da água e saída de mistura (água
refil) de forma homogenia e desejável para o vaso sanitário.
(71) Andrei Samuel Policarpo Morandi Gomes (BR/MG)
(72) Andrei Samuel Policarpo Morandi Gomes

(21) MU 8902385-4 U2 (22) 10/07/2009 3.1


(51) B60L 8/00 (2011.01), B60K 16/00 (2011.01)
(54) VEÍCULO ELÉTRICO EÓLICO
(57) VEÍCULO ELÉTRICO EÓLICO. O presente Relatório Descritivo deste
Modelo de Utilidade apresenta um eículo automotivo provido de recursos capaz
de se adaptar a introdução de um sistema létrico eólico o qual é provido de
dispositivo que gera energia elétrica capaz suprir e iabilizar um funcionamento
desejado para um veículo elétrico, a partir do deslocamento o mesmo. Na
presente disposição, o sistema elétrico eólico é aplicado nas laterais e obre o
teto do veículo de forma que os mesmos recebam toda pressão do vento
produzido pela aerodinâmica do veículo acionando assim todo sistema elétrico
eólico o qual é aplicado no veículo.Essa forma de construção do veículo
(21) MU 8902144-4 U2 (22) 30/06/2009 3.1 acomoda de forma mais adequada dando todos os componentes que compõe
(51) B65D 1/10 (2011.01) todo sistema dando ao veículo, estética no visual.
(54) FRASCO PARA O ACONDICIONAMENTO DE ALIMENTOS EM (71) Luiz Manoel dos Santos (BR/PB)
CONSERVA (72) Luiz Manoel dos Santos
(57) FRASCO PARA O ACONDICIONAMENTO DE ALIMENTOS EM
CONSERVA composto por duas porções (2) distintas, cada uma dotada de um
orificio; preferencialmente, o frasco (1) prevê um corpo bi tronco cônico
invertido, conformando duas porções distintas (2); entre as porções (2) é
localizada ainda uma placa (3), preferencialmente fixa, e dotada de furos
passantes (3.1); preferencialmente, os furos (3.1) da grade (3) são menores do
que um dos alimentos a serem acondicionados no frasco (1); o frasco (1)
permite que os alimentos sejam separados da solução de conserva através der
um único movimento manual; apenas a solução de conserva (6) trafega entre
as porções (2), sendo este trafego realizado através dos citados furos (3.1) da
grade (3).
(71) Nely Cristina Braidotti (BR/SP)
(72) Nely Cristina Braidotti
(74) Simbolo Marcas e Patentes Ltda
72 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) MU 8902417-6 U2 (22) 09/07/2009 3.1


(51) B62K 11/00 (2011.01)
(54) EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA PARA MOTOCICLETA
(57) EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA PARA MOTOCICLETA. Patente de
modelo de utilidade para equipamento de segurança para motocicleta, que é
compreendido por: A fig. 1- mostra a moto com todo o equipamento de
segurança. 2 -Mostra encosto para banco com apoio para pescoço e capacete,
reclináveis, um amor tecedor embutido na parte traseira do encosto, na altura
do ombro do moto queiro. 3-Mostra encosto para banco com apoio para
pescoço e capacete, reclináveis, no banco do carona. 4 - Um amortecedor com
guidons nas extremidades, introduzido na parte frontal da moto,na frente do
motor. 5 - Um amortecedor na parte inferior do pára- lamas da roda dianteira. 6-
Canaleta de aço batido onde se encaixam os guidons. 7- Um amortecedor
instalado em uma canaleta de aço batido. 8 -Encosto dos bancos com encaixe
lateral preso por um grande e grosso parafuso de ferro com o cabeçote de
plástico, os dois ferros laterais fixos, saindo da parte inferior do banco subindo
em um ângulo de reto, ficando paralelo ao ferro que faz contorno do mesmo
encaixando -se nele. Obs. Os bancos podem ser conforme mostrados na fig. 1
ou simplesmente reclináveis como a fig.8.
(71) Eunória Oliveira da Silva (BR/RJ)
(72) Eunória Oliveira da Silva

(21) MU 8902475-3 U2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) G09F 3/00 (2011.01)
(54) SELO DE INTEGRAÇÃO DA AMAZÔNIA
(57) SeIo de Integração da Amazônia, o presente modelo é utilidade é um Selo,
que dá origem e agrega mais valores nos produtos produzidos na Amazônla
Legal, ou produtos produzidos com matéria prima extraidas da Arnazônla legal,
e torna esses produtos mais disputados entre os consumidores.
(71) Luiz dos Santos Poklen (BR/AC)
(72) Luiz dos Santos Poklen

(21) MU 8902447-8 U2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) B60R 1/02 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS APLICADAS EM ESTRUTURA
INTERNA DE ESPELHOS RETROVISORES
(57) DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS APLICADAS EM ESTRUTURA
INTERNA DE ESPELHOS RETROVISORES- compreendendo carcaça dupla
(1) ou única (2), possuindo cavidades côncavas menor (3) e maior (4), as quais
apresentam ressaltos tubulares de fixação (5), hastes de reforço (6), placa
quadrangular (7), furos extremos (8), furos centrais (9), furos radiais e medianos
(10), disco flangeado (11), aletas (12), plataforma anelar (13), pino de perfil
quadrado (14), sendo que neste último é encaixado o elemento modular de
sustentação do conjunto da placa de espelho (não ilustrado).
(71) NICOLA SINDONI NETO (BR/SP)
(72) NICOLA SINDONI NETO
(74) Nova Difusão Marcas e Patentes e Representações Ltda

(21) MU 8902476-1 U2 (22) 10/07/2009 3.1


(51) G06Q 50/00 (2011.01)
(54) SISTEMA DE GESTÃO EXTERNA E INTERNA DE INDÚSTRIA DE
EMBALAGENS PLÁSTICAS FLEXÍVEIS PARA ALIMENTOS
(57) Um SISTEMA DE GESTAO EXTERNA E INTERNA DE INDUSTRIA DE
EMBALAGENS PLASTICAS FLEXÍVEIS PARA AUMENTOS conjuga sistemas
gerenciais de consórcio de empresas que atuam no âmbito externo das
atividades de transformação fabril, para aquisição de matérias primas em
maiores volumes gerando vantagens competitivas a todos os integrantes do
modelo sob o regime de concentração (fig. 2); no âmbito interno há o
desmembramento de setores produtivos em microempresas que atuam de
forma especializada no atendimento aos clientes (fig. 3). Todo o processo tanto
interno quanto externo e gerido por uma única empresa, fiel depositária das
matérias primas e, responsável pela excelência do processo produtivo em cada
uma das etapas de produção (fig. 1). Há ainda, um interface on une entre os
setores de produção compostos pelas microempresas e os clientes que podem
alterar as etapas produtivas de acordo com suas necessidades emergenciais,
dando ciência à gestora (fig. 4).
(71) Elislean Bueno Ravache (BR/PR)
(72) Elislean Bueno Ravache, Sérgio Ravache, José Mizael Avelar Odebrecht,
Antônio Silva Prevital, José Athos Mantovani
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 73

(21) MU 8902518-0 U2 (22) 08/07/2009 3.1


(51) A61C 17/02 (2011.01) (21) PI 0810759-9 A2 (22) 15/07/2008 3.1
(54) HIGIENIZADOR DENTÁRIO DESCARTÁVEL PORTÁTIL (INDIVIDUAL) (51) B05B 1/00 (2011.01), B05B 15/08 (2011.01), A01M 17/00 (2011.01)
(57) HIGIENIZADOR DENTÁRIO DESCARTÁVEL PORTÁTIL (INDIVIDUAL) (54) NEBULIZADOR AUTOPROPELIDO COM BOCAIS AJUSTÁVEIS
Higienizador Dentário Descartável portátil (Individual), Patente de Modelo de INSTANTANEAMENTE
Utilidade para um igienizador dentário compreendido por um reservatório (57) NEBULIZADOR AUTOPROPELIDO COM BOCAIS AJUSTÁVEIS
cilíndrico metálico oco do tipo aerossol, contendo água esterilizada e INSTANTANEAMENTE. A patente refere-se a uma máquina capaz de gerar e
ressurizada, podendo estar associada a medicamentos ou aromatizantes distribuir, de maneira controlável, gotas com diâmetros menores que 50 micras,
bucais. Uma válvula reguladora de saída do conteúdo e condutores plásticos de produto previamente formulado, como também, prover seu deslocamento em
angulados cambiáveis, permitirão pulverizar as areas dentárias que se deseja regime de aplicação ou transporte, sendo composta de um motor de combustão
higienizar. Este modelo de Patente - portátil e de fácil manuseio - foi interna (1), uma cabine pressurizada com climatizador de ar e filtro de carvão
desenvolvido visando facilitar a limpeza dental em locais de difícil acesso na ativado para acomodação de dois operadores, sendo um o motorista e outro o
cavidade bucal, assim como promover a complementação da higienização encarregado do controle dos comandos do nebulizador (2), um reservatório
mesmo em face de obstáculos como próteses fixas, aparelhos de correção para o produto químico formulado (3), um reservatório para o líquido de limpeza
ortodôntica, implantes, coroas dentárias e outros. Este modelo também foi (4), um reservatório para o combustível do veículo (5), ventilador, responsável
concebido para auxiliar pessoas com comprometimento de suas funções em gerar ar para a quebra do líquido (6), sistema flexível de condução do ar
motoras, pela simplicidade demanuseio, assim como promover a higienização tendo inicio no soprador conduzindo-o até o bocal nebulizador (7), rodas e
mesmo nos indivíduos acamados ou em internação hospitalar, uma vez que pneus dianteiros (8), rodas e pneus traseiros (9), chassi para alocação dos
dispensa água corrente em sua utilização. componentes (10), estrutura do mecanismo de regulagem hidráulica horizontal,
(71) Flávio Henrique Magaldi Dib (BR/RJ) vertical e angular do bocal nebulizador (11) e bocal nebulizador (12). Esta
(72) Flávio Henrique Magaldi Dib estrutura foi desenvolvida especificamente para o controle em escala de
mosquitos, propiciando inovações, como os bocais nebulizadores ajustáveis
pelo operador que possui um posto de operação projetado para tal função.
(71) Ulisses Benedetti Baumhardt (BR/RS)
(72) Airton dos Santos Alonço, Ulisses Benedetti Baumhardt

(21) PI 0901195-1 A2 (22) 18/03/2009 3.1


(51) G01S 3/74 (2011.01)
(54) MÉTODO E SISTEMA DE ESTIMAÇÃO DE ÂNGULOS DE INCIDÊNCIA
DE SINAIS DE INTERESSE
(57) Método e sistema de estimação de ângulos de incidência de sinais de
interesse.É descrita a presente invenção, um método e sistema de estimação
de ângulos de incidência de sinais interesse, os quais podem ser ondas
eletromagnéticas ou acústicas, através da geração do critério diferencial. O
ângulo de incidência de cada um dos sinais de interesse é desconhecido e a
quantidade de sinais, M, é conhecida e menor do que a quantidade de
(21) PI 0805122-4 A2 (22) 18/11/2008 3.1 sensores, K, que estão dispostos de maneira uniforme. Inclui os passos de
(51) B05B 11/02 (2011.01), A61J 1/00 (2011.01) estimação de ângulos de incidência para serem enviados a outro subsistema
(54) ADAPTADOR DE ACIONAMENTO PARA EMBALAGENS COM BOMBAS respon- sável pela conformação de feixes, para direcionar os feixes para os
DOSIMETRADAS ângulos estimados, O critério diferencial é baseado na diferença entre os dois
(57) ADAPTADOR DE ACIONAMENTO PARA EMBALAGENS COM BOMBAS maiores valores singulares da matriz de covariância espacial.
DOSIMETRADAS, compreendendo corpo em peça única (9-90) com meios (71) Universidade Federal de Goiás (BR/GO)
superiores (6-60) e meios intermediários (7) ou inferiores (70) cooperantes para (72) Rodrigo Pinto Lemos, Hugo Vinícius Leão e Silva, Yroá Roblêdo Ferreira
que o apoio digital (5) da embalagem usual (1) seja substancialmente
deslocado para baixo F em uma posição mais próxima do fundo (8) do frasco
usual (1).
(71) Victor Esteve (BR/SP) , Eric Zembrod (BR/SP)
(72) Victor Esteve, Eric Zembrod
(74) EDMUNDO BRUNNER ASS EM PROP. INDL. LTDA
74 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

GESTÃO DE PONTOS DE ILUMINAÇÃO DE UM PARQUE DE ILUMINAÇÃO


PÚBLICA
(57) EQUIPAMENTO PARA MEDIÇÃO E CONTROLE DE PONTOS DE
ILUMINAÇAO DE UM PARQUE DE ILUMINAÇAO PUBLICA E SISTEMA DE
GESTÃO DE PONTOS DE ILUMINAÇAO DE UM PARQUE DE ILUMINAÇAO
PUBLICA. A presente patente de invenção refere-se a um equipamento para
medição e controle de pontos de iluminação e sistema integral especializado na
gestão de um conjunto de luminárias de um parque de iluminação pública que
compreende um controlador (1) que tem como características a medição
individual, acionamento remoto, controle de falhas e redução de até 50% da
potência da lâmpada. Além destes fatores inovadores possui uma forte
orientação à economia de energia elétrica.
(71) Cam Brasil Multiserviços Ltda (BR/RJ)
(72) Eriberto Alvares
(74) Vieira de Mello Advogados.

(21) PI 0901769-0 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) G08C 21/00 (2011.01), A42B 3/04 (2011.01)
(54) SISTEMA E DISPOSITIVO ELETRÔNICO DE TELEMETRIA
(57) SISTEMA E DISPOSITIVO ELETRÔNICO DE TELEMETRIA. A presente
invenção tem o objetivo de informar às distribuidoras de gás quando a
quantidade de gás nos botijões de seus clientes estiver na reserva. Esta
informação é gerada por meio de dispositivos eletrônicos e transmitida em
tempo real, via intemet, à distribuidora. Estes dispositivos são responsáveis por
monitorar o consumo de gás dos botijões e transmitir um sinal para um banco
de dados de uma aplicação web. Este processo possibilita às distribuidoras
identificarem aqueles clientes que apresentam baixo nível de gás em seus
botijões e, elaborar assim, a melhor rota para comercialização do gás, obtendo
reduções de custo, maior conhecimento de seus clientes e maior valor
agregado ao seu produto. O sistema é constituído por sensores de temperatura
responsáveis por monitorar o consumo do gás, um transmissor de
radiofrequência (RF) com antena, um receptor de RF com antena, um discador
de DTMiF, um modem GPRS. (21) PI 0901924-3 A2 (22) 30/06/2009 3.1
(71) Gerson Cancino Junior (BR/MG) (51) G01N 3/62 (2011.01)
(72) Gerson Cancino Junior (54) PROCESSO PARA FABRICAÇÃO DE UM CORPO DE PROVA DE
(74) Tavares Propriedade Intelectual Ltda. REFERÊNCIA DE BAIXA ENERGIA PARA ENSAIO DE IMPACTO CHARPY E
CORPO DE PROVA DE REFERÊNCIA ASSIM OBTIDO
(57) PROCESSO PARA FABRICAÇÃO DE UM CORPO E PROVA DE
REFERÊNCIA DE BAIXA ENERGIA PARA ENSAIO DE IMPACTO CHARPY E
CORPO DE PROVA DE REFERÊNCIA ASSIM OBTIDO. A presente invenção
refere-se a um processo para a fabricação de um corpo de prova de baixa
energia para ensaio de impacto Charpy que compreende uma etapa de
tratamento térmico (300) com subetapas simples e de baixa complexidade (310
a 360), e que fornece um corpo de prova de referéncia de baixa energia que
pode ser ensaiado à temperatura ambiente. A etapa de tratamento térmico
(300) proposta pela presente invenção compreende o aquecimento de uma
barra de aço a uma temperatura de aproximadamente 900 0C por
(21) PI 0901907-3 A2 (22) 30/06/2009 3.1 aproximadamente 60 mm. (310); o res- friamento da barra ao ar (320); uma
(51) B61B 7/00 (2011.01) nova etapa de aquecimento da barra a uma temperatura de aproximadamente a
(54) SISTEMA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS E CARGA POR CABOS 870 0C por aproximadamente 60 mm. (330); a têmpera da barra em óleo (340);
SUSPENSOS, PARA PLATAFORMAS EM MAR ABERTO o revenido a uma temperatura de cerca de 300 0C por aproximadamente 120
(57) SISTEMA DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS E CARGA, POR mm. (350) e nova têmpera da barra em óleo (360).
CABOS SUSPENSOS, PARA PLATAFORMAS EM MAR ABERTO O sistema (71) Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial -
desta invenção destina-se para transporte de passageiros e de pequenas Inmetro (BR/RJ) , Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo
cargas, para plataformas maritimas, em condições de mar aberto. As diversas (BR/SP) , Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC/RJ (BR/RJ)
concretizações apresentadas, nesta invenção, estãorelacionadas basicamente (72) Luiz Carlos Cabral de Freitas, Adriana da Cunha Rocha, Ana Rosa
com um sistema de transporte por cabos suspensos, interligando duas Fonseca de Aguiar Martins, Marisa Ferraz Figueira Pereira
plataformas maritimas, offshore, que podem ser do tipo flutuante, ancorada ou (74) Paulo José Soler Texeira dos Santos
apoiada no solo marinho; ou alternativamente estabelecer um meio de
transporte entre uma plataforma maritima e uma estação de embarque e
desembarque localizada em terra ou mesmo no mar. Tal sistema pode ainda
ser utilizado adicionalmente como meio de abandono de plataforma, em caso
de emergências. Esta invenção tem aplicação no transporte de cargas e
passageiros, entre plataformas e embarcações, ancoradas no mar, como por
exemplo: as plataformas utilizadas na produção de petrôleo e gás natural.
(71) Paula Luize Facre Rodrigues (BR/RJ)
(72) Paula Luize Facre Rodrigues

(21) PI 0901913-8 A2 (22) 19/06/2009 3.1


(51) H02J 13/00 (2011.01), H05B 41/46 (2011.01), H05B 41/36 (2011.01), H05B
37/02 (2011.01), H05B 37/04 (2011.01)
(54) EQUIPAMENTO PARA MEDIÇÃO E CONTROLE DE PONTOS DE (21) PI 0901925-1 A2 (22) 30/06/2009 3.1
ILUMINAÇÃO DE UM PARQUE DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA E SISTEMA DE (51) D05B 25/00 (2011.01)
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 75

(54) SISTEMA DE MONTAGEM RÁPIDA PARA MÁQUINA DE COSTURA


UTILIZANDO PADRONIZAÇÃO MODULAR E DISTRIBUIÇÃO MATRICIAL DE
UNIDADES AUTÔNOMAS
(57) SISTEMA DE MONTAGEM RÁPIDA PARA MÁQUINA DE COSTURA
UTILIZANDO PADRONIZAÇÃO MODULAR E DISTRIBUIÇÃO MATRICIAL DE
UNIDADES AUTÔNOMAS.Patente de invenção de um sistema de montagem
rápida para máquina de costura utilizando padronização modular e distribuição
matricial de unidades autônomas que é compreendido por suporte de calha
superior (1), que é utilizado para apoiar a calha de transporte (17); indicação de
máquina ligada (2), sinaliza a condição de equipamento em estado ligado;
indicação de máquina em manutenção (3), sinaliza a condição de equipamento
em estado de manutenção; indicação de máquina desligada (4), sinaliza a
condição de equipamento em estado desligado; poste de fixação (5), que é
utilizado para suportar toda a estrutura da unidade autônoma e conectar o
suporte de calha superior (1) a base do poste (15); conexão elétrica (6), recebe
a alimentação de entrada e distribui para a unidade de costura e outra entrada
de conexão elétrica (6); caixa de ligação (7), onde é feita a distribuição de
energia elétrica e ar comprimido; saída de energia elétrica (8), utilizada para
alimentar a unidade de costura; saída auxiliar (9), utilizada para alimentar outro
equipamento; conexão de ar comprimido (10), onde é feita a conexão de ar
comprimido para a unidade de costura ou mangueira para limpeza do local de
trabalho; engate para máquina de costura (11), onde é conectada a mesa da
máquina de costura; suporte da lâmpada de led (12), utilizado para colocar a
lâmpada de led; lâmpada de led (13), utilizada para iluminar a área de costura.;
suporte de caixa de ligação (14), utilizado para apoiar a caixa de ligação (7) ao
poste de fixação (5); base do poste (15), utilizada para fixar o poste de fixação
(5); adesivo dupla face (16), utilizada para fixar a base do poste ao piso da (21) PI 0901986-3 A2 (22) 30/06/2009 3.1
instalação; calha de transporte (17), utilizada para conectar os postes de (51) E21B 17/01 (2011.01)
fixação (5). (54) SISTEMA DE RISER SUBMARINO, AUTO SUSTENTADO, MÓVEL E
(71) Senai-Cetiqt (BR/RJ) MÉTODO DE MONTAGEM E REBOQUE DO MESMO
(72) Paulo Roberto de Almeida Gonzaga, Daniel da Silva Quaresma, Marcial (57) SISTEMA DE RISER SUBMARINO, AUTO SUSTENTADO, MÓVEL E
Ferreira de Oliveira MÉTODO DE MONTAGEM E REBOQUE DO MESMO. A presente invenção
(74) Marcia Rodrigues Guerra refere-se a um sistema de riser (3) submarino, de perfuração, completação ou
produção, auto sustentado, que pode ser rebocado entre diferentes locações,
sem necessidade de ser desmontado. Com isso é possivel eliminar perdas de
tempo de Sondas (10) maritimas para realização de operações de montagem e
desmontagem de sistemas de nser (3) e BOP (4), já que o sistema de nser (3)
da presente invenção pode ser transportado montado e mantido também
montado apoiado no solo marinho através de uma base de apoio (13), sem
necessidade de auxilio de qualquer embarcação. A invenção diz respeito ainda
a um método de montagem; e um método de transporte do sistema de riser (3),
por uma embarcação (20), sendo o referido sistema de ríser (3) rebocado
pendurado através de um cabo (19).
(71) Paula Luize Facre Rodrigues (BR/RJ)
(72) Paula Luize Facre Rodrigues

