Você está na página 1de 2

QFL 2142 FUNDAMENTOS DE QUÍMICA – TRANSFORMAÇÕES

Exercícios sobre Soluções e Cálculo Estequiométrico

1) Um aguardente tem densidade igual a 0,931 g mL-1 e apresenta 50,6 % em volume de etanol
(d = 0,791 g mL-1). Calcule sua concentração molar, molalidade e a fração molar do soluto na
mesma.

2) Quando se dilui um ácido concentrado comercial com um volume igual de água destilada
obtém-se uma terminologia química, um ácido 1:1. Calcule a porcentagem em massa do soluto
no ácido nítrico 1:1 sabendo que sua densidade é igual a 1,240 g mL-1 e que o ácido
concentrado apresenta 67,0 % em massa do soluto e tem densidade igual a 1,400 g mL-1.

3) Calcule a quantidade de sulfato de cobre pentaidratado que deve ser dissolvida em 250,0 g
de uma solução desse sal que contém 8,0 % em massa de soluto anidro para que esta
porcentagem se eleve a 16,0 % na solução resultante.

4) Deseja-se preparar um ácido clorídrico mol L-1 a partir de uma solução 1,78 mol L-1 e outra,
de densidade igual a 1,170 g mL-1 e 34,18 % em massa do ácido. Calcule que volume da
segunda solução deve ser misturado a 1,000 L da primeira para se obter a solução desejada.
Admita que os volumes sejam aditivos.

5)Forma-se bromato de potássio ao lado de brometo de potássio e água quando o bromo


reage com hidróxido de potássio em solução aquosa, a quente. Quer se obter 30,00 g de
KBrO3. Calcule: (a) o volume da quantidade de bromo (d = 3,19 g mL-1) e a massa da
quantidade da base necessária e, (b) a massa da quantidade de brometo de potássio formado.

6)A amônia pode ser obtida, em pequena escala, fazendo-se reagir a quente sulfato de amônia
e óxido de cálcio. Calcule as massas das quantidades dos reagentes que devem ser utilizadas
na obtenção de 77,6 L do gás medido a 23,0 oC e pressão atmosférica de 702,0 Torr.

7) A gasolina é uma mistura complexa de hidrocarbonetos; um dos seus principais


componentes é o octano, C8H18. Calcule (em m3) o volume de ar que é necessário para queimar
completamente o combustível de u8m tanque de um automóvel de tamanho médio (60 L).
Admita que: (a) a gasolina é constituída exclusivamente de octano; (b) a densidade do octano
é igual a 0,704 g mL-1; (c) o ar contém 21,0 % em volume e oxigênio e (d) as condições
ambientes são temperatura igual a 22,0 oC e pressão igual a 700,0 Torr.

9) A marmatita é considerada uma blenda, mineral de Zn, que contém alto teor em ferro.
Portanto, a marmatita é essencialmente constituída de ZnS e FeS2. Deseja-se saber o teor de
uma dada amostra do minério. Para tal, 15,00 g da amostra foi ustulado (queima de sulfetos
em atmosfera de O2) e o gás resultante foi introduzido num reator onde foi oxidado por
aquecimento a 450 oC em mistura com oxigênio na presença de platina. O produto da oxidação
foi recolhido numa solução aquosa de cloreto de bário, tendo-se obtido 37,28 g do respectivo
precipitado. Determine a composição da amostra sabendo que ela apresenta 16,27 % de
impurezas.
9) Deseja-se conhecer a composição em massa de uma mistura de cloreto de sódio, cloreto de
potássio e cloreto de bário. Num primeiro ensaio, 34,1 g da mistura foram dissolvidos em água
suficiente e tratados com solução de nitrato de prata em excesso, obtendo-se 54,7 g de cloreto
de prata. Num segundo ensaio, 6,82 g da mesma mistura, também em solução aquosa,
tratados com solução de sulfato de sódio em excesso, dão 4,66 g de sulfato de bário. A partir
desses dados, determine a composição da mistura.

10) Para saber o teor de pureza de uma amostra de cobre um aprendiz de químico deve
proceder da seguinte forma:
1) Fazer reagir uma massa da amostra com excesso de ácido nítrico concentrado:
3Cu(s) + 8HNO3 (aq) → 3Cu(NO3 )2 (aq) + 2NO(g) + 4H2O(l) (1)
2) Oxidar o monóxido de nitrogênio a dióxido de nitrogênio:
1
NO(g) + O2 (g) → NO2 (g) (2)
2
3) Recolher o NO2 sobre uma solução de hidróxido de potássio para que ocorra a seguinte
reação:
2NO(g) + 2KOH(aq) → KNO2 (aq) + KNO3 (aq) + H2O(l) (3)
4) E determinar a massa de nitrito de potássio presente na solução final.
Ajude o aprendiz com alguns cálculos:
A) Será empregado um ácido nítrico que é 71 % em massa e cuja densidade é 1,42 g mL-1.
Calcule: (a) a concentração em mol L-1 do ácido empregado e (b) o mínimo de volume do
ácido necessário para fazer a reação (1).
B) Para fazer a análise foi usada uma massa de amostra igual a 29,08 g e obteve-se uma
massa de 8,50 g de KNO2. Sabendo que o rendimento da reação (1) é de 80 % e admitindo
que os rendimentos das outras duas reação é de 100 %, calcule o teor de pureza da
amostra de Cu.