(21) PI 0901927-8 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) B65D 50/08 (2011.01), B65D 50/02 (2011.01), B65D 50/00 (2011.01),
B65D 55/10 (2011.01)
(54) FECHAMENTO DE SEGURANÇA COM INDICAÇÃO DE VIOLAÇÃO,
FECHAMENTO COM TRAVA CONTRA A ABERTURA ACIDENTAL, E,
SISTEMA DE FECHAMENTO CONTRA A ABERTURA ACIDENTAL
(57) FECHAMENTO DE SEGURANÇA COM INDICAÇÃO DE VIOLAÇÃO,
FECHAMENTO COM TRAVA CONTRA A ABERTURA ACIDENTAL, E,
SISTEMA DE FECHAMENTO CONTRA A ABERTURA ACIDENTAL.Refere-se
a invenção a um fechamento de segurança com indicação de violação, um
fechamento com trava contra a abertura acidental, e, um sistema de
fechamento contra a abertura acidental, para fechamentos que apresentam
uma tampa (4) com uma abertura de despejo, uma sobretampa (3) e um pino
de trava, onde o pino de trava é construído independente do conjunto tampa e
sobretampa sendo constituído por uma haste (13), preferencialmente cilíndrica, (21) PI 0901987-1 A2 (22) 30/06/2009 3.1
com extremidades superior (10) e inferior (11) alargadas conformadas como (51) C08K 3/34 (2011.01), C08G 69/00 (2011.01), C08L 77/02 (2011.01)
cones invertidos; a extremidade inferior alargada (11) do pino de trava (2) (54) COMPÓSITO, PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE UM COMPÓSITO E
apresenta um degrau (12) na transição com a haste (13); a tampa (4) e a DE UM MINERAL MODIFICADO, PRODUTO E USO DOS MESMOS
sobretampa (3) apresentam orificios cônicos (9) e (6) alinhados na posição (57) COMPOSITO, PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE UM COMPOSITO E
fechada; os orificios cônicos (9) e (6) são conformados por uma membrana DE UM MINERAL MODIFICADO, PRODUTO E USO DOS MESMOS. A
elástica; a extremidade superior (10) do pino (2) termina em uma superficie presente invenção refere-se a materiais compósitos apresentando boas
plana com a forma complementar ao orificio (6) da sobretampa (3); o pino (2) propriedades mecânicas (e alta clareza ótica ou transparência), e ao processo
atravessa os orificios (6) e (9), o batente (12) do pino fica retido pela membrana de produção dos mesmos. O material compósito compreende pelos menos um
do orificio cônico (9) da tampa, e a extremidade alargada superior (10) com a polimero e um mineral disperso no mesmo. Particularmente, a presente
superficie plana se aloja e fica retida no orificio (6) da sobretampa. invenção refere-se a compósitos compreendendo: a) um mineral contendo
(71) Fechamentos Inteligentes Desenvolvimento de Embalagens Ltda. (BR/RJ) grupos anfotéricos ou ácidos; e b) pelo menos um polimero hidrofóbico; em que
(72) Claudio Patrick Vollers o mineral é reagido com pelo menos um composto da fórmula RnXHm, na qual:
(74) Momsen, Leonardos & CIA. XéO, NouS; a soma do número do grupo do elemento X na Tabela Periódica
dos Elementos, de n e de m é igual a 8; e R é um radical alquila de 3 a 50
átomos de carbono, linear ou ramificado, substituido ou não-substituído,
alifático, cíclico ou aromático, e em que a relação em peso do mineral para o
polímero hidrofóbico é de 10:90 a 0,1:99,9, de preferência de 7:93 a 1:99, mais
preferencial- mente de 2,5:97,5 a 1:99. Adicionalmente, a presente invenção
refere-se ao processo de preparação do compósito descrito acima, ao produto
76 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

contendo o mesmo e aos seus usos. A presente invenção também refere-se ao


processo de produção um mineral modificado.
(71) Bentonisa Bentonita do Nordeste SA (BR/PB) , Soleminas - Indústria e
Comércio de Minerias Ltda (BR/PB)
(72) Manfred Oswald Erwin Schwartz
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira

(21) PI 0902028-4 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) B65D 85/42 (2011.01)
(54) EMBALAGEM PARA ACONDIONAMENTO DE LÂMPADAS TUBULARES
(57) EMBALAGEM PARA ACONDICIONAMENTO DE LAMPADAS
TUBULARES A presente invenção refere-se a uma embalagem para
acondicionamento de lâmpadas tubulares, mais especificamente, lâmpadas
fluorescentes de maneira a permitir o transporte e a estocagem de maneira
segura e eficaz.
(71) Tramppo Comercio e Reciclagem de Produtos Industriais Ltda-ME (BR/SP)
(72) Carlos Alberto Pachelli
(74) Orlando de Souza

(21) PI 0902090-0 A2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) G01F 23/30 (2011.01), A61M 5/14 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO DE ALARME E CONTROLE DO FORNECIMENTO,
APLICADO NOS EQUIPAMENTOS DE INJEÇÃO DE LÍQUIDOS POR
GOTEJAMENTO
(57) DISPOSITIVO DE ALARME E CONTROLE DOFORNECIMENTO,
APLICADO NOS EQUIPAMENTOS DE INJEÇAO DE LÍQUIDOS
PORGOTEJAMENTO. O dispositivo de alarme e controle a que se refere a
presente patente de invenção se constitui a partir de um recipiente de reserva
que se intercala e acopla ao recipiente visor de gotejamento que esses
equipamentos de injeção possuem, de onde se prolonga a cânula que se
estende até o paciente. Esse recipiente aloja no seu interior um meio flutuante
disposto, em condição de parcialmente submerso, no volume do conteúdo
líquido que se aloja. Por sua vez, o mencionado recipiente é atravessado na
sua parte superior, por um feixe de luz infravermelho que se estende entre um
meio emissor, disposto exteriormente sobre um lado, e um meio sensor
(receptor de infravermelho) disposto, exteriormente, sobre o lado oposto ao
anterior; assim, quando o citado meio flutuante se encontra posicionado em
níveis de altura superior, se interpõe ao feixe de luz infravermelha, sem permitir
que ele entre em contato com o citado meio sensor localizado opostamente,
atrás da bóia, e com isso impeça que se ativem os referidos recursos de alarme
sonoro e visual. Quando o consumo do liquido esgotou o conteúdo do sachet,
começara a se esvaziar o mencionado recipiente de reserva, o que provocará
que a citada bóia desça de seus níveis de posicionamento em altura, até que
chegue um ponto em que deixe liberado o feixe de luz infravermelha que,
(21) PI 0902079-9 A2 (22) 13/07/2009 3.1 atravessando o corpo do tanque, ativará o sensor; assim, se ativa o recurso de
(51) B41F 3/32 (2011.01) alarme visual e sonoro para que o doente ou apessoa encarregada de cuidar o
(54) SISTEMA DE MOLHA POR FLUXO CONTÍNUO CONSTITUÍDO POR paciente proceda a trocar o sachet. De preferência, o alarme usará um led
PARES DE PARAFUSOS AJUSTÁVEIS E UM CONJUNTO DE CILINDROS vermelho como recurso luminoso combinado com um buzzer emissor de som.
SEM MOLETOM PARA IMPRESSORAS OFFSET DE PEQUENO PORTE E (71) EDUARDO ANDRÉS MOSCONI (AR)
ANTIGAS NO MERCADO (72) EDUARDO ANDRÉS MOSCONI
(57) SISTEMA DE MOLHA POR FLUXO CONTINUO CONSTITUÍDO POR (74) CRUZEIRO NEWMARC PATENTES E MARCAS LTDA
PARES DE PARAFUSOS AJUSTÁVEIS E UM CONJUNTO DE CILINDROS
SEM MOLETOM PARA IMPRESSORAS OFF SET DE PEQUENO PORTE E
ANTIGAS NO MERCADO. A presente Patente de Invenção refere-se a um
sistema de molha por fluxo contínuo constituído por pares de parafusos
ajustáveis e um conjunto de cilindros sem moletom para impressoras offset de
pequeno porte e antigas no mercado, tendo por finalidade propiciar ao operador
a opção de fazer um rápido e eficiente ajuste dos cilindros, fazendo com que a
água proveniente do reservatório seja suficiente para a impressão e
resfriamento. O dito sistema de molha por fluxo contínuo é constituído por um
reservatório (1) que fornece água (2) ao cilindro alimentador (3) que a repassa
para o cilindro distribuidor (6) que também a transmite ao cilindro molhador (7).
O cilindro tomador (5) fica acima do cilindro alimentador (3) e tem por função
retirar o excesso de água (2) através do ajuste dos parafusos (11). Deste modo,
define-se a presente Patente de Invenção como algo que proporciona melhor
qualidade do material impresso, economia, otimização no processo e
preservação do meio ambiente pela não necessidade de eliminação de
solventes e produtos químicos.
(71) ADEMILSON MARQUES (BR/SP)
(72) ADEMILSON MARQUES
(74) Algo Alliance Assessoria em Propriedade Intelectual Ltda

(21) PI 0902091-8 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) F03D 11/04 (2011.01)
(54) TRANSMISSÃO HIDROSTÁTICA PARA MÁQUINA EÓLICA
(57) TRANSMISSÃO HIDROSTATICA PARA MAQUINA EÔLICA. Transmissão
Hidrostática para Máquina Eólica destinada ao aproveitamento da energia
cinética dos ventos. A energia captada dos ventos é transformada em energia
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 77

mecânica pela rotação da roda dos ventos e em seguida transformada em (21) PI 0902097-7 A2 (22) 13/07/2009 3.1
energia hidrostática para ser transmitida, regulada e utilizada na geração de (51) A23L 1/325 (2011.01), A23L 1/315 (2011.01), A23L 1/31 (2011.01), A23L
energia elétrica ou para acionar diretamente outros equipamentos como, por 1/03 (2011.01)
exemplo, bombas de água. A inovação principal da Transmissão Hidrostática (54) PROCESSO DE OBTENÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS,
para Máquina Eólica é a bomba hidráulica principal que está acoplada PRODUTOS ALIMENTÍCIOS E SEU PREPARO
diretamente ao eixo da roda dos ventos. A bomba hidráulica principal é (57) PROCESSO DE OBTENÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS,
composta do mancal principal, do eixo de manivela, cilindros hidráulicos e PRODUTOS ALIMENTÍCIOS E SEU PREPARO. A presente invenção destina-
válvulas de retenção. A roda dos ventos gira o eixo de manivela. O eixo de se ao processo de obtenção de produtos alimentícios a partir da carne
manivela girando, faz com que os cilindros hidráulicos executem um movimento mecanicamente separada (CMS) misturada a uma fonte de amido.
alternativo de vai e vem. O movimento alternativo dos cilindros hidráulicos faz Adicionalmente, o presente pedido provê um produto alimentício à base de
com que o óleo direcionado pelas válvulas de retenção seja bombeado, criando produtos cárneos e amido, preferencialmente, amido de mandioca e seu
uma vazão e aumentando a pressão. Desta forma apenas a roda dos ventos e preparo em embalagens próprias para microondas.
a bomba hidráulica principal estão montados sobre a torre, demais (71) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP
componentes estarão instalados ao nível do solo, o que facilita e barateia muito (BR/SP) , Universidade de São Paulo - USP (BR/SP) , Instituto de Pesca -
a montagem, operação e manutenção do equipamento. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - Secretaria de Agricultura e
(71) Luiz Fernando Pimentel do Rêgo Freitas (BR/SP) Abastecimento do Governo do Estado de São Paulo (BR/SP)
(72) Luiz Fernando Pimentel do Rêgo Freitas (72) Deborah Helena Markowicz Bastos, Cristiane Rodrigues Pinheiro Neiva
(74) Maria Aparecida de Souza

(21) PI 0902095-0 A2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) A47L 13/46 (2011.01) (21) PI 0902102-7 A2 (22) 30/06/2009 3.1
(54) APERFEIÇOAMENTOS INTRODUZIDOS EM PRESILHA INDIVIDUAL (51) C02F 1/14 (2011.01), C02F 9/12 (2011.01)
PARA FIXAÇÃO DE PANO DE LIMPEZA EM RODO E CORRELATOS (54) SISTEMA DE DESSALINIZAÇÃO DE ÁGUAS SALINAS COM CAPTAÇÃO
(57) APERFEIÇOAMENTOS INTRODUZIDOS EM PRESILHA INDIVIDUAL SOLAR CONTENDO PRÉAQUECEDOR EVAPORATIVO E CONCENTRADOR
PARA FIXAÇÃO DE PANO DE LIMPEZA EM RODO E 1 CORRELATOS, mais PARABÓLICO DE RAIOS COM POSSIBILIDADE DE GERAÇÃO DE ENERGIA
precisamente trata-se de uma presilha (1), notadamente desenvolvida para ELÉTRICA FOTOVOLTAICO
prender panos (P) de limpeza na base de utensílios de limpeza (U) em geral, (57) SISTEMA DE DESSALINIZAÇÃO DE ÁGUAS SALINAS COM CAPTAÇÃO
tais como, rodo e vassoura; dita presilha individual (1) é configurada em peça SOLAR CONTENDO PREAQUECEDOR EVAPORATIVO E CONCENTRADOR
única, ao formato de Y invertido, ou seja, apresentando uma estrutura PARABÓLICO DE RAIOS COM POSSIBILIDADE DE GERAÇÃO DE ENERGIA
ortogonal, tubular e vazada (2) dotada de meios de adaptação (MA) para o ELETRICA FOTOVOLTAICO, onde o sistema de captação de energia solar em
acoplamento em variados diâmetros de cabos (C) de manipulação de utensílios forma de concentrador de raios solares pode obter temperaturas maiores que
de limpeza (U), tais como, rodo ou vassoura, enquanto que a partir da 1000C acoplado a um evaporador - pré aquecedor que possui a função de
extremidade inferior da estrutura tubular (2) se desenvolve um pedestal evaporar a água salobra e recuperar o calor latente e também parte do calor
pressionador (3) para a fixação do pano (P) na base do utensílio (U). sensível. Na figura em fluxograma, é revelado um exemplo do concentrador de
(71) SERGIO SIQUEIRA (BR/SP) raios parabólicos acoplado ao sistema evaporativo e de pré-aquecimento onde
(72) SERGIO SIQUEIRA é visto um sistema parabólico de captação de energia solar transformada para
(74) Brevetti Assessoria Empresarial S/C Ltda calor através de uma caldeira.
(71) Claudio Truchlaeff (BR/PE)
(72) Claudio Truchlaeff
(74) Continental Marcas e Patentes S/C Ltda.

(21) PI 0902121-3 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) A61K 36/88 (2011.01), A61K 36/886 (2011.01), A61K 9/06 (2011.01), A61P
17/14 (2011.01), A61K 8/97 (2011.01)
(54) TÔNICO CAPILAR FITOTERÁPICO
(57) TÔNICO CAPILAR FITOTERAPICO. A presente patente de invenção tem
por objeto a industrialização de um tônico capilar fitoterápico, revolucionário na
cura da alopecia areata, calvície e queda de cabelos e pelos. O tônico capilar
fitoterápico vai reestruturar e estimular o crescimento dos cabelos mesmo, onde
aparentemente não exista mais vida dos fios. Muitas vezes a alopecia areata é
causada por fatores emocionais e a queda dos cabelos e pelos que ocasionam
a calvície vem de fatores hereditários causando a seus portadores tristeza,
vergonha e baixa auto-estima e muitas vezes são motivos de risos e piadas. O
tônico capilar fitoterápico tem a função de estimular a circulação sanguínea no
bulbo capilar, fazendo a revitalização dos cabelos e pelos perdidos e sem vida,
ele pode ser usado em qualquer tipo de cabelo por não conter corante e ser á
base d'água.
(71) Cibele Regina de Souza (BR/SP)
(72) Cibele Regina de Souza

(21) PI 0902137-0 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) A63F 3/00 (2011.01)
(54) JOGO DO SEXO
(57) Refere-se o presente objeto a um inédito tabuleiro do jogo sobre o tema
sexo, permitindo aos participantes se entreterem e se divertirem, conhecendo
uns aos outros de forma mais íntima, através de um tabuleiro de formato
78 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

convencional, provido de casas demarcadas com temas de compra de


propriedades, troca de parceiros, dentre outros.
(71) ALISSON FUGII (BR/SP)
(72) ALISSON FUGII
(74) Ana Paula Mazzei dos Santos Leite

(21) PI 0902149-3 A2 (22) 30/06/2009 3.1


(21) PI 0902148-5 A2 (22) 30/06/2009 3.1
(51) H04R 17/00 (2011.01), H04R 15/00 (2011.01)
(51) B62D 7/18 (2011.01)
(54) TRANSDUTOR MAGNETO-ACUSTICO
(54) ARTICULAÇÃO ESFÉRICA COM MOVIMENTO ANGULAR RESTRITO
(57) TRANSDUTOR MAGNETO-ACUSTICO. Refere-se a presente invenção a
(57) ARTICULAÇÃO ESFÉRICA COM MOVIMENTO ANGULAR RESTRITO.
um transdutor magneto-acústico, compreendendo duas bobinas (4) interligadas
Refere-se a presente invenção a uma articulação esférica com movimento
para excitação magnética de um traçador ou marcador ferromagnético, duas
angular restrito para ser aplicada em ligações que exijam restrição angular em
bobinas (5) independentes para detecção de ondas eletromagnéticas, e um
um determinado sentido de direção e, mais especificamente, em sistemas de
transdutor (3) de ondas mecânicas para detecção da vibração dos traçadores
direção de veículos automotores, mais precisamente, de veículos pesados, que
ou marcadores magnéticos simultaneamente à excitação magnética.
possuem barras de direção com curvas que forçam seu deslocamento em
(71) Universidade de São Paulo - USP (BR/SP) , Fundação de Amparo à
direção ao solo em função do peso destas curvas aliado às vibrações
Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP (BR/SP)
transmitidas pelas irregularidades do solo quando o veículo está em movimento,
(72) Antonio Adilton Oliveira Carneiro, Alexandre Colello Bruno, Oswaldo Baffa
desalinhando-as dos demais componentes e forçando o pino esférico a
Filho
trabalhar fora de seu eixo geométrico projetado prejudicando o funcionamento
(74) Maria Aparecida de Souza
do sistema e podendo inclusive causar a ruptura da articulação esférica. A
articulação esférica da presente invenção possui uma restrição de movimento
angular que impede o deslocamento neste sentido, das barras de direção, mas
permite o livre deslocamento angular e rotacional das mesmas no sentido que
se faz necessário para o perfeito funcionamento do sistema. Esta articulação
esférica é idealizada seccionando-se em duas partes a extremidade esférica do
pino esférico, ficando uma secção como parte integrante do pino esférico e a
outra, chamada calota, sobreposta livremente sobre a primeira. Nesta segunda
secção ou calota é construída uma chaveta que pode ser encaixada por
interferência em um alojamento nela construído, ou como uma outra opção
pode ser parte integrante da calota sendo fabricada em uma peça única. A
chaveta projeta-se por uma abertura existente no mancal que se sobrepõe à
extremidade esférica do pino, ou no caso, sobre a calota, e é encaixada em um
alojamento oblongo construído na tampa de fechamento da articulação esférica.
Este alojamento oblongo impede a movimentação angular do pino esférico em
determinado sentido de direção mas permite que o mesmo possua livre
movimento angular no outro sentido. O movimento rotacional do pino esférico,
também exigido nestes sistemas é garantido pela divisão de sua extremidade
esférica em duas secções que, sobrepostas, deslizam livremente entre si. A
cliaveta possui ampla area de contato com o alojamento oblongo da tampa de
fechamento da articulação esférica o que impede a existência de ruidos no
sistema. O mancal que se sobrepôe à calota é montado comprimido pela tampa
de fechamento da articulação esférica o que produz um efeito de mola que
determinará o esforço de deslocamento angular e rotacional do pino esférico
em relação à caixa da articulação esférica, colaborará para evitar ruídos pelo
choque entre as partes móveis, provocado por vibrações, e ainda, identificará o
momento da substituição da articulação esférica, de vez que, o surgimento de
ruídos indicará que a mesma desgastou-se pelo uso prolongado e, por isso,
precisará ser substituida.
(71) Termicom Indústria e Comércio de Terminais e Conexões Mecânicas
LTDA. (BR/SP) (21) PI 0902156-6 A2 (22) 29/06/2009 3.1
(72) Ednelson Ayello (51) A41D 1/06 (2011.01)
(54) APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM CALÇAS JEANS OU
ASSEMELHADOS
(57) APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM CALÇAS JEANS OU
ASSEMELHADOS constituída por aplicação de pluralidade de dobras (2) para,
com aplicação de costuras, compor estreitas pregas em leque na borda superior
(3) e na borda lateral (4) da parte inferior traseira das calças jeans (5) que serão
parcialmente cobertos pelos bolsos traseiros (6) e, após a junção com as
bordas inferiores das palas(7) e a montagem das calças, cujo desenvolvimento
permitiu, com aplicação de pluralidade de estreitas pregas na parte traseira da
calça jeans, que asnádegas das mulheres fossem levantadas e, assim,
ressaltadas e visualmente mais valorizadas.
(71) Elias Youssef Karam (BR/SP)
(72) Elias Youssef Karam
(74) Gevalci Oliveira Prado
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 79

(21) PI 0902215-5 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) A47B 95/02 (2011.01), E05B 1/00 (2011.01), F25D 23/02 (2011.01)
(54) PUXADOR METÁLICO EXTRUDADO E SISTEMA DE FIXAÇÃO DE
PUXADORES
(21) PI 0902172-8 A2 (22) 29/06/2009 3.1 (57) PUXADOR METÁLICO EXTRUDADO E SISTEMA DE FIXAÇÃO DE
(51) A47B 91/00 (2011.01) PUXADORES. Puxador (2) metálico extrudado, apresentado em duas peças,
(54) SISTEMA MODULAR DE APOIO PARA APARELHOS unidas porre forço interno preso por puncionamento, fixado à porta (1) por duas
ELETRODOMÉSTICOS peças plásticas, sendo uma primeira (4), parafusada à porta (1) e uma segunda
(57) SISTEMA MODULAR DE APOIO PARA APARELHOS (5 encaixável na porta (1) e no puxador (2) com posterior aparafusamento,
ELETRODOMÉSTICOS. A presente invenção refere-se um sistema de apoio permanecendo o dito puxador (1) alinhado à superficie, sem ressaltos.
para aparelhos eletrodomésti- cos e, mais especificamente a um sistema (71) Electrolux do Brasil SA (BR/PR)
modular de apoio (1) para aparelhos eletrodomésticos da linha branca. O (72) Adriano Davin
sistema modular (1) da presente invenção compreende pelo menos uma (74) Natan Baril
travessa de ligação (2) possuindo duas extremidades livres; e pelo menos um
elemento de conexão (4) configurado para se ligar à uma das extremidades
livres da travessa de ligação (2), o elemento de conexão compreendendo ainda
pelo menos um meio de encaixe de pé (6) para encaixe de pelo menos um pé
(3).
(71) WHIRLPOOL S.A. (BR/SP)
(72) ROGERIO KEIZO NAKANO, CAIO ENRICO PIZZUTTO, PABLO
FILGUEIRA RODEIRO
(74) CARINA S RODRIGUES

(21) PI 0902229-5 A2 (22) 29/06/2009 3.1


(51) A61L 27/14 (2011.01)
(54) SUPORTES TRIDIMENSIONAIS E PROCESSO DE PRODUÇÃO DE
(21) PI 0902207-4 A2 (22) 29/06/2009 3.1 SUPORTES TRIDIMENSIONAIS
(51) G06F 3/147 (2011.01), G06F 17/20 (2011.01), G09G 3/00 (2011.01) (57) SUPORTES TRIDIMENSIONAIS E PROCESSO DE PRODUÇAO DE
(54) PROJETO DE MANUAL DE INSTRUÇÕES ELETRÔNICO DE VEÍCULOS SUPORTES TRIDIMENSIONAIS. A presente invenção descreve suportes
(57) PROJETO DE MANUAL DE INSTRUÇÕES ELETRÔNICO DE VEICULOS. tridimensionais e processo de produção de suportes tridimensionais,
Pelo fato de que tudo tem evoluido muito rápido nos veículos automotores especialmente para o crescimento de tecidos (scaffolds), sendo possivel
menos o manual de instruções do mesmo, preenchendo espaço no porta-luvas, facilmente moldar o material em diversas formas. Além disto, o custo de
e nas horas de pane do veículo as pessoas estando dirgindo em estradas e fabricação é baixo, devido à utilização de matéria prima de baixo custo. A
transitos ficam nervosos e acabam nem conseguindo localizar onde ficam os conformação é relativamente rápida e fácil, permitindo a produção em larga
fuziveis, macaco, como trocar uma lampada, etc., no próprio manual. Por escala. Outra potencialidade reside no fato de que são poucas as váriaveis que
passar estes inconvenientes tive a idéia do manual eletrônico, que fica instalado necessitam de controle no processo. A presente invenção é parte dos campos
no interior do veículo, com uma forma mais prática de ser consultado, e você da engenharia, biologia e biomedicina.
mesmo pode consertar pequenas e importantes panes no veículo, podendo (71) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (BR/RS)
ainda o proprio manual apontar-lhe o defeito da pane que ocorreu no veiculo, e (72) Rafael Mello Trommer, Carlos Perez Bergmann, Antonio Shigueaki Takimi,
como consertar. O mesmo manual eletrônico vai ficar instalado no veículo por Luís Alberto dos Santos
toda sua existência mesmo trocado de proprietário, pois quase sempre ao
comprar um carro usado é difícil o carro que ainda esteja com o manual do
proprietário, e isso é muito chato.
(71) Rodolir Krambeck (BR/PR)
(72) Rodolir Krambeck
80 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

camping ou piqueniques proporcionando o transporte de seu equipamento para


churrasco de maneira facilitada e espaço inteiramente reduzido.
(71) Grilazer Indústria e Comércio de Utilidades Domésticas LTDA (BR/PR)
(72) Luis Guilherme Waszczuk da Silva
(74) Marcos Antonio Nunes

(21) PI 0902242-2 A2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) A61K 31/4164 (2011.01), A61K 31/381 (2011.01), A61K 31/17 (2011.01),
A61K 31/18 (2011.01), A61P 19/02 (2011.01), A61P 29/00 (2011.01), A61P
37/06 (2011.01)
(54) COMPOSIÇÃO COMPREENDENDO AGONISTA DO RECEPTOR MAS
DA ANGIOTENSINA (1-7) E SEU USO PARA A MODULAÇÃO DA RESPOSTA
INFLAMATÓRIA E/OU ANALGÉSICA
(57) COMPOSIÇÃO COMPREENDENDO AGONISTA DO RECEPTOR MAS
DA ANGIOTENSINA (1-7) E SEU USO PARA A MODULAÇÃO DA RESPOSTA
INFLAMATÓRIA E/OU ANALGÉSICA. A presente invenção proporciona o uso (21) PI 0902259-7 A2 (22) 30/06/2009 3.1
de agonistas do receptor Mas da Angiotensina (1-7), como alternativa (51) B65D 35/28 (2011.01)
farmacológica e terapêutica no contexto das doenças inflamatórias, como a (54) EMBALAGEM TIPO BISNAGA COM ABERTURA E FECHAMENTO
artrite reumatóide. A invenção proporciona composições compreendendo AUTOMÁTICOS DO BICO
angiotensina(1-7), seus análogos peptidicos ou não peptídicos, ou um sal, (57) EMBALAGEM TIPO BISNAGA COM ABERTURA E FECHAMENTO
solvato e/ou hidrato farmaceuticamente aceitável e seu uso na preparação de AUTOMÁTICOS DO BICO. Patente de Privilégio de Invenção para uma
medicamentos, para a modulação da resposta inflamatória e/ou analgésica. embalagem tipo bisnaga com fechamento e abertura automáticos do bico
Entre outros, os efeitos antiinflamatórios dos agonistas do receptor Mas de compreendido por um recepiente no formato retangular 1, um encaixe para fixar
angiotensina (1-7), em especial do AVE 0991, inibem importantes parâmetros a lamina gatilho 2, uma superficie rebaixada para dar espaço ao movimento do
da resposta inflamatória no modelo de artrite induzida por mBSA. A presente gatilho 3, uma lamina acoplada ao recepiente que serve como gatilho 4, uma
invenção proporciona ainda uma nova abordagem de constituintes do SRA, rosca onde é encaixada a tampa 5, uma tampa 6, um bico 7, uma alavanca em
como o eixo ECA2/Ang(1-7)/Mas, associados a eventos específicos da cascata formato de um L presa a tampa 8, duas peças móveis presas a tampa que
da resposta inflamatória. quando fechadas protegem o bico e quando abertas liberam o bico para
(71) Universidade Federal de Minas Gerais (BR/MG) utilização da embalagem 9 e uma mola que pressiona as peças móveis que
(72) Mauro Martins Teixeira, Robson Augusto Souza dos Santos, Kátia Daniela envolvem o bico para fecha-lo quando em posição de repouso 10.
da Silveira (71) Angelo Menegaz Osorio (BR/RS)
(72) Angelo Menegaz Osorio
(21) PI 0902244-9 A2 (22) 30/06/2009 3.1
(51) G01C 9/12 (2011.01), G01C 9/00 (2011.01)
(54) APARELHO DEFINIDOR DE GRAU, PRUMO E NÍVEL
(57) APARELHO DEFINIDOR DE GRAU, PRUMO E NÍVEL, descreve-se a
presente patente de invenção como um aparelho definidor de grau, prumo e
nível que, de acordo com as suas características, propicia a formação de um
aparelho definidor em estrutura própria e especifica do tipo mecânica e baseada
diretamente em um pendulo central e uma placa graduada, com vistas a
possibilitar de forma extremamente prática, segura e precisa uma completa
otimização no conjunto de procedimentos destinados a prumagem (vertical),
nivelamento (horizontal) e definição de graus (graus) e, tendo como base, um
aparelho definidor com grande resistência, segurança e versatilidade facilmente
adaptável a uma vasta gama de obras, materiais, locais e usuários em geral,
independentes das características que estes possam apresentar.
(71) Chuiti Tsukada (BR/PR)
(72) Chuiti Tsukada
(74) Ivando Santos Souza

(21) PI 0902268-6 A2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) A61N 2/08 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO TERAPÊUTICO IMANIZADO
(57) DISPOSITIVO TERAPÊUTICO IMANIZADO, descreve-se a presente
patente de invenção como um dispositivo terapêutico imanizado que, de acordo
com as suas características, propicia a formação de um dispositivo imanizado
(1) em estrutura própria e específica do tipo magnética baseada em um
receptáculo de base (2) e tampa (3) e um par de imãs (4) internos para
aplicação diretamente junto ao corpo humano, com vistas a possibilitar de forma
extremamente prática, segura e precisa uma completa otimização no conjunto
(21) PI 0902252-0 A2 (22) 30/06/2009 3.1
dc procedimentos destinados a aliviar ou curar os doentes através da aplicação
(51) A47J 37/06 (2011.01)
da terapia de energia magnética e, tendo como base, um dispositivo imanizado
(54) GRELHA PORTÁTIL DOBRÁVEL
(1) com grande resistência, segurança e versatilidade facilmente adaptável a
(57) GRELHA PORTÁTIL DOBRAVEL. Trata a presente patente de privilégio de
uma vasta gama de doenças, locais e usuários em geral.
invenção de um sistema dobrável central aplicado em grelha portátil utilizada no
(71) Chuiti Tsukada (BR/PR)
meio doméstico, em acampamentos ou dias de lazer com o propósito de
(72) Chuiti Tsukada
apresentar um sistema mente compacto auxiliando indivíduos adeptos de
(74) Ivando Santos Souza
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 81

(21) PI 0902270-8 A2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) B65D 8/00 (2011.01)
(54) COLETOR ECOLÓGICO DE RESÍDUOS OLEOSOS VEGETAIS
REUTILIZÁVEIS
(57) COLETOR ECOLÓGICO DE RESÍDUOS OLEOSOS VEGETAIS
REUTILIZAVEIS. Patente de invenção para coletor de óleos vegetais
reutilizáveis que é compreendido por uma em uma estrutura composta por dois
corpos rígidos que se compõe por base piramidal (1), que é acoplada a um
cilindro translúcido (2) e por invólucro de acabamento opaco (3) esse com visor
transparente (4) é encaixado no cilindro translúcido (2) por trava pino em suas
laterais (5) preso por meio de cavilha (6), no mesmo corpo fica localizada em (21) PI 0902274-0 A2 (22) 30/06/2009 3.1
seu topo a tampa funil (7), o mesmo que serve para fechamento através de (51) F26B 3/26 (2011.01)
dobradiça pivotante (8) e aparado por aresta, onde se dá seu travamento por (54) SECADOR DE ARROZ POR CONDUÇÃO DE CALOR COM FEIXE DE
meio de feixe toque (9). TUBOS
(71) João Vergilio do Nascimento (BR/ES) (57) SECADOR DE ARROZ POR CONDUÇÃO DE CALOR COM FEIXE DE
(72) João Vergilio do Nascimento TUBOS.O secador compreende uma câmara (1) com alimentação de arroz
úmido pelo topo (2), uma porção central (3) trespassada por um feixe de tubos
aquecidos (4), em cujo interior circula um fluido quente, e uma base (5) para
descarga do arroz seco. Os tubos do feixe (4) apresentam um arranjo em
quincôncio, isto é, são nivelados nas linhas (horizontal) e não alinhados nas
colunas (vertical), obrigando os grãos de arroz a sempre colidirem com um dos
tubos que integra uma linha do feixe. Os tubos (4) são alimentados com fluido
quente por um coletor superior (6) e descarregados por um coletor inferior (7).
Preferencialmente, o fluido quente que circula no interior dos tubos (4) é vapor
d'água. Alternativamente, o fluido quente pode ser um fluido térmico que não
realiza troca de fase. Um arranjo preferencial da instalação de secagem
compreende uma tubulação (8) conectada no topo (2) da câmara de secagem
(1) e que se comunica com os meios (9) para criar uma pressão negativa no
interior da câmara, incrementando a troca de fase da água contida no grão de
arroz. Preferencialmente, o meio de depressão da câmara de secagem (1) é um
exaustor. Alternativamente, o meio para depressão do secador é uma bomba
de vácuo ou um venturi. Na boca de saída do exaustor (9) pode ser conectada
uma tubulação (10) que conduz o ar extraído do interior da câmara de secagem
até um ciclone (11) que faz o abate do material particulado. Uma preferencial
forma de controle da alimentação do arroz compreende uma tubulação (12),
montada no topo (2) da câmara de secagem (1), em cujo interior opera uma
rosca transportadora (13) que é acionada por um conjunto motor (14) e redutor
(15). Uma preferencial forma de controle da descarga do arroz pela base da
câmara de secagem (1) compreende calhas direcionadoras (16) com bocas de
saída (17), sob as quais se posiciona uma mesa móvel (18) com janelas (19). A
mesa (18) é dotada de movimento alternado obtido pela ação de uma biela (20)
e de um came (21) que são acionados por um conjunto de motor (22) e redutor
(23).
(71) Camaquã Alimentos S.A. (BR/RS)
(72) Danilo Jose Agostini Junior
(74) Custódio de Almeida & Cia
(21) PI 0902272-4 A2 (22) 30/06/2009 3.1
(51) C02F 1/40 (2011.01), C02F 9/02 (2011.01), B01D 35/00 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO MODULAR FILTRANTE PARA SEPARAÇÃO DE ÁGUA
CONTAMINADA COM ÓLEO
(57) DISPOSITIVO MODULAR FILTRANTE PARA SEPARAÇÃO DE ÁGUA
CONTAMINADA COM ÓLEO. A invenção refere-se a um dispositivo modular e
portátil para filtrar água contaminada com óleo. O dispositivo modular filtrante
para separação de água contaminada com óleo que compreende um recipiente
fechado (1) com uma entrada (2) para a água contaminada por óleo e uma
saída da água tratada (3). No interior do recipiente (1) está disposto um
compartimento de passagem da água (4) que possui dois eletrodos de
polaridades diferentes (5 e 6) que são completamente envolvidos por um
elemento filtrante (7). Os eletrodos (5 e 6) são alimentados por uma unidade
retificadora (8). O elemento filtrante (7) que preenche o compartimento de
passagem da água (4) é, preferencíalmente, um material espumado de células
fechadas. O contato da água contaminada com os eletrodos energizados (5 e 6)
faz com que o óleo e outros poluentes sejam atraidos para um dos eletrodos e
separados da água, ficando retídos no elemento filtrante (7). O óleo é atraído
pela corrente do ânodo (5), enquanto que os materiais particulados são atraidos
pelo cátodo (6). Quando ocorrer a saturação do elemento filtrante (7) esse
material pode ser facilmente substituído por outro novo. A unidade retificadora
(8) é, preferencialmente, do tipo que compreende um transformador de 110/220
V para 12 V e um diodo retificador.
(71) Geraldo Aurélio Rolim Sperb (BR/RS)
(72) Geraldo Aurélio Rolim Sperb
(74) Custódio de Almeida & Cia

(21) PI 0902278-3 A2 (22) 30/06/2009 3.1


(51) A61K 31/66 (2011.01), A61P 33/00 (2011.01)
82 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(54) FORMULAÇÃO ANTIPARASITÁRIA, SUA FORMA FARMACÊUTICA E


USO
(57) FORMULAÇÃO ANTIPARASITÁRIA, SUA FORMA FARMACÊUTICA E
USO. A presente invenção refere-se à uma formulação antiparasitária com
período prolongado de aderência e maior eficácia para uso tópico em animais
de sangue quente, utilizando como compostos ativos triclorfon, coumafós e
ciflutrin. Mais particularmente, a invenção diz respeito a uma formulação, na
forma farmacêutica de pasta, emulsão, pomada, gel ou creme com atividades
bernicida, mosquicida e carrapaticida e que possibilita a aplicação em
diverticulos nasais e pavilhões auriculares de equinos.
(71) Universidade Federal de MInas Gerais (BR/MG)
(72) Romário Cerqueira Leite, Ana Cristina de Paiva Bello, Arildo Pinto da
Cunha

(21) PI 0902285-6 A2 (22) 09/07/2009 3.1


(51) A41D 19/015 (2011.01), A41D 13/08 (2011.01), A41D 19/00 (2011.01)
(54) LUVAS DE SEGURANÇA
(57) LUVAS DE SEGURANÇA.Uma luva de segurança (20) feita de uma malha
flexível de anéis metálicos, preferivelmente para o uso em técnicas de
segurança do trabalho contra ferimentos de corte e perfuração, apresentando
uma estrutura anular adequadamente ergonômica, preferivelmente nas regiões
estendidas no lado da mão, especialmente entre os nós dos dedos, com a qual
é garantida uma melhor proteção contra acidentes. A liberdade de movimentos
na região estendida não é afetada.
(21) PI 0902280-5 A2 (22) 13/07/2009 3.1 (71) Ziegler Mechanische Werkstatt, Metallgewebe Und Arbeitsschutz Gmbh
(51) G01S 3/02 (2011.01), H04W 84/02 (2011.01), H04W 84/04 (2011.01) (DE)
(54) SISTEMA PARA MONITORAR OS MOVIMENTOS DE LINHAS FLEXÍVEIS (72) Jürgen Ziegler
EM AMBIENTE SUBMARINO E MÉTODO ASSOCIADO (74) Bhering Advogados
(57) SISTEMA PARA MONITORAR OS MOVIMENTOS DE LINHAS FLEXÍVEIS
EM AMBIENTE SUBMARINO E MÉTODO ASSOCIADO. O sistema é
configurado com transmissores de sinais, montados em uma estrutura fixa, e
receptores de sinais, solidários ao corpo da linha flexível, de modo que os
receptores, dois a dois, tenham visada direta de um dos transmissores de
sinais. O método associado ao sistema permite estimar, de modo contínuo, a
rotação (ângulo 0n) e a transíação (xn,yn) de uma linha flexível em ambiente
submarino, em relação ao seu eixo central, sendo conhecidas as coordenadas
de um ponto fixo no eixo central, a posição dos transmissores em relação ao
eixo central, e a DTOA de um transmissor emitindo um sinal modulado que o
identifique para os receptores, dois a dois.
(71) Petroleo Brasileiro S.A. - Petrobras (BR/RJ)
(72) Cláudio Soligo Camerini, Jean Pierre Von Der Weild, Marcelo Roberto
Jimenez, Marco Antônio Grivet Mattoso Maia, Miguel de Andrade Freitas

(21) PI 0902286-4 A2 (22) 08/07/2009 3.1


(51) B08B 3/02 (2011.01)
(54) EQUIPAMENTO MECANIZADO DE HIDROJATEAMENTO PARA
LIMPEZA
(57) EQUIPAMENTO MECANIZADO DE HIDROJATEAMENTO PARA
LIMPEZA - equipamento mecanizado de hidrojateamento para limpeza,
adaptado sobre um chassi de caminhão (1), conformando urna unidade
autônoma, com guindaste hidráulico (2), conjunto de moto-bomba de alta
pressão (3), sapatas estabilizadoras (4), lança (5), trazendo, em sua
extremidade, um robô (6) com movimentos tri-direcionais, operado via controle
remoto (joy-stick) para posicionamento de ajuste e aproximação do dispositivo
giratório (7) e, respectivamente, dos conjuntos de bicos de jateamento (8),
sendo que a operação de todos os componentes é realizada do solo, através de
(21) PI 0902281-3 A2 (22) 13/07/2009 3.1 comandos hidráulicos e elétricos para a elevação e movimentação da lança.
(51) F16K 21/00 (2011.01) (71) WILSON MOLINA RIBAS (BR/SP)
(54) VÁLVULA DE BOCAL PARA "GAS-LIFT" (72) WILSON MOLINA RIBAS
(57) VÁLVULA DE BOCAL PARA GAS-LIFT.É relatado na presente invenção a concepção (74) Leandro
de uma Roque
válvula de Oliveira
de bocal Neto
(GL) para gas-lift de modo que esta válvula possa substituir a
válvula de bocal (GL) em direção à saida (5) desta última.
(71) Petróleo Brasileiro S.A. - Petrobras (BR/RJ)
(72) Alcino Resende de Almeida
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 83

(21) PI 0902293-7 A2 (22) 03/07/2009 3.1


(51) A47C 7/00 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
INTERNA PARA ASSENTO, ENCOSTO E OUTROS COMPONENTES DE
CADEIRAS
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
INTERNA PARA ASSENTO, ENCOSTO E OUTROS COMPONENTES DE
CADEIRAS.Tem por objetivo inéditas e inovadoras peças de estruturação de
(21) PI 0902288-0 A2 (22) 03/07/2009 3.1 assentos, encostos e outros componentes de cadeiras, desenvolvidas para
(51) A47C 7/02 (2011.01), A47C 7/36 (2011.01), A47C 31/00 (2011.01) proporcionar uma solução simples e economicamente eficiente em termos de
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM COMPOSIÇÃO fabricação e funcionalidade, sendo constituídas por peças em espuma
ESTRUTURAL INTERNA PARA ASSENTO, ENCOSTO E OUTROS Poliolefínica obtidas através de processo convencional de modelação,
COMPONENTES DE CADEIRAS promovendo peças únicas extremamente resistentes que serão estofadas e
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM COMPOSIÇÃO revestidas após modelação, permitindo uma considerável redução de custos
ESTRUTURAL INTERNA PARA ASSENTO, ENCOSTO E OUTROS com a referida disposição, além de apresentar uma série de melhorias em
COMPONENTES DE CADEIRAS. Tem por objetivo inéditas e inovadoras peças relação às estruturas em Poliuretano moldado convencionalmente utilizadas,
de estruturação de assentos, encostos e outros componentes de cadeiras, tratando de uma solução de natureza evolutiva cujo resultado prático obtido
desenvolvidas para proporcionar uma solução simples e economicamente reporta para a obtenção de uma condição diferencíada e otimizada de uso, com
eficiente em termos de fabricação e funcionalidade, sendo constituídas por aplicação nas mais variadas peças do setor.
peças em duas camadas, compostas em espuma de Poliuretano e espuma (71) JOSÉ BARBOSA (BR/SP)
Poliolefínica, sendo o produto alcançado através de processo convencional de (72) JOSÉ BARBOSA
moldagem mais a polimerização da espuma Poliolefínica, obtendo-se peças (74) Somarca Assessoria Empresarial S/C Ltda.
únicas extremamente resistentes, que serão estofadas e revestidas após a
remoção do molde, permitindo uma considerável redução de custos com a
referida disposição, além de apresentar uma série de melhorias em relação às
estruturas em Poliuretano moldado convencionalmente utilizadas, tratando de
uma solução de natureza evolutiva cujo resultado prático obtido reporta para a
obtenção de uma condição diferenciada e otimizada de uso, com aplicação nas
mais variadas peças do setor.
(71) JOSÉ BARBOSA (BR/SP)
(72) JOSÉ BARBOSA
(74) Somarca Assessoria Empresarial S/C Ltda.

(21) PI 0902294-5 A2 (22) 03/07/2009 3.1


(51) G06K 9/03 (2011.01), G06K 9/28 (2011.01), G06F 21/20 (2011.01), G06Q
40/00 (2011.01)
(54) TERMINAL DE ACESSO A SISTEMAS E SERVIÇOS, TASS7
(57) TERMINAL DE ACESSO A SISTEMAS E SERVIÇOS, TASS7, que trata da
apresentação de um prático e inovador meio de verificar de usuários e/ou
beneficiários, para o controle de acesso a sistemas ou serviços, por meio de um
terminal com dois sensores digitais biométricos e acoplado a um leitor de cartão
de dados, pertencente ao campo da eletrônica, de uso mais precisamente em
sistemas financeiros e de serviço, e ao qual foi dada original disposição
(21) PI 0902289-9 A2 (22) 02/07/2009 3.1 construtiva, com vistas a captar simultaneamente imagens das impressões
(51) B60B 29/00 (2011.01) digitais, e processá-las por meio de um programa computacional, de forma a
(54) RODA DE MATERIAL POLIMÉRICO confrontá-las com padrões biométricos pré-estabelecidos, reconhecendo sua
(57) RODA DE MATERIAL DOLIMÉRICO.A roda em questão compreende um paridade ou não, resultando numa verificação e reconhecimento seguro dos
corpo (C) formado: por um disco mediano (10) provido de um furo central (11) , usuários.
para montagem em uma ponta de eixo de um veículo, e uma pluralidade de (71) Investors-Investimentos, Comércio e Serviços de Informatica S.A. (BR/SP)
furos excêntricos (12), para passagem de parafusos de fixação; e por um anel (72) Kazuo Miyajima
periférico (20), configurado para reter um pneu de veículo, dita roda tendo seu (74) Logos Marcas e Patentes S/C Ltda.
corpo (C) injetado, em peça única, em um material compásito polimérico
compreendendo, em mistura homogênea: 40 a 70% de uma matriz polimérica
termoplástica; 30 a 60% de fibras sintéticas; e 0,01% a 10% de aditivos.
(71) Plascar Indústria de Componentes Plásticos LTDA (BR/SP)
(72) JOSÉ DONIZETE DA SILVA, MARCIO TIRABOSCHI
(74) Antonio Mauricio Pedras Arnaud
84 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

composições detergentes e condicionadoras que compreendem, em um meio


cosmeticamente aceitável, (A) um ou mais tensoativos anjônicos sulfato ou
sulfonato, (B) um ou mais tensoativos anfóteros, e (C) um ou mais silicones
aminados de massa molecular média em peso superior ou igual a 75000;
Sendo que a relação em peso tensoativo aniônico sulfato ou sulfonato 1
tensoativo anfótero varia de 1 a 2, e a quantidade total de tensoativos
representa de 4% a 35% e peso em relação ao peso total da composição final;
A presente invenção tem ainda por objeto o uso da referida composição para
proteger a coloração dos cabelos tingidos artificialmente.
(71) L'OREAL (FR)
(72) SANDRINE DECOSTER, STÉPHANIE NEPLAZ
(74) Cristiane Araújo Rodrigues

(21) PI 0902303-8 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) A47B 91/12 (2011.01)
(54) CONJUNTO DESMONTÁVEL DE PÉS E RODÍZIO PARA CAMAS,
SOFÁS, ARMÁRIOS, MESAS E SIMILARES
(57) CONJUNTO DESMONTÁVEL DE PÉS E RODÍZIO PARA CAMAS,
SOFÁS, ARMÁRIOS, MESAS E SIMILARES. A presente Patente de Invenção é
constituída por três partes principais e tem por finalidade propiciar ao usuário a
opção de escolha entre o uso do pé inferior ou do rodízio para ser conectado ao
pé superior por encaixe. Para trocá-los, bastará ao usuário aplicar uma força
longitudinal contrária à aplicada em sua colocação, sendo o processo de troca
simples e eficaz. O dito conjunto desmontável é constituído por um pé superior
(1) dotado de uma rosca (2) para fixação no objeto desejado e de um orificio de
encaixe giratório (5) para fixação da haste lisa (7) do pé inferior (6) ou da haste
limitada (10) do rodízio (9). A trava (11) do rodízio (9) evita danos causados à
roda pelo peso do objeto e o anel central (12), no caso da utilização do pé
(21) PI 0902295-3 A2 (22) 02/07/2009 3.1 inferior (6), proporciona acabamento estético. Deste modo, define-se a presente
(51) B66B 1/00 (2011.01) Patente de Invenção como algo que proporciona rapidez na instalação,
(54) SISTEMA DE COMUNICAÇÃO SERIAL PARA CONTROLE DE segurança no uso e praticidade, uma vez que o usuário pode deixar o objeto no
ELEVADORES qual o conjunto está instalado imóvel ou levá-lo, mais facilmente, para qualquer
(57) SISTEMA DE COMUNICAÇÃO SERIAL PARA CONTROLE DE lugar através do uso do rodízio.
ELEVADORES, é composto por uni controlador mestre 1, diversos dispositivos (71) Afrente Industria e Comercio de Plasticos Ltda Me (BR/SP)
escravos de pavimento 4 e dispositivos de cabine 9. O sistema se caracteriza (72) Carmus Gonçalves de Oliveira
pelo fato 5 de tornar a instalação/manutenção bastante facilitada, utilizando 2 (74) Beérre Assessoria Empresarial S/C Ltda
fios para fazer toda a interligação do barramento de comunicação serial 7. A
ligação fisica do controlador mestre 1 com os dispositivos escravos 4 e 9 é feita
através de um barramento que obedece o padrão elétrico RS485 e a
comunicação entre eles ocorre através de um protocolo de dados exclusivo
para a aplicação proposta. O hardware envolvido nessas disposições possuem
as interfaces necessárias para a conversão do sinal elétrico RS485 em sinal
elétrico de O e 5 Volts; O controlador mestre 1 é o responsável pelo controle
total do barramento 7, cada dispositivo 4 e 9 conectado no barramento 7 recebe
um endereço e através desse endereço o controlador mestre 1 pode se
comunicar com os mesmos, enviando 5 informações a serem mostradas nos
indicadores desses dispositivos de pavimento 4 e cabine 9 e também solicitam
as informações das botoeiras desses dispositivos 4 e 9, isto é, para verificar se
as mesmas foram pressionadas ou não.
(71) RODRIGO URBAN LIMA (BR/SP)
(72) RODRIGO URBAN LIMA

(21) PI 0902304-6 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) A47C 27/15 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
INTERNA EM CAMADAS PARA COLCHÕES
(57) DISPOSIÇAO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
INTERNA EM CAMADAS PARA COLCHÕES.Tem por objetivo uma inédita e
inovadora estrutura para colchões, desenvolvida para proporcionar uma solução
simples e economicamente eficiente em termos de fabricação e funcionalidade,
sendo constituída por uma peça em duas camadas, compostas em espuma de
Poliuretano e espuma Poliolefínica, sendo o produto alcançado através de
processo convencional de moldagem mais a polimerização da espuma
Poliolefínica, obtendo-se peças únicas extremamente resistentes, que serão
revestidas após modelagem total da peça, permitindo uma considerável
redução de custos com a referida disposição, além de apresentar uma série de
melhorias em relação às estruturas em Poliuretano moldado convencionalmente
utilizadas em colchões, tratando de uma solução de natureza evolutiva cujo
resultado prático obtido reporta para a obtenção de uma condição diferenciada
e otimizada de uso, com aplicação nas mais variadas peças do setor.
(71) JOSÉ BARBOSA (BR/SP)
(72) JOSÉ BARBOSA
(74) Somarca Assessoria Empresarial S/C Ltda.

(21) PI 0902297-0 A2 (22) 07/07/2009 3.1


(30) 08/07/2008 FR 0854633
(51) A61K 8/25 (2011.01), A61Q 5/02 (2011.01)
(54) COMPOSIÇÃO COSMÉTICA DETERGENTE E PROCESSO PARA
PROTEGER A COR DIANTE DA LAVAGEM DE FIBRAS QUERATÍNICAS
TINGIDAS ARTIFICIALMENTE
(57) COMPOSIÇÃO COSMÉTICA DETERGENTE E PROCESSO PARA
PROTEGER A COR DIANTE DA LAVAGEM DE FIBRAS QUERATINICAS
TINGIDAS ARTIFICIALMENTE. A presente invenção trata de novas
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 85

(21) PI 0902307-0 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) B60N 2/28 (2011.01), B60N 2/02 (2011.01)
(54) SISTEMA PARA REGULAGEM DE ALTURA DO ENCOSTO DE CABEÇA
APLICADO EM CADEIRA TRANSPORTADORA DE CRIANÇAS APOIADA
SOBRE O BANCO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES
(57) SISTEMA PARA REGULAGEM DE ALTURA DO ENCOSTO DE CABEÇA
APLICADO EM CADEIRA TRANSPORTADORA DE CRIANÇAS APOIADA
SOBRE O BANCO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES representado por uma
solução inventiva ancorada em suprimir uma identificada dificuldade de
regulagem de altura do componente encosto de cabeça de dispositivos de
retençãopara crianças (ou cadeira transportadora), onde para tal foi idealizado
um mecanismo que permite de forma simples e fácil, ou seja, provida de
ergonomia de uso, realizar a tarefa acima descrita, tornando trivial a execução
do citado ajuste de altura, mandatário em conformidade com as diferenças de
estatura verificada durante o crescimento fisico da criança com a avanço de sua
idade cronológica, sendo que para tal condição o sistema de regulagem de
altura apresenta conceito construtivo caracterizado pelo encosto apresentar
uma coluna traseira à qual é definido um mancal em posição ortogonal a este,
onde este é acoplado ao interior de uma carcaça posterior, esta definida na
parte traseira do encosto principal da cadeira, sendo que passante e rosqueavel
(21) PI 0902305-4 A2 (22) 06/07/2009 3.1 à carcaça e ao mancal é fixado um componente fuso, que gira livre entre as
(51) A47C 27/14 (2011.01) aberturas superior e inferior desta carcaça, onde dito giro viabiliza o
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA deslocamento ascendente ou descendente do mancal e levando consigo, por
INTERNA PARA COLCHÕES conseqúência, o componente encosto para cabeça. Em derradeiro, para que o
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA acionamento do sistema de ajuste de altura do encosto foi introduzido um
INTERNA PARA COLCHÕES; Tem por objetivo um inédito e inovador colchão, dispositivo de proteção, com função de evitar que o movimento de ajuste de
desenvolvido para proporcionar uma solução simples e economicamente altura seja iniciado de forma involuntária, onde para tal dito dispositivo é
eficiente em termos de fabricação e funcionalidade, sendo constituído por uma balizado na introdução de uma trava junto à componente manopla, obrigando a
peça inteira em espuma Poliolefínica, obtida através de processo convencional quem for operar o sistema de ajuste de altura do encosto, primeiramente a
de modelagem, promovendo um produto único extremamente resistente, que puxar para si a componente manopla para somente depois, em um segundo
será revestido após modelagem total da peça, permitindo uma considerável movimento girá-la, efetuando-se assim o giro livre do componente fuso e
redução de custos com a referida disposição, além de apresentar uma série de conseqúente deslocamento do componente encosto para cabeça.
melhorias em relação às estruturas em Poliuretano moldado convencionalmente (71) Burigotto S A Industria e Comercio (BR/SP)
utilizadas em colchões, tratando de uma solução de natureza evolutiva cujo (72) Élio Santini Júnior
resultado prático obtido reporta para a obtenção de uma condiçãodiferenciada e (74) Beérre Assessoria Empresarial S/C Ltda
otimizada de uso, com aplicação nas mais variadaspeças do setor.
(71) JOSÉ BARBOSA (BR/SP)
(72) JOSÉ BARBOSA
(74) Somarca Assessoria Empresarial S/C Ltda.

(21) PI 0902306-2 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) A47B 91/00 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO DE APOIO PARA UM APARELHO ELETRODOMÉSTICO E
MÉTODO DE MONTAGEM DE UM DISPOSITIVO DE APOIO PARA UM
APARELHO ELETRODOMÉSTICO
(57) DISPOSITIVO DE APOIO PARA UM APARELHO ELETRO DOMÉSTICO
E MÉTODO DE MONTAGEM DE UM DISPOSITIVO DE APOIO PARA UM
APARELHO ELETRODOMÉSTICO; A presente invenção refere-se a um (21) PI 0902308-9 A2 (22) 06/07/2009 3.1
dispositivo de apoio para aparelhos eletrodomésticos e., mais especificamente, (51) B60R 22/10 (2011.01), B60N 2/28 (2011.01)
a um dispositivo de apoio para aparelhos eletrodomésti- cos da linha branca. O (54) DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO FRONTAL APLICADO EM CADEIRA
dispositivo de apoio (1) da presente invenção compreende um ele- mento de PARA BEBÊ/CRIANÇA TRANSPORTADA SOBRE O BANCO DE VEÍCULOS
base (2) fixado ao aparelho e um elemento de apoio (3) que pode ser encaixado AUTOMOTORES
no elemento de base (3). A montagem do elemento de apoio (3) no elemento de (57) DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO FRONTAL APLICADO EM CADEIRA
base (2) se dá por meio da cooperação entre partes de pivotamento (4,7), PARA BEBÊ/CRIANÇA TRANSPORTADA SOBRE O BANCO DE VEICULOS
partes de posicionamento (5,8), e partes de fixação (6,9) previstas no elemento AUTOMOTORES representado por uma solução inventiva que agrega valor ao
de base (2) e no elemento de apoio (3). produto cadeira de bebê por garantir uma proteção frontal aplicada junto à
(71) WHIRLPOOL S.A. (BR/SP) cadeira (Ca), especialmente quando se tem em conta que esta é utilizada por
(72) ROGERIO KEIZO NAKANO, PATRICK ANDERSON NÓBREGA, CAIO crianças que apresentem peso na faixa de O a 13 quilogramas, onde foi
ENRICO PIZZUTTO, GUILHERME MOREIRA DE ALCANTARA FILHO introduzido um dispositivo de proteção frontal (A), aplicado na parte frontal da
(74) Luis F. V. Nogueira cadeira (Ca), sendo este formado basicamente dos componentes dispositivo de
apoio (1), tal como uma barra de proteção cujas extremidades inferiores, ou
segmentos de encaixe (1b) recebem a montagem cada qual de uma mola
extensora (2), formando um conjunto tal que facilita tanto o encaixe como o
desencaixe do dispositivo de proteção frontal (A).
(71) Burigotto S A Industria e Comercio (BR/SP)
(72) Élio Santini Júnior
(74) Beérre Assessoria Empresarial S/C Ltda
86 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

suas variações, enquanto a camada interna (1) é de café solúvel granulado


misturado com uma formulação adequada de outros ingredientes,
principalmente chantilly, chocolate em pó, leite em pó, bicarbonato de sódio,
todos eles compatíveis para se fazer café cremoso ou café cappuccino; dita
dose única eventualmente pode estar presa em uma das extremidades de uma
haste qualquer (3) ou instrumento descartável para mexer levemente o café
durante o seu preparo
(71) MARIA CECILIA DOS SANTOS (BR/SP)
(72) MARIA CECILIA DOS SANTOS
(74) FOCUS MARCAS E PATENTES LTDA

(21) PI 0902309-7 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) B60N 2/28 (2011.01), B60N 2/02 (2011.01)
(54) SISTEMA PARA REGULAGEM DE ALTURA DO ENCOSTO DE CABEÇA
APLICADO EM CADEIRA TRANSPORTADORA DE CRIANÇAS APOIADA
SOBRE O BANCO DE AUTOMÓVEIS
(57) SISTEMA PARA REGULAGEM DE ALTURA DO ENCOSTO DE CABEÇA
APLICADO EM CADEIRA TRANSPORTADORA DE CRIANÇAS APOIADA
SOBRE O BANCO DE AUTOMÓVEIS representado por uma solução inventiva
cujo objetivo é traduzido em prover uma inédita condição ergonômica de
regulagem de altura do componente encosto de cabeça de uma cadeira
transportadora, notadamente uma cadeira transportadora com forma plástica
especifica, onde esta regulagem de altura se apresenta mandatária em
conformidade com as diferenças de estatura verificada durante o crescimento
físico da criança com o avanço de sua idade cronológica, sendo que para tal
condição o sistema de regulagem de altura apresenta conceito construtivo
(21) PI 0902311-9 A2 (22) 15/07/2009 3.1
caracterizado por ser composto de em um pino trava (A) fabricado em material
(51) B60P 5/00 (2011.01), G01G 19/08 (2011.01)
plástico injetado e montado no interior de urna caixa trava/destrava (O), onde
(54) BALANÇA EMBARCADA EM VEÍCULO DE CARGA TERRESTRE
este pino trava é acionado por meio de um botão acionador (E) localizado na
(57) BALANÇA EMBARCADA EM VEÍCULO DE CARGA TERRESTRE, idealiza
parte superior da caixa trava/destrava (O) onde é definida uma fenda (c2),
um sistema de pesagem (1) instalada no próprio veículo de carga (2),
sendo que este pino trava (A) atua de tal forma a liberar ou restringir
pertencente ao campo dos artigos para medição de força ou peso, de uso mais
movimentos de deslocamentos ascendentes (Da) ou deslocamentos
precisamente em veículos de carga ou caminhões; o sistema de pesagem (1)
descendentes (Dd) da coluna vertical (b2) do encosto para cabeça (B) junto à
em questão é constituído por células de cargas (3) instaladas nos eixos (4) do
guia (d2) provida de uma plurali- dade de cavidades de travamento (d3) esta
veículo, o qual é conectado eletricamente a um dispositivo com display (5)
definida na parte do encosto da estrutura (dl) da cadeira transportadora (D)
instalado no painel veicular; o referido dispositivo com display (5), instalado no
(71) Burigotto S A Industria e Comercio (BR/SP)
painel, interpreta os sinais provenientes dos sensores ou células de carga (3),
(72) Élio Santini Júnior
efetua a somatória e indica a carga ou peso de cada eixo (4) e também o total;
(74) Beérre Assessoria Empresarial S/C Ltda
para evitar fraudes e ter validação o equipamento constituinte do sistema de
pesagem embarcado deverá ser aferido por árgão certificador e lacrado.
(71) JORGE ALBERTO CARDOSO DE CARVALHO (BR/SP)
(72) JORGE ALBERTO CARDOSO DE CARVALHO
(74) Pezzuol & Associados Marcas e Patentes S/C Ltda

(21) PI 0902312-7 A2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) A61K 9/60 (2011.01), A61K 31/715 (2011.01), A61K 9/10 (2011.01), A61P
31/00 (2011.01), A61P 35/00 (2011.01)
(54) COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS CONTENDO HIALURONIDASE E
SEUS USOS
(21) PI 0902310-0 A2 (22) 01/07/2009 3.1
(57) COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS CONTENDO HIALURONIDASE E
(51) A23F 5/24 (2011.01), A23F 5/36 (2011.01), A23F 5/40 (2011.01), A23G
SEUS USOS. A presente invenção destina-se a composições farmacêuticas
3/00 (2011.01)
microencapsuladas (microparticulas) contendo hialuronidases, em particular,
(54) DOSE ÚNICA SÓLIDA DE PREPARADO PARA FAZER CAFÉ
provenientes de testículos de boi e/ou venenos de sapos, abelhas, vespas,
(57) 1)DOSE ÚNICA SÓLIDA DE PREPARADO PARA FAZER CAFÉ,
lagartos, preferencialmente, de serpentes e/ou escorpiões. Adicionalmente, o
apresentando-se compactada de acordo com um formato ordinariamente
presente pedido de patente trata dos usos das hialuronidases no preparo de
esférico, tal como um bombom, tendo uma camada interna (1) e uma camada
medicamentos indicados como antitumorais, antiinflamatórios, em particular, no
externa (2), ambas solúveis em água ou leite quente, como também a camada
reparo tecidual.
externa (2) é obtida de amêndoa torrada do cacau, notadamente o chocolate e
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 87

(71) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP (54) FORMULAÇÃO DE SUBSTÂNCIA IMPERMEABILIZANTE PARA EVITAR
(BR/SP) , Universidade de São Paulo - USP (BR/SP) A PENETRAÇÃO DE LÍQUIDOS EM TRAMAS DE TECIDOS
(72) ELIANE CANDIANI ARANTES BRAGA, SUELY VILELA, CLÁUDIA DA (57) FORMULAÇÃO DE SUBSTÂNCIA IMPERMEABILIZANTE PARA EVITAR
SILVA BITENCOURT, LÚCIA HELENA FACCIOLI, ROBERTO NICOLETE A PENETRAÇÃO DE LÍQUIDOS EM TRAMAS DE TECIDOS, idealiza uma
(74) Maria Aparecida de Souza substância líquida desenvolvida para ser aplicada por qualquer método, em
tecidos, ao quais podem ser desprendidos ou aplicados como revestimentos,
(21) PI 0902313-5 A2 (22) 15/07/2009 3.1 pertencente ao campo dos artigos para impermeabilização; dita substância
(51) B65D 81/32 (2011.01) impermeabilizante para evitar a penetração de líquidos em tecidos é
(54) DISPOSITIVO E PROCESSO PARA ENCHER EMBALAGENS COM compreendida pela seguinte formulação: flúor carbono (polímero flúor carbono,
CONCENTRADOS pH 4 1 5; 0,5 a 1mI /I ácido acético 60%) na quantia de 16% do total em peso,
(57) DISPOSITIVO E PROCESSO PARA ENCHER EMBALAGENS COM com uma variação para mais ou para menos de 5%; silicone (macro emulsão de
CONCENTRADOS. A presente Patente de Invenção refere-se a um polissiloxano modificado) na quantia de 5% do total em peso, com uma variação
dispensador destinado a permitir que um usuário doméstico transfira um para mais ou para menos de 5%; melanina (C3H2N2 (2, 4, 6 -Trianino 1 1, 3, 5 -
concentrado para uma embalagem que será completada com água. O objetivo Triazina)) na quantia de 3% do total em peso, com uma variação para mais ou
da invenção é prover um meio de transferir o conteúdo de uma embalagem refil para menos de 5%; agua na quantia de 76% do total em peso, com uma
para uma embalagem final. Outro objetivo é prover um meio de transferência de variação para mais ou para menos de 5%.
um concentrado de refil em uma embalagem final, onde o dispositivo é fixo á (71) ARJES CONFECÇÕES IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE ROUPAS
embalagem final. Outro objetivo é prover um meio de transferência de um LTDA (BR/SP)
concentrado de refil em uma embalagem final, onde o dispositivo é inclua meios (72) PERY ALBERTO KHOURY
de abertura do refil sem o contato do usuário. Outro objetivo é prover um meio (74) Pezzuol & Associados Marcas e Patentes S/C Ltda
de transferência de um concentrado de refil em uma embalagem final, onde o
dispositivo é independente da embalagem final. (21) PI 0902323-2 A2 (22) 13/07/2009 3.1
(71) Sergio Fidencio de Lima (BR/SP) (51) B28D 7/02 (2011.01)
(72) Sergio Fidencio de Lima (54) MÁQUINA CATA-PÓ
(74) Alcides Ribeiro Filho (57) 1 - MÁQUINA CATA-PÓ Patente de Invenção para uma máquina que
oferece melhores condições de ambiente e de trabalho aos profissionais da
área da construção civil, por facilitar o uso de máquinas do tipo serra-mármore
e capaz de captar o pó produzido por elas, é compreendida por uma bancada
construída em ferro cantoneira galvanizado(1), fechado em madeira nas laterais
e no fundo (2), contendo quatro rodinhas na base inferior (3), sendo que. nas
duas dianteiras há a presença de freios; na parte superior possui barras de ferro
chato (4) que servirão de apoio cortar peças menores; tem um corredor em
desnível (5). caminho por onde o pá será sugado pelo motor com hélice (6),
acionado pelo interruptor (7), localizado na lateral esquerda; na base superior,
uma proteção em forma de aba (8), evita que o pá se disperse e redireciona-o
ao saco de tecido filtrante (9); na parte traseira, duas dobradiças gonzo (10) na
fig. 3 servem para separar a parte superior da inferior e facilitar o transporte; a
abertura na parte traseira til) na fig. 3 permite a saída do ar já filtrado.
(71) IVALDO SOUSA CAMPOS (BR/SP)
(72) IVALDO SOUSA CAMPOS

(21) PI 0902315-1 A2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) G08B 15/00 (2011.01)
(54) SENSOR DE POSICIONAMENTO À PROVA DE FRAUDE
(57) SENSOR DE POSICIONAMENTO À PROVA DE FRAUDE, mais
particularmente trata-se do desenvolvimento de um sensor de posicionamento
(SP) composto de um dispositivo local (1) e um dispositivo remoto (2) dotados
de uma inteligência programada (12), sigilosa e criptografada que o torne imune
a tentativas de fraude e que permita determinar com um elevado grau de
confiabilidade o posicionamento de um determinado elemento em relação a
outro; algumas possíveis aplicações para este sensor de posicionamento poder
ser relacionadas como sensor de abertura/fechamento de portas, sensor de
posicionamento de determinado módulo lógico em um determinado gabinete
que não pode ser movido sem a devida autorização.
(71) Procomp Indústria Eletrônica Ltda (BR/SP)
(72) Eidi Nakagawa, João Paulo de Oliveira, Paulo de Jesus Andrade Monteiro
(21) PI 0902324-0 A2 (22) 10/07/2009 3.1
(74) Ferraro e Advogados Associados
(51) F25D 17/04 (2011.01)
(54) REFRIGERADOR RÁPIDO DE BEBIDAS
(57) REFRIGERADOR RAPIDO DE BEBIDAS; O presente objeto de patente é
inédito e funcional invento denominado de Refrigerador Rápido para Bebidas,
tem como prioridade em seu funcionamento gelar líquidos em poucos minutos,
destinados gelar recipientes como latas e garrafas contendo bebidas tais como:
cervejas, refrigerantes, vinhos champanhes, águas, sucos e chás, estes
atingindo até -40ºC, onde 48 recipientes gelam entre 7(sete) e 9(nove) minutos.
(71) JOSÉ ANTONIO THEOTÔNIO ALVES (BR/SP)
(72) JOSÉ ANTÔNIO THEOTÔNIO ALVES

(21) PI 0902320-8 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) D06M 15/19 (2011.01)
88 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

das vias, permite o tráfego e a pavimentação do trecho em execução e pode


utilizar módulos de comprimentos variáveis, podendo inclusive, quando
funcionando, já servir de piso para o tráfego urbano. O canal (1) desenvolvido é
composto de quatro elementos modulares básicos pré-moldados de concreto
armado ou de concreto protendido, a saber: berço guia (2), fundo (3), paredes
(4) e (5) e tampa (6), sendo as dimensões dos elementos vanáveis em função
do projeto do sistema coletor.
(71) Mauricio Santiago dos Santos (BR/RJ)
(72) Mauricio Santiago dos Santos
(74) Armenio dos Santos Evangelista

(21) PI 0902330-5 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) D03J 1/00 (2011.01)
(54) ESTRUTURA DE AJUSTE DE TENSÃO PARA MÁQUINA DE
ENROLAMENTO DE TECIDO
(57) ESTRUTURA DE AJUSTE DE TENSÃO PARA MÁQUINA DE
ENROLAMENTO DE TECIDO;Trata-se de uma estrutura de ajuste de tensão
para uma máquina de enrolamento de tecido que inclui um mecanismo de
acionamento, um rolete, um mecanismo de pressão sobre o tecido e um
mecanismo de ajuste. O rolete e o mecanismo de acionamento possuem
engrenagens de transmissão correspondentes pelas quais passa uma correia.
O mecanismo de acionamento aciona o rolete para enrolar um tecido. O
mecanismo de pressão sobre o tecido tem um braço de ação e uma barra de
pressão sobre o tecido localizada no braço de ação. A barra de pressão sobre o (21) PI 0902332-1 A2 (22) 03/07/2009 3.1
tecido tem uma primeira posição sem contato com o tecido, e um a segunda (51) E06B 3/67 (2011.01), E06B 3/677 (2011.01), B32B 17/00 (2011.01), C03C
posição em contato com o tecido e erguida pelo tecido. O mecanismo de ajuste 27/00 (2011.01)
é pressionado pelo braço de ação quando a barra de pressão sobre o tecido (54) DISPOSIÇÃO INTRODUZIDA EM VIDROS PARA BLOQUEAR
está na primeira posição para pressionar a correia e aumentar a força inicial de TRANSPARÊNCIA, ACÚSTICA E CALOR
enrolamento do rolete. O braço de ação libera correia enquanto a barra de (57) Refere-se a presente Patente de lnvençao da Disposição Introduzida em
pressão sobre o tecido está na segunda posição, de modo que a tensão de Vidros para Bloquear Transparência, Acústica e Calo, composto de vidros ( 1 ),
enrolamento do tecido possa ser controlada. vedações (2 ), orificio na vedação inferior ( 3 ), orificio na vedação superior ( 4 ),
(71) Pai Lung Machinery Mill CO., LTD. (TW) solução liquida bloqueadora ( 10 ), compartimento para depósito de solução
(72) Shih-Chi Chen liquida bloqueadora (11 ), reforço interno ( 5 ), canalização ( 6 ) para entrada do
(74) Tavares Propriedade Intelectual Ltda. liquido na parte inferior, canalização ( 7 ) para sucção de ar e do excesso da
solução liquida bloqueadora. bomba ( 8 ) e bomba de sucção (9); Para controlar
a visibilidade, claridade, radiação, acústica e calor, os vidros ( 1 ) são colados
em paralelos e vedados juntos hermeticamente, deixando intervalos entre 0,1
mm e 15 mm entre ambos. Através do orificio de vedação inferior ( 3 ) pela
canalização ( 6 ) inferior com a pressão da bomba ( 8 ) é introduzido a solução
liquida bloqueadora ( 10 ) no intervalo entre os vidros preenchendo todo o
espaço ou parcialmente. O intervalo entre os vidros ( 1 ) são dimensionados de
acordo com os objetivos propostos no que se refere a cor e o tipo da solução
liquida bloqueadora a ser utilizada; Qualquer ambiente pode utilizar este invento
para bloquear a visibilidade, claridade, radiação, acústica e calor, uma vez que
poderão ser beneficiados ambientes dos mais variados como residências,
instituições de ensino, hospitais, auditórios, vitrines, salas comerciais e
industriais, veículos, barcos, aeronaves e outros, independente do formato dos
vidros; O sistema de bombas ( 8 e 9 ) poderá ser substituído por outros
sistemas de controle centralizado, individualizado ou múltiplos para a introdução
ou retirada da solução líquida bloqueadora (10 ) no intervalo entre os vidros (1),
bem como o reservatório de solução liquida bloqueadora (11 ). Este invento
pode ser aplicado em materiais diferentes de vidros com a mesma função.
(71) Edegar Samuel Lutzer (BR/SC)
(72) Edegar Samuel Lutzer
(74) King's Marcas e Patentes Ltda.

(21) PI 0902331-3 A2 (22) 06/07/2009 3.1


(51) E03F 1/00 (2011.01)
(54) CANAL PARA SISTEMA DE DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS
(57) CANAL PARA SISTEMA DE DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS. Refere-
se a presente invenção a um canal (1) para utilização na área de serviços de
saneamento básico, mais especificamente a um canal pré-moldado para
sistemas de drenagem de águas pluviais, desenvolvido de forma a atender as
necessidades de escoamento superficial das bacias hidrográficas e ao
crescimento da densidade demográfica urbana. O canal (1) objeto da presente
invenção não depende de aterros estabilizados, pode trabalhar na superfície
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 89

(21) PI 0902335-6 A2 (22) 16/07/2009 3.1


(51) C03C 25/00 (2011.01), C03C 25/66 (2011.01), D01F 2/24 (2011.01)
(54) PROCESSO PARA MODIFICAÇÃO DE FIBRAS DE CURAUÁ (ANANAS
ERECTIFOLIUS) COM PARTÍCULAS DE POLÍMEROS CONDUTORES,
PRODUTOS RESULTANTES DESSE PROCESSO E USO DESSES
PRODUTOS COMO ELEMENTOS SENSORES
(57) PROCESSO PARA MODIFICAÇÃO DE FIBRAS DE CURAUÁ (ANA NA
(21) PI 0902333-0 A2 (22) 03/07/2009 3.1 SERECTIFOLIUS) COM PARTÍCULAS DE POLÍMEROS CONDUTORES,
(51) A47F 5/10 (2011.01), A47F 3/00 (2011.01) PRODUTOS RESULTANTES DESSE PROCESSO E USO DESSES
(54) PROCESSO DE MONTAGEM DE COLUNA CREMALHEIRA PARA PRODUTOS COMO ELEMENTOS SENSORES; A obtenção de fibras de
GÔNDOLAS DE SUPERMERCADOS E CONGÊNERES curauá modificadas com polímeros condutores, incluindo a polianilina, através
(57) PROCESSO DE MONTAGEM DE COLUNA CREMALHEIRA PARA de tratamento químico é descrita neste documento. Propõe-se um processo
GÔNDOLAS DE SUPERMERCADOS E CONGÊNERES, se aplica a toda e caracterizado por duas etapas sequenciais: o tratamento ácido e a
qualquer gôndola sendo a coluna (1) obtida por meio de chapa (2) lisa polimerização. Análises de microscopia óptica e eletrônica das fibras in natura e
submetidas a etapa de corte, dobra e estampo, originando perfis (3 e 4) tratadas com polianilina, um dos tipos de polímeros condutores utilizados,
complementares com as extremidades (5 e 6) passiveis de acoplamento mostram que o uso de pequenas quantidades de polimero condutor permite
deslizante, cuja montagem se dá de forma prática e rápida. obter um recobrimento continuo da fibra, de maneira que as fibras passam a
(71) N S F Indústria e Com de Equipamentos P/ Inst Com Ltda. (BR/SP) apresentar superfície coberta com um grande número de micro, submicro e
(72) Diniz Amilcar Matias Fernandes nanopartículas de polímero condutor. As fibras de curauá recobertas com
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C Ltda polianilina apresentaram valores de condutividades cerca de duas mil e
quinhentas vezes maiores que as fibras in natura. Além disso, os resultados de
testes eletromecânicos realizados com as fibras modificadas mostram que
estas podem ser utilizadas na fabricação de dispositivos sensíveis a diferenças
de pressão.
(71) Instituto Alberto Luiz de Coimbra de Pós Graduação e Pesquisa de
Engenharia - COPPE/UFRJ (BR/RJ)
(72) José Carlos Costa da Silva Pinto, Geiza Esperandio de Oliveira, Cezar
Henrique Manzini Rodrigues, Paulo Henrique de Souza Picciani, Fernando
Gomes de Souza Junior
(74) Joubert Gonçalves de Castro

(21) PI 0902336-4 A2 (22) 16/07/2009 3.1


(51) B62D 25/04 (2011.01)
(54) REFORÇO PARA PORTAS DE VEÍCULO E PROCESSO DE
FABRICAÇÃO DE REFORÇO LATERAL PARA PORTAS DE VEÍCULO
(57) REFORÇO PARA PORTAS DE VEÍCULO E PROCESSO DE
FABRICAÇÃO DE REFORÇO LATERAL PARA PORTAS DE VEÍCULO; A
invenção se refere a um reforço formado por um perfil curvado de uma peça só
(1) tendo ao lado de uma borda longitudinal uma fileira de janelas consecutivas
(2) e na borda oposta uma pluralidade de projeções (3) que correspondem com
as janelas (2) para a formação fechada da seção do perfil (1) por meio da
deformação lateral da extremidade das projeções mencionadas (3) que passam
através das janelas (2). A invenção também se refere a um processo para a
fabricação de um reforço lateral para portas de veículo a partir das placas de
metal planares do material com um limite elástico elevado, e compreendendo as
fases de: formação das janelas (2) e projeções (3); perfilação da folha de metal
para a configuração da seção do perfil (1); passagem das projeções (3) através
das janelas (2); deformação das projeções (3) para fechar a seção do perfil (1)
do reforço.
(71) MB Metalbages do Brasil Ltda. (BR/SP)
(21) PI 0902334-8 A2 (22) 17/07/2009 3.1 (72) Jon Bilbao Garcia, Inaki Alapont Etxaniz
(51) B01D 61/14 (2011.01), A61K 35/00 (2011.01) (74) Bhering Advogados
(54) PROCESSO DE FRACIONAMENTO DE EXTRATOS VEGETAIS PARA A
OBTENÇÃO DE MOLÉCULAS POLARES COM ALTA MASSA MOLAR
(57) Processo de fracionamento de extratos vegetais para a obtenção de
Moléculas Polares com Alta Massa Molar; O processo de fracionamento
seqúencial de extratos vegetais baseado na diferença de massa molar e
polaridade dos componentes. Para esta invenção, a permeação se dá por meio
de sistemas de filtração sucessivos e adjacentes que possuem, por sua vez,
membranas próprias e caracterizadas pelos seus respectivos tamanhos de
poros; Para a presente invenção, os componentes ditos de interesse são
polifenóis de alta massa molar tais como taninos e flavonóides. Estes
compostos apresentam atividade anti-oxidante, anti-inflamatória e anti-
carcinogênica. Uma vez que o processo objeto desta invenção permite o
enriquecimento das frações obtidas nesses compostos, inicialmente presentes
no extrato em baixa concentração, tais atividades são intensificadas tendo,
portanto, aplicação na indústria farmacêutica, de alimentos e cosmética.
(71) Universidade Federal do Rio de Janeiro (BR/RJ)
(72) Angelo da Cunha Pinto, Marilza Batista Corrêa
90 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) PI 0902339-9 A2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) F02F 5/00 (2011.01)
(54) ANEL DE PISTÃO (21) PI 0902352-6 A2 (22) 03/07/2009 3.1
(57) ANEL DE PISTAO; A presente invenção refere-se a um anel de pistão, (51) A01D 46/20 (2011.01)
particular- mente idealizado para utilização em motores de combustão interna (54) DISPOSITIVO MÓVEL ELEVADO PARA COLHEITA DE FRUTOS E
ou com- pressores, compreendendo pelo menos uma base (2) metálica à qual é LEGUMES
apli cado, pelo processo de deposição física de vapor (PVD), um revestimento (57) DISPOSITIVO MÓVEL ELEVADO PARA COLHEITA DE FRUTOS E
(3) de nitreto de cromo que compreende uma periodicidade (P), formada por LEGUMES notadamente de um dispositivo (1) apoiado em rodízios (1) que por
pelo menos duas camadas (5,5') adjacentes, cada camada (5,5') exibindo uma meio de corrente (2) ou outro meio de transmissão recebe força motriz de uma
fase preponderante de nitreto de cromo diferente da camada adjacente. alavanca (3), que acessa o dispositivo (D) por meio de uma escada (4)
(71) Mahle Metal Leve S/A (BR/SP) pivotante (P), facilitando sobremaneira a colheita de frutas e legumes que
(72) Juliano Avelar Araujo crescem em pés de determinada altura.
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira (71) Orivaldo Paterno Junior (BR/SP)
(72) Orivaldo Paterno Junior
(74) Vilage Marcas & Patentes S/C Ltda

(21) PI 0902340-2 A2 (22) 02/07/2009 3.1


(51) B65H 54/22 (2011.01)
(54) DISPOSITIVO ALIMENTADOR DE TUBETES
(57) DISPOSITIVO ALIMENTADOR DE TUBETES; A presente invenção refere-
se a um dispositivo aumentador de tubetes dotado de um carro principal (B); de
uma comporta articulável (A) a montante do carro principal (B) e afastados o (21) PI 0902353-4 A2 (22) 03/07/2009 3.1
suficiente para acomodar um tubete (J) entre eles: e, de um rolo expulsor (C) do (51) B65F 1/00 (2011.01)
rolo formado (L) para a estação de corte e colagem (N); sendo que o carro (B), (54) ADAPTADOR PARA COLETOR DE COPOS DESCARTÁVEIS
a comporta (A) e o rolo (C) são movidos ao longo da máquina (1) de forma (57) ADAPTADOR PARA COLETOR DE COPOS DESCARTAVEIS; Adaptador
automatizada, transportando um tubete (J) ou rolo formado (L) para as diversas para coletor de copos descartáveis, dito coletor compreendendo uma base de
estações de rebobinamento (K), corte e colagem (N) da borda do papel (R1). suporte (10) apoiada sobre o piso, provida de pelo menos uma cavidade
(71) Bosiolli Indústria de Máquinas e Serviços de Manutenção Ltda (BR/SC) cilíndrica (11, 1 la, 1 lb) na qual se encaixa um adaptador (20, 20') que
(72) Noél de Oliveira, Jonas Boing compatibiliza o diâmetro maior da dita cavidade cilíndrica com o diâmetro menor
(74) Maria Aparecida Pereira Gonçalves de um tubo-guia vertical (17) em cujo interior os ditos copos são
deslizantemente inseridos. O dito adaptador ( 20, 20') compreende pelo menos
um elemento de encaixa substancialmente em forma de disco anelar chato (23,
31) cuja borda externa (24) se adapta sem folgas ao diâmetro interno de dita
cavidade, e um elemento tubular (21), em cujo interior se encaixa
deslizantemente a dita extremidade inferior do dito tubo-guia.
(71) Trilha Indústria e Comércio Ltda. (BR/SP)
(72) Victor Manoel Machado Melo Sequeira.
(74) Momsen, Leonardos & CIA.
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 91

(21) PI 0902363-1 A2 (22) 01/07/2009 3.1


(21) PI 0902358-5 A2 (22) 07/07/2009 3.1 (51) E05D 7/12 (2011.01)
(51) B62M 11/00 (2011.01), F16H 55/00 (2011.01) (54) DOBRADIÇA PARA MONTAGEM EM PORTAS NÃO MACIÇAS OU OCAS
(54) CONJUNTO DE ENGRENAGENS PARA FERRAMENTAS DE (57) DOBRADIÇA PARA MONTAGEM EM PORTAS NÃO MACIÇAS OU
TRANSPORTE OCAS; A presente invenção refere-se a um dispositivo de dobradiça, cuja
(57) CONJUNTO DE ENGRENAGENS PARA FERRAMENTAS DE aplicação é destinada a armários de portas não maciças ou ocas, feitas de
TRANSPORTE; Um conjunto de engrenagens inclui uma engrenagem em anel chapa de espessura relativamente fina, O objetivo da presente invenção é
montada a um corpo e uma lingueta tensionada por uma mola é engatada com aperfeiçoar ainda mais os dispositivos de dobradiça conhecidos, especialmente
dentes de catraca na periferia interna da engrenagem em anel. Uma alavanca no que concerne à redução de custos de fabricação, bem como à re- dução do
de controle é fixa a uma extremidade da lingueta por uma ligação de modo a tempo de montagem, possibilitar uma fixação tão rígida e estável quanto
desengatar a lingueta dos dentes de catraca pelo giro da alavanca de controle. possível à chapa de parede fina da porta e aumentar a vida útil da dobradiça.
Um eixo se estende através do corpo e é fixo a uma engrenagem propulsora. A (71) Hettich do Brasil Ltda. (BR/PR)
engrenagem em anel é ligada a uma roda da ferramenta de transporte. Uma (72) Fernanda Busnardo Macedo
mola helicoidal é ligada entre o eixo e o corpo para fornecer uma força para (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
retornar o corpo. A engrenagem propulsora é movimentada por um dispositivo
de transmissão da ferramenta de transporte e a engrenagem propulsora
movimenta a engrenagem em anel para girar a roda para frente. A roda pode
ser girada para trás por operação da alavanca de controle para desengatar a
lingueta dos dentes de catraca.
(71) Laing Ban International INC. (TW)
(72) Wen-Hung Huang
(74) Isabella Cardozo

(21) PI 0902365-8 A2 (22) 03/07/2009 3.1


(51) F24F 13/30 (2011.01), F28F 1/02 (2011.01)
(54) MÓDULO DE FLUXO DE AR FORÇADO PARA UM TROCADOR DE
CALOR E TROCADOR DE CALOR
(57) MÓDULO DE FLUXO DE AR FORÇADO PARA UM TROCADOR DE
CALOR E TROCADOR DE CALOR; A presente invenção refere-se a um
módulo de fluxo de ar forçado (10) para um trocador de calor (1), que
compreende, em seu interior, uma multiplicidade de canais de fluxo de ar
paralelos (106), o módulo (10) definido ainda por um par de paredes laterais
(21) PI 0902360-7 A2 (22) 07/07/2009 3.1 paralelas (103) e (104) e um par de paredes horizontais paralelas (101) e (102),
(51) B62M 1/12 (2011.01), B62M 1/00 (2011.01) sendo os canais (106) definidos por uma multiplicidade de paredes paralelas
(54) BICICLETA COM DUAS UNIDADES DE ACIONAMENTO (105) às paredes laterais (103) e (104); A invenção também refere-se a um
(57) BICICLETA COM DUAS UNIDADES DE ACIONAMENTO; Uma bicicleta trocador de calor (1) dotado de pelo menos dois conjuntos de tubos de
inclui um quadro tendo uma unidade de guidão conectada de maneira pivotável circulação de fluido refrigerante paralelos (11), onde entre os dois conjuntos de
a uma caixa que é fixada ao tubo de direção do garfo frontal. A unidade de circulação de fluido refrigerante (11) está disposto pelo menos um módulo de
guidão inclui um eixo sobre o qual a unidade de guidão faz um movimento fluxo de ar forçado (10); A presente invenção tem por objetivo prover um
pivotável para frente e para trás, e o eixo é conectado a um braço que é trocador de calor que possibilita uma melhor troca térmica entre os fluidos
operacionalmente conectado a uma unidade de acionamento de roda dianteira refrigerantes e o ar, permite aumentar a resistência mecânica do trocador de
de modo a acionar a roda dianteira da bicicleta. A bicicleta inclui pedais de calor, além de facilitar sua soldagem sobre os tubos refrigerantes e que
modo a girar a roda traseira por meio da unidade de acionamento de roda possibilita uma redução no consumo de energia.
traseira convencional em função de uma corrente cooperada com rodas de (71) Whirlpool S.A. (BR/SP)
engrenagem. A bicicleta inclui duas unidades de acionamento que são (72) Paulo Rossano Hoenisch, Rafael Kercher
operadas pelas pernas e mãos de seus usuários. (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
(71) Laing Ban International INC. (TW)
(72) Wen-Hung Huang
(74) Isabella Cardozo
92 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) PI 0902374-7 A2 (22) 10/07/2009 3.1


(51) A62B 3/00 (2011.01), B60R 22/32 (2011.01)
(54) QUEBRA-VIDRO E SAÍDA DE EMERGÊNCIA COM QUEBRA-VIDRO
(57) QUEBRA-VIDRO E SAIDA DE EMERGÉNCIA COM QUEBRA-VIDRO; A
presente invenção proporciona um dispositivo quebra-vidro e uma saída de
emergência com quebra-vidro. Dentre outras vantagens da invenção, o
dispositivo quebra-vidro proporciona: uniformidade da força aplicada, garantindo
uma quebra segura da superfície vítrea; acionamento por diversas formas,
incluindo à distância, de forma a evitar que estilhaços causem ferimentos ao
usuário. A saída de emergência da invenção compreende um quebra-vidro
melhorado. Em uma concretização preferencial, a referida saída de emergência
(21) PI 0902366-6 A2 (22) 06/07/2009 3.1 é no teto de veículos de transporte coletivo, funcionando também como teto
(51) E21B 43/16 (2011.01) solar. Ainda mais preferencial é a concretização na qual o acionamento do
(54) POÇO LATERAL RECEPTOR E MÉTODO PARA SUA IMPLANTAÇÃO quebra-vidro no teto solar não provoca a projeção de estilhaços sobre o
(57) POÇO LATERAL RECEPTOR E MÉTODO PARA SUA IMPLANTAÇÃO; usuário.
Refere-se a presente invenção a um conceito inovador de poço que representa (71) Marcopolo S.A. (BR/RS)
uma nova alternativa disponibilizada aos técnicos para efeitos de análise de (72) Edson Dalle Molle Mainieri
viabilidade econômica de uma jazida; A nova configuração construtiva proposta (74) Atem e Remer Asses. Consult. Prop. Int. Ltda
para poços de petróleo baseia-se em aproveitar as instalações já providas com
poços (de completação seca ou molhada), e por meio da conectividade
mecânica e hidráulica explorar um campo vizinho distante. A metodologia de
implementação utiliza-se das ferramentas e técnicas de perfuração já
conhecidas, porém sua aplicabilidade torna-se vantajosa, pois assegura a
produção de jazidas ou poços considerados inviáveis, utilizando recursos já
disponíveis e em operação.
(71) Petroleo Brasileiro S.A. - Petrobras (BR/RJ)
(72) Carlos Alberto Teles Borges, Elias Saad Saade, Mateus Albernaz Lemos

(21) PI 0902376-3 A2 (22) 09/07/2009 3.1


(51) B67D 7/78 (2011.01), B67C 9/00 (2011.01)
(21) PI 0902370-4 A2 (22) 09/07/2009 3.1 (54) APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM DISPENSADOR DE LÍQUIDOS
(51) C08L 9/02 (2011.01), C08L 9/06 (2011.01), C08L 23/06 (2011.01), C08L (57) APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM DISPENSADOR DE
23/12 (2011.01), C08L 97/00 (2011.01), C08L 97/02 (2011.01) LÍQUIDOS; Aperfeiçoamento introduzido em dispensador de líquidos
(54) USO DE PLASTIFICANTES DE FONTES RENOVÁVEIS EM compreendendo um nicho para acomodação de um recipiente a ser preenchido
COMPOSIÇÕES DE ELASTOMÉRICOS TERMOPLÁSTICOS com líquido, dito nicho, que está associado ao painel externo (12) de um
VULCANIZADOS DINAMICAMENTE gabinete, sendo iluminado a partir de sua parede posterior (21, 56), parte do
(57) USO DE PLASTIFICANTES DE FONTES RENOVÁVEIS EM fluxo luminoso incidindo numa janela dotada de uma lâmina de material
COMPOSIÇÕESDE ELASTOMÉRICOS TERMOPLASTICOS VULCANIZADOS translúcido (29) situada nos meios de fechamento (21, 51) do referido nicho,
DINAMICAMENTE; É descrita uma composição de elastômero termoplástico dita janela estando substancialmente alinhada com os meios de iluminação (36,
vulcanizado dinamicamente, designada por TPVerde, que compreende um 37, 54) providos na dita parede posterior.
polimero de borracha e termoplástico, com proporção entre 2 e 70 partes, de (71) Electrolux do Brasil S.A (BR/PR)
preferência entre 5 e 30 partes em peso por 100 partes em peso de polímero de (72) Mario Gnypek Filho, Jacques E. Miranda, Rodrigo Telles Wolff, Lizandro
borracha, de um plastificante óleo de origem vegetal epoxidado e de um Chrestenzen, Luis Fernando Zeni Filho, Adriano Davin
plastificante do óleo da casca da castanha do caju. Após o processamento dos (74) Momsen, Leonardos & CIA.
TPVs não foi observado variação significativa entre os resultados encontrado
entre os TPVerdes e o TPV com óleo sintético, O TPVerde com óleo da casca
da castanha do caiu aumentou a resistência nas propriedades de tração após o
reprocessamento.
(71) Alex da Silva Sirqueira (BR/RJ)
(72) Alex da Silva Sirqueira, Bluma Guenther Soares, Paulo Roberto dos Santos
Leite Junior
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 93

(51) F16C 9/00 (2011.01)


(54) SEGMENTO E BRONZINA DE MANCAL PARA MOTORES DE
COMBUSTÃO INTERNA DE VEÍCULOS
(57) SEGMENTO E BRONZINA DE MANCAL PARA MOTORES DE
COMBUSTÃO INTERNA DE VEICULOS; A presente invenção refere-se a um
segmento de bronzina de mancal (100) para motores de combustão interna,
composto por um corpo (C) definindo uma superfície interna (1) que recebe um
revestimento e faz contato com uma camada de filme de óleo lubrificante e uma
superfície externa (2), oposta, associável a um mancal, a superfície interna (1)
sendo dotada de pelo menos uma primeira área (10) substancialmente livre da
carga de compressão advinda da movimentação do pistão pela explosão de
mistura ar-combustível e uma segunda área (20) que recebe carga de
compressão advinda da movimentação do pistão pela explosão de mistura ar-
combustível, a primeira área (10) possuindo pelo menos uma porção superficial
(3) para captura de partículas estranhas presentes na camada de filme de óleo
lubrificante, a porção superficial (3) compreendendo uma pluralidade de
cavidades (4) posicionadas de modo a possibilitar que pelo menos umapartícula
estranha seja capturada e retida por pelo menos uma das cavidades (4)
enquanto se movimenta na direção do fluxo de óleo lubrificante, antes de atingir
a segunda área (20).
(71) Mahle Metal Leve S.A. (BR/SP)
(72) Denys Flores
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira

(21) PI 0902382-8 A2 (22) 17/07/2009 3.1


(51) A47B 87/00 (2011.01), A63H 33/08 (2011.01)
(54) ELEMENTOS MODULARES
(57) A presente invenção pertence ao campo dos elementos modulares.
Especificamente, os elementos modulares da presente invenção são elementos
planos, utilizados na confecção de móveis ou brinquedos.
(71) Universidade Federal do Rio de Janeiro (BR/RJ)
(72) Pedro Speranza Filho, Victor Ataíde da Silva

(21) PI 0902388-7 A2 (22) 16/07/2009 3.1


(51) F16B 23/00 (2011.01)
(54) CHAVE E PARAFUSO LACRE
(57) CHAVE E PARAFUSO LACRE; A presente patente de invenção consiste
de um parafuso com um corpo roscado (1) interligado a cabeça fixa (2) por um
pescoço inferior (3), que é envolvido por um espaçador (4). A cabeça fixa (2)
possui duas cavidades helicoidais (7) na parte superior. Um prolongamento do
corpo (8) acima da cabeça fixa (2) tem uma reentrância (6) por onde a cabeça
(21) PI 0902384-4 A2 (22) 15/07/2009 3.1 girante (9) se acopla ao prolongamento do corpo do parafuso (8). Este por sua
(51) A01K 1/02 (2011.01), A01K 1/10 (2011.01) vez é interligado á cabeça principal (10) por um pescoço superior (11).
(54) GAIOLA TRANSPARENTE PARA HAMSTERS Aplicando-se um torque na cabeça principal (10) em sentido horário, o pescoço
(57) GAIOLA TRANSPARENTE PARA HAMSTERS; Novo tipo de gaiola para superior (11) se rompe, e o parafuso somente poderá ser retirado com uma
hamsters, confeccionada em material transparente, podendo ter 1 (hum) ou chave que possui dois pequenos dentes (18) que se encaixam às cavidades
2(dois) pavimentos, com sistema de iluminação com lâmpadas fluorescentes de helicoidais (7) da cabeça fixa (2). Quando a chave é acoplada e girada no
luz negra próprio e um comedouro com exclusivo sistema dosador de ração, sentido horário, o pescoço inferior (3) é rompido e o corpo do parafuso (1) pode
gaiola essa que se notabiliza pela praticidade, fácil manutenção além de ser um ser retirado. O parafuso extraviado é então descartado, e para se lacrar o
elemento decorativo. sistema novamente é necessário um novo parafuso de mesmo número de série,
(71) Icaro dos Santos Lima (BR/RJ) que é de posse exclusiva das pessoas que tem autorização de acesso ao
(72) Icaro dos Santos Lima sistema.
(71) Kerm 2006 Comércio de Parafusos de Segurança Ltda ME (BR/RJ)
(72) Andre Luiz da Costa
(74) Hugo Leonardo Pereira Leitão

(21) PI 0902385-2 A2 (22) 15/07/2009 3.1


94 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) PI 0902394-1 A2 (22) 17/07/2009 3.1


(51) B65D 23/08 (2011.01)
(54) LACRE PROTETOR APLICADO EM LATA PARA BEBIDAS E PROCESSO
DE APLICAÇÃO DE LACRE PROTETOR EM LATA DE BEBIDAS APÓS O
ENVASAMENTO DA BEBIDA
(57) LACRE PROTETOR APLICADO EM LATA PARA BEBIDAS E PROCESSO
DE APLICAÇÃO DE LACRE PROTETOR EM LATA DE BEBIDAS APÓS O
ENVASAMENTO DA BEBIDA. A presente invenção refere-se a um lacre
protetor (1), especial- mente aplicado em lata para bebidas, sendo o mesmo
capaz de prover uma vedação eficiente a possíveis contaminações que venham
a entrar em contato com a porção superior externa da lata, por meio da sua
configuraçãogeométrica, além de oferecer resistência elevada à penetração de
substâncias, e/ou contaminantes, na dita superfície, em função da cooperação
de forças de compressão existentes nas superfícies do presente protetor.
(71) CBE - Companhia Brasileira de Embalagens S/A (BR/SP)
(72) Jacques Pontes
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira

(21) PI 0902389-5 A2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) C08J 3/02 (2011.01), C08J 3/05 (2011.01), C08L 33/12 (2011.01), C08L
1/08 (2011.01)
(54) PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO INJETÁVEL COM
PRINCÍPIO ATIVO A BASE DE ESFERAS DE POLIMETILMETACRILATO
(PMMA) E COMPOSIÇÃO INJETÁVEL COM PMMA
(57) Processo de fabricação de uma solução injetável com principio ativo a base
de esferas de polimetilmetacrilato (PNMA) e composição injetável com PMMA.
A presente invenção refere-se a um processo de fabricação de uma solução
injetável com princípio ativo a base de esferas de polimetilmetacrilato (PMMA) e
composiçãoinjetável com PMMA a 30%, 10% e 2%, compreendendo as etapas
de: fracionamento das matérias-primas aprovadas para USO; esterilização das (21) PI 0902396-8 A2 (22) 09/07/2009 3.1
matérias-primas fracionadas não estéreis; purificação das esferas de PMMA (51) A47F 3/04 (2011.01)
para homogeneizar os seus tamanhos; transferência das matérias-primas (54) PROCESSO DE MONTAGEM DE VIDRO PARA BALCÃO REFRIGERADO
fracionadas e esterilizadas sob sistema de fluxo laminar para um reatorcom (57) PROCESSO DE MONTAGEM DE VIDRO PARA BALCÃO
sistema de agitação axial de conformação helicoidal;controle e registros de REFRIGERADO, se aplica a todo e qualquer modelo de balcão (1) frigorífico
temperatura, pressão e velocidade de agitação; transferência das matérias- com vidro (2 e 3) frontal duplo, cujo destaque é o vidro interno (2) apresentar
primas em proporções adequadas para a constáncia da viscosidade de uma uma menor dimensão que o vidro externo (3) que gera uma espera (4)
mistura coloidal resultante; manutenção da mistura resultante sob agitação apropriada a receber o fechamento (5) lateral de topo (T) facilitando
constante por 02-06 (duas a seis) horas; repouso e estabilização pelo tempo de sobremaneira a montagem do balcão (1), assim como a resistência e segurança
10 (dez) horas adicionais; transferência para a mistura coloidal, sob agitação do mesmo.
constante, das seguintes matérias-primas remanescentes: esferas de (71) N S F Indústria e Com de Equipamentos P/ Inst Com Ltda (BR/SP)
polimetilmetacrilato e solução de gluconato de cálcio, e manutenção da mistura (72) Diniz Amilcar Matias Fernandes
sob agitação constante para homogeneização pelo período de 1-2 (uma aduas) (74) Vilage Marcas & Patentes S/S Ltda.
horas.
(71) José Alfredo Damásio (BR/RJ)
(72) José Alfredo Damásio, André Santos de Almeida
(74) Murta Goyanes Advogados

(21) PI 0902391-7 A2 (22) 15/07/2009 3.1


(51) F16K 17/10 (2011.01)
(54) SISTEMA DE DESCARGA BASEADO EM DIÓXIDO DE CARBONO (CO2)
LÍQUIDO
(57) SISTEMA DE DESCARGA BASEADO EM DIÕXIDO DE CARBONO (C02)
LIQUIDO A inovação ora proposta descreve um sistema de descarga baseado
em C02 Líquido - DBCL, a ser utilizado no combate a extinção de células 4e
incêndio em ambientes abertos ou fechados.
(71) Cdiox Safety Comercio Ltda. (BR/RJ)
(72) Moacyr Duarte de Souza Junior
(74) Jouber Gonçalves de Castro

(21) PI 0902398-4 A2 (22) 14/07/2009 3.1


(51) B65H 54/22 (2011.01)
(54) ESTRUTURA DE ROLETE PARA MÁQUINA DE ENROLAMENTO DE
TECIDO
(57) ESTRUTURA DE ROLETE PARA MAQUINA DE ENROLAMENTO DE
TECIDO.Trata-se de um rolete montado em uma máquina de enrolamento de
tecido para enrolar tecido que visa a solucionar as deficiências dos roletes
convencionais, os quais tendem a provocar desalinhamento do tecido durante o
enrolamento do tecido e são difíceis de remover devido ao tamanho da
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 95

estrutura. O rolete da invenção tem um diâmetro externo que aumenta espuma Poliolefínica, obtida através de processo convencional de modelagem,
gradualmente em direção às duas extremidades, e inclui um primeiro semi- promovendo um produto único extremamente resistente que será revestido
rolete e um segundo semi-rolete que possuem, respectivamente, uma primeira após modelagem total da peça, permitindo uma considerável redução de custos
parte de posicionamento e uma segunda parte de posicionamento em uma com a referida disposição, além de apresentar uma série de melhorias em
extremidade, correspondendo e acopláveis uma à outra. Os diâmetros maiores relação às estruturas em Poliuretano moldado convencionalmente utilizadas em
nas duas extremidades permitem que o tecido seja enrolado no rolete sem estofados e assentos, tratando de uma solução de natureza evolutiva cujo
desalinhamento. O desenho do rolete com duas peças torna cada peça mais resultado prático obtido reporta para a obtenção de uma condição diferenciada
curta, facilitando a remoção de um rolo de tecido enrolado. O rolete assim e otimizada de uso, com aplicação nas mais variadas peças do setor.
formado é capaz de facilitar o enrolamento do tecido e sua remoção. (71) JOSÉ BARBOSA (BR/SP)
(71) Pai Lung Machinery Mill Co., Ltd (TW) (72) JOSÉ BARBOSA
(72) Shih-Chi Chen (74) Somarca Assessoria Empresarial S/C Ltda.
(74) Tavares Propriedade Intelectual Ltda
(21) PI 0902406-9 A2 (22) 07/07/2009 3.1
(51) D21D 5/02 (2011.01)
(54) PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE PAPEL SEMENTE
(57) PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE PAPEL SEMENTE A presente
invenção refere-se a um papel, obtido por um processo, sendo que durante sua
fabricação, recebe diversas sementes, que são introduzidas no seu corpo e
permitem que, depois de utilizado, ele seja plantado.
(71) PAPEL SEMENTE INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA (BR/RJ)
(72) LUIS FELIPE DI MARE SALLES
(74) Cruzeiro Newmarc Patentes e Marcas Ltda.

(21) PI 0902408-5 A2 (22) 07/07/2009 3.1


(51) A63G 7/00 (2011.01)
(54) EQUIPAMENTO DE DIVERSÃO COM ESCOAMENTO DE FLUXO DE AR
(21) PI 0902403-4 A2 (22) 08/07/2009 3.1 E SISTEMA DE REALIDADE AUMENTADA
(51) B01D 21/00 (2011.01) (57) EQUIPAMENTO DE DIVERSAO COM ESCOAMENTO DE FLUXO DE AR
(54) PROCESSO PARA OBTENÇÃO DE DUTOS PARA CONFECÇÃO DE E SISTEMA DE REALIDADE AUMENTADA Um aparelho de diversão para
BLOCOS PARA DECANTAÇÃO DE LÍQUIDOS simulação de skysurf ou snowboard que é composto por um escoamento de
(57) PROCESSO PARA OBTENÇÃO DE DUTOS PARA CONFECÇÃO DE fluxo de arem uma superfície inclinada de deslizamento (1, 2, 3) O escoamento
BLOCOS PARA DECANTAÇÃO DE LIQUIDOS, compreendido por uma placa de fluxo ar percorre toda a extensão da superfície inclinada, inicialmente para
plana de polímeros PSAI ou de PET, PVC, PP e PTRF, que conformada frente horizontalmente e para cima com velocidade e profundidade ajustadas
configura uma placa moldada com diversos ressaltos providos lateralmente de para que o participante possa realizar manobras de subida e descida,
paredes obliquas ascendentes que se findam em uma base plana, formando deslizando sobre esta mesma superfície e interagindo então com o escoamento
semi-sextavados unidos por segmentos planos, formando na secção inferior de fluxo de ar através de forças aerodinâmicas de sustentação (S) e resistência
cavidades, sendo que sob a placa moldada é posicionada de forma inversa uma (R) aplicadas sobre a prancha de deslizamento (4) que está presa aos seus
outra placa moldada fixada através de cola formando células dotada de pés. O equipamento é combinado com um sistema de projeção 3D sobre a dita
diversos dutos sextavados, que são sobrepostas de forma espaçadas superfície inclinada de deslizamento, com cenas que dão um efeito simulado do
longitudinalmente, formando um degrau configurando blocos de decantação participante estar em queda livre como as vistas por um praticante de skysurf
com dutos sextavados, sendo ditos blocos de decantação dotados em suas ou descendo uma pista de snowboard. O sistema de realidade aumentada
laterais de chapa guia, e dotados de ângulo de inclinação entre 500 e 650, em permite ao participante olhar para superfície inclinada onde efetua manobras de
relação ao solo, e são inseridos em reservatórios, sendo que dita chapa guia deslizamento e ter a sensação de estar em queda livre constante em direção ao
permitem a sobreposição de blocos de forma aliada, as ditas células são solo, ou em uma descida numa pista de snowboard.
passiveis de serem confeccionadas com perfis transversais quadrado, (71) DANIEL SEPULVEDA SOUZA (BR/SP)
retangular ou outra figura geométrica qualquer. (72) DANIEL SEPULVEDA SOUZA
(71) JOSE ROBERTO JUSTO (BR/SP) (74) Sul América Marcas e Patentes S/C Ltda.
(72) JOSE ROBERTO JUSTO
(74) Interação Marcas e Patentes S/C Ltda.

(21) PI 0902409-3 A2 (22) 07/07/2009 3.1


(51) A41B 9/00 (2011.01), A61F 13/82 (2011.01)
(54) CONJUNTO DE DISPOSITIVOS DESCARTÁVEIS PARA A OBTENÇÃO
(21) PI 0902404-2 A2 (22) 07/07/2009 3.1 DE FOTOGRAFIAS DE SERES HUMANOS
(51) A47C 17/00 (2011.01) (57) CONJUNTO DE DISPOSITIVOS DESCARTAVEIS PARA A OBTENÇÃO
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA DE FOTOGRAFIAS DE SERES HUMANOS. Patente de Privilégio de Invenção
INTERNA PARA ESTOFADOS E SIMILARES para dispositivos descartáveis mamário e pubiano com formatos triangulares e
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA fixados à peleda paciente através de fitas auto-adesivas com o objetivo de
INTERNA PARA ESTOFADOS E SIMILARES Tem por objetivo uma inédita e ocluir aréolas e papilas mamárias e também a região pubiana compreendida
inovadora estrutura interna para sofás, desenvolvida para proporcionar uma por pêlos pubianos e a região da vulva durante o exame fisico corporal e
solução simples e economicamente eficiente em termos de fabricação e durante o ato da fotografia. De muito fácil utilização, permite ampla exposição
funcionalidade de diversos produtos, sendo constituído por uma peça inteira em corporal sem expor as partes intimas das pacientes oferecendo conforto e
96 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

privacidade às mesmas além de padronização de fotografias de pré e pós- transpassa a haste vertical através de orifícios pré-demarcados posicionados ao
operatório. longo da mesma onde se encaixarão os suportes (6) para copo/lata (7), garrafa
(71) LUIZ ALEXANDRE LORICO TISSIANI (BR/SP) (8), cinzeiro (9) e lixo (10) possibilitando ainda a alocação de um suporte para
(72) LUIZ ALEXANDRE LORICO TISSIANI prato (11) na parte superior da haste vertical resolvendo de forma conveniente
os problemas acima citados, sendo que o conjunto poderá ser fixado no chão
por sucção, com a ponteira ou por um suporte (12) de madeira, ferro, alumínio
no formato que melhor servir para sustentar a haste na posição vertical. Poderá
ter ainda um acoplador múltiplo unindo várias hastes pela parte superior com
suporte para prato.
(71) Paulo Sérgio França (BR/SP)
(72) Paulo Sérgio França

(21) PI 0902410-7 A2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) A61K 38/39 (2011.01), A61K 6/00 (2011.01), A61L 31/16 (2011.01)
(54) PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE MEMBRANA COLAGÊNICA
BIOCOMPATÍVEL PARA APLICAÇÃO MÉDICO-ODONTOLÓGICA E
PRODUTO OBTIDO
(57) PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE MEMBRANA COLAGÊNICA
BIOCOMPATÍVEL PARA APLICAÇÃO MÉDICO-ODONTOLÓGICA E
PRODUTO OBTIDO A presente patente de invenção refere-se a um processo (21) PI 0902413-1 A2 (22) 01/07/2009 3.1
de obtenção de uma membrana colagênica, para aplicação na área médico- (51) H02N 11/00 (2011.01)
odontológica. Essa membrana obtida a partir de um processamento industrial, (54) EQUIPAMENTO REDUTOR DE CONSUMO DE ENERGIA E USOS DO
que envolve etapas de tratamento químico e térmico, permite a preservação EQUIPAMENTO
das fibras colagênicas, dispostas de forma a propiciar resistência à tração das (57) EQUIPAMENTO REDUTOR DE CONSUMO DE ENERGIA E USOS DO
mesmas e remover células e gorduras do tecido de origem. EQUIPAMENTO A presente invenção refere-se a um equipamento redutor de
(71) Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (BR/SP) , SIN Sistema de consumo de energia, que é um dispositivo que objetiva multiplicar a relação de
Implante Nacional Ltda. (BR/SP) eficiência energética de aparelhos em geral, como energia elétrica para uso
(72) Benedicto de Campos Vidal, Ariel Lenharo residencial, industrial, comercial, entre outros.
(74) Fernanda Lavras Costallat Silvado (71) Robson Arivabene de Oliveira (BR/SP)
(72) Robson Arivabene de Oliveira
(74) Fernando Perandin Evangelista

(21) PI 0902414-0 A2 (22) 01/07/2009 3.1


(51) G07C 9/02 (2011.01), B60N 5/00 (2011.01)
(21) PI 0902412-3 A2 (22) 01/07/2009 3.1 (54) RELÓGIO CONTADOR DIGITAL PARA CATRACAS
(51) A45F 3/44 (2011.01) (57) RELÓGIO CONTADOR DIGITAL PARA CATRACAS O relógio contador
(54) SUPORTE MÚLTIPLO PARA PRAIA, CAMPO OU PESCARIA eletrônico (1) para catracas é alimentado por bateria e possui display (4) LCD
(57) SUPORTE MULTIPLO PARA PRAIA, CAMPO OU PESCARIA. Patente de tamanho Big Number, memória interna para armazenamento das
invenção para um Suporte Múltiplo para Praia, Campo ou Pescaria contagens/registros; e dispõe de interface eletrônica, que permite a extração
compreendido poruma haste vertical (1) de madeira, alumínio, ferro, plástico ou das informações por meio de um coletor de dados. O relógio contador (1)
qualquer outro material que se possa dar a forma desejada, de formato tubular possui uma lógica de controle de ciclo/giro, que garante que as informações
ou maciça, quadrado, redondo, triangular ou qualquer outra forma que facilite fornecidas por sensores (3), osquais são estimulados pelo acionador (2)
sua utilização, que se possa alocar de forma vertical no solo sendo que quando disposto no eixo/tubo central do equipamento, produzirão apenas um registro
na praia será fixado semelhante a um guarda sol e em solo mais rígido com um de passagem por usuário, e possibilita o registro de controle independente nos
dispositivo de encaixe (2) com três ou mais pontavoltadas para baixo para se dois sentidos de giro da catraca/roleta.
introduzir no solo podendo ainda possuir um estabilizador inferior (3) para dar (71) Wolpac Sistemas de Controle Ltda (BR/SP)
maior sustentabilidade ao conjunto ou um estabilizador medial (4) quando (72) Luiz Fernando Wolf
utilizado com duas ou mais hastes, provido de sustentadores (5) do tipo (74) Cruzeiro Newmarc Patentes e Marcas Ltda.
abraçadeiras com parafuso comum, do tipo borboleta, em forma de um ou dois
ganchos invertidos, em curva ou em ângulo reto, alocados na própria haste
principal através desolda, rebite, parafuso, pré fabricados na própria haste
principal ou presos por um pino de qualquer material acima citado que
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 97

(51) D02G 3/00 (2011.01)


(54) PROCESSO E DISPOSITIVO PARA O TRATAMENTO DE UMA SEÇÃO
DE FIO DE ORDUME
(57) PROCESSO E DISPOSITIVO PARA O TRATAMENTO DE UMA SEÇÃO
DE FIO DE ORDUME. É indicado um processo e dispositivo para o tratamento
de uma meada de fio de ardume, no qual uma variedade de fios de ardume é
removida de uma estante de fios sendo reunida para a forma de uma meada de
fio (15) sendo sujeito esta meada de fio (15) com um meio de tratamento.Deve
ser possível produzir a custo vantajoso uma meada de fio de ordume deste tipo.
Para tanto, está previsto que os fios de ordume, depois de removidos da
estante de fios, são enrolados em um rolo de urdideira (3), sendo desenrolados
antes da sujeição a partir do rolo de urdideira (3) e reunindo a meada entre o
desenrolamento do rolo de urdideira (3) e a sujeição, com- pondo a meada de
fio (15).
(71) Karl Mayer Textilmaschinenfabrik Gmbh (DE)
(72) Hans Gerhard Wroblowski, Markus Kube, Kevin S. Ahlstrom
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira

(21) PI 0902415-8 A2 (22) 07/07/2009 3.1


(51) B68G 1/00 (2011.01)
(54) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
INTERNA EM CAMADAS PARA ESTOFADOS E SIMILARES
(57) DISPOSIÇÃO CONSTRUTIVA INTRODUZIDA EM ESTRUTURA
INTERNA EM CAMADAS PARA ESTOFADOS E SIMILARES Tem por objetivo
uma inédita e inovadora estrutura interna para sofás, desenvolvida para
proporcionar uma solução simples e economicamente eficiente em termos de
fabricação e funcionalidade de diversos produtos, sendo constituída por uma
peça em duas camadas, compostas em espuma de Poliuretano e espuma
Poliolefínica, sendo o produto alcançado através processo convencional de
moldagem e polimerização da espuma Poliolefínica, obtendo-se peças únicas
extremamente resistentes, que serão revestidas após modelagem total da peça, (21) PI 0904214-8 A2 (22) 27/10/2009 3.1
permitindo uma considerável redução de custos com a referida disposição, além (30) 29/10/2008 DE 10 2008 053 763.2; 29/05/2009 DE 10 2009 023 265.6
de apresentar uma série de melhorias em relação às estruturas em Poliuretano (51) D02G 3/00 (2011.01)
moldado convencionalmente utilizadas em estofados e assentos, tratando de (54) DISPOSITIVO E PROCESSO PARA TRATAMENTO DE UM GRUPO DE
uma solução de natureza evolutiva cujo resultado prático obtido reporta para a FIOS DE URDUME
obtenção de uma condição diferenciada e otimizada de uso, com aplicação nas (57) DISPOSITIVO E PROCESSO PARA TRATAMENTO DE UM GRUPO DE
mais variadas peças do setor. FIOS DE URDUME A presente invenção refere-se a um processo e a um
(71) JOSÉ BARBOSA (BR/SP) dispositivo (1) pra tratamento de um grupo de fios de urdume (6), com uma
(72) JOSÉ BARBOSA armação de desenrolar (2), na qual está disposto pelo menos um árgão de teia
(74) Somarca Assessoria Empresarial S/C Ltda. (3), um dispositivo de tratamento (4, 8, 9), disposto atrás da armação de
desenrolar (2), e um dispositivo de recepção de fios de urdume (10,11). O
(21) PI 0903330-0 A2 (22) 02/09/2009 3.1 objeto é poder produzir grupos de fios de urdume a custos favoráveis. Para
(30) 04/09/2008 US 61/094.153 esse fim, está previsto que a armação de desenrolar (2) apresente uma primeira
(51) B32B 1/08 (2011.01), B63B 27/30 (2011.01) saída (22), na qual os fios desenrolados do árgão de teia (3) estão dispostos
(54) MANGUEIRA FLUTUANTE RESISTENTE A COMPRESSÃO PARA um ao lado do outro, transversalmente à sua direção longitudinal, e uma
APLICAÇÕES DE ENROLAMENTO segunda saída (2), na qual estão presentes os fios de- senrolados do órgão de
(57) MANGUEIRA FLUTUANTE RESISTENTE A COMPRESSAO PARA teia (3), na forma de um cordão de fios (15).
APLICAÇÕES DE ENROLAMENTO Uma mangueira flutuante é normalmente (71) Karl Mayer Textilmaschinenfabrik Gmbh (DE)
constituída por uma carcaça que é coberta com uma camada de espuma para (72) Hans Gerhard Wroblowski, Markus Kube, Kevin S. Ahlstrom
se obter flutuação. A espuma pode ser deformada e comprimida ao ser (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira
repetidamente enrolada em um tambor em condições de forças axiais elevadas
(forças de enrolamento mais peso da mangueira). A propensão para que a
camada de espuma se torne comprimida é agravada em condições típicas, nas
quais a mangueira é armazenada em um carretel durante períodos prolongados
e está mais no carretel do que na água. Seja como for, os danos por
compressão fazem com que a mangueira perca flutuação, o que pode resultar
no final das contas no afundamento da mangueira em condições de uso normal.
Seria desejável, por conseguinte, desenvolver uma mangueira flutuante que
reduzisse ao mínino o dano permanente causado pela compressão da camada
de espuma até níveis elevados repetidamente. A mangueira flutuante desta
invenção é resistente a danos que podem ser causados por forças axiais, tais
como as encontradas quando ele é enrolado em um carretel. Mais
especificamente, a mangueira flutuante desta invenção não é tão suscetível a
serem danificadas por compressão quantas mangueiras flutuantes conven-
cionais. Isto em virtude de as mangueiras flutuantes desta invenção incluírem
golas anticompressão que protegem o meio de flutuação nelas de danos que
podem ocorrer durante a utilização de rotina. Isto prolonga a vida útil de serviço
das mangueiras flutuantes desta invenção e reduz a sua propensão a perder (21) PI 0904218-0 A2 (22) 19/06/2009 3.1
flutuação ao longo do tempo. A presente invençãorevela mais especificamente (30) 20/06/2008 US 61/132691
uma mangueira flutuante que compreende: uma carcaça que tem um lado (51) A47K 5/06 (2011.01), A47K 5/00 (2011.01), B05B 11/00 (2011.01)
interno e um lado externo; uma série de golas anti-compressão afastadas entre (54) BOMBA DE ESPUMA DE DOIS CURSOS
si em volta da carcaça; um meio de flutuação que circunda a carcaça e as golas (57) BOMBA DE ESPUMA DE DOIS CURSOS Uma bomba de espuma de dois
anti- compressão, e uma tampa externa, em que a tampa externa cobre o meio cursos inclui um alojamento de pistão e um conjunto de pistão retido na mesma,
de flutuação e as golas anti-compressão. a interação do alojamento de pistão e do conjunto de pistão definindo uma
(71) Veyance Technologies, Inc. (US) câmara de mistura compressível. O movimento do conjunto de pistão dentro do
(72) Ronald M. Chevalier, Mauricio Bolonhezi, Waldir Pereira de Lucena alojamento de pistão em uma direção aumenta o volume da câmara de mistura
(74) Nellie Anne Daniel-Shores compressível para puxar líquido e ar para dentro da mesma e o movimento do
conjunto de pistão dentro do alojamento de pistão em uma direção oposta a
mesma diminui o volume da câmara de mistura compressível para expelir
líquido e ar da câmara de mistura compressível como um produto de espuma.
(71) Gojo Industries, INC. (US)
(72) Eugene W. Ray
(74) Momsen, Leonardos & Cia.

(21) PI 0904213-0 A2 (22) 27/10/2009 3.1


(30) 29/10/2008 DE 10 2008 053 764.0
98 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos RPI 2096 de 09/03/2011

(21) PI 1000401-7 A2 (22) 12/02/2010 3.2


(51) H02K 5/10 (2011.01)
(54) MÉTODO E DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO DO INTERIOR DE MOTORES
ELÉTRICOS CONTRA AGENTES AGRESSIVOS EXTERNOS E MOTOR
3.2 ELÉTRICO COM PROTEÇÃO APERFEIÇOADA CONTRA AGENTES
PUBLICAÇÃO ANTECIPADA AGRESSIVOS EXTERNOS
(57) METODO E DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO DO INTERIOR DE MOTORES
(21) MU 8902940-2 U2 (22) 21/12/2009 3.2 ELÉTRICOS CONTRA AGENTES AGRESSIVOS EXTERNOS E MOTOR
(51) A43B 3/12 (2011.01), A43B 7/00 (2011.01) ELÉTRICO COM PROTEÇÃO APERFEIÇOADA CONTRA AGENTES
(54) DISPOSIÇÃO EM CALÇADO INJETADO COM PALMILHA REMOVÍVEL AGRESSIVOS EXTERNOS; O presente resumo refere-se a uma patente de
(57) DISPOSIÇÃO EM CALÇADO INJETADO COM PALMILHA REMOVÍVEL invenção para método e dispositivo de proteção do interior de motores elétricos
;O modelo de utilidade refere-se a uma disposiçáo introduzida em calçado contra agentes agressivos externos e motor elétrico com proteção contra
injetado que é dotado de uma palmilha removível que apresenta propriedades agentes agressivos externo aperfeiçoada, pertencente ao campo dos
mecânicas e características físicas diferentes do material do corpo do calçado; equipamentos elétricos, que foram desenvolvidos para proteger o interior do
O calçado compreende um corpo monobloco (1) injetado em material de maior motor contra agentes agressivos do ambiente; dito método compreendido pelas
densidade e com elevada resistência ao desgaste. O solado do calçado etapas de: 1)- Prover camada(s) de proteção estanque(s) sobre a(s) coroa(s)
apresenta uma vira alta (2) que define um compartimento onde é apoiada uma (105) da bobina do estatator (103) obtidas de resina tipo borracha,
palmilha removível (3). A palmilha (3) é moldada separadamente em material de emborrachamento da(s) coroa(s) (105); 2) - Prover camada de proteção
menor densidade, transmitindo a sensação de conforto ao usuário. estanque, dentro da caixa de terminais (112) da carcaça (100) do motor; e 3)-
(71) Mould Indústria de Matrizes Ltda (BR/RS) Cura das camadas de emborrachamento de proteção.
(72) Cleber Joaldo Romani (71) WESTFALIA SERVICE CENTER LTDA (BR/SP)
(74) Custódio de Almeida & Cia (72) Gunnar Johansen, Wulf Johansen
(74) SPI Marcas & Patentes S/C LTDA

(21) MU 9000485-0 U2 (22) 19/03/2010 3.2


(51) C02F 9/04 (2011.01), C02F 9/08 (2011.01)
(54) SISTEMA DE USO DE ÁGUA PLUVIAL
(57) SISTEMA DE USO DE ÁGUA PLUVIAL; O presente resumo refere-se a
uma patente de modelo de utilidade para sistema de reuso de água pluvial,
pertencente ao campo dos equipamentos de tratamento de água,
compreendido: por tanque de captação (1); por conjunto de bombeamento (10)
formado por duas bombas (11) e (12) de funcionamento alternativo e por
cavalete de registros (13) a jusante do tanque (1) e arranjados para propiciar: a
operação normal do sistema e outras operações, como: alimentação e
substituição de areia; escorva; retrolavagem, abastecimento das pastilhas de (21) PI 1000600-1 A2 (22) 04/03/2010 3.2
cloro e regulagem do dispositivo de desinfecção; por conjunto de tratamento (51) G02B 27/10 (2011.01), G02B 5/00 (2011.01), G09G 5/00 (2011.01)
(20) composto por filtro de areia (21) e por dispositivo de desinfecção, clorador, (54) DISPOSITIVO ÓTICO PARA OCULTAR BORDAS DE MONITORES
(30), conectados a jusante do tanque (1); por tanque de água tratada (40), ISOLADOS E DE ARRANJOS DE MONITORES
conectado a jusante do conjunto de tratamento; e por sistema de controle e (57) DISPOSITIVO ÓTICO PARA OCULTAR BORDAS DE MONITORES
acionamen- to eletro-eletrônico com recursos de automação e operação ISOLADOS E DE ARRANJOS DE MONITORES; Patente de Invenção de
manual, centra- lizado em um painel (50), arranjados para chegar ao local de dispositivo ótico que executa o redirecionamento de raios de luz laterais às
instalação na forma de uma unidade compacta pré-definida e construída, pronta bordas de monitores, simples ou conjugados, orientando-os na direção do
para montagem no local. observador que os vê emanarem das bordas em qualquer direção, induzindo a
(71) Tecma Tecnologia em Meio Ambiente LTDA. (BR/RJ) , Zeppini Industrial e sensação de monitores livres de bordas. Possíveis melhorias adicionais através
Comercial S/A. (BR/SP) do incremento de brilho e de resolução ao longo das bordas dos monitores.
(72) Carlos Alberto Zeppini, Luiz Carlos Oliveira da Cunha (71) Klaus Christoph Liesenberg (BR/SC)
(74) José Edis Rodrigues (72) Klaus Christoph Liesenberg
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Notificação - Fase Nacional - PCT e Publicação de Pedidos 99

(74) Cruzeiro Newmarc Patentes e Marcas Ltda.

(21) PI 1001140-4 A2 (22) 13/04/2010 3.2


(51) G01F 23/18 (2011.01), B60K 15/00 (2011.01)
(54) CONJUNTO DE BORNES DO TIPO FASE, NEUTRO E TERRA PARA
INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
(57) CONJUNTO DE BORNES DO TIPO FASE, NEUTRO E TERRA PARA
INSTALAÇOES ELÉTRICAS, trata, mais particularmente de um conjunto (1) de
três novos bornes (2) , do tipo para fase, neutro e terra de instalações elétricas,
sendo notadamente desenvolvidos para promover a união segura de
condutores elétricos, facilitando sobremaneira a mão-de-obra de instalação e
prevendo plena funcionalidade e rapidez na instalação de redes elétricas, pelo
fato de não haver lado específico para a montagem de referidos bornes (2) e
também pelo fato de que as suas partes metálicas de contato são posicionadas
de modo integralmente isolado, permitindo que a manipulação dos elementos
durante a instalação seja totalmente segura durante a instalação ou
manutenção da rede elétrica.
(71) Steck Indústria Elétrica Ltda. (BR/SP)
(72) GABRIEL GANANIAN
(74) Tinoco Soares & Filho Ltda.
Diretoria de Patentes - DIRPA
Despachos Relativos a Pedidos, Patentes
(incluindo as de MI/DI expedidas na vigência da Lei
5772/71) e Certificados de Adição de Invenção
RPI 2096 de 09/03/2011

contendo ferro através de um ou mais leitos introduzida como parte de um conjunto de tampa.
fluidizados conectados sucessivamente, de forma Uma parte de uma vedação isolante pode ser
1. Pedido Internacional PCT/BR que a mistura seja reduzida e calcinada, para, mantida comprimida entre uma luva que se estende
Designado ou Eleito assim, realizar a conversão em material reduzido; da tampa metálica e uma cavilha do coletor de
formar um leito compactado de carvão, que é a corrente do anodo dentro do conjunto de tampa. O
fonte de calor em que o material reduzido foi invólucro pode incluir um mecanismo de respiro, de
fundido; carregar o material reduzido para o leito preferência um respiro acanalado que pode ser
1.2 compactado de carvão e suprir oxigênio para o leito ativado quando a pressão do gás dentro da célula
compactado de carvão para fabricar ferro fundido; e atingir um valor limite tipicamente de cerca de 1,724
PEDIDO RETIRADO suprir gás reduzido exaurido do leito compactado de x 103 a 5,515 x 103 Pa (250 a 800 psig). A célula
carvão para o leito fluidizado, em que, na etapa de pode ter um respiro suplementar soldado a laser
(21) PI 0519806-2 A2 (22) 16/12/2005 1.2 converter a mistura para o material reduzido, o que pode ser ativado a níveis de pressão mais altos.
(71) Lanxess Deutschland GMBH (DE) oxigênio é fornecido e combustado diretamente (71) The Gillette Company (US)
(74) Bhering Advogados numa área em que o gás reduzido flui para o leito (72) Brien Merrill, Derek Bobowick, Robert S. Ferrin,
(86) PCT EP2005/013596 de 16/12/2005 de fluidizado. O equipamento para produção de ferro David Anglin, Mark Ashbolt, Scott D. Manning,
20/07/2006 fundido na presente invenção usa este método para Anthony Malgioglio, Alexander Shelekhin, Steven J.
Pedido considerado retirado em relação ao Brasil a produção de ferro fundido. Através do uso da Specht, Matthew Sylvestre, Philip Trainer, Robert A.
face à impossibilidade de aceitação na fase nacional presente invenção, o gás reduzido que passa Yoppolo
por não atender o disposto no Art. 216 da LPI. através dos leitos fluidizados pode ser melhorado e (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema
pode ser impedida a coesão dos finos de minérios Moreira
(21) PI 0721440-5 A2 (22) 29/10/2007 1.2 que contêm ferro. (85) 08/12/2006
(71) J. M. Huber Corporation (US) (71) Posco (KR) , Research Institute of Industrial (86) PCT US2005/019924 de 03/06/2005
(74) Tavares Propriedade Intelectual Ltda. Science & Technology (KR) , Voest-Alpine (87) WO 2005/124894 de 29/12/2005
(86) PCT US2007/082796 de 29/10/2007 Industrieanlagenbau GMBH & CO. (AT) Referente a RPI 1963 de 19/08/2008, quanto ao
Pedido retirado face à impossibilidade de aceitação (72) Myoung-Kyun Shin, Jun-Hyuk Lee item (72).
da entrada na fase nacional, por ter sido (74) Hugo Silva, Rosa & Maldonado-Prop Int
intempestiva. O prazo limite para a entrada na fase (85) 10/06/2005 (21) PI 0514092-7 A2 (22) 29/07/2005 1.3.1
nacional expirava em 27/06/2009 (30 meses), e a (86) PCT KR03/02815 de 23/12/2003 (30) 03/08/2004 IT RM2004 A 000393
pretensa entrada na fase nacional só ocorreu em (87) WO 2004/057038 de 08/07/2004 (51) A61K 36/38 (2011.01), A61K 36/58 (2011.01)
14/09/2009. O pedido de Devolução de Prazo Referente a RPI 1817 de 01/11/2005, quanto ao (54) COMPOSIÇÃO COMPREENDENDO
protocolado por meio da petição nº item (71) SUBSTÂNCIAS NATURAIS COM PROPRIEDADES
020090086640/RJ de 14/09/2009 não foi acatado RESTAURADORAS, REPELENTES E BIOCIDA
em virtude das alegações apresentadas não (21) PI 0419273-7 A2 (22) 01/04/2004 1.3.1 PARA O TRATAMENTO E CURA DE FERIDAS
constituírem prova de justa causa, conforme (30) 03/04/2003 US 60/460,126 EXTERNAS
preconiza o Art. 221 da LPI. (51) A61K 31/165 (2011.01), A61K 31/7048 (57) COMPOSIÇÃO INCLUINDO SUBSTÂNCIAS
(2011.01) NATURAIS COM PROPRIEDADES
(21) PI 0721582-7 A2 (22) 02/10/2007 1.2 (54) COMPOSIÇÕES E MÉTODOS PARA TRATAR RESTAURADORAS, REPELENTES E BIOCIDA
(71) Georg-August-Universität Göttingen Stiftung INFECÇÕES MICROBIANAS E PARASÍTICAS EM PARA O TRATAMENTO E CURA DE FERIDAS
Öffentlichen Rechts (Ohne Bereich Humanmedeizin) GADO VACUM E OUTROS ANIMAIS EXTERNAS. A presente invenção refere-se a
(DE) (57) COMPOSIÇÕES E MÉTODOS PARA TRATAR composição de substâncias naturais, para uso
(74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema INFECÇÕES MICROBIANAS E PARASÍTICAS EM veterinário e em seres humanos, compreendendo
Moreira GADO VACUM E OUTROS ANIMAIS A presente óleo de "nim" misturado com extrato de óleo de
(86) PCT EP2007/060485 de 02/10/2007 invenção refere-se a novas formulações Hypericum, com propriedades de restauração,
Pedido retirado face à impossibilidade de aceitação combinando um composto antiparasítico, tal como antibacteriais, antiinflamatórias, analgésicas, etc.,
da entrada na fase nacional, por ter sido uma avermectina, com um antibiótico derivado de combinadas com um efeito repelente contra dípteros
intempestiva. O prazo limite para a entrada na fase tianfenicol ou cloranfenicol fluorado tal como miasigênicos e dípteros não-miasigênicos. Dita
nacional expirava em 02/08/2009 (30 meses), e a Florfenicol, são descritas. Os métodos para usar tais composição pode ser usada para o tratamento e a
pretensa entrada na fase nacional só ocorreu em formulações no tratamento e prevenção de doenças cura de feridas externas de qualquer tipo e
20/10/2009. O pedido de Devolução de Prazo infecciosas de bovinos e suínos, incluindo doença extensão.
protocolado por meio da petição nº respiratória bovina e infecções parasíticas, são (71) Phytoceuticals Ltd. (CH)
020090098676/RJ de 20/10/2009 não foi acatado também descritos. (72) Fiorella Carnevali, Stephen Andrew Van Der
em virtude das alegações apresentadas não (71) Schering-Plough LTD. (CH) Esch
constituírem prova de justa causa, conforme (72) Dale E. Shuster, David G. Sawutz, Kanwal J. (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema
preconiza o Art. 221 da LPI. Varma Moreira
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema (85) 02/02/2007
1.3.1 Moreira (86) PCT IT2005/000454 de 29/07/2005
(85) 03/10/2005 (87) WO 2006/013607 de 09/02/2006
RETIFICAÇÃO (86) PCT US2004/010143 de 01/04/2004 Referente a RPI 1951 de 27/05/2008, quanto ao
(87) WO 2004/089355 de 21/10/2004 item (54).
(21) PI 0317226-0 A2 (22) 23/12/2003 1.3.1 Referente a RPI 1958 de 15/07/2008, quanto ao
(30) 23/12/2002 KR 10-02-0082634 item (85). (21) PI 0514387-0 A2 (22) 03/06/2005 1.3.1
(51) C21B 13/00 (2011.01) (30) 16/08/2004 US 60/602,208; 01/12/2004 US
(54) MÉTODO E EQUIPAMENTO DE PRODUÇÃO (21) PI 0511913-8 A2 (22) 03/06/2005 1.3.1 60/632,209
DE FERRO FUNDIDO (30) 08/06/2004 US 10/863,861 (51) C12N 5/06 (2011.01), C12N 5/08 (2011.01)
(57) "MÉTODO E EQUIPAMENTO DE PRODUÇÃO (51) H01M 2/12 (2011.01), H01M 6/00 (2011.01) (54) ISOLAMENTO, CULTIVO E USOS DE
DE FERRO FUNDIDO". A presente invenção (54) CÉLULA ALCALINA DE INVÓLUCRO PLANO CÉLULAS-TRONCO/PROGENITORAS
relaciona-se com equipamento e método de (57) CÉLULA ALCALINA DE INVÓLUCRO PLANO. (57) ISOLAMENTO, CULTIVO E USOS DE
produção de ferro fundido. O método de produção A presente invenção refere-se a uma célula alcalina CÉLULAS-TRONCO/PROGENITORAS. A presente
de ferro fundido inclui as etapas de produzir uma contendo um invólucro plano, de preferência na invenção refere-se a um método para isolar células-
mistura contendo ferro por secagem e mistura de forma de um cubóide. O invólucro pode ser soldado tronco/progenitoras da membrana amniótica do
minérios de ferro e aditivos; fazer passar a mistura a laser e fechado com uma tampa metálica cordão umbilical, em que o método compreende
102 DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes RPI 2096 de 09/03/2011

separar a membrana amniótica dos outros DNA e terapia genética. A presente invenção (71) Monsanto Technology LLC (US) , Akzo Nobel
componentes do cordão umbilical in vitro, cultivara também refere-se a um método de conservação de N.V. (NL)
tecido de membrana amniótica sob condições que DNA de plasmídeo em uma forma estável ao longo (72) SHAWN ZHU, GIAO NGUYEN, KHA NGUYEN,
permitem proliferação de célula e isolar as células- do tempo a +4ºC a temperatura ambiente. A ALBERTO SLIKTA, DAVID R. EATON, HENRY E.
tronco/progenitoras das culturas de tecido. As presente invenção também refere-se a composições AGBAJE, MICHAEL SEITZ, DAVID Z. BECHER
células das células-tronco isoladas podem ter estáveis líquidas de DNA de plasmídeo para uso em (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema
propriedades semelhantes ás células-tronco um método de tratamento do corpo de um ser Moreira
embrionárias e podem ser usadas para vários humano ou animal através de terapia baseada em (85) 23/03/2007
propósitos terapêuticas. Em uma modalidade, a plasmídeo, tal como vacinação com DNA ou terapia (86) PCT US2005/034186 de 23/09/2005
invenção refere-se ao isolamento e cultivo de genética. (87) WO 2006/034459 de 30/03/2006
células-tronco como células-tronco/progenitoras (71) Centelion (FR) Referente ao despacho publicado na RPI 1962 de
epiteliais e/ou mesenquimais sob condições que (72) Francis Blanche, Michel Couder, Nicolas 12/08/2008, quanto aos itens (71) e (72).
permitem as células sofrer expansão mitótica. Além Maestrall, Thierry Guillemin, David Gaillac
disso, a invenção é direcionada a um método para a (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema (21) PI 0516015-4 A2 (22) 10/09/2005 1.3.1
diferenciação das células-tronco/progenitoras Moreira (30) 24/09/2004 EP 04022880.1
isoladas em células epiteliais e/ou mesenquimais. (85) 19/03/2007 (51) A61M 5/32 (2011.01)
(71) Cellresearch Corporation Pte Ltd (SG) (86) PCT EP2005/010881 de 19/09/2005 (54) TAMPA PARA DISPOSITIVOS DE ENVIO DE
(72) Toan-Thang Phan, Ivor Jiun Lim (87) WO 2006/029908 de 23/03/2006 DROGA
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Referente ao despacho publicado na RPI 1960 de (57) "TAMPA PARA DISPOSITIVOS DE ENVIO DE
Moreira 29/07/2008, quanto ao item (72). DROGA". A presente invenção refere-se a uma
(85) 15/02/2007 tampa para dispositivos de envio de droga, em
(86) PCT SG2005/000174 de 03/06/2005 (21) PI 0515751-0 A2 (22) 02/12/2005 1.3.1 particular do tipo injetor que compreende uma
(87) WO 2006/019357 de 23/02/2006 (30) 03/12/2004 US 60/633,093; 29/03/2005 US agulha e uma cobertura de agulha, onde a referida
Referente a RPI 1953 de 10/06/2008, quanto ao 60/666,515 tampa é adequada como uma ferramenta de
item (22). (51) F24C 15/32 (2011.01) segurança de agulha, ao compreender uma porção
(54) FORNO DE CONVECÇÃO DE ALTA de retenção de cobertura de agulha. Em particular, a
(21) PI 0514667-4 A2 (22) 02/08/2005 1.3.1 VELOCIDADE presente invenção se refere aos referidos
(30) 26/08/2004 US 60/604,542 (57) "FORNO DE CONVECÇÃO DE ALTA dispositivos, que são manipulados pelos próprios
(51) A61K 31/425 (2011.01), C07D 275/02 (2011.01) VELOCIDADE". A presente invenção refere-se a um pacientes.
(54) PROCESSOS PARA A PREPARAÇÃO DE aparelho de aquecimento por convecção capaz de (71) Sanofi-Aventis Deutschland GMBH (DE) ,
DERIVADOS DE ISOTIAZOL prover um cozimento efetivo à alta velocidade sem o Terumo Corporation (JP)
(57) PROCESSOS PARA A PREPARAÇÃO DE auxílio de energia de microondas. O aparelho de (72) JUN TSUBOTA
DERIVADOS DE ISOTIAZOL A presente invenção forno inclui um gabinete externo, uma porta, e uma (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema
refere-se a processos e intermediários para a câmara de cozimento apresentando paredes laterais Moreira
preparação de compostos da Fórmula (1), e seus internas, uma parede traseira, e uma chapa de jato (85) 26/03/2007
sais, pró-fármacos, solvatos e hidratos inferior. O forno adicionalmente inclui um soprador (86) PCT EP2005/009739 de 10/09/2005
farmaceuticamente aceitáveis, onde R^ ¹^, R^ ²^ e para circular gás através da chapa de jato inferior (87) WO 2006/032385 de 30/03/2006
R^ ³^ têm as definições fornecidas no relatório para a câmara de cozimento. Além disso, o forno Referente ao despacho publicado na RPI 1963 de
descritivo. inclui um suporte de produto disposto dentro da 19/08/2008, quanto ao item (71).
(71) Pfizer Products Inc. (US) , Osi Pharmaceuticals, câmara acima da dita chapa de jato interior. O
Inc. (US) suporte de produto é disposto em um trilho que é (21) PI 0516025-1 A2 (22) 07/09/2005 1.3.1
(72) David B. Damon, Brian P. Jones posicionado para prender a chapa de jato inferior no (30) 24/09/2004 US 60/612,945
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema lugar quando a circulação do ar através da mesma. (51) C07D 403/06 (2011.01), C07D 401/06
Moreira Opcionalmente, o forno adicionalmente inclui uma (2011.01), C07D 409/06 (2011.01), C07D 405/06
(85) 26/02/2007 chapa de jato superior disposta da câmara de (2011.01), A61K 31/4178 (2011.01), A61K 31/437
(86) PCT US2005/027398 de 02/08/2005 cozimento acima do suporte de produto. O gás por (2011.01), A61K 31/4439 (2011.01), A61P 1/12
(87) WO 2006/026034 de 09/03/2006 temperatura é circulado através da chapa de jato (2011.01), A61P 7/12 (2011.01), A61P 9/12
Referente ao despacho publicado na RPI 1954 de superior na direção do suporte de produto e de (2011.01), A61P 29/00 (2011.01), A61P 37/00
17/06/2008, quanto ao item (72). qualquer produto alimentício disposto no suporte de (2011.01)
produto. O forno pode também incluir um meio para (54) COMPOSTO DE 4-(HETEROARIL-METIL E
(21) PI 0515467-7 A2 (22) 15/09/2005 1.3.1 imprimir ao suporte de produto durante as HETEROARIL-METIL SUBSTITUÍDA)-IMIDAZOL-2-
(30) 17/09/2004 US 60/610,679 operações de cozimento a fim de prover um TIONAS QUE ATUAM COMO AGONISTAS ALFA2
(51) C07D 417/14 (2011.01), C07D 417/06 cozimento mais uniforme de um produto alimentício. ADRENÉRGICOS E SEU USO
(2011.01), A61K 31/4709 (2011.01), A61P 35/00 Um material catalítico é disposto a jusante a partir (71) Allergan, Inc. (US)
(2011.01) do soprador e a montante a partir de uma chapa de (72) Todd M. Heidelbaugh, Ken Chow, Phong X.
(54) QUINOLINOS 4-MONOSSUBSTITUÍDOS POR retorno que controla a direção do fluxo de gás da Nguyen, Daniel W. Gil, John E. Donello, Michael E.
TIAZOLINONA cavidade de cozimento e protege o material Garst, Larry A. Wheeler
(57) QUINOLINOS 4-MONOSSUBSTITUÍDOS POR conversor catalítico. (74) Dannemann ,Siemsen, Bigler & Ipanema
TIAZOLINONA. A presente invenção refere-se aos (71) Turbochef Technologies, INC. (US) Moreira
derivados de quinolina monossubstituídos por (72) Michael J. Dobie, Carlos Bacigalupe, Russell (85) 26/03/2007
tiazolinona, onde o anel de quinolina é Rose (86) PCT US2005/032128 de 07/09/2005
monossubstituído nas 4 posições, da fórmula I (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema (87) WO 2006/036507 de 06/04/2006
derivados estes que demonstram atividade Moreira Referente ao despacho publicado na RPI 1963 de
antiproliferativa de CDK1 e são úteis como agentes (85) 04/06/2007 19/08/2008, quanto aos itens (54), (57) e (71).
anti-câncer; aos processos de fabricação dos ditos (86) PCT US2005/043847 de 02/12/2005
derivados assim como medicamentos que os (87) WO 2006/060751 de 08/06/2006 (21) PI 0516065-0 A2 (22) 07/10/2005 1.3.1
contenham. Referente a RPI 1960 de 29/07/2008, quanto aos (30) 12/10/2004 DE 10 2004 049 615.3
(71) F. Hoffmann-La Roche AG (CH) itens (71, 72 e 85). (51) B63H 21/17 (2011.01), B63B 35/73 (2011.01),
(72) Achyutharao Sidduri, Jianping Lou, Li Chen, A63B 35/12 (2011.01), B63C 11/46 (2011.01), H01M
Shaoqing Chen (21) PI 0515898-2 A2 (22) 23/09/2005 1.3.1 10/50 (2011.01), H02K 9/22 (2011.01)
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema (30) 23/09/2004 US 60/612,597; 17/12/2004 US (54) EMBARCAÇÃO A MOTOR ELÉTRICO COM
Moreira 60/637,172 RESFRIAMENTO ATRAVÉS DE ÁGUA AMBIENTE
(85) 19/03/2007 (51) A01N 25/30 (2011.01), C07C 213/04 (2011.01), (71) ROTINOR GMBH (DE)
(86) PCT EP2005/009925 de 15/09/2005 C07C 213/06 (2011.01), C07C 217/50 (2011.01) (72) JÜRGEN GRIMMEISEN
(87) WO 2006/029861 de 23/03/2006 (54) PROCESSOS PARA PREPARAR ALQUIL (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema
Referente ao despacho publicado na RPI 1973 de ETER AMINAS/ALQUILAMINAS ALCOXILADAS Moreira
28/10/2008, quanto ao item (72). COM DISTRIBUIÇÃO MÁXIMA, SUAS (85) 11/04/2007
COMPOSIÇÕES, TENSOATIVOS E (86) PCT EP2005/010798 de 07/10/2005
(21) PI 0515553-3 A2 (22) 19/09/2005 1.3.1 FORMULAÇÕES HERBICIDAS ESTÁVEIS (87) WO 2006/040078 de 20/04/2006
(30) 17/09/2004 EP PCT/EP2004/011437; (57) "PROCESSOS PARA PREPARAR ALQUIL Referente a RPI 1963 de 19/08/2008, quanto aos
19/04/2005 EP PCT/EP2005/005213 ETER AMINAS/ALQUILAMINAS ALCOXILADAS itens (54, 57 e 87).
(51) C12N 1/06 (2011.01), C12N 15/10 (2011.01) COM DISTRIBUIÇÃO MÁXIMA, SUAS
(54) FORMULAÇÕES LÍQUIDAS ESTÁVEIS DE COMPOSIÇÕES, TENSOATIVOS E (21) PI 0516083-9 A2 (22) 07/09/2005 1.3.1
DNA DE PLASMÍDEO FORMULAÇÕES HERBICIDAS ESTÁVEIS". A (30) 24/09/2004 US 60/612,923
(57) "FORMULAÇÕES LÍQUIDAS ESTÁVEIS DE presente invenção geralmente refere-se a um (51) C07D 233/84 (2011.01), A61K 31/4174
DNA DE PLASMÍDEO". A presente invenção refere- processo para preparar as alquil éter aminas e/ou (2011.01), A61P 1/12 (2011.01), A61P 7/12
se à formulações líquidas de DNA de plasmídeo que alquilaminas alcoxiladas. O processo consiste em (2011.01), A61P 9/12 (2011.01), A61P 29/00
são estáveis e permanecem não degradadas a +4ºC três estágios, e utiliza um catalisador de álcali. As (2011.01), A61P 37/00 (2011.01)
a temperatura ambiente durante longos períodos de alquil éter aminas e/ou alquilaminas alcoxiladas (54) 4-(FENILMETIL E 4-FENILMETIL
tempo e são, assim, úteis para armazenamento de preparadas pelo processo possuem a distribuição SUBSTITUÍDO)-IMIDAZOL-2-TIONAS QUE ATUAM
DNA de plasmídeo que é usado para pesquisa, máxima e contêm menos subprodutos perigosos. COMO AGONISTAS ALFA2 ADRENÉRGICOS
terapia baseada em plamídeo, tal como vacina de
RPI 2096 de 09/03/2011 DIRPA - Despachos Relativos a Pedidos e Patentes 103

(57) "4-(FENILMETIL E 4-FENILMETIL pelo menos parcialmente dispersos e/ou dissolvidos contendo grupo hidroxila compreendendo N,N-dietil-
SUBSTITUÍDO)-IMIDAZOL-2-TIONAS QUE ATUAM em água ou outro solvente adequado para criar uma m-toluamida e <sym>-hexalactona, opcionalmente
COMO AGONISTAS ALFA2 ADRENÉRGICOS". A solução primária contendo fósforo que forma a base com sulfóxido de dimetila, eucaliptol e acetato de 1-
presente invenção refere-se a compostos de fórmula para o aditivo para combustível. A solução primária metóxi-2-propila; e uma quantidade eficaz de
(1)em que as variáveis possuem o significado contendo fósforo é adicionada ou misturada com um amitraz e pelo menos um composto parasiticida
definido no relatório descritivo são agonistas de fluido de dispersão. adicional, como R-28153. A dita composição permite
receptores alfa2 adrenérgicos. Diversos compostos (71) Envirofuels L.L.C (US) altas concentrações de uma mistura de agentes
da descrição são específicas ou seletivos a (72) Dwight M. Smith, Abdul R. Chughtai, Sam parasiticidas em uma única aplicação e é útil para o
receptores alfa2B e/ou alfa2c adrenérgicos de Wernli tratamento e controle de infecções e infestações
preferência a receptores alfa2A adrenérgicos. (74) Montaury Pimenta, Machado & Lioce S/C Ltda parasitárias em um animal homotérmico.
Adicionalmente, alguns dos compostos (85) 27/03/2007 (71) WYETH (US)
reivindicados não possuem ou possuem atividade (86) PCT US2005/034988 de 28/09/2005 (72) Shobhan Shashi Sabnis, Jacob A. Zupan,
cardiovascular e/ou sedativa mínima. Os compostos (87) WO 2006/037094 de 06/04/2006 Robert Bruce Albright
da Fórmula (1) são úteis como medicamentos em Referente a RPI 1964 de 26/08/2008, quanto ao (74) Trench, Rossi e Watanabe Advogados
mamíferos, incluindo seres humanos, para o item (71); conforme solicitado na petição (85) 05/04/2007
tratamento de doenças e ou alívios de condições n°020070066898/RJ de 22/05/2007. (86) PCT US2005/036121 de 07/10/2005
que são responsivas ao tratamento por agonistas de (87) WO 2006/042099 de 20/04/2006
receptores alfa2 adrenérgicos. Os compostos da (21) PI 0516227-0 A2 (22) 20/10/2005 1.3.1 Referente a RPI 1966 de 09/09/2008, quanto ao
Fórmula (1) que não possuem ou possuem atividade (30) 21/10/2004 US 60/621,258 item (72).
cardiovascular e/ou sedativa significativa são úteis (51) C12Q 1/68 (2011.01)
para o tratamento de dor e outras condições com (54) COLÓIDES COMPÓSITOS DE (21) PI 0516542-3 A2 (22) 06/10/2005 1.3.1
efeitos colaterais mínimos. METAL/POLÍMERO CONDUTOR ESTÁVEIS E (30) 07/10/2004 US 60/616,707; 31/01/2005 US
(71) ALLERGAN, INC. (US) MÉTODOS PARA FABRICAR E USAR OS 60/648,459
(72) Todd M. Heidelbaugh, Ken Chow, Phong X. MESMOS (51) A61K 39/145 (2011.01), A61K 39/295
Nguyen, John E. Donello, Michael E. Garst, Larry A. (57) COLÓIDES COMPÓSITOS DE (2011.01), A61K 39/39 (2011.01)
Wheeler, Daniel W. Gil METAL/POLÍMERO CONDUTOR ESTÁVEIS E (54) COMPOSIÇÃO DE VACINA EFICAZ NA
(74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema MÉTODOS PARA FABRICAR E USAR OS PREVENÇÃO OU MELHORA DE INFECÇÃO PELO
Moreira MESMOS. Esta invenção fornece colóides VÍRUS DA INFLUENZA AVIÁRIA; MÉTODO PARA
(85) 26/03/2007 compósitos de metal/polímero condutor estáveis e PREVENIR OU MELHORAR A ECLOSÃO DE
(86) PCT US2005/031790 de 07/09/2005 métodos para fabricar os mesmos. Os colóides em INFECÇÃO PELO VÍRUS DA INFLUENZA AVIÁRIA
(87) WO 2006/036480 de 06/04/2006 questão encontram uso em várias aplicações (57) COMPOSIÇÃO DE VACINA EFICAZ NA
Referente a RPI 1963 de 19/08/2008, quanto aos diferentes, incluindo aplicações de detecção de PREVENÇÃO OU MELHORA DE INFECÇÃO PELO
itens (71 e 72). analisados. São fornecidos também kits que incluem VÍRUS DA INFLUENZA AVIÁRIA; MÉTODO PARA
os colóides em questão. PREVENIR OU MELHORAR A ECLOSÃO DE
(21) PI 0516135-5 A2 (22) 27/09/2005 1.3.1 (71) ENGLEBIENNE & ASSOCIATES (BE) INFECÇÃO PELO VÍRUS DA INFLUENZA
(30) 27/09/2004 US 60/613,963 (72) PATRICK ENGLEBIENNE, ANNE VAN AVIÁRIA. A invenção refere-se a uma composição
(51) A61F 2/01 (2011.01) HOONACKER de vacina que é eficaz na prevenção ou melhora de
(54) FILTRO REMOVÍVEL PARA VEIA CAVA (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema infecção pelo vírus da influenza aviária. A vacina
COMPREENDENDO SUPORTES COM Moreira contém pelo menos duas cepas inativadas do vírus
CURVATURAS AXIAIS (85) 20/04/2007 da influenza aviária, onde o total de hemaglutinina
(57) FILTRO REMOVÍVEL PARA VEIA CAVA (86) PCT US2005/038099 de 20/10/2005 (HA) combinada é de pelo menos cerca de 256
COMPREENDENDO SUPORTES COM (87) WO 2006/047371 de 04/05/2006 HA/dose da composição da vacina, e onde cada
CURVATURAS AXIAIS. Um filtro removível para Referente a RPI 1964 de 26/08/2008, quanto ao uma das cepas apresenta pelo menos cerca de 128
veia cava configurado para distribuição e item (87). NA/dose, e onde ainda uma das cepas tem o
recuperação simplificada da veia cava de um mesmo subtipo NA que um vírus provocador, e onde
paciente é divulgado. Em uma modalidade, o filtro (21) PI 0516514-8 A2 (22) 13/10/2005 1.3.1 pelo menos uma das cepas tem um subtipo NA
compreende uma pluralidade de suportes primários (30) 14/10/2004 US 10/965,349 diferente do vírus provocador.
(12) possuindo as primeiras extremidades presas (51) C08J 9/14 (2011.01) (71) WYETH (US)
juntas ao longo de um eixo longitudinal. Os suportes (54) ESPUMAS RÍGIDAS COM BOAS (72) Juan Plana-Duran, Rut Vila-Quintana, Jordi
primários são móveis entre um estado fechado PROPRIEDADES DE ISOLAMENTO E UM Tarres-Call, Mahesh Kumar
durante distribuição ao vaso sangüíneo e um estado PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE TAIS (74) Trench, Rossi e Watanabe Advogados
aberto quando encaixado no vaso sangüíneo. Cada ESPUMAS (85) 05/04/2007
suporte primário compreende uma primeira porção (57) ESPUMAS RÍGIDAS COM BOAS (86) PCT US2005/035925 de 06/10/2005
(20), uma segunda porção (23) e uma curvatura PROPRIEDADES DE ISOLAMENTO E UM (87) WO 2006/041978 de 20/04/2006
axial (25). A primeira porção se estende da primeira PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE TAIS Referente a RPI 1966 de 09/09/2008, quanto ao
extremidade e geralmente está disposta dentro de ESPUMAS. A presente invenção refere-se a item (72).
um plano da primeira porção em interseção com o espumas rígidas tendo boas propriedades de
eixo longitudinal. A curvatura axial é orientada ao isolamento que são fabricadas reagindo-se um (21) PI 0516559-8 A2 (22) 02/10/2005 1.3.1
longo de uma direção circunferencial com relação poliisocianato com um material reativo em (30) 05/10/2004 DE 10 2004 048 736.7
ao eixo longitudinal. A segunda porção geralmente isocianato na presença de um agente de sopro (51) G01F 1/56 (2011.01), A01J 5/00 (2011.01)
está disposta dentro de um plano da segunda composto de mais do que cerca de 0,5% em peso (54) DISPOSITIVO E MÉTODO PARA A MEDIÇÃO
porção em interseção com o plano da primeira (com base no peso total dos materiais de formação DE QUANTIDADES DE LEITE, EM PARTICULAR,
porção e termina no gancho de ancoragem (A). de espuma) de água e menos do que cerca de 12% DURANTE O PROCESSO DE ORDENHA
(71) COOK, INC. (US) em peso (com base no peso total de materiais de (57) DISPOSITIVO E MÉTODO PARA A MEDIÇÃO
(72) PER HENKRIKSEN, ARNE MOLGARRD- formação de espuma) de HFC-245fa. DE QUANTIDADES DE LEITE, EM PARTICULAR,
NIELSON, THOMAS A. OSBORNE (71) Bayer Materialscience LLC (US) DURANTE O PROCESSO DE ORDENHA. A
(74) SOERENSEN GARCIA ADVOGADOS (72) Steven L. Schilling, Kevin J. Elsken, Edward E. presente invenção refere-se a um dispositivo para a
ASSOCIADOS Ball medição do fluxo de massa, em particular, de um
(85) 27/03/2007 (74) Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema líquido espumante, compreendendo um dispositivo
(86) PCT US2005/034350 de 27/09/2005 Moreira de medição com dois eletrodos e, pelo menos, um
(87) WO 2006/036867 de 06/04/2006 (85) 16/04/2007 meio elétrico, para a geração de um parâmetro
Referente a RPI 1964 de 26/08/2008, quanto ao (86) PCT US2005/036942 de 13/10/2005 elétrico, e um dispositivo de análise. O meio elétrico
item (72). (87) WO 2006/044604 de 27/04/2006 está conectado ao primeiro eletrodo em dois pontos
Referente a RPI 1967 de16/09/2008, quanto ao item remotos, de tal modo a ser ligado em paralelo com o
(21) PI 0516153-3 A2 (22) 28/09/2005 1.3.1 (72). primeiro eletrodo. O segundo eletrodo está
(30) 28/09/2004 US 60/613,699